sexta-feira, 13 de maio de 2016

MASCU DEFENDE PORNOGRAFIA INFANTIL

Anteontem os mascus sanctos aprontaram mais uma. 
Um rapaz chamado Mallone David de Morais, de 24 anos, que vive com o pai em Santo Amaro, SP, pôs no ar novamente um vídeo de 13 minutos que ele havia publicado em março. É um vídeo asqueroso em que Mallone, de cara limpa, com total certeza da impunidade, fala coisas abjetas como (trigger warning, ou aviso que essas palavras podem trazer lembranças terríveis a sobreviventes de abusos): 
- "A pornografia infantil, infelizmente, ela é crime. [...] Se você não tá fazendo mal pra ninguém, eu acho que o cara devia ter o direito de ter uma pornografia infantil, uma novinha de 11, 12, 13 anos. Eu particularmente, cara, eu quando vejo uma menininha dessa pelada, sabe, eu fico louco, cara, louco, porque é muito gostoso". 
- "Como podem essas menininhas de [7 a 13 anos] serem tão sensuais, tão atraentes, muito mais do que muitas mulheres adultas por aí". 
Em março do ano passado, o mascu
Mallone foi acusado de racismo.
Preferiu se desculpar
- "Eu até agora não vi nenhum vídeo em que a menina ficava fazendo cara de triste, elas dão com gosto, cara, elas adoram, elas viram os olhinhos, aquela vozinha de menininha, brother, gemendo que nem uma cachorra, mano, aquilo me deixou louco, louco mesmo, cara, sem maldade". 
- "Quando você começa a consumir pornografia infantil você não quer parar mais, porque ela não te faz mal, não é que nem cigarro, bebida, esses são vícios maus que você não consegue desgrudar". 
Mallone em vídeo de 2015
- "Isso deixa qualquer homem louco. Eu não acho que seja doença você se atrair por aquilo ali. Você se atrair por uma criancinha de 3, 4 anos que tá brincando no playground lá, que tá exercendo sua inocência de criança, aí tudo bem, aí você falar que uma pessoa dessas é doente eu concordo, mas uma lolly, que são meninas de 6 a 13 anos, uma lolly que faz coreografia sexuais, que tira o shortinho, que mostra a x*ninha, você vai me desculpar, brother, mas não é nenhuma doença você sentir tesão, porque é algo extremamente erótico, aquilo tudo peladinho". 
- "Tem que quebrar esse tabu, brother, pornografia infantil não é coisa de monstro, não são pessoas doentes que consomem. Quem consome pornografia infantil são homens de bem, homens de caráter íntegro, homens honestos, homens honrados".

