sábado, 20 de agosto de 2011

MASCULINISTAS SÃO FRUSTRADOS. PALAVRA DE MASCUS

Ninguém é melhor ou pior por fazer mais ou menos sexo. Excesso de sexo ou falta de sexo não medem caráter (aliás, não sei como caráter se mede. Com régua?). O problema com os masculinistas é que, pra eles, mulher é tudo vaca, como cantava o Casseta na época em que eles eram engraçados. Se uma mulher dá (não gosto deste termo; tô usando ironicamente) pra eles, ela é puta. Se ela não dá pra eles, é puta também. Não tem escapatória. Recentemente eles deram pra odiar a Letícia, basicamente por dois motivos: 1) porque ela faz mais sexo em uma semana do que eles fazem em dez anos, e 2) porque ela não faz sexo com eles.
Pois é, mascus não fazem sexo. É uma triste realidade, mas não porque não fazer sexo seja algo terrível (acredito que existam padres e freiras felizes), e sim porque, pros mascus, é terrível. Perceba: não estou dizendo que mascus são repulsivos por só chegarem perto de uma cama pra dormir ou ver TV. Eles são repulsivos por terem uma visão de mundo que gera/atrai psicopatas como os atiradores de Realengo e Oslo e por acreditarem viver num universo alternativo, em que a verdadeira vítima da sociedade é o homem hétero branco. E lógico que esse rancor afeta toda sua vida social, incluindo a vida sexual.
Algumas pessoas podem ser muito felizes sem sexo, outras se revoltam. Mascus estão na segunda categoria. Eles sentem que merecem sexo, algo que em inglês chama-se entitlement e está intimamente ligado a privilégios. Como homens que têm tudo mas acham que não têm nada, sentem-se merecedores de sexo. Acham que só eles gostam do negócio, e que é injusto que mulheres, esses seres inferiores que só transam por interesse, possam escolher com quem querem ou não transar. Eles, fãs da ordem “natural” do mundo (homens superiores, uga uga, descendentes das cavernas), achavam mais bacana quando o macho simplesmente atacava a fêmea, sem perguntar-lhe se ela estaria interessada.
Dói muito pra eles não ter parceiras, porque a sociedade lhes diz que macho tem que ser pegador, que o valor deles (eles separam os homens entre alfas e betas) está associado à quantidade e variedade de sexo que fazem. E eles acreditam nessa ladainha, tadinhos. Não conseguem entender como mulheres não dão bola pra eles, homens honrados que são. E por isso inventam mil e uma explicações: mulher só gosta de cafajeste (não de homem bonzinho), mulher só quer dinheiro, mulher não presta mesmo, mulher é parasita.
Vou contar um segredo pra todos os mascus que me lêem: não é que vocês são frustrados por não fazerem sexo. Vocês não fazem sexo porque são frustrados. Entendem a diferença? Com essa atitude de revolta, de ego ferido, chamando mulheres de depósito de esperma, esteolionatária e prostituta, pregando que homem tem que ser dissimulado e nunca romântico ou carinhoso ― como vocês pretendem pegar alguém? Sei que o profeta de vocês, Nessahan Alita, diz que esse é o caminho das pedras. Mas vocês já devem ter notado que não é. Vocês definitivamente não são populares entre as mulheres (não vou nem falar sobre a popularidade de vocês entre as feministas). Portanto, tem alguma coisa errada na teoria de vocês que mulher gosta de cara grosso. Porque, se gostassem, vocês não estariam nessa secura.
E não sou nem eu que tô dizendo. Ontem entrei numa comunidade mascu. E descobri que um dos blogs que mais me faziam rir (e que interrompeu as atividades, chuif) usava na verdade inúmeros trechos de blogs mascus americanos (mal e porcamente) traduzidos pro português, e sem citar as fontes. Mas isso é o de menos. Em abril, com o massacre de Realengo ― que claramente foi um crime de ódio contra mulheres ―, os blogs mascus do Brasil entraram em desespero. Como pregam ódio às mulheres (mesmo que não admitam), estavam sob suspeita de ter ligações estreitas com outros psicopatas. Um dos mascus mais populares simplesmente sumiu do mapa. Na mesma época, um outro rapaz de um dos blogs, depois de falar poucos minutos com uma moça no msn, só faltou entregar a senha da comu da qual era moderador. Aquilo pegou mal ― e também o jeito meigo com que ele conversou com a garota (afinal, mascus pregam que, pra conquistar mulher, tem que ser frio e indiferente). Ele justificou a pisada na bola desta forma (clique para ampliar):
Traduzindo: ele fingia ser uma pessoa que não é na internet porque, ser um “homem honrado” (um mascu) não pega ninguém. His words, not mine. O único jeito de um mascu ir pra cama com uma mulher é... fingindo não ser um mascu.
Algum tempo depois, o rapaz ainda realizou uma pesquisa no seu blog. Eu tirei o print quando a enquete já tinha cem respostas e estava quase no fim (saiu do ar no dia seguinte).

Qual seu nível de sucesso com as mulheres?
Pego bastante mulheres e consigo comer a maioria delas 5 (5%)
Pego bastante mulheres mas dificilmente como elas, só no beijo mesmo 5 (5%)
Pego poucas mulheres mas pelo menos transo com quase todas 16 (16%)
Pego poucas e fico só nos beijos 9 (9%)
Não pego quase nenhuma e sexo quase nem existe na minha vida 20 (20%)
Nem beijar eu consigo muito 45 (45%)

Quer dizer, 65% deles nem beijam. Se olhar bem, o que essa pesquisa revela é que apenas 21% dos mascus que responderam a enquete fazem sexo (a primeira e a terceira alternativas). Mas eles têm certeza que a culpa é das mulheres, não deles. Esses blogs deviam vir com uma advertência do Ministério da Saúde, algo como “Atenção: Ser mascu pode extinguir a sua vida sexual”.
Sei o que você está pensando: que feminista é constantemente acusada de ser mal amada, e cá estou eu contando que mascu não faz sexo. Sem nem entrar na legitimidade dos movimentos (o feminismo quer mudar a sociedade para melhor, para que 50% da população não fique à margem, como tem ficado ao longo da história; o masculinismo deseja voltar aos anos 1950, pré-revolução sexual), há diferenças enormes entre chamar feminista de mal amada e chamar mascu de, hum, bicho solitário e frustrado. Feministas costumam ser muito bem resolvidas na sua vida sexual, até porque a maioria têm parceir@s que não são machistas (convenhamos: machismo é péssimo pro sexo, pois tende a desprezar ou limitar o prazer da mulher). Não conheço blog feminista que lide com cartinha de leitoras do tipo “Não consigo arranjar homem porque homem nenhum presta”. Em compensação, não conheço um só blog mascu que não seja feito pro público-alvo de homens que não encontram o amor, e que precisam descarregar seu ódio no sexo feminino pra entender o porquê dessa rejeição.
O mesmo mascu da pesquisa deixou uma mensagem contundente numa comunidade mascu no orkut (o sujeito tinha três perfis, e às vezes aparecia nos blogs alheios para elogiar o seu próprio blog). Estranho é que o sujeito passa meses “metendo a real” nas “vadias” e “feminazis”, mas de repente confessa (tudo sic):
Esse 'movimento' chamado de a 'real' é uma piada por onde passa e sempre foi assim. Qualquer pessoa minimamente desenvolvida acha ridiculo essa legião de frustrados com discursos de samurais. Qualquer lugar do orkut exceto as comunidades da real, é motivo de piada qualquer associação que você tiver com eles. E o motivo disso tudo é muito simples, pois qualquer um que vê isso de fora percebe rapidamente que não passam de homens chorões, frustrados e desajustados sociais com discursos de magoas sobre o mundo. O mundo é cruel? As mulheres não são santas? Existem injustiças? Sem duvidas. Mas sentar e chorar sobre isso atrás de um fake do cavaleiros do zodiaco não vai mudar o ritmo da musica. Organizar-se em feudos virtuais de vitimismo masculino não vai mudar também. Os conhecimentos aprendidos nesse meio devem ser aplicados na sua vida, dentro da medida do possivel e que de preferencia te de o maior beneficio possivel. Mas tudo que vejo são homens se desculpando pelos seus desajustes sociais, sem querer entrar na 'luta' pois justificam que as mulheres não merecem.
Outros mascus não gostaram muito de tamanha sinceridade, como era de se esperar: “No fim ele foi mais um [avatar de outro mascu] da vida, que bastou arrumar uma mina e já larga tudo de mão! Lembro-me que ele era o primeiro a atacar o povo que tinha namorada, e agora dá uma dessa”.
Mas teve gente que o apoiou: “Odeio concordar com esse pseudo-intelectual [nota da editora aqui: WTF?], mas ele está certo em muitos pontos. Um mal que atinge muitos aqui é o vitimismo. Culpam as mulheres e os 'cafas' por todos os seus problemas, tirando dos próprios ombros a responsabilidade por levar uma vida de m*rda. Se sua vida é uma b*sta, a culpa pode ser do 'sistema', da educação dada pelos seus pais, dos ricos, da mídia, das mulheres, do c*cete a quatro. Isso não importa. O que importa é que, seja quem for o culpado por seus problemas, ninguém vai fazer p*rra nenhuma pra tirá-lo da lama. O homem é o único responsável por melhorar a própria vida. Se vc é infeliz, se vc é tratado pelas mulheres como lixo, se vc é pobre, se vc é rejeitado socialmente, se vc vale menos que um pedaço de m*rda, A CULPA É SUA, que fica ai com o c* largo atolado na cadeira reclamando da vida e não faz nada pra mudar essa situação.
Eu não seria grossa desse jeito, mas realmente fica óbvio pra qualquer um de fora (e não precisa ser uma arquiinimiga feminista) que o masculinismo é um movimento criado pra abrigar homens que não conseguem compreender seu lugar no mundo depois que o mundo mudou um tiquinho ― porque ainda falta muito pra mudar. E não vejo a menor diferença entre blogs mascus americanos (mesmo os ditos “sérios”), e os brasileiros. Ou entre os mascus brazucas que vivem brigando entre si. Todos são machistas. A maior parte é misógina mesmo. A diferença é que apenas uma minoria admite que é. O resto fica falando que feminazi acha que tudo é machismo, ou negando que sejam mascus. Seria bom se os mascus entendessem que a raiz dos seus problemas não é o feminismo, não é a mulher. É o machismo. É isso que eles, tão prejudicados por padrões que insistem que “homem tem que ser assim”, a ponto de se revoltarem (escolhendo os alvos errados), deveriam combater. Senão vão continuar no lamaçal de ódio descrito por um participante de uma comunidade mascu: “A real tá igual m*rda, quanto mais mexe mais fede”.

307 comentários:

1 – 200 de 307   Recentes›   Mais recentes»
denise disse...

Poxa Lola num da nem pra comentar vc disse tudo e mais um pouco, eu até comentava nesses blogs idiotas mas nem tenho mais saco é um bando de recalcados que cheguei a ter dó, de ver tanta imbecilidade.
Mas pelo menos foi bom por uma única coisa eles me mandaram vir te procurar, não sei porque mas acho q eles não gostam de mim kkkkkkkkk.

Daní Montper disse...

Acho que os masculinistas são os melhores comediantes do mundo =)

aiaiai disse...

Lindo Lola. Fico emocionada com a sua generosidade. Se apenas um mascu ao ler esse texto perceber como ele está jogando fora a sua vida ao seguir esses preceitos da "real" já terá valido muito o tempo e o esforço q vc tão generosamente dispendeu para escrever esse lindo texto.

Tem gente q vai ver esse seu texto como ataque aos mascus, mas eu q te conheço e admiro, sei q sua verdadeira motivação é mostrar para esses meninos frustrados q o machismo os levou a essa situação...e q eles podem mudar. Basta querer!

A história do meu amigo (e do carro) mostra q as vezes basta bem pouco para eles perceberem q estão perdendo tempo.

beijos
obrigada !!!

Rose disse...

Hum, o que vai ter de MASCU_TRLANTE hoje aqui, não vai ser facil..
Sobre o post: perfeito!
Homens: adoro todos eles (e alguns em especial - rs)
Mascu: comédia, triste comédia.

Liana disse...

Lola tocou no ponto central. O machismo é ruim para todos, tanto mulheres quanto homens. Não tem como se relacionar de forma saudável com alguém se tudo o que se faz é tentar desesperadamente encaixar pessoas em estereótipos, se esquecendo do ser humano ali com as características que lhes são únicas. Lidar com essa riqueza de detalhes é o que torna nossas relações tão prazerosas, atiça nossa curiosidade, nos faz crescer e nos entretém.

Renegar a heterogeneidade das pessoas só revela o medo que se tem de não saber lidar com o desconhecido, é uma maneira de não assumir para si mesmo suas deficiências internas então se usa a outra pessoa como válvula de escape para seus rancores, afinal esse sentimento deve ir para algum lugar. Neste caso, homens são criados para descontar nos outros e mulheres para descontarem em si mesmas. Masculinistas tentam dar um embasamento teórico mas isso não se sustenta, o que sobra é o ruim e velho machismo já que este não carece de lógica, é só recalque mesmo.

E de fato, meus melhores relacionamentos foram com homens muito seguros de si. Sem competições bobas, sem manuais de comportamento, sem máscaras, só um cara centrado que tem consciência do lugar dele e de que ele é feliz assim, e sendo feliz consegue caminho livre para seus potenciais. Quando se chega neste ponto, regular a vida dos outros e ficar se deixando afetar demais por suas atitudes discordantes, viram coisas totalmentes desnecessárias e que já não representam aquilo que se é.

Serge Renine disse...

Masculinísmo é uma idiotice de indecisos, assim como héteros que querem o dia do hétero.

O homem de verdade não precisa se afirmar como homem, já o é.

Homem que fala que e mulher que dá pra ele é puta é um imbecil abaixo de qualquer nivel de consideração, portanto, não deveria, sequer, ser citado como exemplo num blog que pretende ser um blog feminista sério.

Parafraseando o que se diz aqui sobre trolls, "não vamos alimentar os masculinistas"!

Letícia disse...

Lola,

Antes de eu começar o blog, eu não tinha noção de que esse tipo de homem existia (e mulheres, por mais incrível que pareça).

Eu achava que isso era a exceção à regra, que caminhávamos para um mundo de igualdade e de respeito às diversidades. Bom, me enganei. Quando eles fizeram um tópico do fórum só pra me xingar (e você acabou entrando nos xingamentos), eu vi quão grave a situação era.

Porque eles não me criticavam por eu ter vários parceiros. Eles criticavam QUALQUER mulher, já que se referem a nós como "depósito de esperma". A expressão conservadora "moça de família" virou "puta de família". Isto é, não importa se você transa com um ou com 100. Se é mulher, não presta.

Isso é ódio puro, que transparece quando eles desejam que eu tenha todas as DSTs do mundo. Por quê alguém desejaria que alguém se ferrasse? Não consigo entender. De verdade.

É tudo muito surpreendente e triste pra mim.

Beijo.

Mateusz disse...

Lola, seu jeito de escrever é muito curioso. O post foi bom, só fiquei pensando como o Serge falou, se é realmente preciso citar esses sujeitos no blog.

Gostei mesmo foi do final do seu post. Tenho pensado bastante na complexidade e angústia de se viver numa lógica em que algo diz como você deve ser por ter determinada característica. Isso dentro dos próprios movimentos que lutam contra a opressão. Não que não devamos lutar e cair numa ilusão de liberdade... mas, não sei, às vezes as pessoas se contentam com formas e rituais e não enxergam mais a complexidade da vida, acho que isso os faz perder o foco, perder espaço na luta contra a opressão e, pior, ser absorvido por esse sistema. Eu não quero ser o cara gay, de esquerda, universitário, que escuta determinado tipo de música, proibido de ler e de refletir sobre alguns pensamentos. Acima de tudo a luta é para que possamos ser de fato o que somos.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Lolinha querida, adoro seu blog, todos os assuntos tratados aqui, mas acho que em relação a esse assunto você acaba é dando ibope pra quem não faz diferença.
Machismo, misoginia, é mesmo preocupante e ainda está muito presente. Mas em certos lugares a coisa é tão idiota que acho que nem dá pra levar a sério. Acho que vc acaba fazendo certas pessoas acharem que tem uma importância que não tem e acaba é dando incentivo.
Daqui há pouco vai ter gente escrevendo essas bobeiras só pra ver se consegue aparecer em um post seu.
Bjocas

Niemi Hyyrynen disse...

É isso ai Lola

Os mascus só tem como única alternativa depreciar aquelas pessoas que eles não conseguem compreender!

Se eles deixassem de serem tão arrogantes e inseguros de si mesmos talvez um dia alguem poderia amá-los.

Post perfeito

Mirella Nogueira disse...

Um dos melhores post que já li aqui no blog! Vou recomendá-lo numa discussão que estou tendo exatamente sobre isso, no facebook.

Rodrigo Souza disse...

Perdoem a abissal ignorância, mas o que é "A Real" citada no texto?

Roberta disse...

Boa pergunta ^

A real é a esposa do um real?

Malu disse...

Rodrigo, segundo eles, os homens vivem numa matriz e não percebem isso até tomar a pílula vermelha pelo que entendi. A real no caso seria "a realidade", o mundo como ele é realmente

Niemi Hyyrynen disse...

Rs a "real" é que eles são umas crianças que não cresceram! ou seria crescerão?rs

Isabel SFF disse...

Engraçado que, mesmo sendo feminista - ou seja, bem consciente de que o machismo e a misoginia são problemas bem reais - eu fiquei bastante chocada com tudo o que li nesse post. Digo, na teoria eu sei que tudo isso existe, mas me fez tão mal ver essas coisas na prática. Saber que existem pessoas assim, tão cheias de ódio contra metade da população mundial.

É difícil lidar com isso tudo, Lola. Mas a gente não deve parar de lutar jamais.

lola aronovich disse...

Pois é, o post já ficou tão longo que faltou explicar o que é “A Real”. Mas é como a Malu explicou: eles acham viver numa Matrix em que o mundo — dominado pelo matriarcado — ensina aos homens desde pequenos que as mulheres são boas e queridas e devem ser tratadas bem. Quando eles entram num desses grupos mascus, após uma desilusão amorosa em que aprendem que as mulheres são todas vadias querendo se aproveitar deles, aprendem “a real”, que é a realidade (dentro do universo alternativo em que vivem). Tem um grupo que se chama Guerreiros da Real. E eles falam sempre em “meter a real”. Por ex, percebam o que escreveu um sujeito num fórum (e todo mundo dando total razão ao cara):

“Hoje estava na minha loja e apareceu um cliente que sempre conversamos,diariamente, sobre diversos assuntos,principalmente futebol.

