domingo, 15 de agosto de 2010

VOU ESTAR NO ENCONTRO DE BLOGUEIROS PROGRESSISTAS!

Oi, gente fofinha! Escrevo pra dizer que definitivamente estarei no Primeiro Encontro de Blogueiros Progressistas, e como convidada! Muito, muito legal. Vou participar de um painel. Serão seis painéis no próximo domingo. Cada um terá dois blogueiros que abrirão a conversa e em seguida dialogarão com os outros blogueiros do público. Eu só fico chateada que não poderei estar nos outros painéis, já que todos os seis acontecerão ao mesmo tempo. Mas no sábado vou ver tudo que puder, e depois relato pra vocês. Acho que tudo estará disponível online também.
O mais incrível vai ser conhecer toda essa gente pessoalmente, cara a cara. Já há quase trezentos inscritos. Alguém daqui vai? Dá pra se inscrever até amanhã. E com direito a almoço grátis! (As inscrições custam 100 reais, 20 para estudantes).
Vocês podem ler tudo sobre a programação do Encontro, e de como se inscrever, aqui. E conhecer os outros blogueiros que participarão dos painéis e debates.
Ah, eu já vi pinceladinhas de críticas aqui e acolá, em blogs de direita. Imagino que, nas próximas semanas, essas críticas vão se intensificar. Normal. Quer dizer, normal, mas desonesto. Primeiro tem uma alegação que todos os blogueiros “progressistas” (continuo detestando o nome; até o Maluf se diz progressista!) trabalham pro governo. Sabe, como se fosse impossível aprovar o governo Lula e se empenhar pela sua continuidade, via Dilma, sem participar do governo (donde deduzimos que 80% da população brasileira trabalha pro governo). Bom, eu, como sou professora universitária numa federal, sou servidora pública desde março. Se o Serra for eleito (deus proíba!), eu continuarei sendo servidora pública. Dificilmente eu serei afetada. Ok, ele vai congelar o meu salário pelos próximos oito anos, como fez FHC com todos os servidores durante seus dois mandatos, e reduzirá as verbas para a universidade em que trabalho, então sim, eu serei afetada. Mas o pior vai sobrar pros novos doutores, já que governos do PSDB não acreditam nesse negócio de abrir concursos— nem quando um professor morre ou se aposenta! E, claro, tampouco crê na necessidade de abrir novas federais, ou de ampliar o número de vagas pra alunos, então talvez o pior sobre pra todo mundo. Esse é o pensamento dos reaças: que servidor público não tem nem que existir! Eles se esquecem que médicos, professores, enfermeiros, tudo isso é servidor público. Mas, claro, os reaças não querem nada público. Tudo deveria ser privado, porque privado, por supuesto, é sinônimo de competência. Tô sabendo.
A outra crítica é que o Encontro de Blogueiros tem patrocínio. Pelo que li, foram abertas 30 cotas de 3 mil reais cada para financiar o evento. Não deve ser fácil ou barato montar um evento desse porte. Além de toda a estrutura física, e o almoço pra todos, a organização paga as passagens e hotel dos convidados, e garante hospedagem em SP para todos os inscritos vindos de outras cidades. Só assim para que blogueiros do Ceará, Acre, Amazonas, Bahia, Brasília, Minas, Rio Grande do Sul, e Rio possam participar. E isso é importante para que não haja apenas blogueiros de SP. Não seria um Encontro muito representativo com blogueiros de um só lugar.
Até agora, 24 dessas 30 cotas foram cobertas. Os patrocinadores, denominados Amigos da Blogosfera, são blogs ultra-populares como o Vi Mundo e o Conversa Afiada, revistas como a Carta Capital e a Fórum, e vários sindicatos. Pros reaças, sindicato é palavrão. Eles ouvem “sindicalista” e fazem o sinal da cruz. Compreensível: pra eles, tudo que é privado é bom, não precisa de nenhuma regulamentação, e os empresários, além de competentes, só pensam no bem-estar do consumidor e numa margenzinha minúscula de lucro, que eles também são filhos de deus. Portanto, pra quê sindicatos? Eles só atrapalham o patrão! Logo, como os sindicatos não deveriam existir, não deveriam patrocinar eventos de blogueiros de esquerda (outra categoria que, pros conservadores, também não traz serventia alguma pro mundo).
Pra eles, sindicatos recebem dinheiro do governo. E os únicos que devem receber dinheiro do governo são... os órgãos de imprensa da mídia tradicional! Pois é, o governo Lula continua pagando anúncios na Veja, o que é jogar dinheiro fora, já que leitor da Veja odeia o Lula. Já pensou se o governo parasse de anunciar na Veja? Seria uma chiadeira geral! O governo também patrocina a Globo, através de empréstimos milionários do BNDES. Mas aí tudo bem, porque trata-se de patrocínio para uma empresa competente! Tão competente que precisa de empréstimos milionários!
Mas nem sei por que tô falando do governo. O Encontro não tem patrocínio do governo, embora eu acharia totalmente aceitável (aliás, louvável) se tivesse. Afinal, o governo pode (e, pelo jeito, deve) sustentar a mídia mainstream, mas não um mísero evento da mídia independente?! Ah, mas a blogosfera política de esquerda não é independente! Independente é o tio Rei! O Bonner! O Josias! Eles sim podem falar o que quiserem, sem se preocupar com a linha editorial da Veja, Globo e Folha.
Mas eu aqui, que recebo uma média de R$ 50 por mês pelo blog (da parte das minhas queridas leitoras e leitores, que compram no Submarino através do blog), ah, eu sou governista! Por quê? Porque eu aprovo o governo Lula. E porque sou funcionária pública, entende? Interessante isso. Sou professora universitária desde 2010. Mas sou simpatizante do PT desde, hum, 1980. É, desde que eu tinha 13 anos. Mas agora, que recebo salário do governo, devo apagar minhas preferências políticas das últimas três décadas e deixar de gostar do PT, um partido que, no governo, abriu 14 novas universidades federais e contratou milhares de professores. É, faz sentido.
Putz, isso daqui era pra ser uma notinha de cinco linhas.... Eu não presto mesmo. E vocês ainda me querem no Twitter! (acho que não vou ter como escapar. Ainda mais depois das promessas de chocolate pra comprar Lolinha vindas da Aiaiai, Lord Anderson e Rita).
E aí, pessoal de SP, vamos nos ver em Sampa?