É tão absurdo o que Mallone diz que fico na dúvida se ele tem algum distúrbio mental, se é um psicopata sem nenhuma empatia pelas vítimas de abuso sexual infantil, ou se gravou isso apenas para "gerar lulz" (uma gíria conhecida entre channers, frequentadores de fóruns anônimos na internet, que significa chamar a atenção falando ou fazendo besteiras para poder rir dessa atenção). 
Material de pornografia infantil
encontrado na casa de Mallone
no final do ano passado
Eu ouvi falar desse projeto de fracasso pela primeira vez no ano passado, no chan do Marcelo. Marcelo, como eu já contei algumas vezes, é um mascu criminoso que me ameaça de morte desde 2011, porque eu denuncio os inúmeros sites de ódio que ele cria. Nesses sites, Marcelo defende a legalização do estupro e da pedofilia, o assassinato de mulheres, gays, negros e esquerdistas, e o estupro corretivo para lésbicas, além de fornecer guias de estupro para diversas universidades.
Marcelo, em foto "erótica" que enviou
a seu amigo Gustavo Guerra
Marcelo e seu comparsa, o neonazista e fã de Bolsonaro Emerson Rodrigues, foram presos em março de 2012, ficaram presos em Curitiba e lá foram julgados e condenados a 6,5 anos de prisão, mas saíram em maio de 2013 e, desde então, voltaram a fazer o que faziam antes, principalmente Marcelo. 
Em 2014, após ser expulso de outros chans (e olha que todos esses chans são tão misóginos que tratam as mulheres como "depósitos de p*rra"), Marcelo criou seu próprio chan, e enviou o link pra mim várias vezes, para que eu possa acompanhar as ameaças contra mim e meus familiares. 
Gustavo Guerra atacando uma menor
de idade ontem
O chan reúne vários homens problemáticos, alguns dos quais gravam vídeos com seus rostos, como o próprio Emerson Rodrigues (ele fez mais de 25 vídeos me difamando), Robson Otto (outro difamador nojento), Kyo (que revelou sua identidade após se apaixonar por uma moça no FB; sim, misóginos também se apaixonam -- aliás, geralmente pela primeira mulher que fala com eles), um tal de Cangaceiro (que fez um vídeo dando fortes socos em si mesmo, e que Marcelo quis inventar que era meu filho), Gustavo Rizzotto Guerra (um neonazista de Caxias do Sul que já foi internado várias vezes e que, a julgar pelos posts de necrofilia e pedofilia, está pior do que nunca), e Arthur Lopes (que disse num vídeo que foi abusado por mim [!] e pichou suásticas nos muros de Aracaju). 
Arthur, pra competir com Mallone, decidiu lançar ontem um novo vídeo, em que ele diz: "O que deveria ser feito é matar e estuprar todas as mães solteiras, seus filhos também deveriam ser mortos e queimados, porque, diferente da viúva, a mãe solteira é uma mulher promíscua, uma mulher imoral, uma mulher rodada". Pra gerar ainda mais lulz, Arthur fez questão de gravar com uma estrela do PT ao fundo, fingindo ser de esquerda, quando é na realidade um reaça de carteirinha (como todos os mascus).
Porém, Arthur certamente não vai atingir o feito de Mallone, que conseguiu quase 180 mil visualizações ao seu vídeo antes de seu canal ser retirado do ar. Enquanto eu recebia várias mensagens bem intencionadas de gente pedindo pra denunciar o vídeo (mas que acabavam ajudando a divulgá-lo), Mallone se vangloriava por ter viralizado seu vídeo. 
Mais tarde, um reaça mais conhecido fez um vídeo contra Mallone, incorretamente associando-o à esquerda. Hoje, o programa Brasil Urgente, do Datena, fez uma (péssima) matéria sobre pornografia infantil (a matéria parecia ter como intenção elogiar um senador fundamentalista cristão). 
Ontem também, ao ver que o vídeo de Mallone estava sendo tão bem sucedido em chamar a atenção "do gado" (todos nós que não somos channers), Marcelo ofereceu R$ 200 se Mallone fizesse outro vídeo, desta vez dizendo que eu o apoiava, já que o alvo número um do Gologolo sou sempre euzinha. Alguém ofereceu mais 500 se ele topasse. Outros disseram que Mallone tinha que, no mínimo, gravar um vídeo vestindo uma camisa do PSOL ou PCdoB, para atrair a ira dos coxinhas. 
Clique para ampliar
Mallone voltará a ser preso em breve. No final do ano passado ele já foi levado a uma delegacia depois de divulgar um vídeo (comparativamente muito mais suave que este de agora) elogiando a "sensualidade" de uma funkeira mirim, MC Melody, de 8 anos (em seu vídeo recente, Mallone admitiu:
"Eu inclusive já fui detido com pornografia infantil, uma lei ridícula que você não pode nem ter a liberdade no seu computador de baixar o que quiser"). Em janeiro, Mallone pagou fiança e foi liberado, não sem antes dizer à imprensa que não iria parar e nem ser preso. 
Agora vai, Polícia Federal?
Espero que desta vez ele tenha que permanecer alguns meses na cadeia. E já passou da hora de seus outros amiguinhos voltarem pra lá também. Eu quis transcrever as palavras hediondas de Mallone para mostrar que não se trata de opinião. O que ele e outros mascus fazem é crime mesmo. E devem ser punidos por isso.
Esta charge do Malvados parece feita sob encomenda para os covardões da internet
 

61 comentários:

Anônimo disse...

Lola, tira as fotos da MC Melody. Respeita a criança. Desnecessário expô-la assim, especialmente em uma postagem em que fala de um cara que está objetificando ela.

Anônimo disse...

A tal moça que seduziu o Fuego Sancto é uma succubus psicopata sem coração que seduziu três de nossos melhores misoginos.

Anônimo disse...

Pior que fica difícil pensar que não será merecido se ele apanhar da polícia e for estuprado na cadeia.

Eu sei, violência policial ceifa muitas vidas inocentes e que estupro seja uma violência inominável, tamanha a crueldade. Mas se ele for vítima dessas violências, será que ele não aprende a extensão daquilo o que defende?

Anônimo disse...

Credo, que choque de realidade. A gente esquece que esse tipo de gente existe de verdade!!

Anônimo disse...

O cidadão que defende o desejo por pirralhas com menos de 13 anos é um doente a ser vigiado de perto. Um tarado no mínimo deve saber que sente coisas impróprias.

lola aronovich disse...

Anon das 11:49, eu peguei as fotos da MC Melody de uma matéria do G1 sobre Mallone do ano passado, e cobri parte do rosto dela. Não acho que estou expondo alguém.


"Succubus psicopata", ha ha ha. É isso que mascus acham de qualquer mulher. Adorei quando a Julia fez três misóginos se apaixonarem por ela: Kyo, Guerra, e Technomage (teve mais algum que esqueci?). Misóginos até que alguma moça lhes dê o mínimo de atenção...

Anônimo disse...

Esperança pra quê?
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/05/pm-desocupa-etec-e-alunos-sao-levados-delegacias.html

Anônimo disse...

Seu trabalho de denunciar esses criminosos é de extrema valia para a sociedade. Continue, é muito importante.

Se eu tivesse um filho assim, colocava para fora de casa.

Abs

Macho Capitalista

Anônimo disse...

Lola a Julia também fez o Gabriel Sanctos se apaixonar por ela a ponto de se tornar um alcoólatra. O Emerson quase caiu também no conto da sereia.

Anônimo disse...

o lixo do marcello melo apareceu numa página de facebook pró-pedofilia fazendo apologia, isso em meados de fev

Pena eu não ter tirado prints

Anônimo disse...

