quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

OS HOMENS DARIAM TUDO PRA SER COMO A GENTE

Ainda no post sobre vaidade, a Dani fez um relato interessante:

"Tem uma comunidade de orkut que participo, composta basicamente de mulheres. É uma comunidade que ensina a fazer coisas artesanais e tal. Criaram um tópico pra divulgar um exercício que afina a cintura em 3 minutos em 1 centimetro. Todas ficaram loucas fazendo e se medindo e algumas super frustradas pq nao diminuiram o tal 1 centimentro. Postei várias coisas sobre essa busca incessante de vaidade e coisas que comentamos aqui no seu blog e tals... Fui recebida com várias pedras e comentarios (tudo sic):
'Todas as pessoas valorizam pessoas harmônicas, isso é um fato humano que sempre existiu, e isso não quer dizer que inteligência, senso de humor e outras qualidades não sejam valorizadas. Pessoas que se cuidam em geral se sentem melhor do que pessoas descuidadas, e confiança é um fator que influencia e muito conquistas pessoais. Os homens também se preocupam em se cuidar, mas eles não tem tantos artifícios quanto nós mulheres, como maquiagem, mais modelos de corte de cabelo e roupas, etc...'
'Acho esse papo o mais banal do mundo :P todo mundo fala e fala disso, de beleza interior e blábláblá, mas no fundo no fundo, ninguém quer ser feio'.
'Eu sou obcecada pela perfeição, não nego'.
Ai Lola, é triste, é desestimulante, dá vontade de chorar. Tá que qualquer coisa me faz chorar, mas É F*DA! =( "

F*da mesmo, Dani. Achei hors concours esse comentário que os homens também querem se cuidar, mas não têm artifícios pra tanto, tadinhos. Não é uma imposição pras mulheres se cuidarem, é só uma falta de oportunidades iguais pros homens. E que bom que pra gente surgem novas oportunidades, novos artifícios, todos os dias! Como essa da cirurgia estética vaginal, pra deixar nossa vagina com a aparência da de uma menina de doze anos. Já virou moda na Inglaterra! Puxa, somos tão sortudas por podermos contar com todos esses artifícios! Acho que a gente deveria se ajoelhar e agradecer à indústria da beleza e à mídia a cada dez minutos por se dedicarem tanto a nós. Elas fazem isso por puro altruísmo, por amor, até. E esse altruísmo me contagia também. Putz, eu daria a minha vagina a um homem só pra ele poder conhecer a experiência indescritível de fazer uma cirurgia estética vaginal!
Mas agora voltando à realidade: Dani, não seja cruel. O que temos de fazer pra perder um centímetro da nossa cintura em três minutos? Pô, nesse ritmo em meia hora eu já viro a Giselle!

30 comentários:

Dani In Sitarland disse...

Ai, fiquei contente de ser citada em um post =P
Pois é Lolinha, vou te contar viu...tenho pena dos homens, tenho certeza que meu namorado ia amar, gastar rios de dinheiro no salão, sair de lá e comprar maquiagem, e se enfiar num puta saltão, e quando chegar numa roda de amigos ouvir dizer que a vagina precisa de tratamentos esteticos por que ta de uma coloração que não é rosa-bebê e que os lábios são um maior que o outro e etc...
Vou te mandar o link do video!
Vou fazer o exercicio por 30 minutos e meu deus, amanhã estarei vestindo 38, não acredito, que dádiva!!!!rs

Dani In Sitarland disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani In Sitarland disse...

Detalhe que esqueci de comentar.
Essa semana fui ao ginecologista e fiquei observando várias coisas...
1º - Um cartaz que eu achei ABSURDO que dizia: "Em respeito às nossas clientes, estamos agora oferecendo diversos serviços estéticos como drenagem linfática, tratamento contra celulite, cirgurgia estética vaginal, e vários outros tratamentos corporais, procure a nossa recepcionista e marque uma avaliação." Em RESPEITO??? como assim, Pedro Bó?

