sexta-feira, 30 de julho de 2010

CONFLITOS CHOCOLATAIS, E UMA LOJA PRA BOICOTAR

Como eu falei, minha relação com o chocolate encontra-se numa nova crise. Já contei que, na última crise (que praticamente foi a primeira na minha vida de chocólatra, alguns anos atrás), tive uma overdose de problemas chocolatais – meu fígado enfraqueceu, quebrei um dente comendo uma barra, e, pra coroar, comprei um chocolate bichado. Esta crise de agora não foi gerada por tantos fatores. Um deles foi a notícia absolutamente nojenta que toda barra vem com 60 pedacinhos de insetos e um pêlo de rato (ou 8 patas de inseto, dependendo da versão). Isso já me balançou um pouco, já que realmente odeio insetos, e não tenho apreço nenhum por ratos. A outra péssima notícia eu vou contar agora. Espero que esta não seja sua leitura do café da manhã. Eu avisei.
Então, lá estava eu na minha cozinha, devorando uma barra de chocolate. Esta era da Lacta e chama pelo nome de Crocante de Chocolate. Eu não havia aberto a embalagem inteira, só até a metade. Quando terminei de comer aquela metade, fui abrir a outra metade, como é natural pra quem come uma barra de uma sentada só, e foi aí que notei que alguma coisa estava errada. Havia pozinhos, sempre um mau sinal. Uns buracos. Um troço meio esbranquiçado que parecia mofo misturado com teia de aranha. E, olhando bem, lá no canto, uma minhoquinha. Viva! Ahhhhhhhh!
Eu dei um berro e joguei o que restava do chocolate no lixo, traumatizada.
Foi a quarta vez na vida que encontrei vermes no meu chocolate. Mas foi a primeira que só notei que a barra estava bichada após comer mais da metade. Glupt. (O maridão tentou me consolar dizendo que quem come creme de leite com trocinhos verdes e não morre aguenta qualquer coisa. Pode ser. Eu não morri. Mas não estou feliz).
Aquela barra, e mais duas da Lacta, eu tinha comprado no mesmo dia, nas Lojas Americanas do Shopping Benfica. Admito que, nesses últimos meses, eu estive fora de controle. Comprei essa promoção de 3 barras por R$10,99 diversas vezes, pelo menos uma vez por semana. E num dia eu fiquei tão descontrolada que comi as três (meio quilo de chocolate!) em doze horas. Eu estava pensando em parar, antes que meu fígado parasse. E achei que a barra bichada foi um sinal divino me mandando dar um tempo. Então, voltei às Lojas Americanas com meu cupom fiscal e os dois outros chocolates, fechadinhos e intocados. Queria meu dinheiro de volta.
O atendimento foi algo de outro mundo... Lógico que tive que repetir a história pra três pessoas diferentes. E nenhuma parecia acreditar em mim. A terceira foi a gerente, que estava “sem farda”, como eles chamam (ou seja, sem uniforme da loja). Todas queriam me dar um vale de 10,99 para que eu comprasse o que quisesse na loja. Eu disse que não queria comprar nada, e que queria o dinheiro de volta. Foi engraçado também que todas perguntaram: “Você checou a data de validade do produto? Eu tive que responder com outra pergunta: “Não chequei. Por quê? Vocês vendem produtos fora da data de validade?”. Quer dizer, eu tinha comprado o chocolate naquele mesmo dia!
Finalmente elas acharam que eu estaria fazendo um ótimo acordo se me devolvessem o dinheiro referente a duas barras. O dinheiro da barra bichada elas não poderiam me dar porque... eu não havia trazido o chocolate pra devolver. Eu: “Hum, metade do chocolate tá dentro da minha barriga. A outra metade tá na lata de lixo da minha cozinha. Se quiserem eu trago a lata e a gente vasculha o lixo juntas, na frente dos outros clientes. O verme que tava no chocolate ainda deve estar lá. Querem?
Gerente: “Não, trazer o lixo não. Mas você devia ter trazido o chocolate. É que a gente precisa ver o produto. Afinal, a gente não pode se responsabilizar por um produto que vendemos fechado”.
Eu: “Hã? Por favor, você pode repetir o que acabou de dizer? Vocês não se responsabilizam pelo que vendem aqui?
E por aí foi, uma looooonga discussão. Chegou num ponto que disse pra gerente que colocaria a história no meu bloguinho, e aqui está. Finalmente ela notou que daria menos trabalho me devolver os 10,99, e o fez, muito a contragosto. Eu não entro mais lá. Não compro mais na Americanas. Bom, tudo que eu comprava lá ultimamente era chocolate mesmo.
Então, gente, é isso. Meu relacionamento com o meu chocolate velho de guerra, companheiro de todas as horas, está novamente abalado. Desde então (isso aconteceu na penúltima sexta, é que não tive tempo de escrever) não comi mais nenhuma barra, apenas sorvete e uma bomba de chocolate. Sinto saudades, mas essa experiência de comer meia barra bichada é repulsiva demais pra mim. Me lembra aquela piadinha: “O que é pior que encontrar um bicho na sua maçã? Encontrar meio bicho na sua maçã”.