Depois q eu digo q omens são anomalias y, não sabem pq

Anônimo disse...

A misoginia e a pedofilia estão intrinsecamente ligados.Parece que ódio por mulheres adultas se contrapõe ao ''amor'' por garotinhas, é como se fosse a forma mais favorável, agradável e eficaz de expressar a ojeriza ao sexo feminino.Isso é bem explicado no livro Lolita, onde um homem velho, fracassado, se ''apaixona'' por uma menina de doze anos de idade, até se casa com sua mãe (que por acaso odeia) para ficar próximo da menina.Para mim a pedofilia tem duas razões, a patologia em si e a misoginia, a nossa cultura e a de outros países patriarcais representa isso muito bem, vide os termos novinha, ninfeta, entre outros.Com o avanço das leis contra a pedofilia a prática teve que se tornar mais silenciosa, então a preferência passou para adolescentes entre 15 e 19 anos, mas com o mesmo intuito, ora, que melhor maneira de subjugar o sexo feminino poderia haver, além de sexualizar e abusar elas ainda quando crianças, e isso com o combo de naturalizar essa aberração doentia, sim , doentia, o que um home adulto quer com garotas tão novas?As possíveis razões que vem a cabeça são uma pior que a outra.A naturalização da menina ser sexualizada desde que passa uma certa idade( que na minha opinião continua sendo o critério medieval da menarca) é tão presente na nossa cultura que ninguém vê nada de errado em relacionamentos ''consensuais'' de homens adultos e adolescentes, no máximo criticam a própria GAROTA por estar sendo -safada-, já o homem é vangloriado pela sociedade por ser um predador de adolescentes.Enfim, acho que a misoginia e o machismo é um fator chave para a pedofilia em alguns casos.

Anônimo disse...

Eu entendi o ponto do post mas as fotos da menina são de péssimo gosto. Cobrir o rosto dela não adianta se você diz quem ela é. Tem como remover não?

Anônimo disse...

ora, que melhor maneira de subjugar o sexo feminino poderia haver, além de sexualizar e abusar elas ainda quando crianças



Lembrei de quando era adolescente e tinha uma amiga(15 anos) que quando eu ia pra casa dela o pai dela ficava dando em cima de mim. Na época em nem sabia disso, pra mim só era um cara grosso que dava em cima de mim. Era exatamente isso que fazia: me elogiava fisicamente e me humilhava e falava de sexo comigo. Só pra exemplo falava bem "dá pra ver que ela não muito dinheiro, né Esmeralda?" (Esmeralda era uma conhecida). Na minha frente pra todo mundo ao vir entre outros. eu não sabia como agir diante da situação. Hoje tenho 24 anos e sei que aquele cara que devia ter 40 anos queria me comer, mas como não conseguiu ( sequer entendia do que tava acontecendo)me agredia.

Anônimo disse...

Denúncias de estupros são sempre reais e a palavra da vítima deve possuir presunção absoluta de veracidade!

OPS...

Após ficar mais de 1 ano preso por estupro, jovem prova inocência no RS
Diogo Lucas foi condenado por violentar uma adolescente em Rio Grande.
Após protestos, delegada revisou processo e menina confessou que mentiu.

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/05/apos-ficar-mais-de-1-ano-preso-por-estupro-jovem-prova-inocencia-no-rs.html

Anônimo disse...

E aquela novela lá, da marina ruy barbosa fazendo par romântico com o fábio assunção?

Gai disse...

Loja, tire a foto da McMelody. É exposição sim. Mesmo vendada o corpo sensualizado está visível e todos sabem que ela porque você a cita. E ademais não devemos postar nenhuma imagem de criança e adolescentes sexualizadas, pois esses nojentos vibram!

Anônimo disse...

"Enquanto eu recebia várias mensagens bem intencionadas de gente pedindo pra denunciar o vídeo (mas que acabavam ajudando a divulgá-lo), Mallone se vangloriava por ter viralizado seu vídeo. "

Desculpa Lola, mas vc tá fazendo a mesma coisa.

Anônimo disse...

Se você não concorda com a exposição erotizada de uma criança, por qual razão está fazendo isso em seu blog? Tapar os olhos não adianta. Em um video de pedofilia, se a garota estiver usando uma máscara tá tudo bem?

Anônimo disse...

Eu estou horrorizada com esse relato, Lola.

Primeiramente eu quero agradecer e parabenizar você por sua atuação incansável e corajosa no combate a esse tipo de crime tão nocivo e asqueroso. Imagino quanto tempo e paz de espírito isso consome no seu dia a dia, sem contar as ameaças (mesmo as mais esdrúxulas, como "a lola abusou de mim" me arrancariam alguns cabelos da cabeça).
Orgulhe-se da sua inteligência emocional ao lidar com tudo isso, porque só de ler o post o dia já acabou pra mim.

Infelizmente, a indústria pornográfica ilegal movimenta montanhas de dinheiro, justamente porque há esse tipo de consumidor. Muito sequer chegam a abusar diretamente de uma criança, mas para satisfazer sua lascívia doentia muitos menores tem sua infância roubada. É triste demais.