28 comentários:

Anônimo disse...

Lola, sou contra ONGc receber dinheiro do governo! Po... se é não-governamental entao tem que fazer jus ao nome! Alem disso, toda ONG trabalha contra o governo, independente se ela é de esquerda ou de direita!

Dai disse...

Nossa, que absurdo! Eu trabalhei em ONGs grande parte de minha vida profissional e ser 'contra' o governo não está no estatuto de nenhuma delas, posso garantir. É algo imensamente diferente estar ao lado da sociedade civil e ser contra o governo, sobretudo no nosso caso, que vivemos num estado democrático. O governo pode ou não estar do lado oposto dos interesses democráticos, eis a questão. No caso do governo Lula, isto ocorre, às vezes, mas bem menos do que em governos anteriores.
Também não simpatizo com a ideia de uma ONG ser majoritariamente sustentada pelo governo, mas é iportantíssimo, sim, que governos - federal, municipal e estadual - tenham sua cota de investimentos em ações da sociedade civil que beneficiam coletivamente a população, isso não é inconstitucional, nem deslegitima o trabalho das ONGs.

Quanto ao encontro, Lola, acho que pode ser um momento muito rico, sim, para debatermos o papel da blogosfera brasileira, que é até bem pouco combativa (nem gosto de progressista tb) se comparada a de outros países da América Latina. Acho que vc é uma excelente representante do feminismo por lá, aguardarei atualizações. Beijos.

Dáfni disse...

Lola, só uma informação: não é todo sindicato que recebe dinheiro do governo não. Os sindicatos filiados a Conlutas são contra o imposto sindical compulsório, aquele que sai do seu salário mesmo vc não sabendo quem é seu sindicato. Então, só se sindicaliza quem quer! E o ANDES/SN é filiado a Conlutas! :)

Beijos

Marco Rodriguéz disse...