43 comentários:

aiaiai disse...

caramba...mais um motivo para não comer chocolate ( eu não gosto mesmo) e para não comprar na americanas...acho sempre horrível.

aproveito para dar um link para o blog do Jorge Furtado, num post q mostra as entranhas do jornalismo brasileiro: http://tiny.cc/xj3d3. Depois não querem que a gente chame o globo de pig, mas, vou chamar isso de que? Jornalismo é que não é...

Giovanni Gouveia disse...

Do ponto de vista puramente filosófico, Nietzsche já dizia:
"O que não te mata, te fortalece", fielmente traduzido pela máxima: "O que não mata engorda"...
Desculpa, não resisti.

Mas as lojas Americanas são ótimas pra comprar, e péssimas quando há algum problema

Anônimo disse...

Olá Lolinha, tudo bem?
Nossa, tem tempo que não comento aqui...
Lola, nada a ver com o post, mas como vc ja postou diversos textos sobre "padrão de beleza" eu resolvi te contar esse lance que rolou comigo, olha como as coisas ja estão, as crianças estao cada dia mais influenciadas pelos padrões...ontem estava tomando banho com a filha de uma amiga, a menina tem cinco anos, e me perguntou por que meu corpo tinha dobrinhas na lateral, eu respondi: "por que sou gordinha", e ela subtamente perguntou: "como seu namorado se apaixonou por voce?" e eu respondi: "Nós nos conhecemos, ficamos amigos, fomos conversando, ele achou que eu era muito legal, uma pessoa boa, e se apaixonou por mim" e ela respondeu: "mas como ele se apaixonou se vc é gordinha?..."
fiquei abismada e rolou uma longa conversa entre eu e ela depois, mas caramba! onde vamos parar? É triste...
beijocas
OBS: Aqui é a Dani (esqueci meu ID do google =S)

Bia Carvalho disse...

Cruz credo, que nojo!
Uma loja do tamanho da Lojas Americanas fazer uma burrada dessas!!!
Sinceramente... seu boca-a-boca funcionou! Não compro chocolate lá nunca mais!

Bjs

Guilherme disse...

Por que será que o chocolate estava na promoção? É óbvio que era porque estava lá faz tempo e queriam "empurrar" o mais rápido possível.

Má disse...

Lola , aqui em casa compramos este mês aquelas máquinas de café expresso tb nas Americanas. Quando chegamos em casa, vimos que faltava uma parte dela ( um coadorzinho de metal). Fomos na loja trocar, mas eles disseram que nem devolveriam o dinheiro (pois compramos no cartão), mas tb não poderiam pedir outra máquina em outra loja (nesta, a q compramos era a última).É o cliente q tem q fazer a troca por conta.
Teriamos q pegar esse valor p trocar com outras coisas da loja, mas não queriamos trocar 100 reais por outra coisa, queriamos a máquina de expresso.
Argumentamos q eles q tinham a responsabilidade e nós os prejudicados que teriamos q trocar, ir de loja em loja da Americanas ver se tem outra p troca era injusto. Como não temos carro teriamos q rodar a cidade de bus procurando esta máquina em outra loja.
Para complementar, no site das Americanas eles não divulgam o telefone das lojas, nem o atendimento on-line resolve, o moço me disse p procurar na lista tel. Só depois descobri que eles não colocam o número mesmo, só possuem ramal.
Por fim, já esgotados e eu querendo esganar o gerente daqui, rodamos em 3 lojas das Americans da cidade até conseguir a peça que faltava. Um dia de sábado só fazendo isso....

Desde então pensei, nas Americanas só chocolates essas coisas pequenas...mas lendo o seu post acho q já tô desistindo..
(fora q detesto as filas gigantescas de lá!)

Beijo Lola.

