segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

MASCU JURA QUE MULHER SÓ GOSTA DE CAFA

Último post relacionado a mascus por algum tempo, prometo. Mas o assunto ainda está quente. Tem muita gente vindo do Facebook por causa do post sobre os Sanctos. Hoje o Raphael, um mascu, deixou este comentário (um tiquinho editado, pra não ficar longo demais):

“Saudações, Lola. Me esforço para escrever isso, espero algum feedback nem que seja um vai pro inferno. Sou masculinista. Não um desses fundamentalistas religiosos que acham que deixar cabelo crescer é travestismo e ter chefa é manginismo. Apenas sou contra uma coisa: O sistema 'sexual' que predomina. Sendo justo: Não sou contra as mulheres só gostarem de cafajestes. Infelizmente, em toda minha vida sempre testemunhei isso, não só de meus olhos, mas de todos os meus amigos honrados. Tive colegas cafajestes, estes que me mais confirmavam que mulher gostava era de cafajeste.
Existem porém problemas mais profundos: O fato das mulheres dizerem preferir homens bons e românticos. Veja bem, o problema não é elas preferirem cafajestes, o problema é elas mentirem em massa em todos os meios de comunicação particular e até midiática! Muitos homens passam a vida sonhando em serem amados, sendo românticos, atenciosos, carinhosos, para no final serem apenas 'amigos'. Enquanto os piores cafajestes, antíteses de tudo que é dito agradável, são praticamente venerados. Isso causa o adoecimento de muitos homens. Problemas psicológicos que se tornam psiquiátricos que por fim geram doenças psicossomáticas. Se a Real cresce, não é por causa da 'queda dos valores cristãos', todo esse papo de religiosismo conservador serve unicamente para causar glamour no movimento. A Real existe justamente pela extensiva mentira de mulheres gostarem de homens de boa índole, quando elas preferem criminosos. Esse sistema extensivo e perpétuo de mentiras, é o que chamamos carinhosamente de 'A Matrix', em alusão à matrix do filme homónimo, um mundo de ilusão.
Enquanto a Matrix existir, a Real perpetuar-se-a e jamais será extinta, de Sanctos à Ordem dos Guerreiros da Real, passando por comunidades aleatórias no orkut e anedotas do facebook... Existiremos somente por um único motivo: Os homens não são burros. Podem sim, estar enfraquecidos em depressão extensiva e precoce que os priva do desenvolvimento, mas temos inteligencia para distinguir argumentos de fatos. Infelizmente, me considero um guerreiro "falho", da real. Minha matrix de tão profunda é, que já fui inumeras vezes banido das ordens acusado de ser mangina. Ainda assim, sou perpetuamente torturado na Matrix. Recentemente, em meu tratamento psiquiátrico e fim de semestre e dados nervosos, percebi que sobredoses de metilfenidato com imipramina e ALTÍSSIMAS doses de cafeína conseguem anular a dor causada pela matrix. É uma grande alegria, apesar de que sei que isso debilita minha saúde.
Por fim, compreendo os Sanctos. Euforia hipomaníaca induzida e ódio são os últimos recursos para se manter forte. E se for morrer, prefiro morrer como um SANCTO. Morrer num último momento de força e coragem sobrehumana, do que como mais um suicida aleatório que após tentativas falhas de suicídio, tem a sorte de não ficar aleijado e ser encontrado trancado apodrecendo num quarto, em forte decomposição. Fico grato por ao menos ter podido desabafar.”

Bom, Raphael, boa parte do seu relato me faz ter pena de vc. Mas o final, quando vc diz que compreende esses criminosos chamados sanctos, só causa minha repulsa. Desde quando anônimos covardes podem ser vistos como tendo “coragem sobrehumana”?
Fico feliz, pelo menos, que vc esteja em tratamento psiquiátrico.
Mas vou tentar me centrar na parte inicial do seu comentário, em que vc chama a mim e a todas as mulheres de mentirosas. Mentirosas por quê? Porque dizemos que gostamos de homens bons e românticos, quando no fundo somos é apaixonadas por cafajestes e criminosos (pra quem não sabe, mascus adoram citar o caso do Maníaco do Parque, que recebe cartas de amor de algumas mulheres. Pra eles, isso prova que todas as mulheres só querem transar com serial killers e demais criminosos). A “acusação” de que gostamos de criminosos é tão ridícula que vou deixar pra lá. Só porque há algumas desequilibradas que querem salvar serial killers (sim, porque só não vê o propósito delas quem não quer: elas desejam fazer papel de mães pra esses criminosos, “salvando-os”) não quer dizer nada. Mas o tópico de relacionamentos com presidiários é longo demais, merece um post só pra isso. Agora, sobre gostar de cafajestes. Esquisito, porque assim como vc diz que todos seus amigos comprovam que mulher só gosta de cafas, eu digo o oposto: não tenho uma só amiga que goste de cafajestes. Mas antes temos de definir o que é ser cafajeste. É tratar mulher como lixo? Puxa, que incrível que as mulheres digam que não gostam de ser tratadas como lixo! Quem poderia imaginar?! Ser cafajeste é trair e ter montes de amantes? É, pode apostar que as mulheres não gostam. Ou ser cafajeste é ter uma boa autoestima, ter um bom papo, ser simpático e divertido? Aí eu arrisco dizer que são qualidades que as mulheres, de maneira geral, gostam. Não que mulheres (ou homens) sejam um bloco só que gostam das mesmas coisas. Há mulheres que adoram nerds e tímidos, por exemplo. E outras que prefiram caras mais extrovertidos. Mas nenhuma mulher quer ser traída, espancada, ou sei lá mais o quê que os cafas fazem.
Acontece que as pessoas se envolvem com um monte de tipos, muitas vezes sem saber. Antes de eu me tornar monogâmica, eu experimentei bastante. Eu não queria namorar. Só queria sexo. E exigia ter a mesma liberdade sexual que vcs homens têm, ou seja, a de transar com quem eu quisesse (e que me quisesse também, óbvio), sem ser condenada por isso, porque eu sabia que não estava cometendo crime algum. Nas palavras de vcs, eu era uma grande vadia. Nas minhas, eu era livre. Não tinha compromisso com ninguém, sabia o que queria (sexo -– aquilo que vcs insistem que as mulheres não gostam, ou que gostam menos que os homens), e pronto. No meio dessa trajetória, eu parti corações? Sim, parti: o de rapazes que queriam ter algo mais sério comigo. Eu me envolvi com alguns cafajestes? Sim, me envolvi. Mas não foi conscientemente não. Foi porque eu não sabia que o cara era assim.
Aí, lá pelos 22, 23 anos, eu comecei a sentir vontade de um relacionamento mais intenso, um namoro. E passei a ficar mais tempo com os caras. Escolhi meu atual maridão (21 anos juntos, and counting) que, lógico, me escolheu também. Ele é o mais distante de um cafajeste que vc pode imaginar. É bem menos sociável que eu, mas é divertido, tem boa cabeça (não é nem nunca foi preconceituoso), é um ótimo amante, enfim, é o protótipo de uma boa pessoa, aquela que não se desentende com ninguém. Ele não é perfeito, ninguém é. Eu gostaria que ele fosse muuuito mais romântico e carinhoso (tá lendo, minha paixão?). Mas bonzinho ele é. Ele nunca faria qualquer tipo de maldade comigo, não intencionalmente, e nem eu a ele. E, se algum dia nos separarmos (pode acontecer com qualquer um; 50% dos casamentos terminam em divórcio), vamos continuar sendo amigos.
Agora, desilusão amorosa acontece com todo mundo. Com mulheres e homens. Homos e héteros. Negros e brancos. Inclusive com mulheres lindas. Não ser correspondid@? Ser trocad@ por outr@? Pô, direto. E nem por isso saímos por aí despejando ódio contra metade da humanidade. Um relacionamento não deu certo? Tentamos de novo. Ou damos um tempo, sanamos as feridas, e tentamos de novo. E há vezes que temos que ajustar nossas expectativas. Em geral, nós mulheres somos muito mais tolerantes nos nossos gostos que os homens. Ih, não tem nem comparação. Se o sujeito tem uma personalidade legal, não ligamos se é baixo, careca, gordo, magro, pobre. Mas vcs mascus acreditam no que vcs querem acreditar. E, pra isso, inventam que mulher só gosta de rico. De cafa. De alpha. Enfim, de tudo que vcs não são. É risível a falta de senso de realidade que vcs têm. Vcs enfiaram numa matrix -– uma matrix que só serve pra justificar pra vcs mesmos o fracasso de seus relacionamentos amorosos. Nessa matrix que é o masculinismo, são as mulheres (todas as 3 bilhões de nós!) que não prestamos, não vcs que talvez estejam correndo atrás da menina errada, ou que estejam usando estratégias totalmente equivocadas de conquista (como manda seu guru: ser dissimulado e misterioso, não olhar pra garota e de repente fitá-la, gargalhar de jeito estranho, ser sério sempre... Jura? No wonder que vcs não pegam ninguém!). Vcs estão numa matriz que separa mulheres boas (que nem existem, segundo vcs) de mulheres ruins, interesseiras, vadias (resumindo: que não são mais virgens), como se o passado sexual de uma pessoa tivesse a menor importância. Vagina não gasta. Pênis tampouco.
E outra, filho: a Real não cresce não. O masculinismo não tem futuro nenhum enquanto vcs não tiverem a coragem de dar as caras, assinar o nome, e abandonar esses ideais e esse tipo de vocabulário bundão, que só vcs mascus usam (matrix, matrixiano, rodada, arrombada, civis, mangina, anal giratório, etc etc). As poucas pessoas que já ouviram falar de masculinismo associam o “movimento” com um bando de caras frustrados com sérios problemas sexuais e amorosos. É a imagem que vcs passam de si mesmos. A única que têm.
Já me prolonguei demais, e vou aproveitar dois excelentes comentários que foram deixados na última caixa, o da “Eu” e o da Vera.

Eu”: “Raphael, tenho muita pena de vcs, não porque o que você relatou seja verdade, mas porque vocês PENSAM assim, e fazem isso prá se auto-machucarem. Como vc deve saber, há rapazes e homens que agradam a muitas mulheres, seja pelo visual, seja pelo modo de se expressar, seja porque eles avançam. E há também as moças e mulheres que agradam a muitos homens, porque são muito bonitas, muito articuladas, nem sempre atiradas, mas conscientes de sua beleza e poder de atração. Daí, o que acontece? Os cafas conseguem atrair e ganhar as 'alphas', as esculturais, as 'sandys' desavisadas, que por acaso são as que os não-cafas também querem, mas não estão no radar delas. AS OUTRAS, MEU QUERIDO, as medianas, as com espinha no rosto, as gordinhas, as feinhas, as que fazem tudo prá chamar a atenção de algum rapaz, mas não têm bumbum da mulher melancia, não têm os peitos da Kim Kardashian, não têm os cabelos da Gisele Bundchen nem o rosto da Adriana Lima, nem a boca da Angelina J, ficam jogadas às traças ou são vítimas dos cafas, enquanto vocês, amargurados, ficam esperando as 'sandy' da vida lhes darem bola.
Meu filho, que não é cafa, estava indo pro mesmo caminho, viu que as 'sandy' o esnobavam e tratou de esnobá-las tb. Ficou de papo por mais de um ano com uma moça, normal, com tudo no lugar mas nenhuma miss universo ou top model, e viu que estava mesmo gostando dela. Hoje estão 'embolados' e felizes. Olha, ele não podia ter escolhido melhor.
Então, meu chapa, caia na Real, real mesmo, não esse devaneio em que vcs se meteram, e acorda prá vida, olhe em volta...só se enxerga o que está na nossa mente, mas pode ler os sinais. Eles estão aí piscando incessantemente”.

Vera: “Raphael, você expôs em seu comentário um belo exemplo do quanto o machismo é péssimo também para os homens. Os machistas acreditam que todas as mulheres querem namorar, casar, ter filhos, encontrar o príncipe encantado, não tem tanto desejo por sexo quanto eles, etc. E o homem, por sua vez, tem que ser o garanhão, o pegador, viril e tudo mais. Olha, existem mulheres românticas, como existem mulheres que gostam de fazer sexo apenas por prazer. Assim, como também existem homens românticos, que sonham em casar, como alguns que preferem um relacionamento mais liberal. No entanto, a visão machista e reacionária não permite com que a pessoa veja essa diversidade. Também não permite que as mulheres e nem mesmo os homens sejam livres pra viver, pois cada um deve interpretar seu 'papel'.
Eu até entendo sua frustração: Tem uma pessoa na minha família que educou o filho pra ele ser o garanhão, o pegador, viril e tudo mais. Só que a primeira garota que ele se apaixonou, não queria nada sério com ele. Ele sofreu muito, pois afinal era pra ele ter sido o garanhão. Mas quem o iludiu? A garota que não queria nada sério com ele (apenas sexo), ou toda a educação machista que o fez acreditar que ele, como homem, não poderia sofrer uma decepção amorosa, como faz parte da vida de todo ser humano?
O machismo é ruim não só pra mulher, mas também é extremamente cruel para os próprios homens, pois cria uma realidade que já não existe. Aquela visão de antigamente, de que mulher tem menos vontade de fazer sexo do que o homem, de que todas as mulheres sonham em namorar sério, casar, ter filhos, e toda aquela visão machista de que o homem tem que ser o pegador, não pode ser romântico, demonstrar os sentimentos, chorar, é que a verdadeira MATRIX. É dessa matrix que os homens precisam sair, porque senão eles vão se frustrar, e se sentirem diminuídos por isso, assim como ocorreu com você.”

P.S.: Putz, eu acabei falando exatamente a mesma coisa que a Vera. Mas essa história de que mulher gosta de cafa é um mito que vale a pena combater, e que vai muito além das limitadas fronteiras mascus.

396 comentários:

1 – 200 de 396   Recentes›   Mais recentes»
Letícia Alves disse...

Perfeito.
Outro dia um cara me disse assim: mas você não tem cara que só quer "dar".
Eu mereço.

Marcos Godoi disse...

O Raphael confunde causa e efeito. Não é o comportamento das mulheres que causa a doença dele, é a doença dele que o faz agir de uma forma que afasta as mulheres. Quando compreender isto, quem sabe as coisas mudem.

@TonyTemaki disse...

Bom, falando da parte de que mulher só gosta de cafajeste. Eu tenho muitas amigas, mais amigas do que amigos pra dizer a verdade, sou professor também, e nenhuma de minhas amigas ou alunas gostam de cafajestes. Conversamos, falamos de poesia e literatura assim como de homens que não são perfeitos, mas que RESPEITAM as mulheres.
O problema é que muitos homens, não querem (ou sentem preguiça) fazer um esforço para agradar sua namorada, amiga, familiar, chefe, colega de trabalho, enfim. O mascu quer tudo fácil como uma criança mimada, quando não tem o que quer chora esperneia e acha que o mundo está contra ele.Toda essa reclamação deles não passa de frustração por não ter o mundo como eles querem.

Talita R da Silva disse...

Lola,

muito bom saber pelo outro post que vc, finalmente, fará um boletim contra esses imbecis e problemáticos, que acham característica de macho ameaçar mulheres. Parabéns!

Esse Raphael só mostra mesmo o que esses sujeitos são, isto é, um bando de problemáticos, que acham que o mundo está contra eles. Será que é tão difícil entenderem que, se 'não pegam' ninguém, é porque eles são chatos, preconceituosos, machistas e sem o menor senso de realidade? Ah, que se situem! E, em seguida, que se danem, porque ninguém é obrigad@ a aguentar loucura alheia, exceto o psiquiatra, que recebe para isso.
É matar ou morrer? Ué, então, que organizem um suicídio coletivo. Simples e ético.

Augusto disse...

Eu acho que toda generalização é falha. Tem mulheres que gostam de cafajestes (vide o blog manualdocafajeste e mulheres que aplaudem e deliram com o machismo dele, mulheres do meu ponto de vista, imaturas), como tem mulheres que gostam de ricos, como tem mulheres que não ligam para dinheiro e sim para o caracter, tem mulheres que preferem homens inteligentes, tem mulheres que preferem homens gostosos só pra transar e tem mulheres que preferem outras mulheres.

Aí chega um mascu e faz uma generalização besta e infundada. A maioria da populaçao tem essa séria mania de achar que tudo que aconteceu com você é o que acontece com o resto do mundo.

Cristões fanáticos tendem a generalizar que os ateus são pessoas ruins (uma amiga evangelica passou a me ignorar quando descobriu meu ateismo), Mascus generalizam dizendo que todas as mulheres não prestam (como sabemos que existem homens e mulheres que não prestam, gênero não define isso), Homofóbicos generalizam dizendo que gays são pedófilos (quando sabemos que existem gays e héteros pedófilos).

Todos os preconceitos e discriminações vieram de generalizações e conhecimentos improcedentes.

Isso tem que terminar

Laísa Viegas disse...

É irônico ler "Isso causa o adoecimento de muitos homens. Problemas psicológicos que se tornam psiquiátricos que por fim geram doenças psicossomáticas.". Quer dizer, o que tanto nós pregamos, de se amar primeiro, pra depois amar o outro, eles não tem o mínimo de conhecimento, né? Parece que o objetivo da existência desses homens é adquirir qualquer mulher, e pronto. Não tratam pessoas como elementos individuais, com ambições e personalidades diferentes, reações contraditórias, afinal, somos todos humanos.
Eu pensei que esse discurso generalizado pertencia à mulher. "Homem é tudo igual". E já acho isso ridículo, apesar de entender que muitas pessoas não são esclarecidas o suficiente pra conceber toda a estrutura patriarcal do sistema em que vivemos, onde pouca gente se questiona e acaba apenas agindo como o ambiente o condiciona. Ou seja, não fazem nem por mal.
Esse mimimi de que as mulheres mentem e só gostam dos cafajestes só serve pra construir um muro pra evitar o contato desses homens com seus problemas de rejeição. Sinceramente...

Leila Silva disse...

Eu tampouco gosto de cafajeste e nenhuma de minhas amigas. Se algum passou pela minha vida não durou dois dias e já foi apagado da minha memória.
Mas é incrível mesmo como tem gente equivocada nesse mundo. Moço, use sua energia para alguém mais legal, mais construtivo, as mulheres e os homens agradecem.

Liana disse...

Ali no dia-a-dia, no mundo real, essas pessoas do tipo "masculinistas" são caricatas, ressentidas, passam uma imagem negativa ou bitolada de si. Não dá vontade de ficar perto de gente assim, cansa.

