terça-feira, 10 de agosto de 2010

JN TENTA ARRASAR A DILMA. DILMA ARRASA

Dilma esteve excelente no Jornal Nacional. Eu não vi o programa ontem, ao vivo, primeiro porque não assisto TV (vou fazer um esforço pra ver ao menos o começo do horário eleitoral gratuito, no final de agosto), e depois porque estava no cinema vendo A Origem (falo dele amanhã, se tiver tempo de escrever a crítica. Tempo tá difícil, viu?). Portanto, só vi a entrevista de 13 minutos através deste vídeo postado no YouTube. Da Globo a gente sabe o que esperar. Só perguntas negativas pra Dilma (estou curiosa pra ver as perguntas que serão feitas ao Serra) — sobre as alianças políticas, sobre sua inexperiência (que é inexperiência eleitoral, ora bolas, não administrativa), sobre sua dureza (pecado capital vindo de uma mulher!), sobre como o crescimento do PIB brasileiro tem sido menor que o de outros países (ué, não foi a Globo outro dia que pediu um crescimento menor?!). Dilma esteve tranquila, totalmente diferente da sua atuação nos primeiros dois blocos do debate da Band. Aliás, quer uma prova de como Dilma saiu-se bem nesta entrevista com o casal 20 do JN? Os reaças tiveram que se contentar com um único deslize da Dilma, um lapso, ao dizer que a Baixada Santista era no Rio (em seguida, ela falou da Baixada Fluminense, “aqui, no Rio”, mas parece que político não é humano, logo, não pode errar). Outra é que quem pareceu nervoso, grosso e mal-educado na entrevista foi William Bonner, não Dilma, que permaneceu serena o tempo todo, sorridente, bastante humilde, inclusive. Até tio Rei teve que admitir que ela foi bem! Espero que Dilma consiga se manter assim num debate (que foi bem menos agressivo que as perguntas do JN). Ela não tem o que temer.

P.S.: Sobre a declaração da Maitê Proença, que disse gostar de Marina e Serra e de torcer para que a discriminação contra as mulheres "venha a calhar nesse momento de eleiç
ões, atiçando os machos selvagens e nos salvando da Dilma", nem sei se precisa de comentários. Maitê é aquela que faz pouco tempo causou furor por uma reportagem absurdamente preconceituosa que fez contra Portugal. E que recebe a mixaria de 13 mil reais mensais do governo de SP, como pensão pelos seus pais, já mortos. Apesar de ser rica, ela não se casa oficialmente para poder seguir recebendo esse benefício. Não tenho nada contra ela como atriz, mas, como escritora e filósofa, ela é uma piada.

69 comentários:

marmota bobak disse...

O Bonner foi incrivelmente grosseiro, fiquei com vergonha por ele. Só não entendo uma coisa. Já não está provado que atacar o candidato nem sempre é benéfico? Talvez beneficiá-lo ao ser grosseiro seja até a regra. Não está o segredo do Lulinha paz e amor?
Então por que raios deixam o Bonner querer atacar a jugular da Dilma? Para que ela se beneficie? Eu, hein. Parece psicologia reversa de butiquim.

Laurinha (Mulher modernex) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laurinha (Mulher modernex) disse...

Também achei que a Dilma se saiu bem. Fiquei foi impressionada que em uma entrevista curta, de apenas 12 minutos, Fátima Bernardes tenha conseguido insistir 3 vezes na mesma pergunta, sobre a candidata ser "dura", firme, como se isso fosse defeito pra uma possível governante e como se fosse uma pergunta muito relevante... Será que ela vai perguntar 3 vezes pro Serra sobre a sua fama de antipático, já que as perguntas estão nesse nível? rsrs...
A Dilma foi esperta na entrevista. Evocar a figura de mãe e de dona de casa foi bom, dando o exemplo que elas também precisam ser firmes, sob medida pra que esse povo que só consegue enxergar mulher nesses dois papéis, poder entender melhor o temperamento dela...
Quem não sabe a diferença entre ser firme e ser grosseiro, parece ser mesmo o Bonner, que demonstrou que está muito acostumado a falar, mas não a ouvir. Ficava interrompendo nas horas erradas e no final levou até um gesto de advertência da Fátima Bernardes, que nessa hora teve que ser firme pra fazer isso... Não deixa de ser uma ironia...

Teresa Silva disse...

Que tipo de "machos selvagens" a Maitê Proença quer que ataquem a Dilma? Como o seu pai, que matou a sua mãe por ciúmes? Logo ela, que sofreu um trauma tão grande na vida, foi dizer uma merda dessas.

aiaiai disse...

repito aqui, comentários que fiz no NPTO e no tuiter:

perguntas para o serra no JN (seguindo o estilo de ontem):
1. o sr prometeu ao povo paulista q, se eleito prefeito, ia terminar o mandato. Não o fez. Como acreditar em suas promessas agora?
2. o sr. poderia explicar melhor o q aconteceu com a sabesp para ela ter causado inundação na capital e algumas cidades no entorno?
3. SP foi o estado que menos cresceu nos últimos anos...não seria por erros do PSDB?
4. Seu estilo de governar SP foi no porrete. Pretende fazer o mesmo no Brasil?
5. ñ é incomodo estar aliado a maluf, bornhausen, acm neto e bob Jefferson?
6. se o senhor nem entende mineiro falando...como pretende governar o brasil?
7. num governo serra, podemos esperar pedágios até pra atravessar a rua?

Aline disse...

Concordo que o Bonner foi grosseiro e agressivo, acho que não tem necessidade disso tudo, mas acho que a Dilma foi escorregadia em algumas perguntas o que pode ter levado ele a apertar mais nas perguntas, mas não o livra da agressividade desnecessária.

Não sou Serra, não sou Dilma, Marina nem Fulano de tal... e não sou ninguém porque não acredito mais nesse país e nem nos políticos deles, serei voto justificado, mesmo acreditando que mesmo com toda calhordagem que envolve este último governo, com toda safadeza e canalhice ainda acho que é a melhor opção porque ela será capaz de manter o trabalho que já foi começado. Não sou CEGAMENTE um ou outro político, sei reconhecer que financeiramente este país viu um progresso como nunca. Apesar de continuar um flagelo social.
Mas vou te dizer uma coisa, com todo respeito e ainda gostando de algumas coisas que você escreve, mas você e seus copartidários são irritantes, desculpe mas acho DOENTIO a maneira que vocês defendem CEGAMENTE o seu candidato, que não são tão cândidos/santos assim. Vocês são a ferro e fogo, o candidato é perfeito e qualquer um que vier contra ou levantar qualquer questão sobre deve ser queimado na fogueira (acho que eu entrei nessa lista depois desse comentário...).
Por favor, não sejam tão cegos, obcecados assim.
Gente,no quesito lavagem cerebral...Edir Macedo perde feio pra essa turma. Parafraseando Regina: tenho medo de vocês! NÃO GOSTO DELA E NEM DO CANDIDATO DELA...PRA MIM É OUTRO NAZISTA.

