domingo, 27 de novembro de 2011

UM ESCORPIÃO NO MEU QUARTO

Esta ilustração que você vê aí em cima foi a Aoi Ito que fez, em tempo recorde (no Twitter ela assina com outro nome complicado, @_Kosmonavt). E é uma história real. Aconteceu comigo quinta à noite. Fui ao banheiro do meu quarto e, voltando, entre a cama e o guarda-roupa, vejo um escorpião. Vou repetir: um escorpião! Como a única vez na vida em que vi escorpiões foi no Instituto Butantã, em SP, eu tive que olhar mais de perto pra me certificar. E nisso meu gato Calvin, que a essas horas da noite me segue pra todo canto (pro banheiro pra beber água da pia, pro corredor pra brincar, pra cozinha pra comer, pro escri pra dormir em cima do computador), tava lá. Só que ele não viu o escorpião. O escorpião, no entanto, viu o Calvin, e já ia indo rapidamente em sua direção, com a cauda enrolada em cima de seu corpo. Eu gritei “Saiiiii, Calvin!”, dei um chega-pra-lá nele (que estava sentado, na maior), e peguei o inseticida no armário. E taquei um monte de inseticida no escorpião, que me ameaçava com sua cauda. Finalmente, ele morreu, e sua cauda ficou desenrolada, esticada (todas as fotos são dele, tiradas pelo maridão). O escorpião em si era amarelo mais pra laranja, e muito pequeno, tipo metade do meu dedo (e meus dedos já são pequenos). Acho que uns 3 centímetros. Eu pensei que esses bichos fossem maiores. Meu quarto. Calvin ao fundo, cadáver de escorpião em primeiro plano.

Lógico que joguei meu drama no Twitter –- e recebi muita solidariedade. Mas também vários alertas que me deixaram apavorada. Exemplo: disseram que esse escorpião era um fihote ou no máximo adolescente, e que agora devo procurar seus pais (e me falaram pra procurar em lugares escuros, onde eles se esondem. Não parece filme de terror, quando o personagem bocó vai atrás do serial killer vilão, e ainda por cima no escuro?! Pô, se tiver um lugar escuro com chance de conter escorpiões, eu vou na direção oposta!). Também me disseram que um escorpião-preto mata uma criança em duas horas e, se for uma criança gorda, em 15 minutos (viu como obesidade mata? É que o pessoal que só quer nos ver saudáveis sempre diz! Falando sério, depois me disseram que os escorpiões amarelos são mesmo os mais perigosos). Outros disseram que gato come escorpião. Prefiro acreditar que eu salvei a vida do Calvin. Mais algum sugeriram eu comprar algumas galinhas (mais garantido que gatos no quesito "comer escorpião").
Quando uma aluna me contou que um técnico de algum órgão sanitário foi à casa dela e lhe disse que Fortaleza vive uma epidemia de escorpiões, eu me senti melhor. Quer dizer, não é que só a minha casa (o meu quarto, mais especificamente) tá passando pelas sete pragas do Egito. Saber de tal epidemia me faz crer que encontrar um escorpião no quarto não é algo pessoal. Não é que alguém lá em cima não gosta de mim. Talvez não goste da minha cidade, sei lá, e eu só moro aqui (e esse ser devia ir à Prainha pra gostar mais de Fortaleza).
Acho que depois dessa vou mesmo dedetizar a casa (o meu problema é onde deixar os gatinhos enquanto o ambiente tá tóxico). Nosso escorpião fotografado bem de pertinho.

Na noite desta tragédia que foi me deparar com um escorpião, a quem eu enfrentei heroicamente, e sozinha (maridão jogou xadrez a semana toda, e só chegava em casa depois da meia noite), o maridão viu o título do post do dia e perguntou: quem escreveu esse guest post? O escorpião? Pois é, porque o título era “Invadindo um espaço que não me pertence”. Pior é que o maridão já escreveu um guest post chamado “Lolinha e o escorpião”, porque ele usa essa gíria de séculos atrás pra dizer que sou pão dura miserável (essa tem um escorpião no bolso). Fui lembrá-lo disso, e ele: “Ahá! Pelo menos a gente já sabe de onde veio esse escorpião!”. Ele também falou que na quinta eu estive cheia das premonições. Fora o título do guest post (que iria ser originalmente “Quem quer ser um universitário?”, e eu mudei de última hora), eu o avisei, antes d'ele ir jogar xadrez: “Nada de jogar pra empatar! [o empate era um bom resultado pra ele]. Joga pra ganhar, viu? Vai pra cima! Sacrifica a dama!”. E o maridão foi lá, sacrificou a dama... e perdeu. Mas tudo bem, foi a única partida que ele foi mal, e ele conseguiu ganhar o torneio. Mil reais de prêmio! Estamos ricos! Agora vamos torrar tudo em veneno anti-escorpião!Calvin pede exílio político anti-escorpião em gaveta do maridão.

70 comentários:

Gisele Biléia disse...

Lola, fique de olhos nas baratas.
Ouvi dizer que não há no mercado veneno eficiente para matar escorpião. Tudo que sei é que escorpiões se alimentam de baratas e se não há baratas, logo... risos.

