segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

BINGO DA GORDOFOBIA

(clique para ampliar)

De tanto ouvir clichês sobre como emagrecer é a coisa mais fácil do mundo e sobre como vou morrer se não entrar numa dieta (surpresa: magros também morrem!), decidi fazer este bingo. Coletei várias obviedades de comentários escritos no blog. Mas são coisas que a gente ouve no dia a dia. Ah, e eu tive que me esforçar pra reduzir os lugares comuns a apenas 25.
Como jogar: na próxima discussão sobre o seu tipo físico ou sobre a epidemia da obesidade, sente-se, relaxe, e vá preenchendo o bingo. Quem completar primeiro a cartela ganha um suplemento vitalício de tortas de chocolate com chantilly.

Outros bingos já publicados aqui: Bingo anti-feminista e bingo da psicologia evolucionista.

348 comentários:

1 – 200 de 348   Recentes›   Mais recentes»
Babi disse...

Não precisa ser gord@ pra ouvir "Você pode estar bem agora, mas espere chegar aos 40 anos...". Já cansei de ouvir isso, inclusive vindo de minha mãe. Detalhe to no meu "peso normal".

Dri Caldeira disse...

Lolita, já tô com 3 cartelas completas!! Manda as tortas p/ Rua Adolfo... nº.../ap. ... - Vila Belmiro - Santos-SP -CEP: 11....-...60. As outras 3 com certeza completo na quarta-feira, pq minha mãe vai fazer uma cirurgia de catarata e minhas tias e primas vão vir visitá-la!Ninguém me perdoa por eu não ligar por ser gorda. Mas quer saber: quero que se danem, ninguém paga as minhas contas e tenho pena delas, pois nenhuma sabe como é bom seu eu, feliz comigo mesma.

Bruno S disse...

Eu conhecia um desse para o mundo corporativo.

Tinha um monte de lugares comuns do que falavam em reuniões. Funcionava bem.

Acho interessante que na necessidade de policar a próxima ou o próximo, as pessoas misturam uma questão social maior com o caso individual.

Falar na epidemia da obesidade diretamente a alguém só serve como agressão.

A despeito de todo o preconceito que vem junto, vejo como uma questão a se observar na sociedade a prevalescência da obesidade em mulheres das camadas mais populares. Minha namorada voltou a morar na casa da mãe, num bairro do subúrbio do Rio. Ela observou que todas as meninas da região, contemporâneas dela estão obesas. Assim como a maioria das mulheres que pegam van para o Centro da cidade.

Não acho que obesidade no caso individual seja doença, me parece mais o caso de tipo físico. Só que teho minhas dúvidas quando vemos um grupo da sociedade tendo seu tipo físico padronizado no sobrepeso.

Dri Caldeira disse...

Ah só um lembrete: continuo não respondendo à trolls. Vcs são iguais aquilo que sai do ânus do meu cachorro, fedem da mesma maneira e não servem pra nada. Por isso, lixo pra vcs!!

Jéssica Cavalcante disse...

Lola, o blog homofóbico do Silvio Koerich voltou e está disponível, além de continuar pregando o ódio as minorias.

Massoria disse...

Completei, cade meu prêmio? =p

Pandora disse...

Delícia de torta, eu ganho ela fácil fácil!!! Ah, e sim, lembrou outro bingo o do machismo, esse ainda então, já completei o meu de hoje, e só em casa viu!!!

Serge Renine disse...

Quando se faz redução do estômago a pessoa emagrece, está comprovado empiricamente por Faustão, Leonor Correa, só para ficar nos mais famosos. Isso quer dizer o seguinte: o que emagrece é comer pouco, e fim de papo.

Gordura é considerado um problema de saúde pública pela OMC ,e fim de papo.

Quem defende que ser gordo não é, muito, prejudicial é, no mínimo, um, ou uma, grande irresponsável, e fim de papo.

Como podem ver, esse assunto não da margem a tergiversações.

Dri Caldeira disse...

Sergio Renine, além de ser quase impossível de ler os seus comentários devido a ignorância total, a quantidade absurda de vírgulas desnecessárias cansa só de ler. Nossa e que coisa né, vc fez o curso de medicina por correspondência, sabe mais que meu médico que me consulta há 5 anos e nunca sequer cogitou me mandar pra cirurgia bariátrica. Vc é mais um desses catedráticos requenguelas que baseiam o notável saber inútil em pesquisas, revistas, artigos publicados na internet. Estudar, o nosso querido português, por exemplo, nada, né meu filho? E olha eu me contradizendo, respondendo um troll que só entra aqui no blog pra poder ser lido, pois é um pobre coitado, sem amigos, nem ninguém. Cmo não tem com quem conversar, vc vem pra cá, que é pras pessoas se dirigirem à vc.

lola aronovich disse...

Obrigada por contribuir para a elaboração de um segundo bingo da gordofobia, Serge: o famoso “é assim que as coisas são (inclua aqui tudo que vc já ouviu sobre obesidade) e fim de papo”.
Aliás, prevejo que vai dar pra fazer um novo bingo só com os comentários deste post...

Bruno S disse...

Serge,

nem todos que fazem a cirurgia realmente se mantém magros depois.

Assim como se trata de uma cirurgia bastante invasiva e que deixará a pessoas com restrições para toda a vida.

É recomendada para pessoas que tenham problemas de saúde sérios comprovadamente associados à obesidade.

Dri Caldeira disse...

Todo homem que odeia gordas é porque foi rejeitado por uma. E fim de papo.

Carol disse...

haushaushaushaushau
já vi esse bingo nos blogs e tumblrs anglófonos de fat acceptance.
Muito bom ver isso divulgado aqui também.

Dri, obrigada por responder aos absurdos do Serge. Infelizmente ele não é o único que dá as caras por aqui que não entende bulhufas de metabolismo e corpo humano e vem dar pitaco.

Existem típos físicos diferentes, e alguns deles são gordos (oq? existe mais de um tipo de corpo gordo? absurdo!!!!) qual o problema?

Lord Anderson disse...

Po, acabei de voltar do almoço e ja poderia ter completado pelo menos 3 dessas opções.

heheheh

Se tivesse postado no fds eu ja teria completado ao menos metade.

Anônimo disse...

Faltou: "Você vai conseguir transar sendo gorda apenas com desesperados"

Dri Caldeira disse...

Nossa, só ano passado transei com 6 desesperados... até encontrar meu desesperado fixo atual.

Alex disse...

Como gordo também já ouvi tudo isso que está na cartela e mais algumas coisas que felizmente não estou recordando. Se livros de autoajuda como o Segredo e o lançado recentemente pelo Eike Batista fossem eficazes, haveria muito mais milionários (ou bilionários), magros e bem sucedidas pop stars e modelos no mundo. Se emagrecer e se manter magro fosse tão fácil como ficar rico, se tornar famoso e ser feliz, todo mundo estaria magro no corpo e gordo na conta bancária. E os consultórios psiquiátricos estariam vazios. Qualquer um que leia um pouquinho sabe que o organismo de uma pessoa gorda é mais eficiente do que o de uma magra no acúmulo de gordura e no gasto de calorias (os gordos gastam menos). Os gordos têm mais células adiposas do que os magros, e seu metabolismo, mais lento, favorece o acúmulo de lipídios por esse tipo de células. Aliás, a quantidade de células adiposas nunca diminui em adultos; essas células apenas incham ou desincham, acompanhando o peso corporal. Além disso, o mecanismo hormonal que regula a fome e a saciedade não funciona da mesma forma em gordos e em magros. Já li que as células adiposas interferem nesse mecanismo de fome e saciedade. Elas conseguem tornar o metabolismo mais lento quando a pessoa faz dieta, dificultando a perda de peso, e até fazem a pessoa sentir mais fome do que de costume quando é reduzida a ingestão calórica. Ou seja, elas contribuem para que os gordos se auto-sabotem. Enfim, a obesidade não é um mal moral, assim como não o são a depressão e outros transtornos do humor. Cada organismo tem suas idiossincrasias, as quais devem ser levadas em conta antes que se façam julgamentos morais. Mas os gordos devem tentar se habituar aos exercícios físicos. Em dezembro comprei uma esteira elétrica, pois odeio academia. Estou fazendo 45 minutos quatro a cinco vezes por semana e já emagreci uns quilinhos. Resolvi fazer esteira porque minha glicemia deu um pouco mais alta do que o normal no exame que fiz no final de 2011. Pois é. Mesmo comendo chocolate e biscoito de vez em quando, com a esteira consegui emagrecer um pouco. Já estou até usando algumas camisas que não estavam mais caindo muito bem.

Lord Anderson disse...

Acho hiper "legal" alguem entrar num debate, dar a sua opinião e dizer "fim de papo" ou "é isso e pronto", "sempre foi assim".

Quer dizer pra ouvir os comentarios dos outros se eu ja decidi como as coisas funcionam e pronto?

pessoas que tem outros pontos de vista nem precisam dizer mais nada...

e pior que esse tipo de postura é quase tão comum quanto aquela das pessoas que deslificam tudo oq alguem disse dizendo que ela (que nunca passou pela mesma coisa) acha que não é assim é pronto.

Lord Anderson disse...

AH,

em homenages a galera whovian aqui do blog, eu estou com novo avatar.

:)

Dri Caldeira disse...

O problema é q muita gorda Lê as opiniões de m***a como a desse Serge Ranheta e acham que elas são a expressão da verdade. No mundo real, no dia a dia, é completamente diferente. A gorda se acovarda, temendo ser maltratada! A primeira vez que me disseram: não fica bem gorda com roupa apertada, fui lá e me vesti assim! É possível ser feliz sim e muito, sou a prova viva disso. Quem é nazista da aparência como esse Serge parece ser, quando se deparar comigo, que vire o rosto ou atravesse a rua, é um favor que me faz, morféticos e beócios longe de mim por favor!!

Melissa White Girl disse...

Ser gordo é uma coisa, aceitar sua obesidade é outra e pregar que isso é uma coisa boa é pior ainda.

Como pode algo que causa tantos problemas vasculares, respiratórios e de artrite ser uma coisa saudável?

Se gordo fosse ser saudável então ser magro seria ser doente.

Me preocupo muito com esses posts da Lola em ode a obesidade mórbida e irresponsável.

Se o indivíduo não cuida do seu peso e bota culpa no DNA que seja, então ele que procure meios de se virar com a sua vida saudável para lá e deixe as pessoas sãs em paz.

Daní Montper disse...

Eu não estou nem acima do peso, mas não sou magra, e escuto algumas das gracinhas quando como doce - o que me irrita profundamente, fico imaginando se fosse obesa...
Acho irritante demais e isso me lembrou outro dia quando recebi uma candidata para vaga de técnica de enfermagem e a moça era obesa e ouvi as piadinhas de rapazes sobre isso, dizendo que era feia, melhor não contratar etc, ao que eu perguntei se eles eram pagos para avaliarem físico dos outros e se não pararam para pensar se estariam empregados se o critério de seleção fosse baseado na aparência - porque também não são considerados bonitos pelo padrão vigente. Claro que depois disso eles ficaram caladinhos.
Não sei se é menos pior, mas teve um que defendeu ela ter carne, pois homem que é homem quer 'pegar nas carnes e não em osso'...

Raphael disse...

Esses esquerdistas adoram reclamar da fome do mundo....
Mas só no almoço comem o equivalente a o que 5 pessoas normais comeriam no natal e reveillon. =/

Lorena disse...

"Me preocupo muito com esses posts da Lola em ode a obesidade mórbida e irresponsável."

Nossa... realmente, é exatamente sobre isso o post, um ode a obesidade mórbida. Tem gente que não lê apenas as entrelinhas, né, mas lê um bocado de linha imaginária mesmo.

Eu não posso completar o bingo, porque apesar de gordinha, ainda estou bem dentro do peso "normal" (ou seja, índice de IMC normal e visto 42). Será que não existe outra forma de ganhar a torta?? Porque, olha... fiquei com água na boca!

Lord Anderson disse...

"procure meios de se virar com a sua vida saudável para lá e deixe as pessoas sãs em paz."

Melissa, serio que tem alguem que fica te incomodando, dizendo o tempo todo que vc precisa ficar gorda?

tem pessoas que te xingam e ficam analizando tudo oq vc come reclamando que aquilo que não vai te engordar?

Pq oq eu vejo no dia a dia é justamente o contrario.

E onde a Lola ta fazendo apologia da obesidade morbida?

onde ela ta dizendo que isso é saudavel e só assim as pessoas podem ser felizes?

