sexta-feira, 26 de setembro de 2008

ESTRÉIAS MEIO SEM IMPORTÂNCIA, E UMA NOTÍCIA FUNDAMENTAL

Shia corre, mas Lolinha corre mais - pra ver Cegueira antes que saia de cartaz (rimou!).

Gente, isso é super rápido mesmo, porque preciso entregar um capítulo até terça. E depois viajo. Vou pra Argentina participar de um congresso de literatura em língua inglesa. Ficarei lá uma semana, talvez menos. Na realidade, preciso voltar o quanto porque tenho um monte de coisa pra fazer, tipo, sei lá, a tese. Mas não sumam! Vai ter um post por dia, pra variar. Eu não falhei um dia sequer desde que comecei o bloguinho, em janeiro. Já tá tudo agendado. Só não vou poder responder os comentários. Mas não deixem de escrever, por favor. Só não sei se terei acesso à internet durante a semana em que estarei em La Plata e Buenos Aires. Muito provavelmente não.
As estréias de hoje nos EUA não prometem mesmo. Tem Eagle Eye, que chega no Brasil e em todo o mundo, o que excepcionalmente, desta vez, inclui Joinville, com o título de Controle Absoluto. Vou ver hoje à noite, mas só Deus sabe quando poderei escrever sobre ele. Sei que é com o Shia LaBeouf (Indy 4, Transformers) e mais nada, que é como gosto de encarar um filme. Tem também Nights in Rodanthe, um drama romântico com Diane Lane e Richard Gere, marcado pra chegar ao Brasil semana que vem, com o título Noites de Tormenta. Tem The Lucky Ones, que parece menos um filme de guerra do que um road movie sobre veteranos do Iraque (esse tema me dá sono). E tem outro sonífero pra Lolinha, Miracle at St. Anna, sobre quatro soldados americanos negros lutando na Itália na Segunda Guerra. Apesar de ser do Spike Lee, tá sendo muito mal recebido pelos críticos. Prefiro o Spike mais urbano e atual.
Aqui no Brasil, além de
Controle Absoluto, que parece controlar todas as salas, tem Mulheres: O Sexo Forte (o trailer é uma gosma: qualquer comédia que tenha mulher chamando outra de vagabunda e autorização pra bater uma na outra merece a minha reprovação), e Promessas de um Cara de Pau, uma comédia com o Kevin Costner (sim, ele vive!). Mas o que importa mesmo, mesmo é que Ensaio sobre a Cegueira segue passando em Floripa e vou vê-lo na terça, ueba! Quando eu voltar da Argentina escreverei a crítica. Quero voltar dia 5 pra poder votar (adoro votar), mas não sei se vou conseguir. Já tinha comprado a passagem pro dia 6 (aí estaria de volta em casa dia 7). Alguém aí sabe quanto custa trocar a data de uma passagem aérea?

34 comentários:

Giovanni Gouveia disse...

Boa viagem, bo pr oveito.
Quanto ao custo da transferência da passagem, é mais barato que não ter Carlito Merss por 4 anos... ;)

Anônimo disse...

Aqui nos EUA pra trocar passagem custa 100 doletas :(

Lolla Moon disse...

Boa viagem, Lola! Vai dar pra passear também ou é só pegar no pesado? Tire umas fotos legais pra postar aqui, também, se tiver tempo. :)

Masegui disse...

Lolinha,

Você acha minha patroa linda? Mais uma vez concordo com você ;) Mas você não viu nada... precisava ver quando ela era cana!

Boa viagem!

lola aronovich disse...

Ah, que fofinho, Gio! Vc conhece o Carlito Mers? Sei que ele é deputado federal e tal, mas eu conheço pouquíssimos políticos aí do seu estado. Mas o Carlito vai pro segundo turno, é certeza, imagino. E no segundo turno eu voto. Mas queria votar no meu vereador também. E ser fiscal. O maridão vai ser fiscal pelo PT (primeira vez pra ele).

