quinta-feira, 27 de agosto de 2009

EU FICO COM O APARTAMENTO

Aquele cenário de começar a poupar cedo não vale só pra aposentadoria. Vale pra quem tem filhos e quer tornar a vida deles mais fácil. Faz uns dois anos, li um artigo interessante num jornal. Haviam acabado de lançar um celular para crianças de 4 anos (alguém me explica por que uma criança de 4 anos, que raramente estará sozinha, precisa de um celular). Enfim, o jornal dizia que era mais negócio dar um apartamento para seu filho, ao invés do celular. E fez os cálculos. O celular custava 800 reais em média. Se vocês, pais conscientes, aplicassem esses 800 reais num fundo que rendesse 8% ao ano, e colocassem mais 50 reais por mês no fundo (preço médio da conta de um celular, pelo que me falaram - eu sou a marciana que não tenho celular. Prazer), quando seu filho completasse 18 anos, o fundo teria 26,6 mil. Tá, não dá pra comprar uma casa, a menos que fosse uma casa em Joinville em 93, mas digamos que vocês não mexam nesse dinheiro. Deixem no fundo, quietinho. Não precisa aplicar mais nada, nem aqueles 50 por mês. Só esqueça o dinheiro. Quando seu filho tiver 40 anos, aqueles 26,6 mil serão 155 mil. Aí já dá pra comprar um apê, não? (ou duas casas no meu bairro em Joinville).
Na minha infância não existia celular, graças aos céus. Mas tinha muito desperdício de grana. Meus pais passaram uma fase deslumbrada de sair pra jantar fora em lugares caros. Imagina o rombo na conta por levar a família de cinco pessoas pra jantar semanalmente num restaurante caro! A gente ia bastante ao Rodeio da Haddock Lobo. Pelo jeito, minha família era praticamente sócia honorária do restaurante! Quanto sai a picanha fatiada pra 5 pessoas no Rodeio hoje? A Veja SP dá como faixa de preço por pessoa R$ 125. Ou seja, absurdos R$ 625 por jantar. Se meus pais tivessem deixado de nos levar pra jantar fora um dia a menos (ao invés de 4 saídas mensais, “só” três), e aplicassem esse dinheiro, este seria um bom montante, hoje, pra dividir com os meus irmãos.
Tipo assim: se tivessem perguntado pra mim, com 10 anos, se eu preferia comer no Rodeio apenas três vezes por mês ou ganhar um apê quando eu fizesse 40 anos, o que eu responderia? Francamente? Eu acho que a resposta seria tão óbvia que eu teria que rir na cara. Desconfio que já naquela época eu era a única pessoa financeiramente responsável da família.

26 comentários:

Anônimo disse...

Lola, como dizem os budistas, a virtude está no meio. Com bom senso e planejamento, dá pra fazer um pouquinho de cada coisa. Sempre fui professora e hoje tenho meu apartamento, meu carro, o escritório equipado onde trabalho, viajo, exercito com parcimônia meu ladinho consumista e ainda 'save some for a rainy day'. Claro que, sem filhos, isso fica bem mais fácil, só tenho que dar conta de mim.

O problema do celular não é ter ou não ter, é saber usar e não virar escravo. Uso o meu desde a era jurássica, com aqueles tijolões da Motorola, acho útil e prático, mas não tenho tremores e palpitações se ele não está comigo.

Como diria sabiamente minha avó, tudo com temperança...
bjk.

Mônica
Crônicas Urbanas

Flor Juliete disse...

Lolinha, cadê o post sobre as mulheres que admiram mulheres?
Eu ia comentar... snif
beijocas

lola disse...

Flor Juliete, deu um probleminha na minha programação e acabei agendando dois posts pro mesmo dia e horário. Aí é péssimo, pq o pessoal não lê dois posts. O das mulheres sai na segunda, prometo. Sorry!

Flor Juliete disse...

Tchuuudo bem. Aguardo. Até!

Ivana disse...

Loléte, encontros em Floripa eu tô dentro! Me avisa por favor!
Beijo!

Anônimo disse...

Oi Lola,
Primeiro e mais importante, parabéns pelo concurso!!!!

Uma coisa que eu sempre penso em perguntar quando você faz posts sobre finanças é como eu faço esses cálculos. Por exemplo se eu quero ter x daqui a n anos quanto eu tenho que guardar por mês, etc.

Outra coisa, li Desonra no começo do mês, foi "o" soco no estômago, lembrei muito de você.

Bjs
Leah

Amanda disse...

Como assim celulares para bebês??! Pelo menos o negocio não deu certo, né? Os pais devem ter visto a mesma reportagem no jornal e decidiram investir no ape mesmo, ou mudaram de ideia no caminho e trocaram por um modelo mais novo seus proprios celulares.

