quinta-feira, 4 de outubro de 2018

NÃO ACREDITE EM FAKE NEWS

Gente querida, eu falo sobre o direito de resposta de ontem amanhã. Agora não posso, estou viajando. 
Publico hoje o lindo texto da Annia Zzachi sobre o método preferencial de um certo candidato fascista: fake news.

Eu queria conversar sobre Fake News. Ou, no bom e velho português: boato, mentira, notícia falsa. 
Se tem uma coisa que todos já percebemos, é o amplo uso da mentira, principalmente pela direita, para difamar, caluniar, desviar a atenção e enganar na cara dura seus eleitores e as pessoas mais desavisadas. Vamos ser realistas, por favor. A tia da copa, o João da quitanda, o José do Uber [eu acrescentaria: a Lolinha da faculdade] não possuem conhecimento e tempo para realizar uma checagem, por mais que façamos propagandas simples e diretas. E mesmo que saibam, a maioria não se dá ao trabalho, porque a mentira que recebemos usualmente confirma pré-conceitos e discursos dos quais já concordamos. 
Ninguém está isento de cair em uma arapuca. Eu já caí, todos já caímos. Claro que existe a diferença entre uma fake news por afã de compartilhar algo logo, mas que estava equivocado (e que vem com retratação) e a fake news proposital, feita pra difamar e enganar.
Mas... por quê? Por que lançar mão de algo tão baixo, desonesto, mau-caráter?
Isso é uma técnica chamada firehosing of falsehood. "Fire hose" significa "mangueira de incêndio". A mangueira de incêndio é bem resistente e capaz de levar um volume grande de água, sob alta pressão e velocidade. A analogia é que a "água" seria a informação. Falsehood é mentira. Ou seja, você "leva mentiras em grande quantidade e com muita pressão para o público". O objetivo não é convencer ninguém que o que você diz é verdade, mas de questionar o conceito de "verdade". É uma técnica autoritária, suja e bem elaborada, com passos simples:
1 - A mentira é espalhafatosa e exagerada, em larga escala
2 - É transmitida de modo rápido, contínuo e repetitivo
3 - Não tem qualquer compromisso com a verdade material e objetiva
4 - Não tem qualquer compromisso em ser consistente. 
Quando o MBL, a família Bolsonaro, Putin, Trump, Le Pen, os pastores da bancada da bíblia, dizem uma mentira absurdamente descarada, não é porque são burros. Longe disso. Já repararam que eles fazem isso com uma frequência assustadora? E depois negam descaradamente que mentiram, mesmo com vídeo gravado da mentira? Eles sabem muito bem que estão mentindo. Eles nunca se retratam, nem se importam em serem desmentidos. O estrago já está feito. Usam intimidação, ataques em massa, bullying e humilhação se for necessário para calar as pessoas que os contradizem e expõem sua técnica. Lançam mão de seus minions, bots e o que for para que as mentiras e intimidações venham com tanta frequência, e com uma intensidade tão grande, que é impossível ignorar. 
Quando "todo mundo mente", "tudo é fake news", a realidade passa a ser aquilo que você pessoalmente acredita, e é esse o objetivo, tornar a realidade uma mera "opinião", um "ponto de vista" que você escolhe o seu e pronto. Já repararam quantos dizem coisas absurdamente preconceituosas e depois se justificam "ah, mas é minha opinião"? É por causa dessa realidade desconstruída. É um modo de dizer: "a realidade é o que EU digo que é, independente de ser verdade ou não". 
