segunda-feira, 6 de setembro de 2010

FALTA MENOS DE UM MÊS

Daqui a menos de um mês, Dilma deve ser eleita no primeiro turno. Será? Eu realmente torço que sim. Todas as pesquisas indicam uma vantagem já consolidada. E são grandes as chances que ela tenha uma porcentagem de votos válidos maior que FHC em 1994 (54%), no auge de sua popularidade, logo após lançar o Plano Real. É também possível que ela tenha mais votos que Lula.
Se isso tudo acontecer, será uma festa. Tenho algumas amigas que já compraram passagem aérea pra estar em Brasília na posse. Mas não quero comemorar antes da hora, calçar salto alto, nada disso, porque, com "apenas" 51% nas pesquisas agora, as coisas não estão tão certas assim. Existe o voto envergonhado, tão típico da direita. E a mídia vai fazer o que puder até lá pra reverter o quadro (qual será a bomba da véspera? O Nassif acredita que a Globo falará do passado "terrorista" de Dilma). Se o jogo for pro segundo turno, como conseguiram fazer com Alckmin de última hora em 2006, já será uma vitória da oposição. Claro que Dilma ganha no segundo turno, com um possível replay do que vimos nas últimas eleições (o adversário tendo menos votos que teve no primeiro turno, ó suprema humilhação!). Mas até 3 de outubro serão montes de factóides, reportagens escandalosas (e escandalosamente manipuladas), mentiras que serão repetidas. E lógico que isso não acaba com a eleição do PT. Só é intensificado na reta final da campanha. E o ódio dos que não se conformam com a democracia é grande. Recolhi essas pérolas em comentários de um blog de extrema direita: “O que as forças armadas estão esperando para agir?”; “Lulla deveria engolir umas azeitonas para deixar de ser o molusco boçal que é”; “Serra precisa ganhar para derrotar o comunismo-bolivariano que os petralhas querem implantar”. Um até lançou um concurso: qual cidade teria o paredão mais bonito para receber essa gentalha?
Ah, tadinhos! Eu não queria ser o FHC ou o Serra em nenhum momento da minha vida, mas muito menos agora. Imaginem o desânimo que deve dar. Pra ser justa com Serra, digo que ele sabia que seria derrotado. Ele sabia muitíssimo bem que Dilma iria crescer, tanto que hesitou em se lançar candidato. Ao mesmo tempo em que sabia que essa era sua última oportunidade, também sabia que seria pedrada. Eu olhava pras pesquisas eleitorais de um ano e meio, um ano atrás, com Serra isolado na frente, via o festejo antecipado dos reaças, e só podia rir. Pesquisa faltando um ano pra eleição! Será que eles realmente acreditavam que seria tão fácil? Que os eleitores não votariam em Dilma quando soubessem que ela representa a continuidade de um governo incrivelmente bem sucedido? E não votariam por quê? Ah, porque eles, os reaças, não gostam dela, diziam que ela não sabe falar, que no primeiro debate já seria nocauteada. E ainda tripudiavam: inventavam que Lula queria substitui-la por outro candidato (homem, evidentemente), mas já não dava mais tempo, e agora o PT teria que amargar a pior derrota de sua história. Esta é parte de uma “análise” (força de expressão) de um deles, publicada em outubro: “na atual conjuntura, com Marina Silva no páreo e as atuais taxas de Dilma (intenção/rejeição), tirar Ciro do pleito presidencial seria um verdadeiro suicídio para o PT. [...] (mas, agora, também assusta pelo fato de [Ciro] talvez ir para o segundo turno em vez da própria Dilma). Vejam o tamanho do enrosco. Tudo isso faz com que retornemos à questão inicial: e se o PT lançasse outro nome? Dá tempo? Talvez. [...] Dá tempo, sim, de repensar. Dilma ou Suplicy? Dilma ou Pimentel? Dilma ou Marta? Dilma ou Zé Dirceu?
Enquanto isso, Lula, o analfabeto, o burro, o menino molusquinho, estava calmo e sereno, crente que aquela situação das pesquisas iria mudar, à medida que o povo conhecesse sua candidata. Mas, insisto: Serra também sabia. E é por isso que, mesmo quando as pesquisas colocavam o tucano com 45% dos votos, Paulo Henrique Amorim pedia no seu blog, “Não desista, Serra!”.
Mas o otimismo exacerbado do fã-clube reaça inspirava o PSDB. Em dezembro ainda se viam notinhas como essa, do Josias, que revelava (ou era torcida?) os sonhos mais mirabolantes dos tucanos — ficar no poder pelos próximos 16 anos (não só em SP; no Brasil). Serra venceria em 2010 e 2014, e aí entraria Aécio por mais oito anos. Na época, relatei esse devaneio tucano pro maridão, e ele completou: “E depois disso está pavimentada a volta triunfal de FHC!”. Pois é, faltou apenas combinar com o eleitor.
Mas eles sabiam que não seria fácil. Só não imaginavam, creio, que seria tão impossível.
E o que deu errado? Nada, eu acho. A escolha do vice não faria diferença. O discurso de extrema direita adotado por Serra? Ah, vai: quem esperava que ele fosse adotar um outro discurso? A falta de apoio dos candidatos de oposição nos Estados? Duvido que eles tenham tanta força assim. Creio que nada deu errado, e que nada mudaria o quadro atual. O problema é que tudo continuou dando certo pro governo. O que deu errado mesmo é que o povo não é tão facilmente manipulado pela mídia (o maior partido de oposição do Brasil, segundo a própria presidente da Associação Brasileira de Jornais) desde 2002. Não estamos mais em 89. O povo, que não é bobo, sabe que o país melhorou nesses últimos oito anos, e quer que continue melhorando. E não reconhece que um partido que só falou mal do Bolsa Família (pra citar um exemplo), de repente, em ano eleitoral, jure que vai duplicar o programa e ainda dispute a sua paternidade. Não cola.
O povo, talvez pela primeira vez, estará votando num projeto de governo, não num indivíduo. E isso é bom. Isso é politização.
Mas, pelo lado pessoal, fico muito feliz que, daqui a menos de um mês, teremos a primeira presidente mulher. Quer dizer, oxalá! Ainda parece bom demais pra ser verdade.

