quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

MISOGINIA, MACHISMO. E RIHANNA ESPANCADA POR CHRIS BROWN

Não vou dizer que nunca ouvi falar em Rihanna e Chris Brown porque os nomes me parecem familiares. Mas certamente não conheço nenhuma música deles. Bem, pelo que descobri, o jovem casal (ela tem 20 anos, ele, 19) namorava há um ano. Os dois faltaram ao Grammy no domingo passado, e desde terça sabe-se por que: Rihanna estava muito machucada, e Chris estava depondo numa delegacia. Ele a havia agredido dentro de um carro e ido embora. Na delegacia, pagou fiança de 50 mil dólares e foi liberado. Já contratou o mesmo advogado usado por Michael Jackson nas acusações de pedofilia. Rihanna tem em seu corpo e rosto arranhões, mordidas, e vários hematomas.
Aqui no blog, um leitor perguntou recentemente o que é misoginia. Isso é comum: muita gente se confunde e não sabe ao certo o que é misoginia e o que é machismo. Vou tentar explicar, se é que eu sei. Acho que toda misoginia é machista, mas nem todo machismo é misógino. Por exemplo, querer que a mulher se case virgem é machismo. Dizer que lugar da mulher é na cozinha é machismo. Achar que mulher gosta de ouvir baixaria na rua é machismo. A misoginia vai além - é o ódio à mulher. É espancar, estuprar, ou matar uma mulher ou dizer que ela mereceu ser espancada, estuprada ou morta. Colhi rapidamente alguns comentários de dois sites americanos que noticiaram o espancamento de Rihanna por Chris Brown. A maior parte que li condena a agressão, mas aqui vão alguns exemplos de misoginia. Logicamente, eles são machistas também (minha tradução):
- Rihanna é uma vaca e mereceu isso!
- Só porque ela tem marcas no corpo não prova nada. Ele pode ter feito isso em auto-defesa.
Ela pode não ter conseguido deixar marcas nele mas pode ter batido também.
- Aposto como a idiota vai ficar com ele, mesmo depois d'ele tê-la surrado.
- Tenho certeza que ela o provocou para ele ter feito aquilo.
- Se ele usou os punhos, por que diabos ele a teria mordido?
- Provavelmente não é a primeira vez que ele bate nela. Ela vai encontrar outro pra bater nela.
- Se for verdade que ela passou herpes pra ele eu também a teria espancado. Ela mereceu.
- Pobre Chris. Sua vida não foi fácil e seu padrasto batia na sua mãe. Aposto que Rihanna bateu nele primeiro e aí ele teve recordações de sua infância, e num instante ela levou um olho roxo e um arranhão no rosto. Às vezes é melhor ficar de boca fechada, Rihanna.
- A verdade virá à tona, mas e se for descoberto que ela tocou nele primeiro? O mundo não precisa de padrões duplos, este é o preço da igualdade.
- Ambos devem ter vergonha do que fizeram. Não importa quem bateu em quem. Ambos estavam no lugar errado na hora errada. Sei que Chris não bateu nela só por bater. Precisamos ouvir os dois lados.
- Minhas preces estão com Chris. Vocês todos estão falando sem saber o que aconteceu. O que ela fez com ele? É culpa dela também! Espero que ele possa sair dessa situação e encontrar a mulher certa pra ele.
- Ele não precisa ir pra cadeia por causa dessa experiência educativa. Ele vai amadurecer por causa disso. Rihanna, se você já o amou, releve a situação, você não precisa mandá-lo pra cadeia para puni-lo.
- As mulheres não são iguais ao homem, e esta é a prova. A lei da Violência Contra a Mulher é das mais destruidoras e sinistras da legislação americana. Se o sexo feminino realmente visse sua posição como igual ao homem nenhuma lei especial precisaria ser feita.
- Por que não estamos do lado do Chris Brown? Esse é o problema com a nossa sociedade. Não somos unidos.
Se você precisa de mais exemplos de misoginia, vá a um post que escrevi em março. É sobre os comentários que vários trolls enviaram a uma blogueira que contou ter sido estuprada na adolescência.
A linha entre misoginia e machismo é tênue. Um comentário como este não é misógino, mas é profundamente machista: “Espero que ele morra. Bater numa mulher te faz uma mulher”. O cara não odeia mulheres a ponto de achar certo que homens batam nelas, mas ele vê mulher como um ser inferior, uma ofensa. Pra ele, ser ou virar mulher é sinal de fraqueza. Ou seja, o machismo talvez seja a misoginia sem a brutalidade. Dá pra ter machismo sem misoginia, mas não dá pra ter misoginia sem machismo, já que o machismo gera a misoginia. Um cara começa achando que lugar de mulher é na cozinha, e seu pensamento vai "evoluindo" até pensar que as mulheres que fogem desse seu papel "natural" merecem a pena de morte.
Uma ilustração. Este anúncio da década de 50 (à direita) é machista. Ele diz: “Quanto mais a mulher trabalha, mais fofa ela fica”. É machista porque considera que o trabalho de uma mulher está restrito aos afazeres domésticos, e porque o cara ainda exige que sua esposa esteja bem-arrumada e disposta após passar o dia fazendo algo tão excitante quanto tirar pó dos móveis.
Agora, este anúncio à esquerda é misógino. Ele pergunta “É sempre ilegal matar uma mulher?”, e mostra um homem exacerbado tentando explicar pra uma moça burra e teimosa o que sua maquininha de, uhm, selos, eu acho, sabe fazer. Note que aparentemente não há nada de errado em matar uma mulher. É apenas ilegal... na maioria dos casos. Compare com os comentários que justificam o Chris Brown ter espancado a namorada, porque alguma ela deve ter aprontado. O anúncio e os comentários andam de mãozinhas dadas, não?
Este anúncio antigo, francês (à direita), é... é... bom, de extremo mau gosto. E é da Tampax (espécie de OB)! A chamada diz “Sou como um peixe na água”, e tem um peixe amarrado num absorvente interno (isso se você conseguir pensar em mais alguma coisa fora “O quê?! As modelos de 40 anos atrás tinham pernas grossas?!”). Imagino que os publicitários daquela época acharam uma ótima estratégia de venda associar um produto que vai dentro da vagina com um peixe morto. Sinceramente? Não consigo me decidir se o anúncio é apenas machista ou machista e misógino. Ele certamente destila ódio contra o corpo feminino, mas de uma forma tão estúpida que não pode ser levado a sério. Quer dizer... É uma imagem horrível. Peço desculpas por te traumatizar. Esse deve ter levado todos os prêmios pra propaganda em Cannes. Perto dele, os de cerveja são umas gracinhas. Mas é isso: a linha é tênue.

