terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

ESTUPROS COMO PRESENTE DE ANIVERSÁRIO

Curiosos tentam ver uma das cenas do crime

O que aconteceu em Queimadas, cidade paraibana perto de Campina Grande, é uma das coisas mais bárbaras que ouvi nos últimos tempos. Ainda temos algumas informações desencontradas, mas basicamente foi isso: na madrugada de domingo, dia 12 de fevereiro, uma festa de aniversário com cerca de 15 pessoas foi invadida por um grupo de homens encapuzados e fortemente armados. Eles agrediram alguns dos homens, roubaram alguns pertences, e separaram cinco das sete mulheres presentes. Essas cinco mulheres foram estupradas (não fica claro nas notícias por quantos elas foram estupradas). Em seguida, os criminosos fugiram, levando duas mulheres que já haviam sido estupradas, a recepcionista Michele, e a professora Isabela. Michele ainda conseguiu pular do carro em movimento, mas foi perseguida e morta. Ambas foram executadas.
É possível que um caso desses seja mais ultrajante? É sim. Todos os homens na festa sabiam. O plano do estupro coletivo havia sido arquitetado pelo dono da casa, Eduardo, de 28 anos, ex-cunhado de Isabela. Estuprar mulheres seria um presente de aniversário para o irmão, Luciano, de 22 anos. Na hora, eles também vestiram um capuz e estupraram. Só as mulheres deles foram poupadas. Mas Isabela e Michele lutaram, e foram capazes ou de tirar-lhes o capuz, ou a venda com que seus olhos estavam cobertos (depende da fonte). E identificaram os estupradores -- seus conhecidos e amigos. Foram mortas porque viram demais. Eduardo e Luciano ainda compareceram ao velório das duas.
A polícia da Paraíba agiu rápido. Prendeu nove acusados, Eduardo e Luciano inclusos. Espero que sejam condenados à pena máxima, que, no Brasil, é de trinta anos na cadeia.
Ontem a notícia já circulava com força. Alguém deixou um link pra essa barbárie num post, e obteve como resposta de um anônimo: “Isso é coisa de nordestino. Eu tenho vontade de dar uma casa para a Lola em Santa Catarina só para ela deixar essa região tão perigosa do país. Pena que não tenho tanto dinheiro assim”. É troll sem nenhuma humanidade se aproveitando de um crime assombroso pra cometer outro crime, o do preconceito. O troll certamente sabe que estupros ocorrem em toda parte. Até nos países ditos civilizados. Se tem uma coisa universal no mundo, é o estupro de mulheres. Não é exclusividade do nordeste (e, troll, até dois anos atrás eu tinha uma casa em SC, comprada com meu dinheiro. Não preciso da sua preocupação, obrigada). Aliás, os dois mentores do crime, Eduardo e Luciano, são cariocas. Se é que isso importa.
Além do preconceito anti-nordestino, outro fantasma que rondou os tweets ontem foi o dos mascus sanctos. Afinal, eles passaram os últimos meses publicando posts como “Seja homem: estupre e mate uma mulher”. O blog misógino está (felizmente) fora do ar há várias semanas, e torço para que a Polícia Federal esteja fazendo seu trabalho de identificar e indiciar os responsáveis (eu finalmente fiz boletim de ocorrência no final de janeiro). Até agora os sanctos não se manifestaram, mas é só uma questão de tempo. Eles aproveitam qualquer crime de ódio com maior repercussão para assumir a autoria ou parabenizar os culpados. Fazem isso para parecer que são mais que a meia dúzia de covardes anônimos que são.
Duvido que Eduardo e Luciano ou algum dos outros sete presos tenham ouvido falar dos mascus sanctos. Não é preciso. Ninguém precisa ler blogs de ódio para adquirir lições básicas de misoginia. Essas lições básicas estão em todo o canto. E é essa misoginia que faz com que homens como Eduardo e Luciano vejam estupro como um presente de aniversário. Estupro, afinal (e nem aprendemos isso com Rafinha), é uma oportunidade. Ora para a vítima, ora para o estuprador. Vivemos numa sociedade que enxerga o estupro como nada mais do que sexo. Estupro não é visto como ódio às mulheres, nem como violência. É visto como um pequeno descontrole, algo puraramente biológico (é o instinto do macho que o leva a isso! –- se eu dissesse algo assim eu seria misândrica, mas como são os homens que falam, tudo bem), e as mulheres não perdem muito no processo, é só sexo, não tira pedaço. Se o estupro coletivo de Queimadas ficasse "só" no estupro, sem resultar em dois assassinatos, pouca gente estaria tão horrorizada. “Estupra, mas não mata”, já nos dizia Maluf, dando voz a um velho chavão que não foi ele que inventou.
E enquanto essas barbaridades seguem acontecendo, o que fazemos? Continuamos culpando as vítimas (um dos comentários num portal dizia que "as garotas já deviam saber o tipo desses pilantras"). Solidificamos um discurso (aceito até por algumas feministas) de que mulher falar de estupro é se vitimizar. Ao mesmo tempo, os homens (que também adoram falar em vitimização feminista), olham pros lados, assobiam, fingem que estupro é um problema meramente feminino. Ou seja: mulheres, não vamos mencionar estupro, porque estaremos nos fazendo de vítimas. Homens, não mencionem estupro, que o assunto não tem absolutamente nada a ver com vocês. E, quem sabe, dessa forma os estupros milagrosamente deixem de existir.
E dessa forma a gente pode fingir, feliz, que a ideia de estuprar mulheres como presente de aniversário é algo que só acontece na mente de uns poucos doentes. E nos confins do agreste nordestino.

Mais sobre o caso: Ensaio sobre a barbárie.
Update: Por causa das pressões feministas, todos os dez acusados foram condenados em tempo recorde. Faltava apenas o mentor dos crimes, Eduardo. No final de setembro de 2014, ele recebeu sua pena: 108 anos de prisão. Um sentimento de justiça pairou no ar. 

254 comentários:

1 – 200 de 254   Recentes›   Mais recentes»
Gabriele Albuquerque Silva disse...

Sério, fiquei muito mal com essa notícia. É uma das coisas mais asquerosas e crueis que já ouvi falar. E ainda existe gente capaz de fazer piadinha de estupro...

Gabriele Albuquerque Silva disse...

E o mais bizarro é que um crime tão cruel e repugnante parece que não teve repercussão grande na mídia. Só fiquei sabendo aqui, e costumo visitar vários portais de notícias. Por que será, hein?

Clara disse...

Acabo de ler que o sobrinho do prefeito está envolvido nessa barbárie. Não me surpreende, sempre há um sentimento de poder e impunidade em casos como este.

Deize disse...

O pior é que, caso peguem a pena máxima (do que duvido), sairão com 1/6 e por bom comportamento. Nossas leis são insuficientes e beneficiam os criminosos. Ah, esqueci, certamente são "primários"...

Anônimo disse...

Nossa! Quando se acha que já se viu de tudo, vem uma notícia dessas.
Que horror.
E realmente, no site da globo nao ha menção a esse fato, pelo menos não como destaque..

É mais que bizarro.
Faltam palavras..

Tita

Master disse...

Nem tenho o que comentar... fiquei muito perturbada com essa notícia. Cadê Rafinha Bastos pra ir lá dizer pra família que foi uma oportunidade pras moças?

Lorena disse...

Eu tinha visto a notícia ontem, uma amiga publicou no Facebook, mas eu fiz questão de não clicar e não ler os detalhes sórdidos. Ainda assim, fiz um comentário no post dela.
Resolvi ler o seu post já imaginando o que me esperava... e, sinceramente, não consigo nem ter palavras para o horror que é essa história. É uma situação difícil até de imaginar, imagina saber que é verdadeira, aconteceu, no meu país, com pessoas que poderiam ser conhecidas minhas; aliás, poderia ser comigo. Poderia ser com qualquer uma de nós.

Isso é o que me assusta mais. Nenhuma mulher está a salvo, nenhuma. Ou alguém vai chegar aqui e dizer que essas mulheres todas "pediram" pra ser estupradas? Elas estavam numa festa com os seus "amigos", pessoas em quem confiavam... E esses animais que praticaram a violência não agiram por "instinto masculino"... o crime foi premeditado, foi programado, planejado, e um grupo de homens se dispôs a agredir mulheres sexualmente POR DIVERSÃO! Duas mulheres morreram porque esses projetos de humanos sabiam que a "diversão" deles era crime... e sabiam que seriam reconhecidos... sabiam que o que estavam fazendo não era sexo, era violência.

E sabe o que me deixa mais angustiada?? É saber que o assassinato das duas moças vai ser extensamente usado pela mídia (assim como o de Eloá está sendo, agora com o julgamento do "namorado" que a matou) para demonstrar a violência urbana... é, porque é assim que esse caso vai ser tratado, como todos os outros casos de violência contra a mulher e feminicídio. Nunca dão nome aos bois, nunca, em nenhum caso, a questão do estupro é problematizada, discutida e uma posição efetiva é tomada pelas autoridades e pela sociedade. Porque o estupro, até quando planejado e realizado com requintes de crueldade, como no caso, é SEMPRE culpa da vítima.
É como você disse no texto, Lola... estupro é "sexo" e é, vai continuar sendo até Deus sabe quando, tratado como tal, portanto é assunto privado.

Vontade de fugir, cavar um buraco e viver lá dentro.

Iara disse...

Esse tipo de crimes me deixam confusa em relaçao a punição .Não acho justo 30 anos ,porque nem vão ficar 30 anos, no máximo 6 .Qual seria o melhor ?Está na hora de ter umas leis mais rigidas e ir além ( sim, é possível ) do crime hediondo .Esse crime em especial deveria ser considerado além de tudo e ter penas correspondentes.Sou a favor de colocar todos eles na prisão e fazer como os americanos, dar 5 penas perpetuas, sem brecha na lei para sair e fazer de novo.

Daní Montper disse...

Pois é, Lola, fiquei sabendo disso ontem pelo teu twitter, e fiquei horrorizada com isso. Também sei que só virou notícia porque as jovens foram mortas, porque se fosse somente estupro diriam que foi uma festa, que foi orgia, e que elas sabiam e não quiseram ser chamadas de putas e por isso mentiram que era estupro etc ou seja, não ia ser notícia e era capaz de não dar em nada, nem ficaríamos sabendo, porque não existe estupro, e quando há, a culpa é da mulher, com certeza ela fez alguma coisa pra que isso acontecesse...e para completar com cereja, os estupradores eram amigos delas - a prova de que a maioria das vítimas de estupros conheciam o seu algoz.
Vou te contar, que desânimo, viu.

Jac disse...

O horror! O horror!

Imagine passar por uma situação como essas? E já que eu não vivo numa bolha onde só vivem mulheres, isso um dia pode acontecer comigo porque 1-eu sou mulher e 2-eu sou mulher.

É revoltante!

carolinapaiva disse...

Tudo isso é o sentimento de merecimento que o homem tem em relação às mulheres. Nada de homens das cavernas descontrolados, é tudo demonstração de poder e dominação. Mostra também que não existe um perfil de estuprador, pode ser qualquer um, um amigo, parente, etc.

yulia2 disse...

isso além de ser horrível e bárbaro, não bastasse tudo isso, para ficar mais horrivel descobre-se que os estupradores eram amigos e familiares!!!
todos amigos e familiares... inacreditável! que todos esses criminosos ordinários apodreçam na cadeia pro resto da vida. lixos sociais!

yulia2 disse...