2º - O papel que a médica usou pra me prescrever os exames é rosa e tem o desenho de uma rosa. Por que diabos a nossa sexualidade ta TÃO intrinsecamente ligada ao simbolo da rosa cara? Me lembrei logo do texto da Marjorie para o dia internacional da mulher.

3º - Médicos se acham logo, fiquei 1 hora e meia depois da hora marcada, esperando a deusa da medicina me antender, então fiquei percebendo como chegavam algumas mães cuxixando pra secretaria algo como: "ela ficou mocinha, queria marcar um horario pra ela" como se fosse o maior segredo do mundo, e a menina acompanhando a mãe ficava vermelha e olhando em volta pra ver se alguem estava escutando aquela vergonha enorme que é ficar menstruada.

Nossa, tantas coisas...quando eu não estava com a cara enfiada no livro "O amante de Lady Chatterley", eu observava esses comportamentos...

Luciene disse...

Ai,Lola!Você não existe.Você me mata rir.Entro sempre aqui e nunca deixo nenhum comentário,mas hoje não resisti.Esse foi demais.Um forte abraco e muita sorte em Fortaleza.

GabiPurple disse...

Hehe,sei qualé essa comu.Antigamente tinha uns topicos mto bons,mas agora tá ruizinha,tem muito topido inútil nesse mesmo estilo...se vc for procurar,tem outros piores.

Ághata disse...

...os homens é que, coitados não tem tantos instrumentos para ficarem bonitos??
...essa busca incessante por padrões inalcançavéis baseado em biotipos arianos é mera 'vaidade e vontade de ser bonita'?
Oh, como essa gente consegue ser tão alienada??? Alguém me diga por favor!
Pelamor...
Não consigo ser tão idiota a este ponto!!

Girls On The Side [ GOTS ] disse...

Gostei do seu blog mt legal!

Não sabia se ria ou ficava brava quando lí o post chamado "a dona deste blog é meio lésbica".

Mas normal, no meu blog sempre rola alguma ofensa em post!

Luciana disse...

Quase chorei de dó dos homenzinhos, tadinhos... Quase.

Outro dia eu caí num fórum sobre "relacionamentos" e li várias perguntas de mulheres cujos parceiros não vinham demonstrando interesse sexual. Adivinhem quais as perguntas (pra elas) mais frequentes?
"Vc é bonita?", "se cuida?", "usa maquiagem?"

E os conselhos: "compra uma roupa/lingerie nova", "usa maquiagem", "provoca ele", faz isso, faz aquilo.

O homem ser broxa ou não querer fazer sexo também é culpa da mulher, sabiam?

Aff.

Lud disse...

Hehe, é por isso que agora a minha rotina de beleza é igual à do Leo. Eu só roubo um pouco na depilação - tô considerando que é o equivalente à barba que ele faz, embora em realidade não seja, porque ele pode optar por não fazer.
O engraçado é que eu continuo me achando. E até agora ninguém discordou ;).

Julia disse...

Eu também tô na DIY for Vixens e, realmente, é tenso isso lá.

Oliveira disse...

Lola:

Essa ironia foi muito boa. Nós homens somos uns infelizes; que bom!

Cantinhos da Surpresa disse...

Lola, isso que vc comenta é o mercado achando novas formas de FATURAR em cima de pessoas que seguem esse padrao que praticamente não existe!!!

É o CAPITALISMO DE GUERRILHA,
pegando varios grupos diferentes fazendo uma lavagem celebral nas pessoas...
Enfim seguir padrao impossíveis sendo que o mais importante é o INTERIOR, a cultura, a vida essas coisas.

Natalia disse...

Eles são tão infelizes q vivem zombando da futilidade feminina e resistem ao maximo qlqr tentativa de enquadra-los nela. Mas, ah, deve ser recalque ne? No fundo devem morrer de inveja! ¬¬

Pior q ja experimentei essa ignorancia pessoalmente, depois de varias vezes explicar tds os mecanismos e lavagens cerebral q usam pra gnt achar q isso td traz felicidade e talz.

