sexta-feira, 24 de outubro de 2014

CARTA ABERTA A MINHA MÃE TUCANA

Além de ser fã do meu bloguinho há dois anos, Laura Soares Xavier é estudante de Relações Internacionais da Unesp de Franca-SP. 
Foi para Brasília fazer um estágio na Secretaria de Direitos Humanos da presidência e, tanto por conta da sua formação quanto por residir e trabalhar no centro dos acontecimentos políticos, está super envolvida com essas eleições (como tantxs de nós agora no segundo turno).
Ela escreveu este texto logo após ter uma discussão com sua mãe, tucana, por telefone.

Oi Mãe,
Te escrevo pra dizer que chorei muito por causa da conversa que tivemos hoje. Chorei assim que desliguei o telefone e choro até agora. Não choro de raiva, não choro por conta do discurso da moça tucana que você me fez ouvir, afinal, você me mostrou como novidade algo que estou acostumada a ouvir em todo lugar: "corja de ladrões", "quadrilha de corruptos", ou "o Brasil vai virar Cuba" é o que mais ouço desde que comecei a me informar, debater e participar dessas eleições. 
De página reaça que acha que a
Argentina é comunista
O que me fez chorar, mãe, foi sentir que, por mais que meus argumentos sejam coerentes, frutos de muita pesquisa e participação política no movimento estudantil (e agora nas políticas de direitos humanos), por mais que eles venham de alguém que está prestes a se formar em uma das melhores universidades do país, com uma formação crítica vinda de professores brilhantes, por mais que eu tente dialogar, esses argumentos jamais serão ouvidos por quem não quer ver, por quem faz questão de dar as costas para o que está à sua frente.
O discurso "Fora PT", esse discurso de ódio a um partido, está hoje mais forte do que nunca. Você deve se lembrar que esse discurso de ódio vem desde as eleições de 1989, quando a mídia nos convenceu de que mais vale um rostinho bonito do que um operário barbudo sem dedo, que mais vale um representante da burguesia quebrando o país do que um representante do povo diminuindo a desigualdade social.
Desde 1989, mãe, te convencem de que se aquele partido da estrela vermelha entrar no poder o país vai quebrar, vai se curvar ao comunismo e vai nos transformar em Cuba. Você lembra da Regina Duarte em 2002, usando de todo seu talento artístico pra espalhar o discurso do medo caso Lula ganhasse? Pois bem, Lula, apesar de todo o esforço de Regina, venceu em 2002. E olha só: ele não quebrou o país! Ele não nos transformou em Cuba, não comeu criancinhas e nem chegou perto de tentar um regime comunista (e olha que ele teve dois mandatos pra isso)! 
E, veja só que surpresa, ele não só não quebrou o país como também levantou a economia e nos tirou do esquecimento no cenário internacional. Nos poupou do papel de ajudados pelos grandes para virmos a ser os grandes que agora ajudam! Não só não destruiu o país, como abaixou ainda mais a inflação, diminuiu drasticamente o desemprego, triplicou o crescimento do PIB e nos colocou ao lado de grandes economias mundiais. Somos protagonistas agora! 
E, o principal, o carro chefe das políticas do tão odiado PT: a redução da desigualdade social. A redução daquilo que sempre foi considerado até pela Regina Duarte o maior mal do Brasil. O mal aparentemente irremediável, o motivo de vergonha internacional. A fome, que era invisível aos olhos dos outros governantes, que nunca foi prioridade de um governo em mais de cem anos de república, agora seria veementemente combatida.
Depois de mais de décadas de miséria, exclusão e de tantas outras marcas do colonialismo, alguém resolveu colocar os pobres na pauta, mostrar que eles são gente, que eles existem! Eles estão lá! Eles estão finalmente representados por um Ministério do Desenvolvimento Social, uma Secretaria de Combate ao Racismo, um Ministério do Desenvolvimento Agrário. E agora, depois de 12 anos, podemos finalmente dizer que o nosso país não é mais o país da fome, da miséria e do desemprego! Será possível que alguém pode dizer que não houve grandes avanços nesses últimos anos? Como não reconhecer um trabalho que em 12 anos compensou o que foi negligenciado em mais de 100?
