sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

DECLARAÇÃO DE AMOR FAZ MASCUS TEREM CONVULSÕES

Queridas pessoas, sei que algumas de vocês estão cansadas de ouvir falar nesses losers que são os masculinistas, que eu encurto carinhosamente pra mascus. Mas eu me divirto com eles. E ridicularizá-los é uma das melhores formas de não permitir que doentes assim proliferem. Portanto, estou começando uma nova seção aqui no bloguinho. Já fiz algo parecido em posts do ano passado, mas minha maior inspiração é este blog, que zomba de mascus americanos e é hilário. A cada duas semanas, por aí, haverá aqui um post de humor debochando das besteiras que mascus brasileiros falam. Não coloco links porque não encorajo ninguém a frequentar esses centros de misoginia, racismo e homofobia. Pessoas que têm um senso de humor parecido com o meu (ironia, ironia, ironia), divirtam-se. Aquelas que não têm ou que enjoaram do tema, pulem este texto, que há outros 2,400 posts que não falam de masculinismo neste blog. Fim do alerta.

Sabe que tipo de vídeo deixa os mascus realmente revoltados? Se você pensou em “homens sendo humilhados por sargentos no exército pra 'aprender a ser machos', errou feio. Mascus adoram esse tipo de comportamento honrado! Um carinha que é virgem aos 20 anos sendo zoado por ser virgem e não querer que sua primeira vez se dê num prostíbulo? Imagine, mascus são os primeirões a debochar do rapaz! Ah, que tal um vídeo mostrando a negociação do divórcio do Mel Gibson, em que a mulher que o aturou durante 31 anos ficou com 400 milhões de dólares? (não se preocupe, que Mel ainda tem outros 400 mi que nunca vai conseguir usar em dez vidas). Tá certo, isso revoltaria os mascus um pouco. Mas o que faz mascus definivamente espumarem de raiva é um vídeo como este, de quase quatro anos atrás. Cuidado! Cenas fortes! É óbvio que um vídeo tão macabro provocou engulhos nos mascus mais sensíveis:

“P*ta m*rda. F*deu o meu dia isso aí."
"Que nojo! Quase vo
mitei a minha janta quando vi o vídeo!"
“Guerreiros, essa parada foi tão nojenta que até caganeira me deu.”

Porque, imagina, todo mundo está miserável no vídeo. O rapaz lindo é um mangina (vocábulo que junta man e vagina, inventado por mascus americanos pra definir homens que rastejam por mulheres, ou que apoiam o feminismo, ou que não concordam com os mascus). A menina, também uma graça, é uma dissimulada. E sobra até pro professor:

“P*rra, e o professor viu tudo! Vai se f*der, mangina veterano!”

É por isso que a educação neste país não vai pra frente! Manginas veteranos permitem qualquer coisa em sala de aula! Além do mais, estudos científicos comprovam: sentimentos agudos como a raiva afetam a coordenação gramatical.

“O que não podemos é se deixar emocionar com esses videozinho escr*tos!”

Comparado aos outros mascus, este parece ser o gigante intelectual da turma:

O mangina perdeu o seu valor perante a ela [a garota] mesmo que ela não perceba isso no início mas sentirá instintivamente, assim que o valor sexual dela subir excessivamente e terem milhares de alfas a assediando, com cererza irá começar a sentir necessidade de emoções maiores, pois pelo jeito esse menino, durante o namoro, vai fazer tudo errado, vai ser pegajoso, vai falar que a ama e todas as matrixianisses que um homem pode fazer”.

Exato, meninas! Nós de-tes-tamos homens que fazem tudo errado, como dizer que nos amam! No comentário acima também está presente uma referência a um dos termos mais divertidos jamais inventado pelos mascus: o b*cetacard. Quando eles falam de “valor sexual das fêmeas”, é isso que eles querem dizer –- que nós mulheres controlamos o mundo com nossas vaginas. Alguns mascus também chamam esse superpoder de b*cetapower. Mas isso só afeta os reles mortais, os manginas. Não homens que saíram da matrix e viram a luz!

“Ele [o rapaz do vídeo] simplismente cortou as bolas fora na frente da guria, esse é um dos atos mais vergonhos e que inflam o ego da mulher, eu repudio um ato desses de longe.”

Eu também! Acho que até a Valerie Solanas repudiaria o ato de um cara cortar as bolas fora, ainda mais na frente de toda a turma! Sem dúvida, um ato vergonhoso.

“É uma inflação de ego desgraçada, ela [a garota] chora de ego inflado, não tem essa de juventude não, com 16 anos essa mina aí já rebolou o c* na p*ca de vários cafas, hoje em dia é assim!! Não tem mais virgem nesse bordel!”

A grande frustração, sabemos, é que essas menores de idade já fizeram sexo com metade da população mundial, menos com aquela dúzia de homens honrados que por acaso fundaram sites misóginos.

“P*ta vídeo vergonhoso. Seria interessante se depois dessa atitude melosa, o projeto de matrixiano do vídeo tivesse investido nas outras meninas da turma. Provável que depois dessa declaração tosca, todas encharcariam a calcinha de inveja numa competição brutal pra rebaixar a coleguinha exaltada... Pensando bem, ele é mangina demais, lhe faltariam as bolas pra tirar proveito de uma situação dessas..”

É, sabemos que tudo que nós feminazis e demais mulheres fazemos é competir entre nós, e já vimos que o rapaz do vídeo cortou as bolas, num ato hediondo de auto-emasculação. Uma pena que ele não seja um homem de visão.

“Com certeza ! Esse moleque não teria bolas pra fazer isso mas se ele fizesse com certeza as amiguinhas que aparecem ao fundo topariam, numa tentativa desesperada de se mostrar superior a essa garota... Pode ter certeza que AGORA mesmo elas estão fantasiando em suas mente doentias isso”.

Sim, agora mesmo, quatro anos depois da gravação do vídeo, as meninas da turma não devem pensar em outra coisa além de arquitetar planos maquiávelicos pra derrubar a coleguinha! Aliás, foi a primeira coisa que pensei ao ver o vídeo: que bando de gente doente! Projetos de serial killers, principalmente as meninas com esse ar romântico! Sem falar do mangina veterano que viu tudo e não fez nada!
Quando não estão metendo a real, mascus leem o destino do mundo em suas bolas de cristal:

“Quem sabe esse rapazinho não aparece [no fórum] um dia desses, já traumatizado e a ponto de virar um misógino...”

Quem sabe, né? Tem doente pra tudo no mundo. E um dos moderadores ordena:

“Negativem o vídeo [no YouTube] além de meterem a real!”

Agora sabemos de onde vem tanta sandice deixada nos comentários do YouTube.

“Se Deus quiser, daqui a algum tempo a REAL vai ser fortemente divulgada na internet e aí esses manginas vão vir pra cá todos arrebentados por dentro, para aprenderem alguma coisa da vida.”

Inshalá! Eu, pelo menos, estou fazendo a minha parte em divulgar a sanidade mascu.

129 comentários:

Daní Montper disse...

Eu gosto de rir com eles também!

Fico imaginando como deve ser conversar com um guerreiro da real assumido ao vivo, deve ser melhor que qualquer programa humorístico!

Mariposa de Guadalupe disse...

Hahahahahhahahahaha!! Lola, que post ótimo! É por essa e outras que eu vejo que tenho a sorte de ter um namorado que diz que me ama e amigos que não se consideram menos machos por gostar de alguém.
Eu não sou fã desse tipo de demonstração pública de afeto, meu primeiro namorado me pediu em namoro de joelhos no meio do pátio do colégio e eu quase morri de vergonha, mas eu invejo a coragem de quem tenha, seja homem ou mulher. O engraçado de tudo isso é essa visão de amor romantico dos jovens, da questão da aliança, da oficialização diante de um público... e como as mulheres idealizam tudo isso e os homens machos veem como um ato de castração.

Bruxo Nefasto disse...

Isso msm Lola

Continue divulgando a REAL.

No fundo, no fundo do seu fundo vc é uma desertora do feminazismo e está querendo entrar para a REAL, mas tu não vai conseguir com essa lambição de bolas que vc vem fazendo.

Vc tá muito fraca nesse critério, tem que treinar mais.

abçs

cabanadeinverno disse...

Mano velho.

Sem palavras. Só risadas.

Jac disse...

Uia só... Bruno NEFASTO com um nick de caveira. Só por isso podemos perceber que ele é um baaad boy!

Anyway, não tenho nada contra posts sobre mascus (mas tbm não mto a favor... prefiro me iludir que vivo num bom mundo).

Quanto ao video, só comento que assisti ele imaginando como eu roubaria o namorado daquela menina para me provar superior a ela!

Not ahahahahha

Carol disse...

ahsuashaushaushausha
me quebro de rir desses caras

tipo, alguém assim consegue ter algum relacionamento (de que tipo for) saudável?
ô dó

Flávio Brito™ disse...

Mascu novamente?

femiliada disse...

Lola, muito bom! Mas para facilitar os comentários, recomendo o uso da placa sarcasmo, que não ta fácil pra ninguém viu, risos.

Cantinho mascu, todas ama. Já tô stalkeando o gatinho do vídeo na net pra rebaixar essa garota estúpida (morro de inveja, morro) e aumentar o limite aí do meu b*cetacard. Só que não.

Bruxo Nefasto disse...