Concordo com quem combinou a pedofilia com a misogenia, realmente, essa preferência por crianças é um sinal de ojeriza por mulheres adultas.

Ainda que a pedofilia seja uma patologia, e eu concordo que seja, pois é uma orientação sexual que jamais pode ser colocada em prática, já que uma das partes não tem capacidade de consentir essa relação, não devemos tratar esses criminosos como se pacientes fossem.

Com tanto tempo livre a maioria poderia se informar, procurar tratamento psicológico para amenizar sua doença, mas não, eles preferem alimentar isso, a custa do sofrimento de crianças inocentes. Imperdoável.

Eu me pergunto se esses homens só são assim no mundo virtual, e possuem uma imagem aceitável no mundo real. Quem são eles? será que poderia ser um colega de trabalho nosso? não porque pelo visto não trabalham, mas será que a família desses nojentos sabe a identidade que eles assumem na internet?

Alícia

Anônimo disse...

"o programa Brasil Urgente, do Datena, fez uma (péssima) matéria sobre pornografia infantil (a matéria parecia ter como intenção elogiar um senador fundamentalista cristão)."

Perdeu a mão ai Lola desculpe mas tenho que falar, o Senador Magno malta lutou muito a frente da CPI da pedofilia, participou de diligencias junto com a policia para desbaratar redes de pedofilia de gente poderosa pelo país, foi ameaçado de morte junto com ameaça de estupro para suas 2 filhas, a lei anti pedofilia no brasil que e rígida foi aprovada no congresso com muita luta do senador. Não acho justo que somente por ele ser de uma corrente ideológica diferençante da sua e por ser cristão você desmereça a pessoa e o trabalho serio do senador. Humildemente aconselho a ter cuidado para não acabar ficando tão intransigente quanto aquilo que combate.

titia disse...

Não consegui ler o texto do nojento todo. Sério, nem de merda dá pra chamar esse texto de tão horrível que é. Como, como alguém assim está solto na rua? Qual o nível de incompetência do nosso judiciário quando um pedófilo confesso, com porte comprovado de pornografia infanto-juvenil e que defende abertamente a pedofilia está solto pelas ruas? E isso apesar das provas, porque provas de que essa aberração tem que ser presa já tem até de sobra! Mas não, cadeia é PPP, pra preto, pobre e prostituta, imagine se vão mandar um macho branco hétero pra cadeia só por gostar de novinha! Que nojo. Já devia ter se matado.

Anônimo disse...

Temos uma Freddie Oversteegen de mascu?!
Lacrou, miga!

Anônimo disse...

"Denúncias de estupros são sempre reais e a palavra da vítima deve possuir presunção absoluta de veracidade!

OPS..."

Enquanto isso, os próprios homens provam que são estupradores em potencial:
"Todas as evidências nos apontam que, por natureza, todos os homens são estupradores em potencial. É a nossa cultura, nossas leis, ética e crenças que nos impedem de sê-lo de fato"

http://veja.abril.com.br/noticia/mundo/a-intima-historia-do-estupro-e-da-guerra

titia disse...

17:11 num post falando sobre um pedófilo confesso, com provas de que ele É pedófilo, posse comprovada de pornografia infantil, autoria de um vídeo em que não só se assume como pedófilo mas defende a pedofilia, 17:11 vem defender os pobres machos brancos héteros acusados injustamente de estupro. Trazendo um único caso de falsa denúncia enquanto milhares de mulheres são estupradas e ignoradas todos os dias; enquanto dezenas de mulheres morrem por revenge porn; enquanto meninas sofrem abusos sexuais de velhos nojentos e são silenciadas pela própria família; enquanto crianças são estupradas e violentadas pela indústria pornográfica.

Conclusão: o anon das 17:11 também é um pedófilo estuprador que sonha em estuprar criacinhas e veio defender seu parça. Favor morrer com um tiro de escopeta na barriga, onde a morte é mais dolorosa e demorada. E antes que venha pra cima de mim defender sua "honra" dizendo que está sendo acusado injustamente, mascu imbecil, vá tomar no rabo porque é exatamente isso que você é. Quem você pensa que está enganando?

Anônimo disse...

Alguém poderia explicar a história da Júlia? Essa que os mascus se apaixonam?

Anônimo disse...

Video bacana, explicando bem explicadinho qual o problema em você se omitir na situação que você poderia estar impedindo

https://www.facebook.com/NaoKahlo/videos/420248548148817/

Quem se omite faz junto.

Anônimo disse...

"titia"

Fui eu que postei o link da notícia das 17:11, que, por sinal, não tem ligação alguma com o caso do post. Mas, como é comum a postagem de notícias relacionadas ao feminismo na seção de comentários, ainda que não tenham ligação com o post, publiquei o link (o que foi permitido pela dona e moderadora do blog).

A notícia não contradiz nenhum dos argumentos que você elencou e nem teve esse propósito. A maioria das denúncias de estupro certamente é real. No entanto, um dos argumentos levantados por muitas feministas é a defesa da presunção absoluta de veracidade para a palavra da vítima, ainda que tal alegação apresente diversas inconsistências. A notícia corrobora a impossibilidade de se adotar o referido julgamento em circunstâncias jurídicas, pois comprova que acusações falsas de estupro, apesar de constituírem uma parcela minoritária de denúncias, ainda são reais.

