terça-feira, 3 de agosto de 2010

NOVO CONCURSO DE BLOGUEIRAS

Olá, queridas pessoas desta terça-feira de sol. Hoje contava com a minha proverbial falta de tempo para não escrever um post, mas lembrei de um assunto importante. Faz meses que estou enrolando pra realizar o meu terceiro Concurso de Blogueiras. E sei que ele faz falta, porque tem quem fica cobrando (com razão), perguntando “Cadê? Cadê?”. Então, gente, vamos lá. Mas não posso fazer nada sozinha. Dependo de vocês. Vocês é que precisam indicar posts de blogs pra participar do concurso. Da última vez, sugeri que o tema pudesse ser um bem genérico, “Vaidade”. Acho que não apareceram tantas participantes, ao contrário do concurso anterior, sobre maternidade, que teve tantos posts bons que alguém sugeriu que seria melhor fazer o concurso por etapas (e eu concordo). Acho que uma enquete com até dez posts tudo bem, mais do que isso, é melhor separar mesmo.
Um pequeno porém é que, não sei por que cargas d'água, as enquetes do Blogspot vem apresentando problemas. Antes eu considerava essas enquetes um excelente instrumento (apesar de não permitir links, o que é certamente um atraso. Em compensação, proibia que alguém votasse mais de uma vez). Mas ultimamente elas estão falhando, e, pelo que pude perceber, não só aqui no meu bloguinho, como em todos do Blogspot. Os votos demoram a ser contabilizados. A pessoa vota, e a enquete não sai do zero. E depois, de um minuto pro outro, aparecem cem votos. Portanto, se vocês tiverem uma sugestão de outro programa de enquete que eu possa adotar (de preferência, um que dê pra linkar os posts na própria enquete, e que não deixe que as pessoas votem quantas vezes quiserem), agradeço de coração.
Mas vamos decidir primeiro o tema do concurso. Vocês gostam desse tema, vaidade, ou preferem escolher um outro antes? Eu tinha pensado em “A origem do meu feminismo”, posts bem pessoais relatando como a blogueira descobriu-se feminista, ou até o que é feminismo pra ela, sua relação com o feminismo. Ou, sei lá, de repente alguém deixou de ser feminista, e quer contar essa história. Eu gosto de vários pontos de vista diferentes.
O segundo concurso, realizado em agosto do ano passado, foi sobre feminismo, mas admitia qualquer post com temáticas feministas (aceitação do corpo, prazer femin
ino, aborto, objetificação etc etc). Este seria mais direcionado, sobre a relação da blogueira com o feminismo. Antes eu tinha pensado no tema da vaidade pra tentar atrair blogs até não necessariamente feministas (como foi, inclusive, o tema do concurso anterior, maternidade). Mas o concurso tá levando uma eternidade pra sair, então podemos começar com um tema forte mesmo, esse da origem do feminismo de cada uma. Pode ser? Aceito sugestões, como sempre.
As regras do concurso são as mesmas, independente do tema. Primeiro que não se trata de um concurso pra competir de verdade, mas pra divulgar blogueiras. Considero essa divulgação fundamental numa internet que ainda vê blogs de mulheres como guias de maquiagem e roupas (nada contra esses blogs, mas a gente sabe que o tal “universo feminino” vai muito além desse jardim), ou como vitrine pra fotos. Não é à toa que tantos concursos na blogosfera, quase todos organizados e julgados por homens, dedicam uma premiação especial à blogueira mais gostosa, à mais bonita, à miss simpatia — como se estivéssemos num eterno concurso de miss. E, insisto, bem num ano em que temos a oportunidade histórica de eleger pela primeira vez uma presidente mulher, convém lembrar que blogs escritos por mulheres podem também falar de política, de futebol, de culinária, de ciência, de humor, de cinema, de direitos humanos, de literatura... Enfim, de qualquer coisa que os blogs escritos por homens falam.
Continuando com as regras: você pode e deve indicar um post relacionado ao tema. Não indique um blog, só um post daquele blog, ok? E deixe o link aqui, nos comentários, ou mande-o pro meu email (lolaescreva@gmail.com). Aqui é melhor porque fica mais transparente. De preferência, indique um post mais ou menos recente (tipo, escrito este ano?). Se você tem seu próprio blog, beleza. Pode indicar um post do seu blog, sem falsa modéstia. E, melhor ainda, pode se inspirar pelo tema do concurso e escrever um post só pra isso. Se você já escreveu sobre o assunto faz tempo, sugiro reeditar o post, explicando por que está novamente trazendo o tema à tona, compartilhando se suas opiniões continuam as mesmas ou se mudaram um pouquinho, e pedindo a participação das leitoras e leitores nos comentários do post reeditado. Comentários quase sempre incrementam um texto.
Conto com a colaboração de vocês pra tudo, desde indicação de posts até divulgação, passando por selinhos pro concurso. Vamulá, ajudem! E não se acanhem em copiar a ideia e realizar outros concursos de blogueiras. Eu até queria participar...

