terça-feira, 21 de outubro de 2008

A ORDEM DOS HOMENS DE BEM QUER QUE AS MULHERES MORRAM

Ou: A morte e a morte de Eloá. E de todas as mulheres.

Já tem uma comunidade no orkut chamada “Eloá virou presunto - vai tarde”. Eu não vou dar o link aqui porque essa gente é doente e não merece ser visitada. Fiquei com o estômago revirado ao ver isso (e fica aqui o aviso: cuidado, material asqueroso). Mas a comu já tem mais de 1,200 membros e é assinada pela “Suprema Ordem dos Homens de Bem”. Alguns membros justificam a raiva contra Eloá porque morrem milhares de pessoas todos os dias, e ela foi apenas mais uma. Mas a maior parte a odeia porque ela era uma “galinha, piranha, p***”. E porque ela era pobre. E gorda. Ou por nenhum outro motivo além de ter nascido mulher num mundo que não trata mulheres com muito carinho.
A misoginia corre solta. Um comentário repete o que muita gente menos psicopata anda dizendo sem pensar: “O Lindemberg era só um cara apaixonado por uma garota e foi influenciado a cometer este sequestro/assassinato”. Outro rapaz explica: “Essa mina também não deve ser nenhuma santa tinha que ver os dois lados da moeda pra julgar. Atirem a primeira pedra quem nunca errou”(sic). Ou seja, por ela não ser “santa” (que, imagino, deve ser virgem), ela mereceu ser assassinada. E o coitado do Lindemberg cometeu um errinho à toa.
Ficou chocada(o)? Esses são os recados mais educados. Depois o nível cai: “Dizem que ela teve um aborto aos 10 anos. Em uma clinica clandestina”. Uma moça começa um novo assunto reclamando: “O caixão dela é branco, mas que eu saiba caixão branco é apenas pra crianças. E essa Eloá é uma p*** que começou a dar com 12 anos”. Outra complementa: “Que se f*** a cor do caixão, o importante é que ela vai ser comida embaixo da terra”.
E tem as enquetes também, pra todo mundo votar. Uma pergunta: “por q a p*** morreu?” A legenda acrescenta: “Todos sabem q ela era p*** e o lindenberg era o cafetão”. Outra pesquisa: “Oq vc faria com a nayara na frente da p***nha da eloa se fosse o lindemberg?” Todas as alternativas são sexuais. E mais uma: “O que estava acontecendo pra Eloá levar um tiro na virilha?” Uma das opções é: “Se masturbando com a arma carregada”. Porque tudo é piada pra eles.
Eu quero saber por que pessoas dessa laia existem. Não defendo a pena de morte, só quero saber como elas foram criadas pra ficarem desse jeito. E da próxima vez que eu ouvir que os jovens são muito menos preconceituosos que a minha geração, eu vou ter que rir. E eu que pensava que o tabu da virgindade (pra mulheres, óbvio) já tinha sido superado... Eu sou tão ingênua.
Eu também quero saber: essas pessoas destilando ódio contra todas as mulheres vão crescer um dia e se arrepender das idiotices que diziam? Ou são caso perdido? Não têm mais recuperação? Eu quero acreditar que todo mundo pode se recuperar. Que o assassinato de Eloá faça as pessoas refletirem sobre o machismo. Mas quando vejo comunidades assim eu perco a esperança e só quero me isolar. Quero me trancar com os meus bichinhos de estimação, esses seres ditos irracionais.

Mais sobre o trágico assassinato de Eloá aqui e aqui. E nos blogs da Cynthia, Lila, Mafaldacrescida e Valéria. Ainda não encontrei um blogueiro do sexo masculino que tenha dito algo relevante sobre o caso. Se souberem, me avisem.

43 comentários:

Cereja disse...

Doenca mental e' a unica explicacao plausivel que eu encontro pra esse tipo de coisa. E' algo muito alem da falta de educacao, machismo etc, solidariedade e' algo que se pode ter mesmo quando se vem de uma familia problematica e quando nao se teve estudo.

Camomila disse...

Não dá vontade de ter filhos num mundo como esse.