Livia Luzete disse...

Isso mesmo, escorpiões comem baratas!
Ai Lola é um terror mesmo deparar com um desses. Nos 6 meses que morei no Benfica, encontramos 6 escorpiões!

Boa sorte aí!

Clem; disse...

Lola, no final do ano passado fui picada por um escorpião. Nunca tinha visto um de perto, fiquei assustadíssima. Acordei com aquela dor muito forte, achei que alguma coisa tinha acontecido e meu osso estava se partindo (juro, dói MUITO). Ele também era pequeno, mais escuro que esse que apareceu na sua casa. Fui de madrugada ao pronto socorro da cidade e apenas me deixaram de observação. Remédio? Só pra dor. Podia jurar que eu ia morrer sem atendimento hahaha botam tanto medo na gente quanto à escorpiões, né?
Mas tudo ficou bem, recebi alta às 10h do outro dia. A dor dura 24hrs certinho, e no mais não me aconteceu nada.
É legal fazer uma dedetização sim, com certeza. Ninguém quer passar por esse susto e essa dor. Mas não precisa ficar TÃO apavorada, não é coisa de MORRER assim.
Beijo!

Kaká disse...

Eu já trouxe para casa um escorpião enrolado na toalha que levei para o sítio de um amigo. Só fui ver depois que o bicho apareceu afogado na máquina de lavar.

E mais recente, quando joguei a mochila na cama de um hotel no interior da Guatemala, um escorpião ENORME (esse tinha 10cm só e corpo) e preto estava na colcha. Conseguimos matar o bicho e fui na recepção reclamar. A moça me disse que ali tinha muito, que eles faziam de tudo para evitar que entrassem nos quartos e que eu não deixasse nenhum sapato no chão. Foi uma noite tensa. (não tinha outro hotel/pousada perto)

Belezas de Kianda disse...

cruzes! q horror! odeio bicho peçonhento!

sabe q nesta semana minha mãe resolveu fazer uma baita faxina no meu quintal, pois estamos em obras e tem muita coisa dela guardada aqui... enfim... à noite, guando entrei no banheiro tinha uma aranha enorme e muito feia no teto. eu fiquei apavorada! vai q a bicha é venenosa! e tenho um bb de 10 meses em casa. e se eu não vejo a maldita? sabe lá pra onde ela iria! tb pensei em pegar o inseticida, mas minha mãe foi mais inteligente (acho). pegou um pedaço de pano e enrolou na ponta de um trilho (desses de pendurar cortina) e tacou fogo. imediatamente ataquei a bicha q morreu logo. nossa! aquela imagem ficou na minha cabeça a noite td. nem consegui durmir direito imaginando q ela tive alguma irmã escondida. provavelmente ela entrou pela janela do banheiro depois de minha mãe fuçar td no quintal, na parte coberta onde ficam várias coisas guardadas. aff! q terror!

Débora Vaz disse...

Eu moro num bairro próximo ao Benfica, aqui em Fortaleza. Até o ano retrasado era relativamente comum encontrar escorpiões aqui em casa, principalmente nos banheiros. Felizmente nunca mais os vi por aqui, mas nunca deixo de ficar alerta e reparar bem onde estou pisando.

Pati disse...

Lola, acompanho seu blog há um tempo e gosto muito. Sou médica veterinária e trabalho em Saúde Pública ( Secretaria de Saúde Estado-MG) na área de Vigilância Epidemiológica, sobre os escorpiões, não é minha área específica( um outro colega trabalha com Vigilância Ambiental) mas receio te contar, que somente a dedetização não será eficaz ( quando acabar o efeito, voltarão), o ideal seria entrar em contato com a prefeitura de seu município , centro de controles de Zoonoses, que provavelmente têm técnicos capacitados para fazer o que chamamos de busca ativa ,em áreas do seu bairro que provavelmente podem abrigar os bichinhos...Isso é competência do município, pois muito provavelmente estão aparecendo escorpiões em outros domicílios. Aí, os técnicos fazem a captura e enviam a institutos que fabricam os soros antiescorpiônicos. Se ainda não jogou fora, guarde o cadáver para entregar para eles, para fazerem a identificação.
Aqui vai um link de um manual de controle de escorpiões do Ministério da Saúde, para ter uma idéia de como seria feito isso tudo: http://www.cevap.org.br/downloads/manual_escorpioes.pdf

Espero ter ajudado...

Pati disse...