Então, a confusão toda sobre a viagem é a seguinte: faz umas três semanas, comprei as passagens aéreas. O meu orientador vai a esse congresso e, assim que voltei dos EUA, perguntou se eu não queria moderar uma mesa redonda que vai ter lá. Os cinco orientandos dele iriam tb. E eles iriam querer aproveitar pra conhecer um pouco Buenos Aires. Só que dependiam de sair um dinheiro pra custear as despesas (eu tenho bolsa, então ela cobre as despesas pra mim). O congresso começa na quarta e vai até sábado à noite. Pra voltar dia 5 tava inviável, 200 reais mais caro, sei lá porquê. Então comprei a volta pro dia 6 à noite (só tem esse horário mesmo). Só que o dinheiro não saiu pros meus colegas, então eles irão de ônibus, e voltarão no dia 5 à tarde. E eu vou ficar sozinha lá. E não quero. Eu só ia ficar porque ia ter mais gente. Então agora estou querendo muito trocar minha volta pro dia 4 à noite. Mas não sei se vai dar, se já tá lotado, se é muito caro trocar.

lola aronovich disse...

É, Ana, eu sei. Espero que aqui no Brasil não seja tão caro...


Oi, Lolla! Que bom que vc passou aqui. Desde o começo da semana venho tentando entrar no seu site. Aí aparece essa mensagem: “Reported Attack Site. This web site at http://hellololla.com has been reported as an attack site and has been blocked based on your security preferences”. O que é isso? Será que os seus trolls conseguiram bloquear o seu site? Ou fazer dele um site de ataque, seja lá o que isso significa?
Então, nem tinha pensado em levar câmera. Quem sabe? Os dias do congresso serão super corridos, pelo que vejo na programação. Ainda não sei se fico até o dia 6 ou não...


Mario Sergio, cana?! Não quero nem imaginar o que isso significa...

Giovanni Gouveia disse...

Lola, tenho 40, milito no PT há 25 anos. Não estou mais em cargo de direção nem rodando tanto quanto antes (efeito colateral de filho pequeno), mas em minhas rodadas Brasil afora/adentro conheci quase todas as principais lideranças do partido

Anônimo disse...

Lola, eu não sei o valor, mas normalmente quanto maior a antecedência com que vc troca, menor é a taxa.
Beijos e boa viagem!

Masegui disse...

Bem, Lolinha, toda cana um dia vira bagaço...:)

Leo disse...

Boa viagem Lola!
E volta logo pra contar o que você achou de "Ensaio Sobre a Cegueira", porque eu estou super curioso!

Anônimo disse...

Que tudo transcorra da melhor forma
lá na terra da Tia Cris ehehehehe
Lola tambem estou muito curiosa
para ler sua crítica a respeito de Ensaio sobre a Cegueira. Recentemente vi (num canal via Sky um programa chamado "Janelas da alma") o Saramago dando entrevista
acerca do que enxergamos, como enxergamos e o que deixamos de enxergar. Gostei muito. Outras personalidades tambem davam opiniões sobre nossa maneira de ver
o mundo, a realidade aparente etc.
Amiga minha que viu o filme diz que ele fala da cegueira geral que acomete a todos nós em relação a própria vida e sociedade. Bj. Fatima.

Santiago disse...

Lola:

Como meu último comentário que deixar registrado os seguintes tópicos:

1 - Quem tem recurso e anda de ônibus é burro sim, O seu presidente de esquerda comprou um avião só pra ele. Vocês são burros; ele não.
2 - Transporte público ser a solução é retórica boçal de gente que não pode comprar carro. Podendo compra! Todos, inclusive essa gente que escreve aqui falando idioletices! Se não sabem o que significa; dicionário.
3- Para você, Lola, e seus seguidores (os cometáristas) zumbis saberem quem é esse seu presidente leia Diogo Mainardi e Reinaldo Azevedo. E nem venha falar mal desses dois porque você não tem espectro suficiente, sequer, para citar o nome deles, quanto mais se comparar em importância e projeção nacional. Tanto que eles estão na Veja e você num “grande”! jornal do sul do pais?; não sei como pode ser isso em Joinville. O tal jornal é de Porto Alegre? Mas lá também não tem. Grande é o Estadão e a Folha, o resto...
3- CAMOMILA: Mesmo você tendo medo de se misturar com gente como eu, (isso também, mostra sua profunda inteligência) na frente dessa gente que visita esse blog, a minha admiração por você permanece. Você visita esse blog, mas pensa, não esta tomada pelo domínio sistêmico desses petistas. Você é a única com a mente sadia desse blog. Meus respeitos!

