quarta-feira, 21 de julho de 2010

TIO REI NÃO ACREDITA QUE ALGUÉM FICA RICO TRABALHANDO

14 mil por mês é salário de fome. Não dá pra fazer um pé de meia!

Num post recente, o porta-voz da direita que não se assume como direita, e funcionário daquela revista plural, neutra, democrática e imparcial, a Veja, apontou sua artilharia pesada pra cima do delegado Protógenes Queiroz. O pessoal de direita já havia especulado à vontade, e gritado “CPI! CPI!” por causa da declaração de bens de Dilma, na ordem de um milhão de reais. Pelo jeito, uma mulher que trabalhou a vida toda, ganhando bem, e que vem de família com posses (e famílias com posses deixam heranças), não pode juntar um milhão aos 62 anos de idade! (mas tudo bem o vice do Serra, Índio da Costa, ter 1,4 milhão aos 40, ou o Serra ter 1,4, ou o vice da Marina, dono da Natura, ser bilionário – porque a direita não vê nada de imoral em que existam bilionários num mundo cheio de desigualdade social). O escândalo foi que Dilma declarou guardar em casa pouco mais de 10% do que tem, ou 113 mil, em espécie. Ahn, não há qualquer tipo de lei que impeça que as pessoas guardem dinheiro em casa. Pode ser incomum, mas não tem nada de ilegal. E eu fico bem preocupada com as minhas liberdades individuais (essas que a direita jura defender) quando vejo que algo incomum é imediatamente confundido com ilegal. Eu acho que sou incomum em vários sentidos, e espero não ser presa por isso. Se não fosse pedir demais, não gostaria nem de ser julgada.
Mas o que me espanta é a falta de raciocínio do Tio Rei. Protógenes, que será candidato a deputado federal pelo PC do B, declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de 835 mil. Desta quantia, ele guarda 290 mil em casa. Ele diz que faz isso desde o ano 2000, por não confiar nos bancos. De novo: isso é bem estranho, sem dúvida. Mas não é ilegal. E nem sei até que ponto é tão estranho se a gente considerar que, vinte anos atrás, Collor confiscou a poupança de todos os brasileiros. Bom, todos não, porque euzinha aqui, na época, não tinha nem conta em banco. Com 22 anos, eu trocava todo dinheiro que guardava por dólares. Desse jeito, juntei 10 mil dólares. Guardados em casa, em espécie. Claro, é pouco comparado com 290 mil reais. Mas, proporcionalmente, considerando que eu devia ganhar, sei lá, mil reais por mês, se tanto, era uma fortuna.
Pois bem, Protógenes ganha 14 mil por mês. Deve ser muito menos que tio Rei recebe de salário da Veja plural, mas convenhamos, é um salário de sonhos. Custa por os pés na realidade e lembrar que a maioria dos brasileiros não ganha isso por ano?! E é por isso que tanta gente faz cursinho pra passar em concurso público. Porque é dificílimo ganhar uma quantia exorbitante dessas na iniciativa privada. Protógenes disse à Folha que tem “patrimônio de quem trabalha honestamente”. Mas tio Rei não acredita. Ironizando, diz que Protógenes deve ser “um grande administrador de recursos”. Olha a pérola: “Não é qualquer um que tem um patrimônio desses com esse salário, acho eu”.
Ou seja, tio Rei vê um salário de 14 mil como baixo! Putz, se alguém que ganha essa fortuna não consegue juntar um patrimônio de 835 mil reais, então ninguém consegue. Só nascendo rico mesmo, porque se for depender de trabalho...
Acontece que isso não é verdade. Com organização financeira, anotando direitinho quanto se ganha e quanto se gasta, e gastando pouco, dá pra guardar bastante grana. No caso do Protógenes, vamos supor que ele economiza 5 mil por mês. Não é difícil, com um baita salário desses. Em um ano são 60 mil. Em menos de 14 anos, ele já tem 835 mil. E isso sem aplicar nadinha, sem contar com juros sobre juros. Se ele aplicasse a grana, chegaria ao mesmo valor na metade do tempo. Mas é direito dele não confiar no sistema financeiro e guardar seu dinheiro em casa.