No fim, depois de dias, acabei ouvindo um 'passa um lapis no seus olhos, vai ressalta-los' insinuando q eu sou uma pessoa infeliz e td vai melhorar se eu me cuidar mais e arranjar um namorado. Tmb ja acabei vendo essas mulheres rirem de piadas com estupro.

É complicado. Pq algumas pessoas até acham interessante ter algm como do lado q fica qstionando td, mas no fim das contas é só isso. Fico com a sensação de q precisa partir da pessoa, sei la, n adianta conversar, eu n tenho mais saco. Pra depois ouvir essas coisas e comprovar mais uma vez a gravidade da situação humana? Isso só diminui minhas esperanças.

Alias, percebi desde nova o qnto ser uma mulher q qstiona as coisas ja é sinal de q eu sou infeliz e preciso me cuidar mais e melhorar minha auto-estima!

Claro q as vezes ouço coisas mt piores, essas dai são mais sutis, mas de certa forma me incomodam mais.

Viajei, mas resumindo, nos somos mt alienadas, tanto q msm q algm mostre o q de fato acontece e até reconheçamos a partir dai o qnto isso td nos deixa infeliz, o fato é q ainda assim, tem mulher q n consegue se desvencilhar de td isso.

=draupadi= disse...

ai lolinha, estou arrasada. meu namorado terminou comigo por e-mail, acredita?
puxa, essas coisas sempre dóem, mas é que ele de fato foi uma das pessoas mais bacanas que eu já conheci. terminou num surto de infantilidade porque eu não respondi um e-mail dele com a urgência que ele esperava a resposta. Tentei explicar e ele, puto da vida, e talvez pra não ter que reconhecer que estava errado, terminou =(
Enfim, momento desabafo.
Tô contando isso pelo seguinte: sempre que eu termino um namoro q tava rolando com uma pessoa legal [ou seja, umas 3 vezes], uma das coisas pelas quais eu lamento um pouquinho, lá bem dentro de mim, é que -vou colocar entre parenteses porque tenho vergonha, melhor deixar meio escondido-: (eu com frequência penso, ainda que não queira pensar, que foi uma pena perder alguém que já tinha me aceitado como eu sou... com toda minha celulite, minhas espinhas, meus pelinhos no rosto e nas pernas provocados pela SOP...) não que eu não me valorize por outras coisas, me valorizo demais. E nunca cedo em questões que para mim são fundamentais só pra manter alguém que 'me aceitou' do meu lado. Mas esses pensamentos de rejeição me fazem mal, sobretudo em momentos assim, em que a gente já não se sente lá a pessoa mais feliz do mundo.
é isso.
beijo
=(

Manu disse...

Isso me lembra um negócio que eu acabei de ver
http://www.sweetmayhem.com.br/2009/12/lola-nao-tem-mae.html

Que nojo!! E é uma mulher que escreveu

lena disse...

Olá Lola, nesse assunto sobre vaidade gostaria de saber o que você acha sobre as cirurgias estéticas, pois não acreditos que todas as mulheres façam por vaidade, mas essa pode ser uma visão minha, gostaria de saber o que achas.

bjs

Devathai disse...

Sou muito fã da Dani, ela é linda!

É realmente engraçado as pessoas pensarem que é 'vantajoso' que as mulheres tenham tantos artifícios em prol da beleza. Somos escravas mesmo.

Eu já desisti de ir a salões pra cuidar do meu cabelo. Porque meu cabelo é sempre visto como problemático. Pra me venderem escovas progressivas, as cabelereiras sempre apelam para o argumento de que meu rosto ficará 'mais harmônico', que os cabelos são a moldura do rosto, como é que eu posso continuar com um cabelo assim, e o blábláblá é imenso. Desisti.

