terça-feira, 9 de setembro de 2008

NOVA ENQUETE: CENA MAIS ASSUSTADORA DE UM FILME DE TERROR

A nova enquete é complicadíssima de fazer, e peço para que vocês não me crucifiquem. Eu fiquei quase todo o dia de ontem selecionando cenas pra que vocês possam escolher qual o momento mais assustador de um filme de terror americano. Mas é óbvio ululante que haverão ausências notáveis. Esta não é uma lista exaustiva, de forma alguma. Um blog ou site, não sei, tentou ordenar os cemscariest movie scenes”. Peguei algumas idéias dali, apesar de não concordar com outras.

Pra começar, pra mim, filme de terror é principalmente clima. Se um terror se sustenta, como é o caso de O Nevoeiro, não é porque proporciona um ou outro sustinho, mas porque mantém um clima tenso o tempo todo. Por isso, acho difícil escolher uma só cena. Por exemplo, me digam se dá pra optar por apenas uma de O Iluminado. Vamulá, qual a cena mais assustadora? Tem quem pense que seja o Danny se encontrando com as meninas no corredor do hotel. Ou o Jack se encontrando com a mulher na banheira do quarto proibido. Ou o Jack quebrando a porta do banheiro a machadadas. Ou Danny escrevendo redrum na porta. Ou a chegada do cozinheiro no hotel (porque o que acontece com ele é totalmente imprevisível). Eu escolhi a cena da Wendy descobrindo o que seu marido escreve. É a cena que mais me toca e me deixa nervosa porque, como mulher, sei como é levar bronquinha de maridão histérico, e como escritora, também sofro de writer's block (bloqueio?). Quantas vezes eu não penso em datilografar folhas e folhas de “All work and no play makes Lola a dull girl”?

Tenho a mesma dificuldade pra pegar um só momento de Tubarão. Escolha uma: a moça nua que tem a infeliz idéia de nadar à noite? O guardinha observando a praia, e vendo todo mundo sair do mar? (essa é a minha preferida do filme todo). O Roy Scheider distraidamente jogando iscas no mar, sem se dar conta que na frente dele aparecerá o maior bocão de tubarão? Eu tive que escolher uma que é a que mais faz a gente pular da cadeira: aquela que envolve o Richard Dreyfuss e uma cabeça sem corpo.

E O Sexto Sentido? Tem montes de momentos apavorantes neste que é a melhor obra do Shyamalan. Aliás, não achei a cena que queria e tive que colocar outra. Quanto a Silêncio dos Inocentes, o único filme de terror a ganhar um Oscar (tem quem diga que não é terror, mas é), não consegui me definir acerca da cena mais assustadora.

Pois é, não encontrei tudo no YouTube, mas tem bastante coisa. É só clicar na palavrinha em azul e assistir. Atenção: algumas cenas são finais, ou quase finais, de filmes (Carrie, Invasores de Corpos, Enigma do Outro Mundo, A Mosca, Silêncio dos Inocentes, A Bruxa de Blair, e principalmente O Nevoeiro, que ainda tá passando nos cinemas). Portanto, se você não viu mas quer ver esses filmes, não chegue perto desses finais, lógico. Outras cenas são um pouco gráficas e nojentas demais (Alien, Enigma de Outro Mundo, A Mosca - foto), então eu as assistiria de estômago vazio.

Qual o momento mais assustador de um filme de terror americano?

Alguém de peruca mata a Janet Leigh na ducha em Psicose (1960)

Numa escola, corvos se amontoam no brinquedo atrás da Tippi Hedren em Os Pássaros (1963)

Mia Farrow descobre que há uma conspiração contra ela em O Bebê de Rosemary (1968 – não encontrei a cena, só o trailer)

Linda Blair gira a cabeça e bate na mãe em O Exorcista (1973)

Jovens dão carona a um tipinho esquisito em Massacre da Serra Elétrica (1974)

Richard Dreyfuss mergulha e se depara com uma cabeça embaixo d'água em Tubarão (1975)

Um cameraman perde a cabeça em A Profecia, na primeira decapitação de Hollywood (1976)

A última cena de Carrie, quando uma mão sai da cova (1976)

A cena de abertura de Halloween, exemplo clássico da subjetividade da câmera (1978)

Donald Sutherland grita no final de Invasores de Corpos (1978)

Monstrinho sai da barriga do tripulante em Alien, o Oitavo Passageiro (1979)

Shelley Duvall descobre o que seu marido anda escrevendo em O Iluminado (1980)

Dois amigos perdidos ouvem o que parece ser um lobo em Lobisomem Americano em Londres (1981)

Palhaço ataca menino em Poltergeist (1982)

Kurt Russell realiza teste de sangue no final de Enigma de Outro Mundo (The Thing, 1982)

O que resta do Jeff Goldblum se transforma em inseto na frente da Geena Davis em A Mosca (1986)