Pelo contrario o post é só para falar de verdadeira patrulha sobre os corpos alheios.

Sobre aceitação e pressão social

Quem tem problema de sauda, gordo ou magro tem que procurar medicos adequados e seguir a orientação deles. Não de achismo na net.

E é muito simplista essa oposição que vc faz:

"Se gordo fosse ser saudável então ser magro seria ser doente."

afinal pessoas magras demais, tb são doentes, como bem sabe quem conhece aneroxia.

Magreza em excesso, tb traz prejuizos a saudes, bem como inumeros outros fatores.

Fosse assim, só pessoas muito gordas iriam aos medicos.

Carol disse...

Desculpa, quem está fazendo ode à obesidade irresponsável? Que eu saiba a Lola - e tod@s @s acima do peso presentes - são a favor da saúde, sim.

Só que tem que acabar essa história que só magro é saudável.

Eu passei por muitos médicos na vida, já pesei muita coisa, cheguei a fazer uma lipoaspiração aos 18 anos. Sabe quando minhas taxas ficam melhores, quando meu corpo funciona melhor? Quando estou com o IMC 25,5. É, sobrepeso, né? Faltou explicar pro meu corpo.

E até eu achar um médico que entendesse isso, e, mais ainda, que chegasse pra mim e dissesse: oi, você está saudável. Não precisa emagrecer. E isso porque a família inteira sempre "quis meu bem" e ficam me martelando que eu "preciso emagrecer", é "uma questão de saúde", basta "fechar a boca".

Atualmente, corro 10km por dia, na praia. Como tudo o que quero (e que acho, considerando que moro na África). Tenho IMC 26. Meu marido adora. Estou saudável. Por que os outros têm que se meter em querer saber mais que os exames de sangue (e de artérias, e de juntas, e de tudo o mais!)

Vou começar uma campanha pra todos da liga do "é uma questão de saúde": o dia que você conseguir fazer um exame de sangue só de olhar pra mim, eu começo a te ouvir.

Daní Montper disse...

Não vejo a Lola clamar pela obesidade e sim chamar atenção sobre os que querem se meter no prato alheio, e toda essa coisa de achar gord@ nojento e que merece ser infeliz - ou fazer questão de tornar a vida dessas pessoas a mais miserável possível, como se ser magro te desse um status superior e por isso tivesse direito de criticar uma pessoa obesa, e quando veem uma pessoa gorda feliz e que se aceita então, nossa, parece uma ofensa, caí matando.
Para mim, os que reclamam que fulan@ está obes@ por falta de vergonha na cara porque a pessoa come muito, parece que é raivinha por fazer dieta ou não comer o que quer e quanto quiser para se enquadrar num modelo e por isso não gostar daqueles que estão se lixando para esse sistema.

Beatriz disse...

Já repararam que o problema para essas pessoas maledicentes não é ser gordinha só, é ser gorda e feliz! Pq se vc for gorda e estiver profundamente deprimida pelo seu peso, td bem, vc aceita q é um lixo por estar fora do padrão né? Peloamor.

Carol disse...

Beatriz disse tudo. O problema é estar feliz do jeito que se é.

Enquanto eu fazia dietas mirabolantes, não vestia biquini, camisa sem manga, essas coisas, tava ok. Eu sabia que era gorda e, portanto, não merecedora de nada bom no mundo.

Quando comecei a ME amar do jeito que sou (saudável sim, tá, amiguinhos), aí é problema. Porque como alguém pode ser feliz gorda?? E quando chegar aos 40??

Beatriz disse...

Serge, que saudades! Estou muito encantada pelo seua nova estratégica de retórica: encerrar qualquer achismo que vc postar com "e fim de papo", usando sua autoridade intelectual natural e inquestionável para proibir de interlocutor de pensar e questionar as bobagens que lhe apresentam como verdades absolutas, já que vc não o faz.
Só que não.

Caroline disse...

Se o objetivo desse bingo é mostrar pras pessoas que gordo também é gente e que merece ser tratado com respeito, concordo com ele. Nenhum ser humano, seja gordo ou magro, deveria ser desmerecido em função de sua aparência física. Colocar apelido nos gordinhos não os ajudará a emagrecer nem a ser mais saudáveis.

Porém, aceitar a obesidade como situação eterna e imutável também não é desejável. Se alguém está acima do peso, deve encarar essa situação e tentar mudá-la. Queiramos nós ou não, a obesidade é sim uma doença, a qual precisa ser devidamente tratada. Não vejo nenhuma razão pra se ter orgulho de ser gordo. Assim como não é bom ser discriminado, ser doente também não é.

Melissa White Girl disse...

O problema não é a felicidade. Mesmo pq não conheço um/a gordo/a feliz de fato.

O que vejo por aí é pessoas berrando que são felizes, mas será que são mesmo? Para que tanta afirmação de que se é alguma coisa, se vc é de fato não precisa de ficar por ai a toda hora provando o que é aquilo se afirma.

Como já bem disseram aqui, obesidade é questão de saúde, mas não deveria ser publica, algumas pessoas são gordas por safadeza ou preguiça, ou ambos. E dai o SUS é que tem que arcar com os custos.

Lord Anderson

Há pressão para a pessoa ser gorda? Desde quando eu disse uma coisa dessas? Vc precisa se conter e não querer super dimensionar os fatos, por favor releia minha postagem anterior.

Serge Renine disse...

Pessoal, tudo que falei é a mais pura realidade, só admito ter errado numa coisa por distração e pressa: onde escrevi OMC, queiram, por favor, ler OMS (Organização Mundial da Saúde), desculpem. No mais, se vocês querem se enganar, ou enganar outros, eu não posso fazer nada: ponto final.

Ponto final pra você também Beztriz.

Lorena disse...

Ser gordo ou ser magro é mais importante do que ser saudável??

Porque eu conheço gordos muito saudáveis e magros muito doentes. Quando é que a aparência física, por si só, é atestado médico??
Ninguém aqui (muito menos a Lola) está falando de obesidade mórbida, que é uma doença por si só. Aliás, você precisa entender o que é a obesidade mórbida antes de chamar qualquer pessoa gorda, acima do peso e além dos padrões de beleza das modelos, de obeso.

Dri Caldeira disse...

Engraçado que os dois boçais q opinaram ter certeza de que todo gordo é doente, nem médicos são. Melissa White Girl e Serge Ranheta me parecem ser a mesma pessoa. Já que é pra generalizar, vamos lá: todo magro é recalcado.

Dri Caldeira disse...

E que não venham as magras que não pensam igual à esses dois brigar comigo, que não é com vcs que estou falando é com esses 2 (se é que são 2, coisa que duvido) que se arvoram no direito de não saber nada sobre e assunto e a dar palpites imecis e estapáfurdios!!

carolinapaiva disse...

Oh god,

Como é tocante essa preocupação com a saúde alheia. Pena que tal preocupação só aparece em relação a pessoas acima do peso, que, por mera coincidência, são fora do padrão de beleza vigente.
Essa vontade incontrolável de controlar o peso (ops, desculpe, saúde) alheio é o mais puro ato de amor ao próximo, é muita emoção.
Lembrem-se gente, só a magreza é saudável, gordinhos (desculpe novamente, não existem gordinhos, né? só gordos obesos mórbidos que enchem o SUS) são doentes e vão morrer logo.

Bruno S disse...

"algumas pessoas são gordas por safadeza"??

Melissa, como que engorda por safadeza? Engravidando?

Melissa White Girl disse...

"Todo magro é recalcado"

Nossa, muita pena mesmo, achei que aqui teria um debate com algum nivel de inteligencia mas vejo que ficaremos presos a reducionismos baratos.

Afirmo: Não precisa ser médico para ver que gordo tem algum problema, se não fosse, não seria gordo. Gordura acumulada não pode ser algo do organismo, ou se fosse assim nós seriamos baleias, hipopótamos... enfim, ser humano não nasceu para ser bola de cebo não.

(descendo o nivel para nivelar as comentaristas mais euforicas para ver se o papo rende mais).

Bjus, rs

Dani Cavalheiro disse...

Pessoal que fala de saúde não entende uma coisa: gordura não É doença, ela PODE trazer doenças. Assim como a magreza, o chocolate, o cigarro, o refrigerante, etc etc etc, TAMBÉM podem trazer doenças.

Preguiça desse povo, viu?

Beatriz disse...

Melissa, se for seguir seu raciocínio ninguém é feliz, pq todo mundo tem problemas em algum campo da vida. Eu sou magra e nem por isso estou 100% satisfeita com td, ué. Isso é só atribuir um peso muito maior a forma física do q a todas as outras coisas no balanço da felicidade. Desequilíbrio gera infelicidade: seja supervalorizar estética, dinheiro, poder... até coisas boas, como amor familiar, qdo supervalorizadas geram angústia.
Por isso, acho possível que gordos sejam felizes sim, como acho possível que qualquer tipo de pessoa fora de algum padrão seja feliz. E lamentável que eles tenham q provar essa felicidade ao mundo o tempo todo.

Lord Anderson disse...

Melissa

vc disse:

"Se o indivíduo não cuida do seu peso e bota culpa no DNA que seja, então ele que procure meios de se virar com a sua vida saudável para lá e deixe as pessoas sãs em paz. "

Pelo que entendi vc pedeiu que as pessoas gordas e obesas (uma coisa não é a mesma coisa que a outra) deixa-sem as pessoas "sãs" em paz.

Hora pra deixar em paz, tem que estar incomodando.

A unica maneira de uma pessoa ficar incomodando em termos de peso é ficar pedindo pra ela engordar.

Talvez vc possa explicar melhor como quer ser deixar em paz.

carolinapaiva disse...

Bruno S

Óbvio! Se a mulher não emagrecer uns 30 kg em duas semanas após o parto ela é uma obesa mórbida engulidora de vaga no SUS.

darkgabi disse...

o q mais me deixa abismada é esse povo q confunde sobrepeso com obesidade. assim como magreza tb não é sinal de saúde - mas existe uma gama imensa entre a magreza doentia e a saudável. conheço um monte de menina q tem sobrepeso em graus diferentes [algumas eu diria até "sobrepeso" entre aspas msm] e são super sexys.

fora q os testes pra avaliar sobrepeso são ainda do tempo do ó. por essas tabelas imbecis, eu seria considerada acima do peso - e meu índice de gordura coporal estaria normal, mas bem maior q o de uma amiga q, proporcionalmente, está fora de forma, mas é magra.

essas tabelas só consideram altura e peso total, mas nunca consideram massa muscular e nem peso de massa óssea - e isso NÃO é "coisa de gordo". nem msm um adipômetro sozinho diz muita coisa. só acompanhamento médico e nutricional vai te dizer qual o seu normal e qd vc precisa tomar cuidado.

eu tenho me esforçado pra me aceitar um pouco mais e ser menos noiada - pq esporte nem sempre é saúde tb. sei como é difícil e admiro todas q conseguem.

carolinapaiva disse...

"Afirmo: Não precisa ser médico para ver que gordo tem algum problema, se não fosse, não seria gordo. Gordura acumulada não pode ser algo do organismo, ou se fosse assim nós seriamos baleias, hipopótamos... enfim, ser humano não nasceu para ser bola de cebo não."

Essa vai pra coletânea de pérolas trolls. Agora vá mudar a biologia, Melissa, yes, you can!

Beatriz disse...

Serge,você realmente argumenta muito bem. E sinteticamente hein? "beztris, ponto final..." como é bonito vc falar tanto escrevendo tão pouco! Diria que argumenta tão bem qto como fala sobre saúde. Só não te recomendo ser médico com toda essa genialidade na área porque o blog perderia um grande piadis... ops, comentarista.

Serge Renine disse...

Caro Bruno S.

Eu só quis dizer que a alta eficiência na cirurgia do estômago nos mostra que quem quer emagrecer tem que comer muito menos e quem tem tendência se ser gordo, como várias pessoas, incluindo a dona deste respeitado blog, tem que comer muito menos ainda.

Ou seja: o que a cirugia nos comprova que há uma industria de dietas anódinas para enganar as pessoas, quando na verdade se trata de somente comer menos. Não é fácil para quem é gordo, mas é o único caminho.

Lord Anderson disse...

"Mesmo pq não conheço um/a gordo/a feliz de fato."

Pois é, tb não tem homosexuais que sejam felizes de fato, ou ateus que sejam felizes de fato, ou mulheres solteiras, sem filhos e felizes de fato...

