sexta-feira, 2 de julho de 2010

EMOCIONANTE

Suarez salva o Uruguai com as mãos e é expulso

Ao contrário do nosso segundo tempo catastrófico, a partida inteira entre Gana e Uruguai foi uma emoção só. Jogão! As duas equipes muito empenhadas em ganhar. Tanto que, depois de um tempinho, eu já não conseguia torcer apenas pelo Uruguai. Torcia por Gana também.
O melhor jogador em campo foi sem sombra de dúvida o Gyan, número 3 de Gana. Ele estava em todas. Sem exagero, ele jogou mais que Kaká, Robinho e Luis Fabiano no último jogo – juntos! Infelizmente, como quase sempre acontece com os maiores craques, ele errou num lance decisivo em que não podia errar. Foi no último minuto do segundo tempo da prorrogação. Gana muito mais firme e inteira fisicamente que o Uruguai. A bola vai entrar, e um uruguaio tira, na linha do gol, com o joelho. A bola rebate, outro ganense chuta, ela tá quase entrando, e Suarez (também um ótimo jogador) impede que ela entre. Com a mão. Pênalti e expulsão. E cabe logo ao craque Gyan cobrar o pênalti. E aí ele chuta na trave. O jogo acaba, a decisão fica pros pênaltis, e aí é a hora do goleiro uruguaio brilhar, defendendo duas cobranças. Uruguai classificado pra semifinal, pela primeira vez em quarenta anos. Vai pegar a Holanda na terça. Deveria era pegar a gente.
Fico triste por Gana. Tá na hora de um representante africano ir mais longe numa Copa. E eles jogaram bem. E, se o Uruguai tem o lindo e magnífico Forlán, Gana tem o Gyan, que é belíssimo. Chuif. Mas agora é todo mundo torcendo pelo Uruguai na semifinal. Nossos hermanos merecem.

20 comentários:

mahayana disse...

"todo mundo torcendo CONTRA o uruguai"? Todo mundo torcendo PARA o Uruguai, né?!

danee disse...

Fiquei triste por Gana, só não tão triste como na saída do Japão da copa (fiquei com pena do jogador que errou o penalt). Quanto ao Brasil nem liguei, não estava torcendo por ele desde o começo.

mahayana disse...

Gritei muito mais com a carimbada na trave naquele último minuto do que com qualquer gol do Brasil. Final Argentina x Uruguai seria sensacional!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

rs, Lolinha continua empolgada com a copa...
Eu ainda na dúvida pra quem vou torcer...
Será que se a Argentina ganhar o Maradonna tira mesmo a roupa? Ia ser muito engraçado, rs

Rita disse...

Bom, eu torci pelo Brasil até o fim, enquanto deu. Mesmo naqueles momentos em que o Brasil joga feio, eu torço para que ele jogue bonito e vença. Eu gosto de torcer para o Brasil, as raivinhas vêm e vão, é o meu time, a seleção que me faz fazer festa. Hoje não deu, mas futebol é assim, não se pode ganhar todas.

Achei injusto o resultado do jogo do Uruguai pq ganhou graças ao antijogo, a bola tirada com a mão. E não vi mérito nas defesas dos pênaltis. Os jogadores de Gana praticamente colocaram a bola nas mãos do goleiro, principalmente no primeiro defendido, digo, recebido.

Abraços, Lola.

Flávia disse...

Fiquei com muita pena de Gana, mas torci pelo Uruguai do começo ao fim! Foi a recuperação pela tristeza da eliminação do Brasil. Quase entrei em desespero com a expulsão do Suárez (ele jogou muito, morri de dó quando vi ele saindo chorando) e o pênalti pra Gana. Enfim, o Muslera, que não agarrou nada o jogo todo, mandou muito bem na defesa dos pênaltis e foi mais do que merecida a vitória. Vamos Uruguai!!! E amanhã, Vamos Argentina!!! Quero uma final Argentina x Uruguai!!!
Beijos.

lola aronovich disse...

PELO ou PARA O Uruguai, claro! Obrigada por corrigir, Mahayana!


Rita, mas vale tudo pra parar um gol e evitar a saída da Copa, não vale? Até alguém que não seja o goleiro defender uma bola com as mãos! Não vejo isso como antijogo. Faz parte do jogo. Qualquer um que faz isso sabe que 1) será expulso, e 2) um pênalti será marcado contra o seu time. Mas um pênalti é sempre uma segunda chance - existe a possibilidade do carinha errar, como fez o Gyan, coitado, ou do goleiro defender.
Fiquei com pena de Gana. Foi ironia pura que logo o melhor jogador, o Gyan, perca um pênalti - e a partida.