Kathy Bates quebra os pés do James Caan em Louca Obsessão (1990)

Anthony Hopkins foge da segurança máxima em Silêncio dos Inocentes (1990)

Jodie Foster descobre o paradeiro do serial killer, que apaga as luzes, em Silêncio (1990)

Drew Barrymore recebe um telefonema misterioso em Pânico (Scream, 1996)

Menino vai ao banheiro no meio da noite em O Sexto Sentido e algo passa por ele no corredor (1999 - não encontrei a cena, então vai essa mesmo)

A última cena de A Bruxa de Blair, que até hoje não entendo o que acontece (1999)

Garotinha cabeluda sai da televisão em O Chamado (2002)

Nicole Kidman tenta estrangular sua filha coberta com um lençol em Os Outros (2002)

Menina aparece no quarto do casal, e todo o pandemônio do início de Madrugada dos Mortos (2004)

O final sem esperança de O Nevoeiro (2007)

Outro (qual?)

Não deixem de votar, mesmo os que não são tão fãs assim de terror. E não queiram a minha caveira só porque a sua cena favorita não está aqui. Até porque querer a caveira de alguém em filme de terror tem um sentido mais literal. E boa sorte, porque tem cada cena incrivelmente apavorante aqui que é dificílimo escolher apenas uma (eu mesma não sei em qual votar).

Ah, e aguardo sugestões pras cenas mais assustadoras de filmes que não são de terror. Qualquer filme e qualquer cena, tipo a morte da mãe do Bambi. Esse será o tema de umas das próximas enquetes.

60 comentários:

Pernambucobebendoparaomundo disse...

Eu considero que há dois tipo s de filme de terror:

=>Os sobrenaturais, e aí os orientais estão dando um show nessa categoria, O chamado, Água Negra, Espíritos... Sintomático que Hollywood virou fã de carterinha, refilmando quase tudo.

=>E o terror psicológico, real, Hitchcock é mestre nesse gênero, mas Encurralado (The Duel), de Spielberg, é tensão o filme inteirinho, a gente se sente na pele de Dennis Weaver, suando frio, pensando que a roda do caminhão vai passar sobre nossa cabeça. A produção é pobre (em relação ao que nos acostumamos a ver em spielberg) mas não é uma cena, é O FILME, um argumento que, se lido, é completamente monótono, na tela foi o primeiro toque de midas de Spilberg.


P.S. Esse contador de "comentarista" tem margem de erro... ;)

Ju R. disse...

lola, como você não entendeu o final da bruxa de blair??

[se você não viu o filme, não leia isso, ok?]

lembra que alguém comentou que a bruxa deixava uma criança de frente pra parede enquanto matava a outra? então....entendeu agora?

as mais cenas assustadoras de "o sexto sentido" são a da escola, com pessoas enforcadas no alto da escada, essa que você colocou, a do banheiro e de quando a menininha aparece na barraca. fiquei tensa.

a cena do alien saindo de dentro de um passageiro é assustadora e nojenta. na real, usaram vísceras de animais pra ficar bem verdadeiro. eca!

mas a cena que me assustou de verdade, a ponto de arrepiar todos os pelinhos do meu corpo foi a cena final de carrie. e TODAS as vezes que vejo, me assusto. devo ter memória de cachorro, não é possível.

Chris disse...

Lolita, realmente, não dá para escolher UMA ceninha só dos filmes de terror... É até covardia fazer uma enquete sobre isto!!!

Enfim, me recuso a responder!

Beijos,
Christina

Luciano JR disse...

É, de longe, sua enquete mais dificil. Tive que me desfazer várias cenas que adoro. Psicose, Os Pássaros, O Bêbe de Rosemry (que não é o meu filme de terror favorito por uma cena, a do estupro, que eu achei péssima. Nota 9, poderia ser 10 sem a bendita cena), O Sexto Sentido, O Iluminado (essa é a que eu mais gosto em segundo lugar). Mas tive que votar na de Louca Obsessão que até hoje (na 12545480ª vez que eu vejo), me arrepia. Kathy Bates é demais!

Anônimo disse...

Bom, filme de terror é diferente de filme de suspense por conta do elemento sobrenatural, penso eu. Tem uma cena de Invasores de Corpos que sempre me faz suar frio. É quando uma das "criaturas" disformes se levanta com corpo de homem e cabeça de cachorro.

Fiquei várias noites sem dormir após ver em "O Grito" aquela cena de uma mulher sendo perseguida pelo elevador acima e fechada no quarto, deitada na cama, sob as cobertas encontrar aquela cabeça...