A resposta é que, pra tristeza de alguns, o rico deixou de ser centro das atenções. Não entregamos mais nossas indústrias aos grandes empresários a preço de banana, não ajudamos mais quem nunca precisou de ajuda, quem nunca precisou dos serviços públicos porque tem dinheiro pra pagar planos de saúde, escolas particulares e universidades caras. Agora os olhares estão finalmente voltados pra quem realmente precisa! Pra dar um mínimo de dignidade a quem teve a infelicidade de nascer preto, pobre, nos confins das periferias (com pleonasmo mesmo, pra enfatizar), criado em meio à violência, sem oportunidades. 
Agora o pobre não passa fome, come carne, não está desempregado, pode cursar uma universidade, tem seu salário reajustado todo ano, tem garantido o seu direito BÁSICO de escolha! E esse é o verdadeiro incômodo pra quem assiste de perto o pobre poder escolher qual geladeira comprar, qual calça vestir e qual comida além da cesta básica comer. O que incomoda é o pobre frequentando os mesmos shoppings, sentando ao seu lado no avião e comendo da mesma comida que o patrão. Incomoda o pobre não se colocar no seu lugar de subalternidade. Os odiadores do PT, antes mesmo do PT, odeiam mesmo é o fato de terem que dividir o que antes era um privilégio só seu.
E agora, depois de 12 anos de "ditadura pros pobres", esse ódio voltou com mais força do que nunca! Escondidos atrás do seu próprio ódio e do discurso oposicionista da grande mídia, você esquece (ou finge não lembrar) das dívidas internacionais, do baixo crescimento, das privatizações irresponsáveis, do dólar a R$ 3,50, do apagão depois do fracasso das privatizações do setor elétrico, dos recordes de desemprego, do sucateamento das universidades públicas, dos escândalos de corrupção engavetados (que deixam o PT no chinelo), dos quilos de cocaína abafados. Esquecem e disfarçam a volta do retrocesso, dos tempos áureos em que o pobre conhecia seu lugar, com o mágico discurso da mudança! Mudança pra quem? Mudança pra onde? Mudança de fato ou uma volta ao passado?
O que me faz chorar, mãe, é o sentimento de impotência diante de tanto ódio. O que pra mim parece tão óbvio, pros odiadores jamais será legítimo, sempre será, como diria seu candidato, "leviandade". Como ignorar a falta de trajetórias de luta de Aécio Neves? A vida fácil regada a nepotismos de quem disse nunca ter arrumado a própria cama e que é comum no Brasil todos terem uma ou duas empregadas? Que disse que as brasileiras têm vida fácil? De quem foi nomeado secretário do próprio pai, ganhando pra trabalhar num emprego em Brasília morando no Rio? 
Como ignorar as alianças com fundamentalistas, ruralistas e militares? Como engolir o discurso "em defesa da família" de quem sobe no mesmo palanque que Levy Fidelix, Pastor Everaldo, Bolsonaros e Felicianos? Como ignorar um machista legítimo que bate em mulher, nos trata com ironia em rede nacional e pretende extinguir a Secretaria de Políticas para as Mulheres? Um candidato que vendo a superlotação das nossas masmorras medievais que educam para o crime ainda seja a favor da redução da maioridade penal? Como ter um posicionamento tão egoísta diante de tanta desigualdade que ainda temos pela frente e que eles nunca lutaram pra combater?
É essa mudança que queremos ver? Mudança para avançar ou para retroceder? Eles sabem, você sabe muito bem a resposta, mãe, só que pra tirar a "corja" do poder e manter seus privilégios, VALE TUDO!
Voltar atrás não é mudança, mãe. Voltar atrás é retroceder. E isso eu não quero pro meu país de jeito nenhum.