Acho incrivel como sabemos tanto da felicidade alheia.

Serge Renine disse...

Beaatriz, errar ao escrever seu nome foi imperdoável. Eu sou um canalha, mas não fiz de propósito, sou só ruim para digitar.

Desculpe!

Serge Renine disse...

Beatriz, você viu?

Dri Caldeira disse...

Melissa, vc está recebendo o mesmo tratamento que reservou aos gordos. e você ainda não demonstrou inteligência alguma. Saber ler e escrever não faz de vc uma pessoa inteligente e nem mulher você é. Você é um desses trolls que andam acuados com as investigações da PF, depois que ameaçaram a Presidente Dilma, que graças à Deus, tb não é magrinha.

Beatriz disse...

Poxa Serge, agora vou ter que me desculpar com vc: juro que não estava zombando do jeito que vc escreveu meu nome, mas achei que vc tinha feito um trocadilho extremamente ruim e estava ironizando isso :D
Desculpe ter esperando demais (o trocadilho) e de menos (ruim) de vc.

Melissa White Girl disse...

Não sei pq estou perdendo minha ariandade vindo aqui mas tudo bem vamos lá:

Lord Anderson

Pessoas obesas como a Lola culpam os magros por elas serem "vigiadas", ninguem as vigia, os gordos é que nos perseguem dizendo que estão perseguidos, eu nunca persegui gorda alguma msm pq nao sou amiga de gente preguiçosa.

Mas agora se me perguntam o que penso a respeito da obesidade eu respondo exatamente o que disse aqui, e depois ficam com raiva, ora, se não gostam da resposta pq perguntam?

Sim, carolina, quem é gorda e não faz nada para correr atras da sua saúde está se boicotando, ou vc concorda tb que daqui a pouco devemos sair correndo a procura de potenciais suicidas para ajudar os "tadinhos"?

Quem come muito engorda, não é?
Desde quando mudei a biologia, veja vc, para esses animais acumular gordura é essencial e para o homem?Hein?

Beatriz

Se vc ta tão revoltada assim pq vc não vai ganhar mais uns quilinhos e ser feliz de fato?

Melissa White Girl disse...

Dri Caldeira

Vc sabia que vc ta cometendo um crime né ao me veincular a um crime ou a acusação de um sem ter provas

cuidado, internet não é terra sem lei, quer dizer na Europa e nos EUa não, mas aqui em terra de gente....preguiçosa até pode ser.

Vc adora falar demais.

PS: O que são trolls?

Dri Caldeira disse...

Melissa, sabe tanto sobre biologia e nem aprendeu que nunca existiu essa tal raça ariana, que foi uma manipulação do pai dela Adolf, pra exterminar milhões de judeus. Saber demais limita a amplitude mental dos idiotas e eles ficam parecendo burro de cargos, impedidos de olhar para os lados, para não verem um caminho melhor pra seguri, seguem apenas o que os outros dizem que é o certo.

Dri Caldeira disse...

Pois me denuncie infeliz, estou aqui com todos meus documentos e impostos em dia, e tenho nome, sobrenome um rosto. Não sou um covarde de um homem se passando por mulher. E de processo vc entende, pois já deve ter respondido Há vários.

Beatriz disse...

Melissa, eu não disse que sou revoltada, eu disse que ninguém tem sucesso em todos os campos da vida, e por isso mesmo que vc veja ser gordo como uma falha (o que eu não vejo, mas posso assumir tem gente que vê assim), uma única falha não é determinante pra infelicidade de ninguém, a não ser q vc atribua um valor maior para esse campo da vida que para todos os outros.
Só quis dizer que não sou gorda e nem por isso deixo de ter problemas que me aborrecem. Mas daí a SER revoltada tem muuuuuuuuuita distância.

Carol disse...

Melissa, como assim nunca viu gordinh@s felizes? Jura mesmo?

Então, me explica uma coisa: se a pessoa diz que está feliz, na verdade não está, né? Mas se ela também diz que não está, não está. Então ninguém está feliz?

Outra coisa: como assim os males trazidos pela obesidade não deveriam ser tratados pelo sistema público? Então diabetes, pressão alta, ANOREXIA, nada disso deveria, né? Aliás, pra que sistema público, né? Cada um cuide da sua saúde. e não pode pagar, morra.

Melissa White Girl disse...

Dri Caldeira

Vc que é mal informada, deveria ler mais sobre as pesquisas nazistas sobre a raça ariana.

Ou não estaria ai falando asneiras, mas não espero outra coisa vindo de vc.

E a proposito, Bruno, depois que as mães tem os filhos é de bom grado emagrecerem, ou vão querer sofrer de sobrepeso pelo resto da vida e com 50,60 anos depender do filho para serem carregadas por ai?

luciana mendonça disse...

vc tem um rosto tão bonito" tbem é usado p quem tem cabelo "feio" (ñ liso)

carolinapaiva disse...

Melissinha cara-pálida,

Você negou sim a biologia quando disse que gordura acumulada não tinha nada a ver com seres humanos (ou seja, seria antinatural), sendo que há mais de um tipo de corpo, sabia não?
Vai estudar um pouco, volta pra escola, cara-pálida.
Outra, você continua confundindo soprepeso com gordura mórbida, o que demonstra sua total ignorância sobre o tema.
Outra: gordos = preguiça? Procure um médico especializado e tenha algumas aulinhas, que você parece estar precisando.

Dri Caldeira disse...

Me mostre onde históricamente viveu essa raça ariana, qual a origem antropológica dela. Não existe pq seu paizinho inventou. E vcs, trouxas que não pensam, só copiam idéias, aceitaram. Mas deu tão certo que ninguém fala mais nela. Só meia dúzia de imbecil que não produz nada, a não ser dejetos fecais como vc Melissa está fazendo. Já me denunciou? Não? Pois faça, vou adorar mostrar essa sua defesa à teorias nazistas, o que é um crime muito mais grave do que aquele que vc infantilmente me acusou de cometer.

isabella ☆ disse...

incrível que o único tipo de gordura que existe é a obesidade mórbida que suga todos os leitos do SUS e tem alto índice de contágio por isso tem de ser erradicada.

sabe... basta ter uma barriguinha pra que se comece a ouvir todas essas frases do bingo aí. nem precisa ser gordinha. basta o primeiro pneuzinho aparecer...
e como algumas amigas aí disseram, já completei várias cartelas Lola, como faço pra retirar o prêmio? risos!

e assim questão de saúde? ok.
mas não vi ninguém aqui dizendo PAREM DE IR AOS SEUS MÉDICOS E FAZEREM SEUS EXAMES PQ SÃO MELHORES GORDAS. pelo contrário, todo mundo aqui afirma que mesmo acima do peso, está com a saúde muito boa, obrigada.

a REAL crítica aqui, (pra vocês que tem sérias dificuldades com interpretação de texto) é em relação a indústria da beleza que diz que só é feliz e realizado quem é magro, seco, malhado e etc. e que faz com que muitas pessoas levem uma vida infeliz por não se adequarem aos padrões.

não sei se vocês sabem, mas ANOREXIA e BULIMIA também são doenças SERÍSSIMAS que, vejam só, atingem na maioria pessoas magras.

que tal oferecem apoio psicológico a quem está REALMENTE precisando e não deixa nós, GORDAS FELIZES, em paz.

e por experiência própria eu digo... NINGUÉM que tenha tido contato com uma pessoa que sofreu de bulimia/anorexia tem coragem de defender esse discurso de SER MAGRO É SER SAUDÁVEL sem pensar muito antes de falar.

Melissa White Girl disse...

Dri Caldeira

Quer que te envie a minha cam pra vc?

Dai vc ve q sou mulher.

(mas nao quero que vc abra a sua pra mim por favor, detesto ver gordura no meu monitor)

Beatriz

Ser revoltado é uma coisa, ser feliz é outra e querer que os outros não tenham senso critico é outra, vc é do tipo que pensa que se não é a favor de uma "minoria" vc é contra, não sou contra gordos so querem que emagreçam antes de falarem comigo.

Carol

Seu sofismo não vai funcionar.

sim privatização já, quem não pode pagar ema, cada um com seus problema.

bjus, rs ;D

Lord Anderson disse...

Melissa.

Ninguem os vigia?

serio? fico feliz de vc não fazer isso, e não sofrer nenhuma vigilancia quanto ao seu peso ou qualquer outro aspecto da sua vida, mas dai a desprezar e desconsiderar a opinião de quem sofre com isso é dose.

é como o pessoal que diz que negros não sofrem racismo, que homosexuais não sofrem com homofobia e mulheres não sofrem com machismo.

é o velho habito de chamar de "vitimista" quem denuncia o preconceito que sofre.

e novamente ninguem ta fazendo loas a obesidade morbida (que é sim uma doença), mas lembrando que existem graus de peso.

magreza excessiva tb é problema de saude, e nem todo mundo que é mais gordo do que vc é obeso.

lola aronovich disse...

Tô com a Dri: Melissa tem a maior pinta de mascu sancto troll se passando por menina. A cada novo comentário isso fica mais claro. Ainda mais depois do “Não sei pq estou perdendo minha ariandade vindo aqui”. Mascus sanctos leem este blog diariamente e buscam mil e uma formas de trollar. Esta da Melissa é apenas uma delas.


Bruno, sua resposta sobre como se engorda por safadeza me fez rir em voz alta. Adorei!

Dri Caldeira disse...

Melissa: vc acha q tenho medo de vc, vc não é quem diz ser. Não precisa nem abrir cam, coisa de gente covarde que tem medo do mundo, gente que abre cam é gente com medo da realidade, do mundo, desbloqueie seu perfil aqui, torne-o público pra nós vermos toda sua feminilidade...

Melissa White Girl disse...

Dri Caldeira

Deus do céu, credos padre.

Vc não sabe ler, desde onde eu defendi algum crime nazista?

Eu disse que vc não sabe nada de nazismo é diferente.

Serge Renine disse...

Dri Caldeira:

Você que é troll e covarde se escondendo atrás deste avatar ridículo.

Eu não xingei ninguém, ao contrario de você em relação a mim. E eu não tenho culpa de você ser gorda e infeliz.

Vá tomar uma Caldeira de soda cáustica que você melhora, para sempre.

PS.: Quanto as vírgulas, eu as ponho o quanto eu quiser ou posso escrever sem nenhuma, porque eu sei o que estou fazendo. Não sou da sua laia para você se dirigir a mim desta forma.

carolinapaiva disse...

Melissinha cara-pálida

Te cuida, garotinha, essa aversão por gordura pode ser doença, hein? Favor não engolir vagas do SUS para se tratar, você pode acabar encontrando *gente gorda* e enlouquecer mais ainda.
Ossos a gente vê em cemitérios...

Carol disse...

Melissa:

SIM! Temos que salvar suicidas SIM! Caramba, nunca imaginei que alguém pudesse achar o contrário!

(ah, só pra constar, também temos que salvar mulheres que abortaram, tá? Ou elas entram na categoria suicidas?)

E, novamente, NÃO É todo gordo que tem problemas de saúde. Difícil explicar, viu... Sério, se a Lola deixar eu te encaminho meus últimos exames. E tenho exame de tudo, que meu empregador exige pra eu morar aqui na Africa.

E quando você diz que não vigia gordos, mas porque não é amiga de "gente preguiçosa", adivinha só o que é isso? Pois é, chama-se patrulha ideológica. Guess what, você faz parte dela!

Lord Anderson disse...

Carol

pois é.

pessoal esquece que eum é gordo tb paga imposto e contribui com o SUS, portanto não tá "roubando" o dinheiro de ninguem.

mas pela ideia da Melissa, vamos abolir a policia, as escolas publicas, e tudo mais...

quem não conseguir pagar...bem que se vire...

Luiza Camilo disse...

Alguém por favor bate palmas pra Melissa. Ela veio num blog claramente de esquerda, um blog que defende e levanta a auto-estima de pessoas que são historicamente excluídas dos padrões da nossa sociedade. Ela só pode estar querendo palmas, coitada!!!

Ela realmente se acha um poço de sabedoria, afinal, se ela não conhece um gordo feliz, é porque não há entre 7 bilhões um mesmo. Ela é a verdade, o grande parâmetro de sabedoria. E como magra sabe muito sobre ser gorda.

Clap, clap, clap para Melissa.

Melissa White Girl disse...