Anônimo disse...

Sua candidata foi um desastre no Jornal Nacional, conseguindo, de forma inacreditável, perder todas para o Homer Bonner, o néscio. A burrice da Dilma chega doer!

A Dilma foi uma sub-terrorista; é uma sub-candidata (foi o que o Lula conseguiu) e se vencer será uma sub-presidente, como o Lula. Pobre Brasil, de gente imbecil com poder de voto.

A Maitê só falou que os portugueses são burros. Quem já foi a Portugal sabe que isso é verdade. Sobre nos salvar da Dilma ela está coberta de razão, pois a Dilma, uma invenção Lulista, quiçá uma criminosa, tem que ser processada e, se condenada, presa; não co-mandar (assim mesmo, pois quem vai querer mandar de fato é o sapo usurpador) um dos maiores países do mundo.

PS. Lola, você alem de não ler, também não vê TV? Você está abaixo da média dos estultos cidadãos brasileiros, pois estes só lêem 2,5 livros por ano (eu duvido que seja tanto), mas pelo menos eles vêem o Jornal Nacional. Você nem isso: vai mal!

Oliveira.

Anônimo disse...

porque a Maite recebe uma pensão de pais? Curiosidade me mata

Isso existe?

Adriana disse...

Estultos?! Ah, Oliveira, como vc me faz rir!... kkkkkkkk

Ah, só mais uma coisinha: se você odeia tanto as pessoas do Brasil ( suas palavras "de gente imbecil com poder de voto"), por que você não vai embora do país?

Seria um imbecil com poder de voto a menos neste país!... kkkkkkk

Valney.gama disse...

Não perca o "foco", Lola.

Não teremos o Jornal Nacional na posição de maior destaque do país nos próximos quatro, até oito anos. Será a Dilma. (Se for pensar bem o JN já tem essa posição...)
As perguntas foram pra deixar a candidata acuada mesmo. E é nesse momento em que todos os animais mostram suas garras. (Somos animais também, não é?)

Descobriremos se a globo estará fazendo isso com todos ou é só com ela nos próximos dias. É essa atitude que espero que eles tenham. Quero ver quem é quem de verdade.

Anônimo disse...

Concordo, Adriana...

O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola,
O Oliveira ama a Lola...

E pensa que engana a gente com este tipinho pseudo-intelectual que contradiz todas as opiniões da Lola. É claro que isso é amor, gente! O cara é extremamente apaixonado pela Lola e não aceita que ela adore o maridão. Ciúmes, só pode. Como explicar tamanha insistência? Amor, bandido amor!

Vivien Morgato : disse...

Eu acho que o debate é sempre interessante, mas acho curioso como as pessoas que supostamente querem debater - já que apresentam um outro ponto de vista - acham que debater é chamar pra porrada. Gente groooooosssa...
Mas tudo tem seu lado bom, fica divertido porque, em geral, são histéricos, escrevem em caixa alta, essas merdas.

Não vi, mas vi gente ótima no facebook descendo a lenha no casal 20.

Maitê fez uma das suas? Cada vez mais acredito que traumas na infância realmente não são superados, o desejo em chamar a atenção é insano mesmo. Aquela batatada que ela fez em relação a Portugal já mostrava tudo.

beijos.

João disse...

Lola, tentando entender melhor as coisas, gostaria que você respondesse a estas perguntas:

a) Você acha que a Dilma tem coragem de dizer que era visceralmente contra o Plano Real?

b)Em algum momento ela terá coragem de dizer que "as maravilhas" do governo Lula são decorrência da estabilização econômica do país acontecidas ANTES de o Lula assumir?

c) Ela diz que o nosso país tem crescido como os países que mais crescem no mundo, e isso é totalmente inverídico; você acha que em algum momento ela vai dizer a informação verdadeira?

d) Você acha que ela tem coragem de dizer que Lula precisou dizer abertamente que manteria a política de FHC e que, portanto, podiam votar no PT em 2002?

e) Você acha que ela terá coragem de dizer ao povo brasileiro que o Brasil NÃO começou a existir em 2003?

f) Você acha que ela vai lamber ditadores como o Lula tem feito?

g) Será que ela compara preso político com bandido condenado (como o Lula faz)?

h) Como você analisa o vídeo em que o Lula e o Cabral achincalham um garoto que cobra deles promessas não cumpridas?

i) Qual sua opinião sobre a "coincidência" de a Dilma ter comícios em lugares onde o presidente tem "inaugurações"? (E para onde ele viaja com toda a pompa e circunstância da presidência, com gastos pagos por nós!)

j) O Presidente disse que vem a SC inaugurar UM TRECHO da BR 101, que ele prometeu terminar até 2008. O que você diz? (Não me diga que ele não pôde terminar porque o governo anterior atrapalhou, por favor!)

k) "Podem ficar absolutamente descansados. O presidente Lula, nos meus discursos, eu considero fundamental. Pode variar. Eu posso falar ‘o nosso governo’, que tive a honra de coordenar. Tem muitas formas de dizer”. Essa é uma das frases da Dilma (que você diz que arrasou). (Você só não disse em que sentido ela arrasou...)

Bem, é inesgotável a lista... Se você responder a essas perguntas sem tergiversar e disser a verdade, terei mais subsídios para pensar em quem votar...

Anônimo disse...

kkkkkkkkk
Inflamados e fanáticos mas com bom humor. São 2 entre vários outros motivos porque eu gosto daqui.
kkkkkkkkkkkkk

Aline

Anônimo disse...

Adriana, singela Adriana; somos todos imbecis com poder de voto.

Em Roma, numa rebelião de generais, Julio Cezar os chamou de cidadãos, estes ao ouvirem ser chamados de cidadãos, em vez de soldados, começaram a chorar e implorar perdão pois ser rebaixados de soldados a cidadãos significava ser apenas um fornecedor de votos nos tempos de eleição. Ou seja, um imbecil de importância efêmera.
Desde aquela época, a 2064 anos atrás, somos todos imbecis com poder de voto.

Lamento de desiludir.

Oliveira.

Fernando Teixeira de Oliveira disse...

Sinceramente, concordo com o comentário da Aline. Eu preferia a Lola sarcástica e corrosia nos tempos do Lost Art. E garanto: ela me fez muito mais feminista e esquerdista com as críticas dela do que com essa defesa verborrágica do Lula e do PT.