E claro que existem outros meios de aumentar o patrimônio sem mexer no salário. Por exemplo, o tio Rei nunca ouviu falar em valorização imobiliária? Veja o meu caso: em 93 comprei minha casinha em Joinville por 7,5 mil dólares (eu tinha 10 mil, lembra?). Em janeiro deste ano, eu a vendi por 115 mil reais. E aproveitei pra comprar minha casona em Fortaleza, no valor de 175 mil. E pra fazer uma reforma de 20 mil. Como eu e o maridão pagamos essa diferença de 80 mil à vista, sem cair em empréstimos, sem depender de financiamentos? Guardando dinheiro durante anos, ué! A gente sempre trabalhou, e sempre ganhou mal. Ok, não exatamente “mal”, que no Brasil uma renda de 4 mil mensais pra um casal é bem alta (ainda que tio Rei deve ver uma família com essa renda como indigente). Mas é aquele negócio: mais importante de quanto se ganha, é quanto se gasta. A gente sempre guardou uns 50%.
Até alguns leitores do tio Rei estranharam sua premissa de que não dá pra arremalhar um patrimônio de 835 mil ganhando um salário medíocre de 14 mil (tudo sic):
- “Eu tenho dois filhoes pequenos, minha esposa nao trabalha fora e ganho 13 mil por mes….meu patrimonio ja passou de 1 milhao, e sempre com trabalho honesto, desde que comecei minha carreira como engenheiro ha cerca de 16 anos…”
- “Reinaldo, dá sim. Se, dos 14 mil, você gastar 4 mil por mês (o que é bem razoável), você consegue poupar 120 mil por ano, sem considerar rendimentos. Em 7 anos, é possível chegar ao valor.”
- “Reinaldo, nada a favor do Protógenes, claro, mas se ele tem no mínimo uns 20 anos de PF, e se conseguiu poupar pelo menos 1/3 do seu salário por mês (nestes valores atualizados, claro), só isto já daria o patrimônio declarado. [...] Para lhe dar um exemplo: minha mulher, uma professora universitária muito responsável financeiramente, conseguiu acumular em dez anos de trabalho a metade do patrimônio do Protógenes.
Claro que há os energúmenos de sempre. Tirando aqueles que balbuciam os conhecidos "Argh! Eca! Petralhas!", há ainda os que dizem asneiras como:
- “Se eu fosse o delegado, abandonava a política e começava a ministrar aulas de economia doméstica. Aí sim ele ficaria rico, pois uma fórmula dessas, de ter o que ele tem ganhando o que ele ganha, todo mundo ia querer.”
- “Ganho quase a mesma coisa e mal consigo pagar minhas dívidas, e tenho um imóvel somente modesto (uma KIT)”.
- “Algo me escapa nessa historia. Para este patrimonio, ele deveria poupar metade do salario atual por 14 anos… não me parece fazer sentido.”
- “Só o Protogenes? Basta ir no estacionamento da PF na praça Maua no Rio. Só tem pick-ups de, no mínimo, 200.000 Reais. Como um sujeito ganhando 14, 15 mil por mes tem um carro de 200 mil? Meu pai ganha isso e tem um gol 98.”
Pô, tadinho do pai desse último cara... Ele ganha o eq
uivalente a um Gol 2004 por mês e só consegue ter um Gol 98! Sugiro fazer uma vaquinha urgente pra ele!
Ai, ai.. Por favor, alguém me dê 14 mil por mês que eu junto um milhão de reais rapidinho! Em sete anos, pra ser exata (sério: eu gastaria 2 mil por mês e economizaria todo o resto). E sem aplicações, apenas guardando tudinho no colchão!
Dúvida: quantas pessoas que ganham salário mínimo teriam que ler posts como este do tio Rei, que considera 14 mil um salário de fome, para começar um levante popular?