33 comentários:

Caso me esqueçam disse...

lola, eu gelo quando te escuto falar assim. porque apesar de tudo, dela tah laaa na frente, nao quer dizer que ela esteja eleita (ok, parece que eu nao fiz faculdade com uma conclusao tao imbecil dessas). mas eh que, conhecendo nossa midia, eh de se esperar que alguem apronte uma na reta final e ponha tudo a perder, assim, do dia pra noite. nao tou sendo pessimista, soh nao consigo ainda cantar vitoria. :(

Shoujofan disse...

Continuo vendo a Dilma como uma criação de Lula, acho que a campanha está muito, muito morna. Obviamente, ainda teremos muitos capítulos da novela com Serra e seus aliados atirando para todos os lados.

Mas, enfim, em 2008, eu escrevi no meu blog que Dilma jamais poderia vencer e que Lula não conseguiria transferir sua popularidade. Enfim, falhei nos dois casos. Ainda não considero a eleição vencida, embora torça com todas as minhas forças contra Serra e a aliança PSDB/DEM. Eleição é ganha com as urnas abertas.

Aliás, considero os erros da campanha de Serra muito responsáveis pela situação atual. E é engraçado ver o constrangimento de certos repórteres, como o cover do Bóris Casoy (*em idéias*) que comenta para o primeiro jornal do SBT, que no finalzinho do ano passado disse com todas as letras "O único candidato que consegue perder para a Dilma (*não lembro qual adjetivo pouco elogioso veio antes do nome dela*) é Aécio". Olha só no que deu? Aécio, sim, poderia ser o candidato do PSDB e dar muito trabalho. Mas a cacicada paulista se impôs, apesar de banirem FHC da campanha (*outra falha, eu diria*), a arrogância de Serra foi forte e está aí o resultado. Risco de perder no 1º turno. quem diria?

