terça-feira, 24 de junho de 2008

HULK ANTI-MILITARISTA

Um dos pontos que acho bastante insuportáveis no Hulk em geral é que ele é um acidente do exército, e o exército passa o resto da história atrás do monstro, e boa parte da ação se passa em bases militares. Mas ao menos neste filme de 2008 o tom é anti-militarista. De cara, o general no comando (feito por um William Hurt com a maior pinta de patriarca, devido ao bigode imponente) explica que Bruce não é nem nunca foi um deles, já que é um cientista, e sugere que esse traidor do Bruce prefere a paz à guerra. Pra muita gente, pacifista é palavrão. Sério. Acabei de ler um artigo americano da direita que xinga a Hillary Clinton de... pacifista. A idéia é assim: como que um pacifista pode zelar pelos interesses americanos se vai ter receios morais em fazer coisas rotineiras como, sei lá, invadir outros países? Assim não dá! Assim não pode!Ah, o personagem do William realmente parece ter nascido pra ficar amigão do Tony Stark, pelo menos em sua fase armamentista. Os dois podiam se dar as mãos e sair andando por aí. Opa, aparentemente a Marvel já teve esse lampejo de criatividade. Hulk e Homem de Ferro estarão juntos em breve. É, eu sei. Eu também mal posso esperar.

12 comentários:

Juliana disse...

Po, acabei de comentar e já tem post novo? Assim não dá!!!
btw, atualizei meu rabiscola =) Acabei nem te respondendo que eu até que queria atualizar uma vez por semana, mas me conheço melhor que isso. Quem sabe um dia eu não me prolifico que nem você?

Juliana disse...

Aqui o blog traduzido pra vc
http://translate.google.com/translate?u=http%3A//escrevalolaescreva.blogspot.com/&hl=en&langpair=auto|en&tbb=1&ie=UTF-8

SPEAKING PEOPLE SPEAK

O interessante é que ele só traduz até um pedaço e depois pára, hahaha.

Mas até que deu pra entender bem esse começo desse post em "inglês"

Chris disse...

Caramba, Hulk e Ironman juntos??? SHOOOOWWWW!!!

Bão, eu particularmente tenho um éca com o William Hurt desde que ele meteu porrada na ex-esposa, então, sei que não vou prestar lá muita atenção nele, não, mas, 'acusar' um político de ser paficista é phodis, néam?

Beijos

McGregor disse...

Hulk e Homem de Ferro juntos? Fala sério!
A criatividade está se tornando artigo de luxo em Hollywood!
Quero passar longe desse mix de super heróis!
Que saudade dos desenhos de antigamente... [risos]

lola aronovich disse...

Ju, aqui a coisa eh assim: muito rapida! Vou passar no seu rabiscola pra ver suas atualizadas. E eu gostaria de ser prolifica tambem na minha vida academica, que ta mais parada que o seu blog...
Sobre a traducao pro ingles, uma vez passei um post que havia escrito (aquele sobre cabelo, lembra, que citava dois blogs americanos) pra uma americana, e ela tentou ler traduzido automaticamente e respondeu: "Acho que vc escreve melhor do que isso". No fundo eh bom saber que ainda falta muito pra gente perder nossos futuros empregos como professoras de ingles/tradutoras. Acho que na minha vida nao vai acontecer. Talvez na sua...
E "Speaking People Speak" ainda eh melhor que o corretor do Word, que sempre sugere trocar "Lola" por "Bola".

lola aronovich disse...

