quinta-feira, 4 de maio de 2017

EX-MINISTRA CONDENADA A PAGAR INDENIZAÇÃO POR CHAMAR ESTUPRADOR DE ESTUPRADOR

Mais uma pérola do país do retrocesso. 
Lembra que, em maio de 2014, o ator pornô e reaça de carteirinha Alexandre Frota foi ao finado programa de Rafinha Bastos para contar uma história? Diante dos risos e aplausos do público e do apresentador, Frota narrou em detalhes como estuprou uma mãe de santo. Ele não usou essa palavra tão carregada de significado, estuprar, mas o que ele contou caracteriza um estupro: 
"Virei e botei a mãe de santo de quatro (…) levantei a saia dela e agarrei pela nuca. Botei o boneco pra fora e comecei a sapecar a mãe de santo. Aí estou pegando a mãe de santo e minhas amigas bateram na porta. 'Alexandre, tá tudo bem aí?'. Eu falei: tá, tá tudo bem. Aí eu fui mandando, fui mandando, e as mulheres batendo na porta. Brother, eu tava a fim de gozar, e aí eu fiz tanta pressão, tanta pressão na nuca da mulher que ela dormiu, ela apagou igual no ultimate, ela finalizou. Aí eu parei e falei: 'Levanta aí! Ô mãe! Ô filha da puta, levanta aí!'. E ela apagou."
Esse "showzinho" do reaça (acredite: o vídeo ainda está no ar) só chamou a atenção um ano depois, em 2015, quando foi reprisado pela Band numa coletânea dos "melhores momentos" do programa (não tô inventando!). Só então rendeu inúmeras críticas, protestos, e até pedido de suspensão da atração. Rafinha foi ao ar mais ou menos pedir desculpas (naquele estilo "SE ofendemos alguém...") 
Na ocasião, Sâmia Bonfim, hoje vereadora em SP (Psol), fez uma página no FB chamada "Mutirão para levar Alexandre Frota para o Camburão: Estupro é crime!"
Frota tentou se explicar, disse que era piada, que aquilo tinha sido divulgação para o seu show de stand-up, e reclamou: "Não é justo me chamar de estuprador". Chamou Sâmia de "ativista aproveitadora". 
Sâmia respondeu: "Você que cometeu um crime em rede nacional. [...] É inadmissível que vc reproduza um discurso de ódio e incitação ao estupro sem punição". A defesa de Frota? "É, então prova que eu cometo crime. Prova. Apresente a mãe de santo". E, em tom ameaçador, ainda disse: "Eu nunca vou te esquecer". Frota processou Sâmia (e parece que também está processando um colunista da Folha e a própria Folha). 
O reaça nunca pediu desculpas. Pelo contrário, atacou "ativistas", que, segundo ele, sentiram-se "menosprezadas".
Em entrevista, disse que o escândalo não afetou em nada a sua vida, e que a maior resposta era o carinho que continuava recebendo de fãs mulheres: "Se alguém se sentiu incomodado, tem todo direito de criticar, as pessoas têm todo direito de gostar ou não. [...] Quando não tem fundamento, não tem verdade, as coisas se apagam rapidamente". 
O Ministério Público chamou Frota para prestar esclarecimentos em julho de 2015. A promotora do caso, Silvia Chakian, declarou que a declaração de Frota incitava o estupro, além do evidenciar intolerância religiosa e preconceito. Para Chakian, as justificativas de que aquilo não teria acontecido, que era só uma piada, "não convencem ou minimizam a responsabilidade criminal". 
Em outubro do ano passado, a acusação contra Frota foi arquivada. Para o MP, não houve intenção de louvar o estupro, apesar da "atitude reprovável". O promotor Paulo Sérgio de Castilho assinou que ver a atitude de Frota como apologia ao crime poderia configurar cerceamento à liberdade de expressão.
Ainda em 2016, Frota voltou aos holofotes ao se reunir com o ministro da Educação do governo Fora Temer, Mendonça Filho, para falar sobre o projeto "Escola Sem Partido", que o grande educador Frota defende (parece piada, mas não é: reaças realmente levaram faixas escrito "Menos [Paulo] Freire, mais Frota" a algumas de suas manifestações). Um montão de gente criticou esse encontro bizarro (uma comissão de professores não conseguiria audiência com o ministro, mas uma celebridade reaça consegue?), entre eles Eleonora Menicucci, ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres no governo Dilma. 