Meu marido adora meu cabelo 'doidão'. E várias indianas já elogiaram meu cabelo também. Se elas soubessem que eu gastava muito em salões no Brasil pra tentar ficar com o cabelo pelo menos um pouco parecido com o delas...

E fiquei horrorizada com o link que a Manu postou acima. É triste ver que essa pressão pelo padrão está impactando as crianças cada vez mais. As meninas são treinadas a serem barbies desde muito cedo. Acho o cúmulo os tais salões infantis, e eles estão proliferando no Brasil, e é sempre para meninas, logicamente.

Quando estive aí, fui em uma loja de cosméticos e fiquei abismada com uma seção infantil que tinha lá: esmaltes das powerpuff, batons de personagens diversos, kits de maquiagem, alisantes de cabelo infantis, até sabonete íntimo feminino infantil eu vi lá! Que absurdo.

E fui mostrar as fotos da filhinha de um amigo indiano pras minhas amigas brasileiras, e sabe qual foi o comentário? 'Nooooossa, a menininha tem bigode'. A menininha de 3 anos é a coisa mais linda, parece uma bonequinha mesmo, mas a única coisa que viram foi o bigode. Putz, eu não aguento.

Bárbara Reis disse...

HAHAHAHA eu ri...

Uma coisa que funciona horrores, é ficar doente e tossir a noite inteira. Você vai acordar como se tivesse feito 5.000 abdominais. :D

:'(

Mariana. disse...

LOLA, PÁRA TUDO:

É OFF, nada a ver com o tema do tópico, mas é TÃO ABSURDO que não poderia deixar de comentar. E você também não pode deixar de falar no blog, depois de ler isso aqui:

Existe uma revista chamada "Elas & Lucros" (que eu não conhecia até então). Ensina as mulheres a poupar, investir, etc. Dizem que, no geral, é uma boa revista. MAS olha só a matéria que saiu na última edição (CAPA):

“Como agarrar um milionário”, dando a entender que isso também é um meio de investimento. Veja um trexo da matéria:

“O casamento por interesse é abminável, mas é um caminho legítimo. Não é o golpe do baú e sim, para alguns, uma estratégia para ser feliz. Em geral, casar-se nem sempre dá certo. Divórcio cresce em toda parte e não há prova nenhuma de que o índice de divórcio entre os que se casam com a riqueza seja maior que os demais casamentos”.

O FIM, NÉ?

Não vi nem um blog feminista falar sobre isso, só blogs de economistas. Mas fica a dica: acho que é um bom tema pra ser explorado, pois muitas mulheres ainda veem no casamento (ou gravidez) um meio de vida. É triste.

PS: não achei um link com a matéria completa, mas aí dá pra ter uma idéia, né?

Beijos, LOLA!

luci disse...

lola, tu acha que se existisse isso (e fosse saudavel), ainda existiriam mulheres reclamando do corpo? nao. tenho uma amiga que tah fazendo academia a dois meses e e tah se sentindo feliz por ver que as duas banhas da barrigas estao se transformando em uma soh hahaha gosto de ver ela se exercitando, porque ela era uma sedentaria terrivel, mas essa de se matar pra conseguir uma silhueta de modelo nao eh a minha praia, hein...

::

sim, mas o que eu queria dizer mesmo eh que acho que esse concurso de blogueiras esta prestes a mudar minha vida. eu era uma mulher feliz que planejava ter muito filhinhos e adotar pra mim a vida que minha mae e avo tiveram: uma prole bem vasta. mas dai eu e meu namorado pensamos bem e essa coisa de botar filho demais no mundo eh tao seculo XX e tao antiecologico. pensamos nos pimpolhos daqui a 40 anos migrando pra sei la onde em busca de comida. no ceu, chuva de fogo, o mar bravio hehehe entao decidimos soh ter dois (poderiamos ter soh um, se nao achassemos que ser filho unico eh uma merda). mas depois de ler todos os posts do concurso, entrei em panico e mandei um email pra ele dizendo que nao iamos ter filhos. OU que teriamos no dia em que fossemos ambos ricos e nao precisassemos trabalhar. nunca imaginei que eu fosse ser do tipo que larga o emprego pra se dedicar aos filhos, sabe. ate porque agora eu trabalho de faxineira na casa de maes recentes e vejo a loucura na qual elas vivem, mesmo nao precisando tomar conta da casa! lola, isso nao eh vida. mas mesmo que eu trabalhasse, sei que teria milhoes de coisas pra fazer enquanto mae. eh um desastre. tenho medo. agora nao sei se agradeço a essas mulheres blogueiras ou nao por ter destruido meu sonho. estava disposta mesmo a colocar filho no mundo na iminencia dele passar fome pela falta de comida na terra, mas depois de ler os blogs, desisti :)