Mas Lolinha, ai ainda existe 8% de lucros? Aqui na França fui abrir tipo uma poupança pra mim semana passada, inspirada no seu post, sabe de quanto era o redimento? 1,75% por ano! Po, de que adianta poupar assim? E ainda tinha um limite bem baixinho de euros que a gente pode por na conta, so pra impedir de render mais.

Kai disse...

Lola, olha meu caso. Meus pais fizeram esse fundo pra mim, do Banco do Brasil, chama Brasil Prev.

Hoje eu tenho 21 anos e esse dinheiro, já tava decidido, iria pra minha pós. Até que um dia meus pais anunciaram : então, filhos (somos três, e todos têm esse tipo de fundo), vamos usar o fundo de vocês para comprar um lote e uma casa em um condomínio fechado.

Ou seja, na MINHA experiencia, esse fundo só faz as pessoas ficarem com raiva! >:/

Bárbara Reis disse...

Oie :)

Eu mudo tanto de nome e foto, que acho que você deve se confundir, quem sou eu, mas tudo bem. HAHAHA... é que eu tava reformulando meu blog.

Eu quero muto começar a guardar dinheiro MESMO...eu comecei mas ta dificil, pelo pouco que ganho e ainda tenho que me bancar em tudo [meus pais não me 'ajudam'] e faço faculdade, ai já viu... eu pensei no seguinte, como é muito dificil tirar do meu orçamento 100 reais brutalmente... eu pensei assim... se eu guardar num primeiro mês 10... no segundo guardo 20... no terceiro 30... tipo assim: 10+20+30+40....ir aumentando 10 reais gradativamente... até eu conseguir tirar pelo menos 100 reais todo mês... em um ano = 780... e se eu guardar só 5o reais por mês em um ano eu terei = 600.
Logo acho que funciona mais o aumento gradativo. :]
Tudo bem que não é muuuita coisa, mas é provisório. Vou fazer free-lancer de finais de semana e feriados, ai quem sabe eu não consigo guardar um pouco mais. Eu adoro fazer conta, e ficar imaginando como eu poderia fazer, quanto eu conseguiria em tal periodo. :] Eu tô na área errada, eu deveria fazer algo na área de exatas, não comunicação... hahaha... talvez eu junte os dois e faça TI. :] huahuhuahua...


Beijão,Dra./Mestre/Teacher Lolinha!

astrocat disse...

Hahaha comigo aconteceu a mesma coisa que com o Kai. Primeiro, Lola, parabéns pelo concurso. Segundo, acho tão legal que você tá escrevendo sobre uma coisa tão não-feminina - finanças. Dá umas dicas frugais pra gente?

ro salgueiro disse...

Em Brasília, 155 mil não compra nem uma kit, acredita?

Bárbara Reis disse...

Lolinha se você escrever 10 posts num só dia, pode ter certeza que todos nós ficaremos muito felizes com a overdose, leremos os 10, comentaresmos nos 10, sem reclamar. *-*

Andrea Cristina disse...

Ai-ai... por que é que papai nunca fez uma poupança desta pra mim???
E sim, eu sou uma pessoa muito gastadeira! Uma desgraça!!! Até 2007 ganhava bolsa de IC (300 reais). Como eu conseguia sobreviver com isso??? Hoje ganhando o quádruplo, gasto proporcionalmente... droga!!!

Tina Lopes disse...

Lolinha, não seja tão dura com seus pais, não é possível que os jantares não tenham deixado uma boa lembrança e não tenham sido bons momentos - sabe a propaganda? Tem coisa que o dinheiro não paga? Bem, eu já deposito grana pra Nina mas ela só vai saber muito mais tarde, quando puder retirá-lo pra viajar ou comprar um apê - pra não gastar muito cedo com suruba e maconha na adolescência, hahahaha. E também faço questão de jantares fora, pelo menos uma vez por mês, porque a vida é curta e precisa ser curtida. Bjk.

Giovanni Gouveia disse...

Nós sempre jantamos/almoçamos fora, quando é possível, mas pagar 125 paus por cabeça tá completamente fora de orçamento...
Nunca fui nenhum pirangueiro, tampouco esbanjador. Nunca poupei, nem desperdicei. A gente vai levando, fugindo das "marcas" e procurando qualidade, e procurando dinheiro de borracha pra esticar até o final do mÊs....
A quem perguntou sobre como funciona a poupança, vai no excel, coloca um valor inicial daí na célula seguinte multiplica o valor inicial por 0,005 (isso vai ser o rendimento da poupança), e soma com o valor que vai ser depositado no mês seguinte, repita a segunda operação tantas céluas quanto forem os meses você queira fazer a projeção, voila, você tem o montante de quanto terá ao final.

E Lola, além de surfista eu já fui tanta coisa na vida que até Deus duvida...