Lola, acompanho seu blog há um tempo e gosto muito. Sou médica veterinária e trabalho em Saúde Pública ( Secretaria de Saúde Estado-MG) na área de Vigilância Epidemiológica, sobre os escorpiões, não é minha área específica( um outro colega trabalha com Vigilância Ambiental) mas receio te contar, que somente a dedetização não será eficaz ( quando acabar o efeito, voltarão), o ideal seria entrar em contato com a prefeitura de seu município , centro de controles de Zoonoses, que provavelmente têm técnicos capacitados para fazer o que chamamos de busca ativa ,em áreas do seu bairro que provavelmente podem abrigar os bichinhos...Isso é competência do município, pois muito provavelmente estão aparecendo escorpiões em outros domicílios. Aí, os técnicos fazem a captura e enviam a institutos que fabricam os soros antiescorpiônicos. Se ainda não jogou fora, guarde o cadáver para entregar para eles, para fazerem a identificação.
Aqui vai um link de um manual de controle de escorpiões do Ministério da Saúde, para ter uma idéia de como seria feito isso tudo: http://www.cevap.org.br/downloads/manual_escorpioes.pdf

Espero ter ajudado...

lola aronovich disse...

Ô gente boa que mora em Fortaleza, principalmente nas imediações do meu bairro: vcs não estão ajudando! Estão é me apavorando, isso sim! Quer dizer que a relativa falta de baratas na minha casa (acho que matamos, pelo menos aqui na parte de cima, umas dez em dois anos) significa uma infestação de escorpiões?! Não tem uma terceira alternativa aí? Gente, eu tenho fé. Outro dia veio o fiscal do mosquito da dengue e reclamei com ele do excesso de pernilongos (agora deu uma acalmada, mas passamos por meses terríveis, cheios de pernilongos, e nada resolvia; eram pernilongos mutantes, sério mesmo, não tinha remédio que os espantasse, muito menos matasse – só a minha mão!). E ele disse que estávamos vivendo num lugar muito ruim em matéria de pernilongos, porque estamos perto do metrô, que está em obras. Ele acha que, quando o metrô for terminado, vai diminuir muito o número de mosquitos. Quem sabe não diminui o de escorpiões também?


Clem, COMO ASSIM?! Explica direito, please! Vc não notou a picada do escorpião no momento que ela aconteceu? E como vc encontrou o escorpião? Ou vc viu quando foi picada, e só no dia seguinte foi ao médico? Como é a picada? Onde foi (em que parte do corpo)? Bom saber que não se morre disso a toda hora!

lola aronovich disse...

Muito obrigada, Pati. Vamos procurar os órgãos competentes sim, porque nos parece que o surgimento de um bicho venenoso numa residência não é um problema individual, e sim de saúde pública. Ainda estamos com o cadáver do escorpião. O maridão o guardou num copo de requeijão vazio.


Kaká, seu escorpião preto na Guatemala era mais ou menos assim? Não acho que eu conseguiria dormir depois disso.


Gente, por que um escorpião atacaria uma pessoa? Só se ele se sentisse ameaçado, né? E ele sobem em todo canto?

Lígia disse...

Lola, falei com pessoas mais entendidas e disseram que esse escorpião é comum aqui sim e que a picada em humanos é dolorida, mas não fatal. Já pra animais, ela pode matar :( Mas tem detetização pra ele, inclusive como tem (ou tinha) essa onda de infestação de escorpiões aqui, a prefeitura detetiza também, mas não sei como faz pra ela ir na casa da pessoa. :/

Elisa Maia disse...

Que engraçado, eu já encontrei escorpião na minha cada umas 3 vezes! Achava que era mais normal, nada impressionante. Bom, eu mesma tenho simpatia por escorpião (e por cobra, e por aranha, mesmo a carangueijeira, que também aparecem em casa meio normalmente). O único bicho que eu mato é barata (e outro que tenho fobia, não consigo nem escrever o nome), os outros eu pego e jogo longe, em algum lugar em que eles possam sobreviver. Não tenho medo por mim, só temo pelos meus gatos, que já foram pegos muitas vezes brincando com cobra! :O Aliás, eu já tive até um escorpião de estimação! Foi um amigo meu que catou pra mim e me ensinou a fazer um habitatzinho pra ele numa caixa de sorvete vazia. Ele se chamava Milo (nome do Cavaleiro do Zodíaco de Escorpião :D).

Lola, offtopic, mas como você mencionou o xadrez no post, eu queria pedir um favorzão! Será que seu marido tem alguma dica de site ou canal no YouTube sobre xadrez pra principiantes? Todos que eu achei ou eram muito avançados (já dizendo coisas como "OBVIAMENTE isso foi um mau lance", e eu ficando "oi, por quê???") ou muito iniciantes (tipo "o cavalo se move assim, isso é um roque"). Eu preciso de algo mais no meio, hehehe. Obrigada desde já! :D

Isabel SFF disse...

Olha, é por isso que eu não consigo entender como algumas pessoas gostam de morar em áreas verdes. Quer dizer, até entendo porque os lugares são lindos e dão uma paz... Mas não sei se eu conseguiria lidar com um lugar invadido por bichos peçonhentos. Eu nem me importo com mosquitos e baratas, mas só de ver essas fotos de escorpiões eu fiquei bem apavorada. É por isso que eu evito fazer trilhas com meus amigos a todo custo: não saberia lidar com o PAVOR de ver um bicho peçonhento perto de mim.

Esse relato do escorpião preto na Guatemala foi o pior. Ano que vem eu quero ir a um congresso no Peru e já vou procurar direitinho a fauna do lugar. Se escorpiões estiverem listados, eu vou repensar minha vontade de ir, viu.