Rafaela disse...

Credo, Lola, que nojo! Eu também sou completamente viciada em chocolate, mas vc estava exagerando um pouquinho... Tomara que vc ache logo um fornecedor seguro

Rafaela disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luma Perrete disse...

Nossa, mas que falta de sorte, hein? Nunca achei bichinho nenhum em comida.

Ana Lucia Franco disse...

Oi Lola, também adoro chocolate. Pago um pouquinho mais e compro numa loja especializada, tipo a Kopenhagen. Desisti da Americanas tem tempo, desde que comprei um ovo de páscoa bichado lá, faltando um pedaço, até. Vale à pena o investimento pelo prazer de comer um bom chocolate.

abrs!

Eduardo Braga disse...

Lola:
Sei que você é bastante econômica (o que é positivo) e não gosta de gastar muito, mais há coisas que não se pode desconsiderá na hora de economizar os gastos! A qualidade e origem de um produto é uma delas! Mesmo que custe bem mais caro! Já que é o seu vício e prazer, compre sempre chocolate em lugares especializados no produto, evite as lojas generalistas que vendem de tudo! Nunca deixe de verificar a data de validade antes de pagar pelo produto mesmo que as lojas tenham por obrigação não vender produtos com datas vencidas e desconfie de promoções! O barato muitas vezes pode sair mais caro! E mesmo que não haja respostas envie uma mensagem ao SAC da marca LACTA reclamando do ocorrido!
Mudando um pouquinho de assunto, depois que passar o trauma, experimente comer chocolate derretido junto com sashimi de salmão! É uma delícia! O bicho pode até está cru, mais pelo menos já estará morto! Beijos...

Má disse...

Só mais uma coisa, embora deteste a política adotada nestas lojas, mas como a rotatividade das Americanas é alta o chocolate de lá é sempre novo, acredito q o problema do chocolate bichado é da marca, embora condenável o tratamento q a loja oferece ao perceber isso.

Adoro os chocolates , esses de 10,99 por três.Não acho eles ruins, de qualidade inferior de jeito nenhum..(embora bichado seja nojento, mas daí, não sei até q ponto comprando um mais caro é a saída) Comprei um da lacta, de chocolate com café que é maravilhso.

Acho inviável para quase toda a população comprar regularmente um chocolate "especializado" e acho uma vergonha o preço, é de dar um tapa na cara do brasileiro o preço destas lojas.

Beijo Lola.

Pérola disse...

Oi Lola,
Estou acompanhando sua saga com o chocolate. Menina, é muito chocolate para uma pessoa só...rsrs
Vc já leu "Sem Açúcar, com afeto" da Sonia Hirsh?
Eu apostaria numa intervenção divina para te livrar de tantos doces...rs
Beijo grande!
Ps. Americanas está cada vez pior mesmo...

Leticiabon disse...

Eu queria ter essa coragem de sair de casa e ir buscar pelos meus direitos. Eu teria jogado tudo fora. Mas se todo mundo fosse nas lojas, teríamos menos problemas. E acho que se você tivesse levado o chocolate estradado no tribunal de pequenas causas, ganharia uma grana das americanas e da laka tambem.

Meri Pellens disse...

Eu também adoro chocolates, e esse negócio de patas de insetos e pêlos de rato me arrepiou (medo). E agora bicho? Aff...
Beijos na alma!

Débora disse...

Nesses casos, o melhor mesmo é guardar pelo menos a embalagem do produto estragado e ligar no SAC do fabricante, eles mandam alguém na sua casa para retirar o produto estragado e substituir por um novo. Isso já me aconteceu com caixa de leite. Porque pode ser que o lote todo esteja contaminado, então se mais alguém reclamar e for o mesmo lote do seu produto eles mandam retirar das prateleiras.
Como o produto estava na data de validade e com a embalagem intacta não creio que o problema era da loja que vendeu.
Quanto à partes de insetos nas comidas, se formos ligar pra isso não comeríamos mais nada, aliás, nem respiraríamos, afinal, no ar existem bichinhos como ácaros, pele morta de humanos e milhares de outras coisas.
Relaxa, porque tudo faz parte da cadeia alimentar.

Anônimo disse...