50 comentários:

Patty Kirsche disse...

Nossa, que dureza... Entendo esse sentimento de decepção. Não é tanto por ser de direita, mas pelos sentimentos que isso implica na pessoa.

Eu cresci com meus pais votando no PT, então não sei como seria se eles fossem diferentes. Mas percebo que hoje em dia eles são bem mais moderados que eu, então acho que eu seria de esquerda de qualquer forma. Por mim não existiria banco privado... rs

Danilo Monteiro Luke disse...

Vamos supor que o Aécio realmente bata na mulher e toda essa coisa que a esquerdalha está alegando. O fato dele bater em mulher não significa absolutamente nada que ele será um ruim Presidente para o Brasil. Eu vou de Aécio.

Sho Fukumachi disse...

O futuro me assusta. Vamos ganhar, mas o ódio está cada vez maior, já mataram pelo menos um militante petista nessas eleições, parece que caminhamos pra uma guerra civil.
E a mídia porca continua disseminando cada vez mais ódio...

Rodrigo.

Sho Fukumachi disse...

Por que não posso comentar mais anonimamente ou só com o nome?

Rodrigo.

Paula disse...

Faltou falar da falácia do "chega de corrupção", mostrando que o psdb é ainda mais corrupto, bastando pesquisar os maiores escândalos de corrupção do país. O texto todo foi ótimo, mas os papagaios amestrados vão continuar no"blablabla petralhas bandidos corja".

Obs: 12 anos pra tornar o Brasil comunista mas AGORAAAA é que vão dar o golpe! Cuidado, hein?? kkkkk

P Serra disse...

Olá Lola. Eu nunca escrevi no seu blog. Gosto de ler algumas vezes as coisas que você escreve. Durante todo esse processo das eleições atuais, eu me mantive neutra e apenas como observadora. Eu não moro no Brasil já há algum tempo, mas continuo informada e na torcida por melhorias na qualidade de vida do povo brasileiro. Até ontem eu não torcia por nenhum dos dois candidatos. Mas de tanto ler coisas absurdas proferidas por eleitores pro-Aécio, incluindo familiares e amigos, contra pobres e eleitores da atual presidente, sai da neutralidade. Eu não simpatizo com a Dilma, não acho que ela seja uma boa gerente, mas não posso negar as melhorias que o governo do PT fez na vida de muitas pessoas desfavorecidas. Vibrei quando aprovaram a PEC das empregadas, quando abriram as cotas raciais e sociais, pelo bolsa-família e outros programas sociais. Fiquei p* com os escândalos, senti vergonha, mas ao mesmo tempo vi algo novo, as punições. Por outro lado eu nunca vi tanto ódio proferido com tanto ênfase às pessoas pobres e às que se declaram eleitores da presidente, e fiquei muito decepcionada por vir de pessoas que eu tenho o maior carinho. Acho que todos tem direito de defender seu voto, mas penso que podemos defender isso de forma civilizada. Mas também li muita coisa escrita por pessoas coerentes que apoiam os dois partidos. Li as propostas dos dois candidatos, pesei na balança as eras passadas e a atual, nas atuais circunstâncias, desejo que a Dilma vença no Domingo. Porque Aécio NEVER!

a0162f5a-5bb0-11e4-af60-67998ad26fea disse...

O maior crime misógino da história do Brasil sendo desvendado, e a Lola ainda fazendo política.
Isso prova que quando as feministas brasileiras têm que escolher entre feminismo e comunismo, elas escolhem este último.
Por isso que eu digo: não existe feminismo no Brasil, existe feminismo-marxismo.
O "feminismo" brasileiro é sua uma desculpa para enfiar comunismo em você. Não existe um autêntico movimento feminista brasileiro.

Talita disse...

Esse ano resolvi militar aqui em casa, falar pra gente que eu sabia que me ouviria (eles não tem muita saída rs), e olha que a platéia é difícil...

Meu pai ama um viralzinho mentiroso anti-PT, minha mãe acha que presidente tem que ser apresentável, eles 'não votam PT' nem a pau. Bom, fico feliz de dizer que consegui convencer minha mãe e ela, que votou Retrocécio no 1º turno, vai de Dilma no 2º!!!

Meus 2 irmãos mais velhos votam PSDB, o primeiro porq foi de Marina no primeiro turno e agora continua querendo "mudança", ele não quer saber mto de política, então acho que fica difícil argumentar com quem gosta de receber tudo mastigadinho pela Globo... O outro me veio com um argumento que não consegui rebater, ele quer um governo que beneficie a indústria, e o PT não vai ajudar em nada, bem aqueles que pensam só no próprio umbigo...

Eu e meu irmão mais novo vamos de Dilma, outro dia estávamos conversando sobre como ainda não sabemos muito de política, mas que só de olhar os planos dos dois candidatos superficialmente e ler um pouquinho sobre os benefícios dos projetos sociais do PT, já temos segurança de sobra pra votar na Dilma.

E é isso, fico feliz que na minha casa, de 6 pessoas, 3 votam na Dilma. Eleições passadas, de 5 votantes, 4 foram de PSDB e eu anulei (pq ainda não tinha me limpado do antipetismo que parecia estar no DNA).