Seguindo-te!
Gostei desse blog.

Rita disse...

Hihihihi.... (risada de quem faz complô).

Bj, arrasa lá!

Rita

Anônimo disse...

Lola:

Na esquerda só tem gente incapaz, portanto gente só pode trabalhar para o governo. Vai dizer que você não preferiria dar aula na UNICAMP ou na PUC? Em todo país do mundo, o funcionalismo público é o refugio do inepto. Por isso que a esquerda quer sempre mais estado.

Desafio a você, ou a qualquer um que freqüente esse blog, a apontar um pessoa de esquerda da seja brilhante em alguma área. Eu só conheço medíocres, aproveitadores, ou vagabundos.

Oliveira.

Dáfni disse...

Será que esse cara não sabe que a Unicamp também é do estado? Ou seja, os professores da Unicamp também são servidores públicos?

Os melhores pesquisadores brasileiros trabalham em universidades federais ou estaduais. Taí o exemplo. Quer nomes? Eu posso te dar uma dezena, no mínimo.

lola aronovich disse...

Nossa! O troll acabou de privatizar a Unicamp! Impressionante! Eu a-do-ro quando alguém fala uma besteira incrível e ainda lança um desafio em cima dessa besteira... Ai ai, eu já falei, e repito: sempre tive vontade de morar numa capital nordestina E de dar aula numa federal. Agora estou realizando meu sonho. E a UFC é uma das melhores universidades do país. Mas não adianta falar com alguém que acha que no nordeste todo mundo é analfabeto, ou que funcionário público é tudo vagabundo. Por falar em vagabundo, vc não tava indo embora, Oliveira?

B. disse...

Hahahaha, Oliveira pirou de vez. Chomsky é vagabundo e Saramago aproveitador, imagino. Todas as pessoas querem estudar em universidades públicas (inclusive pessoal de direita) porque adoram ter professores medíocres.
Mas uma coisa eu concordo, o pessoal de direita é brilhante. Bush é brilhante em fazer guerra e Serra em cobrar pedágio. E o Oliveira é expert em falar bobagem.

Dai disse...

ahduahudsahuda. rindo histericamente das bobagens do troll humorista.
Oliveira, já que vc não aparenta ter grandes ocupações na sua vida além de tentar irritar a Lola, sugiro que dedique umas horinhas do seu dia a pesquisar a biografia dos grandes gênios da humanidade. Olha, vai ficar cho-ca-do com o que descobrirá.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Lola, também vou entrar nesse coro de ter você no twitter...
Vc continua escrevendo aqui, mas faz alguns comentários e propaganda dos posts daqui, ué... rsrs
Louca pra ir nesse encontro. Checando se dá...

Bjão

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Ah, e recentemente a China fez uma pesquisa classificando as melhores universidades do mundo, levando em consideração pesquisa científica, prêmios científicos, etc, e a primeira colocada foi a de Harvard nos EUA...
Dentre essas 500, as 6 brasileiras:
USP, UNICAMP, UFMG, UFRJ, UNESP, UFRGS. Todas são universidades públicas...
Ah, mais aí vão falar que a China é vermelha e não conta, né, rsrsrs...

Bjus pessoal

aiaiai disse...

kkkkkkkkkkkkkkk, aproveita e entra logo no tuiter que eu garanto o presentão de chocolate. To indo para fortaleza no começo de setembro e posso até entregar o presente ao vivo se você quiser me conhecer.

Adorei que vc estará no congresso. Você é uma das blogueiras mais importantes na luta pela democratização da informação.

O Lula fez um vídeo fofo para homenagear vocês. Segue um link com um beijo especial para você:

http://www.youtube.com/watch?v=GaDj-3QRgaQ

Vi no tuiter da Dilma. Entra lá, você vai adorar!

Anônimo disse...

Lola,

O pessoal de direita que acha que tudo deveria ser privatizado, pensa assim porque acha que vai poder pagar e o povão (que não pode pagar) que se dane.

