sexta-feira, 30 de novembro de 2012

KARINA VEIGA VAI A JÚRI POPULAR

Querida Karina,
Você não me conhece, e até ontem eu nunca tinha ouvido falar de você. Algumas pessoas me contaram meio atrapalhadamente como você caiu na boca do povo da internet: você, com 16 anos, transou com seu namorado da mesma idade. Ele disse que você o traiu (que palavra forte, né? Trair! Sendo dita por jovens!), e, para se vingar, colocou fotos e vídeos de vocês dois fazendo sexo no seu perfil no Facebook. Foi isso que eu entendi.
Aí o pessoal das redes sociais, que pelo jeito não anda fazendo muito sexo (porque, se fizesse, não estaria tão obcecado pela vida sexual alheia), e aparentemente não imaginava que meninas de 16 anos transavam, e nunca tinha visto qualquer imagem de sexo anal, pos o seu nome nos Trending Topics do Twitter. E ficou fazendo piadinha o dia todo. E apostas sobre quando você vai se matar. Quer dizer, não me parece ser gente com muita empatia no coração.
Não sei bem por que estão falando em suicídio. Deve ser pelo caso da Amanda Todd, uma canadense de 15 anos que, quando tinha 13, cometeu o pecado mortal de mostrar os seios durante milésimos de segundo pruma câmera. Por causa disso, foi perseguida e bullied, teve depressão, implorou por ajuda, e acabou se matando. Eu falei sobre o caso no meu blog, e, sabe, enquanto escrevia, eu pensava: este post não vai ter discussão, todo mundo vai achar horrível uma sociedade que condena uma menina à morte, todo mundo vai chorar por Amanda e usá-la como exemplo para que uma atrocidade dessas –- julgar e negar apoio a uma garota que não cometeu crime nenhum -- não se repita.
Eu sou muito ingênua, porque não acreditei quando os comentários começaram a chegar. Era um montão de gente cretina dizendo que Amanda era uma vagabunda, que tinha mesmo que morrer, ou que foi fraca em se matar. Pena de morte pruma menina de 15 anos! Não pude acreditar no que vi.
Eu já tive quinze anos -– três décadas atrás, na década de 80. E foi com essa idade que descobri o sexo e gostei muito e experimentei bastante com vários carinhas. Eu era descompromissada e queria transar; eles também, uma situação win-win. Não pensei que estivesse fazendo algo de errado. Mas logo vi que o que valia pros meus amantes não valia pra mim. Vi que eles eram valorizados por terem experiência sexual, enquanto eu era desvalorizada por exatamente o mesmo! Ué, por que, se estávamos fazendo a mesma coisa (sexo)?
Eu já me considerava feminista naquela época, e nunca entendi aquele padrão duplo. Naqueles tempos não existia internet, mas esse detalhe não impedia que várias pessoas falassem mal de mim. E por quê? Porque eu fazia sexo (com camisinha)! Com rapazes que também faziam sexo! Óóó. Mas não abaixei a cabeça, não me envergonhei, porque eu sabia que não havia nada pra me envergonhar. Eu discutia e exigia respeito. Eu queria ter a mesma liberdade sexual que os meninos que eu pegava! Nem mais, nem menos, só a mesma liberdade. Por que seria pedir demais?
Não sei se as pessoas pararam de falar mal de mim, só sei que parei de ligar. E continuei tendo uma vida sexual bastante movimentada, até que, com 23 anos, me apaixonei, virei monogâmica (é uma escolha, não a única), e estamos juntos até hoje, 22 anos depois. Felizes.
Mas eu sempre tenho esperança que as coisas mudem. No meu tempo de adolescente, virgindade ainda era avaliada como importante pras meninas. Hoje não é mais, então eu pensava que o julgamento de garotas que fazem sexo tivesse, talvez, também caído por terra. Ledo engano. A patrulha da moralidade continua firme e forte, como o seu caso prova.
Duas coincidências aconteceram esta semana. Na segunda-feira, fui participar de um seminário sobre mídias machistas numa universidade particular, e uma professora comentou, espantada, sobre o que tinha visto num fórum com alunos daquela universidade. Parece que uma jovem aluna saiu com outro cara enquanto estava namorando um aluno, e foi um auê. A professora não entendia como tantas moças estavam chamando a menina de vadia, piranha, vaca e sei lá mais o quê. De fato, se já não faz nenhum sentido os homens se intrometerem, faz ainda menos sentido as mulheres condenarem o comportamento sexual de uma mulher. Porque o insulto que elas usam contra a colega foi ou será usado contra elas. Pruma mulher ser chamada de vadia, só precisa ser mulher. Mais nada.
A outra coincidência é que logo ontem, numa disciplina que ofereço de Poesia e Ensaios, estávamos discutindo um ensaio do escritor americano Gore Vidal. Em “Sex and the Law” (Sexo e a Lei), Vidal pergunta se o que é imoral deveria ser considerado ilegal. Ele cita vários exemplos: masturbação é vista como imoral por um monte de gente. Baseando-se nos valores dessas pessoas, masturbação deveria ser punida por lei?
Vidal aponta para o passado dos EUA para explicar essas anomalias moralistas. No século 17, puritanos deixaram a Inglaterra porque sentiam que não tinham muita liberdade religiosa por lá. Eles não eram perseguidos pelas convicções religiosas que tinham, mas eram proibidos de perseguir outros pelas convicções religiosas que tinham. Sonhavam com uma teocracia. Tentaram ir pra Holanda, que os expulsou. E aí lhes restou a América. Foram pra lá, montaram vilarejos, e passaram a perseguir uns aos outros por heresias, bruxarias, e mau comportamento sexual. Os americanos de hoje são descendentes desses puritanos. Qual a nossa desculpa aqui na América do Sul?
Vidal diz mais. Ele conta que adultério, tido como imoral, também era visto como criminoso. Em 1948, 242 pessoas em Boston foram presas por adultério. Acredita? Mais da metade dos estados americanos tinha leis contra casamento interracial. Um negro podia ser preso se transasse com uma branca, porque isso, além de imoral, era também considerado ilegal. Sexo anal e oral também eram proibidos por lei. Não só para pessoas do mesmo sexo, mas também para pessoas do sexo oposto. Ou seja, se marido e mulher cometessem sodomia, essa prática imoral que você e seu namorado fizeram, poderiam ir pra cadeia!
Claro que aquilo era letra morta e poucos eram presos por conta disso. Mas Vidal alerta do perigo que é ter leis contra crimes morais, mesmo que essas leis raramente sejam usadas. Porque elas podem ser usadas contra inimigos de vez em quando.
O chocante mesmo é que esse ensaio do Vidal, que pareceu tão atual ontem, quando todo mundo estava vasculhando a sua vida sexual, Karina, é de 1965. É mais velho que eu! Já já o ensaio completa meio século. Naqueles tempos pré-revolução sexual e pré-feminismo, homossexualidade era considerada doença, e casamento interracial, sodomia, felação e adultério eram considerados crimes.
Ainda bem que a gente evoluiu! Ainda bem que a gente soube separar igreja e estado, e impediu que uma moralidade religiosa tacanha continuasse sendo lei no nosso dia a dia. Ainda bem que hoje somos sexualmente livres, e que moças e rapazes, de qualquer orientação sexual, podem fazer sexo consensual sem serem julgados e condenados por um júri popular!
Ainda bem, porque já pensou se você tivesse nascido cinquenta anos atrás? Suas fotos, seu nome, seu endereço, estariam sendo espalhados por aí. E você seria condenada por ter feito sexo anal e oral com seu namorado. Ah, e teve o lance do adultério também! Provavelmente seu namorado sairia livre, porque ele é homem, mas pra você, Karina, sobraria a pena de morte. Você seria executada em praça pública!
Mas felizmente estamos no século 21, e hoje todo esse obscurantismo sexual e religioso parece coisa da Idade Média.
Karina querida, não se desespere. Tudo isso vai passar. Cabeça erguida, que você não fez nada de errado, e ninguém tem nada que te julgar. Que se danem os moralistas. Você é muito melhor do que eles.

284 comentários:

1 – 200 de 284   Recentes›   Mais recentes»
Gabriela Mahle disse...

O MELHOR dessa porra toda é que aparece o pau do cara em várias fotos (e a porra dele também). Alguém falou alguma coisa a respeito dele ter postado fotos das "próprias partes" com o intuito de humilhar a ex-namorada? Não, né? Porque corpo de homem não é escândalo.

Anne disse...

Realmente Lola, gente que não transa mesmo, por que, né? ô assunto besta.

Anônimo disse...

Ai... Queria muito q a Karina lesse o seu texto... Tadinha...

Anônimo disse...

Exatamente. Ela não fez nada de errado. Quem fez foi o imbecil que divulgou os vídeos - e ainda mais aqueles que perpetuaram as imagens.

Gostaria que dessem a mesma atenção que deram à atriz global nesse caso - facilitado por já ser identificado o infrator. E gostaria também que esse senhor fosse punido exemplarmente.

Melmuara disse...

Lola, o teu blog é de longe o mais interessante em que estou inscrita.

Não sabia desse lance da Karina, que brutalidade. Que gente burra, medrosa e mesquinha! Cara, depois da invenção do DNA, acho que esse assunto não deveria nem servir de pauta nunca mais na vida. Me choca saber que o termo "vagabunda" ainda é empregado com seriedade, como se fosse de fato um xingamento. Não é, porque não existe. Impossível para o provedor criar o filho de outro cara se assim não desejar, assunto encerrado.

Olha que linda liberdade, ninguém mais pode ser ridicularizado: nem o traído, nem a menina. Não há porque ter medo. Não tenham e ajam como se não tivessem.

Tomara que a menina conquiste o mundo agora, como já aconteceu com muitas outras gurias vítimas desse tipo de opressão irracional.

André disse...

Se eu pudesse dar um conselho a ela eu diria para que fosse forte, procurasse apoio de pessoas que realmente gostam dela, se afastasse um pouco da net até a poeira baixar, não porque ela tenha que se esconder, mas para evitar entrar em contado com o que a humanidade tem de pior.

PS1: Que tal nenhuma mulher do mundo voltar a sair com o ex da Karina pelos próximos 5 anos?
PS2: Cada vez que eu leio que a Geizy Arruda ganhou uma bolada de dinheiro eu morro de rir dos moralistas da Uniban.

Lord Anderson disse...

Isso me enoja e muito.

Pq DUAS pessoas fizeram sexo, mas só uma é condenada e execrada.

E vem idiota dizer que machismo não existe.


E digo, xinga a moça mas vai ver o video e passar pros amigos?

não passa de um punheteiro imbecil e hipocrital

Thatiana Polatti Neves disse...