Isso não foi ato sexual, era só ter ido a qualquer prostíbulo....
Não, eles fizeram isso para humilhar e subjuga-las, só e mais nada.

Dária disse...

Este é o típico post/notícia que deixa a gente sem ter o que comentar. Puro horror, nada mais.

Shoujofan disse...

Eu tinha lido pela manhã a notícia... Horrível...

Lord Anderson disse...

Nem sei oq dizer...

é brutal demais, desumano demais.

Imaginar esses desgraçados converando e rindo enquanto planejavam isso...

E o cinismo de ir no enterro das vitimas?


Pode ter certeza que ja cometeram outros estupros antes.

Bruno S disse...

Difícil até de comentar tamanho horror.

Mas serve para lembrar que estupro vai muito além da abordagem por um doente/bandido/esperto a uma mulher num beco escuro.

Estupro é feito entre conhecidos. Estupro é feito com premeditação. E estupro é visto como diversão por pretensos bos moços da sociedade.

O pior é que se não tivessem ocorrido os assassinatos a história seria vista como Daní descreveu. Uma orgia.

Muito triste.

Mylena M. disse...

Nossa! Fiquei horrorizada! Não estava sabendo disso até então, e simplesmente não tenho nem palavras pra descrever como eu 'tô me sentindo! Espero que a justiça realmente seja feita e esses homens ganhem todos o máximo de anos possíveis dentro de uma cadeia, de presente!

Anônimo disse...

Deize, não vão sair com 1/6 da pena porque é crime hediondo.

Esses monstros que pensam que estupro não é sério, não tira pedaço, deveriam ser estuprados eles próprios, por homens, já que o princípio é o mesmo, não tira pedaço!

Anônimo disse...

É interessante perceber que esses pilantras, covardes e imundos tem histórico de crimes em uma cidade como São Paulo, por certo achavam que poderiam chegar na Paraíba e espalhar o terror sem que houvesse a ação efetiva da polícia.
Este fato só retrata a realidade de um país que não pune, e que reforça o comportamento de merecimento do homem na sociedade...
Só para ressaltar, um dos arquitetos do crime era ex-cunhado de uma das mortas, e até agora sabe-se que as mulheres foram estupradas por 3 homens diferentes, entre eles o sobrinho do prefeito de Queimadas...



Notícias atualizadas sobre o caso:

http://www.portalcorreio.com.br/noticias/matler.asp?newsId=203482

Fá disse...

Eu ainda estou sem palavras. Queria acreditar que é um crime tão nojento que é raro o sujeito confessar pro amigo e, pior, planejar. Queria acreditar que com alguma habilidade em lutas poderia me defender sozinha desse tipo de coisa, afinal, esse é o tipo de crime que de tão bárbaro, o criminoso esconde de todos.

Mas não, ainda temos de lutar muito, fazer barulho e não deixar que esse crime saia impune. Aliás, estou imopressionada com a eficiência e dedicação da polícia que, embora não esteja tratando o caso como um crime de ódio, está fazendo de tudo para ir atrás dos culpados.

P.S.: Deize, não vão sair com 1/6 porque foi crime hediondo. Fora que, ainda assim, não é 1/6 da pena máxima de reclusão, mas sim da aplicada. Vão pegar vários anos (tomara) e 1/6 vai ser pelo menos uns 10 ou 15 anos

Amanda disse...

Fiquei horrorizada com a notícia também, coisas assim me dão muita angústia de viver num mundo como o nosso. A mídia mal divulgou a notícia mesmo, soube pelo twitter da Lola, mas vendo as notícias desse site, que eu acho que muit@as aqui conhecem (http://machismomata.wordpress.com/) dá pra ver a barbárie que existe no nosso país, e a maioria delas eu não vi na mídia, fiquei sabendo pelo site mesmo, e só.

Yanic disse...

O horror... é tudo que consigo pensar. Como alguém é capaz disso? Parece filme gore.

Fabiana Zardo disse...

Não tem como adjetivar uma situação dessa.
Monstros!

E essa mentalidade está bem enraizada em nossa sociedade, só que não tão violenta. Quem nunca ouviu ou percebeu que alguém organizou uma festa e chamou as mulheres pra ter carne pros amigos? E ai da moça se disser não. Afinal, ela foi em uma festa, sozinha (ou com as amigas) e esperava o que? (eu esperava me divertir, beber, comer, dançar. Dar não estava nos meus planos)

Esse grupo só levou isso ao extremo. Com requintes de tortura, horror, falsidade e sociopatia.

Anônimo disse...

E a ministra aborteira, Lola? O que você acha do curso de "capacitação para o aborto" que ela fez na Colômbia? Não é lindo sonhar com o dia em que toda mulher será capaz de abortar sem ajuda médica? Abaixo a "medicalização" do aborto!

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-ministerio-dilma-nova-ministra-da-mulher-confessa-que-ja-treinou-abortos-por-succao-mesmo-nao-sendo-medica-mais-ela-se-considera-avo-de-um-neto-mas-tambem-do-aborto/

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/ministra-das-mulheres-agora-nega-em-nota-que-tenha-ido-a-colombia-aprender-a-fazer-abortos-vai-ver-eu-inventei-tudo-ne/

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-lenda-da-vovozinha-vermelha-que-engoliu-o-lobo/

Tita disse...

http://g1.globo.com/paraiba/noticia/2012/02/apos-crimes-em-festa-justica-proibe-uso-de-mascaras-em-queimadas-pb.html

vejam!!
O globo tratou da questão de forma secundária.. somente mencionou que a juiza da cidade vedou o uso de máscaras. Mas o foco foi tal vedação e o estupro, pasmem, foi tratado de forma secundária!!!!!
Que absurdo!!!! Socorro!!! Tenho medo desse mundo em que a probição de uso de mascaras de carnaval é mais importante que um crime brutal como esse!!!

Tita

Angélica disse...

Quê que isso minha gente, eu não tava sabendo desse ato escabroso não...

TODOS os envolvidos devem ser punidos: quem planejou, quem facilitou, quem dissimulou durante a festa, quem estuprou e quem matou, na minha opinião, são TODOS AUTORES DE ESTUPRO e participaram de uma forma ou de outra dos assassinatos.
Entra naquelas teorias do crime lá (se não me falha a memória, concurso e preterdolo, mas não tenho certeza).

É o horror, o horror, o horror!!!

A violência contra a mulher tem que acabar algum dia!

Daní Montper disse...

Esse anônimo falando da ministra deve ser amigo do bispo que disse que mulher que aborta deve ser estuprada...
Outro energúmeno em nossa sociedade.

Anônimo disse...

Não há dúvida que, em matéria de aborto, o método da "sucção" já é, por si só, uma crítica radical do higienismo!

M. disse...

Pior é a matéria dizendo que tudo foi "vontade de praticar sexo proibido" - não, estupro não é sexo, não.

Eu não quero acreditar que tenha tanto homem sujo, psicopata, mau. Não quero acreditar que DEZ homens se juntaram pra isso.

Angélica disse...

Quê que isso minha gente, eu não tava sabendo desse ato escabroso não...

TODOS os envolvidos devem ser punidos: quem planejou, quem facilitou, quem dissimulou durante a festa, quem estuprou e quem matou, na minha opinião, são TODOS AUTORES DE ESTUPRO e participaram de uma forma ou de outra dos assassinatos.
Entra naquelas teorias do crime lá (se não me falha a memória, concurso e preterdolo, mas não tenho certeza).

É o horror, o horror, o horror!!!

A violência contra a mulher tem que acabar algum dia!

Lia Drumond disse...

"Sou a favor de colocar todos eles na prisão e fazer como os americanos, dar 5 penas perpetuas, sem brecha na lei para sair e fazer de novo. " 2

yulia2 disse...

Pode ter certeza que ja cometeram outros estupros antes. 2

Adriana disse...

Tristíssima essa história. Mal consigo comentar... De pensar que muitas pessoas acham que a gente exagera quando alerta que as vítimas não tem culpa, que devemos ensinar os homens a não estuprar (e não as mulheres a se proteger, aliás, tem como jogar pra mulher a responsabilidade de se proteger de um amigo que te convida pro aniversário e arma com dez caras pra te estuprar?).

Olha até que ponto a banalização desse crime hediondo pode chegar. Tão banal, tão "frescura de mulher" que acham que pode servir de presente de aniversário. É muita falta de educação, humanidade, empatia, muita falta de tudo...

LisAnaHD disse...

"A delegada responsável pela investigação do caso, Cassandra Maria Duarte - titular da especializada em homicídios . . ."
--Será que a sociedade pode contar com que a delegada vai estar com a devida segurança pessoal para a proteção necessária? Houve um (recente) assassinato sofrido por uma juíza, cujo autor do crime é um policial creio que no RJ. Um blogueiro, que botou a boca no trambone expondo o nome da família de um estuprador, apareceu morto. No estupro coletivo, assunto do post, um dos participantes implicados é parente do prefeito ...

LisAnaHD disse...

Em luto e respeito à dignidade das duas mulheres que perderam a vida, sugiro IGNORARMOS totalmente os trolls.

yulia2 disse...

quando que esse maldito código penal vai mudar???? quando haverá prisão perpétua para esses canalhas imundos, lixos sociais?

Deize disse...

Fá e Anônimo, espero que vocês estejam certos. Mas sabemos como é a justiça: sendo um grupo de criminosos, sempre haverá um ou outro que se safará porque sua participação não pode ser "comprovada". Vide caso Bruno.

E, o outro anônimo, o ministério já divulgou o desmentido, a ministra jamais esteve na Colômbia. E vamos parar de desviar o assunto do post, que por si só já é horrendo demais.

darkgabi disse...

tô chocada!!

Eu disse...

Eu é que não queria ser esposa, mãe, tia, filha desses pobres diabos Eduardo e Luciano Santos Pereira.
É muita vergonha prá uma família só...

Lord Anderson disse...

Moema

pobre diabos???

não tem nada de pobre nesses canalhas, tem de podre, de cruel, de violencia.

e eu tenho pena é das vitima, isso sim.

Flora Valls disse...

Deize e Iara,

o tempo máximo de pena no Brasil é de 30 anos. Isso significa que o condenado, mesmo que o tenha sido por 200 anos, só pode permanecer preso por, no máximo, esse tempo.

Agora, a pena para formação de quadrilha é de um a três anos. A pena para estupro (para cada um!) é de 6 a 10 anos. E a pena para homicídio (cada um, de novo!) é de 6 a 20 anos.

Se cada um for condenado à pena máxima, por todos os crimes, isso somará 113 anos (salvo engano). E o importante aqui é que, ao contrário do que a maioria das pessoas entende, os critérios para progressão da pena (o 1/6 que vocês estão falando) são calculados sobre o TOTAL da pena, não sobre o teto de 30 anos. E, nesse caso, sendo estupro um crime hediondo, a progressão de regime só se dá depois de cumpridos 2/5 da pena. Façam as contas e vejam se os números parecem mais agradáveis agora :)

Luciana Mendonça disse...