Chris, o William Hurt bateu na ex-esposa? Quando? Quem? Eu nem tava sabendo!
Tudo que ja li sobre ele eh que eh considerado um sujeito dificil (leia-se insuportavel). Mas como ator eu gosto muito dele. Ele foi um dos principais astros dos anos 80.
E agora respondendo a Chris e ao Greg juntos:
vcs ainda nao viram Iron Man, certo? No final aparece o Samuel L. Jackson pra convocar o Iron Man a fazer parte de uma liga de super-herois. Quem eh chegado deve saber de cor e salteado o nome do personagem do Samuel e da tal liga, mas como esta que vos fala sou eu, considerem um luxo esses meus pedacinhos de informacao. E no final do Hulk aparece o Robert Downey Jr. pra conversar com o Willam Hurt sobre o Hulk. Como tanto Hulk quanto Iron Man sao da Marvel, eh logico que vai dar samba. So nao sei como fica o Edward Norton nessa historia. Eh obvio que o Robert Downey Jr vai ser Iron Man por mais um ou 3 filmes, mas sera que o Edward assinou contrato pra fazer logo dois Hulks? Ainda mais que ele teve problemas neste... Meu chute eh que eles vao colocar o Hulk, nao o Bruce Banner, e ai pode ser qualquer um embaixo do latex verde. Ate eu...
Greg, tem jeito nao: os super-herois vieram pra ficar. Eh inacreditavel que 10, 20 anos atras havia pouquissimos filmes com eles, e hoje eles dominam inteiramente o verao americano.

Huntress disse...

Eu não faço nem idéia de quem seja William Hurt, mas to vendo que o filme do Hulk ta dando o que comentar... Esse encontro entre Hulk e Iron Man sera nos quadrinhos ou no cinema?

Chris disse...

Lola, na época em que ele era casado com a Marlee Matlin (é isso?), aquela atriz de Children of a Lesser God.. foi um bafáfá tremendo na época e ele entrou na 'geladeira' Hollywoodiana...
Enfim, estou adorando o boom de super-heróis de qualidade!
Beso

lola aronovich disse...

Huntress/Tayná, se quiser começar a entender a importância do William Hurt nos anos 80, escrevi isso sobre ele (bem curtinho):
http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2008/03/os-anos-80-voltaram-vamos-gozar-outra.html
Quer dizer, não cabe em uma só linha:
http://escrevalolaescreva.blogspot.
com/2008/03/os-anos-80-voltaram-
vamos-gozar-outra.html
Ou se não escreve William Hurt na busca do blog, que esse post é o segundo.
Falta só um postzinho pra eu acabar de comentar sobre o Hulk.
Esse encontro que falei entre Hulk e Iron Man vai se dar no cinema. Não sei os detalhes, só que os dois filmes, Hulk e Iron Man, terminam com uma convocação a vários super-heróis terem que trabalhar juntos. E o Robert Downey Jr. aparece na última cena do Hulk. Se os personagens pertencessem a estúdios diferentes, isso dificilmente aconteceria. Mas como ambos são da Marvel, vai ter super trabalhando junto até dizer chega.

lola aronovich disse...

Chris, eu nem lembro desse bafafá. Ele bateu na Marlee Matlin? Que coisa! Alguma coisa deve ter ido muito mal na carreira dele. Como que um ator que é indicado a 3 Oscars consecutivos nos anos 80 (Beijo da Mulher Aranha, Filhos do Silêncio e Nos Bastidores da Notícia), e até ganha um, depois praticamente só faz O Turista Acidental, seguido de muitos filmes ruins? Acabei de ler que ele recusou um papel em Jurassic Park e em Misery (Louca Obsessão).
E sobre o boom de super-heróis... Acho que dois filmes baseados neles por verão americano já estaria bom, né? É super demais! (se bem que se deixam de fazer filme de super pra fazer qualquer outra besteira inútil, melhor fazer filme de super mesmo).

cavaca disse...

Lola, você sabe que o cinema vive de ciclos. Acho que essa fase de Heróis em quadrinhos vai começar a esfriar. Stan lee, que ganhou muito com isso, deve estar pensando em duas coisas, esticar essa fase para sempre, ou terminá-la com glória, o que seria uma Liga da Justiça jamais vista! ...com direito a sequências claro!

lola aronovich disse...

Não sei se a onda dos super-heróis vai esfriar tão cedo, Cavaca. Agora que a Marvel virou um ESTÚDIO de cinema...