70 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Lola, há algum tempo leio o seu blog, mas nunca comentei. Assim que fiquei sabendo da notícia sobre a Rihanna, pensei em você na hora! Imaginei que fosse escrever a respeito.
Fiquei tão chocada com a história toda - hoje mesmo li que ela pode precisar de cirurgia plástica.

Tina Lopes disse...

Hahahaha, oi Lola, oi Pati - eu e Pati volta e meia temos conversas paralelas em blogs alheios... bem. Não vou dormir pensando nesse peixe, Lola, ainda bem que não uso mais tampax. E também pensei em vc quando li sobre o casalzinho. Obrigada pela explicação sobre misoginia, eu precisava dela e não sabia.

asnalfa disse...

Lola... pq vc odeio advogados??? desculpe mas essa conversa de q eles sao formados pra defender a burguesia e q sao antiéticos nao cola.... A maioria é ética sim e defendem os pobres e classe média. Quer dizer q toda mulher é inocente? Sou contra homem bater em mulher mas mulher pode bater em homem? Se ela tiver passado herpes ou sei la o q no corpo dele, ele nao poderia descontar nao? Se uma mulher botar fogo na casa de um homem, queimar o carro dele (ou seja, destruir os simbolos fálicos q sao motivos de orgulho) é algo justificável? Toda mulher é santa? Entao qual é a punição pra uma mulher q passa Aids ou doenças pra um homem?

Andrea Cristina disse...

Ótimo post Lola!
Super esclarecedor!!!
Os exemplos deixam claríssimo a diferença entre misoginia e machismo.
Parabéns!

lola aronovich disse...

Oi, Patricia, que bom que vc comentou. Não estou podendo responder comentários esses dias... Terrível mais esse caso de uma mulher espancada.


Tina, é, eu vejo a Patricia em vários comentários de blogs. Depois desse anúncio, não dá nenhuma vontade de usar Tampax...

lola aronovich disse...

Asnalfa, não odeio advogados, nem acho que a maior parte é anti-ética. Mas tem algumas profissões pelas quais eu não tenho muito apreço (também tenho muito pé atrás com médicos e publicitários, por exemplo). Pense em quando a advocacia foi “inventada” e vc verá que ela certamente não veio pra defender direitos dos pobres...
A segunda parte do seu coment. é totalmente lastimável. O que tem a ver uma pessoa ser inocente ou culpada de alguma coisa? Quem julgou? A pessoa foi condenada na justiça por sei lá que crime ela tenha cometido? E aí, a sentença é apanhar? Quem julgou e condenou a Rihanna e executou a sentença foi um júri de um homem só, o Chris Brown. Não sabia que ele era juiz, promotor, advogado de defesa, e algoz ao mesmo tempo. E o que é isso de “descontar”? Vc é muito mal-informado. Sei que pra vc o corpo feminino deve ser um poço sem fundo de doenças misteriosas, mas quem vc acha que passa mais doenças venéreas pro outros sexo, o homem ou a mulher? E os números de homens - MARIDOS - que passam Aids pras suas esposas são alarmantes. Ou seja, eles traem as mulheres e, ainda por cima, passam Aids pra elas, como brinde. E nem por isso a gente vê mulher batendo em homem.
AHÁ! Agora me lembrei de vc, Asnalfa! Vc é o idiota que estava lá no Misto Frio! O que lamentou que o vídeo da menina estuprada em Joaçaba não estivesse disponível. O que se declarou pedófilo! E o que, diante de uma moça que fora estuprada e não estava pronta para procurar a polícia, disse que ela deveria ser estuprada de novo, pra aprender! Ótimas credenciais as suas.

Chris disse...

Ih, olha a Pat aqui também! Oi, Patrícia!!!

Lola, entrei ontem no site da People, para ler sobre a notícia e também fiquei chocada com os comentários misógenos e machistas - tem de tudo.

Sobre o péssimo anuncio do Tampax, acho tão imbecil, mas tão imbecil, que nem merece meus neurônios debatendo sobre machismo e/ou misoginia... é muito estúpido!

Aliás, mudando completamente o rumo do comentário, você assiste a Mad Men?

Beijos

lola aronovich disse...

Não, não é vc, Asnalfa. Aquele é o Fenrir. Sou péssima pra nomes. Mas seus comentários estão indo na mesma linha...

asnalfa disse...

Lola... sou contra estupro e pedofilia.....e tb concordo sobre o fato de homens estarem passando aids a suas esposas... e tb sou contra violencia domestica... mas toda profissão é ética sim... mas toda profissao tem seus maus elementos.

