terça-feira, 6 de julho de 2010

CHUIF

Eu quero consolar o Forlán, que empatou o jogo neste lance.

É, o Uruguai perdeu da Holanda, que triste! Eu achava, e acho ainda, que o Uruguai tinha mais chance de ganhar da Holanda do que a Espanha de ganhar da Alemanha, na semifinal de amanhã. E ainda vou torcer muito pelo Uruguai na disputa pelo terceiro lugar que, se houver justiça, será contra a Espanha. Suponho que o Uruguai vai encarar essa briga pelo bronze muito a sério. Não é como o Brasil, que fica com vergonha de disputar terceiro lugar e, quando ganha, vai embora rapidinho, sem esperar a premiação, numa tremenda falta de espírito esportivo. O Uruguai não tem um time tão bom como este há uns 60 anos. Chegou à Copa completamente desacreditado, tendo se classificado apenas na repescagem, e foi longe. Pra muitos, muito mais longe do que merecia. Pra mim não. Forlán tem sido um dos craques da Copa (e um dos bonitões, mas juro que estou falando de habilidade!). Lugano e Suarez (que não jogou desta vez por estar suspenso, por causa da mão que salvou o Uruguai contra Gana na última partida) são outros dois belos jogadores (nos dois sentidos), e espero que todos estejam em campo, cheios de garra no sábado.
Aproveitando, pessoal: não acredito que tant@s de vocês disseram que iriam torcer contra o Uruguai só por causa da mão do Suarez na partida contra Gana! Teve gente que só faltou pedir a pena de morte pro jogador uruguaio! Após ler os comentáriosdefender com a mão é o ato mais hediondo que alguém pode cometer e deveria haver uma punição muito mais severa do que a expulsão do jogador e a marcação de um pênalti, o maridão até brincou comigo que a Fifa deveria cortar a mão do meliante daqui pra frente. Gente boa, defender com a mão uma bola que está entrando no gol faz parte do jogo. Não vejo nada de anti-ético nisso. Os castigos são duros – tanto que, se fosse no início ou mesmo no meio do jogo, não valeria a pena um jogador colocar sua mãozona porque ele seria expulso e o time jogaria o resto do jogo com um a menos. Mas, no segundo final, valendo a classificação, TEM que fazer. E qualquer um, de qualquer equipe, faria! Não é antijogo. Antijogo (tem hífen?) é machucar um jogador. Anti-ético é marcar um gol com a mão e sair comemorando como se não fosse ilegal (e tampouco defendo a pena de morte nesses casos). Até cavar falta pode ser visto como anti-ético. Se bem que tudo isso também faz parte do futebol (e de vários outros esportes). Eu até teria ficado revoltada com o Uruguai se, naquele lance da mão do Suarez, o árbitro não tivesse marcado pênalti e expulsado o jogador. Mas não foi o caso!
Neste jogo contra a Holanda, eu fiquei foi indignada com o segundo gol holandês. O jogador estava impedido! E, se não fosse aquele segundo gol, não teria havido um terceiro em menos de dois minutos. Foi injusto.
Não tenho absolutamente nada contra os holandeses. Muito pelo contrário. Todos os holandeses que conheci na vida (e foram muitos), sem exceção, são pessoas maravilhosas. Mas posso dizer o mesmo dos uruguaios, que são nossos vizinhos. Eu lembro vagamente da Laranja Mecânica de 1974 (eu tinha 7 anos) e 78. Era um estilo vigoroso de jogar, sim. Só que este futebolzinho de 2010 não me convence. Ok, não é que o Uruguai tenha um jogo fantástico. A diferença é que ninguém fica falando que o Uruguai tem um jogo fantástico. E ficam falando isso da Holanda, e da Espanha, e eu me pergunto se esse pessoal anda vendo a mesma Copa do que eu.
Futebol de primeira, só a Alemanha. Agora torço por ela.

22 comentários:

Masegui disse...