E, sim, eu voto na Dilma, mas por considerá-la a melhor candidata, por não apoiar o Serra e nem a Marina. Eu também acho a "direita que não é direita" patética e perigosamente fascista. Sujeitos como o Oliveira, que se escondem atrás da um belo palavreado (Le mot juste?), e se consideram o mais belo exemplar de inteligência do país me enojam. Mas me enoja o proselitismo pobre, inócuo de uma esquerda estridente e infantilizada.

A Veja ataca o Lula e defende o Serra? Sim, claro. Por quê, então, vocês não tem o mesmo direito, o de enaltecer um candidato? Mas é claro que tem. Só gostaria de, assim sendo, ver melhores argumentos, mais ironia, menos seriedade. Parece que vocês âcreditam ser a nata dos bons sentimentos, as melhores pessoas do mundo, os estandartes do liberalismo.

Aprovo muito o governo Lula, o considero o melhor presidente brasileiro até a presente data, acho heróico o fato dele ter saído da pobreza e do semi-analfabetismo para um brilhante carreira política. Mas não admiro essa adoração, essa exaltação, como se ele fosse uma figura mítica. Não é. Ele é humano, tridimensional, como todos nós. A Lola, há alguns bons meses atrás, parecia saber disso.

Encerrando: acho o blog extremamente relevante, exceto quando surgem as baboseiras pseudo-comunistas. Aliás, eu respeitaria mais uma posição comunista do que esses comentários rasteiros de gente de classe-média que se acha legal por desprezar outras pessoas de classe-média. Querem ser úteis? Façam um manifesto, ao invés de perderem seu tempo com blogs.

postscriptum: Desculpem-me caso eu tenha sido ofensivo.

Fernando Teixeira de Oliveira disse...

Houve alguns erros de digitação. nada que atrapalhe a compreensão, espero.

hannah disse...

Concordo que o Bonner foi realmente muuito grosseiro, e mesmo não gostando da Dilma, tenho que admitir que ela estava bem.
Mas realmente espero que Serra e Marina nos salvem de Dilma, rs.

Caso me esqueçam disse...

maite ataca novamente!

o que sera que as mulheres violentadas, vitimas do machismo atual pensam dessa frase da maite?

Karine disse...

Concordo com a Aline e acho que Lola, ou qualquer pessoa que finge não ver, que racionaliza os erros e crimes de um político perde a credibilidade.
Acho que o Bonner não foi grosseiro, mas duro e assim deve ser com todos os outros candidatos. É isso que espero dele, seja bem duro, não deixe deslizar nenhum candidato, insista com a pergunta, e sim, foque no "negativo." Eles não estã lá pra falar sobre coisas boas, mas sim sobre os problemas que precisam de atenção, e sim, problemas são coisas negativas. O que se há de fazer?

Rosária disse...

Até que enfim alguém lúcido veio até aqui. Gosto de alguns posts desse blog, gosto bastante até, mas não aguento mais essa defesa ferrenha e cega de "petralhas". Gente, o Lula não é santo nem um pouco. Já fez muita merda tanto em sua vida pessoal quanto política. Parem de endeusar o cara.

Agora não concordo com a Maitê mas, ela tem todo o direito de se posicionar como ela quiser.
De não gostar de um candidato e de falar o que ela quiser. Eu fico imaginando se ela não tivesse falado a mesma coisa só que com relação ao Serra... vcs estariam aqui adorando, dizendo que a Maitê é maravilhosa e que sua fala foi ótima.

Ah parem de hipocrisia, por favor! Liberdade de expressão não parece ser mesmo o forte dos petistas.

Agora... ficou faltando tantas perguntas... sobre as Farc, os impostos abusivos (os maiores do mundo!), reforma agrária, previdencia, meio ambiente, etc. Tanta coisa pra Dilma gaguejar ainda mais e se embananar.

Mas não adianta, Dilma ou Lula podem cometer homicídio que mesmo assim, todos os fanáticos dariam sua vida por eles.

E isso realmente DÁ MEDO!

Mariana. disse...

Não boto fé que a Maitê Proença falou uma merda dessas?!

Não quer votar na Dilma, não vote. Mas pombas, torcer pelo machismo é demais! Vai ver ela acha que a dilma é pior que isso. Talvez pq nunca sofreu na pele.

E que pensão é essa? 13 mil? gorda né?

João disse...

A quem interessar possa:

Maitê Proença ganha na justiça direito a pensão. A Justiça determinou que a atriz volte a receber duas pensões do governo de São Paulo. O benefício de 13 mil reais é herança dos pais da atriz, que foram funcionários públicos.

João disse...

Estou feliz que mais pessoas não cegas politicamente estão aparecendo aqui. Que alívio! Não que ser petista/esquerdista seja ser cego; não! Ser cego é não enxergar nenhum erro onde há um montão deles... E temos a grande ajuda das informações em muitos lugares sobre como o governo atual não foi a maravilha que a esquerda pinta. Qualquer um que queira se informar pode ler...

Fernando Teixeira de Oliveira disse...

Também discordo da Maitê Proença. Me admira que idiotas do calibre dela possam publicar livros.

João disse...

Marina acaba de ser entrevistada no Jornal Nacional. Bonner e Fátima foram tão incisivos quanto ontem, então não precisa mais chorar porque a Dilma foi "espremida". Os entrevistadores fizeram o que têm que fazer: espremer o candidato. Temos que ver como se comportam sob pressão!

Samira disse...

tb ví o vídeo na internet, depois de todo mundo que eu sigo no twitter estar falando que a Dilma foi bem e o bonner foi mal. Tv já tenha visto com este viés, mas achei que ela se saiu bem, como candidata, que está alí pra dar as respostas certas e escapar pela tangente das perguntas erradas, que é o que qq candidato faz em campanha, não é mesmo?? nos comentários surgiram um série de perguntas que constrangeria Dilma e outra série de perguntas que constrangeria Serra, e a gente poderia continuar e escrever um livro pra cada um com estas perguntas. Nenhum governo vai ser perfeito e pra mim campanha eleitoral é marketing puro, destacando as coisas boas e escondendo as ruins, expondo planos que obviamente só vão se concretizar se houver alianças e apoio do congresso ( alguém lembra do que o Serra falou no debate sobre o ICMS?? E eu pensando: comofas?), mas escondendo este "pequeno" detalhe, moldando o candidato para torná-lo mais atraente aos olhos do público...mesmo assim a gente acompanha, fazer o q?
Soube que ela deu outra entrevista pro jornal das 10, do globo news, onde disseram que o nível das perguntas foi melhor... Alguém sabe como faço pra assistir este vídeo?

Anônimo disse...

Caros João e Rosária:

A obrigação da imprensa é meter o ferro na Dilma, no Serra, na Marina, na Heloisa, etc. para expor as suas almas pretas, ou não, e pronto. O Lula quando era oposição, e fingia que era da esquerda, só sabia atacar e falar mal de todo mundo da situação e fazer isso; agora essa Lola acha que ele é santo e ele, e a corja dele, só deve se apoiada.