Aqui na minha casa costumam aparecer umas lacraias. Elas são pequenas, não oferecem perigo, eu mato ou deixo pra lá. Mas nunca esqueci do dia em que vi meu cachorro brincando TODO FELIZ com uma lacraia imensa. E ele é pequeno, é cocker, então o bicho faria um estrago nele. Nossa, fiquei desesperada: empurrei o cachorro pro lado, tadinho, e tentei matar a lacraia mutante do inferno - e foi difícil, viu.

Boa-sorte, Lolinha, e chame o controle de zoonoses o mais rápido possível.

denise disse...

Ai Lola sei que vc esta assustada com essa presepada do escorpião, mas morri de rir com sua historia, mas essa de que esse exemplar que vc achou é só um filhotinho é de assustar heim!!! Espero que vc não encontre os progenitores do bichinho, ainda mais porque eles não devem estar muito felizes com o passamento do filhote.
Por sorte nunca me deparei com um desses, o mais próximo que já vi parecido foi uma lacraia que resolver tomar banho comigo no ralo do banheiro da casa onde morei.

Pati disse...

Lola, animais peçonhentos ( os escorpiôes, aranhas, serpentes, que têm veneno...) são caso de saúde pública, com certeza.Vi que escreveu que tem uma obra do metrô aí perto, pode ser um abrigo para eles. Independente da espécie do escorpião( pela foto, o seu parece ser o escorpião amarelo, comum no nordeste), se uma pessoa for picada , deve procurar uma unidade de Saúde ou P.A ,para atendimento e notificação do caso( um procedimento que os profissionais de saúde devem fazer). E em alguns casos ( crianças e idosos) pode ser bem grave e também para nossos queridos animais de estimação...

Rubens disse...

Lola

Minha mãe é cheia das mandingas, ela disse que para matar escorpiao numa boa, faça um circulo com alcoll em volta do bicho e taque fogo no alcoll com um fósforo! O escorpiao vai correndo pro meio do fogo e morre tostadinho.

Ela garante que ja matou mais de 20 escorpioes assim.

Ro-Chan disse...

Pelo menos não era uma barata\o/

Massoria disse...

Desculpa Lolinha, fui eu que falei que o escorpião era um filhote e que os pais estavam em lugar escuro, falei na preocupação sabe, a intenção não era aterrorizar =(

Lord Anderson disse...

Eu a encontrei muito bicho peçhonhento, mas felizmente nunca fui picado.

Lembro que quando criança visitei uma fazenda em que um tio morava, e tinha tanta galinha nos quintais que achei que era uma granja. Só ai me explicaram que essas aves são predadoras de escorpiões e a quantia se devia a um surto desses bichos que eram encontrados quase todo dia.

Alguem falou sobre baratas e inseticidas.

isso me lembrou da velha piada:

Se baratas sobrevivem a uma explosão nuclear, oq raios tem no inseticida???

rs

Anônimo disse...

"maridão jogou xadrez a semana toda, e só chegava em casa depois da meia noite".

Sei não, Lola... Talvez ele realmente esteja comendo, ops, digo, "sacrificando" uma dama.

[.ingrid.] disse...

Lola, tome cuidado com os sapatos e meias. Sempre antes de calçar algo, vire o sapato e bata bastante no chão, pra não ter perigo.

Também dê uma checada em meias ou panos que fiquem no chão. E "abane" as roupas antes de colocar.

Não coloque, de modo algum, a mão em locais escuros, nunca se sabe se a peste pode estar lá ou não.

E picada de escorpião pode SIM matar uma pessoa, tome muito cuidado.

E a pior parte, a escorpião fêmea não precisa de macho pra engravidar.

O melhor tipo de galinha pra dar cabo desses bichos é a galinha d"Angola.

Boa sorte, muito cuidado.
Abraços

Ro-Chan disse...

Lola,só pra deixar vc mais calma,o prato favorito de escorpiões são professores de ingles.

abobrino disse...

Parece ser um "tityus serrulatus", popularmente conhecido como escorpião amarelo. Essse é pequeno, mas um aduldo não é muito maior. Das espécies brasileiras esse é o mais perigoso, sua picada pode ser fatal mesmo, embora geralmente isso só se aplique à crianças e adolescentes. E o escorpião preto ( tityus bahiensis)não é perigoso não.

abobrino disse...

*adulto

LisAnaHD disse...

Lola, que tremenda SORTE a sua ter o inseticida ali à mão !!! O comentário da Pati poderá ser útil pra toda Fortaleza... e pensar que tudo comçou aqui no blog...

Coincidentemente (ou não...) ontem à noite eu alertei uma pessoa que se as crianças dela continuarem comendo sentadas no tapete da sala enqto veem TV, vai atrair insetos e ela vai ter de detetizar a casa.

Muito muito legal o desenho da Aoi Ito e muito engraçado vc dizer que jogou seu drama no twitter... obrigada por me ajudar a começar o dia entre susto/escorpião e riso/twitadas... rs... rs....