Não tem coisa mais humilhante que ter que provar que você está dizendo a verdade mesmo que ela seja óbvia. Isso é uma forma de obrigar as pessoas a gastarem energia e tempo para provarem que aquilo é mentira, ao invés de usarem esse tempo para conversar sobre outras ideias, até que você fique cansado demais e desista. O mesmo acontece em nível individual, quando falamos em "gaslighting": fazer com que a vítima duvide da própria realidade nada mais é que adquirir o poder de controlá-la aos seus caprichos. É por isso que agências de checagem não são eficientes contra firehosing, porque checar os fatos não é o ponto da questão. Fact checking (checagem de fatos) depende de um acordo comunitário sobre confiança e realidade, e esse acordo é defenestrado pelo firehosing de fake news. Isso significa poder, Lola, significa controle. Eles não estão preocupados em serem desmascarados porque a disputa não é pela verdade em si, é por QUEM domina a narrativa. 
Eu vou parafrasear Hitler aqui (sim, Hitler. Alguém melhor do que ele sobre chantagem, mentira e coerção?):
"Na Grande Mentira sempre reside uma certa aparência de credibilidade, porque as massas são sempre mais facilmente corrompidas pela sua natureza emocional do que conscientemente ou voluntariamente; por isso que em suas mentes simplórias eles são mais propensos a caírem na Grande Mentira do que em pequenas mentiras, uma vez que eles mesmos contam pequenas mentiras sobre trivialidades, mas se envergonhariam de armar uma farsa em grande escala. Nunca, em suas cabeças, fabricariam mentiras colossais, e eles não acreditariam que outros teriam a imprudência de distorcer a verdade de forma tão infame."
O que podemos fazer contra firehosing de Fake News, fascismo e toda essa propagação proposital de medo e instabilidade?
- Primeiramente, não devemos nos dirigir às pessoas respondendo e refutando as mentiras, mas já contando verdades de cara. 
Vou pegar o exemplo da entrevista do Haddad com o Bonner, da Rede Globo. (Não está exato, ok?)
Quando o Bonner diz "Quando é que o PT vai pedir desculpas por ser o partido mais corrupto da história?" (A pergunta deixa implícito que: 1- O PT é o partido mais corrupto da história e que 2- ele deve desculpas.)
Haddad não entra em pânico e diz "Mas o PT não é o partido mais corrupto, olha aqui esses dados, esses outros aqui são mais sujos, blablabla", esquece. Eles vão colocar as provas em cheque, vão continuar insinuando de modo implícito a mentira deles, vão tentar o máximo provocar uma contradição. 
O que Haddad respondeu: "O PT foi o partido que mais deu poder e independência à polícia para agir, inclusive para investigar os próprios membros do PT. Se o PT fosse aparelhar as agências de investigação como outros partidos já fizeram, ele não seria investigado, não é mesmo?" (Isso deixa implícito que o PT foi honesto e jogou limpo, deixou que a polícia pegasse inclusive os seus próprios membros. Ou seja: ele não negou que houve corrupção no PT, como a Globo queria que ele fizesse).
Pronto. Você expôs a falácia lógica, explicou o que aconteceu, não caiu na arapuca retórica e mostrou qual é o assunto que realmente importa. Ponha um ponto final na discussão. Deixe claro que você já disse a verdade, você tem as provas disponíveis, e que não precisa repetir ou debatê-la. A fonte está lá para consulta, quem quiser que se dê o trabalho, você já forneceu a prova do seu argumento. Lembre que o propósito deles é fazê-lo questionar o que é real ou não, custe o que custar. 
- Segundo, temos que deixar claro que nós entendemos o que eles estão fazendo, e abertamente explicar, sempre que pudermos, a tática deles. Só atacar as mentiras não nos dará credibilidade. Uma vez que fica óbvio a tática, todo o resto desmorona. 
- Terceiro, eles pregam um mundo em preto e branco, vencedores e perdedores, e eles não querem ser os perdedores. Na cabeça deles, não existe a possibilidade de todo mundo ganhar, se uma outra pessoa ganhar, automaticamente significa que ele perdeu. Quebrem essa mentalidade. Expliquem que para que um ganhe, outro não tem que perder. 