Giovanni Gouveia disse...

melhor multiplica por 1,005, assim você tem o dinheiro adicionado o rendimento.

Anônimo disse...

Obrigada Giovanni!
Leah

Vitor Ferreira disse...

Lola, achei essa frase a cara dos teus textos:

“Beauty is the wisdom of women. Wisdom is the beauty of men” says a Chinese proverb


O que achas?

Paloma Peruna disse...

Queria tanto poupar... Mas sempre acabo optando por meus pequenos luxos (aí inclusos os almoços caros) e nunca consigo... Na hora de escolher sou cooptada por pensamentos do tipo: posso morrer de câncer em alguns anos, ou ser atropelada e blábláblá. Mas tô lutando contra meu espírito gastona-mão-aberta! Bjos

Dånut disse...

Queria ter uma conta assim feita pelos meus pais...
Mas gostei das idéias. Não sou esbanjador, normalmente. Quase sempre quando meus pais me dão dinheiro eu gasto menos que eles me dão. Só em livrarias e viagens que acabo gastando bastante (normalmente saio sem dinheiro de livrarias, e volto só com o de emergência nas viagens o/). Acredito que quando for trabalhar, daqui a um boooom tempo, não deva ser tão impossível assim guardar um pouco por mês.
Agora, 8% ao ano? Acho que não se encontra mais isso não...

Christina Frenzel disse...

MeoDeooooooooz, celular para criançinhas é too extreme, vamos combinar que elas NÃO PRECISAM DISSO, né? rs
Assim que a Ciça nasceu, fiz questão de abrir uma conta de investimento para ela, na qual, mensalemente uma quantia x é debitada de minha conta, justamente para me forçar a poupar, ao menos para ela, já que não consigo poupar para mim.

Beijos

anália disse...

Oi, Lola!
Acho muito estranho que a Rodeio esteja nesse preço. O Rodízio da Fogo de Chão, que é uma churrascaria beeeeem legal, está a R$85, acho que criança até 4 anos não paga e criança até dez paga meia.
Além disso eu tenho a impressão que,na época do milagre, quando a gente era criança, tudo era muito mais barato. Nós saíamos muito (em cantinas no Bixiga, no Galeto´s, que estava começando...) e sei a situação em casa não era das mais folgadas...
Tenta desencanar um pouco dessas contas. Teu pai estava levando vcs para se divertir um pouco (e, se era tua mãe que cozinhava em casa, provavelmente este era um presente para ela: não ter que definir cardápio, comprar comida, cozinhar comida, botar a mesa, tirar, lavar, secar, etc... Ou seja, uma folga super merecida e bem-vinda!)
Bjs,
Anália

Renata Minami: disse...

Oi Lola!
Sempre leio seus post, mas só comentei uma vez (eu acho). Eu tive vontade de comentar de novo, pois fui vendedora da Claro (operadora de celular) por quase 1 ano em um shopping de classe A de São Paulo. Presenciei mais de 10 vezes crianças entre 5 e 13 anos gritando com os pais ou avós que queriam os melhores modelos de celular.
Qdo eu dizia "mas vc não precisa de tudo isso. Isso é só pra executivo", as crianças gritavam mais e até choravam exingindo um determinado fabricante de celulares.
Eu achava tudo aquilo patético, pois não podia acreditar que era real aquele berreiro de novela, mas existe.

filipe disse...

cara, essas tuas dicas são MUITO boas. eu aprendo muito com o teu blog! não só sobre cinema/literatura. :)

Andréia Freire disse...

Ai, nada a ver com o postmas eu acabei de ouvir uma música agora e lembrei daqui. Sabe quem faz uma contestação do padrão do cabelo liso através de música? Tinha até um post do primeiro concurso sobre isso, né? Vanessa da Mata: http://www.youtube.com/watch?v=bkZy05KrFeA

Ela ainda diz: "Só tem alemão nesse país, não é mesmo?" Achei tão legal a iniciativa. Além dela "assumir" um cabelão bem crespo. Tinha que ter mais exemplos como esse pra quem sofre com isso, né?

luci disse...

tou aqui soh pra fazer uma coisa que todo mundo ja fez faz tempo: te dar os parabéns pelo concurso! :)

me deliciei com sua vitoria, porque, além de tudo (de você merecer, de achar que você sera uma profissional competente), ainda ha o fato de eu saber que todos os babacas que aparecem por aqui pra te xingar devem ter passado mal depois do post em que você anunciava o novo cargo em fortaleza. hohoho parabéns, lola!

=

ah, e celular por 800$?! u-a-u! o do meu namorado foi 100$ e o meu foi "de graça" (produto dos pontos acumulados pelo contrato do meu namorado com a empresa telefonica que ele usa). isso eh que eh negocio! :D