Anônimo disse...

o discurso dos blogs de extrema direita não é tão pior do que o dos radicalistas de esquerda.
lola, antes eu achava que a sua insistência em caracterizar serra como extrema direita era só inocência. agora vejo que é desonestidade intelectual, mesmo. uma pena que para afirmar suas crenças você precise atacar quem pensa de forma diferente à sua.

Rita de Cássia disse...

Engraçado como essas pessoas que pensão como os corruptos desse pais tem medo de se mostra,acredito que pelo fato de mais na frente mudarem de opinao,então melhor não se indenteficar,não mostram a cara e nem nomes,sempre pór trás dos anônimos da vida. Nós não fazemos questão de aparecer e dizer o que penssamos,nunca pensei que o PSDB FOSSE TÃO BURRO,E PERDERAM UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE APREENDER A FAZER POLITICA,TIVERAM UM GRANDE MESTRE POR DOIS MANDATOS,E NÃO APREENDERAM NADA,NO PAIS DE HOJE ESSE JEITO DE FAZER POLITICA NÃO FUNCIONA MAIS,EXISTI OS VERMES QUE OS ACOMPANHAM,MAS AGORA SÃO MINORIA,E SÃO ESSAS PESSOAS JUNTAS COM OS POLITICOS CORRUPTOS DESSE PAIS QUE NÃO QUEREM VER UM PAIS AVANÇANDO NA EDUCAÇÃO E NA SUA SOBERANIA,PRA FRENTE BRAZIL, DILMA NO PRIMEIRO TURNO.

Anônimo disse...

Ai... saudades de quando esse blog era apenas discussão de cinema e comportamento (gatos, esquilos, doutorado-sanduiche). Agora virou planfetagem petista. Seus alunos sabem t~em conhecimento desse blog, Lolinha? Alias eles te chamam de Lola ou de Dolores?

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

"pessoas que pensão como os corruptos desse país"...
"Nós não fazemos questão de aparecer e dizer o que penssamos..."
Oi?
"PRA FRENTE BRAZIL"

ai, que delícia...

Anônimo disse...

Anonimo 10:18 e 10:43, eu não sei se vocês são a mesma pessoa mas estão como toda razão.


Oliveira.

Bruno Stern disse...

Um mês ainda é muito tempo.
Mas tá divertido ver o desespero tucano.
Nem o mais pessimista deles imaginava o atual cenário.

Cynthia disse...

Estou torcendo pra Dilma ganhar no primeiro turno, mas com a quantidade de factóides fabricadas toda semana, fico com certo receio...

--

Lola, vc conhce o site http://filmow.com/? É tipo um orkut, só que lá vc escreve mini-resenhas de filmes, marca que filmes já assitiu, etc. Sei que vc anda superocupada, mas esse site é muito divertido :D

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Lola, eu cheguei a duvidar que em um país ainda tão machista quanto o nosso, uma mulher realmente teria chances. Achei que o machismo chegaria a ser mais forte que a vontade de muitos por essa continuidade, mas felizmente não foi.
Também estamos apostando na vitória da Dilma já no primeiro turno, mas acho que a saída do Ciro do páreo também tem a ver com isso, se ele estivesse na eleição é bem provável que haveria segundo turno. Mais tempo pra Globo e outros ficarem sambando em cima de acontecimentos tão turvos quanto essa quebra de sigilo.

Mariana. disse...

Eu não considero o Serra de extrema direita. Acho, na verdade, um grande exagero classificá-lo assim.