Li ontem esta notícia e fiquei mto chocada! Estupro já é absurdamente violento..e este, conseguiu ir além: foi planejado e coletivo! Concordo com Iara q devem reavaliar a pena máxima de 30 anos para crimes hediondos. Considerando-se ao menos q nunca estes 30 anos serão cumpridos!Na verdade, isto me lembrou um ritual macabro de oferendas..os demônios eram os próprios estupradores..nenhuma mulher merece passar por isto.Espero q o caso não caia no esquecimento.

Sara disse...

Lola estou com muito trabalho esses dias e nem consegui ler seu post ainda mas mesmo assim entrei p comentar a noticia q a Lisana postou ontem a noite, depois de ler nem consegui dormir direito, é um desrespeito tão grande pelas mulheres q esta acontecendo aqui no Brasil que chego a ficar cheia de ódio por homens assim, até onde eles irão chegar pra demonstrar a misoginia que sentem por nós.???

Luciana Mendonça disse...

voltei. fiquei tão balançada relendo sobre este fato q esqueci de comentar algo q vc citou e eu não estava sabendo. O preconceito permanente contra nordestinos. Incrível que já pegaram um gancho p aliar a atitude ao comportamento de nordestinos! O Brasil está um nojo só!

Eu disse...

Lord Anderson, sabe o que é um pobre diabo? Sabe não.

Não fiquei sabendo quem foram os autores dos disparos que mataram as duas moças. Faço votos que tenha sido um dos irmãos ou os dois...

Flávia Bulla disse...

Ótimo texto, Lola.
Você soube fazer uma boa análise da notícia horrenda e desoladora.
O nosso consolo é ver as mulheres se levantando contra tanta opressão, violência e ódio.

Achados & Perdidos disse...

Apenas para lhe dizer que, pelo menos, no meio de tudo isso, há alguém como você que fala e diz e a gente pode, tristemente, ao menos, ficar sabendo. Veja como vou pelo mínimo porque casos assim me tiram o ânimo e me deixam querendo apenas o mínimo... Confesso minha desesperança quando veja o que pode a humanidade.

Amanda Lima disse...

@yulia2

não haverá prisão perpétua pois a nossa Constituição veda. Enquanto não mudar a Constituição, não será permitido o carcere perpétuo ou a pena de morte, mesmo que alguns mereçam.
Sobre o caso, que NOJO desses homens! Tenho medo, afinal sou mulher e tenho uma filha. Presas fáceis, não é mesmo?

Lord Anderson disse...

Moema

onde nasci e cresci, pobre diabo é algum azarado, que não tem nada, pra quem da tudo errado.

enfim, um coitado

isso esses dois não são.

Priscila disse...

Se elas não tivessem morrido iam dizer que não foi estupro pq um dos caras era parente do prefeito e as meninas queriam dar o golpe e aparecer, e toda aquela ladainha que estamos acostumadas! difícil viu!

Ramone disse...

Sinceramente, além do embrulho no estômago que sinto desde que comecei a ler esse absurdo, só consigo pensar que, uma pessoa como eu, mulher, solteira, não pode confiar em ninguém mais. O mundo deve mesmo estar acabando.

Bruno S disse...

Flora,

bem lembrado.

Acho que nossa geral desinformação quanto ao funcionamento da execução penal não ocorre à toa.

Flá disse...

MEU DEUS,QUE HORRÍVEL,MEU DEUS,QUE HORRÍVEL,MEU DEUS,QUE HORRÍVEL!

Sério, que tristeza absurda,que coisa mais...aaaaaaargh,sério,eu naum tenho o q falar...

Não quero mais viver nesse mundo

Rodolfo Penteado disse...

Esses mereceriam ser deixados junto dos presos comuns para receberem seus presentes de aniversário. Estuprador é o tipo de criminoso mais odioso entre eles.

Eu disse...

Ha, e não deu tudo errado prá eles, rapaz? Desde a hora infeliz que tiveram essa ideia?

Deu tudo certo foi prá polícia que está de parabéns.

Como vc se sentiria sendo pai, irmão, filho de um infeliz como esses estupradores e assassinos?
Nem a desculpa de que foi algo sem pensar eles podem dar...Pqp, eu que não saía mais de casa e até me mudaria prá bem longe...Pena que não se pode mudar o sobrenome nessas horas...

Não só eles são coitados como coitada é essa cidade que agora terá má fama graças à história a ela associada.


"onde nasci e cresci, pobre diabo é algum azarado, que não tem nada, pra quem da tudo errado.

enfim, um coitado"

isso esses dois não são.(Lord Anderson)

M. disse...

Lolinha, e as mulheres que foram poupadas por serem relacionadas aos criminosos - elas sabiam? O que elas sabiam? Se elas sabiam, o que será que passou pela cabeça delas?

Que história cheia de aspectos horríveis, horríveis.

Anônimo disse...

HORROR.

Atenção, gente: o SENADO está DISCUTINDO e VAI VOTAR a REFORMA do CÓDIGO PENAL e o assunto estupro estará na pauta. Na página do Senado tem um link para que possamos sugerir mudanças no código. Creio que podemos, com mobilização, influenciar no 'endurecimento' das penas.

Alice

Shishiu disse...

Partindo do princípio que nossa margem de escolha é ínfima e que o livre-abítrio é questionável, me pergunto se a culpa não deveria ser tirada da equação - ação-resultado.

Com isso em mente, paro pra pensar se realmente são esses tipos de crimes que deveriam nos causar mais repúdio, se são esses que deveriam ser considerados hediondos, se são esses que devem satisfazer a eterna vontade em ver o outro punido por "culpa".

Obviamente que o estupro invalida uma sociedade dita "saudável" mas, mesmo assim, é esclarecedor ver a raiva, o ódio que emana das pessoas diante dele. Emoções que não vejo diante de condutas - ao meu ver - muito mais relevantes e maléficas para a sociedade civil.

Lord Anderson disse...

Shisiu

confesso que não entendi nada.

como assim nosso livre arbitrio é questionavel?

pq estupro não deveria causar repudio?


se importar em elaborar melhor?

Babi disse...

Neste país em que um Bispo fala que mulher que aborta merecer ser estuprada, o estupro é acobertado por um programa de TV, é motivo de piada e a culpa é sempre da vitima, não faltou motivações pra que esses irracionais se sentirem encorajado a fazer isso! Será ate quando que a sociedade brasileira vai parar de tratar crimes de gênero como fato isolado?

Cecy disse...

Enojada com a notícia e não estou nem um pouco surpresa de ver como a repercussão desse crime foi pouco divulgada pela mídia.

Anônimo disse...

"Homem é homem, mulher é mulher.
Estuprador é diferente, né?
Toma soco toda hora, ajoelha e beija os pés,e sangra até morrer na rua 10.
Cada detento uma mãe, uma crença.
Cada crime uma sentença." Racionais Mc´s

Anônimo disse...

Mais uma vez a "Eu/Amoeba" defecando pelos dedos. Eu teria vergonha de ser parente dela!

Eu disse...

Se não sabiam, agora sabem. Eu já entrava com o pedido de divórcio no mesmo dia e JAMAIS o visitaria na prisão. Nesse ponto eu sou uma pecadora.



"e as mulheres que foram poupadas por serem relacionadas aos criminosos - elas sabiam? O que elas sabiam? Se elas sabiam, o que será que passou pela cabeça delas?"(M.)

Eu disse...

Anônimo, desculpe o mal jeito, mas você não tem moral prá passar nem na minha frente, quanto mais ser meu parente.

vaza

yulia2 disse...

qual o nome do pastor lixo que disse que mulher que aborta merece ser estuprada?

Shishiu disse...

LordAnderson,

Não quis dizer que o estupro não deveria causar repúdio. Apenas levantei a indagação do por que o estupro nos causa tamanha repugnância enquanto que outros crimes "piores", se racionalizarmos suas consequências, passam como "desvios de conduta".(obviamente que esse comentário é abstrato, é idéia. Não quero aqui menosprezar a dor nem o sofrimento alheio. Compadeço das mazelas humanas.)

Quanto ao conceito de livre-arbítrio, é exatamente isso que ele é, um conceito, uma teoria (muito antiga por sinal). Algumas pessoas sugerem que na verdade nós não temos escolhas, somos apenas comandos efetuados por ligações elétricas. Temos sim, uma ilusão de escolha, uma ilusão de - por sermos conscientes - independência do corpo.

Eu disse...

Shishiu, tô te estranhando...rsrs
positivamente.

Na verdade, o scrip das nossas existência nesse pesadelo a que chamamos mundo já está todo escrito.
Mas há uma margem de escolha sim e podemos escolher de novo e sermos felizes.

Ana Maria Rosa disse...

Fiquei chocada com a notícia desse estupro, principalmente, porque não foi a ação de um tarado, um demente, de quem qualquer uma de nós pode ser vítima, mas de homens "comuns" que odeiam as mulheres e não tem nenhum receio, nenhum pudor, nenhum temor de infringir a um grupo de mulheres uma das piores violências que um ser (masculino ou feminino)pode sofrer. Uma mulher sai de um estupro com a vagina ferida, rasgada e muito machucada, mas esses ferimentos saram com repouso e medicação. Os ferimentos da alma, causados pelo estupro, esses não tem cura, acredito que nem nos melhores consultórios de psicanalistas e profissionais afins. É por isso que, ao saber de um estupro, sinto-me atingida em algum lugar profundo do meu ser. Eu, aqui tão longe, tão perto compadeço-me do sentimento de dor que dilacera o coração dessa mulheres estupradas.

Eu disse...

Tô só esperando prá ver se alguma sobrevivente do episódio vai aparecer grávida. Queira Deus que abortem e não falem prá ninguém.

Anônimo disse...

Criss
sinceramente n sei nem o q dizer...falta até palavras. qse aconteceu cmg na madrugada do domingo. fui numa festa numa chacara c meus amigos, cm tinha bebido um pouco e tava c muito sono fui dormir no quarto. passou um tmp e entrou 2 caras no quarto, (n os conhecia) um pela janela e outro pela porta. sorte q eu n tava dormindo e consegui sair correndo pq eles teriam me estuprado, axo q eles n esperavam q eu estivesse acordada axo q se assustaram e por isso n tentaram me segurar nem nada...só consegui ver um dos caras, e meu amigo socou ele. eu sei q n é certo resolver casos de violencia c mais violencia + eu fiquei feliz q o cara apanhou. qm sabe assim ele n tente + fazer isso. gostaria de saber se num caso desse tem cm prestar queixa?

Eu disse...

O arcebispo de Granada, na Espanha, Javier Martínez, causou polêmica neste último domingo (31/12), durante uma missa, ao afirmar que o estupro é válido em mulheres que já fizeram aborto voluntariamente.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/18901/para+arcebispo+espanhol+mulher+que+aborta+merece+ser+estuprada.shtml

Ainda bem que faz anos que não vou à Missa. Ô lugarzinho de onde se sai pior do que se entra...

Lord Anderson disse...