Nossa, que absurdo isso tudo. Queria ter como falar com essa menina, pra poder dizer as mesmas coisas que você disse, Lola. Eu me afetaria psicologicamente com tudo isso, e tenho 30 anos, imagine quando eu tinha 16! Não entendo que mania é essa de ficar se metendo na vida alheia, coisa chata.
Outra coisa que não entendo é esse ódio mortal que, pelo visto, é obrigatório sentir pel@ ex. Puxa, tiveram um relacionamento, não deu certo, bola pra frente. Não dá pra ficar com as memórias boas? Tem que se apegar a tudo que teve de ruim e querer algum tipo de vingança daquela pessoa que, até pouco tempo, a gente queria bem? Não consigo entender. Minha solidariedade à essa menina.

Izabela de Lima disse...

O que mais choca nos casos da Amanda Todd e da Karina é o fato de que as MULHERES criticavam fervorosamente o comportamento delas. Na época do caso da Amanda, o que eu vi de "pense bem antes de mostrar os peitos por aí" vindo de mulheres me deixou muito chocada. Nem fui discutir, pra não arrumar mais dor de cabeça... E o interessante é que quem defendia a Todd estava ontem (e ainda hoje, suponho) falando horrores da Karina!

Sabrina disse...

Pq tanta gente acha q trair os outros n tem nada demais,fazer quem vc supostamente gosta de otario ta certo? O cara n tinha direito de espalhar as fotos dela mas pra mim quem trai ,homem ou mulher é um grande filho da puta,se n ta bom termina!

Omar Talih disse...

Acredito que o mais grave aqui é a intenção dele de causar o dano que causou. Se não houvesse a intenção explicita de externar a maldade e machismo exposto, não teria se preocupado em fotografar/filmar o ato e teria se preocupado apenas com o prazer de ambos. Sinto dizer, mas não evoluímos como você diz,Lola, pelo contrário, estamos vendo a humanidade em todos os cantos do planeta, caminhando a passos largos de marcha a ré, em direção a idade média.

Maria Valéria disse...

Desculpa, Lola, mas homem que se refere a qualquer mulher como " vadia" , " puta" , " Piranha" ou afins, vai chamar voce dos mesmos nomes quando voce o contrariar e ele achar que voce " merece" ser chamada dos mesmos nomes,
E, com perdão da palavra, homem desse tipo nao entende patavina de mulher.Nem afetivamente, e muito menos sexualmente,
### pronto, falei!!! Hehehehehe.

Ana Carolina disse...

Ontem conversava com um amigo sobre o ocorrido e comentávamos: por que esse choque? Nunca viram um corpo nu feminino? Não sabiam que o ânus dilata no sexo anal? E fico me perguntando: se essa reação ocorre quando se descobre que uma menina faz sexo, com quem meninos heterossexuais transam? Com fantasmas? Robôs? E esse amigo me dizia: é o horror que as pessoas tem de quem é bem-resolvido com seu corpo e com seu prazer. Mas fico chateada, muito chateada mesmo, ao ver uma menina ser moralmente achincalhada por um ato tão natural quanto o sexo.

Anônimo disse...

pessoas burras se divertem humilhando os outros
sacanagem

taciana disse...

olha Lola, infelizmente, esse tipo de coisa ainda acontece, e muito. há uma semana atrás vi um comentário no twitter de uma semi-conhecida, que é PSICÓLOGA, dizendo que o Bruno não deveria estar sendo julgado pois ele não cometeu crime nenhum, pois matar biscate não é crime, já que biscate não é gente, referindo-se a Eliza Samúdio. aquilo me deixou tão entristecida, não só como mulher, mas como ser humano. até que ponto vai a maldade e a hipocrisia das pessoas? triste realidade, muita coisa mudou desde seus 15 anos, mas não tanto quanto deveria. ótimo texto, reflexão necessária a ser feita, muitas vezes somos machistas sem perceber, em pequenas atitudes, mas esse tipo de coisa tem que acabar, na verdade já deveria ter acabado. parabéns por lutar por todas nós e ser nossa voz, que muitas vezes é calada pela nossa própria fraqueza ou indiferença.

Raíssa disse...

Nossa eu não tava sabendo disso, fico feliz de saber q meus amigos não são tão imbecis a ponto de ficar comentando e compartilhando coisas q uma pessoa q vc não conhece fez e q não interferem na sua vida. De boa: oqq tem ela ter transado com o namoradinho? sério? e dai? e eu com isso? tinham q falar mal é do cara babaca q ficou postando as fotos depois, pq ninguem culpa o cara por ser imbecil? isso é mto mais grave do ser uma menina q faz sexo com o namorado.

Nina Levy disse...

2012 e as pessoas continuam condenando mulheres que fazem sexo. Isso desanima.

Eu só queria lembrar que o que ELE fez é crime. Me parece que ele é menor, mas ainda assim a polícia tem que investigar a autoria do crime e ele tem que responder (como menor, se for o caso) pelo que fez. E ela também pode e deve processar os pais dele e exigir uma indenização.

O que a gente está pedindo, que é que as pessoas tenham consciência de que ELA é a vítima, não é nenhum favor. Ela é a vítima e a ÚNICA vítima desse crime, inclusive perante a lei.

Cada um que a xinga, para mim é criminoso. Porque assume que viu as imagens, que são criminosas. Cada um que procura essas imagens é criminoso. Ela é menor.

Bom, fora isso, eu queria dizer a ela para não baixar a cabeça. Você não fez NADA DE ERRADO, Karina. Você é vítima. Vítima de um rapaz machista e sem caráter e vítima de pessoas igualmente machistas que te condenam. Ergue a cabeça, seleciona suas amizades (quem te culpa ou te condena não merece sua companhia) e toca a sua vida com a tranquilidade de quem não fez nada errado. Ele e mais essa cambada de falsos moralistas é que têm motivos para se envergonhar. Você não!

Karina, você tem toda a minha solidariedade! A minha e mais a de MUITA gente. Você não está sozinha! Fique tranquila, isso tudo vai passar. Os errados são eles.

Marcelly disse...

Karina sua linda...vc não está sozinha..espero que leia esses textos..e esses comentarios..

ele eh um babaca criminoso...e vai ser punidoO...
e vc tera uma vida linda ..acredite..se alguem algum dia te ofender ou te julgar..sinta nojo dessa pessoa q eh o que ela merece...
dois tipos de pessoas vai te ofender.os hipocritas e os que não fazem sexo..então..sinta pena deles...

Anônimo disse...

Ela não é vadia...é apenas burra...todo mundo sabe que enquanto se esta com alguem é so love n' peace ...mas depois é só hate n' war.
jamais deixo tirar fotos intimas minhas por que sei que relacionamentos acabam de forma traumatica ,que por sua vez gera ódio e desejo de se vingar.
Mulheres por exemplo tentam arrancar toda grana possivel durante um divorcio.

poeticadepensee disse...

Vi um monte de gente falando que se ela traiu, mereceu. Mas poxa, ninguém ouviu o lado dela, será que traiu mesmo? Porque quando a afirmação sai da boca do homem, ninguém contesta?
Se ela alegasse que foi violentada, teria que provar, não?
E mesmo que tenha sido traída, nada justifica promover a humilhação pública de uma pessoa!

Priscila Boltão disse...

Primeiro deixa eu rir do comentário do Lord Anderson que foi épico.
Segundo, isso eu chamo de Síndrome de Dorotéia. (É, aquela Dorotéia da Gabriela). Pq é uma falta doq fazer, de ficar se metendo na vida sexual alheia, que só consigo imaginar que ou estão sexualmente frustrados ou querem apontar pros outros pra fingir que "tem moral". (odeio esse conceito de moral que implica em castidade but ok).
Penso q essa dificuldade em aceitar a sexualidade alheia - feminina, masculina tudo bem, né? - é pura infelicidade. "Se não to feliz com minha sexualidade, como essa menina ousa ficar feliz com a dela?!"
mimimi pr'esse povo.
Karina, se vc ler esse texto, saiba que esses losers que querem q vc se mate tão é com inveja. Vc não tá sozinha e vai ficar bem. E eles semana q vão vão estar amargos com outro alvo, pq é só isso q sabem fazer. Enquanto vc pode ser feliz como eles não são.

Paula disse...

pelo visto, não à toa foi corno...

Anônimo disse...

Entrem em contato com a Karina pra ela ler esse texto! Acho que ela iria gostar.

Anônimo disse...

Nossa q tristeza estamos em 2012 e ainda uma mulher não vale nada se fez sexo anal ou como dizem traiu,mas q coisa quando vai acabar essa história de julgar uma pessoa pela sua vida sexual, se ela fez tudo consesual e não foi pedofilia,ainda bem q vejo comentários aqui de apoio a essa garota,assim tenho esperança no futuro.

Anônimo disse...

que essa molekada de hoje trepa que nem coelhos todo mundo sabe, afinal são bombardeados por imagens sexuais de todos os lados, e todos as midias, mas o que eu realmente gostaria de saber e :
porque essa cabeça de vento se deixou filmar e fotografar em um momento intimo ? e o garoto nem a cara mostra ?

Anônimo disse...

Sua reação e visão quanto ao assunto de karina muito realista também tranquilo. Mas qual seria sua ação se karina fosse sua filha? Sua reação? Estamos com olhos de pessoas que apenas assistem os acontecimentos, mas e se fosse dentro de sua fámilia? Não é fácil apenas dizer que é sexo e pronto. Ela tem família e um caráter que foi por água a baixo. O Brasil inteiro a viu exposta, imagina como a família dela se sente frente a isso? Oque faria se fosse sua filha?

Anônimo disse...

O garoto canalha que fez isto com ela faz muito sexo, a aee ? cadê sua deusa agora ?

Anônimo disse...

Tá tudo muito doido mesmo,ou eu vivo num universo paralelo,pq né...vc tem um relacionamento com um cara,compartilha coisas com ele,fantasias e blá blá,e quando o relacionamento termina? tcham tcham,o cara expôe toda a intimidade de vcs enquanto casal,mostrando toda sua maturidade SÓ QUE NÃO,e a crucificada é a VÍTIMA,PQP!!! sabe o efeito disso? cada vez mais e mais meninas (sim,pq nesses caiu na net da vida,só as mulheres são expostas)caindo nisso,e cada vez mais e mais moleques (independente da idade que tenham) fazendo isso,pq sabem que pra si não vai recair nenhuma reprovação social, e ainda pagando de comedores,que é o que mais importa,pra essas amebas com pinto. NÃO vai faltar namoradas pra esse demente,todas achando "comigo não,não sou vagabunda como a outra" e quando se derem conta...

Cética

isa disse...

No fundo, a gente só se vinga de traição quando parece que o outro foi mais esperto do que nós e isso gera ressentimento, ou seja, o cara ficou triste porque a namorada traiu, e ele não, mas adoraria ter traído (ou traído com tanto estilo)!
Provavelmente esse cara logo vai arranjar outra namorada (moralista) que vai tomar muitos chifres e ouvir a seguinte justificativa: Amor, eu traio você porque já fui traído antes. Desculpe. E ela vai aceitar quietinha.

