quarta-feira, 5 de outubro de 2011

QUAL A MAIOR ABOMINAÇÃO: SER GAY OU COMER MOLUSCOS?

O leitor Luiz Prata deixou este interessante comentário no post sobre feminismo e cristianismo. Descobri apenas que o texto é atribuído ao Rubem Alves, mas na internet não dá pra ter certeza. Na realidade, parece ser uma tradução de uma cena da série The West Wing.
Como sabemos, religiosos que levam a bíblia ao pé da letra costumam ser seletivos: certos trechos, como os que dizem que homossexualidade (que os religiosos sempre chamam de homossexualismo, pois pra eles trata-se de doença) é uma abominação, são literais. Outros são parábolas e precisam ser vistos no contexto da época. É pra deixar qualquer um confuso. Um ouvinte da locutora americana e fundamentalista cristã Laura Schlessinger lhe mandou uma carta com suas dúvidas.

Cara Dra. Laura,
Obrigado por ter feito tanto para educar as pessoas no que diz respeito à Lei de Deus. Eu tenho aprendido muito com seu show, e tento compartilhar o conhecimento com tantas pessoas quantas posso. Quando alguém tenta defender o homossexualismo, por exemplo, eu simplesmente o lembro que Levíticos 18:22 claramente afirma que isso é uma abominação. Fim do debate.
Mas eu preciso de sua ajuda, entretanto, no que diz respeito a algumas leis específicas e como seguí-las:
a. Quando eu queimo um touro no altar como sacrifício, eu sei que isso cria um odor agradável para o Senhor (Levíticos 1:9). O problema são os meus vizinhos. Eles reclamam que o odor não é agradável para eles. Devo matá-los por heresia?
b. Eu gostaria de vender minha filha como escrava, como é permitido em Êxodo 21:7. Na época atual, qual você acha que seria um preço justo por ela?
c. Eu sei que não é permitido ter contato com uma mulher enquanto ela está em seu período de impureza menstrual (Levíticos 15:19-24). O problema é: como eu digo isso a ela? Eu tenho tentado, mas a maioria das mulheres toma isso como ofensa.
d. Levíticos 25:44 afirma que eu posso possuir escravos, tanto homens quanto mulheres, se eles forem comprados de nações vizinhas. Um amigo meu diz que isso se aplica a mexicanos, mas não a canadenses. Você pode esclarecer isso? Por que eu não posso possuir canadenses?
e. Eu tenho um vizinho que insiste em trabalhar aos sábados. Êxodo 35:2 claramente afirma que ele deve ser morto. Eu sou moralmente obrigado a matá-lo mesmo?
f. Um amigo meu acha que mesmo que comer moluscos seja uma abominação (Levíticos 11:10), é uma abominação menor que a homossexualidade. Eu não concordo. Você pode esclarecer esse ponto?
g. Levíticos 21:20 afirma que eu não posso me aproximar do altar de Deus se eu tiver algum defeito na visão. Eu admito que uso óculos para ler. A minha visão tem mesmo que ser 100%, ou pode-se dar um jeitinho?
h. A maioria dos meus amigos homens apara a barba, inclusive o cabelo das têmporas, mesmo que isso seja expressamente proibido em Levíticos 19:27. Como eles devem morrer?
i. Eu sei que tocar a pele de um porco morto me faz impuro (Levíticos 11:6-8), mas eu posso jogar futebol americano se usar luvas? (as bolas de futebol americano são feitas com pele de porco).
j. Meu tio tem uma fazenda. Ele viola Levíticos 19:19 plantando dois tipos diferentes de vegetais no mesmo campo. Sua esposa também viola Levíticos 19:19 porque usa roupas feitas de dois tipos diferentes de tecido (algodão e poliéster). Ele também tende a xingar e blasfemar muito. É realmente necessário que eu chame toda a cidade para apedrejá-los (Levíticos 24:10-16)? Nós não poderíamos simplesmente queimá-los em uma cerimônia privada, como deve ser feito com as pessoas que mantêm relações sexuais com seus sogros (Levíticos 20:14)?
Eu sei que você estudou essas coisas a fundo, então estou confiante que possa ajudar. Obrigado novamente por nos lembrar que a palavra de Deus é eterna e imutável. Seu discípulo e fã ardoroso.

299 comentários:

1 – 200 de 299   Recentes›   Mais recentes»
taty disse...

hahahahahahaha.... Muito bom o texto!!

Lucas disse...

"d. Levíticos 25:44 afirma que eu posso possuir escravos, tanto homens quanto mulheres, se eles forem comprados de nações vizinhas. Um amigo meu diz que isso se aplica a mexicanos, mas não a canadenses. Você pode esclarecer isso? Por que eu não posso possuir canadenses?"

Huhauhahauahuauhauaua
Genial...

HC_Neto disse...

Eu já estava ciente da maioria desses outros pecados, mas esse texto expôs tudo de maneira bem sarcástica e ácida! Gostei mesmo rs...

É pra dizer na cara mesmo que certos "religiosos" (religiosos de verdade não precisam de aspas) só repetem da Bíblia aquilo que convém, da pra sentir o cheiro da hipocrisia saindo.

Kron disse...

Cristãos enfurecidos gritando "você está tirando as passagens do contexto" em 3,2,1...

Kron disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Júlio César disse...

VOcê está tirando as passagens do contexto.

HC_Neto disse...

Lola, vc viu o documentário "Porque A Bíblia Me Diz Assim" (For The Bible Tells Me So, 2007)?

Acho que a segunda imagem foi retirada de lá. Mostram o significado da palavra "abominação" para a época.
Tem até uma animação engraçada sobre a "genética" homossexual...

Gisele Biléia disse...

Lola, me lembrei desse vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=lRCHXN7hS-I

Jac disse...

Eu usei esse mesmo texto no meu post sobre Homossexuais e Religião (http://migre.me/5QbDV) e conferi um por um dos versículos - li o que vinha antes, li o que vinha depois.

A única coisa que está no texto aberta a "interpretações" é a coisa de se queimar um boi pra produzir um cheiro agradável. Boi não está na lista dos alimentos indicados, mas tbm não está nos contra-indicados.

Todo o resto está escrito de formar beeeem clara, especialmente as partes dizendo que mulheres devem ser subordinadas a homens.

letícia disse...

(Eu faslava homossexualismo, mas porque achava que era o jeito correto, mas vi que não é)

Eu tinha lido esse texto na ocasião do comentário e é de fato muito bom.

Se forem levar tudo da Bíblia ao pé da letra...
Só levam o que convém à eles, em suas mentes pequenas e sub-desenvolvidas.

Jac disse...

Ah, e como sempre vai ter gente falando que é exagero e que você está tirando do contexto (lembrando que todas as atrocidades cometidas pela humanidade também tiveram um contexto pq, guess what, tudo nesse mundo tem contexto), segue aqui os links dos trechos na biblia online:

Um homem pode vender sua filha como escrava (Êxodo 21:7);
http://www.bibliaonline.com.br/acf/2/21 – Veja o 7

Comer moluscos é uma abominação (Levíticos 11:10)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/11/10+

Você não pode se aproximar do altar de Deus se tiver algum problema de visão (Levíticos 21:20)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/21 (Dá umaolhada do 17 ao 23)

Se você for homem, está proibido de aparar a barba (Levíticos 19:27)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/19 – Veja o 27

Se você tem uma plantação, você está proibido de plantar dois tipos de vegetais no mesmo campo (Levíticos 19:19). Também está proibido de usar roupa com dois tipos de tecidos (Levíticos 19:19)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/19 – Veja o 19

Se você quer produzir um odor agradável a Deus, queime um touro no altar como sacrifício (Levíticos 1:9)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/2 – Veja o 9 (aqui ele não fala exatamente em carne, mas também só proíbe fermentados e mel)

Se você é mulher, está proibida ensinar ou ter domínio sobre um homem. Você tem que ficar calada. (1 Timóteo 2:12)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/1tm/2 – Veja o 12 – está bem claro aqui

Um casamento só deve ser considerado válido se a mulher for virgem, se ela não for deve ser apedrejada na rua até sua morte (Deuteronômio 22 13-21)
http://www.bibliaonline.com.br/acf/dt/22 – Veja do 13-21 (se o homem falar que uma virgem não é virgem, ele paga multa. Se ela não for virgem, morre apedrejada)

Como esse imbecil aqui na imagem que tatuou Levíticos 18:22 (“Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é”), mas ignorou Levíticos 19:28 que proíbe tatuagens
http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/19 Veja 28 – “nem fareis marca alguma sobre vós”

Bianca disse...

O Bom é ver que aqui usos e costumes, crenças e dogmas é tudo a mesma coisa.

Na aula de Teologia é tudo nota zero.

Elisa Maia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Relicário disse...

Lola, texto muito bom...no entanto, acredito que muitas vezes soa intolerante sua posição quando se trata de religião.
Sabemos de tudo isso retratado no texto, eu pelo menos sabia, tenho uma tia adventista que repete com frequência quase todos rs:). Ainda assim não considero todos os religiosos ruins, ou bitolados, muito pelo contrário, dentro da igreja católica por exemplo nasceram além de atrocidades sempre lembradas, movimentos sociais muito importantes como a pastoral da terra, da criança, além inclusive da teologia da libertação que é um movimento de esquerda que luta pela igualdade social na américa latina.
Aos 18 anos, quando me filiei no PT, através do movimento estudantil, enquanto cursava a faculdade de direito, tive a felicidade de conhecer o Padre Angelo, pessoa maravilhosa, militante politico ativo de esquerda com uma visão de mundo
inigualável.
Portanto, ainda que considere o texto engraçado e muito bem escrito, além de totalmente pertinente, ainda assim, não consigo rotular todos os religiosos.
Angélica

Starsmore disse...

Que prático você reuniu várias passagens imbecis da bíblia e mostrou o porque são imbecis (algumas pessoas leriam e nem perceberiam).

Favoritei esse post assim economizo tempo da próxima vez que um fanático religioso vier me atazanar.

Mas o pior é imaginar que existem pastoras, afinal:
"Como em todas as igrejas dos santos, conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar..."(1 Coríntios 14:33-35)

Elisa Maia disse...

Isso não parece ser do Rubem Alves.
Eu li o Pentateuco quase inteiro, o contexto é: deus listando suas regras pros israelitas. Só. Não tem pra onde ir. E antes que venham chorar sobre o "contexto cultural", favor explicitar em que contexto um deus decente aprovaria escravidão. Ele era DEUS, devia ter chegado pro povo e dito "galera, escravidão não é legal, não escravizem." E pronto.

A Line disse...

Adoro esse texto! Queria ver a resposta de algum líder religioso mais "literalista".

Agora, acho até válido alegarem a falta de contexto para todas essas contra-argumentações, mas... Cadê explicarem o contexto dos trechos que condenam práticas homossexuais? A maioria dos que fazem essas alegações sequer sabem ler as línguas em que a Bíblia foi escrita, e se baseiam em traduções nem sempre lá tão confiáveis. E muito menos conhecem o contexto histórico e cultural do povo que seguia essas recomendações.

Elisa Maia disse...

Relicário, ainda bem que as pessoas conseguem ser boas, apesar do que dita a religião delas. Ainda bem que tem gente com a sanidade suficiente pra descartar regras cruéis e seguir só as boas. Isso não é mérito de religião, é mérito do indivíduo.

Relicário disse...

Concordo com vc Elisa Maia...

Kron disse...

@Relicário Nem eu. Um dos meus melhores amigos é bem religioso e é uma pessoa maravilhosa. Novamente, o mérito é da pessoa, não da religião, como bem disse a Elisa.

Tem também as inúmeras pessoas que participam de uma religião só para pertencer a um grupo e para participar dos encontros sociais, mas na prática não acredita em nada que é pregado.

Dayane Ok. disse...

Olá Lola,
Acompanho seu blog a algum tempo e já compartilhei vários de seus textos, a recomendei no twitter e tudo o mais. E bem, eu sou evangélica. Não me senti de forma alguma agredida com esse texto, até pq, infelizmente, muitos religiosos fazem com que se crei uma imagem negativa por seu fanatismo.
Mas devo confessar que ás vezes, fico chateada com certas coisas. Eu sou alvo de muitos preconceitos por ser cristã. Claro que nem se compara com o que os homossexuais passam, e tenho a consciência que muitos evangélicos os discriminam de forma realmente repulsiva. Mas gostaria de ressaltar: Isso não se aplica a todos. Não somos todos assim. Hoje em dia, você dizer que segue uma determinada religião muitas vezes gera chacota. Vc já é taxado como alienado, ignorante, ingênuo, pra não citar termos piores.O problema é que falta muito crítica nas pessoas que seguem o evangélho, ou que pensam seguir.Cremos que a Bíblia foi inspirada pelo espírito santo, mas temos que levar em consideração a época, o contexto histórico, ideológico e tudo o mais que aquilo foi escrito.
P.S: Só esclarecendo algo que ficou um pouco confuso no texto,pelo que percebi: Com a vinda de Jesus Cristo, todas essas leis do antigo testamento foram abolidas. Teoricamente, agora resume-se em "Amar ao próximo como a si mesmo e amar a Deus sobre todas as coisas!". Vc não faria a seu próximo o que não gostaria que fizessem com vc. è triste que nem todos os que se dizem cristãos entendam isso =(.

yasmim ferreira disse...

pois é, nem todo religioso quer impor a sua religião pro resto do mundo.