Shisiu

talves pq o estupro seja algo tão pessoal, que fere e humilha a vitima na sua intimidade, perventendo algo que devia ser prazeiroso.

alem disso estupro é uma demonstração de poder, um recado que misoginos passam a mulheres que elas estão lá para a vontade deles.

outra coisa que indigna é o quanto ele é comum, dissiminado e quanto ele é relativizado e vonta-se contra as vitimas, as culpando pelo que fizeram.

Shishiu disse...

"Eu",

A diferença são nossas conclusões. Você vê o dedo do destino, de uma mão invisível segurando as rédeas da vida e do mundo. E crê que temos segundas chances em "outras existências" (por favor, me corrija se estiver sendo leviano!).

Discordo da questão da escolha já que, como eu havia dito, acredito apenas na ilusão dela. O que não quer dizer que não se possa ser feliz.

Sara disse...

Lola to achando que estão querendo encobrir essa aberração pq só achei pequenas notas em alguns portais, mas publiquei seu texto no meu facebook, e acho q mais pessoas aqui deveriam fazer isso, pq a imprenssa sabe-se la o porque parece q não se interessou por um fato tão grave como esse.
A justiça do nosso pais tem uma grande divida com as mulheres, pelo número enorme de mulheres assassinadas mesmo tendo procurado a proteção da Lei Maria da Penha, por omissão ou por dolo mesmo, como foi no caso dessa procuradora de justiça que ja havia pedido proteção e mesmo assim foi trucidada pelo marido ha bem pouco tempo atraz, ela como milhares de outras mulheres estão morrendo por falta de ação das autoridades, não é possível que nesse caso esses seres abjetos que praticaram esse crime monstruoso saiam livres, como é muito comum acontecer aqui.

Ana Maciel disse...

Um absurdo sem tamanho... uma violência sem motivo algum, apenas pelo fato do indivíduo - porque homem ele não é - achar que merecia ser presenteado pelo horror, medo, humilhação, gritos e dor de mulheres amigas suas...
Eu sou a favor de penas mais severas em casos desse tipo, onde há premeditação e intenção de causar danos à vítima. Vou postar em todos os meios que eu conseguir e espero que apareça na mídia...

Beatriz disse...

Quase chorei no trabalho lendo. Não dá pra negar a culpa da cultura de estupro nisso. Temos uma grande produção da indústria cultural q endeusa o homem "caçador", q subjuga a mulher na conquista (é uma versão "soft" de estupro, bem maquiado, mas ainda estupro que a gente vê muito em letras de rap - e nada contra gente, eu amo bom rap, vibrei com quem postou racionais aí, mas vcs sabem q isso rola) e trata a mulher como objeto de diversão. Junte isso com 10 doentes com grande senso de impunidade e nenhuma bondade, e olha o q temos.

Beatriz disse...

Lola, posso fazer um pedido (olhinhos brilhantes): faça um post sobre imagens de estupro na mídia e cultura pop, plz? Queria muito saber mais sobre o assunto, e fiquei muito instigada depois q li o capítulo sobre sexo em "O mito da beleza"

Anônimo disse...

Esta notícia me lembra muito os roteitos de filmes pornográficos que vi descritos nas páginas feministas estrangeiras.Não sei porquê aqui no Brasil as feministas ainda ficam fazendo vista grossa para a questão da pornografia e prostituição,com medo de desagradar machinhos punheteiros.O que mais falta nos acontecer para despertarmos? Será que só discurso verbal(educação) resolve? Será mesmo que a falta de censura para material misógino é anti-democrática?
O feminismo brasileiro está falido,fútil e sem poder político,espera resolver a violêncoa machista de forma infantil.Antes tal fatoa era motivo apra apssaeta,mas hoje,passeta feminista é só para nos afundar na lama,só para defender mulheres-bunda( geysas da vida) ou levantar a bandeira de vadias.Sinceramnete,o que vcs esperavam? Homens nos vendo como seres-humanos plenos??
Continuem pregando vulgaridades....e se um dia legalizarem o estupro,vamos todas tacar pedras nos homens!
E antes que feminazis analfabetas funcionais me ataquem: não estou defendendo os vermes,só fazendo uma observação como nós mulheres não estamos nos organizando direito e muito menos resolvendo alguma coisa.Muitas vezes estamos é proporcionando que situações assim sejam qualificacads como "normais"

Eu disse...

A diferença são nossas conclusões. Você vê o dedo do destino, de uma mão invisível segurando as rédeas da vida e do mundo. E crê que temos segundas chances em "outras existências" (por favor, me corrija se estiver sendo leviano!). (Shishiu)

Vc vê algum destino ou mão invisível segurando as páginas de um livro ou os quadros de um filme? Então. Eles já estão escritos e filmados, não há o que fazer.

No nosso caso, estamos apenas ASSISTINDO a tudo isso achando que
está acontecendo real time.

Os pobres diabos em questão podiam ter ouvido a mente correta que todos nós temos mas não ouviram. Por isso seguem reciclando a culpa inconsiente. Não preciso dizer que essa identidade corporal que parecemos ter e que vc bem lembrou que estamos FORA, nada mais é do que uma roupa que vestimos até ficar velha e pegarmos outra no armário. Ou um cômodo de que saímos para entrar em outro. Quem controla o corpo não muda e não morre, né?

Quando nos liberamos da culpa (que não temos, inclusive), nosso futuro se altera, porque as lições aprendidas são retiradas do script.

Lord Anderson disse...

Moema ,Shushi

Desculpe, eu acredito em escolha sim.

Aqueles canalhas, escolheram pratica o estupro, não foram guiados por nenhum força do destino ou por impulsos eletricos ou sei lá oq.

São seres sencientes, capazes de pensar, planejar e decider.

E oq decidiram foi hediondo.

Eu disse...

Queria muito saber mais sobre o assunto, e fiquei muito instigada depois q li o capítulo sobre sexo em "O mito da beleza"(Beatriz)

Putz, não consegui ler esse capítulo. A sordidez que ela começou a descrever já saiu do meu radar há tempos.

Intersse-se pelo que é bom, Beatriz.
Não dê realidade ao mal NA SUA CABEÇA.

Shishiu disse...

LordAnderson,

No meu post eu exortei as pessoas a racionalizarem as consequências e repudiarem com vigor o crime que passa despercebido como algo menor. Minha dúvida é o porque do linchamento (físico e moral) de ladrões, estupradores, latrocidas e não dos criminosos de colarinho branco por exemplo, o porque da criminalização, pela sociedade em geral, dos chamados crimes de pobre (leia-se preto) e não da fraude e da corrupção.

Novamente, não estou aqui menosprezando vítimas nem acontecimentos pessoais.

Beatriz disse...

Anonimo, concordo com vc sobre a questão da pornografia. Acho muito preocupante. mas só qto a isso, não acho q o movimento feminista no Brasil está tão descaracterizado não. Acho q ele está só começando a se firmar e ganhar voz. Mas sim, queria q rolasse essa preocupação por aqui. Fantasia por estupro é institucionalizada e propagada pela mídia. E em grau extremo, o q temos é o crime.

Anônimo disse...

Assisti o "Violadas" até o volume 17 (o numero 5 é o melhor) do Brasileirinhas e nem por isso me tornei estuprador.

Eu disse...

Desculpe, eu acredito em escolha sim.

Aqueles canalhas, escolheram pratica o estupro, não foram guiados por nenhum força do destino ou por impulsos eletricos ou sei lá oq.(Lord Anderson)

Eles foram guiados pelo sentimento de culpa e raiva de si mesmos que todos nós carregamos. Todo o resultado, as moças os reconhecendo, eles sendo presos e tudo o mais que virá, não só foi escolhido como CONSENTIDO.

Mas eles podem escolher de novo a qualquer momento. Não os salvará dos trâmites legais, mas terão paz. As que se foram e as demais vítimas também podem escolher de novo, bem entendido.

Beatriz disse...

Eu, eu estudei superficialmente sociologia, li horrores sobre sistema penal e manicomial e, por mais q me sinta mal, consigo ler essas coisas pesadas como as do livro sem problemas. Acho importante pq como pretendo trabalhar com pesquisa na área e projetos sociais e, embora a realidade seja horrível, alguém tem q encarar pra conseguir tentar mudar algo. Eu me sinto preparada, apesar de td.

carolinapaiva disse...

Shishiu

Sobre a diferença de tratamento entre esses crimes que você citou, é algo bem subjetivo. Nós, feministas, cansamos de ouvir coisas do tipo "parem de falar de estupro, existem crimes mais graves, como a corrupção, para se preocupar". Sempre que falamos sobre violência de gênero, vem alguém dizendo que isso é frescura e que temos que nos preocupar com assuntos mais importantes, como a fome no mundo, etc.
Por outro lado, quando um caso de estupro é noticiado (ainda mais estupros violentos como esses do post), geral vai à loucura, exigindo linchamento, pena de morte, etc, enquanto crimes de corrupção são vistos com fatalismo (as coisas são assim mesmo e nunca vão mudar).
Política em geral é vista com pessimismo e passividade pela população.

Anônimo disse...

Chorei de raiva quando li essa matéria. É um absurdo o que aconteceu.

Shishiu disse...

"Eu",

Dialogar com você é penoso, excruciante até. Por favor, não me arraste para os seus conceitos. Seu raciocínio é diametralmente oposto ao meu. Não vou grifar suas passagens e refutá-las, só estaria dando mais pano pra manga.
Vou dizer novamente: as explicações para os meus argumentos se baseiam no Físico, estão longe de ser filosóficas, mesmo porque a filosofia está morta, não explica mais nada.

Anônimo disse...

Levante a mão quem é a favor da pena de morte nesses casos? o/

XX

rc disse...

Gabriele, a grande imprensa não sabe lidar com esse assunto. O JN acha que uma notícia desse tipo, sem se poder botar a culpa facilmente num partido, numa ONG, numa religião, num movimento libertário, vai "estragar o jantar" do espectador.

Shishiu disse...

CarolinaPaiva,

Só para esclarecer de uma vez, não acho que o estupro seja algo com o que não se preocupar e nem o coloco entre termos, relativizando-o. A minha súplica pela racionalização no meu post foi justamente para tirar o cárater subjetivo da apreciação da idéia, bem como não apontar acontecimentos pessoais como argumento.

Se você achou que fui insensível por favor, me desculpe.

Eu disse...

OK< Shishiu, meu discurso é pesado mesmo, eu sei. Mas é a única saída dessa situação. O físico é uma imagem do mental e está fora deste. Estamos lidando com ideias, com pensamentos. A intenção, os maus pensamentos vingam no físico mas não são produzidos pelo físico, entende?

Lord Anderson disse...

Moema

respeito sua ideia religiosa ou filosofica

mas isso de que carregamso culpa e por esse motivo causamos mau ao outros pra mim é tão sem sentido quanto dizer que eles estavam possuidos pelo "demonio".


não, isso não foi marcado em nenhum livro, isso não precisava acontecer.

eles escolheram, planejaram e fizeram, as mulheres nada mais foram do que vitimas, não atrairam isso para si por não ter pensamento positivo.

Shishiu disse...

"Eu",

Seu discurso não é "pesado", é apenas nebuloso e frágil. É um discurso amarrado em premissas falsas, sobrenaturais. O fato de você insistir em dizê-lo vezes e mais vezes não vai torná-lo mais atraente ou verdadeiro.