"Escorpião Amarelo
O veneno de todos os escorpiões tem efeito neurotóxico, ou seja, age no sistema nervoso. A picada é extremamente dolorosa, provoca dor intensa no local afetado e se dispersa por todo o corpo, levando a vítima a um estado de hiperestesia, fazendo com que o doente fique extremamente sensível ao menor toque em todo o corpo."

artigo completo na Sta. Wikipedia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Escorpi%C3%A3o-amarelo

Starsmore disse...

De agora em diante fique de olho dentro dos seus sapatos e em toalhas (quando ficam penduradas se eles estiverem na parede costumam correr pra trás delas assim que você acende a luz do banheiro)

Kaká disse...

Lola, era um desses mesmo! hahahaha! Nem levantei para ir ao banheiro no meio da noite com medo de pisar em outro escorpião.

Regina Prado disse...

Xi Lola... Agora estão os danados a te perseguir também. A primeira vez que vi um escorpião foi numa situação semelhante quando morava na casa da minha mãe. Tenho um cachorro (Na verdade agora ele não é bem meu cachorro porque não vive mais comigo e sim com a mamãe) um husky siberiano. Bom ele é o senhor do quintal da casa e quem tem essa raça de cachorro sabe que eles nunca latem. Só latem quando tem alguma coisa errada ocorrendo. Pois bem, um dia eu tava sozinha em casa e to que escuto ele latir era noite e fiquei com medo de ir ver, vai que era um ladrão ou coisa assim. Mas a curiosidade matou a gata né... E lá fui eu meter meu nariz no lugar escuro. Quando cheguei ao quintal vi que ele estava apoiado nas patas da frente com o rabo balançando e cercando alguma coisa. Imaginei que pudesse ser um grilo, lagartixa ou coisa parecida. Aproximei mais e vi o escorpião, igualzinho esse ai que você teve de enfrentar. Amarelo horrível, um monstro! Na hora fiquei apavorada não sabia o que fazer, só chamar meu cachorro para ele sair dali. Mas ele é grande e não me obedeceu ficou lá rodeando o bicho, quando ele viu que me aproximava para tentar pegar e arrastá-lo de lá deu uma olhada para mim, uma para o escorpião e esmagou o bicho com a pata. Sem piedade. Cortou ele em mil pedacinhos.
Fiquei orgulhosa do meu cão valente. Tenho a impressão que ele matou o bicho para me proteger. (Meu namorado falou que na verdade ele ficou com medo d'eu tomar o brinquedo dele, prefiro acreditar que foi para me proteger!)
Nas noites seguintes o evento se repetiu, mas dessa vez ele nem me deixou ver o bicho. Quando eu chegava lá já estava morto. Me disseram que eles normalmente veem do esgoto ou se tiver alguma obra perto da sua casa pode ser por isso, eles se escondem nos materiais de construção porque é úmido e escuro (Escorpião não gosta de calor).
Ah e esses amarelos são os piores viu! Quanto menor o escorpião pior é o veneno!

Dri Caldeira disse...

Olha Lolinha, mesmo sabendo que vc correu um risco grande, e o lindinho do Calvin tb, foi até um alívio esse post. Depois das pedradas de sexta e de ontem, nada melhor do que nos preocuparmos com inimigos visíveis e bem menores do que nós. Compre uma galinha e sim, gatos comem escorpiões. Mas não pague par ver se o Calvin vai se lembrar dos ancestrais dele...

Jéssica disse...

Sobre escorpiões o único caso que conheço é quando o meu tio era criança, há uns 60 anos atrás, e brincava em uma praia de Florianópolis. Ele foi picado por um escorpião e teve que ser levado às pressas ao hospital, porque como era criança, podia morrer.

Fora isso, nunca vi ou ouvi mais nada sobre escorpiões em Florianópolis, mas já ouvi muito sobre cobras e aranhas.

Srta. Vera disse...

Você não viu um dos grandes, amiga. Eles são assustadores. Para se livrar de escorpiões, extermine as baratas, que são o seu prato preferido.

cronicasurbanas disse...

Lola, morei na região da lagoa da Pampulha aqui em BH quando tudo ainda era muito deserto e cheio de mato. Escorpião em casa eu nunca tive, mas vizinhos sim. Dedetizar é uma boa ideia, não garante acabar com eles, mas diminui sua 'cadeia alimentar' predileta (baratas, aranhas, grilos, etc.), o que pode ajudar. Notifique o município, eles devem ter controle dessas coisas. E cuidado com entulhos, pilhas de madeira, tijolos (se tiver algo assim em casa, dê um fim neles, escorpião costuma gostar de se esconder aí) e, por garantia, sacuda roupas e bata sapatos e meias antes de se vestir. Onde apareceu um, podem haver outros. No mais, acho que o risco maior é pro Calvin, ainda mais porque gato adora 'brincar' com esses bichos...
Enfim, não é pra entrar em pânico, mas não deixe passar batido.
abraço
Mônica

Srta. Vera disse...