Lola, eu andei numa crise compulsiva comedora de chocolate muito similar a sua. O meu máximo, entretanto, foi de 2 barras grandes daquelas da promoção em um dia. O que é bastante também. Eu achei que tinha algo errado comigo, e ainda acho. O que será? Esse descontrole - você mesma considerou descontrole, não foi? - deve ter alguma origem. Eu agora estou mais ou menos sob controle tem uma semana, mas é apenas porque eu comecei a ter problemainhas, como cólicas intestinais fortissimas, espinhas que mais parecem verrugas e afins. Acho que tem muito a ver com ansiedade. E, no meu caso, tem a ver com frustração também. Meu namorado discutiu comigo por isso, e falou que talvez eu devesse fazer mais exercícios. Eu até fiz, e ajudou um pouco, acho que por causa da endorfina. Mas se bobear, corro nas americanas de novo, e sua história trágica não vai me impedir - afinal, há outras marcas na promoção. Aliás, as últimas barras que comi foram embora tão rapidamente que se eu tivesse comido bicho nem teria percebido.

Roberta disse...

Ecaaa Lola bichinho vivo no chocolate,nossa eu teria tido um ataque,pq não compra chocolate na cacau show?Tem na sua cidade,lá o chocolate é bom pra caramba,caro,mas eu nunca achei bichinho

Mônica disse...

Vai ver você comeu um dos chocoltes do sketch do Monty Python! :P
Eca, nojento mesmo
Miniiiina, é chocolate demais, você já checou seus níveis de açúcar???
Uma dica: nunca jogue embalagem fora imediatamente. Guarde o produto estragado. Se não der, bata umas fotos pra registrar os detalhes. Entre em contato com o SAC do fabricante e, se não der certo, procure as revistas de defesa do consumidor (Pró-Teste, IDEC, etc), elas adoram comprar essas brigas e não saem fácil do pé do pessoal responsável.
abraço e bom findi.
Mônica
Crônicas Urbanas

tentei postar este comentário trocentas vezes, meu wordpress não quer papo com seu blogger, hmpf...)

Débora Lima disse...

Tem um blog bem legal com vários casos desse tipo Lola, além de comparações de propaganda e produto real, não sei se você conhece, é o Coma Com Os Olhos, é bem interessante http://comacomosolhos.com/

Era bom ter tirado foto do chocolate com o bichinho e tal, guardado a embalagem, mas na hora né, imagino o desespero e a raiva... urg!

Com as Lojas Americanas já tive tanta chateação! Como chegar em casa e ao esvaziar as sacolas não encontrar um ou outro produto que comprei e estava Pago na notinha... e voltando na loja para reclamar, ser tratada como golpista, é o fim!

Várias vezes jurei não comprar mais nada lá! Mas é barateira, a gente sempre acaba voltando...

Ah, outra coisa! Eles tem umas sacolinhas bem bonitinhas para comprarmos e colocarmos as compras, ecobags para não usarmos as plásticas! Mas eles querem que você sempre compre uma nova, claro! Quando levo as minhas na bolsa e tiro no caixa, eles ficam querendo que eu prove que paguei por elas a cem anos atrás, e que não acabei de colocar aquelas sacolas [visivelmente já usadas] na minha bolsa!
¬¬

Fiquei um tempão de novo sem ir lá por isso! Mas quando voltei [sempre volto, tsc ¬¬] levei outras sacolas de tecido, não as que eles vendem na loja... Humph.

bibi move disse...

lolota querida,
eu tbém amo choclate, mas minha recomendação pra vc não exagerar é passar a comer chocolates de melhor qualidade- eles sãp mais caros, assim vc brigatóriamente vai comer menos. Além disso, com o maior teor de cacau a saciedade vem mais rápido. Já experimentou comer só lindt de no mínimo 75% de cacau? e duvido que vc vá achar minhocas num lindt... bjs

Márcia H. da Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Márcia H. da Costa disse...

Ia sugerir o mesmo que Bibi. Esses chocolates da Lacta e da Garoto têm tanto açúcar que, além de fazerem um mal danado à saúde, descaracterizam o verdadeiro chocolate. Em Londres, seriam proibidos de se chamar chocolate, mas, sim, achocolatados.

Anônimo disse...

Bem feito!
Foi feita de idiota por essa gente que não tem defeito porque é pobre. Viu o que a moça que perdeu a calma no aeroporto por perder o vôo passou?
Porque você não perdoou o pessoal da loja e deixou pra lá. Afinal eles não tem culpa e eram só 15,00 reais!? Mixaria pra incomodar gente trabalhadora. Você é muito pobre; eu tenho muita pena de você!
Se você não tem inteligência pra pensar, quem sabe,agora aprende com e experiência.
Estou feliz!