Kron disse...

@Dayane Ok. Que bom que você não é como as pessoas citadas. O que você falou sobre contexto está correto, o problema é que muitos usam a desculpa do contexto para descartar o que não gostam, mas para outros casos ignoram o tal contexto completamente. Só não reclame de preconceito, afinal perto do que outros grupos (ateus, gays, etc) sofrem o preconceito contra religiosos ainda é mínimo, basta observar quanta coisa na nossa política leva a religião em consideração (a religião sempre recebe benefícios, não pagar impostos por exemplo).

Mariana. disse...

Já conhecia o texto e sempre achei uma leitura muito divertida, ironia na medida.

Também me irrito um pouco com essa obediência seletiva às passagens da bíblia. Ou é ou não é a palavra de Deus.

Mas em relação ao preconceito contra gays e o machismo por exemplo, tenho a sensação de que a bíblia só serve para corroborar uma opinião interna dessa pessoa. Ela já pensa que ser gay é errado por inúmeros motivos e quando essa pessoa se dá conta que DEUS também 'pensa' o mesmo, aí sim ela se sente aliviada e dona da razão.

Claro que esses 'inúmeros motivos' muitas vezes são consequências de preconceitos religiosos, mas nem sempre. Meus irmãos e eu nunca fomos criados dentro da religião, no entanto ambos fazem "ressalvas" ao comportamento homossexual. Se fossem religiosos, a bília seria apenas um plus "não sou eu quem tou dizendo, é DEUS".

Esses preconceitos muitas vezes vem de percepções que aborvemos desde muito cedo, como foi falado no post sobre racismo. Muito cedo percebemos que as famílias perfeitas de comercial de margarina são formadas por um pai e uma mãe, e não dois pais ou duas mães (e todos branquinhos, lourinhos). Isso de algum modo marca.

Acho que fugi um pouco do tema, não tento de modo algum desonerar as religiões por disseminar preconceitos, elas devem sim ter cuidado e responsabilidade com o que falam, vez que influenciam um contingente enorme de pessoas. Pena que isso é usado de forma errada.

A Line disse...

Sem dúvida, o bom senso é mérito das pessoas, não da religião (ou da não-religião).

Conheço várias pessoas que são religiosas e que eu admiro bastante, inclusive fiz um curso com um rabino há um tempo e foi incrível. Da mesma forma, já tive o desprazer de conhecer ateus desprezíveis, como um que era absurdamente homofóbico.

Luca Alemar disse...

http://www.youtube.com/watch?v=S1-ip47WYWc

esse vídeo me lembra muito dessas coisas...

Marussia de Andrade Guedes disse...

Relicário:
Você não precisa acreditar nestas besteiras para ser de esquerda, participar de movimentos sociais e lutar por igualdade e justiça. É até um paradoxo ser da igreja e dizer que luta por justiça e igualdade. Como? Se as igrejas tratam metade da população como inferior a outra metade? E o que dizer da discriminação dos homossexuais?

Elisa Maia disse...

Yasmin, nem todos eles querem, mas deveriam querer, segundo ditam as próprlas religiões. Jesus manda os cristãos espalharem a "Boa Nova" pelo mundo inteiro, por exemplo. Quem não faz isso é uma pessoa sensata que respeita a liberdade religiosa dos outros. Indivíduo = 2; Religião = 0.

Mariana. disse...

... Assim como um ateu ser boa (ou má) pessoa não tem nada a ver com seu ateísmo.

Gosto muito de responsabilizar as pessoas por suas próprias atitudes. As instituições só tem uma parcela da culpa.

Dayane Ok. disse...

Claro Kron,

Sei que não passo nem metade , nem o terço do que os homossexuais passam. Reconheço isso,mas também sofro preconceito. Não sofro agressão física, mas sofro várias morais. Porém, eu ignoro.

Acredito que pessoas são pessoas, independente de onde estão ou o que seguem. Uma pessoa alienada se aleineraá por qualquer coisa: Há os alineados no futebol, na tv, na internet, e claro, na religião, assim como o fanático. Pessoas estúpidas e preconceituosas há em todos os lugares. Tenho amigos ateus maravilhosos, que me respeitam, conversamos sobre inúmeros assuntos (inclusive religião). E há ateus que já olham pra mim com desdém. Assim como há religiosos tolerantes e intolerantes. Há gente boa e gente má, onde quer que formos.
Concordo: Não é um mérito da religião, é um mérito do indivíduo!

Niemi Hyyrynen disse...

A Biblia é um caso sério

Ela tem uma linguagem muito ambigua, acho que quem escreveu já fez dessa forma que é para se safar de interpretações contrárias, não sei, me parece que toda essa historia de versiculo foi uma tremenda de uma sacada.

Se retira uma parte para defender o preconceito, mas se alguem tira um trecho para critica-lo dizem que o fazem fora de "contexto".

Mas isso pra mim tb é meio que chover no molhado, a Biblia tá cheia de referencias de homofobia, xenofobia, misognia e especismo.

Entre ai a questão que já abordaram do mérito do indivíduo, ele que escolhe o que aceitar, mas só podemos fazer um estudo, um julgamento do que é certo e errado através do nosso senso crítico né?

Dai que fica a grande ironia, quanto mais senso crítico mais vc vai podando aspectos dos "ensinamentos" até que ..vc deixa de ser um religioso (não exatamente um ateu).

Mas para comprovar a verdade, o outro lado é inversalmente proporcional, há muitos ateus que abandonam seu senso critico e passam a repetir palavras de ódio como se fossem papagaios...onde está o impacto do estudo e da leitura na mente de uma pessoa dessas? Zero.

Mas as vezes eu fico imaginando se Deus existe msm, e se ele não tá rindo da nossa cara e dizendo pra algum anjo

"Mas eles levam muito a sério essa livrinho! Era só uma piada"

Com uma grande cara de troll debochando da nossa ingenuidade...

Eduardo Marques disse...

-Dos 32.000 versículos da Bíblia, apenas cinco mencionam diretamente homossexualidade.
-O Alcorão menciona apenas uma.
-O Levítipo estipula pena de morte à homossexualidade, a mesma para adultério, sexo antes do casamento, filhos desobedientes, e blasfêmia.
-Jesus nunca condenou a homossexualidade.
-Davi e Jonas tiveram uma união homoafetiva formal.*
-"Casamento formal", na Bíblia, inclui poligamia.
-Pouquíssimos textos sagrados sequer mencionam homossexualidade.

http://www.sacred-texts.com/lgbt/index.htm

*http://en.wikipedia.org/wiki/David_and_Jonathan#Homoeroticism

Marussia de Andrade Guedes disse...

Dayane:
Quando fazemos uma escolha, devemos estar preparadas para pagar o preço por elas. E o preço por optar pela crenca religiosa pode ser sim ser chamada de ingênua, desprovida de senso crítico, de irracional, etc. Nós não podemos é criticar uma pessoa pela cor da sua pele, pelo seu gênero, pela sua homossexualidade, pois, cor da pele, gênero, homossexualidade, não são escolhas. A religião é uma escolha. Assim como vc escolhe um partido político vc escolhe uma religião e pode ser criticada por isso sim.

Stephanie disse...

Ufa! Finalmente um texto reunindo toda a loucura do livro Sagrado dos Cristãos. Só falta um texto assim para o Alcorão, tem?

Viva o estado LAICO!

Mariana. disse...

Dayane,

é mesmo verdade que temos todo tipo de pessoa em todo lugar. O mérito ou demérito é pessoal.

Mas a impressão que passa é que uma pessoa de mente influenciável ou com tendências à intolegrância econtra em algumas religiões condições perfeitas para fazer características negativas florescerem.

Dayane Ok. disse...

Marussia,

Não concordo, mas entendo o que vc quis dizer.
Acho que vai muito de cada um.
Eu posso ser criticada, podem me questionar sobre o assunto, podemos fazer discussões, discordâncias. Isso tudo é normal. Mas acho que quando passa pra ironia e ofensa, é agressão, e agressão é totalmente desnecessária quando a escolçha que o outro faz em nada te afeta.

rizk disse...

@Niemi,
"Mas para comprovar a verdade, o outro lado é inversalmente proporcional, há muitos ateus que abandonam seu senso critico e passam a repetir palavras de ódio como se fossem papagaios...onde está o impacto do estudo e da leitura na mente de uma pessoa dessas? Zero."
Eu ainda estou pra ver ateu repetindo palavras de ódio. São quase dez anos aí no "movimento" e não topei com nenhum.
Existe uma diferença MONSTRA entre ser assertivo e demonstrar ódio.
Sinceramente, se a sua convicção pessoal é que religião é mitologia SEMPRE e que as pessoas estão se matando por bobagem, isso precisa ser dito de maneira incisiva.
Mas sempre vem gente querendo botar panos quentes, dizendo pra ir com calma, que assim de punhos cerrados não se conquista nada...
MAS TEM GENTE MORRENDO POR ISSO! Nao ponham panos quentes! Tem gente morrendo, tem gente perdendo sua família, seu emprego, seus amigos, seus bens por causa de religião, não venham dizer que tem que ir com calma.

Ufa!

--------
@Relicário
Eu também não consigo (e não quero) sair rotulando todos os religiosos de fanáticos.
A minha criação cristã ainda é muito forte nisso de não julgar.
Entendo que CADA UM NO SEU QUADRADO. Cada um pode ter seus deuses, sanos, locais de culto, feriados, papapá, mas não às custas da liberdade dos outros. (Nem do $ dos outros, a propósito, mas isso fica pra outro dia)

Dayane Ok. disse...

Mariana,

Eu concordo com vc, mas acrescebnto que não é só a religião que proporciona isso.
No futebol, por exemplo, vemos pessoas que matam e morrem por seu time, brigas em estádios, preconceito, xingamento, ódio ao toprcedor que não seja do seu time. Todos os torcedores são assim? Claro que não!Mas há os fanáticos, eles estão lá, assim como estão em vários lugares, em uma igreja, por exemplo.

Kron disse...

@Dayane Ok. Gostei de sua comparação com o futebol, pois eu percebo a mesma coisa. No entanto tudo se resume a uma coisa: crenças ou 'idéias' irracionais e fundamentalistas.

Alfredo disse...

Essa é velha mas eu sempre mijo de rir LOL

Mariana. disse...

Dayane,

ia responder exatamente o que o Kron disse. Ainda sim, consigo debater futebol (que amo) em uma ambiente de descontração, zueira. Com religião isso é praticamente impossível.

Marussia de Andrade Guedes disse...

Dayane
Vc não pode dizer que a opinião de alguém sobre religião ê um preconceito. Quantos mil anos de existência tem as crenças religiosas? Vc não acha que é tempo suficiente para termos como formar uma opinião a respeito? A minha opinião sobre religião não tem nada de preconceituosa . É embasada por leitura, observação, reflexão e debate. E nem precisava tanto. Basta ligar a televisão por alguns minutos que dá pra ver o que é religião. Em poucos minutos da pra ouvir notícias sobre homens se explodindo em nome de deus, sobre o papa condenando a legalização do aborto e a união entre os homossexuais, sobre mulheres lutando pelo direito de dirigir um carro (Na Arábia Saudita somente a pouco elas conquistaram o direito de dirigir, mas se elas querem sair do país , tem que ter a autorização de um homem.), etc. Então é bem fácil saber o que é religião.

Niemi Hyyrynen disse...

rizk

Talvez vc tenha mais sorte do que eu e conviva com pessoas mais evoluidas, ou quem sabe o problema seja eu que atraia pessoas intolerantes vai saber né? Pq eu ja conheci muitos ateus intolerantes sim, alguns chegam a dar medo de verdade. Mas como vc disse isso é uma experiencia totalmente subjetiva.

Não to dizendo que todo ateu é intolerante, se é isso que vc entendeu...

E eu acho sim que as pessoas se matam por uma "bobagem", religião não deveria ser um motivador para a intolerancia.

Mas não estou dizendo que a religão é uma bobagem no sentido de que ela não tem valor ou de que não interfere na vida das pessoas, eu sei que ela esta aí ditando regras, ela influencia a vida de todos nós, até dos que não crêem, e ela merece atenção sim.

Não estou jogando "panos quentes" na questão, sei como a religião influencia no nosso dia a dia, eu mesma já perdi vaga de emprego pq o entrevistador me perguntou se eu acreditava na biblia, respondi que não. Perdi a vaga.