Lola

vc veio jogar pimenta né?

vc ja tinha me escurraçado em outro post com essa mesma ladainha!

vc não tem outro argumento

"Melissa é mascu troll"

troca o disco.

darkgabi disse...

melissa:

"Quem come muito engorda, não é?"
- não.

"Desde quando mudei a biologia, veja vc, para esses animais acumular gordura é essencial e para o homem?Hein?"
- mudou qd disse q gordura acumulada não é natural. gordura em termos populares reduz perda de calor e é reserva nutricional - gordura em termos bioquímicos participam de inúmeros processos celulares. hj em dia a gordura talvez não seja mais tão essencial para o ser humano, pq nossos hábitos mudaram. mas mudanças genéticas às vezes levam milhares de anos para se estabalecerem em populações.

e se vc é mulher e tem peito e bunda, tem gordura localizada.

Carol disse...

Aiai, eu falei q iam aparecer as bestas q não entendem patavina de metabolismo não falei?

Aliás a tal melissa tá fazendo por onde entrar pro roll de trolls sumariamente bloquados, vai falar bobagem acumulada assim lá longe.

Eu reitero o q minha xará falou muito bem "o dia que você conseguir fazer um exame de sangue só de olhar pra mim, eu começo a te ouvir."


Ah, Lord Anderson, o Stormy realmente é a coisa mais fofa.

Beatriz disse...

Luiza Camilo, eu não sou de xavecar pessoas em público assim, mas tô apaixonada <3
Risos, brincadeira, mas arrasou menina.
Eu só fico pasma. É isso. Só isso.

Melissa White Girl disse...

Carol

Se suicidas querem morrer e vc quer salvar vc ta tirando a liberdade deles de morrerem.

Deixa eles se materem e vão gastar o dinheiro do SUS com quem precisa.

Darkgabi

Obrigada por esse argumento razo do bunda e peito.

Não venha relativizar as coisas, ter bunda e peito é uma coisa, agora ter não cuidar da saude é outra.

Vc ta dizendo que toda mulher não cuida da saúde hein!?

A minha numeração é 38, graças a Deus.

Carol disse...

Aliás, como faz pra mudar a forma como o nome aparece? Só pra diferenciar as 2 caróis.

Bruxo Nefasto disse...

HAHHAAHHA

TA GOSTOSO ESSA TRETA

darkgabi disse...

disponha, era o mínimo q eu poderia fazer por vc dps do seu argumento raso do "acumular gordura não é natural".

e concordo q ter bunda e peito seja uma coisa e não cuidar da saúde é outra. a única coisa q vc ainda não entendeu é q acumular gordura é uma coisa e não cuidar da saúde é outra.

ah, duas correções: raso [e não razo] e sebo [e não cebo].

Adriana disse...

O preconceito contra gordos (e principalmente contra gordas) deve ser um dos mais internalizados que existem. A maioria das pessoas não se choca com absolutamente nada que é dito contra eles.

Já ouvi de uma amiga, na ocasião de nossa chegada aos 30, que era melhor todo mundo se cuidar, porque ela ia falar mal mesmo de quem ficasse gorda ou então, outro clássico "se a mulher não se cuida (leia-se, engorda), depois não pode reclamar se o marido trair ou abandonar".

Enfim, muitas vezes entro em discussões com amigos pelos direitos das mulheres, dos negros, dos homossexuais e sou pelo menos minimamente levada a sério, coisa que não ocorre quando se fala contra a ditadura da magreza, aí até coisas óbvias como "existem mulheres gordas, felizes, bonitas, sensuais..." soam como absurdos.

Carol disse...

Pior de tudo é que eu até acredito que a cara-pálida seja real... Justamente porque escuto coisas parecidas de muita gente "real"(principalmente família).

Tem gente que realmente acredita nessas coisas. E os exames mostrando o erro (tenho uma irmã gêmea, mais magra que eu, com MUITO mais problemas) só leva à conhecida frase: mas espera você chegar nos 40!

Dri Caldeira disse...

Serge Ranheta: vc é um outro troll, que coloca um nome que não existe, um perfil vazio, essa na foto do perfil sou eu, sim. Vc além de ser analfabeto cultural, tb é analfabeto moral. Você tá levando na mesma moeda o tratamento que deu a todos os gordos. E no seu caso meu filho, tá mais do que provado: troll rejeitado por gorda se esconde atrás de tudo e todos. E, já que vc gosta tanto de vírgulas, vou usá-las, por que assim, pelo menos, alguém faz alguma coisa boa pra vc, se você fosse da minha laia, seria uma pessoa melhor, mas vc é um lixo. Um sabe-tudo do nada!! Vá se coçar nas ostras!! Ou vá chupar um prego até virar alfinete, seu imbecilóide!!

Anônimo disse...

Não descarta o fato de que boa parte desses clichês seja verdadeira.

Beatriz disse...

E só um comentário a parte: e eu acho que uma mulher de 40 anos é tão... jovem. Eu tenho 24 e tenho amigas dessa idade. Acho bizarro falaram como se fosse um limite da vida ou algo assim.

Serge Renine disse...

Boa Dri Caldeira:

Agora todo mundo entendeu tudo.

Dri Caldeira disse...

Ah, Serge Ranheta, infeliz é você, que não se conforma por ter sido rejeitado por uma gorda. Ainda dói, eu sei. Mas seja homem, tenha atitudes de homem, que as pessoas passarão a tratar vc bem. Enquanto continuar a ser esse beócio, esse imbecil que vc é, porrada em vc!! Seu boçal!!

Carol NLG disse...

Xará,

troquei meu nome pra gente parar de ter dupla personalidade ;-)

Beatriz,
claro que 40 não é velha! Mas a partir de 30 deixamos de ser desejáveis como mulheres, não é? Aos 40 já deve ser o fim da vida, segundo a visão de muitos.

Adriana disse...

Melissa, sabe o que faz mal mesmo pra pessoa? Passar mais tempo cuidando da vida dos outros que da própria.

Vou dizer, cada minuto que você perde postando aqui são abdominais a menos, várias flexões perdidas, vários levantamentos de peso que ficaram por fazer, várias revistas de dieta por ler. Se você continuar nessa discussão, você vai acabar ficando gorda (ou gordo hehehe), hein? Cuidado.

Dani Cavalheiro disse...

Carol NLG e Beatriz:

Tenho 23 anos e 3 das minhas melhores amigas tem entre 39 e 42 anos. Uma delas teve um bebê lindo ano passado, quando estava com 40. Ela é lindíssima, super desejável.
Sério, eu não entendo quem pensa desa forma.

Serge Renine disse...

Só uma perguntinha:alguem aqui já conheceu um gordo que não tenha tentado, pelo uma vez, ser magro?

Anônimo disse...

Caracas, quanto mimimi, lamenta, lola, lamenta...

carolinapaiva disse...

Serge,

Conheço vários. Problem?

Prafalardemuseu disse...

Sou sequinha, visto 36 porque puxei ao meu pai, mas eu não aguento ver tanto magras quanto gordinhas se ajustarem tanto através de dietas tão arriscadas para entrarem nas roupas, não seria mais fácil ajustar as roupas ao invés das pessoas? Afinal as roupas são coisas, não as mulheres.
Puxa, quando irão entender que a roupa tem que te fazer bem, te deixar tranquila, se moldar a você e não você fazer de tudo para se moldar a ela, eu posso não concordar com várias coisas que a Chanel disse, mas concordo com o fato de que as roupas precisam ser realistas e que as mulheres não são enfeites, elas são pessoas, que vivem e precisam estar confortáveis para suas realidades. Cá entre nós grande parte desse padrão vem da moda, por isso falo aqui das roupas, as amigas que conheço querem emagrecer para caber em roupas, para ficar bem nelas, tem a parte do machismo? Sim, isso faz parte da conquista, esse padrão estranho de barbies.
Minha mãe é gordinha, minha irmã também, tenho me sentido orgulhosa do modo como minha irmã progrediu ultimamente sobre auto-estima. Ela entendeu que cada um tem seu biotipo e está aprendendo a se valorizar, porque ela é saudável, aquele é o jeito dela e não está colocando em risco sua saúde, a pressão está ótima e o colesterol também, e ela não precisa agradar as pessoas, mas todos os dias saber quem ela é! Melhor ainda quando a mente não está distorcida. Eu gostaria mesmo é que minha mãe desse esse grande passo e deixasse de neurose.
E é verdade, todo mundo fala "depois que tiver filho vai embagulhar"
Eu preciso ter filhos?
Todas as mães são iguais?
As gordas são feias? Quem convenceu-os disso?
Santa paciência.



Eu já fui cismada pro ser magra, já quis colocar silicone, auto-estima é um problema na cabeça, não no corpo. Hoje em dia não desejo mudar nada, me amo do modo como sou e sonho com o dia em que minha mãe vá pensar assim como minha irmã e eu pensamos, mesmo sendo tão diferentes por fora!

A prioridade não pode ser a mídia que nem te conhece ou aquele idiota que se acha no direito de te Constranger na rua, como é bom achar seu foco! Não importa seu biotipo, sempre vai ter uma pessoa pra te trollar, ou alguém que te ache bonito, por isso o conceito sobre si mesmo é importante, o mundo trás referências meio confusas.

isabella ☆ disse...

"Adriana: Melissa, sabe o que faz mal mesmo pra pessoa? Passar mais tempo cuidando da vida dos outros que da própria.

Vou dizer, cada minuto que você perde postando aqui são abdominais a menos, várias flexões perdidas, vários levantamentos de peso que ficaram por fazer, várias revistas de dieta por ler. Se você continuar nessa discussão, você vai acabar ficando gorda (ou gordo hehehe), hein? Cuidado."

MUITO BOM!!!!
HAHHAHAAHAHAHAHAHAHAHHAAH
CUIDADO! daqui a pouco seu manequim 38 pula pra 40 e ai JÁ VIU NÉ?! é um pulinho pro 42 e 42 é INACEITÁVEL!!!!!!! HAHAHAHAHAHAH

Dani Cavalheiro disse...

Serge:

E vai me dizer que vc não conhece nenhum magr@ que nunca tenha tentado ganhar uns quilinhos? Eu conheço vári@s.

Isso é natural do ser humano, querer mudar, querer se encaixar. Ainda mais se formor levar em consideração o padrão de beleza, não conheço ninguém que nunca quis mudar algo em sua aparência.

Lord Anderson disse...

Bem, Serge

com todo mundo, seja familias, amigos, ou pessoas desconhecidas na internet, gritando que vc tem que emagrecer ou vc sera visto como doente, feio, preguiçoso e safado, eu ficaria admirado se alguem não tenta-se perder peso ao menos para tentar para de ter o saco cheio.

como homosexuais que tentam "ser" heteros para não serem alvos de preconceito.

Beatriz disse...

Dani e Carol:

É bom ver que não sou só eu :)

Carol disse...

O comentário do Serge foi no nível:
"Conhece algum homossexual que não tenha tentado ser hétero?" Pq claro que isso comprova que ser hétero é perfeito e não que existe uma pressão social infernal pra pessoa se adequar ao que querem dela. Mentalidade curta viu...

Carol NGL, obrigada =). Como estamos seguindo a mesma linha de comentários era capaz de acharem que era uma só, hehehe.

Anônimo disse...

Mas ó, valeu pelo post e comentários... dia tava chatinho no tuíter, pelo menos agora dá pra rir =)

Carol NLG disse...

Dani,

eu tenho vári@s amigos na casa dos 40, apesar de ter 26. Tem a ver, principalmente, com meu trabalho.

A minha mensagem acima foi, só pra esclarecer, totalmente em tom irônico!

Serge,
sim, provavelmente todas já tentaram. Eu sei que minha saúde caiu muito junto com meu peso. E por que tod@s tentam isso? Pelo prazer inefaçável de fazer uma dieta? Ou porque o mundo inteiro está sempre dizendo que as pessoas que não são magras, saradas, heterossexuais, de cabelo liso, longo e, de preferência, loiro, não merecem viver?

Sério mesmo que você acha que alguém tenta mudar alguma coisa em si mesmo a vida inteira só porque não se ama? Ou porque nunca aprendeu que PODE se amar?

Eu sei que eu passei 20 anos da minha vida tentando me mudar. Tentando me adequar, fisicamente, ao padrão esperado pelos outros para mim. E nunca fui tão feliz quanto depois que eu finalmente descobri que eu POSSO ser saudável do jeito que eu sou (me recuso a dizer acima do peso. Acima do peso de quem?). Eu POSSO ser linda do jeito que eu sou. Eu POSSO e MEREÇO ser amada do jeito que eu sou.