Ser zuado por uma lésbica é quase que um elogio.

hahahaha

Fabiola disse...

ahaha valeu Lola, sempre vou morrer de rir desses idiotas!

Ainda mais quando eles aparecem aqui achando que estão "mandando a real", quando apenas estão reafirmando o quão patéticos são!:D
Nem South park consegue me fazer rir tanto!:3

física disse...

Eu particularmente adooooro os posts sobre os mascus! Me divirto horrores!!! heheehe

Não sabia que eles existiam antes do seu blog e fiquei até um pouco bolada depois de algumas coisas que eu li sobre eles, mas você sempre consegue colocar toda essa maluquice de forma leve e engraçada...

Letícia Miele disse...

Adooooro post sobre mascus... Sempre garantia de boas risadas!

Rose disse...

Dá pra imaginar a cara deles, tipo aquele louco que arregala os olhos e diz: MORRE DIABO!(É o que me vem a mente quando leio mascu).

Robson Fernando de Souza disse...

Eu também adoro esses posts sobre mascus... Mas ainda assim acho que um só blog tirar onda com eles não os vai fazer decair - ainda que eles talvez já sejam vistos como ridículos pelo senso comum.

Eu adoraria ver alguma abordagem sociológica sobre o porquê desses machinhos nutrirem tanto ódio por mulheres e por homens que não seguem o padrão de comportamento "machão humilhador".

E aliás, além de misóginos, racistas e homofóbicos, esses desperdícios de átomos também são trogloditas alimentares e especistas ao extremo, odeiam vegetarianos e veganos também.

Robson Fernando de Souza disse...

Sobre o vídeo, ele é lindo. Mas faltou aquilo que é essencial: o beijo! Senti falta de um beijo quente ali =(

cabanadeinverno disse...

Porra, maluco vem com fake de pivete, com nome de vilão de RPG e acha que vai ser levado a sério...

Luciana disse...

Lola, adorei o post!! Acredito que você faz bem em ridicularizar esses caras misóginos. Dias atrás vi um post no tumblr de uma garota e lembrei do seu blog.

A garota estava reclamando da friendzone: Como vários caras idiotas se sentem injustiçados por garotas que eles ficaram 'amigos' (tendo segundas intenções) só o vêem dentro do campo da amizade. É aquela velha história da mulher não ter direito a dizer não, não poder escolher com quem deseja transar, namorar, se relacionar.

"I’m sick of the people using it.(FRIENDZONE)
Women are told almost constantly—by the media, the government, and the overall attitude of society—that our bodies don’t fucking belong to us. The mythical friendzone is just another way for misogynists to enforce that idea while getting to play the victim.
It sucks when someone you have feelings for doesn’t share those feelings; it happens to women all the time, too. We hear “I just want to be friends” and “you’re like one of the guys” and “you’re like a sister to me” just as often. But you’ll never hear a woman complain that guys just don’t appreciate a Nice Girl because we’re taught it’s our own fucking fault when we’re rejected—we aren’t pretty enough or thin enough or sexy enough, we weren’t sexual enough or were too sexual, we put out too much or too little or too soon or not soon enough, we didn’t wear our hair the right way or our skirt the right length, we’re “too tomboyish” or “too butch” or “too feminine”, or we’re “not their type”, or we’re otherwise not good enough in various ways to entice the man to grace us with his affection.
But when we’re not interested in someone, we’re vilified. We’re the bitch that lead them on, the bitch who let them buy us dinner but didn’t want to date them, the bitch who doesn’t appreciate a nice guy, the bitch they were nice to and then got nothing in return from.
And, frankly, fuck those people. Showing interest in me, being friendly with me, getting close to me, or eating a meal with me (even if they paid for it) doesn’t obligate me to open my heart or my legs. And anyone who doesn’t appreciate my friendship sure as hell doesn’t deserve my love or my pussy."

Engraçado como existem tantos "nice guys" no mundo. Não passam de um bando de misóginos.

femiliada disse...

Esses moleques precisavam de pais como os meus. Meu irmão é um cara muito feminista (do tipo que censura o machismo de mulheres que assumem comportamentos submissos em relação a ele), inteligente, circula em um meio mega machista (ele é estudante de ciencias da computação, só tem homem no campus dele)sem se contaminar e namora a 2 anos. Como ele ficou assim? Toda vez que falava uma bobagem, meu pai mandava ele se informar. Eu VISUALIZO meu pai, com aquele jeito de mineiro turrão, falando com um cara desses:

"QUÊ guerreiro da real meu filho? Tá maluco, que merda é essa? Vai ler, ler, pra não falar bobagem. Fica nessa merda de internet emburrecendo o dia inteiro!"

Já minha mãe, quando meu irmão tentava dizer que era mais capaz de fazer qlqr coisa, por ser homem, mandava na lata

"Por que, vai abrir esse vidro (ou qlqr outra coisa q fosse o assunto do momento) com o pênis, por acaso? Então qual é a diferença?"

Sério, em minha casa machismo sempre foi tratado como algo risível. Aí qdo leio esses malucos penso que eles só podem estar brincando. Ainda vai ter um post nesses fóruns revelando que na verdade é a maior brinks de toda a história da internet, com uma trollface de 2000 pixels. Pq não é possível...

LisAnaHD disse...

buenos dias, LolA... com seus posts e alguns comentários sempre aprend algo que me intriga... me fascina... me surpreende...

a palavra mangina foi uma descoberta que fiz aqui e daí descobri que nos EUA há duas mulheres de sobrenome Mangina, ambas ligadas ao esporte.

hoje é inshalá e já estou à procura do romance italiano de mesmo título -- por Oriana Fallaci, escritora e jornalista italiana.

ZONA FRANCA
Inshalá
Por Juan Bedoian.
jbedoian@clarin.com
Durante un delicioso tour por Marruecos protagonizado por un grupo de argentinos bautizado como La Secta Fez, la guía marroquí que los acompañó, Muna, usaba con frecuencia la palabra inshalá.

sigue http://edant.clarin.com/suplementos/viajes/2005/12/11/v-03602.htm

Retorno mais tarde, com mais vagar, pra te ler melhor.

Yukimeru disse...

É risível que os caras queiram ser levados a sério com esse mundo paralelo da real e matrix.
Guerreiros da real parece nome de escola de samba.

lola aronovich disse...

Bem lembrado, Robson! Mascus ODEIAM veganos e vegetarianos. Eles odeiam mulheres veganas porque, bem, são mulheres, mas homens veganos eles acham o cúmulo. É incrível como carne tá associado à masculinidade na nossa sociedade! E mascus fazem essa associação muito claramente, de um jeito ridículo, como tudo que eles fazem. Logo, quando eles falam em comer carne, eles SEMPRE incluem um adjetivo: VIRIS. “Eu tava comendo meu bife viril”, “vamos fazer um churrasco viril”. E como que um homem pode desprezar sua virilidade recusando-se a comer carne? É inadmissível pra eles!


Luciana, excelente esse comentário sobre o friendzone. Este é um termo recente, não? E como fica a relação com outro termo recente nesta história, o “friends with benefits”? Por favor, me passe o link deste post sobre friendzone no tumblr. Gostaria de traduzi-lo.

Lord Anderson disse...

Eu não acho muita graça nos mascus.me preocupa qualquer grupo que estimula e dessimina odio, seja de genero, etnia, religião ou oq for pq acredito que quanto mais esses idiotas vomitarem seus preconceitos maior a chance deles ou praticarem atos de descriminação ou violencia.

Mas sim, é risivel o nivel de odio que eles dedicaram a essa imagem e o monte de falacias que se apeguam para criar a realidade paralela em que vivem.

Acho que seria um interessante caso de estudos para psicologos, psiquiatras e afins.

Kalinda disse...

Lola, por meio do seu blog descobri os tais mascus. O post sobre o "líder intelectual" deles e o de hoje são hilários. Será que essas criaturas acreditam mesmo nas coisas que falam? Imagina escutar uma conversa entre eles numa mesa de bar. As pessoas pensariam que se trata de uma ficção muito mal elaborada.

yulia2 disse...

kkkkkkk recomendo as garotas aqui darem joinha no video... ai me deus... essa mascuzada me mata de rir!

Luciana disse...

Lola, não sei como fica o termo de friend with benefits. Mas tá aí o link sobre a friendzone:
http://delacroix.tumblr.com/post/15198606599

O texto da garota é uma resposta ao post sobre vários 'nice guys' que se encontram na friendzone. Tem outros comentários no post, mas esse é o melhor. Foi com ele que se abriu a discussão sobre a friendzone.

Giovana disse...

Ai, Lola, olha que fofaaaa!
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Lpp4Zt4caZY#!

Lord Anderson disse...

Lola

O termo friendzone não é novo não. Eu pelo menos ja o ouvi desde os anos 90.

Lembro de uma discussão que tive num grupo de amigos, onde uma moça chamou atenção para um fato.

Quando se fala em friendzone, quase sempre se pensa em homens que são ignorados pelas mulheres que desejam (e os veem apenas como bons amigos) mas quase ninguem lembra que muitas mulheres tb estão nessa situação, ja que a maioria dos caras costuma se concentrar apenas nas garotas mais destacadas (alfas?) e ignorar as "comuns" e normais.

Enfim, praticam a mesma coisa que denunciam.

cabanadeinverno disse...

Lord Anderson

Isso acontece pq o termo é valido para homens. Ou melhor, para quando homens não alcançam o objetivo, que é ter ao seu lado a mulher.

