sábado, 24 de janeiro de 2009

UM ANO DE BLOGUINHO

Anteontem fez exatamente um ano que escrevi meu primeiro post pro blog. Não vou dizer “parece que foi ontem” porque parece que foi há um ano mesmo. Este blog pega um tempão da minha vida, mas eu gosto. E se eu pudesse fazer só isso, se desse pra ganhar dinheiro assim, faria com o maior prazer. Quer dizer, eu já faço com o maior prazer, mas não dá pra encarar como profissão. E quando eu tiver um trabalho de verdade, a frequência dos posts e das minhas respostas aos comentários vai sofrer. Mas, por enquanto...
Não acho que tanta coisa mudou durante este ano de blog. Claro, o número de visitas aumentou muito. De 3,300 em fevereiro do ano passado, quando instalei o contador, pra uns 21 mil de agora. Quando comecei, tinha uma média de 80 visitas por dia. Agora são 700. E, com isso, aumentou muito a quantidade de comentários pra cada post. Mas posso dizer que sempre fui afortunada por contar com minhas queridas(os) leitoras(es) comentaristas. Primeiro que elas/es são muito inteligentes e bem-humoradas(os). Segundo que dei a maior sorte de, até agora, receber apenas uns dois ou três trolls (ou trololós, como apelidou o Gio). É pouco, se a gente considerar a média de comentários (50 por post, levando em conta os últimos vinte posts. No mesmo período do ano passado, havia uma média de 6 comentários por post). Até agora escrever o bloguinho vem sendo ótimo: conheci um monte de gente legal, de vários lugares do planeta, e pude expor minhas ideias, agora sem acento. No começo eu não sabia de nada e passei a postar dois textos por dia. Alguns leitores reclamaram que não conseguiam acompanhar (com razão), então fui diminuindo.
Mas notou como os textos foram ficando cada vez maiores? Não é intencional! Eu realmente tento dividir textos enormes em dois. Mas você já deve ter percebido que este não é um blog de fotos com uma legendinha embaixo.
Outro detalhe, que não sei bem se é indicativo de sucesso, é o crescimento no Technorati. De autoridade 0 pra autoridade 78 em um ano me parece ótimo. Não que eu saiba ao certo o que é esse troço de autoridade. Pra ser franca, não entendo como funciona o Technorati e o considero um negócio ruim de usar. Mas eu checo a cada dez dias, por aí, e gosto de ver esse indicativo aumentar.
Bom, pra comemorar este primeiro ano de blog, dei uma olhada nos 645 posts (é ridículo, eu sei) que escrevi entre janeiro 08 e dezembro 08, e selecionei os mais comentados e os que eu considero mais interessantes. Incluí a data e o número de comentários recebidos em parênteses. As crônicas de cinema não estão nessa relação porque eu já falei dos melhores momentos lolísticos aqui e aqui.
Se você chegou faz pouco tempo, provavelmente não conhece alguns dos textos mais antigos. Acho bacana começar por esses abaixo, indicados pela própria autora (moi). Ou talvez você queira relê-los pra ver como eu era maluca e como não mudei. De qualquer jeito, fique sabendo que minha maior alegria, ao fazer este bloguinho, é o seu retorno. Retorno no sentido de feedback, fundamental pra qualquer um que escreve, e no sentido de “volte sempre, por favor”.

Posts com mais comentários
A última do João - 1/12 (194 comentários)
Resultado da enquete: filme que mais faz chorar - 19/12 (119)
Mulheres, tenham vergonha na cara! - 26/11 (114)
Efeito colateral de bebida? Estupro - 14/11 (100)
Minha mais terrível história de horror - 18/11 (96)
Pai e namorado perpetuam o machismo. Com a ajuda da mãe - 18/12 (guest post da Andrea) (89)
Mulher foi feita pra receber desfeita - 5/12 (89)
O problema de não ser o último homem na Terra - 22/12 (84)
Arte é cozida, vida é crua. A minha eu quero mal-passada - 28/11 (84)
Crítica: Mais do que Você Imagina / Atrizes, não envelheçam - 13/8 (65 - primeiro post a ultrapassar 50 comentários, iêêêêê!)