Anônimo disse...

Lola, gostaria de vos parabenizar pelo belíssimo blog. Este blog é um verdadeiro dossiê destes criminosos mascus sanctus. Nele estão todas as provas necessárias quanto a atuação destes petubados mentais.

Já fui duramente criticado por estes channers, sou chamado de cuckold, corno e retardado frequentemente. Eles infernizam minha vida pois sou um brasileiro que se deu muito bem no Canadá.

O blog dogolachan é composto por um festival de pseudo-marginais, mascus e nazistas. Mas ele parece ser apenas uma ponta do Iceberg. Um contato meu me avisou que estes criminosos sanctos também possuem uma rede social na deep web, em alguma camada profunda, onde somente um pequeno grupo de sanctos selecionados é que sabem o endereço e possuem o acesso. Nesta rede social profunda eles confessam seus crimes e expõem fotos. Este meu contato foi expulso do círculo deles antes de possuir acesso, mas não vamos desistir até descobrir essa rede social e entregá-la para a Polícia Federal.

Conte comigo nesta incessante luta.

Izzy N.

Anônimo disse...

pedofilia é uma coisa horrivel e deveria dar pena de morte.

POREM

Eu sou contra prender alguem só pelas merdas que ela diz. sou a favor da liberdade de expressão total. deixem o maluco falar as merdas dele a vontade


Anônimo disse...

A propaganda pedófila está em todos os lugares e isso vem PRINCIPALMENTE da pornografia. O abuso sexual contra crianças é o último estágio da socialização masculina, não é atoa que mais de 95% dos pedófilos são HOMENS.

Esse masculinista criminoso nojento é apenas a ponta do iceberg, se vcs soubessem como a indústria pornográfica pressiona leis para a "baixa de idade de consentimento" para poderem fazer filmes com menores de idade vcs ficariam enjoadas.

Anônimo disse...

Esse Mallonne é obviamente um doente mental.

titia disse...

19:06 quando "falsa denúncia" é desculpa de todo mundo pra que não se puna o estupro, quando duvidar da vítima é lei, quando culpar a vítima e tentar achar algo que ela tenha feito pra "merecer" o estupro, quando menos de 50% dos casos de estupro no país não é sequer denunciado, quando as vítimas são caladas pelas próprias famílias e abandonadas pelos amigos, quando tudo isso é regra e não exceção, é absurdo e desumano vir num lugar onde muitas mulheres violentadas tem talvez a única chance de desabafar, dividir o peso e os traumas, encontrar solidariedade e apoio pras suas dores pra dizer que as mulheres são mentirosas e defender os pobres homens (pouquíssimos) vítimas da (raríssima) falsa denúncia de estupro. Pessoas com um mínimo de empatia, que não tenham a cabeça enfiada no rabo e olhem além do próprio umbigo-ou melhor, do próprio pinto-por 10 segundos sabe que NÃO se fala sobre falsas denúncias de estupro (repito, raríssimas) num lugar que seja talvez o único em que essas mulheres podem falar e encontrar apoio a invés de acusações e humilhações. Entendeu ou tem que desenhar?

Anônimo disse...

Discurso de ódio e apologia ao crime não estão sob o pálio do direito à liberdade de expressão.

Anônimo disse...

Uma dessas na fuça ele não quer, né?
http://meiobit.com/343516/pantex-mulheres-montaram-ogivas-nucleares-norte-americanas-durante-guerra-fria/?ref=yfp

Anônimo disse...

ANON DAS 20:47: O cara não está somente "falando as merdas dele a vontade", ELE ESTÁ COMETENDO UM CRIME GRAVE, DENOMINADO "APOLOGIA AO CRIME" PREVISTO NO ARTIGO 287 DO CÓDIGO PENAL, IN VERBIS:

Art. 287 - Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime:

Pena - detenção, de três a seis meses, ou multa.

Ou seja, não se trata somente de uma questão de liberdade de expressão.

Anônimo disse...

"sabe que NÃO se fala sobre falsas denúncias de estupro (repito, raríssimas) num lugar que seja talvez o único em que essas mulheres podem falar e encontrar apoio a invés de acusações e humilhações" Titia - 00:21

Não cabe a você delimitar o que será discutido na seção de comentários. Essa é uma decisão que compete unicamente à dona do blog. Se meus comentários foram aprovados, é porque certamente não continham o suposto discurso de silenciamento que você apontou.

O blog, apesar de também funcionar como espaço de acolhimento, consiste em um dos principais veículos informativos acerca do feminismo no Brasil. Logo, sua atuação não se resume ao provimento de apoio emocional às vítimas, mas também de exposição de argumentos e de propostas que pretendem modificar determinados padrões sociais e legais. Quando um desses argumentos defende certa generalização que, invariavelmente, acarretará injustiças, a pertinência das críticas torna-se evidente.

Anônimo disse...

Ok, eu sei que não devia, mas o "sem maldade" me fez rir...

Anônimo disse...

Não acho que o lugar desse cara é na prisão, só vai sair de lá pior, deviam mandar para um hospício e deixá-lo lá pelo resto da vida.

titia disse...