28 comentários:

Carla Mazaro disse...

HEHE...tem pessoas que vivem fora da realidade e jura que todos são iguais...
essas coisas cansam minha beleza

Drixz disse...

Oi, Lola! Eu acho que quem ganha um salário mínimo por mês não lê a Veja pois é uma revista muito cara. O jornal é beeeem mais barato. Eu concordo com vc de que é possível acumular um patrimônio desses com o salário do Protógenes. Temos que levar em conta que se ele for casado, é o patrimônio do casal e dependendo do emprego da esposa eles seriam um casal gastador. Eu considero o salário dos servidores públicos, em geral, muito bons. São bem além das atividades que eles exercem na maioria dos casos. Mas com todas as vantagens que eles recebem, 13, FGTS, férias (q ele pode tirar e ficar em casa pra economizar), dá pra juntar uma boa grana. Por isso o serviço público é a grande vedete do mercado de trabalho. E existem pessoas que são boas de economizar, como vc e o meu marido, que economizou uma bela grana da bolsa de doutorado, o q pra mim é pouco até pra sobreviver... Mas eu estou aprendendo com ele a economizar e consegui economizar em um ano de trabalho metado do que ganho por ano.

Umrae disse...

Isso me lembra uma gerente aqui na empresa (não na minha área), que teve que contratar um supervisor uma vez e ficava reclamando que não ia achar ninguém porque os R$ 5000,00 que a empresa se dispunha a pagar eram um salário de fome... Ela só não se mancava que todos os subordinados dela (e os das outras áreas) tinham que viver com, na melhor das hipóteses, um terço disso.

Caso me esqueçam disse...

nao sei o que esse povo faz com o dinheiro que ganha, sinceramente. lola, meu pai trabalhou a vida inteira como bancario. voce deve imaginar que o salario nao eh assim 'grandes coisa'. minha mae nunca trabalhou fora depois que casou. pois com esse salariozinho, ele educou os quatro filho, criou cachorro, gato e ainda ajudava o pai e a mae. a casa dele fica a dois minutos da praia, dois carros (bons) na garagem, filhinho na faculdade particular, lavadeira e bla bla bla... nao precisa ser ladrao ou magico pra conseguir isso. a receita dele eh muito simples: nao ficar devendo a ninguem, juntar dinheiro e gasta-lo em coisas necessarias. espero herdar essa consciencia dele.

Juli disse...

Como o pessoal abixo já comentou, pra fazer uma poupança boa é necessário apenas cortar gastos. Vejo isso em casa com meu pai. O que me impressiona (tá, não impressiona) é como a direita encontra de tudo para acusar quem não está do lado deles. Se fosse algum amigos deles, ter um patrimônio desses seria um exemplo. Afinal, não foi assim que os colonos que imigraram para os EUA, maior país do mundo para esse povo, se tornaram um pais tão forte?! Com sua imensa capacidade de poupar?

Carol disse...

Lola... primeira vez que comento.. acho que esse pessoal não acredita na quantia guardada pelo Protógenes pq quase ninguém tem o hábito de guardar dinehiro, geralmente as pessoas gastam todo o dinheirom e ainda usam o cheque especial, cartão de crédito, empréstimo e todas as "incríveis comodidades" que os bancos proporcionam a juros absurdos.
Aí elas não entendem mesmo..mas é fácil guardar dinheiro, é só aceiar um padrão de vida condizente com o seu salário. Outra coisa que as pessoas geralmente esquecem é que Tv a cabo, banda larga, 42 pares de sapato, um buzilhão de roupas e as trufas da dona Maria não são coisas essenciais para a sobrevivência, são supérfluos e podem ser cortados ou reduzidos do orçamento..

Thiago disse...

Como dizia Tom Jobim: "O dinheiro não é tudo. Não se esqueça também do ouro, os diamantes, da platina e das propriedades."

L. Archilla disse...

Concordo com tudo que a Carol falou. É impressionante a dificuldade de algumas pessoas em estabelecer prioridades. Poupança, saúde e educação ficam quase sempre atrás de roupas, tv a cabo, carro zero e etc.