Na época, Menicucci disse que Frota "não só já assumiu ter estuprado, mas fez apologia ao estupro", referindo-se à participação do ator no "Agora é Tarde". Frota então a processou por danos morais, pedindo R$ 35 mil de indenização pelo "sofrimento atroz" causado. A audiência de conciliação foi em setembro, no Fórum do Juizado Especial Cível Central, em SP. Não só não houve conciliação, como houve protesto. 
Um grupo de trinta mulheres gritou "Machistas, fascistas, não passarão" na entrada do Fórum. A ex-ministra afirmou: "O simples fato de ele estar me processando por eu ter falado que ele fez apologia ao estupro é profundamente articulado, vai além do ato em si: é uma representação dos setores conservadores no poder, da cultura fascista que cada vez mais estamos vivendo no Brasil".
Maria Amélia Teles, mais conhecida como Amelinha, que tal como a ministra e a presidenta, também foi presa e torturada durante a ditadura militar, esteve presente ao protesto. 
Além de afirmar estar vivendo seu "segundo golpe", disse também: "Frota fez apologia ao estupro, banalizou a violência e, no mínimo, tinha que dar uma resposta política e pedir desculpa às mulheres. Agora, a ministra fez a defesa das mulheres, que é o papel político dela, e querem colocar ela no banco dos réus? Isso é uma grande violência". 
Clique para ampliar o que Eleonora
Menicucci escreveu
Pois é, mas nada que não possa piorar. Hoje saiu a decisão: Menicucci foi condenada a pagar R$ 10 mil de indenização com correção ao ator reaça. Indignada (com toda razão), a ex-ministra escreveu: "Tal sentença assinada por uma mulher, me condenando a pagar 10 mil reais com correção, revolta a todas as mulheres, pois o estupro é crime hediondo e inafiançável. Lamentavelmente a condenação não atinge só a mim, mas as mulheres que lutam há séculos contra o estupro, contra as violências de gênero e hoje em nosso país contra as perdas de direitos que o governo golpista tem imposto, sobretudo a nós mulheres. Não será esta sentença, proferida por esta juíza que me calará, nem tampouco as mulheres brasileiras". 
Com a fluência típica de quem se encontra com ministro da educação quando bem entende, Frota escreveu: "Ex-ministra da Mulher confessa que já treinou abortos por sucção mesmo não sendo médica. Mais: ela se considera avó de um neto, mas também do aborto. Dona Eleonora perdeu a ação Alexandre Frota vence" (sic). 
A juíza Juliana Nobre Correia disse que a crítica de Menicucci a Frota deveria estar relacionada ao tema da educação, pois foi sobre isso que ele e o ministro se encontraram. "O direito de crítica da requerida [Menicucci] deveria ser direcionado ao projeto relativo à educação -- motivo da visita, mas houve derivação para a pessoa do autor", diz o texto. A ex-ministra vai recorrer (veja entrevista).
É inacreditável. Não só o cara faz apologia ao estupro num programa de TV aberta e absolutamente nada acontece com ele (ou com o programa, ou com a emissora que, vale lembrar, é uma concessão pública), como ainda recebe indenização de quem o chama pelo nome que ele se deu no momento que confessou (ou inventou, pouco importa -- ele só revelou que era uma "piada fictícia" um ano depois do programa) ter feito sexo não consentido com uma mulher que ele "apagou" usando a força. 
Condenar por apologia ao estupro um cara que narrou, rindo, sob aplausos, um estupro, seria cercear sua liberdade de expressão. Mas condenar quem chama esse cara de estuprador não é visto como cerceamento à liberdade de expressão! E se a ex-ministra alegasse que chamar Frota de estuprador "foi só uma piada"? Aí poderia?
Ações contra ativistas estão se tornando cada vez mais frequentes. Eu que o diga. Estou respondendo a dois processos de misóginos, ex-presidiários que foram presos, julgados e condenados por crimes denunciados por mim (e por milhares de pessoas). É uma forma explícita de tentar nos calar. 
Mas, olha, já aviso: não conseguirão. 