Barbara disse...

Nossa, Lola, voce pincou uns comentarios que deus me livre!

Gostei da diferenca entre machismo e misoginia - eu nunca tinha pensado nisso, e seu post esclareceu muita coisa.

Sobre a Rihanna, seria bom que esse caso ajudasse as pessoas a entender que esse tipo de agressao acontece aos montes, com todo tipo de gente. Pelo menos o cara ta sendo crucificado por muitos artistas...

O pior de tudo eh que segundo a boataria, a briga comecou porque o Chris Brown recebeu uma mensagem de texto de outra mulher. Pelamordedeus, o que essas meninas fazem com caras assim?

meire disse...

ai, caramba....nunca tinha ouvido falar desse cara até ontem. Que moleque!

E por falar em molecagem, falta de senso e de educação...falta de um mínimo de inteligência e respeito (e mais uma pá de coisas),isso aqui me deixou muito muito muito apavorada:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u502798.shtml

Malu disse...

Lola devo dizer que fiquei chocada com esse anúncios. Não porque fiquei surpresa com eles afinal fiz uma pesquisa informal sobre a relação entre mulher e a propaganda mas porque nunca vi tanto mal gosto junto. Essa da Tampax é, como vou dizer, insossa.

Quanto a Rihanna, só fiquei sabendo do que acontecei agora. E fiquei extremamente chocada com a reação de algumas pessoas. Tenho uma amiga que é fã do Chris Brown e ela simplesmente não acredita que ele tenha feito isso. Não sei se já tratou desse assunto mas é incrível como as pessoas ficam incrédulas quando algo assim vem a tona. Qualquer pessoa pode virar um agressor em potencial, eu, você, o Chris Brown. Não importa o quanto sejamos bonitos, gostosos e cheirosos.

asnalfa disse...

Amei o video do policial militar batendo no calouro.
Universitario que participa de trote tem q apanhar mesmo.

Malu disse...

Como?
"Universitario que participa de trote tem q apanhar mesmo."?
Esse foi um dos comentários mais idiota que já vi.

Ana Paula disse...

E o que dizer disso?:

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/02/11/brasileira-gravida-de-gemeos-agredida-na-suica-perde-bebes-754374078.asp

Malu disse...

É isso aí Ana Paula, nada justifica uma agressão. Eu vi o caso dessa grávida ontem e fiquei chocada. Infelizmente é o tipo de coisa que acontece todo ano.
Sou a favor do trote solidário, não de bobagens como tinta e afins.

D. disse...

Oi, Lola, ando bastante concentrada nos estudos, por isso não tenho comentado mais. Mas, diante dessa observação do asnafa, não consigo conter a meu sentimento de indignação.

Quer dizer que o inocente rapaz que escolheu transar sem camisinha deve lavar a honra com o sangue da namorada se um imprevisto acontecer? Que bacana, né. E se ela ficar grávida? Qual a recomendação? Dar uns pontapezinhos de nada até massacrar seu ventre?
Além de me doer a violência implícita no comentário, me pergunto em que planeta vive alguém que pensa e profere tais pensamentos.
Eu vivo num mundo onde, infelizmente, a feminização da AIDS é um fenômeno social comprovado por estatísticas e pesquisas sérias. Onde o que acontece muito frequentemente é que donas de casa acima dos 50 anos, que tiveram um único parceiro a vida inteira, um belo dia ouvem de seus médicos que estão com HIV.
Eu vivo num mundo em que ainda é um tabu encorajar mulheres casadas a reivindicarem sexo seguro com seus maridos, pois há toda uma estrutura - igreja, estado e sociedade - dizendo exatamente o oposto. Ou seja, que isto não é papel de mulher 'decente'. O que encoraja os maridos a se recusarem a usar camisinha, muitas vezes usando de violência física ou estupro quando são contrariados.
E o machismo da questão nem acaba por aí. Para completar, médicos e cientistas ainda não admitiram que as mulheres são, a cada dia, mais numerosas entre os infectados por HIV e os medicamente permanecem sendo testados exclusivamente em cobaias homens. Por isso os remédios tem alta dosagem de testosterona. No corpo masculino possui ótimos efeitos. Mas deforma as mulheres. As enche de pelos, protuberâncias, rouba a feminilidade de seus corpos e mude o tom das suas vozes.
No mundo em que vivo, sequer as leis feitas para deter a morte, a exploração e o abuso de mulheres comprovados pelas estatísticas são efetivas. Pois, esbarram no conservadorismo e na falsa moral de uma sociedade que permanece resistente em admitir a realidade de que são as mulheres as que estão em risco e continuam a ser, massivamente, mortas, trucidadas, torturadas psicologicamente, exploradas, abusadas e estupradas de forma impune.

Em nome de supostas disciplinações doutrinárias que até ganham contornos de exuberância nesses simbolos fálicos que exultam uma masculinidade falsa (sim, seu pênis não vai aumentar, independente do tamanho do seu carro ou do seu fuzil) e nos reduzem à categoria de objeto. Que pode ser exibido ou massacrado por um canalha sem propósito algum na vida além de alimentar o próprio ego. E isto está muito bem (?!).

Eu vivo num mundo que me faz pensar que antes de cobrar leis que punam alguém que se julga 'injustamente' infectado por uma doença sexualmente transmissível - não remetendo aqui a casos de estupro, logicamente -, devemos lutar pelo fim da hipocrisia e por estados sérios que invistam em direitos sexuais e reprodutivos, por meio da educação e de insumos, para que todas as pessoas possam se sentir DONAS DE SEUS PRÓPRIOS CORPOS e livres para viverem uma sexualidade plena e prazerosa.