Cliente:''É o seguinte...Estou namorando uma garota tem uns três meses...saímos com frequência,sexo bom,ela é gente boa,bom papo,formada,com carreira,independente...Só que ontem à noite eu recebi um email com fotos dela trepando com o ex-namorado.''

Conde:''PQP!Que porra é essa???E você,como reagiu?''

Cliente:"Oras,essa que é a minha dúvida...se são fotos com o ex-namorado,então não tem nada a ver...foram antes dela namorar comigo...deve ser alguém querendo ferrar ela,talvez até o próprio ex dela que me enviou querendo tumultuar a nossa relação,na esperança de que nós terminemos e ela volte para ele...ou por simples vingança da parte dele..o que você acha,Conde?''

Conde:"PQP,cara,mas que conversa é essa,amigo?Saia fora já dessa vadia!O seu foco está totalmente errado e ingênuo neste caso.A questão não é nem saber se a foto foi tirada ontem ou a 1 ano atrás.Só o fato dela se permitir tirar fotos assim,conforme tu descreveu,de uma autêntica puta/vadia/promíscua já é motivos suficiente para tu dar um pé na bunda dela.Se ela fez estas fotos,imagine já o que ela já fez antes na vida dela.Isso é só a pontinha do Iceberg.O fato é que mostra claramente a face de puta que ela tem.E te digo mais...há 99,99999% de chances dela estar ainda dando para o ex-namorado.Eu tenho quase que praticamente certeza que estas fotos são recentes.Abre o olho,pare de ser idiota,caralho!!''

Cliente:"Pô,Conde,não é bem assim,você está pegando pesado.Eu estou muito afim dela,e percebo que ela também.Estamos planejando ficar noivos,até.Já conheci a família dela e ela a minha, sempre foi uma moça caseira,não era muito de baladas,curtição.Sempre foi mais família mesmo,estudiosa,comprometida com seu trabalho.Afinal de contas ela quem segura as pontas com os gastos com a FILHA dela..."

Conde:''Mãe solteira,ainda por cima???Porra,aí é foda!Piorou a situação!!E o pai da criança,não ajuda em nada??"
...
Conde:''Cara,conversar com mulher é inútil,ela vai te manipular fácil.Quer saber como ela é,analise seus comportamentos e nunca baseado somente no que ela te diz.Seu comportamento,o estilo de suas amizades,a forma que se relaciona com os familiares dela, suas atitudes no dia a dia,seu passado.Isso tudo sim que diz quem realmente ela é.E lamento informar a você,mas ela não passa de uma grande vadia imunda parasita,ela está com você apenas para tê-lo como provedor,visto que ela tem quase 30 anos...Saia fora já dela,tem milhões de mulheres por aí para tu ficar se humilhando e se sujeitando a esses fatos ridículos protagonizados por ela.Se apareceu isso em 3 meses,imagine em 3 anos o que virá?Acorda,porra!!"

Ele saiu e eu fiquei pensando...como que pode um cara ser tão afogado assim na Matrix,ser tão débil? A Matrix cega mesmo o cara.Uma mãe solteira vadia que viveu em putarias/farras/bebedeiras com Cafas e agora deu chazinho de buceta pra ele,está posando de santinha,colocando ele na coleira apenas para ter ele para fins utilitaristas.Ele,um bobalhão/beta/mangina/matrixiano,que está caindo direitinho no canto da sereia da vagabunda.”

lola aronovich disse...

Esta é a descrição de uma comunidade no orkut que se chama Sou Misógino com Orgulho (na época de Realengo várias comus mascus foram investigadas pela Polícia Federal):

"Essa comunidade e feita para os homens de verdade que nao se deixam se influenciar pelas mulhereS,Comunidade do lixos,excluidos,e principalmente para aqueles que ja foram manuseados como boneco das mulheres,e agora estao cansados disso,com o tempo percebe-se que as mulheres nao prestam elas usam o homem exploram financeiramente,so querem saber de namorados playboys,cheios da grana,ou maconheiros,nunca vi uma mulher bonita se apaixonar por um homem que mora na rua ou um homen de bem, trabalhador,nunca.Sabe meus amigos lixos por que elas nao querem homens como a gente,porque a gente e trabalhador,e pessoa de bem a gnt nao e playboy, a gente tem do do nosso dinheiro,elas so querem a gente como amiguxos,hj eu digo:EU TENHO NOJO DO GENE MULHER,a unica mulher que presta nessa vida e a nossa mãe,so, o resto tudo e vadia,Bafuda nada presta tudo um bando de porcaria,tudo porcalher.

LIXOS PARA A ETERNIDADE"

Malu disse...

"a unica mulher que presta nessa vida e a nossa mãe,so, o resto tudo e vadia"

Só queria saber: e se o pai deles largarem a mãe grávida? Daí ela não vira puta? Não tem uma contradição aí? Se bem que se procurar lógica nos argumentos, vou morrer tentando.

Gaia disse...

Lola, que texto bom. Acabou que quem "meteu a real" aqui foi você.
Decidi me assumir feminista depois de cair em um blog desses. E às vezes dou uma visitada em um fórum que eles mantém pra dar algumas gargalhadas. Mas pra conseguir tanta informação, você deve ter passado muito tempo lendo os textos deles. Isso faz mal pro estômago!

Raquel Dunn disse...

esse foi um dos posts mais fortes q ja li aqui. Quanto odio no coracao, gente....

Koppe disse...

Difícil achar coerência no discurso deles. Conseguem às vezes no mesmo texto reclamar que as mulheres de hoje fazem sexo demais e assim "não se valorizam", pra logo em seguida dizer que são todas "feminazistas mal-comidas"; reclamam que o homem é convencido/levado/forçado a pagar todas as contas e despesas num relacionamento, mas dizem que bom mesmo era antigamente quando cada gênero tinha seu papel e o homem era o provedor da família; falam que o cavalheirismo é uma armadilha ensinada aos meninos para que se tornem "manginas" quando adultos, mas pregam alguns comportamentos e atitudes idênticas às dos cavalheiros vitorianos; dizem que sua ideologia é "a real", mas só vejo pessoas defendendo essas idéias no mundo virtual, atrás de avatares e apelidos, e sinceramente é difícil imaginar alguém defendendo essas idéias em público.

Às vezes até acertam em alguma coisa, como um relógio quebrado que fica certo duas vezes por dia. Por exemplo, quando incentivam o desenvolvimento pessoal (profissional, intelectual, espiritual) do homem, isso é uma coisa boa. Mas as boas idéias vêm no meio de tantos absurdos, às vezes nos mesmos textos, que é difícil aproveitar alguma coisa.

Pra mim eles parecem só o front mais avançado e patético do backlash, a reação contra o feminismo que visa colocar as coisas de volta como eram.

Ághata disse...

A polícia federal andou investigando essas comunidades porque, antes do massacre em Realengo, alguém avisou em uma dessas comunidades que a tragédia ia acontecer - teve gente que ficou exultante com isso.

Liana disse...

Credo! Isso é uma mistura de conversa de bar, com corredor de psiquiatria, na fila de alguma empresa de rh para deixar currículo, depois de horas com sol forte na cabeça e uma chuva de verão repentina que à propósito, acabou molhando o résumé. E bem.. não estamos contratando no momento.

Eduardo Marques disse...

Uh, Lola, eu defendo que homens e mulheres tenham oportunidades iguais, mas não são completamente iguais. A Letícia, daquele blog horrível, só fez a aposta de fazer sexo com 100 homens em um ano porque ela pode. Quero ver se um homem, "mascu" ou não, poderia fazer o mesmo. Homens e mulheres são tão diferentes que mulheres não prestam serviço militar, e eu acho que nunca vi vc falando do assunto aqui. Por que, então, muitos gays agem, ou sentem vontade de agir, como pessoas do sexo oposto? Não vejo nenhuma causa de denigrição em alguém ser física ou psicologicamente homem ou mulher, as pessoas são o que são.

O problema de esquerdistas é que vcs vivem no mundo de seus desejos e não querem enxergar de modo algum a realidade, nem ao menos atentar para modos de pensar diferentes, além de fazer julgamento moral de tudo, como se tudo o que fosse diferente ao seu pensamento fosse altamente nocivo e repugnante.

Niemi Hyyrynen disse...

Nossa Eduardo vc tem algum problema serio com o blog da Leticia! Sempre que tem alguma oportunidade mesmo que não venha ao caso vc cita o blog da menina.

Deixa ela ser feliz! Uma dica, mulheres são felizes vc querendo ou não fica a dica ;D

No Brasil o serviço militar não é extendido as mulheres como deveria pq o Brasil é um pais machista! Meninas podem ingressar no execito mas é muito, muito dificil! Já tentou fazer Barro Branco por exemplo?

Tanto que isso é questao de cultura nao de fisionomia, biologia, o que for, pq na Finlandia o serviço militar é extendido a mulheres tb, minha irma serviu o exercito, e dai?

Sobre os gays quererem parecer mulheres, já ouviu falar sobre identidade de genero? Então, eles se identificam com coisas que são ditas como "femininas" isso não significa que isso seja bom ou ruim, melhor ou pior. Não entendi sua relaçao de causa.

VC reclama de esquerdista que quer tudo do seu modo mas vc me parece bem teimoso tb

Koppe disse...

No século 19, conforme a escravidão ia sendo abolida e os negros começavam a ganhar algum espaço (mínimo, mas algum), começaram a crescer e se propagar movimentos e ideologias que tentavam manter as coisas como eram. Nesse contexto era visto como aceitável defender idéias como o branqueamento da população e a esterilização de pessoas não-brancas. Usavam a eugenia como base científica pra defender essas coisas. No fim das contas, tudo isso era só uma tentativa do grupo privilegiado manter seus privilégios e excluir o resto.

No final do século 20, as mulheres foram ganhando mais espaço na sociedade e fazendo seus direitos serem respeitados. Ainda longe do ideal, é verdade, mas indo em direção a ele. Parece óbvio que isso ia gerar alguma reação, dificilmente um grupo privilegiado abandona sua condição sem reclamar. Daí veio coisas como o backlash e o masculinismo. Tentam usar a psicologia evolucionista como base científica pra provar a inferioridade das mulheres, assim como os racistas 100 anos atrás tentavam usar a eugenia e o darwinismo social pra provar a inferioridade dos negros. No fim das contas, outra vez, tudo isso é só uma tentativa do grupo privilegiado manter seus privilégios e excluir o resto.

Eduardo Marques disse...

"Sempre que tem alguma oportunidade mesmo que não venha ao caso vc cita o blog da menina."

M-mas eu só a citei duas vezes, contando com agora, quando o assunto do post era ela. E muito brevemente.

Se em alguns países as mulheres servem, ótimo, então, não sou, absolutamente, contra isso. Esse tal de Barro Branco deve ser difícil para ambos, homens e mulheres. E eu vejo mulheres no site do lugar.

http://www.polmil.sp.gov.br/unidades/apmbb/index.asp

"já ouviu falar sobre identidade de genero?"

Era disso q eu estava falando quando disse que há diferença entre homens e mulheres! Apesar de haver homens q agem como mulheres e o oposto, independente da cultura, a maioria ainda age, digamos, "de acordo" com seu gênero.

Miss Freedom disse...

Olá, Lola! Leio seu blog há algum tempo, mas nunca havia comentado. Foi por aqui que conheci o blog da Letícia.... e, realmente, os "mascus" a perseguem. Talvez por ela ser uma pessoa muito melhor decidida e bem sucedida no sexo, mas ainda mais por ser mulher! Seu post mostra o pensamento tão pequeno desse tipo de gente... Que só critica, julga e não acrescenta. Até lembrei de uma música da Lily Allen que estive escutando esses dias. Se chama "Fuck you".

Esse é o link, acho que você vai gostar : http://www.youtube.com/watch?v=IPZuYwYxnL4&feature=related

Beijos

Shoujofan disse...

Ótimo post, Lola! Ri alto com o "avatar de Cavaleiros do Zodíaco". Mas é por essas e outras que raramente apareço no Orkut...

Erick disse...

quanta besteira num so blog.

Flávio Brito™ disse...

Então masculinista é tipo um machista moderno?
Logo a Lola que vive criticando estereótipos para mulheres e gays entre outros escreveu um texto inteiro estereotipando essas pessoas.
Logo a Lola que não gosta que juguem a sexualidade de uma mulher pelo faz ou deixa de fazer faz um texto só condenando essas pessoas pela sua “falta” de sexo...

Ver uma feminista criticar um machista/masculinista é como ver um assaltante criticando um ladrão.

Edward disse...

Faltou vc acrescentar que nem todas as idéias masculinistas são 'misóginas'

A misoginia está presente nos membros mais radicais do 'movimento' que infelizmente existem...
Mas acontece o mesmo com o feminismo. Ou vc vai negar que existem feministas radicais que gostariam de acabar com os homens???

leiam esse post para entenderem melhor o que quero dizer

http://sofrimentoamorosodohomem.blogspot.com/2011/02/porque-nao-somos-misoginos.html

Gaia disse...

Depois de ler o post, fui procurar um texto que eu li há um tempo atrás.
Este é uma pérola: http://richardinternet.blogspot.com/2009/10/por-que-o-homem-promiscuo-e-o-bom-o.html

E uma ótima notícia: http://silviokoerich.blogspot.com/2011/08/nota-encerramento-do-blog.html

Liana disse...

Apontar o óbvio, que estes homens são machistas, não é estereotipar pessoas. Eles mesmos se colocam nesta posição pelas idéias que professam. Mero exercício de observação.

(vinheta)Atenção, começa agora a teleaula de... :p

Misandria: ódio ou desprezo pelo sexo masculino. Opõe-se à misoginia.

Feminismo: movimento social, filosófico e político que tem como meta direitos iguais e uma vivência humana LIBERTA DE PADRÕES OPRESSORES BASEADOS EM NORMAS DE GÊNERO.

Dizer que mulheres misândricas seriam uma parte 'radical' do feminismo é o mesmo que dizer que racistas seriam uma parte radical do humanismo. Não faz o menor sentido. São visões de mundo bem diferentes. Mania chata, mas previsível, de ficar forçando associação.

Já li vários desses manifestos masculinistas inclusive americanos. Todos começam com palavras bonitas e aparentemente ponderadas mas acabam pregando que mulheres são seres inferiores, que devem ser controladas do contrário vão arruinar a vida de homens etc etc etc. Isso acontece porque o masculinismo é apenas uma versão 2.0 do machismo. Pegaram um punhadinho de queixas válidas, só que isso não sustenta enquanto ideologia nem passa incólume no machismo dos presentes. Eu acho que alguns homens de bem e só confusos caíram de paraquedas ali mas isso não anula as incongruências deste movimento.

denise disse...

Vc pegou a essência desses blogs Koppe, eles são realmente muito contraditórios, o que mais penaliza é que pelo que falam devem ser muito jovens em sua maioria, e parecem sentir saudades de um tempo que se quer viveram.
Já vi muitos deles que tem a mente tão cega de ódio que nos comentários que fazem ficam imaginando um mundo depois de uma grande catástrofe planetária, ficam descrevendo esse mundo pós apocalíptico onde acham que os homens vão ser endeusados e em que só as mulheres mais apetecíveis vão receber a proteção deles, da pra perceber nitidamente que a maioria deles necessita urgentemente atendimento psicológico, pois são paranóicos e tem forte propensão a cometerem crimes contra as mulheres, já vi muitos deles falando que tem que ter um relacionamento com mulheres virgens e que não devem esperar muito, um chegou a dizer que devem esperar apenas para que ela menstrue, se isso não é pedofilia eu já não sei o que é outro ainda que sinceramente pra mim foi o comentário mais asqueroso que já vi nesses blogs dizia que a mulher devia ficar presa e sofrer uma lavagem cerebral até se adequar ao que eles consideram corretos, disse que se devia separá-la da família e de amigos.
Portanto pra mim esses blogs são verdadeiras usinas de malucos, e acho que deveriam mesmo ser investigados pela policia, pois muito do que se diz ali, pode sim ser considerado como comportamentos criminosos.

Marcos Carvalho disse...

Engraçado, você começa seu texto dizendo que não se mede caráter pelo tanto de sexo que uma pessoa faz e poucas linhas depois usa a pouca atividade sexual como parâmetro pra diminuir os masculinistas. Acho que nem se eu tentasse conseguiria me contradizer em tão pouco tempo.

E aliás, se vc não sabe como se mede o caráter de uma pessoa, deveria pensar duas vezes antes de escrever textos; e quem os lê, pensar três antes de levar a sério o que alguém incapaz de medir algo assim tem a dizer.

Moisés Lopes disse...

Ei, peraí. Desde quando gays são necessariamente afeminados ou se identificam com coisas femininas? O fato de um homem gostar de outro nao o faz feminino, assim como uma mulher gostar de mulher nao a faz masculina. Esse estereotipo é coisa do inicio do século XX. Outra coisa, o que é definido como masculino em uma cultura não é necessariamente o que é definido em outra cultura. Aliás, dependendo da cultura os comportamentos de gênero tomados como "normais" podem ser inclusive invertidos dos que a gente vê em nossa sociedade. Pra quem tiver curiosidade o livro Sexo e Temperamento escrito na década de 50 mostra como os comportamentos de gênero podem variar em diferentes culturas, ou seja, não tem nada de "natural". Parabéns pelo post Lola. Pra mim masculinista, machista, ignorância e intolerância andam demãos dadas!!!

Elke di Barros disse...

O tiro não deveria ser na cabeça ? kkkkk

Aoi Ito disse...

"Engraçado, você começa seu texto dizendo que não se mede caráter pelo tanto de sexo que uma pessoa faz e poucas linhas depois usa a pouca atividade sexual como parâmetro pra diminuir os masculinistas. Acho que nem se eu tentasse conseguiria me contradizer em tão pouco tempo."

Exceto que eles mesmos põem atividade sexual em primeiro lugar. Na concepção feminista tanto faz ter sexo ou não, só depende da pessoa. Agora, na masculinista, você PRECISA fazer sexo se for homem, e eles não fazem, então do ponto de vista deles mesmos eles são uns perdedores.

Nunca vi alguém falhar tanto em interpretação.

carolinapaiva disse...

Acompanho o blog já faz algum tempo, porém nunca comentei.

Eu conheci o masculinismo através de comunidades do orkut, e discuti com eles durante um tempinho, mas é muito cansativo, pois eles não dão ouvidos a quem não pensa igual a eles.

Eles só discutem com mulheres para "testá-las", saber se são putas ou santas, como se fosse possível fazer tal rótulo...

Agora, o meu receio em relação ao masculinismo é essa exaltação de quem comete crimes de ódio, a ideia de que mulher e gay merecem apanhar por "mau comportamento". Essa ideologia deturpada não pode se espalhar por aí.