Esse papo (e atitude) de "matrix" é um tremendo espanta-mulher, é coisa muito imatura. Quem quer alguém com este tipo de atitude ao lado, namorando, fazendo sexo, apresentando para a família e amigos?

Enquanto pensarem e agirem assim, nem para relacionamento casual servem, francamente.

Pode ser que buscar um auxílio mais específico, como um sexólogo seja interessante para eles. Seja lá o que for que estejam fazendo, obviamente não está funcionando.

LisAnaHD disse...

Sim, existem mulheres que gostam de cafajestes. Sim, existem homens que gostam de cafajesTAS. Existe gosto pra tudo. Porem, a maioria dos homens e das mulhertes gostam de seres humanos dignos, honrados, responsveis. Eu sempre fui uma delas. Homem safado e metido a espertinho munda se saiu bem comigo. E o que se aplica a mim se aplica por/para mulheres que passam por aqui e por/para mulheres que nao passam por aqui. Se aplica aa autora do blog.

Augusto disse...

Lola, preciso de sua opinião. Meu nome é Augusto, tenho 17 anos, sou gay não-assumido. Desde o meio desse ano eu mudei muito, me afirmei como ateu, aceitei minha homossexualidade, passei a ler blogs feministas (e amo muito o seu). Mas tem um problema, eu não tenho coragem de me assumir assim. No meu colégio me sinto muito avançado para a minha idade. Todos que me rodeiam, homens e mulheres, permeiam opiniões machistas, homofóbicas. Isso que eu estudo em um colégio aberto (antes estudei em um colégio totalmente rígido). Eu sempre tive amigos, as pessoas sempre gostavam de ficar perto de mim, sou um cara agradável. Mas com a mudança na minha vida passei a não gostar das pessoas. Quando qualquer um fazia uma piada machista, como não sou nem assumidamente ateu, nem gay, nem feminista, não retrucava, guardava a minha raiva e ignorava. Depois de um tempo vi que afastei todos de mim. Todos eram machistas e homofóbicos, até mesmo as meninas. Eles e elas não tinham opiniões próprias. Seguiam caras como Rafinha Bastos. Os debates na sala de aula era unânime, todos defendiam os policiais na USP até meus professores. Isso me assustava. E não era pouco.

Quando passei a ignorá-los, eles começaram a falar de mim, mas eu logo cessava porque não deixava por menos. Eu passei a descontar minha raiva em coisas bestas. Como não tinha coragem de defender meus argumentos com medo de ser julgado, passei a defender coisas torpes, como uma nota em uma prova ou uma decisão errada de um professor. Eu era irônico e sarcástico.

Até que um dia um professor me tirou de sala. Disse um montão de coisas na minha cara, que eu ficava zoando ele. Depois disso, eu rodei o colégio inteiro, defendendo o que eu acreditava - ele agiu errado em me tirar de sala. Uma coisa boba eu fiz virar um alvoroço. Acabei discutindo novamente com ele.

Eu continuei levando minha vida assim. Inventava motivos pra brigar. Todos passaram a dizer que eu era rude, briguento, que eu queria tudo do meu jeito. Eles diziam: "Você é muito inteligente, porque você faz isso?" E pessoas preconceituosas falavam isso. Eu tinha vontade de falar: "Se eu sou inteligente como você diz, você deveria saber que estou fazendo a coisa certa". Internamente eu queria que eles vissem que eles todos estavam errados. Mas eles não viram isso até hoje.

Sabe, Lola, me machuca. Me machuca porque eu sou respeitado, e sou amado, mas é tudo uma farsa. Eu odeio todos (há poucos que se salvam) e não posso dizer isso a eles. Minha família é homofóbica, retrógrada. Eu tenho medo de perder essa estabilidade financeira. Eu já pensei em me matar. Eu não quero que esses sentimentos voltam. Eu odeio ver que meu problema não tem solução. Eu odeio as pessoas serem tão burras, pelo menos as que me rodeiam são. E pra mim tudo é tão simples de entender, mas eles se fecham com conceitos religiosos e conservadores. E com aquelas verdades, que só são verdades pra eles.

Eu acabei falando demais, mas eu queria saber o que eu faço. É cruel demais mentir quem eu sou para ter essa estabilidade (esta que me mantem vivo)? Se eu realmente fosse excluir todos eles da minha vida acabaria sem ninguém, mas suas opiniões são repugnantes. Eu acabaria excluindo todos do meu facebook (sempre postam fotos machistas ou comentários homofóbicos que tento deixar de lado).

Eu amo o que me tornei. Mas deve ser da idade. Espero...

Augusto disse...

Tem muito mais além do que eu escrevi acima. Porque também já me apaixonei por um cara machista e foi um desastre.

Eu disse...

Augusto, sabe que vc tem razão? Os homens generalizam dessa forma porque eles mesmos desejam uma mulher segundo um aspecto só, qual seja, o sexual. É o 'padrão Juliana Paes', como colocou muito bem a Drica. Não vejo um crybaby desses exigindo que a menina seja formada, ou que fale inglês, ou que seja rica, ou que entenda de pintura, de arte, ou goste de conversar. É só o visual plastificado mesmo. Aí se ferram lindamente, porque nem a Juliana Paes é igual à foto dela ou ao papel que ela representa na novela.

Daniel F disse...

Quando eu tinha 13 anos, pensava como esse Raphael. Queria que as gatinhas do colégio se apaixonassem por mim, um cara muito bonzinho e legal (como eu me via pelo menos). Aos 15, comecei a me tocar que as gatinhas usavam o mesmo padrão que eu. Elas queriam namorar os caras mais destacados, bonitos, e eu não era um deles. E tinha um monte de garota legal e tal mas eu achava que tinha, como todo macho, direito de escolher minha namorada como quem olha um cardápio. Depois disso as coisas mudaram, principalmente depois que a adolescência acabou. Um mascu pode aprender alguma coisa com aquela música do Cazuza, "pra quem não sabe amar e fica procurando alguém que caiba nos seus sonhos, vamos pedir piedade pra essa gente careta e covarde".

Ju disse...

Aproveito esse momento de debate sobre masculinidade para divulgar uma campanha linda. Campanha do Laço Branco, homens pelo fim da violência contra mulher: http://www.lacobranco.org.br/

Essa campanha acontece em vários países e mostra que existem outras formas de ser "homem".

Abaixo um pouco da história dessa campanha:

No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos (Marc Lepine) invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica, na cidade de Monteral, Canadá. Ele ordenou que os homens (aproximadamente 48) se retirassem da sala, permanecendo somente as mulheres. Gritando: “você são todas feministas!?”, esse homem começou a atirar enfurecidamente e assassinou 14 mulheres, à queima roupa. Em seguida, suicidou-se. O rapaz deixou uma carta na qual afirmava que havia feito aquilo porque não suportava a idéia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente dirigido ao público masculino. O crime mobilizou a opinião pública de todo o país, gerando amplo debate sobre as desigualdades entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social. Assim, um grupo de homens do Canadá decidiu se organizar para dizer que existem homens que cometem a violência contra a mulher, mas existem também aqueles que repudiam essa atitude. Eles elegeram o laço branco como símbolo e adotaram como lema: jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos frente a essa violência.

lola aronovich disse...

Puxa, Augusto (o de 17 anos; preciso diferenciar porque tem um outro Augusto, muito legal, por sinal, comentando aqui). Posso destacar seu comentário e responder em forma de post? Se vc quiser incluir mais alguma coisa, como quando se apaixonou por um cara machista, pode fazê-lo. Aí eu publico o que vc escreveu e respondo lá. Pode ser? Mas eu acho que vc está demonstrando muita maturidade. Vc mesmo percebeu que inventa birras para não ter que falar do principal problema. Não vou responder imediatamente, mas prometo que será breve. Me manda um email com seu relato (o coment que vc postou e o que mais vc quiser incluir): lolaescreva@gmail.com
Abração!

Barbara disse...

Odeio essas frases "mulheres gostam de _____". Meus amigos, há mulheres de todo tipo, tem gosto pra tudo no mundo. Querer definir metade da humanidade numa frase é estupidez.

Drica Leal disse...

É isso, pessoal. Eles falam tanto em "Matrix" mas são os primeiros a não saber separar fantasia de possibilidades reais. Como Daniel F exemplificou bem: pessoas que atendem a todos os quesitos de beleza e sensualidade, que são descoladas, populares, encantadoras a primeira vista, etc, no mínimo vão querer estar com pessoas desse mesmo patamar. Que você queria sonhar com uma delas tudo bem, mas daí a ficar revoltado por que elas não caem aos seus pés como você acha que merece já é ser muito sem noção.

Acho que os "mascus" revoltados com mulheres que não os querem são exatamente isso: meninos que não cresceram, são aquele garoto normal do colégio que se apaixona pela menina mais cobiçada e não se conforma por não poder "tê-la", daí inventam teorias mirabolantes sobre o comportamento feminino para justificar a frustração da descoberta que as mulheres do mundo não estão num "cardápio" á sua disposição. Não enxergam que, se valorizassem as mulheres comuns por todos os outros atributos que possuem além da aparência perfeita e daquele charme irresistível que a "gatinha do colégio" ou a capa da Playboy tem, estariam se valorizando também, porque afinal eles também não estão dentro do padrão que garante o sucesso masculino segundo esses valores fúteis e excludentes que a sociedade prega.

Laurinha (Mulher modernex) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila Boltão disse...

Deixa eu falar uma coisa bem séria. Eu fico p*ta com essa mania de homem que vem de mimimi, que foi "friendzoned". Pq ah, mulher só quer saber de cafa, nunca quer saber de homens bons e honrados como nós, mimimi.
Olha, só não digo oq me dá vontade pq tenho educação.
Só que deixa eu contar uma coisa pra vcs, ó, coitadinhos.
Eu passei quase 4 anos da minha vida em estado quase vegetal por causa de um "cafa". Só que eu não sabia que ele era uma cafa.
Primeiro, eu achei mesmo q ele era um cara decente. Do jeito que sempre me disseram que uma mulher devia arrumar pra ser feliz, e eu acreditei. Honesto, engraçado, sensível, honrado.
Só que ele não queria nada comigo.
Eu tentei de tudo, pq amava ele e sempre me disseram que eu, como mulher, devia me adaptar ao que os homens queriam. E eu tentei. Só que, pra resumir, eu que fui "friendzoned".
Talvez, só talvez, não fosse pra ser e blablabla. Pq durante muito tempo não quis culpa-lo, só que tem um detalhezinho: ele não conseguiu lidar com meus problemas. Pq ele era um cafa. E qdo descobri, já era tarde.
Pq outra coisa que me ensinaram além de q mulher tinha q se adaptar, tb me ensinaram (ah, as novelas!) que mulher pode consertar homem. Muita mulher acredita nisso. "Ele vai mudar por mim". E passei muito, muito tempo, na zona de amizade, sofrendo, pq achei que EU estava fazendo algo errado, que EU não era boa o suficiente pra ele, e se ele não me queria, ó, o que seria de mim, sem homem?!
Aí um dia percebi que era assim mesmo. Ele não ia mudar por mim, ele não ia me amar. Até pq, ele achou, como foi dito, uma "Sandy". Uma guria muito mais bonita e sociável, sem metade dos meus problemas que, principalmente, dizia oq ele queria ouvir, enquanto eu sempre fui uma "questionadora subversiva". Fazer oq. Eles são felizes do jeito q são e não havia nada q eu pudesse fazer.
O que eu quero dizer com tudo isso é que sim, já cai na besteira de achar que podia consertar um cafajeste (q nem era tanto, mas vai saber) pq acontece. Pq mulher aprende isso com novelas e filmes que passam uma noção doente de amor.
Agora, quando vem esses palhaços dizer que mulher que não quer saber de homem honrado??
Olha, eu não sou perfeita. Mas sei q sou bem "decente" onde tenho q ser - sou honesta e me dou muito qdo me importo com alguém. Mas to sozinha. Não pq só quero saber de cafa - eu me abri a TODAS as possibilidades, mas continuo sozinha, pq sei lá - sou feminista demais ou ingênua de menos. E nem por isso eu saio pela internet reclamando e dizendo que "mimimi, todo homem é mau, homens não prestam" só pq EU to sozinha. Os homens que reclamam disso são tão iludidos quanto as mulheres que eles criticam. Então, sei lá colega, vai ver vc tb não é tão perfeito qto pensa, mas oq piora sua situação é ficar achando q a culpa não é nem um pouco sua. Eu assumo q sou uma pessoa dificil e pela primeira vez não to morrendo de estar sozinha. E sabe? Não tira pedaço.
Desculpa, me empolguei.^^

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Bom post, Lola.
Uma pena que tenho a impressão que será ineficaz, porque falar com esses mascus, parece ser um pouco como falar com paredes.
Brigando ou tentando estabelecer um diálogo, creio que no fim das contas dá no mesmo.
Então, se querem continuar com esse discursinho de sempre, bancando os eternos ressentidos, com essa bobajada de "real", "matrix", achando que estão fazendo mal a alguma mulher quando parece que fazem pior é a si mesmos e a quem os lê, que continuem, desde que não cometam nenhum crime e que não incitem violência física ou psicológica...
Minha conclusão pessoal é que tem gente com quem vale a pena discutir, ouvir, e tem gente que é melhor simplesmente deixar pra lá, desde que não atravessem nosso caminho...
Mas de qualquer forma, parabéns pela iniciativa, pelo otimismo, pelo ótimo post e pela paciência.
Abçs

Eu disse...

Augusto, vc perguntou prá Lola, mas eu vou dar minha opinião, como mãe de 2 filhos a quem perguntei mais de uma vez se eram gays, na tentativa de que se eles fossem, podiam ficar aliviados em me contar, numa boa.

Se vc não vê clima prá contar da sua sexualidade, guarde prá você, por enquanto, ao mesmo tempo, enfie a cara nos estudos prá vc ter sua independência financeira e aí sim, se relacionar abertamente com quem quiser, que já não será da conta de seus pais nem dos recursos deles.
Quando alguém perguntar cadê a namorada, vc desconversa, diz que tá muito cedo prá isso (e tá mesmo), diz que não tem tempo (quem faz curso 'cabeludo' não tem tempo prá nada) e vai levando. Amigo todo mundo pode ter. Nisso as mulheres saem ganhando, porque é difícil desconfiar de um relacionamento homossexual entre duas amigas. Mas vc pode dar um jeitinho de não deixar transparecer.

Talvez vc queira abraçar uma profissão artística.
É a maior contribuição dos gays no mundo. Ai de nós se não fossem os gays. Inventa um curso universitário bem longe e mexe os pauzinhos na área artística que vc quer. Se for arquitetura, ou mesmo Belas Artes, não esquenta. Seus pais vão ver que vc tem talento, e tudo bem.

Espero ter ajudado um pouquinho.

Abçs

Eu disse...

Augusto, quando a Lola fizer o post com sua história, reposto lá, viu?

Edson Jr disse...

Vejo muito mais relacionamentos entre opostos do que afins. Um mais tranquilo e outro mais estourado. Nas palavras de Gikovate: Um mais generoso e outro mais egoísta.

Normalmente os cafas são mais atraentes para as mulheres, pois simulam qualidades que seduzem as mulheres. Um bonzinho normalmente não possui tal poder de simulação.

Com o tempo e maturidade é claro que as preferências tendem a ser mais acertadas.

Não concordo quando é dito que os cafas possuem boa autoestima. São apenas pavões e loroteiros. Também são meio que parasitas quando estabelecem um relacionamento mais sério. Exploram as mulheres em todos os sentidos.

Da mesma forma também tem o homem bonzinho que acaba cedendo mais do que deveria aos caprichos de uma mulher egoísta.

Esse, infelizmente, é o padrão das relações: um mocinho com uma bandida e uma mocinha com um bandido. Normalmente é o mocinho(a) quem acaba terminando a relação.

Sejamos realistas gente. Basta olharmos ao redor. Dificilmente vemos um casal atraído e unido por semelhanças.

Paul disse...

Boa noite!

Antes que vc me pergunte, sou sim, um dos moderadores do fórum Homens Honrados que vc tanto ama e acompanha pelo que pude perceber aqui mesmo no seu próprio blog.

O principal propósito do nosso fórum, é o desenvolvimento pessoal, mostrar aos homens que não devemos ter medo de mulheres nem sermos capachos de vcs, assim resgatam o amor próprio de muitos homens, nós já abrimos o olho de muitos homens, já salvamos muitas vidas, homens que queriam inclusive se suicidar.


Nós somos radicalmente contra misoginia e qualquer outro tipo de violencia, sim... pode acontecer de algum misógino ou racista aparecer lá mas estamos de olho, ou vc acha que não exista feminista misândrica? E existe negros participando do fórum, vc mesma sabe disso.

Agora, associar a gente com os "sanctos" que são seres odiosos por serem misóginos, racistas e pedófilos foi nojento demais da sua parte, eu pelo menos sou a favor da pena de morte pra estupradores e principalmente pedófilos, mas pelo jeito vc deve achar que devemos se cachorrinho de vcs, que não devemos ter amor próprio, vc deve ser dessas feministas radicais e assim discípula de Valérie Solanas, né? Nao é possível pq vc ultimamente vive falando de nós, mas isso é muito bom, vc achando que vai nos destruir, está cada vez mais promovendo o fórum!

Qual o problema em chamar uma mulher promíscua de "vadia"? Vcs é a favor da promiscuidade por acaso? E não.. não somos opressores das mulheres como vcs aqui estão pensando, nós chamamos os homens promíscuos de canalhas, marginais, desonrados entre outros, mas aí pelo jeito pode... já que as mulheres são seres "sacrossantos", quem faz qualquer crítica a uma mulher é machisa, misógino entre outros pq todas as mulheres são perfeitas, vcs qurem endeusar as mulheres e demonizar os homens, essa é a verdade, e como nós lutamos contra isso, vcs vivem falando na gente, seu próprio blog é a prova disso.

Sobre esse seu texto, afirmo e reafirmo que vcs adoram homens cafajestes, eu mesmo já fui um desses homens que vcs dizem tanto sonhar, a Real é que homens bonzinhos são associados como bobos, vcs querem homens romanticos pra dizer as amigas que tem um trouxa aos pés, faz bem pro ego de vcs, a prova está a sua volta, só não vê quem não quer, "ah, as minhas amigas não gostam, eu não gosto e blá blá blá..." é claro que vcs falam isso, vcs querem domar os homens, esse é o barato de vcs, enfim... vc e outras feministas podem enganar outros homens inexperientes no assunto, mas a mim vcs não enganam.

