quarta-feira, 11 de agosto de 2010

IT WAS 20 YEARS AGO TODAY

Eu e maridão, aeroporto de Buenos Aires, alta madrugada.

Oi, gente! Como não tive tempo de escrever a crítica de A Origem (espero que pra sexta dê), e como hoje é uma data muito especial, e qualquer data especial merece Beatles, eu deixei o título do post em inglês mesmo. Vocês sabem: é do Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, até hoje considerado o melhor álbum da história (veja o desenho totalmente psicodélico aqui). E não preciso nem dizer que essa obra-prima foi lançada na mesma semana em que nasci, em junho de 1967. Coincidência, ou eu fui uma inspiração divina pro grupo? Hein? Hein?
Falando sério agora, vocês podem estar pensando: que data especial é essa? Desembucha logo, Lolinha! Então, hoje é aniversário de 20 anos da minha união com o maridão! A gente se conheceu no dia 11 de agosto de 1990, no Clube de Xadrez de SP. Fomos jogar um torneio e nos emparceiraram na primeira rodada. E aí passamos o resto do final de semana conversando entre uma rodada e outra. E, quando o torneio terminou, fomos ao cinema. Ou melhor, tentamos ir ao cinema (o maridão diz que era pra ver Suzie e os Baker Boys; disso eu não lembro), mas não encontramos a sala na rua Augusta. Daí fomos comer bolinhas de provolone a milanesa (não sei porquê, mas disso eu lembro muito bem!) num barzinho perto da USP. E mais ou menos começamos a namorar, aos trancos e barrancos.
Os primeiros três anos do nosso relacionamento foram difíceis. Nenhum de nós tinha estado num namoro sério, e foi complicado aprender a compartilhar, a ceder. A gente brigava bastante, e não tinha certeza se queria mesmo ficar junto. Tanto que, quando meu amado papi morreu e eu decidi ir morar em Joinville, o maridão não foi comigo. Quer dizer, foi. A gente (eu, meu cãozinho Hamlet, e meu gato Freud) foi no carro dele, um Chevette velhinho, vermelho. Mas ele só ficou uma semana, e voltou pra SP. Depois foi me visitar outras vezes, e a cada vez que ia, mais tempo ficava, ia deixando umas roupas, sabe como é. Até que, sem muito planejamento, ele conseguiu um emprego numa escola de Joinville pra dar aula de xadrez. E pronto. Passamos a morar sob o mesmo teto, no início de 1994. Casar mesmo, de papel passado e tal, só três anos atrás. Pra que a gente não precisasse se separar durante o meu ano de doutorado-sanduíche em Detroit, era mais fácil legalizar a situação do que provar que vivíamos juntos.
E agora estamos aqui, morando em Fortaleza, na casinha nova e muito confortável. E continuamos felizes. Acho que vamos comer comida chinesa hoje pra comemorar. Se bem que a gente comprou comida chinesa semana passada... duas vezes.
---
Mudando de assunto: fui convidada pra participar do 1o Encontro de Blogueiros Progressistas! Chequei os dias, vi que o evento cai num final de semana (se caísse durante as aulas, sem chance), e acho que vai dar pra ir, sim! Fico muito feliz com o convite. Vamos ver o que eu apronto por lá (eu conto pra vocês, claro). Alguém que me lê vai? A gente pode se encontrar em SP! Será entre os dias 20 e 22 de agosto.
---
Ontem no final da tarde o Censo passou por aqui. Foi o questionário curto que tivemos que responder, que não é tão emocionante. Pediram número de moradores, nome e data de nascimento de cada um, de que cor cada um se declarava, se sabíamos ler e escrever (estranho não perguntarem nossa escolaridade), renda de cada um, número de banheiros, não muito mais do que isso. Pelo menos não quiseram mais saber quem é o “chefe de família”. Quando perguntaram quem toma as decisões na casa, eu e o maridão dissemos que nós dois, mas depois o entrevistador insistiu em saber quem é “a pessoa responsável pela casa”. Ou foi pela família que ele perguntou? Ele virou pro maridão e, simpático, questionou: “É o senhor, então?”. O maridão disse que era eu. Eu disse que éramos os dois, mas o rapaz só quis um nome, e ficou sendo eu (e tem o Calvin, também). Foi tudo bem rápido, desta vez com maquininha, e a “pessoa responsável” tem que assinar na tela da maquininha. Minha assinatura saiu horrenda. O questionário completo é muito mais divertido. Alguém aí já respondeu?