Anônimo disse...

Tudo bem, o que o namorado fez foi errado, mas não é como se ela não tivesse manchado a imagem pública dele também. Homens traídos são frequentemente alvo de piadinhas infames, até dos "amigos". Claro, foi em uma escala menor, mas certamente ele sofreu esse tipo de opressão social. Homens traídos são cornos, mulheres traídas são vítimas.

Anônimo disse...

Que falta faz a época em que adultério podia dar pena de morte...

Rose disse...

A sociedade é hipócrita, 99% dos que estão condenando a menina, fazem a mesma coisa!!!
Ninguém tem o direito de julgar ninguém, o ser humano é escroto, não se colocam no lugar da garota, não tentam ajudar, só sabem rir da situação e pior, fazerem "apostas" se a menina vai se matar...
Karina, se você ler isso, se tranquilize, você não fez nada de errado, nada que nunca ninguém tenha feito, o erro está no coração do ser humano que acha que tem o direito de julgar e rir dos outros!!
Fica em paz, vai ficar tudo bem!

Augusto disse...

Alguém tem, urgente, de entrar em contato com ela e dar TODO o apoio do mundo a ela.

Sexo não é crime, divulgar fotosna internet não é crime, agora, divulgar fotos de outra pessoa na internet é CRIME, sim! Ele merece passar uns 5 anos preso fácil.

Anti-F disse...

Vocês são todas uma chaga na sociedade, o pior câncer dos nossos tempos! Se não fosse o feminismo casos como esse não aconteciam!

Lord Anderson disse...

Só pra complementar oq o pessoal disse aqui, a lei permite que pessoas de 16 anos façam sexo, mas não permite que imagens dela sejam expostas por nenhum meio.

Então quem cometeu crime foi o individuo que divulgou (sem contar o fato de criar um perfil fake se fazendo passar por ela)e tb os cretinos falso-moralistas que compartilharam.

Mas pessoal é tão hipocrita em apontar os dedos que nem passa pela cabeça que quem ta comentendo o crime são eles.

The Rake disse...

Mulheres nem deveriam ser consideradas seres humanos. Deveriam ser mantidas como bichinhos de estimação, no máximo. Talvez assim esses troços parassem de acontecer.

Anônimo disse...

"O garoto canalha que fez isto com ela faz muito sexo, a aee ? cadê sua deusa agora ?"


Ele e vc tb, né?


~deserto sexual~

Anônimo disse...

"Vocês são todas uma chaga na sociedade, o pior câncer dos nossos tempos! Se não fosse o feminismo casos como esse não aconteciam!"

Não, né?


Queria fazer uma optativa na Faculdade de História Mascu. Só de zuão.

ale disse...

Espero que essa menina seja forte pra não cair numa depressão ou qualquer coisa que o valha. Como a Gabriela falou ali em cima, partes do corpo do cara também apareceram, mas ninguém falou nada. Não é humilhante pra ele, afinal, olha só, comeu a namorada gostosa de 16 anos que fez DE TUDO. Tsc tsc.
Ele querer comer um cu é normal. Ela querer dar (por vontade ou por amor ao namorado) é uma obscenidade.
Espero que esse cara fique sem transar um bom tempo; espero que ele não tenha filhos e nem filhas, porque um idiota aos 16 com certeza vai continuar sendo idiota aos 30, 40.
Espero que a Karina dê a volta por cima. Espero que seus familiares estejam a apoiando (apesar de duvidar disso). Espero que ela continue fazendo sexo com quem quer que seja. Que se cuide, que use camisinha, que dê a bunda quantas vezes achar que deva. E que, sim, (por que não?) se deixe filmar e fotografar mais uma vez, se isso lhe agradar. Dessa vez, não por um escroto.

Flávia disse...

Lola,

Fico bastante preocupada quando leio ou ouço histórias como essa.

Ontem, minha mãe, que trabalha em uma escola pública, me contou algo muito parecido. Uma adolescente tirou fotos para o namorado, que depois as divulgou para todos os amigos e colegas da escola. Obviamente, que reprimiram e condenaram a menina e não o garoto. Li a respeito do caso da Karina e me choca são os comentários de meninos, adolescentes e algumas mulheres: eles xingando Karina, elas afirmando que ela foi estúpida ao tirar as fotos e que mereceu porque traiu o namorado...
Assim como você, fico me perguntando se a Idade das Trevas não é agora...

Mirella disse...

"mas não é como se ela não tivesse manchado a imagem pública dele"


*respira. respira*


Se o (insira aqui a palavra de baixo calão que você quiser que ainda não será o suficiente) não tivesse feito isto, NINGUÉM saberia que ele é corno.
O (insira adjetivo pejorativo aqui) foi o mais ESTÚPIDO do mundo. Se ser corno é algo tão ruim assim, seria melhor deixar quieto, não?

(insira aqui diversos comentários que faria o mais misógino corar de vergonha)

Izabela de Lima disse...

Em pleno século XXI, e eu ainda tenho que ler coisas do tipo "ela manchou a honra da família"... E o pior é que a família dela pode ser tão moralista como os desocupados das redes sociais, e estar enchendo (ainda mais) de culpa a coitadinha...

Gabriel disse...

Ridículos os comentários que circulam no Twitter sobre o caso. Tem muita gente vivendo sem a menor noção de respeito ao outro.

Sobre o caso, acho que mesmo que (ainda) não role uma condenação social ao que o namorado fez (já que essas fotos não caíram do céu, como todos sabemos ele divulgou), que role pelo menos uma condenação judicial.

E que a menina possa seguir a vida dela sem sofrer julgamentos morais estúpidos.

Barbie Furtado disse...

Gente, até 2003 (isso DOIS MIL E TRÊS), as chamadas Sodomy Laws ainda eram válidas em 14 estados dos Estados Unidos, e proibiam qualquer tipo de sexo que não fosse sexo heterossexual, e algumas formas de sexo até entre pessoas casadas. Até 2003 sexo oral era proibido no Arkansas e no Michigan, se ligam? Pois é!

Barbie Furtado disse...

Ahh, o link aqui! http://en.wikipedia.org/wiki/Sodomy_laws_in_the_United_States

Anônimo disse...

Lendo seu post lembrei-me do diálogo que tive na manhã de hoje ... Temos alguns vizinhos do tipo que cuidam mais da vida dos outros do que de si, e isto me irrita... Imagina eu que tenho tanto amigO e que passam aqui pra sairmos todo final de semana, devem me achar uma perversa ahahahahaha... Mas enfim, outra vizinha se sentiu incomodada pelo mesmo motivo... Ela é viúva, já teve namorados, já morou com alguém depois disso e hoje está solteira novamente... Um homem que mora ao lado da casa dela começou a cuidar das vezes que sai e pelo que entendi fez até um comentário sobre... Alguém me disse então hj "Ela sai como tudo que é macho e não quer que os outros falem"... Respondi "Ela é solteira e independente, fode com quem ela quiser"... Me senti tão bem depois de ter dado essa resposta hehehe... Mas a grande verdade é que muito se fala em liberdade sexual... Mas no momento em que alguém faz sexo... Que absurdo fazer sexo né ahuahauhauhauhauahuah ... Vários dedos apontam e falam VADIA, VAGABUNDA... Mas e daí... Fazer sexo não é proibido não... Feio é matar, roubar, estuprar e ser corrupto...

Carolina Lucas Paiva disse...

Se o homem trai, pessoal não acha nada de mais.
Se a mulher trai, vem 500 mil com pedras na mão, falando que se deve valorizar a família, etc.
Se essa gente que critica Karina por ter supostamente traído realmente defendesse a família, criticaria traição de homem do mesmo modo.
O pessoal não está nem aí para traição, o que querem é julgar mulheres, não importa o que façam.

Se o guri de 16 anos transa, ele é ixxperrrto.
Se a guria de 16 anos transa, é vagabunda.
E se essa mesma menina de 16 anos negasse fazer sexo com o namorado, o pessoal a xingaria de vadia também, por estar "regulando mixaria".

Anônimo disse...

Mirella, sério, NINGUÉM saberia que ele é corno? Como será que essa informação chegou até ele? Parece até que nunca foi adolescente. Esse tipo de fofoca se espalha mais rápido que a luz. Se duvidar já estava na internet antes mesmo dele fazer isso, mas não recebeu atenção porque não tinha fotos de gente fazendo sexo.

Anônimo disse...

Na minha cidade duas meninas... uma sei que tem 14 anos apenas... tiraram foto seminuas e mandaram pra alguém... não sei bem essa parte da história... então esse alguém colocou na internet... resumo: as meninas estão sendo chamadas de vadias e outros termos nas redes sociais... E eu pergunto: Cadê o idiota que colocou as fotos na net? Dele ninguém lembra... Infelizmente...

Beatriz disse...

é absurdo ter que ficar repetindo que ela não fez nada de errado. completamente absurdo. e vamos lembrar que ela foi acusada de traição, nem mesmo sabemos se ela realmente traiu. e traição é aquela coisa terrível que só bandidos perigosíssimos fazem, e nunca acontece com pessoas normais que fazem merda, se arrependem, se acertam e a vida continua.
eu até entendo os adolescentes julgarem, quererem fazer fofoca e criarem caso em cima disso, mas adultos não. parece um monte de criança rindo de piada de pum.
fiquei muito triste com essa história, muito!

Anônimo disse...

Alguém conseguiu mostrar esse texto pra ela? eu tentei procurar no facebook, mas como eu não sei como ela é não sei qual das Karina Veiga era a certa (e não quero procurar as fotos dela na internet, alem de uma invasão, mesmo q por boa causa, eu to no trabalho, adoraria que ela pudesse ver o apoio q algumas pessoas daqui estão dando (os mascus trolls não contam como pessoas)

André disse...

"Ela tem família e um caráter que foi por água a baixo. O Brasil inteiro a viu exposta, imagina como a família dela se sente frente a isso? Oque faria se fosse sua filha?"
Primeiro que o caráter dela não foi por água abaixo, caráter e honra não se lavam. O máximo que pode ter acontecido é que ela perdeu a reputação junto a pessoas com as quais não vale a pena manter uma reputação. Segundo, e se fosse minha filha? Eu ficaria preocupado com o que vão pensar uma gentinha que vale menos que o cocô da ameba que vive nas tripas do rato mais sarnento do esgoto mais fedido da cidade ou me preocuparia em dar apoio a minha filha para que ela sofresse o menos possível? É tão difícil saber, pode pensar?

Anônimo disse...

As pessoas tem que começar a assumir as responsabilidades pelos seus atos. Se você quer ter uma vida promíscua, saiba que dificilmente um cara razoável vai tratá-la mais do que um objeto sexual, pois você mesmo se objetificou ao escolher ter uma vida promíscua. Quer fazer o que dá na telha? Ok, você é livre para o que quiser. Não é certo impedir a liberdade de uma pessoa na base da coerção. Mas saiba que haverá consequências por seus atos. E a consequência não é apedrejamento, enforcamento, etc. É somente o OSTRACISMO. E é isso que se tem de fazer, um ostracismo social até a morte.