UPDATE em 22/8/17: O Supremo arquivou a ação de Alexandre Frota contra o deputado federal Jean Wyllys (PSOL - RJ). Frota havia entrado com queixa-crime e queria que o deputado fosse condenado por calúnia e difamação por ter republicado um post no FB dizendo que o ator teria estuprado uma mãe de santo. A defesa de Jean, além de mostrar vários posts de Frota contra o deputado, também lembrou que o relato do ator no programa descrevia um estupro, e que em momento algum Frota teria dito que aquilo não havia acontecido de verdade. Além do mais, o STF reiterou a impunidade parlamentar de Jean (algo que a ex-ministra não tem). 

67 comentários:

Anônimo disse...

não tem problema, ela vai recorrer e vai vencer

Menicucci na veia

frota estuprador na CADEIA

Anônimo disse...

ator pornô, ídolo da direita? nossa, como a direita brasileira é uma bosta

aliás, não só a brasileira, a mundial tb

visto o lixo branco (laranja), porco e nazista com sérios problemas cognitivos do trumijo q eles puseram na casa (de urina do putin) branca

é osso

Anônimo disse...

10 mil? aff

só dar uma recorrida q isso acaba

Mel disse...

Como é uma piada que ofende a integridade das mulheres (tanto física como psicológica e moral) já não faz mal nenhum. Depois chamam-nos de dramáticas quando dizemos que estamos constantemente desprotegidas e que não somos levadas a sério.

PS: Esse Frota mete nojo. Ele já participou num reality show cá, em Portugal, e ficou em segundo lugar. Como se pode ver, as pessoas gostam e apoiam esse tipo de gente reles.

Anônimo disse...

estuprador sendo pago por ter cometido o crime, só no braZil

Anônimo disse...

Oxe vcs fazem apologia a aborto direto, pq ainda n se entregaram pra polícia?

Anônimo disse...

Mas ele disse que quando ela apagou ele parou, então antes disto foi consentido.
"Há mais ela tinha bebido" bebida só deixa a pessoa inimputável em caso de desmaio, fora isto não, se fosse assim bêbado que dirige e mata não poderia ser condenado. E outra, e se os dois tiverem bebido?
O cara e um escroto, mas infelizmente uma grande parcela das mulheres gosta de transar com caras escrotos, mas estupro não foi não.

Anônimo disse...

"ele disse que quando ela apagou ele parou"

ela não disse isso, seu bosta, ele disse com todas as letras q continuou

20:10 ninguém aqui faz apologia, seu lixo, verme imprestável, vê se morre

Anônimo disse...

"antes disto foi consentido"

como vc sabe, vc tava lá? seu lixo

mesmo q essa fanfic de direita tenha sido inventada, ele deu a entender q a tal mãe de santo não consentiu em nenhum momento sequer, porco

Anônimo disse...

Ah n? Falar e reclamar sobre o direito de cometer um crime é o q? Hipócrita pra caralho

Anônimo disse...

Engraçado vcs tb n estavam lá mas afirmam q teve estupro e ainda querem o cara preso

Anônimo disse...

lutar pela descriminalização é diferente de incentivar a prática, mascu retardado (pleonasmo)

Anônimo disse...

20:20 o próprio confessou, idiota

Anônimo disse...

Eu acho que tanto Frota tem direito à liberdade de expressão para falar esse tipo de tosquice, quanto a ex ministra deveria ter direito à liberdade de expressão para mostrar sua indignação.


Anônimo disse...

"Brother, eu tava a fim de gozar, e aí eu fiz tanta pressão, tanta pressão na nuca da mulher que ela dormiu, ela apagou igual no ultimate, ela finalizou. Aí eu parei e falei: 'Levanta aí! Ô mãe! Ô filha da puta, levanta aí!'. E ela apagou."