- Quarto, o pensamento simplista "bem X mal" é muito humano, nos ajudou a sobreviver por 300 mil anos. Você não vai conseguir falar de coisas complexas com quem não entende ou não quer entender isso. Quem vota no Bozo vota nele pelo que ele promete ser, e não pelo que ele é. A narrativa de Pai, Segurança, União pela Força, Homogenia e Moral de Bem já foi vendida, nada vai fazer com quem já comprou isso veja outra coisa.  A única coisa que você pode fazer para um convertido desses é tentar vender uma narrativa melhor, mais esperançosa, mais apelativa e que toque o lado mais sensível dele: a sensação de segurança e aceitação, recompensa justa pelo trabalho honesto. 
 - Quinto: de novo, estão misturando todos os bolsonaristas no mesmo balaio e não entendem porque não funciona. O bolsonarista dono de empresa não é o mesmo bolsonarista policial pobre. É como tentar vender um produto para o nicho errado. Você não vai conseguir vender um skate para uma velhinha com osteoporose para ela andar de skate. Mas e se você vender o skate para ela com a narrativa de que o neto dela vai gosta? 
- Sexto: aproveite a narrativa deles. Eles falam de Deus? Fale de Jesus e amor. Eles falam de Justiça? Fale de redenção, educação e perdão. Eles falam de moral e bons costumes? Fale de aceitação, amor ao próximo, "não julgarás como quiseres ser julgado". Segurança? Apoio e união da comunidade, oportunidades e dignidade para todos. Por aí vai. Sempre desmembre o que a pessoa realmente quer com um discurso extremo. 
Ela realmente quer combate à corrupção? Por quê? O que ela sente que está perdendo com outra pessoa sendo corrupta? É dinheiro para a saúde, para a educação? Use a retórica e a narrativa deles. FALE A LÍNGUA DELES. Pergunte a eles, descaradamente: "o que você quer para que tal coisa seja realidade?"
- Sétimo: os discursos homofóbicos, racistas, classistas e machistas têm um objetivo muito claro: homogenizar o eleitorado. A diversidade fortalece a ciência, as artes, a economia, a saúde, mas é péssima para governar. Quando se tem uma pluralidade alta de pautas, ainda mais em um país continental como o Brasil, é muito difícil seguir uma agenda. O fascismo é um modo eficaz de homogenização à força da população, apoiado em preconceitos já pré-existentes como patriarcado e racismo escravista. Por que vocês acham que o mercado adora estados totalitários? Porque é mais fácil investir em um governo estável, que atenda às demandas do mercado para lucro - especialmente quando vem acompanhado de promessas de redução de impostos e de flexibilização de direitos trabalhistas (ou seja, trabalho escravo). Logo, exalte como é bom a diversidade, o quanto ganhamos com isso, quantas boas ideias únicas nós temos por vivermos de tantas formas diferentes. Quantos nichos bons de mercado a gente pode criar com tanta gente diferente, quantas artes únicas, quantos cientistas com ideias bem boladas que descobriram algo por causa da cultura deles.
 - O fact checking não pode ser deixado de lado, mas não podemos depender dele. A gente usa fatos com quem está indeciso ou para quem é de fora, não para os convertidos. 
Bem, resumindo pois ficou bem mais longo do que eu esperava:
 - Exponha a tática óbvia deles, mostre que você está mais do que ciente do golpe sujo.
 - Não perca tempo com refutação, fale sobre os fatos e a sua narrativa.
 - Não caia na provocação nem no confronto direto.
 - Não caia na falácia de "bem" e "mal", "nós" e "eles". 
 - Desmonte a exploração (suja e perversa!) da insegurança do povo.
 - Seja socrático. Pergunte mais do que responda para entender a motivação das pessoas. 
 - Mostre que você é bem mais feliz vivendo de amor e aceitação do que de raiva e medo infundado. 
 - Exalte a natureza humana de ser generoso, comunitário ao invés de reforçar o egoísmo e o individualismo.