Falou pouco, mas falou bem!

Patty Martins disse...

Sei lá, ainda acho que Gana foi eliminada injustamente. O gol era pra acontecer e [as duas] mãos do Saurez ali foi covardia, na minha opinião.
Bom, mas já passou e eu tô torcendo mesmo é pra Fúria agora. Só pra variar um pouquinho...
Torcendo na verdade por um milagre amanhã, né?

Glória Maria Vieira disse...

Lolita!=)
Eu fiquei extremamente puta comigo por não ter assistido ao jogo na íntegra. =/ Assisti apenas os últimos 15 minutos do segundo tempo. Pensava que era amanhã e sem falar que tinha acabado de chegar de uma viagem super cansativa.=/ Enfim, nada colaborou hoje!
Torcia pelo valente Uruguai também. Mas, assim como você, estou torcendo pela Alemanha agora que desde o início fez jus a taça, né?! Impecável atuação. Se bem que Uruguai e Paraguai (falando em seleções latinas americanas) fizeram uma excelente copa, só que com resultados negativos, né?! Paraguai ainda mais por não ter chegado a uma semi-final, mas chegou as quartas onde nunca imaginaria ter chegado. Contudo negativos do ponto quantitativo assim posso dizer. Porque do qualitativo "querer/tentar/buscar" foram impecáveis, incansáveis, admiráveis.
Espero que o Uruguai fique com o terceiro lugar. /torcerei pra isso
E que vença a grandiosa Alemanha! Mesmo que provoque lágrimas no fofinho do Villa, do Pique, do Torres (suspiro)! AUISHUASHUAHUSHASHAHH

É! Eu também amo COPA, Lolita!=)

Glória Maria Vieira disse...

Sim, acabei esquecendo de salientar uma coisa:
O ato de impedir o gol com a mão como fez o Suarez, foi algo que qualquer um poderia ter feito mesmo. Ele sabia da punição que teria pós-mão na bola, mas se sacrificou em nome do time.

Na minha opinião, ele fez o certo mesmo fazendo errado.

Mariana disse...

É, Lola, a Laranja parece que esse ano não veio pra amarelar. Mudaram totalmente sua característica de futebol bonito e perdedor pra um futebol burocrático, de resultado. Vou torcer pra Holanda por várias razões, dentre elas o fato de nunca terem sido campeões. Mas minha cabeça me diz que essa Copa é da Alemanha, que realmente teve o melhor futebol até aqui.

Essa coisa da mão na bola lá do Suárez eu achei mais suicida do que anti-ética. O cara foi pro tudo ou nada e se sacrificou pra bola não entrar, tanto é que ficou de fora dessejogo contra a Holanda, onde poderia ter ajudado muito. O povo é muito radical em se tratando de Copa...

Bem, acho que essa final tá praticamente definida, a Alemanha não deve ter muitos problemas em passar pela Fúria amanhã. Conhecendo também vários holandeses, acho que morrem se perderem a final pra Alemanha de novo, heheheh

Mariana. disse...

Também não vejo nada demais em defender com a mão, especialmente naquelas circunstancias. O problema é quando isso acontece e passa despercebido. Não foi o caso.

Imagina: ultimos minutos do segundo tempo da prorrogação. Quem fizer leva. A bola vai na sua direção. Se você deixar passar, é gol e tá tudo acabado pro seu time. Se pegar, vai ser expluso e o craque do outro time baterá o penalti. As chances de acerto são quase 100%. O jogador expluso começa a chorar, o país inteiro chora com ele. Ele fez o que pode mas... Eu disse QUASE. Problema é do craque que não aproveitou a oporunidade decisiva. Sorte da presença de espírito do jogador uruguaio. Resultado mais que justo.

Mas, pra falar a verdade, acho sim que o uruguai foi mais longe do que eu esperava. E isso se deve ao fato de ter pegado times sem tanta tradição (sim, isso conta). Quando pegou um time melhor - a holanda - caiu fora. O resultado foi justo também.