O tosco disse que parou quando ela apagou, precisa desenhar?

Anônimo disse...

20:27, não seu escroto

ele deu a entender q em todo o momento nada era consentido, mula

não adianta forçar, mascu retardado (pleonasmo)

Anônimo disse...

20:31 falou o mascu q trocou a vida social medíocre pelo poço cheio de câncer dos chans

e o q falar de vc? q é a personificação "mais q perfeita" do ebola

Anônimo disse...

??? Alguém entendeu o que foi escrito no coment acima? Traduz pra mim por favor, Chans, ebola, mascu o que isto, algum dialeto?

Anônimo disse...

Deu a entender? Kkkkkk acabei de ver o video, tem coisas q n precisa falar, ele diz q quer dar uns pegas nela, poe ela na posicao la, e pela história ela n da nem um sinal de q n tava afim, fizeram tudo num quarto, com as amigas dele esperando em outro cômodo da casa, a mulher poderia traquilamente pedir ajuda se n quisesse nada. Elas n teriam condições de lutar contra ele mas poderiam pedir ajuda de algum opressor da vizinhança.
O sexo foi violento mas assim q a mulher apagou ele disse q parou. Engraçado q quando convem esse tipo de sexo é estupro mas volta e meia defendem masoquismo e coisas mais violentas no sexo.

Estupro porra nenhuma! Isso se essa historia for verdadd.

Anônimo disse...

o comentário q gerou essa resposta foi deletado, por isso q essa sua cabecinha de mula não foi capaz de compreender, anta

Anônimo disse...

E vi cada comentário desonesto no video, ninguém sabe se é verdade, ninguém viu porra nenhuma e um bando de gente afirmando q foi estupro, q a mulher tava desesperada, sufocada,q n denuncia por medo, pqp!

Anônimo disse...

"ela n da nem um sinal de q n tava afim"

é claro q dá, seu idiota, não adianta ficar forçando essa defesa patética do estuprador, seu escroto

claro q ele ia tentar de tudo pra esconder, mas não adiantou, foi estupro sim, seu bosta

Anônimo disse...

ele mesmo revelou com as próprias palavras q foi estupro, seu imbecil

Anônimo disse...

"defendem masoquismo e coisas mais violentas no sexo"

só os lixos defensores da prostituição, pornografia e cafetinagem q defendem essa merda tb, mascu imbecil

Anônimo disse...

21:02 não idiota, é q a sua mente é tão sequelada melo masculixismo q não é capaz nem de entender o óbvio

o seu companheiro mascu mal conseguiu entender o comentário das 20:34, o q dirá vc é q um poço de zika vírus

a sua anencefalia só te permite defender estuprador, nada mais

Anônimo disse...

21:00

N xingue a Lola e seus seguidores, tem posts defendendo essa linda prática

Anônimo disse...

21:05 só se for no buraco necrosado do seu p*nto, mascu otário

Anônimo disse...

21:08 não, sua anta, ng vai jogar esse merda na cadeia, só é um absurdo q mesmo depois de ter cometido um crime (estupro) ele ainda precisa ser premiado por isso

só no lixil mesmo

Anônimo disse...

Genio, onde ta a prova do estupro? Onde ta a vítima? Onde esta as amigas dele q estavam no mesmo local?

Querem ferrar o cara sem prova de porra nenhuma por causa de uma história escrota q ele contou q ninguém sabe se é verdade

Anônimo disse...

não importa se não é verdade (é claro q é, mas ele fará tudo pra negar), e sim do teor da confissão, q é obviamente uma apologia ao abuso sexual

o frota merece CADEIA sim, no mínimo

Anônimo disse...

Em nenhum momento ele diz que obrigou a tal mãe de santo a transar com ele. E depois que ela desmaiou ele disse que parou. Portanto, como já disse alguém aí pra cima, o cara é um escroto, mas não foi estupro.

