sábado, 4 de outubro de 2014

EM QUEM VOU VOTAR NO PRIMEIRO TURNO, COMO SE VOCÊ NÃO SOUBESSE

Amanhã é o grande dia! Já falei pra vocês que adoro eleições? Adoro! 
Uma Lolinha jovem no Fora Collor, em
1992, com seu amigo finlandês Risto,
que se impressionou em ver a mesma
quantidade de gente na rua, protestando,
que a o população da capital do seu
país
Não sei se é porque eu não nasci com o direito de poder votar no Brasil (tive que me naturalizar pra isso), não sei se é porque vivi durante tantos anos na ditadura, em que quem elegia os dirigentes eram os generais, não sei se é porque eu, ainda jovem, fui pra praça gritar "Eu quero votar pra presidente", na lendária campanha das Diretas Já. Mas o fato é que votar é um ato muito importante na minha vida, e fico pasma em ver gente que não está nem aí, gente que diz que político é tudo igual, nenhum presta. Nosso país depende muito de quem elegermos, então vamos votar direito, pelamor.
Anteontem vi o debate na Globo, que foi bem interessante, principalmente nos primeiros dois blocos. Foi absolutamente detestável ter que olhar pro Levy Fidelix, grosso e preconceituoso que só ele. Quando ele disse "Vem cá, vem cá" de forma petulante pra Luciana Genro, putz, era pra Luciana devolver com um "Vem cá uma ova, candidato. Me respeite!". 
Outro que esteve num nível parecido de babaquice foi Aécio, que fez questão de apontar o dedo arrogantemente pra Luciana. Mas dessa vez ela respondeu: "Você não levanta esse dedo pra mim". Foi o ponto alto da noite. E foi aí que, a meu ver, ela ganhou o debate.
Nos poucos embates diretos entre Marina e Dilma, creio que Dilma se saiu melhor, principalmente na pergunta sobre a autonomia do Banco Central. E foi um achado Dilma criticar Marina, que prima tanto pela "nova política", por Marina insistir que Dilma seria incapaz pela inexperiência antes de ser presidenta. Porém, isso não significa que Dilma foi muito bem, ou que Marina foi muito mal. 
Creio que Marina derrapou ao perder as estribeiras e dizer, fora de seu tempo, que Dilma fala tudo errado. Não há a menor dúvida que Dilma está longe de ser uma grande oradora. Ela não se comunica bem, não é simpática, não tem carisma, principalmente se comparada ao fenômeno Lula, seu antecessor. Ela é, e sempre foi, uma gerente, uma tocadora de obras, mais que uma comunicadora. Jamais teria sido eleita e não estaria na dianteira para ser reeleita se ela não representasse a continuidade de um projeto de poder que deu muito mais certo que os outros.
Mas reaças acharam que Aécio
venceu o debate, lógico. Alguns o
compararam ao protagonista de
Lobo de Wall Street, um ladrão
corrupto viciado em cocaína
Porque deu, gente. Não adianta fingir que não. O Brasil é um outro país hoje, depois de doze anos de governo do PT, um país com muito menos miséria, muito menos analfabetismo, muito menos desigualdade regional. O que não quer dizer que seja um país maravilhoso e perfeito. Mas as melhorias são visíveis e, pra gente da minha idade, que viveu intensamente os oito anos de FHC, bem, não há comparação (no debate, quando Aécio falava do salário mínimo, só conseguia pensar no salário nos anos FHC -- 50 dólares!).
Pena que o Brasil não avançou em outras áreas essenciais, como na legalização do aborto, na criminalização da homofobia, na reforma política, na punição dos torturadores durante a ditadura. Temos um congresso cada vez mais religioso e retrógrado e um executivo que, para lavar as mãos, diz que vai deixar esses temas polêmicos pro congresso. Então nada se mexe. 
Falta coragem a Dilma -- logo uma mulher que foi tão corajosa na sua juventude de luta! Falta que ela veja que quem a elegeu em 2010 e quem vai votar nela agora não foram/são os evangélicos conservadores, mas gente que quer mudanças de verdade. Foi triste vê-la no debate da Globo fugindo de responder a Luciana sobre a taxação de grandes fortunas (aumentar um pouco o imposto pra quem tem mais de 50 milhões de reais é realmente polêmico?) e de Eduardo Jorge sobre a legalização do aborto. Pior é saber que tanto ela quanto o PT gostariam de fazer isso. Só não fazem porque são reféns de fundamentalistas cristãos, e não têm ousadia para respeitar o Estado Laico.
Algo que, óbvio, Marina também não tem. Eu não tenho nada contra Marina como pessoa. Admiro sua trajetória de vida. Se algo 100% impossível de acontecer acontecesse -- ela e Aécio acabassem se enfrentando no segundo turno -- eu provavelmente votaria nela, porque Aécio never
Nunca votaria no PSDB, e a ideia de ter um playboy na presidência me desagrada bastante (chame de preconceito, se quiser). Porém, em outras circunstâncias, eu não voto em Marina. Acho seu discurso vazio, acho que ela faz o jogo da direita.
Com quem eu mais me identifico é sem dúvida Luciana Genro. Assino embaixo praticamente todas as suas propostas. Gosto de muita gente do PSOL, mas acho que falta maturidade ao partido. É um partido minúsculo que, se não aprender a fazer alianças, não chegará ao poder tão cedo. Isso de fazer oposição ao governo do PT só por fazer não ajuda. Declarar que o PT virou um partido de direita não corresponde à realidade. Se assim fosse, a direita não odiaria o PT acima de tudo. 
Mas Luciana está de parabéns por sua campanha. Destacou-se positivamente em quase todos os debates e não se esquivou de defender seu programa (o que é muito mais fácil quando se tem menos de 2% nas pesquisas). Se ela não tivesse brilhado tanto, não teria atraído o ódio dos reaças, que centraram sua munição contra ela no seu cabelo e sotaque (é, reaças não são exatamente conhecidos por sua inteligente ou argumentação séria). 
Amanhã eu voto na Dilma, e no segundo turno também (vai haver segundo turno, e ainda creio que será contra Marina, mas a disputa entre ela e Aécio estará pau a pau). Voto com uma grande dose de decepção e sem muito entusiasmo, mas com esperança, a última que morre, de que Dilma fará um governo mais corajoso que este. Não voto em pessoas, voto em partidos. E ainda acho que o PT pode acertar o rumo sem devolver o país às trevas. 

91 comentários:

Anônimo disse...

Poxa Lola, por que não vota na Luciana? Se ela está tão apta assim a governar, porque você não vota na melhor ao invés da menos pior?

Anônimo disse...

Alguns cientistas politicos, apontam que esta será a eleição com maior indice de votos brancos e nulos da história, como também vai bater recorde de justificativas e não comparecimento as urnas.

Anônimo disse...

Eu também vou de Dilma! :D

Mas eu preciso da opinião das irmãs feministas para os outros cargos aqui do Rio de Janeiro. Me deem uma luz?! Eu estive sem tempo para fazer uma pesquisa eficaz... :( Mas dou preferência a mulheres, feministas é lógico.

Um abraço a todas.

Ingrid Bezerra

Anônimo disse...