Reparou a estrutura do negócio?

O friendzone acontece quando o viril não chega até seu troféu. É por isso que virar amigo é problema. É por isso que naõ há amizade entre homem e mulher, oras, toda amizade entre homem e mulher é, na verdade, um homem que não conseguiu comê-la. E por aí vai...

cabanadeinverno disse...

O termo não é, sei lá, unissex.

Daní Montper disse...

Luciana, perfeito o texto dessa guria, onde você o achou?

mousounikki disse...

Lola, não sei se já te mostraram isso
http://9gag.com/gag/1574954

pobres homens coitadinhos, chuif chuif.

Daní Montper disse...

Vi agora que você já postou, Luciana!!

LisAnaHD disse...

"Minhas leitoras e leitores são demais! Aprendo muito com el@s." --Lola, no post de 29.08.11

Lola, como a gente pode ou consegue não gostar de você?

Friend with benefits é qdo um casal mantém um relacionamento íntimo entre si sem compromisso um com o outro.

Lola, mais essa dos mascus com carne até mesmo prum simples bifinho???!!!! Então pra eles os indianos não são homens viris? Aqui perto de casa há um supermercado com funcionário indiano no caixa e qdo a gente vai passar no caixa com carne, o cara pega a embalagem (lacrada) bem ali na pontinha do invólucro de tanta aversão sente por carne animal. Gandhi foi muito macho em todos os sentidos positivos e era vegetariano ou vegano ou algo afim. Os mascus são absolutamente tapados a ponto de ignorarem totalmente o básico pra quem ao menos terminou o secundário seja ele corintiano ou sampaulino ou flamenguista ou seja lá o que for?

Luciana disse...

Os que estão na friendzone sonham em ser friends with benefits, mas nunca chegam lá. São duas zonas que não se misturam.
Segundo os misóginos, os "alfas" se encontram na friends with benefits enquanto que os "betas" ficam sempre na friendzone.

LisAnaHD disse...

Lola (e quem mais se interessar) acabei de encontrar aqui

http://en.wikipedia.org/wiki/Friends_with_benefits

tudo sobre "friends with benefits or friends with privileges" tanto a explicação do termo, qto sobre o filme, a série de TV, novela,etc.

lola aronovich disse...

Gente, como vcs sabem, eu aprendo demais com vcs. Sério mesmo. Todo dia aprendo alguma coisa nova. Adoro td@s minhas/meus leitor@s que não sejam trolls (e ser troll não é discordar. Discordar todo mundo discorda. É impossível concordar 100% com alguém em absolutamente tudo. Ser troll é ser insistente, agressivo, encher um comentário de insultos contra mim ou leitor@s, floodar, ou clonar perfis de leitoras – bonus points pra trolls que é tão sem caráter que clona perfil de leitora doente em tratamento num hospital!). E acho ótimo que vcs sejam incisiv@s umas com as outras. Não se ofendam, por favor. Por mais que briguem.
Então, já tem um tempo que quero escrever sobre friendzone e friends with benefits. Sei o que é, mas pensei que fossem termos novos, tipo, dos últimos 3, 5 anos. Lord disse que são mais antigos. O que mais vcs podem me dizer sobre esses termos? Pergunto porque estou fora do mercado sexual há 21 anos e não acompanho as últimas tendências da moda! É o que acontece quando a gente é velhinha, casada e monogâmica.

Obrigada, Luciana, pelos links!

LisAnaHD disse...

only in English and Deutsch - Friendzone - What does it mean?

http://en.wikipedia.org/wiki/Friendzone

Daní Montper disse...

Luciana, os demais que você postou também foram ótimos, até peguei parte de um que deveria ser anexado em todos os cantos para os mascus e similares =)


Excelente recado para os mascus:
"Get over yourself and learn to value women as people and friends instead of romantic/sexual objects that you, for some idiotic reason, feel entitled to, or don’t bother even trying to talk to me. I’m not about to waste my time on you if you’re just going to turn around and play the victim or call me a bitch just because I don’t love you the way you want me to."

Toda vez que leio alfa e beta acho tão neandertal que me dá até sono.

Luciana disse...

Por nada gente! Vou postar os links (comentários-reações ao texto da garota) aqui de novo porque 1 deles veio errado.

http://outtosavetheworld.tumblr.com/post/15399636125/delacroix-me-too-and-more-than-that-im-sick

http://tictoctoe.tumblr.com/post/15391959647/shatterstag-double-oh-seven

LisAnaHD disse...

Lola, vc pediu... entonces lá vai...

Friends with Benefits Movie Trailer Official (HD)

http://www.youtube.com/watch?v=iJS-wWqVAyk

(If you want to watch Friends with Benefits totally FREE go NOW to this video /watch?v=M8zay-MPXWI and watch it before it gets removed! --ermelindaarmstrong 4 hours ago)

Sara disse...

Sabe Lola quando eu vejo esses mascus comparando e classificando o corpo da mulher e mais especificamente seu órgão genital a um bem material muito valioso, ao ponto de acharem que nem devemos sair de nossas casas para proteger esse bem, já vi eles comparando o estupro a um roubo, afinal o corpo da mulher é um bem em si e de alto valor, agora essa do “bucetacard”, essas idéias me deixam confusa, devo me sentir lisonjeada ou não? Devo ter medo de sair às ruas em uma atitude de ostentação, ou devo cobrir todo o meu corpo em uma burka, pra não chamar atenção ao meu bem mais valioso.
Eu não sei até onde a insanidade desses seres ira levá-los, mas já vimos que são caminhos muito perigosos.

Sara disse...

Vc q pergunta quem vc é?
VC É UM LIXO, SÓ ISSO.

Gabriele Albuquerque Silva disse...

Lord Anderson, tb acho que seria um interessante caso de estudos para psicólogos, psiquiatras e afins. Eu ia achar muito interessante, eles são engraçados mas ao mesmo tempo temo até onde esse tipo de pensamento não está relacionado a alguma patologia que pode se tornar perigosa.

Lord Anderson disse...

pois é cabana.

mais um conceito idiota para a gente combater.

Eu disse...

Lola e seus bebês!!

Bruno S disse...

Eu tenho impressão que essta turma leva a sério e transforma em "verdades da vida" algumas hipóteses que era criadas como piada após os comuns insucessos amorosos da adolescência.

Algumas bobagens que dizíamos aos 15, 16 anos como paródia das dificuldades com o sexo oposto são muito parecidas com as teses do mundo que esses caras acreditam.

Bruno S disse...

No fundo, acho que eles acreditam que existem três tipos de mulheres:

- as legais(honradas?) - que fazem sexo só com eles;
- as putas - que fazem sexo com todo mundo, inclusive eles;
- as filhas da puta - que fazem sexo com todos, menos para eles.

femiliada disse...

Eu tô sentindo é vergonha alheia...

Lord Anderson disse...

Lola

Não tenho muito mais a acrescentar ao que foi dito.

Só digo que Friendzone tb vale para aqueles casos em que amigos de longa data começam a ter interesse romanticos pelo outro e ficam com receio de ir adiante, não dar certo e estragar a relação que eles ja tinham.

Lord Anderson disse...

Gabriele

Verdade. É preciso estar atento para evitar que outras tragedias aconteçam.

A.H.B. disse...

No reddit, um pessoal do Something Awful fizeram um sub-grupo chamado "shit reddit says" para mostrar como o reddit é horrível, racista e misógino.

Uma das fontes principais é o grupo de men's rights, tanto que as moderadoras (haha, se identificam como Archangelles envidas por Our Lady Gaga) falaram para não postar nada dos MRA até fevereiro, para mostrar que não são SÓ eles que são horríveis, ou sei lá, os membros deles tão tão espalhados por aí que acaba não tendo lugar sagrado na internet.

Rafael Cardoso disse...

Puxa... eu já sabia que existiam idiotas nesse mundo, mas não pensei que esses mascus pudessem descer a esse nível. Eles parecem a descrição de algum quadro patológico de doença mental, é impressionate.

Rayara disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

morri de rir, não creio que essas criaturas falam sério...

Shey disse...

Friend with benefits....

Conheci esse termo bem recentemente, nessas minhas tentativas de ler coisas em inglês.
Mas pelo que vi, é o nosso bom, velho e brasileiro "amizade colorida", não?

Maria Luiza disse...

Boa tarde, Lola... Já viu isso aqui http://www.viomundo.com.br/denuncias/fatima-oliveira-governo-dilma-submete-corpo-das-mulheres-ao-vaticano.html

Ramon Melo disse...

Lola, "friendzone" é um termo bastante antigo, já o conhecia na década de 90 (e olha que eu nasci na década de 90!). "Friends with benefits" é um termo antigo também (tem pelo menos 10 anos) e nada mais é do que a "amizade colorida" dos anos 60/70, amigos que fazem sexo sem iniciarem um relacionamento mais profundo.

O "friendzone" (entre aspas porque estou falando do termo, não da situação em si) ganhou imensa popularidade nos últimos anos graças à internet. Não sei se você está familiarizada com a teoria memética (acho que é coisa do Richard Dawkins, se você já leu "Deus, Um Delírio" ou "O Gene Egoísta" deve se lembrar), mas "friendzone" virou um meme da internet e, como tal, se espalhou como um vírus pelas redes sociais.

Um polo de concentração desses memes é o 9gag. O formato mais comum são as tirinhas baseadas na série Rage Comics, que são quadrinhos toscamente desenhados, geralmente feitos com ferramentas automáticas, que ilustram situações cotidianas supostamente engraçadas.