E quem acha que não tem que ter mais universidades públicas, também pensa assim porque acha que seus filhos (ou eles) vão ter acesso a boa educação e entrar nas que existem (e que são reconhecidamente melhores).

Sou professora na Unicamp e não tem nem comparação o governo FHC com agora em termos de verbas pra educação e pesquisa! Tenho arrepios de pensar no Serra como presidente!

Beijos,
Aline

Clara Gurgel disse...

Ai Lola, tô com uma "invejinha branca" de vc !! Esse encontro pelo visto vai ser o "balaco baco" do ano,hi,hi,hi!!! Boa sorte e bom proveito! Que bons frutos sejam colhidos!! Depois conta tudim,tudim, aqui prá gente!

Masegui disse...

Não percam seu tempo com o Oliveira, ele é um idiota!

(putz, tava com saudade de dizer isto)

Bárbara Reis disse...

Quando você vem pra Sampa? *---*

Laguardia disse...

Nós, brasileiros patriotas, desejamos um Brasil livre de corrupção. Um Brasil em que os nossos políticos trabalhem dentro de princípios éticos e de honestidade.

Desejamos um Brasil com justiça social para todos. Por este motivo não é possível votar pela continuidade do governo mais demagogo e mais corrupto deste país.

Votar em Dilma é votar no retrocesso. É votar na continuidade da mentira, da demagogia, da roubalheira, dos mensalões.

Diga SIM a um país soberano e ético que trate seus cidadão com dignidade. Diga NÃO a Dilma Rousseff.

Riffael disse...

Lola, vou postar aqui uma propaganda da Fiat, passou ontem na tv e como sei que você não assiste televisão irei colocar o link. Achei a propaganda brilhante, propagandas de carro e cerveja são feitas quase que exclusivamente por/para homens e essa foge totalmente desse nicho.

http://www.youtube.com/watch?v=pEm0oEfmuf8

Pena que ainda tenha pensamentos como o do tal palolodm.

tai disse...

Lola, eu faço faculdade na USP e minha própria professora de Estudos Sociais disse que a gente tá cada vez mais próximo da privatização. Antes os alunos da USP ganhavam convênio com a Unimed de graça, principalmente por causa de casos como o meu, que tenho o convênio do trabalho dos meus pais, que abrange apenas a região da minha cidade e não a cidade em que vim fazer faculdade, São Carlos. Meus pais já pagam moradia e custo de vida, e esse ano, sem nenhuma explicação, o convênio com a Unimed foi tirado dos alunos. A minha família não tem dinheiro pra pagar um convênio que exista aqui, até porque são todos muito caros, e agora toda vez que eu quiser ir no médico eu tenho que viajar 255km pra minha cidade.
O que eu queria dizer com tudo isso é que, primeiro, se a USP fosse privatizada eu com certeza não teria dinheiro pra pagar, e o esforço que eu fiz pra passar me deixa irritada que um dia exista essa possibilidade para, quem sabe, os meus filhos quando quiserem fazer uma faculdade. Segundo, eu queria fazer uma pergunta, porque acho política muito complicada e não entendo muita coisa: Se o Lula e o PT são contra a privatização (e eu também sou), porque essa aproximação com a privatização está acontecendo na faculdade, depois de oito anos de governo Lula?
Obrigada, e desculpa o falatório! Abraço.

lola aronovich disse...

Aiaiai, claro que quero te conhecer, ainda mais vc vindo com uma MALA de chocolate pra me entregar.... Vou poder divulgar o verdadeiro nome da polêmica Aiaiai depois?


Barbara querida, vc mora em São Bernardo, né? Dá uma esticadinha até SP e compareça ao Encontro dos Blogueiros! Vc, por ser estudante, paga só R$ 20. Acho que vai valer muito a pena.
Bom, eu vou e volto de madrugada, nos piores horários, e tudo por Guarulhos, não Congonhas! Mas os horários de Congonhas eram ruins, e era mais caro tb. Dou aula na sexta, então só podia pegar o avião à noite. Só que aí não tinha... Acho que vou no voo das 3:20 pra chegar em Guarulhos às 7 de sábado. E aí volto na noite de domingo, pra chegar em Fortaleza na madrugada de segunda (dou aula segunda). Vai ser cansativo, mas vai ser bom. Vamos nos conhecer, Barb!

lola aronovich disse...