Edson Jr disse...

Sobre esse seu texto, afirmo e reafirmo que vcs adoram homens cafajestes, eu mesmo já fui um desses homens que vcs dizem tanto sonhar, a Real é que homens bonzinhos são associados como bobos, vcs querem homens romanticos pra dizer as amigas que tem um trouxa aos pés, faz bem pro ego de vcs, a prova está a sua volta, só não vê quem não quer, "ah, as minhas amigas não gostam, eu não gosto e blá blá blá..." é claro que vcs falam isso, vcs querem domar os homens, esse é o barato de vcs, enfim... vc e outras feministas podem enganar outros homens inexperientes no assunto, mas a mim vcs não enganam.

Claro, ele está generalizando, mas que isso acontece, e muito, acontece.

Eu disse...

Paul, vcs se casam todos virgens então? Tem algum homem casado nos seus quadros? Vc concorda que as
GP podem dar esposas muito boas exatamente porque gostam de fazer o que vc querem? Ou o foco de vocês passa por outros aspectos que não somente o sexual?

Paul disse...

EU, não sou virgem como quase ninguém lá é, contrário do que muitas feministas falam que somos "pega niguém".

Não queremos nos casar com GPs e não damos valor somente ao sexo mas sim ao companheirismo, coisa que tá difícil hoje em dia, o que eu mais vejo são mulheres chutando homens quando perdem o emprego ou pq a empresa vai a falencia, não estou generalizando, mas há muitas assim, o que eu notei é que vcs querem passar que todas as mulheres são perfeitas e não é assim que as coisas são, nós lá no fórum, nunca dizemos que nós homens somos perfeitos, todos tem defeitos, coisa que vcs parecem negar.

Augusto disse...

"Eu", obrigado pelas palavras, minha família não enche o saco com esse negócio de 'namorar', bem, e sobre os estudos, eu não consigo. Não consigo estudar mais de uma hora por dia. Passo o resto do meu dia lendo livros, vendo séries e lendo blogs. Rs. Eu sei que eu deveria estudar para não depender mais da minha família (que eu dependo muito) mas isso é difícil para mim. Mas eu tento.

Daní Montper disse...

Esse papo de homem honrado vs homem cafajeste é deprimente. O que é ser honrado ou cafajeste?
Não fico ligada nessas coisas quanto tô a fim de um cara, o que percebo é o nível de machismo e homofobia do carinha, porque isso sim mata minha vontade de ficar com quem for - e olha que digo nível porque sei que é difícil de achar um homem que não seja machista e/ou homofóbico em nossa sociedade.
Sobre o gosto, que limitadores que são esses mascus, não se pode variar, não? Tipo, um dia ficar com beta, no outro com um alpha, no outro com um omega, no outro com um delta etc? =)

Carol disse...

Condenar a sexualidade de quem quer que seja te qualifica como um imbecil sabia?

Edson, não surta. Muitas vezes as pessoas, de ambos os sexos, procuram outros com interesses comuns, afinidades e por quem sintam tesão! Esse é o segredo de um bom relacionamento, afinidades, respeito mútuo e tesão!

O mundo tá cheio de gente cretina? Tá, não discuto isso, mas antes só do que mal acompanhado não é mesmo?

Sinceramente não cabe na minha cabeça perder tempo com alguem que não me quer. Nao ta afim? Ok, próximo! A fila tem q andar e sem neuras ok.

Augusto disse...

"Sobre esse seu texto, afirmo e reafirmo que vcs adoram homens cafajestes, eu mesmo já fui um desses homens que vcs dizem tanto sonhar, a Real é que homens bonzinhos são associados como bobos, vcs querem homens romanticos pra dizer as amigas que tem um trouxa aos pés, faz bem pro ego de vcs, a prova está a sua volta, só não vê quem não quer, "ah, as minhas amigas não gostam, eu não gosto e blá blá blá..." é claro que vcs falam isso, vcs querem domar os homens, esse é o barato de vcs"

Esse texto me pareceu um tanto persuasivo.
Querendo se fazer de coitado é fácil. Mas veja, não vejo muita diferença ao inverter os gêneros. O texto enfim se torna muito mais real.

"Sobre esse seu texto, afirmo e reafirmo que vcs adoram mulheres cafajestes eu mesmo já fui uma desses mulheres que vcs dizem tanto sonhar, a Real é que mulheres boazinhas são associados como bobas, vcs querem mulheres romanticas pra dizer aos amigos que tem uma trouxa aos pés, faz bem pro ego de vcs, a prova está a sua volta, só não vê quem não quer, "ah, as minhas amigos não gostam, eu não gosto e blá blá blá..." é claro que vcs falam isso, vcs querem domar as mulheres, esse é o barato de vcs"

Agora sim o texto mostra a história da subordinação das mulheres aos homens. E é assim que foi por milhares de anos, as mulheres foram consideradas inferiores. E o feminismo é justamente a luta por esses direitos, a luta pela igualdade entre homens e mulheres. A luta pela sua liberdade e a liberdade de seu corpo. Viu, como mascus sempre querem se fazer de coitados, usam argumentos falhos e assumiram uma luta errada. Vocês querem privar as mulheres, essa é a liberdade de vocês. Vocês só estarão felizes quando as mulheres voltarem a se subordinar aos homens e passarem a não dar mais no primeiro encontro. Mas isso não vai acontecer. E vocês terão que tomar seus remédios para enfim não se matarem.

Ludi in the Sky disse...

Primeiramente, achei muito decente da parte do Raphael dar seu depoimento de uma forma sincera e "não agressiva" (perto do que li em alguns blogs, é quase uma poesia!), e se abrir para um diálogo. Segundo, essa coisa de "mulher gosta de cafa" já foi bem discutida, mas talvez as algumas mulheres se aproximem de caras considerados cafajestes porque eles tem a oferecer o que elas querem: prazer sexual. Isso não significa que vc vai trocar um relacionamento feliz e satisfatório pelo primeiro cara que te esnobar.

Nunca entendi quando algumas meninas diziam que tinha dó destes mascu, eu só sentia nojo e raiva. Mas agora eu entendo UM POUQUINHO a piedade que eles podem causar.

Parabéns sempre, Lola!

Paul disse...

AUGUSTO, onde stou me fazendo de coitado? Se vc não tem capacidade de perceber o que há ao seu redor, não tenho culpa.

E me surpreendo um homem ser feminista, ou pelo menos compactuar com o que é dito aqui, tá aí uma prova da sua ingegnuidade, pq acreditar nesse papinho de "direitos iguais" delas é demais... pq DEVERES, muitas delas não querem.

Augusto disse...

"EU, não sou virgem como quase ninguém lá é, contrário do que muitas feministas falam que somos "pega niguém"."

Com certeza teve que pagar alguma mulher, ou escondeu o seu verdadeiro carácter. Não sei qual mulher ficaria com um cara doente que nem você, anyway.

"Não queremos nos casar com GPs e não damos valor somente ao sexo mas sim ao companheirismo."

Claro, todas as mulheres só querem sexo. Sério, eu acho que vocês não conhecem nada de mulheres.

"Coisa que tá difícil hoje em dia, o que eu mais vejo são mulheres chutando homens quando perdem o emprego ou pq a empresa vai a falencia, não estou generalizando, mas há muitas assim"

Não está generalizando, só está dizendo que são as mulheres que fazem os pobres homens sofrerem, coitados.

"o que eu notei é que vcs querem passar que todas as mulheres são perfeitas e não é assim que as coisas são, nós lá no fórum, nunca dizemos que nós homens somos perfeitos, todos tem defeitos, coisa que vcs parecem negar."

Sim, sempre que a Lola e todas as feministas terminam um post ou um comentário, elas terminam com: "As mulheres são perfeitas, não temos defeitos", né?

E outra, não vejo nenhuma humildade do forum chamar "homens honrados", e depois diz que as feministas que se acham e se dizem perfeitas. PUFF, you're doing it wrong

Eu disse...

Bom, né, Paul, se vcs não são virgens, são promíscuos, pelo menos os solteiros. E se vcs estão no mercado e não aparece a companheira, quem sabe se estão no mercado errado, hein? Querer encontrar a companheira de todas as horas na praia, no carnaval, na balada, na rave, no Rock in Rio, é malhar em ferro frio. Não é culpa das pessoas, é a hora e o lugar errados, na minha opinião.

Geralmente encontramos nossos companheiros dentro do nosso círculo social, profissional; conhecemos pessoas através de outras pessoas...Dificilmente aparece alguém do nada, sem referências e dá super certo. Dá é super errado e é um risco tremendo.

Conheci meu marido através de uma prima que cursou a mesma universidade que ele. Colegas de universidade que se casam e continuam casados é comuníssimo. No meu local de trabalho havia muitos casais. Rara é a empresa em que funcionários não podem ser casados. Uma amiga saiu da empresa multinacional prá poder casar com um colega. Onde vcs estão procurando suas companheiras?

Paul disse...

Daní Montper, quer dizer que vc então não se importa com o CARÁTER do homem?

E me defina "homofobia" por favor.

Augusto disse...

AUGUSTO, onde stou me fazendo de coitado? Se vc não tem capacidade de perceber o que há ao seu redor, não tenho culpa.

E me surpreendo um homem ser feminista, ou pelo menos compactuar com o que é dito aqui, tá aí uma prova da sua ingegnuidade, pq acreditar nesse papinho de "direitos iguais" delas é demais... pq DEVERES, muitas delas não querem.

1) Você todo se faz de coitado e vem comentar o quanto os homens são injustiçados, coitados...

2) Eu vejo tenho a capacidade de perceber o que tem ao meu redor. Uma delas é o quão babaca você é.

3) Sim, sou homem e feminista e ninguém deveria se surpreender com isso.

4) Uma prova da minha ingenuidade? Você me conhece por acaso? Volto a dizer o quanto você generaliza as pessoas e que não tem como levar alguém como você a sério.

5) E meu desejo é que nunca encontre nenhuma mulher que se submeta e aceita seus pensamentos. Isso seria baixo.

Paul disse...

Eu disse...

"Bom, né, Paul, se vcs não são virgens, são promíscuos, pelo menos os solteiros. E se vcs estão no mercado e não aparece a companheira, quem sabe se estão no mercado errado, hein? Querer encontrar a companheira de todas as horas na praia, no carnaval, na balada, na rave, no Rock in Rio, é malhar em ferro frio. Não é culpa das pessoas, é a hora e o lugar errados, na minha opinião. "

Sou solteiro mas não estou sozinho e mais, vc dizendo que as mulheres que frequentam balada, rave e afins são "erradas"? Mas vcs não falam que recriminar essas mulheres é "machismo"? Que contradição hein...

Eu disse...

Augusto, primeiro decida ser independente financeiramente. Sem decisão e estado mental, não fazemos nada. Se vc gosta de ler, leia livros sérios, literatura de verdade. Veja o que pode ser a causa da sua dificuldade de estudar. Faça sua pesquisa na net.

Edson Jr disse...

Edson, não surta. Muitas vezes as pessoas, de ambos os sexos, procuram outros com interesses comuns, afinidades e por quem sintam tesão! Esse é o segredo de um bom relacionamento, afinidades, respeito mútuo e tesão!

Se fosse realmente assim a maioria dos relacionamentos dariam certo, o que não acontece.

Na prática o que se verifica é a atração pelas diferenças e separação pelas mesmas diferenças.

Eu disse...

Paul, eu falei que não é culpa das pessoas, e sim da hora e do lugar.

Você não me disse se há casados entre seus confederados.

Augusto disse...

"Se fosse realmente assim a maioria dos relacionamentos dariam certo, o que não acontece."

Se um relacionamento acaba não significa que ele não deu certo. Significa que deu certo por um tempo determinado. As coisas para serem boas não precisam durar pra sempre.

Paul disse...

AUGUSTO, agora eu percebi que além de ingênuo é ignorante, aliás, pode até ser esperto, mas só percebe o que quer e faz de desentendido com o que não quer, típico de feministas.

Sim, me surpreendi em ter um homem sendo feminista, se é que dá pra te chamar de homem, um ser que vai contra os outros homens, sim... é isso mesmo pq como disse, feministas só querem direitos mas nos deveres, muitas são mais machistas do que muitos homens machistas, conheço e até já saí com feministas, sei como são e como agem, vc não tá lidando com um leigo.

Já pensou em fazer uma cirurgia pra virar mulher?

Paul disse...

EU, lugares tem a ver com pessoas sim, não se faça de desentendida também, ou vc acha que em baladas tem mais gente decente do que em igrejas? Não que todas as pessoas em igrejas tem caráter, mas nem se compara.

Há casados no fórum sim com há divorciados e solteiros também.

Eu disse...

Paul, a Igreja geralmente é um lugar em que as pessoas se encontram regularmente, assim como a faculdade, os cursos, o local de trabalho (é um dos lugares onde há mais encontros extra-conjugais tb). Eventos singulares, como excursões, casamentos, festas de aniversário, churrascos onde as pessoas SOCIALIZAM, também costumam ser bons lugares. Nas multidões que eu falei, não há socialização com pessoas estranhas. É muito raro, pode acontecer, mas não é parâmetro.

Cansei de ir à balada (no meu tempo era discoteca), adoro dançar. Qual é o problema? Balada não é submundo, só não é o lugar apropriado prá encontrar o companheiro de toda vida, porque não há socialização entre estranhos. Ôxa...

Edson Jr disse...

Se um relacionamento acaba não significa que ele não deu certo. Significa que deu certo por um tempo determinado. As coisas para serem boas não precisam durar pra sempre.

Se um relacionamento acaba é óbvio que, em algum momento, não deu certo. E normalmente isso ocorre devido às diferenças entre os casais que, se inicialmente eram excitantes, tornaram-se insuportáveis com o passar do tempo.

Augusto disse...

"AUGUSTO, agora eu percebi que além de ingênuo é ignorante, aliás, pode até ser esperto, mas só percebe o que quer e faz de desentendido com o que não quer, típico de feministas.

Sim, me surpreendi em ter um homem sendo feminista, se é que dá pra te chamar de homem, um ser que vai contra os outros homens, sim... é isso mesmo pq como disse, feministas só querem direitos mas nos deveres, muitas são mais machistas do que muitos homens machistas, conheço e até já saí com feministas, sei como são e como agem, vc não tá lidando com um leigo.

Já pensou em fazer uma cirurgia pra virar mulher?"

Hahahaha, como você descobriu? Meu cirurgião te contou, eu queria fazer uma surpresa para todos ao me tornar Augusta amanhã.

Mas agora não irei fazer a cirurgia mais, você estragou a surpresa. É, pensando por você não pode me chamar de homem porque não me encaixo no seu conceito de homem. Mas pensando pelo sentido denotativo da palavra homem, infelizmente para você, sim, eu sou um homem. Eu tenho pênis. E com certeza eu o uso mais que você. Desculpa, mas é a verdade.

Sim, ignorante, gay, mulher com orgulho. Não ser você com mais orgulho ainda.

Augusto disse...

Sério, paul opinar sobre 'gente decente' é uma grande ironia. Primeiro porque ele não é nem decente e segundo porque opiniões requer argumentos e isso ele não tem.

lola aronovich disse...

Paul, baixe o tom ou vc será deletado. Vc não está no seu fórum, no seu habitat natural, na sua matrix. Está num lugar de gente tolerante, otimista, que trata bem as pessoas de modo geral. Tanto que até responde um comentário (com a maior educação) de um mascu precisando desabafar. Como VCS tratam os mascus precisando desabafar? A pontapés.
Mas responder alguma coisa do post que é bom, nada, né? NADA. E o nível da sua “argumentação” é que o Augusto deve fazer uma operação para virar mulher?
Eu não me surpreendo com vcs porque leio o fórum de vcs, conheço as peças. Por isso posso dizer com tanta autoridade: vcs não são diferentes dos Sanctos. É a mesma psicopatia, só que em intensidade ligeiramente menor.

Paul disse...

AUGUSTO, quem não tem argumento s aqui é vc e tem a cara de pau em dizer que não tenho argumentos, hahaha...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Quem é que nunca teve uma amiga que após ter um relacionamento ruim ou terminar um namoro começa a dizer generalizações como "homem não presta", "homem é tudo igual", blábláblá e todo esse papo chato.
Aí, passam uns meses, ela conhece um cara legal ou a tristeza passa sozinha e pronto, acabou a "fossa".
Como na nossa sociedade homem não pode falar abertamente de sentimentos, frustrações, vai ver o anonimato da internet permitiu a alguns caras revelarem como se sentem frágeis diante de uma desilusão amorosa, uma paixão não correspondida, coisas que a maioria dos seres humanos passa.
A diferença é que no caso deles, a dificuldade pra se recuperar de um problema desses pareça ser bem maior. Parece que transformam um momento difícil e triste, que deveria passar, em estilo de vida.

Paul disse...

To rindo muito aqui, tinha certeza que vc sairia pela tangente, mudaria de assunto pela sua falta de argumentos, vc nem respondeu o que e disse, e eu pensando que pelo menos vc fosse inteligente... vc mesma, uma das "ídolas" das feministas acabou de provar que vcs feministas não tem argumentos, que o movimento feminista é uma piada, que tudo o que eu disse é verdade.

Mas pode ficar tranquila, não vou mais te incomodar, mas pode continuar falando do fórum e da gente, assim mais homens com o mínimo de inteligencia abrem o olho sobre vcs e acordem pra realidade.

Augusto disse...

"AUGUSTO, quem não tem argumento s aqui é vc e tem a cara de pau em dizer que não tenho argumentos, hahaha..."

Mandar um homem fazer cirurgia pra mudança de sexo é que é argumento. Falar o que eu sou sem provas é que é argumento. Claro, sou eu o sem argumentos aqui.

Edson Jr disse...

Laurinha está correta em parte. Penso que isso ocorre tanto com homens quanto com mulheres.

Edson Jr disse...

Acho que Paul pirou ...

Drica Leal disse...

Hum, estou entendendo agora uma das fontes das frustrações ou queixas dos rapazes por aqui: vem da idéia de que se um namoro dá certo, tem que necessariamente virar casamento. E que um casamento só dá certo se durar para sempre.

Não tá na hora de rever esses conceitos não? Conheço pessoas casadas há muitos anos e se dão bem. Conheço outras que viveram um relacionamento por um tempo, se separaram, mas também se dão bem e se relacionam com outras pessoas. Acho que vocês estão precisando rever essas expectativas do amor romântico e mágico que surge do nada e durar até a morte e deixar de considerar o fim de uma relação como um fracasso, uma tragédia. Não precisa ser assim!