A propósito, vi o seu comentário sobre o blog da jornalista que quer transar com 100 homens em um ano. Você acha mesmo que é uma forma de libertação? Claro que cada um é feliz à sua maneira, mas eu achei estranho.

Nanda disse...

Lola, eu tenho pavor de escorpião, ainda mais com criança em casa. Fui ler os comentários e acabei clicando no link do escorpião preto, agora estou aqui arrepiada e pensando em cancelar a mudança para um sítio na próxima semana.
Já me avisaram das aranhas peçonhentas, cobras, raposas e agora estou com mais esse medo: escorpiões.
Vamos adotar um gato para nos ajudar, mas agora, com a sua dica, acho que vou fazer um viveiro de galinhas. Que desespero!

Mayra Carvalho disse...

que medo!
sei que não tem nada a ver, mas se der, deem uma olhada nisso...
http://www.e-familynet.com/phpbb/voces-apoiariam-o-aborto-nesse-caso-t613125.html

a questão que me veio na cabeça não era ser contra ou a favor, mas sim como uma criança pode ter discernimento pra tomar uma decisão dessas...

Gabriele Albuquerque Silva disse...

Quando eu morava em Natal - RN, vira e mexe surgia uma dessas criaturas. E eu tinha verdadeiro PÂNICO de escorpião. Sério, não podia ver nem na TV que já entrava numa paranoia. Aquele episódio do Chaves em que eles acham que um escorpião saiu do vidro me deixava super nervosa. Quando um escorpião aparecia em casa, eu passava noites com medo de dormir, tinha pesadelo, era um horror. Lembro até de um professor que tinha um escorpião tatuado no braço, que me dava calafrio ver aquela figura se mexendo enquanto ele dava aula. Arghhhh! Tenho muito medo dessas criaturas. Mas minha mãe passou por susto até pior. Aqui no RS não é muito comum, mas numa bela manhã minha mãe abriu os olhinhos e achou um escorpião escalando o travesseiro dela! Coisa de filme de terror, coitada!

Danielle disse...

Lola,dedetiza logo,pelo amor de deus!!!
A cidade está passando por uma epidemia de escorpiões,isso é MUITO PERIGOSO!!!
Não deixa muito tempo sem dedetizar não,por favor!
Ai,tô muito preocupada! Quando dedetizar,bota aqui pra gente saber??

Anônimo disse...

Corra, Lola, corra!

Luma Perrete disse...

Quando eu era criança, achava escorpião o bicho mais perigoso do universo. Eu nunca tinha visto um, então pra mim era um bicho horrível, super venenoso e impossível de matar.
A primeira vez que fui ver um escorpião ao vivo foi quando me mudei para Aracaju. Alguns já apareceram na minha casa. Eles eram iguaizinhos a esse que apareceu na sua. Pequenos e amarelos.
A gente não precisa se preocupar muito, porque, apesar da picada ser dolorida, não é fatal. Mas a picada é bastante perigosa para crianças, idosos e animais.
Uma vez a minha cachorra estava latindo pra um que apareceu no quintal. Quase tive um treco.
É bom você informar ao centro de zoonoses mesmo, para que eles possam dar uma olhada.
E, como falaram, lugares com muitas baratas atraem escorpiões, porque elas são o prato favorito deles. Então se livre das baratas. E dos entulhos.

ana_alice disse...

só vi escorpião uma vez, numa praia de Mangaratiba (na Costa Verde, lá pro lados de Angra). lembro q eram vários, eles eram claros tb e ficava difícil de enxerga-los na areia, foi um corre-corre terrível.

gente, deu pra aparecer lacraia na minha casa esse ano. nunca tinha aparecido, em 20 anos, mas, desde que reformamos o banheiro recentemente, elas surgem sei lá de onde. não sei se o cara não fez um bom piso, se deixou falhas entre os azulejos em algum lugar... mas eu tomo cada susto, morro de medo!

ps. fiquei curiosa sobre q animal a elisa tem medo pq ela enfrenta baratas (arrrrrrrrrrrrrrgh, não consigo nem ver foto), aranhas, escorpiões... não seria lagartixa, né? pq tenho uma amiga q não tem medo de barata mas se borra com lagartixa. poxa, um reptil pelo menos é vertebrado, eu tenho menos nojo. odeio todo e qualquer artropode (inclusive camarão. não consigo comer um negócio q é parente das baratas)

Vinicius Siqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vinicius disse...

Nessas horas eu dou graças por morar em SP...

Aqui, no máximo, barata e pomba [e rato, entre outras coisas menos perigosas]

Vc liberou Nome/URL!!!

Mariposa de Guadalupe disse...

Pasme, em Brasília também tem epidemia de escorpião. Eles vem pela tubulação, o que quer dizer que existe uma área inteira sem segurança e que para se livrar tem que rolar uma dedetização GERAl!

Alice disse...