Renan disse...

Para o Aoi Ito.

Vc diz que na visão masculinista você precisa fazer sexo se for um homem. Houve um erro feio, a questão não é essa. Ninguém naquele fórum disse isso. Pelo contrário, essa visão, na realidade é a do meio. O homem que não faz sexo é tido como fracassado, seja quais razões tenha. Quem precisa se afirmar sobre sexo é o típico "falastrão", aquele que conta histórias de orgias imagináveis e inimagináveis, quase todas evidentemente falsas. Gente que é desagradável a qualquer um.
Um foco deles que é bastante sensato, na minha opinião, é de abordar desenvolvimento pessoal, postura, estudo, relações, de maneira geral, aconselhando a dar observãncia a estes aspectos,em vez desta promoção dos atributos sexuais, ou da hiperexposição de detalhes da vida privada que ocorre em redes sociais, e que se reflete no dia a dia, mais além, gerando homens e mulheres extremamente exibicionistas, que parecem fazer dos seus atos exibicionistas a forma de afirmação de sua identidade. Talvez isso ocorra devido a perca de referências que antes eram responsáveis pela manutenção desta identidade. Isto já é outro assunto, mais complexo, que não dá para tratar aqui.

Renan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
elen mars disse...

muito bom lola,acho q vc tirou isso do forum homens honrados,eu leio de vez em quando e até ja tentei deixar recados lá,mas eles te atacam na mesma hora.
odeiam mulheres mesmo e cada vez q eu leio,eu tenho mais certeza q eles são doentes mentais.

tiveram a coragem de dizer q a sociedade é feminista,reclamam de coisas como mulheres q querem q homem pague tudo,mas isso é do machismo,onde mulher só servia pra cuidar da casa e homens tinham q sustentar todos.

intolerantes,se os outros homens n forem como eles,honrados e maravilhosos,eles são gays ou manginas,eu nem sei q mer.da é essa.

e o pior q eu li é eles ridicularizando uma mulher q tem um abrigo de animais,q elas só fazem isso pra posar de boazinha,pra q um homem se interesse por ela.
é um absurdo,a pessoa pouco se importa com os bichos,só cuidam dele pra q um otário honrado repare nela.

todos do greepeace tb protegem a natureza e os animais na esperança de conseguir alguém.

é ser burro demais,bando de retardado,dá até raiva.

Ana Lúcia disse...

nossa, cada coisa ridicula, né! rsrs

solar disse...

O masculinismo é tão legítimo quanto o feminismo. Não sei pq tanto mimimi. Ambos não lutam pela uma expressão de gênero na sociedade? Seria ridículo que tivesse só uma dessas expressões, seria muito parcial. Essa vontade do feminismo em silenciar os masculinistas, nivelando tudo por baixo ou mesmo desprezando tudo relacionado a um movimento de homens, é puramente misandria.

Rapidfire disse...

Pois é, nada de novo na velha tática do se reclamou de algo do comportamento feminino é porque "é frustrado sexualmente". Refutação da farta bagagem teórica sobre o comportamento na escolha feminina, não vi nenhum. Só te restou partir pro velho ad hominem. Típico de esquerdista.

http://www.youtube.com/watch?v=Q3eGX1aOOMo&feature=player_embedded

Patrick disse...

Lola, eu vou Copiar/Colar um comentário do Classe Média Sofre:

"O trabalho de vocês deve ser pior de que catador de lixo: Além de terem que tratar todo tipo de imundice que encontraram, o lixo que vocês pegam fica reclamando da vida."

P.S.: é engraçado que os maculinistas se dizem vítimas do que eles pregam, ou seja, de um mundo machista (os "cafas", machos "alfa"). Mas procurar ordem e lógica nesse raciocínio masculinista é demais, né?

Branca disse...

Er... Solar... o feminismo é favor da eqüalidade dos gêneros. Não a expressão de gênero. Como o masculino sempre foi o dominador, é lógico dizer que o feminismo fala voz das mulheres. Mas está aerrado. Não é apenas das mulheres, mas de toda a sociedade que se sente oprimida pela lógica "machona" de mulher não presta e de que homem que é homem tem de ficar se provando toda hora.

É aquele lance de "se ela tem, eu também quero". E do Dia do Orgulho Hétero. Quando criarem o Dia do Orgulho Branca eu me pico desse país...

Jose Guilherme disse...

Gostei muito do texto ! Indicou 92% dos problemas do discurso masculinista... faz 2 anos que procuro um texto contundente desses... Parabéns !

JG

Ramon Duarte disse...

Renan, você não captou corretamente a contradição que a Lola apontou. O "meio" que você citou é machista, e os valores que ele cultua são tão, mas tão repugnantes que causa sofrimento até mesmo aos próprios machistas (agrupados em "masculinistas").

Veja bem, se não houvesse o machismo, nenhum homem se sentiria inferiorizado por não praticar sexo regularmente. Essa cobrança por demonstrar sua virilidade e proeminência sobre o sexo oposto não existiria e, portanto, não seria uma fonte de tamanha infelicidade e frustração destes homens cuja autora do texto taxou como "masculinistas" - nunca ouvi essa expressão fora deste blog, esta palavra não pertence ao meu vocabulário.

Ou seja, os homens devem apoiar as mulheres em sua busca por igualdade entre os gêneros, simplesmente por ser benéfica a ambos os lados, talvez mais a nós homens do que a elas próprias.

Mario disse...

Masculinismo é um movimento legítimo, os homens tem seus problemas particulares na sociedade. O masculinismo luta por igualdade.

Mario disse...

O masculinismo combate o machismo, o machismo vai mal para o homem. Infelizmente a sociedade brasileira é muito machista, o homem tem que bancar a mulher, se o homem não tiver dinheiro não tem sexo, entre outras coisas. Isso são formas de opressão, por mais que as feministas não se importem.

Quem importa com os problemas do homens são os masculinistas. Eu como homem me sinto representado no movimento masculista. Procurem mais informações, movimento masculinista é movimento por igualdade, é dar voz aos homens.

Mario disse...

A feminista que é contra o masculinismo de forma radical, em todas as suas formas, é uma anti-homem. Os homens tem o direito de se organizarem e debaterem seus problemas, lutar contra o sexismo, contra a misandria e contra o lesbo-femismo. Viva o movimento dos homens! Temos identidade, existismo. Não é tudo buceta no mundo, as lésbicas radicais anti-homem e as feministas precisam abrir a cabeça para a diversidade. Nessa diversidade há o espaço do homem. Não é só mulher que tem direito a ser uma metanarrativa do humano.

ntwrdprss disse...

Então uma bruna surfistinha wannabe quer dar, ou DIZ que quer, pra uns cem, duzentos, sei lá, e os machistas são os que se incomodam com isso?
Como disse Jesse Valadão há mais de trinta anos, essa liberação da mulher só tornou mais fácil a vida do homem.

Mario disse...

Jesse Valadão era um mangina.

As mulheres dão para certos homens, com certas características, não é algo generalizado assim. Muitos homens não tem acesso ao mercado sexual, são extremamente excluidos. O mesmo não acontece com a mulher, mesmo a gorda e a feia. Há no tempo atual uma valorização do sexo feminimo e uma desvalorização do sexo masculino. Quem ganha com isso?

A sociedade bucetista fez da mulher um produto, mas a maior parte da culpa disso é das próprias mulheres que hoje se colocam assim. O homem precisa lutar por seus direitos, não ser um escravo bucetista como esse tal Jesse Valadão ou como tantas lesbicas que vivem 24h por bucetas.

Sybylla disse...

Muito recalcado se doendo agora. Boa Lola! Ótimo texto!

Robson Fernando de Souza disse...

Daqui a pouco vai ser a vez dos blogs alfacistas. Eu pessoalmente não conheço quase nenhum, mas é capaz de crescerem muito nesses próximos anos de crescimento dos blogs e sites vegetarianos e veganos.

Vão crescer mas, tempos depois, vão afundar em sua própria estupidez reaça, tal como esse movimento mascu codinominado "a real" parece estar.

florestadeversos disse...

Eu não conhecia isso de "masculinismo". Mais do que a postagem interessante da Lola, os comentários dos "mascus" por aqui estão sendo bem esclarecedores no sentido de informar o quanto tem garoto precisando de terapia.

denise disse...

Mario vai chorar no enterro do Silvio K no outro blog ......

Viviane disse...

A feminista que é contra o masculinismo de forma radical, em todas as suas formas, é uma anti-homem. Os homens tem o direito de se organizarem e debaterem seus problemas, lutar contra o sexismo, contra a misandria e contra o lesbo-femismo. Viva o movimento dos homens! Temos identidade, existismo. Não é tudo buceta no mundo, as lésbicas radicais anti-homem e as feministas precisam abrir a cabeça para a diversidade. Nessa diversidade há o espaço do homem. Não é só mulher que tem direito a ser uma metanarrativa do humano.

+1

Mario disse...

Sempre essa conversinha de gente que se acha superior, acadêmica, que tem mestrado e doutorado, bla bla bla. Esse pessoalzinho é muito previsível, quase sempre na torre de marfim, citando Freud, mandando os outros fazerem terapia, etc. Muito engraçado!

O masculinismo veio para ficar, queiram vcs ou não. Não me interessa se vai ficar como algo marginal, fora dos círculos acadêmicos lésbicos e feministas, se vai ser coisa de gente que será chamada de fascista etc. O que importa é o masculinismo ser um ponto de encontro para homens que não tem voz, para dizer coisas que não ditas pelo politicamente correto das Universidades, dos gabinetes mortos de terapia, e dessa gentalha arrogante metidinha a cult, a alternativa.

Masculinismo pode sim ajudar os homens. Claro que tem lixo dentro daquilo de muita coisa chamada masculinisto, mas tem muita coisa boa, muitas idéias interessantes e libertárias. Os preconceituosos sempre vão chiar, mas deixa essa gente lá nos corredores cheirando a naftalina dessas universidades lotadas de hipócritas.

Mario disse...

Masculinismo é uma coisa muito ampla. Tem vários níveis, o principal é aquele com estudo, dentro das Universidades dos EUA. E tem movimentos que se intitulam masculinistas, mas que bebem em várias fontes, talvez em fontes mais conservadores e até fascistas. Mas isso não é tudo, mas aqui parece que gostam de jogar a água e o bebe pela janela. Desconsideram tudo, o discurso típico é mais ou menos essa: "ah, sou lésbo-feminista da Universidade e masculinismo é tudo machista, filho da puta, fascista, etc, morte a esses machistas"

Não sabe que na Unicamp tem gente que escreve livros sobre masculinismo, não procuram ver a coisa de forma mais ponderada e imparcial, estão intoxicadas demais de ódio a tudo que se refere ao homem.

Mario disse...

E a autora desse texto é uma professora Universitária, mantem seu vidão ganhando lá mais de 5 mil por mês, as custas do povo fudido desse país, para escrever um textinho parcial como esses, textinho de militante de ensino médio, cheio de clichÊs de feminista de esquina.

Hugo Araújo disse...

Moral da história (na minha visão): Os masculinistas são vítimas do próprio machismo! O mesmo machismo que os cerca e impõe que a qualidade do homem se mede pela quantidade de mulheres que ele 'pega'. Se eles não pegam ninguém, logo se sentem excluídos, e começam, equivocadamente, a culpar as mulheres. Acontece que, na real (hehe) se eles tivessem que culpar uma mulher, esta deveria ser a mulher machista e não a mulher feminista. Poxa, eles deviam era agradecer às feministas. Que retardados!

Liana disse...

Esse Mario é um 'bom' representante do masculinismo. O discurso bonitinho vira uma descarga de frustrações sexuais por não 'comerem' as mulheres que eles querem e por não terem sobre elas o controle de que gostariam.

Quando eles falam que "não é tudo buceta no mundo" já estão deixando claro o que realmente os incomoda... mulheres e suas vaginas indomáveis.

Eles dão voltas e voltas mas caem sempre no mesmo lugar, suas vidinhas sexuais aquém do que gostariam. Até tentam disfarçar desviando do assunto de vez em quando, mas pouco tempo depois lá estão eles de novo. Não tem como levar isso à sério.

Fora outras sandices que costumamos encontrar nesses blogs. Tudo teoria de bar misturado com um punhado de pseudo-ciência e largas doses de problemas com a figura materna.

Ganhariam muito mais parando de focar em buceta e começando a se relacionar com pessoas. São bilhões de indivíduos no mundo e esse povo reclamando que não encontra o 'Amor'. Acho(não, tenho certeza!) que isso é um belo indício de que o problema é com eles mesmos. Se parassem com a lamúria-sobre-o-pênis-solitário veriam isso.

Gabs disse...

Eu fico surpresa dessa gente conseguir escrever comentários reclamando, porque a falta de coerência faria qualquer um pensar que não foi alfabetizado, né?


Lola, fico fula da vida quando te atacam por ser professora. Sei o tanto que o professor universitário é obrigado a produzir por ano (aulas, participação/organização de eventos, orientações, produção e publicação de artigos, desenvolvimento de projetos...) e um zé ruela que "descobriu" o que sabe no google acha que pode criticar. Haja psicólogo pra tanta gente frustrada e mal resolvida...

Lord Anderson disse...

Mario desculpa ai.

Mas nos blogs que ja visitei, inclusive a tal central masculinistas, não vejo nada de amplo.

Nenhuma materia seria sobre por exemplo cuidados com a saude.

ninguem combatendo o preconceito contra o exame do cancer de prostata, cobrando o uso do preservativo (mas ironicamente tem um monte de gente p/ xingar a mulher que engravida de "proposito")

ou criticando a mentalidade de julgar a mulher pela aparencia (mas novamente se a mulher for "gostosa" é pq é futil, se for "feia" é uma "mal-comida")

sobre atitudes de valentões que geram tantos casos de violencia em bares, transito, etc

só o reforço do comportamento do "macho alfa" que não que tem que se impor.

ou seja , nada de novo no machismo de sempre.

não vejo nenhum beneficio real para os homens e como homen eu não me sinto representado por nesses desses exemplos.

e vc fala do post da Lola, mas qual post masculinistas não desagua em milhares de ofensas paras as mulheres?

putas, vagabundas, interesseiras, feminazis,"lesbicas" (como se isso fosse ofensa, vide os seus comentarios)

então quem ta dando motivo parar sem zoado e ridicularizado são os proprios masculinistas.

e como assim , homens sem voz???

que sociedade que vc vive?

Mario disse...

Liana, vc repete as mesmas ofensas, clichês, ataques, fica basicamente nisso. Quer dizer, vc me reduz a umas coisinhas da sua cabecinha preconceitusa e eu tenho que me encaixar nessa modelinho, assim vc se sente feliz. Eu acho que nem vale a pena comentar, o que vc escreve diz mais sobre a sua forma limitada de ver o mundo e as pessoas. Realmente o que mais se vê nesse "ambiente iluminado" aqui é clichês.

Mario disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mario disse...

A pessoa ataca o outro assim, quer reduzir o outro a um nada diante de madames com muita pesquisa, e eu que preciso de psicólogo?

E que arrogância é essa de ficar a todo momento me mandando para psicólogo, para terapia. É para controlar? Silenciar? Eu incomodo tanto assim? O cara sem títulos, marginal, analfabeto, tem que ser jogado num buraco né?

Essa gente tem um ódio pela diversidade. Isso se esconde atrás das interpelações: "vai para terapia", "some, precisa de psicólogo, não vou ouvir esse lixo!". etc

Gentinha prepotente.

Gabs disse...

Desculpa aí se ofendi seus ouvidos/olhos virginais, Mario. Sou alguém, com certeza, mas informada do que você quanto ao que significa estar no meio acadêmico. Você sabe que ela já produziu, para estar onde está, vários artigos aceitos em publicações científicas, certo? E você, hein? Divide seu lattes pra galera ver aí, espertão.

Gabs disse...

Ué, achei que você estava questionando a capacidade intelectual dos professores universitários... vejo que vc não deve estar na universidade ainda.

Mas já que vc é fã da sabedoria popular: quando o povo diz ou foi, ou é, ou será. Então sua necessidade de ajuda profissional ou foi, ou é ou será suprida ainda, acredito mesmo! Espero que vc cresça, encontre pessoas, abra um pouco sua mente e encontre uma mulher maravilhosa para estar ao seu lado e ser sua companheira.

Mario disse...

Lord,

Essa parte aí que vc sentiu falta talvez vc encontre no blog masculinismo e direitos iguais.


Essa outra parte de movimento da real não é bem movimento masculinista, bem alguma influência apenas, mas por outro lado as vezes tem idéias totalmente contrárias as masculinistas. Eles não são propriamente masculinistas.

Mas lá tem algumas coisas boas, basicamente, eles falam muito no homem ter autononia, valorizar outras coisas na vida. É um fórum que saiu da comunidade do orkut dos leitores do Silvio Koerich e do Nessahan Alita. Falam de desapego, de valorização do homem através do estudo.

Mario disse...

ai ai ai

Garota, vc é pentelha heim?

que papo é esse de "vejo que vc não está na Universidade ainda?"


Eu já passei pela Universidade.

Sou meio burrinho, até concordo, mas chega de pegar no meu pé.

Gabs disse...

"Sou meio burrinho, até concordo, mas chega de pegar no meu pé."

Épico, essa vai pro livro de pérolas dos trolls da lola.

Mario disse...

Já passei pela universidade quero dizer que já fiz uma graduação e comecei uma pós graduação que não terminei. E daí?

Tem tanto imbecil que passa por uma Universidade brasileira. Como se as Universidades brasileiras fossem assim grande coisa e só saissem gênios de lá.

Mario disse...

Eu nunca consegui ter uma discussão legal nessas comunidades virtuais feministas. No orkut sempre expulsam sumariamente quem pensa diferente. Em outras é sempre esse tipo de joguinho, de cinismo. Muito ruim

Liana disse...

Mario, você se superestimou, a minha felicidade independe da sua pessoa. Tampouco fico nisso, eu sigo em frente, minha vida não para porque eu topei com pessoas com as quais eu não me afino, sequer perco o sono. Nem culpo o mundo pelos meus problemas. Isso ajuda a não ter uma visão distorcida de si mesmo e das outras pessoas. Você devia tentar.

Não há muito o que falar sobre o masculinismo devido ao seu próprio superficialismo, por isso fica difícil não cair em repetições. Sua insistência no bucetismo ilustra o meu ponto. Questão de matemática, quase tudo o que se lê é frustração sexual, culpabilização de mulheres e vitimismo. Esse tipo de coisa não leva ninguém a lugar algum.

Niemi Hyyrynen disse...

Oba! Troll novo na área!


Mario kd o Luigi?

lola aronovich disse...

