quinta-feira, 24 de março de 2016

GUEST POST: MAIS UM QUE ASSEDIA MULHERES HÁ ANOS ACHANDO QUE VAI SE SAFAR

A J. me enviou o email abaixo, cheio de prints, e eu respondi: 
"Posso deixar o primeiro nome dele, Bruno, mas não as imagens ou o perfil. Tomem cuidado com isso. O que mais tem é esses caras que são expostos por nós nos processando. Tá acontecendo direto. Porque a gente denuncia pra polícia e nada acontece, aí a gente se cansa e expõe nas redes sociais, e os caras dizem que não temos provas e nos processam. Lembra do Alexandre Frota processando a Sâmia em SP porque ela criticou a 'piada' que ele fez no programa do Rafinha Bastos? Lembra do Prof. Pinto? Ele está processando uma cambada de gente. E, acredite, tem um mascu que fez 25 vídeos me difamando que está me processando por danos morais. 
"Portanto, minha dica é: exponha o cara, pode deixar o primeiro nome dele (Bruno é um nome comum), mas não coloque imagens em que o rosto dele apareça, nem links pros perfis dele. Recife é uma cidade em que todos se conhecem, e muita gente vai saber quem ele é sem que vcs precisem dizer".

Clique nas imagens para
ampliá-las
Queria pedir tua atenção pra um caso que aconteceu no Recife, onde e eu e mais de 30 meninas fomos assediadas pelo mesmo homem. Só descobrimos que isso acontecia quando eu resolvi compartilhar os prints de assédio que ele praticou comigo pela direct do instagram. Vou explicar melhor.
Era domingo, dia 6 de março, quando recebi uma mensagem de um estranho (o dito cujo) no instagram. Ele me perguntava se eu fazia programa. Mesmo eu dizendo que não, ele continuava insistindo e me oferecendo valores para fazer sexo com ele. Isso tudo porque ele viu minhas fotos sensuais artísticas no instagram de um fotógrafo. 
Logo depois, eu resolvi postar no facebook os prints das minhas conversas com ele. O caso logo repercutiu e teve 240 compartilhamentos, a maioria de pessoas da minha cidade dizendo que conhecia o cara e, principalmente, relatos de mulheres dizendo que foram assediadas por ele também, que ele mandava foto nu sem permissão pra elas, que insistia em transar, que oferecia valores, chamava de "puta", "gostosa"...
Várias meninas me procuraram pra desabafar e me agradecer por ter feito o post. Elas disseram que, se não fosse isso, iriam achar que era um caso isolado, que eram as únicas assediadas por ele e que por isso "era só mais um" (assim como eu achei de início).

Entre os relatos, existe de tudo. 
Ele perseguiu inúmeras meninas, mandava mensagem dizendo onde elas estavam (e elas realmente estavam lá!), ficava com o carro parado estacionado na frente do prédio de uma moça só pra assustá-la. Uma delas me disse que saiu duas vezes com ele e percebeu que ele era louco e resolveu não sair mais. Aí ele começou a persegui-la, mandando mensagens desequilibradas, xingando, fazendo jogo psicológico, chegando a ameaçar de morte. Essa menina me disse que tem medida protetiva na justiça contra ele, e que mesmo assim ele descumpriu e foi procurá-la. Enfim... São muitos relatos.
Fui à delegacia com duas das meninas que foram assediadas pra abrir o boletim de ocorrência. 
O que eu ouvi foi "nada de mais isso que ele fez com você". Mostrei os prints dele mandando foto nu pras meninas e também ouvi "essas provas estão muito rasas". Olha, Lola... Eu não conheço a lei o suficiente pra opinar, mas eu sei que o caso merece uma atenção maior. Fomos tratadas como se isso fosse apenas uma frescurinha de mulher.

Com isso, o único meio que eu encontro de fazê-lo pagar de certa forma (porque ele deveria mesmo era ser preso) é através da exposição, para que ele seja visto e tenha medo, o mesmo medo que ele tanto prega em nós.






81 comentários:

Anônimo disse...

Esse cara é completamente pirado! Espero nunca me cruzar c alguém assim. Boa sorte para todas ai.

Anônimo disse...

Tinha gente idolatrando alexandre frota no dia 13/03.

Anônimo disse...

Vagabundo nenhum respeita medida protetiva. Negócio é comprar uma arma, totalmente regulamentada dentro da lei, deixar ela quietinha em casa e esperar o malandro aparecer.

Camila Bezerra disse...

Ce ta eh doido, eu não tava nem aih pra processo, expunha ele mesmo sem dó. Mandava o link do perfil pra todo mundo bloquear logo preventivamente. Ruim eh não ser levada a sério. Mas se a Polícia não faz nada, registrava o BO e usava na defesa do possível processo. Boa sorte.

Anônimo disse...

Se "a polícia não faz nada" é caso pra Corregedoria.

Anônimo disse...

"Ce ta eh doido, eu não tava nem aih pra processo, expunha ele mesmo sem dó. Mandava o link do perfil pra todo mundo bloquear logo preventivamente."