Canso de ver gente que não faz faculdade pq "não tem dinheiro", mas paga 800 contos de prestação do carro que além de 0km tem vidro elétrico, direção hidráulica, etc. 30 reais pra manicure toda semana, beleza, mas 30 por sessão de psicoterapia é caro. 500 reais num par de tênis tênis, ótimo, 500 reais num tratamento dentário? jamais! e por aí vai...

aliás, eu acho engraçado que a classe média cobre tanto que o governo invista em saúde e educação quando essas definitivamente não são as prioridades dessa mesma classe. acho que o governo (principalmente câmara de vereadores, assembleia legislativa e senado) é necessariamente um reflexo da sociedade - inclusive no que diz respeito a definição de orçamento.

e fugi do assunto de novo. é isso que dá não ter blog, eu fico querendo escrever no dos outros!!

lola aronovich disse...

Fico feliz que hoje tá todo mundo comportando comigo sobre como é possível guardar dinheiro! E ainda dando exemplos de como conseguiu poupar!


Que legal, Drix, que vc conseguiu guardar metade do que ganhava em um ano! Na realidade, isso é meio exagerado, porque 50% é muito! Mas é o que eu guardo. Os especialistas recomendam poupar entre 10 e 20% do salário todo ano. É o velho “pay yourself first” (pague-se primeiro).

lola aronovich disse...

Carol, concordo totalmente com o que vc disse, com uma ressalva: banda larga. Banda larga hoje em dia é item de primeira necessidade. No mundo de hoje fica difícil viver sem um computador com internet, e se a banda larga no Brasil já é uma das piores e mais caras do mundo, imagine o que deve ser a internet discada hoje?


Lau, fique à vontade pra escrever sobre o que quiser por aqui. A casa é sua, e vc sempre tem coisas inteligentes pra contar.

J.anquevitti disse...

Nossa, metade da metade (3.500 reais) disso aí já estaria muito bom pra mim, e talvez eu até conseguisse economizar uns 500 por mês. Isso contando também porque o dinheiro não iria só pra mim, também seria pra minha mãe.

Mas isso que o "Tio Rei" disse é típico de quem tem muito dinheiro. Ganham bem, mas querem gastar mais do que podem. Daí acham que viver é muito caro. É fácil encontrar pessoas assim, com bons empregos, que ganham muito mais do que a gente mas que estão com a situação financeira bem pior, cheios de dívidas.

Eu não sei se eu conseguiria economizar ganhando 3 mil e pouco, necessitaria de muita responsabilidade, mas ganhando 14 mil, ah, dava pra econimizar metade, com certeza! É só ter (um pouco de) controle.

A minha mãe que era bem pobre, não tinha nem o que comer quando era criança, começou a trabalhar bem cedo, guardou dinheiro por uns 15 anos e conseguiu comprar a casa dela...lógico que é algo muito difícil de se fazer, mas pode ser possível sim.

Essa direita cheia de grana é a maior comédia.

Abraços Lola

Jonas

Mariana. disse...

Lola, sobre a declaração de bens da Dilma e a reação dessa gente:
não acredito que você não percebeu que é porque MULHERES jamais poderiam ter ganhado o próprio dinheiro.
/ironiamodeoff

Umrae disse...

A banda larga pode ATÉ ser supérfluo, mas ela é um supérfluo que substitui no mínimo uns 20 outros (entre eles a TV a cabo, que foi citada), e ainda serve como apoio/complemento importante para os essenciais (como educação e informação, por exemplo), então, na hora em que você faz as contas, compensa.
É, eu vergonhosamente não estou conseguindo poupar nem perto de 20%. Tá mais lá pros 6%, mas pelo menos eu tenho uma boa (+ ou -) desculpa, já que é por causa da faculdade. Mas poupar uma ninharia ainda é melhor que fazer dívida...
Neste semestre que vai começar eu vou tentar pegar uma monitoria. Se conseguir (o que é improvável porque eles dão preferência para quem está para se formar, mas, sei lá, posso dar sorte e a procura ser pequena), já é uma bolsa de 30 a 40% que dá uma bela desafogada (e só para trabalhar aos sábados de manhã, então nem é muito sacrifício).

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Eu me pergunto é como um cara que tem esse conhecimento de vida e realidade dos brasileiros, pode ter uma coluna semanal em uma revista...
Vai ver que pra trabalhar na Veja o único requisito é ser contra o PT...

Bjus Lola!

Vitor Ferreira disse...