Lola vejo que a senhora e antenada nas questões politico/sociais do país. Então por gentileza me responda:
No Brasil, em 2013, foram 54 mil homicidios, o número de homicídios no Brasil aumentou em 259% nas últimas três décadas pulando de 13.910 em 1980 para 49.932 em 2012. O que é chocante para muitas pessoas é que o Brasil não possui disputas territoriais, movimentos de emancipação ou guerras civis, religiosas, raciais ou étnicas.
A taxa de homicídios aumentou 124% no período de 30 anos, subindo de 11,7% para 26% de assassinatos por grupo de 100.000 habitantes.
O estudo revela que entre 2004 e 2007, 192.804 pessoas foram assassinadas no Brasil, ultrapassando as 169.574 pessoas mortas nos doze maiores conflitos armados do mundo durante o mesmo período.
Deste numero, nem 8% dos casos são esclarecidos.
Fora o numero exorbitante de assaltos, roubos, etc.

Agora a pergunta que te faço: Se nestes 12 anos, realmente o governo diminuiu a desigualdade, de forma que afirma, e sempre disseram que a criminalidade está diretamente ligada a desigualdade social, não deveria serem estes números inversos?
Se realmente diminuíssem a desigualdade, deveriam diminuir a violência não? Algo nestas contas não fecham.

Will disse...

Vou de Lu Genro no primeiro turno e Dilma no segundo.

Lola, e quanto a governador, senador e deputados?

Anônimo disse...

Natural você se identificar com a Luciana genro Lola, vocês são duas adolescentes de mais de 40 anos.

Zrs disse...

Somos duas, também voto em Dilma, apesar do pesares, o PT foi quem mudou esse país.

Anônimo disse...

Devemos optar pela saudável alternância de poder. O PT fez um excelente primeiro governo, mas hoje esta atolado ate a cabeça na lama, e na sujeira da corrupção.
"Politicos e fraudas de bebês devem serem trocadas constantemente, e pelo mesmo motivo"
Eça de Queiroz.

Anônimo disse...

Brasil 2014, 54 mil homicídios por ano.
Este e o maior legado que o Petê nos deixa.

Anônimo disse...

Não sei quem é pior, os coxinhas que ficam gritando "corruPTos" e tentando justificar a própria imbecilidade, ou os eleitores da Luciana, que ficam enchendo o saco com essa de "mimimi, melhor votar na melhor ou menos pior?".
Adivinha? Eu voto em quem eu quiser, amores. Sou feminista e voto na Dilma. E eu acho a Luciana uma ótima candidata, de verdade, mas tenho meus motivos pra não dar meu voto à ela.

Eleitores da Luciana tão ficando piores que fãs de metal. Parem, apenas parem.

Anônimo disse...

Ah, e pro anônimo das 12:09... Você acha que Aécio ou Marina tem mais competência pra resolver isso? Aliás... Você acha que o lixo do Aécio tem competência pra resolver qualquer coisa que não seja do interesse dele? Resposta de uma mineira: NÃO. Aliás, falando em Minas... Pra quem não sabe, o Aécio tá perdendo feião aqui, dá até pena (não).

Nossa Lola... Imagino os chorumes que você deve ler e nem aceita aqui...

Valéria Fernandes disse...

Belo texto, Lola. Foi um prazer lê-lo às vésperas da eleição. Concordo em quase tudo, sobre o PSOL, sobre a notável trajetória pessoal de Marina (*ainda que concorde com o Malafaia, a Marina de hoje não é a de 2010*), sobre Marina, não sou tão condescendente com o PT e Dilma em se esquivarem de questões fundamentais como a descriminalização do aborto, mas não pensaria duas vezes, nem uma vez, aliás, se o confronto for com Aécio ou Marina. Esta eleição é histórica por vários motivos, um deles é termos três candidatas à presidência, duas com reais chances de chegar lá. Quando até aqui pudemos parar para escolher em qual mulher votar? Não votarei em Dilma no 1º turno, iria fazê-lo se o cenário tétrico pós-morte de Eduardo Campos persistisse. Como haverá 2º turno mesmo e com Dilma, permito-me o voto de protesto e, claro, tenho que ajudar Luciana Genro, a meu ver a melhor candidata, a ter mais votos que Fidelix e Everaldo. No entanto, lamento que ela não tenha concorrido a deputada federal, pois ela fará falta no Congresso.

De resto, estou tateando no meus voto para o Senado e para Governador, estava certíssima até esta semana, mas ao investigar sobre as alianças, suplentes e vices, e depois de ouvir a fala do meu ex-candidato ao Senado, mudei. Devo mudar o voto para Governador, também. O candidato do PSOL aqui no DF deve ganhar meu coração por ter dito o que penso, ele e seu partido têm muitas críticas ao governo do PT, porém, não negam os avanços, nem desejam o retrocesso que, em nosso caso aqui, significa a corja de Roriz e Arruda – ambos coligados – de volta ao poder. Não, obrigada!

Voltando ao ponto, os meus três votos certos são Luciana Genro presidente (*o 2º turno está decidido, também, claro, voto em Dilma, voto na continuidade do projeto do PT e torço para que ajustes sejam feitos em várias áreas*); Erika Kokay para deputada federal (*repetindo meus votos anteriores*) por ser militante da causa dos direitos humanos e das (pseudo)minorias; e Maninha do PSOL para deputada distrital. Dois votos para o PSOL e um para o PT. Bom ter boas alternativas de candidatas para votar. Vote em uma feminista, se puder. Até amanhã, decido-me pelo resto.

Firewest disse...

Hum... querendo ou não, o governo do FHC fez alguma coisa, que é diminuir a inflação. O que adianta aumentar os salários se a inflação deste governo da Dilma não me deixa comprar nada? Passarei a minha vida inteira trabalhando e nunca conseguirei, pois uma casa pequena, num lugar ruim (não tem acesso a emprego perto, ônibus, além de um lugar pouco seguro), não custa menos que R$15.000,00 hoje em dia. E olha que estou sendo bonzinho, pq uma casa dificilmente será encontrada por menos de R$30.000,00. Como um jovem que está cursando faculdade, que tem que trabalhar, que tem suas próprias despesas, que (talvez) tenha mulher e filhos, que (talvez) more de aluguel, vai conseguir administrar isso tudo e um dia ter o sonho da moradia própria?

Em quesito educação PT não fez nada, deu essas bolsas pra faculdade, mas o que adianta? Os jovens cursam um fundamental e médio ruim e chegam na faculdade sem nem saber construir opinião sobre qualquer assunto. Sem falar na violência que o amigo falou acima. Aonde ela investiu esse dinheiro? O Aécio está certo quando disse que a Dilma "administra a pobreza". Essa foi a frase mais verdadeira da noite.

Sobre a questão da Luciana, sinceramente não sei uma proposta dela, todas as vezes que ela aparece é pra atacar o Aécio e o PSDB, e quando o negócio esquenta ela perde a voz. Perdeu a voz com o Levy Fidelix, podia ter dito muito e fazer com que a grande população, que não vai atrás de direitos de minorias, pudessem ganhar uma relevância. Procure um vídeo do YouTube ou notícia de qualquer site, nos comentários todos apoiando o Levy. Aposta que se ela tivesse dado uma resposta decente teria pessoas pensando no correto, já que ali é um debate de grande acessibilidade com debate em canal grande. Sobre o Aécio, ela se lascou de novo, querendo ou não, se a pessoa não tem opinião formada sobre um governo de mais de 10 anos atrás, provavelmente não está nem assistindo um debate na TV. Eu gosto da Luciana, sinceramente, mas não dá, com esse morde e assopra ela não vai longe.