E acabaria igual àquela mãe lésbica feminista (ela se declara assim) que foi estuprada e, anos depois, processada pelo estuprador na época do #meuamigosecreto

Tem jeito certo de fazer as coisas.

Anônimo disse...

"Com isso, o único meio que eu encontro de fazê-lo pagar de certa forma (porque ele deveria mesmo era ser preso) é através da exposição, para que ele seja visto e tenha medo, o mesmo medo que ele tanto prega em nós."

Eu também acho que PASSOU da hora desses caras começarem a sentir medo. Medo pela vida deles. Não vejo pq agir de boa fé usando de um sistema que não foi feito pra proteger mulher e em relação a uma pessoa que, em última análise, tá cagando pra você.

Prefiro não entrar na estatística das mulheres com 300 B.O.s que vão trabalhar, são mortas pelo "companheiro" que, ato contínuo, se mata.

Anônimo disse...

Qual é a lei em que se enquadra expor um email/carta/mensagem (tirando as fotos) que uma pessoa te enviou?
Sei que não pode expor devedor, agora crápula.... É muita hipocrisia!

Rafael Cherem disse...

Olha, sinceramente, acho que vcs devem andar armadas e usar as mesmas, especialmente nesse tipo de sujeito, ao menos como forma de dissuasao

Anônimo disse...

Gente, dúvida sincera. Cidadãos comuns ainda podem possuir porte legal de arma? E se sim, o que deve fazer pra conseguir esse direito?

Anônimo disse...

Grelo duro não é machismo!

B. disse...

Pergunta sincera: mas grande parte da esquerda não é contra o parte individual de armas?

Kittsu disse...

Porquê tem quem se importe tanto com ameaça de suicídio? Pois diga ao dramático que aguarda provas de que ele levou a cabo a proposta e que vai tentar lembrar de pedir a alguém para que leve umas florzinhas pra enfeitar o caixão.

Anônimo disse...

B.

Sim, uma parte grande da esquerda é contra o porte individual de armas porque na prática isso só vai engrossar o número de feminicídios, de acidentes fatais com crianças, além do surgimento de grupos de "justiceiros" que fuzilarão minorias. Imagine um skinhead com acesso fácil a armas. É isso o que vai acontecer.

Anônimo disse...

Um cara que está na matrix, onde acredita que a mulher gosta do homem em si. KKKKKKK

Anônimo disse...

O tal do prof. que assediava mulheres a torto e direito, mandava foto do pau não chega nem perto de ser feio e é da esquerda, colunista da Revista Fórum ao que me lembro. Quem foi indulgente com ele? Este blog não foi, quem denunciou não foi e quem apoiu as denúncias também não.

Eu não gostei do que o Lula disse (ainda que não foi explicitamente machista, foi a minha impressão) e várias outras mulheres desaprovaram e repudiaram, tenho tolerância zero a esquerdomachos, mas qualquer pessoa que não seja ingênua o suficiente sabe que vocês estão usando isso como desculpinha. Portanto só vou respeitar as críticas legítimas. Vocês, da direita, não estão nem aí pro feminismo (o usam como props apenas quando alguém que vocês não gostam diz algo que possa ser interpretado como machista, como a Lola sabiamente aponta). Na maior parte é do tempo, feminismo pra vocês é histeria feminina e mimimi. Estou errada?

Anônimo disse...

Eu também acho que não deviam levar a sério essas ameaças de suicido não. A maioria dos suicidas não costuma anunciar tão abertamente o que vão fazer não.
Quando alguém quiser me chantagear usando isso de se suicidar, vou apenas falar que levarei flores pro túmulo.
Ja vi casos de suicídio de perto e não é anunciado aos quatro ventos assim não.

Camila Bezerra disse...

"E acabaria igual àquela mãe lésbica feminista (ela se declara assim) que foi estuprada e, anos depois, processada pelo estuprador na época do #meuamigosecreto

Tem jeito certo de fazer as coisas."

E o jeito certo seria o q? Andar armada? Porque se vc não viu, o BO na polícia não parece surtir efeito... então eu denunciaria sim e depois eu faria a exposição sim!

Anônimo disse...

B.
Grande parte não é todos. Considerando um cara desses na sua vida e o fato de que a polícia nada faz, é uma alternativa pra se proteger. Mas nem todo mundo deveria ter pois precisa ter o psicológico bom pra não sair matando o primeiro que te olhar feio. Por isso que odiadores de minoria não devem ter armas pois usariam pra atacar e não pra se defender.

Anônimo disse...

15:41, oh mascu chato e entediante.

Rafael Cherem disse...

É uma questão de proteção,uma das moças do texto poderia apenas mostrar a arma para o assediador em questão, talvez o dissuadisse, claro que vale buscar os canais competentes, divulgar os fatos etc, mas a arma seria mais uma proteção.Por enquanto, só o lado de lá anda protegido.

Mila disse...

Parece que as leis são feitas para blindar esses bandidos. Não adianta mandar parar, denunciar, eles se safam com essa de "foi só uma brincadeira". E ainda periga de vc tomar processo e ele levar teu dinheiro, rindo da sua cara.