22 comentários:

Aline Valek disse...

Lola, acho que esse tema "A origem do meu feminismo" é bem interessante. Porque aí a gente vai poder não apenas conhecer outros blogs, mas descobrir mais sobre as blogueiras e suas motivações. Conheço ótimos blogs que com certeza indicarei (se achar um post relacionado ao tema), mas gostaria de usar o concurso como um pretexto para que eu mesma possa escrever sobre o assunto (seja ele qual for).

Mas como vc disse ali, as blogueiras precisam mostrar que não escrevem só sobre sobre moda e beleza, que escrevem sobre as mesmas coisas que os homens escrevem em seus blogs. Como o tema do concurso passado foi "maternidade", um assunto relacionado à esfera do mundo feminino, acho que o concurso poderia começar a sugerir temas que fizessem parte do universo do ser humano como um todo, sem distinção de sexo, sabe? Como política, esportes, literatura, cinema.

Seja qual for o assunto, estou empolgadíssima com essa edição do concurso, pode contar com minha participação. beijos!

Jux disse...

Loláxima!
ADOREI o tema!!! E o mais bacana é que esse tema está relaciona a origem do meu feminismo ao seu bloguinho, à seu studio virtual. Foi graças às leituras diárias - aqui feitas - que abri os olhos para n! coisas e mudei muito minha forma de ver o mundo, as pessoas e as relações... posso dizer, sem dúvida, que a origem do meu feminismo - ou seria, assumir algo que sempre esteve aqui dentro? - encontrou ares criativos e possibilidade de realização aqui na sua casinha!

Beijukka e boa fazer um post massa!!!

Jux disse...

ARGH usei crase antes de pronomes!!! QUE HORROR :O
Buffff

beijukkkas

aiaiai disse...

acho o tema proposto "a origem do meu feminismo" ótimo. Abre caminho para que pessoas já identificadas com o feminismo mostrem como isso ocorreu, o que pode acender uma luz para quem ainda não se identifica.

Mas, no seu texto, vi a possibilidade de outro tema "posts de mulheres sobre outros temas". Ou seja, posts interessantes escritos por blogueiras sobre temas como política, ciencias, ecologia, engenharia, informática/telecom...sei lá, só para a gente ver como tem mulher escrevendo sobre tudo.

Outro dia fui a um congresso de uma área considerada bem masculina "engenharia metalurgica". Fiquei de cara como as mulheres já estão bem representadas nesse segmento. E ao mesmo tempo surpresa com a minha surpresa. Ou seja, eu, que me considero feminista ainda fico surpresa quando vejo mulheres nessa área, imagina o resto.

mas, acho que isso pode ser uma ideia para o próximo concurso. Neste, a origem do feminismo de cada uma já vai ser bem legal.

aiaiai disse...