Final: Tirei esse endereço do meu micro e aqui não volto mais; descobri que a esquerda, não pensa com clareza, não tem educação e não tem dinheiro, mesmo estudando tanto!

Fim!

Anônimo disse...

Ai, ai... um babaca precisando de atenção é triste... Vou sentir uma falta enorme deste tal Santiago, que acha que tudo é movido à política, e o pior de tudo, acha o máximo todos comprarem muitos carros, pra poluir bastante e causar bastante congestionamento.
Nós somos seguidores de Lolinha e zumbis. Ele, com as convicções unilaterais dele é bem mais esperto... Vou sentir saudades!!!!!! Só Santiago sabe das coisas.

Masegui disse...

O termo "babaca" foi muito bem utilizado para definir esse imbecil. Ô sujeitinho prepotente, arrogante, egoísta, idiota... enfim, babaca!

Tudo que ele escreve me lembra a época da ditadura, não sei porque...

Xô, raça ruim, já vai tarde...

lola aronovich disse...

Ah, legal, Gio. Então está explicado porque vc conhece o Carlito. Tenho grande admiração por ele, e gostaria muito que ele ganhasse. A prefeitura daqui tá mergulhada em corrupção.


Obrigada, Cris, vou tentar trocar sim.


Que horror, Mario Sergio! Vc não merece a mulher que tem... Por que ela não visita o meu blog?

lola aronovich disse...

Leo, eu nem li o que vc escreveu sobre Cegueira, porque não gosto de saber nada sobre um filme antes de vê-lo. Fico muito feliz que vou ver o filme!


Fátima, e vc, que viaja bastante, não tem vontade de ir até Floripa ver Cegueira? Eu nem vi se estreou em alguma outra cidade catarinense...

lola aronovich disse...

Santiago, eu e meus leitores estamos tão acostumados a ser chamados de burros por vc, um mártir da sabedoria humana, que nem nos afetamos mais. Fico impressionada como vc se recusa a rebater idéias, ao invés de simplesmente chamar todo mundo de ignorante. Carros são um problema sim, até vc deve saber disso. Não apenas pelo grande impacto ambiental que têm (que vcs de direita não acreditam), mas até por um lado prático: se todo mundo andasse de carro, o trânsito seria inviável. Pior ainda que já está. Há muita gente que, apesar de poder ter carro e às vezes até ter um, prefere andar de bicicleta, de ônibus e de metrô para não contribuir com o desastre ambiental. Vc reduz esses movimentos de contestação a um “só anda de ônibus quem não pode comprar carro”.
Tenho certeza que eu aprenderia muito sobre quem é o nosso presidente com gente tão imparcial quanto Diogo e Reinaldo. Ambos escrevem pra uma revista que não só está afundando, como afetando as vendas da editora, porque vem perdendo totalmente a credibilidade e, com isso, os leitores. A Veja e outros meios devem estar se mordendo. Como que eles fazem campanha sintomático contra o Lula e a aprovação dele só aumenta? Como perderam as últimas eleições, apesar de todo o esforço que a direita pôs em ganhá-la?
E desde quando eu me comparei com alguém, ainda mais com alguém que vive profissionalmente do que escreve, o que definitivamente não é o meu caso? Ué, outro dia vc elogiou o jornal A Notícia. Agora só existe Folha e Estadão. E, segundo vc, só eles têm direito de existir, porque são grandes. Então tá.
Tadinha da Camomila! Por que pegar no pé dela? Já fiz uma enquete no meu blog, e há muitos leitores de direita. Só que eles realmente parecem ser mais educados e inteligentes que vc.
Por que vc não conta pra gente o motivo da sua revolta? Vc deve estar chateado porque descobri (graças a uma leitora) que vc anda deixando os mesmos comentários no blog do Rafael Galvão. Os mesmos, tipo copy and paste. Pelo jeito lá ninguém te dá bola. Só pra que fique claro pros meus leitores como vc chegou ao meu blog: eu deixei um comentário no blog do Rafael. Era um post dele sobre crítica de cinema. E o Santiago me enviou um “aviso” dizendo pra eu tomar cuidado com aquele blog, porque todo mundo lá é petista, e eles iriam me tratar muito mal se eu algum dia revelasse a minha preferência ideológica. Eu respondi educadamente dizendo obrigada, mas que eu sabia me cuidar sozinha, e que, se petista é quem vota no PT, eu também sou. Desde então o Santiago deve estar enviando avisos pros novos leitores que surgem aqui, com a mesma ladainha.
E vc não “descobriu” coisa nenhuma sobre a esquerda. Pare de mentir, que é feio. Descobrir é saber algo que vc não sabia. Se vc não tivesse preconceitos contra a esquerda, vc nunca teria deixado um comentário sequer neste blog.
Adeus, troll. Não posso dizer que sentirei sua falta. E vc não pode dizer que foi maltratado por aqui. Seria ótimo se os seus ídolos, Diogo e Reinaldo, tratassem tão tem os leitores que não pensam como eles. Mas parece que democracia e liberdade de expressão não são idéias muito queridas na sua corrente ideológica.