Além de catequizar a família, tenho declarado meu voto pra todo mundo que pergunta e como a maioria dos meus amigos é PSDB tenho soltado um "é preciso se informar mais" rs Eleições que vem espero estar bem afiada pra ampliar meu público e debater com mais pessoas, quem sabe me arrisco em debater nas redes sociais também.

Raven Deschain disse...

Nossa mas se bater em uma mulher não te choca nem depõe contra o caráter de alguém o que o fará? Bater e estuprar? Bater, estuprar e matar? Bater, estuprar, matar e praticar necrofilia?

Existe grau de mau caratismo? Só bater não é tão ruim? Ele não vai ser um bom presidente, mesmo um ato desses significando que, no mínimo, ele não acha as mulheres (tipo, 52% da população) dignas de respeito?

Laura Xavier disse...

Que alegria poder ver pela primeira vez um post meu no seu blog, Lola! Fiquei muito feliz com a repercussão! Mas agora, quem não tá muito feliz é a minha mãe...meu celular não para de tocar! rsrsrs
Obrigada pela oportunidade, Lola!

Anônimo disse...

A Dilma já ganhou, graças ao voto feminino.
Mas a questão e que não etá sendo uma eleição comum, estamos claramente rachados ao meio, como sociedade. E isto me dá muito medo, neste dias eu vi amizades se desfazendo, e ate familiares parando de olhar um na cara do outro.O que você acha disto Lola?
Acho que a governança do PT vai ser muito dificil neste mandato, metade da população vai boicotar de todas as formas, tempos dificeis virão ai.

Nelia disse...

Linda carta. Graças a Deus não preciso escrever isso para meus pais. Minha falecida mãe sempre votou PT. Meu pai aos 85 anos faz questão de ir votar no PT.Meus irmãos e eu também. Um de meus irmãos é evangélico mas não é ainda é um ser pensante, sempre votou no PT. Eu preciso mandar uma carta dessas para alguns amigos que ficam enviando sandices por email.

Nelia disse...

Esse Danilo não acha importante saber se realmente o Aécio bate em mulher porque deve achar isso natural. Vc é machista como o Aecínico. Não voto em quem agride mulher seja fisicamente, com palavras ou com ações que as discriminem. Mulher que se preze não vota em Aécio.
Ps.: Danilo, vou te explicar porque essa história é verídica. As pessoas que estavam na festa viram Aécio agredindo a então namorada. A Monica Bergamo relatou o ocorrido na sua coluna social sem citar nomes. Aí o Juca Kfouri falou os nomes com todas as letras em seu blog. O Aécio ameaçou processá-lo por injúria e difamação, sua assessoria mandou comunicado dizendo que não havia ocorrido nada. O Juca escreveu no seu blog conhecia testemunhas do fato e que não retiraria nada do que relatou. O Aécio processou o Juca?

Nelia disse...

Pior, Raven, que essa é a mentalidade de muitos eleitores e elitoras do Aecínico.

nadiaschenker disse...

Muito linda a carta! Meus sogros são Psdb, mas eu e meu marido já viramos o voto da minha sogra! Em frente galera! Lola, mais uma vez, parabéns pela postura política firme e clara. Isso deve ter vindo com seu sangue argentino. O brasileiro (uma parte grande das pessoas) acha que debater temas políticos é "fora de modinha". Sei lá...

Anônimo disse...

Ótimo texto e aliás de uma conterrânea. Resido em Franca-SP também e aqui 90% (número que estou chutando, claro, mas acredito ser bem elevado sim) vai de Aécio. A gente fica até meio inibida de dizer em uma roda de amigos e familiares que vota na Dilma. Não que haja motivo pra se inibir, mas pq a reação é bem previsível e dá preguiça de argumentar com quem não está minimamente aberto a ver os dois lados de uma moeda.

Defendo sempre que devemos ser abertos a opiniões e visões diferentes. Não concordo com a opinião que diz que "política não se discute". Acho essencialmente saudável a discussão sobre algo que interfere tanto na nossa qualidade de vida. Mas desde que a discussão seja baseada no respeito, coisa que está difícil nessas eleições.

Mas também consegui um "feito" aqui em casa nesse segundo turno. De 4 pessoas que votam aqui em casa, 3 vão de Dilma e uma vai de nulo, sendo que logo após a divulgação do segundo turno, era só meu voto na Dilma e os outros 3 iriam de Aécio (todos três foram de Marina no primeiro turno). Tirei 3 votos do Aecio, mas o mérito não é só meu, é muito também do próprio candidato do PSDB, que perdeu o respeito da minha família pela forma como se comportou nos debates. O playboy conseguiu se queimar legal. Achou que sendo agressivo ganharia apoio da "população indignada com o PT" e o efeito acabou sendo o contrário.