Exemplos de memes de "friendzone":

http://9gag.com/gag/51213

http://9gag.com/gag/1502629

http://9gag.com/gag/1164376 (exemplo com as "Rage faces")

http://9gag.com/gag/1539198

http://9gag.com/gag/1524255

Em geral, o teor destas tirinhas costuma ser preconceituoso (quando a moça está na "friendzone", é porque ela é gorda ou feia) ou machista, frequentemente lançando mão do entitlement (como se a moça fosse obrigada a dizer sim para qualquer um que se finja de amigo dela).

Tenha em mente que a internet hoje é povoada por adolescentes, graças aos smartphones e à popularização dos computadores entre a classe média, então boa parte destes memes são criados por adolescentes minimachistas reproduzindo padrões bastante antigos de preconceitos.

Ramon Melo disse...

A propósito, o filme Friends with Benefits tem muito pouco a ver com o termo em si, é só uma comédia romântica com um nome chamativo.

Augusto disse...

Muito bom o post, ironia é uma ótima coisa..

Mas alguém me explica isso?

Chega a ser machismo se vitimar... Não entendi direito

http://9gag.com/gag/1574954

Simone Schuck disse...

Que horror esses comentários... Não consigo nem achar engraçado uma falta de respeito desse tamanho!

Simone Schuck disse...

(Os comentários do vídeo, que fique claro rs...)

Camila Fernandes disse...

Olá, Lola! Estive viajando e dei uma sumida, mas voltei para comentar aqui. Li os últimos posts e como estou realmente atrasada foi deixar minha marca só nesse aqui, sorry!
(sou péssima leitora, rs)

De todo o jeito, eu também MORRO de rir com isso! Ainda não estou inteiramente convencida de que esses mascus não são uma grande "pegadinha do Malandro". Só pode!

Vale acrescentar que os rapazes como o Rafael Cardoso, o Lord Anderson e o Bruno S contribuem muito aqui nos comentários.

Cynara disse...

Lola,que triste,aqui em Manaus um rapaz matou a ex namorada com um soco.

Ângela disse...

"essas menores de idade já fizeram sexo com metade da população mundial, menos com aquela dúzia de homens honrados que por acaso fundaram sites misóginos."

KKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!! Matou a pau!!!!!! É tudo cabelo na mão!!!!

Raffa C.L. disse...

Considero a aversão a mulheres um despropósito surreal. Idiotice é a palavra.

Sara disse...

Eu duvido Raphael, esse moço do video deve é ser muito amado.
Agora vc meu amigo fica esperto, eu não teria nenhum respeito por um cara machista q pense como vc, e não acredito q eu seja a única.

elen mars disse...

tb ri muito deles, a raiva real é que esse garoto conseguiu conquistar uma mulher e eles nunca conseguiram ( e provavelmente não vão) e só tem um mulher,pagando uma prostituta.

elen mars disse...

ah tb li o pq de eles querem uma mulher virgem,é para n sofrerem comparações!

q dó,mascus são inseguros e de baixa estima,deus os livre de uma namorada oolhar o pênis deles e pensar q o do antigo namorado era maior,q a personalidade era mais marcante ou seja la o q for.

simplesmente rídiculo,em que planeta essa cambada vive?

Gustavo disse...

Vim agradecer a Lola por estar divulgando o fórum.

Já apareceu um pessoal por lá que disse que conheceu o nosso fórum através deste blog. Na dúvida, os post deles estão lá.

Jéssica disse...

nenhum masculinista gostou do vídeo...

quase todos eles reclamam por não conseguirem conquistar as mulheres...

alguém viu alguma relação?

E, nossa, super atriz essa menina. Chorou como se ela realmente estivesse apaixonada pelo rapaz. Mas a gente sabe que no fundo, no fundo ela não gostou, né? Puro teatro!

Palmas

Bruno
"Algumas bobagens que dizíamos aos 15, 16 anos como paródia das dificuldades com o sexo oposto são muito parecidas com as teses do mundo que esses caras acreditam."

É o que penso. Eles levam a sério coisas que as pessoas costumam dizer logo após tomarem um fora.

Eu disse...

ah tb li o pq de eles querem uma mulher virgem,é para n sofrerem comparações!*

Exigência de mulher virgem para casar é reflexo da imersão na cultura judaica da nossa sociedade dita cristã. Legalmente esse pré-requisito para casamento válido já caiu há muito, mas a influência do judaísmo sustentado pela cristandade de pelas Igrejas permanece.

Sara disse...

Matou a pau Elen Mars, sempre achei q era exatamente por isso que esses debeis mentais tem fixação por virgens, é só medo de comparação mesmo.
Pq qqr homem por mais humilde , simples q seja dá de 10X0 nesses tranqueiras desses machistas recalcados.

Tcheis disse...

Lola, sei que não tem relaç~çao com esse post, mas vi uma reportagem com um vídeo agora duma menina novinha, Riley, chateada porque os brinquedos de menina são rosa e de meninos são de outra cor. Depois dá uma olhada. É da revista época. “Algumas meninas gostam de super-heróis, algumas meninas gostam de princesas! Alguns meninos gostam de super-heróis, alguns meninos gostam de princesas! Então por que todas as garotas têm que comprar coisas rosa e todos os meninos têm que comprar coisas de outra cor?”, quer saber Riley.

http://colunas.revistaepoca.globo.com/mulher7por7/2011/12/26/a-revolta-de-riley-com-o-pink/

Gabriel~Moreno. disse...

Lola e sua fixação pelos masculinistas. hahaha

bucetuda disse...

Foda se o bucetismo

A real liberta, morta a farsa e o baixo nível da mulher brasileira, fria e dinheirista.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

"Agora sabemos de onde vem tanta sandice deixada nos comentários do YouTube. "

Ô... Eu as vezes estranhava quando via qualquer vídeo bobinho no youtube ou matérias de sites de notícia sobre relacionamentos e aí apareciam hordas de comentários, todos no mesmo dia, fazendo comentários muito iguais, usando palavras ridículas e comentários do tipo. Relaxei depois que conheci orkut, outras redes sociais e descobri que maluquetes costumam colocar links em suas comunidades incentivando seus iguais a fazerem comentários do tipo. Sei que tem muito machismo no mundo, mas até pra isso a maioria das pessoas ainda tem um certo limite, um certo senso de ridículo. Só acho triste que exatamente quem pareça ser mais infeliz em relações humanas é que se meta tanto a tentar aconselhar, ditar regras.
Abçs Lola. E acho que o humor e a ironia são ótimas armas contra tanta baboseira.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Ah, e sobre o tal "Friends with Benefits", não é o que em alguns lugares do Brasil as pessoas costumam chamar de "pau amigo"? rs... Se for isso, acho que isso já vem lá dos anos 80, 90... Não é tão recente assim. Talvez seja o que antigamente as pessoas chamavam de amizade colorida, sei lá...

Sawl disse...

PARA Lord Anderson

Prezado sr Anderson. Pena que falta em muitos homens o que você e outros(poucos, porque não dizer, raros) tem pelas mulheres... respeito.
O senhor é um exemplo de um homem que compreende a mulher como um ser humano, diferente no sentido físico claro, mas, que tem os mesmos direitos e deveres.
O exemplo da "friendzone" é a maior HIPOCRISIA que existe! Estes macus(machistas) acham que só homem que está neste ciclo sofre, mas, VÁRIAS mulheres são amigas de caras dos quais estão apaixonadas e estes só querem saber de "pegar" a garota popular e gostosona.
Ou seja, os mascuslinistas são HIPÓCRITAS, FALSOS E MENTIROSOS, alegam que dão valor a mulheres de respeito, mulheres bacanas de caráter, mas, quando estão diante de uma assim, eles desprezam e correm atrás da "periguete gostosona e interesseira". Aí a tal "garota popular" não quer nada com eles, ou até fica com algum mas o chuta depois, e o que o babaca faz? Passa a odiar, descriminar e humilhar TODAS as mulheres, porque ele não tem inteligência para separar, então por ser muito ignorante generaliza e começa a pregar o ódio.
Quanto a que a "Cabana de Inverno" colocou, o tal "...oras, toda amizade entre homem e mulher é, na verdade, um homem que não conseguiu comê-la. E por aí vai..." este é o pensamento de um homem(porque não dizer, pseudo-homem) misógino, que ODEIA as mulheres. ELe só põe o horrível termo "comer" porque mulher para ele NÃO é ser humano, é um tipo de carne a ser consumido. Um homem que pensa assim, não é homem, é um sujeito imaturo que não conhece as mulheres de verdade. É um fracassado, um pobre coitado.


PARA bucetuda
DUVIDO que vc seja mulher. Deve ser um masculinistazinho covarde que se esconde através de um nick pejorativamente feminino.
Qual mulher(normal claro) escreveria "A real liberta"? E "Foda se o bucetismo"?(porque para vc é melhor o "penismo"(humm, sei qual é a tua).
"morta a farsa"(o que é isso? Difícil desvendar erro de analfabeto funcional).
QUanto ao "baixo nível da mulher brasileira, fria e dinheirista." você diz isso se baseando na senhora tua mãe, né troll machista e confuso?