lola aronovich disse...

Raquel, sinceramente, eu não sei o que alguém como Santiago quer. Ele acha que é só vir aqui, repetir exatamente as mesmas bobagens que a gente tá cansada de ouvir (ele nunca disse algo minimamente original, só chavões), e se decepciona porque não conseguiu mudar a cabeça de ninguém?
Não vou dizer que o que escrevo não é político, porque tudo é política. Tudo que escrevemos e falamos tem conotação ideológica. Mas eu raramente falo de política partidária por aqui. Enfim...


Camomila querida, confesse: vendo um troll desses ser tão tipicamente de direita, não te dá vontade de mudar de lado?


Mario Sergio, pois é. Essa gente sente a maior nostalgia da época da ditadura.

Anônimo disse...

Prezado Santiago,

Meus olhos se encheram de lágrimas quando li que você apagou o endereço da Lolinha (provavelmente dos seus favoritos), e que aqui você não volta mais.
Confesso que não tive saco para ler todos os seus comentários de nível intelectual infinitamente superior aos nossos, zumbis seguidores de Lolinha, e vou sentir profunda saudade de ser ofenfida gratuitamente por uma pessoa que nem me conhece (e que não conhece ninguém mais aqui).
Só me pergunto o que uma pessoa tão culta como você veio fazer aqui no bloguinho da Lola. E mais intrigante ainda é saber porque você passou tanto tempo escrevendo nos comentários, uma vez que você pertence a uma classe de seres humanos superiores, que descobriram as verdades absolutas da vida. Provavelmente é por você ter a ávida necessidade de compartilhar estes conhecimentos com as pessoas "de esquerda, que não pensam com clareza, não têm educação e não têm dinheiro, mesmo estudando tanto". Você constatou estes fatos só agora, e apenas lendo o blog da Lola? Impressionante.
Eu, e acredito que a maioria das pessoas que comentam neste blog, estou aqui porque gosto de ler o que a Lola tem a dizer. Sobre filmes, acontecimentos do dia-a-dia, o que for. É um momento de descanso, descontração, e é muito chato encontrar pelo caminho os comentários de uma pessoa arrogante.
Diferentemente de você, caro Santiago, eu respeito a diversidade de opiniões (inclusive as suas) e tenho minhas convicções, sem precisar esfregá-las na cara de ninguém. E sem precisar passar por cima de ninguém por causa delas.
Acho que o seu sonho é ser um Diogo Mainardi algum dia, mas pra escrever como ele, você ainda precisa comer muito feijão com arroz. Existe uma diferença muito grande em expressar opiniões radicais, como ele faz, e a TENTATIVA de buscar pontos fracos nas pessoas e ofendê-las com isso, como você faz.
E sugiro que você vá passear num parque, tome um solzinho, um suco (acho que você está precisando relaxar), e reflita um pouco sobre essa atitude de colocar num mesmo saco todas as pessoas que simpatizam com o partido político A, B ou C. A vida é muito mais complexa do que isto.
E pense um pouquinho também que os ricos e inteligentes que compram muitos carros estão poluindo bastante e congestionando cada vez mais as nossas cidades.
Como, aparentemente, você quer chamar a atenção, tenho certeza de que você não vai resistir em dar uma espiadinha no blog da Lola depois desta sua despedida tão emocionante.
Um abraço!