Anônimo disse...

O CNJ - conselho nacional de justiça - está forçando todos os tribunais a fazerem revisão de pena para soltar o máximo possível nas ruas. O objetivo é reduzir a população carcerária. Eu trabalho junto ao CNJ e digo que essa orientação é passada por comunicação oral, jamais por escrito.

No caso, pena máxima de 30 anos para réu primário, solta com 1/6 da pena. O que quer dizer no máximo em 5 anos já estão na rua.

Eles vão aguardar o julgamento em liberdade, o julgamento pode demorar mais de 5 anos, quando terminar o julgamento eles podem sair para rua, pois a pena já foi cumprida.

Cada um dos elementos será julgado por um crime diferente. Apenas um por estupro, que é o aniversariante. Um por homícidio, o que atirou. Os outros respondem por cumplicidade. Ou seja, não esperem penas muito elevadas para esse caso.

Um presente do seu atual governo federal.

carolinapaiva disse...

Anônimo 16:01

Ver filmes/jogos não influenciam, mas a sociedade influencia. Vivemos em uma sociedade que banaliza/menospreza/glamouriza o estupro, dependendo da situação. Essa cultura de estupro desumaniza a mulher, para que o estuprador não sinta empatia pela mesma, não importando-se em estuprá-la, sentindo-se merecedor daquele "objeto".

Anônimo disse...

Que a vida se encarregue de estupra-los, um a um.

carolinapaiva disse...

Shishiu

Não me referi a você, desculpe se não fui clara. Apenas disse que a preocupação com crimes de estupro é relativa. Quando feministas reclamam, estão exagerando; quando o povo quer linchar estupradores, é justiça. Quanto aos crimes de colarinho branco, geral acha que é gasto de energia se preocupar demais, ou lutar contra, pois "as coisas são assim mesmo", "o mundo nunca vai mudar", etc.
É por isso que esses crimes são tratados de formas diferentes pela sociedade, pelo menos, e o que eu vejo.

Viúva do Búfalo disse...

LORD NEFASTO


Tem notícias do blog do búfalo? A Lola tem alguma coisa haver com isso? Ela faz piada com o nobre Acto Sancto nesse post aqui. Diz que os federal pegou o füher. Só se for os federal gringo, porque aqui faz tempo que ele nào pisa.

martha mansinho disse...

CHOCADISSIMA!!Eles têm cara de delinquentes e como tal devem ser tratados!
QUE COISA MAIS ABSURDA!!!

Eu disse...

Tem nada sobrenatural. Tô falando de fantasma aqui? Bem que eu adoro um ghost story. Você afirmou que a consciência é independente do corpo ou entendi errado?

A mente é sobrenatural prá você?

Qualquer psicólogo de meia tigela sabe do papel da culpa nos mecanismos de auto-ódio, medo, ataque, etc.

A Psicologia tb é sobrenatural p/você?


"Seu discurso não é "pesado", é apenas nebuloso e frágil. É um discurso amarrado em premissas falsas, sobrenaturais. O fato de você insistir em dizê-lo vezes e mais vezes não vai torná-lo mais atraente ou verdadeiro." (Shishiu)

Eu disse...

Eu NÃO li isso...:X


"Ver filmes/jogos não influenciam, mas a sociedade influencia.
(...) não importando-se em estuprá-la, sentindo-se merecedor daquele "objeto"." (carolinapaiva)

Shishiu disse...

"Eu"

Sim, entendeu errado.

Eu não disse que a consciência é apartada do corpo.
Também não estava discorrendo sobre a culpa, apenas disse que é um conceito falido, intimamente ligado ao livre-arbítrio.

Não disse que seus comentários eram sobrenaturais, mas suas premissas. Como achar que mente é separada do corpo.

Affff... cansei minha beleza. Como se diz por aqui, vou bater uma gelada!

Bruxo Nefasto disse...

Viuva do Bufalo

A Lola TEM TUDO haver com isso.

Ela tem uma rede de burrice (leia-se suposta rede de inteligencia) de cães/cadelas feminazi "hackers" treinada para monitorar toda a web com técnicas arcaicas de rastreamento de ip por ping direto.

Mas há países que dão estrutura para grandes redes de bootnet, e isso a Lola não tem como impedir.

Provavel que o Bufalo esteja escondendo seus dados na nuvem

Eu disse...

Onde que existe cultura do estupro aqui, pelo amor de Deus? Isso é influência do desqualificado BBB?


O que tem é muita gente 'perdoando' estuprador e condenando a vítima por fazer o aborto legal, prá não dar à luz um indivíduo gerado por um pobre diabo, criminoso, geralmente desconhecido ou ausente ou preso.

Rildo Duarte disse...

Uma barbárie destas não recebeu ao menos uma menção nos principais veículos de comunicação. Como sempre, crimes sexuais contra a mulher são relegados à margem da história, afinal "são elas as culpadas por se envolverem com canalhas, por usarem roupas curtas, etc, etc, etc". Pergunto aos meus incrédulos botões quando deixaremos a Idade Média?

carolinapaiva disse...

Eu

Leu sim, flor, e pelo visto te incomodou. RSRS.

Agora pode continuar reclamando de deus e o mundo e soltando suas pérolas à vontade... "mimimi, sou uma questionadora, mimimi".

Nota-se #}

lola aronovich disse...

M, eu quis dizer que as duas moças que foram mortas sabiam quem eram os estupradores, já que as vendas que elas usavam nos olhos caíram. Elas não sabiam do plano não. A delegada disse que as esposas dos dois mentores também não sabiam, que também foram vítimas. Aliás, já foi preso um décimo integrante do grupo, e já se sabe que houve uma sexta vítima de estupro. É horrível. Quanto mais se sabe sobre o caso, mais barbárie se descobre.

lola aronovich disse...

A primeira coisa que pensei ao ler sobre este caso, ontem, foi de um caso ocorrido há 3,5 anos e que provavelmente ninguém conhece, porque não foi noticiado. Mas não é lenda urbana. Aconteceu MESMO. Eu falei com as pessoas na época.


Ahn, sim, Bruxo Nefasto e Viúva do Búfalo, eu tenho tudo a ver com tirar o fórum Homens Honrados e também o blog do Silvio. Nas horas vagas eu sou uma hacker. Sei tudo de computação. Tanto que eu consigo barrar os trolls de comentarem aqui no meu blog. Quer dizer... (aliás, eu não era a autora do blog do Silvio? Agora estou confusa. Eu tirei do ar um blog que eu mesma criei?). Gente, arranjem outro lugar pra trocarem figurinhas mascus. Aqui não é um lugar apropriado. Serão deletados daqui pra frente.

Eu disse...

A série "Violadas" da Brasileirinhas mostra isso muito bem, as mulheres tem medo, reclamam, choram. Mas no fundo, no fundo, acabam apaixonadas pelo bandido e querem mais.*

É assim com a sua mãe, baby?

Geraldo disse...

Boa noite, Lola.
Não sou feminista, muito menos machista, mas de vez em quando dou uma espiada aqui no seu blog, quando minhas amigas divulgam.
Essa notícia é pra deixar qualquer um maluco. Não sei como ainda existe gente que defende estuprador e qualquer outra desgraça dessas. E o que nos deixa tão chocados quanto a notícia, é saber que esses e muitos outros malditos ficarão pouco tempo na cadeia e depois estarão livres para repetir e fazer pior. Muita gente fala que eu sou radical, mas num caso desses sou a favor de tortura constante dessas pragas até não aguentarem mais.É ilógico desejar o contrário para esses cretinos. Mas a lei desse país é fraca e só beneficia a bandidagem (É visita intima, regime semi-aberto, redução de pena e o caramba) enquanto as pessoas boas de verdade, que lutam para melhorar a situação geral, tem que conviver com esses b#stas, correndo o risco de serem violentadas de diversas formas, além do estupro moral que assola todo mundo diariamente.

Geraldo

Eu disse...

De vc eu espero qq coisa, carolinapaiva.

Eu disse...

Geraldo, concordo com tudo. Só não vou dizer com o que sou a favor, senão a polícia vem atrás de mim, rsrs

carolinapaiva disse...

Eu

De nada. Apenas retribuo a gentileza com a qual fui tratada.

Relicário disse...

Que tristeza, que revoltante isso, passei mal lendo esse post...

Belezas de Kianda disse...

Passou uma matéria sobre esse caso no programa da Ana Maria Braga hj de manhã. E falou-se tb de outro caso bem assustador, sobre uma menina de 13 anos q sofreu um aborto em casa e escondeu o feto dentro de uma mochila e guardou no armário. Os avós é quem descobriram o corpo. A delegada q tá cuidando do caso disse q, segundo exames, o feto nasceu vivo e morreu de traumatismo craniano. E disse tb q a hipótese mais provável é q a menina tenha sofrido um estupro e não contou a ninguém.

Sempre q vejo uma notícia de estupro me dá calafrios e fico pensando sobre isso um bom tempo. E especialmente sobre esses dois casos, fiquei, mais q chocada, meio traumatizada.

neste link dá pra ver essas e outras matérias chocantes...

http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL1678389-10345,00.html

Relicário disse...

Sobre a pena, existem várias agravantes que majoram a pena, e neste caso específico é muito possível que a pena seja muito maior que 30 anos, sendo assim a permanância na cadeia é de no máximo 30...a pena pode alcançar bem mais...

Larissa Braga disse...

Primeiro, parabéns! Tu escreve de uma forma que faz com que a gente tenha vontade de ler, se garante!

Isso é até difícil de se ler, o pior é que infelizmente, eu sou incrédula quanto a justiça nesse país. Infelizmente, mesmo!
Já sinto cheiro de impunidade.

Violar uma pessoa ultrapassa os limites de uma tortura, merecia ser condenado sem muitos rodeios, sem privilégios algum.
Posso terminar meu comentário assim, tenho nojo de pessoas assim, se é que pode-se denominar esses monstros de tal forma.

Rê_Ayla disse...

Assim caminha a humanidade... rumo à INvolução...

Eu disse...

Advogada anônima, tenho medo de ter arma em casa. Já vi parentes meus receberem a visitinha inesperada de ladrões, em plena luz do dia, com todo mundo em casa, perguntando: cadê a arma?

Eu disse...

misógino por opção, não abuse da sorte, viu, moleque? um dia a casa cai...se é que já não está caindo...

Eu disse...

Misoginia não é tipificado na lei. O que vc mostrou é tipificação de violência doméstica.

Você está pedindo..depois não reclama, viu?

Masegui disse...

A vida dessas mulheres não vale nada pra esses bandidos. E a vida deles não vale nada pra mim. Pena de morte neles!

Eu disse...

Ainda bem que o Brasil é bem grande, né, misógino por opção?

Mas olha, qq hora vc se mete com a filha de um marginal, um delegado da Polícia Federal, um juiz, um político desses bem venais...cê tá ferrado, moleque. Vão te caçar até no polo norte. Ou vc é invisível????

Pelo visto vc já virou um fugitivo...kkkkkkkkkkkkkkkkk

Augusto disse...