luci disse...

academia Ha dois meses :P

Shirley disse...

Fiquei pensando aqui, onde estão os metrosexuais? Acho que não colou muito né, na época ficou um zun-zun, entre os que se cuidavam e os que não estavam nem ai, tinham os que diziam que isso era coisa de mulherzinha...Avestruzes!! Eu só sei que depois disso, eu bem notei nas prateleiras, duas ou três marcas de shampoo/condicionador só para homens...Acho que aos poucos, bem aos poucos a industria da beleza, está tentando criar uma leva de homens que levam o lema "se cuidar, faz bem"....sei-lá!
Quanto essas cirurgias estéticas...fala sério!!!!
:B

Lord Anderson disse...

Lola, lembra quando eu disse que só nós homens vemos todos os "problemas" que vcs mulheres tem e que gentilmente criamos toda uma industria p/ atende-las?


Tai, algumas mulheres ja perceberam isso e até agradecem por cada nova correção de "defeitos" que vcs nem percebiam.

Ja tem inumeras garotas entre 14 e 15 anos querendo fazer girurgias (até virou presente de anoversario) bem na fase em que o corpo muda, mas isso não é o bastante, não duvido que logo vão surgir propagandas de cirurgias p/ meninas a partir de 10 anos.

E eu me pergunto como proteger minhas sobrinhas disso...

Lord Anderson disse...

E sobre esses metodo de emagrecimentos...

P/ mim é igual livro de auto ajuda, se um só funcionase não precisaria ter tantos outros.

Lord Anderson disse...

Mariana acho que vc se refere a essa revista aqui:

http://elaselucros.blog.uol.com.br/

Lola Churros disse...

Muito legal vc ter levantando essa questao da cirurgia estética ginecológica, de verdade, pra mim é uma aberracao, o fim da linha da vaidade indo para a loucura mesmo.
Dá uma olhada nesse documentário excelente no youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=sk8B6SPzNIg&feature=related
Está dividido em partes, mas vale a pena ver.

Lola Churros disse...

Ah, o nome do documentário é Prisioneras da Imagem. Está em espanhol, mas acho q deve existir versao em inglês.

Mayra disse...

hahahahaha... muito boa essa!

poxa, dá um puta dum desânimo mesmo... tô lendo o Mito da Beleza (muito bom mesmo, brigada por ter falado dele!) e comentando dele pra minha mãe, ouço como resposta: "poxa, já tenho 30 e tantos anos, esse papo feminista não dá mais pra mim não"... há, nem preciso falar mais nada né? é tipo aquela coisa
"penso, logo desisto" =P

Raiza disse...

Pior do que esse comentário hors concours foi um texto que eu li na secretaria de uma antiga escola.Estavam listados alguns motivos para as mulheres se orgulharem de ser mulheres,e além daquela besteirada toda de praxe,tinha:
"80% da indústria de cosméticos é voltada para nós"
Fiquei assim: o.0
Tipo,isso é motivo pra se orgulhar de ser mulher?

ro salgueiro disse...

Que coisa tensa! E é incrível conferir como a pressão vem por todos os lados: fui ver minha mãe esse fim de semana e a primeira coisa que ela diz??? "Nossa, tá gorda!"
Fooooon!