Textos mais interessantes
Durma-se com um privilégio desses - 9/12 (71)
Luana, violência e mulheres barbudas - 21/11 (65)
Um livro da minha adolescência e a cretinice americana - 13/11 (42)
Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós - 28/10 (76)
“Espero que isso termine num casamento futuro entre ele e a namorada” - 20/10 (72)
Os homens, esses seres risonhos - 13/10 (54)
Direito de ser feliz? Tá mais pra dever de ser infeliz - 22/9 (63)
Como pode um Pierce Brosnan viver com uma mulher gorda - 20/9 (43)
Shhhh, you bastards! - 15/9 (67)
Nova enquete: cena mais assustadora de um filme de terror - 9/9 (59)
Lolinha prodígio - 24/8 (35)
As feias que me perdoem - 16/8 (37)
“Que bom que seu pai não viveu pra ver isso” - 4/8 (31)
Quem disse que eu não me deslumbro? - 2/8 (18)
Santos mamilos, Batman! - 27/7 (13)
Sou contra a política de cotas... no paraíso - 26/7 (33)
As coisas pegajosas que coloco no rosto - 12/7 (26)
Beleza não é “um por todos, todos por um” - 30/6 (43)
Yes we can - Nós no comício do Obama - 18/6 (8)
Minha difícil convivência com meus seios - 16/6 (27)
Amo o Chico de paixão e sou correspondida - 25/5 (21)
A guerra santa em torno do aborto - 10/5 (15)
Já assumiu seu feminismo de hoje? Precisa de ajuda? Achou! - 8/5 (17)
Somos nacos de carne num açougue - 28/4 (19)
Divagações sobre cabelo, racismo, aceitação do corpo e revoluções - 24/4 (31)
Sobre candidatos a presidente e zumbis - 23/4 (28)
Minhas comunidades no orkut - 14/4 (38)
Como conheci o maridão - 12/4 (28)
País civilizado é outra coisa - 10/4 (16)
Prostitutos de citações - 27/3 (11)
Jornalista apaixonado por robô, e outras loucuras das centrais de atendimento - 24/3 (6)
A pura verdade sobre homossexualidade - 17/3 (8)
Toda mulher tem uma história de horror pra contar - 8/3 (15)
NY, a cidade mais cara dos EUA? - 16/2 (11)
Tem quatro rodas? É carro - 30/1 (9)

25 comentários:

Andrea Cristina disse...

Lola!

365 vezes parabéns pelo seu blog!!!
Fico muito contente que a idéia do blog deu certo e sinto-me muito feliz em poder ler textos teus todos os dias.

Gostei bastante da seleção feita dos posts mais comentados e dos mais interessantes. Vou tirar um tempinho pra reler alguns.

E que venha mais um, dois, três e muitos anos de blog. E que isso um dia possa ser sua fonte de renda.

Bjokas!

Projeto Cidade Cultural disse...

Querida Lola, nós, aqui de Joinville (gaúcho radicado), temos muito orgulho de ti, do jeito que você escreve. Parodiando o Programa Livre, seus artigos em A Notícia e o teu blog são "vida inteligente na web". Eu lembro ainda, quando timidamente nosso primeiro blog, o Textos Urbanos convidou você pra um bate-bola e o povo adorou! Depois, quando criamos o Projeto Cidade Cultural, continuamos essa rede de relacionamento, você daí e nós daqui, sempre lendo e valorizando os conteúdos. O que me deixou impressionado foi a ascenção dos acessos e a participação qualificada dos teus comentaristas. Média de 700 por dia, mais de 100 mil ano, é coisa de gente grande. Até falei pra uns amigos, a Lola já, já, vai ser chamada por um grande portal pra fazer crônicas e opinião. É muito bom a gente ver um resultado desses. Os blogs, hoje, são muito mais do que um diário, mas uma ferramenta democrática, que oportuniza o debate e isso é ótimo, né?
Um forte abraço pra ti, pro teu "maridão" e pra toda a sua comunidade blogueira. Ficamos por aqui,sempre fã do teu texto, do teu discurso e agradecidos pela atenção que você dá às nossas ações de conteúdo cultural em Joinville! Feliz Aniversário ao blog! E Escreva, Lola, Escreva! pierre porto

Cris disse...

Oi, Lolinha!

Parabéns!

Acho que estou te acompanhando já faz um ano tbém, mas só recentemente comecei a comentar.
Torço para que alguém veja seu blog e PAGUE para vc fazê-lo, mas desse jeito que é, livre, sem jabás e outras coisas.
Sonhar não custa nada...
Acho que já comentei isso, mas , ao contrário de grande parte dos leitores, os posts que mais gosto daqui são dos de comportamento,não os de cinema. Não que eu não goste de cinema, mas os posts sobre comportamento e preconceito, em todas as formas, são fantásticos.
Parabéns!
beijos!

(e eu sou a Cris bruxinha, para vc não se perder nesse monte de comentários)

Cris disse...

O que é technorati?