O problema é que quando se fala em acabar com o ideal de amor romântico (esse, que surge feito mágica, é único e dura para sempre) as pessoas logo imaginam que isso significa descambar para a promiscuidade e para a falta de carinho, atenção com o outro, o que não tem nada a ver.

As pessoas mudam, as necessidades mudam e um relacionamento que parece perfeito agora pode já não ser daqui há algum tempo, isso é natural, é humano. Esse tipo de amor e casamento que vocês almejam foi uma construção social que deu "certo" em uma época onde as pessoas só viviam para cumprir papéis a qualquer custo, sem questionar se era isso que queriam para si ou não. Essa era está no fim, agora os indivíduos vão passar a valer mais do que as regras pré-estabelecidas para se relacionar com as pessoas, e isso passa inclusive pelo casamento, namoro, etc. Não tem nada de egoísmo nisso, é só a possibilidade de cada um poder expressar exteriormente como é por dentro e tentar encontrar pessoas que pensem parecido e desejem as mesmas coisas.

Paul disse...

AUGUSTO, eu não mandei, só sugeri, pq um homem que vai contra seu próprio genero é o que resta.

Hel disse...

Só uma coisa: talvez os caras que se achem legais não sejam tão legais assim, e nem os que eles acham que são cafajestes sejam tão cafajestes quanto eles imaginam. O mundo não é preto no branco.

Eu sou super a favor de criar uma "fantasia" para melhorar a auto-estima da pessoa e ajudá-la a lidar com o mundo real, mas esse papo de Matrix e Real é patético, só serve para justificar o grau de "loserice" do indivíduo e criar insatisfações e frustrações.

Uma das causas, acho é a falta de empatia com as mulheres. Vocês são simplesmente incapazes de enxergá-las como uma pessoa como vocês: cheia de desejos, expectativas, experiências, algumas frustrações, que levou muita dificuldade na vida...

Não, pra vocês mulher=ser maligno que só pensa em tirar vantagem e foder com o sexo oposto.
É como se fossem uma entidade separada, algo alienígena, não humano.

Flávio Brito™ disse...

Mascu novamente?

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daní Montper disse...

Augusto - o de 17 anos - é como se você tivesse aberto os olhos, pois as pessoas não mudaram, mas você sim, e passou a notar coisas que não via antes. Por isso é normal você se sentir isolado e até mesmo querer se distanciar de pessoas cuja ideias te fazem mal.
O principal é ter se aceitado, com o tempo você conhecerá pessoas que pensam igual a você, não desanime e busque locais com pessoas (como aqui) que possam te mostrar que você não está sozinho.
Meu primo, que é gay, passou por coisas parecidas, até mesmo eu, que não sou gay, mas sou feminista, passei a me afastar de amig@s por serem machistas, mas eu fiz nov@s amig@s, e ficou mais fácil de lidar com tudo - o mesmo com meu primo gay.
Meu conselho, você deve buscar locais onde possa encontrar pessoas que pensem como você, fazer novos amig@s, se curtir e buscar ferramentas que contribuam com sua luta - se quiser se engajar - para transformar sua raiva contra o modelo cultural atual em algo positivo, bem direcionado.

Boa sorte!

Eu disse...

É Augusto, os homens héteros têm essa mania de pensar que os gays são mulheres. São nada. Um homossexual jamais deixou de ser homem, seus níveis de testosterona são os mesmos dos héteros...A sensacional e saudosa Vera Verão era um homão...rs

Augusto disse...

"AUGUSTO, eu não mandei, só sugeri, pq um homem que vai contra seu próprio genero é o que resta."

Não fui contra o meu próprio gênero. Só sou a favor das igualdades entre gêneros. Agora ser a favor de igualdades é ir contra o próprio gênero? Você reconhecer que igualdade de gêneros é ruim é mostrar que, sim, há privilégios aos homens. Você se contradiz o tempo todo.

Edson Jr disse...

Respeito o ponto de vista da Drica, apesar de pessoalmente não adotá-lo como estilo de vida.

Davi Mello disse...

tudo oq esse cara falou pra vc, Lola, toda essa linha de raciocínio está em APOSTILAS, sim, APOSTILAS, q podem ser baixadas no q os mascus chamam de CENTRO DE TREINAMENTO. sim, são homens sendo doutrinados a agir e a pensar assim em relação às mulheres. não dá para acreditar num troço desses. é loucura mesmo.

Thiago disse...

Nada pra dizer além disso aqui
http://osubstantivocoletivo.blogspot.com/2011/11/bem-vindos-ao-mundo-moderno.html

Paul disse...

AUGUSTO, falando sério agora, de boa.. vc ainda acha que feminismo é igualdade de generos?

Eu conheço feministas, elas querem direitos até mais do que os homens, mas nos deveres principalmente quando tem que por a mão na grana, o machismo, coisa que elas tanto DIZEM abominar, são mais machistas do que muitos homens machistas, entendeu agora?

Não existe feminista em navio que está afundando

Feministas dizem que lutam pela igualdade dos sexos, mas basta um mínimo de atenção sobre o discurso feminista para perceber que isso é uma grande mentira.

Feminista é alguém que acha certo que o homem preste serviço militar obrigatório, mas que a mulher tem o direito de escolher se quer ou não prestar serviço militar.

Feminista é alguém que acha que a mulher tem que receber o mesmo salário do homem, mas que o homem tem a obrigação de pagar o restaurante, o motel e a gasolina.

Feminista é alguém que diz que luta por igualdade de direitos, mas que acha certo que a licença maternidade dure seis meses e a licença paternidade apenas oito dias.

Feminista é alguém que considera um absurdo um homem abandonar uma mulher porque ela engravidou, mas acha perfeitamente razoável uma mulher engravidar propositalmente sem contar ao homem e assim privar pai e filho do direito de conviverem.

Feminista é alguém que acha que a mulher deve ter o direito de optar entre trabalhar e dedicar-se exclusivamente ao lar enquanto é sustentada por um homem, mas acha que o homem que é sustentado por uma mulher é um parasita.

Feminista é alguém que luta contra toda forma de violência contra a mulher independentemente de justificativa, mas acha que a mulher tem o direito de assassinar o próprio filho no ventre bastando manifestar essa vontade.

Feminista é alguém que diz que o homem não precisa da proteção da Lei Maria da Penha porque é mais forte, mas considera um crime qualquer uso da força por parte de um homem contra uma mulher, mesmo em legítima defesa contra uma agressão.

Feminista é alguém que acha que o homem que trai a mulher é um canalha sem-vergonha, mas a mulher que trai o homem é moderna e despojada.

Feminista é alguém que acha que se o homem abre uma porta e puxa uma cadeira está objetificando e infantilizando a mulher, mas quando fura um pneu espera que o homem se ofereça para trocá-lo.

Feminista é alguém que diz que a mulher tem o direito de lutar pelo que acha correto, mas que acha este texto um absurdo porque se trata de um homem dizendo algo que vai contra os interesses feministas.
Conclusão

Feminismo é apenas o sexismo politicamente correto da atualidade. Felizmente nem todo mundo é cego perante suas incoerências.

Vou acreditar no discurso feminista quando vir um piquete de feministas em frente a uma danceteria denunciando que as promoções do tipo “mulher não paga até a meia-noite” são um “intolerável abuso sexista objetificante da mulher promovido pelo patriarcado falocêntrico” e exigindo o direito de pagar o mesmo valor de ingresso que os homens. Afinal, feministas não dizem lutar pela igualdade?

Igualdade só quando convém é pura hipocrisia.

Edson Jr disse...

Lamentável tentar agredir o Augusto por sua preferência afetiva. Cada um na sua ora bolas! Estive no fórum da Real e fui expulso por considerar um exagero toda essa agressividade contra os gays.

Paul disse...

Edson Jr, eu nem sabia que ele é gay e eu não me lembro de vc lá, aliás, não incentivamos agressões aos gays, não fale bobagem.

yulia2 disse...

''sendo justo: Não sou contra as mulheres só gostarem de cafajestes. Infelizmente, em toda minha vida sempre testemunhei
isso, não só de meus olhos, mas de todos os meus amigos honrados.''

seus amigos honrados pregam o estupro e o assassinato, tem certeza que são honrados?

''Tive colegas cafajestes, estes que me mais confirmavam que mulher gostava era de cafajeste.''

tem muito homem que gosta de mulher que pisa neles, o que vc testemunhou eu testemunho do outro lado. a diferença é que a gente não fica de choradeira.

''para no final serem apenas 'amigos'.''

qual o mal? qual o drama de ser amigo de mulher, não pode?
vc finge ser o que vc não é só para conseguir transar? e fica puto quando não consegue
e pior quando outro consegue?
seu romantismo é fake apenas
para conseguir o que quer? no que vc diferencia do cafajeste então?
parem de choradeira e aprenda a perder, isso é da vida, faz parte, cresçam!

yulia2 disse...

''Problemas psicológicos que se tornam psiquiátricos que por fim geram doenças psicossomáticas.''

ninguém cala esse chororo.....os únicos responsáveis pelos nossos problemas somos nós mesmos, pare de culpar terceiros.


''extensiva mentira de mulheres gostarem de homens de boa índole, quando elas preferem criminosos''


esse cara é louco véio....louco de pedra.


cara é inacreditável! sem querer ofender, mas deu para ver como homem salvo raras excessões, os homens machistas são muito fracos mentalmente. desculpa mas lendo esses disparates, eu chego a essa conclusão. caramba, basta um chifre que levou na vida para o cara entrar em parafuso
e nunca mais sair disso. porra, quantos chifres a mulher leva, cai e levanta da a volta por cima??? o homem leva um e psico, doido, vira assassino ou suicida.
essa choradeira me irrita sinceramente falando.
e ainda tem a cara de pau de dizerem que são mais racionais que nós, e mulher
é mais emocional... me da um tempo, vcs não aguentam um chifrinho , um fora
se quer, acha que porque vcs deram carona de carro a gente tem que dar a bunda...
WTF!!!! vcs não vivem a real, vcs FOGEM da real completamente. vcs são covardes ao extremo, não encaram a vida como ela é , não aceitam que as vezes tem que
ouvir um não. agora se apegaram a um lider psico chamado nessahan que escreve
um festival de baboseiras sobre mulher, não sabe é nada. se tivesse tudo bem vcs não estava chorando desse jeito. vai segue o cara... vão levar tanto na até rachar.

Edson Jr disse...

Edson Jr, eu nem sabia que ele é gay e eu não me lembro de vc lá, aliás, não incentivamos agressões aos gays, não fale bobagem.

Paul;

Sou o usuário banido Scorpio. Sejamos honestos: sabemos que o fórum pega muito pesado com os gays.

Edson Jr disse...

seus amigos honrados pregam o estupro e o assassinato, tem certeza que são honrados?

Nesse ponto você se enganou. Já participei do fórum e nunca vi tal apologia por aquelas bandas.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Pessoa feliz tendo discurso ressentido não combina.
O cara participar diariamente de algo que exala tanto ódio e ressentimento, que a cada dez palavras nove são xingamentos, que chega a fazer mal pra quem lê por acaso e querer que os outros acreditem que está super bem, está feliz, teve sua vida salva, é muito difícil de acreditar.
É como chegar em uma crackolândia, ver pessoas viciadas no fundo do poço, destruindo o próprio corpo e depois afirmando que não são viciadas, que estão bem, que estão felizes.
Simplesmente não cola...

carolinapaiva disse...

O masculinismo pode ser muito atraente por ser conveniente. Ué, conveniente pra quem? Para os homens que não querem ter responsabilidade nenhuma por seus atos.
No masculinismo o homem entra em uma zona de conforto, pois tudo o que acontecer com ele será culpa exclusiva das mulheres. O que eles pregam é a demonização do sexo feminino e a santificação do masculino. Por ter esse tipo de visão, sempre que alguém discordar ou criticar o "movimento", eles estarão nos julgando de fazer o mesmo (no caso, demonizando os homens e santificando as mulheres). Nessas horas, por conveniência, os mascus "se esquecem" que o lema pregado aqui é: nem santa, nem puta, mulher. Ou seja, nem santificada, nem demonizada.
A ÚNICA coisa que presta no masculinismo é a intenção de mostrar que mulheres não são santas, não são perfeitas, e que a vida dos homens não deve girar em torno de mulher. O problema é que, ao fazer isso, acabam exagerando e insultando mulheres. Por curiosidade, fui ao fórum citado e me deparei com o seguinte post: Comentavam sobre uma pesquisa, que dizia que mulheres que gostam de videogame transavam mais, e o que os membros comentaram? Que eram mulheres vadias, que na verdade nem gostavam de vg, só o faziam para "inflar o ego", etc. Isso é inferiorizar, é não respeitar como ser humano.
Se o masculinismo realmente se importasse com a saúde do homem, não perderia tanto tempo xingando e rebaixando mulheres. Por que o masculinismo nunca divulgou o site, pailegal.net, por exemplo, que fala sobre os direitos do pai na separação, etc, só pra dar um exemplo? Não vi ninguém propondo soluções, ou protestos, só vi homens apontando o dedo pras mulheres e se lamuriando de que tudo que dá errado na vida deles é nossa culpa. Assim fica tudo muito fácil, não é mesmo? É fácil jogar tudo pros outros e se chamar de bonzinho, é fácil não ter de encarar os problemas e fingir que o mundo conspira contra. O difícil é arregaçar as mangas e se unir por causas sérias. Se fizessem campanhas na net sobre a importância do exame preventivo de câncer de próstata, ou sobre os direitos dos pais separados, a coisa seria outra!
Pra finalizar, desmitificação da figura feminina como símbolo de perfeição, carinho, ternura e o escambau não se faz com xingamentos e ódio, mas sim com discussões sadias sobre a real natureza humana, afinal, NINGUÉM É PERFEITO! Todo mundo tem seu lado mau, todo mundo faz porcaria, os mascus "bonzinhos" não fogem dessa regra também.

Edson Jr disse...

A ÚNICA coisa que presta no masculinismo é a intenção de mostrar que mulheres não são santas, não são perfeitas, e que a vida dos homens não deve girar em torno de mulher.

É bem por aí mesmo.

Concordo.

Drica Leal disse...

Paul:

Você é maluco, desinformado ou finge que não entende as nada só pra continuar agindo de má fé.

PROVE, aponte onde em qualquer publicação que se declara de teor feminista existe esses posicionamentos do tipo: homens tem o dever de prestar serviço militar ou que homens devem pagar todas as contas sozinhos mesmo que a mulher trabalhe dentre outros absurdos que você atribui às feministas.

Mas o que esperar de um IMBECIL que acha que existe alguma forma de violência "justa", não é mesmo?
Você está tão cego de rancor e ódio contra as mulheres que sequer se deu conta de que todos esses deveres e obrigações que trazem prejuízo ao homem são causados pela CULTURA MACHISTA, que tudo o que você diz que o homem sai perdendo, como licença paternidade, etc, vem de uma cultura machista que prega que homem não precisa desse tipo de coisa pois elas não fazem parte do universo masculino! E você ao invés de questionar esse modelo de masculinidade que faz com que os homens tenham que ser agressivos, lutar em guerras, não participar da vida dos filhos, etc, você vem pra cá culpar as feministas que há anos vem tentando desconstruir esse modelo de masculinidade que se sustenta diante de tantos aspectos injustos e negativos?

Vocês masculinistas são tão doentes que e contradizem o tempo inteiro: reclamam das desvantagens e injustiças por terem que seguir essa cartilha do "macho alfa" mas ao mesmo tempo não cogitam em hipótese alguma repensar esse modelo FALIDO de masculinidade que tantos prejuízos traz a homens e mulheres. O masculinismo do jeito que vocês apresentam com essa palhaçada de "homens honrados", etc, não levanta nenhum questionamento sobre em como os homens podem ganhar com um mundo sem as opressões dos papéis de gênero, só é um amontoado de teorias mirabolantes de como sustentar essa masculinidade estúpida e ressentida diante de um mundo onde as mulheres já não querem mais cumprir os papéis que vocês acham que elas deveriam cumprir.

Drica Leal disse...

Edson Jr:

Você tem todo o direito de não concordar com a forma como as relações amorosas estão sendo encaradas hoje em dia e de não querer viver suas relações nesses parâmetros. Não tem problema em lamentar o fato do modelo "namoro que obrigatoriamente leva a casamento que tem que durar para sempre para ser bem sucedido com cada um cumprindo um papel pré-estabelecido acima de tudo" estar em extinção. Mas isso sem nunca fugir da realidade, como os mascus insistem em fazer, criando teorias mirabolantes e acusatórias para justificar a frustração de viver num mundo onde as necessidades das pessoas estão mudando.

Eu disse...

Não deveRIA girar mas gira. A culpa não é nossa. Leia algum material do Dr. Elsimar Coutinho.

Homem é mulher-dependente e mulher é hormônio-dependente.


Dê uma olhada na história das guerras e veja quanta falta faz
uma mulher por perto.

Esse negócio de santidade, meu caro, vem do mito da Nossa Senhora, viu? É lógico que Nossa Senhora, mãe de Jesus, virgem e mãe, inclusive depois de dar à luz, só tem uma. O problema é que ela é o 'MODELO' de mulher.
Até desmontar essa balela, vai tempo.

Perfeitas não somos mesmo, mas seguramos a onda e pulamos do barco muito menos que os homens. Homem não é de aguentar situação extrema. Mulher aguenta o tranco. Mães chefes-de-família estão aí, aos montes.

Prá arrematar, olha esse texto do Dr. Elsimar:

"Um homem precisa ser saudável, viril, educado, protetor, cuidadoso com o próprio corpo, bem-sucedido e, sobretudo, exemplo para sua família. Com tais atributos, ele dispõe de todas as condições para conquistar o seu espaço no mundo.

Mas o que torna o homem capaz de conquistar as qualidades inerentes aos machos saudáveis de sua espécie? A resposta é simples: bons níveis de testosterona.

Quando se fala de sexo masculino lembra-se imediatamente da testosterona, o hormônio responsável pelas características do homem desde a sua geração. Por conta disso, qualquer deficiência da produção da testosterona afeta de maneira direta a vida do homem."

Paul disse...

Drica Leal, provas?

Qualquer pessoa com o mínimo de inteligencia e perceptividade, entende o que eu escrevi.

Mas o que se pode esperar de uma feminista a não ser ofensas devido a falta de argumentos, não é mesmo?