Arthur Malaspina disse...

Uma das coisas que mais me irrita e me deixa consternado neste caso é a covardia desse canalha que postou as fotos, pois ele NÃO APARECE. Já repararam que isso é recorrente? Sempre que acontece um caso desses de fotos serem divulgadas por namorados eles sempre "cortam" sua aparição e deixam apenas as meninas, com a intenção total de mostrá-las como criminosas.

Ela estava transando com um fantasma? Claro que não! O vagabundo, alem de escória da humanidade ainda é um covardão de marca maior, que esconde sua cara e vê de longe o circo pegar fogo!

Camila Fernandes disse...

Eu adoro de paixão essa imagem da Disney, com o príncipe dizendo "esse é o séxulo XIV"! E pensar que a gente está no XXI, e ainda assim...

Frinn disse...

Eu só vim nos comentários deixar meu apoio à ela. Nem sei se quero ler, deve ter mascus falando merda e vai me deixar triste.

Só espero de verdade que ela veja esse post. E que quando veja, tenham muitos comentários confirmando:

Você não fez nada de errado, isso vai passar, você tem nosso apoio.

Anônimo disse...

nossa, ontem eu soube disso e tudo que eu quis era dar um abraço nessa menina. sério. que ela consiga andar com gente do bem que vá entender que o que ela fez é saudável, é normal, quase todo mundo faz e não é crime. pq, né, se a pessoa transa, vai fazer aquilo ali e ficar procurando essas fotos vai automaticamente perder a graça.

aliás, qual é o nome do criminoso? só sabemos o nome da vítima.

o que esse canalha fez É CRIME. sério, que alguém da família dela dê forças para que ela vá a uma delegacia (de preferência da mulher pra evitar topar com algum babaca - eu já precisei de delegacia pra me livrar de um cara e os meninos lá foram SUPEr atenciosos, mas sei que babaquice existe por aí)com prints inclusive do nome dela nos trending topics e consiga mostrar que transar não é crime.

nossa constituição protege a honra e a imagem das pessoas. o que é feito na intimidade deve permanecer na intimidade.

nossa, como eu queria que ela lesse seu texto, lola. ela precisa de ajuda, precisa saber que ela é normal e que faz o que todo mundo faz. o único erro dela (e eu já cometi esse erro, muita gente tbem) foi ter topado com um canalha pela frente.

que ela consiga perceber que não fez nada de errado ou de ruim.

Sabina disse...

Quando as pessoas vão começar a se preocupar com sua própria vida sexual? Ou até com a sua própria vida?
Parecem aquelas crianças que abrem o livro na quinta série e vê a foto de um pênis ou de uma vagina e começa a dar aqueles risinhos.
Caetano já cantava:

Todo mundo quer saber com quem você se deita.Nada pode prosperar.

Anônimo disse...

esse bloguinho está precisando de uma metida de REAL!!!

Bruna disse...

Eu faço questão de falar sobre mim aqui, para demonstrar meu apoio. Eu tenho 27 anos hoje, mas já tive 15, na verdade, iniciei a minha vida sexual com 14 anos. Desde cedo me permiti vivenciar intensamente o sexo. Em um ano de prática sexual eu já havia feito coisas que muita gente nunca fará como menage, sexo anal não só como passiva, mas como ativa, com homens, pouco tempo depois tive experiências sexuais cm mulheres e não muito depois ainda fui muito além disso.
E, vou te dizer, puxando de memória, eu sofri um tanto na época por conta dos outros, porque, naquele tempo, todas as minhas amigas eram virgens e muitas nem haviam beijado ainda. E eu sempre gostei de tirar fotos, mandava fotos minhas nuas para os amigos e meninos que eu queria transar, muitas foram parar na boca do povo. Claro que a internet era diferente, sem as redes sociais, então os grupo de alcance era menor.
Mas o que eu tenho a dizer, de mais importante, é que hoje em dia eu pouco me lembro desses problemas. E muito me lembro de todas as coisas legais que eu quis fazer e fiz e continuo fazendo, aliás. Porque eu amadureci e hoje consigo viver minha sexualidade ainda mais intensamente. E falo disso abertamente, com todos. E recomendo e apoio e discuto com quem achar que não. E melhor de tudo, hoje em dia ninguém me importuna com isso, no máximo quem é muito muito contra nunca será meu amigo, mas digo que mesmo assim sou cheia de amigos, vida social ótima, trabalho, estudo, enfim. Tudo vai ficar bem, a gente tem que assumir nossos desejos, se preparar para enfrentar um mundo que não quer que nós possamos vivê-los e não abaixar a cabeça nunca. Nem deixar de cuidar de nossa saúde, claro, proteção é essencial.
Espero que essa merda que rolou com essa menina sirva para que a sociedade veja como está doente em negar a cada um de nós vivenciar nossos prazeres. Torço para que um dia as pessoas se libertem, Torço e ajo por isso.

Rose disse...

O que me da nojo é o tanto de gente agredindo a menina. O que o garoto fez foi uma canalhice típica de machista, certamente fez isso pra "não ficar mal". O que me intriga muito é o que move as pessoas (a maioria "do bem". Triste episódio de um mundo de imbecis.
Karina, você não é a única e certamente não será a última a sofrer esse tipo de agressão. Mas saiba, você não está sozinha. Creio que tem muita mais gente te apoiando. Não liga pra os babacas, eles não valem a pena.

Mirella disse...

"sério, NINGUÉM saberia que ele é corno?"

Ah claro, todos os dias corneadas vão parar em TT mundial. E xingando o cara, não a (insira slutshaming aqui).
ÓBVIO.
Já fui adolescente sim, a diferença é que não expus ninguém, nem cometi crime nem fui tão absurdamente umbiguista a esse ponto.

E, novamente, "manchar honra etc etc" sabe, tem dó. O nome da garota foi parar no mundo inteiro, com fotos de sua anatomia. Divulgaram uma renca de detalhes da vida dela. E quem é esse idiota? Cadê ele para assumir a atitude tão honrosa? Covarde, com 16 anos não é criança e sabia muito bem o que ia acontecer divulgando as fotos. Tudo isso por ter tomado um chifre? A próxima garota que se interessar por ele que fique esperta, porque esse é ruim desde cedo e um grandessíssimo babaca.

luallessi disse...

Verdade é que a tal liberdade sexual da mulher ainda está mais na teoria do que no fato dela ter uma vida sexual livre na hora que cai no julgamento popular.

Tem uma cama, um homem e uma mulher numa cena, mas a personagem principal sempre é a mulher. Ela faz sexo anal é vagabunda, o cara ninguém diz que é homossexual enrustido, afinal, cu é cu. Se o cara fizer sexo anal através de um buraco, sem ver em que bunda ela tá entrando, ele não vai saber se tá transando com uma mulher ou com um homem.

Se um cara bate uma punheta no PC é um idiota, é um ridículo, é um sem noção. Mulher se mostrar os peitos ou abaixar a calcinha, nem precisa se tocar, vira puta, vagabunda, merece ser estuprada...

Sim, eu confesso que acho que, no sexo, mulher tem mais responsabilidades do que o homem porque ela engravida, ele não.

Mas não é só na hora da consequência máxima que a gente vê a mulher sendo cobrada. Basta vazar uma foto dela nua que pronto: vira piada na escola, vira a vagaba do pedaço. As meninas acham que tem o direito de chamá-la de vagabunda, os garotos acham que ela tem obrigação de dar pra todos eles também...
Parece até que a garota estava no videio sozinha,na hora da execração pública o cara sempre é esquecido e quando é lembrado, nunca é pra ser xingado, mesmo quando foi ele que expõe o que era privado a visualização pública.

Infelizmente, por mais que alguns digam ao contrário, ainda é e por muito tempo será muito mais difícil carregar o sexo feminino na hora de ser avaliada publicamente.
E infelizmente, o que tem feito a fama e a grana de muita mulher na mídia só faz aumentar essa exposição da mulher como alguém que não precisa de um cérebro dentro de uma bela cabeça; só de peito, bunda e uma belo par de pernas para carrega-los.

E o que dificulta ainda mais a mudança desse olhar sobre a mulher é que as maiores carrascas da tal liberdade sexual ou da exposição feminina, é a mulher.
Os caras são abusados, são desrespeitosos já as mulheres tendem a serem cruéis.

Anônimo disse...

Espero que alguém que conheça a Karina mostre esse post pra ela :)

Izabela de Lima disse...

Tá, falaram aí em cima que quem se comporta com ~promiscuidade~ deve ser punidx com o ostracismo. Tá. Agora me explique porque o namorado também não foi condenado, julgado, etc., porque se formos pensar assim, ele também estava sendo ~promíscuo~!!! E outra: enquanto a Karina tá lá no twitter dando a cara a tapa pros falsos moralistas, cadê o cara?? Só postou as fotos/os vídeos/whatever, e sumiu rapidinho, antes que desse problema?? Já sabia que o que tava fazendo é CRIME!!

Amanda disse...

As pessoas realmente são muito imbecis. O que mais se escuta são comentários do tipo "tudo bem ela gostar de sexo, mas não precisava ser tão vadia", quando, na verdade, ela pode gostar o quanto quiser de sexo, fazer o que quiser, tirar fotos, ser filmada, ficar com muitos caras, porque a vida é dela; ninguém tem nada a ver com isso. Ela gosta de ser filmada? O babaca do namorado dela gosta de tirar fotos do pênis dele, do corpo da namorada, etc. Não interessa se ela pediu pra ele filmar, se ele coagiu... pra mim, quem julga a menina é tão podre quanto o namorado.

Anônimo disse...

Eu gostaria que algem me explicase, essa necessidade de tanta mulheres em tirar foto pelada ? A internat ta lotada disto
No mais deploravel a atitude do rapaz

Masculinista disse...

Fiquei com muita pena da moça... Com apenas 16 anos enfrentando essa barra-pesada.

O mais assustador da internet é que tudo que se publica nela, ficará eternamente nas redes sociais.

É por essas e por outras que sou a favor na queda da maioridade penal. Quem divulgou as fotos e vídeos da moça, deveria pegar no mínimo 10 anos de cadeia.

Abraços

Luiza disse...

Se fosse minah filha, esse canalha já estaria com um processo ESTELAR nas costas. Com os bons advogados da minha família, esse moleque e os pais teriam que vender até a bunda para dar conta da indenização.

Mocinha, sinta-se abraçada, você não está sozinha!

Anônimo disse...


o mundo só terá mudado no dia em que um ato covarde como o desse energúmeno for TT.

é isso que teria que ter acontecido.

quem cometeu um crime foi ele, e não ela.

eu não tenho twitter nem face, mas se tivesse, começaria uma campanha pra manter esse estúpido no mais completo deserto sexual e emocional imaginável.