Mas a cena mais horrível de todas é de um filme que vi há muito tempo, não lembro o nome, só recordo que eram três filmes num só... a primeira história era bem boba, com um índio de madeira que criava vida, a segunda mostrava um sujeito que enfrentava uma mancha de óleo viva e devoradora de gente num lago e a terceira, essa sim apavorante, mostrava uma mulher adúltera que num acidente de carro atropelava um homem e depois era perseguida pelo sujeito morto. Uau, a cena final em que ele surgia debaixo do carro dela (contrariando a nossa esperança de que tudo fosse apenas um pesadelo)é disparada a mais apavorante.

Ashen Lady disse...

Concordo com o Luciano, meu voto vai para Kathy Bates e em segundo iria para o Iluminado, talvez em terceiro Poltergeist (que vi quando era criança e passei uma semana tendo pesadelos com palhaços)

Ju R. disse...

Donald Sutherland nessa foto tá a cara do Graham Chapman, do Monty Python.

Ah, sim...Donald Sutherland não tá um gato em "Johnny vai à guerra"?

Kaká disse...

Esse enquete é difícil porque cada uma prova reações diferentes. A Kathy Bates quebrando os pés do escritor me faz virar o rosto da tela toda vez, qualquer cena do Tubarão me dá medo (principalmente as que ele não aparece), também dou um gritinho toda vez que aquela mão sai do chão em Carrie, mas eu votei numa que me arrepia toda vez: Os pássaros. Depois de ver esse filme eu fiquei com medo até de beija-flor.

Anônimo disse...

meu jizuis amado, essa vou demorar pra escolher, tá difícil!

tou entre umas 8 ou 9 opções... apenas.
lol!!

muito bem bolado!

Anônimo disse...

ah, e eu divido entre filme de terror, de sangue&tripas [autoexplicativo] e de susto&tensão [aqueles niqui o fantasma pula de trás da porta ou aqueles niqui a trilha sonora aguda vai subiiindo até *PAM* vc gritar e derrubar a pipoca no colo].

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Ta difícil votar mas é pq eu tenho o maior medão de filme de terror/suspense. Assisti o sexto sentido sem saber nadica da história e fiquei 2 semanas sem dormir pq fechava o olho e tinha certeza que ia ter algum parado no pé da minha cama me olhando. Tb não gosto de sangue/tripas como disse o batatatransgenica. E nem filem com monstros etc...Goste de filem suspense tipo louca obsessão ou hannibal, aliens, mas nada com espíritos. Então, apesar de vc ter colocado o link pra assentirmos as cenas e eu estar morrendo de curiosidade pra ver qual a cena do sexto sentido que vc colocou o vídeo, to com medo...Acho que não vou ter coragem não

Andrea Cristina disse...

Ô Lola! Bem q podias ter deixado a opção de escolher mais de um. Um só é muito complicado!!!

Juliana B disse...

Eu gosto do "Here's Johnny!" do Iluminado, mas votei na Kathy Bates no Misery, não consigo ver aquilo!!!!!

Leo disse...

Gente! Bem difícil!
A cena do Jack quebrando a porta do banheiro em "O iluminado" me deixou em pânico.
"O bebê de Rosemary" e "Sexto sentido" são filmes tensos, mas não me lembro de ter ficado tão desesperado assim.
"Tubarão" me marcou tanto que sempre que lembro que eles existem, sou obrigado a sair da água. Acho que junto com "O Iluminado" seriam meus dois votos...

Camomila disse...

Nossa, Lola, essa tá impossível.
Meu voto foi pra Kathy Bates, quem diria que aquela senhora com carinha bonachona fazendo uma atrocidade daquelas! Ela vai se superando ao longo da narrativa, o lance da disputa pelo controle, o escritor arrogante achando que pode dominar a situação até chegar nesse clímax, é genial.
Mas pra mim isso não é terror, ficaria na categoria suspense, assim como "Os Outros" que me assustou um tanto. Achei um ótimo filme.

Anônimo disse...

tem uma cena em It (It - Uma Obra-prima do Medo) que envolve suspense, um bueiro e crianças... eu tinha uns 10 anos na época, acho que nem consegui assistir o filme direito, mas lembro do pavor sentido! nunca superei meu asco por palhaços desde então. depois de It, só a musiquinha de A profecia para me "provocar" de verdade.
Daniela

Nah... disse...

O crucifixo do final de Carrie, a Estranha.
Tenho nervoso daquilo até hoje.

Meu marido se caga de medo da cena em que os espíritos de identificam em O Exorcismo de Emily Rose.

Bj,
Malena

Masegui disse...

Tô em dúvida entre um monte... não vou votar em nenhum...

Não gosto de filme de terror... morro de medo! Filmes que tem carnificina, tipo serra elétrica, tô fora, acho besteira.

Gosto de suspense, mas sou do tipo que ao invés de levar pipoca levo papel higiênico... é mais seguro.

Nalu disse...

Lola, a cena em que eu tive mais medo foi uma da Bruxa de Blair, mas não exatamente a do final, foi uma quase no final e eu fiquei apavorada. Mas a ena final de Carrie já me fez gritar mesmo umas 3 vezes.