Mario, já deletei um comentário seu em que vc xinga a Gabs. Vc não foi xingado em nenhum momento. Sei que vc deve ter muitos problemas, então alguém te falar “faça terapia” passa a ser um insulto. Mas não é. Em todos os seus comentários está escrito exatamente a mesma coisa: vc tem sérias frustrações com o mundo, acha que o mundo te deve alguma coisa, e em vez de vc se auto-analisar, sai culpando todas as mulheres. Isso não vai te levar a lugar nenhum, Mario. E fica muito evidente a total falta de argumentos desse movimento mascu que vc tanto aprecia. Pô, Mario, vc é um mascu e continua de mal com a vida! Isso não te diz alguma coisa?
E pode parar de deixar comentários aqui, Mario. Parafraseando a mocinha de Jerry Maguire, “YOU HAD US AT SOCIEDADE B*CETISTA!”.


Lord, perfeito seu comentário. Gostaria muito (de verdade!) que algum mascu o usasse como pauta de assuntos que eles poderiam explorar. Vc tem total razão: mascus não falam de nada disso! É sempre a mesma ladainha repetitiva e monótona de vadias, manginas, alfas, betas, real, matrix, feminazis, gayzistas. Dá sono.

lola aronovich disse...

Hugo, obrigada por resumir o que eu quis dizer. É exatamente isso! Mascus deveriam lutar contra o machismo. É isso que os oprime. Não o feminismo.


Liana, Gabs, pois é, eles dizem sempre a mesma coisa. Não trocam o disco. Não têm como argumentar. Eles se unem como grupo chamando mulheres de vadias e/ou feminazis gordas e lésbicas. SÓ. Juro que fico com pena, porque é muita energia jogada fora.

Mario disse...

Bom, ela em algum momento deve ter me xingado tb, mas o jogo aqui é me satanizar. Entendo bem.


Eu dispenso as suas análises sobre a minha pessoa, pessoa bem resolvida.

Mario disse...

Acho engraçado vc criticando os da real que eles acham que tudo é problema do feminista, aí vc simplesmente inverte e diz que não, que todos os problemas do mundo são do machismo. Que brilhante vc heim? REducionista.

Acho que devo logo ser bloqueado, a democracia feminista é assim.

Niemi Hyyrynen disse...

Mario vc tb está sendo reducionista segundo seu próprio ponto de vista.

VC acha que o problema do mundo é o feminismo, e é só, ponto.

Não é ironico?

Mario disse...

Interessante a operação mental dessas pessoas "psicologizadas", "bem resolvidas", "auto-analizadas". O disco é sempre o mesmo, apontar o outro como inferior, como burro, dizer que sente pena, asco. Esse ego tão lustroso e rígido dessas fêmeas de lattes perfeito e enorme não me diz muita coisa.

Mario disse...

Nieme, então vc diz o que eu penso e mete um ponto final? Vc determina o meu ser?

Irônico é o seu fascismo.

Niemi Hyyrynen disse...

Mario

Mas vc não apenas está dizendo que as outras pessoas aqui pensam mas o que elas são, isso não é pior?

Pq pra vc tudo é facismo? Vc sabe o que é facismo? Não vale wikipédia hein.

Mario disse...

Bota o seu curriculo lattes na mesa aí.


Já me mandou procurar no wikipedia? É o que me resta a um pobre coitado que precisa ser internado ou silenciado não é? E vc tem uma boa biblioteca aí na sua casa?

Liana disse...

Mario, quem expõe opinião em blog sabe que vai ser analisado. Isso se chama senso crítico. Se você só quer concordância ou silêncio então está no lugar errado. Se te falta desenvoltura para debater e defender seu ponto de vista, isso não é da responsabilidade de ninguém aqui.

Mario disse...

Estou quase saindo desse esgoto. Mas quem querem meu silêncio são vcs, a dona aí já falou para eu não escrever mais, disse lá atrás.

Eu continuo achando que ela não debate o tema com seriedade, continuo achando que esse tipo de chacota não é a forma mais racional e desenvolta, para usar uma palavra sua, para debater um tema. O que vejo aqui é mais um festival de ironias, soberba, prepotência.

Niemi Hyyrynen disse...

Mario

Se vc me conhecesse saberia que tenho um problema com pessoas que gostam da wikipedia. Aliás, se vc tivesse chegado a esse blog antes...

Não mandei vc pesquisar na wikipedia, disse pra vc nao citar a wikipedia, vc entendeu tudo ao contrário.

Tambem percebo que vc tem um grande complexo de inferioridade, qualquer pessoa que venha te responder vc já acha que ela está o ofedendo! VC até advinha as ofensas!!!

Isso só prova que é tudo fruto da sua imaginação

É como a Liana disse, ninguem está aqui para te aplaudir, se vc veio para discordar tem que aceitar que as pessoas tb vão discordar de vc.

Lord Anderson disse...

Ah Mario

para com o vitimismo caramba.

Esse papo de sou perseguido não se sustenta, parace mimimi.

pq vc não mostra argumentos aos inves disso?

e eu acho "engraçado", esse pessoal que clama a liberdade de expressão, mas ao mesmo tempo chama de "fascismo" qualquer um que comente as opiniões deles.

novidade, nós temos liberdade para falar, mas os outros tb tem para analisar e tirar conclusões sobre oq dissemos.

Mario, a Lola raramente bloqueia alguem, e ´so quando o sujeito passa para os ataque pessoas e ofensas como vc pode ver quando tem comentario anonimo.

E quem ta sendo soberbo é vc.

chega querendo dizer como a dona do blog tem que fazer seu post, diz que quer debate, mas fica ofendido com qualquer critica

Não é a Lola ou as comentaristas daqui que ridicularizam os mascus, são eles mesmo.

e chamar de esgotos, de sociedade bucetista, xingar quem te contraria só depõe contra vc.

Niemi Hyyrynen disse...

Macho alfa não chora! Pede pra sair

Mario disse...

Quer argumento cara? Estou tentando dar algum argumento mas só recebo porrada, agressões. E depois só eu que agrido, que sou lixão, burrão, sem lattes, machista.

Não acho que essa movimento da real seja uma coisa linda, mas também não concordo com a forma como ela os critica, ela poderia muito bem ser considerada uma guerreira da real as avessas, até pior do que aquelas que ela critica. O lado obscuro e irracional dela chega ao fundo como o lado do outro lado que ela critica. Talvez depois com mais paciência eu apresente estes pontos.

Mario disse...

Na minha opinião eles falam de problemas dos homens, são coisas que acontece, é uma tentativa de criticar.

Será que quando uma mulher mete o pau em homem, fala que homem não presta e tal, alguma feminista faz essa onda toda?

Os caras lá falam de problemas que os homens enfrentam, no mundo, na relação com as mulheres, etc. Tem algum exagero, tem visões erradas, é claro que tem, como numa roda de mulheres comentando sobre os mesmos assuntos tb terá.


Agora mudando de assunto, não acho que o masculinismo é legítimo? Nos EUA o movimento masculinista é visto como algo análogo ao movimento feminista, é bem aceito, mais difundido. Eu como homem acho importante um movimento como esse para que os homens resolvam melhor vários problemas. É uma questão de cidadania para os homens.

Veja esse blog:

http://masculinismoedireitosiguais.blogspot.com/

Liana disse...

rs Niemi. Essa coisa de macho alpha sempre me faz rir. Ali todos querem ter a maior juba da savana. Pena que o mundo é muito maior do que isso.

lola aronovich disse...

Mario, esses "argumentos" que vc está usando lembram o "vitimismo". Sabe aquilo que vcs tanto acusam as mulheres de usar?
O pessoal tá aqui conversando com vc numa boa, ninguém te xingou, todo mundo ultra paciente. Perceba que foi vc que trouxe o tema de "competência acadêmica" (um tema que parece te incomodar muito) pra cá. Em momento algum eu usei o fato de ser doutora para me colocar acima de alguém. Isso nem estava em discussão.
Agora, que muitas de nós somos irônicas e cínicas, isso somos. Até porque é extremamente difícil para pessoas mais sensatas levar o movimento mascu a sério. Vcs não falam coisa com coisa. Vocês falam muito, mas sempre em círculos, sempre falando como se habitassem um universo paralelo.
Seja franco: o que vc quer aqui neste "esgoto"? O que vc esperava? Angariar alguns "manginas" (olha só que termo horroroso vcs copiam dos americanos!) pra meter a real? Convencer as "feminazi" daqui que, puxa vida, é mesmo, nós somos vadias interesseiras e vcs são homens honrados querendo... querendo nos salvar? Não, vcs não querem salvar mulher alguma. Vcs não acreditam em salvação feminina, não acreditam em mulher exceção. Então. Fica muito difícil entender o que vc quer. Tente se expressar com menos ódio, com menos insultos. Aplique a vc aquela palavra que vc usou, "racional".

Vinicius Barnabé disse...

Na boa,não ´que mascus fazem menos sexo,mas homens em geral fazem menos sexo e tem pouca oportunidade ou vai negar isso? Por que isso é verdade?
Não só a sociedade,mas mulheres em geral são menos ousadas com homens e homem só consegue mulher sendo ousado,isto implica que ele NÃO DEVE SER TÍMIDO.Por isso muitos (até eu) sou a favor da prostituição,mulher cobra ousadia masculina e não faz bosta nenhuma e na boa,mulher não precisa fazer quase nada pra isso.
Sobre o Realego,o cu não tem nada a ver com um peixe.

Vinicius Barnabé disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mario disse...

Eu acho que o movimento da real é importante para salvar a vida dos homens. A vida hoje em dia não é fácil, um mundo complicado, muitos reveses, falta de estabilidade de toda ordem. A real ensina um pouco a construção dessa estabilidade. Fala de coisas triviais para isso. Tem limitações nisso? Tem. Tem gente que escreve abobrinha lá? Tem muito. Mas tem algo essencial que pode ajudar muito. A sociedade vende uma idéia de homem, de comportamento, etc. Na real é diferente, essa diferença entre a ilusão e real é abissal, isso pode levar a destruição de muitos homens. Eu não sou nenhum teórico da real, reconheço que tem coisas idiotas, mas tem coisas interessante. O que pode ter de ruim na idéia que o Silvio falava de desapego? É uma idéia que tem a ver até com um certo conceito religioso. Acho que o desepego é fundamental para o homem suportar tanta porrada, tantas mentiras, enganações, nesse mundo da terras brasilis, no "Brasiu".

Niemi Hyyrynen disse...

Pois é Liana desconfio muito quando um mascu vem com o papo de que o movimento deles é libertário e que está a procura da igualdade para os homens.

Pq eles mesmos tem essa mania de querer saber quem tem a maior juba, só estes termos como "alpha" e "manginas" já configuram ai um sistema de castas.

E claro, as mulheres estão na casta mais inferior sob a ótica mascu, juntamente com homoafetivos e homens beta, a ponta da piramide é o Alpha é o bonzão.

Como podem ser libertários e justos se eles mesmos opriem? Não consigo mesmo entender

Mario disse...

Agora o movimento masculinista mesmo, esse eu acho importante. Ele é mais um movimento por direitos, por igualdade. Quanto mais movimentos desse tipo melhor. Que venha o masculinismo!

Niemi Hyyrynen disse...

Mario

Você acredita mesmo que o fato das mulheres desejarem uma vida melhor, sem ter que sofrer com preconceitos vai automaticamente piorar a vida dos homens?

Vc acha que como homem não está cercado de previlégios?

Mario disse...

Nieme, esse tipo de papo de homem beta, homem alpha, isso são apenas modelos, é como se fosse tb em parte uma brincadeira, mas representa de alguma forma a realidade.

O homem tem uma abertura maior para vários tipos de mulheres, já a maior é mais seletiva, ela prefere um certo tipo de homem, um modelo na cabeça dela. A mulher brasileira é muito superficial na minha opinião. Quando eu falo em mulher me refiro a mulher brasileira. Conheço mulheres de outros países e acho que aqui no Brasil a mulher brasileira costuma ser muito utilitarista. Então se vc não se enquantra naquelas padrões é sumariamente excluído. É uma luta para o homem agradar as mulheres, e elas tem exigencias cada vez maiores. O beta é cara com dinheiro, com bom porte físico, geralmente bombado, moreno, com boa pinta, descontraído. Quem não tem esse padrão fica a vida toda na punheta, é excluído de forma absoluta. Eu falo isso por experiência própria. Junto com isso tem a descontrução do amor romantico. Quem tem alguma experiencia com as brasileiras sabe que essa coisa de amor, é algo que não existe.

Mario disse...

Eu não acho que o homem hoje no Brasil tenha essa vida de privilégios. Sou homem e nunca tive beneficio algum como nada. Nunca me senti recebendo algum tipo de tratamento especial em comparação com alguma outra mulher. Acho que o dinheiro faz mais diferença no Brasil. Acho que a questão racial tb importa um pouco, mas com relação a genêro não acho. Em algumas coisas as mulheres podem ser um pouco prejudicadas, mas em outras os homens tb são. As mulheres hoje tem tudo que os homens tem, todos os direitos. Eu acho que os que tem menor proteção social são os homens, o que vivem menos, que compoem a maioria dos mendigos, que recebem menos investimentos para tratamento de cancer de próstata. O masculinismo atua aqui, na melhoria da cidadania para o homem.

Koppe disse...

Mario disse... Eu acho que o movimento da real é importante para salvar a vida dos homens. A vida hoje em dia não é fácil, um mundo complicado, muitos reveses, falta de estabilidade de toda ordem. A real ensina um pouco a construção dessa estabilidade. Fala de coisas triviais para isso. Tem limitações nisso? Tem. Tem gente que escreve abobrinha lá? Tem muito. Mas tem algo essencial que pode ajudar muito. A sociedade vende uma idéia de homem, de comportamento, etc. Na real é diferente, essa diferença entre a ilusão e real é abissal, isso pode levar a destruição de muitos homens. Eu não sou nenhum teórico da real, reconheço que tem coisas idiotas, mas tem coisas interessante. O que pode ter de ruim na idéia que o Silvio falava de desapego? É uma idéia que tem a ver até com um certo conceito religioso. Acho que o desepego é fundamental para o homem suportar tanta porrada, tantas mentiras, enganações, nesse mundo da terras brasilis, no "Brasiu".

Nesse caso, acho que tu devia montar um blog e mostrar pra eles como se faz... porque o vitimismo, a misoginia, as contradições e, como tu mesmo disse, as abobrinhas que se vê por lá, acabam desviando a atenção das coisas interessantes, e fazem com que "algo essencial que pode ajudar muito" seja esquecido e deixado de lado. Inclusive pelos próprios masculinistas - basta ver as caixas de comentários deles pra perceber isso.

Mario disse...

Eu mesmo, que privilégios sou cercado? Sou um solteiro, eu que fico geralmente atrás das mulheres, e até mulheres bem acabadas, que geralmente só querem sexo casual. Sou desemprego, ando de ônibus, frequento sus. Que privilégio eu tenho? Quantos homens morrem nos piores tipos de trabalho? A dona dessa blog é professora universitária, tem um bom salário, deve ganhar como os homens do departamento dela, tem uma vida civil. Será que alguém que não possui algum dano mental vai pensar que só por ser homem vai levar uma vida CERCADA de privilégios? Acho isso um crime com tantos homens fudidos desse país que são homens e que vão para lá no IML como cadaveres. Muitos que não tiveram direito alguém nesse país de merda. Vc é imoral! Acho que nunca ficou diante do sofrimento brutal dos homens do seu país.

Mario disse...

kopper, mas se juntar todo lixo que tem lá com o comentário de que "homens vivem cercados de privilégios" não dá para igualar.

VCs não podem julgar o todo pela parte. Se não um comentário parvo desses poderia ser visto como o pensamento do feminismo brasileiro.

Niemi Hyyrynen disse...

Mario

Vou dormir, amanha continuamos.

Parei na sindrome de vira-lata.

Não sei que outros paises vc conhece (se conhece de fato), mas as brasileiras não devem em nada para estrangeira alguma, palavra de uma.Realmente me deixa triste ler um tipo de comentário destes.

lola aronovich disse...

Mario, uma das muitas diferenças entre você e eu é que eu reconheço meus privilégios. Sempre fui classe média, estudei em escolas particulares, nunca passei fome. Sofri minha cota de violências e ameaças de violência sexual, como quase toda mulher (e vc? Tem muitas histórias de horror pra contar?), mas sem traumas, sem marcas. Tenho um marido querido, optamos por não ter filhos, temos boa saúde (pelo menos até agora). Eu sou uma privilegiada, não tenho a menor dúvida disso, e nunca neguei. É como eu já disse em tantos posts: pessoalmente, eu não tenho do que reclamar. Minha vida é ótima, embora eu trabalhe demais.
Acho estranho que vc diga que as mulheres são muito utilitaristas, que elas só querem um tipo de homem. E vcs? Que tipo de mulher vcs querem? Primeiro que vcs não só desprezam as gordas, como as xingam (pelo jeito, boa parte dos mascus é rato de academia de ginástica, é isso?). Vcs só querem mulheres dentro de um padrão único de beleza. Vocês só querem mulheres com menos de 30 anos, independente da idade de vcs, pois vcs acham que acima dessa idade a mulher não presta mais. Vcs querem uma mulher virgem e que seja obediente ao homem. São exigências absurdas. Agora, quem colocou na cabeça de vcs essa lista de exigências? A "matrix" ou a real? Pois é, vcs dizem que saíram da matrix mas continuam querendo exatamente as mesmas coisas de antes. E tudo isso baseado no mais puro machismo.
Tem muita gente sozinha por aí, mulheres e homens. É só procurar. Eu acredito piamente que toda panela tem sua tampa, desculpe a expressão clichê. Mas se vc tiver essa atitude mascu de que mulher é vadia e interesseira e que pra conquistá-la vc precisa ser cafajeste ou demonstrar indiferença, bom, aí sim é que vai ficar difícil conquistar alguém. Talvez se vc se desarmar, se vc deixar de lado seu ódio pelas mulheres e pela sociedade que vc acha que tanto te prejudica, vc consiga encontrar alguém. Mas não é algo que vai desaparecer de um dia pro outro. Acho que vc precisa de ajuda (e não tem nada de ruim em precisar de ajuda!). Certamente não serão os mascus que vão te ajudar. Com eles, vc simplesmente sai de uma "matrix" para entrar em outra -- que, aliás, é muito parecida à matrix original. Por isso que vcs ficam andando em círculos, caindo em contradições, perdidos, buscando inimigos imaginários. Pela sua própria descrição, Mario, ler blogs mascus não te trouxe nenhuma felicidade.

Hel disse...

Eu tenho dó desse tipo de mascu que a Lola citou no post.