Às vezes cansa lutar por igualdade de gênero num país onde a legislação parece proteger mais o acusado que a vítima.

Anônimo disse...

Não é porte de arma individual, a esquerda não gosta de nada individual; individuo é palavrão pra eles.

Mila disse...

Enquanto a lei se rasteja em casos como estes, eu sou super a favor da gente se informar, como uma rede de ajuda, sabe? Acho que ajuda muito informar a mulherada sobre os potenciais abusadores.
Aqui em Brasília, uma moça postou um aviso sobre um estudante de Ciências Sociais da UnB que foi acusado de estuprar várias colegas e é um traficante condenado. Esse rapaz está no tinder. Muita gente questionou a legalidade da ação, eu mesma sempre fico com receio dessas informações se confundirem com vinganças, assassinatos de reputação ou mal entendido. Só acreditei pq tenho amigos próximos que são amigos do sujeito. Mas o recado foi dado.

Anônimo disse...

Eu sou a favor do porte de armas. Quando volto da faculdade, desço do onibus e passo por uma rua escura, sem iluminação e sem policiamento. Já escutei coisas ruins que aconteceram por lá, eu não tenho outra forma de me defender, tenho pouca força física, já fui assaltada 3 vezes por homens com facas. Tive sorte que só levaram meus celulares, mas poderia ter sido bem pior...

Anônimo disse...

Sou a anonima do comentario anterior, Fiz B.O. todas as veZes, mas não adiantou nada.

Anônimo disse...

Eu vendo a noticia do câncer do Pezão, lá falava que ele venceu o pastor Marcelo Crivella com 55% dos votos. Pra mim este é o único caso em que eu prefiro mil vezes o Lula, ou mesmo a Dilma; se o outro candidato for pastor evangélico.

Rafael Cherem disse...

Pois é anônima das 16:38, não tem como a policia estar 24 horas perto de vc, uma defesa pessoal seria melhor. As feministas deviam lutar por isso, um stalker ou abusador ia pensar bem antes de importunar uma mulher com porte de arma.

Anônimo disse...

Uma arma limpa e carregada nivela todos os sexos, por cima.

Anônimo disse...

Uma delas me disse que saiu duas vezes com ele e percebeu que ele era louco e resolveu não sair mais


Ah tá bom, conta outra, a menina sai com o cara duas vezes e depois se queixa

Anônimo disse...

"Ah tá bom, conta outra, a menina sai com o cara duas vezes e depois se queixa"

Geralmente quando saímos pela primeira vez com alguém, tentamos nos comportar da melhor maneira possível para impressionar a outra pessoa. Muito provavelmente o cara fez o possível para esconder que era um maluco assediador, mas a psicopatia apareceu no segundo encontro. Não vejo qual a dificuldade para entender isso.

Anônimo disse...

libera arma pra aumentar ainda mais os casos de homicídio

libera arma pra ser mais um item obrigatório pra mulher

libera arma pra depois culpar a vítima de não ter tido uma arma na hora q foi agredida/assaltada/estuprada. Além de já ser culpada pelo modo de vestir, ainda vem o bônus: "vc estava armada?"

porte de armas é BALELA

Anônimo disse...

Pessoal,alguém sabe como ficou aquele caso do Mario?

Anônimo disse...

Ué, se você sai com o cara duas vezes(não importa quantas vezes, na verdade) e ele é escroto ou abusador, você automaticamente perde o direito de reclamar ou denunciar o sujeito? Sabia que existem pessoas extremamente dissimuladas (e psicopatas também, embora em menor número)? Em que mundo você vive, moleque?

Anônimo disse...

Este papo de matrix é coisa de homem loser, sem atrativo nenhum e que não pega ninguém. Eventualmente engana uma pobre coitada, mas uma hora a ficha cai e ela casca fora ao ver o lixo que tem ao lado.

Anônimo disse...

Realmente lamentável tudo isso. O sujeito é um crápula machista. Só recomendo que da próxima vez que alguém vier com este papo de ameaçar se matar, o dever de quem recebe esta mensagem é avisar as autoridades, porque se o cara se mata mesmo, você sabendo disto e não fazendo nada pode responder como cúmplice. Fica a dica.

Anônimo disse...


Anon 18:18

"porte de armas é BALELA"


É "balela"... fala isso para as mulheres que são perseguidas por ex-namorados abusadores e as que sofrem estupro e violência doméstica.

Obviamente a liberação do porte de armas é algo que exige uma análise muito mais aprofundada, mas nessas situações mencionadas uma arma certamente seria útil para assegurar a integridade física dessas mulheres.

Anônimo disse...

Nossa! Homem é mesmo muito nojento. O pior é que a chance de todo o mundo se voltar contra a mulher numa situação como essa é extremamente fácil.

Vicky_ disse...

Polícia/omi é um porre, viu:

-Mas você tem CERTEZA que foi assediada/estuprada?
-Não! Apenas criei uma súbita vontade de falar da minha vida sexual no balcão de uma delegacia! Fetiche, sabe?