Anônimo disse...

masegui:
"Gosto de suspense, mas sou do tipo que ao invés de levar pipoca levo papel higiênico... é mais seguro."

gargalhando!!

Mica disse...

Lola, fiz uma pergunta a você lá no tópico da sua paixão juvenil. Eu imagino que HQ não seja o seu forte, mas....a pergunta é mais para o meu problema com o inglês do que com seu conhecimento de quadrinhos. Se puder me dar uma ajuda, eu agradeço.

Vitor Ferreira disse...

Eu fico com o Exorcista. Aliás eu já me fantasiei de Regan pra uma festa do trabalho e ganhei o prêmio de melhor fantasia. Depois te mando a foto se quiser. Só vi o convite do post "OITO COISAS PARA REALIZAR ANTES DE BATER AS BOTAS" hoje... Só uns 6 meses depois... Ainda serve fazer a lista?

Vitor Ferreira disse...

A cena de Carrie também assusta. Não sei por quê. Eu acho até previsível, mas sempre levo um susto com a mãozinha saindo...

marina w. disse...

votei em carrie, um filme que me fez muito mal, fiquei abalada com aquela cena e quando cliquei e caiu no youtube fiquei apavorada. Odeio esse filme. Pra mim, o melhor filme de terror (gênero que não gosto) é disparado O Bebê de Rosemary, seguido de Os Outros. Beijos.

Bárbara Dayrell disse...

Vou confessar a verdade, o unico filme de terror que realmente me deixou com medo até hoje foi a bruxa de blair. Nunca fiquei tao apavorada na minha vida! Durante uma semana nao consegui dormir direito. Mas até sei porque isso aconteceu, nao conta pra ninguem, hein, mas é que eu tenho medo de escuro! hehehehe... É verdade!!!
Mas quanto a cenas mais assustadoras, ai ficou dificil de decidir... acabei votando na nicole estrangulando a filhinha, mas amanha volto e voto no 6o sentido...rs

lola aronovich disse...

É uma divisão interessante a sua, Gio. Mas não são só os orientais que ficam nessa categoria sobrenatural. Acho que a maior parte dos filmes de terror taí. Stephen King é bem sobrenatural. Ele tem mais histórias do tipo Iluminado e Carrie que Louca Obsessão, que não tem nada de sobrenatural. Psicose e Encurralado também não, mas Os Pássaros, sim. Sobre Encurralado (Duel), gosto muito do filme. Mas acho que é mais de suspense que de terror. E ele tem um ótimo clima, mas tenho dificuldade pra escolher uma só cena. Quer sugerir apenas uma? A da lanchonete, talvez? Em que ele desconfia de cada caminhoneiro? Essa é ótima!
Nem me pergunte sobre o marcador de comentaristas que não faço a menor idéia de como funciona... Parece que ele subtrái, né? Será que é por porcentagem?


Ju R, obrigada, meus alunos adolescentes já me explicaram o final da Bruxa de Blair na ocasião. Foi super humilhante! Mas esse é o tipo de filme que só vi uma vez, até tive medo durante a sessão, mas não foi marcante. E nem fiquei com vontade de vê-lo de novo. Concordo contigo sobre as cenas mais assustadoras de Sexto Sentido. E Carrie comigo tb é assim: eu grito TODA santa vez. Mesmo sabendo o que vai acontecer.

lola aronovich disse...

Chris, ah, vota vai... Prometo que semana que vem repito a enquete deixando o pessoal escolher mais de uma. Fiquei arrependida, é realmente difícil escolher apenas uma, mas não dava pra mudar depois que já havia votos.


Pois é, Luciano, muito difícil mesmo. Semana que vem eu repito deixando o pessoal votar em TRÊS. Fica melhor assim? Mesmo assim vc vai ter que eliminar algumas... Pra mim tem no mínimo umas sete cenas impagáveis. Muito complicar optar por algumas. Sobre Bebê de Rosemary, pra mim é um grande filme, com um ótimo clima que se mantém (inclusive na cena do estupro – ela tem que ser assim, onírica, estranha, pra gente não saber se aconteceu alguma coisa ou se foi só um sonho dela. Esse é o grande charme do filme: Rosemary está louca, fantasiando tudo aquilo, ou há uma seita de adoradores do diabo querendo ficar com seu filho?). Mas não tem uma só cena espetacular. É o filme todo. Vou escrever sobre Misery, vc vai gostar.

lola aronovich disse...