15 comentários:

Luise Mior disse...

Excelente texto! Eu não tenho ninguém me mandando fake News pelo whaWhats-para minha sorte- mas vou divulgar isso pois penso que outras pessoas podem usar. Obrigada pelo serviço de utilidade pública! Abraços para as duas ♥ E ansiosa pelo seu post sobre o direito de resposta querida Lola ♥

Anônimo disse...

Política não é jogo de futebol.As mulheres que escrevem aqui olham os homens como inimigos e são olhadas como inimigas também.Na hora de cada um assumir seus erros todos são vítimas.Acho que as necessidades de auto afirmacao de um são as mesmas dos outros.Se tem um homem no no poder as mulheres vão perguntar por que nao uma mulher?Mas se tiver uma mulher os homens não poderão perguntar o mesmo?Vejam a politica ...o Lula foi presidente duas vezes.Tentou criar leis para continuar,mas como não conseguiu colocou a Dilma lá.A direita não tem o direito de chegar lá?O ideal seria criarmos um Brasil para comunistas,homossexuais e feministas e um pais para a direita machista,nazista nascido ou seja lá o que vcs nos rotulam.O aumento da violência contra a mulher se deve ao fato de vocês buscarem um empoderamento em cima de uma submissão masculina quando vocês mesmas não aceitam uma submissão feminina.Quando o PT deu as mulheres a Lei Na da Penha,o feminismo e outras coisas o homem quando numa situacao de confronto com a mulher so terá a opcao de agredir para defender seus interesses.Hoje eu vejo mulheres como adversários e inimigos a serem eliminados.Leis não vao diminuir a violencia.Colocar uma mulher no poder ou um político de esquerda não vai me representar.Se vocês que ficaram mais de doze anos no poder nao querem largar o osso por que nos dá direita deveremos ficar quietos e pacivos?

Anônimo disse...

AMEI este texto! Me lembrou este aqui, do excelente Intercept, que fala sobre questionar os representantes preconceituosos da extrema-direita não a respeito do racismo, da homofobia etc., pois é assim que eles crescem em público e ganham mais votos (quanto mais violentos verbalmente, mais o público conservador se apaixona). Eles sugerem questioná-los sobre economia, por exemplo, e questões que o representante não domine, mesmo se dizendo conhecedor do país ,de gestão etc. É neste momento que ele mostra que não está preparado para o cargo. Um exemplo dado é a pergunta de Reinaldo Azevedo para o presidenciável do PSL.

Beijos!

Marina disse...

15:29, vc está delirando colega.
Vamo lá:
"As mulheres que escrevem aqui olham os homens como inimigos" - salvo alguns comentários de uma pessoas nd a ver, nem a Lola, nem ngm que publicou guest posts aqui, nem a maior parte das feministas veem homens como inimigos;
"Se tem um homem no no poder as mulheres vão perguntar por que nao uma mulher?Mas se tiver uma mulher os homens não poderão perguntar o mesmo?" - a questão é representatividade feminina na política. O Brasil ocupa atualmente a 131ª posição num ranking de 189 países - esse é o ponto. Informe-se: https://www12.senado.leg.br/institucional/procuradoria/proc-publicacoes/cartilha-mulheres-na-politica
"(O PT) Tentou criar leis para continuar" - Hein?Q leis pra continuar?O único que criou leis pra continuar no poder foi o FHC, que criou a reeleição. Eu sei, eu seeei, nem o Lula nem a Dilma tentaram reverter isso, mas eles não criaram nada.
"O aumento da violência contra a mulher" - Aumento?A violência contra mulher no Brasil SEMPRE foi e continua sendo gigantesca. Se há algum "aumento" é por conta de maior notificação, maior nº de denúncias e tipificação de feminicídio por exemplo.
"Quando o PT deu as mulheres a Lei Na da Penha" - Hein de novo? O PT não 'deu' a lei maria da penha pra ngm, foi uma outra conquista feminista, que iniciou mto antes do PT no poder ou qq coisa assim. Foi por esforço da própria Maria da Penha. O caso foi enviado pra Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos e só aí o Estado Brasileiro resolveu fazer alguma coisa. De novo, informe-se.
E mano, feminismo não é sobre mulheres submetendo homens, é justamente para homens pararem de tentar submeter mulheres, pra que a gente tenha direito de escolher TODOS os aspectos da nossa própria vida. Vai se informar antes de sair falando merda, colega, vc tah se envergonhando.

Anônimo disse...

Acho mais triste é ver pessoas que se dizem cristãs e VEGANAS apoiando alguém com uma postura tão anticristã, que ainda está acompanhado de todos os ruralistas, com a máfia da mineração, que é a favor de torturar e matar animais para se divertir e que não quer que a polícia ambiental se defenda. Eu sei que todos os candidatos tem seus defeitos, mas esse em particular é o pior de todos. Esse povo não está nem ligando se amanhã não teremos mais oxigênio ou água para beber. Se não se importam com o meio ambiente, pelo menos deveriam se importar com o ser humano, mas nada disso, nem de gente gostam, que dirá de outros seres. Realmente eu não entendo!