39 comentários:

Anônimo disse...

Deveriam ter perguntado qual a religiao do casal! Duvido que a população brasileira seja 1% ateia. Acredito que seja muito mais!!!

Samantha disse...

Nossa, que coisa mais datada... quem é o chefe da família, nossa...rs. Hoje em dia, em muitos lares, o casal toma as decisões, não?

Ainda não respondemos esse questionário lá em casa. Bom saber que é rapidinho.

Samantha disse...

Ah, e parabéns ao casal! 20 anos juntos não deve ser fácil. Aprender a ceder, a ter paciência a dar espaço... deve ser um eterno aprendizado. Eu estou começando agora (namoro há 4 anos mas comecei a morar junto há 1 mês) e sinto algumas dificuldades na adaptação..rs

Beijos

Lord Anderson disse...

Parabens ao casal.

Que sejam muito felizes hoje sempre.

Lord Anderson disse...

Sobre o censo ,ainda não apareceram aqui em caso, mas tb acho chato que seja um questionario muito curto.

A ideia do censo não é traçar um perfil da sociedade p/ conduzir politicas publicas?

Nesse caso quanto mais detalhes melhor.

Lord Anderson disse...

Uma curiosidade: meu avó paterno odiava responder ao censo.

Ele não confiava ness historia de dar respostas p/ o governo. :)

Leila Silva disse...

Eu respondi, o rapaz chegou na sexta, no final da tarde, eu o encontrei na saída, ia dar aula, ele perguntou se eu podia responder eu disse que sim se ele viesse caminhando comigo (moro pertiiinho do trabalho), o rapaz riu e veio andando e colocando os dados na maquininha. Não me lembro agora dessa história de responsável, acho que eu mesma. O rapaz era super simpático e eu respondi de boa vontade, ele disse que gostava deste trabalho, encontrava muita gente, uns batem a porta na cara de vez em quando, mas ele segue sorrindo e tentando.
Abraço e feliz jantar com o husband.

Clara Gurgel disse...

Ahhhhhhhhh Lolinha!!!! Por isso que andastes pintando o cabelinho,né?! KKK PARABÉNS!!! Se for "do agrado de ôceis", que passem pelo menos mais vinte juntos!!

Adriana Karnal disse...

Se eu contar os anos de namoro como casamento faz 21 anos...é um bocado de tempo, mas se a relação é legal vale a pena...comemore Lola, comemore!

Masegui disse...

Lolinha,

Você não precisava enrolar o pessoal do Censo, bastava dizer logo "eu sou a MANDONA do pedaço!".

Parabéns pelos 20 anos de "juntamento!"

Recadinho pro CM (só pra ele!):

Parabéns, Mestre, continue levando essa partida com cuidado. O meio-jogo tá dureza, mas não force a barra pra não entrar num final perdido. Com paciência, muita paciência, você pode conseguir Tablas!

Roberta disse...

Parabéns pra vc Lola e pro senhor seu marido!:D
Quanto ao censo,ainda não passou na minha casa,não vejo a hora de passar adoro questionarios kkkk

L. Archilla disse...

Parabénssss!!

Obs: já respondi ao censo. quiseram saber se algum ex-morador da casa estava no exterior, eu disse que sim e aí entraram em muitos detalhes: desde quando, nome da pessoa, país, etc. acho que ficou 50% nisso e 50% no resto das perguntas!

Anônimo disse...

Lola! Te acho muito generosa em dividir coisas da tua vida coma gente! Eu e meu namorado nos amamos, mas estamos juntos há 3 anos e morremos de medo de seguir adiante... qdo li teu post, pensei em nós! Ou seja: temos chance! hehehe Um beijo e parabéns pra vocês!!!!

primeirocego disse...