Taia disse...

Vixiii Lola!
Eu ainda nem consegui ler o material de janeiro e vc coloca links de "trocentos" artigos mega-super-hiper interessantes. Assim vou precisar de um mês de férias só pra ficar lendo, hehe. Parabéns pelo aniversário do blog...
E quanto as tuas perguntas: "vc tem TV a cabo? Pretende assistir a transmissão do Oscar?" Não tenho TV a cabo, mas pretendo assistir. E por ironia nesta data vou estar no RS no spa e lá tem TV a cabo, mas talvez eu não possa assirtir pq a TV não é minha e não posso decidir sozinha em pleno carnaval, buááaa. Haaa... o spa que eu vou é "os parente", tipo casa cheia mesmo, hehe.
Pq vc não pede um teste-drive para alguma operadora de TV a cabo, tipo: uma semana de teste pra ver se gosta... talvez isso exista, hehe.
E agora eu vou pro cinema encarar algum indicado.
Bjsss
Taia

Liris Tribuzzi disse...

Parabéns, Lola!!!
E aí, vai ter festa? Vai rolar um bolinho (ou um Imperial Cake)??? O que vc vai querer de presente? Quero saber de tudo isso!!
E o mais legal é que descobri que um dos posts que mais gosto foi escrito no meu níver: Como conheci o maridão - 12/4 (28). Não tinha me dado conta antes.
Ah! E que o bloguinho faça muitos outros aniversários!

Mari Biddle disse...

Lola, parabéns!

Eu já tenho lido bastante coisinhas de post anteriores quando vc colocou em ordem alfabetica a lista de filmes comentados.

Agora to lendo sobre os post com mais estrelinhas.....só não leio as historias de horror. Não tenho coragem suficiente.

Copiei mais um post seu sobre aceitação do corpo e coloquei no meu perfil de orkut..
Beijossssssss

h e r i c k y × disse...

acho ke basta o fato de a palavra ideia ter perdido o acento desse um ano pra cá pra ilustrar quanto tempo realmente passou, quantas coisas importantes ou nem tanto realmente se falaram, quantas dezenas de críticas excelentes se fizeram. vou ter uma noite engraçada passando por essa lista dos posts mais interessantes.

eu odeio ser mais um a vir aqui e dizer isso.. mas parabéns, Lola. =]

caroline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carol Fontes disse...

Lola, desejo tudo de melhor pra você e para seu blog no primeiro de muitos aniversários. Desejo também muita saúde e muita felicidade para todos os seus leitores para que eles possam aparecer cada vez mais por aqui! Sou sua fã a pouco tempo, mas garanto que não vou mais desgrudar desse endereço!!! Se você puder fazer uma visitinha no meu blog e puder comentar eu vou ficar muuuito feliz www.meninama.arteblog.com.br Um suuuuper beijo!!!
P.S.; Vou ler os textos indicados e torço para que escrever se torne fonte de renda sua e minha também já que acabei de passar pra Letras numa faculdade federal aqui do Rio de Janeiro e toh suuuuper feliz.

lola aronovich disse...

Andrea, é, não foi fácil escolher os posts mais interessantes. A lista inicial estava ainda maior, mas pensei que, se eu colocasse tantos, ninguém iria ler, então tirei vários. É muito bom escrever tanta coisa que eu mesma considero interessante. Bom, pelo menos por enquanto. Não sei se acharei alguns desses textos interessantes daqui a um tempinho. Abração, e obrigada!


Puxa, Pierre, que amor! Obrigada pelo carinho, mesmo. Vc deve ter notado que o jornal, por problemas de espaço físico, cortou minha coluna de cinema, que saía às sextas praticamente desde 98. Se não fosse o blog, eu não iria mais escrever sobre cinema, porque não escrevo pra mim (se bem que é bom tb, pra não esquecer) - escrevo pra ser lida. E às vezes eu fico chateada, porque leio vários outros textos sobre cinema, inclusive de críticos americanos, e são raros os que se destacam. Eu acho que tenho um estilo. Não dá certo sempre, algumas críticas minhas são banais, e é mais fácil ser engraçada demolindo um filme ruim que elogiando um filme bom. Mas, no geral, gosto das minhas crônicas de cinema. E aí eu vejo cada pessoa sem estilo nenhum sendo publicada... Enfim. Então, sim, eu gostaria de algum dia ganhar dinheiro com o que escrevo. Ah, sobre Joinville, a eleição do Carlito me deu um novo ânimo. Imagino que pra vcs tb. Abração, e vamos trocar figurinhas.

lola aronovich disse...