Na minha opinião o resultado já está fechado, Dilma será eleita no domingo.

Gabriela

Anônimo disse...

Lola, o mapa dos paíse bolivaristas (todos do Foro de São Paulo) é propaganda pro Aécio?

Anônimo disse...

Até agora ninguém me explicou a PEC 33.
Se é que a dona Lola vai autorizar este comentário.

Anônimo disse...

"Como ignorar as alianças com fundamentalistas, ruralistas e militares?" Katia Abreu, Maluf, Sarney e o até 3 min atrás aliado Feliciano mandam lembranças. Ah gente, tenha paciência, voto na Dilma por ela ser o mal menor (ou devo dizer 'a mala menor'?), mas essa conversinha 'ah, o lindo e puro PT q só faz o bem' já encheu o saco, o partido tá ideologicamente perdido, errou muito, muito feio nos últimos tempos, tratando criminosos como heróis, se cala vergonhosamente sempre que é confrontado com algum dos inúmeros escândalos e retrocedeu absurdamente nos direitos das mulheres. Dilma é melhor que Aécio, mas tá longe de ser grande coisa.

Anônimo disse...

Brasil comunista? kkkkkkkkkkkkkkkk

Grão da Noite disse...

Postei hoje no meu perfil do Facebook:

COM DILMA E NÃO ABRO!!!
Estou bastante decepcionado com uma colega de trabalho, por quem, até agora, eu nutria uma boa dose de simpatia.
Olhem o e-mail que ela me mandou (claro, deve tê-lo enviado para todos os que estão na lista de contatos dela):
"Que possamos colocar em nossas orações as eleições de domingo, clamando por nossa nação brasileira, pela libertação de nosso país de toda falsa ideologia.
Que possamos invocar o Espirito Santo, que nosso voto seja direcionado por nossos valores cristãos.
Que não deixemos nos levar por partidos que defendem a legalização do aborto, a distribuição de kits gays nas escolas, promovendo o homossexualismo!!!
Gente vamos pensar sobre sobre na escolha do nosso candidato!!!
Pois como está na palavra de Deus : " Feliz a nação que teme ao Senhor, cujo Deus é o Senhor!!"".
Minha resposta, bastante curta, pois a escrevi do celular, e odeio digitar textos de teclado pequeno:
"Pois também estou rezando muito por que vença a candidata que impedirá o fortalecimento de toda forma de fundamentalismo religioso, provenha ele de católicos, provenha ele de evangélicos, pois o ocupante ou a ocupante da presidência da república deve governar tendo por livro de cabeceira não a Bíblia, mas os valores laicos da Constituição Federal de 1988. Seu e-mail fortaleceu ainda mais meu voto em Dilma".
Pensei que essas eleições não fossem me fazer cortar relações com quem quer fosse. Me enganei.
Com essa moça, a partir de agora, dificilmente conseguirei passar dos ligeiros cumprimentos que requerem a urbanidade no ambiente de trabalho.

Ps: Essa colega de trabalho não é evangélica, é católica. Na prática não tem diferença nenhuma, mas é melhor "dar a Cesar o que é de Cesar".

Anônimo disse...

Meus pais iriam de Aécio porque queriam a tal "mudança", quando eu perguntei que mudança seria essa, eles não souberam responder - como vááárias outras pessoas que perguntei também. Papo totalmente raso. Agora eles irão votar em Dilma. Ou também tem os que votariam até em Satanás só "para tirar o PT do poder". Um voto de ódio contra o outro partido.

Anônimo disse...

Gente... Rachando de rir com o playba no debate da Globo, parece aluno pesquisando na Wikipédia. KKKKKKKKKKKKKK #É13

Anônimo disse...

E bater em mulher não significa que ele será um Presidente ruim? HEUAHUEHAUAHAU Vivo e não leio td

Anônimo disse...

Nelia
Cadê a prova? Só disse me disse.Acho estranho não verem nada errado em Netinho se candidatando sendo que realmente há provas de agrediu sua mulher,mas o Aécio porque é direita vira um monstro por algo que nem provas tem.

Henrique disse...