Guta, acho que às vezes a linha que separa terror de suspense é bem tênue. Mas não sei se dividiria pelo elemento sobrenatural. Tubarão é terror porque é muito gráfico. Logo, Pássaros também. Invasores de Corpos pode ser visto como ficção científica tb, não só terror. Eu AMO a versão de 78! Essa cena das cabeças trocadas também sempre me persegue. É uma das imagens mais aterrorizantes do cinema, sem dúvida. Mas é uma imagem só. Nem chega a ser uma cena completa. É rapidíssima. Como cena mesmo, prefiro essa do final. E aquela na casa de banhos/sauna tb é de arrepiar. Enfim, o filme todo é muito eficaz. Pra mim, é o melhor Boby Snatchers dos quatro.
Esse filme que vc descreve soa familiar. Mas eu tenho um que eu vi quando era pré-adolescente, também dividido em 3 ou 4 episódios, que me atormenta até hoje. E nunca consegui descobrir qual é! Preciso fazer um post sobre isso.


Ashen Lady, vc viu Poltergeist quando criança e ficou apenas uma semana tendo pesadelos com palhaços?! Vc era uma criança durona, hein? Tá louco, essa cena é pra proporcionar pesadelos pra vida toda...

lola aronovich disse...

Ju R, nunca achei o Donald Sutherland bonito, mas ele foi um grande ator, na época que fazia filmes. Sumiu, né? Agora a gente só vê o filho dele, que, com todo o respeito, não tem o talento do pai... O Donald tava em Johnny vai à Guerra? Como assim?


É verdade, Kaká. Tem cenas asquerosas, de dar nojo, tem cenas que dão sustinhos rápidos, tem cenas que vão criando um clima... São bem diferentes entre si, sim. Eu amo Os Pássaros. E, pra mim, mexe comigo mais que Tubarão. Porque na vida real eu vejo muito mais passarinho que tubarão... E sempre que vejo uma concentração suspeita de pássaros penso no Hitch...

lola aronovich disse...

Pois é, Batata Naomi, eu consegui restringir as minhas opções a apenas 7. E sua divisão pros filmes de terror tá boa. Mas tem alguns filmes que se misturam. Tubarão, por exemplo. Tem sangue e tripas de monte, mas na maior parte das vezes é um tubarãozinho sugerido pulando atrás da porta...


Ana, é, depois que virou moda falar mal do Shyamalan, a gente até esquece como Sexto Sentido é assustador. Com ou sem aquele final surpresa, o filme é marcante, cheio de cenas muito bem boladas, que dão medo mesmo. Eu acho que também prefiro filmes de terror mais “normais”, tipo Louca Obsessão ou Silêncio, que aqueles com espíritos. Mas Iluminado tem espíritos, e eu amo! Coragem, vai!

lola aronovich disse...

Andrea Cristina, eu sei, eu sei. Semana que vem eu deixo votar em mais de um, prometo.


Ju B, essa cena do hobbling da Kathy Bates realmente é terrível. Vou escrever sobre isso...

lola aronovich disse...

É verdade, Leo, eu também fiquei em pânico com essa cena do Jack quebrando a porta do banheiro! Acho que é dessas cenas que fazem a gente gritar pra tela. Mas acho que tive essas reações com Bebê e Sexto Sentido tb. Quanto a Tubarão, faz parte do nosso inconsciente coletivo... Pobres tubarões. Spielberg manchou a reputação deles.


Camomila, concordo que a Kathy Bates tá incrível no filme. Formidável como ela muda de fisionomia durante a história. Vou escrever sobre isso. Acho que é terror, sim. Tá, tá mais pra suspense, mas aquela cena gráfica do hobbling é puro terror. Os Outros eu não gostei tanto assim. Tem um bom clima. Precisaria ver de novo.

lola aronovich disse...

Daniela, eu não vi esse It. Mas é filme feito pra TV. Vc viu Poltergeist? Esse foi o fator “odeio palhaços” da minha geração!


Malena, Carrie é bem assustador. Se eu fosse religiosa, ficaria traumatizada com a estátua de Jesus com os olhos brilhando que tem lá. Agora, O Exorcismo de Emily Rose? Por favor, né? Fala pro seu marido ter medo de filme de terror de verdade.

lola aronovich disse...

Mario Sergio, escolhe unzinho, vai. Quando vc vai ver filme de suspense no cinema, ao menos segura a mão da sua mulher? O maridão segura a minha, e às vezes ele fica tão nervoso que fica apertando... Depois, ao sair do cinema, eu digo: “Ficou com medo, hein?”. E ele sempre nega! Mas minha mão estrangulada sabe.


Nalu, eu tive medo em A Bruxa de Blair, mas tb não foi no final. Foi com o clima todo. Já a cena final de Carrie é infalível. Quem não grita é porque não tá vivo.

lola aronovich disse...

Mica, vou dar uma olhada e ver se posso ajudar.


Vitor, só viu agora, meio ano depois?! Mas responde, vai. E ainda tô aguardando o seu guest post sobre ser garçom no Havaí.
A mão de Carrie no final vc acha previsível? Eu não acho previsível nem após ver esse final 50 vezes!

lola aronovich disse...