Sei que muitas outras pessoas sofrem vários tipos de assédios morais por causa de convicções pessoais e isso não deve ser ignorado.

Mariana. disse...

Kron,

eu sou atéia mas ao contrário de você, não coloco minha mão no fogo por alguém só por essa pessoa declarar que também não crê em deus ou deuses.

O ateísmo diz muito pouco sobre nós. Aliás, só diz uma coisa né? Comparativamente, podemos tirar várias conclusões de uma pessoa que se declara cristã, por exemplo. Já de um ateu... só uma: ele não crê em Deus. E essa pode ser a única coisa que tenho em comum com vc, por exemplo. Podemos discordar em todos os outros assuntos.

E eu mesma já vi exemplos de intolerancia ou agressividade desnecessária por parte de ateus pela internet a fora. Mas concordo com você que não dá pra fechar os olhos frente a algumas atrocidades causadas pelas religiões. É preciso ser combativo. Mas sinceramente, quando debato com um crente com um mínimo de bom senso, que vai até um fórum ateu discutir com educação, disposto a analisar a minha opinião, não vejo porque responder de forma agressiva.

O humanismo secular sim me define. O ateismo não.

Dayane Ok. disse...

Kron

Acredito que TUDO na vida, há seu lado irracional e fundamentalista, basta termos discernimento e senso crítico.
Eu sigo a m inha religião, creio, acredito no amor ao próximo, na igualdade, na misericórdia. Mas eu poderia acreditar que sou superior, que ser homossexual é abom inável, que pessoas que não são iguais a mim "não irão parao céu!. Mas eu escolhi olhar para o lado que acredito, para onde minha fé aponta. Cada um seguirá aquilo que crê, independente de onde esteja.Assim como o torcedor pode simplesmente ir pro seu futebol, torcer, ter seu time do coração, mas ser amigo de outros, tolerar os outros e saber que é só um esporte. Vai da percepção de cada um.
Aí eu te pergunto: A cculpa é do futebol? O futebol é nocivo? Não, é só um esporte! O mesmo com a religião: É só um conjunto de crenças, uma questão de fé. Agora, seu eu quiser ser fundamentalista, extremista e tudo mais, será um a escolha minha.

Lucas disse...

"Você não precisa acreditar nestas besteiras"

E lá se foi o respeito pela janela...

---

O exemplo do futebol é bom, mas temos tantos outros de como as pessoas usam símbolos, ideologias e grupos para exteriorizar uma mente mal formada.
Temos aí torcidas de futebol, neonazistas, grupos religiosos (que provavelmente têm mais impacto por afetar uma parte mais profunda, como crença e moral), partidos políticos e o escambau...

E só pra contradizer alguém lá em cima, também sou religioso, cristão, não acho que a bíblia (uma mistura de mitologia e história hebraica com mais um monte de opinião de mais um monte de gente) seja a palavra de Deus, sou de esquerda, feminista, tenho crítica o suficiente para estar em paz com as posições que escolhi e acho que ninguém está em posição de me dizer quais devem ser os parâmetros para o que eu acredito ou deixo de acreditar.

Kron disse...

@Mariana também sou humanista

Niemi Hyyrynen disse...

A religião tb pode ser comparada como a politica é lidada aqui:

Todo mundo sabe que existe, alguns ignoram, outros fingem que se importam mas a grande maioria leva partido de um lado só pq não quer saber o que o outro tem a dizer.

Uns até tentam fazer algo prático (como praticar msm ou debater sobre), mas não toleram que seu ponto de vista seja posto em risco

Lord Anderson disse...

Bianca


Como vc provavelmente tem nota melhor do que o resto da classe ,talvez pudesse explicar oq é oq.

Fica melhor quando quem discorda apresenta o outro ponto de vista.

É muito util.

Fefah_Flor disse...

Confesso que ri. E adorei a última foto, do spoiler, convenhamos: foi criativa! rs

Dayane Ok. disse...

Marussia,
Não, vc entendeu errado o que disse, entendeo ao contrário.
Vou dar um exmeplo:

"Eu não concordo com seu pensamento. Acho que a religião é ruim, que as pessoas ficam alienadfa. Vi isso, por exemplo, na tv..."- Isso é normal, vc está expressando sua opinião. Nada contra isso, isso não é preconceinto.

"Esses crentes são TODOS igmorantes e ridículos!deveriam morrer!"- ISSO É PRECONCEITO!

Eentendeu o que eu quis dizer?

Mariana:

Há pessoas que levam o futebol como descontração, como divertimentos, mas há pessoas que levam muito a fundo!Acho que tem total comparação sim!

Dayane Ok. disse...

Eu concordo com o Lucas =)

Marussia de Andrade Guedes disse...

Dayane:
Vc disse certo: " quando a escolha não te afeta não dá pra criticar". Mas você tá de brincadeira quando sugere que a religião não afeta as pessoas, inclusive as que não tem religião né? Tá brincando né? Sabe, se a homossexualidade fosse uma escolha (coisa que não é) nós, realmente, não poderíamos criticar. Afinal, o que a pessoa faz na cama não interessa a ninguém. Só as religiões é que tem tanto interesse pelo que as pessoas fazem entre quatro paredes. Pra vc ver como a religião afeta a vida das pessoas.

Mariana. disse...

Dayane, sim, muitas pessoas levam futebol a sério demais.

Mas TODAS as pessoas levam religião a sério demais. É praticamente impossível debater esse tema numa mesa de bar com a galera. todo mundo fica tenso. Não é a mesma coisa.

Kron disse...

@Mariana. Era basicamente isso que eu estava comentando quando falei que religião tem benefícios. A religião se usa de uma série de artifícios para formar um escudo contra qualquer tipo de crítica. Quem critica religião sempre tem que ouvir que está sendo intolerante ou que está agindo com falta de respeito. Resumo: a religião exige um respeito que não merece.

Leila Silva disse...

Eu tinha recebido isso há algum tempo, compartilho das mesmas dúvidas. Excelente.
Abraço

Dayane Ok. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kezia SRSC disse...

Desculpa Lola, mas acho que agora você pisou na casca de banana. rsrs Olha só, nem estou furiosa, nem revoltada, apenas farei alguns comentários. Todo VERDADEIRO estudioso da Bíblia, sabe exatamente o lugar de cada versículo desses. você não citou em nenhum segundo os textos onde Jesus quebrou praticamente todas as leis, trabalhando em pleno sábado, Arrebentando com o templo onde as pessoas estavam fazendo comércio com as coisas de Deus, madando atirar a primeira pedra quem nunca pecou... Aprendemos quando novos convertidos, que o velho testamento é a história do povo Judeu, como nasceu o Cristianismo e como o mundo foi formado. Claro e óbvio que existem pessoas que levam tudo ao pé da letra, existem pessoas assim em qualquer tipo de crença, não importa se cristão ou ateu. Não é mesmo? Assim, acredito que a crítica só deve partir de quem realmente conhece o livro em questão. Como eu poderia discutir Paulo Coelho, Zíbia Gaspareto, entre tantos outros autores espíritas, se nunca lí seus livros? Da mesma forma, sei que o evolucionismo tem se baseado apenas em suposições e teorias, enquanto a Bíblia é reconhecida até pelo espiritismo (que faz uso de salmos e cânticos contidos lá).


Ainda que a Bíblia fosse uma grande mentira ( e não é ), se as pessoas apenas a seguissem como regra de prática (sem fé mesmo), pode ter certeza que muitas abominações que acontecem hoje em dia, não aconteceriam , exemplo, pai atirando filho pela janela, padrastos enfiando agulhas em crianças de 1 aninho de idade, filha assassinando pai e mãe em troca de herança, políticos corruptos, a destruição da natureza, estupro. SEm falar em Sexo irresponsável, levando meninas e meninos a se prostituirem tão novos, meninas que saem com qualquer um, engravidam e morrem num porco centro cirúrgico praticando aborto ilegalmente, isso sem falar nas doenças venéreas e no HIV. Nossa, é tanta coisa...

Mariana. disse...

Dayane, você parece ser uma pessoa sensata que tenta ouvir o outro lado. Mas mesmo com essa disposição, ainda é difícil se colocar no lugar do outro.

Você acha mesmo que eu estaria debatendo aqui se a religião não me afetasse de algum modo, mesmo eu sendo atéia?

Se você não gosta de futebol, o futebol não afeta a sua vida. Eu não gosto muito de religiões, mesmo assim elas me afetam. O fato de elas terem isensões tributárias me incomoda. O fato de crucifixos estarem pendurados nas paredes de órgãos públicos me incomoda. O fato de um representante religioso ser ouvido no STF apresentando arguementos baseados nas suas crencas sobre a união homoafetiva, me incomoda.

Paola disse...

Adorei o texto!!!!

Dayane Ok. disse...

Mariana,

Sim,etendo a comparação que vc fez agora.
Eu levo a minha religião muito a sério, concordo. Mas eu alevo a sério pra mim,não a imponho a ninguém, nem acho que ninguém seja inferior a mim por isso. taí a diferença.

Lucas disse...

Pusta preguiça de fazer comentários longos...

Mas preconceitos e traços culturais de todo o tipo (como o machismo) foram incorporados por diversas religiões, que eram expressões de seu tempo e seu momento histórico.
Religiões podem perpetuar preconceitos (principalmente pq falam à moral das pessoas), mas dificilmente elas o criam. São apenas uma forma de expressar.

Achar que acabar com as religiões hoje fosse transformar o mundo num passe de mágica é o mesmo que achar que uma revolução de esquerda também fosse fazê-lo.

A humanidade evolui, e as religiões (que são interpretações e reflexões sobre a vida e a espiritualidade, a meu ver), deveriam se repensar e evoluir junto.
Infelizmente, como acontece com qualquer grupo conservador, como grupos políticos, a ideologia é criada e luta-se insanamente para mantê-la (pelas autoridades políticas, econômicas ou religiosas que não querem perder prestígio, e pelo povão não-crítico que segue o que falam)

E ah... é isso aí. Simplifação e reducionismo são a matéria prima de fanáticos. De qualquer tipo.

Kron disse...

@Kezia SRSC E minha previsão se concretizou, como era de se esperar...

lola aronovich disse...

Dayane, o que vc escreveu é muito interessante... e polêmico. Por favor, escreve um guest post pra mim sobre como é ser discriminada/ridicularizada por ser evangélica? Não estou negando que isso exista! SEI que existe. Eu mesma me pego várias vezes controlando meus preconceitos contra evangélicos e religiosos em geral. E, dependendo do lugar, tem muita discriminação sim! Por exemplo, ser evangélico numa faculdade pública na área de Humanas não deve ser fácil... Eu tive uma amiga evangélica na pós. Aliás, nem lembro se ela era evangélica ou católica carismática, pois as duas designações se confundem muito, e a gente quase nunca falava sobre religião. Mas ela cantava no coro da igreja, o namorado (machista) dela era da igreja, muito da vida dela era da igreja. E isso era bem complicado num ambiente acadêmico — até por ser um lugar em que se estimula o pensamento crítico.


Marussia, cuidado com esse discurso de “pessoas que não têm escolha não podem ser criticadas; pessoas que têm escolha, sim”. Primeiro que, pra muita gente, homossexualidade ainda é vista como escolha. Entre a maior parte dos gays não é, mas até isso é recente. O que quero dizer é que essa distinção entre o que é escolha e o que é “natural” é bastante tênue. Segundo que vc precisa definir “criticar”. O que é criticar? Tipo, este argumento de “critique o que não é escolha” é amplamente usado pra bully gordos. Porque até nisso há um debate sobre se um gordo é gordo causa dos genes ou dos hábitos. Bom, nem sei se quero entrar nessa discussão, porque em todos os seus comentários sobre gordofobia vc mostrou uma internalização muito grande de que pessoas gordas merecem/precisam ser lembradas que estão gordas a toda hora. Mas vamos falar de, sei lá, fumar. Fumar é uma escolha, sem dúvida. Mas se alguém fuma e por causa disso fica com câncer, essa pessoa deve ser criticada? E, no caso de religião, eu critico muito que tantas religiões discriminem gays e mulheres. Acho que isso precisa ser criticado sim. Mas, como a Dayane deixou claro, é possível ser evangélica sem adotar esse discurso. E aí, essa pessoa deve ser criticada também? Ou é o discurso homofóbico e machista dessa religião que deve ser criticado?

Elisa Maia disse...

Eu entendo a Dayane Ok. Conheço muitas pessoas religiosas bem inteligentes em todos os aspectos da vida. O que acontece é que, quando batem na questão de "deus" ou doutrina religiosa, elas "travam" e não conseguem usar o raciocínio lógico e o senso crítico que possuem, em condições normais.

Dayane Ok. disse...

Mariana,

mas o futebol me incomoda!rs.Tbm sou obrigada a engolir os dias de jogos, os trocedores fanáticos, as buzinas frenéticas, as bombas pelo ar. ( NAO TEM COMPARAÇÃO! MAS SÓ PRA EXEMPLIFICAR,rs).