Anônimo disse...

Desculpe, Lola. Não resisti e escrevi mais um comentário sobre o nosso querido Santiago.

Masegui disse...

Lolinha,

Isso que eu falo de cana e bagaço é só uma brincadeirinha antiga... a patroa encara numa boa e ainda me responde na lata "véia é sua mãe!".
Nós continuamos tão apaixonados que nem parece que temos 28 anos juntos.
Ah, ela mal sabe ligar o PC, graças a Deus!!

Sabe, eu considero o seu blog como uma espécie de "botequim virtual". Aqui eu relaxo, dou meus pitacos, divirto-me bastante e aprendo muito. Nem sempre concordo com as suas opiniões e com os comentários, mas sempre os respeito. Boteco é cultura, cê sabe né? E por ser uma "instituição" democrática a gente às vezes tem que aguentar cada mala!
Em compensação temos muitas alegrias, como por exemplo ler a opinião da Raquel aí de cima... êta menina porreta!!

Viva o boteco, digo, o blog da Lolinha!! (agora mais enxuto)

:-P disse...

Ma che cazzo é santiago? o.O

Anônimo disse...

Acho para o Santiago além de Sol e suco, um chá de Camomila ia bem.

Anônimo disse...

Bah, que inveja de você, que se organiza toda e consegue escrever post em blog, trabalho pra congresso, publicação, tese... e ainda vai ao cinema! Nuuu!
^_^
Beijo,
Roberta

lola aronovich disse...

Raquel, querida, obrigada pela mensagem pro troll. O que mais me ofende é esse negócio de seguidores zumbis. Como se os leitores que chegam aqui não fossem seres pensantes, com total autonomia. Acho que um dos problemas desse pessoal que acredita em verdade absoluta é o medo do contágio. Eles pensam que, se forem expostos a alguns pensamentos, a algumas discussões, automaticamente pensarão igual (como os gays no post acima. Pra direita cristã, o risco é uma criança ver um casal gay e querer imitá-lo). A constatação que a vida não funciona assim é que deve ser frustrante pro Santiago. Ele vem deixando comentários de altíssimo nível intelectual aqui no blog faz meses, e não faz as pessoas mudarem de opinião? A Veja, com seus Diogos, faz campanha sistemática contra o governo, sem sequer fazer cócegas na aprovação do presidente? Só há uma explicação possível pra essa falta de influência: somos todos seguidores zumbis! Eles não são seguidores zumbis de nada, claro, porque “A Verdade” está do lado deles. Sei.

lola aronovich disse...

Tadinha da sua patroa, Mario Sergio... Chamar uma mulher linda dessas de bagaço...
Que legal que vc considera o bloguinho uma espécie de boteco virtual. Apesar de eu não beber, essa é uma imagem interessante.


É o meu ex-troll de estimação, Malena. Um mala.

lola aronovich disse...

Cavaca, pobrezinha, a Camomila não tem nada a ver com a história... Foi o troll que pegou no pé dela.


Ai, Roberta, nem brinca. Tô tão atrasada pra tudo! A única coisa que tá mais ou menos organizada é o blog, porque o resto... Valha-me Deus!

Anônimo disse...