Sim, eu penso que o direito ao nosso corpo é a nossa grande meta para este milênio. Ou para o seguinte, ao menos. O direito de não sermos responsáveis pela sexualidade do outro, mas donas do controle sobre a própria. O direito de não termos nossos corpos violados ou disciplinados quando eles estão fora da norma. O direito de termos nossos rostos intactos e nosso sexo imune. É algo muito maior do que podemos imaginar. E penso que o mundo será mais confortável quando homens e mulheres entenderem que exigir que metade de uma população não seja mais oprimida pela outra não é promover a diferença. É apenas defender uma necessária igualdade. Não uma equivocada igualdade biólogicas. Mas um equilíbrio de direitos para que todos sejam vistos como sujeitos e possam viver em paz. Distantes dessa guerra fria e desigual.

Esse teu post me fez pensar, Lola: até quando as bombas do machismo e da misoginia continuarão a promover o genocídio impunemente?

asnalfa disse...

Ah proposito... acho q esse video deve satisfazer o Fenrir!! Assitam vcs! eu amei!

http://www.4shared.com/file/87138623/a142695e/Putaria_no_buso_de_excurso_do_colgio_II___Safadas.html

asnalfa disse...

PS: coloquem tml no final do video...
nao coube tudo....
Ah proposito.. sou contra a violencia domestica.... mas tem mulheres q batem em homens tb.. vi isso no casos de familia do sbt. O psicologo ate lutou pra criar uma "delegacia pra homens" nos quais sofrem agressoes de suas parceiras. Mas é claro nao foi para frente.

Paola disse...

Lola,estive aqui, o comentário, já rebatido, do coleguina, é no mínimo lamentável!
Pobre da mãe dele, criou um monstro!
Espero que mulher nenhuma se encante por ele!
É praga sim! Me deu vontade, de ser ignorante!

Beijo

PAola

asnalfa disse...

O q eu fiz de errado meu deus do ceu???

Princesa disse...

Nem sei o que dizer desse caso da Rihanna e do Chris Brown...Só espero que ela tenha denunciado ele e que o deixe.
Outra coisa que eu acho um absurdo é ele ter pago fiança e ter sido solto.
Mas enfim,nada me horrorizou tanto na vida toda do que esse caso da brasileira vítima de neonazistas na Suiça,e o policial ainda queria que ela dissesse que ela tinha provocado o crime!Juro que passei mal quando li a notícia,foi como se alguém tivesse apertado meu coração.
E o mais triste é que eu acho que se fosse um homem talvez não tivesse acontecido.
Ai Lola,onde o mundo vai parar?

asnalfa disse...

Tb fiquei chocado com esse caso Princesa... principalmente por ter acontecido num país q si diz de primeiro mundo e civilizado. Nesse caso sou a favor de pena de morte... mas acho q eles vao ser soltos.. Para a populacao suiça eles sao herois pq estao tirando os estrangeiros (de terceiro mundo) da europa.

Cris disse...

Essa propaganda do tampax é a pior que já vi. Pior, impossível.Chocou mesmo.

Leila Silva disse...

Eu não sabia dessa história da Rihanna, eu mal a conheço, sobre o rapaz nunca ouvi falar. Espero que ele seja punido. Triste tudo isso.
E essa propaganda francesa? Que horror, eu hein?

Aline S. disse...

Lola, como vc sabe estou nos EUA, no momento, entrei em um portal de noticias do Brasil agora para saber o que estava acontecendo por ai, e fiquei horrorizada... As noticias mais lidas eram: de adolescente gravida que levou bala perdida, de outra adolescente gravida de gemeos que foi espancada e mutilada na Europa e sofreu aborto, de uma terceira jovem, estudante e tb gravida que foi agredida e queimada em trote de faculdade, e de uma mulher que foi morta pelo amante e teve o corpo armazenado num freezer. COMO essas coisas horriveis continuam acontecendo cotidianamente e sem a devida punicao?? e com gente achando que a mulher fez por merecer!!! E se tem tanta gente lendo essas noticias, vai continuar tudo igual???

Marilia disse...

Depois de ficar chocada com a história da Rihanna, a primeira coisa que pensei foi 'o que a Lola vai escrever a respeito?'rs.
No site que vi, havia também pessoas insinuando coisas do tipo 'tinha que ser esse marginal favelado', ou seja, o racismo e o preconceito somaram-se ao machismo e a misoginia (obrigada pelas explicações). É lamentável demais.

Marilia disse...

Ah! O Jay-Z (um rapper muito famoso Lola)deu a seguinte declaração:
"Chris is a walking dead man. He messed with the wrong crew".
Viiixi.

Anônimo disse...

nossa que paia um gatino desse fazer isso chris brown amo vc ...

Serge Renine disse...

Aronovich:

Eu acho que você tem toda razão. Pobre moça!

Parafraseando minha mâe: "digas com que andas.. e eu direi o que acontecerá contigo".

Ou; "antes só que...

Kenny Guilherme disse...

Lola, então dá pra concluir que música misógina é aquela em que as letras incitam a violência à mulher? Que desprezam-na?
Em se tratando de rock n´roll a informação me é nova. Novíssima, aliás. Até onde eu sabia o pessoal do rock era famoso por fazer apologia ao demônio, por incentivarem a desordem e a ruptura com o status quo (no caso do punk rock, principalmente), por falarem de drogas e bebidas, etc. A hora que me sobrar um tempo vou até pesquisar algumas letras pra ver se encontro a tal misoginia.

marjorierodrigues disse...