Lola, acorda!

Oliveira.

=Maíra= disse...

Samira, o vídeo do jornal das dez você encontra neste link aqui: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1315769-7823-DILMA+ROUSSEFF+E+ENTREVISTADA+NO+JORNAL+DAS+DEZ,00.html

Bom, eu não acho que a entrevista da Marina foi tão dura quanto a da Dilma. A julgar pela comparação do tanto que o Bonner perguntou no debate e que Fátima perguntou no segundo (embora Bonner tenha insistido em interromper sempre). Talvez Bonner tenha levado uma ferrada por ter deixado o seu ódio tão claro (deu pra ver que a Fátima Bernardes interviu meio que "de emergência" no fim). Tinha uma remota esperançazinha de vê-lo apertar Marina o quanto apertou Dilma, mas é imposível imaginar coerência na Globo, infelizmente.

lola aronovich disse...

Gente, não tenho tempo de responder às perguntas ou atender às reclamações. Eu só acho esquisito que quem defenda o governo seja taxado de “fanático cego” ou algo do gênero. Eu não digo que vcs que são contra o governo são “fanáticos cegos”, digo? Mesmo que eu ache que vcs, como eu, não estão nem pensando em mudar de lado. Porque, no momento, há dois lados majoritários, e a gente sabe quem são. E eu considero desonestidade, João, vc dizer que se eu responder as suas perguntas dizendo a verdade (qual verdade? A sua? A minha? Vc realmente acredita em verdade absoluta, né?) vc terá “mais subsídios para pensar em quem votar”. Pra cima de moi que o seu voto não tá decidido? E aí, quem é desonesto? Eu, que assumo minhas preferências políticas, ou vc, que finge não tê-las?

Rosaria, alguém que já chega aqui me chamando de petralha, mesmo que entre aspas, não merece nem resposta. Mas eu fico impressionada com o que vc acha que são perguntas importantes. Sobre as Farc! E outros falaram pra perguntar sobre o Irã! É, gente, esses temas realmente são fundamentais pra governar o Brasil...

lola aronovich disse...

“Essa Lola” é a dona deste blog, Oliveira! Aliás, o que vc está fazendo aqui? Vc não tinha prometido que ia embora do blog pra nunca mais voltar? Olha que várias leitoras já estão sacando qual é a sua... (eu, hein?! Tudo que preciso na minha vida é um stalker). Xô, troll. Xô! Já vai tarde. Vê se eu quero por aqui alguém que escreve “alma preta” e que acha que o fato de um homossexual ser morto a cada dois dias no Brasil seja por culpa da vítima, que tem um estilo de vida arriscado! E esse é um carinha que vota no Serra. Insisto: todos os três trolls que tive até agora foram idênticos. Todos autores de pérolas preconceituosas e com ódio mortal da esquerda. E não são a mesma pessoa. Aí é que está: não são incomuns. Tem muita gente igualzinha – preconceituosa e de direita. Só não aqui no meu blog. E não os quero no meu blog.


Sobre a Marina, acho que o Bonner foi grosso de novo, interrompendo a candidata. E tb acho que ela se saiu bem, apesar de repetir exatamente o que disse no final do debate da Band. Assim, palavra por palavra. Mas a dúvida não é o tipo de pergunta que fariam pra Marina (mesmo assim, nem perto da agressividade que mostraram contra a Dilma. E tb, aproveitaram uma pergunta pra Marina pra atacar o PT, né? Pra unir o útil ao agradável...), mas o tipo que será feita amanhã, pro Serra, que é o candidato deles. Ou vcs não acham que a Globo tem candidato? Nem a Veja? Nem a Folha? Nem o Estadão? Vcs acreditam que eles são neutros e imparciais? Ah, são, sim. Tanto quanto eu. A diferença é que eu assumo.

André Celiro disse...

meu deus alguém viu essa entrevista que a dilma deu no jornal das dez que a Maira disponibilizou o link?

O que que a Dilma falou do Código florestal????????? afff.... Ela disse que não falará sobre esse crime que está prestes a acontecer que é essa nova lei do código florestal permitindo o desmate de quase 70% das áreas de mata, pq esse assunto mexe com paixões??? É isso mesmo que eu ouvi??
Ou seja, ela não disse nem que iria aprovar e nem que não e nem quer falar sobre isso antes das eleições pq mexe com paixões???

É claro que ela não quer tocar nesse assunto até pq ela sabe que é a sua pedra no sapato. Assim como as Farc, o meio ambiente é a pedra no sapato do governo Lula e Dilma (ainda mais com seu PAC impactante!).

Mas também o que falar de uma pessoa que foi em Copenhague, em uma reunião internacional sobre mudanças climáticas, dizer que o meio ambiente é uma ameaça ao futuro e ao planeta?

Pronto, com essa mulher no poder, daí sim podemos dar adeus a nossa biodiversidade, às nossas florestas e animais. Parabéns Petralhas, vcs conseguirão acabar de vez com o futuro de nosso país!

Amanda disse...

Realmente no Jornal das 10 a Dilma foi péssima. Voltou a ficar nervosa, gaguejou demais e se enrolou toda nas perguntas. E dessa vez foram perguntas brandas, educadas, amenas. Se ela não conseguir mostrar segurança e inteligência (até agora ela não mostrou nenhuma das coisas), será difícil dela ganhar. As pesquisas foram feitas sem o povo conhecer essa Dilma que não consegue clareza em suas falas. Por mais que o Lula seja sem padrinho e peça votos a ela, será difícil.
O pior dessa entrevista com certeza foi, como disseram, ela dizer que não tocará no assunto do código florestal de Aldo Rabelo, por conta das paixões que se movem de ambos os lados. Desse jeito podemos imaginar que seu posicionamento seja a favor dos desmatadores. Enfim... meu voto ela não leva. Desse jeito não mesmo!

Shoujofan disse...

Não vi a entrevista, mas vim pontuar que a Maitê Proença só cai no meu conceito... Depois da grosseria com os portugueses, isso! Mas nada me choca.

Mas alguém falou que ela ficou traumatizada com o pai matando a mãe. Dúvido! Ela foi tesemunha a favor do pai e até já falou sobre isso...

Tanize Monnerat disse...

Adoro muita coisa nesse blog, e o leio diariamente. Mas concordo que pontos negativos não podem simplismente ser ignorados e, portanto, devem ser expostos por pessoas inteligentes e que não tem uma agenda a cumprir.
Lola, há algum tempo você falou da decepção com as alianças e como a Dilma estava travada no debate da Band. Dessa vez...
É óbvio que O Bonner foi grosseiro. Mas foi também incisivo, o que eu espero que ele seja com o Serra amanhã. Mas também foi claro que a Dilma foi muito bem, ressaltando os pontos positivos, lançando novos alvos e escorregando nas perguntas para as quais ela não tinha boas respostas.