A pessoa quer denúncia um crime de ódio (como violência doméstica ou racismo), mas não, farão malabarismos para diminuir o ocorrido e ainda humilhar a vítima.

Exponham ele.

Anônimo disse...

Concordo plenamente! Kkkkk

monalisa_eternal@hotmail.com disse...

Foda, quando o expõem fotos da mulher pelada na net, a polícia diz que não pode fazer nada pq diz que tudo que vc coloca na net não precisa de direitos autorais. Quando vc divulga perfil de stalker ai vc pode ser processada por danos morais.

A justiça só serve então pra não prejudicar os ómi bandidos?

Pior que nem dá pra confiar em grupos de zap femininos pra expor abusadores pras mulheres se afastarem, sempre tem alguma idiota que irá caguetar as minas pra ganhar biscoitinho de macho.

Em um grupo de tight lacing feminino que participo tinha umazinha que tava levando foto das minas pra pages masculinas pros caras ficarem chamando de putas, vadias.

O certo seria dar a louca como a Jennifer Hills e matar alguns estupradores com requintes de crueldade e ir logo pra um manicômio pra ficar em paz.

Mas pera, em hospícios os funcionários que iriam estuprar.

O que fazer pra ter paz na sociedade machista???

Mandar os prints pra família é uma boa e melhor ainda se souber onde o maluco mora, imprimir e colocar em postes no bairro onde ele mora.

monalisa_eternal@hotmail.com disse...

Claro anonimamente.

Anônimo disse...

Tem muuuito tempo que não acompanho sobre Alexandre Frota, mas me lembro de muito tempo atrás, ele fez um excelente trabalho atuando na novela "Roque Santeiro". Excelente ator.

Ana Carolina disse...

Monalisa_eternal, em que grupo de TL foi? participo de alguns e queria saber pra me precaver

Cindy disse...

Que pessoa doente!

Lu Martiniano disse...

Gosto muito desse blog! Admiro você, Lola!
Admiro também as pessoas que conseguem superar certos traumas e "voltar a viver" normalmente depois de sofrer perseguições e ameaças. Nunca comentei nenhum post do blog. Hoje quero apenas falar que sou mais uma das muitas mulheres que denunciou ameaça de ex namorado e "ficou por isso mesmo". O ex namorado me perseguia, mandava mensagens feias com palavras agressivas, ficava parado na frente da casa onde eu morava. Procurei orientação na delegacia. A pessoa que me atendeu disse que não tinha nada a ser feito, já que eu não tinha sido agredida fisicamente. Perguntei: "Então eu tenho que esperar ele me matar pra depois eu vir denunciar?"
A pessoa me respondeu com toda má vontade do mundo que eu poderia fazer um boletim eletrônico e assim que acontecesse alguma coisa eu tinha que provar. Eu então perguntei: "Tenho que andar com a câmera ligada, e assim que ele enfiar a faca em mim, eu volto aqui?".
A pessoa me disse que enquanto não há agressão física não tem B.O.
Mas pra me proteger, era melhor fazer um boletim eletrônico.
Olha, francamente. É muito despreparo. Eu não morri, tô aqui, viva e feliz. Mas tem muita gente morrendo por causa desse tipo de informação. Quem nos protege? Não tenho opinião formada sobre andar armada ou não. O fato é que somos alvo fácil. Isso ja tá claro e todo mundo sabe. Isso nao é frescura. O ex namorado citado, está por aí, solto, risonho, como se nada tivesse acontecido. Perto de mim ele não chega mais, mas NADA impede que ele faça isso novamente com outras mulheres. Até quando?
Beijo Lola

Anônimo disse...

Polícia e justiça são instituições masculinas e sempre protegerão os interesses e os valores masculinos. Portanto, sempre protegerão os homens. As regras patriarcais, escritas ou não e que são as efetivamente vigentes, foram feitas de forma que o feminino sempre perca.

Anônimo disse...

Anônimo 06:52: tudo é masculino neste mundo. Mulher é apenas um apêndice. Lembra da costela?

Anônimo disse...

O Brasil é a Arábia Saudita do ocidente.
Sério... será que existe algum país ocidental mais misógino que o nosso???


Jane Doe

Anônimo disse...

Onde eu posso achar as fotos sem censura? Parece grande :3

Anônimo disse...

"Onde eu posso achar as fotos sem censura? Parece grande :3"

Sim, é. Um grande idiota misógino.

Kittsu disse...

Existem outras esferas às quais recorrer, meu povo. Na delegacia só irão investigar um crime, é a única função deles. Se você JÁ TEM as provas e a autoria do ocorrido, esquece a polícia. Nesses casos vocês precisam recorrer direto à justiça e conseguir no mínimo uma decisão do juiz determinando que o crápula se afaste. E se eles desrespeitarem uma decisão judicial para se manterem afastados e aparecerem lá na sua casa ou sei lá,, é PM e retorno na justiça para eles pagarem pelo desrespeito à decisão.

Anônimo disse...