Uma das coisas que me irritaram nesse negócio da Rihanna (que eu tb mal sei quem é, mas...) é que nenhum dos jornais estava publicando o nome da vítima. Dizia-se apenas "Chris brown foi interrogado por bater em uma mulher". Como ele namorava com a cantora, tava todo mundo querendo saber se era ela. Só que, para proteger a vítima (o que é sempre o padrão no jornalismo), os jornais não diziam.

Até que o Los Angeles Times foi lá e publicou. Justificativa do editor: "well since she`s a public figure, it's fair game".

Ele realmente achou que agredi-la de novo (ao tornar pública uma coisa extremamente pessoal) era "fair game". Que fazer com um cara desses? Cassar sua licença de jornalista?

anacris disse...

Gente, fiquei chocada com tudo isso que anda acontecendo, as manchetes estão manchadas pela violência contra as mulheres, contra todas nós! Lola, é inacreditável que essas propagandas que você exemplificou, não soam tão antigas quanto suas datas, pois com um pouco de maquiagem, elas ressurgem numa propaganda de sabão em pó, tempero "sazon", mostrando como é fácil ser a dona de casa perfeita... Noutras nos mostram como somos descartáveis, como nas propagandas de cerveja, que só porque o cara toma cerveja tal, as mulheres caem em cima dele. E você já percebeu como nos filmes de ação a mulher é sempre mais burrinha que o homem? Ele que resolve tudo, ele que é o bom.

Sheryda Lopes disse...

Achei que misogenia fosse o preconceito de homens gays, travestis, em relação às mulheres. Tipo "tenho nojo de mulher".

Mica disse...

Não acho que todos os comentários que vc pinçou seja misóginos. A maioria sim, mas não todos. Talvez mal orientados...
Quanto a surra, bom, eu fiquei chocada. Mas toda surra me deixa chocada, até as que os pivetes ganham na rua quando assaltam alguém.
O que eu não concordo muito é a idéia de que 'por ela ser mulher não pode apanhar'. Quer dizer que homem pode? Nunca esqueço de um cliente que foi no escritório reclamando que apanhava da esposa e que quando ia na delegacia os policiais riam da cara dele e não davam à minina para suas reclamações, até que ele foi nos procurar.
Enfim, o que eu quero dizer é que a atitude do tal Chris Brown é lamentável e deve ser punida, mas se o caso fosse o inverso, gostaria de ver a mesma indignação no público.
Seja como for, espero que a Rihanna de fato não volte com ele depois disso. Eu sei que o que leva uma mulher a voltar ao homem depois de apanhar não é o 'gostar de apanhar', mas sim a sujeição emocional que geralmente a outra parte cria na vítima, e é justamente por isso que eu espero que ela consiga desvincular-se desse ser violento de uma vez por todas depois desse episódio.

Anônimo disse...

Gay que diz sentir nojo de mulher também é misógino. Há tanto homossexuais como heterossexuais misóginos. Por falar nisso, acho que o Asnalfa é um gay misógino. Que coisa feia, hein... Um cara que reclama de preconceito ser tão preconceituoso. Se sua mãe eu fosse, obrigava-o a ler Lola diariamente pra ver se vc se transformava em uma pessoa melhor. E aprendia escrever de forma correta, pois a sua escrita é lamentável.
PS: Pelo amor de Deus, não estou falando mal de gays. Estou falando mal do analfa...

asnalfa disse...

Sou gay sim e tenho nojo de mulher pelada.. mas nao como amigas...
prefiro mulheres como amigas do que homens,...

mas nao sou misogino. Ja li todos os posts da Lola... e tenho uma péssima escrita.. afinal é impossivel elogiarem-me.. afinal gay so serve pra sexo mesmo ne..

Serge Renine disse...

Aronovich:

Esta havendo uma confusão semântica aqui: misoginia é a aversão do homem (homens héteros) pela mulher como especie e não em relação a sexo, como no caso dos gays; esses adoram as mulheres.

Anônimo disse...

O conceito de misoginia não se restringe à aversão que homens heterossexuais têm ao contato sexual com mulheres. No sentido mais amplo, é ódio ou aversão às mulheres e ponto.

"'Misogunía': horror, aversão às mulheres; ver mis(o)- e gin(o)" (Dicionário Houaiss)

Lila disse...

Asnalfa, na boa, ninguém aqui falou que gay só serve pra sexo.
Só que seus comentários foram lamentáveis mesmo, não custa anda se colocar no lugar dos outros, um pouco de empatia é necessário.
Vc deve saber que sua escrita é ruim, pq escolheu o apelido de Asnalfa que remete a analfa. Mas melhorar a escrita só depende de vc, leia mais, escreva mais, consulte dicionários, não é tão difícil.
Não sou psicóloga, não te conheço a não por seus comentários aqui, mas vitimização não te ajuda em nada. Vc poderia usar os textos da Lola pra se motivar, vc já deve ter percebido q ninguém consegue suprir todas as expectativas que tenham sobre nós, como a Lola faz questão de frisar em seus textos.
Seja peso, idade, orientação sexual, etnia, riqueza, sempre vai ter algo que os outros vão reclamar, cobrar, pressionar. Por isso, relaxe e se aceite.

Lila disse...

*não custa anda... leia-se não custa nada

Anônimo disse...

Existem casos SIM de mulheres que batem em homens, já presenciei isso em minha familia. Mesmo assim ele não revidava, tinha muito amor por seus filhos a ponto de se humilhar deste jeito. E NÃO, NÃO tinha motivos reais para essa situação, apenas um ciúme exagerado e sem fundamento. Então quando você comenta que não vê mulher batendo em homem, talvez você precise abrir seus olhos. O fato de não ter tanta exposição e de que muitos homens se sentem humilhados com a situação e não tomam providências não quer dizer que isso não aconteça. Afinal, não existe a delegacia do homem.