Lola, sempre que leio seus posts falando do Aécio ter agredido a mulher dele eu lembro do caso da moça que tomou uma cotovelado e teve traumatismo craniano...será que um dia você fará um post comentando o caso? :)

Anônimo disse...

Realmente não tem mais argumentos,reclamam do que vcs mesmos fazem.
Diziam que o PT ia destruir o Brasil e o que vcs estão falando mesmo?
Que o Aécio vai destruir o país e ferrar todo mundo.
Não sei qual é a diferença.

Anônimo disse...

Meu banho, minha vida.

Anônimo disse...

O twitter caiu bem no final do debate Lola. Pq será né
Ta caindo mais do que o Aécio nas pesquisas...

Anônimo disse...

Sou de classe média, essa classe tão revoltada "com tudo o que está acontecendo aí". Não conheço ninguém (e conheço gente de classes mais necessitadas) que tenha piorado de vida nos últimos tempos. E muitos deles vem com esse mesmo papo raso de querer mudança. Quer mudança? Bota o PSDB no poder e aprende o que é sofrimento.

Anônimo disse...

Acho que amanhã deve sair mais alguma pesquisa. Se ela estava com 6-8 pontos na frente do playba do surf, depois do "Meu banho, minha vida" ela estará "mil" pontos a frente, só por sambar na cara dele msm como smp fez. Buenas noches <3

Anônimo disse...

22:20
Tive essa mesma experiência.
Sou de SP e aqui pelo q tenho visto domina o Aécio. Mas no eu ciclo de amigos, trabalho, e uni esse número vem caindo drasticamente.
Quando eles diziam que a tal mudança incrível que o PSDB iria fazer para o país seria tirar o PT do poder (sério?) eu broxava... Já chegaram a dizer que votariam nele porque o seu partido não roubava! heueheueheueheue O que se pode falar pra uma mente dessas né. Deixo quieto e só observo.

Anônimo disse...

"mimimi homem honrado"
"mimimi é mt honra"
"vote em um homem de bem"

cada vez q ele fala sobre honra os mascus tem um orgasmo
escroto é pouco

Anônimo disse...

Voce jah ouviu falar em politicas publica para mulheres? Se ele agrediu em uma mulher proxima, conhecida dele imagina o que ele fara com mulheres qie ele mal conhece.

Anônimo disse...

Não votaria no Netinho-agressor-de-molieres do mesmo jeito que não votarei no Aécio. Sendo esquerda ou direita, os dois estão errados.

Anônimo disse...

Gent, e mascu vai lá se preocupar se mulher apanhou ou deixou de apanhar. Eles querem é que se fodam. Não adianta debater com quem acha de boas bater em mulher desde que o cara faça isso ou aquilo no governo. Tipo, foda-se se mulher apanha entende, eu não quero meu tesouro estudando com "vileiros" e bolsistas. Isso é q importa, rs

Os próprios eleitores de Aécio fizeram minha família mudar seu voto e alguns amigos também. É 13 e xô. O choro é livre.

Anônimo disse...

xD

Anônimo disse...

Mascu se preocupar se mulher é agredida? isso non ecziste!!! No máximo perguntam o que ela fez pra irritar o homem honrado ou se não fez nada dizem que ela é culpada por escolher errado. Simples assim


x

Loup~garou disse...

@Talita:

Por que beneficiar a indústria é pensar no próprio umbigo? De onde você acha que a famosa e ascendente "classe C" tira trabalho?

Se você acha que o Brasil deva ser um exportador de minério e grãos para sempre, beneficiando uma das bancadas mais conservadoras do Congresso, continue com esse discurso.

E aliás, o próprio Lula surgiu de um sindicato industrial. Quando os EUA se livraram de sua metalurgia, o primeiro efeito foi enfraquecer e jogar para escanteio a representação trabalhista que ainda era forte por lá.

Cão do Mato disse...

O Lula só tem o primeiro grau e criou várias universidades públicas...

Anônimo disse...

3 pontos importantes:

- "Ditadura comunista" não é uma coisa instantanêa, ela se implanta com o tempo. Comunistas não são tão burros assim. O Brasil não virou uma ditadura ainda, mas vai virar se o PT permanecer no poder

- "Não quebrou o país"? Qualquer pesquisa meia-boca mostra a manipulação dos números da economia que, embora tenha sido feita por governos anteriores, explodiu exatamente no governo petista.