Niiiiiinnnnnaaaasssss!!!!!!
Acabei de fazer uma rápida consulta entre os bacharéis de direito da casa.
Não há crime nem dano da vítima em expor o autor de fato criminoso que pode ser provado.
No caso, violência física ou moral é crime sim.
"Se o fato é verdadeiro e ela pode provar a pessoa que divulga pode, quando processada na justiça, opor o que se chama de "exceção da verdade", ou seja, provar que o que disse é verdadeiro e não falso."

Então pode por o nome e o sobrenome com foto da pessoa.
Não pode é cair no excesso, divulgar dados pessoais vc mesma, se ele postou endereço, telefone etc em uma conversa dentro do contexto da denúncia é uma coisa, vc caçar e sair divulgando e atormentando parentes é outra.

A conferir: http://www.compromissoeatitude.org.br/assedio-sexual-pelas-redes-sociais-tambem-pode-ser-considerado-crime-canaltech-16122015/

Marcia disse...

Eu sou formada em direito, hoje sou professora de direito constitucional e direitos humanos.

Fico de cabelo em pé com os muitos relatos de falta de resposta da polícia.
Gente, leis para proteger as mulheres existem, boa vontade para fazê-lo não.

O feminismo sabe há décadas que muitas leis positivadas não são aplicadas por que contrariam as leis não escritas de que toda mulher está sempre errada, que suas demandas não são dignas do direito.

Para a anônima que fez os muitos B.Os, para a Lu Martiniano, o que o atende da delegacia fez com vocês é crime, ele se negou a cumprir com a função dele e humilhou vocês. Cabe denúncia na corregedoria, mas a minha recomendação é a seguinte: liga para o 180 e faça as denúncias sobre as agressões e ameaças e o tratamento desrespeitoso e criminoso na delegacia.

Para as meninas que estão/foram assediadas por esse babaca criminoso do post, recomendo o seguinte:
1. Criem um coletivo anônimo para reunir todas as denúncias, prints, conversas gravadas. 2. Exponham de forma anônima o cara, sem citar o nome dele, e sem se identificar. 3. encaminhem essas fotos, conversas (sempre com o nome de vocês apagado, o melhor mesmo é editar o documento e tirar a parte do nome do print).
4. Procurem a defensoria pública no Recife, conjuntamente (cada uma tem o direito de fazer individualmente, mas coletivamente a denúncia é mais forte), o trabalho da defensoria é gratuito.

Aqui vão informações sobre o escritório especializado em violência contra a mulher: Endereço:
Rua Marquês do Amorim, 127
Boa Vista, Recife-PE
CEP: 50070-330
Fone: 3216.9797

Se precisar de qualquer tipo de informação, intermediação, posso ajudar. Fiquem firmes, fiquem unidas e denunciem esse criminoso, ao que parece ele está muito perto de se tornar um estuprador compulsivo, protejam a si mesmas e a outras mulheres. Mas lembrem-se: a culpa não é de vocês, de jeito algum.

Um abraço e fiquem bem.

Obs: uma coisa que já vi funcionar para casos semelhantes, e que eu recomendo como forma de pressão social é o seguinte: juntem as mensagens, as fotos ( sempre com tarja preta no nome de vocês) e encaminhem para familiares do sujeito, mais de um sempre: pai, avô, tio, sobrinhos (os homens primeiro) e depois para as mulheres, assim se cria o clima para ele ser pressionado pela família. Só temo pelo quê esse imbecil asqueroso já possa ter feito contra mulheres da própria família.

Lembrem-se quanto mais mulheres denunciarem, mais difícil é a família ignorar como 'loucuras de uma ex-magoada', encaminhem para muitos familiares, mas não deixem de registrar oficialmente as queixas, recomendo sempre a intermediação da defensoria pública para que as provas sejam todas válidas e vocês estejam protegidas contra possíveis respostas judiciais desse otário.


Anônimo disse...

A America latina inteira junto com países como Turquia, Portugal e Espanha estão entre os países mais machistas do Ocidente.

Anônimo disse...

Descumprir medida protetiva agora é crime:
http://www.compromissoeatitude.org.br/camara-aprova-projeto-que-tipifica-o-crime-de-descumprimento-de-medidas-protetivas-agencia-camara-23032016/

Anônimo disse...

Marcia, aproveitando seu comentário.
Pq as meninas não podem divulgar o nome e a foto do cara?
Qual a lei que tipifica isso como crime?

Anônimo disse...

Sou policial aqui em Minas Gerais. No final de 2015,ao passar com minha viatura próximo a um condomínio residencial fomos abordados por um homem que nos relatou que necessitava registrar uma ocorrência pelo fato de sua ex mulher haver retido um documento importante, dentro da residência que outrora o casal morou junto. Ao invés de adentrar à residência feito um neandertal, quebrar tudo e agredir a ex, foi prudente em solicitar apenas o registro. Ao chegarmos à residência, de forma bem tranquila, explique à senhora que seu ex marido havia nos solicitado para registrar o referido BO. Sem mais nem menos, a jovem senhora começou a chorar demasiadamente e começou a dizerque não havia necessidade daquilo tudo. Nota: em outra ocasião ela acionou a Polícia contra o ex marido e fora atendida de forma plena. Eu a informei que em hipótese alguma eu iria obriga-la a devolver o documento ao ex marido, nem tampouco entraria na residência para pegar, conforme reza nosso ordenamento jurídico, todavia, iríamos proceder ao registro do ocorrido. Neste interim ela fez a devolução do documento. Este preâmbulo foi apenas para refutar alguns comentários que afirmam que a Polícia é uma instituição machista. Na minha Corporação existem muitas mulheres que desempenham suas funções de forma excepcional e são respeitadas e a Polícia Militar não faz acepção de gênero.

