quarta-feira, 28 de maio de 2008

CRI-CRÍTICA DE TRAILER: WALL-E

Leia a crítica do filme aqui.

Eu não tenho nada contra desenho animado. Meu problema é com filme “censura livre”, porque eles são feitos pra crianças, não pra mim. Eu gostava desses filmes quando eu era menina, mas o tempo passou (e como passou!), e não acredito nessa ladainha de “filme pra crianças de todas as idades”. Meus gostos e meu humor em geral não batem com os de uma criança de 5 anos. E pra ir ao cinema ver um desenho que não foi pensado comigo em mente, sei lá, parece perda de tempo (se bem que algum filme de Hollywood é feito pensando numa pessoinha como eu?). Mas devo reconhecer que, quando o oba-oba passa e eu acabo vendo o desenho na TV, muitas vezes gosto. Foi o que aconteceu com Procurando Nemo. Vi o peixinho na mini-TV do avião indo de Buenos Aires pra Paris (e depois Moscou), e me peguei rindo de todas as piadinhas e até chorando, como se eu fosse o protótipo do público-alvo. Ano passado vi A Era do Gelo 2 na TV a cabo, e amei. Adorei a mamute feita pela Queen Latifah achando que é um... um... sei lá que bicho é aquele, mas é uma fofura um mamute dormindo pendurado de cabeça pra baixo numa árvore. E os diálogos estão cheios de tiradas inteligentes.

Só que parece que Wall-E (que estréia em todo o universo em 27 de junho) será um filme quase mudo, pelo menos no começo. Não sei se ver um personagem que é a cara daquele de Short Circuit – O Incrível Robô (1986) numa Terra que é só ferro velho seja meu sonho de consumo. No entanto, o trailer até me cativou. Gostei de quando Wall-E se apaixona à primeira vista pelo modelo mais avançado, e quando essa robô atira nele. Ou das mãozinhas de ferro do Wall-E se encaixando quando a TV mostra um filme romântico (e o narrador diz que o robô se sente sozinho, chuif). Mas só gostei até aí. Depois que aparece o humano mandando prendê-lo, a única parte que se salva, pra mim, é o robô na frente do que parece ser uma estação de metrô, sendo empurrado pra frente. E sério que eles querem fazer um desenho que remeta a 2001, uma Odisséia no Espaço? Quer dizer, eu amo 2001, e olha que não sou a maior fã de ficção científica. Porém, esse grande filme de 1968 não é apenas um clássico por ser do Kubrick - é também um clássico do papo “tentei ver mas dormi no meio”. É um sonífero oficial, praticamente. Eu não dormi em nenhuma das vezes que vi, ao contrário do que acontece comigo nas cenas iniciais de Alien, O Oitavo Passageiro (o filme começa e em três minutos eu me encontro em estado REM, sabe, Rapid Eye Movement?). Lógico que se você ainda não conferiu 2001, tem que fazê-lo já, porque o filme é super influente, e os efeitos especiais seguem espetaculares e foram feitos antes do homem pisar na Lua. Mas veja o dvd descansado.

Enfim, se eu tiver que escolher, não troco o meu HAL por nenhum Wall-E da Pixar. Nota 3.

Ah, veja o teaser também, com música do Ari Barroso (certamente mais em homenagem a Brazil, o Filme, que a Brasil, o País).

11 comentários:

Silvio Cunha Pereira disse...

... e os barulhinhos são iguais aos do ET

Anônimo disse...

Caramba, por um momento achei que o Wall-E pudesse ser alguma repaginação de 'Robots', mas não, que saaaaco.
Eu confesso que sou fã de desenhos animados. Fã forçada, diga-se de passagem, já que minha filha de 1a8monopoliza a tv com os desenhos da Diskovery Kids.
Esse aí parece ser daqueles chatiiinhos, de se pegar no meio da sessão querendo roubar a pipoca dos outros, sabe como é?
Sobre o Hall... Bem, só de digo que quando passa 2001 na tv eu desligo TODOS os computadores e gadgets que casa ;)

Beijocas

Cavaca disse...

Ratatui, para mim, foi o melhor da animação, genero que gosto muito. Embora sinta muito nostalgia dos clássicos da Disney que sempre foram muito divertidos e com excelente musicais.
Não é sempre que se consegue um Rei Leão! Filme que aliás eu acho que é sim para todas as idades.

Liris Tribuzzi disse...

Meu pai é fã número um de animações. Degluti todas que aparecem. Se não vê no cinema, aluga ou compra. É o gênero que mais possui presença nos dvds daqui de casa.

Eu até que gosto de animações também. Adoro 'Era do Gelo 2', sei vários diálogos e trejeitos dos bichinhos (rsrsrs).

lola aronovich disse...

É verdade, Silvinho, não pensei nisso. A voz é bem parecida a do ET mesmo.

