quinta-feira, 25 de setembro de 2008

TRAUMAS DA VIDA, VERSÃO COM CENOURA

Esta crônica já deve ter uns cinco anos, da época que eu fazia mestrado em Florianópolis. Tempo suficiente pra eu superar o trauma. Se minha vida fosse um livro aberto e se chamasse Momentos Traumáticos da Lolinha, o bolo de cenoura teria um capítulo só pra ele.

Eu nunca tinha comido bolo de cenoura, mas este ano tudo mudou. A proprietária da casa que alugo em Floripa fez um bolo e insistiu que eu ficasse com um pedaço. Eu aceitei, mais por educação. Afinal, esse negócio de profanar chocolate não é comigo. Mas não é que provei e gostei? Pra começar, não havia o menor vestígio cenourífico. Gostei tanto que pedi a receita pra tentar fazer o bolo em Joinville.

O maridão e minha mãe me olharam estranho. Agüentei comentários como “Bolo de cenoura? Você?!”. Mandei o maridão comprar todos os ingredientes e limpar quatro cenouras grandes. Não sei, é descascar cenoura que se fala? Você pode perguntar por que eu mesma não fiz esse trabalho escravo. Bom, digamos que eu era o cérebro por trás da receita. Mas não pense que não tive participação no trabalho braçal. Por exemplo, quem ligou o liquidificador? Euzinha. Quem ficou xingando quando o liqui se recusou a se mexer? A própria. Pus a massa numa forma untada (eu que untei!), e provei a colher. Meu primeiro erro. Quando você seguir uma receita, não se deixe levar pelo otimismo exacerbado. Se você provar a massa crua e ela estiver detestável, não prossiga. Imaginei que, depois de assado, o bolo melhoraria. Ledo engano. Pior ainda: se você provar o bolo pronto, só faltando a cobertura de chocolate, e não conseguir encarar nem umas migalhas, por que desperdiçar o chocolate? Na vã tentativa de salvar o bolo, joguei um monte de cobertura nele e levei um pedacinho pro maridão. Sabe quando a pessoa fica mastigando, mastigando, e não se atreve a engolir? Foi assim. O maridão jurou que depois vai tentar de novo, misturando o troço com sorvete e shoyu, pra ver se desce. Eu pedi, pelo amor de Deus, pra que ele dissesse algo que levantasse minha auto-estima, e ele: “Sua habilidade com utensílios domésticos é impressionante”. Experiência culinária semelhante só quando eu, ainda adolescente, fiz uma torta de café que meus amigos gostaram muito. Tanto que jogaram futebol com ela, chuif.

Leia mais crônicas lolísticas antigas aqui: mosquitos, jornal, gafes, sobrenatural, prova de seleção do mestrado, prova de fonética (ui!), linchamento na faculdade, diálogos musicais com o maridão, e beijos.

37 comentários:

Masegui disse...

A Cici, minha patroa (ish, tem gente aí que não vai gostar) faz um bolo de cenoura divino. Aliás, todo bolo que ela faz é maravilhoso!

Manda o endereço que da próxima vez te mando um pedaço por sedex...

Paola disse...

Vim aqui dizer que você é muito rápida, escreve mais rápido do que eu consigo ler, mas depois dessa? Estou aqui rindo muito!
Eu sei como é, você é a mulher planejamento!
Como eu tenho muita dificuldades com bolos eu sei perfeitamente o significado disso, hoje em cas para se fazer um bolo é necessário a presença da família toda:
Eu dou idéia e começo as instruções, minhas filhas untam a forma, misturam os ingredientes, etc e tal, o marido entra com a parte do tempo no forno, o garoto ajuda tirando a assadeira do forno. Tudo isso por eu não ser capaz de fazer um bolo, que seja, gostoso e no ponto!
Beijos
PAola

Pernambucobebendoparaomundo disse...

Adoro bolo de cenoura, mas Bolo é a única coisa que eu não me atrevo a fazer na cozinha...


P.S> Hoje é aniversário de Keely Shaye-Smith Brosnan

Carolina Rodrigues de Souza disse...

Como sou bailarina e tenho apresentação mês que vem, estou evitando todas essas guloseimas maravilhosas. Porém, depois da dança, vou me presentear com um belo bolo de cenoura com muita cobertura de chocolate. Adoro! E é uma das únicas coisas que me atrevo a fazer na cozinha, sem pôr em perigo o resto da família, rs.