Sobre Marina e Dilma, duas apagadas. Só quero que esses PTralhas saiam de lá, voto na Marina no 1° e 2° turno. E se der Aécio e Dilminha no 2°, voto no Aécio.

Thomas disse...

Eu gostei da Luciana, mas parte do discurso dela me parece ter vindo de uma adolescente imatura do primeiro ano da FFLCH. Votaria fácil nela pra outro cargo, pra presidente não.

Vou no Eduardo Jorge no primeiro turno, Dilma no segundo.

Anônimo disse...

Ai adorei o post porque caiu muito mas muito bem com uma opinião que eu ouvi rsrs

Uma colega me posta em uma rede social que a Luciana Genro é um mulher mimada, xiita riquinha mimada e que dessa forma ela votaria no Aécio!!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk me retorcendo de tanto rir, mas me dá vontade de socar!!!!

Luis Thiago disse...

Olá, Lola!
Não sei, na minha opinião votar na Luciana e ela ter uma grande porcentagem seria uma maneira de apresentar aos demais partidos que a população requer as pautas que o PSOL levantou, através da Luciana. Principalmente se é certo que terá segundo turno.
Concordo totalmente com você quando escreve que o PSOL precisa aprender a fazer alianças.

Anônimo disse...

Não gosto muito de eleições primeiro porque não é direito,é obrigação.
Não gosto de debates porque ao invés de falarem o que já fizeram de bom e o que pretendem fazer,ficam um atacando o outro.
E não sei como tem gente que ainda vota no PT ,o partido do mensalão,onde ninguém vê nada e o país para eles sempre está ótimo.
Várias vezes Dilma apareceu nos comerciais comemorando a saúde como se realmente estivesse uma maravilha quando na verdade está uma merda.

Ana disse...

Eu voto na Marina,gosto das propostas dela mas parece que nessas eleições,a única coisa que está importando é o que vão fazer a respeito dos gays,como se esse fosse o único problema do país.
No PT eu não voto mesmo.

homem disse...

candidata maravilhosa luciana genro...segue os moldes dos esquerdistas,morre de pena de marginais e o seu lema pra resolver problemas é "isso é crime mas fazem assim mesmo,então vamos legalizar"

maconha e aborto liberados,curiosamente quando se usa a mesma lógica com outros crimes,feministas acham absurdo,coerência não é o forte de vcs.

Anônimo disse...

Olha Lola, sinceramente, não acho que o Psol precise fazer alianças (com quem mesmo?) para consegui maior represrntação no Congresso. Só a ideia de fazer aliança pra conseguir eleger um deputado aqui ou acolá é pouco compatível com um partido que se diz socialista e revolucionário. O PT, por exemplo, chegou ao poder com uma grande mobilização das massas. A experiência prática nos mostra que é através da mobilização massiva das pessoas que guiamos o país mais a esquerda. Agora cabe avaliar se o Psol é capaz de orientar as massas em torno de si e levar o Brasil para uma revolução socialista de fato.

Elvis disse...

Amanhã voto na Luciana Genro e no segundo turno na Dilma.
Infelizmente o PSOL ainda é um partido muito pequeno, e acho que ainda vai demorar muito para eleger um presidente. Fazer alianças é muito complicado e, querendo ou não, as alianças são o motivo do PT pisar tanto na bola.
Com certeza o PSOL sairá destas eleições com muito mais visibilidade por causa da Luciana e isso me deixa muito feliz.

Patty Kirsche disse...

Eu também vou votar na Dilma. Não acho que seja o momento para voto simbólico. O Aécio mostrou que ainda tem fôlego, e nem quero pensar na possibilidade de a Marina ser eleita.

Agora bem que o PT podia parar de ceder pra teocracia. Porque não adianta nada!!! O Silas Salafrário continua usando sua influência para formar opinião contra o PT, e vejo muitos líderes religiosos fazendo o mesmo.

Patty Kirsche disse...

Uma coisa que me esqueci de falar é que aqui em SP o PSOL está coligado ao PSTU nas candidaturas para governo e senado. Eu gostei de ver, acho que a esquerda precisa se unir mais.

Anônimo disse...

A mesma Dilma que tem medo de debater o aborto, que fica em cima do muro por conveniência? Covardia injustificável pra quem se diz de esquerda.

Anônimo disse...

Fazer alianças = se vender, fato. Dizer que Dilma e o PT estão "reféns" da bancada conservadora é uma forma de amenizar a verdade: ninguém os obrigou a fazer as alianças, o fizeram por interesse, conveniência. Por isso que não acho que num segundo mandato avançaremos alguma coisa, mas parabenizo o otimismo demonstrado por vários ativistas.

Anônimo disse...

Também acho que, pensando em coligações genuinamente esquerdistas, essa dobradinha pode ser interessante, pois não abdica de ideais.

Anônimo disse...

Lulu mostrou a que veio, também fiquei imensamente feliz com a evolução positiva dela. Demonstrou ser carismática e convicta, fala a língua das minorias, com certeza o saldo do partido será positivo, atraiu bons olhares, gente interessada em uma mudança verdadeira agora tem uma alternativa.

Anônimo disse...

Vou de Luciana Genro, mas me desculpe, Lola, Dilma NÃO fará um governo mais corajoso se se reeleita, será a mesma subserviência aos interesses religiosos/ e conservadores que acompanhamos há 12 anos, simplesmente pq o PT quer apenas o poder, e continuará vendendo sua "alma" por isso, acatando qqer coisa apenas em nome da tal "governabilidade". As mudanças foram gritantes, claro, mas algo que me incomoda profundamente é Dilma bradar que o brasil vive uma situação de pleno emprego e se vangloriar que milhões de pessoas recebem bolsa familia, me parece muito contraditório. O governo deveria lutar para que as pessoas avancem, e não precisem mais do Bolsa Familia para sobreviver , e não comemorar que o benefício está sendo pago a cada vez mais pessoas. E Lola, com todo respeito, se vc se sente a vontade de chamar o Aecio de playboy em um site publico (bem, seu blog não requer cadastro, senha, nada), vc dá o 'direito' de outras pessoas emitirem opiniões não muito elogiosas sobre sua candidata tb, apenas pq "acham" que ela é assim

Gabriela V. disse...

Bom, hoje o partido que eu mais gosto e defende meus interesses é o PSOL. Com certeza, vou votar na Luciana no 1º turno, mesmo tendo plena consciência de que ela não ganhará, porém sempre fui o tipo de pessoa que não se importa com pesquisas e porcentagens, uns acreditam que é desperdiçar voto, eu acredito que é exercer inteiramente a democracia, votando naquela que eu acredito ser a melhor para o país, e também fortalecendo os ideais e o partido.

Gosto da Luciana por ser firme em seu discurso e acredito que ela tem um grande potencial, entretanto acho que ela está um pouco imatura infelizmente para exercer uma presidência :/, talvez mais uns 4 anos, e ela estará 100%. ;)

Outro candidato que me chamou muita atenção foi o Eduardo Jorge, firme no discurso e sempre gostei muito do PV, pois me preocupo muito com o meio ambiente e o mundo mais sustentável, mas vou com a Lu mesmo, por haver mais afinidades.