Lola, é bom lembrar que salário de funcionário público exclui as gratificações e bonificações que ocorrem de vez em quando. Além do 13o.

Ághata disse...

Hahahahahahahahaha, ai, Lola, esse povo é muito ridículo...

Mas, vou te contar, não é só o tio Rei que pensa assim, não.

Até hoje eu não entendo uma amiga minha que disse pra mim mais ou menos assim "Não, Camila, R$ 10.000,0 não é pouco, mas não dá pra viver com luxo, sabe? Não dá nem pra pagar uma viagem pra Europa todo ano".

Adoro esta minha amiga, adooro, mas esta me deixa perplexa até hoje...

Koppe disse...

Não consigo entender esse tipo de gente que gasta o que não pode... quando eu tava servindo na Aeronáutica, ganhava míseros 168 reais por mês e mesmo assim conseguia economizar alguma coisa (que depois torrava, mas depois de pagar as contas e nunca me endividando). Aliás, eu consigo ver alguma razão quando dizem que muita gente passa dificuldades porque quer. Conheço pessoas que gastam metade do que ganham em noitadas, cervejada, maconha, máquinas caça-níqueis, etc., na primeira semana depois de receber, e depois, precisam pedir 10 reais emprestados pra comprar leite pras crianças...

Ághata disse...

Depende do tipo de funcionário público Vítor, procurador(a) do RJ, por exemplo, após cinco anos de trabalho tem uma licença prêmio de seis meses - sim, recebendo.
E tem algumas categorias que recebem 13º, auxílio-moradia e talz...

aiaiai disse...

O tio rei e a laia dele só concebe que alguém fique rico roubando.
I rest my case!

Dária disse...

valha, eu juntei uns 5 mil com 1 salário mínimo (bolsa de estágio), claro que sem ter grandes despesas...

me espanta é quem não consegue chegar ao 1 milhão com este salário!

Patrick disse...

Lola, se ele não tivesse patrimônio nenhum o Tio Rei também faria um artigo desancando ele. A crítica seria por ser ele um funcionário público gastador e relapso. Iria sugerir a leitura de Max Weber (A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo), diria que ele era candidato pelo partido comunista por não saber gerenciar o seu dinheiro... e por aí vai.

Mariana. disse...

É que eu acho que essas pessoas que acham 14 mil um salário baixo, tem como meta viver como ricos. Luxo mesmo sabe? coisa de novela, cinema...
A minha pretensão é viver bem. Nada mais que isso. Pagar a escola dos meus futuros filhos, ter uma casa confortável, morar bem pertinho do trabalho pra não ter nunca que pagar 1000 reais por mes na prestação do carro (e quando precisar, andar de taxi. façam as contas, sai muito mais barato!) e bancar uns agrados pra família também, porque ninguém é de ferro. E poupar um pouquinho.

Eu sei lá.. conheço muita gente que ganha 15, 20 mil por mes. Na verdade conheço os filhos dessas pessoas. E elas vivem muito bem, mas também consideram isso normal. Ninguém se considera rico.

Minha irmã se formou agora e ganha 6 mil reais por mes, e mora com meus pais. Eu acho legal ela correr atrás do que quer (ser juíza) e tentar ganhar mais que isso, mas me irrita muito quando ela fala que ganha pouco, que não dá pra nada. Ela é do tipo que gasta 80 reais num almoço individual pelo menos duas vezes por semana, e acha normal (apesar de nao comparar) um vestidinho de malha custar 500 reais. Acho que nem se eu ganhasse vinte ia jogar meu dinheiro pela janela assim.

Realmente, viver ASSIM, é caro. Mas precisa?!

Samantha disse...

Acho que aí caí aquele problema: pessoas como Tio Rei tem uma definição totalmente equivocada de riqueza, na minha opinião.

Acha que rico é aquele sujeito que mora em um apartamento de luxo, viaja para a Europa, tem carrões e usa roupas de grife. Uma definição assim.

Geovana disse...

