quarta-feira, 15 de outubro de 2014

UM CANDIDATO MACHISTA PRA NINGUÉM BOTAR DEFEITO

Havia vários indícios do machismo do Aécio. 
A história de que ele bateu na namorada, atual esposa. O dedo em riste na cara de Luciana Genro, que tão bem respondeu com um "Você não levante o dedo pra mim" (naquela noite Aécio fez dobradinha com Fidelix, que estupidamente disse pra Luciana: "Vem cá, vem cá, vem cá", como se estivesse chamando um cachorro). 
Mas foi neste debate da Band que esse machismo de Aécio, pelo menos pra mim, ficou mais evidente. Primeiro que uma de suas primeiras colocações foi dirigir-se a "donas de casa" e "trabalhadores", uma divisão que talvez fizesse algum sentido nos tristes anos FHC, mas não hoje, em que quase metade da força de trabalho no Brasil é feminina. Segundo, Aécio disse que as mulheres deveriam ter um salário "mais próximo ao dos homens". Percebam: mais próximo, não igual. Terceiro, Aécio falar em "paternidade" do Bolsa Família, um programa conhecido por empoderar mulheres. Quando Dilma perguntou sobre violência contra a mulher, Aécio mostrou-se muito desconfortável. Bufou. Esquivou-se de responder se extinguiria a Secretaria de Políticas para Mulheres (é óbvio ululante que extinguiria). 

Mas o pior de tudo foi o tom. As caretas de Dilma ao escutar Aécio podem irritar quem não vota nela, mas muito mais danoso era o ar de deboche que o tucano oferecia à presidenta. O sorrisinho. O ar superior. A insistência em chamá-la de mentirosa, ignorante, desequilibrada, mal preparada. Tudo de que qualquer mulher num debate na internet já foi chamada. 
E, como participação especial, os eleitores tucanos receberam Dilma ao som de "Vaca! Vaca!", na entrada do estúdio. E Aécio ainda contou com um convidado de honra: o pastor Malafaia, que o apoia, achando hilário fazer piadinhas sobre espancar mulheres.

Ficou claro que Aécio não representa um retrocesso apenas em matéria de economia. Aécio é o machismo escancarado, sua perfeita tradução na forma de um presidenciável. Só me resta torcer que o defensor da meritocracia (que, ironicamente, contou com o pai e o avô para entrar na política) nunca passe disso -- um presidenciável. Jamais um presidente.

216 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 216 de 216
Anônimo disse...

Pessoal, tenho lido muita gente falar que vai votar nulo pois nenhum dos candidatos o representa.

Respeito todas as opiniões, mas tenho um ponto de vista diferente: no segundo turno, principalmente em um acirrado como será esse, cada voto fará a diferença. Quem votar em nulo não deixará de ser governado por Aécio ou Dilma. Votando ou não, a maioria vence, e todos sofreremos impactos.

Se eu puder dar uma opinião, tente escolher alguém. Se acha que nenhum te representa, pense em quem você NÃO quer que ganhe de jeito nenhum? Quem vai te prejudicar? Quem vai prejudicar (ou deixar de ajudar) as pessoas a sua volta? E vote no outro candidato.

Nesse ponto, não podemos nos abster: É necessário se posicionar, seja qual for o seu lado, e votar no próximo fim de semana.
Melissa

Hamanndah disse...

Anonimo daa 19:13, feministas inteligentes nao voltam em quem bate em mulher.

Anônimo disse...

Sou Anônimo 17/out 06:48
Correção na penúltima linha: "comece", e não "começe".

Anônimo disse...