Oliveira.

Anônimo disse...

A loja tem um certo direito de tentar se defender; afinal, você poderia muito bem ter comido uma barra de chocolate em perfeito estado, ter inventado essa história, ir lá devolver só as duas fechadas e receber todo o dinheiro de volta. Ou seja, teria comido uma barra inteira de graça. Se aplicasse o golpe em várias lojas e ele fosse aceito como você acha justo, nunca mais teria que pagar por chocolate.

Achar verme em doce já me aconteceu duas vezes. Na primeira fui reclamar no supermercado, mas levando o produto ruim. Fui ressarcida na hora, sem problemas. Na segunda eu estava mais espertinha e liguei pro fabricante; ganhei doce de graça.

Quando eles dizem que não podem se responsabilizar por um produto fechado, querem dizer que, se ele estava DENTRO do prazo de validade, então não poderiam saber como estava o chocolate por dentro. Ou seja, culpa do fabricante, não deles. E nem sempre é possível tirar todos os produtos fora de validade da prateleira a tempo. Sempre é bomm dar uma olhadinha nos prazos antes de comprar.

Da próxima vez, leve a embalagem e parte do produto que demonstre o problema. Eu sou a favor do direito dos consumidores, ms o fato é que existe muita gente de má fé por aí.

AlcyStar disse...

Lolissíma,

NÃO DEIXE de reclamar direto com a Lactea de jeito nenhum. Acredito q além de pedir desculpas, eles ainda vão te mandar um monte de chocolates, q vc fará bom uso quando o trauma passar...

Outra coisa: aqui nos EUA isso q aconteceu com vc na loja simplesmente não existe. Vc já morou aqui, sabe bem disso, e acho q é importante reclamar. Claro q é muito mais fácil quando a gente é ouvida né?!

Aqui certamente vc teria LIGADO p a loja, falado com o gerente, que colocaria seu nome num livro p devolver o dinheiro quando fosse sua conveniencia.

Well Bernard disse...

Toh conferindo minha barra de Hershey's aqui.

Anônimo disse...

Olá Lola,
Tu gosta de chocolate, hein nega!
Conselho médico, isso é mais forte do que eu, a necessidade do chocolate ocorre primeiro pq é uma delícia e em segundo lugar pq libera serononina, hormônio do prazer que tb é liberado quando se fuma maconha, transa e, muito importante, se pratica atividade física. Melhor se viciar em uma boa caminhada, correr de bicicleta, pois qualquer verme que aparecer no caminho será devidamente esmigalhado com uma boa pisada. Mas, como você é chocolatra, tenta fazer brigadeiro de panela já que antes de ser consumido passa pelo fogo em alta temperatura e põe fim a qualquer expectativa de vida de bactérias, fungos e vermes. É isso, boa sorte.

Hilda Elizabeth disse...

Ah, quem escreveu esqueceu de assinar(hehehe).
Meu nome é Hilda Elizabeth, desabafante em: garotapragmatica.blogspot.com

Caso me esqueçam disse...

lola, nao sei o que eh pior. se eh ver as fotos dos chocolates no post, ou ler essas historias bizarras sobre bicho em barra de chocolate :(

Juliana disse...

lola, eu ja achei baratinhas dentro da embalagem de torradas da Bauducco.
Quase morri de nojo!

Levei a embalagem na loja, eles trocaram e recolheram todas outras toradas. Tempos depois, a bauducco entrou em contato comigo e me mandou um kit com vários produto.

Anônimo disse...

Lola, você pode, e deve, reclamar junto à Lacta para fazer valer os seus direitos de consumidora. Contudo, embora a atitude da gerente não tenha sido completamente correta, você deveria ter levado o produto viciado para fazer prova.
Embora o direito consumeirista permita a inversão do ônus da prova, em casos como este, sem a apresentação do produto torna-se quase impossível avaliar a verdade dos fatos.
Abraços

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Se eu fosse você teria levado o chocolate bichado pra eles verem e se começassem a fazer graça, ainda ameaçaria mostrar para os clientes que estivessem passando na fila do caixa...
Credo! Já me aconteceu de comprar chocolate e perceber que ele estava com um aspecto estranho, envelhecido e jogar fora, mas bichos até hoje nunca encontrei em nenhum produto industrializado...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Sobre desrespeito ao consumidor, já passei por isso uma vez no Ponto Frio... Comprei um computador e veio faltando o cabo que ligaria o pc ao monitor... Fui na loja e eles ficaram me enrolando a tarde inteira. Depois de horas esperando, com toda a educação e paciência, ouvi o gerente xingando a vendedora e falando que eles não poderiam fazer nada... Achei um absurdo, comecei a fazer escândalo e quando os outros compradores começaram a escutar, rapidinho eles abriram uma caixa e me arrumaram o cabo. Naquele dia, infelizmente constatei que esse pessoal só nos atende em nossos direitos quando ficam com medo que a gente acabe com a imagem da loja e prejudique outras possíveis vendas...