Anônimo disse...

''O aumento da violência contra a mulher se deve ao fato de vocês buscarem um empoderamento em cima de uma submissão masculina quando vocês mesmas não aceitam uma submissão feminina.'' Lola como como publica e da palco para pregações como essas desse psicopata aí ''15:29''? Pare de dar espaço no seu blog para lixos como esse? Por isso que esses monstros estão se alastrando como um câncer. Chega! Uma coisa é aceitar críticas (de verdade, não trollagens). Mas daí publicar coisas como essa? Qual o seu interesse nisso? Fazer propaganda para esses monstros? No seu blog tem mais mascu fazendo auto-promoção que naqueles forums falidos deles.

Anônimo disse...

O Brasil até agora só teve uma mulher presidentA e esses misóginos se incomodaram tanto assim por isso? Nem venha me falar de imperatriz e princesa imperial regentes do seculo XIX, argumento que muitos da extrema direita utilizam para anular a Dilma. Como alguém aguenta ler tanta asneira?

Anônimo disse...

"Hoje eu vejo mulheres como adversários e inimigos a serem eliminados."

Não é de hoje não. Por que será você tem tanto medo da Lei Maria da Penha? Por que será?

Anônimo disse...

São o lixo de sempre, violentos, misóginos , racistas, homofóbicos, nas fake news e fora delas.

A única coisa de bom é que eles tiraram as máscaras dos hipócritas, agora esses lixos se sentem à vontade para assumir a escrotidão deles.

Agora,podem ter certeza que não contam comigo ( e com muitas outras) pra ser compreensiva mais não, falou bem desse Bolsobosta é inimigo, quem deseja meu mal não serve nem pra conhecido, não serve pra amigo, muito menos namorado/amante.

E quem aceitar vai ficar bem surpresa com o aumento da violência nesses relacionamentos, era tudo que eles queriam, apoio pra agredir ainda mais mulheres, gays e negros , como se o nível das agressões fosse muito baixo aqui neste país lamentável.

Anônimo disse...

Anon 15:29: GAY ENRUSTIDO na área.

Vai se assumir que vc vai ver seu ódio pelas mulheres passa.

Ridículo.

Anônimo disse...

Ódio pela mulheres? Porque alguém teria?

Sigo um regra simples e igualitária: Se fosse um homem eu ajudaria?

Uma mulher com o pneu do carro furado...
Uma mulher com embrulho na mão e em pé dentro de um ônibus....
Uma mulher brigando com outra mulher...
Uma mulher sendo assaltada...



Felipe Roberto Martins disse...

Querida Lola!

É preciso de um mergulho - profundo - na Leitura e na Educação p/ reverter a situação...:(...

Abraços :).

Anônimo disse...

"Quando numa situacao de confronto com a mulher so terá a opcao de agredir para defender seus interesses".

Foi isso mesmo o que ele disse.
Não pode ser sério! Não pode.

titia disse...

O ego acima de tudo, é a regra desses canalhas. Não se incomodam de afundar um país inteiro na miséria e na violência desde que não tenham que suportar um único arranhão no próprio ego. Gente sórdida, lixo, que usa até mesmo Deus como desculpa mas cujo único propósito é lustrar o próprio ego e tentar fazer com que o mundo gire ao redor do próprio umbigo. Aparentemente só aprenderão quando a conta chegar para eles pagarem, muito alta. E ninguém foge do dia da cobrança, "parças". Ninguém.

Quanto aos lixos misóginos, ótimo que tiraram as máscaras. Continuarão os mesmos perdedores que sempre foram, as mulheres continuarão não transando nem namorando com eles, não casando com eles nem tendo filhos deles - e as mais espertas não permitirão que cheguem nem perto. Morrerão sozinhos e amargurados como sempre foram, e agora sem as máscaras que iludiam tantas mulheres menos precavidas ou mais compreensivas. E como eu fico contente com isso!

Anônimo disse...

Confirmo: o autor do 15:29, tá tá envergonhando nos homens, nem todos os que leem aqui são limitados de raciocínio e desinformados como ele.
Vão, mulheres, sigam na luta, ainda há muito pra enfrentar e derrubar. Se precisar, conte conosco.

Charlie.