Lola,adoro seu blog mas hoje me senti na obrigação de fazer um contraponto a quase tudo que foi dito aqui.
Quero dizer que sempre votei no PT, tirei meu título, aos 16 anos, pra votar no Lula com toda a esperança de um país mais igualitário e justo.
A questão que gostaria de levantar é justamente sobre esse conceito de justiça.
Pois bem, acho que posso me classificar como a famosa classe média: Moradora da zona sul do Rio, estudei em escola particular, cursinho de inglês, aulinha de jazz blabla.
Me formei engenheira, casei com um marido tb engenheiro e ambos trabalhamos muito com jornadas de 10 a 12 horas por dia.
Temos dois filhos e é exatamente nesse ponto que está meu questionamento: Não consigo proporcionar aos meus filhos a mesma qualidade de vida que meus pais proporcionaram a mim, apesar de trabalhar muito mais do que eles trabalhavam.
Entendo que a necessidade de melhorar a distribuição de renda acabe achatando a classe média e refletindo na nossa qualidade de vida. Sempre levantei essa bandeira e continuei levantando enquanto pude mas simplesmente não tenho mais forças pra mante- la erguida.
Lola, a escola dos meus filhos custa R$2000 para cada, entenda bem, não estou falando na escola top top não. É uma escola razoável, bem mediana mesmo. Aluguel de um apartamento 2 quartos num prediozinho xinfrim R$3500, não gasto menos que R$2500 por mês no supermercado, qualquer jantarzinho na rua ultrapassa os R$100,00 e por aí vai.
Imagino o discurso inflamado de muitos dos seus leitores: Burguesinha,filhinha de papai, classista, egoísta e blabla. Com tanta gente passando fome e ela falando de supérfluos.
Entendo, juro que entendo. Mas se coloquem no meu lugar. Sério, alguém aqui acha justo que após 5 anos de graduação, pós e mestrado eu não consiga dar uma criação confortável e segura aos meus filhos?
Entendo que a melhora da qualidade de vida deva se aplicar a todos e não apenas aos que mais precisam. Ou será que a política Robin Hood virou nosso sistema de governo e eu nem fiquei sabendo?
Acredito, de verdade, que seja exatamente esse o sentimento dos novos anti pt. Essa massa eleitoreira que classifica o voto no Aécio como "menos pior".
O cara é um machista, babaca, desrespeitoso, desequilibrado e com carisma pífio mas promete segurar a onda da classe média.
Pq a verdade, por mais que vcs adorem falar da classe alta, pra eles não faz muita diferença quem está no poder: PT ou PSDB todos comem nas mãos deles de uma forma ou de outra. Quem realmente sobe e desce como gangorra nesse jogo político é a classe média.
E é com coração partido, com o estômago embrulhado que votarei no Aécio e ponto final.

Camila

André disse...

Camila,

Se está difícil pra você, imagina para quem ganha salário mínimo. E o Aécio acha que o salário mínimo está muito alto.

donadio disse...

"Tudo bem não gostar das posições dela, mas vir pedir notícia saída do forno é foda!"

Talvez eu seja antiquado, mas eu acho foda bem melhor.

Anônimo disse...

" Não consigo proporcionar aos meus filhos a mesma qualidade de vida que meus pais proporcionaram a mim, apesar de trabalhar muito mais do que eles trabalhavam."


Discordo 100% do comentário da Camila, não porque a ache " burguesa, filhinha de papai" , mas porque também sou e vim da classe média,e faço o discurso inverso - a vida da minha família foi infimamente pior no governo do FHC.
Ninguém da minha família vota no PSDB .
Então,com todo o respeito, algo na sua conta não fecha,
Se está difícil pagar a escola dos seus filhos, com o Aecio ganhando acredito que vá ficar bem pior.

Ps: não compreendo como os paulistas continuam votando num governo que depois de 20 anos no nosso estado o deixou SEM ÁGUA. Teve 20 anos pra planejar e não o fez, resultado : racionamento de água ( chegou na cidade dos meus pais, ainda não aqui no bairro de Campinas onde moro), nesse calor e seca insuportáveis pessoas sem poder fazer higiene direito, sem poder usar o vaso sanitário ( pra dar descarga e preciso água !) durante um período do dia, sede....etcetc.... Basta fazer as contas e a saúde pública daqui vai piorar muito, porque a água e essencial pra o saneamento básico e limpeza.

Anônimo disse...