A base de todos os problemas deles é a insegurança. Eles não suportam a idéia que a mulher que eles amam teve um passado. Tampouco que suas mães, avós, filhas e irmãs gostem de trepar. Ou serem comparados com outro macho.

São pobres criaturas que demonizam o sexo, não conseguem vê-lo de forma natural. Se passassem a se concentrar no prazer, e não nos "jogos de poder", teriam uma vida sexual muito melhor.

Alguém que tem esse negócio de "mercado sexual" na cabeça dificilmente vai se sentir bem consigo mesmo, a não ser que seja a pica das galáxias. Condição que nenhum deles jamais alcançará, claro.

Ou seja, eles criaram uma "matrix" que mina a própria auto-estima. São reféns de sua própria fantasia.

luka disse...

Minha querida Lola,

Para o seu tremendo desgosto, sou masculinista e fiz e faço muito sexo.Tive uma alta de mulheres em minha vida. Portanto, não frustrado, não sou cabaço, não sou nerd, não revoltado...Conheço mulheres porque me relacionei com elas, com muitos delas.

E dentro da minha experiencia não há nada a condenar nos escritos de Nessahan Alita. Vocês, fêmeas, se comportam exatamente como ele descreve em seus livros.

A grande pergunta é: por que vocês odeiam tanto o masculinismo e N.A. ????

O próprio Alita responde em seus livros. Mulher não 'raciocina' com a razão e sim com os sentimentos. Logo, a verdade para elas é aquilo que é agradável para elas. Aquilo que é desagradável, é logo falso...

Toda sua argumentação está escorada em ataques 'ad hominem'. Não há nada contestando argumentos, fatos...

Vocês estão presas as forças inferiores que governam seu comportamento. Sem saber, as verdadeiras revoltadas são vocês...



Concordo

Anna disse...

fico me perguntando se os mascus nunca pararam para pensar se o tipo de mulher que eles atraem não tem alguma coisa a ver com a atitude deles...
Ou eles querem ser amados, respeitados, queridos, cuidados, prezados, elogiados e desejados por uma mulher enquanto se referem a elas como animais, seres inferiores, sem valor, burros, sem consciência do que controla seu comportamento, superficiais e fúteis? Será que uma atitude melhor não atrairia gente melhor?
Porque eu não tenho a menor dúvida de que existam mulheres sem caráter por aí - assim como não tenho dúvidas da existência de homens sem caráter - capazes de se aproveitar de alguém com baixa autoestima, que não se ama, que está desesperado por alguém por perto, que se sente um lixo por não namorar (e não é assim que todos os mascus se descrevem antes de "sair da matrix"? pelo menos os que conheço).
Talvez a teoria dos mascus façam muito sentido dentro do erro discriminativo deles: se colocam, sem perceber, em uma situação que atrai apenas um tipo de gente, e tomam aquele tipo pelo todo...

Hel disse...

"fico me perguntando se os mascus nunca pararam para pensar se o tipo de mulher que eles atraem não tem alguma coisa a ver com a atitude deles"

Exato.

Mario disse...

eu não sou representante do movimento da real, gosto de algumas idéias mas não sou nenhum seguidor. Acho que pode ajudar em algumas coisas, mas é lógico que não faz milagre. Eu sempre esqueço e tento voltar e pensar, buscar alguma idéia de lá para melhorar. Não quero ser exemplou ou parâmetro de nada. Também pode ser que atrapalhe se a pessoa ficar muito presa. De todo modo acho o movimento da real mais flexível que muitas comunidades ditas feministas do orkut. A lola até que não parece ser das radicais, estou achando ela bastante tolerante. No mais, acho que a real foca no homem, num suposto ou possível crescimento individual do homem. SEndo assim o homem pode em tese se sentir mais livre das pressões sociais etc.

Mario disse...

Eu já esquentei mais com mulher, já fui enganado e tomei milhões de foras. Hoje me sinto um forever alone convicto, expressão que encontro lá no fórum da real. Estou mais despreocupado, não sinto obrigação de casar. Só falta eu me desligar mais e focar apenas em mim. Perdi anos da minha vida atrás de mulher, a maioria vagabunda, e só tomando fora, tomando fora de mulher de nível educacional e até físico pior do que eu. Então agora depois de apanhar tanto já nem ligo mais. Se eu morrer assim estou bem. Essa é apenas uma experiência pessoal, não acho que esse nível seja facilmente encontrado. Foverer alone são poucos. Mas de qualquer forma percebo padrões de exclusão mais ou menos gerais, e critico-os.

Mario disse...

A mulher brasileira tem padrões extremamente excludentes. Por outro lado com dinheiro compra-se muito facilmente uma mulher. Então se por um lado é difícil, por outro é muito fácil. Se eu um dia tiver alguma "tampa de panela", será pq eu comprei. Isso pra mim é muito claro levando em conta décadas de vida que já tenho.

Valkoinen Kissa disse...

Bem, Lola... eu nunca comentei aqui. Então gostaria de dizer: obrigada! Este blog mudou meu jeito de pensar!

E falando em mascus... vi isso aqui hoje e olha... é de chorar: http://omarxismocultural.blogspot.com/2011/08/mentiras-feministas-refutadas-por-angry_21.html - é tanto absurdo junto que não acredito. Alguém já viu este blog?

Mario disse...

Eu nunca vi um comentário em alguma comunidade masculinista ou assim chamada que pregasse o extermínio de mulheres ou das mulheres como um todo, mas lesbo-femistas já pregaram isso abertamente em comunidades de feminismo radical e isso foi aplaudido.

O desejo que elas tem por mulher é tão grande que um mundo perfeito para elas seria um mundo sem a diferença de sexos. O lesbo-femismo é algo abominável.

Edward disse...

Liana disse:
"Dizer que mulheres misândricas seriam uma parte 'radical' do feminismo é o mesmo que dizer que racistas seriam uma parte radical do humanismo. Não faz o menor sentido. São visões de mundo bem diferentes. Mania chata, mas previsível, de ficar forçando associação."

parece q me expressei mal com o termo "feminista radical". Admito. O que eu pretendia fazer era separar as feministas verdadeiras como voce (imagino), das outras q se dizem feminista mas na verdade só fazem divulgar idéias errôneas, misândricas, etc... Tem gente que as chamam de Femistas, outros de feminazis, mas nenhum desses termos são aceitáveis então fica díficil...

Eu só quis fazer uma distinção, para esclarecer que esses q a autora do blog cita em seu post, não são os verdadeiros masculinistas.

O Masculinismo NÃO prega o extermínio do sexo feminino. Disso eu tenho certeza.

ana_alice disse...

engraçado culpar as mulheres por um sentimento universal de isolamento, solidão e egoísmo. mulheres tb sofrem com isso, há pressão tb sobre a gente. pessoas pobres são mais oprimidas q os mais ricos. pessoas brancas tem mais aceitação q as pardas e negras.

o feminismo n é o culpado pelo homem pobre ser oprimido, o capitalismo é. as feministas só lutam pra q a mulher pobre n seja ainda MAIS oprimida q ele, de modo q os 2 tenham os mesmos direitos (não só em lei, mas na prática)

não queremos reduzir os direitos do homens. qd dizem q vc, homem, n pode fazer isso ou aquilo pra n parecer "fraco, derrotado, gay", mesmo q sejam mulheres q digam isso, são pessoas machistas. pq nós nascemos num ambiente machista e temos q nos libertar dele. eu já fui mais machista até perceber q aquilo era prejudicial à sociedade.

por isso n entendo mto bem alguém q se diz masculinista. que direitos masculinos seriam esses q as mulheres usurparam? se o homem tem certas obrigações injustas, com toda a certeza n é culpa das mulheres, uma vez q a maioria esmagadora do nosso legislativo é masculina.

ok, vamos assumir entao q 'os verdadeiros masculinistas' não querem um extermínio misógino, nem a subjugação das mulheres (pq esse é o modelo tradicional machista, de mulheres subjugadas. mas bem vivinhas, para servir aos homens). é dificil pensar assim, já que todo site masculinista chama as mulheres de interesseiras, receptaculos de esperma. mas vamos supor q esse n seja o conceito correto e q a maioria dos masculinistas só estejam pleiteando direitos masculinos.

pq a postura anti-feminismo? mulheres nao tem direitos demais. até concordo com certos pontos, por ex, a aposentadoria, mas isso n é culpa das mulheres, n é algo arbitrario, tem uma explicaçao: no dia q os homens dividirem igualmente as tarefas de casa com as mulheres, aí será justo q as aposentadorias sejam ao mesmo tempo, pq n vai haver a chamada dupla jornada.

mas n fiquem pensando q o governo capitalista vai reduzir a jornada masculina: ele vai é aumentar a feminina. e esse aumento tem q ser consequencia da inversao de valores atuais (de q é responsabilidade essencialmente da mulher o serviço domestico), não pode vir antes disso.

se o 'verdadeiro masculinismo' defende q os homens sejam menos violentos entre eles mesmos, se metam menos em brigas, nao se envolvam com drogas, então ótimo! estão combatendo o modelo vigente junto conosco. pq é por essa razao q morrem mais homens, q mais homens sao presos. n é pq as mulheres matam homens. o homem é vítima dele mesmo.

ana_alice disse...

voltando à questão dos relacionamentos, existe, sim, um padrão desejável de parceiro, compatível com a realidade de cada um. não há nada de errado em achar um determinado tipo mais atraente, o problema é deixar se contaminar por valores machistas/racistas que a sociedade impôs.

além disso, o "gostar" vai além do físico, envolve traços de personalidade. não adianta ser quase bonitinho, se for um cara egoísta, cruel, intolerante. vai ficar sozinho do mesmo jeito.

há, claro, homens e mulheres interesseiros, que são capazes de relevar inúmeros defeitos se o outro tem aquilo q eles desejam (seja dinheiro, status ou beleza). mas o ideal seria q as pessoas se elegessem não (só) por esses fatores.

eu mesma não me considero muito bonita (tb n me acho feia), sei q há qm se interesse por mim, mas tenho como critério q seja alguém tão inteligente e instruído qt eu.

não sou nenhuma 'gênia' erudita, mas estou bem acima da média do brasileiro (assim como todas as leitoras desse blog). se o sujeito só sabe falar de futebol (e não tem a cabeça aberta e disposição pra correr atrás de outros assuntos), não traz nada a acrescentar, n tem nem como a gente conversar. não vou ter nem a chance de saber se ele é legal, justo, honesto e divertido.

eu tive um colega de faculdade bem feiosinho, mas com quem eu poderia perfeitamente ter ficado pq a gente se dava bem, conversava, e tal. só q ele era machista (avaliava as mulheres como pedaços de carne), e isso me decepcionou, acabei me afastando.

eu sei q ele acabou ficando com uma menina magrinha (oq era importante pra ele), com mais dinheiro q ele (antes q digam q ela era interesseira), mas q era futil e ignorante (estar na faculdade n quer dizer nada) e n tinha absolutamente nada a ver com ele. claro q o relacionamento n durou mto.

daí a culpa é das mulheres por ele ter ficado sozinho? não, né? a culpa dele de desejar alguem tão diferente e afastar outras meninas por n atenderem a exigencia estetica q ele se impos.

entao parem com essa historia de q mulher é interesseira, dinheiro/carro compra mulher. a coisa toda vai muito alem disso.

denise disse...

Depois das suas explicações ANA ALICE se esses caras da real não entenderem , só desenhando e mandando eles pintarem.

Bruno disse...

Eu creio que muita coisa foi distorcida aqui. O masculinismo ensina o homem a se cuidar sim. É verdade que muita coisa que é escrita naqueles foruns são realmente bobagens más isso não quer dizer que essa seja a essência do movimento certo?

Assim como eu vejo muita bobagem ser escrita em foruns feministas como por exemplo, sugerir a vasectomização de garotos pre púberes como forma de controlar os nascimentos indesejáveis, tópicos entitulados: sim eu odeio os homens até debates com mensagens de apoio a manifestos que sugerem o extermínio do sexo masculino, colocando-o simplesmente como a causa de todas as mazelas da mulher. Tudo isso são bobagens certo, e só porque foram escritas por feministas não quer dizer que sejam essas as idéias que representam o movimento. Assim como eu vejo masculinistas escreverem bobagens como algumas citadas sobre todas as mulheres serem putas entre outras.

São visto nesses tópicos também vários conselhos úteis como persistencia, procura por desenvolvimento pessoal, trabalhos. O estímulo ao desapego que é algo importante nos dias de hoje, assim como ficar de olho em potênciais parceiras com que se resolve estabelecer relações, o quanto de sí a pessoa está preparada para doar SE resolver se relacionar, como a justiça irá fazer julgamentos em caso de disputas entre outros. Tudo isso são conselhos importantes para a evolução do homem, mesmo que alguns garotos que se identificam com o movimento vão lá e escrevam algumas boobagens ou desabafos, isso não o desqualifica, correto?

Att

aiaiai disse...

bruno, dê por favor os links de blogs feministas q:
sugerem vasectomização de garotos pre púberes como forma de controlar os nascimentos indesejáveis,
tem tópicos entitulados: sim eu odeio os homens
e tem debates com mensagens de apoio a manifestos que sugerem o extermínio do sexo masculino.

Eu nunca vi. Acho q são exceções mas gostaria de conhecer.

Bruno disse...

pois não aiai aquitem um vou postar os outros assim que terminar a pesquisa http://www.orkut.com/Main#CommMsgs?cmm=412404&tid=5530048295585121301&kw=carmen+helena+vasectomiza%C3%A7%C3%A3o&na=3&nst=51&nid=412404-5530048295585121301-5530183604209290165

Ps: tal sugestão se repetiu

Bruno disse...

http://www.orkut.com/Main#CommMsgs?cmm=412404&tid=5548281638828181279&kw=odeio+os+homens

http://www.orkut.com.br/CommMsgs?cmm=412404&tid=5237309431716318992&kw=solanas&na=1&nst=1

m4v3r1ckk disse...

Os defensores do masculinismo legitimam o seu idealismo sob a justificativa de que ele faz bem ao homem que é sensato, pq os que dizem sandices não estão fazendo jus ao movimento da "real", estes não são verdadeiros representantes.

Ora, então se a pessoa se beneficia com a parte "sensata", não seria pq a pessoa seria sensata? Não vejo ai contribuição alguma desta ideologia. Na boa.

Se cuidar, estudar, planejar o futuro, tudo isso faz parte dos desejos de qualquer pessoa que tenha o minimo de equilibrio, não consigo imaginar que uma pessoa assim vá odiar as mulheres. Precisa mesmo algum outro homem vir e dizer que isso são coisas boas? Se valorizar é o primeiro passo para que alguem te note.

Se entre os proprios masculinistas fica a discussão de que há os que seguem corretamente e os que distorcem não é hora de pensar não em quem interpreta as idéias mas sim na mensagem?

Fazendo um pararelo com as religiões, (perdoem-me os que crêem), se a religião é boa e ensina o bem, pq há pessoas então que justificam atos maus por causa da religião? A religião não teria alguns aspectos...tortos? Não é o caso de pensar na função dela?

Masculinismo pra mim é uma resposta defensiva por demais, não conheço um machista que não seja masculinista tb, nunca vi um masculinista que NÃO FOSSE MACHISTA.

No dia que eu encontrar um masculinista que não seja machista, começarei a dar algum crédito para aqueles que o defendem como algo que simplesmente visa aumentar o valor do homem.

Bruno disse...

Maverick o problema do seu comentário é que ele é valido pra ambos os lados.

O mesmo acontece do outro lado. Dizem que as que praticam sandices com as regalias conquistadas não representam as feministas.

A ideologia é útil para alertar o homem das possibilidades que ele pode tomar quando confrontado com determinadas situações, como ele pode agir e fazer valerem seus direitos, iluminando os caminhos que ele poderá seguir. Nesse caso a contribuição é muito útil e válida.

A essência do masculinismo não é o ódio as mulheres, que vocês insistem em bater na mesma tecla. Isso é pura falácia, se uma mulher declarada feminista diz odiar homens logo o feminismo odeia homens. Isso é falácia pura mesma coisa acontece com o outro lado.

Interpretar a mensagem e agir de forma sensata não é algo que exclusivamente somente os masculinistas precisam.

Essa história de não conhecer pessoalmente masculinista que não seja machista é pura falácia para desacreditar algo. Se as mulheres podem se organizar para debaterem seus direitos e possibilidades, nada mais justo que os homens possam fazer o mesmo também.

Só cabe agora a ambos os lados debaterem de forma sensata suas posições.

m4v3r1ckk disse...

Bruno

Não há esse problema no meu comentário, vc aumentou o ponto para que ele fosse absurdo suficiente para que vc justificasse como tal.

Há feministas que não gostam de homens? Sim tem, claro que tem mas acredite elas são MINORIA enquanto que no masculinismo ODIAR MULHERES é praticamente um item de série, já vem de fabrica. E pela opressão do grupo não é visto como item opcional. (boa metáfora....hum).

Pegue a minha falácia e faça uma contra prova, entre nos blogs declaradamente masculinistas e misógenos e até naquelas que se disfarçam sobre a alcunha de "blogs de humor" como jacaré banguela.

Está ali, explicito ou implicito, não vê aquele que quer permanecer cego.

Insisto, não conheço um masculinista que não ache que mulher seja um ser inferior, um bicho desprezivel, me apresente um que não seja assim.

E isso não tem relação alguma com a questão das pessoas de um determinado grupo se reunirem sob uma causa. Qual é o sentido disso?

Vc acha que feminismo é algum clube da luluzinha? Que nós mulheres estamos nos reunindo para reclamar de como os homens são "cachorros" e ficamos a tarde toda brincando de barbie e tricotando, brincando de cházinho?

Por outro lado não vejo um masculinista que tenha uma historia de frustração e rejeição!

E me diga, quais são esses direitos que vc's estão buscando? Direito de odiar e subjulgar as mulheres?

Liana disse...

Gente, essa Valerie Solanas que escreveu o Scum Manifesto era uma desequilibrada. O que ela pregava ali não era feminismo, era misandria. Aí vem um punhado de problemáticas e se apropriam do discurso dela e dizem que é feminismo. É por isso que o bom senso deve estar em Mode On sempre. Precisamos saber julgar aquilo que vemos e não simplesmente aceitar o que os outros estão dizendo como algo íntegro e verdadeiro.

E sejamos francos, essas mulheres são pouquíssimas. Eu leio bastante sobre o feminismo e mesmo com internet sendo terra de ninguém e veículo de despejo de frustrações raras vezes vi esse tipo de coisa, dada a quantidade de conteúdos feministas que tem. Fora que as próprias feministas criticam isso mas são tão poucas as misândricas que não vale a pena perder muito tempo com elas. No mais, os problemas das outras mulheres não é com homens, é com o machismo. Bem diferente.