Também não gosto quando usam uma corrente de pensamento para ofender e diminuir o outro (A não ser que seja algo realmente ruim, como 'nazismo'). Mas o algumas filosofias direitistas foram incorporadas inclusive pela gestão do PT. Tentar ofender alguém chamando-o de direitista, é desonesto. E até um pouco antiquado. Não! Não estou dizendo que não existe mais essa divisão, só a considero incompleta. Porque ser de esquerda, implica SIM em ser socialista (talvez não por meio de uma revolução, mas implica), e você mesma, lola, insiste em negar que seja (e eu acredito em você). A esquerda atual tem muito pouco a ver com a esquerda da guerra fria. Ou alguém define os novos conceitos desses rótulos (esquerda e direita), ou paremos de nos classificar assim, pra efitar confusão.

Eu não voto no serra. nunca. Talvez vote na dilma. Não por ela (ninguém vota por ela, como votamos pelo lula), votamos pelo programa, pela continuidade (que definitivamente, não pode ser eterna), e sim, concordo com você: isso é uma evolução.

Quanto aos resultados, acho que teremos um segundo turno, mas ele só servirá para adiar algo que é certo: a vitória da dilma. A não ser que surja outra maracutaia do nível da receita federal (claro que isso vir a tona a essa altura do campeonato é suspeito, mas aconteceu. e também não sei se foi o PT que fez ou o psdb que forjou. só sei que vai ser difícil tirar a culpa de cima dos petistas).

Enfim. essas eleições não serão nada emocionantes. as expecitativas serão atendidas.

lola aronovich disse...

Mariana, não sou só eu que vê o discurso do Serra como de direita. Veja o que diz a imprensa internacional, por exemplo. Dilma é associada com a esquerda; Serra, com a direita. O governo que FHC fez foi de direita, com suas privatizações, seguindo a cartilha do FMI. E, pelo DEM estar coaligado com o PSDB há tempo (praticamente desde a criação do PSDB, o que era o DEM antes de virar DEM já se coaligou), o discurso dos dois ficou muito parecido. Em matéria partidária, o DEM é o que temos de mais próximo da direita no Brasil. E o PSDB tá lá, juntinho. Difícil diferenciar um do outro. Nessas eleições, Serra adotou exatamente o discurso que qualquer representante da direita teria. Não acredita? Então por que, em testes como aquele pra avaliar com qual candidato cada eleitor tem mais afinidade, Serra aparece como total oposto do Plinio? Ou alguém vai dizer que Plínio não é de esquerda? Veja em quem vai votar quem se identifica com a direita: no Serra ou na Dilma? Existe direita que vota no PT? Existe direita que não odeie o PT? Existe esquerda que vota no DEM? Desonestidade intelectual é negar que essa divisão política entre esquerda e direita exista.
Agora, quanto ao pessoal de direita ter vergonha de se assumir como de direita, não há nada que eu possa fazer. Pra mim, ser direitista ou reaça não é um insulto, é apenas uma identidade política (que eu não concordo). Eu tenho orgulho de ser de esquerda. E nunca disse que não sou socialista! Só que também nunca, em toda minha existência, me identifiquei com o comunismo. Eu me considero social-democrata. Socialista com democracia. Sei que hoje reina o pensamento único, mas acredite: dá pra ser de esquerda sem ser comunista. Não há um só tom de vermelho, entende?

Victor disse...

Vai dar tudo certo sim! Mal posso ver a cara dos meus amigos demo-tucanos se Dilma ganhar no primeiro turno, rirei ETERNAMENTE.

Agora, fico supertriste quando ouço de amigos que não agüentam mais o PT e que votarão na Marina - acho até esquisito, porque já ouvi muito isso e o Lula é tão bem visto aqui em Fortaleza. Não sei, Marina parecia uma boa candidata no começo, mas nem se não tivesse mudado de idéia bem no começo do ano, votaria nela agora quando ela me soa tão fanática religiosamente. ESTADO LAICO JÁ!

Victor disse...