Não lola, não quis fazer trocadilho, foi mesmo o chá que eu aconselhei, para acalmar o nosso amigo.

:-P disse...

Ele é mais mala que eu??????????????
o.O

Lilian disse...

Lola, que isso???
chuva de comentários nesse post...
como vc ainda não viu a "cegueira", depois que ver (e escrever suas impressões, claro...), veja lá meu comentário.
http://discursocitado.blogspot.com/2008/09/vises-alm-da-tela-ensaio-sobre-cegueira.html
bjs e boa viagem

lola aronovich disse...

Ah, tudo bem, Cavaquinho... É que vc colocou camomila com maiúscula, eu acho, aí pensei que fosse trocadilho com a pobre Camomila, que entrou de gaiata nessa história.


Ô, muito mais, Malena! Há há, vc é tão boazinha... Queria ir à praia contigo, pra ver vc xingando quem fica te olhando...


Lilian, querida, faz tanto tempo! Já é doutora agora, né? Parabéns! Claro, depois de ver e escrever sobre Cegueira, dou uma lida no seu post. Abração!

Giovanni Gouveia disse...

Não sei se adianta, já que ele diz que não anda mais por aqui, todavia:

Querer comparar Lola com um energúmenos do porte de Mainardi (que critca o fato de Lula não ser formado, mas que não tem diploma de nada, e age como se fora jornalista) e Reinaldo de Azevedo (quem? aquele que acha que Paulo Freire não vale nada me educação, ao contrário de todas instituições sérias mundiais) foi um pouco demais da parte desse troll.
Faltou falar de Olavinho de Carvalho, aquele que acha que a Casa Branca e o partido republicano dos EUA são recheados de comunistas...
A cada dia a direita, carcomida e idiotizada, destila seu veneno, mas nõa consegue eco junto às massas, o que é um perigo, mesmo pq democracia, contraditório e diversidades de idéias não faz parte do colorário direitoso, para eles são absolutos, desde que isso signifique a direita no poder, caso contrário, a história já testou outras hipóteses...
Espero que isso não tenha sido, apenas, uma ameaça, e que não sejamos mais agredidos por aqui.

:-P disse...

Loliiiita, eu sou groooossaa...Vc ia rir mtooo...hahahaha!
Beijos

Anônimo disse...

Só agora vi esse comentário do troll. Sorry, não sabia que era dogma ou pecado abrir mão do sagrado direito de ter um carro ou de dirigi-lo. Se tem um coisa que eu detesto é essa mentalidade de "só pobre tem que andar de ônibus." Porque, a meu ver, pobreza não é ofensa, nem escolha, tem a ver com outras coisas como má distribuição de renda. Essa é uma questão que mexe comigo. Sim, eu acho que o transporte público é a solução sim. Tem 9 anos que moro em Brasília e percebe-se claramente o quanto o trânsito piorou muito com essa corrida desenfreada p/ se comprar carros e p/ jogá-los nas ruas. Aqui, há um carro p/ cada dois habitantes, não é preciso ser muito inteligente p/ perceber que, a continuar assim, daqui a pouco o trânsito vai ficar inviável. Aqui, onde moro, no Plano Piloto(o "bairro" mais bem localizado e um dos mais caros)), há muita gente que trabalha nos principais órgãos públicos do país, gente muito bem remunerada, classe A mesmo que utiliza ônibus p/ ir p/ o trabalho, porque? Porque é mais cômodo, p/ evitar o estresse de dirigir, porque não se acha vagas p/ estacionar, por "n" motivos. Pelo que sei na maioria dos países da Europa onde o transporte público é bom, ninguém acha que é sinal de pobreza andar de ônibus, já que copiamos tanto os americanos, devíamos copiar também as coisas boas dos europeus. Ah o avião comprado pelo governo Lula, não é nem nunca foi do Lula, é do governo federal, quando o Lula sair, ele não vai levar o avião com ele, vai ficar p/ os próximos presidentes, será q tão difícil entender isso? Mas se não entende a opinião alheia, pelo menos respeite.