L. Archilla disse...

já que o assunto é misoginia...

algum de vcs já teve a infelicidade de ligar a tv durtante aquele concurso de stand-up comedy do faustão? pros q disseram sim, respondam qual a porcentagem de piadas ali que NÃO é machista. é impressionante como o público (inclusive feminino) aprova piadas que, além de velhas e fracas, reforçam estereótipos como o da mulher que dirige mal, a mulher submissa ao marido bêbado, a mulher que é vagabunda pq não casou virgem, etc, etc.

sabe, Lola, quando vc falou q está perdendo as esperanças, eu me lembrei que, há algum tempo, as piadas eram sobre negros... e hj, quem contar uma piada dessa em rede nacional (ou em qualquer lugar com testemunhas) vai pra cadeia. eu acho q falta é mobilização do movimento feminista pra que, no futuro, os machistas tenham o mesmo fim dos racistas.

Sheryda Lopes disse...

E ainda tem gente dizendo que o assassinato da Eloá não tem nada a ver com a nossa cultura machista. Dizem que também tem mulheres que perseguem o outro, que são possessivas e tal. Como se as estatísticas de assassinato por crime passional contra mulheres fosse só coincidência. Como se essas comunidades no orkut fossem coincidência.

Lola, meus parabéns pelo blog. Você está adicionadas aos meus favoritos.

Sheryda Lopes disse...

E "Archilla", recentemente eu postei no meu blog sobre esse quadro do domingão. É o post "Quem aguenta chegar lá". Se quiser dar uma olhada...

Anônimo disse...

Lola,

Como você faz parte do orkut você e todos os seus contatos podem denunciar essa comunidade e pedir para que ela seja fechada, por conta do conteúdo. Acredito que você tenha amigas advogadas, e que conheça ou mesmo faça parte de algum movimento feminista mobilizado, bem, eles inclusive poderiam entrar com uma ação, se não por discriminação e preconceito, pelo menos por perjútio ou algo do tipo - onde já se viu dizer que a menina fez aborto aos 10 anos? Bem, e se fez, e daí?

Paola disse...

Fiquei pensando, esse rapaz foi criado pela mãe e pelas irmãs, não aprendeu nada?
Cara enjoado, daqueles que não gosta de cebola na comida, fica separando.
Estou boba ninguém quer tocar no ponto.
Essa pose de Dom Casmurro de Santo André, é nojenta!
Gostei da idéia, vou denunciar essa comunidade!

PAola

Ju R. disse...

nenhum deles é santo. todos merecem morrer.

cabô!

P.S.: denuncia essa merda de comunidade, lola!

Serge Renine disse...

Prezada Aronovich:

Permita-me repetir:

Como disse o Col. Walter E. Kurtz do Apocalipse Now:
"O Horror... O Horror!"

André Gonçalves disse...

às vezes eu acho que não tem mais jeito, sabe?

lola aronovich disse...

Cereja, ah, tá cheio de doente mental que é mais saudável e tem menos ódio que esse pessoal dessa comunidade... Eu realmente não consigo entender o que torna alguém tão rancoroso, tão cheio de ódio. E fiquei pensando nisso: se eu tivesse um filho, e descobrisse que meu filho (ou filha) faz parte de uma comunidade assim, o que eu faria? Fora conversar muito com ele/a... Mas eu proibiria internet por um tempo, deixaria de castigo, o quê?


Camomila, exatamente o que pensei.

lola aronovich disse...

Lauren, não nunca vi esse quadro. Aliás, não vejo Faustão. Faz tempo que a TV não é ligada aqui nunca, mas mesmo na época em que víamos mais TV, ela não era ligada no domingo (que deve ser o pior dia da semana, em termos de programação). Mas esses stand-up comdedians fazem umas piadas tão antigas, né? Vc tem razão: antes os negros também (porque as mulheres sempre foram alvos) desse repertório preconceituoso, e hoje isso é crime. Eu sou a favor da liberdade de expressão, mas se restringi-la nos faça viver num mundo melhor, mais tolerante, eu começo a mudar de opinião. Talvez seja preciso mesmo ter leis rígidas contra misoginia e homofobia (que sempre andam juntas).


