terça-feira, 26 de maio de 2009

AGORA QUE O GOOGLE TÁ ACERTANDO, A COLUNA TÁ NAS ÚLTIMAS

Sei que muita gente gosta dessas colunas sobre as buscas malucas que o Google traz pra cá, mas gente, lamento dizer que elas não vão durar muito mais tempo. Só não vou cortá-las imediatamente porque acho que ainda tenho material pra mais umas seis semanas, por aí (eu aviso com antecedência, tipo o gato subiu no telhado). Não é por má vontade. Eu gosto dessas seções, apesar de me tomarem um tempão. Tenho que coletar as buscas, escrever sobre elas, organizá-las, redigir uma introdução, pegar imagens etc. O problema é que o que tá chegando aqui não é mais divertido, pelo menos em boa parte das vezes. Parece que o Google finalmente tá acertando. Olhem só as últimas vinte que vieram hoje (cliquem para ampliar):Tirando o “creme hebe camargo usa”, que talvez, com esforço, possa render alguma risada, como fazer piada com “textos feministas” ou “porno amarrada violentada”? Quem procurou o “monologo trainspotting” vai encontrá-lo aqui, aleluia (pelo menos um trecho). Mas não é engraçado. E quase todas as buscas estão assim ultimamente.
Ah, quase toda semana alguém me pergunta como se faz pra ver as buscas do Google, pra instalar contador no blog etc. Eu não sei bem, porque quem fez tudo isso foi o maridão há quase um ano e meio. Vocês podem instalar o SiteMeter e/ou o Extreme Tracking, que são de graça. No Extreme, por exemplo, que é o que estou usando pra mostrar as últimas buscas, vá ao Referrer Tracking 1. O 2 traz quantas visitas cada blog manda. Dá pra ver montes de outras coisas, como a porcentagem de leitores de cada país e continente, se o pessoal usa mais Explorer ou Mozilla, e, principalmente, o número de visitas por hora, dia e mês. Bem legal, mas já vou avisando que vicia.
Se vocês tiverem alguma sugestão de como posso continuar com esta coluna das terças mesmo sem buscas esdrúxulas pra comentar, sou toda ouvidos. Por enquanto, fiquem com uma nova leva (pra quem tá chegando agora: dou nota de 1 a 5 pra cada busca, e não corrijo como elas aparecem aqui).

Eu tenho dezoito anos e transei com uma adolescente de traze anos e meio eu posso ficar presso mesmo a adolescente querendo - Como assim, ficar preso? Você já tá na cadeia? Respondendo a sua pergunta: eu não sei. Transar com gente abaixo de 14 anos anos é crime, e a lei existe pra proteger os menores que não querem transar nessa idade. Acho que os casos de gente que vai presa porque transou com um menor querendo são raríssimas. Ainda assim, sei lá, treze anos é bem novinha, né? Se eu fosse mãe e tivesse alguma escolha no assunto, não gostaria que meus filhos tivessem sua primeira experiência sexual antes dos 15 (e de preferência com alguém da mesma faixa etária). Mas não chamaria a polícia por causa disso. Nota 2.

Como comemorar o dia do farmaceutico de um jeito diferente? - Eu tenho uma pergunta melhor: como alguém procurando dia do farmacêutico vem parar aqui? Eu algum dia falei de farmácia? Ultimamente não tenho tomado nem aspirina! Também não sei quando é o dia do farmacêutico, e muito menos como ele costuma ser comemorado. Mas um jeito que parece ótimo, e diferente, é fazer uma farta distribuição de chocolate nessa data querida. Me avise se comprar a minha ideia porque eu passo na sua farmácia. Preciso mesmo comprar um creminho anti-acne. Nota 1.

Quero saber que ano nasceu que tem 40 anos de idade - Ahn, é só fazer as contas? Você pega o ano atual, 2009, e subtrai 40. Dá, vixe, calma que eu sei, só um momentinho, ok, lá vai, 1969. Eu sei porque sou de 1967. Vou deixar o mistério aí pra você decifrar a minha avançada idade. Nota 3.

Como fazer para todo mundo ver meu blog? - Espero que seu “todo mundo” seja figurativo, porque ainda é bem pouca gente que lê blogs. No Brasil, a porcentagem de pessoas que têm acesso à internet ainda é baixa, só 20%. E quantos desses 20% leem blogs? Mas, pelo que aprendi com o meu próprio bloguinho, o crescimento de visitantes é lento e gradual. Tenha paciência. Pra atrair novos leitores, faça um blog de qualidade, e atualizado constantemente. Convide os amigos. Deixe mensagens relevantes em outros blogs (as pessoas vão querer saber quem é você). Submeta algum guest post a blogs mais populares. Ponha links para outros blogs, que eles costumam retribuir. Acho que é basicamente isso. Mais alguma dica? Nota 3. (Viu, pessoal? Não tá engraçado).