Anônimo disse...

É MACHISTA sim. Não é uma historinha que você conta que vai mudar esta realidade.

Anônimo disse...

Procure um site pornô e seja feliz. O assunto aqui é sério, imbecil.

Anônimo disse...

Perdoe - me comentarista das 12:30, não se trata de "historinha". Trato meu ofício com seriedade e busco sempre ajudar as pessoas em seus conflitos. Não estou aqui para fazer julgamentos, apenas acrescentei uma informação de que a Polícia tem que ser imparcial no atendimento a ocorrências.

Irene Marcia disse...

Ola. Sou policial e lido com meliantes, meliantes machistas e armas todos os dias. Concordo que as mulheres devem procurar formas que não necessariamente passem pelos órgãos operativos da segurança publica para se defender. Todavia, acredito que o uso da arma de fogo é sempre a pior alternativa para defesa pessoal. Na doutrina sobre uso diferenciado da força, os agentes de segurança publica fazem uso deste recurso como ultimo nível defesa própria ou de outrem. Além do mais nem todos sabem o que fazer numa situação de conflito ou crise. Usar uma arma vai alem do seu simples manuseio. É preciso conhecer bem as leis e ter treinamento (cursos de métodos giraldi, etc) para não lesionar ou matar pessoas indesejadas. Uma alternativa boa seria o uso de materiais de potencial lesivo inferior ( sprays por exemplo) mas isso infelizmente não pode ser utilizado pois a uma legislação que proíbe pelo menos na pratica. Apoio, além de uma educação de gênero nas escolas, que as meninas tenham aulas de defesa pessoal para aprenderem a se defender sozinhas ou pelo menos terem uma chance de escapar contra estupradores ou psicopatas em geral. Infelizmente o estado não educa as nossas meninas seriamente e a contentor. É lamentável.

Irene Marcia disse...

Primeiramente,peço desculpas por alguns erros de pontuação, concordância e ortografia. Estou escrevendo num dispositivo móvel que não me possibilita revisar o que escrevi. Voltando ao tema do artigo, viável seria que essas mulheres processassem esse homem por danos morais. Quanto a esfera penal, injuria e difamação seriam dois crimes contra honra a serem imputados contra ele. Infelizmente o assédio (sobretudo o praticado pela internet) muitas vezes não é interpretado como ato libidinoso ou ato obsceno a menos que o autor poste fotografias pornográficas de si ou de outra pessoa. Não temos ainda uma estrutura jurídica que proteja a mulher das cantadas indesejáveis. A respeito das mulheres que foram seguidas, minha dica (por mais machista que possa soar) é : Quando perceberem qualquer movimentação estranha saia do local de risco (aqueles escuros e sem ninguém) e tente localizar uma viatura da policia pra informar da conduta do potencial agressor. Muitas vezes numa simples abordagem já encontrei a arma que poderia ser o instrumento para cometer um crime. Infelizmente não há policia suficiente para guardar as pessoas. O Estado opera sempre em déficit de efetivo o que torna as ruas ainda mais perigosas e nossa educação vai mal...então moças...ate que aqui seja a Suécia vamos nos unir e ficar ligadas. SOBREVIVENCIA É O QUE IMPORTA NESSE MOMENTO.

Anônimo disse...

19:44

"libera arma pra aumentar ainda mais os casos de homicídio

libera arma pra ser mais um item obrigatório pra mulher

libera arma pra depois culpar a vítima de não ter tido uma arma na hora q foi agredida/assaltada/estuprada. Além de já ser culpada pelo modo de vestir, ainda vem o bônus: "vc estava armada?"

Não se prenda a uma única frase meu querido

Anônimo disse...

anon 12:16, agora conta a piada do papagaio.

Anônimo disse...

anon 12:16,

a sua historinha só corrobora o que foi dito aqui. Diante da solicitação do macho, o atendimento foi imediato e perfeitamente adequado. Fosse uma mulher fazendo a MESMA solicitação, simplesmente ouviria que nada poderia ser feito, que a polícia tinha assuntos mais sérios a tratar do que ficar resolvendo mimimi de vagabunda e que ela deveria resolver o assunto sozinha, já que "não soube escolher o marido". Os policias nunca teriam sido solícitos e corretos dessa maneira. Nunca são quando o atendimento é de uma queixa feminina, como todos estamos cansadas de saber. Especialmente quando a queixa é contra um macho. Aí mesmo é a polícia não move uma palha.

Anônimo disse...