Engraçado, terminei de ler isso aqui e bateu na porta o censo. Aqui em casa me perguntaram se havia uma ou mais pessoas responsáveis pela casa e quando disse que era mais de uma o cara aceitou a resposta.
P.S.: Parabéns! :)

lola aronovich disse...

Lord, é que o questionário mais logo é por amostragem. Na verdade, não há necessidade de fazer um monte de perguntas com todo mundo. Se entrevistar uma amostra apenas, dá uma ótima base. Mas, pra contar o número de pessoas, a renda e tal, tem que ser domicílio por domicílio mesmo. No último Censo eu respondi o questionário longo e detalhado, bem legal.


Mario, vc é sempre um piadista. Isso é tudo que vc recomenda pro maridão? TABLAS?! E lembre-se que ele tem o costume de perder no tempo...

lola aronovich disse...

Primeiro anônimo, mas esse é o dado, que apenas 1% da população brasileira seja ateia?! Acho que tá mais pra 8%. É que consideram sempre “ateus e agnósticos” juntos. Pelo que sei, a faixa mundial é 10%.

(oops, respondi fora de ordem).

Roberta, eu tb adoro questionários! E não entendo pessoas que não queiram responder ao Censo! E tem muitas, né? Acho importantíssimo pra gente ter dados confiáveis sobre o nosso próprio país. E eu me sinto importante em ser entrevistada! Isso de “Todos contam” é muito legal!


Ah é, Lau, perguntaram isso tb, se tinha alguém morando no exterior. E outra: se alguém tinha morrido no último ano, algo assim.

lola aronovich disse...

Anônimo, claro que há chance pra vc e seu namorado! Acho que os primeiros três anos são os mais difíceis, a fase da adaptação mesmo. Não que os outros sejam um mar de rosas, porque vai haver altos e baixos, mas aí a gente já tira de letra, está acostumado. E a maior parte do tempo é de “ups”, não “downs”, então vale muito a pena. Boa sorte pra vcs.


Primeirocego, é, na primeira pergunta, aceitaram quando a gente disse que havia mais de um responsável. Mas depois o carinha insistiu pra que a gente escolhesse um. Sei lá, acho que é mais pra que essa pessoa assine a maquininha. Se bem que os dados tb apontam quem é “responsável pela família”. Quando era chefe de família, as mulheres já eram 30%.

João disse...

Parabéns pela comemoração, Lola. Felicidades pra você e pro Sílvio.

Dáfni disse...

Parabéns Lola! Felicidades pra vcs dois...

Beijos

Bruno Stern disse...

Eu respondi ao censo em 2000.
Lembro que fui acordado pelo interfone. Estudava de tarde e era o único de manhã em casa.

Parece que pro pessoal que trabalha no censo os piores lugares para trabalhar são os bairros mais ricos. Muita gente não recebe por medo ou desconfiança.

Mariana disse...

Adoro seus textos! Parabéns!

Masegui disse...

Ora, Lolinha, o CM é apenas FM, certo? Ele tem poucas chances contra uma IM como você!

Ps.: IM = Inteligente e Mandona :)

Lord Anderson disse...

É vero Lola.

Mas é que gosto de questionarios. Ia achar divertido responder um longo.

J.anquevitti disse...

Parabéns Lola! Pelo aniversário e pelo convite dos blogueiros...não esquece de contar pra gente como foi hein, que estamos curiosos!!

Ah, o Censo passou aqui em casa também, foi o teste curto, achei que muitas perguntas ficaram de fora (como escolaridade, profissão, etc.)...Eu que assinei a maquininha, mesmo não sendo o responsável (minha mãe que é), mas eu que respondi o teste...não sei por que, mas eu gosto de responder o censo...hahahaha

abraços

jonas

Anônimo disse...

Eu respondi hoje e foi o completo, mas não achei emocionante.
Além das perguntas que você respondeu perguntaram meu grau de escolaridade, profissão, religião, cidade de origem, há quantos anos residia na atual cidade, se possuo alguma deficiência física ou mental, se tenho carro ou moto e se participo de algum programa de assistência social governamental.
Foi muito rápido, uns 5 minutos no total.