Mas eu tbm acho errado td isso! Acho que o país deveria ser laico de verdade. Acho que o aborto deveria ser legalizado, por uma questão de saúde pública. Acho a união homoafetiva correta, pois cm cidadãos, eles tem o direito de ter os mesmos direitos. Isso não é uma questão religiosa, mas uma questão de cidadã brasileira. Também discordod com discursos religiosas como se fossem válidos, em uma bancada que envolve o bem geral da população.

Mas veja cm nem todos são iguais: A Marina Silva tbm é evangélica, e pelo menos eu, nunca vi ela usando disso pára conseguir votos. Isso é uma questão pessoal dela.

Renata Frigeri disse...

haahahaha! Amei e já dividi ele, com os devidos créditos, no meu Facebook!

Dayane Ok. disse...

Gente, daqui a pouco volto, aqui está muito interessanrte ^^.

Lucas disse...

Mas ninguém respondeu a questão do título do post ainda...

Eu chuto nos moluscos.

Elisa Maia disse...

Eu voto nos homossexuais. Paulo, aquele exemplo de moralidade (not) não dedicou uma palavra aos moluscos, sinal de que isso não importa muito pra Deus (pro VERDADEIRO deus, é claro).

Marussia de Andrade Guedes disse...

Dayane
Todos os cristãos acreditam em deus né? Então eu posso dizer que todos são desprovidos de senso crítico, pois eu acredito que "a fé nasce quando o pensamento morre". Não posso dizer que todos os cristãos são pessoas más, mas posso dizer que todos eles contribuem para que continue existindo preconceito contra os gays. Afinal, qual é a posição oficial da igreja católica, por exemplo? E quem dá legitimidade a igreja? São seus fiéis. Será que o mundo inteiro daria ouvidos ao papa se ele fosse apenas o líder dos que acreditam no candomblé ?

Lord Anderson disse...

Lucas

Para alguns colunistas da Veja, a palavra molusca ja desperta odio mortal, então eles com certeza escoleriam essa. rs

Kron disse...

@Marussia de Andrade Guedes Concordo! Você só pode fazer parte de uma instituição ou idelologia se você concorda com todos os aspectos. Não posso vir aqui e dizer que sou nazista mas "discordo daquela partezinha sobre matar judeus".

Matheus Chatack disse...

Gente, eu não acho que aqui se critica quem quer seguir alguns preceitos da bíblia e de sua religião. O que se critica é essa tomada da Bíblia como lei máxima, que dispense qualquer forma de reflexão sobre o seu texto. O problema não é quando alguém não quer fazer alguma coisa pra sua vida, cada um sabe de si e de seus valores. O problema é quando um pastor diz que alguém é gay porque está com o demônio no corpo e há quem concorde; o problema é quando um deputado usa a Bíblia para impedir o casamento entre pessoas do mesmo sexo (eles não têm direito ao amor?); o problema é quando religiosos dizem para a presidente "temos 25% do eleitorado do país" e impedem que ela coloque em prática uma iniciativa de conscientização contra o preconceito nas escolas; o problema é quando essas mesmas pessoas misturam essa cartilha para as escolas com uma cartilha que seria às prostitutas para conscientização a cerca de DSTs e o povo fica escandalizado com as imagens às quais as nossas crianças serão expostas. O problema não é você ter a sua fé, acho lindo que a tenha, todos o tem; o problema é o que as pessoas são capazes de fazer contra as outras usando esse discurso como justificativa. Tá faltando "amar uns aos outros" para muita gente que se diz tão temente a Deus.

Kron disse...

@Matheus Chatack
CLAP, CLAP, CLAP!

Kezia SRSC disse...

Lola... No seu artigo : Assim me diz a Bíblia ( Dia 18 de Abril de 2011 ), Olha só um fragmento do texto:

"Como sou uma ateia assumida, o que a Bíblia diz ou deixa de dizer não me diz respeito." Como assim? Tudos nos diz respeito, inclusive a você. A Bíblia fala sobre todos os assuntos que você critica em seus artigos. E outra, se não te interessasse tanto, você não teria postado pelo menos dois artigos. Né não?

Antes que eu comece a ser sacrificada como um carneiro, rrsrs, tô escrevendo de boa. Tá? Não estou nervosa.Nem vou te jurar de morte ou mandar algum troll te estuprar, ou coisa assim, aliás, gostaria de ver mais comentários sensatos do pessoal que te acompanha, não é poss;ivel que para todo artigo que vc escreva, as pessoas só tenham coisas grotescas para comentar. Salvo 3 ou 5 comentários que lí.

Ósculo Santo para vcs, rsrs.

Marilia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lord Anderson disse...

"Você só pode fazer parte de uma instituição ou idelologia se você concorda com todos os aspectos"

Kron, discordo em partes.

Veja as feministas por exemplo. Todas tem um ponto basico e indiscutivel, mas tem varias nuances e divergencias.

O mesmo acontece com partidos. Dentros deles, a varias linhas especificas que podem discordar entre si sem renegar a ideologia principal.


Claro, se vc entra num grupo com um proposito especifico, vc tem que no minino não discordar dele, mas a diversidade ainda é possivel.

Marilia disse...

Marussia, você está tacando a Dayane e sendo tão extremista quanto muitos cristãos.

Muitas pessoas foram criadas no cristianismo (em suas diversas vertentes, que não é só o catolicismo, você sabe) e não estão dispostas ou preparadas para abrir mão de uma crença. Não é você que tem de dizer a essas pessoas que elas são um grande erro da humanidade.
Tenho um amigo gay e evangélico, vou chamá-lo de louco por isso? Me parece insensato, mas na igreja dele ele encontrou apoio e carinho, mais que em ambientes laicos. E vou dizer a ele que ele está errado em participar de algo em que ele se sente bem? Não posso e não devo.
Todos têm direito a professar sua fé, está na declaração dos direitos humanos. Como a Dayane disse, só não podemos confundi-la com Estado.

Concordo que se eu apoio uma igreja, eu em teoria apoio o que o líder dessa igreja prega. Mas sabemos que nenhum ser humano é assim tão raso a ponto de eu poder afirmar que todo cristão é ruim, ainda que o papa pregue a homofobia e outros pastores também.
Se assim o fosse, até hoje a igreja católica estaria com o mesmo poder da idade média.

Kron disse...

@Lord Anderson Você está certo quanto ao feminismo, mas no caso da Igreja Católica Apostólica Romana não vejo da mesma maneira. Como eu poderia ser católico por exemplo, participar de cultos de uma instituição cujo líder maior prega a homofobia por exemplo? Seria bastante incoerente de minha parte...

Lord Anderson disse...

Kezia

Acho que o post da Lola não exatamente sobre a Biblia e sim do uso que fazem dela como instrumento para justificar preconceitos.

Agora, não é para a Lola que vc tem dizer essa parte de que a Lei Mosaica foi abolida com a vinda de Cristo. è para os religiosos que citam esses textos.

Vc fala dos verdadeiros estudiosos da Biblia, mas quem seria eles?

O SIlas Malafaia não é um estudioso da Biblia?

Os membros da bancada evangelica?

quem faz mal uso dos ensinamentos Biblicos são os lideres religiosos em geral.

Acho que é para eles que vc precisa ir esclarecer.

Lord Anderson disse...

Kron, sim, sim com certeza.

Mas há muitas pessoas que são teistas (acreditam em algo sobre-humano) sem estar vinculados a uma instituição especifica.

Kron disse...

@Lord Anderson Nesses casos não há problema, a pessoa pode ler o livro que quiser e ter a fé que quiser.

Kezia SRSC disse...

Lord Anderson,

Desculpa, mas você precisa ler novamente os dois textos. Estou falando diretamente a ela porque o título do artigo é uma pergunta: Qual a maior abominação: Ser Gay ou comer moluscos? É uma pergunta. Lola citou vários fragmentos da Bíblia para expor uma crença dela, assim como alguns desses que você relacionou faz. Quando o Silas escrever algo do tipo, ou alguém fizer esse tipo de questionamento e eu tiver vontade de me posicionar, assim como fiz no blog da querida Lola ( Lola te amo ), farei, afinal, estamos num país livre. Né não?

Carol disse...

Cristianismo NÃO É catolicismo

Os trechos citados no post referem-se ao Velho Testamento, que, como já dito acima por alguém, foi "revogado" com o Novo Testamento, qdo aparece Jesus e sua ÚNICA lei: AMOR.

Com ctz tem mta gente que ainda leva o Velho Testamento ao pé da letra... mas sei la... acho que não se pode dizer que essa pessoa seja "cristã", pois cristão é aquele que acredita em Cristo e, portanto, na sua única lei.

E quem leva a Lei do Amor como orientação pra vida, nunca vai conseguir levar tais trechos do velho Testamento à serio...
não é?

Ginger disse...

Gente ja vou pedindo desculpas se eu parecer chata ou rabugente mas...

Oh preguiça que me dá desses posts!

O blog da Lola é super legal, as pessoas aqui são super educadas e tudo mais, mas quando o assunto é religião, muitos que parecem cabeça pra frente, demonstram ter um preconceito muito forte para com os religiosos e isso me desanima bastante.

Acho que concordo com a Mariana é dificil falar de religião, pq isso fala muito das nossas crenças (isso estou incluindo na crença de que Deus não existe por exemplo).

Religioso não pode ler a biblia e abstrair só a parte que acha verdadeira pq? Por acaso alguem aqui concorda com 100% em tudo que algum livro diz? Para que eu nasci dotada de senso critico então? Só pq sou religiosa não posso buscar o que acho bom ou ruim?

Me parece que as pessoas que não são religiosas julgam as pessoas que crêem em algo justamente com a mesma dinamica de dois pesos e duas medidas dos machistas:

Ateista pode selecionar partes de biblia para criticar cristãos, mas o cristão não pode pegar pra ele o que acha válido e descartar oq acha errado, não importa o tanto que essa pessoa se esforce para ter idéias igualitárias! É religioso? Então é alienado!

Aqui tb rola muuuuuuuito preconceito com espiritas, eu sou espirita, me sinto PÉSSIMA quando o assunto é debatido aqui, parece que todo espirita é um hipocrita, que tenta validar a sua "seita" como "ciencia", FICA UMA DICA não é pq vc não religioso crê que o espiritismo está tentando se provar como estudo científico que os espiritas estão de fato fazendo isso! É ridiculo!!!

Outra coisa, especismo, nossa, parece que aqui só espirita é especista né? Poxa tem muita gente aqui que critica isso mas que bem adora um churrasquinho..oh se gosta, mas ela pode! Pq? Pq não é religiosa...

Poxa, vou tentar parar por aqui, pq to muito, muito, brava.

Lord Anderson disse...

Kezia,Carol

O problema maior é encontrar grupos religiosos que não levem o Velho Testamento a serio.

Eu conheço muito poucos.

E apesar dos Evangelhos dizerem que os unicos mandamentos são Amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao proximo como a si mesmo, os outros livros do Novo Testamento trazem sim regras de conduta e de vida, inclusive falando da questão da homosexualidade, da fornicação, etc.

não dá para jogar tudo nas escrituras hebraicos-aramaicos.

Kron disse...

@Carol Falácia do escocês, pesquise a respeito ;)

A tal lei do amor e a regra de ouro não foram criadas por Jesus, portanto o mérito de quem a segue não deve ser concedido à religião ou bíblia.

Fernando Daher disse...

Esse texto tá com cara de ser plágio do discurso do Presidente dos EUA Jed Bartlet nesse episódio de West Wing: http://www.youtube.com/watch?v=DSXJzybEeJM

Até a ordem dos exemplos de trechos bíblicos é praticamente a mesma.

Marussia de Andrade Guedes disse...

Lola:
Até agora os estudos mostram que a homossexualidade deriva de vários fatores, inclusive genéticos. Até o momento estes estudos não evidenciam que seja uma escolha. Se alguém continua achando que é uma escolha deveria se informar melhor. Deveria até ser uma obrigação, já que a opinião destas pessoas afeta tanto os gays. Com relação a obesidade : uma pequena parcela parcela da população é obesa por problemas de saúde. A maioria se dá por aumento da ingestão de alimentos. Este é o meu caso. É lógico que eu sei que fatores como ansiedade, por exemplo, podem influenciar. Bom, mesmo sabendo que é uma escolha eu nunca achei que gordos devem ser lembrados a todo momento de que são gordos ou que devam ser des. ruminados por isso. Se você tá feliz gordo, ótimo. O que eu critico é a tentativa de fazer as pessoas acreditarem que a obesidade é inócua. Não é.
Principalmente a obesidade mórbida. Eu não sou feliz gorda, envelheci antes do tempo por causa da obesidade, minha vida sexual foi prejudicada, tive que fazer cirurgia de varizes que surgiram com o excesso de peso , etc. A obesidade não é inócua.
As pessoas que são católicas mas não compartilham com todas as diretrizes da igreja devem ser criticadas? Eu já
respondi mais ou menos em resposta a Dayane. Se vc é sócio de uma empresa e seus sócios fazem acordos ilegais vc vai manter a sociedade. E se mantiver vc não está compactuando com eles. Para mim a resposta é óbvia.
Com relação a fumar ou outras questões (neste aspecto obesidade se inclui aqui) é complicado. Não tenho uma
opinião formada. Mas acho que devemos considerar algumas coisas: 1) Esses vícios são um gasto para
a saúde pública 2) Digamos que vc é uma pessoa que fuma, bebe e não faz dieta mesmo sabendo que é hipertenso. Aí vc tem um AVC e fica com graves seqüelas.
Todo mundo sabe o quanto custa tratar de uma pessoa com seqüela neurológica. Isso interfere na vida de toda a família . Aí eu pergunto: a pessoa que fumava, bebia , comia o que queria não deveria ser criticada? Não foi egoísmo da parte dela? Eu tendo a achar que quando vc tem família nem tudo vc pode fazer.

