segunda-feira, 19 de abril de 2021

COMO O PT DESTRUIU A NOSSA VIDA

Eu estou pra fazer este post faz tempo, pelo menos desde o início de março, quando perguntei no Twitter

Foram centenas de respostas, e vou compilar as mais interessantes aqui. Mas hoje é um dia muito especial pra este post. Não só porque agora há uma grande esperança de que Lula pode voltar à presidência, mas porque Bolso, tremendo de medo de disputar com ele, disse que o povo que votar em Lula merece sofrer

Que volte logo o sofrimento de quando éramos a sexta maior economia do mundo (hoje somos a décima-segunda, e caindo)!



































17 comentários:

Luise Mior disse...

ótima postagem. Estou seriamente na torcida para que em 2022 Lula se eleja e Bozo seja impedido de dar golpe com seus milicianos. Abraços querida Lola, compartilhando no twitter.

Natália Cibele disse...

O problema que se o Lula entrar ele vai pegar uma bomba relógio.

Anônimo disse...

Para a reaçada, o PT destruiu o país porque colocou muito preto e pobre na universidade.

Unknown disse...

O PT me lascou quando potencializou o Fundeb, implantou o ProfLetras, ProfMat, é vários outros Profs, investindo na formação continuada do professor da educação básica. Fiz o mestrado, 2 anos, com bolsa, mesmo tendo meu salário de prifessor do estado. Meu Deus, o sofrimento era maravilhoso.

Unknown disse...

Grande Lola --- Está aí o que LULA fez pelo Brasil --- LULA 2022 (ou Haddad) -- Para descanso de Lula --- proponho a chapa Haddad/Lula--------------------Bartolomeu Carrazzone

Anônimo disse...

a) Minha satisfação e ver a classe média pão com ovo que odeia o PT porque e racista machista e homófobica perder o plano de saúde. Está classe média está tendo que colocar os filhos na escola pública eles estão sendo auxiliados pelo Estado que tanto eles atacaram.

b) Lola vc viu Raquel Sherazzade processando o SBT por razões das leis trabalhistas? Se puder faz um post

titia disse...

Pois é, o PT destruiu as vidas de todo mundo... gente, foi tanta destruição que nem sei como Lula e Dilma não foram ameaçados com Nuremberg ou Haia. Foi desumano demais o que eles fizeram...

Quer saber, o PT que volte e destrua o Brasil. E a reaçada que não gostou de ter preto e pobre na univsersidade e no aeroporto (como bem disse 21:07) que se foda de verde e amarelo junto com o micto.

Felipe disse...

E a crise de 2012 ?

Unknown disse...

Na era Lula PT, minha vida foi destruída, só construindo, trocando de carro, 2domestica em casa com ctps assinada, filhas estudando em escola particular, curso de inglês, academia. Esse Lula faz muito mal, volta Lula, eu gosto de sofrer kkkkkkk.

Anônimo disse...

Enquanto isso o bostonarismo mata no sentido literal.
Eu nçao tinha proximidade com ele, mas o pai de uma tia, de mais de 70 anos, faleceu não faz nem uma semana, depois de 10 dias desde que teve de procurar atendimento médico por falta de ar: era COVID. Ele postava nas redes sociais a favor do Capetao e da cloqroquina e ivermectina e contra vacina e isolamento. Nao ficou somente online, tambem se recusou a se vacinar, já poderia ter tomado a segunda dose há 15 dias pelo menpos. Ppor sorte a maior parte das pessoas proximas estavam se isolando incluindos e isolando dele, e nao parece que ninguem mais foi infectado.

Eddie disse...

Quantas posições o país já tinha perdido no governo Dilma?

Já sei, já sei. O importante é a narrativa.

Eddie disse...

Algo me faz desconfiar que o governo Dilma será varrido pra debaixo do tapete.

cassiohair@gmail.com disse...

Sou autônomo,no governo PT tinha clientes todos dias, todo mês fazia um passeio e churrasco, pagava todas minhas contas e sobrava um pouco pra viajar, hoje mudei de ramo,devo pro banco e trabalho hoje pra almoçar amanhã, lula 2022

avasconsil disse...