Sheryda, pois é, isso eu já comentei em outro post e repito: quando a gente fala das maravilhas da humanidade, muitas vezes se fala em “grandes homens”. Todos os nossos parâmetros de genialidade são homens. Mas, quando a gente fala do pior da humanidade, da violência, dos crimes, dos estupros, a gente fala em “pessoas”. Como se desse pra fechar os olhos pro fato que um dos dois gêneros de “pessoas” comete muito mais crimes que o outro! Acho que temos que analisar por que isso acontece. O que faz muitos homens serem tão violentos? O que os faz descontar tanta violência em vítimas preferenciais (mulheres)? Se é pra falar de crimes passionais, vamos comparar. Vamos ver o que mulheres possessivas fazem quando um homem as abandona, e o que os homens fazem. No primeiro caso é suicídio, no segundo caso é morte pra ex, e só depois, talvez, o suicídio. Pra mim é uma diferença muito grande pra ser desconsiderada. Se a mídia tivesse alguma responsabilidade, ao invés de armar um circo, passaria e analisaria essas estatísticas.
Obrigada por me adicionar, Sheryda. Apareça sempre.

lola aronovich disse...

Anônimo, essa comunidade já está hiper denunciada. Aliás, ela escreve bem no começo que já foi retirada do ar mais de uma vez, e está de volta. E que vai ficar voltando sempre.
Não faço parte de movimentos feministas. Mas, pelo que estou vendo, as organizações andam muito caladas. E não sei porquê.
Sobre dizer que a menina fez aborto aos 10... Na comunidade eles falam qualquer coisa, e nada parece ser verdade. Mas o fato é que um homem mais velho faz sexo com uma menina de 10 anos, isso é considerado ESTUPRO. E aborto é permitido em casos de estupro. Mas o objetivo inteiro dessa comunidade nojenta é só transmitir que mulheres que “perdem a honra” (ou seja, fazem sexo) são galinhas e merecem ser mortas.


Paola, nós mulheres temos muita responsabilidade pelo mundo que está aí também. Infelizmente, muitas mulheres são machistas e continuam criando meninos de forma diferente de meninas. Ainda aquela dicotomia de homem ter que ser competitivo, agressivo, muitas vezes violento, e mulher ter que ser passiva, frágil e submissa.
Dom Casmurro de Santo André é dar um status pro Lindemberg que ele não merece!
Denuncie a comunidade sim, Paola.

lola aronovich disse...

Ju R, essa comunidade vem sendo denunciada direto. Ela é tirada do ar e reaparece... De acordo com essa gente, só mulher pode ser santa, nenhum homem é santo, mas tudo bem, eles podem, “é assim que eles são”. E pra mulher ser santa só sendo a mãe deles ou mãe dos filhos deles.


Serge, sei que é o horror, o horror, mas lembre-se que o Coronel Kurtz tinha grande responsabilidade pelo horror...


André, é, às vezes eu também acho que não. Mas prefiro acreditar que gente assim é uma minoria. Por favor, diga que é!

Masegui disse...

Lola, você já definiu os membros dessa comunidade: são doentes.
Gostaria de poder retribuir na mesma moeda... "pau que nasce torto, morre torto".
Não pode haver meio termo, errou, pagou... só assim a humanidade terá alguma esperança.

princesa disse...

Sabe o que me entristece mais nessa história Lola?é saber que têm mulheres nessa comunidade...eu fico me perguntando o que se passa na cabeça delas e infelizmente não é difícil achar a resposta:as mulheres são criadas para se odiarem,para chamar as outras de putas,ficar apontando os defeitos,pra ver se assim conseguem a atenção dos homens.não são só os homens que são criados para odiar as mulheres,a humanidade toda é,e quem não compactua com isso vive isolado.
Quanto aos jovens serem preconceituosos,infelizmente eu sou obrigada a te dar razão,tive e ainda tenho amigas que acham que a mulher só vale se for virgem...eu tinha uma amiga que não podia nem ouvir falar de sexo que emudecia,ou trocava de assunto,e como você disse a misoginia também está ligada a homofobia;ela era homofóbica também.eu sempre fui muito carinhosa,e gostava de ficar andando de mãos dadas com ela,bastou começarem a fofocar dizendo que eu era lésbica que ela não queria mais encostar em mim...continuou falando comigo,mas eu não podia nem abracá-la mais,eu fico me perguntando,e se eu fosse lésbica mesmo,ela pararia de falar comigo?o pior é que eu acho que sim.Eu nem vou contar os outros casos aqui se não esse post não tem fim,eu finalizo dizendo que quando vejo essas coisas me dá vontade de juntar as trouxas e me mudar pra Escandinávia,só não fiz ainda por falta de dinheiro,porque infelizmente eu sei que esse povinho da comunidade não é minoria não,pelo contrário.