Chris, sei que vcs, pais e mães de crianças pequenas, não têm muita opção a não ser adorar desenho animado. Tenho uma amiga com dois filhos que conhece todas as musiquinhas do Discovery Kids. Mas sobre o Wall-E, não sei. Como é da Pixar, o supra-sumo da animação, todo mundo espera muito. E sobre o HAL (que é assim mesmo que se escreve, com um L só e tudo em maiúscula, porque é uma brincadeira com a IBM - são as 3 letras que antecedem a IBM), bom, o HAL é meu computador preferido. Tudo bem que ele mata gente, mas ele tem mais sentimentos que os astronautas daquela nave. Opa, preciso encontrar na internet meu texto perdido sobre 2001. Perdido porque é pré-2000, quando um problema no meu computer apagou todos os arquivos que tinha.

lola aronovich disse...

Cavaca, Rata é bastante bom, muito bonitinho. Peguei só um pouco de raiva dele porque ganhou de Persepolis no Oscar. Aliás, já viu Persepolis? É o máximo. E não é pra criança. Mas vc tem razão sobre muitos desenhos trazerem bons números musicais. Aliás, se quiser ver mais críticas minhas a desenhos, é só escrever no busca "animação". Deveria aparecer um monte de crítica, quase todas falando mal do gênero só porque não sou mais criança etc.

Li, acho que conheço outros adultos que amam desenho animado, mas que seja o gênero preferido?! Mas entendo que muitos adultos possam gostar, porque em geral é algo sem maldade. Quer dizer... Tirando a morte da mãe do Bambi e do pai do leãozinho...
Mas Era do Gelo 2 é uma graça mesmo! Quase me animo a ver o 1.

Liris Tribuzzi disse...

Não sou muito fã do primeiro 'Era do Gelo'. Me pareceu muito com o que seria uma versão digital de Rei Leão.

Mas o 2... 'Eu não sou gordo, é esse pelo que me deixa meio... fofinho.'; 'A gente vai viver! A gente vai morrer...'; 'Puxa, chuta, puxa, chuta'.

lucianojr_6 disse...

Sobre Wall-e, li em algum lugar, acho que no animatoons, que as primeiras criticas de exibições teste são negativas porque dizem que o filme é sombrio demais. A ta, sombrio? Mas, sinceramente, a Pixar é um MÁXIMO! Merece todo o crédito que tem. Se comparar Ratatouille com Os Sem Floresta, ou Monstros SA com Shrek, ou ainda A Fuga das Galinhas com Procurando Nemo? O que dá? Pixar na cabeça!!! E sobre as criticas negativas de Wall e, Procurando Nemo também teve as mesmas criticas negativas na mesma exibição teste antes de ser lançado no cinema. E é muito bom.

Olha, não que Wall epareça super original pelo trailer (poço me enganar, viram o trailer de Ratatouille? É PÉSSIMO!), mas se formos comparar com os outros trailer de filmes de animação do ano (todos com bichinhos fazendo coisas que não estão acostumados a fazer) é sim.

A Era do Gelo 2 é muito legal mesmo, o primeiro também, mas não melhor. O terceiro ja tem teaser, com o Scrat, pra variar, mas ainda não da pra falar muita coisa.

nita disse...

eu tenho que te confessar que sou uma fã irrecuperável de desenhos animados. e como você fez assistindo procurando nemo eu rio, choro e me envolvo mais até do que as crianças de cinco anos. já tinha visto esse trailer antes e estou morrendo de vontade de ver. o único problema em assistir desenhos no cinema é o número astronômico de crianças choronas e falantes dentro do cinema, maaaaas a gente supera

lola aronovich disse...

Li, segundo o Luciano, tá vindo aí um Era do Gelo 3, então talvez eu tenha que ver o 1. Mas o 2 realmente é muito bom, ótimos diálogos. E aquela sequência do preguiça-gigante sendo levado pro sacrifício é totalmente psicodélica. Se eu fosse criança iria começar a imitar os movimentos da tribo na hora!

Luciano, realmente, se a gente comparar Fuga das Galinhas com Procurando Nemo... Mas Nemo é muito bom mesmo, enquanto Fuga virou marco pra minha mãe nunca mais ver uma animação na vida. Sei que se eu chamá-la pra ver Wall-E, ela vai dizer: "É um outro Fuga das Galinhas? Nem morta!". E não vai adiantar explicar que Wall-E é futurista. Mas sabe, não achei o trailer de Ratatouille ruim. (E acho que todo mundo que ia ao cinema na época viu aquele trailer umas 50 vezes, em média).

Sabe, Nita, muitas vezes vejo criança se comportando melhor que muito adulto no cinema. Não sei, talvez porque eu evite um pouco filme pra criança. Ah, dica pra vc, que é estudante de jornalismo: vá ao blog da Gabriela (que deixou uma mensagem no post acima), e leia o primeiro ou segundo post. Muito engraçado! (já tinha ouvido piadinhas assim antes, mas é a primeira vez que ouço da boca de uma jornalista).

Marcia disse...

Eu assisti WALL-E sem muitas expectativas, pois queria ver mesmo o KUNG FU PANDA... Me surpreendi..!!! O desenho é SENSACIONAL, só assistindo mesmo, para que alguém aqui entenda.

Eu recomendo.