"12:30, já que vc acha a Polícia uma instituição machista quando vc precisar de ajuda vc chama a mulher maravilha ou a batgirl"


A polícia e a justiça são instituições claramente machistas, sim. O pior é que são as únicas que temos. Então devemos não apenas acioná-la sempre que preciso, mas também exigir que funcione bem. EXIGIR que atenda todos e especialmente TODAS, sem distinção. É pra isso que elas existem.

Anônimo disse...

Tem que ser, mas não é.

Anônimo disse...

Perfeito, 16:42.
Machos só protegem machos.

Anônimo disse...

"Machos só protegem machos."


E ele, como policial e homem, sabe MUITO BEM disso, pois ele mesmo, aposto TODAS as minhas fichas, age de forma diferenciada diante da queixa masculina e da queixa feminina.

Lu Martiniano disse...

Obrigada, Marcia! É muito legal ver que esse espaço (dos comentários) é frequentado por gente boa também!
Você, assim como a querida Lola, nao retém conhecimento. Beijos pra vcs todxs!

monalisa_eternal@hotmail.com disse...

" Ana Carolina disse...
Monalisa_eternal, em que grupo de TL foi? participo de alguns e queria saber pra me precaver"

Até então é o TL e fitness, as moderas dizem pra colocar tarjas ou carinhas no rosto pq elas não se responsabilizam, mas é melhor fazer em todos os grupos.

Anônimo disse...

15:41

"Não se prenda a uma única frase meu querido"

Prendi-me a uma única frase pois ela sintetiza o pensamento do restante do comentário, que é risível, digno de trollagem de mascu.

"libera arma pra aumentar ainda mais os casos de homicídio"

Quais as evidências e estudos que embasam esse pensamento seu? As pessoas que defendem a flexibilização das leis armamentistas são justamente as que não usam tais objetos para fins ilegais, caso contrário elas já comprariam armas no mercado negro. Além do mais, você acha que o cidadão comum está disposto a matar alguém por motivo banal e ainda pegar 10+ anos de cadeia?

"libera arma pra ser mais um item obrigatório pra mulher"
"libera arma pra depois culpar a vítima de não ter tido uma arma na hora q foi agredida/assaltada/estuprada. Além de já ser culpada pelo modo de vestir, ainda vem o bônus: "vc estava armada?"

Isso é piada, não é possível. Você está mais preocupada com "o que vão perguntar" do que com a efetiva capacidade de uma mulher interromper uma agressão? Belas prioridades essas suas.

A. C. disse...

É realmente muito triste que a situação esteja assim. Em pleno 2016. A pior violência, seja direta ou indireta, é aquela na qual o agressor sabe que sairá impune, e a vítima será culpada de culpar o agressor. Deveriam exigir provas de que ELE é inocente e não de que ELAS são ou não inocentes.



Não tem muito a ver com o post, mas estou chocada com algo. Eu vi em um site, sei lá que ano foi publicado, um post reproduzindo uma notícia de que um gótico (bem, o site dizia que era gótico) foi impedido de pegar um ônibus em algum país de fora por estar levando a namorada gótica na coleira. O título era "Diferença entre emos e góticos". Não entendi o título muito bem, na verdade. Eu sei que são completamente diferentes, mas o que esse caso tem a ver? Eu respeito emos e pessoas góticas, e sei que esse é um caso a parte que não descreve o movimento (que eu saiba góticos são intelectuais).

O que mais me assustou, no entanto, foram os comentários do post. Muitos diziam algo como "Nossa, tá cheio de 'cachorra' no mundo" e havia um dizendo "Ô garota da coleira, você se acha tão especial e precisa lavar, passar roupa etc.".

Eu sei que esse comentário deve estar, sei lá, meio enrolado, mas tentei escrever.

A. C. disse...

Minhas sinceras desculpas por fugir do post. Eu precisava de um lugar para escrever e não sabia aonde. Lola, pode apagar meu comentário se achar melhor.

Anônimo disse...

A.C, não precisa pedir desculpa. Esse espaço também é seu.

Anônimo disse...

20:27 deixa de ser patético, "sintetiza o pensamento do restante do comentário, que é risível", risível é isso o q vc vomitou seu burro

"são justamente as que não usam tais objetos para fins ilegais" - kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk quanta inocência

"caso contrário elas já comprariam armas no mercado negro." - pois é, se é tão mais fácil e barato adquirir uma arma assim, pq a preocupação com a legalização?

"a matar alguém por motivo banal e ainda pegar 10+ anos de cadeia?" Deixa de ser idiota, não é apenas sobre o uso criminal, é sobre o uso desastroso, o não-intencional, o da hora da raiva: "Todavia, acredito que o uso da arma de fogo É SEMPRE A PIOR ALTERNATIVA PARA DEFESA PESSOAL. Na doutrina sobre uso diferenciado da força, os agentes de segurança pública fazem uso deste recurso como ultimo nível de defesa própria ou de outrem. Além do mais, nem todos sabem o que fazer numa situação de conflito ou crise. Usar uma arma vai além do seu simples manuseio [...]" leia o restante do comentário da Irene.