Ashen Lady disse...

Espíritos de porco (com todo respeito as porquinhos) é isso o que eles são.

Serge Renine disse...

Pois é Aronovich, e nós também temos.

Babs disse...

Lola, desde que comecei a ter orkut uma grande parte da minha fé na humanidade foi embora. Por lá eu descobri que ainda existem nazistas, pessoas extremamente machistas, homofóbicas e racistas. Que existiam pessoas com essas características eu sabia, não vivia em um mundo cor de rosa, já conheci alguns, mas tantos e com tanta intensidade é algo que o orkut ajudou a aparecer. Parece que a sensação de impunidade que a internet faz com que esses "seres" deêm vazão a toda sua truculência sem o mínimo pudor.

Que horror mesmo.

cavaca disse...

Pois é Lola...acho que esses adolecentes estão alienados, aquele rigor antigo dos nossos pais não era tão mau assim, no final das contas. É dificil entender o que acontece. Muitas vezes até parece que formar uma gangue e matar uma pessoa ou roubar é o objetivo de muitos meninos hoje em dia. Ao invés de estudarem e se preocuparam com o futuro ou qualquer coisa assim. Essas pessoas que dizem estes disparates mudariam de opinião com a velociade de um raio se essas coisas tivessem acontecido no seio de suas familias, ou, com elas próprias. Sei lá.

Ontem vi queime depois de ler. Há algumas criticas sobre hollywood condenar as atrizes depois dos quarenta, uma piadinha sobre os mórmons e muitas outras referências engraçadas mas com um firme proposito. E a falácia de muitos casamentos também. E do patriotismo americano idem.
Mas é engraçado que tem pouca coisa boa estreando por agora. Por quê? Está toda a gente reservando o melhor para o natal e próximo verão? E filmes adultos, pararam de ser feitos!
Abraços lola!

Ju R. disse...

lola, quero crer que quando eles estiverem mais velhos e tiverem um pouco mais de noção da realidade, ele terão uma vergonha imensa do que fazem agora. a vida se encarrega de mostrar que as coisas não são bem assim, logo logo papai e mamãe começam a morrer. vai ver eles ainda não sabem a dor que é perder um amigo, parente...

meire disse...

que coisa medonha! Eu não tenho tv e até fechei minha conta no Orkut pra não esbarrar com essas atrocidades...

homens sem honra e sem um pingo de dignidade... que vergonha...que vergonha!!!

isso algum dia vai acabar?
:((

Cereja disse...

Ah, eu nao quis dizer que todo doente mental pensa desse modo, pra mim esse tipo de comportamento e' um disturbio especifico, psicopata mesmo. So' assim pra aprovar o sujeito que vai e tenta conquistar a mulher de volta apontando uma arma pra testa dela.

cavaca disse...

Eu não quero ficar a espera que essas pessoas se arrependam um dia enquanto fazem isso hoje. Precisam ser punidas...precisam saber qual é o limite.
E isso tem que ser agora.
Ficar a espera que eles se arrependam um dia, o que pode não vir a acontecer, parece um tipo de aceitação. Aliás não me interessa se essas pessoas se arrependam ou não. A não ser o facto de que ela não fará mais atrocidades e isso será um enorme beneficio para todos.

Cris disse...

E como a mãe da menina disse, no enterro, que perdoava o assassino, logo, logo a tal comunidade vai desvirtuar a declaração (que foi assim: "perdoo, mas quero que a justiça seja feita") e vai dizer "viram, até a mãe dela sabe que o Lindemberg era um rapaz bom, a culpa foi da Eloa".

Nojento!!!!!!!!!!!

Chris disse...

Eu sou mãe de uma menininha de dois anos.

Confesso que tenho muito medo do futuro que a aguarda. Da geração de monstrinhos que já têm 5, 6 anos e têm estes adolescentes sociopatas como modelo e que, provavelmente os acham o máximo.

Tenho medo que ela, por algum motivo, não seja segura o suficiente para se orgulhar da pessoa que estamos treinando para que ela se torne.

Enfim, não sei o que fazer, como reagir, como cria-la e como entender o que leva um Cerumano a cometer tal violência e ser aplaudido por tantos outros....

Anônimo disse...