Então calcar a opinião em cima de uma minoria que jamais foi realmente representante do Feminismo é ingenuidade ou má fé. O mesmo não acontece com o masculinismo pois todo lugar que eu vejo estão professando idéias machistas até da parte dos seus representantes, inclusive lá dos EUA. Só vi mais sexismo.

O mundo está mudando, a sociedade não é mais a mesma de 100 anos. Assim como mulheres, homens também estão buscando seu lugar. Agora, derrotismo, culpar os outros por seus problemas de auto estima e baixo desenvolvimento pessoal(notem que eu não estou falando de currículo mas de valores morais e éticos), acomodação, insistência em catalogar pessoas e agir de acordo com manuais etc tudo isso é receita para infelicidade.

Liana disse...

Se unir a quem defende que o mundo é assim mesmo e cabe ao homem ser dissimulado e frio para se sobressair, não me parece um bom caminho a seguir. Esse tipo de pensamento isola, quando a resposta está em relacionamentos mais íntegros, mais verdadeiros, com mais aceitação de si e dos outros.

Se alguém te oferecer um manual de comportamento, desconfie bastante porque provavelmente você está diante de uma pessoa tão insegura e tão desprovida de habilidades sociais que precisa de um catálogo para não transparecer suas deficiências. Ainda que por fora esta pessoa pareça muito segura. Dissernimento é fundamental aqui.

Sobre homens que "transam muito e são masculinistas", é claro que isso existe. Não sei se é o caso de quem falou aí em cima já que um bocado só faz contar vantagem, se fazem isso em bar, por que não na internet? E francamente isso não prova nada nem isoladamente significa uma coisa boa se esta pessoa só se relaciona com projeções e estereotipações, é só um infeliz preconceituoso de vida sexual ativa mas pelo que eu entendi a maioria ali se contenta com isso.

Bruno disse...

Maverick francamente, voce que está aumentando e atribuindo caracteristicas que voce inventou de sua cabecinha insana sobre o que voce acha que uma coisa é.

Só porque voce acha que é assim, não quer dizer que o seja, percebe a diferença?

Se você não conhece um masculinista que não seja frustrado, eu também não conheço uma feminista que não o seja. Você sabe o significado dessa palavra. Frustradas por não viverem num mundo como elas ACHAM que deve ser.

Aliás não conheço um ser humano que não seja frustrado.

E você acha que masculinismo é apenas debater o quanto as mulheres são interesseiras egocentricas e sei la mais o que?

Você vai dizer agora que lá não é debatido sobre como o homem pode agir para resguardar seus direitos, como se comportar e enfrentar o mundo moderno? Eu posso te demonstrar aqui agora o contrário certo?

Ai voce vai falar, ah mas masculinistas falam que a mulher é isso assado. Eu respondo e daí? Eu já vi feministas que falam psicoses dos homens também.

Se existe algum masculinista que não odeia as mulheres, então já é falácia o que você está dizendo.

E aliás eu não conheço uma feminista pessoalmente que não tenha metido o pau em homem como se fossem cachorros (PESSOALMENTE). São todas? Não. Parece que na internet existem as exceções.

São minoria? Demonstre com números. Masculinistas em sua maioria odeiam as mulheres? Prove.

Se o ódio as mulheres é um item de série então demonstre algum lugar que diga assim: o masculinismo é um movimento de ódio ou aversão ao feminino, ou que ve a mulher como um bicho inferior etc e tal ou alguma coisa parecida. Senão está falando lorota.

Se você ACHA que é de tal jeito porque não gostou de alguns comentários (alias você ja viu comentários de todos os membros? Se alguns não comentam deve ser porque não concordam com certas colocações certo), ai já é outra história meu velho.


E por favor sem essas táticas de embarasso que vocês tem costume de usar tipo: voces querem direito de subjulgar as mulheres seus malvados. Eu poderia muito bem demonstrar quem é o subjulgado aqui, oque espero não ter que faze-lo já que não tem nada a ver com o assunto aqui.

denise disse...

m4v3r1ckk vc arrazou eu tb nunca vi um blog masculinista que não fosse variação em torno do mesmo tema que não seja odiar mulheres.
Ja aqui na LOLA , os homens que nos acrescentam e não vem aqui só pra trollar , ainda que não pensem exatamente como nós são muito bem vindos e bem tratados e respeitados em suas opiniões.

m4v3r1ckk disse...

Bruno

Copiar meus argumentos e usá-los contra mim prova no mínimo que vc não tem outra coisa pra dizer.

Não aumentei ponto algum, tudo que está dito pode ser conferido em qualquer site masculinista, vai no google e digita testoterona, entra no blog e dá uma conferida, ou então leia um daqueles livros de auto-ajuda do guru masuclinista.

Feministas não são pessoas frustradas com um mundo que elas acham que está errado, a desigualdade está a prova todos os dias, quer uma prova? Leia o texto da Lola que ela acabou de postar sobre amamentação em público, ali não tem nada de "psicose", são casos reais de mulheres que tem seus direitos agredidos, isso gera insatisfação sim, mas é bem diferente de frustração.

Pedir números é uma argumentação tão pobre...vc acha que tem senso para idiotas? Posso te garantir que vc corre o risco de estar nessa porcetagem.

Vai no google, procure blogs masculinistas, veja que lá só a um padrão.

"vida de homem é uma merda, as mulheres são as culpadas, se vingue das mulheres, se torne melhor do que elas e as manipule para obter a unica coisa que elas tem de bom que é a B*ceta."

Os sites masculinistas não vão assim assumir que odeiam mulheres, como eles vão conseguir sexo hetero declarando que odeiam o sexo oposto?

É só isso que tem lá, o palavreado é diferente, mas o discurso é o mesmo é como se fosse um disco de vinil arranhado não muda a faixa nunca.


E vem cá, vc acha mesmo que eu estou aqui pq não gostei de algum comentário? Se algumas pessoas não comentam o problema é delas, nem meu nem seu e o que isso tem haver ? Nada.

Argumento vazio mais uma vez.

Bruno disse...

Rsrs. assim como as feministas não vão assumir sua birra com homens porque assim não vão conseguir quaisquer que sejam seus interesses por eles.

Eu vejo nos mesmos blogues a exaltação das mulheres sensatas sim. O que infelizmente atualmente não é o que eu pessoalmente não consigo presenciar em minha vida, mulheres sensatas.

Livros de auto ajuda existem aos montes por ai. Cada um segue o seu de acordo com que cada livro se encaixa em sua realidade. Se eles leem um livro x que a ofende não quer dizer que livro x seja a essencia de um movimento. Eu pessoalmente não tenho nenhum guru. Nem sequer vejo que todos os recantos tenham o mesmo, o que vi sim é que há comunidades dedicadas a debater a obra dos mesmos e não associa-los como representante do masculinismo.

Podes demonstrar em algum lugar falando assim: o movimento masculinista se baseia na filosofia de guru x y ou z?

Se insandices são ditas, isso cabe no que coloquei lá atrás e você cooptou por não enchergar, cabe aos dois lados ligarem a sensatez mode on para que besterias não sejam proferidas, e já que ambos os lados as proferem. Assim como já vi feministas falando abobrinha também (e não são minoria na minha convivencia).

Pedir números é uma argumentação pobre? Não é mais pobre que jogar achismos pessoais como argumento, isso eu te garanto.

Eu me aproveito muito de tópicos nessas comunidades sim, tópicos que falam do porque deveria ser voluntário o serviço militar e não obrigatório entre outros.

Na boa, pra mim está parecendo que você está querendo falar, oras os masculinistas não tem direito de se reunir e debaterem sobre seus direitos, pois já tem todos os direitos do mundo. Agora lhe pergunto, porque fica tão incomodada que os homens se reunam e debatam sobre seus direitos? Você ja disse que é porque eles querem o direito de subjulgar a mulher mesmo ou é porque existe algo no ar?

Fale aqui, você está incomodada apenas com a forma de desabafo de alguns? Porque não é o que aparentou com seus comentários, e sim com o fato dos homens se reunirem para ficar cientes de suas possibilidades.

Homens realmente possuem todos os direitos do mundo?

m4v3r1ckk disse...

Bruno

Meninos x Meninas é uma coisa que a gente costuma abandonar na infância, coisa de brincadeira de criança sabe? Mas isso ocorre quando a pessoa amadurece.

Feministas não tem birras de homem algum, pelo contrário, lutamos por vc's tb, ou acha que o machismo faz com que a vida do homem seja as mil maravilhas? Homem não pode chorar, demonstrar afeto, achar outro homem bonito, homem tem que procurar manter um status que muitas vezes não consegue manter, o machismo prejudica a vc's tb e nós questionamos isso, quando combatemos o machismo, não estamos pensando somente no prol de um grupo mas sim em um benefício que poderá ser compartilhado por TODA SOCIEDADE, homens e mulheres, cachorros, gatos e papagaios..rs


Mas vc não quer perceber isso.Sorry

Mulher sensata é o que? Aquela que vem lacrada pronta pra usar, que não dá problemas (lógico, ela não tem vontade propria), tão preparada para servir ao seu amo e senhor o macho com quem ela convive?

Esse tipo de mulher exceção é uma agressão, é um desrespeito da sua parte pensar que uma mulher deve moldar-se ao que vc e os demais masculinistas pensam que seja uma mulher "honrada".

Outra dica, honra não tem nada haver com submissão.

Livros de autor x y e z não necessariamente representam o masculinismo? Que bom, digo o mesmo das loucas misandricas, elas estão fora do feminismo, as verdadeiras feministas não estão de acordo com nenhuma segregação.

Vc pede por numeros para algo que não pode ser contado, isso lá é argumento? E onde está os meus numeros que te pedi? Vou ficar aqui tb te enrolando com essas bobagens, igual vc faz, vc quer?

Não me incomodo com homens se reunindo para trocarem experiencias entre si e procurando EVOLUIR.

Mas evolução não é nem de longe um objetivo masculinista, vc's se reunem para reclamar da vida.

Desculpa mas isso é passivo demais pro meu gosto, quer melhorar de vida? Comece não reclamando dela.

Da onde vc tirou "insandice" e "cooptou"

Parabens!

don't call me thaisinha disse...

A maior parte dos blog masculinistas que já vi se dedicam a chamar mulher de vadia, interesseira, disponibilizam textos sobre como manter uma mulher insegura, descrevem as mulheres apenas como gostosas, desprezam gordurinhas, seios diferentes e tudo mais, ignoram que existe um padrão estético que oprime COM MAIS INTENSIDADE AS MULHERES. Há relatos de homens que foram enganados "pelas vadias" e rejeitados, segundo eles, por não serem ricos, não terem carro, isso porque todo mundo é perfeito e as pessoas são obrigadas a gostarem da gente, a ficarem com a gente, né? Sendo que alguns deles pregam que mulher nenhuma tem amor próprio, que mulheres competem entre si e gostam de intrigas, dramas, emoção. Pra um relacionamento dar certo você deve deixar sua namorada insegura falando que o o sexo oral da ex-namorada é bem melhor que o dela, desligando o celular e sumindo no mundo uns dias.

A primeira vez que vi o termo, OLHA A INGENUIDADE, pensei que era até uma ramificação do feminismo, homens que ao perceberem que também são prejudicados pela sociedade patriarcal se uniram a fim de debater preconceitos, buscar igualdade, só que sob o prisma do homem, sabe? Por exemplo, desconstruir estimas sociais como "homem pegador", "todo homem trai", "homem que é homem não recusa sexo", mas né, não é bem isso, TÁ LONGE DISSO.

E os masculinistas presentes no debate nos acusam de sermos reducionistas, né? E aparentemente esquecem que a maior parte dos blogs do assunto reduzem as mulheres ao esteriótipo de interesseiras, que só pensam no status. E as feministas são reduzidas a loucas, histéricas, que como mulheres não pensam, só sentem, odiadoras de homens e destruidoras da sociedade.
Sei não, hein?! Eu não reduzo os homens (e nem mulheres) que conheço a beleza deles, ao dinheiro que eles tem ou não, ao emprego deles, nada disso, o que me interessa é respeito mútuo e diálogo. Eu não vou namorar alguém que brada aos sete ventos que mulher é tudo vadia, mulher é interesseira, homem não recusa sexo, homem que é homem não faz exame de próstata, mas bate punheta todo dia porque dizem que evita a doença. Enfim, algum comentarista já disse é verdade, talvez essa fixação em buscar mulheres perfeitas fisicamente, "santas", façam os masculinistas encontrarem mulheres que realmente são interesseiras.

Existem pessoas interesseiras e não mulheres interesseiras.

Robson disse...

É por isso que há mais de 10 anos decidi devotar-me a uma vida celibatária e devotada a Cristo que é o meu verdadeiro amor. Às humanas deste planeta está reservado os relacionamentos num âmbito espiritual e crístico. Afetividade e carinho somente com bastante cuidado e reserva.

Niemi Hyyrynen disse...

Parabens Thais disse tudo!

Agora, se algum machinho vem e me diz que meu sexo oral é pior do que o da ex eu não penso duas vezes respondo na lata:

"E ela deve ter arrumado outro pau melhor que o seu pra chupar!"

kkkkkk

Bruno disse...

Maverick se não pode ser contado então tudo que você está falando numa boa é baseado na sua percepção pessoal. E mesmo que por acaso seja a maioria, isso não desacredita em nada. Pois é exatamente isso que venho falando.

Se feministas não tem birra com homem algum, não é o que parece pelos que me pediram pra colocar.
É falácia, sim! Assim como é falácia dizer que: um homem masculinista odeia mulher, logo masculinista necessariamente odeia mulher.

Eu não falei em momento algum que mulher sensata é aquela que deve se moldar ao seu amo. Nem a associei a honra.

Digo a exaltação de mulheres que agem sensatamente, que são leais, com discernimento e que são sim exaltadas. Eu não falei que as mulheres tem que se moldar ao homem como forma de servir ao seu amo. Isso é escravidão. Você vê algum lugar exaltando a escravidão de mulheres? Eu não estou ciente.

Se alguns masculinistas proferem asneiras como todas as mulheres serem putas ou se algumas feministas falam outras bobagens como ódio aos homens e extermínio de homens, está na hora de cortar esse mal. Muito bom? Sim, para todos. Bom que eu sei que ideologias loucas como de valerie solanas não teriam lugar em um mundo sensato.

Não nego que tem muitos masculinistas que são revoltados, e geralmente estes tem o hábito de se exaltar mais. Más conheço muitos que so querem estar cientes de seus direitos de escolha, de como mudar a sociedade para que seja mais equilibrada para com todos.

Ps: quais números você me pediu? Creio que não estou encontrando. Posso tentar apresentá-los assim que você cumprir com a demanda, SE estes números foram baseados em alguma afirmação minha.

Niemi Hyyrynen disse...

Essa dica do Gizmodo para o trabalho pode ser muito bem remodelada e usada pelos masculinistas:

"Reclamar do seu trabalho pode ser divertido porque parece catártico, mas ficar falando das suas frustrações só irá aumentar a sua raiva. Se essa negatividade se espalhar para os seus colegas de trabalho você pode piorar o problema ao criar uma mentalidade de colmeia, ou pelo menos deixar todo mundo mais frustrado no final. Se você não quer reprimir seus sentimentos e arriscar explodir um dia, você não tem que encarar tudo de forma negativa. Ao invés de reclamar, considere soluções. Tente encontrar maneiras de melhorar as coisas. Se você não pode mudar a maneira que as coisas funcionam no escritório, considere maneiras que podem ajudar com que você lide com esses problemas. Ser mais proativo e menos negativo pode não resolver tudo, mas pode melhorar a sua situação."

m4v3r1ckk disse...

Bruno

Vc tambem está fazendo associações pessoais, isso não quer que vc está desacreditando algo né? (considerar algo pessoalmente está automaticamente desacreditando uma interpessoalidade de outra pessoa?)

Sua lógica ilógica é de dar nós!

Assim como é falácia dizer que: um homem masculinista odeia mulher, logo masculinista necessariamente odeia mulher.

A empatia do masculinista pelo movimento é justamente que a ideologia masculinista prega o ódio contra as mulheres.

Mais uma vez:

Que blog ou forum, masculinista que vc frequenta que não diz que mulher deve ser uma dona de casa dócil? Submissa ao seu marido/namorando/ficante/peguete.

Só a dicotomia "digna de exaltação/putas" já é uma forma de julgar as mulheres, enquadrando-as a um molde que não cabe a elas.

A puta é a mulher "comum" a maioria, se não todas as mulheres.

A que merece exaltação é um sonho alimentado por vc's, fruto da frustração que vc's tem ao se deparar com mulheres reais, que não serão nunca como desejam.

Essas mulheres são classificadas como putas.

Isso não é ódio?


Que bom que vc admitiu em partes que estou certa, ao afirmar que há masculinistas revoltados, agora só lhe falta cair a ficha e perceber que isso se trata da sua maioria.

E pessoalmente falando? Arrisco dizer que são todos.

Sobre os numeros, vc disse que tem como provar que toda feminista odeia os homens, faz ai um apontamento da misandria no Brasil.

Bruno disse...

É vejo que complicado está. A empatia do masculinista pelo movimento é a prega ódio contra as mulheres? Vejamos. Bom essa pelo menos não é a definição que eu tenho aqui http://pt.wikipedia.org/wiki/Masculinismo . Vê, nada de associação pessoal como voce vem fazendo.

Minha cara sinceramente, eu tenho 29 anos, você acha realmente que eu estou preocupado em picuinhas como em ter meus direitos de dar uma sova em uma mulher porque levei fora em balada? Estou lá porque encontrei e vi tópicos com que me identificava assim como vi lixos também. Eu conheço gente la de 50 anos pra mais, você acha mesmo que eles estão interessados em masculinismo por causa da gatinha que quer ficar com ele porque ele tem boas condições de vida? Claro que não, eu conheço muitos e alguns pessoalmente. Essas pessoas querem apenas saber seus direitos como se aposentarem mais cedo como as mulheres, seus direitos na guarda dos filhos, coisas que afetam seu dia a dia, não essas insignificancias, e repito são vários homens que conheço que necessitam se informar e procuram um espaço como aquele.

Qual é o problema agora desses homens se juntarem pra discutirem seus direitos, ainda que alguns lugares que eles encontram possuam comentários ressentidos ao se redor?