Fernando Daher disse...

Ah, não foi plágio de West Wing não, foi o contrário. O criador da série, Aaron Sorkin, admitiu que foi ele quem se baseou no e-mail (que já circulava nos EUA anonimamente) ao escrever o monólogo do Pres. Bartlet (tão bem interpretado pelo Martin Sheen).

Bem, com certeza não é do Rubem Alves.

Blanca disse...

Perfeito! hahaha

Robson Fernando de Souza disse...

Foi esse texto que minha antiga fé cristã sofreu sua primeira rachadura, em junho de 2004. Em pouco tempo eu já não era mais cristão, ainda que precisasse levar cerca de seis meses mais pra virar ateu.

Kron disse...

@Robson Fernando de Souza
Minha fé cristã foi estraçalhada quando resolvi ler a bíblia que uma tia minha, evangélica fanática, me deu de presente de aniversário. Irônico, não? :D

Kezia SRSC disse...

Lord Anderson, Claro que seguimos o novo testamento, porque somos cristãos. Nós não somos judeus, entenda isso. Agora, não dá para negar o Velho testamento, ele existe e serve para nos contar o que eu já falei anteriormente.

Bom, fico na espera de mais artigos legais e interessantes.

Beijo a todos, vou almoçar.

Sr Dig Din disse...

Aronovich a nova Messias!

Vale tudo pra pegar seus valores de esquerda, até pegar um texto fake de um cara que só quer prejudicar as religiões.

Crtl c + Crtl v = preguiça cerebral

ISSO A GENTE VÊ MUITO POR AQUI

Sybylla disse...

Muito bom! Ri muito!

E agora, Arnaldo, pode isso??

Sensacional!

Escarlate disse...

Momento "Quando você largou a religião" foi quando eu comecei a ter contato com o feminismo (que eu nem sabia que era feminismo) e percebi que minha religião era completamente machista.
Eu apenas suportava o machismo, apenas homens podiam ministrar, apenas homens podiam comnadar. Mulheres eram apenas apêndices que serviam pra limpar,cozinhar e cuidar de crianças e idosos. O homem é que seria o chefe da família, o último a dar a palavra.

Minha fé já nhão era a mesma, eu não ia às reuniões. Tentava achar na Bíblia uma resposta pra esse machismo escancarado e massacrante, mas a cada trecho, mesmo no Novo Testamente, tudo era validado. O machismo era certificado pelos textos bíblicos.

Foi quando eu decidi largar tudo, sabendo que ninguém me apoiaria ( a não ser meus amigos fora da religião) e que eu nem poderia mais conversar com amigos da congregação. Minha mãe ainda tem esperanças que eu volte.

Lembro quando eu conversei sobre sexo com meu ficante e atual namorado. Achei que um raio cairia na minha cabeça, que deus me castigaria pelo pecado. Mas deu tudo certo.
Tomei a melhor atitude da minha vida, e hj sou muito feliz por isso.
As mulheres feministas que são cristãs eu admiro, mas fico confusa. Não sei como conciliar coisas tão antagônicas.

Carol disse...

Lord Anderson,
Não estou colocando o mérito da criação da regra de ouro na religião... só estou dizendo que foi isso que Jesus ensinou, foi isso que Jesus trouxe e que, este ensinamento pos por terra todas essas regras desumanas e machistas do restante do texto, até pq são incompatíveis e contraditórias.

Quanto às passagens do Novo Testamento que falam sobre homossexualidade etc, não as conheço, mas imagino que não venham dos ensinamentos de cristo.

Ginger,
tb sou espirita. E tenho sentimentos semelhantes quando aparecem esses posts... mas mto mais por causa dos comentários, pq vejo uma certa generalização qdo se fala de religiosos.

Blanca disse...

Eu ia dizer algo, mas quando li o que o Matheus escreveu, fiquei sem palavras. ^^

Pessoal anda saindo muito do foco do post.

Prof. Mauri disse...

Ótimo texto: Se o argumento é bíblia, vamos usá-la também!

Descobri mais um motivo para me afastar da religião "j. Meu tio tem uma fazenda. Ele viola Levíticos 19:19 plantando dois tipos diferentes de vegetais no mesmo campo." Quer dizer que deus defende a monocultura? Daqui uns dias podemos descobrir que defende o latifúndio e é contra o MST (hehe)!

Dayane Ok. disse...

Marussia,

leia seu último comentário. veja se ele tbm não foi extremista e fundamentalista, que é o que vc está criticando tanto.

Dayane Ok. disse...

Oi Lola!

Escrevo um e-mail pra vc depois, pode ser?
Poe eseu e-mail aí ^^.
Day

denise disse...

Esse é um dos melhores textos que ja vi, a biblia infelizmente contem não só esses absurdos como muitos outros, e realmente gostaria de saber porque as religiões em geral focam tanto na repressão da sexualidade humana a pregação das normas divinas.
Esquecendo-se de todo o resto.
Se é pra seguir a biblia, se ela deve pautar a vida dos fieis, porque não segui-la inteira, porque certos aspectos são mais relevantes que outros?

Relicário disse...

Marussia, eu discordo totalmente de vc.
Tudo no universo vem evoluindo, inclusive as idéias.
Nada é absoluto, ou nem discutiriamos qualquer assunto.
A religião é uma forma de expressão humana, e sendo assim sofre alterações e evolui com o tempo.
Sei do quanto a religião é utilizada para subverter, massacrar e encher os bolsos de alguns, no entanto não posso concordar em generalizar da forma que vc propõe.
Pois bem, acredito na evolução da humanidade como um todo, e sendo a religião uma expressão desta, tende a evoluir também.
Quando citei movimentos sociais, eu quis ilustrar que sim, existem pessoas instruídas e providas de senso crítico em qualquer lugar. Seria muito arrogante e extremamente preconceituso que tenhamos agora que rotular todos os religiosos como meros "idiotas".

Julian disse...

O fundamentalismo ateu me assusta
Essa gente se pudesse, mataria todos os cristãos
Vide o que fizeram na URSS, Coréia do Norte, Camboja, etc

denise disse...

Lola recebi uma frase que achei 10.

QUANDO UMA PESSOA TEM UM AMIGO IMAGINÁRIO ELA É LOUCA.
QUANDO VARIAS PESSOAS TEM O MESMO AMIGO IMAGIÁRIO É RELIGIÃO.

Ginger disse...

Realmente o assunto do post (que já é péssimo) está desviando:

Lord Anderson

Mas há muitas pessoas que são teistas (acreditam em algo sobre-humano) sem estar vinculados a uma instituição especifica.

Kron

@Lord Anderson Nesses casos não há problema, a pessoa pode ler o livro que quiser e ter a fé que quiser.

Duas pessoas que não vivem uma religião pautando o que uma pessoa como eu por exemplo deve ou não ter fé.

Reclamam dos religiosos, mas se metem na nossa religiosidade do mesmo jeito.

Aoi Ito disse...

Lola, engraçado, eu tenho uma amiga evangélica que faz História comigo e ela é uma das pessoas mais inteligentes e mente-aberta que eu conheço, ainda assim fazendo serviços na igreja dela e essa coisa toda. Ela estuda a Bíblia de forma séria, não papagaiando como a grande maioria costuma fazer, e as discussões entre ela e um amigo pagão meu são totalmente livres de desentendimentos e raiva. Como os dois sabem do que estão falando e ninguém quer atacar ninguém, é sempre algo muito calmo e digno.

Julian disse...

Esse comentário da Denise mostra muito bem como são '' tolerantes'' os ateus...

Como disse anteriormente, essa gente se pudesse proibiria as pessoas de terem religião

Ginger disse...

Obrigada denise

Por mostrar como pessoas como vc são tão preconceituosas como os "ignorantes" religiosos!

Gansoh disse...

Eu até tento respeitar quem segue a bíblia... Não rir das tolices, entender que quando é algo como homossexualidade é literal, mas no caso dos tecidos é contextualizado, depende da interpretação. Eu tento não perder a paciência cada vez que dobram os argumentos e se enroscam neles, quando no fim das contas encerram a discussão antes que cheguem num ponto insustentável.

Mas é difícil! Paciência tem limite!

Não tô vendo molecadinha católica cortar os pulsos porque transou antes do casamento. Cadê a santidade do casamento? Cadê a bênção? Nem porque usou camisinha e anticoncepcional. E isso não é questão de interpretação, não: O véio nazista falou claramente que É PECADO USAR!

Imaginem vocês, religiosos, o quanto é difícil respeitar uma mulher. Agora imaginem uma de roupa bem curta. Multipliquem essa dificuldade por 1000³.

É tanta merda junta num livro só que dá vontade de juntar tudo e queimar. E queimar @s idiotas que acabam com as vidas dos outr@s por causa de crenças idiotas. Que mandam nas bundas, vaginas, úteros e vidas alheias.

E que mandam na política também, esqueci...

É um desastre, ô povinho de merda o brasileiro, viu...

denise disse...

Ginger de nada linda...

Kron disse...

@Julian @Ginger E desde quando falar a verdade é ser intolerante?

Julian disse...

Mais um post que mostra a tolerência dos ateus...segundo a Ginger, que tem religião é 'ignorante''...
Como esse povo respeita as diferenças !!!

Ginger disse...

Julian

Eu fui ironica com a denise, vc não entendeu

Kron

A SUA verdade, guarde ela pra vc, vc está fazendo exatamente o que vc e tantas outras pessoas dizem que nós religiosos fazemos.

Vomitam seus preconceitos, dizem o que devemos ou não fazer, querem tirar nossa liberdade de crença e ainda dizem que estão apenas "dizendo a verdade".

vc está se mostrando um completo intolerante que fica querendo mandar na vida alheia

Se abraça com a denise então

Ginger disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dayane Ok. disse...

Sou feliz por ter amigos Daimistas, umbandisatas, camdomblecistas, ateístas,agnísticos, judeus, espíritas, católicos, budistas e ser respeitada por todos que sabem o que são DIFERENÇAS e TOLERÂNCIA, poisa cada um sabe do seu pensamento, sabendo que não precisa atacar ninguém por causa disso.
Eu não acredito que exista ateu de verdade, acho que todo mundo crê em alguma coisa. mas nem por isso falo "Ateus são hipócritas e bla bla bla".
Não vejo pq essa necessidade de certas pessoas em ofender quem não pensa como eles.

Kron disse...

@Ginger Aponte exatamente qual afirmação minha dizia como você deve viver ou pare de inventar espantalhos.

Eu sou totalmente a favor da liberdade de crença, que prevê a liberdade de não-crença. O que significa que a sua fé pessoal deve ser de foro íntimo e deve ser exercida na sua privacidade sem interferir na vida alheia. Não é o que acontece.

Julian disse...

Ok Ginger, me desculpe
É que ultimamente tenho lido tanta bobagem...

Sarah de Souza disse...

Lola, realmente tem gente que estuda a bíblia de fato! Se eu perguntar qualquer um desses versículos pro meu pai, ele vai saber de cor. Eu não tenho religião e nem sei se a minha concepção de deus é acertada com a opinião geral, mas respeito muito pessoas religiosas, sendo eu filha de um pai Testemunha de Jeová.
Acho que respeitar e discordar são coisas completamente diferentes, tem-se de ter o cuidado de não ofender.
Uma vez discuti com meu pai sobre a criminalização da homofobia. Foi uma longa discussão até nos entendermos. Por mais que do ponto de vista dele homossexualidade (ele chama de homossexualismo, mas eu me recuso) seja algo errado, ele concorda que este é um Estado laico e que lei é lei. Pedir respeito sem respeitar é uma hipocrisia das grandes, foi o que ele me disse quando comentou de uma colega de trabalho dele que é lésbica. Sabendo que ele é extremamente religioso, ela tenta respeitá-lo evitando falar com a namorada com ele perto. Sabendo que ela é homossexual, ele toma cuidado para não "pregar" de maneira que possa ser ofensiva a ela. Os dois se entenderam conversando sobre o Rio de Janeiro e o fato de serem cariocas venceu.
A tolerância tem de vir dos dois lados. Eu vivo discordando do meu pai, mas da mesma forma que quero que ele respeite minhas ideias, respeito as dele.
Gosto muito de acompanhar seu blog, só acho que você deveria tomar algum cuidado para não generalizar ou desrespeitar outras pessoas em seu discurso.