Desculpa lola, adoro seu blog, mas ultimamente a campanha PTista aqui tá toda (com o perdão da expressão)!
Ok vc tem todo o direito de ter seu candidato preferido e etc, principalmente voltado para o feminismo, mas engraçado, quando se fala em Aécio vocês já tem artilharia maciça e SEM PROVAS!
Sério Lola, não acho ele perfeito (muito longe disso, acho que ele faz afirmações machistas como a média da população que desconhece o peso do qua fala), mas daí crucificar só um e lamber o outro é no mínimo incoerente pra não dizer ridículo!
A Dilma coloca em sua campanha entre divulgações e "tuítes": "Negro consciente vota Dilma", outra que foi patética: "Homens e mulheres, negros e negra..."como se nós negros não participássemos do conjunto homem e mulher (sim, sou negra de família classe média baixa e com certeza não voto 13).
Você não votar em um candidato pq não concorda com as propostas é super válido, mas trabalhar no taxiamento e na destruição como fizeram com a Marina (Aliás votei nela no 1º turno), achei tão baixo que resolvi vir aqui comentar. Muita coisa dita mas sem prova alguma (Ah! Ele cheira, Ah! ele bateu na mulher...), do tipo fulano que conhece que contou... Por favor né, já desisti de pessoas por menos...
Sou paraibana e vejo que os governos Dilma/Lula não fizeram tão bem como gostam de enaltecer, acho que o fome zero e o bolsa família têm propostas ótimas, porém de péssima aplicação e fiscalização zero. Você vê alguém progredindo e deixando as ajudas do governo? tenho 2 vizinhas que se beneficiam de bolsa família, e ambas já aumentaram seus salários e vivem bem e conseguem dar tudo para os seus filhos, mas alteram o holerite pra que possam continuar recebendo os benefícios!
Eles se vangloriam de mais escolas e o tal do Prouni e Pronatec, porém vejo que as pessoas que participam destes programas saem mais despreparadas do que entraram (porque tenho irmãos que participaram destes programas, consegui com muito esforço entrar em uma universidade federal e trabalhei para me sustentar enquanto fazia faculdade), ou seja é só pra atingir a massa sem qualidade alguma (pra que né pobre não precisa de muita qualidade, qualquer coisa tá bom).
Enfim o que quero dizer é que nem PSDB e PT são santos, acho sinceramente que nossos governantes são o reflexo de nosso povo, se estamos nos afundando em corrupção/roubalheira, mentiras, brigas eleitorais, falcatruas é pq "damos corda" pra tudo isso, ninguém foi protestar pelo fim da corrupção e sim pq subiu $0,20 o valor da passagem de ônibus, pq não vi ninguém fazer escândalo quando julgados os mensalões ou quando estourou a crise e a mamata da Petrobrás ou então em SP quanto aos abusos de ingerência do sistema da Cantareira...
O que eu quero dizer é que todos tem culpa no cartório e cabe a nós cobrarmos quanto aos seus deslizes, mas ficar enaltecendo um (o sujo) e desconstruindo o outro (o mal lavado) acho de péssimo tom!

André disse...

11:28,

Você não acha um pouquinho incoerente qualificar como boatos sem provas a nota do Juca Kfouri ou o suposto vício do Aécio (trazido a público por pessoas do próprio PSDB) e, ao mesmo tempo, desqualificar todo o Bolsa Família por causa de uma suposta fraude da sua vizinha?

Anônimo disse...