Mal posso ESPERAR PARA ver*

Anônimo disse...

Já perdi minhas esperanças...É lógico que o povo vota em quem dá bolsas pra tudo e nenhum emprego...Pelo menos, na minha cidade, existem centenas de mulheres que engravidam e homens que não trabalham cientes do dinheiro que receberão do "pai" Lulinha. Meus pais, que trabalham dezenas de horas por semana, têm que pagar impostos altíssimos para não ver nenhuma melhora na condição social desse país.Eles pagam escola particular para mim já que o ensino público é péssimo; pagam plano de saúde por medo de morrerem esperando na fila de qualquer posto de saúde. Vai ser difícil o Brasil se tornar um país desenvolvido, como o governo diz, do jeito que está indo!
Juliana

Anastasia disse...

Como sempre a mídia manipulando, os reaças morrendo de ódio e Dilma saindo por cima, elegantemente e fazendo a águia.

É bom demais para ser verdade!

Mudando de assunto, aqui está o link do meu post pro concurso "Origem do meu feminismo": http://relicariante.blogspot.com/2010/09/dos-13-ate-aqui.html

Beijos

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ághata disse...

Serra é o representante da direita, da extrema direita, sim, aqui no Brasil. Só dá para achar um grande 'exagero' definí-lo assim se estiverem o comparando com os sulistas norte americanos de extrema direita - o que é meio non-sense já que a cultura de lá é bem diferende da que temos aqui, lógico.

Direitista é ofensa? Desde quando? Só para quem é de esquerda.

Tédio desse povo que fica "Mimimi porque eu trabalho, eu pago impostos e os pobres ficam lá de pernas pro ar ganhando bolsa família!", se tá achando a vida deles muito boa e a sua ruim. Larga o seu emprego e vai viver só de auxílio do governo.

É ótimo, sabe, ser desempregado, ter filhos para sustentar e só contar com o auxílio do Estado. Excelente.
O negócio é reclamar de barriga cheia.

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

Lola,

Eu não subestimo a direita nunca, eles podem ser tudo, menos burros. Eles apostaram em premissas falsas e perderam o rumo, mas não acredito nem por um momento que eles sempre tiveram a certeza de que não iriam ganhar. Dentro do próprio PT as pessoas apostavam na economia estável e não na tranferência de votos do Lula. Tudo o que está acontecendo é um fenômeno que será estudado pelos cientistas políticos nos próximos anos e por isso mesmo todo cuidado é pouco! Não dá para prever do que a mídia é capaz.
Beijos

Koppe disse...

Fiquei sabendo ontem, o escritor Yves Hublet, aquele que atacou o Zé Dirceu a bengaladas, morreu em circunstâncias misteriosas.

Matéria aqui: http://www.brasilcultura.com.br/literatura/morre-o-escritor-yves-hublet/

Glória Maria Vieira disse...

AH Lolita! Já começaram a bombardear a Dilma. Acabei de escutar duas vezes seguidas: "Com a Dilma o Zé Dirceu estará de volta." Imparcialidade jornalística? Não! MAGINA... ¬¬

Glória Maria Vieira disse...

E ah! Eu já deixei o meu poste sobre a origem do meu feminismo no poste do concurso, viu?! Antes que eu esqueça: Obrigada por ter me aceitado no orkut, Lolita. E por ter me seguido no twitter tbm. =)

lola aronovich disse...

Vou deixar o comentário aqui tb:
Ághata, Luna: e aí, vão me mandar um post pro Concurso de Blogueiras ou não? Só até amanhã, até o meio dia! Por favor, mandem!
Stela, vc quer participar com o que vc mandou, que não é exatamente sobre o tema? Quer dizer, é, a escrita que é poética! Vc decide!
Mais alguém? Olha quem eu tô incluindo pra próxima etapa: Anastasia, Borboleta, Carolina, Gabriela, Glória, Isabela, Jux, Luci, Monix e Helê, Nathalia e Valek.
Por favor, mandem os posts JÁ, pq pretendo escrever um post sobre o assunto pra amanhã (terça) à tarde.