As únicas coisas que vcs sabem falar é que tudo é machismo, daqui a pouco vai ser proibido ter até jeito de homem, nem voz grossa vai poder ter mais, pq vai ser "machismo e homofobia", tudo pra vcs é machismo, qualquer um que aponte qualquer defeito sobre uma mulher é misógino, tem raiva de mulher, vcs mulheres não são perfeitas como nós também não somos, mas com a diferença que nossos defeios são apontados sem nenhum problema, mas quando acontece o contrário como disse, o vitimismo e a hipocrisia reinam.

Eu não tenho raiva de mulher como vcs insistem em dizer, pelo contrário, eu adoro as mulheres, desde que sejam femininas e não feministas.

cecilia disse...

lola, será que esses caras merecem mesmo toda essa atenção, inclusive a que vc dá a eles? olha esse rapahel, hahaha, tá com probleminhas amorosos e acha que virar mascu é lutar contra isso. nem li tudo, porque, na boa, parecia um menino de 15 anos escrevendo...
raphael, raphaelzinho, vc é uma criança emocionalmente, querido. eu amo e sou casada com um cara super romantico, e como vc quer diz, bonzinho, mas que sabe como tratar uma mulher pq é um adulto. cara, que dó de vc, não conseguir fazer mulher nenhuma gostar de vc. deve ser inconpetente demais... hahahaha

Edson Jr disse...

Olá Drica;

Eu não lamento nada. Como disse: respeito tais estilos modernos e/ou alternativos de experienciar as relações. Só que realmente não é minha praia. Sou mais tradicional nesse aspecto.

Em momento algum foi uma crítica.

carolinapaiva disse...

"Homem não é de aguentar situação extrema. Mulher aguenta o tranco."
Muita calma nessa hora, oi? Não tem nada a ver isso. Aguentar o tranco ou não não depende de gênero.

Blue disse...

Paul, você pode esclarecer pra gente quais são exatamente as leituras de feminismo com as quais você tem contato? E só pra informar: existe muita gente questionando essas coisas de que você fala, inclusive academicamente, como essa história da entrada custar mais barato para mulher, e isso ser anunciado como um benefício da festa, só pra citar um exemplo dentre os tópicos que você listou. Muitas das coisas que você citou são facilmente contraditas, e eu particularmente não conheço nenhuma feminista que as defenda. Conheço mulheres que compartilham delas, sim, como conheço homens que o fazem, e ao contrário do que você pensa, essas coisas seriam muito melhor definidas como machismo. Além disso, não sei se acho que é preciso ir fazer um protesto, por exemplo, na frente de uma casa de shows como a que você citou. Não frequentá-las deve funcionar melhor, não? Enfim, eu entendo você, conheço alguns caras que compartilham de suas ideias, mas nem acho que você parece ser o pior cara do universo, nem um psicopata. Você só é mal informado e um pouco imaturo, mas isso dá pra recuperar. Só há uma coisa pra lamentar: ser mal informado e imaturo não é muito sexy pra maioria das mulheres com alguma coisa na cabeça, assim como imagino que não o seja para homens com a mesma característica, sinto muito. Talvez trabalhar isso funcionasse melhor pra você se dar bem com as mulheres que pirar o cabeção dizendo que alguém quer prender e torturar você num mundo maniqueistamente manipulado por elas.

Bia disse...

Guerreiros da Real??? o.O
Isso é uma piada? Não dá para acreditar que existe algo tão ridículo.
Engraçado que esses que se dizem "decepcionados" só querem as mulheres que são consideradas por ter "peito" e "bunda" nada contra isso mas eles exigem oq mtas vezes não tem e mais, começam a acreditar que mulher gosta é de dinheiro e tal, e faz algo para conquistar a mulher com essa conversinha,enfim que tipo de pessoas querem atrair assim?
Tenho uma conhecida que recusou ficar com um cara e o cara xingou ela e falou que tinha dinheiro, peraí, oq está procurando então?
Essa história de machinho frustrado já cansou, uma grande prova que vcs só pensam em si mesmos e preveriam o tempo em q a sociedade era conservadora para ter a "empregada e prostituta" gratuita dentro de casa.

Vera B disse...

Lola,

Adorei você ter colocado um comentário meu!
Eu vejo claramente o mal que uma educação machista fazem aos jovens de hoje. Tornam-os fracos, sem condições de enfrentar a realidade, já que são criados numa falsa realidade, que já não existe.

Paul disse...

Blue, tudo os ítens que eu disse são fáceis de serem contraditas, mas vc não fez isso e claro, sou imaturo e mal informado por ter dito a verdade, mas o contrário que vs pensa, como eu disse, eu não estou sozinho, vc não sabe nada da minha vida, mas é sempre assim, são esses os "argumentos intelugentes" de feministas, conheço vcs, não sou leigo, falo com embasamento.

Pra vcs, homem maduro é feminista e fala "sim senhora" pra tudo que vcs dizem, vcs podem enganar qualquer um que acompanha esse blog, mas a mim e outros homens INFORMADOS vcs não enganam de jeito nenhum.

Vera B disse...

Paul,

Você disse que:

"Não queremos nos casar com GPs e não damos valor somente ao sexo mas sim ao companheirismo, coisa que tá difícil hoje em dia, o que eu mais vejo são mulheres chutando homens quando perdem o emprego ou pq a empresa vai a falencia, não estou generalizando, mas há muitas assim."

Você acha que o fato de uma mulher chutar um homem que perde o emprego ou que vai a falência se deve a quê? Ao feminismo? Se você pensa dessa forma, você está completamente equivocado!

Pois, é numa sociedade machista que o papel do homem é ser o provedor. Portanto, é numa sociedade machista que o homem é valorizado apenas se consegue manter a condição financeira na família. E é numa sociedade machista que o homem perde seu valor se não cumpre esse papel.


Eu, particularmente, acho um papel extremamente pesado para os homens nos dias de hoje.
Vejo muitos homens machistas, estressados, fazendo de tudo para manter o padrão familia, com medo de fracassar no lado profissional e até com problemas de saúde por conta disso.
Ok, todo mundo tem medo de fracassar profissionalmente. Mas, numa sociedade machista, onde o homem é o provedor, onde ele só tem valor se cumpre esse papel, deve ser ainda mais complicado.
Diferentemente do que ocorre entre casais que vivem num contexto feminista, onde as tarefas são todas divididas e que, portanto, não faz mal um do casal (ou o homem ou a mulher) ter problemas profissionais e ficar um tempo dependendo do outro.
Num contexto feminista, não é vergonha para o homem perder o emprego, falir e passar um tempo dependendo financeiramente da mulher.

Antigamente as mulheres continuavam com os homesm, muitas porque não tinham condições financeiras e porque era vergonha se separar. Mas atualmente, não é assim, já que a mulher trabalha e não é mais vergonha nenhuma se separar.

No entanto, ainda persiste esses valores machistas que também fazem mal aos próprios homens, pois exigem dos homens uma condição que quase já não é possível na realidade (a de provedor).

Um homem machista é uma pessoa apontando uma arma para sua própria cabeça.

Paul disse...

Bia, quer dizer que mulheres bonitas não tem caráter?

Vc é machista hein...

E mais, acho correto exigirmos alguém que seja a nossa altura de beleza, eu pelo menos não exijo mulher com corpo perfeito, mas dispenso sem pensar duas vezes mulheres gordas e relaxadas sim, pq me cuido, portanto eu posso fazer isso, eu já fui gordo e relaxado mas não sou mais e digo que só é gordo(a) quem quer, portanto não adianta ficar reclamando.

Edson Jr disse...

Poderíamos utilizar o mesmo argumento que eles usam quando uma mulher aparece no fórum deles. Dizer algo do tipo: "Vocês vêm aqui apenas para inflar os seus egos."

Blue disse...

Pois é, Paul, a gente faz assim pra contra-argumentar sem ser só com base no achismo: você mostra de onde tirou seus argumentos, eu mostro de onde tirei os meus, daí a discussão caminha. Mas não vale só "meus amigos que dizem", porque só argumentar dizendo "é assim porque eu sei a verdade" vai deixar a discussão muito circular. Tá lançado o desafio. Tá valendo?

Paul disse...

Vera B, eu nunca achei que essas mulheres que chutam um homem pq está passando por problemas são feministas, pelo menos não todas, mas não associo isso ao feminismo.

Vc se referiu aos homens estressados devido a cultura machista de serem provedores, bom... vc entende inglês?
caso não entender, use o tradutor do google, é ruinzinho mas quebra o galho.
http://www.forbes.com/sites/larissafaw/2011/11/11/why-millennial-women-are-burning-out-at-work-by-30/

Paul disse...

Blue, meus argumentos são a lógica, não é difícil perceber isso.

Augusto disse...

"mas a mim e outros homens INFORMADOS vcs não enganam de jeito nenhum."

Se sua opinião é imutável, então saia daqui. Isso deveria ser um debate, mas se você não vai mudar seu modo de pensar então não vejo porque continuar discutindo sobre isso. Burrice já mostrou ter de sobra, pelo menos seja corajoso e poste com seu rosto. Mascus sempre covardes. Odeio ouvir a verdade. Choram quando levam um fora de uma mulher. Um frustrado. Sério, se mata logo. Você disse que ia sair daqui, e não foi até agora. Acho que isso é masoquismo por ver o quão burro é e continuar sendo humilhado e pisado por mulheres. Você disse que ia sair e não saiu, e passou a tarde inteira em um lugar que não gosta. Isso é muita falta de vida social, mimimis, coitado. Com certeza vai dormir sozinho por um longo tempo, ou vai ter que pagar uma mulher, porque só assim este fará sexo.

Blue disse...

Ah, claro, argumento irrefutável, esse. Bom, sem esforço, a discussão não caminha, né? Até porque é bem fácil desenrolar essa
"lógica" se centrando só nos "fatos" que interessam a você. Mas enfim, eu entendi o recado. Certamente, com esse argumento a discussão está encerrada. Mas é impressionante como isto é comum entre as pessoas que defendem posicionamentos como os seus: quando questionadas, ou falam alguma coisa sem fundamento ou partem pra agressão, embora este último não tenha sido seu caso aqui comigo. Batata frita?

Augusto disse...

Paul numa discursão: Eu disse que é assim, então é assim, pronto, acabou. Eu provei. Se eu disse eu estou certo. Eu sou o rei dos argumentos.

Rubens da Cunha disse...

Será que esses meninos "mascus" e "sanctos" não vão perceber que seria bem mais vantajoso pra eles trocar toda essa masturbação intelectual por uma "real"? hehehe

Augusto disse...

"AUGUSTO, burro aqui é vc, eu chamei soment a Lola, vc que veio de enxerido, quem tá se humilhando aqui é vc, um "homem feminista", pqp... é demais a tamanha ingenuidade desses caras em acreditar em discurso feminista, portanto o masoquista aqui é vc e não eu."

Não estou me humilhando, esse é um blog que eu gosto, me satisfaz lê-lo. Masoquista é você que vem em um blog que você não gosta, só leva patada sempre. Masoquista é você que gosta de ver o quanto as feministas são mais inteligentes que você. Eu estou bem, sou feliz. O único que não está é você que insisti em ficar em um lugar que não gosta.

Edson Jr disse...

Que tem muitas mulheres que chutam o homem quando passa por dificuldades financeiras tem sim. Claro que isso não tem nada a ver com o feminismo e, sim, com mau caratismo.

Especialmente quando suas dificuldades financeiras estão ligadas aos gastos caprichosos da mulher.

Assim como existem homens sanguessugas que destroem a vida de mulheres bem intencionadas.

Rosangela disse...

O mais absurdo no discurso e no comportamento masculinista e' que eles repelem justamente as mulheres que nao costumam se sentir atraidas por "cafajestes" - alias, quais os criterios utilizados para categorizar homens, e tb mulheres, em "honrados" e "nao honrados"? Uma mulher independente e bem resolvida emocionalmente nao costuma ser refem de companheir@s que nao a valorizem. Uma mulher com esse perfil nao precisa de um "macho alfa" para ampara'-la, que a puxe pelos cabelos ate' a caverna. Essa mulher tb nao acha que compartilhar tarefas e sentimentos torna um homem menos "homem". Mas os masculinistas gostam mesmo e' de uma mulher submissa e recatada que, nao sendo livre e senhora de seus desejos, e' mais vulneravel a "cafas" de todo tipo.

Martha Lopes disse...

O que está acontecendo aqui é um debate, uma discussão? Nem parece.
De um lado, pessoas comentam. E do outro, uma pessoa rebate com argumentos que poderiam ser facilmente resumidos em "Eu estou certo." Mais nada.

Ah, e o que foi aquele "daqui a pouco vai ser proibido ter até jeito de homem, nem voz grossa vai poder ter mais"??? #rialto

Pensei em convidar o Anderson Silva para o debate, rs...
Isso é clichê demais. Primário demais.

Vera B disse...

Paul,

Se eu entendi bem o link que você postou, ele diz que os homens é que são geralmente promovidos para cargos mais elevados. Ok, isso a gente já sabe e sabemos que também é fruto do machismo.
Que as mulheres ficam exaustas, que descansam menos e tem menos pausa para o trabalho. Ok, isso a gente também já sabe, eis que as mulheres, pra serem reconhecidas (e muitas vezes não conseguem), tem que trabalhar muito mais que os homens, além de exercerem jornada tripla (trabalham, cuidam da casa e dos filhos).
Enfim, tudo fruto do machismo.

É lógico que a mulher descansa menos, trabalha mais, é menos promovida e ganha menos.

Não entendi o motivo de apresentar o link.

Paul disse...

Blue, vc quer o que, que eu mostre fonte do Wikipédia?

Eu já respondi sobre isso, é só vc refutar o que eu escrevi, ítem por ítem mas vc é que não ter argumentos ou nem mesmo inteligencia pra isso, senão teria feito.

Eu só vim aqui pra deixar um recado pra dona do blog, mas nem ela, a "líder" de vcs conseguiu argumentar mudando de assunto saindo pela tangente.

Carol F. disse...

Hoje estava conversando no trabalho sobre a amiga de uma amiga que tem um relacionamento com um perfeito cafajeste e não o larga de jeito nenhum. Estávamos tentando entender a dinâmica da coisa e a única coisa que entendemos é que ela têm sérios problemas de autoestima e aparentemente não sente que vale alguma coisa se não estiver cuidando de outra pessoa. Enfim, uma pessoa que precisa de psiquiatra, assim como o cara do post. Gente triste e problemática, que vive em um mundo irreal e afunda a própria vida.

Edson Jr disse...

Você disse que ia sair daqui, e não foi até agora

Augusto;

Ele não sai porque está com o ego inflado. E estamos colaborando para isso.

Alguma agulha para estourar esse balão?

Augusto disse...

Na segunda temporada de "Desperate Housewives" tem um cara machista igual esse Paul, acha que é Dono da mulher. Ele até matou o marido da personagem e seu terapeuta por ciumes. Esses caras são doentes.

carolinapaiva disse...

Quem tem baixa auto-estima acaba atraindo pessoas ruins, justamente por achar que não merece coisa melhor, uma espécie de auto-punição.

Blue disse...

Ah, a Wikipedia... Lógico! Como não pensei nisso antes???? ahuheuheauheauehuaehue Deve ser minha pouca capacidade de raciocínio e argumentação mesmo. Mas não se preocupe, senhor, tá tudo bem explicado agora. Pode deixar, que obviamente ninguém se atreverá a discutir o que está escrito na Wikipedia.

Camila Fernandes disse...

Olha, a primeira vez que vi um fórum desses "homens honrados", eu jurava que era brincadeira, piada, sarcasmo. Ironia fina, até.

A coisa toda é tão absurda que eu ainda não me convenci de que eles estão falando sério. Imagino se eles não ficam vendo a galera se insultar, achar um absurdo e refutar, morrendo de rir. Caramba, tem que ser uma piada!

Paul disse...

Rosangela, sabe qual o maior problema das mulheres "independentes"?

É que vcs, me referindo as que conheço e que já me relacionei, são chatas e mandonas demais, além de não serem carinhosas vivendo cansadas e estressadas devido ao trabalho reclamando de tudo, nenhum homem quer uma mulher assim, vcs repelem os homens com esse jeito, aí nós que somos inseguros por não querer esas mulheres, claro... a culpa é sempre do homem, vcs são as coitadinhas...

Eu disse...

leke, e com a Elisa Samúdio, você ficaria?

Lord Anderson disse...

Paul que coisa estanha. eu conheço feministas, muitas, ja namorei com varias, namoro com uma atualmentee olha, é tudo muito ao contrario do que vc falou.
> Feminista é alguém que acha certo que o homem preste serviço militar obrigatório, mas que a mulher tem o direito de escolher se quer ou não prestar serviço militar.
Talvez seja novidade para vc, mas muitas feministas lutam contra todo o serviço militar obrigatorio.
Um exemplo? A propria Lola, em varios posts que mencionou as forças armada ela disse com todas as letras como é contraria a pratica para ambos.
Não tem um unico post onde ela diz que serviço militar é otimo para homens. E posso citar pelo menos mais meia duzia de outros blogs que fazem o mesmo.
Agora uma duvida, no seu forum vcs discutem sobre algum protesto ou movimento contra o alistamento militar?
> Feminista é alguém que acha que a mulher tem que receber o mesmo salário do homem, mas que o homem tem a obrigação de pagar o restaurante, o motel e a gasolina.
Novamente tanto aqui no blog, quanto na vida pessoal, as mulheres que conheço preferem na maioria das vezes pagar a sua conta, ou mesmo tudo quando o cara não tá bem de grana. Sim tem mulheres que ainda acham que é dever do cara pagar, mas a maioria delas dificilmente se enquadraria como feminista.
E pergunto: como vcs da Real agem quando a menina quer dividir a conta ou mesmo pagar tudo?
pq ja vi um monte de cara que não aceita pq acha que não é o "certo".