O que ela disse sobre o código florestal (na outra entrevista) deixou claro o compromisso dela com uma vitória, talvez a qualquer preço. Eu, como votante do PT, fiquei assustada!

Flovi disse...

Obrigada, Lola, por postar a entrevista. Acabei de assistir, como moro fora e não tenho muito tempo de ficar procurando, talvez eu tivesse perdido a oportunidade! E não achei que a Dilma esteve ruim, muito pelo contrário, gostei muito da postura dela! E aliás, não entendo porquê as pessoas 'anti-dilmas' reclamam tanto da dicção dela. Parece que não se lembram do tanto que o presidente-sociólogo gaguejava e enrolava para dar as respostas, né? Enfim, achei que a Dilma se saiu bem.

Aline disse...

“Eu não digo que vcs que são contra o governo são “fanáticos cegos”, digo? Mesmo que eu ache que vcs, como eu, não estão nem pensando em mudar de lado. “
Gosto de debater seu ponto de vista porque é parecido com o de muita gente. Desculpe Lola, gosto de você, mas você é fanática sim, assumiu quando diz que não está nem pensando mudar de lado. Provavelmente nem quer escutar o que os outros tem a dizer, e por pior que cada candidato seja, cada um deles tem pelo menos 1 boa idéia, acredito que entre dezenas sempre tem pelo menos 1 assessor com boas tendências e boas idéias. Eu não sou fanática e CEGA (desculpe a repetição, quero enfatizar), porque se estivesse cega e surda, nem leria este post porque já conheço a sua posição política.
No entanto, já que você diz não ser fanática eu te proponho um desafio: Que tal enumerar 2 defeitos/fraquezas/problemas da sua candidata? Já que você não é fanática e não a considera perfeita, vai ter alguns pontos para discursar, neste caso, como todos os outros candidatos, você vai encontrar fartura de informações para argumentar.

“Todos autores de pérolas preconceituosas e com ódio mortal da esquerda.”
Não se trata de ódio, talvez de trolls como as pessoas se expressam, mas ódio não. Você está se colocando, e a todos seus copartidários, em uma posição que eu nunca os vi: de vítimas! A muito tempo vocês não são vítimas. Não levem a posição política dos outros para o lado pessoal, você é inteligente demais para se levar por essa paixão e deixar a razão de lado na hora de pensar politicamente. Comparar no mesmo patamar pessoas preconceituosas, que matam gays, que oprimem ...enfim, este tipo de comparação é perigosa, você está cortando a liberdade de escolha política das pessoas. Nesse ponto você beira o fascismo e se iguala a muitos ditadores perigosos da história com discursos nacionalistas inflamando as pessoas a reações perigosas ISSO É FANATISMO!

CONCORDO: não existe imprensa imparcial, assim como poder sem corrupção. É sabido de todos que existem 2 grandes poderes no mundo: Meios de comunicação e Laboratórios farmacêuticos. E a Globo é o símbolo da informação tendenciosa em toda história do Brasil, assim como a Veja, Estadão, Folha, Isto É.... se sai bem quem paga mais.

P.S.: não generalize Lola, não peque por este erro. Não existe direita / esquerda....existe entre essa faixa um grande número de pessoas, que não tem posição política por ignorar a realidade política, por não conhecer, as indecisas que ainda estão estudando o assunto e os desistentes (acho que é o meu caso). Você perde o seu brilho quando idolatra.

Aline disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Aline disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Leticiabon disse...

Lola, gostei da postura da Dilma no Jornal Nacional, assim como gostei da postura da Marina (que não foi tão agredida quanto a primeira). E estou pensando seriamente em votar na Dilma. Mas a Maitê tem o direito de fazer campanha para quem quiser e não vejo problema nenhuma ela receber pensão, isso não é roubo é direito, mesmo sendo rica (será que ela é rica?). Eu mesma recebi pensão, pela morte da minha mãe, até os 21 anos, o que me ajudou muito e se eu recebesse até hoje não iria reclamar não, roubo é outro tipo de coisa.

L. Archilla disse...

No que diz respeito à Maitê, é claro que ela não estava roubando ou agindo ilegalmente ao requerer a pensão, caso contrário não teria readquirido o direito através da própria justiça. O que questionamos é a ética. Porque a lei da pensão se baseia na ideia de que a pessoa (não sei se vale só para mulheres) não tem condições de se sustentar sem os pais ou cônjuge, então precisa da ajuda do Estado pro resto da vida (a não ser que se case). A Maitê não só tem plenas condições de sustentar todo o seu luxo sozinha, como já foi amasiada por muitos anos (nem sei se ainda é). Na teoria, ela não foi casada, então, pobrezinha, não tem como se sustentar e precisa da mesada de R$13.000,00. Só que não apenas ela TEM dinheiro, como tem (ou teve) um marido que a sustente em caso de necessidade. Aí quando cortaram o benefício ela fez um fuá, dizendo que não era casada no papel, portanto, deveria continuar ganhando mesada.

É totalmente diferente de receber uma pensão até a maioridade, ou de receber um valor que faça muita diferença no seu orçamento. 13 paus não deve fazer nem cócegas em quem se veste com grifes dos pés à cabeça.

O que mais me enoja é que esse povo depois vai lá doar 200 reais no criança esperança e pagar de generoso...

Karine disse...

Lola, eu também acho que você passou um pouco pra um lado perigoso quando disse que os que votam em Serra são preconceituosos, homofóbicos. Uma coisa é opinião política, outra é tendênicas criminosas, mas você já sabe disso, né?
Quanto à Maitê, se é que ela falou aquilo da Dilma mesmo, acho que ela quis dizer que pelo menos uma vez na vida, o machismo poderia ser uma coisa boa, tirando da presidênica uma mulher que não é boa candidata, na opinião dela, mas essa frase foi muito infeliz, claro, porque se Dilma é má candidata, é isso que deve impedí-la de tornar presidente, não qualquer outra coisa.
Quanto à pensão, é direito dela. É meio triste ver tanta gente com precisão, e ela ganhando 13mil, aos 50 anos, com salário de atriz da Globo. Espero que ela faça caridade com o dinheiro.
Ela é uma idiota que acha que é inteligente, mas a pensão não é errada.

lola aronovich disse...