"Você está mais preocupada com "o que vão perguntar"" - Meu deus, vc é uma ANTA, deixa de ser cínico seu retardado, não é sobre o q vão perguntar seu lixo, e sim q vão (mais um vez, se já não bastasse a indumentária) depositar a culpa de uma agressão na vítima, pois ela não estaria usando uma arma, ou não soube usar, entendeu seu idiota? Agora fala pra mim, no que nisso a arma foi efetiva? Só na de ferrar com a vítima mais uma vez

Depois o meu comentário é q risível, q patético

Anônimo disse...

Tb n entendo quem depois de uma certa reflexão, ainda acha que porte de arma de fogo é solução ou mesmo paliativo pra violência. Vai ficar mais fácil pra "vítimas" terem o porte? Sim. E vai ficar mais fácil também pro ex possessivo, pro misógino que jura que a causa dos seus problemas são as mulheres, pro fulano esquentadinho da balada. Vai surgir meia dúzia de história de mulher que reagiu bem a assalto/estupro/agressão? Vai, assim como debaixo dos panos vai aumentar o número de mulheres mortas por armas de fogo por não terem conseguido o timing da reação. Como disseram, arma de fogo não é mágica. Você tem que aprender a usar, você tem que ter o tempo de reação correto pra não ser rendida. Liberar arma de fogo vai fazer surgir meia dúzia de heroínas na mídia, pra dar a impressão de que "oooolha essa medida liberal dando certo, chupa esquerda", enquanto a sensação de insegurança vai continuar a mesma e mulheres vão continuar morrendo nas ruas e nas mãos de macho misógino.

Marcia disse...

"Marcia, aproveitando seu comentário.
Pq as meninas não podem divulgar o nome e a foto do cara?
Qual a lei que tipifica isso como crime?"

A divulgação poderia ser considerada como três crimes diferentes previstos no Código Penal (não são penas muito graves, mas dá uma dor de cabeça ser processada, sem falar nas custas pessoais e profissionais que isso pode causar): calúnia, injúria e difamação.

Fazer a divulgação das fotos e do nome do sujeito pode ser enquadrado como calúnia, se elas fizerem essa afirmação dizendo, por exemplo, que ele é um estuprador/agressor de mulheres. A Calúnia é um tipo de crime que se comete quando você diz que alguém cometeu um crime (só o estado acusa). Só admite exceção da verdade quando a pessoa caluniada é realmente condenada por aquele crime da qual é acusada.

Também poderia ser considerado difamação (quando você acusa alguém de algo que é desonroso, vexaminoso - o que causa vergonha), expondo essa pessoa ao julgamento público - exemplo: elas postam as fotos e dizem que o cara é um tarado, desavergonhado e sem moral.

Ainda há um terceiro crime que poderia ser alegado contra elas, que é o de injúria (ofender alguém por suposições ou xingamentos). Neste, as coisas ficam ainda mais difíceis para as meninas: basta o agressor alegar que foi ofendido em sua honra pessoal com a divulgação das fotos e conversas privadas. Elas precisariam provar que ele causou, injustamente, a exposição das próprias conversas.


Por quê funciona assim? Só o estado pode julgar ou condenar alguém penalmente, e é vedado o julgamento social de acusados. A justiça privada não é legal no nosso sistema.

E nesses casos de machismo, infelizmente, isso significa que mulheres devem evitar caluniar, difamar e injuriar seus agressores. O princípio é: um crime não justifica outro.

O que torna essa 'aparente' igualdade tão injusta, é que nós sabemos que mulheres não caluniam, difamam e ameaçam com injurias agressores pelo prazer de pagar de volta (não tem volta ser agredida sexualmente, essa é a verdade), mas é pela raiva mesmo de nunca encontrar justiça para as agressões que sofrem.

O direito, infelizmente, não reconhece ineficácia da justiça como motivo para não aplicar pena em quem calunia, difama ou causa injúria para seus agressores, daí a necessidade de manter o anonimato delas e dele.

Um legalista mané (e eles são maioria nos tribunais), ainda poderia argumentar que a divulgação das fotos, mesmo que de forma anônima e sem divulgar o nome do acusado, pode dar motivo para processo civil. Todavia em 12 anos acompanhando casos como esse, nunca vi um acusado que retalhasse contra vítimas que ele só pode identificar se admitir que cometeu crimes contra elas.

Marcia disse...

Lu, de nada! Estamos aqui para nos apoiar. Nos comentários da Lola sempre tem uma ou duas pessoas maliciosas que fazem muitos post, exclusivamente para tentar mostrar que o feminismo não é tão forte assim, que a maioria das próprias mulheres não é feminista e blá, blá, blá.

Não acredite. Nunca fiquei sem ajuda feminista quando a pedi. A solidariedade é maior do que falta de vergonha na cara dos dois ou três fracassados que imundam esse espaço, esperando espalhar sua mesquinhez e miséria moral.

Refaço o convite: se eu puder ajudar, de alguma forma, estou à disposição.

Anônimo disse...

Irene é policial e dá uma opinião sincera e sensata, aí vem o tira e quer contar historinha e nos convencer de que a polícia trata a gente do mesmo modo como trata os homens... aham, claudio