Desculpe, Marina, não queria que vc passasse mal. Eu gosto muito de Carrie, embora não seja o meu favorito. Bebê é bárbaro. Não recomendo que nenhuma mulher grávida o veja. Iluminado vc não gosta?


Bárbara, só filme de terror recente? Vc não viu os antigos não? Bruxa de Blair é um filme esquisito. Fez muito sucesso na época, assustou de montão, aí todo mundo começou a falar mal. Acho que o lançamento do péssimo Bruxa 2 fez mal também. Eu não me animo a ver o filme de novo. Mas lembro que, quando o vi no cinema, fiquei bem com medo sim.

Ju R. disse...

Lolinha, o Donald Sutherland fez aquele Jesus psicodélico (e lindo) em "Johnny vai à guerra". E o sotaque escocês? Lindo, lindo, lindo!

Ah, lembrei do "Wolf Creek" também. É assustador porque foi baseado em relatos, não tá na linha sobrenatural. É bem tenso, esmigalhei a mão do meu namorado (que aparentemente não se abala por nada, impressionante).

lola aronovich disse...

Ju R, não lembro do Sutherland em Johnny! Mas êta filme deprê, hein? Digite o nome do filme na busca. Eu escrevi um parágrafo sobre ele.
Eu gosto bastante de Wolf Creek e fiquei bem apavorada. Mas o filme é autraliano, certo? Sabe outro que o pessoal não gostou mas que me deixa tensa que só? Mar Aberto! Aquele do casal no meio dos tubarões...

Ju R. disse...

ainda não vi "mar aberto", mas eu já sei o final. AAAAAAAAAAHHHHHHHH!!!!!! DROGA!!!!

lola, chorei tanto em "johnny". é triste demais!!! mas é ótimo! sei que você não gosta, mas tem uma música (e clipe com cenas) do metallica ("one") que são inspiradas em "johnny" - que na verdade é um livro. deprê? é pouco, viu?!

olha o donaldzinho lindo da ju: http://bp2.blogger.com/_czc1O9-t1Xc/R57aT-JDEkI/AAAAAAAAA34/Qwr4CXM0cPU/s1600-h/1971+Johnny+Gun+1.jpg

ah, outra coisa: devem fazer um remake de "johnny". não to botando muita fé. enfim....

é sempre bom trocar idéias com você! beijo!

Ju R. disse...

esqueci de dizer: outro que me "faz ovular" é o clint eastwood. até quando ele já era um senhor respeitável ele era charmoso. quando jovem e fazendo westerns então....nossa!

Vitor Ferreira disse...

Acho previsível a cena. O clima da pessoa na catacumba dá a sensação que algo está para acontecer. Mesmo sem saber exatmente o que. Mas eu desconfiei desde o início que ia vir susto dali.

Ju R. disse...

nunca vi "o exorcismo de emily rose". mas eu sei porque muita gente morre de medo: é também baseado em fatos reais. tem áudio do exorcismo da moça que foi exorcisada no you tube. assustador, ainda mais por eu ser cagona.

Ju R. disse...

"tem áudio do exorcismo da moça que foi exorcisada"

me superei agora.

Luciano JR disse...

Lola, de verdade, eu ADORO O Bebê de Rosemary, mas acho que ele seria melhor do que ja é (isso é possível?) sem a cena. Sem ela a pergunta "Ela está louca ou não?" seria mais... não sei dizer... seria mais convincente. Mas eu gosto do filme, apenas acho a cena (o estupro em si, a parte final do sonho) meio fora de foco com o resto do filme (que opta pelo realismo das cenas). Mas é um grande filme com um clima desesperador. Está, sem duvida, na minha lista de melhores filmes de terror.

Cris disse...

Lola, eu qro votar em três, não em um, pode? Então escolho as cenas que vc mencionou dos seguintes filmes: do Sexto Sentido, de Poltergeist e de O Exorcista.

Fiquei curiosa, o que vc não entendeu na última cena do filme A Bruxa de Blair?
Sabe que eu não entendi o filme qdo assiti a primeira vez. Alguém me explicou, assisti de novo e só então pude entender. E cheguei à conclusão de que é um dos mais horripilantes que já vi.
Mas minha memória tá ruim, qual é essa última cena?

bjos!

Cris disse...

Ah, eu não tinha lido os comentários, lembrei da cena...
Como já falaram mesmo, vou reforçar.
Antigamente deixar a criança virada olhando pra parede era um castigo bem comum.
So...a Bruxa matava as criancinhas e enquanto judiava e matava um delas, deixava a outra esperando, virada para a parede, como se estivesse de castigo.

Achei tenebroso, brrrr.

Patricia Daltro disse...