Mais uma coisinha:

faltam apenas 60 dias para a gente eleger, pela primeira vez, uma mulher para a presidência do Brasil!!!!

Cris disse...

Oi Lola, mudando totalmente de assunto, gostaria de fazer um comemtário sobre uma coisa q vi numa revista de novelas. Não costumo assistir novelas, mas acompanho pela internet. O fato é q ao q tudo indica, nos proximos capítulos, a personagem Clara, da novela passione irá levar uma surra do marido, interpretado por Tony Ramos. Clara na novela não é fácil, é danadinha, como diriam alguns, é bem, pra frente. Logo nas primeiras cenas da novela, ela aparece em cenas pra lá de quentes com seu parceiro de golpe, o Gianecchine. Ao q consta, a surra q Clara irá levar está sendo tão esperada qndo uma final de copa do mundo. Afinal, ela não é uma mulher direita TEM q apanhar pra aprender, tem q ser humilhada pra deixar de ser besta. Vendo isso, me lembro de outras vilãs das novelas da rede globo, e é curioso como essas moças de "carater duvidoso" estão sempre dispostas para o sexo. è como se o sexo ajudasse a deixá-las mais sujas, se é q vcs me entendem, afinal de cobtas, sexo livre é coisa de mulher atoa, q não se dá ao valor. Mas voltando ao assunto da surra, a sociedade se esquece da questão social q está por traz de tudo isso. è como se a surra q Clara irá levar, fosse um aval para os homens agirem assim, pq mulher casa tem q ser "direita", não pode jamais písar na bola, e se pisar TEM q ser corrigida para não fazer denovo. Isso me lembra tb meninas como a Eliza e tantas outras "marias chuteiras", q são espancadas, violentadaspq, claro, elas q pediram...

Edna disse...

sou transexual, tbm posso participar?

danee disse...

Lola, me deu vontade de participar, mas talvez meu feminismo não tenha um inicio. Adorei a ideia, ótima oportunidade para conhecer novos blogs e realmente tirar essa imagem de blog de mulher = cabelo, maquiagem...

Mariana. disse...

Eu adorei o tema!

Se eu fizesse um post, com certeza eu teria que citar o Escreva Lola Escreva (assim como outros blogs que me ajudaram muito a desenvolver o feminismo que eu acho que sempre esteve dentro de mim). Além disso, já vi inúmeros outros posts legais por aí, que seriam fortes concorrentes!

Mas sei lá.. tenho vergonha de escrever 'para os outros lerem'. Sempre acho que não vão gostar ou que, talvez até gostem, mas não tanto (já que provavelmente teremos ótimos concorrentes! todo mundo adorou o tema!). Mas enfim..

Lola, lendo o comentário da Cris, me deu vontade de ler mais! esse assunto merece um post especial! Ou quem sabe um guest post, cris?

=)

lola aronovich disse...

Ótima ideia, Mariana: um guest post da Cris sobre o tema da violência doméstica nas novelas brasileiras! Eu quero sim. O tema é interessante. Eu que não assisto novelas...


Edna, se não for trote, piadinha de homem que se acha injustiçadinho porque, putz, existe UM concurso na blogosfera inteira que é só pra mulheres, e ISSO é sexismo (ao contrário de concursos pra eleger A Blogueira mais Gostosa), eu te digo que, pra transsexual, vale o gênero que a pessoa adota. E, se vc é realmente transsexual, deveria saber disso...


Obrigada pelas sugestões, gente.

Cris disse...

Oi meninas....adoraria fazer sim um guest post.....hhehehe

Cris disse...

LOla, quero sim fazer um guest post, vou escrever hj e te mando, ok??? Amo seu blog, aprendi muitas coisas aqui...bjão!!!

Edna disse...

não é piadinha, Lola. você acha transexualismo engraçado? você acha que travesti é bagunça?

lola aronovich disse...