NENHUMA mulher deveria sequer OLHAR, quanto mais FALAR com esse imbecil!!

eu espero que ela levante a cabeça e caminhe com orgulho.

quem deve morrer de vergonha é ele!!

que a família dela não descanse enquanto não condená-lo judicialmente.

e que os amigos dela não descansem enquanto não condená-lo ao mais absoluto ostracismo, até que ele saia da escola e se mude de cidade de tanta vergonha.

M. disse...

Eu também queria muito que a Karina lesse esse texto...

E os comentários...

pra eu poder parabenizá-la por não ter vergonha do proprio corpo - não falo pela parte da exposição feita pelo babaca do namorado, mas pelas fotos que vi, ela parecia uma menina muito segura da própria sexualidade, sem pudores. Ela sim sabe ser feliz!

Karina é uma menina lindíssima. Infelizmente ela é a bola da vez. Depois da Cicarelli, da Geisy Arruda e de tantas outras que vêm e vão. Sempre haverá uma mulher que será pegas como judas para o deleite da sociedade moralista.

Anônimo disse...

Infelizmente é uma tendência q ainda persiste, seja em caso de estupro, ou casos como esse, o foco não vai pro agente da ação, mas pra o instrumento, pra o "objeto", q agora acabou sendo essa menina. O safado da história, o covarde, o idiota, o criminoso, é ele, apenas e tão somente ELE. É por isso q eu digo: tem q haver uma postura bem clara, bem definida qto ao uso de câmeras na hr do sexo. Simplesmente pq é algo fluido demais, mesmo q o cara não esteja mal intencionado, essas fotos podem cair em mãos erradas, pode perder a camera, levar o pc pro conserto, serem pegas, compartilhadas, e aí adeus, nunca mais sai da net. Nessa história o cara acabou fazendo oq há de pior no mundo: se aproveitou da ingenuidade da menina q se permitiu fotografar, ás vezes pra agradar. Na dúvida, não permita, não aceite. Eu mesmo tenho horror dessas histórias de cameras e fotos intimas, se fosse mulher aí q não aceitaria mesmo, pq a carga de julgamentos caso vaze, a pressão, é absurdamente maior e mais implacavel..

Nina Levy disse...

Quanto mais a gente reza, mais assombração aparece.

Que tal um site criado para que ex-namorados se "vinguem" publicando fotos íntimas de suas exs:

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/11/polemico-site-porno-volta-ao-ar-com-maior-integracao-com-redes-sociais.html

Que inferno, viu.

Anônimo disse...

a maior vingança dela é ser feliz.

que ela consiga, apesar da pouca idade, esfregar a indiferença e a superioridade ética que ela tem nas fuças desse imbecil covarde.

que homenzinho minúsculo de merda!! do mesmo calibre dos mascus idiotas que insistem em aparecer por aqui.

Anônimo disse...

Pessoal ai falando de traição, ahhhhh por favor! traição foi que ELE fez, traiu a confiança dela, a expos, ficar com outro tendo um namoradinho com 16 anos é mais experimentação, nem passa perto de traição, com essa idade nem se sabe o que é isso.

Odeio pregação de falsa moral!!!

Kathleen disse...

ai gente, me desculpe mas só 16 anos, já traindo o namorado e deixando tirar fotos? Ah não... ela não merece esta agressão toda, ok concordo, mas se fosse filha minha eu não ia ficar nada feliz. Quer ficar com outro, termine com o atual primeiro. Não deixe tirar fotos tuas, depois se cair na net vc vai se ferrar.
Tenho uma menina de 5 anos e um menino de 6 anos. Não apoiaria se fosse nenhum dos dois. Agiu errado, não tem meu apoio. E me considero uma boa mãe, eles são muito felizes, não acho que sou nenhuma desalmada. Só não acho que a gente tem que passar a mão na cabeça dos filhos sempre. E meus filhos sabem disto...

...Família Colorida... disse...

Lolinha, tomei a liberdade de criar seu perfil de autora no Skoob, deixarei aqui o link para que seus fãs curtam seu perfil lá! :o)

http://www.skoob.com.br/autor/8115-lola-aronovich

Bjos

Anônimo disse...

tava pesquisando sobre um programa q passava na globo q eu me lembrava e ninguem com quem falei lembrava, se chamava Garotas do Programa, e olha oq achei:

http://www.youtube.com/watch?v=DhOAxKZ_6eA

é uma sátira sobre o bicho homem

Magrelinha disse...

Lola, muito legal esse post, mas vc está um tanto quanto equivocada sobre os puritanos saídos da Inglaterra. Eles eram sim perseguidos, e saíram de lá em busca de maior liberdade religiosa e tb de terras. Eles não eram perseguidos apenas pela Igreja Anglicana, mas tb por metodistas, presbiterianos... Eram a escória do Velho Mundo. Eles não queriam fundar uma teocracia, tanto é que até o século XIX os Estados Unidos era o país com maior liberdade religiosa DO MUNDO! Não que os puritanos fossem santos, sabemos de fogueiras acendidas por eles tb, mas em comparação com outros lugares, inclusive a América do Sul e a Central, quem ia para os EUA conseguia uma liberdade maior do que em qualquer outro canto do mundo. Tanto é que o maior movimento de imigração em massa foi para lá. Era o destino preferido de pessoas de outras religiões que sofriam perseguições na Europa, fosse da Igreja católica, fosse da Igreja anglicana. Tanto é que não foram apenas os puritanos que imigraram para os EUA, católicos tb foram, e outros tipos de protestantes também, não só fomentados pelas promessas de maior liberdade individual, mas tb pelas terras.

Só para meio de comparação, no século XIX no Brasil diversos conservadores enxergavam os EUA como uma depravação geral, pois além de tolerarem outras religiões no mesmo solo, em termos de direitos civis eram muito mais avançados. O divórcio já existia, as liberdades individuais eram muito mais respeitadas do que nas repúblicas das outras américas, e essa modernização toda era vista como uma "suruba moral" por muitos do lado de cá. Mais uma vez não estou dizendo que os puritanos eram bonzinhos e que não havia perseguição religiosa, mas se eu estivesse viva no século XVIII ou XIX com certeza preferiria viver nos EUA do que em qualquer outro país da América ou da Europa.

Anônimo disse...

Lola, quanto ao perfil da Karina (@karinaveiga_) no twitter será que ele é fake? Eu achava que não, mas percebi que a foto do perfil é uma das fotos que vazou, se fosse ela mesmo será que ela não colocaria uma outra foto? Também não sei se a pessoa que vazou as fotos adicionou a foto do perfil que ela já usava às que ele tirou dela e publicou tudo junto.

Em fim espero que tudo acabe bem para esta menina.

André disse...

Kathleen,
Também tenho uma filha de 5 anos, se ela matar alguém eu também não vou ficar passando a mão na cabeça dela, vou querer um julgamento justo. Mas, daqui a 65 anos, quando ela começar a fazer sexo, espero que ela seja responsável, e que não seja agredida nacionalmente por qualquer pequeno deslize que cometer. E se isso acontecer eu vou passar a mão na cabeça dela sim.

lola aronovich disse...

Obrigada, Família Colorida! Já me convidaram 2,983 vezes pra entrar no Skoob, mas não dá. Já gasto tempo de mais no computador!


André, ha ha, ri com seu comentário do "daqui a 65 anos". Tomara que sua filha não leia este blog, tadinha!

Mirella disse...

e naquelas de "e se fosse sua filha..."


Precisaria me controlar para não cometer eu mesma um crime. Mas concentraria minhas energias em algo que vale muito mais a pena: apoiá-la, dar toda estrutura emocional possível e, obviamente, garantir a punição dentro da lei para o fulano. Antes de tudo, porém, garantir a sanidade mental dela. Sabe como é, agir como um ser humano empático.

sabrina disse...

kkkk essa é boa agora só a partir de tal idade que ficar com outro tendo um namorado ou namorada q é traição?
ele trai ela mesmo mas ela tb traiu ele.

agora ser contra a banalização de relacionamento onde nem respeito precisa ter,é falso moralismo? se vc n concorda com tudo é pq no fundo queria ser igual ou fazer a mesma coisa?
isso q é burrice.

eu sou contra traição mesmo,só tive 2 namorados serios e quando n estava gostando mais terminei,n tem pq ficar sacaneando o outro.

e esse pivete q espalhou as fotos dela devia ser preso,é um filho da puta

Magrelinha disse...

Só para completar, esse conservadorismo e fundamentalismo cristão que vemos nos EUA hoje tem muito mais a ver com o cenário da Guerra Civil na década de 1860 (a questão escravista, embates entre o norte e o sul e entre a modernização e o tradicionalismo, etc) do que nas raízes de sua colonização.

Vitória disse...

Sério, Kathleen, que você se deu ao trabalho de vir até aqui, neste humilde bloguinho, nos agraciar com seu brilhante comentário de que, se fosse filha sua, você viraria a cara, porque, resumidamente, sua falsa moral não permite que você "passe a mão na cabeça" de quem, em outras palavras, É BEM RESOLVIDA SEXUALMENTE?
Poderíamos ter passado muito bem sem essa sua moral cristã.
Espero que isso nunca aconteça com a sua filha, ou seu filho. E espero, acima de tudo, que os pais da Karina sejam MUITO mais inteligentes que você (o que, cá entre nós, não deve ser muito difícil).
Kathleen, de coração, te digo: o mundo iria melhor sem pessoas como você.
Lola, como sempre, brilhante post.
Beijos

lola aronovich disse...

Anônimo, pois é, é por isso que não divulguei aqui o twitter da Karina, porque suspeito que pode ser fake. Um leitor no Twitter ficou de mandar uns prints mostrando que é. Pode ser um DJ. Chato isso. Gostaria que fosse a Karina de verdade, porque "ela" está encarando os idiotas de frente.


Magrelinha, ok, mas só estava citando o Gore Vidal. Além do mais, o pessoal cai muito nessa história de pensar que os puritanos queriam liberdade religiosa. Queriam liberdade religiosa pra oprimir. Bruxas de Salem, Sinners in the hands of an angry God... Não são exatamente sinônimos de democracia e liberdade religiosa, são?

Kathleen disse...

Vitória, vim sim. Por que? Só pode escrever quem concorda com vc? Liberdade de expressão mandou lembrança!
Não ofendi a moça em questão, ao contrário do que muita gente está fazendo. Não tem o que ofender. Com 16 anos, nos dias de hoje, muitos adolescentes não são mais virgens. Só que precisa gravar vídeo? O Brasil inteiro precisa ver? Precisava trair o namorado? Não né... eu só disse que, se fossem meus filhos, eu não apoiaria. Até porque, se é tão resolvida assim, não vai precisar de apoio né? E, como vc deu aquela baixadinha básica no nível, vou responder: filho meu eu educo como achar melhor.
Ah, e também espero que isso nunca aconteça com eles. Não quero criar filho babaca e nem filha inconsequente...