Acho que vc deveria denunciar este site ao ministério público, para que tomem as devidas providências, se for o caso.

Paula disse...

Oi Lola. Tenho um colega que fez uma boa reflexão a respeito - http://alcademira.blogspot.com/.
Agora tu me pegou, onde conseguimos números que representem a situação no Brasil? Mas um ótimo exemplo dessa misoginia é a discriminação que a Lei Marina da Penha ainda sofre. Há uns meses, não me lembro agora quem foi, um juiz não aceitou a medida argumentadno que era "uma forma de preconceito com os homens".

Mica disse...

Olha, só vou comentar o caso Lindemberg, pq ele me tocou mais do que o furdunço que foi o caso Didone, o qual me neguei a assistir na tv.
E, verdade seja dita, nem é o caso que vou comentar, mas o circo da mídia, esses abutres.
Não acho que seja pouco um rapaz aparentemente normal e de bem seqüestrar a ex-namorada (minha opinião é que a intenção dele era se matar no final, mas a invasão da polícia frustrou seus planos) e muito menos uma jovem de 15 anos perder a vida por se envolver loucamente com alguém que sofria da doença de amar demais (ou seja, possessão pura e simples). Mas o que me tirou do sério mesmo foi ver que todo mundo parou por um caso que a mídia criou (e provavelmente levou a este desfecho) enquanto milhares de outras pessoas passam pela mesma situação anonimamente.
Viram o funeral da Eloá? Metade daquele povo não estava lá por ela ou pela família. Estava lá pura e simplesmente pq estavam motivados pelo circo da mídia, pelas emoções que a tv criou e não pelos próprios sentimentos. Um momento íntimo acabou virando outro furdunço.
É isso que me dá raiva. todo mundo pré-julgando. todo mundo falando à exaustão. Todo mundo vivendo da desgraça que as três famílias passaram e continuarão passando o resto das suas vidas. Para o Brasileiro foi uma semana de novidade e suposta humanidade e solidariedade (hipócrita, mas deixa quieto), mas para os três envolvidos e suas famílias....se não fosse o ser humano ser tão ávido pela desgraça, tão urubu em cima de carniça, talvez o desfecho dessa história toda pudesse ser bem diferente.

Rosangela Oliveira disse...

Essa que adolescente é menos preconceituoso nunca foi verdade, pq são eles que excluem a menina gorda da sala, que fazem piadas infinitas sobre o cara que é muito magro etc.
Aprendi que todos somos iguais, seres humanos, não sei o que ensinaram pra essas "pessoas".

meire disse...

agora tem mais essa:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u458604.shtml

Mebahel disse...

O q me assusta mais ainda é que desta "Ordem" fazem parte varias meninas, moças, mulheres...e que elas mesmas pregam a submissão da mulher ao homem, pq a mulher é um ser inferior...
meu Deus, o q é isso? Tantas gerações lutaram para mostrar que somos todos iguais em capacidade de obrigações e direitos e vem essa geração jogando td fora...

Lolla Moon disse...

Eu nem sei do que se trata, ainda. Tô meio por fora de internet ultimamente e vou pesquisar.

Mas ó, só de ler sobre essa comunidade deu nojinho colorido. O Orkut é um antro do que há de pior na raça humana. Ou talvez o Orkut seja apenas uma amostragem do que é uma parcela considerável da nossa sociedade.

Fico com medo de sair de casa quando uma constatação dessas em cai na cabeça.

lola aronovich disse...

Mario Sergio, eu ainda acredito em recuperação. Esses doentes do orkut algum dia vão amadurecer e se arrepender, não acha? Quer dizer, a maior parte deles?


Princesa, eu também fico angustiada em saber que tem mulheres fazendo parte do time de ódio contra as mulheres. Realmente é uma falta de amor próprio muito grande.
Sério que suas amigas ainda valorizam a virgindade? Juro que fazia tempo que não ouvia um papo desses. Pensei que as pessoas tivessem virado a página (pelo menos no Brasil). Me enganei.
Que triste esse relato que vc conta da sua amiga...
Na realidade não sei como é na Escandinávia, só tô chutando que lá não deve ser a barbárie que vemos em outros lugares.

lola aronovich disse...

Débora, tadinhos dos porquinhos, esses sim boa gente.


Sem dúvida, Serge, nós somos todos responsáveis.

lola aronovich disse...