Anônimo disse...

foi estupro sim, pq ele demostra claramente q não foi nada consentido, antes ou depois do "apagão"

e obviamente q ele tb deu uma disfarçada, mas é inegável o fato dele ser estuprador fanfiqueiro

Anônimo disse...

21:33 só os mascus vibraram com essa música, seu imbecil

Anônimo disse...

só agora que eu vi essa postagem, vou ler os comentários...

Anônimo disse...

Caso revoltante.... Toda solidariedade à ex-ministra!Infelizmente, o Judiciário e o MP não têm tendências feministas...

Anônimo disse...

e ela está errada? óbvio q não

afirmou o q próprio confessou ser: um estuprador

e engraçado q a tão adorada ~liberdade de expressão~ não vale né, direitopatas

mas pode deixar, essa "multa" é muito pouca

ela vai recorrer e o estuprador vai PERDER

Anônimo disse...

vai começar o chororô e a repetição ad nauseum dos mascus, tudo pra inverter a lógica do q já está claro: q o ator pornô glorificou o abuso sexual em rede nacional

cadeia é pouco

Anônimo disse...

falou o babaca mascu mentido a mãe diná, sai daqui, estrume

Anônimo disse...

O ministério público não deve ter nenhuma tendência.

Anônimo disse...

mas ele tem, a tendência do masculixismo (como demonstrado nesse post) e a do colonialismo (pq servem ao FBI)

Anônimo disse...

cala boca mascu, parasita nojento, vc não tem moral pra falar de ng, seu escroto

vc é o ebola em forma de gente, as pessoas leem o q vc escreve e depois pegam câncer ocular, seria melhor jogar ácido clorídrico na cara do q ler as merdas q vc regurgita pelos dedos

vc é o câncer encarnado, uma lepra ambulante e um poço de anencefalia sem igual, por isso morra, mascu, apenas morra

Pedro Agusto disse...

Apoiado, anônimo, o feminismo é um movimento de esquerda, materialista, revolucionário, viciado em promover conflito, para disseminar ideologia, e então partir em busca do poder e palanque político. E para fazer isso, o movimento precisa de um inimigo: o homem não domado. Inclui o homem que tenha "domado a mulher", para ela ser "machista". Que partilham de uma cultura específica, em todos os seus aspectos, trabalhistas, jurídicos, culturais, etc. Para desordenar e destruir esses aspectos é que existem aquelas duas bandeiras. Toda ação feminista, sendo revolucionária, e então dialética, promotora de conflitos, será sempre para impedir que a tal igualdade e direitos sejam alcançados, e então esse mundo perfeito com igualdade e direitos plenos seja cada vez mais empurrado para o futuro, demandando novas ações feministas, novos discursos, novo uso das bandeiras, a sociedade será prejudicada com as ações feministas, pela destruição daquilo que a sustém no tempo e na história, como o valor da família e dos filhos, e quando não for o caso de o mundo feminista perfeito não vir, e nunca virá, por essa promoção de conflitos, o será pela resistência natural de grupos e pessoas não ideologizados, que remam ao contrário, decorrente do que haverá nova militância, utilizando aquelas bandeiras.

titia disse...

Pedro Augusto, o feminismo não precisa inventar um inimigo. Vocês, homens machistas, SÃO o inimigo de TODAS as mulheres. Vocês nos odeiam, menosprezam, estupram, matam, assediam, calam. O feminismo não está inventando nada, vocês já existem e são nossos inimigos por vontade própria.

Rafael Cherem disse...

Nada mais me surpreende vindo da Turma Da Decoreba.

Anônimo disse...

Que desgraça, que nojo!

A imundície do lamaçal dos câncervadores parece não ter fim.

lola aronovich disse...

Só pra vcs saberem (já que o assunto continua ser discutido em outras caixas de comentários), a figurinista Su Tonani diz que nunca foi amante de José Mayer e explica por que não o processou. Incluí um importante update ao meu post do último domingo. Eu prefiro acreditar nela do que num colunista de fofocas. E, de novo, mesmo que tivessem tido um caso, isso não muda nada. Mas ainda por cima não tiveram.