JAMINE BRUNO disse...

chocante. fiquei sabendo do caso pelo seu blog lola...nao imaginava que chegasse a este ponto em "estrelas"como estas. terrivel!!

p.s.: nao gosto do trabalho da Rihanna (acho muito apelativo) e nao sei quem é Chris Brown...

Silvia disse...

Oi Lola,
Sempre passo por aqui pra saber a sua opinião sobre tudo, e hoje vim especialmente pra ver se havia algum post comentando as notícias recentes de violência contra as grávidas, como a Aline S. comentou. Fiquei tão transtornada com o caso da Suíça...
Seu post deu voz ao meu sentimento de indignação. É preciso falar sobre isso.
Obrigada por nos fazer pensar e por expressar o que é a opinião de muita gente (assim espero).
Beijos.

Milla disse...

Lola, eu descobri sobre Rihanna esta quarta-feira!! Eu ficquei com tanta raiva do Chris Brown!! Simplesmente, eu não acreditei...
Nossa, é um absurdo...
Bater na namorada é tão comum que o cara simplesmente não tem medo de fazer isto nem quando ela é rica e famosa (o que indicaria mais probabilidade de ser preso - ou não, quem sabe, não tô tão certa...)!
E tem tanta gente defendendo-o...
Meo deos...

Milla disse...

Se ela tiver passado herpes ou sei la o q no corpo dele, ele nao poderia descontar nao?


Não acredito que li isso...
Vai se fuder seu Asno!!

Milla disse...

Chris eu conhecia de músicas sexissistas que ele já cantou e dos clipes nojentos que já fez.
Em Kiss Kiss, o povo para a música para olhar para a bunda exagerada de uma negra...
Aaargh...

Liris Tribuzzi disse...

Fiquei sabendo por alto desse caso. Tinha uma noção de que eles eram namorados, mas nada além disso, porque simplesmente não suporto a música dos dois (você já deve ter ouvido a música do 'guarda-chuva' da Rihanna...'debaixo do meu guarda-chuva/ uva uva ... É em inglês, mas assim fica mais engraçadinho). Acho qualquer tipo de violência uma covardia, até porque as consequências dessa agressão especificamente vao além do machismo, misogenia, traumas infântis (absurdo do absurdo alguém usar isso pra defender o cara). Ele, pelo jeito, atacou a carreira da moça, que vende muito mais imagem do que ele. Duplamente covarde.

Mari Biddle disse...

Oi. Lola, to pasma com a propragando do Tampax!

To muito cansada de ver tanta violencia contra a mulher aqui nos EUA (Vide Rihanna e a striper queimada)!

Esse Chris "qualquer nota" fez eu quase perder a cabeça com os comentários machistas de uma mulher!

Como vc escreveu um dia:" mulheres, larguem essas pedras.."

blogger disse...

O Chris Brown,é um safedo sem vergonha,se a mãe dele não ensinou a respeitar os outros,o mundo vai ensinar para ele,nunca vi,bater ne mulher,ele tinha que pegar uns 15 anos de cadeia,por que isso não se faz.E Eu falo mesmo,ainda mais que a Rihanna é minha ÍDOLO número 1!!!O que o Chris Brown fez com ela não tem perdão.Ummm,aquele cachorro,safado,sem vergonha,se eu morasse em Los Angeles e encontrasse com o Chris Brown,eu dava um tiro nele,ficava preso mas matave Ele!!!Já deu pra perceber que eu gosto d + da Rihanna né?Ai.como eu queria ir 1 dia para Los Angeles,só para conhecer Ela.Bom este é meu depoimento,é isso que eu acho,e quem não concorda comigo,está apoiando um agressor de mulheres,um safado,sem vergonha,um tarado,um machista,eu sou homem mas não tenho coragem,e nunca vou ter coragem de fazer isso com mulher nenhuma na minha vida!!!

Huntress disse...

Eu não sabia que existia gente assim, que odiasse mulheres.. Eu ouvi sobre o espancamento da Rihanna, mas nem levei muita fé no assunto.. Eu ainda to, sei lá, chocada com assunto, to mais sensível que o normal hoje.. Ainda mais cedo tava vendo uma comunidade no orkute sobre um povo homofóbico...

o tópico.
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=804750&tid=5211706783791953220&na=1&nst=1

Zona livre - Num cinema bem distante de você disse...

Estou escrevendo um artigo sobre a constitucionalidade da Lei Maria da Penha e achei seu blog. Olha, você está de super parabéns!

Outra coisa, você percebeu que a grande maioria das opiniões a favor do Brown veem de mulheres?

O incrível é que, rapidamente, entre em quatro blogs e não encontrei um único homem que tenha apoiado o Brown. Para esses rapazes, não importa a razão, ele não deveria ter a agredido. Já as mulheres não. Ou elas comentam que a Rihanna provavelmente teve algum tipo de culpa (como se isso justificasse algo) ou comentam que ele tem o direito de errar.

P.S: Sobre o comentário da Asnalfa... Meu pai é Defensor Público da União e sempre sonhou em ser Defensor Público para a ajudar a população e eu quero seguir o mesmo caminho. Minhas vontades são: Ministério Público e Defensoria Pública, seja da União ou Estadual... Por favor, não generalize seu ódio contra Advogados. Até pq eu sou uma Jornalista que aprendeu a amar o Direito dentro de sua profissão!

É isso.
Grande beijo.

Marivone Vieira
http://direitocomum.wordpress.com/
http://umafabulasobreavaidade.wordpress.com/

Tuanny disse...