Concordo sobre a dicotomia como forma de julgar as mulheres. Más e aí? Por acaso você não ve tal dicotomia em vários foruns e blogs feministas também? Mesmo que eles não sejam a essencia do movimento feminista? O que seria justo então? Considerar todas iguais, mesmo aquelas que traem roubam e armam pra cima do homem? Nada mais justo do que alertar o homem contra possíveis armadilhas também, ja que frenquentemente o mesmo é alertado em comunidades feministas más não sendo essa sua essencia. Eu não vejo exaltação da escravidão da mulher como na relação amo escravo, não uma mulher como escrava, como disse lá atrás há exaltação da mulher leal, que tem discernimento e respeito pelo companheiro sim.

Sobre esses números que eu disse que toda feminista odeia homem, eu acabei de colocar ali em cima que é FALÁCIA, umas feministas odiarem homem não é parametro pra nada. Complicado vou recolocar aqui.

"Se feministas não tem birra com homem algum, não é o que parece pelos que me pediram pra colocar.
É falácia, sim!"

Já havia colocado antes dessa afirmação também.

coresdocerrado disse...

há um crescimendo do lesbo-femismo e da misandria.

AS feministas vão continuar tripudiando sobre os homens. Os homens precisam se organizar, só eles sentem na pele os preconceitos.


O movimento masculinista da real conseguiu barrar o comercial misandrico da Bombril, saiu até nota na folha de SP.


Isso já é uma vitória e justifica por si só a existência da Real para salvar vidas de homens chutados como cachorros na sociedade bucetista.

Bruno disse...

Coresdocerrado eu concordo que os homens devem se organizar, pois so eles sentem na pele certas coisas. O problema´que o povo está batendo na tecla aqui. Muitos guris entram nas comunidades pra falar lixo como falar que todas as mulheres são putas. Apesar disso não ser motivo pra nos invalidar também não é motivo pra nos levarem a sério em meio a necessidades sérias que nós temos atualmente. Por isso algumas inflamações que vejo tanto aqui e acolá. Falta de sensatez principalmente de vários garotos.

coresdocerrado disse...

É que o homem mediano, aquele que não nós consideramos o "homem invisível", esse invariavelmente vai ver as mulheres como putas, pois ele é forever alone e só tem acesso a mulher pelo dinheiro. Dinheiro na mão, calcinha no chão. Se não fosse isso ficaria virgem para a vida inteira. Esse é também um problema do mundo atual, onde para o homem é muito complicado chegar numa mulher, elas tem até uma certa aversão a figura do homem desprovido do que a mídia vende, do que a mulher entende como bombado, belo, atlético, cult, pau grande, sei lá mais que é necessário para agradar os desejos cada vez maiores da mulher brasilera. O mais curioso é que as vezes essa mesma mulher ulta exigente com homens pega a primeira feia com buceta que lhe dá uma cantada. Ou seja, o crescimento do lesbianismo também deve servir de reflexão para o homem tentar entender essa nova mulher brasileira. Eu realmente não entendo muito, não sei o que elas querem. Parece que o homem só mesmo pelo dinheiro chega a elas, infelizmente é uma realidade até mesmo cruel, principalmente para os homens, que se sentem apenas como compradores de carne. Eu não queria que as coisas fossem assim, queria um amor romantico como aqueles vendidos em filmes e revistas da década retrasada, mas infelizmente hoje é o que temos. Uma vida cada vez mais superficial, de mulheres que vc come hoje ou enfia o dedo na buceta delas hoje, quando é no outro dia elas já somem. Elas vão em busca de outros ou outras. Uma rotatividade enorme. Eu no começo estranhei muito esse comportamento feminino, queria uma namorada, queria algo sério, mas vi que a mulherada só quer putaria. Algumas me cobraram grana, eu disse que não tinha muita grana, então caiam fora. Ficavam um tempo como ficantes ou amigas, e depois vazavam. Acho muito ruim essa superficialidade feminima, mas vamos tentar lidar com isso. A real fala para esse homem mais romantico e com valores mais antigo, para que ele se cuide, para não se destrua em conflitos internos ao perceber a merda que está a atual sociedade bucetista. As mulheres são objetos mesmo hoje em dia, e quem tem dinheiro come, quem não tem não tem não come. Não foi a Real que inventou ou criou isso, ele muito menos estimula. Ela fala apenas para o homem tomar cuidado, não cair nas mãos de vagabundas, não ser um capitão salva putas, tentar olhar para valores mais estáveis, tentar um cuidado com o sexo masculino tão depredado na atual sociedade bucetista, para o cara não ser mais cedo ou mais tarde ou desonrado, ou bandido, ou ser um mendigo. Cuidar antes de si, não se destruir nesse deserto humano que virou o mundo atual.

m4v3r1ckk disse...

Bruno

Vou repetir pela ultima vez:

Querer se informar e procurar uma vida melhor não tem necesariamente haver com movimento algum, pq há homens que procuram se informar sem estarem vinculados a masculinismo?

Vc ja admitiu tb outra falacia, a da relação entre uma pessoa de um determinado grupo, ser parametro para generalizar o grupo inteiro.
(segundo sua propria dinamica de relativismo)

"não é o que parece pelos que me pediram pra colocar."

Quem te mandou vir aqui ?

Olha, vc vai ficar ai no seu xororó, junte-se ao coresdocercado, do cerrado..enfim, culpe essa sociedade "bucetista" o quanto quiser, vc não será capaz de perceber o quanto de bobagem vc fala até perceber seus previlégios.

Todos os direito que vc reclama não ter já estão garantidos ou estão mais acessiveis, por vc ser homem.

Mas pedir pra vc entender isso é demais.

Boa sorte

Liana disse...

"Bucetista".. Sério, isso é ridículo e perturbador.

Gente, eu não recomento nem psiquiatra, é sexólogo mesmo. Ou ilha deserta, já que o mundo lhes causa tanto sofrimento.

coresdocerrado disse...

"Prevelégios"?


Quais?


Eu tenho um "pau", como vcs dizem, e duas bolas e por isso tenho privilégios?

Mas qual?

Nunca ninguém me deu nada. Acho que vc com sua buceta leva mais vantagem na sociedade bucetista.

Quantas não estão agora nesse momento ganhando dinheiro vendendo a buceta? Conseguem cargos públicos, comissionadas, saem nuas em revistas, fazem programas com cache de até 5 mil reais. Eu com meu "pintinho" não ganho nem 1 centavo.

Até para comer mulher eu tenho que pagar. Vc com sua falta de bolas e de uma mangueira comeria muito mais mulher com seu "pintinho" do que eu e mais uma turma de amigos que tenho.

Mulher gosta de pinto? Será?

Eu queria poder trabalhar honestamente só pelo fato de ter pinto.


Onde ser homem leva vantagem apenas por ser homem? Eu queria argumentos, explicações concretas. Me diz onde, é em pasárgada? Eu quero ir para esse lugar, pois sou onde e vivo no inferno.

denise disse...

cores do cerrado, vc tem um nick muito bonito, pena que vc deve ser muito jovem pra estar tão desiludido assim com as mulheres, os jovens tem pressa, e esse parece ser seu problema, por alguma experiencia ruim esta julgando todas as mulheres dessa forma péssima, infelizmente só mesmo o tempo vai provar pra vc que esta errado, e vai demorar mais tempo ainda se continuar bebendo dessas fontes nesses blogs cheios de ódio que pelo visto vc é frequentador assíduo.

coresdocerrado disse...

Denise, Jovem? Qual sua idade?

Eu tenho 34 e vivo no deserto humano. Perdi a virgindade aos 30 com uma puta. Sou desempregado. Quase que vivo sozinho, meu pai morreu na miséria, em casa, sem vaga em hospital. Não tenho nada.

Mas para vcs eu sou um privilegiado não é?


Talvez até para algumas aqui que são funcionárias públicas, ganham bem, fazem viagens para o litoral, tem o carrinho para andar, gastam não sei quanto fazendo a unha toda semana, etc.

Niemi Hyyrynen disse...

Viram Meninas?

Se vc tem uma vagina nada que vc conquistou foi por mérito próprio!

Vc's trabalhando, estudando, dando um duro danado pq? Vão vender suas vaginas! É muito mais fácil !

E eu que me matei de estudar e trabalhar pra hj ter minha vida, meu carro, casa, droga, erá só me prostituir!

Mas agora uma pergunta, pq prostitutas não andam de porshe por ai? Será que elas não querem dar pinta que tem uma verdadeira fonte da ambundancia no meio das virilhas?

denise disse...

talvez eu tenha me enganado e vc não é tão jovem como pensei, mas acha mesmo que culpando as mulheres e guardando tanto ressentimento contra elas vai se sentir melhor? Ha muitas mulheres que enfrentam situação igual ou até pior q a sua, e não as vejo culpando os homens por isso.
Vc pelo menos pode falar abertamente que vai a puteiros ja uma mulher se disser isso enfrentara muitos preconceitos, vc reclama de estar solteiro ainda, mas se sua situação é dificil isso é até um beneficio p vc, pois existem milhares de mulheres que tem situação identica a sua e ainda tem que sustentar seus filhos, por serem mães solteiras ou abandonadas por seus companheiros, em questões morais vcs homens tem muito mais liberdade que nós mulheres, por mais "modernas" que nós sejamos, vcs homens dificilmente irão passar pela experiencia horrivel de um estupro, e ainda serem culpadas por isso, ha tantos outros privilegios que vcs tem , mas pelo jeito não se dão conta, que poderia ficar aqui escrevendo p vc um tempão, mas sei que vc é inteligente e sabe disso.

Rubens disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rubens disse...

Pq esses caras tem fetiche com funcionarismo publico?

Pelo menos o governo do PSDB paga mal pra caraleo

Daní Montper disse...

Não suporto homem emocionalmente mal resolvido para relacionamento, ou seja, jamais ficarei com masculinista.

Não tenho paciência com quem só reclama da vida e da sorte.

Vinicius Barnabé disse...

Bom,pelo menos com os comentários femininos aqui,vejo que só provaram um desprivilégio masculino que é o fato da insegurança não ser algo comum ou de ser menos tolerável.=\

coresdocerrado disse...

Denise, nós homens somos seres humanos tb, dizer que a mulher é algum ser especial, que passa por sofrimentos que os homens não passam, é um tipo de romantização idiota da mulher.

Homens morrem, passam por cirurgias, passam por situações traumatizantes, etc.

Esse seu me mete nojo, não sei como alguém pode ter uma cabeça tão pequena assim.

Vc tem o que na sua cabeça? Vc diz que homem não passaria nunca por um estupro, eu queria te perguntar que mundo vc vive. Vc nunca ouviu falar de crianças do sexo masculino que são estupradas?

Nunca ouviu falar de homens estuprados em prisões? Homens esquartejados em ruas desse "Brasiu"? Que mundo vc vive? Isso tudo é burrice ou é má fé para constituir o vale tudo do seu feminismo?

Saiba que vc é uma sexista. Vc deveria ter vergonha de ser podre e feia.

coresdocerrado disse...

Eu não tenho privilégio algum.


Cometer crime é privilégio?

Ah, agora pq eu não tenho filho tb sou privilegiado por isso?

Não tenho filhos pq não tenho vida sexual constante, como uma puta as vezes e sempre uso CAMISINHA.

Agora usar camisinha é sinônimo de poder fazer tudo? Acho que vc está com alguém inversão de valores, vc tinha que tomar vergonha na cara. Se esse tanto de mulher trepa como cadelas no cio o dia todo, fazem trocentos filhos, ganham tudo do governo, eu que com muita liberdade e elas com pouca?

Conta outra vai. Mulher de hoje faz muito mais do que eu faço. Eu teria que ter umas 200 vidas como essa que tive para chegar perto de uma mulher de 17 anos hoje que tem toda liberdade, dá pra rua toda, faz filho e joga na conta dos pais ou dos avós, tem sempre lá seus empreguinhos, até mesmo de puta se for preciso. Enquanto isso eu como homem sou considerado um lixo social. Mas ainda sim a feminista aqui me julga como privilegiado.

Um judeu tb seria visto assim num campo de concentração por um nazista. Seria visto como alguém que mesmo naquela condição de merda merece punição, pois na cabeça do Nazista em algum lugar aquele judeu é portador de um privilégio mágico em sua vida, mesmo ele naquela condição de fudido dentro de um campo de concentração.

vcs são análogas a isso, isso aqui é uma coisa sem fim, nunca vou convencer vcs da minha situação de igualdade perante vcs, pois o que tem que justificar a minha inventada desigualdade é a minha necessidade de sofrer punição.

O sadismo em vossas mentes se esconde atrás dessa desculpa da minha superioridade que vcs alegam.

Realmente o ser humano não vale nada.

coresdocerrado disse...

Governo do PSDB paga mal?

Mas como eu queria ganhar 1000 reais.


É melhor do que ganhar 0000 e não ter direito a nada. Vcs aliás que deveriam me servir, mas vcs estão ai em vossos postos apenas para servirem a si mesmos.

denise disse...

cores do cerrado volte pro seus blogs cheios de misoginia, só ali vai encontrar seres tão mesquinhos e baixos como vc, não sua mente jamais vai penetrar uma restia que seja de luz de algum entendimento, vc realmente é um caso perdido, não pela situação economica que vc vive, é só pelo seu coração cheio de maldade, não venha poluir as ideias que são comentadas aqui, nem com muito esforço ninguem aqui vai te entender.

coresdocerrado disse...

manda me matar nazifeminista!

coresdocerrado disse...

Vc lá quer entender alguém sua verme?

Mesmo se vc quisesse, vc é burrinha sub-humana, já demonstrou que não tem capacidade para entender quem passa um pouquinho distante das suas conveniências.

coresdocerrado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
coresdocerrado disse...

Igual essas madames que passam tardes no shopping, comprando sapato scarpim, bolsas de grifes, vestidos, pondo silicone, fofocando de tudo e de todos, colocando defeito em tudo, e chorando que é pobrezinha mulher vítima do mundo mau.

Aí vai fazer obrinhas assistencias para diminuir um pouco os complexos. Vai ser feminista.

coresdocerrado disse...

Teem uma tal secretaria da mulher aqui no meu Estado que a Secretária é a maior burguesona.


Fica igual essas imbecis aqui, ganha lá seus 10 ou 20 mil por mês, fica lá seu gabinete no ar condicionado falando que é vítima dos homens crueis.

Eu tb seria visto como um privilegiado diante da burguesona.

Essa tal secretaria da mulher é puro cabide de emprego para essas tapadas. Dinheiro para elas terem como pagar um privilegiado para cortar a grama do condomínio fechado, pagar a tosa dos poodles com fitinhas vermelhas por 500 reais por semana, e por ai vai.

Andréia Freire disse...

O_o

Fiquei pasma com o comportamento dessas masculinistas aqui.

Cores do Cerrado, você não "pega" mulher porque você é uma pessoa rancorosa, maldosa... ninguém te xingou aqui e você posta xingamentos e agressividade, de forma totalmente gratuita. Como é que alguém vai ficar perto de alguém com tanta negatividade e agressividade? Gente pobre é só o tem nesse país, mas nem por isso são pessoas agressivas, com tanto ódio no discurso como você. Problemas todo mundo tem, mas você escolheu culpar o mundo e se acomodar.

Sério. Terapia faz bem, viu? E isso não é ofensa não. O primeiro passo pra mudar de vida é buscar ajuda.

denise disse...

Vc acha mesmo que vc é a unica vitima de injustiça social aqui nesse pais acha mesmo???? nenhuma mulher é vitima dessa injustiça pra vc???
Se eu me enganei sobre sua idade, vc tb esta muito enganado sobre mim, pq quer descarregar suas frustrações aqui, só te pedi para procurar seus amigos misógenos pq eles te entendem, aqui vc até poderia debater conosco sobre essas injustiças , com as quais nos preocupamos tambem, mas não é bem isso que vc quer , vc esta aqui só pra agredir e descarregar seu ódio estupido, como se alguem aqui tivesse culpa.

Andréia Freire disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andréia Freire disse...

o___O

Se descontrolou.

Quanto ódio, hein?

Esse masculinismo tá te ajudando demais, né? Dá pra perceber.

Ela não disse que você era um "menininho de 18 anos", ela apenas pensou que você fosse jovem e nem foi de forma ofensiva e nem pra te desconsiderar. Aliás, ela foi o tempo todo educada com você e em NENHUM momento te xingou. Você perdeu a razão totalmente. Mas não são as mulheres que não pensam racionalmente, mas apenas com os sentimentos? Como os masculinistas tanto pregam? Mas quem é que se descontrola e metalha um monte de ofensas sem sentido? Até onde lembro esse era um debate civilizado.

Pare de xingar as pessoas que falaram contigo numa boa. É estúpido, é ridículo e só depõe contra você mesmo. Depois ainda reclama que não consegue uma namorada. Claro, né? Quem ia aguentar tanto ódio? E na primeiro frustração com essa suposta namorada você iria descarregar esse ódio todo. Só iria duar se fosse uma mulher com auto-estima muito baixa.

Basta não gostar do que uma mulher postou (mesmo que sme ofensa alguma) que você expôe todo o seu veneno e seu ódio.

Sim, a julgar pelos seus comentários você odeia mulheres, como a maioria dos masculinistas.

Pois, é, né? Os comentários dos masculinistas aqui provam o quanto estamos certas ao dizer que os eles odeiam mulheres. É explícito. E quando não é eles chegam mais controlados, com discurso bonitinho, mas é só eles se frustrarem com alguma resposta pra o ódio vir a tona.

Tenho certeza que essa criatura vai me xingar. Já aviso que é perda de tempo.

Gaia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bike disse...

TÃO RUIM COMO UM MACHISTA SÓ MESMO UMA FEMINISTA , NO FUNDO É TUDO FARINHA DO MESMO SACO , PARECE CORINTIANO FALANDO MAU DO PALMEIRENSE KKKK

Gaia disse...

Bruno
Ainda está aí? Você poderia por nos comentários um blog/site que represente sua visão masculinista? Pelo que você escreve, me parece que você não se sente representado pelos blogs da Central Masculinista.

coresdocerrado
Se as mulheres que você descreve são o único tipo de mulher que você conhece, eu tenho dó de você...
E pelas experiências postou aqui, você sofre preconceito de classe. Não tem nada a ver com seu gênero.

Edward disse...

Se alguém tiver interesse, leia o livro 'O Homem Domado' de Esther Villar.

Link:
http://pt.scribd.com/doc/57251706/O-Homem-Domado-Esther-Villar

Andréia Freire disse...

Eu acredito que um movimento de homens pra discutir os problemas e modelos masculinos é possível e poderia ser saudável, útil, proveitoso. Inclusive dialogar com o feminismo e fazer parcerias.