Que horror, Lola! Eu também não fiquei sabendo dessa notícia e achei estranho os sites não darem atenção a isso.

O post ficou muito bom. Vou lê-lo hoje aqui em casa

Um abraço.

Anônimo disse...

Eu sou o Fernando Bispo da Silva, paulistano de 55 anos e estou envergonhado e horrorizado por esta barbaridade. (que as lágrimas me permitam prosseguir!). Homens que se valem de sua força para obrigar mulheres a manter relações sexuais com eles são a escória humana,, o que resta de mais sórdido e miserável do nosso passado criminoso! Espero que estes covardes sejam punidos à pena máxima, sem progressão continuada da pena! Peço desculpas a todas as mulheres envolvidas nesta barbaridade, em nome dos homens que ainda têm alguma noção de respeito e civilidade! Desculpem-me também pelo tom emocionado, porém não existem outras palavras para classificar este ato abominável! Minha solidariedade total às mães, amigas e tantas outras mulheres que sofrem com a violência masculina! Sinto-me envergonhado de ser homem!

Augusto disse...

Se você cometesse esses crimes que está dizendo, você não colocaria aqui, em um blog feminista.

Assim como a maioria dos mascus mentem sobre isso, ameaça os outros de morte e de estupro mas não o fazem.

Eu não posso acreditar que uma pessoa que age desta forma não seja doente.

Eu disse...

Tô até imaginando sua rotina, misógino, rs...todo lugar que vc vai, tem que scanear todo mundo a ver se encontra alguma 'esfolada' prá fugir em seguida...gorinha mesmo vc está com delírio psicótico. Você tem pai vivo, misógino? Ele convive com você?

Eu disse...

Ela não vai dar detalhes, cabecinha de bagre. Ele só vai dizer que vc abusou dela e pronto. Vai prá frigideira. Mas olha, quem vai destrui-lo é vc mesmo. Esse fantasma não vai deixá-lo em paz. Sinto muito, viu? Sabe o que é um surto psicótico?

Eu disse...

Se você cometesse esses crimes que está dizendo, você não colocaria aqui, em um blog feminista.
(Augusto)

Pode ser sim, Augusto, mas sabe, faz parte do show desses maiores abandonados contar as bravatas. Senão, que graça tem, né?

Só que ele pensa que eu estou me afetando. Estou é me divertindo com ele.

Sergio disse...

eu não tenho palavras para descrever o horror que senti lendo a elucidação do fato..... como pode meu deus

Prafalardemuseu disse...

Fiquei horrorizada, lembrei da história de dois aborrecentes ricos que levaram uma colega para o apartamento da mãe e a estupraram, e a mamaezinha pra encobrir agasalhou a garota e entregou em casa, disse que ela havia dormido e outros tantos casos mais como o de Cuiabá que envolvia menores de idade entre eles um menino de 11 anos que ajudou no estupro.

Essa misoginia parece não ter fim, essa semana mesmo minha irmã contou de uma amiga, que casada resolveu se divorciar e então o marido entrou no apartamento a prendeu com o fio do liquidificador ligou a tv bem alto e jogou água quente, furou a faca, furou os olhos dela, ele a torturava e dizia "viu como dói" coisas assim, etc isso é uma doença terrível!
Ela conseguiu se arrastar até o banheiro quando ele foi pegar mais água e gritar, o irmão dela subiu o o ex marido, que é advogado, branco e bem conceituado (pra quem estereotipa abusos) saiu correndo.

Ele foi preso, ela colocou platina no rosto e no ombro, ele tem quase certeza que sairá da cadeia e já a ameaçou de morte.
Agora..se isso acontece em plena capital federal, que está cheia de poderes, recursos etc e todo mundo faz vista grossa imagine numa cidade não capital e que sofre tantos preconceitos...essa idéia da mulher coisa precisa acabar!

Não somos objetos somos pessoas e infelizmente a maioria ignora esse sofisma da mulher coisa porque pensa que acabou no início do século passado. Não! a mulher coisa agora tem jornada dupla, tripla e ainda tem que se esconder de quem tanto se diz moderno e educado!

sobretudonoir disse...

Absurdo! nem Quentin Tarantino nem Almodovar poderiam imaginar tamanho roteiro nonsense e monstruoso.O pior é saber que seres ssim ainda podem contar com um conjunto de leis inócuas e que nem sequer intimidam ou amedromtam; Mas na cadeia as leis são outras como nos conta o médico Drauzio Varella no livro Estação Carandiru. Quero ver esse bando no seguro!

Yuri disse...

Eu tenho vergonha de ser humano e homem em um momento desses.
Sem mais.

Eu disse...

eu não tenho palavras para descrever o horror que senti lendo a elucidação do fato..... como pode meu deus*

Isso é a ponta do iceberg. Essas coisas são comparáveis a um passeio no parque em relação ao horror que está escondido e 'esquecido'no inconsciente.

Anônimo disse...

Lolinha, eu tenho 13 anos e amo seu blog! Compartilho de quase todas as suas opiniões e sou muito influenciada pelo que escreve.
É óbvio que, por ainda estar em fase de formação de opinião, eu vejo várias outras fontes e procuro sempre ver uma notícia por vários ângulos, mas você é sempre quem mais me agrada! Não vou comentar sobre o post em si, porque acho que você já disse tudo. A pior coisa do mundo para mim é quando os professores fazem debates na sala de aula. Pior porque eu vejo como aqueles colegas de classe meus têm a mentalidade fechada moldada por uma sociedade preconceituosa e machista! Numa discussão sobre homossexualismo, um menino disse que preferia que seu filho tivesse câncer ao ser gay. Eu pedi para sair da sala naquele momento porque discutir com esse tipo de pessoa não leva a lugar algum!
Bom, Lola, desculpa por não dividir o comentário em parágrafos, mas estão me esperando para o jantar e eu estou com pressa! Continue com o blog, você é ótima!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Também li a notícia ontem e me senti muito mal.
Não tem como falar que um crime desses não tem forte componente social e cultural, que é simplesmente coisa de doentes mentais, de psicopatas.
Dois irmãos tem um pensamento do estupro como uma coisa natural e não tiveram dificuldade alguma de encontrar nas proximidades mais uns seis ou sete homens que pensam exatamente como eles.
E as tentativas malucas de tentar culpar as vítimas ou ao menos tentar criticá-las de alguma forma, quando elas não foram mais que vítimas e não tem que ser julgadas, é mais uma prova triste disso.

(Em tempo: não sei se vc vai comentar o julgamento do Lindemberg, mas já começo a ouvir e ler certas notícias, sobre a defesa ter ficado mais confiante com o fato de serem seis jurados homens e uma única jurada mulher, exatamente por causa da questão da empatia).

Anônimo disse...

Caras doentes!!
Morram demônios.

Lenira disse...

Coisas humanas talvez algumas pessoas pensem assim..... eu, Lenira Benjamim digo coisas de monstros. Isso, sim!!!!!!!!!!!

Luiz Prata disse...

Triste e revoltante o grau de crueldade a que se chegou.

Anônimo disse...

fiquei super mal quando li sobre isso ontem. me enoja de um jeito, me dá uma raiva da humanidade. dá vontade de desistir de viver mesmo, credo.

Anônimo disse...

http://www.veramenezes.com/tiete.jpg Lembrei logo desta tirinha quando li o título dos eu texto.

Anônimo disse...

Eh uma pena o Brasil nao ter pena de morte. As vezes, e so na porrada que as coisas funcionam.

Ághata disse...

Que caso mais tétrico... Passei mal aqui...

[Lola, já ouviu falar na sociedade Mosuo que fica na China? É matriarcal e não existe a palavra 'estupro' na língua delas - e, por "mera coincidência", nem a palavra 'guerra' ou 'pai'.]

Malu disse...

Eu/Amoeba,
Vaza daqui!!!!!!!!!!!

Deize disse...

O Anônimo das 16:23 resumiu a minha preocupação.

Matéria sobre o caso: http://paraibahoje.wordpress.com/2012/02/14/estupro-coletivo-foi-um-presente-de-aniversario/

Quanto ao caso Eloá, parece que as coisas encaminham-se para falta de provas contra o acusado, já que não foi comprovada a presença de pólvora nas mãos dele. A menina foi morta depois que a polícia invadiu o apto. Seria algo semelhante ao caso do ônibus 174, de triste memória.

O Guri disse...

Provavelmente eles serão estuprados e mortos na cadeia. Não há forma de comentar que realmente mostre o que sentimos ao ler notícias sobre esta.

Não há.

Adão Rodrigues disse...

Quem me conhece pessoalmente, sabe o que eu penso sobre pena de morte. Absolutamente contra!! Porém, quanto eu tomo conhecimento de uma tragédia humana (masculina) desta natureza, confesso, a minha alma se apaga, Deus se fasta de mim, e eu não consigo ver outra solução se não acatar esta bárbara opção. Sou homem, hétero, 62 anos, casado e pai de dois filhos fantásticos!! Um médico veterinário e um publicitário. Meus amigos me dizem que eu deveria ter tido 20 filhos como estes, eu respondo: eles são assim porque são do meu tamanho, são homens verdadeiros como eu gostaria que eles fossem. Antes deles nascerem, eu torci para que nascem filhas. Me lembro que eu estava preparado para ser pai de meninas. Como eu queria ser pai de dois, tive que abrir mão de meu sonho. Eu, diante de meu espelho, sempre culpo os pais pelos filhos que plantaram nesta vida…

Eu disse...

Malu disse...

Eu/Amoeba,
Vaza daqui!!!!!!!!!!!


Vaze você MaluCA!!!!!!!!!!

rsrsrs

Eu disse...

Eu, diante de meu espelho, sempre culpo os pais pelos filhos que plantaram nesta vida…(Adão)

Sim, esses filhos vão fazer exatamente isso. Culpar os pais.
Se não pela má educação, pela genética. A julgar pelo senso comum, parece que é assim. Só que a culpa é anterior aos pais...feliz ou infelizmente.

Sara disse...

Sumiram com essa noticia de todos os portais, só especificando mesmo que se encontra alguma informação, e infelizmente em uma dessas li que um dos canalhas torpes que fizeram isso é parente do prefeito e de alguns deputados, hee Brasil, to vendo que essa barbarie não vai ser punida como tantas outras, estou me sentindo péssima, derrotada acho q nem em paises onde as mulheres não tem direito algum uma monstruosidade dessas ficaria impune, que tristeza ser mulher e ter duas filhas num pais que não da valor algum pra tantas vidas que tem se perdido de outras mulheres vitimas de um machismo nojento.

Rê_Ayla disse...

http://www.portalcorreio.com.br/noticias/matLer.asp?newsId=203482

EdFurtado disse...

Que crime horrível, como é que pode ter tanto homem podre por aí se reunindo pra organizar uma barbaridade assim, como que esses caras se reconhecem pra arquitetar algo assim?
Quanto a vergonha dos caras que não estupraram ninguém, devo dizer que nunca passa pela minha cabeça ter vergonha de ser homem como vocês disseram. Sei que,pra não dizer que todos, 99.99% dos casos de estupro são feitos por homens, mas isso não significa que eu ou você façamos parte dessa violência.
Vergonha de que se não agrediu ninguém? Essa tua vergonha não serve pra nada.