Cris, claro, não quero perder minha liberdade. Jabá, jamais. Vc não é a única que prefere os outros textos às críticas de cinema. Mas esses outros textos têm aparecido com frequência, né? Ah, Technorati é um site (eu acho) que mostra todos os blogs, não só no Brasil como no mundo. Quer dizer, precisa se cadastrar de alguma forma. Até agora não entendo como funciona o Technorati, pra dizer a verdade. Sei que é um jeito de saber quais blogs estão te linkando.


Taia, espero que vc arranje tempo pra ler tudinho! Ah, vc vai pro RS durante o carnaval? Tem essa tb. Preciso encontrar alguém que tenha TV a cabo, que queira ver o Oscar, e que não viaje no carnaval! Sobre o test-drive, não é bem assim. Tem que instalar coisas. A NET nem chega aqui, sabia?

lola aronovich disse...

Li, não sei, vamos ver. Minha mãe chega amanhã - quem sabe ela queira fazer um bolinho básico pra comemorar um ano de blog? Ah é, vc é de 12/4? Legal! Coincidência. Mas lembro que vc gostou daquele post sim, ainda mais porque vc é quase presidenta honorária do fã clube do maridão!


Mari, as minhas histórias de horror nem são tão horríveis, eu acho. Mas algumas que as leitoras contaram... Aliás, vc mesma contou uma horrível. Faz tempo que não escrevo sobre aceitação do corpo, né? Preciso escrever. Obrigada pelo carinho!

lola aronovich disse...

Hericky, que fofo! Quer dizer que vc nem planeja dormir pra ficar lendo tudo? Nem é tanto assim. Quer dizer... não sei. Se vc for ler os comentários tb (e eles merecem ser lidos), aí sim é pra varar a noite. Obrigada!


Carol querida, obrigada por todos os desejos, e parabéns por ter passado na faculdade! Tomara que esses (4? 5?) anos sejam muito úteis pra vc, que vc aprenda muitas coisas e faça amigas pra vida toda (porque amigOs costuma ser difícil numa faculdade de Letras). Eu passei no seu blog rapidinho, e o layout é convidativo. Mas seu último post é do ano passado?! Atualiza, vai! Fala de como foi passar no vestibular, o que vc está esperando agora, suas ansiedades...

Luckese disse...

Parabéns mesmo Lola, porque as estatisticas de Blogs não inspiram muito as pessoas. Geralmente o povo desiste no 3 mes.
Não há nada mais gratificante do que ser ouvida.

LuLu disse...

Parabéns pelo seu blog!
Obrigada pela lista de indicaçao dos melhores momentos... vou ler todos!
Beijo.
LuLu

Masegui disse...

Lolinha,

Descobri seu blog graças ao companheiro maridão, esse pobrezinho que você vive esculachando. Antes o mundo era perfeito e a internet era 100% xadrez. Agora, por sua causa já não é mais tão perfeito...

Comecei assim: lí um ou dois textos e parei. Pensei cá com meus grugumios "êpa, essa muié é boa, vamos fazer a coisa certa". Voltei lá no início do blog e lí na ordem cronológica TODOS OS POSTS, até chegar no último. Acho que gastei um dia inteirinho, ou dois, sei lá.

(Aconselho a todos os "calouros" que façam o mesmo... dá um pouco de trabalho mas vale a pena!)

Hoje eu leio seus escritos diariamente. Acho até que minha patroa tem uma pontinha de ciúmes, pela cara que ela faz quando me pega pendurado aqui.

E pensar que o "All That Chess", que é o culpado de tudo, quase nunca mostra sua cara... e pensar (2) que eu vivo defendendo o infeliz de suas garras...

Bem, parabéns e obrigado por um ano de ótimas leituras diárias...

Masegui disse...

PAREM TODAS AS MÁQUINAS!!

Reclamei que o companheiro maridão quase nunca mostra sua cara, fui lá dar uma olhada e o que eu vejo? Dois posts seguidos comentando sobre o meu blog! UEBAAAAAA!! E pelo visto tem aula "de grátis".

Vou ler, digerir, imprimir e mandar fazer um quadro, depois volto aqui e te conto... Bye

Bel disse...

Ai, Lola, fica difícil dizer outra coisa, além de "parabéns", masss...
É fato, seus textos cativam.
Adoro ler sobre suas opiniões (posso nem concordar, mas elas são bem fundamentadas, e isso pra mim, basta para me pegar balançando a cabeça como aprovação e rindo - sempre) e sobre sua experiência de vida.
Quando você faz referência a viver de maneira simples, com relativamente pouco dinheiro e ainda poupar... ai, que inveja! Eu vivo com pouco dinheiro, mas NUNCA consegui poupar nada. Quem sabe agora com um salário fixo - depois de 7 anos sem - eu consiga me arrumar, não é?
Pois, é isso e muito mais que você inspira. Continue assim, vale a pena!