Havendo o segundo turno, voto na Dilma, assim como votei nela no segundo turno nas eleições passadas, porque jamais votaria no Serra, não voto meeeesmo em Alckmin, Serra, Maluf. Quatro anos atrás votei na Marina no 1º turno, na época acreditava que ela seria a melhor e gostava muito das ideias dela, mas hoje percebo que ela não tem direção, nem ideais fortes.

Como sou de São Paulo, vou de Maringoni para governador.

Quanto ao PSDB e a direita, eu até respeitaria, numa democracia há divergências de opiniões mesmo. Acontece que, a direita não se contenta apenas em defender a propriedade e o liberalismo econômico com unhas e dentes, se eles fossem apenas adeptos das teorias de Adam smith e David Ricardo aí beleza, o problema é que eles são extremamente preconceituosos, racistas, homofóbicos, machistas e todo o resto. :/

Anônimo disse...

Thomas, eu acho que o diferencial dela pode estar justamente nisso, em não ter perdido o fôlego nem os ideais mesmo depois de vários anos na política. Ainda bem que ela e o Edu Jorge têm muitos anos de política pela frente, talvez ainda incomodem bastante em meio a essa polarização descabida PT x PSDB que tentam nos vender.

Anônimo disse...

Votei em 2010 pra Marina. Acreditei no que ela dizia sobre se fazer uma nova política.
Fui ingênua.
Até pq, no jogo político, sem apoio ela seria mais uma presidente acuada do que uma revolucionária.

Gostei muito do Eduardo Jorge, mas por favor, PV não, né?! Partido de Sarney Filho já deve dizer td...
(Ok, eleição passada Marina estava lá, mas a história de uma nova política teve mais apelo...)

Luciana conquistou meu voto nesse ultimo debate.
Não é voto de protesto, é mais ideológico, não?
Votar em quem te representa, no discurso que se acredita...

Não voto em Dilma e nem no PT.
Reconheço todos eus méritos e avanços, mas não fecho palhas aos retrocessos, as coisas ruins.

Sou mais o Psol que não leva sem fazer alianças do que ver o partido que eu acreditava se aliando com a pior laia de políticos para se garantir.
E sabe oq é pior? É q em alguns casos nem precisava...
Sarney estava praticamente no ostracismo qnd Lula virou presidente...

O governo do PT me lembra muito o livro Cisnes Selvagens, história de três gerações de mulheres vivendo sob o signo do comunismo real na China.
Governo de números não me representa.
Governo de números não me satisfaz.
Governo de números não é saudável.

Para senado devo votar no Serra, não sei ainda... Acho que ele trará alguma contribuição e é bom ter oposição a um governo dominante. Mas não espero nada...

Para deputado nos dois níveis vou votar na legenda, no Psol, acho pelos mesmos motivos acima.

Anônimo disse...

Não gostei muito do debate na globo, achei que faltaram propostas e sobraram ataques a dilma, que desagradável as "conversas de comadre", muito fácil mostrar os problemas d governo sem uma proposta melhor pra substituir.
Lola, como você, diferentemente de como geralmente me sinto, estou animada para essas eleições! Esse ano vou votar com convicção, em alguém que defende plenamente tudo o que acredito, meu voto é na Lulu Genro e espero que o psol cresça cada vez mais.
Galera, acho que é muito pouco provável que a Dilma não seja reeleita, então quem estiver de acordo com as pautas da lulu não precisa ter medo de ter a direita no poder. E não vou parar de incentivar as pessoas a votarem nela só pq alguém está incomodado ;)

Fernanda

Anônimo disse...

http://www.repolitica.com.br/#!/

Site pra ajudar na escolha dos candidatos.

Anônimo disse...

Eu tinha 18 anos quando FHC saiu do poder, e tenho plena lembrança de como o país era antes. A corrupção era a MESMA. Mas o Brasil melhorou. Basta olhar estatísticas e dados. Me assusta é ver gente com muito mais idade do que eu não conseguir enxergar isso ou agir como se não se lembrasse de como era a época de FHC.
Ao meu redor quase todo mundo (95%?) das pessoas vão votar em Aécio, incluindo família e trabalho. E todos assumem que eu vou votar também, afinal, como eu, uma pessoa "estudada" e de bom nível social poderia votar nos ladrões do PT, não é mesmo? É um senso comum enraizado. Quem defende Dilma é execrado.

Anônimo disse...

12:25: Cansei dessa frasezinha da fralda. Me diga, qual o intuito de trocar uma fralda mijada por outra que além de mijada está cagada (PSDB?). Bitch please.

Anônimo disse...

12:26: Segurança pública é um problema principalmente do estado, não da União.

Jamile disse...

Super concordo, Lola!!!
Eu, mesmo decepcionada com algumas coisas, vou de Dilma. Eu até votaria na Luciana Genro, pois concordo muito com a agenda dela, quase que 100%, só não voto na Luciana no primeiro turno e na Dilma no segundo porque no dia do segundo turno estarei viajando, então no primeiro turno é DILMA!

Anônimo disse...

Firewest:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Infla%C3%A7%C3%A3o#mediaviewer/File:Inflacao.PNG

http://achadoseconomicos.blogosfera.uol.com.br/2014/01/10/inflacao-anual-de-dilma-e-proxima-a-de-lula-e-inferior-a-de-fhc/



Veja se a inflação na época de FHC era realmente menor que na PT. Não sei se vc sabe, mas a hiperinflação pré Plano Real não foi culpa do PT.
Bjos.

Jamile disse...

Ah e o ponto que mais concordo com você, Lola, é essa coisa de Luciana comparar PT a PSDB e dizer que são iguais. O PT - e a presidenta Dilma, se não tivessem feito certas alianças, jamais alcançariam o poder. Alcançaram e fizeram muito pelos mais necessitados. Eu, felizmente, nunca precisei de cotas, fies, bolsa-família, mais médicos, mas a maioria da população precisa e é pensando nessa maioria - mais mesmo que em mim - que sigo firme acreditando que o PT é o melhor caminho.
Agora falta mesmo é coragem pra presidenta e o Partido dos Trabalhadores enfrentarem os fundamentalistas e apoiarem legalização do aborto, criminalização da homofobia, legalização da maconha e etc

Anônimo disse...

Firewest isso se chama especulação imobiliária rs, inflação kkk.

Mariana Barbieri disse...