Jean Peixoto disse...

Não há muito o que dizer,quando nos deparamos com uma realidade chocante,em um enredo quase Holywoodiano desses,mas creio que esse tipo de situação ocorre no Brasil, porque a nossa lei nunca é aplicada devidamente e a impunidade é a única lei vigente.Realmente a violência tem um caráter cultural,nos estados da Região Nordeste.Diga-se que este é um comentário desprovido de preconceitos OK.Mas é factual que esse tipo de pensamento seja uma constante nos chamados "cabras da peste",claro que com um requinte de crueldade desse nível,certamente vem acompanhado de altas doses de insanidade.O que nos resta ?!?! Sinceramente não sei mais...Mas precisamos cobrar medidas punitivas mais severas sobre os acusados !!!

LisAnaHD disse...

foto dos irmãos estupradores
6º mulher estuprada
Um fato novo que também surgiu nesta terça é que há a suspeita de que uma sexta mulher também teria sido estuprada durante a festa. Até o momento ela nega o fato, mas a polícia vê fortes indícios.

http://www.portalcorreio.com.br/noticias/matLer.asp?newsId=203482

LisAnaHD disse...

PB: 9 são presos por armar festa para estupro coletivo e matar 2
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5610885-EI5030,00-PB+sao+presos+por+armar+festa+para+estupro+coletivo+e+matar.html

Eu disse...

"Mas é factual que esse tipo de pensamento seja uma constante nos chamados "cabras da peste",claro que com um requinte de crueldade desse nível,certamente vem acompanhado de altas doses de insanidade..."(Jean)

pode parar, Jean.:) Já sabemos que os dois irmãos são cariocas e que estavam há três anos em Queimadas. Provavelmente assaltantes de banco ou traficantes.
Bem que eu estava estranhando o modus operandi...

LisAnaHD disse...

Justiça veta uso de máscaras após estupro coletivo
http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-3--689-20120214&tit=justica+veta+uso+de+mascaras+apos+estupro+coletivo

LisAnaHD disse...

fotos de Michele Silva e Isabela Pajussara, vítimas fatais do estupro coletivo
Segundo a psiquiatra, o crime entra nos casos mais chocantes do país. Ela lembrou que, assim como alguns acusados pelo crime em Queimadas foram ao velório das vítimas, o acusado pelo assassinato de Daniela Perez, Guilherme de Pádua, foi o primeiro a mostrar solidariedade quando o corpo foi encontrado. Ela também apontou que há semelhanças na ação de Lindemberg Fernandes ao matar Eloá Cristina Pimentel.
http://paraibahoje.wordpress.com/2012/02/14/estupro-coletivo-foi-um-presente-de-aniversario/

LisAnaHD disse...

Onda de estupros coletivos causa preocupação e polêmica religiosa no Irã - 16 de junho 2011 - 04:52 (Brasília) 07:52 GMT
Relatos recentes de estupros coletivos praticados por gangues no Irã estão causando preocupação entre as mulheres e levantando questionamentos sobre valores sociais no país, informa Mohammad Manzarpour, do serviço persa da BBC.
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/06/110615_ira_estupros_pai.shtml

=======

Estupro Coletivo causa revolta na África do Sul - 10/11/2010 às 09h02
Um suposto estupro de uma menina de 15 anos em uma escola de Johannesburgo está causando polêmica na África do Sul.
http://www.vooz.com.br/noticias/estupro-coletivo-causa-revolta-na-africa-do-sul-50021.html

LisAnaHD disse...

Desonrada
Marie-Thérèse Cuny
Editora Best Seller
2006
A paquistanesa Mukhtar Mai apertou seu exemplar do Corão contra o peito quando ouviu, na presença de mais de 100 homens, a sentença que o conselho de sua aldeia acabara de lhe impor: um estupro coletivo.
http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/estante/estante_263487.shtml

Mário Machado disse...

Esses sujeitos atravessaram uma linha sem volta. Se soltos farão de novo. O melhor era frita-los numa bela cadeira elétrica. Se for muito cruel uma injeção letal também resolve.

LisAnaHD disse...

Em algum comentário li que o noticiário sobre o estupro coletivo na PB foi retirado da net, então fui conferir... não foi retirado... citei alguns, mas há vários outros.

E pra pararem com essa de que esse estupro é coisa de nordestino, digo que não, não é ... seguem dois links de um caso na África do Sul e no Irã... e outro link com o relato de uma pasquitanesa, num livro.

Claro está que essa onde de violência, esse caso específico de crime, está virando uma bola de neve via net... está se espalhando e alimentando planos perniciosos.

LisAnaHD disse...

Soldados dizem que Khadafi ordenou estupros coletivos
23-05-2011 17:47
Acusações de que as forças do líder líbio Muammar Khadafi estariam promovendo estupros coletivos durante batalhas contra rebeldes foram confirmadas por dois soldados a um correspondente da BBC no país.
http://www.meionorte.com/noticias/internacional/soldados-dizem-que-khadafi-ordenou-estupros-coletivos-132568.html

LisAnaHD disse...

Justiça proíbe uso de máscaras no carnaval de cidade da PB após estupros
Pedido foi feito pelo MP depois que 6 mulheres foram 'dadas de presente' para serem estupradas em festa
14 de fevereiro de 2012 | 17h 18
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,justica-proibe-uso-de-mascaras-no-carnaval-de-cidade-da-pb-apos-estupros,835833,0.htm

LisAnaHD disse...

30/04/2011 - 15:45
Crimes de guerra
A mais destruidora das armas de guerra é usada na Líbia: o estupro

Mulheres e crianças têm sido vítimas de abuso sexual coletivo pelas tropas do ditador. Infelizmente, está longe de ser a primeira vez na história da humanidade.

“A psicologia é a seguinte: se você mata alguém no campo de batalha, o transforma em herói. E a honra que vem disso faz seus concidadãos mais fortes. Mas o estupro só traz humilhação. Você não acaba com vidas, destrói a alma de uma sociedade.”
http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/a-mais-destruidora-das-estrategias-de-guerra-e-usada-na-libia-o-estupro

LisAnaHD disse...

Ator de "Austin Powers", Son foi preso em 2008 pela participação no estupro coletivo de uma californiana em 1990. Ele foi sentenciado à prisão perpétua no mês passado.
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2011/10/ator-de-austin-powers-em-perpetua-e-suspeito-de-matar-colega-de-cela.html

=======

As prisões foram feitas por um grupo de 60 policiais civis e militares de Campina Grande.

"O objetivo principal do Eduardo era o de estuprar Isabela, a quem estaria assediando sem sucesso há certo tempo", disse ele.
http://primeiraedicao.com.br/noticias/imprimir/ano/2012/mes/02/dia/14/permalink/pb-9-sao-presos-por-armar-festa-para-estupro-coletivo-e-matar-2

LisAnaHD disse...

ONU admite falha em caso de estupro em massa no Congo.

Mais de 500 mulheres, com idades variando de sete a mais de 80 anos, foram violentadas em poucos dias por milícias e rebeldes tutus ruandenses.
http://www.portugues.rfi.fr/mundo/20100908-onu-admite-falha-em-caso-de-estupro-em-massa-no-congo

LisAnaHD disse...

CFEMEA
Centro Feminino de Estudos e Assessoria

Numa entrevista à CNN, Mai disse, numa vozinha baixa e tímida, uma mensagem de extraordinário poder:

“Eu tenho uma mensagem para as mulheres do mundo, todas as mulheres que foram estupradas ou foram vítimas de violência. É preciso falar sobre o que houve, e lutar por Justiça.”

Parece simples e fácil, mas para todas as vítimas de violência sexual este é o passo mais difícil: falar sobre o crime e expor a humilhação de que foi vítima.
http://www.cfemea.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3455:desonrada&catid=215:artigos-e-textos&Itemid=149

LisAnaHD disse...

Revista de Antropologia
Rafael José de Menezes Bastos
Professor do Departamento de Antropologia – UFSC


Este artigo pretende contribuir para a etnologia das "flautas sagradas" nas Terras Baixas da América do Sul, retomando a análise de um episódio ocorrido entre 1947 e 1953, envolvendo Leonardo Villas Boas e os índios kamayurá, xinguanos tupi-guarani. Nesse momento, Leonardo manteve, continuada e publicamente, relações amorosas com Pele de Reclusa, esposa do grande xamã e chefe Kutamapù. O affair provocou comoção entre os índios, que colocaram um trio de flautas na casa do herói. Assim, quando Pele de Reclusa a freqüentava, via as flautas. Violada a regra que proíbe às mulheres ver as flautas, Pele de Reclusa sofreu estupro coletivo, o que originou seu ostracismo e o afastamento dos Villas Boas dos Kamayurá.
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012006000200002

Drica Leal disse...

Os comentários de algumas pessoas pontuando o quanto foi fácil para os mentores do crime encontrar tantos outros homens dispostos a colaborar com sua ideia perversa só corrobora o que enxergo no comportamento masculino (típico) numa sociedade machista desde sempre: homens não tem personalidade individual, pensam em bando! Reitero, me refiro ao comportamento típico do "macho" dentro do nosso esquema social patriarcal e machista. Isso bate exatamente com o que enxergamos na lógica hierárquica dos mascus. Vejam:

Na cultura patriarcal e machista existem os "alfas", que são os machos invejados, admirados e até obedecido pelos outros. Nesse caso horrendo da Paraíba os irmãos que deram a festa parecem ser os alfas, os "fodões" dessa cidadezinha em questão. Os outros criminosos envolvidos, que aceitaram participar, o fizeram por mau caratismo, claro, mas provavelmente acabariam cedendo mesmo que não concordassem 100%, afinal, eles não iam querer ser os "otários" que perderiam a oportunidade de "comer umas mulheres" e ainda por cima estragar os planos dos alfas.
Essa falta de personalidade entre os homens nós analisamos desde que são meninos, pois nenhum quer ser o fracote, o "mulherzinha", perder o status perante os outros homens/meninos mesmo que para isso muitas vezes tenham que passar por cima dos seus princípios, das próprias consciências, das próprias vontades. A aprovação dos outros homens do grupo deve vir em primeiro lugar para um homem numa sociedade patriarcal. E eles muitas vezes são capazes de passar por cima de tudo para obtê-la.

LisAnaHD disse...

Secretaria de Mulher quer justiça no caso Queimadas e se reúne hoje com secretário Claudio Lima
14/02/2012 às 17:19
http://www.tonyshow.com/index.php?p=noticia_int&id=15741

LisAnaHD disse...

Envolvido em estupro coletivo em Queimadas é sobrinho de prefeito da cidade e de deputado estadual da Paraíba.

O deputado estadual Doda de Tião (PPL) disse, nesta terça-feira (14) que está envergonhado pela participação de um sobrinho dele no estupro coletivo e duplo homicídio que aconteceu no último domingo (12) na cidade de Queimadas. Ele explicou que do Diego Domingues, de 19 anos, é filho de uma irmã dele por parte de pai.

“Eu estou com vergonha. Isto é uma vergonha para mim, para nossa cidade e para o meu irmão que é prefeito (Carlinhos de Tião). Nós queremos justiça”, desabafou o deputado.
http://www.maispb.com.br/artigo.php?id_artigo=20120214111120

Chester disse...