> Feminista é alguém que diz que luta por igualdade de direitos, mas que acha certo que a licença maternidade dure seis meses e a licença paternidade apenas oito dias.
Falacia de novo. Vc acompanha politica? pq existem projetos de lei que querem ampliar a licença paternidade e advinhe. foram em sua maioria feitos por mulheres.
Neste blog, no Blogueiras Feministas, vc vai achar artigos defendendo não só a ampliação da licença mas uma maior partipação dos homens na educação das crianças.
Ainda há muito oq fazer nesse sentido, mas a resistencia vem justamente de pessoas que acreditam em papeis fixos do genero (mulher cuida da crianças, homem trabalha), mas quem ta lutando para mudar isso são as mulheres e homens feministas (ou pelo menos não machistas).
E no seu forum? vcs falam de mudar o papel tradicional de pai como provedor, autoridade severa, discipliandor com violencia ou endossam esses papeis?
vcs falam e dão conselhos de como se aproximar mais dos filhos?
tem campanhas ou abaixo assinados pedindo a ampliação da licencça paternidade ou tão esperando as feministas fazerem isso por vcs?
> Feminista é alguém que considera um absurdo um homem abandonar uma mulher porque ela engravidou, mas acha perfeitamente razoável uma mulher engravidar propositalmente sem contar ao homem e assim privar pai e filho do direito de conviverem.
Tai algo contraditorio. Eu trabalhei com assistencia social e oq mais vi foi mulheres e crianças abandonadas por caras que não queriam saber dos filhos.
Vi muitas mães se esforçando e aceitando muita coisa para que o pai e a criança ficassem junto.
Nunca vi essa de mulher ter filho e afasta-lo do pai, salvo em casos de agressão.
E sobre engravidar de "proposito", mulheres não fazem isso sozinhas. que tal encintivar os homens a usarem preservativos sempre?
ai a chance de uma gravidez não planejada, inclusive pelo pai, são minimas.
Mas pra isso vai ser preciso parar com a mania de deixar a prevenção só na mão da mulher.

Lord Anderson disse...

>Feminista é alguém que acha que a mulher deve ter o direito de optar entre trabalhar e dedicar-se exclusivamente ao lar enquanto é sustentada por um homem, mas acha que o homem que é sustentado por uma mulher é um parasita.
Outra coisa que nunca vi uma feminista dizer. ao contrario ja vi casais em que o marido deixava de trabalhar por algum motivo e a esposa cuidava do sustento.
esses casais recebiam criticas sim, mas advinhe só, não eramde feministas e sim de outros homens e mulheres machistas que não aceitavam outro arranjo que não o do macho provedor.
E no seu forum vcs não pregam que mulheres deveriam parar de trabalhar? na maioria dos sites e blogs masculinistas que ja vi, todos criticavam as mulheres que trabalhavam fora e avisavam os membros para ficar longe daquelas que ganhavam mais.
O proprio Silvio lá, fez mais de um post onde ele "provava" que mulheres que tinham emprego destruiam a familia.
vcs podiam se decidir.
> Feminista é alguém que luta contratoda forma de violência contra a mulher independentemente de justificativa,
vc acha que violencia contra mulheres tem justificativa? quais?
> mas acha que a mulher tem o direito de assassinar o próprio filho no ventre bastando manifestar essa vontade.
Aborto é um tema polemico ,e nem todas as mulheres o aprovam.
Ele passa por uma questão de valores onde cada pessoa tem uma visão do que é vida e de onde ela começa.
Oq a maioria das feminista prega é que cada mulher decida de acordo com sua consciência sobre o caso.
> Feminista é alguém que diz que o homem não precisa da proteção da Lei Maria da Penha porque é mais forte, mas considera um crime qualquer uso da força por parte de um homem contra uma mulher, mesmo em legítima defesa contra uma agressão.
Vc conhece os numeros da violencia contra mulher? sabe quantas são agredidas, mutiladas, feridas todos os dias?
a lei maria da penha não surgiu no vacuo ou por acaso. a propria mulher que lhe deu o nome é um exemplo vivo disso.
aconselho a estudar melhor esse assunto antes de falar algo que não tem nexo.
> Feminista é alguém que acha que o homem que trai a mulher é um canalha sem-vergonha, mas a mulher que trai o homem é moderna e despojada.
generalizações. de novo, não sei quais feministas vc anda lendo.

Lord Anderson disse...

> Feminista é alguém que acha que se o homem abre uma porta e puxa uma cadeira está objetificando e infantilizando a mulher, mas quando fura um pneu espera que o homem se ofereça para trocá-lo.
algumas feministas de fato não gostam de gentilezas que são feitas apenas por elas serem mulheres, mas por isso mesmo elas costuma se virar sozinhas muito bem.
> Feminista é alguém que diz que a mulher tem o direito de lutar pelo que acha correto, mas que acha este texto um absurdo porque se trata de um homem dizendo algo que vai contra os interesses feministas.
Seu texto não absurdo pq vai contra os interesses feministas, mas pq é conservador, moralista e machista.
eu acho um absurdo, como elas não achariam?
> Vou acreditar no discurso feminista quando vir um piquete de feministas em frente a uma danceteria denunciando que as promoções do tipo “mulher não paga até a meia-noite” são um “intolerável abuso sexista objetificante da mulher promovido pelo patriarcado falocêntrico”
chegou atrasado, feminitas ja criticam isso a tempo e muitas deixam de frequentar esses lugares.
acho que vc está confundindo feministas, com "todas as mulheres".
> e exigindo o direito de pagar o mesmo valor de ingresso que os homens. Afinal, feministas não dizem lutar pela igualdade?
e pq vc não organiza um? melhor pq não incentiva seus amigos a n]ao irem num lugar assim?
isso é outra coisa que eu acho ridicula nos mascus.
eles lamentam, choram, culpam as mulheres, mas não fazem nada para efitivamente mudar as "desvantagens" masculinas.
que tal post no seu forum falando sobre cuidados com a saude masculinas? projetos para pressionar politicos pela ampliação da licença paternidade, pelo fim do alistamento obrigatorio?
mas não, vcs preferem reclamar que as feministas não fazem isso por vcs.
sinceramente não da leva-los a serio e de novo digo, como homem, vcs não me representam.

Eu disse...

leke, troque uma idéia ae...tô ansiosa prá ver se vc é bom de papo...rsrs

vc já terminou a 5ª série?

leke disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
EagleWatch disse...

Membros do fórum homens honrados JAMAIS excluíram a participação e devida importância da mulher na sociedade. Seria uma imbecilidade dizer que homens não dependem de mulheres e vice-versa. Só que, esses ideais de independência a qualquer custo das mulheres em relação aos homens, de “liberdade” que o feminismo "proporciona" às mulheres, são completamente nocivos ao bem-estar da sociedade. Não por eles "existirem", mas justamente pelo mau uso dos mesmos. Se a mulher quer ser carreirista, que seja. Apenas assuma as conseqüências disso. Sejam promíscuas, que transem com o mundo inteiro, mas, assumam as conseqüências disso. Mas não, as mulheres querem lucrar com esse lado do feminismo e querem aproveitar e segurar na mão dos homens quando é conveniente, o verdadeiro feminismo por conveniência. Existem posts e posts de mulheres que chegaram aos 30 anos infelizes justamente por ficar nessa picuinha de querer ser melhor e independente de qualquer homem. Mulheres que se vêem sozinhas por ter uma vida regada a putaria.

As mulheres, as brasileiras em especial, não fazem um bom uso da liberdade que têm em mãos. A gigantesca maioria faz o que? Têm uma vida mundana, promíscua, e depois que o poder de barganha vai pelo ralo, porque nenhum corpo aguenta, passam a desejar o velho e bom marido presente, honrado, à moda antiga. E nós não somos a favor de aceitar esse tipo de mulher. Estamos dentro do nosso livre arbítrio não é? Enquanto ela passava de mão em mão (para não dizer outra coisa) muito cara passava livros de mão em mão. Trabalhos, projetos, de mão em mão. Por que esse mesmo cara tem que aceitar essa mulher? O politicamente correto que é o aliado mais fervoroso do feminismo de vocês diz que é preconceito e que passado é passado. Conveniente demais, não é mesmo? Ter que aceitar uma mulher promíscua e salvá-la da perdição. Ela toca o terror, e de repente alguém que pelejou a vida toda tem que assumir a criança de 30 anos irresponsável? Pelo amor de Deus né.

(continua abaixo)

Augusto disse...

Tem uma música da Christina Aguilera que vão deixar eles loucos. Devem se suicidar ao ouvir.

Tem uma parte em que diz assim: "Todos estes garotinhos sujos que acham que as garotas
Foram feitas para serem brinquedos
Garotos são imaturos, eles raramente se tornam homens"

e "Vamos lá, garotos são uma droga, me enojam, egos inflados, pintos pequenos, use-os, cuspa-os"

Outra música ótima boa também feminista é mais famosa é Can't Hold Us Down:

"Então porque eu não deveria ter uma opinião
Eu deveria ficar calada só porque sou uma mulher
Me chama de vagabunda porque eu falo o que penso
Acho que é mais fácil para você suportar se eu sento e sorrio

Quando uma mulher atira de volta
De repente o grande falador não sabe como agir
Então ele faz o que qualquer garotinho faria
Inventando um ou dois falsos boatos

Isto com certeza não é um homem pra mim
Difamando nomes por popularidade
É triste que você só consiga fama através de polêmicas
Mas agora é a minha vez de vir e dar-lhe algo mais a dizer

Isto é pras minhas garotas no mundo inteiro
Que se depararam com um homem que não respeita o seu valor
Pensando que todas as mulheres são para serem vistas, não ouvidas
Então o que fazemos garotas?
Gritamos bem alto!
Deixando-os saber que nós vamos manter a nossa área
Levantem sua mãos alto e acenem com orgulho
Respire fundo e diga bem alto
Nunca puderam, nunca irão, não podem nos controlar."

É uma boa exemplo de músicas feministas. Recomendo.

EagleWatch disse...

Mas como o foco não é bem esse, vou prosseguir com o a parte do discurso de que, o feminismo fomenta a competição entre os sexos. Isso é inegável. E com esse rebuliço todo, quem paga o preço é a sociedade como um todo que se vê em uma linha tênue de uma real guerra de sexos. Sem contar que está destruindo a saúde dos relacionamentos sejam eles de caráter profissional. O gigantesco estresse feminino e a frustração masculina estão embutidos nessa guerra que está cada vez mais iminente de estourar de vez.

E sem contar os homens em especial, que cada vez mais se encontram combatendo a própria identidade de gênero de ponta de lança nas relações, dominante e motor da sociedade (ou vão começar agora até a ignorar a história?) e passam entender que ser superado por uma mulher no mercado de trabalho que é um ambiente HISTORICAMENTE de dominância masculina é a coisa mais normal do mundo. E depois, uma liderança passa a ser cobrada dos mesmos sendo que foram condicionados a ignorar essa própria liderança em um primeiro momento nos relacionamentos por exemplo.

Não é uma competição sadia, é uma total sabotagem dos valores e inversão de funções. Com isso, o abandono da família vira a conseqüência principal. A educação dos filhos é comprometida por pais frouxos, mães que incentivam os filhos homens a serem afeminados/negarem sua biologia masculina e meninas ególatras. Esse preço que estão querendo oferecer pelo “triunfo feminista” é justamente alto demais para qualquer ser humano racional aceitar e pagar. É só ler a teoria das Valeries Solanas (algo assim). O Feminismo não é essa coisa “bonitinha” “guti guti” que vocês vivem pregando aqui não. Não sejam ingênuos. Até parece que só querem direitos iguais e uma vida feliz e sorridente.

E por fim, e não menos importante, a questão do movimento da real. Ninguém quer esculachar mulher ALGUMA no fórum. A parte de que os membros que vieram bicudando a mulher que postou “de boa” foram repreendidos não é dita né? POR QUE SERÁ? Não foi conveniente né? Não temos por objetivo discursar qualquer tipo de ódio pelo gênero feminino e misóginos são seres imprestáveis. Nós somos a favor da honra, da dignidade, ética e de valores morais. Que hoje, as pessoas fazem QUESTÃO de esquecer e ignorar. Nós defendemos o aprimoramento pessoal e o sucesso como o verdadeiro triunfo do homem. E não essas associações completamente sem base de misoginias. Antes de associar o movimento da real com os sanctos, faça uma pesquisa decente Lola. Esse seu béabá aí tentando de qualquer forma nos associar a um bando de misóginos, racistas, mostra o quão “comprometida” com a verdade você é. Os caras são verdadeiros imbecis e vão contra todos os ensinamentos da real. Aí porque você lê uma frase que homossexual é um anormal, já rola um rebuliço. Analise contexto. Do mesmo jeito que um superdotado é anormal, o homossexual também é. Não é pejorativo, é simplesmente “fora do comum”. Não tem homofobia aqui. Mania dos infernos de procurar pelo em ovo. É o que eu tenho para dizer.

Paul disse...

"Christina Aguilera" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Daqui a pouco vão postar Lady Gaga aqui...

Edson Jr disse...

Esse tal de leke acabou de fazer 18 aninhos.

Não é Johnny Cage?

leke disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Squirtle disse...

Tenho pena dos homens que postaram que tem amigas, esses são os mais fodidos.
Hahahah, amigas?
Pra conversar de que? Futebol, mulheres, video game?
Obviamente que para conversar de flores, poemas, literatura de romance.
Que viadagem.
Puta que me pariu, corta a porra do saco logo e vira mulher.

Augusto disse...

Eu sou feminista e sou contra a diferença de preços entre homens e mulheres. Justamente feministas querem essa igualdade. Mas você não consegue entender que tem prioridades. Primeiro queremos salários iguais, não seríamos burros de querer primeiramente que o preço de ingresso de homens e mulheres fossem equiparados. Mascus são um tanto burros. Queremos todas as igualdades. O feminismo só beneficia os homens. É muita falta de pensar.

Martha Lopes disse...

#continuorindo

A saga masculinista daria um filme interessante. Gênero: comédia escrachada e nada inteligente.

Eu disse...

como assim 'mas o que ela é', leke? a Elisa Samúdio ERA linda. O Bruno gostou dela, tanto é que a engravidou. Por que será que o Ronaldinho o Barrigudo largou a Cicarelli? tão linda, hein?
Casamento no castelo...tava bom prá você?

COMO É SUA NAMORADA?

leke disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Augusto disse...

Acho que está na hora de banir essas sanctos e mascus daqui. Os comentários pesaram.

Augusto disse...

"Augusto voce me da nojo maluco.
O que seu pai pensaria de voce se te visse aqui hoje defendendo mulheres que tu nem conhece e os homens que tentam te ajudar e te reerguer voce ignora.
Faltou um simbolo de homem na tua infancia cara, provavelmente voce foi criado pela empregada."

Argumentos, por favor, argumentos.

Camila Fernandes disse...

Adoro como algumas pessoas partem de esteriótipos, falidos e tendenciosos.

"Mulher não pode gostar de futebol, nem de video game. Mulher não pode gostar de RPG. Mulher não pode ser nerd. Mulher não pode gostar de desenho animado, nem de quadrinhos. "

"Poesia é coisa de viado. Literatura é coisa de viado."

"Mulher só gosta de cafajeste."

Sério, gente?
Definitivamente, não entra na minha cabeça que alguém pense desse jeito.

Eu disse...

leke, vc é um bonzinho inteligente?

quais os livros que vc leu esse ano?

Augusto disse...

"Gostava tanto que mandou matar ela, ela era bonita, mas era uma vadia em potencial, fez até filme pornô.E eu vou lá saber porque o ronaldo largou a cicarelli eu não sou repórter.Eu não tenho namorada, no momento não to interessado em namoro"

E fazer filme pornô é motivo para matar alguém? O que seriam dos mascus sem filme porno já que é com isso que vocês ocupam o tempo de vocês já que nenhuma mulher querem vocês. E ainda arranja uma desculpa por não ter namorada. A verdade é que não tem namorada porque você é estúpido e misógino.

Squirtle disse...

Camila, pode falar ai sem procurar no google 3 jogos de RPG orientais que você jogou.
E por favor a escalação completa de seu time e quem foi o artilheiro do campeonato.
E Depois diga qual foi o ultimo romance que você leu, esse você sabe.

Eu disse...

Gostava tanto que mandou matar ela, ela era bonita, mas era uma vadia em potencial, fez até filme pornô.E eu vou lá saber porque o ronaldo largou a cicarelli eu não sou repórter.Eu não tenho namorada, no momento não to interessado em namoro (by leke)

foi o que eu pensei. vc não tem namorada...

O Bruno não queria é saber de filho, mas de ficar com a Elisa ele queria, né?

Você sabe o que quer dizer em potencial?

Blue disse...

Eagle, eu não acho que o problema seja as mulheres quererem essa liberdade de que você fala, mas sim se vocês acharem que existe um manual do que é certo e do que é errado, que vocês acham que deve ser escrito por vocês e que atribui esses papeis e lugares que vocês tanto reivindicam que cada um ocupe. Quando você diz que se uma mulher quer ser carreirista, que seja, mas assuma as consequências, de que consequências você está falando? De ela ter que estudar mais, de ter que passar noites em claro e trabalhar muito, de que ela tenha que abrir mão de uma coisa ou de outra pra isso, ou de ela ser chamada de mandona e de ser tratada como destruidora da sociedade? Porque se as consequências forem as primeiras, eu concordo plenamente com você, mas se forem as segundas, aí eu acho que complica. Eu não sei que feminismo é esse que defende "liberdade a qualquer custo". De que liberdade você está falando? E por que vocês podem escolher com quem e quando transar e mesmo assim podem escolher como se relacionar se um dia quiserem um molde de relação específico como casamento monogâmico sem ser chamado de vagabundo, mas uma mulher não pode isso nas mesmas condições? Quando você diz que a gigantesca maioria das mulheres brasileiras leva a vida na promiscuidade, você está falando de quem, exatamente? Porque eu conheço algumas, sim, mas certamente conheço muito mais homens que fazem isso. E vocês não são a favor de aceitar esse tipo de mulher? Ótimo, duvido muito que alguma delas se interesse por vocês também, mas por que mesmo isso significa que elas precisem ser xingadas e depreciadas? Quem deu a vocês a autorização de definir o que é certo e o que é errado, o que é feio e o que é honrado? E por que uma mulher que tem uma vida sexual muito livre não pode também ser uma excelente acadêmica ou profissional, como algumas que eu conheço? Você não acha essa delimitação muito simplista?

Augusto disse...

"A Augusto!!!
Ficou com o cu na mão agora?
Pesou o fato de ser um homem sem honra e masculinidade que nem sabe honrar seu pai agora nê?
Vai correr para o banheiro antes que seja tarde demais, e não culpe o mundo por ser cruel, banimento não vai te ajudar a se salvar."

Como você soubesse o que é certo, e o que eu devo fazer. Eu sou muito feliz. Aceite. Eu conheço caras como você, que passaram a adolescência se cortando porque não conseguiam namorada. E agora defendem uma suposta honra. Você não pode ser feliz, seja um pouco caridoso e se mata, assim não vai atrapalhar ninguém a sua volta.