E, quer saber? Adoro o jeito que eu sou.

nina p. disse...

Engraçado como essas coisas se reproduzem, né? Tenho uma amiga que postou uma foto antiga no facebook dizendo 'olha como eu era', porque ela engordou e se sente mal com isso. Aí apareceram comentários tipo 'vc tá melhor agora, tava muito magra naquela época e tal'. E um cara que postou "que triste isso. mas só depende de você mudar essa realidade". Tipo, ela quer emagrecer, eu entendo que ela como ex-atleta se sinta menos saudável agora (até porque ela tá com colesterol alto por comer errado e etc). Mas aí fui dizer que achei idiota o comentário do cara, como se engordar fosse o pior problema dela, que uma coisa é ela querer cuidar da saúde e outra é achar que precisa ser magra pra ser saudável e tal. Gastei meu latim tentando explicar meu ponto de vista sobre aparência x saúde e a importância que damos a certas coisas. Ela disse que "ele está certo, que ele não é falso. que enquanto outras pessoas dizem que ela tá bem ele foi o único que disse que ela engordou mesmo". Putz, eu falei: ninguém disse que você não engordou, disseram que o importante é que vc esteja saudável, independente disso.
Mas se pra ela mesma isso é ser falso, se o único 'a dizer a verdade' foi o babaca que disse aquilo, minhas palavras não servem pra nada. No fim da conversa eu ouvi o que sempre ouço quando conversamos "você está aborrecida demais, tá precisando de um namorado".

Talvez eu precise mesmo é trocar de amigos...

Anônimo disse...

Ai, gente, e eu que sou gorda e ninguém liga? Sou discriminada até pelos ~gordofóbicos~ kkkkkkkkkkkkkkk

Melissa White Girl disse...

Isabella

Não se preocupa não menina que eu CUIDO da minha saude, já vc ta com uma carinha um pouco inchada hein...

Beatriz

Pelo jeito vc se agarrou os meus erros de portugues para se fazer de superior não é mesmo?

Demais

continuem pregando que gordura é algo bom, que o ser humano precisa de gordura, enquanto o resto do mundo está combatendo a obesidade esse "bem" que vc's tanto amam

Dani Cavalheiro disse...

"continuem pregando que gordura é algo bom, que o ser humano precisa de gordura, enquanto o resto do mundo está combatendo a obesidade esse "bem" que vc's tanto amam"
White Girl, Melissa. Dona de um poder de argumentação invejável, uma retórica ímpar, poder de síntese inigualável em suas ideias.
Só falta mesmo aprender a interpretar textos.

Carol NLG disse...

Aiai, eu ainda vou responder

Melissa,

NINGUÉM está pregando obesidade, ou que é lindo ter gordura. Estamos pregando que é lindo ter SAÚDE, venha ela no pacote que for.

Deu pra entender ou quer que desenhe?

dwestfahl disse...

Lola, querida, I <3 you. Mas obesidade é realmente prejudicial para a saúde, é que nem fumo, uma coisa mais do que comprovada cientificamente. Então provavelmente as pessoas realmente estão só querendo ajudar, por mais pentelho que seja. Pode ser falta de sensibilidade, porque assim como o fumante sabe que deveria parar de fumar, o gordo sabe que deveria emagrecer, ninguém precisa ficar falando. Mas não acho que seja fobia ou intolerância... Tenho pessoas muito queridas que fumam e de vez em quando me sinto na obrigação/à vontade para pedir que se cuidem um pouco melhor, porque eu gosto delas, não porque eu tenha fobia de fumante. E sim, eu tenho uma amiga que colocou o balão gástrico e perdeu peso com saúde, mantendo a massa muscular, a coisa mais incrível que já vi... Kisses.

Melissa White Girl disse...

10 idealizações para 2010

1 - arranjar um emprego (pq ngm vive de ar)
2 - emagrecer (pq bem que eu gostaria poder viver de ar)
3 - parar de me causar problemas sozinha (pq eu admito que procurei por mt do que encontrei)
4 - sair da fossa (que um ano de fossa é mais do que suficiente)
5 - utilizar o que eu aprendi (aprendi pacaraleo, mas quem disse que eu uso.)
6 - conquistar algo publicitariamente falando (já foi metade da faculdade, vamos começar a fazer valer isso ae neh mermão)
7 - levar os meus tratamentos médicos até o fim (só de médicos abandonados eu tenho uns 4 esse ano)
8 - fazer valer minhas amizades ( que eu tenha conquistado coisas fortes e verdadeiras dessa vez )
9 - ir para o Rio de Janeiro (já é mais do que preciso)
10 - sair dele, melhor do que entrei.



Coisa de quem ta muito bem e pode falar da vida alheia


kkkk


rsrsrs, bjus ;D

Priscila Boltão disse...

Gente, sério, não alimentem os trolls pq senão eles vão ficar gordos e não tem nada pior que ser gordo, mimimi.
Gordura excessiva faz mal, assim como a magreza excessiva. Ngm tá pregando a gordura aqui. Estamos pregando a aceitação. Ngm tem nada com o corpo de ngm.
Até pq ser gordo soa como xingamento. Se vc quer xingar um magro, vc tem q ser criativo, usar coisas como "vassoura", "magrel@". Mas o simples uso da palavra "gorda" é xingamento. Pq?
Palavra de quem luta contra transtornos alimentares variados desde os 11 anos: Não é legal.
Não é legal ter gente q vc confia (mãe, pai, tios, avós) reclamando cada vez q vc põe um chocolate na boca. Eu era uma criança gordinha pq tomava remédios que bagunçavam meu metabolismo e me faziam engordar sem comer quase nada. Aos 10 eu resolvi q já q ia ter fama de gorda e gente me dizendo oq vestir, oq comer, oq fazer, dizendo pra não usar biquini pq "era feio ficar com a barriga de fora sendo gorda", eu resolvi descontar na comida - aí sim, passei de "gordinha" à quase obesa.
Então dos 11 aos 15 eu fiz "dietas" sem parar. Eu era adolescente, queria aceitação, oq já era dificil sendo nerd e pobre.
Aos 15 anos descobri a bulimia.
Pra resumir, aos 19 anos eu pesava 45kg. Meu imc estava em 18, mais ou menos, oq já pode ser considerado risco de anorexia. E ngm reclamava. Ngm achava nada demais eu vomitar todas as refeições, ou comer em duas semanas oq qualquer um comeria em dois dias. Ngm achava nada demais em eu passar 6 horas por dia me exercitando - parecia saudável, afinal, ser magra é ser saudável.
Eu nunca estive mais infeliz. Pq eu me achava gorda ainda, eu queria ser como as modelos q todo mundo admirava, com imc 16, sem ligar se era saudável. Eu precisava pesar menos de 40kg na minha cabeça.
Durante a faculdade eu tive vários problemas amorosos e emocionais, sem falar na faculdade em si, e ganhei 25kg. 10 deles só no semestre passado.
Aí eu fui pro outro lado da corda - a gordura, a compulsão. Tb não é saudável. Todo mundo me mandando emagrecer, e eu me sentia a pior pessoa do mundo então comia mais e mais pq me sentia culpada.
Só q isso em público. Quando não sentia os olhares dos outros me julgando, eu nunca fui mais feliz doq qdo podia comer sem sentir culpa. Afinal, eu tava gorda mesmo. Pela primeira vez eu podia comer.
Só q como passei fome por anos, eu passei a extrapolar.
(Continua, ficou muito grande)

Priscila Boltão disse...

Atualmente, eu estou em reeducação alimentar. Bom, né? Saudável. Só que não. Pq mais uma vez, eu sinto a pressão. Quando as pessoas te acham um "caso perdido" elas acabam cansando de "falar pro seu bem". Qdo elas acham q vc está tentando "ser mais saudável" (aka, mais magra) elas se acham no direito de dizer todas as coisas nesse bingo e mais.
Então, enquanto o mundo acha que eu estou sendo saudável, eu estou é sendo miserável. Eu me sinto triste, depressiva, e me odeio, muito, muito. A cada bombom fora da dieta, a cada colher de arroz a mais, eu me odeio. Eu tento vomitar tudo, pra compensar cada escorregão, eu me encho de laxantes pra me odiar menos. Não importa se o número na balança diminuiu 5kg. Não importa pq eu me odeio. O peso não importa mais. Só oq importa é que eu me sinto a escória do mundo pq o mundo se sente no direito de me julgar. Eu preferia quando eu estava gorda e "invisível" pra essas pessoas e não sentia necessidade de me odiar a cada refeição pq pelo menos, eu não me odiava por, basicamente, me alimentar. A vergonha vinha nos olhares dos outros, nos reflexos das vitrines cheias de roupas pra gente magra ou esquelética. Mas agora a vergonha e a culpa ficam dentro de mim todo dia.
Então os trolls que vão reclamar de outra coisa, mas vcs não sabem oq é isso. Oq é se odiar tanto por causa de alguns kg a mais na balança como se um número te definisse. Oq é ter 23 anos e o mundo achando q pode te passar pra trás pelo quanto vc pesa. E nem me venham falar de saúde. Primeiro pq quem tem peso normal, saudável, tb é julgado - só quem tem subpeso não é chamado de gordo. E segundo pq por menos q eu pese, eu não me sinto nada saudável por dentro.

Melissa White Girl disse...

Já é 2012

E ai Isabella ja conseguiu metade da lista hein?

kkkk

rssrs, bjus ;D

Adriana disse...

Melissa, você tão preocupada com a saúde do mundo, mas a gente não pode se preocupar com a sua?

Poxa... Eu realmente acho que você se cuida mal. Tá perdendo muito tempo aqui, pra Academia de Ginástica, agora! Se vc tivesse uma série de exercícios boa mesmo pra fazer não estaria aqui. Eu sei muito bem que você só está arrumando desculpas pra não ir malhar.

Felipe Sodré disse...

Lola, só discordo em uma coisa de você: Você tenta fazer parecer que o argumento clínico contra o excesso de peso é idiota. Não é. O excesso de gordura no corpo aumenta sim os riscos de problemas cardíacos, entre outros. Como formadora de opinião, ao dar a entender que esse argumento deveria ser ignorado, chega a ser uma irresponsabilidade da sua parte. Bacana estar acima do peso e não sentir vergonha, aceitar o corpo e ser feliz com ele, mas é importante que se saiba e conviva com os riscos.

SIM, eu sei que vocês conhecem gente obesa super saudável e gente magra quase morrendo, mas sabemos que essa não é a regra. Ser muito magro também pode trazer tantas complicações, ou até mais, que estar acima do peso.

isabella ☆ disse...

MELISSA
carinha INCHADA e FELIZ, muito obrigada!!!

pelo menos não preciso cuidar da vida alheia pra me sentir importante no mundo!
e nem tenho dificuldades em entender e aceitar a pluralidade da humanidade, e sei que felicidade não tem nada com aparência e muito menos saúde tem relação a número do manequim.

é fácil se posicionar no lugar comum cheio de meias verdades e se recusar a abrir a mente pra ver as outras possibilidades... mas se é assim que você é feliz, quem sou eu pra julgar? vá viver o que você acredita!

e espero realmente, de coração, que você não descubra o quão mal informada está de uma maneira muito dolorosa.
boa sorte aí na sua cruzada pela magreza!

Beatriz disse...

Melissa, de jeito nenhum, até pq eu erro bastante tb. Escrever na norma culta da língua portuguesa é super difícil pra mim, que trabalho com internet a muito tempo e estou acostumada com jargão e gírias da rede. Confesso que pra redigir minha dissertação de mestrado eu tenho que estar bem quietinha e concentrada, e meus emails são bem mais coloquiais do que deveriam.
Não preciso recorrer a recursos para me sentir superior nem a vc nem a ninguém, já que esse não é um objetivo q eu tenha, apenas acho q sua argumentação tem inconsistências. Vc se baseia muito no q acha q é certo, e se recusa a ouvir a opinião, mesmo fundamentada, dos outros. Não é uma questão de personalizar demais a discussão e encarar qlqr discordância como ofensa pessoal? Aí, qlqr um q se posicionar contra vc, vc vai achar q está tentando te diminuir. Relaxa.

Josiane Caetano disse...