É fácil encontrar no Google. Também é fácil encontrar no Google como os EUA usaram a Lava-Jato pra fazer valer interesses geopolíticos seus, destruindo as empresas brasileiras de engenharia pesada que faziam concorrência a empresas americanas do mesmo ramo, que estavam incomodadas. Não caio no erro da simplificação de vitimizar o PT. Todo partido que alcança a chefia de grandes governos, como o PSDB, em SP, ou o PT, com o governo federal, ou até o PDT de Ciro Gomes aqui no Ceará, acaba sobrepondo seus interesses em continuar no poder aos interesses coletivos. Houve corrupção, sim, usada pra enriquecer medalhões do partido e pra irrigar o caixa 2 dos grupos políticos no poder, nos processos eleitorais. O poder deve ser uma droga poderosa. Quem o alcança tem tendência a não querer largá-lo mais. Pra não haver ambiente pra essas coisas continuarem acontecendo, uma reforma política muito bem feita teria que ser feita. Algo difícil de esperar que o legislativo faça espontaneamente, já que os políticos teriam muito a perder. Além disso, a sociedade brasileira como um todo teria que se tornar mais honesta e correta do que é. É um clichê, eu sei, mas tudo o que acontece no nosso entorno é reflexo da sociedade que somos. Da cultura que formamos. Enfim, a realidade é bem mais complexa do que simplesmente jogar toda a culpa da corrupção ou da crise econômica ou política no PT, ou do que isentá-lo completamente de culpa e enxergá-lo como vítima. A vida tem muito mais do que 50 tons de cinza. E enxergar o máximo possível dessa complexidade e variedade de tons, é impossível sendo simplista. Nossa cultura tem muita tolerância com a desonestidade. Temos tendência a achar que a lei só vale pros outros. Por isso Moro, Dallagnol e os outros procuradores fizeram o que fizeram na Lava-Jato. Somos um povo indisciplinado. São tantos os defeitos... Enquanto não os encararmos com disposição pra mudá-los, continuaremos nessa de sermos um país periférico e atrasado em muita coisa. O país do futuro. Ou do enorme passado pela frente, como ironizou Millôr Fernandes.

avasconsil disse...

Acho que as expectativas com a possibilidade de um novo governo Lula estão um pouco exageradas. Lula é um negociador, o presidente do "presidencialismo de coalizão" - a expressão criada pelo Sérgio Abranches, o marido da insuportável da Miriam Leitão - , da conciliação entre os interesses do capital e do trabalho, com o capital sendo mais beneficiado... Se ele puder ser candidato mesmo, e estou muito São Tomé sobre isso, e, podendo ser candidato, realmente vencer, ele vai ter que endossar muita coisa da pauta neoliberal. Ou ele faz isso ou nem chega à presidência da república. Quando ele governou o Brasil no começo dos anos 2000, havia a questão dos preços favoráveis das commodities brasileiras no mercado internacional. Como hoje em dia a situação é outra, pra financiar o consumo das classes mais pobres e tirar muita gente da miséria, ele teria que tributar mais os muito ricos. Algo que nunca foi feito no Brasil, nem durante o governo dele, nem no de Dilma. Durante os 13 anos do governo do PT, não houve a criação do imposto sobre as grandes fortunas, nem com alíquotas pequenas. E é a Constituição quem prevê a criação desse imposto. Não foi recriado o imposto sobre lucros e dividendos de pessoas físicas, que caiu no governo FHC, e só o Brasil e a Estônia não cobram no mundo todo, segundo Ciro Gomes. Não houve o aumento do imposto de transmissão de grandes heranças. Não houve uma reforma tributária pra instituir no Brasil um sistema tributário progressivo, pra finalmente quem ganha e tem mais dinheiro pagar mais tributos do que quem ganha e tem menos... Minhas expectativas com um eventual novo governo Lula são mais modestas. A primeira delas é o Brasil voltar a ser governado por um ser humano normal. Só isso aí já me parece grande coisa. Outra expectativa minha é a da diminuição da voracidade do neoliberalismo no Brasil. Um novo governo Lula também seria neoliberal. O Brasil nunca deixou de ter um governo neoliberal, desde a redemocratização. Mas acho que com Lula o processo de saciar a fome do neoliberalismo ficaria mais calmo por aqui. Além disso, pra financiar um "new deal" no Brasil, como Biden vem fazendo nos EUA, talvez Lula tente colocar os mais ricos pra pagar uma parte da conta. Os muito ricos, aqueles que não ganham salário, têm renda. Muita renda. Com Bolsonaro, Huck, Doria, Moro, ou outro que a gente já sabe que possa ser candidato, a expectativa de isso acontecer é abaixo de zero. Com Lula já não é. Já que o tempo dos preços das commodities brasileiras em alta passou, a gente tem que votar em nomes com um mínimo de disposição de tirar dos muito ricos pra financiar distribuição de renda e desenvolvimento econômico aqui no Brasil. Só o Ciro Gomes e Lula têm esse mínimo de disposição. No discurso, Ciro até mais do que Lula. Mas, como as chances de Ciro ganhar são remotas, sobra só Lula. E olhe lá. Minha esperança na candidatura dele anda muito São Tomé.

avasconsil disse...

Legal esse trecho da entrevista do Felipe Neto. Serve pra muita gente dos mais de 57 milhões que votaram no Bozogenocida. Antes tarde do nunca. E melhor que aconteça antes de 2022...

https://youtu.be/lWYJIDyhUQ8

Anônimo disse...

Preferia o tempo do Lula "rohbando" que esse Bolsonaro. Na época o Brasil dava sinais que ia se tornar uma potência.