Edson Jr disse...

esse johnny cage não, até porque eu sou real e não apenas um personagem do mortal kombat, se fosse pra escolher eu seria o sub-zero pra congelar essa tua mente mangina paspalhão

Johnny;

Lembro que parei de jogar Mortal Kombat aos 14 anos, ou seja, 4 anos antes de você. Se bem que você deve passar dos 30 jogando esse treco.

Vera B disse...

O Lord Anderson disse tudo!

Paul,

Voce mesmo postou um link em que as mulheres trabalham mais, são menos promovidas, ganham menos, etc.
Como você vê, a gente tem muito por lutar.
Além disso, mesmo a gente já tendo nossas lutas, a gente também luta pelo fim do serviço militar obrigatório e da ampliação da licença paternidade (ressaltando que a licença maternidade e licença paternidade é, acima de tudo, um direito voltado para o bebê e não um direito do pai e da mãe, pois visa o bem-estar do bebê).

Vocês, homens honrados, lutam por isso também?

Olha, você disse que muitas mulheres independentes são chatas, pois vivem cansadas, estressadas. Lógico, nós temos que trabalhar muito mais e ganhamos menos, conforme link que você mesmo postou.
Vamos lutar pela igualdade, então? Isso seria benéfico para ambos os sexos.

Agora, se você quer voltar no tempo, em que a mulher era totalmente submissa, ficava em casa, etc. isso não tem mais possibilidade de existir, pois, além das mulheres não quererem mais isto (e os homens inteligentes também), tal fato não ocorrerá já que, devido ao atual estágio da sociedade capitalista, não há mais como o homem, sozinho, ser o provedor.

Por isso é, como eu já postei: um homem machista é um homem apontando uma arma para sua própria cabeça, pois torna a vida muito mais difícil do que já é (para ambos os sexos).

Martha Lopes disse...

Augusto,

Parabéns por suas colocações, ponderadas e com sentido.
Mas lamento por vc não estar podendo participar de uma discussão saudável. Volto aqui pela terceira vez hoje, e vejo que virou uma guerra.
Dá para rir e para sentir pena?
Com um pouco de boa vontade, sim.
Mas agora as coisas passaram dos limites.

Augusto disse...

"essa lola de tão gorda e ridícula que ela é, poderia fazer o papel de fíona do shrek"

Oh, eu sou uma criança ainda e chamo os outros de gordo.

Por favor, né, quanta infantilidade.

Camila Fernandes disse...

Squirtle, isso não é sobre mim. Não se trata do que eu jogo, ou do que eu leio, mas de como algumas pessoas dividem o mundo entre "coisas de homem" e "coisas de mulher", e isso é ridículo.

Entretanto, para a sua informação, o romance é um tipo de textual marcado pela semelhança com a realidade, caracterização aprofundada dos personagens e do tempo e do espaço em que se ambienta a história. "Romance" não é sinônimo de "comédia romântica".

Squirtle disse...

Augusto é feliz é?
Ta feliz tomando toddynho e comendo farinha lactea com a namoradinha é?
Vou te dizer o que é certo, o certo é honrar pai e mãe e fazer sua parte como bom animal e comer o maximo de mulheres possivel, porque você nasceu para isso.
Mas você como é um cara moderno e centrado gosta de ficar tomando toddynho prefere lutar para que elas te comam.
Uma pena cara, uma pena que você se tornou isso, você nega tudo que a sua especie fez, você nega toda a naturalidade e age como um merda indeciso que prefere que tudo seja igual.
Sua empregada trazia muitas frutas e docinhos para você não é?

Eu disse...

RodrigoAl, acrescente mais uma frase:

'O mundo é dos homens' Eu

Eu disse...

Outra frase:

"Os homens só fazem o que eles querem." Eu

Blue disse...

Prosseguindo: é mesmo o feminismo que fomenta competição entre sexos? Se homens não se considerassem tão ofendidos por uma mulher dizer "sim, eu também posso fazer isso", não sei por que isso fomentaria uma competição tão acirrada. E se você diz que a saúde dos relacionamentos está sendo destruída porque as mulheres querem ser melhores que os homens, eu digo que isso acontece porque os homens não assumem que simplesmente algumas mulheres podem executar com a mesma ou mais facilidade as tarefas que eles executam, sem isso significar minimizá-los. É difícil para eles assumirem isso? Deve ser, como você disse são mudanças históricas. Mas, ei, mudanças são necessariamente ruins por quê? É uma sabotagem dos valores e funções? E esses valores e funções não foram socialmente construídos? Não podem ser modificados? Lógico que nem entre todas as pessoas que defendem ideais feministas as propostas são alinhadas, e em quase nenhum lugar que não envolva fanatismo é, mas transformar o que poucas mulheres afirmaram acerca do feminismo na proposta feminista é muita "boa vontade" sua. E, olha, eu não sei de onde vem essa história de que mães feministas criam filhos afeminados ou os incentivam a negar qualquer coisa. Inclusive, biologia não explica tanto assim do psiquismo, e portanto, das formações de gênero e sexualidade, sabe? Logicamente, não é desligado, mas não é o fundamento também.

Squirtle disse...

Camila, você não sabe isso porque você é totalmente natural e não gosta das coisas de homem, porque são coisas de homem, aceite.
Você pelo jeito gosta das coisas de mulher, novelas, livros de romance, etc. E não tem nada de errado com isso, eu e todos os homens preferimos mulheres que gostam dessas coisas porque isso é o que acontece de verdade.
Você acha mesmo que tem mulheres que jogam videogame e assistem futebol para discutir?
Isso não existe porque não é natural.
Parem de querer despolarizar as coisas se tudo funciona e funcionou tão bem assim ate hoje.
Qual o seu grande proposito e ganho em falar que mulheres gostam de futebol? Você não ganha nada com isso e nem suas amigas.

Blue disse...

Portanto, se vocês acham necessário criar uma "Matrix" pra criar uma libertação dela pra se auto-afirmar e achar um lugar na sociedade, não sei se o problema tá nos outros. E digo mais: não dá nem pra negar que a "real" de vocês seja real mesmo pra vocês, porque com realidade psíquica ninguém brinca, mas daí a achar que isso condiz à realidade pra todos talvez seja forçar demais.

Edson Jr disse...

Não imaginei que Lola conseguiria reunir tantos membros da Real. Os egos dos caras estão muito inflados.

Augusto disse...

"Augusto é feliz é?
Ta feliz tomando toddynho e comendo farinha lactea com a namoradinha é?
Vou te dizer o que é certo, o certo é honrar pai e mãe e fazer sua parte como bom animal e comer o maximo de mulheres possivel, porque você nasceu para isso.
Mas você como é um cara moderno e centrado gosta de ficar tomando toddynho prefere lutar para que elas te comam.
Uma pena cara, uma pena que você se tornou isso, você nega tudo que a sua especie fez, você nega toda a naturalidade e age como um merda indeciso que prefere que tudo seja igual.
Sua empregada trazia muitas frutas e docinhos para você não é?"

Por que um cara que não pega ninguém está me dando conselhos de como agir? Por que um cara infeliz e frustrado está dizendo o que eu devo ou não fazer? Sério, é muita imaturidade. É muita estupidez para uma pessoa só. Viva sua vida. Não me diga como viver a minha, estou muito bem sem seus conselhos.

Augusto disse...

" eu gosto de mulher diferente de você que mudou de time e tá queimando sua rosquinha açucarada"

Pelo menos não pode negar que é homofóbico.

Augusto disse...

"Você é um daqueles que acha que só é feliz quem tem namorada ou esposa, tá enganado."

Justamente o contrário, nunca namorei. E com certeza já fiz mais sexo com mulheres que você. Agora vai dormir que já passou da hora de criança estar acordada.

carolinapaiva disse...

Nuossa!! Preciso avisar meu namorado urgentemente que precisamos parar de jogar Diablo II na net! Isso afetará nosso relacionamento porque "não estamos sendo naturais"...
Quem poderá nos defender?

Eu disse...

P/Augusto matar mulher por fazer filme pornÔ isso não tem motivo, mas ficar com uma mulher dessa é muita burrice e ele fez isso porque ele queria se livrar dela e não queria pagar pensão pro filho.(by leke)

ué, segundo você não seria burrice ficar com uma mulher gorda, com cara de bolacha? A Elisa Samúdio, a Cicarelli, a Demi Moore, a Jennifer Aniston 'perderam' seus homens. O que será que elas fizeram? Não são/eram tão lindas?

Camila Fernandes disse...

Olha, Squirtle, eu não estou insistindo no ponto de que as mulheres gostam de futebol. O que eu estou dizendo é que é muito bobo da parte de qualquer pessoa supor que elas não POSSAM gostar, apenas por serem mulheres.



"Você acha mesmo que tem mulheres que jogam videogame e assistem futebol para discutir?
Isso não existe porque não é natural."

Ah, essa parte do realmente me intriga! Então é natural homens assistirem futebol e jogarem video game, certo? Afinal, sendo o futebol uma invenção da humanidade (e o video game mais ainda), onde exatamente essas coisas são naturais? Eu devo estar deixando escapar algum significado dessa palavra, aqui.

LisAnaHD disse...

Marth Lopes 22:55
Aqui e' praxe ocorrer bate-boca... homens e mulheres nao se entendem e sob a ignorancia do que e' a natureza humana partem pra agressao verbal. Ninguem procura entender o outro lado... nao digo concordar e sim entender.

Homens e mulheres ficam medindo forzas no sarcasmo, no deboche, nos palavroes e ninguem obtem algo de bom. Ainda bem que amanha Lola vai mudar de assunto e quem sabe as coisas melhorem aqui nos comments...

Augusto disse...

Squirtle, você me convenceu, onde posso me converter?

Squirtle disse...

Carolina, teu namorado ta sendo muito natural mesmo, afinal ele é homem e esta jogando.
Agora o que porra você está fazendo no Diablo 2?
Vai me dizer que joga porque gosta?
BWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
Você joga para iludir teu namorado de que gosta das mesmas coisas que ele.
Agora sexo de qualidade para jogar com ele tu não joga nê?
Só Diablo 2?

Camila Fernandes disse...

Augusto, não se converta! E já que isso aqui virou chat mesmo... Vi no seu perfil que você é de Minas, eu também sou. Em qual cidade você mora?

(Descontraindo o ambiente com um papo saudável.)

Squirtle disse...

Augusto, você não vai se converter, porque isso não é uma religião.
Você pode procurar mais a respeito se realmente quiser aprender o que eu duvido.
Uma pena que você queira continuar lutando pelo lado que não luta por você amigo.

Augusto disse...

"Augusto, você não vai se converter, porque isso não é uma religião.
Você pode procurar mais a respeito se realmente quiser aprender o que eu duvido.
Uma pena que você queira continuar lutando pelo lado que não luta por você amigo."

Eu realmente quero mudar, me diga o que fazer. Eu gostei dos seus argumentos. É um cara inteligente.

Eu disse...

leke, logo vi. a Bíblia é fácil de ler. É só a gente entender de uma vez por todas quem são os ímpios e quem são os justos. Os justos são um só: VOCÊ. Os ímpios são todo o resto.

Mas, segundo a mesma Bíblia, quem se justifica não é perdoado. Ué, e agora?

carolinapaiva disse...

Squirtle:
Só te digo uma coisa, alienadinho: eu e meu namorado começamos a nos falar justamente conversando sobre Diablo, e eu já jogava Diablo beeeeem antes de conhecê-lo, com 7 anos de idade. E quem decide sobre o que gosto ou não sou eu, e não um mascusinho ignorante, que não sabe nada da vida. Falar que mulher não gosta de vg é coisa de alienado.

Squirtle disse...

Camila, pergunte para teu pai o que ele mais gosta de assistir e de fazer. Ou para seu tio ou para qualquer macho mais velho de verdade, Augustos e carinhas moderninhos da faculdade não contam, obviamente.
A resposta será quase sempre:
Jogar futebol, ver TV, Ouvir Rádio, Xadrez, Damas,Pescar, Caçar, Lavar o Carro.
Isso são atividades masculinas porque desde o começo da história era isso que o homem fazia enquanto a mulher cuidava das crianças e da casa.
Por isso os meninos brincam de carrinho, skate, rolemã e brincadeiras de luta e as meninas preferem brincar de casinha.
Qual o problema de ser assim?
Qual o problema de ser polarizado?
Porque tudo tem que ser igual se toda a infancia feliz e todos os tempos passados foram assim?
Mulheres não gostam das coisas de homem e toda que se insere nas brincadeiras de homem quer apenas uma coisa: Iludir.
Iludir os caras a pensar que essa é diferente e gosta das mesmas coisas que você.
MENTIRA.
Todos os sexos ficariam melhor com cada um em seu lugar fazendo o que é de seu feitio.

Augusto disse...

Squirtle, não vai me ajudar mais?

Edson Jr disse...

Virou bagunça. Amanhã volto para ver se as coisas melhoraram. De um BAN neles Lola.

BAN Lola BAN!

Camila Fernandes disse...

Squirtle, o meu pai gosta de futebol. É louco, doido, alucinado pelo time. Ontem, quando o Cruzeiro escapou do rebaixamento, ele faltou perder a voz de tanto gritar. Eu não moro com meus pais e na hora do jogo estava trabalhando, mas aprendi a torcer pelo Cruzeiro junto com meu pai. Procurei o resultado do jogo ainda no serviço, e quando cheguei em casa a primeira coisa que fiz foi ligar para ele para comemorar.

Por outro lado, também aprendi a gostar de literatura com o ele. Um dos autores preferidos dele é o Camus, que eu conheci lendo os livros antigos do meu pai, e por quem eu sou apaixonada. A Queda é um dos meus "livros de cabeceira".

Ora, um homem pode gostar de futebol e de literatura. PASME: UMA MULHER TAMBÉM! Chocante, não é?

Ah, só para constar, o Camus escreve romances. Mas eles não são, em absolutos, românticos. Choquei de novo?

(:

Rosanna Andrade disse...

Lord Anderson, vc fez o q eu queria fazer, mas melhor! Rebateu um a um os argumentos do Paul, fato que ele convenientemente ignorou, provavelmente pq n quer enxergar.

Squirtle disse...

Camila, teu pai gosta de futebol como todo homem de bem gosta.
Agora você não gosta de futebol, não de verdade, tu gosta porque como disse "aprendeu" com teu pai, TU NÃO APRENDEU NADA. Tu faz isso para impressiona-lo e impressionar outros homens pagando de diferenciada. Não é só você, relaxe.
Seu pai não ficaria decepcionado se soubesse que voce não gosta de futebol e do cruzeiro, agora se tivesse um irmão e esse não fosse cruzeirense, seu pai ficaria decepcionado, ou estou errado?
O filho é reflexo do pai.
A filha reflexo da mãe.

carolinapaiva disse...

O Squirtle é um ótimo exemplo do que eu falei antes. Masculinismo deixa o cara em uma zona de conforto, onde ele pode falar tudo o que quiser sem se preocupar com argumentações. Como fazem isso? Simples, todos os comentários que forem de encontro ao que eles pregam, eles taxam de mentirosos. Foi só eu ir de encontro ao que ele prega, citando uma experiência pessoal, que ele já baixou o nível e me "acusou" de iludir meu namorado. Assim, ele continua confortável com sua teoria, afinal, tudo o que for contrário ao que ele diz será descartado pelo mesmo.
E depois falam que só mulheres gostam do que é conveniente.
Squirtle, é simples: você pode continuar aí fazendo mil especulações sobre a minha vida pessoal, estou me divertindo a beça, deve ser bem fácil pra você, já que nunca me verá na vida e não tem obrigações de provar o que disse. Ficar na especulação é bem fácil e confortável, continue aí...

Vera B disse...

Squirtle,

Sério que você acredita que menino só gosta de gostar de brincar de carrinho e menina só de brincar de casinha. Sério?????

Você acredita em brincadeiras de menino e brincadeiras de menina??????

Nisso, as meninas já superaram, pois hoje não é problema algum menina jogar bola, brincar de carrinho, andar de skate, etc. Por isso cada vez mais vemos mulheres adultas com estas paixões.
Mas os meninos ainda sofrem com o machismo, pois pra eles ainda é mal visto um menino brincar de casinha.
Os amiguinhos da minha filha adoram vir aqui em casa, pois aqui eles se esbaldam de brincar de casinha, já que na casa deles não é permitido.
Aí fica aquela briga: as meninas querem jogar video game, andar de skate e os meninos querem aproveitar para brincar de boneca.
.....hahahahaahahahaha...

Dayane Ok. disse...

Edson Jr

Vc confundiu as coisas. realmente, quando dizem que os opostos se atraem, isso não é mentira. Em uma relação, quando uma pessoa é nervosa a outra deve ser mais calma. Quando um é mais extrovertido, a tendência do outro é ser um pouco mais reservado. Quamdo um é muito sonhador, o outro geralmente é mais pé no chão. pessoas iguais viveriam brigando: Imagen dois nervosos juntos, dois teimosos juntos, ois rancorosos juntos. Nunca daria certo! O TEMPERAMENTO deve ser quilibrado. Mas isso não significa de forma alguma que "Mocinha se apaixona por bandido" ou "mocinho se apaixona por bandida!". isso é um problema de auto-estima, até mesmo algum problema psicológico que faz uma pessoa frágil se atrair por uma pessoa aparentemente forte.

Camila Fernandes disse...

Qual é, Squirtle, meu pai ficaria decepcionado se eu nunca tivesse lido Os Miseráveis! E eu o admiro muito por isso.

Não, não quero pagar de "diferenciada". E advinha por que? Porque eu acho que as pessoas são, todas, diferenciadas! Não sou eu, sabe. É todo o mundo, rapaz. Tem homem que gosta de poesia, e daí? Castro Alves foi o que, afinal? E Vinícius de Moraes? Isso não é um problema. Problema é você achar que isso, e tão somente, faz de alguém "menos homem".

A propósito, meu irmão não é cruzeirense. E meu pai não o deserdou por isso, sabia?

Squirtle disse...

Vera, uma pena que você convive com meninos que brincam de casinha, sabe como eram chamados esses na minha rua?
Viadinhos.
E as meninas que brincam de skate e carrinho era algo totalmente bizarro para nós meninos.
Isso era uma realidade para todos os meninos da rua, menina na sua e menino na sua tambem.
Esses mesmos homens com que convivi na infancia e mulheres tambem, se tornaram sujeitos completamente normais e trabalhadores e sujeitas de muito boa indole.
Agora para o coitado que brinca de casinha, uma pena, mais um que não teve uma infancia decente como está cada vez mais comum, mais um que não teve o aprendizado da rua, mais um que se tornara um frouxo quando crescer.
Vamos lutar para que isso não aconteça.