Se a justiça for feita, a alemanha passa pra final e levanta a taça. e a disputa do terceiro lugar será acirradíssima.

Rachel L. Lambrecht disse...

Fiquei super triste que o Uruguai perdeu e achei um absurdo aquele segundo gol, que mudaria completamente o resultado do jogo! O que teve de gol roubado nessa copa não tá no gibi, como diz meu pai.
E eu peguei muita raiva da Holanda, não por ter derrotado o Brasil, mas por jogar um jogo catimbado e feio, cavando muitas e muitas faltas.
A mão do Suarez foi punida como manda a cartilha, e não deve ser usada como justificativa para a desclassificação deles, ou vingança, como andam falando por ai. E se a Holanda ganhar uma Copa logo na África do Sul vai ser uma puta ironia do destino.
Vou torcer pra Alemanha agora, que já tem copa mas pelo menos até agora tem jogado um futebol merecedor de títulos.

--- off-topic agora:

E o caso do filho estuprador do diretor da RBS? Um absurdo. E encoberto por 40 dias...
http://noticias.r7.com/rio-e-cidades/noticias/adolescente-confessa-estupro-pela-internet-20100705.html

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Ah, Lolinha, vou discordar, rs... acho que jogador tirar a bola com a mão é tão anti-ético quanto os outros comportamentos que vc citou. É contra a regra do jogo, é injusto com o outro time que não enfiou o mãozão na frente quando o outro vai fazer um gol... enfim, acho que o desespero não justifica isso, senão justificaria as outras coisas...

Quem diria, euzinha falando de futebol, rs...

Bjus Lola!!!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Ah, e também adoraria ler algum comentário seu sobre o link que a Rachel passou...

Bjão

Giovanni Gouveia disse...

Well, se não fosse um cara chamado Johan Maurits van Nassau-Siegen, um príncipe holandês, mais conhecido como Maurício de Nassau, não haveria esta cidade que eu nasci e me criei...
:)))

Aline disse...

Defender com a mão pode, mas gol impedido não! Que crime gol impedido hein!

Aline disse...

E ele só virou herói com essa defesa de mão porque o jogador de Gana perdeu o pênalti, porque se tivesse feito você o estaria esconjurando.

Dária disse...

Não que seja certo, mas qualquer um naquela horinha levantaria a mão para defender, e da mesma forma qualquer um com o jogo empatado vibraria por ter feito um gol impedido se o arbitro não marcar...
É quase instintivo aí rs
Aliás, impedimento as vezes nem o jogador percebe. Coisa de centimetros, você está olhando pra bola e pro gol na frente, não dá para vigiar todos os jogadores ao redor ao mesmo tempo.

Critico mais o festival de espancamento que se ve em alguns jogos, inclusive nos do Brasil.

Masss, copa acabou agora (mas ainda vou assistir os jgoos rs)... torci pelo Uruguai, para os outros 3 times sou indiferente.

Anônimo disse...

Eu continuo achando que defender gol com a mão é bem hediondo e que foi uma tremenda injustiça contra Gana. Acho que só teria sido justo se o gol tivesse sido validado, porque existem pênaltis e pênaltis... naquele dali tinha 100%de chance de ser gol de Gana, não fosse a mão gatuna do Suarez. Foi muito mais do que uma simples falta na grande área...

Já o gol não anulado da Holanda, acho que não chegou a ser um quinto do que foi a mão na bola do jogador uruguaio e como diz a sabedoria popular: ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão! =)

Quanto à Espanha...

Se a colocarem para jogar contra o Anapolina de Goiás, o resultado vai ser 1 x 0 Espanha, com um gol suado marcado no final do segundo tempo e a imprensa vai dizer que foi uma atuação fantástica da "Fúria"!

(Será que o Serra torce pra Espanha?)


Louise

lola aronovich disse...