Gansoh disse...

Bom, respeitar e tolerar são palavras diferentes.


Eu tolero religião. E faço o possível para respeitar. Seria mais fácil se essa fosse uma atitude recíproca.

Até namoro um cara religioso. Eu não critico as atitudes dele, da família dele, não coloco minhas observações porque, óbvio, cada um faz o que quer da vida.

Mas comigo é diferente. É todo mundo metendo o bedelho de que tal coisa é pecado, a outra também é, e que sou assassina de criancinha, desnaturada atéia maldita herege.


O problema é quando os religiosos começam a entrar na minha vida, a me desrespeitar, a tentar impor sua fé.

Se tivesse uma religião na base do "viva e deixe viver"...

Mas não. O que tem é dominação,doutrinação, a bendita salvação. Como no caso do aborto. Eu NUNCA fui respeitada.

Então fica difícil respeitar, né?

Tolerar eu tolero. Fazer o quê? Juntar tudo num campo de concentração e exterminar? Ahh não. Isso é coisa de teístas. Vontade eu posso ter, mas meu cérebro racional enxerga o absurdo que é matar uma pessoa, o que a fé nem sempre vê.

denise disse...

Ginger eu não li todos os comentarios ainda, mas alguem no post ou aqui nos comentarios pediu a vc que abandone sua fé?
Eu falo apenas por mim, eu não tenho fé em nenhuma religião, mas isso não quer dizer, que eu pense que todos que tem uma fé devam mudar.
Meu comentário foi no sentido de justificar porque eu não tenho religião, porque eu não creio na biblia.
Mas se vc crê, fique tranquila estamos numa democracia.

Lord Anderson disse...

AH Ginger.

Desculpe mas quando eu quiz pautar no que vc acredita???

Apenas citei um fato, de que há pessoas que crem em Deus (ou na Deusa, ou no Esperito Superioru, ou no karma) e nem por isso pertence a grupos religiosos organizados.

De certa forma é onde me encaixo.

Creio em Deus, mas tenho discordancia da maioria das religiões organizadas.


Nunca disse que vc tem que ser assim ou assado.

Dayane Ok. disse...

Ganosh,

Não é pq vc topou com cristãos assim na sua vida que todos os cristão são iguais.
Não é pe eu topei com ateus de moda e hipócritas, que devo dizer que todos o são.É simples.
Vc não pareceu muito tolerante não, desculpe se estou enganada.

Roberto Lima disse...

O grande problema que eu vejo é que as pessoas usam a Bíblia, tanto o velho como o novo testamento, para justificar suas seitas ou para tentar controlar seus fiéis.E é claro que eles separam as partes que vão apoiar o que eles dizem.
Uma boa discussão para aqueles que só aceitam o novo testamento é a leitura de Mateus 6, versículo 5, onde Jesus Cristo em pessoa diz que as pessoas não devem ir à igreja ( sinagoga no termo da época) , e sim orar a Deus no silêncio do seu quarto( Pai Nosso...). Vários pastores com quem eu discuti isso alegaram: "Ah, mas o apóstolo Paulo diz..." Péra aí, quem falou foi Jesus, o Mestre. Será que o que o discípulo falou tem mais importância do que o que o Mestre disse?
Então gente, leiam esse versículo e parem de ir às igrejas, pois foi isso que Jesus falou.
Outra questão é : "Quantos céus existem?" Porque a Bíblia ( novo Testamento, claro) diz que existem pelo menos três céus, pois fala em "Terceiro Céu". E, se existem três ou mais céus ( os hindus acreditam em doze ) , quantos infernos podem existir ?
Mas pergunte a um padre ou pastor, ele vai enrolar e dizer que só tem um...

Ginger disse...

Kron

Quem tá inventando espantalhos é vc querido.

Releia o meu comentário acima em que vc e o Lord anderson debatem oque eu como religiosa devo ter direito ou não de abstrair de um livro

melhor eu coloco aqui pra vc ta?

"Lord Anderson

Mas há muitas pessoas que são teistas (acreditam em algo sobre-humano) sem estar vinculados a uma instituição especifica.

Kron

@Lord Anderson Nesses casos não há problema, a pessoa pode ler o livro que quiser e ter a fé que quiser."

Digo o mesmo sobre a parte da crença ou não crença ser de forun intimo, se vc não acredita em Deus, problema seu, só não venha me dizer que isso é uma VERDADE e que eu devo aceitar isso.

Pior, ficar aqui pautando como deve ser a minha vida.

Dayane Ok. disse...

Ginger,

Calma O.O,rs.

Gansoh disse...

Dayane, sou realmente uma intolerante que tolera e ainda faz um esforço ridículo para respeitar a crença alheia, apesar de ela me parecer ser asquerosamente tola e violenta.

Não vou nem entrar na questão do aborto aqui, para não falar do que é respeitar verdadeiramente as escolhas de cada um.

"Vomitam seus preconceitos, dizem o que devemos ou não fazer, querem tirar nossa liberdade de crença e ainda dizem que estão apenas "dizendo a verdade".


Ah. Sabe que todas essas características juntas não remetem exatamente à palavra "Ateu"?

Lord Anderson disse...

Julian, por favor

Não tem nenhum projeto querendo ateismo as igrejas, mas oq tem de projetos querendo impor conceitos religiosos em ambientes laicos...


Acho que seu medo ta um pouco injustificado.

Dayane Ok. disse...

Roberto Lima,

A Bíblia é escrita por muitas alegorias e analogias, baseadas naquele local e época. As leituras podem ser subjetivas e não literais.Isso,qualquer estudioso da Bíblia sabe, mesmo sendo ateu.

yulia disse...

lola, tem um texto aqui escrita por um homem analisando a propaganda da hope... vou apenas transcrever o trecho final.

''Por isso, pedimos ao Conar que suspenda a propaganda da Hope e outras ridículas, não só por ofenderem nossas mães, filhas e esposas, mas por nos agredirem profundamente enquanto homens.''

http://www.leravida.com/2011/10/05/bundchen-tambem-discrimina-os-homens/

Ginger disse...

Lord

desculpa, entendi errado

denise

ok, passa

Dayane ok.

To tentando ficar calma

Lord Anderson disse...

Ginger, onde a genteescreveu o seu NOME.

Eu nem tinha visto comentarios seus antes.

De onde vc tirou que aquilo era para vc?

Oq eu disse foi para mostrar meu ponto de vista a Kron, que nem todo mundo que é religioso concordo com os ideias da igrejas, ATÉ pq tem muitos religiosos que não são parte de instituições.

Quando eu falo de alguem ou de alguem, eu digo o nome, falo direto com a pessoa, vc pode ver em outros comentarios meus.

não dou indiretas. até pq acho isso deselegante e que complica a discursão.

aquilo não foi para vc nem para ninguem do blog.

Elisa Maia disse...

Tanto ateístas quanto teistas são sujeitos a todo tipo de falhas de raciocínio e preconceito. Ambos podem ser homofóbicos, machistas, racistas... E por diversas razões. O problema é que as principais religiões do mundo ESTIMULAM esses preconceitos e exercem enorme influência no código moral das sociedades. Um ateu não está livre da influência da cultura religiosa, porque ela às vezes se confunde com a noção geral de moralidade.
Dito isso, é importante frisar que criticar uma doutrina não é o mesmo que criticar seus seguidores. Não se consegue nada ofendendo o outro. Eu odeio, abomino religiões porque elas simplesmente difundem ideias e pensamentos equivocados e contribuem pra manutenção da ignorância coletiva ao instituírem o crime de blasfêmia pelo discurso que contrarie seus dogmas.
Todo mundo tem direito a escolher no que acredita (ou não acredita) baseado em informações corretas e confiáveis. E as religiões negam esse direito ao propagar ideias não comprovadas, e ainda se sentem ofendidinhas quando são criticadas por isso.
"Essa gente" ateísta é a gente que luta pelo Estado laico e pela liberdade religiosa, em oposição à imposição da doutrina predominante ao mundo todo.

Roberto Lima disse...

Bom, não vejo alegoria nenhuma quando Jesus diz para as pessoas não irem às igrejas, mas sim rezarem em seus quartos, pois Deus está em toda parte.

Lord Anderson disse...

ALias, eu ainda não terminei de escrever o que seria o meu segundo comentario aqui.

Toda hora alguem escreve algo que quero comentar e vou deixando o outro sem terminar.

hehehehe

procrastinando sempre. rs

Roberto Lima disse...

Lá vai: " ...E, quando orardes, não sejais como os hipócritas; pois gostam de orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.
Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.
E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos.
Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus...

Aqui não há alegoria , e sim uma ordem explícita.Quem realmente tem fé não precisa de prédio nem de igreja nenhuma.Na verdade, quem precisa é o pastor e o padre, pois sem suas "ovelhinhas" ele não vai ficar riquinho.

Sr Dig Din disse...

E O CIRCO PEGANDO FOGO!!!

HAHAHAHAHAHAHAHA

QUEIMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

TÁ UMA DELICIA ESSE POST

Parabens Lola Balofa!

Elisa Maia disse...

Roberto Lima, lendo o Novo Testamento, percebe-se que Jesus não gostava de templos nem de religiões engessadas com milhões de dogmas e regras. A proposta dele era mais simples: siga a Regra de Ouro (que não foi ele que inventou) e me adore e me reconheça como filho de um deus OU vá pesqueis lugar maravilhoso em que há "pranto e ranger de dentes".

Roberto Lima disse...

Exatamente, Elisa

Elisa Maia disse...

Em "pesqueis" leia-se "praquele". Porcaria de corretor automático.

Roberto Lima disse...

Pensei que era "Vá pescar na PQP"...hehe

Escarlate disse...

"Sabendo que ele é extremamente religioso, ela tenta respeitá-lo evitando falar com a namorada com ele perto."

Como assim? A mulher não pode conversar com a namorada perto do seu pai? Que negócio é esse? Eu entendi certo?
Uma coisa é chegar num religioso e ficar falando dos seus detalhes sexuais. Outra bem diferente é ter q esconder/fingir/sair da sala pq é lésbica. Ué, eu tolero/respeito as minhas colegas de trabalho falando de religião perto de mim, não vou chegar "oh fulana, quer falar de Jesus vai pro banheiro".

Não tenho problemas com quem me respeita, mas a minha mãe não me deixa nem assistir certas coisas pq ela acha que traz influência de demônios e etc. Eu acho péssimo, pq nem livro de Harry Potter dá pra levar em casa.

Roberto Lima disse...

Nossa, mas o Harry tem tanta fé...

Dayane Ok. disse...

Roberto,

Disse a parte da alegoria referente ao tereceiro céu.
Isso que vc disse é verdade, sobre o orarar no quarto. Foi Jesus quem disse mesmo. E admito que isso foi pego de forma errônea por muitas igrejas, assim como a questão do dízimo, que é do velho testamento e não precisa mais ser seguida dentre tantas outras. A igreja, qualquer igreja, católica, protestante, budisata, terá sempre suas falhas.Nisso eu concordo sim.
Acho que já expus bem o que eu pensava, o que eu sinto e acredito. Parabénas a todos os coments e ao texto também, que é muito coerente, se formos julgar pelo ponto de vista do autor.
Lola, me passe seu e-mail depois se puder.
Vou sair antes que vire briga mesmo.]Bjo a todos

Roberto Lima disse...

Eu não brigo com ninguém, mas se a discussão é boa, entra noite adentro... :)

Elisa Maia disse...

Roberto, morri com o "vá pescar"! XD

Marussia de Andrade Guedes disse...

Marília:
Eu acho loucura um gay evangélico, católico, etc. É como ser judeu e entrar para um grupo de nazistas. Também não entendo o fato de mulheres lotarem bancos de igreja quando estas igrejas as tratam como seres inferiores.
No caso dos gays eu até tento entender. Pode ser que eles achem pesado sofrer preconceito por ser gay e ainda por ser ateu. Mas no caso das mulheres, realmente, eu não entendo.

@mirinhah disse...

Legal o texto...me fez lembrar da minha infancia.
Cresci em uma familia envangelica,li a Biblia muito e frequentei escola dominical.
Meus questionamentos eram os mesmos...todos hoje superados.
Tenho sequelas dessa epoca:fobia a pessoas que usam a Biblia e religiao pra justificar seus preconceitos.

Dayane Ok. disse...

Oi Roberto, não disse com vc isso da briga,rs. mas tem gente pondo lenha na fogueira e não gosto disso.
Adoro discutir idéias, tbm vou noite adentro nisso =)!Além do que, tá na hora de eu trabalhar um pouquinho aqui,rs.
Bjos

Marussia de Andrade Guedes disse...