Gente, releiam o que escrevi antes de dizer que sou fascista e perigosa. Eu disse que todos os meus trolls (que foram 3 até agora, em 2,5 anos de blog) têm as mesmas características: são racistas, machistas, classisas, odeiam qualquer tipo de esquerda, principalmente o PT, e votam na direita, seja ela qual for (ou vcs têm alguma dúvida que, no confronto de 1989 entre Lula e Collor, eles votaram no Collor? E votariam de novo!). Eles são idênticos. E há muita gente como eles. Dizer que tem gente de direita que odeiam a esquerda não é se fazer de vítima. É apenas uma constatação. Chamem como quiserem, pra mim é ódio mesmo o que sentem. Ódio da esquerda e do Brasil, porque essa gente vive dizendo que brasileiro não presta, que quer ir embora, que o Brasil é o esgoto do mundo... Se isso não é ódio, não sei o que é. Outra coisa: dizer que não vou mudar de lado não significa que sou uma fanática cega. Tem um monte de coisa na vida que eu não mudo de lado: sou contra discriminação de qualquer minoria, por exemplo. Então, se eu não quero deixar de ser feminista, quer dizer que sou fanática? Ok, então chamem qualquer convicção (incluindo as suas, os seus valores, a sua moral) de fanatismo. Dá na mesma. É exatamente a mesma lógica. A minha moral, os meus valores, são, e sempre foram, valores de esquerda. Isso engloba várias coisas. Não vou pro outro lado (a direita) a menos que eu vire um vegetal e pare de pensar.

lola aronovich disse...

Sobre a Maitê, a Lauren (L. Archilla) já explicou. Maitê recebe pensão de 13 mil por mês. Não é contra a lei, apesar de sua pensão ter sido suspensa (agora ela voltará a receber). Esses dias eu descobri que, se eu morrer, o meu marido passa a receber pensão vitalícia. É a lei, mas acho isso um pouco esquisito. Afinal, tá cheio de professor universitário de 30 anos. Aí, se a pessoa morre, o cônjuge (e, depois, os filhos) ficam recebendo seu salário pro resto da vida, ou até casar? Acho totalmente certo receber por uns anos, ou até os filhos completarem 21 anos. Mas vitalício?! E o que acontece, pelo jeito? A pessoa deixa de se casar legalmente para continuar recebendo a pensão. Foi o que houve com a Maitê. Ela morou junto com um milionário, um Marinho, durante mais de uma década, mas não abriu mão da “mesada” de 13 mil. Sem falar que ela deve ser completamente rica, pô! Um ator global do nível dela não ganha menos de 50 mil reais por mês. Mais o que ganham com propaganda e merchandising... Sei lá, desconfio que ela não precisa desses 13 mil. Eu acho moralmente errado, sim, continuar recebendo um benefício desses aos 52 anos, apesar de ser rica e receber também pensão do ex-“marido”. Mas tudo bem. Tem gente que acha moralmente errado que uma empregada doméstica deixe de trabalhar porque recebe R$ 120 de bolsa família. Mas não vê problema algum na Maitê receber 13 mil do governo...

Mirella Nogueira disse...

"O que ela disse sobre o código florestal (na outra entrevista) deixou claro o compromisso dela com uma vitória, talvez a qualquer preço. Eu, como votante do PT, fiquei assustada!"

O melhor comentário já escrito até hoje!

Aline disse...

Não acho que todos os esquerdistas sejam fanáticos assim como não acredito que os de direita sejam todos vegetais. Pena que seja tão extremista...e você ainda não entendeu, seu fanatismo não está relacionado as suas escolhas, mas com a maneira que você as expõe e impõe.
Bem...é exatamente por isso que eu não acho que essa conversa não pode dar mais frutos.
Deste post, eu desisti! (TAMBÉM!)

Aline disse...

CORRIGINDO:
Bem...é exatamente por isso que eu ACHO que essa conversa não pode dar mais frutos.
Deste post, eu desisti! (TAMBÉM!)

PS: infelizmente meu português é poooodre! E dando escapadinhas do trabalho.....rsrsrs...
Falemos de Maternidade!

Anônimo disse...

Lola:

Responda,sem tergiversar por favor, os mais que precisos e verídicos tópicos do João contra o Lula e a Dilma. Ele disse tudo.


Olveira

João disse...

Li poucos comentários neste blogue até hoje com a clareza e concisão de ideias como o da Aline. Mas a Lola acha que precisa convencer os que pensam diferente dela de que eles estão errados, que são vegetais, que não podem seguir pelo caminho que estão seguindo. E adora misturar coisas, como ali em cima, onde ela mencionou o fato de uma empregada doméstica largar o emprego pra ganhar 120 reais de bolsa-família; Lola, isso nao tem nada, nada, nada a ver com o debate. Quem disse? Quem? Quem? Quem disse que uma empregada fazer isso é "moralmente errado", mas fazer o que a Maitê está fazendo não é? Duvido que alguma pessoa de bom-senso -- de direita (como você diz) -- vá defender uma pensão como a da Maitê.

E, Lola, eu não sabia que eu já tinha decidido em quem votar! Caramba, se você não me diz! Mesmo tendo preferências (preferência não significa decisão imutável), vou assistir a todos os debates e não está dito por mim em absolutamente nenhum lugar que não mudo de ideia e que já sei em quem votar! Não preciso ser como você! Só que a Dilma até agora não me convenceu a dar o voto a ela! A Marina tampouco. Achei-a menos boa do que eu esperava na entrevista de ontem. E se o Bonner foi menos incisivo com ela (não foi!) deve ter sido porque ela mentiu menos (ou nem mentiu, até porque respondeu sempre genericamente).

Ah, que pena que você está sem tempo para responder às perguntas... Uma dica: se você tentar ser um pouco concisa, conseguirá responder a muito mais leitores. Você usa muitas linhas para tentar justificar o injustificável, aí sobre pouco (ou nenhum) tempo para o que realmente interessa...

Ah, essa não posso deixar passar: você diz que se mudar para a direita será porque terá virado um vegetal e terá parado de pensar. É assim que você acha que são as pessoas do que você chama de direita? Isso é extremamente obtuso e deselegante de sua parte. Pra você, quem não é de esquerda é vegetal, é isso?

Outra coisa: sugiro que você incorpore o hábito de usar um dicionário. Você usa algumas palavras cujo significado desconhece. E isso deixa seus posicionamentos muito estranhos.

Aline, você pediu desculpas pelo "seu português". Que isso, menina? Você escreve muito bem! E se você se preocupa com isso, é porque conhece bem a língua portuguesa, o que já demonstrou, não errando nos porquês, por exemplo, que é uma constante por aqui.

lola aronovich disse...

Primeiro, eu não disse que quem é de direita é porque virou vegetal ou parou de pensar. Eu disse que SE EU virar de direita é porque EU terei virado vegetal ou parado de pensar. Será uma transformação à la Invasion of the Body Snatchers. Eu terei apodrecido, meu coração morrido, essas coisas que já expliquei em diversos posts. Outra: quem disse que eu quero convencer alguém? Este é o meu blog; eu não posso expor meu pensamento sem querer influenciar os outros?
Sobre meu português: João, vai catar coquinho! Conciso o suficiente pra vc?