Sportano disse...

Uma ação civil pela imagem dele. Dentre as razões, como não se comprovou o fato criminoso na ação penal, ele acabou por ganhar na esfera civil. E será assim com todos. Todo mundo tem direito a pedir indenização se achar que sua imagem foi ofendida. Qual a novidade nisso?

Anônimo disse...

Perfeito.

Anônimo disse...

"Qual a novidade nisso?"

nenhuma, a "justiça" brasileira sempre foi esse lixo

Anônimo disse...

Nossa, isso aqui tem muito troll.

Rosilda disse...

Parabéns Lola pela coragem! Nesses tempos obscuros se tornou perigoso nomear crimes e criminosos.

Pedro Agusto disse...

Titia, engula a narrativa, erre e poupe-me da decrepita reprodução de discurso. Se, como exemplo, recentemente foi noticiado, segundo a linguagem de imprensa, mulheres não querem participar de olimpíadas de matemática, e as poucas participantes nem vencem, de quem é a culpa? Se mulheres não votam em mulheres, e mais em homens, é por causa do machismo, dos machos. Pois é o machismo que não deixa. Se, ao contrário, vencem, as feministas comemoram como mérito seu, não da tendência psicológica da mulher individual, de interesse maior por Exatas ou por afinidade ideológica, não por sexo, como se mulheres fossem melhores. Embora, como eu já disse, o uso da mulher é pretexto, pois no fim quem vai se beneficiar dessa exploração sexual é apenas feminista. Qual é então a causa do forçamento de mulheres em algo que elas não desejam? Não há razão, a não ser o simples querer. Ou seja, por poder e status. E também por deformação psicológica, auto-imagem, vertida em ação política, pública e coletiva, a ser forçada em outros, como remédio para a auto-imagem da militante. Logo, não é baseado em sexo, a feminista apenas usa o sexo como pretexto, motivo aparente, porque ela é mulher, e não tem qualquer consistência individual para falar como um 'eu', por isso apela ao coletivo. À força do bando. Do homem-massa. São gente que é "forte" apenas em bando. Para que, então, serve o Feminismo? Além do já citado, adiciono que é para tiranizar sobre mentes alheias, vantagem político-social, avanço do Estado com interesse de corporativistas e metacapitalistas, marginalização de conservadores — inclusive mulheres que são presenteadas com palavras de baixo-calão por parte de uma parte mais idiotizada das feministas—, destruição de valores como coisas em si para torná-los mais preferências individuais, equiparar valores ruins com valores bons a fim de não mais serem discerníveis entre si. Cuidado com o fantasma patriarcal.

Anônimo disse...

Por que a Lola não comenta o caso dos adolescentes que estupraram coletivamente uma grávida em PI?

É porque eram menores e tem suspeita de dívida de droga?

Anônimo disse...

E essa aqui:
http://cen.radio.br/noticias/promotor-de-justica-e-acusado-de-assediar-mulher

"Promotor de Justiça é acusado de assediar mulher
Segundo os PM's que atenderam a ocorrência, ele afirmou que não iria ser conduzido à delegacia porque estava tomando uma cerveja de R$ 20 e era amigo do coronel "

Promotor de Justiça Fernando José Yamaguchi Dobbert, de 55 anos.

SE ACHA ACIMA DA LEI, DO BEM E DO MAL, HOMEM "PODEROSO" que se acha...

Anônimo disse...

15:13, cala a boca, mascu escroto

Ana disse...

Essa história da figurinista é estranha e n faz sentido. Pelo q ela fala, deu a entender q só queria se ver livre dele. Diz q seu contrato com a globo já acabou e como a denúncia tem pouco tempo, o contrato deve ter acabado um pouco antes ou depois da denúncia.
Então já se veria livre dele de qualquer jeito. E realmente ta satisfeita com a desculpa dele? Ninguém com metade do cérebro engole aquilo, o mimimi dele foi pra n piorar sua imagem e a da globo.
Pra q divulgar essa merda se a intenção n era fazer o babaca pagar? Desculpa, mas ela n ajudou em nada o feminismo, só deu certeza aos lixos de q ficarão impunes, como sempre.