No texto dirigido a Lola esqueci alguns pontos de interrogacao e a palavra quando escrevi des ruminados quis dizer descriminados.

carolinapaiva disse...

Vai demorar muito ainda até que haja respeito mútuo entre as pessoas à respeito de religião e ateísmo. Em quase todo lugar, ateus são discriminados por não terem crenças, são tidos como "almas perdidas" por religiosos preconceituosos. Não raro se vê um religioso se achando superior a um ateu, pois "sua alma está salva"; "ele está iluminado, conhece a Verdade"; etc. Não são todos, é claro, mas essa é uma postura bem comum de se ver.
Por outro lado, estou começando a ver agora uma "revanche" de alguns ateus. Se acham superiores aos religiosos "desprovidos de senso crítico", com um discurso bem parecido com o dos religiosos: "pobre ser ignorante e alienado"; "eu tenho bom senso e ele não"; "sou mais inteligente por ser ateu"; etc.
E DAI que você é religioso/ateu? Religiosos precisam aprender a não se meter na vida dos outros, e os ateus empolgadinhos poderiam parar de imitar a intolerância religiosa.

Sr Dig Din disse...

Ue resolveram virar amiguinhos?

KD O SANGUE NESSA PORRA DE BLOG?

Manu SA disse...

Se tem uma coisa que eu nunca entendi nos discursos religiosos é essa coisa do "contexto".

Bem, eu desconheço a fundo os preceitos e dogmas de outras religiões que não as cristãs, portanto, meu ângulo de análise tem o cristianismo como ponto de partida.

Para os cristãos, deus é uma criatura suprema, onipresente (está em todos os lugares), onipotente (ele é o cara, tem poder para tudo fazer e tudo transformar) e por fim onisciente (aquele que tudo sabe, ao infinito e além: sobre a vida, pensamentos, sentimentos, passado, presente, futuro e toooodo o universo).

A onisciência de deus é, portanto, atemporal, até pq foi ele que supostamente tudo criou, inclusive o tempo. Ou seja, com deus, não existe essa de engano, erro, aprimoramento de ideias, de moral e de valores. O cara sempre soube de tudo, foi ele quem fez as regras do "jogo" muito antes da partida começar há cerca de 6.000 anos atrás (cof-cof).

Aí quando foi lá pela idade do bronze, ele começa a "ditar" (num modo de dar inveja a Chico Xavier) essas regras para uma porção de distintos senhores. Um pouquinho aqui, outro ali, um livro aqui, outro ali, dando origem às Escrituras Hebraicas e à primeira maior parte da bíblia cristã. Um livro santo e sagrado com dicas de como seus filhos deveriam se comportar ao longo da vida para serem merecedores do seu amor e da vida eterna. Ok!

Passado um tempo, deus descontente com as pataquadas promovidas por seus filhos na terra (ué, mas ele não sempre soube o que eles fariam, lembram da onisciência?) manda seu único filho, meio deus - meio homem (alguma semelhança com a mitologia grega?) para "salvar" os humanos de seus pecados.

Deixando de lado a parte nonsense da história, onde o criador já sabia que seu projeto de "filhos" humanos daria errado e de que ele em algum momento iria mandar um "filho" semi-humano (que ao mesmo tempo era ele, wtf?) em sacrifício, apenas para impressionar a galera da terra e inflar seu ego, vem a parte do novo testamento, que desdiz muito do antigo em nome de uma contextualização histórica, mais adequada aos tempos e à realidade daquela época. Ou seja, novas regrinhas com o jogo já rolando.

Como se não bastasse, hoje, esse mesmo "livro de dicas" ainda sofre ao bel-prazer dos emissários da palavra divina, adequações, interpretações múltiplas e contextualizações. COMO ASSIM??? Será que não percebem um grande erro lógico em tudo isso? Se o livro foi ditado pelo cara que tudo sabe, por que deveria sofrer adequações? Por que deve ser contextualizado de acordo com a época em que é lido? A sabedoria do cara não é atemporal?

Esse livro, antigo ou novo, relido, reinterpretado e repensado nada tem de divino. Foi escrito por homens primitivos que hoje certamente seriam diagnosticados como esquizofrênicos ou lunáticos. A bíblia não colabora em nada com a evolução da sociedade, muito pelo contrário, está permeada de absurdos, comportamentos e valores que qualquer pessoa sã e minimamente instruída repudiaria. Não há leitura contextualizada que salve e dignifique seu conteúdo.

Contextualização de bíblia é ola =)

Dayane Ok. disse...

Manu
"Esse livro, antigo ou novo, relido, reinterpretado e repensado nada tem de divino. Foi escrito por homens primitivos que hoje certamente seriam diagnosticados como esquizofrênicos ou lunáticos. A bíblia não colabora em nada com a evolução da sociedade, muito pelo contrário, está permeada de absurdos, comportamentos e valores que qualquer pessoa sã e minimamente instruída repudiaria. Não há leitura contextualizada que salve e dignifique seu conteúdo. "

Taí o extremismo e fundamentalismo dos quais vcs tanto falam.
E onde está o respeito que vcs tanto pedem?

yulia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
yulia disse...

Por que eu não posso possuir canadenses?" [2]

boa !!!

Sarah de Souza disse...

Escalarte

Não é que ela não possa, ela evita, porque sabe da posição dele. Meu pai não tacaria pedra nela se ela falasse nem ela tacaria pedra nele se ele começasse a colocar a opinião dele a respeito, mas como é um ambiente de trabalho, ela evita para não causar um constrangimento. Isso foi o que ele me contou durante nossa discussão.
Não é como se ele tivesse pedido "ó, não fala com sua namorada perto de mim não porque eu não gosto", nada disso! Ela, sabendo que ele é Testemunha de Jeová, foi quem decidiu evitar conversar com a namorada perto dele. Ele mencionou isso pra me explicar como ele pode conviver de boa com ela mesmo achando o homossexualismo (novamente, termo dele que eu discordo) condenável.

Só para esclarecer, eu defendo meu pai como religioso, porque não gosto do preconceito que rola com pessoas religiosas. Mas eu discordo dele quando digo que o aborto deve ser legalizado, mas questiono ele perguntando por que o "Deus que é amor" (como diz na bíblia) permite que duas pessoas do mesmo sexo se amem mas condena isso.

Sim, nós temos essas discussões e nos respeitamos. Debater é importante para nos lembrar que existem vários pontos de vista! O mundo não é quadrado! O que eu acho é que, sim, nós devemos respeitar para pedir respeito e não acho que brincar com a crença dos outros seja respeitoso, mesmo que não seja a minha (que como eu já disse, não é mesmo!)

denise disse...

Dig din vc é um figurinha carimbada, e desde quando se elogia a Lola, to preocupada se deve estar com febre.

denise disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Games do tomate disse...

Palmas para a "Manu SA" que até agora foi a única que expos um comentário tão inteligente e sagaz quanto esse post. acho que a discussão se encerrou depois desse comentário

O Andarilho disse...

muito interessante Lola... eu num sou um evangélico então não tenho o dom mutante de saber os endereços da biblia... mas O J.C. (my brother) apenas uma vez falou mal de seus irmãos quando disse que os farizeus pareciam-se como tumulos caiados.. acho que tem muito religioso assim hj, ele deixou uma mensagem bem clara "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei" bom tendo essa máxima do J.C. (my brother) conclui que nesse texto tudo é meio que aceitável por Deus menos e de forma alguma a parte dos moluscos a não isso é inadimissivel, gosto de alguns post seus Lola um grande amigo meu que não foi o J.C. (my brother) mas que tbm é bem parceiro me apresentou seu blog em alguns pontos vc pende para um dos lados mas mesmo assim vc tem bons argumentos gostei muito continue.....

Sr Dig Din disse...

denise

E vc adora pegar no meu pé! Só pq eu te detono sem dó e piedade!

VC É MASOCA? MAROLA?

Se liga mulher! Se eu to com febre vc tá com EBOLA!

vai procurar um médico.

Escarlate disse...

Sarah de Souza:

Fui testemunha de Jeová, minha mãe e minha irmã tb são. Na maioria das vezes elas me respeitam, mas tem coisas q eu não posso falar nem fazer. Tipo:
- Falar que sou ateia (minha mãe dá chilique e fala que estou blasfemando)
- Palavrão (todo mundo na minha casa, mas como já fui crente e sou "mocinha"...)
- Trazer livro com temas sobre magia/espiritismo/unicórnios
- Trazer/assistir filmes ou seriados como supernatural

É a casa dela, mas eu acho muito chato e deixo de fazer não pq respeito. Não faço pq quero evitar brigas e proselitismos desnecessários. Talvez seja o caso da colega lésbica do seu pai.

Manu SA disse...

Dayane Ok

"Taí o extremismo e fundamentalismo dos quais vcs tanto falam.
E onde está o respeito que vcs tanto pedem?"

Onde há desrespeito no trecho de meu comentário que vc selecionou? Por que vc e outros acreditam na bíblia eu devo "respeitar" seu conteúdo? Respeito vc como pessoa e defendo seu direito de acreditar no que quiser, de seguir a palavra de quem quiser, mas não tenho obrigação nenhuma de respeitar, ou mesmo de tomar como sendo verdadeiro o conteúdo de um livro que no meu entender é absurdo, atroz, misógino, sanguinário, preconceituoso e imoral.

Ademais, a palavra fundamentalismo está diretamente relacionada à anuência de doutrinas teológicas, o que não vem ao caso.

Dayane Ok. disse...

Acredito que dizer que não concorda, que acha que não tem a ver, que não crê, tudo bem. Vc não é obrigada, a questão não é discordar, mas a forma cm vc discorda.

Quer ver?

"Olha, eu acho que essas pessoas quedizem não crer na Bíblia na verdade são desprovidas de inteligência, irracionais, além de usarem seus argumentos anmtibíblicos como uma forma de continuar fazendo as merdas que fazem sem se sentirem culpadas. Acho incrível em dias atuais, ainda haver gente tão ignorante, simplória e biaxa assim."


E aí, isso soou apenas como a "minha opinião" ou como uma agressão verbal?

Falei como fundamentalismo a forma cm vc colocou "sendo e fim1" verdade o que vc acha.

Cada um puxa o peixe pro seu lado, neh. É isso aí.

Sr Dig Din disse...

Tá bonito !

O embate da Dayane ok e da Manu SA tá lindo de ver!

Só faltou o biquini e a lama!

E eu aqui só curtindo de camarote!

AHHHHHHHHHHH MULEKE!

Lord Anderson disse...

Bem, como a Lola e alguns amigos sabem, eu sou cristão (não dos melhores, mas eu tento, rs)
oq vive me colocando em dilemas internos e externos em assuntos como estado laico, sexualidade etc.

Nem sempre fui religioso e oq posso dizer sobre minha Fé, é que ela se desenvolveu por uma serie de motivos e circunstancias pessoais que não dá para contar aqui.

Mas sempre tive senso critico e amor ao debate de sorte que tenho amigos de varias crenças e ideologias.

Claro a situação as vezes fica meio "estranha".

Recebo criticas por ser religioso demais de alguns lados, e de ser de menos dos outros.

Mas tudo bem, estou acustumado a pluralidade de ideias e nunca fui desrespeitado mesmo pelo que acredito ou deixo de acreditar.

Eu tenho pouco vinculos com instituições religiosas formais (apesar de ja ter conhecido varias) e tenho uma visão propria da fé.

Alguns podem chamar de hipocrita, mas tento viver praticando oq considero certo.

Não tenho vergonha de falar das minhas crenças, de debate-las, mas tb não faço pregação e não tento não impor oq eu acredito aos outros.

Talvez seja uma maneira comoda de viver, mas é a minha, rs.

Gansoh disse...

" Também não entendo o fato de mulheres lotarem bancos de igreja quando estas igrejas as tratam como seres inferiores.
No caso dos gays eu até tento entender. Pode ser que eles achem pesado sofrer preconceito por ser gay e ainda por ser ateu. Mas no caso das mulheres, realmente, eu não entendo. "

Duas...

Dayane Ok. disse...

Dig Din

Vc é a pessoa que menos importa aqui. Continue no seu camarote.Bjos

Sr Dig Din disse...

Não fala assim que me apaixono!

Marussia de Andrade Guedes disse...

Manu
Disse tudo. Comentário digno de quem tem senso crítico!

Arashi disse...

Muito bom o post, Lola. Ainda não consegui ler todos os comentários, mas gostei muito.

Lara Silva disse...

O texto é hilário, claro!

E como outra pessoa já disse, com a vinda de Jesus o que vale é "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo."

Respeito todas as religiões. Só queria dizer que nem todas discriminam os homossexuais. Quem muitas vezes discrimina é o adepto da religião.