=Maíra= disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
=Maíra= disse...

Aiai, Lá vem os "patrulhadores da língua pura" tentarem desqualificar alguém por conta "do português" (único e imutavelmente formal em todas as situações) e encobrir argumentos vagos como: Você usa "algumas palavras" cujo significado desconhece [aspas minhas].

Renato disse...

É engraçado como algumas coisas a Lola simplesmente não quer falar, tal qual sua candidata. Gozado isso não é? Por exemplo Lola não citou em seu post sobre a pergunta não respondida por Dilma na questão das alianças bem estranhas que seu partido está fazendo, até com o Collor!!! Lola só foi falar disso aqui nos comentários e uma única vez!

Lola também não fala da questão chave sobre as Farc ou meio ambiente. Coisa que Dilma se nega a falar também.
Aliás, coisa mais feia hein dona Dilma, realmente parece que ela está querendo ganhar a qualquer custo. Seja ele qual for.... Michel Temer!!!

Plínio de Arruda Sampaio está certíssimo em dizer que não existe mais partido de esquerda. E que o PT MORREU!

Anônimo disse...

afinal, professor universitário tem direito a deixar pensão para descendentes?
Alguém poderia responder a questão- se souber.

Leticiabon disse...

Bem, isso aqui tá pegando fogo. Concordo com Lola e L. Archila sobre a questão moral da Maitê Proença receber ainda pensão. Mas também acho certo que uma pessoa pare de trabalhar porque recebe bolsa-família. Só acho que a decisão da Maitê de ainda receber pensão não faz dela uma criminosa não! Tipo, se ela vai votar no Serra (que eu tenho nojo), não precisamos buscar motivos que invalidem a decisão dela, ou de qualquer pessoa. Sei lá, não acho certo desmerecer e procurar defeito em quem vai votar no Serra, porque aí damos o direito de a "direita" avacalhar quem vota na Dilma, ou PT, como você prefere. Outra coisa, perdoar o nosso lado é fácil (eu por exemplo, não acho nada demais a Dilma ter trocado baixada santista por baixada fluminense, mas os inimigos dela, nossa, nem queira ler o que as pessoas postam no twitter sobre os erros dela...). Se ficar procurando coisa pequena para avacalhar o Serra, vou me igualar, só isso.

Anônimo disse...

A pensão do professor universitário é para o cônjuge ou companheiro e para os filhos (não descendentes, em geral) até 24 anos, se estiverem cursando uma faculdade. É igual a pensão de qualquer servidor público federal.
O caso da Maitê e essas pensões para filhas solteiras é diferente. O pai dela era promotor de justiça (MP) e as regras lá são distintas.

Denise

Anônimo disse...

"Mas também acho certo que uma pessoa pare de trabalhar porque recebe bolsa-família."

Estou pasmado!

lola aronovich disse...

Ué, Renato, a Dilma não respondeu a questão das alianças no JN? Só porque ela não deu a resposta que vc quer não quer dizer que ela não tenha respondido. Ela devia mesmo ter falado que a Globo faz aliança com Collor e Sarney, já que são eles que retransmitem o canal em seus estados! Eu já falei das alianças aqui e aqui. Aliás, não sei explicar como uma fanática cega como eu pode escrever um texto chamado “As burradas do PT”. Procure nos blogs pró-Serra, ou na Veja, alguma crítica a ele. Alguém já escreveu sobre “As burradas do PSDB”? Ah, deve ser porque o PSDB não comete burradas...
E olha, Renato, pra um partido que mantem 25% de votos na legenda, até que o PT continua bem vivinho. Quisera o PSDB ser “morto” assim!


Leticia, concordo que a Maite Proença tem o direito de apoiar quem ela quiser. O que ficou feio foi torcer para que o machismo impeça a vitória de Dilma, foi a sua declaração. E a Maitê vem sendo “avacalhada” muito antes dessa declaração. Pergunte pros portugueses, que não a querem mais por lá. E o negócio dos 13 mil eu acho relevante sim. Isso é coisa pequena pra vc?

lola aronovich disse...

Anônimo, obrigada por explicar. O que é muito esquisito pra mim é que, pelo pouco que sei, o pai da Maitê matou a mãe dela. Não sei mais nada. Ele foi condenado? E, assim, quando alguém comete um crime hediondo, como assassinato, não perde o salário, a aposentadoria e tal?

Sobre vc ficar pasmado (não sei se é o mesmo anônimo) com a afirmação de uma leitora que não acha errado que uma pessoa pare de trabalhar porque recebe bolsa-família (digamos que ela vai trocar um salário mínimo de 510 reais por uma bolsa de no máximo 120), ahn, digamos que fosse uma mulher de classe média que tem filhos, e decide parar de trabalhar pra cuidar deles. Vc também ficaria indignado? Ou isso só vale para pessoas de classe mais baixa?

Anônimo disse...

Lola, seus neurônios estão com problemas! Desde quando a classe média recebe bolsa-família? Que disparate!!! Ou você acha que quem ganha salário mínimo é classe média? Caraca!

L. Archilla disse...

Anônimo, seu burro, onde a Lola falou que a classe média recebe bolsa-família?

Anônimo disse...

Lola:
O Chico Buarque detesta o Lula atual, o Caetano Veloso detesta o Lula, o Willian Boner detesta o Lula, a Fátima Bernardes detesta o Lula, a Leilane Neubarth detesta o Lula, o Reinaldo Azevedo detesta o Lula, o Diogo Mainardi detesta o Lula, A Maite Proença detesta o Lula, a Heloisa Helena detesta o Lula, a Marina Silva detesta o Lula, até estrema esquerda como o Leonel Brizola detestava o Lula, todos os moradores de São Bernardo detestam o Lula Lá ninguém vota no PT, inclusive), todos paulistanos detestam o Lula, etc., aí eu te pergunto, todos estão errados? Essa gente super importante, inteligente rica; todos estão tão errados, todos querem prejudicar o Brasil? Só você, uma doutora duvidosa, obscura, que da aula, por falta de opção, como você já confessou inúmeras vezes aqui, numa universidade no Ceará!?, é a dona da verdade, que pode ofender quem é contra sua opinião?
O João está corretíssimo em tudo que fala, pare de desfeiteá-lo.
Deixe de fingir que não entende. Nem você é tão burra. Você só pode ser uma demagoga extrema; demagoga no significado mais puro da palavra; vá a um dicionário para saber o que significa.

Oliveira.

Anônimo disse...