Nuba ofKau disse...

Texto lindo.
Ou melhor, idéias lindas.

Anônimo disse...

Claro, e como pudemos esquecer?


Coloca a letra A na Karina http://3.bp.blogspot.com/_cPs5UnmYHGk/SsFJTfZun7I/AAAAAAAABkA/JBhPZzJ59D0/s400/scarlet+letter.jpg

Afinal, se ela traiu, merece TUDO o que aconteceu.

Tomara mesmo que o mundo acabe em 2012.

Patty Kirsche disse...

Então, o cara também fez o tal sexo que apareceu nas cenas. Mas é a reputação da garota que foi prejudicada? Como assim? E uma pergunta: O tal ex misógino é maior de idade? Porque se ele for, ele vai responder criminalmente por isso.

Anônimo disse...

Nossa, lembrei da Amanda Todd na hora! Não que eu espere que o que aconteceu com a Amanda irá acontecer com ela (claro que não), mas sim que ela está sendo condenada por algo que não tem nada demais. O cara é um trouxa, um imbecil completo, e eu espero que seja condenado a alguma coisa.
Como muitas pessoas, queria que a Karina visse esse post, para saber que ela não está sozinha e, principalmente, QUE NÃO FEZ NADA DE ERRADO!!! Esse bando de gente condenando-a é um bando de hipócritas, e quem assiste o vídeo (ainda está na internet?? não deveria!!) é criminoso, pois ela é menor de idade.

Abraços

André disse...

Kathleen,
Meu filho (10 anos) de vez em quando faz umas merdas que eu fico pensando, pqp que moleque escroto, como é que o artista conseguiu fazer isso? Depois eu me acalmo e vejo que, quando eu tinha a idade dele, eu fazia pior. Ela foi inconsequente por ter permitido que o namorado registrasse a intimidade deles. Ele foi irresponsável (no mínimo) por ter divulgado as imagens num momento de raiva. Eles são adolescentes, estão fazendo o que fazem melhor. O problema é quando adultos, supostamente mais experientes e ponderados, começam a agir como um bando de chimpanzés.

Anônimo disse...

Sabe qual meu maior orgulho nesse momento? EU NÃO TINHA PÁLIDA IDEIA de quem seria karina e que história era essa. Fiquei sabendo através da Lola! Sinto que estou entre as pessoas certas nas redes sociais.

Patty Kirsche disse...

Espero que essa experiência não a leve a perder a energia sexual dela. Espero que ela continue fazendo muito sexo e com vários parceiros. Só espero que ela escolha melhor os próximos, porque esse ex dela não vale nada.

Anônimo disse...

"Vai a júri popular" não tem crase, pois "júri" é palavra masculina.

Anônimo disse...

Ela é uma imunda se fosse minha filha eu me matava

Anônimo disse...

No mundo existem aproximadamente Existem sete bilhões de pessoas e a grande maioria foi concebida através de sexo.
A maior das hipocrisias é ver que todo mundo critica, e todo mundo faz, " ah claro, se for em off pode, não pode é ser escandalizado" um mimimi de gente hipócrita.
Essa pobre menina foi uma vítima, de um rapaz inconsequente e imoral...

lola aronovich disse...

Ô anônimo das 16:12, não seja por isso...

Carolina Lucas Paiva disse...

Kathleen

Acontece que o namorado publicou o vídeo sem o consentimento dela, e sim, isso é crime.
Outro detalhe: ele justificou esse crime dizendo que ela o traiu, mas pode muito bem ser mentira. Agora só porque ele se disse traído, temos que considerar isso uma verdade?

Se minha filha fosse vítima de algum crime, eu a apoiaria sim, e isso não é fechar os olhos para os erros dos filhos, mas estar ao lado deles quando eles precisam, quando foram vítimas de crimes e estão até correndo risco de vida.
O fato de ela transar não significa que não precise de apoio caso seja vítima de crime, ainda mais um crime covarde desses. O problema é muitos dizem que, se a mulher transa, ela é uma puta e merece sem xingada, humilhada, ameaçada e até agredida e/ou morta.
Se eu ficaria ao lado da minha filha caso ela estivesse sendo punida socialmente por ter feito essa coisa tão horrível que é transar com o namorado, eu ficaria sim ao lado dela e daria todo o carinho e apoio possível para ela passar por essa avalanche de imbecis sem traumas.

Anônimo disse...

Isso me lembra um pequeno episódio que me ocorreu sábado.

Eu (adolescente do sexo masculino), estava reunido com um grupo de amigos na rua e decidimos entrar em uma Sex Shop para matar a curiosidade. Enfim, entramos lá, bisbilhotamos e perguntamos sobre tudo o que era objeto, e havia uma mulher (adulta, obviamente de vida sexual ativa) estava fazendo o mesmo, quando saímos, ouvi uma pá de comentários dos meus colegas sobre ela ser uma "puta", uma "vagabunda" e outras asneiras. Eu me pergunto, o que há demais nisso? Ela fez PRATICAMENTE a mesma coisa que nós fizemos. ¬¬'

Outra situação que tem me irritado muito é que, na escola onde eu estudo, estão quase apedrejando minha ex-namorada por termos terminado há um mês e meio, e ela estar com um novo namorado (quase um mês depois do ocorrido). Eu me pergunto? O que diabos as pessoas tem a ver com isso? E qual o problema? Eu vejo tantos caras que mal terminam um relacionamento e já estão com outras, por que uma guria não pode fazer o mesmo? Diga-se de passagem, eles são muito mais felizes do que nós éramos, então que assim seja, P*RRA! Não tem motivo algum para que estas, se intrometam na vida da coitada, se fosse um guri, acredito que ninguém falaria nada. ¬¬'

Ághata disse...

Kathleen,
Que legal saber que se um vídeo da sua filhinha fazendo sexo anal com um cara caísse na internet para todo mundo ver (coleguinhas da escola, amigos, familiares e, claro, pedófilos)e ela fosse esculachada no twitter por sabe-se lá quantas mil pessoas por causa do seu corpo, você não apoiaria e nem passaria a mão na cabeça dela porque, ah, ela traiu o namorado e isso é tão feio, não é mesmo? Tsc.

Você é realmente uma mão muito boa, quem pensaria que você é desalmada?

E tenho certeza que sua filha compreenderia sua decisão e ficaria muito feliz.

Aliás, com todo esse seu amor maternal, empatia, valores firmes e boa educação, tenho absoluta certeza que você não vai criar crianças babacas. Serão bem diferentes das pessoas que estão tripudiando em cima da menina no twitter, com certeza.

Kathleen disse...

André, os meus são obedientes, mas ainda são pequenos, não sei como vão ser no futuro... 10 anos, a idade do seu filho, é uma criança tb. Não tenho contato com crianças desta idade, mas acho que não deve ser nada tão difícil assim. Meu medo é adolescência mesmo, de 13 anos em diante. Por que sinceramente essas atitudes estão longe de ser boas né? E, cá pra nós que 16 anos tem noção sim do que está fazendo, ainda mais atualmente, com internet e tudo mais. Claro que ele sabia que ia humilhar a menina pro Brasil inteiro. Eu com 16 anos em 1999, sem internet, nem tv a cabo, em cidade super pequena, com muito menos informação tinha condições de responder pelos meus atos sim (inclusive o moleque devia responder por ter jogado esses vídeos na internet sem autorização). Sei lá, minha opinião, mas eu sou meio rígida mesmo, meus filhos falam que eu sou a Rochelle (mãe do Chris Brown) rs...

Huan Icaro Piran disse...

Lola, como sempre uma excelente postagem muito pertinente e muito bem elaborada. Vi que postou ainda de manha, mas estava no celular, então não pude ler ou comentar até agora.
O caso da garota me deixou bastante puto da cara, por um motivos simples, mas você já os pontuou bem, assim como várias pessoas comentando aqui como o Lord Anderson, Nina Levy e Beatriz. Portanto não preciso nem dizer mais...já me estresseu um pouco no twitter mas nãos sei se vale a pena o fazer ou meramente guardar meus prints para trollar moralistas postumamente (tenho descoberto que funciona) '-'

Anônimo disse...

anon 16:12,

se é por falta de adeus, vá com deus!

Jullyane Teixeira disse...

Os baluartes do ‘bom comportamento’ criticando uma menina por ter feito um vídeo com o namorado. E o namorado escroto não fez nada, né?! QUEM NUNCA? Agora é todo mundo santo, ninguém nunca tirou uma foto sensual. Aham, senta lá. A menina só confiou numa pessoa que não merecia. Trair o namorado é algo que ele poderia ‘vingar’ terminando com ela, não a expondo na internet. Ela é menor de idade, ele não. Ela tomou uma decisão ruim, ele cometeu um crime. Analisem. Sociedade machista de merda que impõe pesos e medidas diferentes pra julgar e justificar o ‘comportamento apropriado’ de homens e mulheres. Não consigo deixar de me indignar com as pessoas que acham que a culpa é da garota. As pessoas que justificam esse tipo de comportamento machista são as mesmas que acham que mulher de decote e saia curta quer ser estuprada (ou que a Eliza Samúdio morreu pq era vadia).

Ela podia ter dado pro mundo todo. NADA JUSTIFICA!

CORVO disse...

É infelizmente sou obrigado a concordar com Adorno quando ele diz que vivemos num período de barbárie e que auschwitz não deve se repetir jamais. Diagnóstico certeiro da nossa época em que pensamentos medievais tornam-se massificados. me choca o pensamento difundido largamente de que o corpo deve ser motivo de vergonha e pecado. Ao meu ver, a karina veiga não fez nada demais a não ser fazer uso da sua sexualidade da forma que ela bem entende, quem deveria ser "condenado" deveria ser o babaca do seu ex namorado, mas como vivemos numa sociedade onde o machismo está institucionalizando em todos os aspectos da nossa vida em comunidade, não me surpreende esse caso! O que me anima é saber que não grito no escuro, existe pessoas como a lola que tem coragem de falar perante tão absurda situação...

Moema L disse...


Moralistas do meu Brasil, bebês não nascem de repolhos.

Estava lendo alguns comentários e muitos dizem "se fosse meu filh@ faria isso" , " se fosse meu filh@ não apoiava" , " se teve coragem para fazer isso não precisa de apoio" bla bla bla.

Eu fico me perguntando, o que de tão errado essa moça fez ? Ela só transou. Foi só isso. Por que tanto barulho. Como esse moralistas acham que o mundo chegou a 7 bilhões de abitantes? As pessoas transam.

E todas essas pessoas dizendo que não apoiariam os filh@s, que absurdo é esse? Quer dizer que a partir do momento que transa deixa de ser filh@?

Quando leio essas coisas me dou conta de como eu tenho sorte. Minha mãe jamais me abandonaria dessa forma, Jamais.Ela sempre diz que ficaria ao meu lado mesmo que eu cometesse todos os erros do mundo. Ficaria ao meu lado mesmo que mais ninguém ficasse.