Mica disse...

Eu ADORO bolo de cenoura. Amo tanto que houve uma época que tentei fazer uma reeducação alimentar e a nutricionista até incluiu uma fatia de bolo de cenoura no meu cardápio, heheheh.
Mas não sei fazer. Fala sério, não sei fazer nadica de nada na cozinha. Pipoca, miojo e batata cozida são as únicas coisas que me arrisco.

Pernambucobebendoparaomundo disse...

"Mas não sei fazer. Fala sério, não sei fazer nadica de nada na cozinha. Pipoca, miojo e batata cozida são as únicas coisas que me arrisco."

Tenho um amigo que diz: "eu faço um GELO impecável"... :D

Vitor Ferreira disse...

Eu adoro bolo de cenoura! Você já tentou fazer de novo? Quando eu faço fica bom.

Vitor Ferreira disse...

Uma dica também, talvez você já conheça, mas enfim... Para o bolo ficar mais fofo, você pode substituir o leite por iogurte e colocar gelatina sem sabor.

Anônimo disse...

Lola vc colocou cenoura em excesso daí ele ficou com consistência de pudim, tipo um pirão? Bom eu
A D O R O bolo de cenoura e em vez de açúcar na massa coloco leite condensado de soja e como não curto pudim...adoro bolo de cenoura com jeito de pudim.
PODE?
Enfim bolo de cenoura pra mim
não tem defeito. Ah! Lola transforme seu mal sucedido bolo em torradas ! UIIIII KI Diliçaaaaaaaa. Bj da Fatima/Laguna/SC.

Ashen Lady disse...

Aquele post que você leu foi minha primeira experiência no ramo de bolos de cenoura. Apesar de desabar porque ficou muito fofo e crescer a ponto de quase engolir meu fogão ficou super gostoso. A próxima experiência será bolo de fubá cremosinho.

Eu nunca fui de cozinhar, estou aprendendo agora e adorando.

Anônimo disse...

Lola, experimenta as massa prontas.
Não tenha preconceito contra aas coitadinhas.
Olhe só, eu fiquei anos enganando minhas maigas, fazendo um bolo de chocolate daquerla maraca Dona Benta.
Isso na época da facul. Todo mundo dizia "O bolo da Cris é ótimo, nem comparação com aquelas massas prontas" e eu, rindo escondida. Só a calda era minha.
Um dia resolvi contar meu segredo, as meninas não acreditaram, ahaha. E todas adotaram as massas prontas.
Eu sei fazer bolo, mas com essas massas, o resultado é tão ótimo, que não acho que compensa o trablho/sujeira.
Mas eu faço massa caseira d evez em quando, mas para relaxara do que por meus dotes culinários.

beijos

Cris disse...

O anônimo aí de cima sou eu.:)

Tina Lopes disse...

Eu tento, mas meus bolos ficam sem graça. Já fiz de chocolate, de banana, massa pronta, massa complicada, mas nunca sai muito bom, não. Então desisti. Aliás, uma vez meu marido quis fazer um bolo de café, viu a receita - uma xícara de café - e tascou uma xícara de pó de café. E era pra botar o café pronto, líquido. Ficou tão feio, preto, ele me usou de cobaia e me deu o primeiro pedaço. Tinha pó de café no meu estômago ainda uns 3 dias depois.

Nita disse...

É, acho que as minhas habilidades culinárias não me dão o direito de falar nada sobre a sua experiência como bolo de cenoura.

Suzana Elvas disse...

Bolo de caneca

Bolo de caneca
Ingredientes:

1 ovo pequeno
4 colheres (sopa) de leite
3 colheres (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó
4 colheres (sopa) rasas de açúcar
4 colheres (sopa) rasas de farinha de trigo
1 colher (café) rasa de fermento em pó

Modo de Preparo:

Coloque o ovo na caneca de 300 ml e bata bem com um garfo. Acrescente o óleo, o açúcar, o leite, o chocolate e bata mais. Acrescente a farinha e o fermento e mexa delicadamente até incorporar.
Leve por 3 minutos no microondas na potência máxima. Sirva na própria caneca (mesmo quente) com coberturas, caldas, castanhas ou sorvete.

:op

Chris disse...

Lolinha, adorei o trauma do bolo de cenoura.
Realmente, se a massa crua já te dá uma péssima 'preview', é melhor parar por aí.
Dificilmente um bolo ruim em seu estado cru, irá ficar saboroso.
Só uma perguntinha, na receita não mendava vc bater os ingredientes líquidos e depois misturar aos secos, não? :(
beijos e melhor sorte na próxima tentativa,
Chris

Anônimo disse...