15 comentários:

Adriana Calábria disse...

Lola

Eu gosto muito dessa coluna, mas se ela tiver que acabar paciência...

Afinal, as coisas são finitas mesmo.

Ando sem tempo de comentar, aliás, ando sem tempo pra nada! Mas sempre leio tudinho, viu?

Bjsss

Giovanni Gouveia disse...

buáááááááááááááááááááááá...
Todavia, como dizia Heráclito: "um homem não se banha duas vezes no mesmo rio..."

Anônimo disse...

Lola,

para o caso de haver mais gente interessada nesses programinhas de contador de visitas, é bom lembrar que o teor e qualidade das informações dependem também da plataforma de blog que o usuário escolhe. O Blogger permite muito mais acesso ao banco de dados do que o Wordpress.com, por exemplo, que possui algumas limitações quanto ao uso de Flash, Shockwave, etc., geralmente presentes nesses aplicativos.

Mônica
Crônicas Urbanas

Ka disse...

Olha só, a Lolinha tem 43 anos. Queria ser um terço do que você é quando tiver sua idade, já estaria muito bom pra mim. Sempre inteligente e linda e compartilha minha paixão por chocolate :**

Nota Preta disse...

Olha! O fato de o google estar agora acertando nas pesquisas, deve ser a princípio comemorado, ainda mais por ti que é blogueira, sinal que as coisas estão melhorando. Considerando que das falhas do google fizestes sucesso com posts bacanas, com certeza irás tirar da cartola algo mais interessante para substituir tal pauta.

Um abraço!

Giovanni Gouveia disse...

Ka, a idade de Lola está errada...

Bruno Stern disse...

E eu aqui esperando sua resposta para a pesquisa "sonhar com vermes".

Fica como sugestão substituir as piadas(as buscas já estão sem graça mesmo) e utilizar as buscas com temas mais interessantes ou desafiadores para posts sobre o assunto.

Amanda disse...

E se nós, os leitores, contribuíssemos para essa coluna? Hoje, por exemplo, meu blog recebeu a visita de alguém buscando por "Porque o homem não tem controle para mudar o amor?".
Vou doar para vc!

Anônimo disse...

é, giovanni, tem razão, 42 ou 41...

ka disse...

é, giovanni, tem razão, 42 ou 41...

Masegui disse...

Masegui bonzinho: Ô Lolinha, não para com a coluna, não, por favor!

Masegui apaixonado: Sem esta coluna eu morrerei...

Masegui conformado: Tá, quer parar, paciência... mas será uma pena.

Masegui argumentador: É trabalhoso, mas o que não se faz pra manter a freguesia, né mesmo?

Masegui pessimista: Acaba logo com isso, contra a vontade fica ruim.

Masegui alternativo: Que tal a coluna passar a ser mensal?

Masegui radical: Sem esta coluna o blog perde a graça.

Masegui ignorante: Se você parar com a coluna, nunca mais volto aqui!

ka disse...

tem razão giovanni, 42...

Renan disse...

Oi Lola, tudo bem?

Sobre essa questão de transar com menores de catorze anos, o artigo 224 do Código Penal realmente presume a violência se a vítima é menor de 14 anos. Mas há uma polêmica: minha professora de Direito Penal, mais liberal, diz que esse dispositivo é uma presunção relativa, que admite prova em contrário. Já meu outro professor, mais conservador, diz que é uma presunção absoluta. Vou tentar achar uma resposta para a polêmica.

Mas o melhor é o artigo 1520 do Código Civil: "Excepcionalmente, será permitido o casamento de quem ainda não alcançou a idade núbil (ou seja, menores de 16 anos), para evitar imposição ou cumprimento de pena criminal ou em caso de gravidez".

Ou seja, se uma menina é estuprada, mas acaba por concordar em se casar com o estuprador (pode ocorrer no caso de um namoro em que os pais dela querem ver o namorado na cadeia e ela não deseja isso), ele não é preso.

O que me deixa com um mal estar nesta questão são as mulheres que não tem muita escolha, não é? Tantas vezes você já discorreu como a mulher se vê como culpada, às vezes a pressão social não a deixa com outra escolha e etc. O que você acha desse artigo 1520?

Abraços,
Renan

Bau disse...

NÃO, NÃO, PLEASE!!!!! Este é o melhor blog que tenho o prazer de frequentar! NÃOOOOOOOOOOO!

ro salgueiro disse...

Lindona, copiei descaradamente sua seção lá no meu blog. Não pára não. Por mais que venham buscas angustiantes, sempre tem algumas que nos fazem lembrar que a vida também pode ser divertida.