Seria maravilhosa uma final entre Argentina e Uruguai! Pra Argentina a vida tá muito mais dura do que pro Uruguai (e do que estaria pra gente). Amanhã pega a Alemanha, e depois, se ganhar, provavelmente a Espanha. Se ganhar dessas duas equipes, ganha ou da Holanda ou do Uruguai na final.
Holanda vai ser um osso duro de roer pro Uruguai, e Holanda deve entrar como favorita, mas não é nada de excepcional. Espero que seja Argentina e Uruguai!

Patty Martins disse...

Concordo com a Rita: "Achei injusto o resultado do jogo do Uruguai pq ganhou graças ao antijogo, a bola tirada com a mão."

Uma vitória de Gana impedida pelo desonestidade/desespero do Uruguai.

Mas, ok, né, se fosse com o Brasil todo mundo ia fazer vista grossa mesmo...
Pimenta nos olhos dos outros...

Ana Carla disse...

Fiquei mais triste com Gana ter saído do que com a eleminação do Brasil. Gana jogou muito mereceu ganhar, teve raça, foi pra cima, mas guardei minhas lágrimas, afinal, um vizinho nosso sul americano se classificou e vou torcer muito pro Uruguai agora.

Acho que o Paraguai não passa, mas vou ficar na torcida.

Também concordo que a bola tirada com a mão foi antijogo, mas qualquer jogador na mesma situação faria o mesmo. Seria uma bela atitude se o jogador que tirou com a mão mandasse uma carta para a seleção de Gana se desculpando(ok, isso já é exagero, mas se fizesse isso, eu seria Uruguai desde criancinha).

Enfim, estou triste por Gana, queria muito ver um time africano na semi, mas futebol é assim mesmo.

Imaginem como seria uma chatisse o futebol se todo mundo acertasse tudo sempre. Errar é parte do jogo.

Kinna disse...

Nossa, esse foi o jogo mais emocionante da copa, sem dúvidas. Eu torci desde o início pra Gana, porque acho mesmo que a África merecia lavar a alma com uma vitória de seleção africana.

Concordo absolutamente com a Rita. Achei uma das maiores injustiças da Copa essa vitória do Uruguai. Na prorrogação, Gana estava com muito mais garra...foi bem feio uma seleção ir para as semi-finais usando de artifícios como a "jogada de vôlei" que o zagueiro deu pra tirar a bola em cima da linha. Além do mais, o juiz deixou de dar um pênalti óbvio para Gana que aconteceu no 2o tempo.
Tô lamentando até agora.

Kinna disse...

Torço para uma final entre Alemanha X Holanda. Pelo menos qualquer um desses que ganhar eu não vou achar injusto.

Flávia disse...

O Uruguai não se classificou por anti-jogo não. O que houve uma falta que foi corretamente marcada pelo juiz (como pênalti, porque foi na área) e punida com cartão vermelho. O lance poderia ter decretado a vitória de Gana e mandado o Uruguai de volta pra casa.

Aliás, foi graças (exclusivamente) a gols de pênalti que Gana fez quatro pontos na primeira fase e se classificou para as oitavas. Jogada simples de jogo - fez falta, foi marcada. Antijogo seria tentar machucar seriamente um adversário, ver um jogador precisando de atendimento e continuar jogando, pagar propina ao juiz...

E o goleiro teve méritos sim, apesar do terceiro pênalti ter sido muito mal batido. O jogador uruguaio (Scotti) que fez a terceira cobrança bateu tão mal quanto Mensah, mas Kingson não viu nem a sombra da bola. Muslera pulou certo em TODAS as cobranças, inclusive naquelas que ele não defendeu - teve uma em que ele ainda pegou de raspão.

O goleiro do Paraguai contra o Japão, por outro lado, acho que não pulou certo em nenhuma cobrança, não chegou nem perto de fazer defesa. O Paraguai só teve êxito porque foi mais eficiente que o Japão nas cobranças.

Valeu!