E eu tenho certeza absoluta que se eu fosse a Karina ou mesmo Amanda Todd, minha mãe estaria indignada, decepcionada e furiosa com a SOCIEDADE em que vivemos, Nunca comigo.

Eu cansei de tentar entender esse mundo. Se você for virgem, pode apostar que não vai haver um ser vivo da mesma idade que você, que não ira te esculhambar até a tampa.
Se você não for virgem então é vadia.

Se for virgem chegando aos 20 a coisa só tende a piorar.
Se não for virgem aos 16 ou mostrar os seios por 1 milésio de segundo na internet ai é Vadia x 10²²²²².

Ou seja você se fode (no mau sentido) de qualquer maneira.

Quando foi que transar passou a ser algo tão repugnante? O que foi que ela fez de tão errado?

AFF... Desisto vou vomitar.



Magrelinha disse...


Lola

"Magrelinha, ok, mas só estava citando o Gore Vidal. Além do mais, o pessoal cai muito nessa história de pensar que os puritanos queriam liberdade religiosa. Queriam liberdade religiosa pra oprimir. Bruxas de Salem, Sinners in the hands of an angry God... Não são exatamente sinônimos de democracia e liberdade religiosa, são?"


Como eu disse, os puritanos não eram bonzinhos e claro que episódios assim aconteceram, o que eu disse é que EM COMPARAÇÃO com o resto do mundo os EUA estava muito à frente no quesito liberdade religiosa, tanto é que era o destino preferido para os imigrantes que sofriam com as perseguições religiosas na Europa (e sendo estes de inúmeras crenças).

E no Velho Mundo os puritanos mais eram perseguidos do que perseguiram. Eles não saíram da Inglaterra pq não deixavam eles oprimirem quem não era puritano. Eles saíram pq eram eles os perseguidos.

Jullyane Teixeira disse...

Não posso deixar de comentar:

Katleen,

Coitados dos seus filhos que devem viver com uma déspota controlando (e julgando) todos os movimentos deles. Que horror de mentalidade a de que 'se fossem os meus filhos (sofrendo assédio discriminatório nas redes sociais por terem transado com o namorado) eu não passaria a mão na cabeça deles'.

Deixa só eu te contar um segredo? As pessoas transam, falam sacanagens, se beijam, mordem, chupam, tem algumas 'taras' e essas podem até incluir uns vídeos, fotos ou se arriscar em lugares inusitados (ou coisa bem mais 'terrível').

Quer dizer, os meus relacionamentos sempre foram assim e eu não tenho nenhuma vontade que mudem, pq, sério, pra que ter um relacionamento com alguém se vc não pode confiar a sua intimidade à essa pessoa? Desconfio muito dos relacionamentos que não tenham sua cota de 'depravações'. Escroto e criminoso é a pessoa que expõe isso e, infelizmente, tem pessoas que escondem isso muito bem. Se acontecesse comigo, mesmo aos 26 anos, feminista, militante política, bem resolvida, independente financeiramente há mais de 6 anos, iria querer sim a compreensão e o apoio dos meus pais. Porque transar com o namorado e fazer um vídeo de sacanagem não é um crime, muitas vezes é até saudável pro casal. Agora, imagina uma adolescente de 16 anos, que por mais que tenha vida sexual ativa, ainda está sim se afirmando como mulher, adulta, etc?

Não era pro 'Brasil inteiro ver', era uma INTIMIDADE dos dois. E quem disse que ela o traiu, foi ele. E AINDA QUE ELA TIVESSE TRAÍDO, o máximo que ele poderia e tinha o direito de fazer, era TERMINAR COM ELA. Mas o que foi que ele fez???

Transar, filmar, trair não é crime. Crime é publicar um vídeo de alguém sem o seu consetimento, ainda mais um que a exponha dessa maneira. Se as pessoas parassem de achar que mulher só pode fazer sexo para fins de procriação (depois de lavar com vinagre, como o pastor mandou) e enxergassem a sexualidade das outras (e a sua também!) como algo normal, garanto que esse tipo de situação vexatória não aconteceria com tanta frequência (até pq, infelizmente, é difícil imaginar que deixaria de acontecer, tem sempre um babaca disseminando o preconceito).

Moema L disse...

Só uma observação: Do Babaca escroto ninguém fala.
Pra ele esta tudo OK. A vida continua. Ele humilha a moça publicamente mas ela é vadia então tudo OK.

Vou vomitar novamente.

@Agatha
faço do seu comentário o meu.Sem tirar nem por.
Rígida é uma coisa desalmada é outra.



Anônimo disse...

Com uma mentalidade como a sua, já deveria ter feito isso a muito tempo, teria poupado a humanidade de um ser tão escroto como você!

Magrelinha disse...

Quanto ao assunto do post só eu não estava sabendo de nada (não tenho facebook). Fiquei sabendo por aqui e depois joguei no google.

É crime fazer sexo? Não, e não importa de vc tem 15 anos ou 50.

É crime tirar fotos da intimidade com o seu namorado/marido/peguete? Tb não. Tenho certeza que várias pessoas fazem isso, inclusive pessoas que condenam a garota. Claro que é perigoso para qualquer um, principalmente para uma menor de idade, e que não é recomendável fazer isso (agora deve ter um monte de pedófilo punhetando para essa guria).

Agora, pegar essas informações e espalhar na net é crime sim. E se fosse minha filha eu iria processar o ex-namorado dela. Pq não existe chifre que justifique isso.

Anônimo disse...

Só que a Magrelinha se esqueceu de dizer que no século XIX, os EUA já estavam fazendo a Revolução Industrial, as indústrias americanas estavam se mecanizando, e assim tornando o ambiente de trabalho mais fácil e mais confortável para as mulheres. Aqui no Brasil, um país ainda agrário, baseado no café, onde a maioria dos serviços eram manuais, pesados e insalubres. Nem as brasileiras queriam aqueles serviços, prefiriam ficar cuidando do lar, mesmo.
Ademais, as mulheres americanas do século XIX não tinham nada a ver com o feminismo e esta promiscuidade de hoje. As famílias americanas daquela época eram assim:

http://www.nps.gov/edis/historyculture/images/tae-fam_1.jpg

Que tal, hein? Você deve achar esta imagem bem patriarcal, né? Mas era assim. E assim que SEMPRE deveria ser.

Anônimo disse...

Bah... eu nem acredito. E o que estou lendo de MULHERES xingando a Karina... olha, eu não duvido mais que o mundo vai acabar dia 21.

Anônimo disse...

E o pessoal é bem moralista com esse esquema de trair, eu hein. Tem que trair mesmo. O cara é um bobão, bem feito que tenha levado chifre.

Anônimo disse...

Magrelinha, nas colônias puritanas do século XVII, esta tal de Karina Veiga seria colocada num pelourinho. Se quer saber como era sociedade puritana, leia "The Scarlet Letter" de Nathaniel Hawthorne. Tem um filme até. Se quiser ver em imagens tem até um filme, adaptação livre cinematográfica do livro.

Letícia M. disse...

Estou impressionada! Como pode essa garota ser tão humilhada, insultada, pq fez sexo?!

Se ela cometeu algum erro foi apenas ter se deixado ser filmada/fotografada. E isso não é crime! Crime é o que o ex-namorado fez com ela.

Eu fico pensando em como a cabeça dessa garota está... sim, pq quando somos adolescentes (salvo raras exceções) nos abalamos muito com a opinião alheia sobre nós.

Como já disseram nos comentários, espero que ela leia sua mensagem, Lola! Com certeza ela sentirá um pouco de alento.

Anônimo disse...

"Eram a escória do Velho Mundo. Eles não queriam fundar uma teocracia, tanto é que até o século XIX os Estados Unidos era o país com maior liberdade religiosa DO MUNDO!"

- As colônias eram sim teocracias puritanas, cada qual reprimindo a liberdade religiosa do outro. Veja por exemplo o que aconteceu com a Anne Hutchinson, John Clarke e os "feiticeiros" de Salem. Os quakers também eram perseguidos. Para saber mais desta história, leia "Conceived in Liberty" do Murray N. Rothbard.

Ana L. disse...

Lola, você tem razão. Parece que esse povo nunca transou. Por que ficam se metendo na vida sexual alheia? E eu sei que é muuuito chato quando nos condenam simplesmente por termos transado.

Anônimo disse...

O fato é que somente 10% dos homens faz sexo aos 15 ou 16 anos. De fato, os 90%, só perde a virgindade depois dos 20!

O que ocorre é que simplesmente todos estão revoltados com essa assimetria no mercado sexual em que uns poucos tem tudo e quase todos nada!

Sara disse...

Mais um caso de homem machista NOJENTO que se acha no direito de ferir , denegrir e até matar a mulher que o trocou por outro.
Tenho ASCO PROFUNDO desse tipo de homem, desculpe vou vomitarrrr!!!

natalia disse...

Primeiro, na minha opinião, antes dos 18 é muito cedo para transar. Todavia, claro que isto não é crime e nem motivo para difamar ninguém por um coisa que quase todo mundo faz ou gostaria de fazer. Não me refiro ao sexo anal, neste quesito vou morrer virgem. Mas, claro, tem quem goste.

Camila Strongren disse...

Passando aqui para deixar minha solidariedade à Karina, pois caso ela veja esse textos (e espero que veja), que sabia também, que tem gente apoiando ela, e que ela não fez NADA de errado... Essa coisa, de ser burra, não se deixar filmar... Já tirei algumas fotos de ex minhas, terminamos, e nem sempre bem, e nem por isso às expus, pois isso seria falta de caráter minha, e a culpa NUNCA é da vítima. Mas de fato, com 16 anos é muito complicado saber discernir em quem confiar. Mas se você estiver lendo isso, tente relaxar, por mais que esteja sendo terrível agora, um dia vai passar. "Não há mal que sempre dure nem bem que nunca se acabe", mas vamos esperar que um dia esse mal do mundo chamado "machismo" passe, e que nenhuma outra garota precise passar por isso!

Denis Souza disse...

Lola!
Acompanho seu blog todos os dias a uns 3 meses, só não tinha começado a comentar ainda, ainda! rs

É muita hipocrisia isso tudo, mas muita mesmo.
Olha, estudo psicologia, onde (em teoria)as pessoas deveriam ter mente aberta tendo em vista que atenderão gente de "tudo quanto é jeito"... doce ilusão.

O que ouço de comentários machistas e homofóbicos dá pra fazer um livro, isso em aula.

Esses dias o assunto foi focado no motivo do casamento monogâmico ser considerado.
Eu disse que era contra essa obrigatoriedade, que traição é intimamente ligada ao conceito de exclusividade e tudo mais, recebi tantos olhas feios e caras de reprovação... Isso porque falei tudo na frente da minha namorada, que estuda na mesma sala que eu e ainda concordava comigo.