Bastante comentários hoje, este tema rende...minha singela opinião sobre o assunto: 1- Quando alguém diz para uma gordinha: " Emagreça, é pela sua saúde", é só um argumento vazio no lugar de : " emagreça, vc está feia assim"- e é claro que quem "faz" os padrões de beleza tripa seca é gente que na verdade não gosta de mulher, quicá de seres humanos reais.
2- Tenho uma amiga " fora" do padrão e nem me lembro que ela é gorda. Ela não fica lembrando a todos este fato, vive na boa, sem preocupações neste aspecto. Difícil isto, pode ser clichê, mas o importante é ser feliz.
Adoro bolo! Torta! Doces! Ninguém merece fazer regime, a vida é curta demais para este tipo de privação: a não ser que vc esteja REALMENTE doente, como uma diabetes, por exemplo...

Dani Cavalheiro disse...

Priscila

Eu passei por coisas muito parecidas com o que vc descreveu. Tirando um detalhe aqui e outro ali, é a minha história também.
Se você puder procurar ajuda psicológica, procure, não espere. Eu tb já me odiei por ser gorda, tive períodos de detestar a hora do banho, pq aí eu teria que me ver nua e gorda, era um martírio. Com terapia eu acabei me livrando desses sentimentos, apesar de ainda me sentir culpada quando como algo "a mais".

Hoje eu tenho sobrepeso, me aceito e tento ser feliz do jeito que sou, e do jeito que dá. O mais importante é você conseguir se amar. Procure mesmo ajuda, faça terapia. E tente, por mais difícil que seja, não dar ouvidos aos trolls daqui. Tenho certeza que muitas meninas vão poder te ajudar, te dar palavras de incentivo e carinho, preste atenção nessas, e não nesses malucos e nessas malucas que acham que só pq não somos magras, somos criminosas, escória da sociedade, maquinistas da locomotiva da podridão da humanidade.

Esse papel não é nosso, ele é dos trolls.

Serge Renine disse...

Dani Cavalheiro:

É verdade: eu conheço vários magros que querem engordar, não para serem gordos, mas sim mais gordos. Na verdade eu tenho uma funcinária no meu escritório que é assim.

Mas certamente a proporção de gordos que querem ser magros é infinitamente maior.

isabella ☆ disse...

opa! só agora vi que a Melissa foi fuçar minha conta e achou uma lista de DOIS MIL E DEZ pra me ~~desestabilizar~~ RISOS.

obrigada pela consideração Melissa, e olha, nem eu me lembrava dessa lista e fiquei feliz de ver como estou melhor hoje do que nessa época!

isso só mostra que algum de nós aqui realmente não tem vergonha e nem motivos pra tentar esconder quem são e de onde vieram.
acho que não há necessidade de explicar nada a uma stalker aleatória qualquer, eu sei da minha história e sei o que passei pra chegar até aqui. e essa lista antiga aí só mostra e me relembra o quanto evolui. obrigada!

Melissa White Girl disse...

Isabella

Me engana que eu gosto, não nasci ontem não, fazer listinhas é coisa de Gorda, pq se não der certo (o que provavelmente é o seu caso) vc risca e joga fora, diz pra si mesma:

"Essa lista não valeu, ano que vêm faço outra!"

Já fez a de 2011? ou de 2012?

rsrsrsrs

Prafalardemuseu disse...

Sobre "as magras sempre foram bonitas"
E faço museologia, trabalho em museu e os quadros de "gatinhas" de alguns séculos anteriores não são lá muito 'sequinhos' rsrsr

isabella ☆ disse...

Priscila

eu sei o quanto é difícil, uma prima minha também teve bulimia na adolescência e eu acompanhei de perto o que é esse ódio que se sente de si mesmo.
mas olha, acredite em você, saiba que você é importante e se as pessoas com as quais você convive não te aceitam como é, encontre outras pessoas.
quando a gente encontra quem nos ame, independente do nosso estado físico ou emocional, passamos a entender que todo esse sofrimento não é necessário.
não desista! o caminho é longo, difícil e sofrido, mas no final você encontra o bem mais precioso que pode haver: amor próprio.

Serge Renine disse...

Carol NLG:

Gordura corporal em demasia não traz problemas graves de saúde?

isabella ☆ disse...

pois é Melissa, por uma lista você já desvendou toda a minha história, como você é inteligente hein?! risos

mas assim, se você puder voltar ao tema central do post que é ''a discriminação contra pessoas fora do padrão estético imposto'' seria legal. acho que ninguém aqui quer ver uma discussão pessoal de você comigo. é chato sabe? e não vai me atingir! desculpa.

Melissa White Girl disse...

Isabella

Que padrão estético?

O assunto até agora era saude.

e não vem desviar o foco, QUE VC DESVIOU, pq quem começou o ataque pessoal foi vc nao eu.

eu sou ariana, não preciso disso.

me poupe.

Carol disse...

Felipe, o excesso de peso pode ser um indicador de problemas, mas não necessariamente.
Os únicos indicadores de fato, são taxa de glicose, colesterol, triglicérides, hormônios e por aí vai. Aqui que a balança mostra pode ou não indicar alguma coisa sobre sua saúde, mas a pessoa só vai ter certeza num exame de sangue.
Então, para quê associar o peso com saúde, se ele é o menos confiável dos indicadores?

E outra, não estar saudável não é sinônimo de quase morrendo. A pessoa passa por muita coisa entre se descobrir com colesterol alto e sofrer as consequencias disso.

A idéia do Health at Every Size é vc buscar sua saúde independente de seu tamanho e peso e saber que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Pili disse...

gente, mas é claro que o repúdio a gordura na nossa sociedade é super irracional.
e está intimamente ligado à mania de magreza, à disturbios de imagem e alimentares, etc...
eu já ouvi todas as frases do bingo tendo 50 kg!
acontece que se as pessoas perseguem um ideal IRREAL de beleza, nao importa distar muito nem distar pouco dele... vc nunca irá chegar. Nunca.
e sempre haverá motivo pros outros te patrulharem.

Dani Cavalheiro disse...

Melissa

É sério? "Eu sou ariana, não preciso disso."

Ai gente, acho que a Melissa saiu da brincadeira, vamos ignorar. Depois de um "argumento" desses...

Ana Clara Telles disse...

Dani, a Melissa só está aqui para causar.

E, provavelmente, porque ela não tem nada melhor para fazer.

Eu disse...

Hahaha, Lola, eu também jogo esse bingo, mais ou menos assim:

1. Sempre fui gorda.
2. É meu biotipo-By Lola (como é o biotipo de gorda?)
3. Eu como muito pouco mas engordo.
4. Como a mesma coisa há anos e estou engordando.
5. Tenho uma doença genética (essa é boa)
6. Minha família toda é gorda.
7. Eu sou gorda mas sou cheirosa.
8. Toda vez que paro uma dieta, engordo tudo de novo e mais um pouco.
9. Quero perder 15kg até o Carnaval, alguém me ajuda?
10. Eu sou feminista. Não ligo prá aparência. (essa eu tenho lido muito ultimamente)
11. Sou gostosa e os homens têm onde pegar
12. Sou gorda mas sou feliz.
13. Meus exames estão ótimos.
14. Não como pão, não gosto de doces nem frituras, não sei por que sou gorda.
15. Dieta nova? Ôba, começo amanhã.
16. Fiquei gorda por causa da idade.
17. Estou no plateau, não consigo mais emagrecer.
18. Meu metabolismo é lento.
19. Como na rua, por isso sou gorda.
20. Eu não estou gorda, estou inchada.
21. Chá verde emagrece?
22. Minha estrutura óssea é muito larga, não posso emagrecer (by minha cabeleireira e uma colega de orkut por esses dias).Disse a ela que ela que só se ela fosse aleijada,rs
23. Quando eu emagreço eu fico feia
e com cara de doente.




Bingo da classe médica: (em construção)

1. Prá emagrecer, tem que comer de 3 em 3 horas.
2. Pode comer de tudo com moderação
3. Só dieta, não adianta. Tem que fazer exercícios.
4. a partir de agora os médicos deixam de ter uma ferramenta (sibutramina) importante no 'tratamento' da obesidade.
5. Faça um prato colorido que
dê saciedade.
6. Arroz e feijão é um prato completo(ué, então prá que a proteína animal e as saladas?)
7. Salada verde saudável: rúcula, tomate cereja, queijo minas, presunto e crouton. :X


Relembrando uma seção de Seleções:

Rir é o melhor remédio!!

MoiselleMad disse...

huahuahua! eu me diverti com esse bingo! muito bom!

isabella ☆ disse...

ok Melissa vou desenha pra você.
primeiro, eu apenas tinha dado risada do comentário da Adriana. mas se você considera isso um ataque. ok.

a questão não é SER MAGRO É SER SAUDÁVEL. até mesmo pq pessoas magras TAMBÉM adoecem por diversas razões.

estar acima do peso pode trazer complicações? PODE! mas é apenas isso... uma POSSIBILIDADE.

o que a Lola trouxe a tona é o fato de que todo mundo tende a usar a desculpa de 'mas eu to te falando isso pelo seu bem, você tem que fazer exercícios, entrar numa academia, perder peso, quando chegar aos 40 não vai tá mais assim não' pra impor um padrão de magreza que não é realidade pra muita gente.
eu já fui magra. MUITO MAGRA. todos os meus ossos ficavam a mostra e etc. meu manequim era 40. considerado acima da média, até 38 é magro, acima já está gordinho. tanto que nas grandes magazines é quase impossível achar algo maior que 44. mas eu não tinha mais aonde emagrecer.

a questão é: É POSSÍVEL SIM NÃO ESTAR DENTRO DO PADRÃO E SER SAUDÁVEL.

obesidade é doença sim. ninguém negou isso em momento algum.
todos precisam ir ao médico e cuidar da saúde, tantos gordos quanto magros.
não é a forma do corpo que define quem é saudável e quem é doente.
não é uma celulite na minha bunda que vai causar minha morte precoce.
eu não preciso caber dentro de um 38 pra estar com a saúde perfeita.
o importante, além de ter saúde, é ser feliz. ninguém consegue APROVEITAR a saúde que tem sendo infeliz.

será que você consegue entender esses conceitos básicos ou é complexo demais pra sua cabecinha ariana?

Prafalardemuseu disse...

"Não preciso disso, sou ariana"
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

kkkkkk

Só me lembrou:

"Eu não preciso disso, meu pai tem dois empregos."

Dani Cavalheiro disse...

Ana Clara

Eu não sabia que a Melissa era troll novo, fiquei um bom tempo sem olhar os comentários.Mas depois dessa última eu percebi qual é a dela, por isso meu último comentário. =)

isabella ☆ disse...

só uma pergunta ao pessoal RACIONAL do blog: alguém já sofreu discriminação por médicos?

um médico de PS quase matou minha mãe com um diagnóstico de 'a sra ta acima do peso, precisa apenas de exercício físico e dieta' quando na verdade ela tinha uma inflamação no coração (efeito colateral de uma medicação contra câncer, sem relação alguma ao peso) e precisava fazer REPOUSO ABSOLUTO.
se ela tivesse dado ouvidos, na primeira caminhada teria caído morta.

imagino que não seja um caso isolado, alguém mais tem alguma história nesse sentido?

Serge Renine disse...

Dri Caldeira:

Infelicidade é você saber que não pode fugir de dentro do seu corpo. Isso sim é uma prisão.
Você sabe o que é ser infeliz.

Boa sorte.

carolinapaiva disse...

Ora vejam só..a cara-pálida está se mostrando mais...
Dando uma de stalker e querendo humilhar os outros como se fosse gente.
Vai ter que comer muito feijão com arroz ainda e...ops, esqueci, você não come.

Dri Caldeira disse...

Só um aviso pros gordofóbicos: o quadro mais famoso e mais valioso da história mundial é de uma gorda, a Mona Lisa. E não uma foto da Kate Moss.

Eu disse...

Tava lendo a biografia da Andrea Dworkin, que morreu aos 58 de miocardite aguda, os joelhos dela estouraram bonito, mal andava, teve que pôr prótese de titânio prá dobrar os joelhos (conheci na fila do supermercado um senhor que usava uma prótese externa prá dobrar os joelhos mais a muleta depois de um acidente de carro).

A Leda Nagle já manca e já usa muletas.


"Quem defende que ser gordo não é, muito, prejudicial é, no mínimo, um, ou uma, grande irresponsável, e fim de papo."(Serge)

Eu disse...

Obrigada, Dri, mais uma pro meu bingo. QQ hora eu atualizo ele.
Bjs


Só um aviso pros gordofóbicos: o quadro mais famoso e mais valioso da história mundial é de uma gorda, a Mona Lisa. E não uma foto da Kate Moss.