Poupar dinheiro é questão de consciência e prática... simples assim, qualquer um consegue. Durante todos os meus 5 anos de faculdade eu polpei dinheiro, ou investi em algo proveitoso. No primeiro ano eu ganhava em torno de 240,00 que é o salário minimo da época e nesse ano economizei e paguei todo o meu plano ortodontico, o que era carissimo na época, e ainda bancava roupas, transporte e alimentação na faculdade. Depois conforme ganhei um pouquinho mais nos anos seguintes, sempre o salário minimo, poupei e consegui fazer uma viagem de 1 semana por ano. Então reafirmo é fácil, é só juntar consciência e prática! Consciência porque você sabe qual o valor real das coisas e essas pessoas que ganham bons salários se esquecem disso e aceitam pagar valores superfaturados, além de adquirirem facilidades autamente onerosas e entregarem-se ao consumismo. Prática porque o dinheiro que se poupa deve ser considerado como inexistente no orçamento, e não como 'ah se sobrar eu guardo'.
Aproveitando, Lola eu adoro esses posts sobre poupar dinheiro, aplicações e tals, continue escrevendo sobre isso!! bjs

Leticiabon disse...

Lola, gosto muito dos seus posts. Mas tem alguma coisa errada aí. Penso que se atacaram a Dilma ou esse outro que ganha 14 mil, não foi pensando se eles podem ou não chegar ter essa quantia, não importa se em casa ou não, e sim, como conseguiram essa quantia (ou seja, se foi de maneira honesta ou não, considerando o mundo político, lobbys, o que serve para qualquer lado - pense no mensalão de Brasília em que deputados ganharam muito dinheiro para aprovar a criação de bairro ecológico, sendo que a única ligação com a palavra ecologia foi acabar com uma parte do cerrado). Que as pessoas conseguem enconomizar ou mesmo investir, é um fato, mas não foi esse o ponto. E não considero quem não sabe economizar, mesmo ganhando bem, como algo ruim. Uma coisa não tem nada a ver com outra. Adoro seus posts, menos quando você fala sobre finanças (dividindo quem sabe ou não economizar) e sobre não fazer atividades físicas.

Leticiabon disse...

Outra coisa, um recado para quem guarda dinheiro no colchão: não espalhem essa informação!

Marcinha disse...

Lola, eu ri muito do comentário da pessoa lá que o pai só consegue ter um gol ano 98 ganhando 15 mil por mês.

Guardar dinheiro não é tão dificil assim, é só ter responsabilidade.

Conheço pessoas com salário bem menor do que o Protogenes que construiram patrimônios iguais ou até maiores, é só se planejar, investir e gastar bem.

Karen disse...

Olha Lola, nunca vi tanta "falácia" ERRADA em relação a salário.

Você disse que se ganhasse 14 mil por mês juntaria 12 mil e gastaria apenas 2 para poder chegar a 120 mil em um ano, só esqueceu de um detalhe: me diga que é que ganha BRUTO 14 mil e também recebe LÍQUIDO 14 mil hahahaha, doce ilusão... Concordo PLENAMENTE que o dinheiro acumulado por ele não é somente de salário.

Uma pessoa que ganha 14 mil por mês sofre descontos básicos de INSS e IRPF (você deve ser saber disso, não é?) Fora outras coisinhas como VT, assitência médica, odontológica e as vezes até VR. Sabe para quanto vai esse salário? 10.600,00.

Bom, é coisa de se pensar.

Hoje em dia só é rico MESMO quem tem investimentos pesados, sejam eles em imóveis, ações, empresas próprias ou quem já nasce em berço de ouro, sabendo administrar a herança, pois se não fizer render, o dinheiro vai embora rapidinho.

Ninguém fica realmente rico trabalhando para terceiros, isso é fato, veja as histórias de sucesso , Henry Ford, Eike Batista, Tomas Edson,Bill Gates,Mark Zuckerberg dentre outros.

Me diga se tem algum milionário ou bilionário que alcançou esse padrão sendo funcionário de uma mega empresa em um alto patamar. Não tem! A única coisa que se acumula trabalhando para os outros é conhecimento, para sair fora e realmente ganhar dinheiro!

Quem trabalha não tem tempo de ganhar dinheiro.

Fique rico ou morra tentando.


http://www.calculador.com.br/calculo/salario-liquido