PARA Tcheis
Vi o video da menina e fiquei impressionada com a inteligência de uma criança tão pequena.
A Riley é uma mini-heroína. Os pais devem ter muito orgulho dela.
O que fiquei impressionada também(mas, no sentido negativo) foi com o comentário no site da Época de um tal "Artaxerxes dos Santos".
Nossa que homem ignorante, misógino, homofóbico e porque não dizer, um completo babaca!
Ele escreveu "Mais uma Sapatão já se definindo. Estão cada vez mais precoces. Já observaram como esses artistas/as por demais prevaricadores/as (Cher, Warren Beatty, Gretchen, e tantos outros) têm filhos/as doentes? As meninas realmente femininas apreciam a cor rosa com toda naturalidade."

Que absurdo! QUanta ingnorância e misoginia contra uma criança!
Se o rosa definisse heterossexualidade de uma mulher, minha irmã que sempre brincou de Barbie, sempre foi vaidosa e feminina, ADORA rosa e é bailarina NÃO estaria morando com outra mulher! Eu do outro lado, sempre fui moleca, brincava de boneca(Barbie não porque nunca gostei), mas, brincava de jogar bola, soltar pipa, videogames, etc. Adoro azul e trabalho de mecânica. SOu casada(com um homem) e tenho um casal de filhos. Brinquedos e cor NÃO definem a sexualidade de NINGUÉM. São apenas hábitos impostos pela sociedade.
Ainda por cima quis colocar filhos e filhas gays ou transgêneros de famosos como "doentes"! Acho que o doente aqui é ELE.
Mas, enfim, vai tentar colocar isso na cabeça de um IMBECIL ACÉFALO, PRECONCEITUOSO como o tal Artaxerxes dos Santos e tantos outros iguais a ele é tarefa IMPOSSÍVEL!

Sawl disse...

QUanto aos mascus "revoltadinhos" com a demonstração de carinho do rapaz pela menina, eles são dignos de pena.
Um bando de mal amados, recalcados que tem inveja da felicidade alheia.
Este garoto do video mostrou que é MUITO MAIS HOMEM do que TODOS eles juntos!
Bando de fracassados! Tem raiva das mulheres porque estas estudam, trabalham, conseguem postos maiores, se divertem, enfim, que raiva de uma sociedade em que não se pode agredir, estuprar e matar uma mulher impunemente não é mesmo?
QUe raiva de um país onde não se pode casar com uma menina de 10 anos, não se pode chicotear mulheres que se atrvevem a dirigir, não se pode apedrejar mulheres que traem (afinal, trair, para estes babacas é coisa de "homem") ou que querem apenas se separar, não se pode jogar ácido ou cortar a cara de uma mulher que o rejeita sem ser preso.
Enfim, que ravia que o Brasil NÃO é um país árabe onde se pode pisar, humilhar, ofender, cuspir, agredir, estuprar e matar uma mulher porque esta não é vista como um ser humano.
Tenho pena das mulheres que botaram vermes como estes intitulados "mascus" no mundo.
Sei que podem parecer "engraçados", mas, NÃO tem graça, chamar mulheres de vadias, NÃO tem graça pregar o estupro, NÃO tem graça pregar o racismo, NÃO tem graça PREGAR a pedofilia, NÃO tem graça pregar o ódio!

Mais uma vez faço destaque ao problema da Monique Evans.
NÃO precisa ser fã desta mulher(eu mesma NÃO sou fã dela) para se sensibilidar e apoiá-la no caso das ameaças dos sanctos em seu twitter. Teve até um verme de esgoto, um covarde que ameçou abusar da netinha de apenas 2 anos da Monique.
DENUNCIEM estes covardes!
Paz no coração, e harmonia entre sexos, raças, credos, opções, religiões, etc.
Abraço a todos.

Raphael disse...

Fala mal é fácil. Deletar meus comentários mais ainda.
Só quero ver é tu... FAZER MELHOR!
Isso mesmo, faz um post ae sobre como um homem mediano de bem conseguir namoradinha para amar para sempre e casar, faz.
Faz sobre o desenvolvimento pessoal também.


EU A DESAFIO!

Ramon Duarte disse...

Minha experiência mostra que quem usa o termo "homem de bem" nunca é, de fato, um homem de bem. Geralmente é um sociopata disfarçado de neoconservador.

LisAnaHD disse...

LoLa querida, fui a um brechó hoje à tarde e dei com um livro que acho vc o compraria... comprei... procê.

"School Girls", by Peggy Orenstein

blog da autora
http://peggyorenstein.com/blog.html

pruma leitura vapt-vupt
http://en.wikipedia.org/wiki/Peggy_Orenstein

Giovana disse...

Só agora é que vi o vídeo.

Esse vídeo me comoveu não por ser um ato heróico ligado ao feminismo ou que vence as barreiras do machismo, ou qualquer outra coisa do gênero. Mas sim porque quando jovens, nós temos a coragem de assumir nossos sentimentos de uma forma singela, humilde e sincera. Quando adultos, perdemos isso. Adultos, tornamo-nos arrogantes, frios, brigando com o mundo e com todos porque não podemos mais ser o que éramos antes ou porque não podemos ser (ou ter) o que gostaríamos.

Infelizes são os autores dos comentários "masculinistas", porque eles é que queriam estar no lugar do rapaz ou mesmo da menina. Queriam ter a coragem de se despirem de sua máscara e assumir para si mesmo o que eles realmente são.

yulia2 disse...

Minha experiência mostra que quem usa o termo "homem de bem" nunca é, de fato, um homem de bem. Geralmente é um sociopata disfarçado de neoconservador.[2]

Dostoievski disse...

Essa Lola nos ama, só pode. Quanto ao video do mangina: enquanto alguns acham o pau no lixo, outros o deixam lá.

Dostoievski disse...

E, Lola, muito obrigado por divulgar a Real. kkk

Sawl disse...

Para Dostoievski

Olha nosso "camarada" dostô de novo aí gente(kkkkkkkk).
Nossa, vcs mascus são tão fixados em "pau"(rsrsrsrs).
Queridos quem dera vcs tivessem a metade da coragem, respeito e masculinidade que o garoto do video tem.
Um homem mostrar seus reais sentimentos par auma mulher mostra o quanto ele é homem.
Nem todos compartilham de suas idéias loucas de tratar mulher como LIXO(depois reclamam porque estão sozinhos e mal amados!).
Para se declarar para uma garota sabendo de todo machismo e preconceito que iria enfrentar tem que ser é muito macho, isso sim!

cabanadeinverno disse...

"Isso mesmo, faz um post ae sobre como um homem mediano de bem conseguir namoradinha para amar para sempre e casar, faz."

Ok, vamos ver um negócio.

Quando você coloca "um homem mediano de bem", já é possível ver há um KM que esse homem mediano de bem é, no mínimo, conservador. A experiência ajuda a chegar à essa conclusão sem muito esforço.

Depois você coloca, "conseguir namoradinha para amar para sempre e casar"... Ou seja, para arranjar uma mulher que tenha, como pressupostos, a noção da família como última etapa de relacionamento, onde o casamento seria, portanto, um ideal. Sem contar o termo "namoradinha", que já expressa uma carga de delicadeza, ingenuidade e submissão.

Então, creio que a sua pergunta seria mais sincera se fosse assim:

"Isso mesmo, faz um post sobre como um neoconservador conseguir uma capacho submissa para tomar conta de casa, faz."

Dostoievski disse...

"Daní Montper disse...

Eu gosto de rir com eles também!"

Então é recíproco.

Dostoievski disse...

As pessoas se iludem com um paspalho como esse do video, achando que o sujeito é uma maravilha de pessoa, mas o que mais existe são romantiCUS que sequer cumprimentam pai e mãe, não respeitam os mais velhos nem as outras pessoas.

Ralf disse...

Em 1º lugar, não sou "mascu", mas cada vez mias me convenço de que as feministas querem a emasculação do homem, prova disso é esse post, querem incentivar e encorajar que homens se humilhem em prol do ego de vcs mulheres, "ah, é romantismo, o homem deve demonstrar o que sente", concordo que devemos demonstrar o que sentimos sim, mas não precisa passar por um papel ridículo desse em público, ainda mais quando o homem ajoelha diante da mulher mas não foi o caso... qual o problema em pedir uma mulher em namoro num restaurante ou diante dos pais dela quando for pedido de casamento desde que seja num lugar reservado? Sou contra sim fazer esse tipo de coisa na frente de todos e conheço várias mulheres que são contra também, que acham ridículo e ainda por cima se sentem envergonhadas com isso.

Dostoievski disse...

"Ralf disse...

Em 1º lugar, não sou "mascu", mas cada vez mias me convenço de que as feministas querem a emasculação do homem, prova disso é esse post, querem incentivar e encorajar que homens se humilhem em prol do ego de vcs mulheres, "ah, é romantismo, o homem deve demonstrar o que sente", concordo que devemos demonstrar o que sentimos sim, mas não precisa passar por um papel ridículo desse em público, ainda mais quando o homem ajoelha diante da mulher mas não foi o caso... "

Meu amigo, é por que elas querem os privilégios da liberdade atual sem perder as paparicações da época do patriarcado. Daqui a pouco elas vão exigir cerimônia de beija-mão por parte dos homens.

Sara disse...

Dosto e Ralph é difícil de acreditar que um amontoado de hormônios e um simples órgão que nos diferencia nos tornem tão desiguais em sentimentos, me custa crer que homens como vcs dois são feitos da mesma matéria q eu e da maioria das mulheres, como é possível que vc enxerguem algum mal na atitude de amor explicito desse rapazinho, só mentes muito perturbadas e doentias são capazes de encontrar algum sentimento ou emoção reprovável nessa cena.