Beijão!!!

lola aronovich disse...

Luckese, é, não dá pra começar um blog e querer que no dia seguinte já tenha um monte de leitores e comentários. Tem que ter paciência, fazer um bom trabalho, divulgar, comentar em outros blogs... Exige um tempão mesmo! Dá pra virar trabalho em tempo integral fácil, fácil. Só falta a remuneração!


LuLu, obrigada você. Sim, leia sim!

lola aronovich disse...

Mario, o quê?! Vc leu todos os meus sei lá quantos posts em UMA NOITE?! Passou os olhos por cima, isso sim! As leitoras que leram tudo disseram ter levado muitos dias. Hoje eu sei que vc me lê diariamente, sim, e fico muito feliz por isso. Mas fala pra sua patroa ler o blog tb, ao invés de ficar com ciúmes. Vc fala com ela sobre alguns posts?
Sobre o All That Chess, saiba que o “companheiro maridão” nem atualizaria o blog se eu não ficasse cobrando. Mas a ideia de dedicar dois posts a vc foi dele mesmo. Ele é tão gentil às vezes... Ele nunca comenta aqui, mas sempre leio seus comentários pra ele, e ele ri. A gente se diverte com vc.


Bel, bom saber que meus textos cativam. Eu quero escrever mais sobre finanças pessoais pra mostrar pras pessoas que sempre dá pra gastar menos e poupar (mais). Acho importante pensar no nosso futuro financeiro. E com um salário fixo como o que vc tem agora fica muito mais fácil. Abração e muito obrigada.

Masegui disse...

Lolinha, minha filha,

O blog faz aniversário e... adivinha quem fica velha e gagá?!

Foi você quem "Passou os olhos por cima"...

Meu comentário acima diz claramente "Acho que gastei um dia inteirinho, ou dois, sei lá."

Tadim do companheiro maridão, deve sofrer horrores...

cavaca disse...

Lola parabéns pelo blog. Tem algo de diferente aqui, algo que todos nós que passamos por aqui buscamos (isso é evidente né). O que quero dizer é que há muito blogs fantásticos por aqui, mas esse tem algo de mais fantástico ainda, a ponto de ser muito cativante, eu estive pensando e acho que esse algo a mais é a sua honestidade e humildade, sem ser piegas, honestidade com você própria em primeiro lugar. Antes eu até me questionava sobre algumas coisas que lia aqui, mas em muito pouco tempo percebi que a lolinha é a lolinha na net ou fora dela, que age da mesma maneira com todo mundo sem ter fazer um personagem ou cenas.
Acho que as pessoas definem isso como sendo personalidade.

lola aronovich disse...

Mario, um dia só pra ler 1100 posts?! Ou quando vc começou só havia uns, sei lá, 800 posts? Me diz como dá pra ler 800 posts sem ser passando os olhos por cima! Por exemplo, quando descobri o blog da Lolla Moon (de quem vc também é fã; já te vi por lá), quis ler tudo, todos os posts. Levei umas duas semanas! Mas admito que estou um pouco gagá, sim.


Cavaca, ah, esse comentário foi um grande elogio. Legal que vc ache que há algo de diferente por aqui. Honesta eu sou, até demais, às vezes, mas humilde? Tenho minhas dúvidas... Eu lembro que no começo vc discordava mais. Fico muito feliz que vc tenha ficado por aqui. Vc sempre contribui! Mas sim, eu sou sempre a mesma. Obrigada por chamar isso de personalidade. Tem gente que acha que não tenho noção do perigo, isso sim...
Ah, e respondendo outra parte de um outro coment. seu que deixei passar, tb gostaria que os leitores(as) interagissem mais entre si, aqui nos coments. Às vezes isso acontece, não sempre.

Leila disse...

Ufa!
acabei as leituras!
Agora vc vai lá e le todos os comentarios em posts antigos q eu fiz hahahahha
Mas mto legal loa, parabens pelo um aninho de blog! eu nao sei se já li todos os seus posts mas os que eu li eram de exelente qualidade!
Não vou pedir pra vc continuar assim, vou falar q vc vai melhorar pq com a capacidade q vc tem vc vai sempre pra frente em grandes e largos passos!

beijos de uma grande adimiradora!

Leila