Essa é a primeira vez que comento seu blog desde que leio há mais ou menos um ano e tbm a primeira vez que discordo com você Lola.
Escorpiões não devem ser mortos e sim coletados e entregues a algm ccz ou algo tipo jardim botanico, nãos ei como funciona no seu estado.
Eu te entendo pq foi a primeira vez e a reação biológica ao sentir ameaçado de morte é a defesa, não te julgo. Mas agora minha querida Lola não tem desculpas, procure se informar como proceder nesses casos para que nenhum outro animal se machuque, seja você lindona, o Calvin lindoooooo ou o belíssimo Escorpião amarelo (que tbm tem sua importancia biológica e não é um terrorista)huahuahuahauhau.
Abraços, adoro você

aiaiai disse...

vinicius,

quem te disse q não tem escorpião em são paulo?

Ah, esses paulistanos...

http://www.loremi.com.br/servicos/identificacao-das-pragas/escorpioes/

Vinicius disse...

Pow, minha mãe me disse.

Arnold disse...

Engraçado

Eu conheço um bicho mais peçonhento e que tem mais veneno para destilar por aqui...


não vou citar nomes!

Mas tudo mundo sabe quem é

Vinicius disse...

Sua mãe?

Vinicius disse...

Ok, seu pai.

Anônimo disse...

Essa é a típica "falta de assunto". E não é a primeira vez. Quando alguns posts atrás discutia-se CAPES/Lattes e a coisa ia pegar fogo e eu ia opinar...FIM DE TÓPICO. Será que a CAPES tem censores nos blogs? Ou as pessoas tem MEDO da CAPES tão grande assim? Aquela ex-BBB que é muito inteligente, Elenita tem. Foi recusada em várias universidades públicas por ter sido ex-BBB. Quando numa twitcam toquei neste assunto, pronto, o papo acabou. Agora aqui. Florestan Fernandes deve se revirar no túmulo. Mas melhor falar do escorpião do que discutir temas que realmente interessam não é?


OBS: Olha que legal, pude escrever anonimamente, não baixei o nível hora nenhuma. Tem horas que não queremos nos expor, ou ficar toda hora mostrando a cara. Isso mostra que nem todo mundo que escreve de forma anônima é sem educação...

Homem Cinza disse...

Já tem muitos comentários, não vou ler todos, então não sei se o q vou dizer é redundante. Aqui em Fortaleza é comum escorpião amarelo (segundo minha mãe mais no Benfica, Montese e Fátima), eles não matam gente, mas a picada dói muito. Não sei se matam animais.

Sobre dedetização, existem tipos que não entoxicam o ar, são a base de gel e são muito eficientes, mas não sei se esse gel "cobre" escorpiões.

Vinicius disse...

Arnold, chora não.

Vinicius disse...

Saquei, vc é tipo Jack Kerouac, é bissexual homofóbico, né?

Se for ativo, não é gay, só o passivo que é.

Vinicius disse...

Bee, eu sei do que falo.

Arnold disse...

Tô percebendo!

kkk

Clem; disse...

Lola, eu tava dormindo quando o bicho me picou! Acordei com aquela dor HORRÍVEL e levantei correndo pra ver o que tinha acontecido. Acendi a luz e ele estava lá, em cima do meu edredon. E corre o bichinho, viu?!
A picada foi no final das costas, quase no comecinho do bumbum.
Matamos o escorpião, me vesti e fui correndo pro pronto socorro, mais ou menos 2h30 da madrugada.
Dói, dói muito. E continua a doer por 24hrs certinho. Mas tô viva pra contar a história, mesmo sem ter tomado soro/remédio nenhum contra a picada, só pra dor.
Boa sorte por aí e procure alguma forma de tirar os invasores de perto, porque DÓIIII quando nos encontram de verdade, haha.
Beijo!

LisAnaHD disse...

imagine se ao dar de cara com um escorpião a tente vai tentar pegar o bicho pra guardá-lo vivinho !!! é cada uma, hein?

e alguém disse que esse post foi falta de assunto? não creio, pois deu num monte de comentários úteis e inclusive agora a Lola sabe que o problema é mais sério do que parece, i.e. não foi apenas na casa dela e sim a como que uma infestação de escorpião em Fortaleza.

eu até li sobre o tal Escorpião Vinagre, outro tipo a ser levado muito a sério! tá lá na Sta. Wikipedia.

Werner Wild disse...

Lola, já leio seu blog há alguns anos, mas acho que nunca comentei, apesar de acessá-lo todos os dias. Também moro em Fortaleza, nascido e criado, e sempre soube de escorpiões aqui na cidade. Em 2001 eu e minha família nos mudamos para o centro da cidade (próximo ao Colégio Militar), e 2 semanas depois os danados começaram a aparecer. Digo pra você, sem brincadeira nenhuma, eu e meu irmão já matamos CENTENAS de escorpiões. Já chegamos a encher uma garrafa e meia, dessas de 500ml de água, com os cadáveres deles. Não querendo assustar, mas já assustando, eles sobem nas paredes e até no teto! E não se engane: eles podem ser tão rápidos quanto uma barata pequena. Quando dedetizamos a casa melhora, mas não é definitivo, pelo menos aqui. A área onde moramos antigamente era um mangue, essa é a explicação popular para o problema. Estudo na UFC,e já pensei em mandá-los para o curso de Biologia, pra ver se eles me dão uma luz.
Quanto ao medo, nas primeiras semanas é aterrorizante. Ficava com dor no pescoço toda vez que tomava banho, olhando pra baixo (um chegou a subir na minha perna, quando lavava o cabelo!). Mas digo por experiência própria: são animais tranquilos. Se você não mexe com eles, eles não mexem com você. Não são como as baratas, que são atrevidas e partem pra cima da gente. Nos últimos 2 anos já comecei até a sentir dó dos coitados rsrs!
Se você conseguir resolver seu problema, por favor faz um guest post com a solução? Adoro seu blog! Desculpe o tamanho do comentário.