Ralf disse...

SARA, vc realmente quer um capacho e não um homem de verdade pq disse e repito, esse gesto é ridículo e principalmente humilhante,não precisa dessa cerimonia toda pra pedir uma mulher em namoro, pois isso é FALTA DE AMOR PRÓPRIO, mas ainda bem que ele não se ajoelhou diante de todos... e mais, conheço MULHERES que DETESTAM esse tipo de coisa, elas morrem de vergonha, e aí... elas estão erradas também? E ter amor próprio é ter uma mente perturbadora e doentia? Pq se for assim eu sou com muito orgulho não quero ser tratado.

Ralf disse...

Pelo que sei, romantismo não é fazer um papel ridículo desse em público e principalmente constranger uma mulher como em vários pedidos de casamento que tem no youtube em estádios, shoppings, ruas... prova disso é que em muitos casos o cara recebe um NÃO bem grande na cara e é bem feito.

Sara disse...

Ralf a humilhação o papel de ridiculo só vc e seus parceiros mascus conseguiram enxergar na cena mostrada, a maioria das mulheres creio eu gostariam de estar no lugar da garota, e mais estariam dispostas a fazer o mesmo pelo rapaz que amassem, sem nenhum medo de serem consideradas ridiculas, é verdade que algumas de nós mais timidas ficariamos meio constrangidas em uma situação como essa, mas nenhuma, acredito eu, mesmo as que não correspondessem ao sentimento do rapaz nos sentiriamos ofendidas com a declaração dele.
Até mesmo uma mulher que não queira retribuir o sentimento do rapaz em questão sentiria ternura por ele.
É claro q não estou me referindo a casos de homens que ficam insistindo numa relação onde ja ficou muito claro da parte da mulher que não esta afins.
Até acho que é um direito seu não querer fazer o q ele fez em público, o que me choca é seu preconceito, e sua noção equivocada de humilhação, como condenar um gesto tão singelo de amor???

lola aronovich disse...

Ralf, eu fico surpresa que um vídeo tão doce quanto este te magoe tanto. Sério, por quê? Vamos nos concentrar neste vídeo em si, não em todos os pedidos públicos de casamento ou namoro já filmados na história do mundo. Pode ser? Neste vídeo específico, o que há de humilhante na postura do rapaz? Todo mundo está tão feliz – o rapaz (que é lindo, e depois, pelo que sei, virou um dos colírios da Capricho, talvez inclusive pela sua postura romântica. Muitas meninas gostam disso), a garota (linda também, e genuinamente emocionada), a turma inteira. Não há um só rosto naquela turma que esteja achando ridículo. Tá todo mundo comovido, feliz, torcendo. Por incrível que pareça, as pessoas em geral torcem para que casos de amor deem certo. Felicidade, amor, são sentimentos contagiantes. Mas agora, falando de pedidos públicos de casamento/namoro, eu pessoalmente não gostaria pra mim. Não gosto disso de anel de noivado etc. Mas essa sou eu. Tem muita mulher que não gosta. Tem mulher que gosta. Tem homem que não gosta e homem que gosta, ué. É tão óbvio. Eu defendo que todo mundo possa pedir alguém em namoro/casamento, seja em público ou individualmente. Defendo que meninas/mulheres também tomem a iniciativa. Não poderia ser o mesmo vídeo doce da sala de aulta com a menina pedindo o menino em namoro? Por mim poderia. Vc acharia isso mais ou menos “emasculador”? O que tem de esmasculador em ser carinhoso?

Ralf disse...

SARA, em 1º lugar, já disse que não sou "mascu", não é pq não concordo com algo que uma feminista diz que sou um, isso não tem nada a ver.

SARA E LOLA,vendo esse vídeo, SOMENTE esse vídeo, acho que é excesso de romantismo e creio eu que tudo em excesso faz mal, confesso que já fui bem romântico, não como esse cara e NUNCA fui valorizado, hoje sou sentimentalmente frio mas não revoltado, não confundam isso e sou bem mais valorizado, dou atenção mas não sou grudento, não falo logo de cara que gosto de uma determinada mulher, pq não adianta,vcs podem negar até o último dia da vida de vcs,mas vcs não respeitam homens românticos, pisam quando o cara começa a gostar de vcs, podem perguntar a qualquer homem, tenho certeza de que todos já foram pisados e esculachados e não foram somente uma vez, eu já senti isso na pele várias vezes e todos os meus amigos comentam sobre isso também, todos já passaram por isso de estar tudo bem entre os dois, aí ela percebendo que estava gostando muito dela e ser mal tratado, dá a impressão de que as mulheres atuais não gostam de ser realmente amadas ou gostam só pra contar p/ as amigas se vangloriando que tem um trouxa aos pés.

LOLA, vc disse em um dos seus textos que está a mais de 20 anos casada e assim desatualizada sobre certos assuntos referentes a relacionamento, te digo que as coisas mudaram e muito lá pra cá, foi se o tempo que mulheres realmente davam valor ao romantismo, hoje vejo muitas mulheres sendo mais insensíveis do que muitos homens, está aqui a prova inclusive com vídeo: http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2011/07/pesquisa-diz-que-os-homens-estao-mais-romanticos-que-mulheres.html

Sobre o vídeo, ela preferiu o intercambio do que ele, quando voltou, preferiu a amizade do que reatar o namoro de tanto que ela gostou, aliás, ela gostou sim, de ter o ego inflado pq amor mesmo ela não teve, tudo bem que ela preferiu terminar pra não deixa-lo esperando, mas ela voltou...

Fonte: http://capricho.abril.com.br/comportamento/ele-se-declarou-garota-frente-sala-aula-inteira-415385.shtml

Mas cá sinceramente, pedir a mulher em casamento em público é expor essa mulher ao ridículo, não precisa de nada disso, como disse, peçam em lugares reservado, num restaurante sendo discreto ou se a família for mais conservadora, que vá a casa dela e peça ao seu pai, acho muito mais bonito e romântico do que fazer estardalhaço pois sinto vergonha alheia de ambos e com pena da mulher.

lola aronovich disse...

Ralf, vc diz que não é mascu, mas segue direitinho a cartilha dos caras, né? Enfim. Pra quem não é romântico, como vcs, vcs realmente dão importância demais ao romantismo, não? O que importa se o Federico e Cindy, o casalzinho do vídeo, ficou junto dias, semanas, meses ou anos? Pra vcs, a declaração só teria “dado certo” se eles ficassem juntos pra vida toda? Tem casamento que dura a vida toda e é uma droga. Mas o casal tinha 15, 16 anos na época do vídeo! Vcs realmente querem que eles assumam um noivado? E como assim, a menina “preferiu o intercâmbio a ele”? O certo, segundo vcs, seria que a menina abdicasse de seus estudos e carreira profissional pra ficar com o namoradinho? Isso já aos 16 anos? (porque já cansei de ler em fórum mascu que a maior parte de vcs é contra mulher ir pra faculdade! Trabalhar depois de casar, então, muito menos!). O namoro durou enquanto durou, ué. São assim os relacionamentos. E nem por isso quando terminam a pessoa tem que ficar frustrada, chateada, com raiva de metade da humanidade. Lá no fórum os mascus torciam para que o namoro não desse certo (especificamente, pra que Cindy traísse o rapaz com vários homens) e para que Federico, arrebentado por dentro, fosse pedir exílio num antro misógino, onde ele iria ver que as mulheres se separam entre mais e menos imprestáveis (mas são todas imprestáveis! Não existe mulher exceção, eles vivem repetindo, como um mantra). Eu não conheço uma só pessoa, homem ou mulher, que gostaria que seu parceiro/a fosse “sentimentalmente frio”, como vc se descreve. Mas vc tem certeza que essa é a chave do sucesso. E vc acha que ser um rapaz como o Federico do vídeo é errado e emasculador. Sinceramente, vc realmente quer comparar seu sucesso com as mulheres com o sucesso do Federico? Vc realmente descreveria mascus como caras que fazem sucesso com as mulheres? Porque nem eles se descrevem assim. Muito pelo contrário. Continuem no método Nessahan Alita de ignorar a mulher e de repente olhar fixo pra ela que vcs vão longe.
Ah, e sem chance da menina pedir o cara em namoro, né? Vc ignorou totalmente essa parte! Pra vcs, essa não é uma opção. Inclusive, na reportagem sobre o vídeo, Cindy conta que ela e Federico já ficavam antes do namoro. E que isso tinha partido dela. Imagina o quanto aquilo foi emasculador!

Ralf disse...

LOLA, pra muitas de vcs mulheres não todas, quando o homem se declara, é como se tivesse "perdido a graça", eu já senti isso e vários homens já sentiram também, mais uma vez, pode perguntar a qualquer homem se alguma mulher realmente gosta de homem romântico nos dias atuais, a prova está no link da Globo que mandei e que vc ignorou.

E mais uma vez, não sou mascu, conheço o fórum deles, tem coisas lá sim que concordo com eles sobre desenvolvimento pessoal e adquirir amor próprio pensando na gente primeiro SÓ ISSO, pq sei que quem não tem amor próprio não pode amar outra pessoa mas concordo que eles são radicais demais.

Sara disse...

Ralf e se fosse o contrario e uma mulher que vc admirasse te fizesse uma declaração em público, vc continuaria achando essa atitude humilhante, desprezaria a moça por isso???