Mas esses masculinismo que vemos naqueles blogs? Não conheço um blog daqueles que não deixe claro o ódio que aquelas pessoas tem das mulheres. Que não classifique as mulheres como santas e putas. Que não trate as mulheres como seres que deveriam se moldar completamente ao que eles acham que é certo para elas. Que não xingue e rotule qualquer mulher que não seja virgem ou que seja mãe solteira como lixo, vadia, etc. Que não trate as mulheres como burras e irracionais. Que não rotule qualquer homem que trate uma mulher com respeito como "magina", otário, "lambe-salto". Que não classifique os homens entre os perdedores e os "alfas" (sério, isso é ridículo). Que não trate de forma agressiva qualquer mulher que discorde deles. Que não culpe as mulheres por todos os problemas que eles enfrentam na vida...


Sobre as mães solteiras, será que eles não sabem que muitos homens somem no momento que a mulher mais precisa de apoio? Mas é culpa dela, né? Como ela não adivinhou que se relacionava com um covarde? Não, pra eles toda e qualquer mãe solteira é uma "vadia que passou a vida na farra". Como se mulheres não engravidassem num relacionamento monogâmico ou mesmo com o primeiro namorado. Pra piorar eles paressem esquecer que nenhuma mulher engravida sozinha e que se ela engravidou NO MÍNIMO o homem deixou de usar camisinha... E se o cara some eles ainda chamam de interesseira a mãe que vai atrás para que o cara assuma a paternidade. Eles abominam o fato recente de que se um homem se recusar a fazer o teste a paternidade é pressumida. Ou seja, por eles os caras sumiriam e ficaria por isso mesmo. A mulher que se foda, né? Enfim, as mulheres são todas putas e a única decente é a mãe deles... isso QUANDO a mãe escapa.

Niemi Hyyrynen disse...

denise

Parafraseando os filosofos Chaves e Flasht

"Não se misture com essa gentalha"

Vc foi super educada e tudo que o rapaz te retornou foi grosseria gratuita, não se estresse com pouca coisa!

Esse cores do cerrado está com a vida bem cinza hein? Desbotada! kkk precisa de mais cores!

Na boa, ele nunca vai entender que o problema é com ele, que mulher vai querer estar do lado de um cara desses?

Eu teria é medo de chegar perto!

Ser pobre, feio, desempregado, nada disso impede de que um homem ou mulher possa arrumar um@ parceir@.

Eu mesma já namorei um cara feiooooo, pobre, pobre de marré marré, não tinha onde cair morto, mas pq me apaixonei por ele?

Pq ele era de bem com a vida! Eu me sentia contagiada pela alegria dele, é isso que nós procuramos, uma pessoa de bom coração que tenha algo bacana para nos ensinar. O resto é detalhe que vai se acertando.

Mas só entende quem quer aprender

coresdocerrado disse...

Bla bla bla

sempre essa papinho de ódio e de mandar pra terapia.

vcs são psicólogas? querem serviço?


E tb a onda de acusar de "pega ninguém", isso tb é típico para tentar tocar alguma ferida do outro. Eu não dou a mínima pra isso, como já disse vivo na realidade do deserto humano, sempre foi assim e tudo indica que sempre será. Não tenho dinheiro no momento para casar, e acho que isso não vale a pena para caras como eu que são desprezados. Ficar sendo tripudiado como sou aqui nesse fórum? Não, preciso levar minha vida solitória, prefiro morrer na punheta. Satisfeitas? Podem dar aquela risadinha sádica característica da personalidade feminina brasileira.

coresdocerrado disse...

Bom, eu tentando um diálogo na boa com a loirona lá e ela vira e me diz que eu só tenho maldade.

Não rola feedback algum nessa porra, sempre eu digo A e entendem B. SEmpre o joguinho de tripudir, inverter, acusar. Não dá para esperar nada honesto dessas feministas.

coresdocerrado disse...

Andréia Freire


Se o homem faz um filho numa mulher e some tem toda uma reprovação social, ou pelo menos tinha. O cara poderia até ser morto, espancado, pela família da "indefesa ex-donzela".

Agora o que vc me diz de uma lésbica que engravida de um cara, num sexo casual, e some e nunca diz para o cara que ele é o pai do filho dela, e resolve criar a cria com a companheira lésbica?

Aí isso pode e é lindo não é femista?

Eu vi isso numa comunidade feminista, as feministas achando lindo. Foi criticar o ato dela, falei que ela foi picareta com o cara, cretina, e foi expulso.

Mulher pode tudo para essas feministas. O homem não pode. Se eu fosse me comportar como essas mulheres de hoje, eu teria que barbarizar, sair metendo pra todo lado aí, em tudo que é buraco, e sem camisinha. O ritmo de putaria dessas mulheres de hoje não é mole não. Haja pau e buceta para elas.

coresdocerrado disse...

Tem mulher que com a minha idade já é avó.

Tem um monte de menininha nova que casa com velhos só pra pegar pensão. As pensionistas com 18 anos.

O INSS até está preocupado com esse tipo de coisa. Mas é tudo na conta do machismo não é?

Mulher vadia é tudo culpa do machismo.


Quis dar a buceta, o grelo coçou, a culpa do machismo tb. Machismo é uma palavra que nomeia todas as outras. Grelo pode ser chamado de machismo agora.

Enfim, talvez o machismo explique também o surgimento do Universo.


Esse é o problema desse tipo de grupo como essas feministas. Elas mitificam um conceito e reduzem toda a realidade a ficção mental delas. O machismo vira uma palavra de emanação como os religiosos brasileiros usam Deus para tudo. Falam em Deus o tempo todo. A feminista brasileira fala em machismo o tempo todo.

denise disse...

Niemi , eu não me estresso com gente assim, é claro que assusta saber que existe esse tipo de gente tão cheia de coisas ruins pra passar, mas faz parte da vida, é cruzar os dedos pra nunca se deparar com nenhuma delas, mas quanto ao que vc falou sobre ter gostado de um cara muito pobre, isso tambem acontece comigo, embora eu o adore, ele nem tem onde cair morto, não bastasse não é nenhum padrão de beleza muito pelo contrario é o que me dizem, mas pra mim ele é o homem mais lindo do mundo, ele é corcunda rrsssss, e tem uma birruguinha na ponta do nariz rrrsss, mas fazer o que se eu o amo assim mesmo, é por isso que revolta quando eu vejo que nesses blogs horriveis machistas eles acusam as mulheres de interesseiras, e que a única coisa que nos move é o dinheiro, como falou essa alma penada que comentou aqui, gostaria que eles parassem de ver o mundo dessa forma, mas a Lola explicou tão bem o quanto esses blogs são nocivos para eles mesmos, nós aqui tambem tentamos mostrar isso, mas vc ve que é inutil, o seu depoimento , o meu, e o de um número enorme de mulheres pra eles não valem nada, pois então que continuem como disse a Lola atolados nesse lamaçal de ódio

Koppe disse...

Então quem é homem, pobre e tem dificuldades de relacionamento deve virar masculinista? Dêem-me licença, que vou ali ler um livro do Nessahan Alita pra me converter e já volto...

Agora falando sério, a Liana citou Valerie Solanas. Eu já conhecia essa figura antes. Pelo que percebi nos blogs masculinistas, eles consideram ela como uma espécie de arquétipo de feminista, que todas copiaram e se inspiraram e defendem a mesma idéia. Não sei se eles sabem que isso não é verdade, mas com certeza serve pra reforçar os argumentos deles de que feministas não prestam e são na verdade feminazistas. Serve também pra chocar quem está chegando agora e ainda não sabe como as coisas funcionam na internet.

Agora, vou dizer uma coisa que provavelmente eles não sabem. Realmente, já vi gente na internet afora defendendo essas idéias do Scum Manifesto. E isso faz tempo, acho que quase 10 anos, o Yahoo ainda era o serviço de busca mais usado por todo mundo que eu conhecia e eu freqüentava canais de mIRC. Mas lembro de uma coisa interessante: quem eu vi em sites defendendo isso não eram mulheres, e nem feministas... eram homens. Alguns religiosos do Discordianismo, seguidores do Ari Almeida, fãs de Tyler Durden. Ou seja, viventes que são ou querem ser loucos, birutas, malucos... desequilibrados, como a Liana disse que a Valerie Solanas também era. Também tem quem finja defender as idéias dela como piada, como forma de se divertir. Aqui está um exemplo (acho õ.Ô ). No fim das contas, só quem parece levar Valerie Solanas a sério mesmo são essas muito comentadas e pouco vistas feministas radicais, e os masculinistas...

coresdocerrado disse...

Gaia,

O homem tb pode sofrer preconceito de gênero.

coresdocerrado disse...

Eu nem sei que é Solanas, mas eu encontro mulheres muito imaturas em todas as comunidades feministas. Elas são fechadas ao diálogo, rezam na cartilha.

Não aceitam críticas.


Essa coisa de que eu por ser homem sou um privilegiado, algo que varias delas bateram nessa tecla durante o dia todo, é algo absurdo.

Niemi Hyyrynen disse...

XD

Pois é Denise! O meu tb não é nenhum modelo, mas até que eu gosto da barriga de chops dele rsrs

Mas falando sério, o que esses mascus não entendem é que eles so atraem os tipos de mulheres que eles vivem mentalizando!

Se eles querem uma garota bacana, deveriam começar a procurar por elas e parar de achar que mulher é um bicho do outro mundo, demoniaco e desprezivel.

Mas dai já é pedir demais!

Koppe disse...

"Enfim, talvez o machismo explique também o surgimento do Universo."

É público e notório, quem na verdade criou o Universo foi o Monstro de Espaguete Voador.

coresdocerrado disse...

O seu problema é que vc é simplista, vc sempre culpa os masculinistas.


Não é fácil para o homem se relacionar com mulher porra. Vc não saca isso?

Tem muito sexismo hoje em dia, tem muito lesbianismo, tem muito supercialismo. Até os psicanalistas dizem que é difícil hoje em dia achar uma pessoa.

O Contardo Calligaris falou isso esses dias.


Para uma parcela dos homens não é uma tarefa fácil.

Eu tenho 34 anos e nunca tive namorada na vida. Tenho um amigo de 35 que também nunca teve.

Eu passei alguns anos, sendo super educado, super boa gente, NÃO FOI SUFICIENTE. Conheci algumas, fiquei, e tal, comi putas, mas não achei nenhuma mulher interessada. Não é fácil.


Qual explicação?
Eu acho que em parte é falta de dinheiro. Mas com dinheiro poderia como que comprar uma mulher, isso é muito fácil, já falei, ainda mais num país como o Brasil. Mas pode ser aparencia tb, ser feio, ser fora do peso. Isso para o homem é fatal, a mulher tem seus níveis de exigencia e não abre mão. Ela fica com vc, sente tesão, mas no outro dia vaza, não liga mais, ou liga uma vez só e vaza. A mulher brasileira não tolera tímidos, homens com algum tipo de desvio. É algo de humor essa treta do alfa e do beta, mas tem alguma correspondencia forte com a realidade, é assim mesmo que funciona. Alguns homens, meu caso, definitivamente não prendem mulheres.

coresdocerrado disse...

A saída é o cara se adaptar a isso, aí entra o DESAPEGO, tão falado na real. Se não tiver desapego tá fudido. Pq na verdade até rola de ficar com algumas mulheres, mas elas NUNCA vão namorar com vc. Então eu sou um tipo de prostituto sem escolha. Ao mesmo tempo tive uma criação dentro do romantismo, sou carente, afetivo. Aí que fode tudo!!!!

Pq hoje as relações com a mulher brasileira são superficiais, pelo menos as minhas. Eu sempre quis ter uma namorada, mas isso é impossível até o momento, e já não espero mais isso.

Eu realmente tinha tudo para ser misógino, já apanhei demais, já fui muito sacaneado por mulher, mas me relaciono normalmente, não tenho problemas.

Niemi Hyyrynen disse...

E a sindrome de vira rola solta!

coresdocerrado disse...

O lance é ficar sempre sozinho mesmo e que se foda. Na proxima vida quero vir com buceta que aí a mulherada vai cair de boca.


Agora vou é cuidar da minha vida, cansei de perder tempo com vagabundas.

denise disse...

Olha cores do cerrado, vc não se relaciona normalmente com as mulheres como diz, basta ver o que todos falaram aqui sobre vc, pela maneira como vc tratou quem se dirigiu a vc, eu gosto de um cara muito pobre, talvez por isso tenha tentado falar com vc , pra te trazer esperanças de que o mundo não é a desgraça que vc fala que é, e não vem dar uma de vítima, que estamos te perseguindo aqui, tenta ler o que te disseram aqui a partir do texto que a Lola fez com a única intenção de ajudar vcs a verem o mundo de outra forma, vc diz que esta com 34 anos e não arrumou namorada, pois vou te dizer que vão passar muitos anos mais sem ter ninguem que te queira se continuar se alimentando das ideias que esses blogs machistas estão te passando. Vc não consegue ver a REAL, esses blogs fizeram de vc um cego com a mente toda deturpada pelo ódio, mas como disse a NIEMI acho que é demais tentar fazer vc entender isso.

Andréia Freire disse...

Isso, pare de conversar com vagabundas. Depois diz que não é misógino... chamar mulher de vagabunda sem motivo algum é o quê? Respeito? É pra rir, né?

Os masculinistas se queimam sozinhos.

Não fui eu que disse que você não pega ninguém, não foi julgamento meu, você mesmo disse isso.

Agora, como um homem que odeia mulheres espera namorar uma? Ter um romance com uma mulher legal?

Não adianta nada se fazer de bom moço se não for realmente verdade, um hora a máscara cai.

Andréia Freire disse...

Que história é essa? Acima de idade x não se pode casar. Justamente pra evitar esses golpes.

Sim. Uma mulher que dá o golpe "do baú" está agindo de acordo com a lógica machista, que é o homem ser o provedor.

E não, não é certo não contar a um homem que ele vai ser pai.

Agora, conta direito essa história. O contexto dessa gravidez.

Niemi Hyyrynen disse...

Eu gostaria de agradecer:

Ao Bruno, Mario e Cores do Cerrado.

Vocês demonstraram como é o pensamento de um mascu! Foi muito didatico, parabens meninos!

E ao Flasht por sua valiosa contribuição nos brindando com frases de sabedoria retiradas do seriado mais filosófico do Brasil.

\o/ bjos e boa noite minha gente

lola aronovich disse...

Bruno, quero endereços de BLOGS FEMINISTAS que preguem isso que vc disse. Fóruns no orkut não contam. Orkut não é blog, é comunidade, é fórum. Se eu baseasse as ideias que eu tenho sobre masculinismo apenas pelas creticines que os babacas do Homens Honrados ou de 150 comus no orkut dizem, eu estaria sendo injusta, sim. Eu me baseio em BLOGS mascus, não em comentaristas de blogs ou fóruns mascus. Me parece absurdo vc destacar UM comentário de uma comu feminista no orkut e dizer “Veja só como as feministas pregam o extermínio dos homens”. Não dá nem pra começar a comparar. Eu leio blogs mascus, leio blogs feministas, vejo de vez em quando fóruns mascus e feministas, e o nível de ódio dos mascus é impressionante. E só uma dica: pra ser machista e misógino não é preciso virar atirador em Realengo e alvejar só meninas. Não é preciso recorrer à violência física. Chamar todas as mulheres de vadias e interesseiras já basta. Ou vcs realmente acham que isso não é machismo?
Sua comparação de “não conheço pessoalmente feminista que não xingue os homens” não é válida. Porque eu não posso dizer que conheço pessoalmente um masculinista que odeie as mulheres. Sabe por que? Porque não conheço um mascu pessoalmente. Sabe por que? Porque mascus são tão covardes que se escondem por trás de pseudônimos ridículos e nunca mostram o rosto. Me diga: se o movimento mascu é tão bom, tão lindo, tão legítimo, POR QUE SE ESCONDER?


Coresdocerrado, dizer que a real fala “pro homem mais romântico” parece piada! Vc é romântico? Vc não consegue escrever um comentário sem falar a cada 3 linhas de “enfiar o dedo numa b*ceta”! Mas vc não se considera machista, né? Vc é apenas romântico!
E vai te catar! Vc está dizendo que nós aqui vendemos nossa b*ceta em troca de cargos públicos?! Sério, vcs mascus têm graves problemas psicológicos. E vcs também não se acham homofóbicos, certo? Sei. Pra vcs, ser homofóbico é quem mata um gay. Só chamar gay de “viado gayzista filho da p*ta” não é homofobia pra vcs. E falar as asneiras que vc fala sobre as mulheres não é machismo. É ROMANTISMO.

lola aronovich disse...

E já são pelo menos dois mascus nessa caixa de comentários que admitiram que não só não comem ninguém, mas que estão na pior em todas as áreas de suas vidas. Pois é, o masculinismo realmente está ajudando vcs!


Desculpas pra quem o Coresdocerrado xingou. Eu mal sentei diante de um computador hoje. Não deu pra ler o comentário antes e deletá-lo.

lola aronovich disse...

Se alguém tem alguma dúvida, qualquer que seja, sobre como mascus odeiam mulheres versus como feministas odeiam homens, sugiro lerem os comentários deste post. Vejam como os homens que vieram comentar aqui foram tratados. Agora tentem comentar como mulher numa comunidade ou blog mascu. Depois voltem aqui pra narrar a experiência. Grata.


E pelo jeito sugerir terapia pra mascu é o pior insulto que podemos dizer. Porque mascu é tão bem resolvido que não precisa de psicólog@! NOTA-SE! Só dá pra sentir pena de vcs, rapaziada. Sinceramente. Não tem como odiar vcs. Ficamos na torcida pra que vcs melhorem de vida, porque pelo jeito vcs vivem um inferno na terra. E o único remédio que o masculinismo oferece é culpar as mulheres pela frustração individual. Isso está resolvendo alguma coisa? Está ajudando em quê?

Liana disse...

É só dar corda que eles vão longe.. Isso é pra lembrar que tem gente doida no mundo e para valorizar os que não são. Gente, também nunca saí com homem rico não. Que será que estamos perdendo? Lagosta, iates, ópera, ilhas exclusivas, Daslu, ir ver Atina na hípica, poodle cor de rosa.

Koppe, também li coisas super estranhas sobre o Scum M. a ponto de achar que aquilo só podia ser brincadeira de mau gosto. Mas teve quem levasse a sério. E essa tal de Igreja do Monstro de Espaguete Voador é hilária. Interessante o que o cara fala sobre rituais estranhos que são tidos como normais. Vi um documentário em inglês sobre religiões e lá eles perguntavam o que passoas de uma pensavam sobre praticantes da outra. Muito engraçado a cara de um chinês, de crença minoritária pouco conhecida por aqui, tentando entender os católicos e sua hóstia e vinho simbolizando o corpo e o sangue de Cristo e ainda por cima ingerindo aquilo. Mas por aqui é normal :)

Lolíssima, este post foi bem ilustrativo.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 307   Recentes› Mais recentes»