Lola, com todo respeito à você, acho extremamente ruim essa sua mania de denegrir a inteligência das pessoas que não apoiam as mesmas causas que você. (Os "reaças", como você chama). Se assim for, também sou reaça; mas garanto que minhas argumentações são, se não melhores, mais elaboradas do que criticar o cabelo ou o sotaque de alguém. Penso que você, com a visibilidade que tem e o cargo que ocupa, deveria pensar mais nas suas escolhas textuais. Ok você manifestar sua opção política, mas daí a fazê-la de forma a incitar a raiva, parece-me um tanto imaturo e vazio. Vc é uma professora universitária, forma cidadãos. São estes os cidadãos que você que no país: que brigam/ lutam pelos seus direitos(bravo!!!) mas que "dão piti"/ agridem quando são contrariados? O país não é democrático? Não é você quem luta pela igualdade dos direitos das minorias? E o direito de ser diferente de você? Este não é uma causa válida, então? Sei lá... Eu leio o seu blog porque gosto de muitas coisas que você comunica, mas sempre que o assunto é política, fico refletindo sobre o seu papel enquanto professora e porta-voz de sei lá quantos alunos... :/

Aline J disse...

realmente, antes eu ia de Aécio caso a Lulu Sambadora não ganhasse, mas depois de conhecer melhor... Não. Votarei na Dilma ou na Marina, caso alguma delas vá com o Aécio Never pro segundo turno. [O que duvido, provavelmente será Marina e Dilma]

Os dois que têm propostas mais interessantes, Lulu e Dudu não vão ganhar porque esse é um país bosteado pela religião, mas quem sabe uma próxima vez.

Anônimo disse...

"isso é crime mas fazem assim mesmo,então vamos legalizar"

Aborto não interfere na vida de terceiros, seu imbecil.

Mas você provavelmente vive num mundo onde um embrião/feto possui sentimentos e sente coisas, então, inútil debater com você.

Larissa Petra disse...

Concordo plenamente com a Lola, o PSOL é um partido de gente muito competente, mas que nunca vai fazer nada pelo país se n aprender a governar, voto neles para cargos legislativos, afinal acho q a câmara tem q encher de gente de esquerda, mas para cargos executivos ? Impossível, eles n tem força política para governar, se eles se manterem tão irredutíveis no sentido de formar alianças, eles n terminariam um mandato, e isso seria péssimo, pq as pessoas q podiam estar sendo beneficiadas por um governo de esquerda, estariam sendo prejudicadas por um discurso.
Pq na boa, oq a Luciana Genro espera ? Ser eleita presidente, no primeiro mês, liberar o aborto, no segundo a maconha, sem apoio do congresso, sem formar alianças, eu digo é impossível, para isso necessitamos de uma reforma política. Aí eles dizem "poder das massas" sim é importantíssimo para um candidato, inclusive a Marina implodiu e um dos motivos é ela n ter apoio das massas, mas olha o PT tem muito mais força popular q o PSOL, vários militantes do PT, tem sua militância pelas minorias tbm, e nem assim, e olha q a Dilma tem apoio no congresso para muitas coisas, sem contar q nas questões "polêmicas", ainda n se tem apoio das massas, quando o aborto foi descriminalizado, assim como a maconha, vai ser algo sem apoio popular, assim como foi com as cotas, que o Lula fez sem apoio popular.
Voto Dilma, tenho sim críticas ao seu governo, mas voto por causa dos pobres, o PT tem uma política clara em relação a diminuição de barreiras entre as classes, nos transformar em um país de classe média, ou seja, em país desenvolvido, o PT não é mais revolucionário, no sentido de buscar uma revolução socialista, claro q não, não adianta dar murro em ponta de faca, ficar apenas nas palavras de ordem e n botar nada do q vc acredita em prática.
A verdade quem mudou esse país foi o PT, posso ficar aqui eternamente listando as conquistas da classe trabalhadora, como o aumento do salário mínimo, aumento do poder de consumo, gente nossa classe média era de 35% e hoje é de 55%, teve conquistas como cotas raciais, FIES, PROUNI, PRONATEC, enfim...vcs já devem saber de tudo isso..hauahuahauahua
Sobre as questões de minorias, sim a Dilma podia ter sido mais incisiva, a governabilidade que ela defende ficou abalada por ela defender-la, oq é paradoxal, agora é a hora da Dilma ser mais contundente no q ela acredita, fazer a lei dos meios de comunicação, avançar nas pautas de minorias, mas isso tem a ver com o congresso, mas é aquele negócio tbm, o melhor protesto NÃO é nas urnas, tá na hora da gente pressionar cada vez mais o congresso, a gente já pressiona, eu sei, mas se n está funcionando, vamos pressionar mais.
A Dilma nesse aspecto devia ser mais como o Lula, que ia conhecer os movimentos sociais, conversava com eles, se reunia, acho q nunca antes um governo tinha se reunido com MST por exemplo, me corrijam se tiver falando besteira, por tudo isso, com um fio sim de decepção, mas com outro de esperança, meu voto é Dilma 13 !

Larissa Petra disse...

Olha sobre alianças, cara vc acha mesmo q o PT fica satisfeito em sentar numa mesa com o PMDB e vice-versa ? Claro q n, mas o próprio Michel Temer (odeio ele) disse "Não se governa sem o PMDB", e é verdade, aquele partido nojento tem a maior bancada quase isolada desse país, se n agradar o PMDB, eles n te deixam governar. O bom, é q o PMDB é um partido sem ideologia, lá tem ultra direita até o centro-direita, e eles dançam conforme a música, dê um cargo a eles e eles apoiam vc.
Em 2002, o Lula tentou fazer uma gracinha com o PMDB, oq ele conseguiu ? Parar o governo dele por meses, é aquilo ele podia ter saído pela porta dos fundos, e teria entrado quem ? Alckin, Serra ? OU ele dava o braço a torcer e fazia o melhor para o povo, se aliava ao PMDB, imagina se o Lula tivesse saído em 2002?
Enfim, base aliada, não significa que eles estão se amando, significa apenas apoio, ninguém está satisfeito, mas no momento só se governa assim.
Ainda espero ver, a regulação da mídia nesse país, quero q avance as pautas sobre aborto, questões LGBTs (essa eu tenho certeza), aliás uma pauta q estava no papel desde 2002, que é criminalização da homofobia, veio a tona com força total, e principalmente, quero ver uma reforma política, pq só assim avançaremos rápido.

Anônimo disse...

Anonimo 15:04

Eu não parabenizo os ativistas petistas pela campanha pra Dilma, nem fico feliz. A insatisfação com o governo do PT é generalizada, mesmo na esquerda. Está na hora de construir um partido que responda de fato aos interesses da população e das minorias. Eu não tenho a ilusão de qe o PT, do jeito qe está, consiga avançar nesse sentido. Por isso aposto nos peqenos partidos, Psol e PCO, como alternativa ao PT.

Anônimo disse...

"Ela é, e sempre foi, uma gerente, uma tocadora de obras,..."

Convenhamos, se essa é realmente a vocação dela, ela falhou miseravelmente.

Anônimo disse...

Acho que precisamos superar essa ideia de que "fazer alianças" nos levará a posições em que tenhamos poder suficiente para fazer o que é necessário. O PT foi por esse caminho, e de fato conseguiu várias alianças que ampliaram seu impacto político Brasil afora. Mas a que preço? Certamente a situação da vida dxs trabalhadorxs melhorou, mas o quão sólida é essa melhora se o governo se alia com os que exploram xs trabalhadorxs? No governo Dilma, os bancos lucraram como nunca. Não dá pra conciliar lucro dos bancos com defesa da população endividada. Não dá pra conciliar a vida das mulheres com indulgência ao fanatismo religioso. O PT tem maioria no Congresso por conta da aliança com o PMDB, mas essa aliança hoje só é custosa ao PT. O PMDB só quer mais e mais ministérios e cargos, e o PT não consegue aprovar muita coisa no Congresso por isso. Que governabilidade é essa? Cada vez mais me convenço que governabilidade mesmo só se consegue com mobilização popular intensa e confiança da população num projeto a longo prazo. Não dá pra conciliar tudo. Por isso amanhã vou de Luciana Genro 50.