Ralf disse...

SARA, eu nunca vi nem soube de uma mulher que fez isso, nem me imagino numa situação dessa mas acho que ficaria envergonhado com isso.

LOLA, desculpe eu esqueci de responder, eu não vejo nada demais a mulher pedir o homem em namoro, sou a favor da mulher ter a iniciativa sim não vejo nada demais nisso, gosto de mulheres decididas, não gosto de mulher "mosca morta" que não dá opinião e nem tem iniciativa de nada, acho sem graça, só não ode ser mandona, acho que ninguém tem que mandar em ninguém, acho que se tiver uma discordância, que resolvam conversando como duas pessoas adultas e civilizadas, detesto mulher imatura e mimada.

Ralf disse...

Uma coisa que eu não deixei de ser é carinhoso mesmo quando só quero sexo com ela, não adianta, isso eu nunca vou mudar e é um problema, tem mulher que já acha que estou apaixonado e se assusta como tem mulher que se apaixona logo...

Carol disse...

Como um cara pode começar a namorar sendo "de bem"?

Hmmm.... eu que "dei em cima" do meu então namorado. Trabalhávamos juntos, estávamos solteiros, tínhamos muito em comum (os dois adoram videogame, por exemplo, por mais que os mascus digam que isso não é possível).

Namoramos 6 anos até aparecer uma boa oportunidade profissional pros dois, na África. País muçulmano. Topamos. Casamos antes de vir (mais pelos pais que pela gente, mas enfim. Sabe quando você não se importa?).

Fizemos tudo "direitinho". Ele conversou com meu pai antes de decidirmos vir (comigo junto, CLARO! Era mais uma comunicação). Casamos no civil, pras avós ficarem tranquilas em relação às nossas almas. E no trabalho, eu estou em posição de chefia. Pois é, não só trabalho depois de casada como sou chefe do meu marido. Num país islâmico. E, quer saber? A maioria das pessoas com quem eu trato aqui não se importa nada sobre o meu sexo, desde que eu trabalhe bem. E as que se importam? Bom, a vantagem de ser chefe é que eu posso ESCOLHER com quais pessoas eu quero lidar ou não.

Não ando coberta, nem na cabeça. Uso vestidos que usaria pra trabalhar no Brasil. Uso camisetas. Uso biquini. E, acreditem ou não, aqui eu tenho muito menos stress com gente olhando que eu tinha no Brasil.

Portanto, mascus queridos, se querem aprender a conseguir uma esposa, as dicas são simples: sejam sinceros. Procurem alguém com interesses em comum, mas não tudo em comum. Cada um tem que ter seu tempo privado, seus interesses próprios. Conversem. Sejam amigos antes de tudo. Comecem a namorar. Vejam se as coisas em comum realmente estão lá, e se as coisas que não são em comum não formam um relacionamento impossível. Tá dando certo? Vão morar juntos antes (eu sempre pretendi fazer isso, mas enfim :P). Casem. Fiquem casados enquanto ambos estiverem felizes. Espero que seja pra sempre. Se não for, se divorciem e volte do primeiro passo.

Carol disse...

Mas se o cara quer fazer a declaração e curtiu ter feito o problema é dele oras! Pra que tanto disparate em cima da vida alheia?

Raphael disse...

Carol

"Sejam amigos antes de tudo."

Ai o sujeito termina na Friendzone, e se não gosta ainda é taxado de machista misógino e sei lá mais o que.


Francamente, só peço pra Lola fazer um guia por desafio, porque lavei minhas mãos já. Depois que uma guria quis me processar porque eu quis ser amigo dela e ela ficou com medo de mim(ninguém deu razão à ela, é claro. Nem a diretora da faculdade que é feminista de carteirinha), eu lavei minhas mãos.

Agora nem amigo de mulher eu sou, e só falo com elas o indispensável. É simplesmente um protesto particular e silencioso contra toda a hipocrisia feminista no mundo dos relacionamentos.

Lord Anderson disse...

Novamente eu pergunto.

Se mascus e simpatizantes são desapegados e frios assim, pq sentem e expressam tanta raiva?

E se mulheres são tão dispensaveis, pq tudo oq eles falam gira em torno delas e na reclamação de estarem solteiros a ponto de EXIGIREM guias para ajuda-los?

Ja tive problemas em relacionamentos, mas nunca fui desprezado ou desrespeitado por ser romantico.

Alias, não sou rico, nem tenho beleza padrão global, e ainda assim namoro, tenho amigas, tive amigas com beneficios, e nunca vivi nenhuma dessas tragedias que mascus relatam como justificativas para seus traumas e odios.

yulia2 disse...

Raphael... a garota quis te processar porque vc quis ser amigo dela? essa história está muito mal contada.

Sara disse...

Ralf desculpe se insisto nesse assunto, mas de verdade queria entender a mente de um homem como vc, pq infelizmente não acho q vc seja o único q pensa assim, muito pelo contrário.
Vc escreveu essa frase “confesso que já fui bem romântico, não como esse cara e NUNCA fui valorizado, hoje sou sentimentalmente frio.”
Já li muito do que esse Nessahan Alita escreveu e sei que ele incentiva vcs a não demonstrarem seus sentimentos diante de uma mulher, pra serem dissimulados quanto as suas intenções com elas, há até muitas regrinhas que ele fez que pelo jeito são seguidas RELIGIOSAMENTE por vcs.
Agora Ralf peloamordequalquerentidadequelhesejacara vc acredita realmente que sufocar seus sentimentos seja algo bom pra vc e pra garota com quem vc esta mantendo uma relação seja La de qual tipo seja.
Se vc disse que era romântico isso deve fazer parte de sua natureza, acha justo destruir isso dentro de vc , só pq algum débil mental (pq me desculpe esse tal de NA é um doido varrido) vale a pena se anular dessa maneira.
Fico pensando se nós mulheres tivemos alguma participação nisso, se realmente escolhemos pra amar homens frios e distantes, para que vcs tivessem essa impressão tão equivocada.
Vcs acusam as mulheres de fazerem jogos emocionais certo? Mas quem fica dissimulando suas emoções com frieza esta fazendo o que Ralf?
Pra finalizar eu acho q se vcs homens acreditarem nesses mantras repetidos a exaustão de que devem cultivar desapego e de não demonstrarem o que sentem de verdade , teremos certamente uma geração de homens com sérios problemas psíquicos, e não haverá manicômios suficientes para todos.

Dostoievski disse...

"Sara disse...

Ralf a humilhação o papel de ridiculo só vc e seus parceiros mascus conseguiram enxergar na cena mostrada, a maioria das mulheres creio eu gostariam de estar no lugar da garota, E MAIS ESTARIAM DISPOSTAS A FAZER O MESMO PELO RAPAZ QUE AMASSEM, SEM NENHUM MEDO DE SEREM CONSIDERADAS RIDÍCULAS, é verdade que algumas de nós mais timidas ficariamos meio constrangidas em uma situação como essa, mas nenhuma, acredito eu, mesmo as que não correspondessem ao sentimento do rapaz nos sentiriamos ofendidas com a declaração dele.
Até mesmo uma mulher que não queira retribuir o sentimento do rapaz em questão sentiria ternura por ele.
É claro q não estou me referindo a casos de homens que ficam insistindo numa relação onde ja ficou muito claro da parte da mulher que não esta afins.
Até acho que é um direito seu não querer fazer o q ele fez em público, o que me choca é seu preconceito, e sua noção equivocada de humilhação, como condenar um gesto tão singelo de amor???"

E depois são vocês que riem da gente. hahahahahahaha
Eu imagino a menina na frente desse afeminado seguindo a cartilha de babação de ovo medieval para mostrar o amor que sente por ele e recitando Dante e Petrarca. O pessoal daqui não sai de casa sem o antolho.

Dostoievski disse...

Lola, o moleque virou Colírio Capricho? Acho que isso automaticamente anula a declaração. kkkkkkk

Dostoievski disse...

Eu queria ver se o moleque fosse feio/não destacado e fizesse a mesma coisa pra menina. Duvido que ela e as outras pessoas achariam romântico e um ato admirável. No mínimo seria zoado pelo resto do ano até pelos professores. kkk

Dostoievski disse...

Raphael disse...

"Carol

Francamente, só peço pra Lola fazer um guia por desafio, porque lavei minhas mãos já. Depois que uma guria quis me processar porque eu quis ser amigo dela e ela ficou com medo de mim(ninguém deu razão à ela, é claro. Nem a diretora da faculdade que é feminista de carteirinha), eu lavei minhas mãos."

Caralho, essa da menina que tentou te processar é de cair o cu da bunda. kkk

Dostoievski disse...

"femiliada disse...

Esses moleques precisavam de pais como os meus. Meu irmão é um cara muito feminista (do tipo que censura o machismo de mulheres que assumem comportamentos submissos em relação a ele), inteligente, circula em um meio mega machista (ele é estudante de ciencias da computação, só tem homem no campus dele)sem se contaminar e namora a 2 anos. Como ele ficou assim? Toda vez que falava uma bobagem, meu pai mandava ele se informar. Eu VISUALIZO meu pai, com aquele jeito de mineiro turrão, falando com um cara desses:

"QUÊ guerreiro da real meu filho? Tá maluco, que merda é essa? Vai ler, ler, pra não falar bobagem. Fica nessa merda de internet emburrecendo o dia inteiro!"