Lola, você acha que estas duas situações são iguais? 1) Uma mulher ganha 510 reais por mês e recebe bolsa-família; precisa optar por um dos dois e prefere o bolsa-família. Fico pasmado com isso! (Posso? Você me deixa ficar pasmado com isso?) Segundo: Se a mulher da classe média tiver como continuar na classe média -- ou sobrevivendo com dignidade (seja por renda, seja por herança, seja por marido que a sustente, seja como for), não, não fico admirado. Ela PODE. (Você, como feminista fanática, não aceita essa ideia; problema seu!) Mas você há de convir comigo que são duas situações TOTALMENTE diferentes.

L.Archilla, você não poderia discordar de mim sem me chamar de burro? Eu discordo de alguns, mas mantenho o nível de educação!(Aliás, se eu fosse burro, estaria defendendo uma candidata com todos aqueles defeitos que o João listou ali em cima!) E depois xingam o Oliveira, quando se exalta. Dois pesos e duas medidas. Bem típico...

lola aronovich disse...

Oliveira, vc não ia embora? Vá, por favor, pra bem longe! Não sentirei sua falta, assim como não senti nos pouquíssimos meses em que vc cumpriu sua promessa. Seu comentário, pra variar, é ignorante e cheio de mentiras. Não sabia que o Chico Buarque, por exemplo, detesta o Lula. Pô, nem o Serra detesta o Lula; pelo contrário, ele não vai atacá-lo de jeito nenhum, pra não parecer oposição. É, só eu e mais 80% da população brasileira aprovamos o Lula, mas, pra vc, a população brasileira não vale nada e nem deveria ter direito a voto. Vc já disse que só empresários deveriam poder votar, Oliveira. Duvido que muitos dos seus colegas de direita concordem com vc nesse seu plano ditatorial. Outra: vai pastar! Eu sou uma doutora duvidosa? Says who? Saiba que isso é calúnia e difamação, o que constitui crime. Eu dou aula no Ceará por falta de opção?! E eu já disse isso inúmeras vezes? Vc está me confundindo. Eu sempre quis morar numa capital nordestina, e Fortaleza (e Natal, e João Pessoa) certamente era uma das minhas primeiríssimas opções. Simplesmente cumpri um sonho. Vc, que tem preconceito contra nordestino, que já disse que todo nordeste é atrasado e todo nordestino burro e analfabeto, não consegue entender que muitos, como eu, amem a região. Vá embora, Oliveira. Não há lugar pra vc aqui, e vou começar a deletar os seus comentários. E quero ver VC, que defende que só um grupo especial tenha direito a voto, e que tem saudades da ditadura militar, me chamar de anti-democrática.


Anônimo, ai, meus sais. Eu sou a favor da liberdade de escolha de cada mulher. Isso inclui a mulher de classe média que quer ficar em casa cuidando dos filhos e a mulher de classe baixa que ganha 120 reais por mês e quer ficar em casa cuidando dos filhos. Entende? Sou a favor da liberdade de escolha das DUAS, não apenas de uma, como vc é. Eu acredito em direitos iguais, e não fico decretando quem pode e não pode parar de trabalhar.

Adriana disse...

É isso aí, Lola! Tá certíssima, acho até que demorou!

Coloca esse Oliveira no lugarzinho dele! O dono da razão, a maior inteligência da blogosfera, empresário direitista-elitista(apesar de que eu não acredito nesta mentira. Eu poderia jurar, por td que ele já aprontou neste blog, que ele não passa de um adolescente nerd desocupado que fica o dia todo na frente do pc)não fará a mínima falta neste blog. Aliás, ninguém sentiu a menor falta dele enqto ele estava fugido daqui!

Ser desprezível que, com certeza, deve nutrir um amor doentio por vc ou vc acha que esta insistência toda vem de onde? Ninguém conseguiria infernizar outra pessoa, por tanto tempo, sem sentir pelo menos um amor bandido por ela.

Faz bem em apagar os comentários dele, Lola, assim sua página de coments não terá poluição.

L. Archilla disse...

Ah, claro, Anônimo, me desculpe. Porque dizer que os neurônios de alguém estão com problemas é muito elegante. Chamar de burro, sim, é grosseiro.

Obs: é ruim ser chamado de burro assim, na lata, né? Então não faça com os outros.

Vanessa disse...

QUESTÃO É ÚNICA:

No caso da Srª Dilma ser eleita Presidente do Brasil, quem será a pessoa que irá aos Estados Unidos para a “fala habitual” na Assembléia Geral da ONU, ou para discutir com o presidente americano sobre questões de comércio?

Resp.: A Presidente não irá, com 100% de certeza.

Aqui vai a explicação:

Dilma Roussef foi condenada nos Estados Unidos pelo seqüestro do embaixador norte-americano, na década de 60 (Charles Elbrick) remember ?

A pena é bem grande e não há como pensar em liberdade condicional e lá o crime não prescreve !

A questão secundária é que isto vale para outros 11 países.

Nós temos uma solução ideal para resolver esta questão: Não elegê-la presidente! Desta maneira ela poderá escolher lugares muito confortáveis para viver o resto da vida como por exemplo, Havana em Cuba, ou La Paz na Bolívia, o que resolverá vários problemas: os dela e os nossos.

Portanto, pare de imaginar que é implicância quando se coloca na Internet a folha corrida policial desta senhora com seus comprovados crimes. Esqueça estes documentos e (se for o seu caso) continue com a sua fé inabalável nas qualidades desta mulher, legítima porta-voz do Sr. Lula da Silva.

Mas....... se eu fosse você, começava a me preocupar com quem vai representar o Brasil nas viagens internacionais aos Estados Unidos e aos 11 países onde ela pode ser presa no próprio aeroporto onde desembarcar?

TENHO CERTEZA ABSOLUTA QUE ESTA, VOCE DESCONHECIA !

HMV disse...

Vanessa,

Você simplesmente reproduziu mais uma das lendas e folclore da internet:

http://www.quatrocantos.com/LENDAS/457_dilma_roussef_condenada.htm.

Você poderia ao menos ter a decência de verificar antes de sair propagando por aí. Caso você não saiba, a Dilma JÁ esteve esse ano nos EUA:

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/bbc/em+nova+york+dilma+diz+ser+a+favor+do+ficha+limpa/n1237629799650.html

Eu realmente espero que "esta você desconhecia", caso contrário, é pura má fé sua!

Rita de Cássia disse...

Meu Deus Lola quem é esse Oliveira mesmo,como pode uma pobre criatura,pois ele não passa disso falar tanta bobagem,gente que ele deteste o pt,o presidente a Dilma tudo bem,mas cara vai ler se informa,pra poder sair falando,pois falando tatanta bobagem como você fala não vai ajudar em nada teus canidatos,credo nunca vi um cara tão imbecil, há e burro!