Eu sou espírita e coincidentemente esta semana assisti uma palestra sobre os vários tipos de família. O palestrante abordou as famílias homoafetivas naturalmente, inclusive rogando que todos se lembrassem de não ter o direito de julgar, de discriminar etc. etc. etc.

Também já vi grande vultos do espiristismo, tais como Divaldo Pereira Franco e Raul Teixeira, dizendo que temos que nos amar uns aos outros, quando são questionados sobre o tema.

No livro do Raul Teixeira, Minha Família, o Mundo e Eu, tem um capítulo sobre Famílias Homoafetivas.

Eu confesso que ainda não consigo achar tão natural, mas tenho tentado abrir a minha mente.

Mauricio disse...

Se a bília é um retrato mais ou menos fiel de Deus, ele é no mínimo bipolar, sofre de esquizofrenia, paranóia, mania de perseguição, psicopatia e tem múltiplas personalizades.
E nem adianta discutir com crentes sobre essas "incongruências" da bíblia. A fé deles está acima de qualquer pensamento racional.

Marussia de Andrade Guedes disse...

Dayane
Quando vc quis mostrar extremismo ou agressividade ao criticar as pessoas que não acreditam na bíblia vc esqueceu uma coisinha: de ser coerente. Afinal quem precisa ir contra a razão para justificar suas crenças são vocês religiosos e não nós ateus. Já ouviu falar em fé x razão ? E tem mais : nós ateus não fazemos nada em nome do nosso ateísmo. O ateísmo não tem regras, nem dogmas. Ser ateu significa apenas não acreditar em deuses, espíritos, papai noel, fadas do dente, etc.

Manu SA disse...

Dayane Ok,

Por menos que acredite, a sua exemplificação - apesar de usar adjetivos tais como "ignorante, simplória e baixa", que não aparecem em nenhum momento no meu comentário - não me agride enquanto pessoa, não a vejo como um desrespeito a mim, mas sim às minhas convicções, o que é bem diferente.

Debater é isso, é expor o que se pensa e argumentar a favor disso, é defender as próprias ideias, se possível a partir de raciocínio lógico e posicionar-se criticamente com relação aos argumentos do outro, esperando é claro, a mesma honestidade intelectual do debatedor.

Não sou porta-voz de ninguém. O que escrevo ou falo é sim uma verdade, é a minha verdade, da mesma forma como o que vc escreve e defende, faz parte daquilo que acredita, logo, da SUA verdade.

O que me incomoda deveras na postura de muitos religiosos, quando convidados ao debate, é o excesso de "mimimi" e a escassez de argumentos honestos em defesa daquilo que acreditam. Para estes, criticar, questionar e discutir dogmas religiosos, já é em si um "desrespeito". Não coaduno com a ideia de que "religião e política não se discute".

Perceba que em momento algum vc ousou argumentar as partes do meu comentário nas quais questiono incongruências no discurso cristão, apegou-se apenas a parte final, onde exponho minha opinião sobre o livro no qual vc acredita e não sobre a sua pessoa. Tomou como algo pessoal sem ter sido, lamento.

Dayane Ok. disse...

"Quando vc quis mostrar extremismo ou agressividade ao criticar as pessoas que não acreditam na bíblia vc esqueceu uma coisinha: de ser coerente. Afinal quem precisa ir contra a razão para justificar suas crenças são vocês religiosos e não nós ateus."

VCS RELIGIOSOS?

Eu agredi vc?
Fui incoerente onde?Exemplifique melhor.

E eu sei muito bem o que é um ateu, não é necessário explicação.

Niemi Hyyrynen disse...

Eu não tenho uma crença (ou não crença) muito definida em Deus, vida eterna e essas coisas, deixei em stand by

Mas, que ao ler uns comentários presunçosos de alguns ateus por aqui, me dá uma grande preguiça dá.

É uma pregação ao contrário que dá tontura...

Kron disse...

Coinciência, estava mesmo lendo este texto agora que fala sobre esse "respeito" que os religiosos tanto desejam http://igrejaateista.com.br/post/11064963413

Dayane Ok. disse...

Manu, me desculpe, mas releia, por favor:
sse livro, antigo ou novo, relido, reinterpretado e repensado nada tem de divino. Foi escrito por homens primitivos que hoje certamente seriam diagnosticados como esquizofrênicos ou lunáticos. A bíblia não colabora em nada com a evolução da sociedade, muito pelo contrário, está permeada de absurdos, comportamentos e valores que qualquer pessoa sã e minimamente instruída repudiaria. Não há leitura contextualizada que salve e dignifique seu conteúdo"


Vc acha mesmo que não usou de nada agressivo?"Homensa primitivos que seriam loucos e esquizofrênicos",, "Nenhuma pessoa SÃ e instruída".

Sou sã, sou formada em Artes ( algo que pessoas "alienadas" jamais fariam", pós-graduada na USP em Arte Contemporânea, educação e estética. Pareço pouco instruída? Não estou dizendo isso pra me vangloriar, ateh pq não é necessário, pois conhecimento se adquire, isso não significa inteligência. Há pessoas que não sabem ler nem escrever e que são muito mais inteligentes que eu. Mas só usei isso pra mostrar o quanto esse seu argumento é errôneo. Pois crer na Bíblia é uma questão de pura fé, diferente da razão.
Eu concordo que se formos usar apenas a razão, discordamos d emuitas coisas bílbicas, e não só bíblicas, mas religiosas em si. Pois cm disse, essa é uma questão de fé.

E os argumentos que vc usou, comparando a história de Jesus com histórias gregas não são novidades pra mim, já que tcc foi sobre simbologia e sei disso a muito tempo, inclusive que os orixás fazem analogia a deuses gregos, que Jesus e Maria df=fazem analogia a deuses hindus e que existe sim, um arquétipo religioso universal, presente em muitas religiões. Mas isso não é um argumento que abale a minha fé, logo, o que vc disse não passou de um mais do mesmo pra mim.

Dayane Ok. disse...

PO qwue critico não é vc não acreditar e nem estou tentando te faer crer. Tenho muitos AMIGOS ateus, que sabem que não precisam agredir as pessoas pra provar que não crêm em nenhum deus, e olha, sou muito mais respeitada por eles do que por muitos religiosos, que me vêem cm "torta",rs.

Dayane Ok. disse...

E to escrevendo td errado pq to escrevendo rápido no trabalho,rs.

Games do tomate disse...

A mais pura verdade o que a Manu disse, sempre apelam aos "mimimis" como forma de fugir da discussão, sempre se sentem ofendidos e desrespeitados com o minimo de contra argumento lançado. não adianta, simplesmente

Liana disse...

Tudo está sujeito a se alterar com o tempo. O problema é quando resolvem dar vazão a preconceitos. Teísmo já é algo plenamente estabelecido por isso afeta a vida de tanta gente, inclusive de quem não segue nada daquilo. Não vejo o problema como sendo da religião de um modo geral, seres humanos é que usam qualquer coisa ao seu alcance, política, ciência, religião, para destilarem ódio, recalques e darem vazão à ganância. Indústria farmacêutica não é instituição religiosa, mas está aí fazendo das suas e lucrando horrores. Intolerância sempre encontra um meio para escoar.

Lara Silva disse...

Manu,

nós espíritas não acreditamos que a Bíblia tenha sido ditada por Deus. E também não acreditamos que Jesus seja Deus, ou meio Deus. Fizeram esta pergunta a Raul Texeira (estudioso e palestrante espírita) e veja o que ele respondeu:


PE - Espírita acredita na Bíblia?

RT - Acredita na Bíblia sim, mas não como se convencionou religiosamente, como uma coisa sagrada. Lembramos que a Bíblia foi escrita por seres humanos. Por isso não vemos nela uma coisa que ela não é. Respeitamos a Bíblia como respeitamos qualquer outro livro de história de outros povos. Na Terra há vários livros venerados além da Bíblia, há a Bagavhad Gita, dos hindus e outros. Só que, como nosso ocidente é eminentemente judaico-cristão, o livro que sensibiliza o nosso hemisfério é a Bíblia judaica, que é um livro de história do povo judeu. Mas, Jesus é o nosso Mestre, o maior espírito que Deus enviou ao mundo para ser nosso modelo e guia. Por isso não estamos preocupados com o Velho Testamento. Estamos preocupados com o Novo Testamento, que nos ensina a viver segundo os ensinamentos de Jesus Cristo.

Nesta mesma entrevista perguntaram a ele sobre os ateus após ele explicar como deveríamos lutar para nos melhorarmos (fazer nossa reforma íntima). Veja a resposta:

PE - Isso vale também para quem não acredita em Deus?

RT - O acreditar em Deus é de somenos importância. As pessoas não ficam boas só porque acreditam em Deus. Elas ficam boas quando se sensibilizam com a vida. Há tanta gente que não acredita em Deus, mas que dá emprego, monta fábricas, gosta e trabalha pelas crianças, se ocupa com o meio ambiente, está sempre envolvida em causas de defesa social. Elas crêem em Deus sem saber. Elas crêem e amam através das obras. E estão fazendo exatamente o que as leis de Deus propõem. Ao mesmo tempo, encontramos outras pessoas batendo no peito, de joelhos, até agarradas à corda do Círio e que são frias, indiferentes ao sofrimento do outro. Defendem o embrião congelado e esquecem das crianças abandonadas nas ruas. Não é suficiente declarar crença em Deus. É importante que a gente viva de tal modo que Deus possa crer na gente. A única fatalidade que nos aguarda, demore o tempo que demorar, é a felicidade.

Dayane Ok. disse...

Games,

Mimimis pq? Pode apontar os Mimimis?
Se quer entrar na conversa, saiba argumentar, por favor.

Dayane Ok. disse...

E ah: Desculpa, mas eu fugi da discussão? Que eu saiba, estou aqui discutindo.
se tiver algo a acrescentar, etou pronta a ouvir. Se vier flr o que td mundo já disse, dispenso comentários.

Kron disse...

@Dayane Ok.
Creio que com "mimimi" ele(a) se refira ao fato da maioria (logo, não todos) dos religiosos desviarem o rumo do debate para o lado emocional (você está me ofendendo) sempre que o lado oposto começa a mostrar seus argumentos. Uma das táticas mais usadas é a do espantalho, colocando palavras na boca (ou nas teclas) dos outros.

Pedro @snoopy_xxy disse...

HAHAHAHA! Sensacional Lola! A bíblia é uma riqueza de contradições! Ou melhor dizendo, ela é feita para ser estudada e não para ler exatamente como está escrito. Pessoas que dizem ter fé esquecem que ter fé é questionar! É estudar aquilo!
Ser gay é algo natural e digo por experiência própria, é algo muito dolorido, mas muito belo também. E nunca algo chato! XD

Dayane Ok. disse...

Ah sim!Obrigada Kron!

Não acho que levei para o lado emocional, só não gostei da forma cm foi dito. me senti ofendida sim,mas pelas colocações, não pelos argumentos. Se não houve a parte do "homens primitivos", e "pessoas em sã consciência e instruídas", seria um argumento válido pra mim. Aliás, é um argumento válido, não o demereço, é o que ela pensa, disso não discordo. Só não gostei do desdém, entende.

Rafael Bessa disse...

http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/pcb_documents/rc_con_cfaith_doc_19930415_interpretazione_po.html

Carol disse...

Enfim.... "mimimi" neh? rs

patrix disse...

ser gay não é abominação, mas comer molusco definitivamente é! arg, que coisa nojenta...

Niemi Hyyrynen disse...

Tem muito "mimimi" pelo lado dos "intelectuais" ateus tb Kron.

Dayane Ok. disse...

Pois é, cada um pensa o que quer.
Poderia usar o "religiosos me onfendem, são fanáticos, por isso sou revoltado com a igreja e bla bla bla " ,cm mimimi tbm.
Mas cm disse, cada um puxa o peixe pro seu lado.
A Manu usou argumentos que eu considerei louváveis!Realmente, se formos analisar ao pé da letra, há bastante incoer~ecnia sim. Não achei nada do que ela disse, cm argumento, errado. Só não gostei das patadas que vieram junto com isso. Pra defender não precisa ofender, é isso que penso.
N verdade, to vendo muita hipocrisia em muitos argumentos aqui.Gente que não sabe defender seu ponto de vista e começa atacar. E quando começa a descer o nível, é hora de zarpar.
Até mais.
Adeus pessoas.

Dayane Ok. disse...

To vendo MUITO MIMIMI, Niemi. Mas se a gente for falar, neh?Só ouvem o que lhes convém.

Niemi Hyyrynen disse...

Dayane

Pois é, aqui rolou uma "surdez seletiva" da parte de muita gente, acho que a galera esqueceu que:

Se vc ta tentando melhorar como ser humano, criar mais empatia pelo próximo, fazer o que considera justo e correto, não tem pq vc se preocupar em ser X ou Y.

Mas isso é tão simples que fica dificil de entender

Dayane Ok. disse...

otão "curtir" aqui,rs. Curtiria isso que vc falou.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 299   Recentes› Mais recentes»