Ilka

Mônica disse...

Lola,
parabéns pra vocês dois!
Muitos mais anos felizes os aguardam... :)
abraço

aiaiai disse...

parabéns lolinha para você e para o maridão! Continuem a toada que, pelo jeito, tá boa!

tb adoro responder ao censo.

sobre blogueiros, legal que vc vai estar lá.

A novidade do dia é que o idelber avelar - biscoito fino - tá de volta. Vc já sabia?
http://www.idelberavelar.com/

Shoujofan disse...

Parabéns pelos "20 anos", Lola! ^_^

Vivien Morgato : disse...

Muito bacana passar duas décadas juntos. Parabéns.;0)

Eu adoraria ir nesse seminário, certamente será muito, muito bacana, mas não vai dar.Snif.


Vc é a primeira pessoa que conheço que respondeu ao Censo, ele nunca passou nem na minha casa, nem dos meus pais, ou tios, ou avós. Eu já estava colocando ao Censo ao lado do papai noel ou criando uma comunidade " o censo não existe", mas, uia.


beijos.

Stela disse...

@Vivien eu também!!! Até que um monte de conhecidos meus vao ser recenceadores esse ano! UAU!! deve ser pq a gente mora numa parte tao esquecida de BH, que ninguém sabe se é contagem das abóboras ou ibirité que nem passa perto (vai que os indios atacam, né? LOL)

e parebens pelos 20 anos Lola! Eu tb to qse "juntando" dá uma vertigem de subir montanha russa, mas é bom.

Dai disse...

esse post me deixou com um olho marejado. sortudo do maridão que encontrou uma garota tão incrível e sortuda vc, lolinha, que tem ao seu lado um cara bacana, que torce com seu sucesso e comemora ao teu lado cada conquista. são uma dupla de atacantes mais afinada que Neymar e Ganso, em que um chuta e o outro cabeceia pro gol! Beijos e muitos outros 20 anos felizes é o que eu desejo a vcs.

Luiz disse...

Parabéns Lola!!!!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Aff... páram de perguntar quem é o chefe da família e perguntam quem toma as decisões da casa? Ficou ainda pior, não? A impressão é que um dos dois ou que os filhos não tem cérebro, não tem poder de escolha sobre a própria vida...

Parabéns pelo aniversário do começo do relacionamento! Hoje pra mim também é um dia especial, 84 anos da minha avó, e o melhor perfeitamente saudável, lúcida, bem informada a respeito de tudo; a gente até brinca aqui em casa que ela é mais esperta que todo mundo da família junto e não deixa de ser verdade...

Bjus Lola!!!

Jux disse...

Loláxima!
Puxa... é sempre lindo ver pessoas que se amam e que são tão generosas a partilhar seus momentos felizes... e nós que gostamos tanto de você, ficamos felizes junto!!!
Alegria hoje, amanhã e todo dia!!!

E viva o Amor!!!

ai ai.......

Mari Biddle disse...

Parabens, Lola e maridao!

Eu nunca tinha sido recenseada ateh vir morar aqui e receber a visita do Censo. Nao foi emocionante.

Tina Lopes disse...

Parabéns, Lola e Companheiro Maridão! Que venham mais 20 anos de amor e bom humor mútuo. Bjks pra mamacita também.

léia freitas disse...

ah, o censo. por causa dele eu desapareci da net. estou trabalhando muitíssimo desde março.
também concordo que não precisaria definir UM responsável pelo domicílio, mas já estamos progredindo. por exemplo, tem a opção de responder conjuge ou companheiro do mesmo sexo. isso é uma grande evolução, não acha?

Hamanndah disse...

Com o maior respeito,mas o seu marido é o maior gato. Você também é uma pessoa muito bonita.
Bjs

lola aronovich disse...

Ah, que fofinha ou fofinho que vc é, Hammandah! Adoro quando consideram o maridão bonito! Porque, lógico, pra mim ele é lindo e maravilhoso, mas vai saber o que os outros acham... Lembro sempre de uma amiga que, ao conhecer o maridão, declarou que ele é um "p*ta gatão".
Obrigada pela parte do elogio que me toca, tb.