Lola, as cenas que mais me meteram medo não estão na lista, a primeira é a cena do menininho amdando de triciclo no corredor imeeeenso do hotel. E a segunda é de um filme meio trash chamado IT, mas que amo de paixão, mas isso é pór que adoro filmes trashs de terror, rs. Mais, então, nesse filme, tem uma cena de um menininho lindo de casaco de chva amarelo que brinca inocentemente com seu barquinho de papel, então ele vê um balão saindo do esgoto e caminha até ele, dentro o palhaço mais sinistro dos filmes, sorri. (Me arrepiei toda só de lembrar)

Luciana Håland disse...

Ai, sem dúvida o Massacre da Serra Elétrica, e o filme mais recente que mostra o comeco do massacre, muito assustador.

Mica disse...

Eu achei a Bruxa de Blair fantástico, mas não sei se assistiria de novo. Na verdade, não gosto de filmes de terror sobrenatural-religioso (exorcismos, fantasmas, etc, etc, etc), prefiro um terror psicológico ou criaturas fantásticas.
Um dos filmes que mais me chocou foi O Grito (o americano, com a Sarah Michelle Gelar). O barulhinho de dente batendo (e garganta rangendo)e a cena do chuveiro me tiraram o sono por mais de uma semana.
Mas, verdade seja dita, para mim em um filme de terror não há nada pior do que a música. Boa parte dos filmes eu passo de olhos fechados e tão apavorada quanto se estivesse de olho aberto, pq a música me faz imaginar mil coisas (e muitas vezes nada está passando na tela, só a música mesmo, hehehe).

Mi disse...

qdo aparece a guria com longos cabelos negros em the ring (tanto o original japones - ringu - qto o americano)

Mi disse...

mas desses o pior é carrie traumatizei qdo era piá

Cris Prates disse...

Realmente muito difícil de comentar. A cena do banheiro do Sexto sentido é legal, mas pra mim a mais aterrorizante é quando o menino percebe alguém na sua tendinha. Ai, que horror!
No "Os outros", a pior é quando a imagem da menina se confunde com a a da velha vidente. Acho horrível.
Em "O exorcista" acho muito pior a cena em que a menina desce as escadas meio que de costas, meio deitada. Arhhhh, tanto é assim que foi retirada do filme por um bom tempo. Imagine vc na sala rezando e de repente uma pessoa desce as escadas feito uma aranha ao contrário? Afe!
Em "O iluminado" gosto de ver as meninas convidando Danny pra brincar e aparecendo um segundo depois completamente estraçalhadas...Nossa que morbidez. A trilha sonora ajuda muito e a cara do menino nem se fala.

Gostaria de acrescentar um ótimo terror que vi há 2 semanas e sobre o qual ainda não parei de pensar: "El orfanato" de Guilhermo del Toro. Incrível.

Não quero esquecer de "Água Negra" ou "Dark Water", quando a mãe percebe que está abraçando uma menina esquisita. Ui!

Teve um outro espanhol "La habitacion del Nino" que cruz credo! Quando o homem vê pelo monitor da babá eletrõnica que tem outra pessoa do lado do seu bebê é de segurar no sofá...

etc, etc, etc...

P.S.: No bebê de Rosemary eu adoro a decoração da casa de Rose...

lola aronovich disse...

Opa, quanta coisa atrasada pra comentar! Vamulá:

Ju R, vão refilmar Johnny Vai à Guerra?! Sério? É um dos filmes mais deprês que já vi na vida. Não acho um grande filme, mas sem dúvida é interessante. O livro deve ser melhor.
Clint Eastwood, muié?! Vc tá doida? Não, o Clint eu nunca achei bonito. Nem quando ele era jovem nem nada. Acho que ele tá charmoso em As Pontes de Madison. E sem dúvida ele é carismático (ainda que, pra mim, seja um ator limitado). Mas quem me fazia ovular na adolescência era mesmo a dupla Paul Newman/Robert Redford. Bom trocar idéias contigo também, Ju. Desculpe não ter mais tempo.


Vitor, a cena de Carrie não é previsível! A música da cena vai totalmente contra o que acontece. Acho brilhante como a música é enganosa nessa cena. Se já tivesse uma trilha de suspense, tipo Tubarão, aí sim a gente saberia que sairia uma mão da cova. Mas com aquela música, a roupa toda virginal da Amy Irving, um tom mais soft de iluminação, eu não esperava mais terror, não.

lola aronovich disse...

Ju R, pois é, sei que o Exorcismo de Emily Rose é baseado em fatos reais. Mas achei o filme tão meia boca... É mais um filme de tribunal que de terror, pelo que me lembro. Gostei da sua “superação”. Se vc não tivesse falado, eu nem teria reparado.