Eu fikei chocada quando vi o caso da Rihanna e do Chris..eu acho q ele vai se ferrar com isso...vai perder muitos, mas muitos mesmo, fãs..

Anônimo disse...

nao sei se a historia é ou nao verdadeira...de facto pouco me interessa...mas de facto as mulheres sempre foram mais oprimidas e culpadas por actos de violencia contra elas....a sociedade ainda nao aprendeu a aceitar que apesar de lutarmos por termos os mesmos direitos que os homens signifique que estes saiam impunes por crimes tao gaves como a violencia domestica... é triste ver que o futuro que me espera esta destruido... pois esta nas maos de pessoas que acham que se um homem bate numa mulher ela tem culpa...desculpem mas este é um pais de atrasados...

Anônimo disse...

Oi . . .
nunca tinha visitado seu blog,mais ao procurar temas relacionados a rihanna depois de apanhar fiquei logo interessada e resolvi postar isso. . .
Acredito que os estados unidos irá cuidar bem do caso pois existem leis que proibem que os homens batam em mulheres,tenho certeza que se os estados unidos tiver competencia para puni-lo corretamente tudo pode se resolver !
Porque você não bota fotos que mostrem o estado dela ?Seria interesante pois entrei no google imagens para ver se achava pois sou fããããzonna de RIHANNA

Anônimo disse...

esse bloog estáa muuito megaa power informativoo cara !voc é muito inteligentee !! huhuu
agora vamos ser francos minha gente tah na cara sendo merecido ou não violência é violência, pancada dói e todo mundo sabe disso. não é porq chris bronw ta no augii das paradas musicais e q ele é um baita gatinho q ele deve passar impuni não ! Certo q o q não falta é impunidade nesse mundão mas sabe pq há tantas ? pq a gente sempre releva e diiz : Haaa existeem casos de impunidades piores e não se vê resultado, haa libera ele vaai!
Mas me faça uma garapa com limão e sem MEEL pq pra tolerar tanto erro mermão tem q ter cuca fresca e sangue de barata !
Chris adimiro o seu trabalho mas voc perdeu uma fã pq toda vez q eu escutar suas musicas e vê seus clips eu vou lebrar do monstro q voc é !

Anônimo disse...

se ele so lhe bateu pk apanhou herpes e um cobarde!!!!!e kem ta do lado dele tb..ó gente herpes trata-se para sempre com pensos para herpes cremes e pomadas...nao iria ser bater na rapariga que iria fazer desaparecer o herpes ou era???respondam

Rafaela disse...

oie lola, nda ve a rihanna btu no chris, o q imprta ele btu nela ,ele e um s/vrgnha ,RIHANNA e uma deusa do pop,tnho mts migs sao faziiissssimmaaaa dela e pq ela ia batr nele ,o amr e cego e mto cego,eu tnho qse crtza q ela vai vltr pra ele , se a gnt ama uma pssoa nda vai mdr, ela nao gsta de apnhr mais ela ama ele oq se pde fzr.

Anônimo disse...

eu não sei se o(a) asnalfa é homem ou mulher, eu sou homem e vi o seguinte
esses comentários seus estão todos muito toscos kra, cada coisa mais sem noção q vc fala ¬¬.

e sobre o caso da mulher que foi supostamente espancada e abortou, descobriram que era mentira, ela fez isso so pra atrair atenção >:(.

Sobre o caso de Rihanna, ela foi espancada, ela não mereceu isso, podem me chamar do que quiserem porem ela esta sendo muito burra,
porque voltar pra ele?

Lola no artigo que você fez vc postou alguns comentarios que viu em outros sites, esses que vou colocar aqui alguns para comentar;

'Se ele usou os punhos, por que diabos ele a teria mordido?' isso para mim seria no mínimo uma meia verdade, ele não esta dizendo que achou bom ela ter apanhado ou que ela merecia.

'Rihanna é uma vaca e mereceu isso!' um imbecil retardado ¬¬

'- Aposto como a idiota vai ficar com ele, mesmo depois d'ele tê-la surrado.' foi um comentário ofensivo, porém ela não ficou com ele mesmo?

'- As mulheres não são iguais ao homem, e esta é a prova. A lei da Violência Contra a Mulher é das mais destruidoras e sinistras da legislação americana. Se o sexo feminino realmente visse sua posição como igual ao homem nenhuma lei especial precisaria ser feita.'
eu não sei nem o que falar direito de tão preconceituoso que é esse comentário, acho que deveria ate se
desculparem por fazer um comentário tão ridículo quanto esse.

Ótimo Blog você tem.

Anônimo disse...

algumas mulheres estão postando aqui, sobre coisas como aqueles comerciais de cerveja e de tempero, e sobre filmes que o homem é sempre mais esperto.

Comercial de cerveja: realmente é meio que machista.

Comercial do tempero: nesses comerciais diz como ser a dona de casa perfeita, qual o problema? por acaso ta dizendo que toda mulher tem que ser dona de casa? Não!, porem diz que aquelas que são devem usar esse tempero, não sei bem o nome especifico disso porem irei chamar de um tipo de feminismo, pois não tem nada de ofensivo nesse comercial.

Filme: o protagonista costuma ser o personagem que tem melhores atributos físicos e intelectuais, no caso se o protagonista for homem ele será melhor não é?, no filme a múmia a mulher que não é a protagonista é mais esperta que o homem, então isso seria feminismo? acho que não.

Anônimo disse...

Realmente o Chris é mesmo uma besta!! Como é que ele foi capaz?! Mesmo que ela lhe tivesse feito alguma coisa, isso não lhe dava o direito de espancá-la!!! Eu estou do lado dela.