Anônimo disse...

19:15 não sua anta, o q ela faz da vida dela é problema dela

se ela resolveu revelar o q houve e o próprio agressor CONFESSOU, não há nada mais pra discutir

já falei... tá indignado? manda o ministério público mover uma ação contra o corno maia, caso contrário, só cale a boquinha

a vida não é a sua caixinha

e obviamente q o maia obrigou a coitada a não levar o caso adiante, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco

Anônimo disse...

Anónimo 17:12 use argumentos ...a menos que você tenha recebido uma parte em propinas aí se cuida porque a lava jato mais dia menos dia chega em vc.

Anônimo disse...

Isso aqui parece um campo de batalha.Se no Brasil todos se armassem e tivessem a liberdade de atirar o país ficaria vazio.

Ana disse...

Ai ai... o mundo vai ficar incrível mesmo sem lei. O cara mata alguém, confessa, pede desculpas a família e fica por isso mesmo.

Olha, ser sem educação, a vida é dela sim e faz o quer, mas n venha dizer que tá ajudando o feminismo de alguma forma, porque n está. Ou vc acha mesmo q mais um lixo sem punição ajuda em algo? Use a porra do cérebro, querida.

Anônimo disse...

21:51

faz eu q eu te falei linda, entra pro ministério público e mova uma ação penal contra o abusador confesso

acorda pra vida, querida

a vida é dela e ela faz o q achar melhor, já fez mais pelo feminismo por ter movimentado um debate e uma conscientização do q vc, filhinha

Ana disse...

Realmente, melhor do que um agressor preso, é debater sobre seu crime que ficou sem punição.
Eu realmente n fiz nada de extraordinário pelo movimento e reconheço isso, n tenho a cara de pau de alegar o q eu n fiz.

Anônimo disse...

Que bom.

Anônimo disse...

22:53 se vc acha q é melhor, problema é seu

se tá indignado, entra pro mp e formula uma denúncia, é o máximo q vc pode fazer

Anônimo disse...

1. A "vítima" não existe, a história fazia parte do stand-up dele
2. A "piada" também não existe, porque pra ser piada precisa ter graça
3. A beligerância legal do Frota provavelmente é financiada
4. Legalmente é correto processar alguém nas circunstâncias que ele fez. Não é lindo mas juridicamente está certo.

Entendam, pessoas:

Se eu chamar o Guilherme de Pádua de assassino, ele PODE me processar.
Ele matou, foi condenado, cumpriu pena e mesmo assim PODE. É injúria (ou difamação, depende) do mesmo jeito.

Algum tempo atrás, uma garota revelou no Facebook SEM CITAR NOMES que foi estuprada por um namorado e na época nada fez porque nem sabia direito que aquilo era estupro. SEM CITAR NOMES. Pois o ex apareceu na conversa, printou tudo, processou e ela foi condenada a pagar indenização também.

Apenas causa espanto porque não é tão comum assim processar (aqui no Brasil). À ex-ministra, infelizmente, falta razão neste caso.

Confissão descontextualizada de processo é basicamente um nulo jurídico no Brasil, por motivos óbvios.

donadio disse...

"Confissão descontextualizada de processo é basicamente um nulo jurídico no Brasil, por motivos óbvios."

É óbvio que o Frota não confessou um estupro; a estória toda é obviamente fictícia.

Porém a narrativa constitui, por si mesma, um outro crime. E aí não é o caso de confissão, é o caso de flagrante delito.

O que não tem lógica é o cidadão se gabar publicamente de ter cometido um estupro, ainda que fictício, e depois alegar "sofrimento atroz" por ser chamado de estuprador.

titia disse...

Nem li e nem lerei, Pedro Augusto. Pode pegar o seu "Mimimi como eu sou coitado por essas feminazis más e perversas não assumiram a culpa do meu machismo" e engolir com muito molho de pimenta e mostarda picante. Pelo rabo.