Olá Lola,

Desculpe ocupar esse espaço com um comentário totalmente fora do contexto (do post). Mas preciso de uma ajuda (calma, antes de largar a leitura do meu comentário, te aviso que não é dinheiro!). Apenas quero saber como é que faço para saber quais palavras buscadas no google, levam ao meu blog? Por Favor, me ajude!!

Cris Prates disse...

Eu adoro bolo de cenoura. Há muito tempo não faço (aliás não faço nada na cozinha). Mas Danton está proibido de comer chocolate então nem poso fazer pra gente!

Parabéns a mulher do Pierce. Será que ela tem blog...

lola aronovich disse...

Respondendo rapidíssimo ao Vinicius (mais tarde, à noite, respondo aos outros - ou tento, pelo menos. Estou sem tempo nenhum!):
Vc tem sitemeter ou extremetracking? Sabe, um desses "contadores" de site, que ficam marcando o número de visitas? Eu só sei como os leitores do google chegam aqui através desses marcadores. No extreme tracking, vc clica no Referrer Tracking 1, e lá, mais embaixo, vai aparecer quem vem através dos sites de busca. Pode clicar neles.
No Sitemeter, vc vai no Referrals, no canto esquerdo da página. Lá aparecem os 50 ou 100 últimos visitantes do seu blog. Se disser "google search", pode clicar lá.
Se mais alguém souber ajudar...

Kaká disse...

adoro bolo de cenoura. hummm, deu uma fome, vou ali na padaria pegar um pedaço. :) e vc tem toda razão se a massa crua é ruim, o bolo pronto não vai ficar melhor.

já fiz esse bolo de caneca e ficou bom.

lola aronovich disse...

Gente, estou sem tempo! Preciso entregar outro capítulo da minha tese!

Mas respondendo, bem rápido:
Mario Sergio, se é pra mandar bolo via sedex, manda logo o de chocolate! Aliás, aproveitando. A sua mulher é linda! Eu vi as fotos.


Paola, eu sei, eu sei. Tento colocar só um post por dia, pra que o pessoal tenha tempo de acompanhar. É bom envolver toda a família num projeto culinário. Por aqui não dá muito certo...

lola aronovich disse...

Gio, bolo é a única coisa que vc não se atreve a fazer na cozinha? Sério? Ih, eu tenho uma lista imensa...


Carol, boa sorte na apresentação mês que vem! E depois presenteie-se com um belo bolo!

lola aronovich disse...

Mica, eu acho que não sei fazer miojo. Nunca tentei, pelo menos. Batata cozida tudo bem. Pipoca, mais ou menos.


Gio, "faço um gelo impecável" é muito bom! Mas não é tão fácil. Eu já tive daquelas forminhas de gelo redondas, e não era fácil.

lola aronovich disse...

Vitor, depois de um fracasso estrondoso desses, eu não vou tentar de novo. Nem tenho mais a receita.


Fátima, nem lembro como ficou. Faz tempo... Só que ficou bem intragável.

lola aronovich disse...

Débora, teve uma época que eu fiz curso de salgadinho e de fazer queijos. Foi muito legal, adorei. E eu tentava fazer e saía bem gostoso. Mas aí parei e esqueci tudo. Acho que aprendi a cozinhar muito tarde, se é que aprendi.


Cris, que bom que vc avisou que o anônimo era vc, se não acharia que era a Fátima, minha anônima de sempre. Então, concordo totalmente. Bolo de caixinha fica muito melhor que qualquer bolo que eu faço. Eu também fazia e colocava a minha cobertura e todo mundo achava o máximo. Eu era sincera e dizia que era de caixinha. Mas algumas marcas são melhores que outras, né?

lola aronovich disse...

Tina, mas foi isso que eu fiz de errado naquele bolo de café que tentei fazer na adolescência e meus colegas jogaram futebol com ele: eu pus café líquido, não em pó. E aí ficou borracha pura. Eu me solidarizo com seu marido.


Nita, é bom não criticar mesmo. Mas tem outras receitas que eu faço direitinho e o pessoal até fala "já pode casar" etc.

lola aronovich disse...

Opa, Su, boa pedida. Vou tentar um dia. Nunca fiz bolo em microondas. E eu até tenho um microondas, ao contrário de um celular.