É um ato hediondo, descabido e é muito oportuna não só a divulgação de uma notícia que a mídia tradicional insiste em relevar, mas também o apontamento do preconceito descabido. Não é preciso ser mulher para perceber que o mínimo que se pode desejar para quem comete uma barbárie dessas seria a prisão perpétua de fato. Revoltante.

Vinicius disse...

Mano, isso é brutal.

Tb não vi nada em vários sites de notícias;

Escrevi um post sobre

Andressa Lima disse...

Sinceramente estou sem palavras. Nem sei o que é mais repugnante nisso tudo.

Denise disse...

E os adolescentes que vão sair dessa sem com ficha limpa?
Eu estava me perguntando hoje se as coisas pioraram ou se aparecem mais.
Tem medo pela minha filha...

Rosanna Andrade disse...

Totalmente OFF-TOPIC:

hoje entrei em uma briga q nao queria. um usuario do blog q citarei no final fez criticas ridiculas ao feminismo, e eu nao me contive e respondi. porem aconteceu o q eu n esperava, e o dono do blog promoveu meu comentario a post.

Resultado: tem muita gente criticando meu texto, e algumas criticas eu ate sei responder, mas sinceramente p outras eu n tenho conhecimento teorico.
Comecaram a citar misandricas como Andrea Dworkin, Valerie Solanas, e como fui conhecer o feminismo mais a fundo n tem 1 ano, n sei o q responder.

Eu n quero simplesmente n responder (alguns) comentarios... alguma feminista mais experiente tem alguma sugestao de leitura sobre a relacao entre feminismo e misandria?

o post a q me refiro esta em
www.paulopes.com.br/2012/02/feminismo-exige-igualdade-e-nao.html

LisAnaHD disse...

primeiro passo:
ler algo sobre Andrea Dworkin e sobre Valerie Solanas... a página da Wikipedia em inglês está muito boa, mas vc tb poderá pescar algo na página em português...

segundo passo:
selecionar um par de livros de cada uma e lê-los.

terceiro passo:
aprenda um pouco sobre o feminismo americano.

quarto passo:
leia blogs com bons textos e leia bons comentários... responda até onde vc tem argumento sedimentado, com boa base... retire-se da conversa qdo sair do seu limite PORÉM continue aprendendo... como feminista sua voz será ouvida, tomada em conta, respeitada pela sua própria postura... brigar na base de olho por olho e dente por dente não passa de troca de agressões e não é disso que o movimento feminista precisa, pois ódio e desavenças já há o suficiente.

Boa leitura! Boa sorte! Um abraço!

Rosanna Andrade disse...

@LisAnaH, obrigada pelas dicas!

LisAnaHD disse...

ah, ainda na própria Wikipedia, vc poderá ler sobre Misandria e sobre Feminismo... e escolhe mais livros pra ler.

No Brasil muita gente acredita que a Wikipedia não é fonte a ser levada a sério... provavelmente seja assim qdo se trata de artigos criados e publicados por brasileiros, não sei... em inglês não é caso... Boa sorte!

lola aronovich disse...

Rosanna, esse compêndio de frases misândricas vindas de feministas (tiradas totalmente fora do contexto, lógico) são antigas. Circulam por aí e são usadas em qualquer discussão sobre (contra?) feminismo. E citar a Solanas como representante-mór do feminismo é simplesmente ridículo, mas comum. Já escrevi sobre isso (leia também os comentários do post): Pra quem não gosta, todo feminismo é radical.

Eu disse...

Rosanna, gostei do seu comentário/post. Parabéns. Mas não fica igual à Rebecca Watson (feminista e atéia), que recebeu um convite prá ir tomar café com um participante de um simpósio sobre ateísmo na Irlanda e no outro dia, publicou um video reclamando da conduta do garoto. Porque que eles estavam no elevador do hotel do simpósio, sozinhos, às 4 horas da manhã, ela já achou que ia ser estuprada. Pegou mal à beça prá ela. O Richard Dawkins, que estava no simpósio, postou dois comentários reprovadores, o assunto rendeu um monte...

Quando receber uma cantada ou um gracejo, dá o troco na hora, manda à m., chama de psicopata, mas evita dá uma de vítima ou ficar reclamando, reclamando... É por isso que os homens não respeitam a gente. Ficamos passivas na hora e depois reclamamos. Se sofrer uma ameaça, ameace também. Defenda-se, arme-se, bata o p. na mesa. Você vai ver como as coisas vão mudar.

Esse negócio de querer igualdade e se comportar como criança indefesa não funciona.

Uma vez tive que peitar um usuário ENORME na academia que estava fazendo musculação no lugar do aquecimento que era mínimo. Até deixou a garrafa dágua no meio prá marcar bem o território. Reclamei, fiz ele tirar a garrafa do chão, e ainda dei um chega prá lá no amigo que estava conversando com ele. Não chamei o personal, nem o gerente, nem nada. Resolvi sozinha. Fiz o meu aquecimento na boa. Eu, magrinha, baixinha, feinha.

Bjs

Carlos disse...

Esse crime, como o da Eloah, são exemplos do qto essa geraçãozinha mais nova tá sendo mal criada. Sem limites, sem valores, sem senso de coletividade nem de humanidade. A proibição da palmada tem descambado pra uma total permissividade, uma degradação total da noção do espaço alheio (do corpo alheio e das idéias tb). Essa galera faz valer a sua vontade como um rolo compressor por cima de quem ousar contrariar. Ninguém cogita o sofrimento alheio,
ou pior, a possibilidade de se dar mal, de dar td errado, ao optar pelo embate, e é isso q mais me espanta. Simplesmente ignoram o fato de q as pessoas podem não estar de acordo com oq eles desejam, no caso, fazer sexo a força com umas "meninas aí". Esse princípio tá nesses crimes contra mulheres, no cara q não tolera a presença de um homossexual no mesmo recinto, chegando aos invasivos DJs de ônibus. Isso td aliado a um conjunto de leis brandas, defasadas, originárias de um Brasil ingênuo e rural, tá favorecendo a criação de monstros mimados a solta nas ruas sem medo nem respeito por nada nem ninguém. Esse não era o século 21 q eu imaginava.

lola aronovich disse...

Putz, Eu (Moema), como vc fala besteira... Rossana, por favor, releve a Eu. Ela não é levada a sério por ninguém aqui no blog. É meio uma boba da corte da caixa dos comentários, mas meio sem graça. Nossa, o "caso do elevador no congresso de ateísmo" pegou mal pra Rebecca Watson ou pro Richard Dawkins? Não vou explicar o episódio inteiro aqui (até porque não tem absolutamente nada a ver com este post sobre a barbárie em Queimadas), mas, pra quem lê inglês, tá aqui.

Eu disse...

http://scienceblogs.com/pharyngula/2011/07/always_name_names.php

Comentário do Richard Dawkins e link para o video da Rebecca Watson no endereço acima mais toda a polêmica que o caso gerou.

Eu disse...

Lola, o comentário da Rosanna também não tem a ver com o post. Desculpe por não ter colocado OFF TOPIC na minha resposta.

Podemos discutir se pegou bem ou mal outra hora, né?

Rosanna Andrade disse...

(OFF TOPIC)
Lola,muito obrigada pela resposta! Eu leio seu blog todo dia, e so raramente comento. Ja deu pra entender o perfil d@s comentaristas mais frequentes!

Na vdd nao gosto muito de discussoes acaloradas na internet, pq so me desgastam e n tem bons resultados a meu ver. Mas o cara criticar o feminismo com argumentos tao bobos foi a gota d'agua pra mim.
Como ateia eu acho no minimo infeliz que outros ateus ditos humanistas (e q para muitas outras causas o sao de fato) desclassificarem o feminismo dessa forma, como se nossos problemas fossem imaginarios. Eu pelo menos esperava que eles tratassem o movimento com alguma empatia, como a que muitas vezes dirigem a outros grupos discriminados (negros e gays por exemplo).

Vc e outras feministas fantasticas q aparecem por aqui me ensinaram a romper o silencio =]

Anônimo disse...

O que me espanta ainda mais foi não ter visto menção a este caso nos jornais da tv, nem na Veja digital. Que descaso é este?

Anônimo disse...

Eu/ Moema é uma doente mental. não entendo como a Lola não exclui os comentários dela, já que muitos são pesados demais, assim como outros trolls.

Anônimo disse...

Coisa horrorosa! Mas sabe como é, Lola, "elas devem ter provocado os caras, andado seminuas"... É assim que muitas pessoas veem situações assim. Creio que realmente haja algo relacionado à pulsões primárias em crimes de estupro, mas é claro que tais pulsões poderiam ser caladas ou "civilizadas" como tantas outras se fosse socialmente erradicas. E o primeiro passo para isso seria tratarmos-na com a devida seriedade. Ao contrário do que possa parecer, a misoginia só aumenta à medida que as mulheres ganham mais espaço na sociedade. O desprezo é um dos vizinhos do medo, medo de perder espaço, medo de uma "castração" simbólica.
Virgínia

Daní Montper disse...

Acho extremamente perigoso esse discurso de que a mulher deve reagir ao ouvir cantada ou ser assediada, pois fica parecendo que aquela mulher que não reage e fica na dela é porque gostou, quando sabemos que quando não reagimos é porque não sabemos quem é o indivíduo ou no que vai dar a situação - o que vai acontecer se reagir, ou então acham que é normal um desconhecido mexer com desconhecida na rua - aliás, vendem como elogio - porque somos educadas a isso, e os homens a mexerem.

O que as pessoas têm que entender é que ninguém tem o direito de mexer com desconhecidas na rua, que não é educado, não é elogio, e que ela ficar calada não é porque gostou e sim por medo, por não saber como agir, por querer ficar longe logo da situação.
Então, ao invés de ensinarem às mulheres como devem agir ou o que fazer, deveriam ensinar aos homens a respeitarem as mulheres, sejam elas como forem/estiverem/ onde estiverem.

Tiago disse...

Putz, da vontade de mudar de planeta!

Sara disse...

Putz, da vontade de mudar de planeta!2

Anônimo disse...

Lola como isso ta passando em branco?O caso da Eloá tá a toda,foi horrível,mas esse ... da asco, da raiva,da medo e indignação.Não se pode dizer em nenhuma hipótese: estuprador=psicopata, eram um grupo de homens!

Sara disse...

Disse tudo anonimo a velha maxima de que quem faz esse tipo de coisa é só maluco, que isso são fatos isolados cai por terra, 10 homens se juntaram para fazer essa atrocidade, eram todos psicopatas loucos????
Não, eram homens que aprenderam desde bem cedo que mulher é um objeto pra ser dado de presente de aniverssário e depois descartadas sem nenhuma comtemplação.

Anônimo disse...

Fiquei horrorizada chegando a me sentir mal,(falta de ar). Meus DEus quanta frieza nesses corações,falta mais a tua presença viva na vida de muitos. As pessoas esqueceram da Coroa maior que és tu senhor. Ainda bem, que nada fica alheio aos teus olhos, e a tua justiça é a mais rápida possível.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 254   Recentes› Mais recentes»