Dri Caldeira disse...

Serge RAnheta: se vc fosse feliz como eu sou, jamais falaria mal de alguém. Mas felicidade é uma coisa que jamai vc vai sentir, pq vc não é uma pessoa boa, vc é um rancoroso, preconceituoso, ignorante, sexista, machista e recalcado. Uma pessoa que é feliz não sai por aí falando mal de nada, nem atacando as pessoas. Beócio.

Anônimo disse...

preconceito em relação a medico?

opa, vamos lá.

não sou obesa, tenho apenas sobrepeso.. fazia artes marciais a um tempo a atras e comecei a sentir dores no joelho. Fui no ortopedista pra ver o que era ne? vai que to desgastando coisa que nao devia.. pois bem, ele fala que to com o joelho doendo prq tava GORDA. Agora me fala, qual é o nivel de obesidade de uma pessoa pra ela chegar ao ponto de ter problema nos joelhos?

lola aronovich disse...

Pra quem acha que falar de aceitação ao corpo ou condenar um padrão único de beleza (e de saúde) é uma Ode à Obesidade Mórbida, só digo isso: Ser contra a gordofobia é fazer apologia à gordura tanto quanto ser contra a homofobia é fazer apologia gay. Ser contra todos os tipos de discriminação deveria ser uma bandeira de qualquer pessoa sensata.


Eu (Moema), tava demorando pra vc se manifestar. Até estranhei. Vc deixou a gordofobia toda só pra white girl que na verdade é um mascu sancto. Tadinha! Assim vc sobrecarrega a coitadinha. E sobrecarregado é quase um atestado de óbito.

Dri Caldeira disse...

Ô Moema, já que vc tá se escondendo atrás desse nick Eu, faz um favor à humanidade: some. Não adianta que vc não é um ser humano decente. Vá fazer trabalho voluntário numa clínica para pessoas com distúrbio do peso, sua inútil, pra saber o que aquelas meninas oprimidas por idiotas como vc sofrem.

Dani Cavalheiro disse...

Isabella

Eu tenho 1,66m e 72kg. Até onde eu sei, isso é sobrepeso. Eu já fui obesa, não sou mais.
Daí que andei tendo umas dores nas pernas, meu médico está de férias, fui em outro. Qual não foi minha surpresa quando ele disse (sem fazer nenhum exame nem nada) que minhas dores eram por excesso de peso! Que eu tinha que perder uns 5 quilos pra poder voltar a andar sem dor!
O que eu fiz? To esperando o meu médico voltar pra passar por ele. Não creio que meu problema seja peso, sinceramente.

Dri Caldeira disse...

Anônima: o Ronaldo Fenômeno foi campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista de 2009, gordo pra cacete!!! tinha dores, mas fez um monte de gols.

Ana Clara Telles disse...

Dani, pelo que eu percebi, ela faz parte de uma nova geração de trolls: a dos que gostam de argumentar.

Ou seja, ela leva o conceito de 'não tenho mais nada para fazer' até as últimas consequências!

Prafalardemuseu disse...

O problema maior é quando a própria família discrimina a pessoa por causa de um sobrepeso, e existem sim gordinhos que de tanto ouvir, ouvir, ouvir que estão doentes adoecem de depressão e aí começa a se desencadear problemas mais evidentes.
A esposa do meu primo é extremamente magra, mais que eu (tenho 45kg) ela nunca foi gorda, e tem diabetes há 10 anos. Ela não come muito, quase come nada e teve problemas com isso!
Meu amigo, de 65 Kg estudante de educação física, morreu de AVC ano passado.
Meu pai extremamente magro, vive controlando a pressão que é alta. Minha mãe que tem sobrepeso é a mais saudável da família. Porque é o biotipo dela.
Mas não se preocupem, (brasileiras) não estão sozinhas nessa, devemos sim buscar a quebra desses padrões de uma suposta saúde.
No comercial de pasta de dente o saudável é a dentição totalmente branca. No comercial de sabão em pó, boa é a roupa completamente sem manchas. No comercial de fraudas, todo bebê sem frauda suja dorme a noite toda.
Todo segmento tem um padrão, isso não significa que o padrão esteja correto, padrões podem ser quebrados, já foi padrão não tomar banho ou andar com roupas apertadíssimas que matavam mulheres em um espirro (espartilho), já foi padrão ser gorda, e agora é padrão ser magra. Até quando vamos aceitar todos os padrões?

Beatriz disse...

Acho bem importante aqui diferenciar "gordo" de "obeso mórbido". Porque é MUITO diferente falar da garota cheinha que sofre preconceito por usar manequim 44 (que na boa, nem é tão grande, alguém aqui trabalha com moda e confecção? já fiz direção de arte e figurino em alguns curtas- metragens e qdo se lida diretamente com ajuste de roupas é mais fácil ver o qto é distorcida essa coisa de manequim. sobra na cintura, aperta na panturrilha, corpo varia DEMAIS pra colocar todo mundo em uma forminha)e da pessoa de 300kg que não levanta da cama. Qual é a percepção de obeso de vcs? Índice de massa corpórea? Muito relativo. Condições gerais de saúde? Qualquer que for o parâmetro, é bem difícil de estabelecer só olhando.
Se a preocupação é saúde, acho q o mais legal então seria só gente da área de saúde dar palpite sobre isso na vida alheia né? Já ia reduzir muito o número de chatos palpiteiros. E aumentar a credibilidade das críticas, que no formato atual está próxima de zero.

Melissa White Girl disse...

Lola

Vc ta com a mente fixa nessa coisa de Mascu Santo né?

eu acho que vc é o proprio Silvio Koerich

Sem mais

Prafalardemuseu disse...

"Mas não se preocupem, (brasileiras) não estão sozinhas nessa."
Na França, um país desenvolvido, (onde temos aquela ilusão de que tudo é perfeito e de que não há mendigos pelas ruas ou nenhum problema) Ter sobrepeso é praticamente um crime, as pessoas odiariam ser gordas, e adivinhem qual é o mal de quase todo mundo ao menos em Paris (não sei da França toda)O JOELHO! isso mesmo, os magricelas e os gordinhos tem problemas de joelho porque o metrô é longe.

Ser magro, não garante articulações intactas, nem aqui, nem na França nem em lugar algum.

Anônimo disse...

Acho sim que existem gordos saudáveis, mais que muitos magros (eu mesma sou magra com colesterol alto, culpa da genética), mas são minoria - estou falando de gordo gordo mesmo, não de pessoas apenas cheinhas. Assim como são minoria os gordos que assim são simplesmente porque não conseguem emagrecer, por mais exercício que façam e por mais dieta que façam. Os gordinhos que conheço ADORAM COMER e comem mesmo, se entopem de tudo que é besteira em plena quarta-feira à tarde. Ok, vc quer ser gordo porqu gosta de comer. Mas não venha depois dizer que é gordo pela genética, porque não consegue emagrecer, coitadinho.

Melissa White Girl disse...

Isabella

Todo esse seu sofisma cai por terra por uma unica coisa:

Não tem como gordura ser algo saudável, não dá para falar de ter vida saudável sendo uma bola de sebo.

Ponto.(vou tomar emprestado a tática do Serge..rsrsrs)

Dri Caldeira disse...

Beatriz- pior do que ser um obeso mórbido no corpo é ser um obeso mórbido no caráter, como esse Serge Ranheta e o troll da Melissa Mascu. A morbidez da gordura se trata, mas essa, a do caráter não tem cura.

lola aronovich disse...

Sobre preconceito de médic@s e enfermeir@s em relação a gord@s, tem um ótimo blog em inglês justamente sobre isso, o First, Do No Harm. O blog é especialmente recomendado pra quem gosta de comparar preconceitos e diz que ninguém é morto por ser gordo. Se vc procura um hospital para ser tratado de alguma doença que não tem nada a ver com obesidade, e o médico mal olha pra vc e te manda emagrecer, e vc morre por não conseguir diagnóstico ou tratamento pra sua doença, bom, isso é só o que pessoas como Moema, Melissa e Serge pregam, só que levado às últimas consequências. Gordofobia mata, sim.

Eu disse...

Enfim, a obesidade não é um mal moral, assim como não o são a depressão e outros transtornos do humor.
Os gordos têm mais células adiposas do que os magros, e seu metabolismo, mais lento, favorece o acúmulo de lipídios por esse tipo de células.*(Alex)

Principalmente se eles comerem uma torta dessas que a Lola postou por semana, né, amore?

Quando é ultrapassado o limite de armazenamento de uma célula adiposa é criada uma NOVA célula no tecido adiposo. O tecido adiposo acompanha o desenvolvimento do ser humano durante toda a vida.

O que será que acontece com as células adiposas da Angelina Jolie, hein?



grifo e maíúsculas meus.

Dri Caldeira disse...

Moema, sua imbecil, a Angelina é diabética, sua estúpida!! A magreza dela excessiva vem de uma doença!!

isabella ☆ disse...

BOLA DE SEBO. risos.

desisto gente, e vocês?
tava tentando manter o nível da conversa... mas não dá né... bola de sebo... HAHAHAHAHAHAH

Raphael disse...

O problema não é o sujeito ter um IMC de 27~28. O problema é ter um IMC de 35~40 e achar lindo, saudável e incentivar.

Belezas de Kianda disse...

Eu sou gorda e estou grávida. Como expicar q estou apenas com 3 meses e não com 6?

Ginger disse...

Aff

Ja zerei esse bingo varias vezes! Lola vc ta me devendo uma padoca! kkk XD

Sério que tem gente q ainda acha que ser "gord@" é preguiça!?!? ou mál carater !?!!?!

com esse tipo de gente nao tem argumento não! tem mais é que mandar pra aquele lugar mesmo!

38? nem manequim veste 38 ¬¬

Prefiro vestir 42,44 e ser feliz!

\o/ antes uma gordita feliz do que uma magricela reprimida!

Ana Gabardo disse...

Faltou o "Que tal emagrecer uns quilos ein?" também com variantes de "que tal parar de comer um pouco?".

Beatriz disse...

Pois é Dri. Eu já li besteiras bem grandes aqui, mas dessa vez acho q bateu todos os recordes. Simplificação atrás de simplificação.

Eu disse...

e vc morre por não conseguir diagnóstico ou tratamento pra sua doença, bom, isso é só o que pessoas como Moema, Melissa e Serge pregam, só que levado às últimas consequências. Gordofobia mata, sim.(Lola)

Me tira desse bolo, Lola, Não ponho minha mão no fogo pela classe médica não. Mas a obesidade dificulta tudo, minha cara, fique vc sabendo. Não é minha culpa. Bem que eu queria tirar muitas dessa praga. Se vc estiver com sintomas de infarte (procure se informar muito bem) vá direto a um incor da vida. Na emergência de um hospital qq eles vão dizer que vc só está cansada de carregar tanto peso.

Estou falando sério agora.

Eu disse...

O dr. Oz fez um programa só com os sintomas de infarte em mulheres.

Adriana disse...

Isabella, você foi muito guerreira em tentar manter o nível da conversa!

Você tem toda razão, bola de sebo é demais pra qualquer qualquer mortal (principalmente pros racionais)...

Eu disse...

Dri, vc está jejuando? Ou levou o pé?

isabella ☆ disse...

existe algum tipo de providência que possa ser tomada em relação a esses médicos que antes mesmo de fazer algum exame dizem que o diagnóstico é excesso de peso e a cura é dieta??

eu sei que existem casos em que isso é verdade, mas eu acho que TODOS tem direito a um bom atendimento, independente das condições físicas.

o caso da minha mãe, como exemplo, era uma reação raríssima e que ela só descobriu devido a insistência em pedir diversos exames pros médicos.

Dri Caldeira disse...

Pelamor, Moema, basear seus conhecimentos médicos no Dr. Oz, é como basear sua noção de justiça e cidadania assistindo o programa do Datena. Vc agora mostrou sua verdadeira face, a da dondoca aborrecida que se distrai falando dejetos fecais pra quem falar sobre coisa séria.

G. disse...

Acho que nunca li tanto absurdo nos comentários daqui! Os trolls hoje estão afiados...
Só me pergunto o que vocês ganham sendo tão ignorantes. Imagino que trolls tenham uma tabelinha pra marcar os pontos que eles ganham cada vez que arranjam discussões na internet.
E a vida deles deve depender desses pontos que eles vão acumulando, porque pra passar tanto tempo na frente do computador sendo ignorante, é a única justificativa plausível!