Anônimo disse...

Aproveite enquanto pode, Lola, o Brasil é um país muito perigoso. As pessoas morrem. Uma professora universitária e seu marido mortos em uma tentativa de assalto, uma tristeza, um latrocínio de autoria desconhecida.
E nem brasileira é, é 'naturalizada', pois é, nada de valor foi perdido.

Anônimo disse...

Minhas opções para o primeiro turno em São Paulo são: Isa Penna para deputada estadual, Mariana Conti para deputada federal, Ana Luiza para senadora, Gilberto Maringoni para governador e Luciana Genro para presidente.

Anônimo disse...

"Votem numa feminista"
"Não voto em pessoas, voto em partido"

Coerência, a gente vê por aqui.

Aegis vem aí, o bicho vai pegar.

Naoko disse...

Aqui é Dilma tb!!!

Anônimo disse...

Engraçado alguém que escreve "frauda"citar Eça de Queiroz"

Anônimo disse...

Aliás "devem serem" doeu os olhos

Anônimo disse...

O FHC baixou a inflação e criou toda a base econômica pro PT continuar baixando. Falar de benfeitos genuinamente petistas na economia é uma piada. Olha só a Bovespa despencando com a reeleiçaõ da Dilma... vai vir de onde o dinheiro do Bolsa Família nos próximos 4 anos?

Anônimo disse...

Segurança Pública cabe aos Estados e Municípios e não ao Governo Federal, vá estudar seu palerma.

XAD disse...

Eu voto 13 de cima a baixo em SP:

Presidente: DILMA

Governador: PADILHA

Senador: SUPLICY

Dep. Estadual e Federal: LEGENDA (digita 13 e confima!)

Anônimo disse...

Quem ficou de vagabundagem na adolescência e juventude, fica agora reclamando....pq não estudou ? E não ponha culpa no destino, quer quer faz, quem não quer reclama.

Anônimo disse...

Eh por isso que a gente vota pro legislativo nas pessoas do PSOL bobinha. Isso de que.TEM que fazer alianças políticas eh pra justificar a falta de ideologia do seu partido!.

Anônimo disse...

"Você não levanta esse dedo pra mim". Foi o ponto alto da noite. E foi aí que, a meu ver, ela ganhou o debate.
Da pra ver que vc entende de economia e argumentação, se pra vc o argumento da noite foi: "Você não levanta esse dedo pra mim".

Laurinha disse...

Acho que apontar o dedo como Aécio fez é um gesto comum que muitos políticos fazem e fizeram durante o debate.
Adoro a Luciana Genro, mas achei nada a ver ela repreender o Aécio por isso e se calar diante do tenebroso "venha cá, venha cá" do odioso Levy.
O problema é que o Levy extrapola os limites esperados da educação, do respeito, e acho que as pessoas se assustam, ficam um pouco paralisadas e acabam não reagindo da forma como poderiam. Era o momento dela explorar esse desrespeito dele, pra quem se diz tão defensor da moral e bons costumes e deixou passar...
Mas acredito na possibilidade de apenas um turno de eleição presidenciável. Parece que serão muitos os nulos e brancos, Dilma por volta dos quarenta por cento de intenções de voto...

Luiza Original disse...

"Aproveite enquanto pode, Lola, o Brasil é um país muito perigoso. As pessoas morrem. Uma professora universitária e seu marido mortos em uma tentativa de assalto, uma tristeza, um latrocínio de autoria desconhecida.
E nem brasileira é, é 'naturalizada', pois é, nada de valor foi perdido. "

Isso foi uma ameaça?

Anônimo disse...

Ladrão corrupto viciado em cocaína?
Hmmm... Faz todo sentido essa comparação...

Larissa Petra disse...

Sobre os bancos, é meio óbvio que os bancos ganhariam mais no Brasil, já que com o FHC nossa economia chegou a ser a 16ª, hoje somos a 7ª, somos um país de verdade agora, claro q os bancos ganham mais agora.
Os ricos bem, se nossa classe média era de 35% e hoje de 55% é ÓBVIO que os ricos ganhariam mais, as pessoas compram mais hoje em dia, por causa disso, eu sou a a favor do imposto sobre grandes fortunas tbm.
Mas os números mostram a concentração de renda não para de cair, saímos pela primeira vez da história do mapa da fome, nosso analfabetismo atingiu o menor índice da história, lembrando nosso índice de analfabetismo analfabetismo é menor que o da Alemanha, claro que são pautas q vão avançar cada vez mais, só q isso é um processo, n existe um governo que chega q com uma varinha mágica faz PLUFT! E tudo fica perfeito.
Poxa o PT construiu 18 universidades federais, até 2001 tinha engenheiro formado procurando emprego de gari, já q o índice de desemprego chegava a 25%, hoje atingimos o plano emprego e somos o único país do mundo que continua empregando mesmo com a crise, o PT não arrochou salário e nem desempregou, se isso não é "ideologia" quero continuar sem ideologia então, pq isso são resultados concretos, tenho muita ideologia obrigada, mas n podemos ficar apenas na ideologia, o povo não come ideologia, o povo quer resultados.

Anônimo disse...

eu voto no primeiro turno na Luciana porque me identifico com as propostas dela/do partido, e porque acredito que quanto mais voto ela tiver, mais vai ficar demonstrado que não é preciso fugir dos assuntos polêmicos, e defender verdadeiramente o que se acredita. Quem sabe canditadas como a Dilma, no futuro, não precisaram se fugir de certas perguntas por questão de voto. No segundo turno, voto Dilma, com certeza. E compartilho do seu sentimento com as eleições, Lola! É a primeira vez que voto pra presidente, e estou muito animada, me sentindo parte da mudança que quero ver no Brasil.

cellophane

Anônimo disse...

Obrigada a quem indicou o site www.repolitica.com.br/ . Serviu para eu escolher os meus candidatos.

Eu não entendo de muitas coisas, mas de acordo com minhas respostas os resultados deram:

Para Governadora:
Dayse Oliveira - Nº 16 - PSTU

Para Senador:
Eduardo Serra - Nº211 - PCB

Para Deputada Federal:
Jandira Feghali - Nº6565 - PCdoB

Para Deputado Estadual:
Hafid Omar - Nº50007 - PSOL

E claro, Dilma para Presidente.

Sou do Rio de Janeiro e votarei nesses, eu e minha família.

Ingrid Bezerra

Anônimo disse...

Desculpe, não sei se enviei duas vezes o mesmo comentário... Meu computador não está tão bom.

Ingrid Bezerra

Maria Valeria disse...

A seguranca publica e a criminalidade sao de responsabilidade do governo estadual.
Em SP, ha 20 anos do PSDB.
o PT nao tem nada a ver com isso, cobrem do nosso Exmo. Sr. Governador Alckmin. E nos outros estados, dos seus respectivos partidos que la governam.

Anônimo disse...