- Privatizações tornam empresas mais eficientes. Nada de mal em tirá-las da mão do governo, que não se preocupa com o lucro (o único motor da economia,aliás).

E por aí vai. Mas vc's preferem acreditar que pagar esmolas a pobres (que vem do aumento dos nossos impostos) é tudo na vida.

BLH

Anônimo disse...

Minha mãe tbm é psdb carlista e quer votar em aecio. Aqui na Bahia o carlismo é parceiro do psdb

Anônimo disse...

Triste.

Anônimo disse...

Nem tive tempo de convencer minha família a repensar o seu voto, o eleitorado do Aécio já me fez esse favor. Thanks

Anônimo disse...

):

Roberto Bueno disse...

Acho que depois desta carta, ela vai pensar direitinho!! Decidir o voto pelo ódio não é o melhor caminho. Ainda mais quando este ódio é contra os mais pobres, menos estudados e marginalizados de nosso país.

Anônimo disse...

Eu juro que nao consigo mais ouvir esse discursinho de falso intelectual em favor do PT.. Além do mais, é muita ingenuidade acharque os grandes empresários foram os mais prejudicados pela Dilma.. Não se esqueça que as empresas financiadoras das campanhas do PT são os mesmos que o do PSDB..
A maior parte dos ricos que estão votando no Aécio não são contra os pobres andando de avião.. Eu, por exemplo, quero o melhor do Brasil como um todo.. Ocorre que o dinheiro que o Brasil poderia gastar também em infraestrutura está sendo gasto apenas em programas sociais que, obviamente, são bons, mas não serão sustentáveis sem que a economia cresça..
O PT perdeu a capacidade de fazer a economia crescer, os portos do brasil estão abarrotados, o custo pro agricultor brasileiro produzir soja, por exemplo, e escoar para exportaçao eh gigantesco, entre outros problemas estruturais que o PT se esqueceu para fazer programas sociais..
Isso, obviamente, sem contar a corrupçao.. Entendo em quem vota na Dilma por achar o Aécio e o PSDB também corruptos, mas defendê-los com unhas e dentes, mesmo sabedo de tudo o que está acontecendo, é inadmissível.

Anônimo disse...

O crescimento econômico que o Brasil viveu no segundo mandato do Lula, aconteceu pelos seguintes motivos: A crise que atingiu os EUA e a Europa fez com que os investidores internacionais tirassem o dinheiro deles desses países e colocassem esse dinheiro em países emergentes como o Brasil; O crescimento natural da economia brasileira, um país com 200 milhões de habitantes (e diferente do que dizem o povo brasileiro trabalha muito sim), a economia do país cresce naturalmente, veja nos anos 80, 60% da economia brasileira era informal, é o homem que tem uma oficina no fundo do quintal da casa dele, é a mulher que faz bolo para vender para a vizinhança, e a economia crescia ainda assim, então se o governo não fizer nada a economia cresce da mesma forma; O Plano Real, criado pelo tucano Fernando Henrique Cardoso, que acabou com a inflação, a maior inimiga dos pobres e além disso, o pessoal do FMI e do Banco Mundial ensinaram nossos governantes o beabá da economia ( isso não quer dizer que eles sejam santos, mas de ecomia eles entendem ), ensinaram que você deve pagar as suas dívidas, tem que combater a sonegação fiscal, não deve gastar mais do que arrecada, coisas que qualquer dono de armazém, qualquer dono de mercadinho sabe, nas nossos governantes não sabiam. E o bolsa família que o PT tanto se gaba, na verdade é a unificação dos programas sociais que foram criados no governo FHC, bolsa escola, auxílio gás e outros, o Lula unificou esses programas e rebatizou o programa como bolsa família por sugestão do Governador de Goiás Marconi Perillo, do PSDB. Ou seja, qual é o mérito do PT, do Lula e daDilma no crescimento econômico que o Brasil estava tendo? Nenhum, zero. O PT rouba o trabalho dos outros e fica se gabando como se ele tivesse feito. A única coisa que a Dilma fez foi acabar com o crescimento econômico do país. Fora Dilma, e leva o PT junto. Paulo.

Anônimo disse...

As teorias da conspiração!!! Comunismo tá vindo de jegue.Tem 12 anos que eu estou esperando.

Anônimo disse...

As pessoas são a favor da União Européia e são contra o fortalecimento da América Latina. Quando esse recalque de colonizado vai deixar de ser encosto na vida de quem lê Veja?