Aline, impedimento é punido com a paralisação da jogada. Gol impedido é punido com a anulação do gol, assim como gol com a mão é punido com a anulação do gol. Um jogador que não seja o goleiro e que defende um gol com a mão é punido com a expulsão, e com a marcação de um pênalti contra a equipe. Me parece uma punição bem rigorosa! No caso de Holanda x Uruguai, no segundo gol da Holanda, que desempatou a partida, o jogador holandês estava impedido. Logo, o gol não deveria ter valido, mas valeu. No caso de Gana x Uruguai, Suarez foi expulso, o pênalti foi marcado. Foi justo. E seu segundo comentário não tem nada a ver. Era o minuto final da prorrogação! Se Gana tivesse feito o gol, Uruguai estaria fora das semifinais. Foi por isso que Suarez virou “herói”. Se fosse no meio da prorrogação teria sido diferente. E ninguém torcendo pelo Uruguai estaria crucificando o Suarez, fosse o pênalti convertido em gol ou não. Ele fez o que tinha que fazer. Fiquei com muita pena de Gana, principalmente do Gyan (que cobrou o pênalti), porque ele foi o craque não apenas de Gana, mas do jogo. E, pra mim, é um dos melhores jogadores da Copa (ainda que tenha perdido o pênalti, como é a sina de tantos craques).


Rachel, Laurinha, não tenho muita vontade de falar sobre o estupro em SC porque ele envolve menores de idade. E aqueles que estão divulgando o caso (inclusive a reportagem da Record) estão ignorando esse fato. Não se pode identificar menores de idade envolvidos em crimes! Pode, e deve, haver justiça, mas não esse tipo de “justiça com as próprias mãos” que a mídia e os leigos costumam fazer.

lola aronovich disse...

Ha ha, Louise:

"Quanto à Espanha...

Se a colocarem para jogar contra o Anapolina de Goiás, o resultado vai ser 1 x 0 Espanha, com um gol suado marcado no final do segundo tempo e a imprensa vai dizer que foi uma atuação fantástica da 'Fúria'!"

EXATAMENTE ISSO!

Tchau, gente, agora vou trabalhar (já atrasadérrima!). Continuem aqui por mim.

aiaiai disse...

Eu fiquei triste com a desclassificação do brasil, mas fiquei mais ainda com o uruguai perdendo a oportunidade de disputar a final. Eita time valoroso! Os caras lutaram o tempo todo e até o final, mesmo com a desvantagem grande, não desistiram e jogaram muito bem.
Qt a holanda, não acho nada demais. penso que eles são bons, mas são desleais, covardes e reclamões. Se jogam no jogador adversário, caem e reclamam com o juiz. Fizeram isso na partida contra o brasil e repetiram ontem.
Além disso, acho muito triste a holanda ganhar a copa justo quando esta acontece na áfrica do sul. mas, futebol é assim mesmo.
Espero só que o uruguai faça uma apresentação de gala na despedida. Acho que vai ser a primeira vez que vou torcer mais no jogo de disputa do 3. lugar do que no de 1ºlugar.

Anônimo disse...

ALINE (não consegui postar c minha conta)

Anônimo,só discordo de você em relação a Espanha, ela é favorita baseado em um monte de fatos, inclusive na Eurocopa onde a Espanha foi campeã, e este campeonato é considerado lá fora a verdadeira Copa do Mundo, só que sem a participação do Brasil e Argentina, considerados por eles os únicos times de tradição e força...(acho que agora vão repensar este conceito já que os melhores neste ano fomos nós aqui de baixo deste canto do Atlântico).

Lola,já entendia porque Suarez virou herói o também concordo com você que justiça foi feita só de um lado e que o jogador de Gana não teve sorte e sangue frio pra fazer o gol. Eu questiono e não entendo, porque tanta vibração por algo ilegal. A regra é severa porque é um esporte SÓ para os pés, qualquer um que utilize as mãos além do goleiro deve ser punido severamente, senão ou vira festa ou handball.
Repito: parece certo porque deu certo...a história seria bem outra naquele último minuto se houvesse um gol.
PS: não dá pra saber com certeza o que aconteceria se fosse no meio da prorrogação, isso é predição e bruxaria, a gente não tem certeza do futuro se não aconteceu.