Mario brum disse...

Oi, sou fã do seu blog!

Uma vez passei por uma situação parecida! Entrou uma aranha armadeira na minha casa... na da minha mãe, na verdade (eu morava com ela). Sei que a sociedade espera de mim que eu cumpra o papel de macho e vá lá enfrentá-la, mas sem chance! Qualquer coisa com mais de 4 pernas eu tenho um temeroso respeito! Chamei minha mãe que varejou o chinelo certeiro e pronto!

E a crítica do filme do Almodóvar?
Curto muito seus textos. Abraços!

LisAnaHD disse...

Lola, no post de hoje (AIDS) li que sua casa vai ser detetizada por conta de escorpião. MAS por tudo que li aqui no blog abordando o problema de escorpião em Fortaleza, CE, isso JÁ é da alçada da saúde pública! Algum médico sanitarista precisa se pôr a favor da população!

Lis disse...

Coincidência ou não, faz 3 semanas quefui picada por um escorpião preto e pequeno, no MEU QUARTO, as 3 E MEIA DA MANHÃ.

Nem fui pro hospital nem nada pq o preto e pequeno não é venenoso (não pra adulto)

Mas não tinha inseticida, pisei nele mesmo ._.

Lar Ternura disse...

Adorei a foto do Calvin na gaveta do maridão...rs...

Fenixlee disse...

Vou dizer tenho pânico total de rato, quanto ao resto enfrento numa boa : barata, escorpião, cobra, sapo, aranha. Mas, rato (até morto, em foto, na TV) me escurece a visão, me deixa irracional. Morei numa casa que não era forrada e aparecia muito escorpião, isso me ajudou a conhecê-los. Eles realmente se alimentam de baratas, gostam de lugares escuros e úmidos. Os amarelos alaranjados não possuem veneno suficiente para matar um ser humano (mas, o gatinho sim - uma amiga perdeu a dela assim). Os escorpiões perigosos para nós são pretos e maiores. Quando o escorpião amarelo aparece gordo e maior é porque está gestante, tem que matar logo senão aumenta a população. Outra coisa : Quando o escorpião é atingido pelo inseticida ele levanta e inclina a cauda, não para atacar, mas para matar a si mesmo. É o instinto da espécie -> prefere suicidar-se a ser morto.

Rosana disse...

Lola, não sabia que tu era de Fortaleza!! Me mudei há pouco pra cá e já tinhamos achado escorpiões no antigo ap. Agora achamos outro hj na cozinha, e meu ap é no quarto andar, novinho, aqui do lado da faculdade de medicina, perto de ti. Que perigo, jah to toda cabreira atras dos outros!!

Adriane disse...

Resolvi criar.. é o terceiro que encontro na minha casa no benfica. O coloquei em um pote e agora vou caçar grilos, que odeio! para lhe dar a comer.

Anônimo disse...

Este escorpião é o Tityus stigmurus, comum no Nordeste.

Anônimo disse...

Meu Deus achei um hoje parecido só q maior atras do sofa e nao consigo nem dormir. Sou do interior de SP.

Reno disse...

Oi na minha casa apareceu um pequeno no banheiro, na casa da minha mãe dois grandões, eu crio uma gatinha igual seu gato, o nome dela é Kiara, na minha casa morro de medo que pique ela, na casa da minha mãe aonde apreceu dois enormes do amarelo, tem uma cachorra a nina morro de medo por ela também.....aqui no DF isso têm sido uma praga horrível.....

Diassis Pires disse...

Olá

Estou passando por esse problema, desde o inicio do ano já encontrei três escorpiões na minha casa e estou aterrorizado, pois se tem um bicho que tenho "meda" e esse, e temo mais ainda pelo meu filho que tem apenas nove anos. De qualquer forma vou tomar providencias para descobrir uma forma de erradica-los.

Valeu.

Monica Gabriela de Moraes lourenco disse...

Olá,essa manhã meu filho acordou com um berro muito alto e vomitando,fiquei morrendo de medo,e até pensei que era escorpião,mais como ele parou de chorar,fiquei menos preocupada,mas depois de uns 30 minutos aparareceu no chão do quarto um escorpião preto,aí fiquei apavorada,porque voltei achar que era ele que tinha pegado meu filho,e como ele tem apenas 11 meses achei q ele não ia aguentar.....mas graças a Deus ele ta bem ,mas to com muito medo de voltar e colocar meu neném brincar no chao