11:57 quem falou em discurso de silenciamento foi você. Eu falei em ter empatia com as vítimas. Em não aproveitar um post sério sobre um assunto gravíssimo que é tratado com descaso pra vir de "ai pobrezinhos dos homens vítimas dessas criaturas perversas que são as mulheres, que mentem sobre terem sido estupradas o tempo todo pra prejudicar us pobris zomis inocentis". Em ter o mínimo de humanidade, sabe? Principalmente com vítimas do único crime em que a vítima é que tem que provar que não tem culpa. Você pode falar o que quiser aqui, fique à vontade pra chorar. Mas se você falar vai ouvir; e vai ouvir MUITAS críticas e muitas oposições ao que você diz. Faz parte da livre expressão, sabe? Quem não concorda com você, quem acha ridículo e uma falta de respeito imensa você vir espalhar o mesmo discurso machista, os mesmos lugares comuns da cultura de estupro usando como desculpa os homens vítimas de injustiça (poucos, aliás, não esqueça esse detalhe) num lugar que às vezes é a única acolhida da vítima pode falar também.

Se quer falar vai ouvir. Ponto. Não quer ouvir, não fale. "Exposição de argumentos e de propostas que pretendem modificar determinados padrões sociais e legais" desde quando denúncias falsas e homens presos por elas são padrão? São exceção; padrão é estuprador sair livre, leve e solto pelas ruas com plena liberdade pra estuprar mais porque ele é sempre o inocente e a vítima é sempre a culpada. Mas esse padrão você não quer modificar, né? Não, esse padrão pode ficar como está, o que não pode é as raríssimas acusações falsas continuarem acontecendo. Milhões de mulheres estupradas e abandonadas pelo Estado? Besteira! Mimimi! O importante são as poucas dezenas (se é que chegam a tanto) de acusações falsas contra homens e que quase sempre são notícia de primeira página quando resolvidas - e são resolvidas mais rápido que os estupros. Mas chega de alimentar o troll por hoje que eu não sou babá de mascu. Seu pai é quem devia ter te dado educação, não eu.

Anônimo disse...

"Titia"

Engraçado que você fala sobre choro e sobre falta de educação, mas quem, em comentários exaltados, me chamou de pedófilo, de estuprador e de desprovido de humanidade, foi você. Eu não reclamei hora alguma das suas críticas (que foram as únicas que recebi, por sinal). A única pessoa que demonstrou certa limitação em processar opiniões contrárias foi você. Não entendo muito de psicanálise, mas creio que o conceito de projeção se aplique perfeitamente sobre esse caso.

Quando me referi aos "padrões e valores" que o blog questiona, obviamente estava me referindo ao machismo, e não às falsas denúncias de estupro, que, como falei diversas vezes, não são a regra.

No entanto, o fato de haver mais denúncias de estupro reais do que forjadas não muda a realidade de que as falsas acusações configuram graves injustiças. A reprovabilidade de determinado ato não pode ser avaliada unicamente pela proporção em que ele ocorre. Portanto, o argumento de inquestionabilidade da palavra da vítima, em circunstâncias jurídicas, é manifestamente nocivo, não obstante o fato de as denúncias falsas serem minoritárias.

Vicky_ disse...

Defensor dos homens, favorzinho, vai arranjar o que fazer que do seu tipo aparecem uns 20 por mês no Blog.
Vai montar alguma ONG ou coisa do gênero se se importa mais com os caras que com as vítimas. Tomar no cu.

Anônimo disse...

Já provou que é alguém sem empatia que não se importa de forma alguma com as vítimas. Demonstrou não se importar com a dor de quem sofreu abusos desde o primeiro comentário, carregado de sarcasmo e deboche. Cara, aqui você não engana ninguém.Não adianta usar de linguagem rebuscada para disfarçar a sua misoginia. A Lola não apagou seus comentários, mas você já deveria ter percebido que está sendo extremamente inconveniente. Vá comentar (usando de seu juridiquês pedante e medíocre) no G1, na UOL e outras páginas onde grassam sujeitos asquerosos defensores de estupradores (talvez você tenha algum motivo em particular para defende -los. Identificação? Não sei). Nestas páginas você certamente será muito bem recebido. Mas aqui, não.

Anônimo disse...

O cara vem aqui, num espaço onde estamos debatendo que um pedófilo confesso e portador de pornografia infantil está livre, leve e solto, para tratar com deboche as feministas que acreditam na palavra da vítima. Meu caro, aqui se acredita na palavra da vítima pois em raros espaços (até com amigos e família) essas mulheres têm de ouvir o quão são culpadas. "E essa saia?", "O que foi fazer lá naquela hora da noite?", "Quem manda viajar sozinha?", "Quem mandou beber?". Até as meninas vítimas de abuso sexual têm de ouvir que estão sexualizadas demais com o funk ou ver seus agressores soltinhos da silva pois elas estavam em situação de prostituição. Aqui não compactuamos com esse discurso.
Se a denúncia é falsa, sinto muito, essa pessoa não é feminista e está contribuindo para que pessoas feito você duvidem de relatos reais. É um falha de caráter e nós não podemos aqui controlar o caráter alheio. A pessoa foi prejudicada? Já está previsto juridicamente que ela corra atrás de seus direitos, exigindo retratação e indenização.
Não pense que somos inocentes. Como você, tem uns 20 ou trinta por mês neste blog tratando com escárnio e deboche vítimas de estupro. Em cada post de estupro, esse número dobra. Você começou com deboche e depois de enquadrado, disfarçou suas más intenções em vir aqui (debochar, admita. Você não veio aqui propor soluções) com um jurisdiquês medíocre, linguagem pedante e falso bom mocismo. Quer criticar? Critique. Critique sem deboche, sem escárnio, traga fatos, proponha soluções, dialogue. Agora se quiser aqui defender estuprador, não espere que fiquemos caladas.