Aliás, aproveito: LIRIS, se vc estiver por aí, lendo os comentários, o próximo final de semana seria uma ótima oportunidade pra gente se conhecer e eu, sei lá, assinar o que vc quiser que eu assine!
E vc mora em SP!


Riffael, bem interessante. Vou ver se arranjo tempo pra escrever um post sobre o comercial.

lola aronovich disse...

Tai, mas é só esse o exemplo da “privatização do ensino superior”? Primeiro que a USP não é uma universidade federal, mas estadual, então não sei o quanto o Lula pode ter afetado o plano de saúde que vc recebia. Culpe o PSDB, partido que governa SP há 16 anos! Segundo que, bom, pra falar a verdade, plano de saúde é que é algo privatizante, não acha? Afinal, público é o SUS; Unimed é privado. Acho até estranho que alunos da USP ganhem convênio da Unimed. Não tem Hospital Universitário aí, e de qualidade? (e por favor, não faça do plano de saúde uma questão de vida e morte. A maior parte dos brasileiros depende do SUS, e não morre por causa disso).
O governo Lula aumentou muito o número de vagas nas federais, contratou novos professores, abriu 14 novas federais, subiu o valor das bolsas, e em nenhum momento, durante 8 anos, mencionou cobrar mensalidade de alunos. Desculpe, mas não sei como a política do PT pode ser considerado privatizante. Quer dizer, antes do ProUni ser lançado, houve várias críticas que isso seria um início de privatização do ensino. Mas o ProUni possibilitou que muita gente de classe mais baixa cursasse faculdade em cidades menores, que não têm universidade pública. E vem sendo um sucesso, com quase 600 mil alunos beneficiados. Minha dica: converse mais com sua professora de Estudos Sociais sobre isso.

aiaiai disse...

lolinha,

vou estar ai de 03 a 08 de setembro...na verdade no dia 08 eu pego o voo de volta pela manhã.

Eu vou adorar conhecer você, o maridão e a mamacita. Estarei com meu filho e tenho certeza que ele gostará também. Mas...vou deixar de ser anônima só para você, ok?

beijos

Liris Tribuzzi disse...

Uhuuu!!! Lola em sampa!
Seria ótimo a gente sentar e conversar direitinho, mas infelizmente o contrato só sai qndo todos os detalhes estiverem ok (escolha dos textos, preparação, projeto gráfico), o que não é o caso. Uma pena vc ter que voltar pra dar aula segunda, seria bom vc passar na minha aula de segunda e conversar com o meu professor, que é o chefe da matéria. Me passa sua agenda de comprimisso.

mairavelar disse...

Nossa, que vontade IMENSA de ir ao evento. Pena que está tão perto da minha viagem pro doutorado-sanduíche...

Ficarei aguardando as notícias no seu blog, Lola!

@metalogis disse...

Só o #BlogProg pra fazer eu encontrar um blog tão interessante. Gostei. O post tá ótimo mas o debate (comentários) está melhor ainda.

Valney.gama disse...

Você viu a proposta da Carta dos Blogueiros Progressistas?

"(...) 4 – Reivindicamos a elaboração de políticas públicas que incentivem a veiculação de publicidade privada e oficial remuneradas nos blogs, bem como outras formas de financiamento que efetivamente viabilizem essa forma de comunicação representada pela blogosfera progressista, de maneira que possa ser produzida por qualquer cidadão que disponha de competência para explorar seu potencial econômico e comercial, exatamente como fazem os meios de comunicação de massas tradicionais com amplo apoio do Estado por meio de fartas verbas públicas que, com freqüência, são repassadas sob critérios meramente políticos e que ignoram a orientação constitucional que determina pluralidade na comunicação do país. (...)"


WOPS. Como dizem na internet, TEMQUE VE ISSO AE!