Ah, Luciano, eu acho essas duas cenas muito bem feitas. Principalmente a do estupro. Parece muito um pesadelo. E acho que, como a gente tende a acreditar na Rosemary desde o início (eu, pelo menos, e acho que boa parte das mulheres), porque o filme adota o seu ponto de vista, é necessário uma cena mais dúbia, mais ambivalente. Mas também é questão de interpretação. Aposto como tem gente que vê essa cena e pensa: ah, ela foi estuprada pelo demo mesmo. Mas a explicação do marido, de que ele transou com ela enquanto ela tava inconsciente, já é o fim. Se a gente tinha alguma dúvida que ele era um crápula, depois dessa cena, acaba a dúvida. Por isso acho que o John Cassavettes tá ótimo no papel. Porque ele faz um tipo mais fraco, inseguro e covarde, que um tipo realmente detestável. Ele não é um vilão tradicional.

lola aronovich disse...

Eu sei, Chris. Depois que meu grupo de alunos adolescentes me explicou o final de Bruxa, eu entendi tudo. Até expliquei pro maridão (ele nunca entende nada). Mas... Sei lá, agora, revendo o trechinho no youtube, entendi menos ainda. Mesmo sabendo o final. É muito confuso, muito Cloverfield pro meu gosto. Bruxa tem cenas melhores...


Pô, Patricia, desse jeito vc e outras pessoas vão me fazer pegar It. Eu até gosto de alguns trashs de terror também. É só que It foi feito pra TV. Ou seja, por mais assustadora que seja essa cena que vc descreve, ninguém nunca a viu no cinema. Enfim, eu nunca vi Bebê de Rosemary no cinema (mal tinha nascido!), mas... Ah, vc entendeu! Iluminado é dureza escolher uma cena só. Tem pelos menos umas cinco cenas assustadoras muito dignas.

lola aronovich disse...

Luciana, sabe que agora pintou uma dúvida cruel: eu vi a nova versão do Massacre da Serra Elétrica? Acho que sim, na TV, mas juro que não lembro! Sinal que o filme não foi assim tão marcante.... Ao mesmo tempo eu tenho uma vaga lembrança de que não era ruim. O original eu tenho em dvd. Assusta bastante.


Mica, O Grito tem algumas cenas bem apavorantes sim. O problema, acho, é que o Grito 2 foi tão, mas tão ruim, que dissolveu qualquer impacto do Grito 1. E também, esses remakes cansam... Interessante isso que vc diz sobre a música. A trilha é importantíssima num filme de terror. Por isso que é incrível que não haja música em Os Pássaros (tirando nessa cena da escola, mas a música das crianças cantando é puramente acidental).

lola aronovich disse...

Mi, é, essa cena da guria saindo da TV é bem traumatizante. Mas sim, eu me lembro que, quando vi The Ring no cinema (o americano), a que me arrepiou mesmo foi da Naomi Watts (era ela, né?) no fundo do poço, e aí ela começa a pegar intermináveis fios negros de cabelo... Aquilo me fez dialogar com a tela, gritar “Não faz isso, não!”, o que pra mim é um ótimo indício que estou a um passo de ficar completamente histérica!

lola aronovich disse...

Cris, vc é mulher do Gio, um dos meus maiores comentaristas? Aquela que eu insisto que é de Viçosa? Seja bem-vinda! Quer dizer, sei que vc já comentou aqui também, seu nome é familiar, só que agora estou ligando os pontinhos. Bom, essa cena da tendinha em Sexto Sentido também é horrível. Mas acho que prefiro essa da festa de aniversário. Porém, a que foi mais copiada depois foi mesmo a do banheiro, não acha? Agora TODOS os filmes de terror tem alguém/alguma coisa passando rapidamente pelo protagonista/vítima. Do Exorcista, aquela cena da menina de costas, se fosse tão boa, estaria no filme original. Sabe por que acho que ela não é tão maravilhosa? Porque muito do terror de Exorcista se deve ao clima claustrofóbico. Tudo se passa naquele quarto. O quarto da menina é como se fosse um outro personagem. Aí ela sai do quarto pra descer escadas? Hmmm... Mas sim, a cena é bem chocante, ainda que rápida demais. A cena das meninas do Iluminado também é terrível. Deve ser uma das cinco terríveis do filme.
Não gostei de Orfanato! Nem um pouco. Talvez se eu tivesse visto o filme no cinema, e não em dvd... Mas achei um filme mais melodramático que realmente assustador. Escrevi um pouquinho sobre ele aqui. Puxa, não lembro nada de Água Negra! Esse terror espanhol La Habitacion eu não conheço. E gosto de tanta coisa do Bebê de Rosemary... Só acho que mulheres grávidas não deveriam vê-lo jamais!
Apareça sempre, Cris.

Anônimo disse...

Esqueceram de citar muitas e muitas cenas assutadoras,como por exemplo nos finais clássicos de sexta feira 13 em que jason aparece sem a mas cara para dar um ultimo susto na platéia...
Clique aqui para ver a cena
nesta imagem mostra o primeiro sexta feira 13 no finalinho,reparem que jason aparece com tudo do lago,esta foi a única cena em todos os filmes de terror que eu ja assisit que me assustou,tirando o exorcista