Anna

Milton disse...

Bom lembrar que Roberto Flávio Cavalcanti do Rio, era amigo de Marcelo Valle e de Emerson Eduardo Rodrigues, os dois do blog de Sílvio Koerich, que defendia estupro de lésbicas e abuso de crianças, as drogando, inclusive e foram condenados cada um a 6 anos de prisão. Ele escreveu em apoio aos dois no próprio blog Sílvio Koerich. Roberto Flávio Cavalcanti é conhecido pelas suas afirmações de ódio a gays e ateus e fechou o próprio blog, um deles, por medo de processo.

Samira disse...

Esse nome é verdadeiro? É bom se ter cuidado porque existe um corredor de Kart com um nome idêntico. http://www.faspnet.com.br/noticia_exibe.php?noticia_id=3684
Espero que não seja a mesma pessoa. Qual é realmente o nome desse cara do vídeo? Será que existe um homônimo com nome tão incomum? O nome aparece na lista de corredores. A corrida foi em 2009.

Classificação Final – 1ª Etapa Copa São Paulo de Kart Granja Viana:

Categoria Pró 500

1º - Badix/Apka/Massoni – 30 pontos
2º - MV Racing – 26 pontos
3º - MV Racing – 21 pontos
4º - Thiago Farina – 19 pontos
5º - MV Racing – 17 pontos

Resultado2ª bateria

1º - Badix/Apka/Massoni – 40:43:149
2º - V. Teiji/J. Urbano – 40:55:127
3º - MV Racing – 40:57:564
4º - Tejofran/Power Seguro – 41:08:129
5º - Di Andrea/ Itarai/LC Racing – 41:22:122

>>>>>>>>>>>>>>>>>6º - Mallone David de Moraes – 41:23:655 <<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

7º - Thiago Farina – 41:24:130

Anônimo disse...

Em meio a acusações de insensibilidade emocional e de mediocridade no domínio da língua, não vejo qualquer refutação ao argumento que, pela última vez, repito: a presunção absoluta de veracidade da palavra da vítima não é um critério seguro para ser usado em tribunais.

lola aronovich disse...

Anon, os dados do Mallone eu já tenho. Agora queria os dados desse "Cangaceiro" (Ryan? Renato?) que se diz meu filho. Ele é menor de idade, pra começar?

Anônimo disse...

Crianças estupradas não te sensibilizam. Deveria sentir vergonha da sua existência. Ninguém precisa das suas lições de Direito, seu boçal. Aqui no blog existem juristas com EMPATIA. Você é desnecessário.

Anônimo disse...

13:02 essa presunção não existe, anta. É só ler o blog pra saber que isso não existe. É só perguntar a qualquer vítima de estupro que tenha denunciado.

Anna M. Reis disse...

"pedofilia é uma coisa horrivel e deveria dar pena de morte.POREM
Eu sou contra prender alguem só pelas merdas que ela diz. sou a favor da liberdade de expressão total. deixem o maluco falar as merdas dele a vontade
14 de maio de 2016 20:47"