Babs, pois é, parece que o orkut permite que cada um expresse o pior que tem em si. Mas não acredito que na “vida real” essas pessoas sejam assim. Não acha que, por poderem ser relativamente anônimas na internet, elas interpretam um papel hediondo? Eu quero acreditar nisso...


Cavaca, uhm, eu não tive nenhum rigor antigo dos meus pais e não me saí tão mal. Mas é verdade. O que eu acho que mais falta em alguns adolescentes é empatia. Eles simplesmente não conseguem se colocar no lugar do outro.
Puxa, Queime Depois de Ler? Eu vi o trailer semana passada e adorei! Ri muito. Preciso escrever pelo menos uma cri-crítica do trailer. Ah, os filmes adultos só aparecem em época de Oscar.

lola aronovich disse...

Ju R, quero acreditar muito que essa gente sentirá vergonha do que escreveu.


Meire, é medonho mesmo. Dá vontade de sair do orkut após ler coisas assim...


Cereja, certo. É um distúrbio sério.

lola aronovich disse...

Cavaca, vc está falando de quem se arrepender? Do assassino ou dessa gente no orkut matando a Eloá mais uma vez? Eu sou contra censura, e a favor da liberdade de expressão. Mas lendo coisas assim, eu começo a colocar em xeque os meus valores...


Cris, tem razão. Logo logo o pessoal vai desvirtuar a declaração da mãe. Mas na tal comunidade nojenta ninguém liga pro sentimento da mãe. Aliás, acham que mulher é tudo vaca, sabe?

lola aronovich disse...

Chris, entendo o seu medo. Mas vamos esperar o melhor. Vamos esperar que a educação que Ceci recebe dos pais vai falar mais alto que a influência dos vários psicopatas e mini-psicopatas. Mas que deve ser duro explicar uns absurdos da sociedade a uma criança, ah, isso deve...


Anônimo, o que não falta a esta droga de comunidade é denúncia. Ele é tirado do ar e volta.

lola aronovich disse...

Paula, me pareceu uma reflexão pela metade. Gostaria que ele continuasse.
Puxa, um juiz dizer isso da Lei Maria da Penha é dose! Esse não acredita em privilégio masculino...


Mica, vc define bem como a mídia agiu nesse caso: abutres. Eu odeio esse carnaval que a mídia faz. Já faz um tempinho que a mídia brasileira copia a americana: vive de eventos, sabe? Ela escolhe UMA notícia e fica só falando disso durante dias. Qualquer outro assunto deixa de ser noticiado. E o pior é que, se esse caso fosse noticiado como realmente foi - violência contra a mulher, não crime de amor - ele poderia suscitar alguma reflexão. Do jeito que a discussão está sendo conduzida, será mais uma influência negativa.

lola aronovich disse...

Rô, é, nisso eu nunca acreditei também. Adolescente é tão preconceituoso quanto o resto, se não mais...


Meire, é, mas não tem muita relação com o caso, né? Já vi numa comunidade do orkut que defende o Lindemberg: além da Eloá ser uma p***inha”, o pai dela é um criminoso. Como se qualquer dessas coisas mudasse o fato que Lindemberg é um assassino!

lola aronovich disse...

Mebahel, pelamordedeus, não me diga que é uma geração inteira de mulheres que prega a submissão da mulher ao homem! Espero que seja uma parte ínfima...


Lolla, ah é, agora lembrei que vc já passou por poucas e boas na internet. Acho que vc tem razão, a orkut funciona como amostragem da nossa sociedade. Mas por favor, me diga que é uma parcela muito pequena (insiginificante até) da espécie humana que se comporta dessa forma.

Thiago Caires disse...

Acho engraçado como esses animais gostam de se intitular com nomes pomposos e cheios de graciosidades das quais eles não são dignos. "“Suprema Ordem dos Homens de Bem”"? Faça-me o favor, só se for a Suprema Ordem dos Babacas Machistas. Vergonhoso, deprimente e assustador ver essas coisas. Fico revoltado mesmo.

Eu penso que uma pessoa com essa mentalidade não tem como evoluir, não é possível que algo tão baixo se torne algo de bom. Infelizmente.

Mas, assim como você, mesmo desacreditado, fico torcendo para que pelo menos alguns desses acordem desse estado de retardamento completo.