Que engraçado André, do mesmo jeito que vc disse que desqualifiquei o programa baseado no que eu vi (coisa que não fiz, disse que as propostas são boas porém a fiscalização e a aplicação é péssima, ou seja desqualifiquei a forma que as pessoas o fazer - "culpei" pessoas e não o projeto, assim como me coloquei culpada como o resto da população brasileira ao final do meu texto - não sei se você leu ele por completo), você desqualificou todo o resto que coloquei no meu texto (como o fato da Dilma/PT desqualificar a população negra - e depois inflamar uma xenofobia entre estados - sim eles estão inflamando esse discurso de ódio para angariar mais votos - afinal gente escrota na internet nós temos aos milhares tanto de um lado quanto de outro, sabemos bem disso aqui no blog da Lola, agora se utilizar disso pra inflamar discursos que "a oposição" é contra os nordestinos é baixo demais!)
Quanto aos boatos, sempre fui contra de qualquer natureza, pra mim é a mesma história de: "Ah, sabe fulana? Já deu pra td mundo que eu conheço..."
Sem provas (que eu possa ver realmente o que aconteceu) continuam sendo histórias de maricotas pra destruir alguém!!
A Lola vive falando que as pessoas tentam difama-la a todo custo, e que os reaças podem continuar falando mal dela e do blog dela, e ora veja só! Ela esta fazendo o mesmo com outra pessoa...
Pra mim esse blog era fantástico com muita coisa relevante, historias tocantes, eu aprendi muito aqui, nessas eleições (principalmente no 2º turno) virou militância cega onde só há 1 candidato pintado de demônio sendo xingado a torto e direito e outra colocada num altar como santa, coisa que sabemos não existe. Ambos tem qualidades e defeitos e não é o que estou vendo aqui...
Tomara que após as eleições, independente de quem for o eleito, a qualidade dos posts melhore e não vire um blog de um partido, senão não faz nenhum sentido toda a luta até aqui (afinal sempre me falaram que o feminismo abrange a todos, independente de credo, time de futebol, pensamento, e partido... o que claramente não estou vendo aqui).

Ângelo Santana disse...

Que post mais tendencioso. Quer dizer que a Dilma pode em seu programa falar um monte de mentiras e ofensas morais aos seus adversários e Aécio não pode responder senão está sendo machista!? A Dilma também fez terrorismo com Marina (que é mulher por sinal). Por que a Dilma mantem como tesoureiro do partido alguém que recebia propinas? Por que membros condenados no mensalão ainda são membros do PT, e ainda são tratados como coitadinhos perseguidos? Essa é a tática suja e desleal de vcs Esquerdistas, Lola, de desmoralizar e plantar o ódio nos seus adversários, para que num futuro próximo vcs possam desfrutar de uma ditadura bolivariana!!!

lola aronovich disse...

O que, Ângelo? Ainda não estamos numa ditadura bolivariana?! Falta muito? Vcs que apoiam a ditadura militar falam tanto da suposta ditadura bolivariana, feminazi, gayzista que eu pensei que a gente já estivesse vivendo esse momento histórico!

Anônimo disse...

Anon da 17:30, imagina o quanto iremos perder em 4 anos com o Aécio? Olha o que o país conseguiu em 12 com o PT, e ainda falta tanto pra se conseguir. Um retrocesso pode fazer muito mal a muita gente... e 4 anos disso não é brincadeira, não.

Taissa MPB disse...

Lola, adorei seu texto, mas faco algumas ressalvas, se vc me permite!
Seu texto obviamente tem boas intencoes, mas errou feio quando deu a entender que as donas de casa nao fazem parte da forca de trabalho do Brasil.
O erro do Aecio nao foi apenas em reforcar o esteriotipo de genero de que a mulher deve ser dona de casa, mas tambem ao separar as donas de casa que assim o sao, dos ditos trabalhadores!
Como leitora do seu blog, gostaria muito de um posicionamento seu sobre isso.
Donas de casa nao merecem o deboche e o desprezo de machistas de plantao como fez o Aecio, e muito menos dos coletivos feministas!!!

Abracos,
Taissa

André disse...

08:21,

Não muda o fato que você atacou um programa que afeta 56 milhões de pessoas por causa de 2 vizinhas.

フエミ一ちゃん 「 Fuemi-Chan 。 」 ®★ 。 disse...

"*Opa*, caí "d" pára-Quedas "aki", me subiu um calor, uma cólera quando li esse tuíte desse nojento do Malafaia...me deu uma vontade "d" afundar a minha mão na cara "dle"..."

«Mais antigas ‹Antigas   201 – 216 de 216   Recentes› Mais recentes»