Se não é piadinha me desculpe, Edna. É que é o tipo de pergunta que tá mais pra birrinha de homem (hétero, branco) que não aceita que alguma minoria (mulheres, no caso) possam promover algo que o exclua. Mas, se vc é transsexual, e se identifica como mulher, então pra mim vc é mulher, ué.
Aliás, quando escrevi o post, lembrei que muitos homens poderiam gostar de escrever a origem do seu feminismo, já que existem muitos homens feministas. E este concurso estaria, sim, excluindo essas histórias. Mas é o tipo de guest post que eu nunca publiquei e tô louca pra publicar: um homem narrando a descoberta do seu feminismo. Se alguém quiser me mandar essa história, eu publico. Não vc, Edna. Vc pode participar do concurso. E me enviar um guest post tb, se quiser. Todo mundo pode me mandar um guest post, sobre qualquer assunto.

L. Archilla disse...

Pois é, fiquei pensando a mesma coisa... transsexual não é mulher?

cada dia entendo menos de sexualidade...

obs: lembrei de um amigo o qual eu não conseguia identificar a preferência sexual, já que nunca o via com mulheres nem homens (porém não tinha trejeitos gays). um belo dia, depois de anos de amizade, ele contou q era gay. e a partir daí começou a se referir a si mesmo no feminino... eu realmente não entendo nada. ahahha

Clara Gurgel disse...

Oi Lola,falei pro meu marido que ia ter um "concurso"no seu blog e...ele riu!Óh,amada"gurua"(Penta,tenho medo dela),seria isso um bom presságio?KKK

Mariana. disse...

AHH, lola, não precisa falar especificamente de novelas, o tema abre muitas possibilidades.

Você poderia tirar exemplos de livros ou do cinema (que você tanto adora e entende) de mulheres 'vilãs' e sem caráter que sempre tem o lado sexual apelativo. Poderia falar também de como a punição física é sempre esperada para s vilãs, mas nunca para os vilãos. Posso me lembrar de inumeras novelas que as 'bandidas' apanharam (da mocinha, do marido enganado) e os índices de audiencia foram as alturas. Não existe essa expectaviva quando a novela tem um vilão. =/

E hoje cheguei mais cedo em casa e estava passando malhação. Peguei a parte em que o Bernardo (fiuk) diz pro amigo: "cara, agora que eu sei que a cris era virgem mesmo, eu sei que ela é a mulher da minha vida". SEM COMENTÁRIOS!!!!!!!!!'

Ághata disse...

Lola, o tema "A origem do meu feminismo" me parece muito bom mesmo!

Voto nesse pro concurso.

Cris disse...

nossa Mariana, nem me fale dessa malhação, q é uma coisa terrivel...O pior é q vi justamente hj um comercial da nova temporada da novela, ai tem uma parte q fala q a fêmea usa de movimentos estranhos para atrair o macho...ai mostra uma garota toda robolante...é o fim....

Nanci Iafelix disse...

Já fiz a minha participação! Belíssima ideia, parabéns!

http://ludicaeacida.blogspot.com/2010/08/feminismo-hein.html

Carolina Pombo disse...

Oi Lola! Adorei a sugestão do tema "A origem do meu feminismo", mas talvez fosse melhor "Porque eu sou feminista"... porque é meio difícil pontuar a origem, sabe? Mas, com certeza participarei, com um post especialmente escrito para o concurso! E vou divulgá-lo lá no "novo" blog! Aliás, adorei sua visita! Tomara... Tomara que agora de uma vez por todas eu consiga definir meu objeto para o doutorado! rsrsrs

Beijos!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Gostei muito dessa sugestão de tema para o concurso. No começo do ano escrevi um post sobre o assunto, se ele puder participar fico feliz. Quem quiser dar uma conferida, está nesse endereço:

http://mulhermodernex.blogspot.com/2010/01/feminista-gracas-deus-e-olha-que-sou.html