quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

PREVISÕES PRO OSCAR, PARTE 1 (CATEGORIAS TÉCNICAS)

Sei que tem gente que vem aqui ao bloguinho e prefere ler os textos não-relacionados a cinema. Mas esta é a semana que antecede ao Oscar (domingo à noite), então muita paciência comigo, please. Hoje eu coloco esta primeira parte das minhas previsões pro Oscar. Amanhã publico a crítica de Sexta-Feira 13 (ok, nada a ver com o Oscar, mas é o atual número 1 da bilheteria americana). E, no fim de semana, a segunda e terceira partes das previsões - que são todas furadas, por sinal. Se não fossem, eu não perderia o bolão faz cinco anos. Falando em bolão, não se esqueçam: mandem suas apostas até amanhã.
Mixagem de Som e Edição de Som
Eu gostaria de dizer que sei distinguir as duas categorias de som, mas estaria mentindo. É um horror, elas vivem trocando de nome, e quase sempre os mesmos filmes são indicados nas duas. Eu simplesmente voto pro mesmo nas duas. Bem, a revista técnica Popular Mechanics, que não tem nada a ver com Oscar, convocou alguns experts pra darem seus palpites. Mixagem de som envolve os sons criados para o filme, pelo que entendi. Puxa, mas isso não seria efeitos sonoros? Pois é, pra você ver. Não sei se há favoritos nessas duas categorias. Acho que dá pra descartar de cara dois filmes: Benjamin Button (bom, este ainda tem o prodígio de mixar a voz do Brad Pitt no corpo de outros atores) e Procurado. Sobra Quem Quer Ser um Milionário (estreia no Brasil só em março), Wall-E e Cavaleiro das Trevas. Milionário é favoritíssimo a melhor filme. A única dúvida é quantas das outras estatuetas levará. Nove? (dez é impossível, já que há duas indicações pra canção). Sete? Cinco? Menos de cinco é difícil. Então, taí: se derem tudo pra Milionário, essas categorias técnicas de som vêm no pacote. Se não, temos aí dois filmes que muita gente reclama por não terem sido indicados a melhor filme, Wall-E e Cavaleiro. Os dois são fortes candidatos pra som. Filmes de ação (os mais barulhentos) como Cavaleiro costumam ganhar (ano passado O Ultimato Bourne levou as duas. Eu tinha apostado em Transformers). O que o expert da Pop Mech diz é que o trabalho de Wall-E é espantoso, porque, como é animação, todos os sons precisam ser criados. O problema é que animação quase nunca ganha (Os Incríveis ganhou; Ratatouille, ano passado, não).
Quanto à Edição de Som (Efeitos Sonoros mudou de nome), o que o expert diz é que os filmes precisam criar novas formas de desenvolver velhos sons. Um tiro não pode fazer o mesmo barulho de todos os tiros que já ouvimos. Enfim. Pra mim, mixagem e edição são sinônimos. Mas nesta categoria Benjamin ficou de fora, e em seu lugar entrou Homem de Ferro. O resto é igual. Se a gente não sabe diferenciar um do outro, os votantes da Academia é que não vão saber mesmo. Quem ganhar uma estatueta ganha a outra. Novamente, tá entre Wall-E, Cavaleiro e Milionário.
No fim de semana, os últimos quatro Guilds (Sindicatos/Associações de cada área) - os de Direção de Arte, de Áudio, de Editores e de Fotógrafos - distribuíram seus prêmios. Adivinha quem levou todos? Milionário. Isso não quer dizer que vai repetir a façanha no Oscar. Afinal, esses prêmios são decididos por profissionais de cada área e, no Oscar, mais de 6 mil votantes (boa parte deles atores) vota em todas as categorias. Mas significa que a vantagem é toda de Milionário, e sabe aquela cobiçada estatueta de Melhor Filme? Já ganhou.Maquiagem
Ufa, são só três indicados, Benjamin, Hellboy 2, e Cavaleiro. Acho que não tem pra ninguém: é Benjamin na veia. A cara do Brad Pitt muda o tempo todo, e a Cate Blanchett surge coberta de látex. Acho que envelheceram super bem os personagens. Além disso, como Cavaleiro e Hellboy são filmes parecidos (ambos de ação com superheróis), eles meio que se anulam. Cavaleiro só está nesta categoria pelo Coringa. Puseram cicatrizes de silicone no Heath Ledger e depois cobriram de tinta. O expert acha que Cavaleiro leva. Prum especialista, tudo bem, pode ser que o trabalho em Cavaleiro seja mais espetacular. Mas pro público leigo (os votantes do Oscar), todo mundo só vai lembrar de Benjamin. Que, inclusive, eles viram faz pouquinho tempo. Cavaleiro passou em julho.
Efeitos visuais
Só três indicados (Benjamin, Cavaleiro e Homem de Ferro), e pode acontecer o mesmo que em Maquiagem: os dois filmes de ação se anulam, e Benjamin vence. Pessoalmente, BB me impressionou pela maquiagem, não pelos efeitos, mas depois li que tiveram que colocar a cara do Brad no corpo de crianças, e que usaram técnicas inovadoras e tal. Acho que é o favorito na categoria, mas eu não dispensaria Cavaleiro.
Montagem
Por incrível que pareça, essa categoria é uma das mais fiéis acompanhantes de Melhor Filme. Quem ganha filme geralmente ganha Montagem, e vice versa. No fundo é justo: Kubrick já dizia que a edição é a única parte realmente única do cinema. O resto existe em outras artes. Bom, só pra complicar a nossa vida, note como quatro dos indicados à Montagem concorrem a Melhor Filme (só O Leitor foi substituído por Cavaleiro das Trevas, o que, hipoteticamente, tira as chances de O Leitor ganhar Melhor Filme). Bom, nesse caso do paralelismo, o favorito fica sendo Milionário - que, aliás, é um filme frenético, cheio de cortes e truques (assim como Cavaleiro). A montagem de BB e Frost/Nixon já é bem mais convencional. Milk ganha pontinhos por juntar cenas filmadas com cenas reais da década de 70. Sou mais Milionário.

3 comentários:

asnalfa disse...

Lolinhaaaaaaaaaaaaaaa

leia os comentarios dos brasileiros que estão na Suiça.....

http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics.aspx?cmm=112851

Luciano Carneiro disse...

Pra mim, dentre os todos os filmes indicados a alguma estatueta, os melhores são Foi Apenas um Sonho, Milk e Quem Quer Ser Um Milonário?. Ah, também gostei de Frost/Nixon. Mas ainda não vi muitos bem falados, como Dúvida, O Lutador e O Casamento de Rcahel.

The Crow disse...

Ei, mas não tinha sido Orson Welles quem disse ser a edição o componente diferencial do cinema?

Precisamos conferir isso...