PS: ladrão que rouba ladrão, tem 100 anos de perdão.

cronicasurbanas disse...

Sei não, acho que vou torcer pra Holanda. Já é a 3a final e ela ainda não tem nenhum título... E teve aproveitamento de 100% na Copa, coisa que a Alemanha não teve. Meu pai diria pra gente torcer pra Holanda, assim podemos dizer que perdemos para os campeões, kkk...

Paul, o polvo vidente, disse que vai dar Espanha hoje. Seria legal ter dois finalistas que nunca levaram a taça.

Fiquei tristinha pelo Uruguai, mas feliz pela maneira como brigaram até o último segundo. Todo mundo devia ser assim. Mais uns 5 minutinhos e perigava a Holanda tomar mais um...
Mônica

Alessandra disse...

Como urubrasileña que sou, acho bárbara tua defesa da seleçao desse nosso querido "paisito". Realmente uma pena a Celeste ter perdido para os holandeses, mas eles lutaram até o fim com muita garra, enfrentando os laranjas de igual pra igual. Coisa, aliás, q eu adoraria q o Brasil tivesse feito também.
Enfim, sobre o penalti cometido pelo Suarez, é uma pena que tanta gente tenha dois pesos e duas medidas. Afinal, gol de braço do Luis Fabuloso pode, defesa de mao do uruguaio nao pode. Nao vi ninguém deixando de torcer para o Brasil depois daquele gol, nao é mesmo? :)
O que importa é que os uruguaios estao felicíssimos e orgulhosos com este time. O sentimento aqui é de vitoria, e de que este grupo que chegou sem alarde com "perfil bajo" sai pela porta da frente na Africa do Sul.

Anônimo disse...

De Aline:

Alessandra,

Também acho muito errado e ilegal o gol do L.Fabiano, falha séria do juiz, cara de pau que ainda foi pego no flagra quando foi conversar com o jogador e não me orgulho deste gol. Aliás, os árbitros não foram exatamente o ponto forte deste mundial.
Mas não deixaria jamais de torcer pelo Brasil porque sou Brasileira antes de tudo.
Não é pessoal, mas eu nunca torci pelo Uruguai e não acho que merecia o título só porque é Sul Americano, acho isso um bairrismo muito bobo. Acho justo como está agora, os times que ficaram fizeram uma boa campanha, todos eles, mas entre eles gostaria que ganhasse um que nunca ganhou outro mundial por motivos muito simples: quanto mais longe estiverem do penta, melhor, para dar uma estimulada no esporte lá fora, para provar que todos tem chances iguais...
:) :) :)

Alessandra disse...

oi Aline,
Primeiro, obrigada pela resposta.

Um dos pontos que a Lola já comentou e eu reforco aqui é que Suarez, ao contrario de Luis Fabiano e outros, foi devidamente punido na hora q cometeu a falta. Simples assim. Entao a gente nem pode falar que o arbitro atuou mal neste lance.

Nem vou salientar aqui que a falta que gerou todo o lance do penalti nao existiu (aí sim o juiz errou e a favor de Ghana)...

Outra coisa q vc me lembrou no teu comentario: Bairrismo. Eu torço pela América do Sul sim. Além de torcer para os yoruguas, torci para paraguaios, argentinos e chilenos (menos qdo jogaram contra o Brasil)

Porque eu acho mesmo muito bacana qdo vejo o continente africano UNIDO torcendo pra Ghana, como seu último representante na copa. Uma das muitas coisas q a gente poderia aprender com a Africa. :)

E, afinal de contas, a torcida pelo Brasil nao seria bairrismo tb?

coisas pra pensar :)