Então Larissa, me responda vc, se o governo atual, afirma que diminuiu a desigualdade, o que explica a explosão de violência que temos presenciado?
54 mil homicídios por ano, numero de países em guerra. Se realmente tivessem diminuído a desigualdade " como nunca antes na história deste país " estes números não deveriam estar caindo?

Jackson Filgueiras disse...

Anon. 12:25: Alternância no poder é ótimo. Mas por que será que só é lembrado quando faltam argumentos para desconstruir o candidato da situação (óbvio,da ideologia incompatível com a minha)? São Paulo está sendo governado pelo mesmo grupo há mais de vinte anos: vamos alternar os grupos no poder naquele Estado? Que tal?

Luciana disse...

Oi, Lola!

Muito bom o post! Assisti a todos os debates e a Luciana Genro sempre foi excelente. Meu voto no primeiro turno será 50! Também achei que Dilma melhorou nos debates.

Agora discordo quando você diz:
“(...) se não aprender a fazer alianças, não chegará ao poder tão cedo. Isso de fazer oposição ao governo do PT só por fazer não ajuda.”

Neste caso o PSOL viraria um PT. E não precisamos de outro PT. Melhor o PSOL crescer com a conscientização das pessoas. Caso o PSOL se tornasse um PT, a esquerda ficaria cada vez mais desmoralizada.

Beijos!

Náy disse...

Ótimo post.Eu como cidadã da classe C, colhi bem os frutos do governo PT.Vi não só a minha família, mas várias ao nosso redor, emergirem da total pobreza para uma situação mais digna.Hoje pessoas da mesma clase que eu cursam faculdade, muitas vezes públicas e isso antes do PT era coisa de rico.Voto na Luciana Genro no primeiro turno e na Dilminha no segundo.

Anônimo disse...

"A seguranca publica e a criminalidade sao de responsabilidade do governo estadual.
Em SP, ha 20 anos do PSDB.
o PT nao tem nada a ver com isso, cobrem do nosso Exmo. Sr. Governador Alckmin. E nos outros estados, dos seus respectivos partidos que la governam"
_
Prezada maria Valeria,o governo federal concentra quase 68% da arrecadação de impostos, e responsável pelo policiamento das fronteiras, e de elaboração de politicas nacionais integradas de segurança publica.
Alem de ter o controle da policia federal, e da receita federal, primordiais para quebrar o poder financeiro e de influência do crime organizado.

Alem de ter por obrigação, de possuir maioria no congresso nacional, de elaborar leis mais eficientes de combate ao crime, reforma do codigo penal, e de execuções penais.

Alem do que a pergunta que fiz, foi referente a redução da desigualdade.
A esquerda sempre atrelou o crime e a violência urbana, a desigualdade social, logo se dizem ter diminuído a desigualdade, deveria também cair os índices de criminalidade não!?
Mas não o que tem acontecido, muito pelo contrario.

Luiza disse...

Depois das últimas pesquisas, estou torcendo pra Marina ir mesmo para o segundo turno. Não suporto a idéia do Aecio ir para o segundo turno. Ele não merece tirar a Marina do segundo turno. Seu governo em Minas foi um lixo e o povo que o apoia é a escória. Temo que esse espírito se espalhe no segundo turno. Esse ódio irracional contra a esquerda e o PT. Estou bem angustiada. Acho que o PT errou em bater daquela forma na Marina. O Aecio cresceu na cola da destruição que o PT fez. Estou triste e angustiada.

Anônimo disse...

São quase cinco da manhã e ainda não consefui decidir meu voto. Gostaria de Votar em Luciana porque gosto de suas ideias, porém. penso em votar em Marina apenas para garantir que Aécio não vá para o segundo turno. Entre Aécio, Marina e Dilma, minha escolha é Dilma. O triste é ter que acabar votando por "estratégia", como milhares de brasileiros fazem e não ter candidatos que realmente me representam. Pra governador de Sp está pior ainda. Acho q pela primeira vez terei que anular meu voto... Há algo muito errado no cenário político brasileiro e eu realmente não sei como podemos consertar. Muita gente diz que é nas urnas, mas não tenho esperanças nessa eleição...

Anônimo disse...

Caríssimo, a violência urbana é área de atuação da pm e polícia civil, que são estaduais. Polícia federal não coibe assalto e homicídio se não houver uma circunstância especial que puxe a competência pra União como por exemplo o tráfico internacional. Então nem vem reclamar de segurança pública e citar a polícia federal. Não seja ridículo.

Raven Deschain disse...

Como a Gabriela V já disse tudo o que eu teria pra fizer sobre o assunto, deixo aqui uma dúvida genuína: O que alguns comentaristas desse blog tem contra metaleiros/jogadores de video games? Algum trocou vcs por um husk siberiano, perdeu seu primogênito no poker ou atirou na sua mãe pelas costas?

Vão se tratar, amores.

Anônimo disse...

Acho engraçado você criticar os reaças pela argumentação baixa e cinco minutos antes ter chamado o Aécio de playboy...

Anônimo disse...

PSOL "aprender a fazer alianças" pra virar outro PT, completamente vendido? Não, brigadãm.

Anônimo disse...

Anônimo Anônimo disse...

12:26: Segurança pública é um problema principalmente do estado, não da União.

----
Pois é, aqui no rio grande do sul temos um governo petista (que espero que esteja acabando) e a segurança está um caos.

E agora? vai dizer que a segurança é responsabilidade dos municipios?

Anônimo disse...

"q na boa, oq a Luciana Genro espera ? Ser eleita presidente, no primeiro mês, liberar o aborto, no segundo a maconha, sem apoio do congresso, sem formar alianças, eu digo é impossível, para isso necessitamos de uma reforma política. "

Essa reforma politica seria dar poderes absolutos ao presidente e fechar o congresso? acho que já vi isso antes.

Maria Valéria disse...

O estado onde moro , SP , e governado pelo PSDB ha 20 anos seguidos, vão me dizer que o governo estadual nao tem responsabilidade por nenhuma das mazelas que enfrenta meu estado ? Ou SP e um primor em saúde, educação, segurança e transporte ? Nao sabia !
Mas acho que o governador faz tudo certinho aqui, e de repente vem a fada malévola do PT e puffffff e apaga tudo de bom que o santinho do nosso governador fez.
Inclusive os pedágios a preços exorbitantes SEM trajetos ou meios de transportes alternativos e a crise da falta de água são culpa do PT , correto ?
PS : meu pai foi da policia civil por mais de trinta anos.entao sei de fonte segura que muita da responsabilidade bem direto do governador do estado.
Alias, quando FHC foi eleito meu pai ficou 10 a 13 anos sem reajuste salarial, mas claro que naquela época a inflação era zero, ne ? ###sqn

Maria Valéria disse...

Anônimo das 18:09

Se o governo do seu estado esta ruim e e do PT, vc pode e deve cobrar do PT.
O que nao acho certo e fazer como os paulistas fazem, tudo o que ocorre de ruim aqui no meu estado o PT , que nunca mandou nem ganhou aqui, e culpado,
Vi inclusive gente que votou no Covas ( responsável pela concessão de rodovias a iniciativa privada ) em 94 , reclamando do pedagio em SP e dizendo " fora Dilma "
Pera lá, ne, nao foi o PT muito menos a Dilma que implantou o pedagio aqui em SP.
Quer reclamar, quer votar no PSBD, ok, faça o que quiser , mas na hora de reclamar, tenham um pouquinho de coerência e culpem a pessoa e o partido certo.
Esse povo fala " fora Dilma " , repete as coisas que " leu na veja " que nem papagaio e sequer sabe do que esta falando ou reclamando.
Assim tambem na da, ne.;))abraços !

sab disse...