Já minha mãe, quando meu irmão tentava dizer que era mais capaz de fazer qlqr coisa, por ser homem, mandava na lata

"Por que, vai abrir esse vidro (ou qlqr outra coisa q fosse o assunto do momento) com o pênis, por acaso? Então qual é a diferença?"

Sério, em minha casa machismo sempre foi tratado como algo risível. Aí qdo leio esses malucos penso que eles só podem estar brincando. Ainda vai ter um post nesses fóruns revelando que na verdade é a maior brinks de toda a história da internet, com uma trollface de 2000 pixels. Pq não é possível..."

Seu pai falando pra gente ler, com esse jeitão de provinciano ignorante que você mesma descreveu seria hilário; quanto à sua mãe, eu faço uma pergunta: A quem ela pedia ajuda quando não conseguia abrir um vidro de conservas?

Branca disse...

Ué, Dostoievski, eu abro todos os meus vidros de conserva, por que ela não abriria? Todo mundo sabe que não é força, é jeito.

...ah, você não sabia? Desculpa...

Luiza Duarte Leão disse...

As previsões "mascus" falharam completamente, Lola. O Federico é hoje um ídolo adolescente, colunista da Capricho, foi citado pela Forbes como dono de uma das contas mais influentes do Twitter (R$2 mil por tweet publitário) e, certamente, jamais entrará naquela comunidade de recalcados.

Ralf disse...

SARA, não foi Nessahan e nem fórum "homens honrados" que me fez ser menor romântico, mas sim de experiencia própria, eu cansei de ser romântico como muitos homens também se cansaram, não vale a pena, vcs mesmas mataram o romantismo que existia em muitos homens, mulheres já me chamaram de brega por dar flores, aliás, mulheres já torceram o nariz quando eu as presenteei com um buquê.

Cavalheirismo é também outra bobagem, acho que se vcs querem direitos iguais, não podem aceitar cavalheirismo que é diferente de educação e gentileza, não abro mais a porta do carro e dificilmente deixo a mulher passar na minha frente e principalmente não levanto pra uma mulher jovem sentar, pq aí já é o cúmulo, salvo exceções dela ser idosa, gestante ou estar com uma perna machucada, pq aí mesmo sendo homem eu cedo meu lugar, mas mulher jovem saudável não dou o lugar mesmo seja onde eu estiver, aliás, se vc for analisar o cavalheirismo, é uma das ou a maior demonstração de machismo que existe pq trata as mulheres como seres frágeis e completas inúteis, isso foram mulheres que me alertaram, se elas são feministas, não sei.

Uma coisa que não adianta, não deixo de fazer é quando estou andando na rua com alguma mulher, não imposta se é minha mãe, amiga, ficante, namorada... é andar na calçada do lado de fora e fazer esta mulher andar do lado de dentro, vc acredita que mulheres já me disseram que devido a isso tenho TOC(transtorno obsessivo compulsivo)? Fora as que deram risada da minha cara dizendo que é uma grande bobagem, sim... MULHERES, nem foram homens que me falaram isso nem riram de mim.

Portanto, vcs mesmas estão matando tudo isso, todo esse encanto que tinha antigamente pois já que vcs querem modernidade, aguentem as consequencias.

Fenero Frontera disse...

Quase que tive vergonha de ser homem vendo esse bundas moles que se organizam para "não sofrer mais" por causa de mulher. Que viadagem do caralho, homem tem que agir como homem, e esse clubinho é ridículo... parece uma associação de fracassados.

Não concordo com o rumo que o feminismo tomou nas ultimas décadas, mas a sociedade ainda é patriarcal, e muitas vezes injusta.

Acho que ambos os movimentos estão errados. Somos humanos, pessoas, somos (ou deveríamos ser) maiores que a cor da pele, a orientação sexual, o sexo ou a religião. Não entendo como as pessoas tem tanta dificuldade de conviver.

Alana disse...

Lola, você viu que te deram "oi" lá no man boobz? Que graça! hehehehe :)

Panthro disse...

Ai, ai, esses masculinistas são tão bons que se não existissem teriam que inventar! Como é que pode alguém se orgulhar tanto de ser mal comido desse jeito, gente? Recalque define.

Sempre que eu vejo eles falando de se proteger e etc eu fico pensando nas Chiquititas cantando "Meu coração tem um buraquinho". Como diria meu pai: Vire homem!

Fenero Frontera disse...

@Panthro

É o mesmo caso deles ameaçarem uma professora, se são macho pra caralho, vão ameaçar lutador de jiu jitsu, policial do Bope, estivador do porto de Santos.

Pra mim, isso é viadagem inrrustida.

Beatriz disse...

Dostoeivski querido, meu pai tem duas faculdades, uma pós graduação (todas em 2 das 10 melhores universidades do país) e artigos em publicações da sua área. Provinciano é vc q acha que "mineiro turrão"= caipira. Ah, ele tb tem uma coleção de literatura russa BÁRBARA em casa, ele ama. Marca um dia pra ele te explicar o que vc leu e não entendeu. Beijos não me liga.

Dostoievski disse...

"Beatriz disse...

Dostoeivski querido, meu pai tem duas faculdades, uma pós graduação (todas em 2 das 10 melhores universidades do país) e artigos em publicações da sua área. Provinciano é vc q acha que "mineiro turrão"= caipira. Ah, ele tb tem uma coleção de literatura russa BÁRBARA em casa, ele ama. Marca um dia pra ele te explicar o que vc leu e não entendeu. Beijos não me liga."

Ah, papai é intelectualzinho de esquerda? Então acho que você não deveria ter ficado irritada por eu ter chamado ele de provinciano ignorante. Eu que fui muito bonzinho, até superestimei o sujeito. kkkk

Beatriz disse...

HAHAHAHAHAHA. Não, ele não é de esquerda, pelo contrário, até discutimos as vezes por causa disso. É realmente difícil pra gentinha limitada como vc processar ideias fora do estereótipo né? Se sair da cartilha Tico e Teco não funciona? Tem que consultar na listinha de tipinhos pé formatados que vc leva no bolso pra conseguir socializar?
Olha, o mundo é bem mais que isso. Não subestime sua própria inteligência com tanta ideia limitadora. É uma perda do seu tempo e um desperdício do oxigênio do mundo.

LisAnaHD disse...

"Dear Heart"
Sanctus Real
http://www.youtube.com/watch?v=odCh1tEOPm4&feature=related

cabanadeinverno disse...

Só teve uma coisa que eu fiquei cabreiro... Apesar do post ser, claramente, anti-masculinismo (oba!), o pessoal ainda assimila a ação do moleque do vídeo sem nenhum senso-crítico.

Dá pra ver um monte de atos clássicos machistas no vídeo, como a própria aliança, a declaração em si, a maneira como a aliança é colocada, toda a reação - esperada - da tchurminha etc e etc.

Anônimo disse...

Ralf

Nooossa,todas as mulheres com as quais vc se relacionou te maltrataram pq vc foi romântico;e todas as mulheres de outros homens também.Ohh,coitadiiinho!Se vc odeia mulheres,naõ fica enrolando,sai do armário logo.Ou melhor,se joga na frente de um caminhão:seus problemas acabam e os nossos também,beleza?Naõ precisa participar do site mascu para ser um deles.

May Pacheco disse...

hahahahah foi engraçado. Triste é saber que mesmo o romantismo foi matado por nós, segundo Ralf. hahahahahaha

Joel Baris (Nerd Avenger) disse...

Lola, acho bacana você fazer críticas ao movimento masculinista. Ridicularizá-los, como você mesma disse. Esses fascistas não podem ganhar espaço. Justamente por essa razão, sugiro que preste atenção à linguagem que vai utilizar, pois tudo pode vir a transformar-se no seu contrário. Isto é, na medida em que a sua linguagem, em determinadas passagens, reforça certos preconceitos existentes num senso comum cada vez mais influenciado pela americanização de nossa cultura (termos como "losers", por exemplo), você acaba reforçando o que eles defendem, acaba alimentando ainda mais todas as "teses" deles. Muitos desses "mascus" têm a mente frágil, cresceram num ambiente de forte castração social, independentemente das oportunidades ou do acesso que tivera (ou puderam ter) aos mais diversos bens culturais e de consumo. Digo tudo isso porque eu estaria enquadrado socialmente como um "loser" e mesmo assim não sou nem de longe um "masculinista". Considero-me de esquerda e luto por uma sociedade em que não nos sintamos enquadrados em quaisquer rótulos, seja os de "vencedores", seja os de "perdedores".

É só.

Grande abraço,
Joel Barish

Anônimo disse...

Muitas pessoas que acham tudo isso romântico seriam preconeituosas se fosse uma mulher se declarando em público para um homem e pedindo em namoro. Não aqui neste blog, mas em outros locais muita gente acha humilhante e vulgar uma mulher tomar iniciativa com um homem. Nunca tem vídeos vídeos públicos de mulheres se declarando para homens e as pessoas elogiando também. Aliás isso poderia até ser um tema no blog, sobre os preconceitose críticas que uma mulher pode sofrer, inclusive de outras mulheres, (as versões femininas dos mascus, sim isso existe) criticando porque para elas só homens é que devem se declarar e tomar iniciativas. Ou até mesmo um homem se dclarar mesmo no tendo os padrões de beleza do 'gatinho colírio da capricho do vídeo' e a reação das pessoas se caso fosse assim também.