Augusto disse...

Vou sair agora. Queria me desculpar se em alguns comentários eu sai um pouco do controle mas foi porque esses mascus me fazem rir muito. Eles são burros por natureza. Não tem argumentos, não sabem nada sobre feminismo e acham que podem falar sobre. São infantis, não sabem dialogar. são frustrados e honrados a não sei o que. São chafurdados em preconceitos. Não sabem de nada e acham que sabem das coisas. Quando eles criticam, eles estão só dando conselhos. Quando você responde, ainda que usando as mesmas palavras, você está sendo agressivo.

Eu não quero que alguém viva do jeito que eu vivo. O que espero é, justamente, que todo mundo viva da maneira que lhe convier, e que aceite que os outros vivam de outra maneira.

Eles são um poço de contradição.

kika disse...

Qd leio coisas assim fico com medo do mundo, fico com medo do q pode acontecer as pessoas q tem ideia própria e não compartilha dessa doença q é esse machismo tão violento em palavras e em ações.
Mas ao mesmo tempo me dá vontade de rir, tamanha as burrices e sandices que esses "moços mascus" propagam aos 4 ventos... Parece coisa de louco, sei lá!
Mas creio eu q exista uma saída perfeita pra eles: q todos façam uma vaquinha e comprem algum país/planeta e se mudem todos pra lá, assim não terão q conviver com mulheres e eles viverão em paz, já q estarão com os seus semelhantes e todos os q pensam igual.
Adoro vc Lola... sou sua fã
Beijos
Kika

Squirtle disse...

Camila, esqueça a literatura e foque no futebol como bem falei. Não estou falando que seu pai ficara decepcionado se você ler ou não um livro, e sim se você for ou não cruzeirense.
E enquanto a seu irmão, pergunte a seu pai se ele não ficou chateado com a escolha dele para outro time, com certeza ele vai dizer que sim.
Porem ele é um pai honrado e levará seus filhos a vitória sejam eles como foram.
Esse tipo de característica que está perdida em pessoas como o Augusto ou em homens que brincam de casinha por exemplo.

Camila Fernandes disse...

Uai, Squirtle! Eu realmente estou tentando entender as coisas aqui, certo?

Você diz que homem gostar de futebol é natural, mas que gostar de literatura é coisa de "viado". Estou querendo saber se o meu pai, fã do Cruzeiro e do Victor Hugo, é um homem honrado ou um "viado".

Aliás, você ainda não esclareceu como o futebol (e o video game, entre outras coisas) pode ser tão natural e inerente ao homem se foi inventado pela humanidade, ao longo dos séculos.

Squirtle disse...

Camila, novamente não distorça meus comentários.
Livros de romance não se faça de boba, você sabe quais são os que estou me referindo: Crepusculo,etc.
Com isso tirado do caminho pode rebater meus outros argumentos.
No aguardo.

Rosanna Andrade disse...

Squirtle, e OBVIO q existem sim muitas mulheres q gostam de videogame. Veja nos eventos de anime/manga, oras! Eu mesmo tenho 22 anos, faco faculdade, namoro a tres e quando tenho tempo AMO videogame, especialmente Pokemon, veja so!
Se vc joga Pokemon sabe inclusive q criaram uma personagem feminina como opcao de avatar p o game... pq sera? pq descobriram q meninas tambem gostam de videogame!

Edson Jr disse...

Dayane;

Os opostos se atraem, mas dificilmente se combinam. Duas pessoas tranquilas não-egoístas tendem a formar um ótimo casal. Infelizmente representa a minoria das relações.

Logo mais volto. Preciso acordar cedo.

Beijos

Squirtle disse...

Rosanna, isso não é verdade.
Quando era mais novo fui muito nesse tipo de evento e etc.
Tambem com a esperança de achar essa que vocês falam a tal mulher que joga videogame
Bwahahahaha
Só fui perceber depois que o que mais tinha lá eram malucas doidas por atenção e para atrair os olhares de nerds e se sentirem nas alturas.
Jogar bem os jogos e saber das coisas que é bom, nada.
Mulher só gosta das mesmas coisas dos homems para confundí-los e seduzir algum bobão para ser seu futuro provedor.
E é claro, se sentir na lua com toda a papagaida dos nerdões que a chamam de deusa, diferenciada, etc.

Camila Fernandes disse...

Ah, sim, agora eu entendi o que você quer dizer com romance! Histórias de amor, certo. Romance, o gênero narrativo, não conta, pode ser "coisa de homem". Mas será que isso coloca Romeu e Julieta no mesmo patamar de Crepúsculo, ou não?

Agora, que tal me esclarecer a questão sobre o que é "natural"? Muita gente tem esse argumento, só que até hoje ninguém me explicou. Quer dizer, a galera protesta contra o que não é natural, mas pessoas naturalmente não voam e mesmo assim eu não vejo ninguém fazendo campanha contra aviões.

Não me peça para não distorcer seus argumentos NOVAMENTE, quando é a primeira vez que você pede. É rude, sabe.

(:

Vera B disse...

Squirtle,

Menino ser chamado de viadinho por brincar de boneca e acharem bizarro menina andar de skate. Por quê?
Puro fruto do machismo!
Coitadas dessas crianças, que já, desde cedo, não podem ser livres e crescem no meio de uma neurose infundada.

A criança, ao brincar de casinha e boneca, nada mais faz do que imitar os adultos. O faz-de-conta desse tipo de brincadeira é ótimo para um bom desenvolvimento psicológico e para a criança aprender sobre suas habilidades.
Meninos que brincam de boneca provavelmente serão ótimos pais e se sentiram satisfeitos de exercer esse papel, quando adultos.

Uma pena existirem pessoas que veem algum mal em algo tão inocente e feliz como uma brincadeira de criança, que só pode trazer benefícios a ela.

Agora deu pra entender melhor ainda a origem dos problemas de alguns homens machistas. Realmente, é muito difícil de escapar de problemas psicológicos quando, na infância, são impedidos de se manifestarem plenamente.
Sinto por você!

Rosanna Andrade disse...

Engracado vc chamar de mentira uma experiencia pessoal minha, como vc pode saber?
Gosto de videogame desde que me entendo por gente, coisa de 4, 5 anos. Vai dizer q nessa idade eu ja pensava em enganar e seduzir nerds? faca-me o favor!
E certamente nao fomos nos mesmos eventos, nos q eu fui havia inclusive garotas na "elite" do pokemon no brasil na epoca, em 2004, so pra ficar num exemplo.
Mas nao, elas gastavam $ e tempo com o jogo nao pq gostavam, mas p enganar os homens, vejam so!
eh como disseram, o q vai contra a sua argumentacao vc diz q eh mentira, mesmo sem provas ou sem fazer sentido.
Desconfio q cai no papo de um troll

Squirtle disse...

Camila, para perceber o que é natural é muito simples.
Nos estádios de futebol você vê quantos homens? Muitos
Nos salões de beleza você vê quantos homens? Poucos
Isso é o natural, o homem gostar de coisas que outros homens faz e derivar de seu pai.
Enquanto a mulher gostar de coisas que outras mulheres e suas "amigas" gostam e derivar de sua mãe.
Se qualquer um dos dois para qualquer um dos lados consequencias serão feitas.
É impossivel negar que todo homem que passa muitas horas no salão se enfeitando está fazendo isso para impressionar seu outro homem.
E tambem é inegável que toda a mulher que vai até estádio está lá para mostrar para os homens que é torcedora fanatica e que eles podem contar com elas na hora do jogo.
O homem então cai nessa e começa a gostar da mulher porque ela gosta das mesmas coisas que ele.
Repetindo esse é o unico motivo das mulheres gostarem de coisas de homem, impressionar ou atrair outro homem.

EagleWatch disse...

Blue,
Sobre a questão das carreiristas é justamente o fato de saber que está abrindo mão de muita coisa em prol da carreira. Muita coisa que a maioria não acha que será um problema no começo e depois muros de lamentações surgem e aí o tempo passou, já não tem o mesmo poder de barganha e aquela balela toda. Vitimismos acabam sendo estabelecidos culpam o machismo porque ninguém tá a fim de assumir a balzaca trabalhadora e tudo mais. Porque veja, o problema não é a mulher trabalhar. Se ela quer trabalhar, trabalhe. Eu não tenho preconceito com mulher que trabalha. Isso é uma opção de cada uma. Só que, assumam as conseqüências.

A liberdade que você questiona com freqüência, é a “independência” delas em relação aos homens. E não faz sentido lutar por uma liberdade que na prática não existe. Já leu Scum Manifesto? Já ouviu falar? Resumindo, obra da Valerie Solanas sobre a destruição dos homens e a libertação feminina. É disso que eu tô falando.

Na questão da promiscuidade, veja bem, ninguém aqui é imbecil. Vamos parar de relativizar a porra toda e ir direto ao ponto. Ser promíscuo não é bom nem para homem nem para mulher. Eu tenho meus critérios e acho que a mulher tem que se dar ao respeito e não sair dando para qualquer um que vê. Do mesmo jeito que o homem que vive para sexo é apegado demais e imbecil da mesma forma. A vida não se resume a gozar. E quem disse isso não somos nós do fórum, são os antigos valores morais, a honra e a dignidade, a religião. Tenha bom senso, viver na putaria sempre foi condenado por qualquer ser humano que se diga decente. A maioria das mulheres hoje vive nesse conceito de libertinagem sexual e querem um respaldo para serem vagabundas. Sejam vagabundas, mas o aval masculino jamais terão.

Na questão das mulheres vadias serem depreciadas, eu digo que ninguém é obrigado a sumir resto de ninguém. Mais uma vez, ASSUMA as responsabilidades dos seus atos. Qualquer mulher antes de ser vadia, de entrar para a putaria sabe que vai ser taxada disso. Apenas repito, aguentem as conseqüências. E na questão de “promíscuas acadêmicas”, reconheço a existência delas. No meu post eu exaltei aquelas que simplesmente querem salvar a vida baseada apenas na vida à toa com um Ca$amento$ “conveniente$”.

(continua)

EagleWatch disse...

Mulher não é incapaz. A fomentação que eu digo em um primeiro momento é justamente a questão de que, mulheres são condicionadas a acreditar que elas não têm valor na sociedade se não adquirir a força e inteligência masculina. O que acontece é que as mesmas mulheres são incentivadas a isso para provar valor que não se faz necessário. A questão não é que não seja possível viver em “harmonia” homens e mulheres. Até acho que é possível, mas, o feminismo não é o caminho. Entenda que não existe nenhum princípio de igualdade defendido por feministas. É utopia acreditar nisso.

No que diz respeito à criação dos filhos, simplesmente vou citar o Doutrinador: “Os pais de hoje geralmente são bundões sem virilidade, domados pela esposa, que ensinam que sucesso é "pegar mais mulher" enquanto as mães superprotetoras dizem aos filhos para serem gentis e tratarem as mulheres como damas e semi-deusas. Não há ninguém para ensinar desde cedo o que é a honra, a virilidade, o respeito e a descobrir os valores masculinos. Tudo gira em torno de quantas mulheres ele conseguirá comer e de quantas flores ele mandará para tentar conseguir um pentelho da vagina delas.” E você acha que essa frouxidão é oriunda do machismo? Faça-me o favor.

Sobre a real, a real já salvou muito nego de depressão, de situações na lama. Não por incentivar um vitimismo, nego bundão não se sobressai no fórum e sim por mostrar que a luta continua e o sucesso depende de cada homem em si e vocês ainda vêem em nós um real problema. Por hoje já tá de bom tamanho. Qualquer coisa se quiser continuar a debater isso daqui (que para mim não vai dar em muita coisa), me passe seu e-mail. No mais, é isso.

Vera B disse...

Camila,

O natural é assim: esqueça que a gente vive em sociedade, que a gente se relaciona com as pessoas, que nossos pais e escola nos influenciam enormemente na infância, que a gente está incluído dentro de um modelo econômico, de cultura, etc. Esqueça tudo isso, pois nós somos animais e nada disso interfere nas nossas vontades, no nosso estilo de vida, no nosso pensamento, nos nossos sonhos, etc.

Squirtle disse...

Rosanna, não é natural você estar jogando Pokemon, mas suponhamos que isso seja verdade e vocês estejam certas em relação ao videogame.
E em relação ao futebol, pescar, acampar e tantas outras atividades?
Enquanto aos eventos tenho que discordar novamente.
Se você bem sabe os melhores jogadores de pokemon são os homens, assim como de futebol e etc.
As meninas vão lá para mostar como entendem do jogo, justamente para atrair os outros caras.
E esses são atraidos, porque isso é normal.
Mas essas nunca chegam a ser elite de nada no mundo masculino justamente porque não as interessa muito a ponto de treinar e etc.

Rosanna Andrade disse...

Sobre Crepusculo, vc encontrou mais um contra exemplo: tenho pavor de Crepusculo, alem de 99% das comedias romanticas e filmes romanticos q existem, exatamente pq eles sao extremamente machistas. Do tipo, "mulher, n seja atirada, espere seu principe"...eca!
Volte dois posts e veja neste blog mesmo uma critica ferrenha ao ultimo filme da saga crepusculo

Camila Fernandes disse...

"Camila, para perceber o que é natural é muito simples.
Nos estádios de futebol você vê quantos homens? Muitos
Nos salões de beleza você vê quantos homens? Poucos."

Então você concorda que NATURAL é um conceito RELATIVO, não é? Relativo, condicionado às normas sociais vigente, efêmero e passível de mudança.
Afinal, seguindo a sua lógica, é perfeitamente natural dois homens se cumprimentarem com beijinhos no rosto. Na Itália, lógico, onde isso é comum.
Na mesma linha de raciocínio, se um dia a maior parte dos homens resolver frequentar salão de beleza, isso se tornará, automaticamente, algo natural.

Só mais uma coisa: o que você definiu se aplica muito mais ao conceito de comum do que de natural... Mas, tudo bem, vou respeitar a sua opinião. Obrigada por compartilhar!

Squirtle disse...

Camila, isso nunca se tornará comum, porque já se passaram varias e varias gerações e isso nunca se tornou comum. Essa é a prova de que é natural, é natural porque não depende de tempo e sim de vontade, e por mais que os homens se afeminem não terão essa vontade de ir no salao de beleza todo o tempo e continuaram preferindo o futebol.
Agora acho que você finalmente entenderá.

Rosanna Andrade disse...

Epa, perala, nao necessariamente homens sao os melhores jogadores. Havia meninos e meninas na elite na epoca, em pe de igualdade, lideres de ginasio, etc.
Sobre as outras atividades, eu tinha ctza q vc ia argumentar isso! Mas isso n desqualifica meu argumento, pq se eu particularmente nao sou um exemplo de apreciadora destas outras atividades ditas masculinas (e vc pode pensar em infinitas outras, e ficariamos discutindo p sempre), ha outras mulheres q sao.
Morei com uma menina q muito provavelmente joga futebol melhor do q vc, treina toda semana no time da faculdade. E eu a considero muito feminina, vaidosa, mas se n fosse tbm n seria um problema.
Suas generalizacoes sao frageis demais.
E a Marta da selecao feminina de futebol, eleita 5 vezes a melhor jogadora do mundo? n gosta do q faz? quer impressionar homem? ate onde eu sei ela e solteira, vejam so!

Squirtle disse...

Rosanna, ai está.
Você é o tipo de mulher que fez ser criado o forum da real, o tipo que deixa os nerdões e os homens betas loucos.
Eles escutam esse seu papo e pensam:
Ora, essa menina é diferente, e gosta das mesmas coisas que eu, vou namorá-la.
E no final você já sabe o que acontece.
Não se pague de excessão porque você não é.

Camila Fernandes disse...

Squirtle, então para uma coisa ser natural, ela tem de ser atemporal, ter validade além da época e do conceito histórico em que se insere. Muito bem, concordamos quanto a isso. É claro que eu entendi.

Só uma dúvida: como o video game, inventado a algumas décadas e que, portanto, ainda não atravessou "várias e várias gerações" pode ser considerado algo tão natural por você?

lola aronovich disse...

Pelo menos ALGUÉM aqui parece estar se divertindo. I'm looking at you, Camila.

Squirtle disse...

Rosanna, a Marta é pessima jogadora.
Se jogasse contra qualquer time de Varzea masculino ela não brilharia nem um pouco do que brilha.
A verdade é que o futebol feminino é um show de horrores e nenhuma ali tem qualidade tecnica.
Se você assistisse mesmo aos jogos saberia como são horrendos.
O Futebol feminino é o cumulo do ridiculo, por isso não tem projeção nacional, porque mesmo o brasileiro que assiste qualquer coisa de futebol não aguenta aquela merda.
E muito provavelmente a sua amiga não é e nunca será melhor do que eu no futebol, disso eu tenho certeza absoluta.

Squirtle disse...

O Videogame é oriundo da segunda guerra mundial assim como os computadores, o seu argumento de que apenas algumas decadas mostra o seu total desinteresse por videogames, o que é natural como eu ja dizia.
O primeiro videogame de casa foi criado em 1972 mas já existiam muitos outros antes disso.
Portanto ele já passou por varias gerações de jogadores e esses, de excelencia, masculinos.
Você pode até considerar o videogame uma arte mais fácil de ser integrada por vocês, já que não demanda força fisica e etc.
Mas futebol que existe desde antes de 1890 e caçar que existe desde a antiguidade que é bom, NADA

Camila Fernandes disse...

Oh, Squirtle, quando você disse "várias e várias gerações" eu pensei que íamos falar de coisas que tinham pelo menos um século de existência!

Quero dizer, as primeiras cidades egípcias datam de milhares de anos antes de Cristo, não é? Imaginei que 50 anos não fosse nada comparado a isso, mas, enfim: erro meu, perdão.

O futebol eu mesma considero uma tradição. E a caça, claro, pois existe desde os primórdios do surgimento do homem (até antes das cidades egípcias).

Camila Fernandes disse...

Ahh, Lola, eles fazem isso com a gente o tempo todo! Que mal tem brincar um pouquinho? Além do mais, estou praticando a minha retórica - não é o melhor dos adversários, mas vá lá.

Se não for apropriado, eu juro que paro.

(:O

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 396   Recentes› Mais recentes»