Anonimo de 14 de maio, 20:47. Presta atenção.
1- Pedofilia não é crime, é distúrbio emocional. Um pedófilo é uma pessoa que sente desejo sexual e/ou romântico por aqueles que não passaram da puberdade. Nem se aplica a adolescentes com corpo já bem desenvolvido.
2- Quem comete abusos sexuais contra crianças é estuprador. A maioria não tem desejo específico por crianças, são apenas assaltantes ou viciados que aproveitam uma oportunidade de sexo fácil que tanto faz ser com a mãe ou com a filha ou filho. Não é um pedófilo, é um estuprador.
3- Pedofilia, na verdadeira acepção da palavra só é horrível para o portador de tal distúrbio, pois sente atração que se realizar, pode lhe custar processo e ódio das pessoas. Não escolheu ser pedófilo, nasceu assim como as pessoas não escolhem ser heterossexuais ou homossexuais, já nascem héteros ou homos.
4- Ninguém precisa de sua opinião baseada em emotividade excessiva ou sadismo acobertado por pseudo-moralismo e "defesa de crianças" (estilo Magno Malta, um mal caráter que usurpa uma causa em nome de usá-la como alavanca para sua carreira e manter um eleitorado cativo) ao defender que "pedófilos", na verdade, pessoas que abusam frequentemente ou em um único caso, de crianças, sejam punidos com morte. O crime tem que ser proporcional ao delito. Pena de morte só poderia ser aplicada a quem mata e mesmo assim é uma punição deplorável por vários motivos.
Se você não é candidato a merda nenhuma, se apresenta como anônimo e não vai ganhar votos, afagos ou dinheiro, pode nos fazer o favor de nos poupar de opiniões fascistoides em defesa de punições cruéis só para satisfazer sua agenda sádica e insana.
Quem abusa sexualmente seja de uma pessoa adulta ou uma criança merece todo o peso da lei, mas da lei legítima e não de arbitrariedades fundamentadas em puritanismo hipócrita que serve de máscara para psicopatas sádicos e inclinados a linchamentos.
Matar é pior que estuprar. E quero acrescentar que os pais e mães que deixam que suas filhas sejam gravadas dançando com gestos que simulam movimentos do ato sexual, como é a forma que se "dança" funk e os coloquem no Youtube e pais e mães que deixam que filhos e filhas até mesmo menores que 10 anos de idade, como essa "cantorazinha" aí, que é vestida e maquiada como se fosse adolescente e tem sua imagem sexualizada é que deveriam ser punidos duramente pela lei por exporem as crianças dessa maneira. Estão ajudando a espalhar e provocar o desejo de homens, na maioria, emocionalmente instáveis ou com distúrbios sexuais. São esses pais, que deveriam perder a guarda de seus filhos e filhas, os maiores responsáveis por grande parte de agressões contra crianças. E também os produtores que prostituem essas crianças por dinheiro. Verdadeiros cafetões.
Deixe-me alertá-lo que sou da área do direito, portanto escrevo com conhecimento

Anônimo disse...

Foda-Se vc é foda-se sua área de merda, seu lixo. Estupro é pior do que a morte, e eu desejo do fundo do meu s2 q vc sinta isdo na sua pele imunda de pedófilo. Morre diabo

Anônimo disse...

Ô cara da área do Direito, que tem a necessidade de alertar que escreve com "conhecimento"... Vou falar baixinho, pra não ficar muito feio para você: em qual galáxia matar é pior que estuprar? Nunca passou pela sua cabeça que o pior tipo de morte é aquele em que a vítima permanece viva, muitas vezes sendo apontada, discriminada e julgada? A empatia precisa ser apresentada a você, com urgência, já que seu vasto conhecimento não te fez adquirir o básico.

Anônimo disse...

Conheço bem esse asqueroso. Já tive que responder a comentário homofóbico dele no youtube tentando me convencer que eu era "muito bonita pra ser lésbica". Depois disso era uma encheção de saco dele indo atrás de mim em redes sociais que toda as redes que ele me achava eu tinha que bloquear. E curioso que toda notica LGBT ele tava lá pra dar pitaco, é muita falta do que fazer na vida. Uma vez ele chegou até a dizer que quando era menor tinha trejeitos homossexuais e que apanhava pra resolver, então da pra entender pela criação que ele teve, quem ele se tornou e da pra perceber porque nutri tanto uma homofobia pra se sentir mais masculo.

Graziela Leite disse...

Quem escreveu aqui que estupro é pior que morte, se for mulher e for vítima de ameaça de estupro, vai pedir para ter sua vida poupada até mesmo dizendo "faça qualquer coisa mas não me mate". Isso é fato que conheço pessoalmente e qualquer policial, principalmente das delegacias da mulher, sabem disso. Se for homem e tiver sua esposa sequestrada e ameaçada de ser estuprada mas não morta, ou morta mas não estuprada, vai se sentir aliviado em tê-la de volta íntegra. Seus pais certamente vão ficar felizes em encontrá-la viva, mesmo que tenha sido abusada, muito mais do que ter que fazer o funeral de uma jovem, talvez uma adolescente ainda, com toda a vida para se tratar e se recuperar. E sim, vítimas de estupro podem e sempre se recuperam. Mortos não se recuperam e não voltam. Vejo comentários histéricos aqui típicos da ideologia que vê mulher como posse do "seu macho". Não suportam a ideia de que "sua propriedade" tenha sido usada por outro macho. São fascistinhas ignóbeis que nem merecem ter comentários respondidos, até porque nem se identificam, são anônimos. Vai dizer que estupro é pior que morte se um dia uma filha ou mãe sua estiver colocada entre as duas hipóteses. No fundo vocês sabem que prefeririam ter a filha ou mãe de volta viva. Caso contrário vocês são profundamente doentes e precisam procurar tratamento. Tanto ou mais do que esse Mallone.

Anônimo disse...

Quantos B.O. você fez contra eles? E se isso não resultou em nada, quantas vezes vocês enviou cada informação que juntou ao longo dos anos para o Ministério Público?

Anônimo disse...

Quem é essa Júlia, gente? Pra q q foi se meter nisso pelamor??

Anônimo disse...

http://br.blastingnews.com/sociedade-opiniao/2016/09/pedofilia-na-rede-video-no-youtube-prega-que-pais-estuprem-filhas-001104215.html


o doente ataca novamente

Anônimo disse...

Kkkkkkk Lola tá expondo a MC Melody, essa piada foi ótima!!!!!

Anônimo disse...

Cala a boca!

Anônimo disse...

Excelente colocaçao, nao se deve misturara as coisas.