Hoje a Melissa deve ter feito uns 50 pontos, parabéns! Bota uma estrelinha no canto da tabela, pra guardar esse dia com carinho. Você ganha um biscoitinho pra cada 5 estrelas!

Carol disse...

Mas é isso que essa gente quer Isabella, esvaziar a discussão sobre preconceito.
Defendo que a gente os ignore solenemente como os trolls que são.

Moema, seus conhecimentos de biologia celular se mostram mais patéticos a cada post. Células adiposas, assim como neurônios e ovócitos já vêm numa quantidade pré determinada. Dentro do que pesquisadores acompanharam até então essas células se desenvolvem, mas não se reproduzem.

E caso vc não saiba, a classe médica inclui além de clínicos e cirurgiões, os pesquisadores. Sabe, aqueles caras que utilizam o método científico pra chegar numa conclusão confiável. Mas claro que seu (e dos outros)achismo é muito mais eficiente do que vários estudos científicos publicados né.

Adriana disse...

Poxa, bato sempre na tecla do padrão estético, nunca tinha pensado que gordofobia também mata (e pelos exemplos dos comentários, tá bem claro).

Adriana disse...

Como é bom parar pra pensar... Na minha própria família tivemos um caso, uma Sra. que era alérgica a carne, claro que só descobriu quando tava quase pra morrer (depois de muitos tratamentos pra emagrecer).

Eu disse...

O problema,prafalardemuseu, é que as francesas usam salto alto. Elas andam bastante sim. É o truque prá não engordar. Mas me mostra uma foto de uma mulher francesa de 50 e poucos anos magra e usando muletas, por favor. Eu já vi muitas gordas de muleta por aqui. Magra não vi não.



"e adivinhem qual é o mal de quase todo mundo ao menos em Paris (não sei da França toda)O JOELHO! isso mesmo, os magricelas e os gordinhos tem problemas de joelho porque o metrô é longe."(prafalardemuseu

Ser magro, não garante articulações intactas, nem aqui, nem na França nem em lugar algum.

isabella ☆ disse...

Adriana eu tava vendo a hora que ia surgir um 'boba, feia, cara de mamão' ou 'to de mal' pq olha... até os ''bulliers'' da escola tinham mais criatividade sabe?!

mas enfim, deixa eu parar de rir com você antes que me acusem de iniciar outra picuinha e etc. vai que escavam alguma outra obscuridade do meu passado? RISOS

Anônimo disse...

Eu fui anoréxica por vários anos e quase morri. Meu quadro começou quando eu tinha 12 anos e pesava pouco mais de 40 quilos. Hoje, quinze anos depois, estou recuperada e no meu peso normal, mas anorexia é igual a alcoolismo: a pessoa pode ter uma recaída pelo resto da vida. É muito ruim ter que conviver com esse fantasma. Por isso, digo: ser gordo pode matar? Ser magro também.

Os gordofóbicos tem que parar de misturar "falta de saúde" com "gordura". Se a pessoa tiver sobrepeso, mas suas taxas estiverem controladas, qual o problema dela se aceitar e não querer se enquadrar num padrão? Por outro lado, a pessoa pode estar "dentro do IMC" (que é um conceito ultrapassado, aliás) e ter uma saúde horrível.

Prafalardemuseu disse...

Minha irmã foi diagnosticada com um problema de fígado (por causa da aparência) e foi tratada com o maior descaso, resultado, fomos até o hospital onde meu pai trabalha 'a viramos do avesso' através de exames e descobrimos que ela tem vários cistos no intestino.
A coisa estava realmente feia e o médico sequer pediu outros exames!!! Então fomos com nosso médico até o consultório do negligente reclamar e alertar sobre um processo. Espero que ele mude a conduta.
Escolhemos dar esse susto nele,na frente de dois colegas de profissão como uma oportunidade de mudança, talvez seja mais sensibilizador ser constrangido assim que um processo, que ninguém vai saber.

Eu disse...

Os homens levam muita vantagem com relação a joelhos. Alguns os estouram
por conta de esportes de alta performance. Não usam sapatos desconfortáveis (minha filha (pé 40) agora só compra tenis masculino, é uma maravilha). Não usam salto alto machucando o pé, que nem nós, idiotoas (bom ex-idiota aqui, só uso usaflex, rs).

Prafalardemuseu disse...

PS: ela já tomou as medidas cabíveis e está bem agora.

Carol NLG disse...

Concordo com quem disse (desculpem, esqueci quem!) que é necessário diferenciar o sobrepeso da obesidade mórbida.

A questão é que o preconceito não diferencia. Eu visto 42~44, dependendo da loja. E sim, a primeira coisa que as pessoas vêem é excesso de peso.

Ah, logo antes de vir morar aqui na África, durante meus muitos exames de check-up, a primeira coisa que os médicos "desconhecidos" sempre disseram foi: vamos emagrecer uns quilinhos, né?

Quando vinha o resultado dos exames, é sempre a mesma cara de "ops, tá tudo certo". E sempre o mesmo, agora tá tudo bem porque você é novinha. Espera chegar aos 40!

Ah, um comentário interessante que meu marido me lembrou: sabiam que aqui na Mauritânia existem "fazendas" de engorda pras mulheres? Mulheres magras não são consideradas bonitas ou casadoiras. Sim, aqui meu manequim 44 é considerado magrinha demais pra casar. Já vieram me dar dicas de como engordar, pra poder ter filhos saudáveis e ficar mais bonita :P

isabella ☆ disse...

Adriana, gordofobia mata não só pelas negligências médicas que acham que tudo é culpa da gordura.

mata também a cada vez que uma adolescente é incentivada a fazer dietas das mais malucas pra se encaixar. todo mundo acha lindo, enquanto na verdade ela tá se matando lentamente.


eu entendo a galera que insiste na tecla de que obesidade é doença e que o excesso de peso pode causar outras doenças também... mas não se pode deixar cegar por isso.
existe um meio termo entre a obesidade e a anorexia e acho que esse deveria ser o ideal defendido. e não somente o 'emagreça, emagreça, emagreça'.

Beatriz disse...

IMPOSSÍVEL Carol NLG! TODO MUNDO SABE que TODOS OS HOMENS só gostam de mulheres magras porque é o NATURAL.

riiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiisos

Bruno S disse...

Por que será que nenhum dos que bagunçam os debates tem perfil disponível no blogger?

Na dúvida é melhor não alimentar.

Prafalardemuseu disse...

Eu tenho 1,58m mas não uso salto! Quem disse que a filha não usa salto, está de parabéns rsrsrs só uso em ocasiões especiais, tenho muita dó da minha coluna! rs Sou a relaxada de sola baixa rrsrrsrs
Fiz ballet um tempão e aprendi a valorizar minha coluna mesmo sendo magra! Ser magro não é sinônimo de 'esqueleto de titânio.'

EU:
Aqui também, as magras usam muito salto, mas la´o que surpreende é que: nãão! rsrs eu também tinha essa visão de francesas de salto, mas nas ruas o que mais se vê são sapatilhas, claro que usam? usam, mas se você der uma olhadona no metrô nos horários de pico, diferente das revistas de moda, vai ver muuuitas sapatilhas (lindas diga-se de passagem)
Tanto que os homens também tem problemaços de joelho, o que quero dizer aqui é o que disse lá em cima, entende? As que usam salto tadinhas, devem ter também problemas sérios de coluna/ tornozelo, ombros! É um verdadeiro exercício de malabarismo para o corpo alguns saltos.

isabella ☆ disse...

FUI CLONADA HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHA

SÉRIO ISSO GENTE????????????
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Eu disse...

Ô catedrática de araque Carol, as células adiposas são sabe o quê? gotas de gordura, viu? Então, se come e não gasta, o corpo vai estocando gordura, não importa se em novas células ou não.


"In people who are obese, adipose cells are different than in those who are not. The amount of adipose tissue in the body increases beyond normal, typically in most or all of the adipose depots. Metabolism within the cells also changes, causing them to store more fat than usual. The adipose tissue displays overall, ."

http://www.wisegeek.com/what-is-metabolism.htm

Beatriz disse...

Isabella, vc foi clonada, só que o clone está mandando tão bem que eu achei q era vc sendo irônica e estava amando. Sério, no seu lugar nem ficaria brava, hahahah

Eu disse...

Metabolism within the cells also changes, causing them to store more fat than usual. The adipose tissue displays overall, ongoing inflammation, which can contribute to insulin resistance in the body.

Dri Caldeira disse...

Aê Moema, parabéns, aprendeu a usar o Tradutor do Google. Que mais vc sabe fazer: café? subir escada e mastigar chiclete ao mesmo tempo? Boa, menina, boa menina...

isabella ☆ disse...

beatriz eu to achando ENGRAÇADO PRA CARALEO UAHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAUAUHAHUAUHAHUUHAHAUHAUHAUUHAHUAUHAHUUHA

me sentindo até mesmo lisonjeada, sei lá né... a pessoa se deu ao trabalho de criar uma conta com meu nome e foto... UAHUAAHUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUH

SOCORRO, tão usando minha foto, meu deus que meda! RISOS

me desculpem, não quero mudar o rumo da discussão agora que finalmente parece que o nível tinha dado uma elevada. não comentarei mais sobre...

carolinapaiva disse...

Um ponto a considerar: gordofóbicos só falam sobre metabolismo quando lhes convêm. Quando não, vai pro bingo gordofóbico deles. Coerência manda saudações da lua.

Beatriz disse...

Pronto, fui agraciada tb Isabella. Nem terei invejinha de vc mais, ganhei o dia <3

Adriana disse...

Isabella (tanto a real quanto o clone...)

Uma vez li na Veja sobre especialistas que, com base em muitas pesquisas, descobriram que absolutamente TODAS as pessoas que clonam perfis pela internet são frustradas com a vida.

Só quero destacar que não fui eu quem disse isso, foram os especialistas.

Dri Caldeira disse...

Xará, nem precisava de pesquisa pra saber disso, pq uma pessoa q se esconde atrás de um nick, ou copia o verdadeiro de outra pessoa é um miserável sentimental, só nos resta lamentar por esses seres abjetos.

Beatriz disse...

Hahahahahah, se um dia eu escrever tão mal assim me lobotomizo com um espeto de churrasco, hahahaha.

Dri Caldeira disse...

Buááááá, buááááááá...
snir, snif
ninguém me clona.

Carol NLG disse...

Beatriz,

pois é! Pra você ver que bizarro! E olha que é uma sociedade machista, as mulheres se cobrem, tem que obedecer os maridos... mas tem que ser gordinhas!

Esse país tá doido mesmo :P

Eu disse...

Hmm prafalardemuseu, eu tb uso muito esporadicamente e salto não muito alto. Meu pé é 34,5 (BR), não cumprido o suficiente prá usar salto 15,por exemplo. Mas sem salto total tb não. Usei muuuito tênis, do namoro às duas gestações. Depois minhas pernas pararam de doer (tomei muita diosmina) e hoje uso sapato fechado, com pouco salto, quando encontro.

CTA disse...

A perseguição aos gordos lembra a perseguiçaõ aos leprosos do século passado .
Sou mais radical, acredito em leis para acabar com essa perseguição.
Acho importante discussões sobre ofensas na escola e coisas assim, eu mesma fui ralada até a faculdade,ninguém prestava atenção em mim pelos meus óculos ou porque era nerd,mas era perseguida por ser gorda.
Ninguém tem o direito de dizer nada a uma pessoa nem gorda nem magra e a regra é que todos devem cuidar da sua saúde, sendo gordos ou magros.
Infelizmente eu entrei para o hall dos gordos com problemas, quando resolvi me aceitar, meu peso estourou e comecei a ter problemas sérios de saúde, só então percebi o perigo de largar o peso, porque a estrutura humana não é desenhada para ter 40,50 kilos acima do peso normal.
Conheço gordos saúdaveis e magros doentes,mas o meu caso não foi saudavel e meu corpo não aguentou tanta pressão, nem meus joelhos.Emagrecendo tudo vai sumindo,no meu caso foi o melhor que fiz.
Mas independente de emagrecer ou não, ninguém tem o direito de se meter, a vida inteira fui perseguida por familia, amigos, namorados pelo meu peso e não acredito em perdão,agredir um gordo verbalmente devia ser considerado crime sem direito a fiança !

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 348   Recentes› Mais recentes»