Anônimo disse...

Ágatha,

Não distorça...não disse em momento algum que a vida das pessoas que recebem bolsa-família é boa. Só acho que o governo deveria fornecer empregos ao invés de dar milhões de bolsas que não movimentam a economia de nosso país de maneira alguma.

Sabe, mesmo eu tendo "barriga cheia", eu me acho no direito de reclamar por melhoras na condição social desse país, que, por sinal, é péssima. Outro motivo para nosso país não ir para frente: temos o povo mais conformado do mundo, ninguém reclama de nada, acham que ter um ensino público ou um sistema de saúde como o nosso é o que merecemos...Vamos lá, gente...Vamos com a Dilma para continuar mudando ( o que mesmo?).

Juliana

Ághata disse...

Oi, Lolinha!

Escrevi um post simples só pra participar do concurso!

http://carmillainwonderland.blogspot.com/2010/09/origem-do-meu-feminismo.html

Arashi disse...

Lola! Vc vai amar essa: a Folha agora anda culpando a Dilma por qualquer coisa, né? (vide edição de domingo) Então o povo do Twitter resolveu fazer uma sacanagem com o jornal, postando todo tipo de coisas como se fossem culpa dela, com a hashtag #DilmaFactsbyFolha. É cada coisa de morrer de rir! Dá uma olhada:

http://twitter.com/#search?q=%23DilmaFactsByFolha

Ághata disse...

Nós não temos o povo mais conformado do mundo.
E os brasileiros reclamam muito, sim, de tudo, inclusive do caos que tá a educação, a saúde, a moradia... Aliás, pra maioria dos brasileiros, nada aqui no Brasil presta ou vai prestar algum dia.

...Para dar oportunidade da pessoa conseguir um trabalho, tem que conceder o básico antes, que é comida, condições de higiene, saúde, teto, educação... "Fornecer trabalho" não vai substituir o bolsa-família porque as pessoas que o recebem não tem nem condições de encontrar ou mesmo se manter num trabalho.

Raquel Portilho disse...

Olha, fiquei sabendo, através de uma amiga que trabalha pra PIG (e é super petista), que o PT fez uma pesquisa interna (meaning, não divulgada) após esse escândalo fake da Receita. Aparentemente, a Dilma caiu vááários pontos, porém o Serra não saiu do lugar. Veremos. Seria MARAVILHOSO decidir as eleições no primeiro turno, um tapa na cara dessa mídia sem vergonha. Mas será que o PIG perdeu tanto poder assim?

Luna disse...

Lola, fiz o post para o concurso!
Postei o link no seu último post sobre o assunto, mas para garantir:
http://pernicie.blogspot.com/2010/09/o-pop-que-me-deu-o-caminho.html

Cris disse...

Anonimo Juliana, acho seu discurso muito "batido", tipo, aquela velha história dos direitistas, que acham que o governo está dando tudo pro povo e que com isso as coisas não andam, a economia não cresce...Mas eles usam o dinheiro pra que mesmo? Pra guardarem? Certamente não. Na minha cidade vejo muitas pessoas com o mesmo dircurso que o seu, mas os "aproveitadores" da "bolsa esmola", que ficam de pernas pro ar são a minoria, a maioria aproveita o bolsa família pra darem um "up" na vida e acredite ou não MILHÕES já devolveram seus cartões, porque hj conseguem "andar com as próprias pernas"...

Lola, moro numa cidade pequena, e vcs acreditam que muitas pessoas dizem o seguinte: "se o Lula candidatar 50 vezes voto nele, mas não voto na Dilma pq ela é mulher...."

Giovanni Gouveia disse...

Vox Popupli (vox Dei), dilma ampliou, serra caiu:

Dilma56% x Serra 21%