"(...) muito menos analfabetismo". Eu vinha lendo, na maior boa vontade, até me deparar com isso. O número de analfabetos não só não diminuiu, como AUMENTOU, pela primeira vez em muitos anos, e o de analfabetos funcionais... bem... desse aí não precisa nem falar, né? É só ler meia-dúzia de jornalistas por aí, escutar uns três ou quatro "especialistas" sobre qualquer coisa que demande o intelecto e bater um papo com nossos universitários pra ver do que eu estou falando.

clarissa lima disse...

Lola, fiquei chateada com você... Sei que a direita é complicada, que está cheia de corruptos, mimimi... MAS,VOTAR NO PT!?! Depois de tudo??
Toda a desilusão, corrupção, da falta de compromisso com as mulheres?? Vc me decepciona votando na Dilma, esse arremedo de política, esse fantoche do Lula... ESSA CORRUPTA!! Perdi a esperança no mundo, perdi a vontade de ler teu blog, perdi o respeito por vc... DILMA NÂO!! triste, bjo...

donadio disse...

"Aproveite enquanto pode, Lola, o Brasil é um país muito perigoso. As pessoas morrem. Uma professora universitária e seu marido mortos em uma tentativa de assalto, uma tristeza, um latrocínio de autoria desconhecida.
E nem brasileira é, é 'naturalizada', pois é, nada de valor foi perdido.
"

Lola, por favor... boletim de ocorrência nesse crápula!

Bru disse...

Concordo com grande parte do post, mas me doeu na alma ler que o "PSOL precisa aprender a fazer alianças".

Prefiro mil vezes um "nanico" que mal ou bem teve visibilidade nessas eleições como o PSOL do que ele fazer alianças com Sarney e demais SUJOS.

donadio disse...

"Prefiro mil vezes um "nanico" que mal ou bem teve visibilidade nessas eleições como o PSOL do que ele fazer alianças com Sarney e demais SUJOS."

Mas o PSOL faz aliança com os SUJOS.

Não aliança eleitoral, de papel passado, firmada em cartório, claro.

Mas aliança na prática, de fazer o mesmo discurso, de colaborar para o mesmo objetivo, é o tempo todo.

Da extrema-esquerda, o único que não faz isso é o PCO.

PSOL, PSTU e PCB repercutem o tempo todo o discurso moralista da imprensa e da direita.

Anônimo disse...

Anônimo disse...

Ai adorei o post porque caiu muito mas muito bem com uma opinião que eu ouvi rsrs

Uma colega me posta em uma rede social que a Luciana Genro é um mulher mimada, xiita riquinha mimada e que dessa forma ela votaria no Aécio!!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk me retorcendo de tanto rir, mas me dá vontade de socar!!!!


oh fia, nao tem pobrinho ali nao viu. vc acha que a dilma é uma trabalhadora sofrida que pega busao e metro todo dia? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

ser pobre ou rico, concordo com a Marina nessa, nao tem nada a ver. tem uns aí que gostam de apelar pro coitadismo pra garantir seus votos. esdrúxulo. se teve alguém que tem uma história respeitável foi Marina, e ela nao usa de coitadismo pra chamar atenção do povo.

mania da galera com essa luta imbecil de classes. pior de tudo, é que grande parte dessas pessoas que dizem odiar riquinhos e burguesia, estao ali, mto bem remuneradas, com seus trabalhos tranquilinhos,s eu ape, seu carrinho, nao querem nem saber de trabalhos junto a população, com salarios baixos. sei disso pq trabalho junto a comunidade, com salário baixo, e meus colegas, os mestres e doutores, acham isso coisa de fracassado. alguns votam no pt por serem a favor do povo, mas odeiam o povo. engraçado né?

Anônimo disse...

petistas criticam argumentação do pessoal "da direita" (pq pros petistas qualquer um que nao vota no PT virou um lixo da direita conservador adorador de olavo de carvalho) e usam da mesma argumentação qdo convém.

odeiam qdo chamam lula de analfaebto, para desabona-lo, e chamam aecio de playboy.... nascer com ou sem dinehiro nao faz de alguem um melhor ou pior governante...

depois chamam de viciado em cocaina, e odeiam qdo chamam o lulinha de bebado...

chamam aecio de corrupto, e criticam quem chama o lula de corrupto.

nao entendi, alguem me explica??

e por curiosidade, algum desses petistas adoradores do povo trabalham diretamente junto a população menos favorecida?

ou estao todos nas grandes empresas, consultorias, multinacionais, sao professores universitários e tal?

Anônimo disse...

Hum... querendo ou não, o governo do FHC fez alguma coisa, que é diminuir a inflação. O que adianta aumentar os salários se a inflação deste governo da Dilma não me deixa comprar nada? Passarei a minha vida inteira trabalhando e nunca conseguirei, pois uma casa pequena, num lugar ruim (não tem acesso a emprego perto, ônibus, além de um lugar pouco seguro), não custa menos que R$15.000,00 hoje em dia. E olha que estou sendo bonzinho, pq uma casa dificilmente será encontrada por menos de R$30.000,00. Como um jovem que está cursando faculdade, que tem que trabalhar, que tem suas próprias despesas, que (talvez) tenha mulher e filhos, que (talvez) more de aluguel, vai conseguir administrar isso tudo e um dia ter o sonho da moradia própria?

Em quesito educação PT não fez nada, deu essas bolsas pra faculdade, mas o que adianta? Os jovens cursam um fundamental e médio ruim e chegam na faculdade sem nem saber construir opinião sobre qualquer assunto. Sem falar na violência que o amigo falou acima. Aonde ela investiu esse dinheiro? O Aécio está certo quando disse que a Dilma "administra a pobreza". Essa foi a frase mais verdadeira da noite.

Sobre a questão da Luciana, sinceramente não sei uma proposta dela, todas as vezes que ela aparece é pra atacar o Aécio e o PSDB, e quando o negócio esquenta ela perde a voz. Perdeu a voz com o Levy Fidelix, podia ter dito muito e fazer com que a grande população, que não vai atrás de direitos de minorias, pudessem ganhar uma relevância. Procure um vídeo do YouTube ou notícia de qualquer site, nos comentários todos apoiando o Levy. Aposta que se ela tivesse dado uma resposta decente teria pessoas pensando no correto, já que ali é um debate de grande acessibilidade com debate em canal grande. Sobre o Aécio, ela se lascou de novo, querendo ou não, se a pessoa não tem opinião formada sobre um governo de mais de 10 anos atrás, provavelmente não está nem assistindo um debate na TV. Eu gosto da Luciana, sinceramente, mas não dá, com esse morde e assopra ela não vai longe.

Sobre Marina e Dilma, duas apagadas. Só quero que esses PTralhas saiam de lá, voto na Marina no 1° e 2° turno. E se der Aécio e Dilminha no 2°, voto no Aécio.


obrigada por um dos poucos comentários sensatos!!