Jussara disse...

oi, Lola,
Concordo que foi um jogo emocionante. Acho que o mais emocionante dessa Copa (por enquanto). Torci muito pra Gana e acho que ela merecia ganhar, jogou melhor, estava mais inteira. Concordo com a Rita que o Suárez fez antijogo. Não aguento mais isso de jogador de futebol colocar a mão na bola. Quer marcar ponto com a mão vai jogar vôlei, handebol, basquete... Acho que deveria existir uma regra mais rígida: quando o jogador colocasse a mão na bola embaixo do travessão, impedindo a entrada da bola, seria considerado gol, já era. Tudo bem, tem o pênalti e a expulsão pra quem faz isso e tal. Mas e se o adversário erra, como foi o caso do Gyan? Nossa, não achei justo. Não tenho nada contra o Uruguai, mas não dá pra torcer por um time assim.
Fiquei mais chateada pela derrota de Gana que pela do Brasil. Seria muito bonito ver uma seleção africana nas finais (ou semi). Uma pena.
Abraços.

tai disse...

Lola, desculpa a COMPLETA mudanca de assunto, mas eu lembro que voce fez um post sobre aquele caso do goleiro do flamengo, e eu estava vendo sites de humor, enfim. Olha esse post? Achei que poderia te interessar.

http://www.treta.com.br/2010/07/goleiro-bruno-acusado-de-assassinar-atriz-porn.html

Dona Aninha disse...

Ana Carla - EU TBM!
Eles lutaram até o fim!
Quanta emoção, jogaram com o coração!
Sentiram o peso de um continente...
Foi demais este jogo e eu estava torcendo era por Gana mesmo!
Gente de raça!!!
Quanto ao Brasil, já passou.
De volta à realidade!

Ana Carla disse...

A maior parte das notícias que eu vi e li sobre Gana e Uruguai, falavam que o que jogador que tirou com a mão foi herói. Estou revoltada, no máximo ele foi esperto.

Esses narradores de futebol, não sei se é impressão minha, torcem descaradamente para as seleções européias e contra as africanas. Vi o jogo pela Globo e o narrador tava torcendo pro Uruguai. Eles tem de ser imparciais, mas não é isso que vejo.

Aposto que a Veja vai fazer uma matéria exaltando a coragem e falta de vaidade do jogador uruguaio e condenar o Gyan pelo penalti perdido.

http://aureliojornalismo.blogspot.com/2010/06/como-ser-racista-em-um-texto.html
Quando vi essa notícia fiquei revoltada que mesmo na Copa da África essas declarções ainda são toleradas.

lola aronovich disse...

Gente, discordo de vcs que acham que salvar um gol com a mão é antijogo. Não é antijogo, faz parte do jogo. Antijogo é machucar adversário, dar carrinho violento (por mim, todos os carrinhos podiam ser abolidos). Mesmo cavar falta faz parte do jogo, ainda que não seja ético. Marcar gol com a mão e sair comemorando, como se não tivesse feito nada de errado, aí sim é antijogo. Mas um jogador que não seja o goleiro fazer de tudo pra defender uma bola na marca do gol faz parte do futebol. Há regras severas punindo isso: expulsão pro jogador e marcação de pênalti (que na maioria das vezes resulta em gol). No começo ou no meio de um jogo, nem compensaria pra um jogador salvar um gol dessa forma, porque ele será expulso, e seu time ficará com um jogador a menos pelo resto da partida. Mas, no último minuto do jogo, valendo a classificação?! TODO E QUALQUER JOGADOR faria o mesmo que o Suarez. E não vejo nada de antijogo nisso.

Dáfni disse...

Lola, eu não vi o jogo, infelizmente. Mas meu marido me contou e depois vi os lances na TV. Jogão é pouco!

O jogo mais emocionante que vi na minha vida foi a decisão da série B entre Grêmio e Náutico - a famosa batalha dos Aflitos. Eu não torcia pro Grêmio (nem torço), mas meu marido torce. E a partir daquele jogo sou muito mais simpática ao Grêmio. O jogo do Uruguai foi comparado com este, mas nem chega perto. Aquele jogo foi INACREDITÁVEL!

Uruguaia desde criancinha...

Beijos

Mariana disse...

Que RAIVA que não vi esse jogo!! Só fiquei sabendo do bafafá quando li na internet...

Nos dias anteriores, eu tava torcendo por Gana, porque queria um africano indo às semi-finais. Mas, depois do tombo do Brasil, passei também a torcer pelo Uruguai, afinal sou sul-americana (só não torço pra Argentina, é mais forte do que eu).

Acho que mata-mata de Copa tem que ser assim mesmo, com drama, heroísmo, erros em horas decisivas... enfim, detalhes que ficam pra história das Copas.

Arashi disse...

Na boa, mereceram não. Aquela bola de Gana devia ter entrado. Aquela mão na bola do Uruguai foi uma das coisas mais baixas que eu já vi em futebol.

Vou torcer pra Holanda.