Natália disse...

aaaaaaaaaarggghhhh absurdo total!!! esses relatos estão matando a chocólatra aqui.


aliás, falando em comentários assassinos, viu a polêmica sobre o datena? http://www.sedentario.org/polemica-escandalo/datena-ateus-sao-caras-do-mal-que-nao-respeitam-limites-29738

Claudia disse...

Lola,

Você vai sair ganhando ao parar de comprar chocolate vagabundo pois esses chocolates são puro açúcar e é isso que maltrata teu fígado. Fora o lixão que é o atendimento das Lojas Americanas é fundamental começar uma campanha exigindo qualidade da indústria alimentícia. Os caras abusam porque ninguém reclama. Está na hora de cobrar um chocolate de melhor qualidade pois esses aí nem deveriam ser chamados de chocolate pois o cacau passa longe. Mas não acho que você deva partir para as barras importadas não. Deve tentar apoiar as nacionais de qualidade!

C.

Cris disse...

Lola, já comprei um chocolate numa padaria da minha cidade, e pra minha surpresa, ele não tinha 1 verme, estava completamente tomado por vermes....Voltei na padaria e o atendente me devolveu o dinheiro numa boa, perguntou antes se eu queria outro, vc acredita???? Mas foi tranquilo, não tive problemas...

Jullie disse...

Lola, a culpa nesse caso é do fabricante (Lacta) e, como o caso foi muito nojento, passível até mesmo de processo! Mas você deveria ter guardado a barra para entrar em um acordo. Não deixe de entrar em contato e reclamar!

Dária disse...

Concordo com o anônimo ai que falou que a loja não tem como saber, não tem mesmo, mas o ideal é que eles respondam perante o consumidor e depois cobrem o prejuízo ao fabricante, que é o real responsável no caso.

Nunca tive problemas com chocolate. Tive uma vez com um Leite Ades comprado no Nordestão que veio estragada... duas caixas na verdade. O supermercado trocou imediatamente e no outro dia um representante da Ades ligou para minha casa para se desculpar e dizer que também nos enviariam novas caixas do produto. Achei perfeito o atendimento! Tanto do supermercado quanto da fabricante. Agora, na hora de ir reclamar levamos a caixa aberta com o liquido estragado (parecia um soro, uma agua suja com pedacinhos não dissolvidos, sei lá).

A loja precisa do produto não apenas para se proteger de consumidores que agem de má fé, mas também para responsabilizar os fabricantes que lhe repassaram mercadoria defeituosa. Na próxima, guarda o chocolate rs

Ligia BM disse...

Olha só, uma amiga minha já jogou uma caixinha daquelas de acrílico de ferrero rocher fora por ter achado vermes dentro dos bombons. Ela comprou a embalagem fechadinha, no supermercado, lacrada mesmo, e tava no prazo de validade. Váááários bombons tinham verminho vivo dentro. Eeeeeeecaaaaaaaaa!!!! Eu já achei em um bombom serenata uma vez tb... Mais a sua da lacta já dá pelo menos 3 marcas de chocolates diferentes afetados, e adquiridos em lugares diferentes...

Dária disse...

rss Acho bom as coincidências deste blog, quando li o texto tinha acabado de comer uma barra lacta, quando li o comentário da Ligia agora ainda estava mastigando um Ferrero Rocher kkkkkkkkkkkkk

Ligia BM disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk...

Patty Kirsche disse...

Poxa, Lola, vc come chocolate, hein? Quando a galera aqui de casa compra caixas de bombons, eu como uns dois bombons depois do almoço, mais dois depois da janta. Quando tem barra, como uma fileirinha de quatro quadradinhos depois do almoço e outra depois da janta. Mesmo assim, a minha cota é sempre a que termina primeiro. Agora, quando me encherem o saco porque eu como muito chocolate, vou contar sua história. O pessoa ainda não viu nada. haha