Chris, juro que segui a receita direitinho. Ou pelo menos pensei que segui. Eu gosto de provar a massa dos chocolate chip cookies antes de colocá-la no forno. Fica tão boa...

lola aronovich disse...

Cris Prates, por que seu filho não pode comer chocolate? É promessa? Ontem falei com uma amiga e ela disse que fez promessa e não pode botar chocolate na boca antes de 15 de outubro.


Kaká, eu tenho muita experiência com esse negócio da massa ficar ruim....

Lolla Moon disse...

HAHAHAHAHAHAHA
Desculpa, mas não aguentei. Tá vendo, foi passar o chocolate pra trás, ele te castigou. E ainda jogou o pobre coitado em cima do seu bolinho. O chocolate (e o seu marido) não mereciam.

Você sabe que não gosto de chocolate. Mas só tem uma coisa que eu gosto menos do que bolo de chocolate: BOLO DE CENOURA. :D

Lolla Moon disse...

Ah, sim - tem umas massas que, cruas, são impalatáveis. Impossível conseguir comer. Mas depois de assadas ficam deliciosas. Se você tentar outra receita, não desanime nesse estágio. Give it a chance! No máximo, você pode emprestar o resultado pra galera da rua bater uma pelada. :)

lu disse...

HAHAHAHAHHAHAHA
ai, lolinha, jogar futebol com a torta é sacanagem!! hahahahahahhahah
mas bolo de cenoura é muito bom quando dá certo...

Liris Tribuzzi disse...

Meu deus, Lola! Você só comeu esse tipo de bolo há uns 5 anos atrás??? Eu como bolo de cenoura desde que eu me conheço por gente. E sempre amei!!! Tá bom, bolo de chocolate é o meu preferido, mas o de cenoura vem logo atrás.
Uma vez eu fiz um de abobóra seguindo a mesma receita do de cenoura. E não é que é bom também! Minha próxima experiência vai ser com beterraba. Se não ficar bom, pelo menos vai ficar bonito.

lola aronovich disse...

Lolla, nem bolo de cenoura com cobertura de “chocolate” branco? (notou as aspas? Vou começar a escrever chocolate branco assim, entre aspas).
Sério isso das massas cruas? Eu costumo provar todas as minhas massas cruas, e essa experiência com o bolo de cenoura foi um eye opener. Se tá intragável crua, não vai melhorar depois de assada. Mas eu nem sei por que estou discutindo com alguém que come kidney pie! ECA!


Lu, isso do pessoal jogar futebol com o meu bolo de café não é brincadeira! Aconteceu mesmo. Tão triste isso. Eu poderia ser um talento culinário se meus amiguinhos não tivessem me traumatizado na adolescência. O bolo ficou meio borrachudo, confesso, mas daí pra quicar?!

lola aronovich disse...

Ai meu Senhor, nem fala essas coisas, Li! Vc vai fazer bolo de abóbora e beterraba com cobertura de chocolate?! Eu nunca tinha comido bolo de cenoura porque, pra mim, cenoura é um bicho salgado. Tipo mussarella, sabe? Não suporto pizza doce, em que o pessoal mistura mussarella com chocolate! Que horror. Mas eu fiz esse sacrilégio de profanar o chocolate e provei o bolo de cenoura, e realmente, ele não era salgado. Mas daí pra dizer que eu vou comer bolo de beterraba vai um longo caminho...

Por que estou respondendo comentários se o meu orientador quer a minha caveira?!

Malena disse...

Olha, sabe essas revistas de receita de liquidificador? Funcionam bem e vc só precisa peneirar os ingredientes e misturar MTO antes mesmo de jogar no liquidificador. Por exemplo, bate a manteiga bem batida antes de colocar. O leite, vai adicionando farinha aos poucos e batendo. Ovo, por último e com as claras já batidas.
Cara, tem vídeo disso no Youtube! :-D
Beijos

Bárbara Dayrell disse...

menina! o unico bolo que eu fiz até hoje e que deu certo foi de cenoura...rs
tentei varios outros, nunca presta...
hehehehe

Patricia Scarpin disse...

Esta sua aventura culinária eu não conhecia, Lola - sorte a minha o chefe estar viajando, porque ri alto aqui! :D

Bolo de cenoura é muito gostoso - não sou a única a achar isso, pode perguntar a outros - alguma coisa deve ter dado errado na sua receita.

;)