Bjnhos

Anônimo disse...

Um conselho: aprendam uma arte marcial.
O Tai Chi Chuan, além de ser a mãe (ou uma das mães) das outras artes marciais, trabalha o interior, ajudando a alcançar Paz.

Ou seja, mesmo que nunca o usem para se defenderem (Tai Chi não é tanto para ataque mas mais para a auto-defesa), estão a tornarem-se em pessoas mais calmas e equilibradas por dentro.

E no mundo desequilibrado em que vivemos, é fácil de perder o nosso equilibrio interno.

Pensem nisso. Em vez de irem ao ginásio façam Tai Chi Chuan(por exemplo). É que pode parecer lento mas também trabalha o corpo todo ! :)

Paz.

LIXO ATÔMICO disse...

Sou misógino assumido , e este texto está errado. Não batemos em mulher, não estrupamos, não cometemos agressões. Na realidade da realidade nós misóginos queremos é distancia destes seres inferiores!!
Claro que namoramos, mas somos muito superiores a machistas e agressores e a assassinos e estupradores!
Antes de postar merda, vá pesquisar profundamente, alguns grandes filósofos são essencialmente misóginos!

LIXO ATÔMICO disse...

Tinha que ser mulher mesmo postando coisa tão ridícula!

guilherme disse...

Sinceramente acho ignorância de todos criticarem a rihanna e defenderem o chris brow desse jeito. se essas pessoas altamente burras e ignorantes tivessem presenciado a cena dentro do carro, poderiam critica-la. Somente os burros julgam pela aparência. Na minha opnião, Chris agiu como um cavalo um animal, a puta da mãe dele não deve ter lhe dado uma gota de educação. A partir de hoje eu odeio o chris bronw e todos que o defendem.

JJ.AA disse...

Lola, acho que houve um pequeno contrassenso na interpretação do anuncio da tampax. Em francês, a expressão "être comme un poisson dans l'eau" (traduzido literalmente por ESTAR como um peixinho dentro d'agua e não SER, ja que em francês o mesmo verbo ÊTRE é traduzido das duas maneiras em português dependendo do contexto) significa estar a vontade. Por exemplo poderia se dizer : A Lola é uma otima palestrante ; na frente de uma plateia "elle est comme un poisson dans l'eau".
Por isso acho que a tampax so quis chamar a atenção para as qualidades anatomicas e o conforto proporcionado pelo produto. A imagem do peixinho não deixa de ser meio nojenta, mas não penso que a proposta tenha sido comparar uma vagina a um peixe podre. Ou sera que foi? Agora você me deixou na duvida.

Anônimo disse...

Este tema é extremamente complexo... ando lendo muito sobre o assunto, então gostaria de falar sobre algumas coisas...
Primeiramente, o anúncio do tampax, é uma paródia de extremo mal gosto, que realmente destila ódio contra o corpo feminino... A linha é tênue entre a brincadeira de mal gosto e a misoginia sim, verificamos isto em comerciais de tv, de produtos de higiene íntima feminino, que nem 1/3 tratam de higiene, porém de aproveitar-se dessa fragilidade e opressão femininas e vender todo tipo de produto e fazê-las crer que precisam destes produtos...

leiam mais em: http://www.mulheralternativa.net/2010/03/bucetas-x-paus-batalha-nao-esta-ganha.html

Isto tudo se reproduz na sociedade e a misoginia se manifesta de diversas formas.... gay também é misógino sim, mas somente aqueles que desejam ser mulheres e não se aceitam.. tive muitos "amigos" assim... só ouvia piadas de mulher vindas deles...ridicularizando, vulgarizando a mulher, por dois motivos:
1- a maioria dos gays sente atração por homens heteros e não aceita que os mesmos gostam de mulher;
2- muitos se prestam a práticas sexuais de que odeiam, mas fazem somente para agradar o parceiro;
3- Existe preconceito contra os gays, os evangélicos que o digam, reprimindo o sexo anal, logo, os gays imaturos tentam de toda forma provar que a vagina é mais suja, dentre outros adjetivos que não vou nem citar.

Isso tudo ainda é fruto de uma herança machista que recebemos, afinal, qualquer um com o mínimo de vivência sabe que não é verdade.
O anus foi naturalmente criado para liberar excrementos humanos (não estou criticando sexo anal), e a vagina foi feita para a reprodução, prazer...não são órgãos comparáveis. Quem conhece e gosta, não compara.

Triste ver tudo isso, e tem alguns seres que postaram tanta coisa ridícula aqui que nem merece atenção, como exemplo o "Lixo Atômico". Seres inferiores? Pelo que eu saiba quem descobriu a radioatividade e DNA foram duas mulheres... as únicas a receberem premio nobel em duas áreas distintas foram a madame curie e outra mulher que não me recordo... por acaso já viram algum negro recebendo premio nobel, conseguem fazer a comparação pelo fato de poucas mulheres o terem recebido? Elas foram excluídas durante anos das universidades.

Se odeia mulheres, lembre-se de que nasceu de uma, que seus cromossomos sexuais são XY sendo o X feminino, e as mulheres, possuem os dois femininos e nenhum masculino...
E não seja tão mal amado.

Parabéns a autora sobre o texto, adoro este blog!!!!!

dede soua disse...

qual a sua definiçao para feminismo, machismo,igualdade de generos? qual a sua opiniao sobre "raças humanas"?

dede soua disse...

lola qual sua definiçao para feminismo,machismo,igualdade de generos? o que define"raças humanas"na sua concepçao?

dede soua disse...

queria trocar ideias com voce lola,se poder me mandar seu email fico grato!