Se a moça quis fazer sexo, qual é o problema? se o cara tinha namorada, o que ela tem a ver com isso?
É uma inversão de valores tão grande que dá até desgosto.

Enfim, obrigado pela leitura interessante e diária. (salva meu expediente haha)

Marte disse...

Karina, espero muito que vc leia esse post e todos os comentários. E também passe a ler o blog da Lola. Te ajudará muito.
Enfim, quero que saiba que não deve se arrepender de nada, vc não fez nada de errado. Eu já tirei fotos e fiz vídeos meus e de pessoas com quem namorei (tive sorte de ter namorado pessoas legais e de caráter. Muita gente faz isso, é super natural do ser humano.
Também achei muito legal o fato de vc não ter vergonha do seu corpo e nem pudor de fazer o que te dá prazer (sexo) por causa de moralismo ridículo. Nunca deixe de fazer o que tem vontade por causa disso, mas sempre lembrando de se proteger (use camisinha e pílula).
No mais, força, menina! Isso vai passar pra vc. O que me entristece é saber que sempre vai acontecer com alguma mulher. Contra isso, nós feministas, vamos continuar lutando. Um abraço carinhoso e todo apoio.

Carol disse...

Eu sempre posto com meu nomezinho aí do lado, mas como a história que vou contar não é minha, esim da minha irmã, vou postar como anônima.

Há alguns anos minha irmã mais nova, então com 16 anos, morava nos EUA com meus pais. Tinha um namorado no Brasil. Antes de ela se mudar, o menino parecia ser boa pessoa. Quando ela foi morar longe, ele se transformou. Entre outros absurdos, exigia que ela se mostrasse na webcam pra ele todos os dias, antes de ir pra escola, pra ele aprovar ou não a roupa usada.

Bom, ela estava com alguns problemas e começou um tratamento com psicóloga. Alguns meses dentro do tratamento, meus pais foram chamados. Ela tinha admitido, pra psicóloga, o seguinte: antes de se mudar, ela tirou fotos nuas e mandou pro menino. E o menino começou a ameaça-la. Se ela terminasse com ele, ele soltaria as fotos na internet.

Bom, ela estava nos EUA e tinha 16 anos. No estado onde ela estava, levava-se pedofilia MUITO a sério. E a psicóloga era obrigada a informar tudo pra polícia.

Houve todo um procedimento policial. O menino morava no Brasil, e chegou-se a cogitar mandar um aviso de cooperação policial pra prende-lo. No fim das contas, ele está proibido de entrar nos EUA, na lista de pedófilos. Eu, na época no Brasil, entei com um processo em nome da minha irmã e o menino teve que responder do Brasil também. Não deu em nada, ele teve que se comprometer a não espalhar as fotos ou entrar em contato com ela novamente.

Por motivos óbvios, poucas pessoas ficaram sabendo. Só a família mais próxima.

Minha mãe teve uma reação que eu considero exemplar: apoiou totalmente minha irmã. Deixou claro que se deixar fotografar é simplesmente burrice, porque não dá pra confiar tanto nos outros. Mas que o criminoso, o culpado, o FDP vagabundo, era ele, e somente ele. E mais: disse que se ele soltasse as fotos (isso foi antes dos processos judiciais) ela usaria tudo pra fazer uma campanha de conscientização para outras adolescentes.

E uma tia minha, próxima, metida a liberal e etc, foi o maior choque. Achou um absurdo "estragarem a vida do menino" por uma bobagem dessas, e que "boys will be boys" e a culpa seria da minha irmã por se colocar nessa situação. Nem preciso dizer, não temos mais contato com ela.

Anônimo disse...

Lola, esses casos me fazem perder a vontade de viver. Desde Amanda Todd e uma outra garota (não lembro o nome) que se jogou na frente de um metrô (enquanto colegas dela INCITAVAM o ato) eu penso em todas as armadilhas nas quais eu poderia ter caído, por ingenuidade, paixão adolescente, sei lá.

Eu sou humana também, eu também erro, e eu também sou jovem. Não consigo deixar de me colocar no lugar da menina e me sentir dolorida.

Espero que ela consiga ver esse texto. Espero que ela receba apoio. Qualquer apoio. Espero que a vida dela volte ao normal logo, de qualquer jeito.

Loise disse...

A primeira coisa que pensei quando li sobre o caso da Karina foi no quão babaca e imaturo é esse ex dela. Não posso dizer que não esperava ver comentários negativos e moralistas em relação a menina, SEMPRE tem, não serei utópica. Mas o "pior": esses comentários, na maioria das vezes, partiram de jovens que se dizem "descolados", "mente aberta".
Isso só mostra o quão atrasados ainda estamos e como as pessoas conseguem ser hipócritas.
Espero que essa menina seja bem orientada e que toda essa polêmica sirva para alguma coisa: gerar alguma discussão, debate, esclarecimento.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Lola, em nome de todas as mulheres, até as que discordam disso, obrigada pelo texto.

Abçs.

Anônimo disse...

Fazendo ou não sexo, gozando ou não na vida, as pessoas - em sua maioria - gostam de ficar bisbilhotando e julgando os outros.

Roxy Carmichael disse...

força karina!!!
tb concordo que a melhor vingança é ser feliz! imagino que nesse momento vai ser meio difìcil enxergar isso, mas karina é jovem e tem toda uma vida pela frente, desejo que seja recheada de bons amigos, viagens, trabalhos legais e pq nao, namorados inteligentes e que jamais seriam capaz de uma atitude tao covarde quanto a desse mequetrefe desse ex dela. seria ótimo se a karina pudesse ler essa carta. nao li todos os comentarios, entao foi mal se estou sendo repetitiva, haveria alguma possibilidade de fazer essa carta chegar até ela?
no mais, beijao enorme pra minha mae (depois que li alguns comentarios de umas maes por aí, entendi que a minha VALE OURO)

Maiê F. Rezende disse...

Isso é de uma violência tão grande... Essa menina não deve estar podendo ir à escola, nem sequer sair de casa.
A punição para esse namorado e sites que hospedaram as fotos devia ser dura, para servir de exemplo.

Não estou pedindo pena de morte para o namorado, mas algo que fizesse ele entender o quanto o que ele fez é errado.

Barbara disse...

Acho que esse povo devia ver mais pornô. Gente, serio que esse povo nunca viu vídeo de sexo anal? É daquele jeito lá mesmo, não entendi a surpresa.

Aline A. disse...

Anon das 16:12, se vc tivesse se matado ontem, hoje já fariam 2 dias...

Sara disse...

Outra coisa que não entendo é esse ódio mortal que, pelo visto, é obrigatório sentir pel@ ex. Puxa, tiveram um relacionamento, não deu certo, bola pra frente. Não dá pra ficar com as memórias boas? Tem que se apegar a tudo que teve de ruim e querer algum tipo de vingança daquela pessoa que, até pouco tempo, a gente queria bem? Não consigo entender. Minha solidariedade à essa menina.[2]
Thatiana Pollatis

Toda razão Thatiana NUNCA vou entender esse ódio q em sua maioria os homens nutrem pelas mulheres que foram suas ex companheiras, embora eu veja muita mulher com essa atitude IMBECIL tb, mas com consequencias bem menos nefastas.

Carina disse...

Não conhecia o caso, mas que super chato discutirem sobre a menina. Todo mundo julga ela por ela ter feito uma coisa que todos fazem, mas ninguém julga o cara que postou intimidade dos dois pra todo mundo por vingancinha... Espero que ela passe por isso de cabeça erguida.

Sexo todo mundo faz. Ou acha mesmo que tanta gente veio pro mundo via cegonha? Um dia, não vamos pensar no "primeiro" como aquele com quem se perdeu a virgindade. Vamos pensar do primeiro cara com quem chegamos ao orgasmo.

Vato Loco disse...

Era só o que faltava, defender as mulheres que traem... mulher que trai é vadia sim, do esmo modo que homem que trai é canalha, qual o problema disso? Não sei pq vcs feministas se comovem tanto quando uma mulher que é realmente vadia é vadia, não sinto nada quando um homem que é realmente é canalha é chamado de canalha, a carapuça não me serve.

Luiz disse...

Bom, esse me parece ser mais um desses temas que é sucumbido por uma falsa lógica. Em geral nessas discussões costuma-se omitir as partes mais embaraçosas para um dos lados. Iremos para o primeiro ponto. Nunca existirá uma sociedade desprovida de valores morais. Isso é parte da essência humana. Valores morais são ferramentas de controle social. A esquerda usa muito este mecanismo e a direita também. Ou seja, toda sociedade precisa ser alicerçada em um conjunto de valores morais. É claro que nos EUA houve algumas barbaridades, mas sem dúvidas estas são menores que em qualquer outro lugar do mundo. A sua referencia as barbaridades americanas é só mais uma manifestação do antiamericanismo bocó tão típico da esquerda tupiniquim (até hoje não entendi a razão das pessoas fazerem doutorado no "inferno" americano e não no "paraíso" cubano). O grande segredo dos EUA é reduzir o tamanho do estado e reconhecer as pessoas como indivíduos de livre iniciativa. Por lá o estado tenta evitar a barbárie. É que chamamos de modelo liberal pessimista. OS EUA é uma grande potência porque estimula a livre iniciativa dos seus indivíduos. Liberdade não é um valor coletivo, mas algo que ocorre na esfera individual. Os norte americanos são herdeiros do iluminismo inglês. Leram Adam Smith, para sorte deles. Nosso azar é que focamos em Russeau, um homem que amava a sociedade e odiava as pessoas.

Iremos ao segundo ponto. As pessoas tem a liberdade de fazerem sexo com quem quiserem e quantas vezes quiserem. Não importa se são homens ou mulheres. Eu só acho que pessoas que transam com muita gente diferente não são assim tão criteriosas para fazerem suas escolhas. Mas isso é problema delas. Em nada me interfere. Certa vez vi num documentário que mostrava a vida de prostitutas uma moça dizer que depois de tanto tempo na estrada, ela separava os homens em apenas duas categorias, os limpos e os nãos limpos. O resto era acessório. Bom, eu confesso que sou bem mais criterioso neste quesito. Não estou julgando, mas como disse o José Simão, passarinho que come pedra sabe o "Fuleco" que tem (Essa copa vai ser do Fuleco. Coitado do tatu bola. Vai se auto-extinguir de vergonha).

Luiz disse...

Agora, não acho que traição é algo assim trivial. As pessoas são livres para escolherem o tipo de relação que querem ter. Casar e ficar casado são uma opção. Caso você opte por uma relação monogâmica e no meio do caminho decida ter relacionamentos com outras pessoas sem o conhecimento de seu parceiro, em meu conjunto de valores você é sim um mau caráter e não me importa o tipo de desculpas que você arrume para justificar os seus atos. Quer ter um monte de parceiros? Comunique ao seu companheiro antes e veja se ele aceita. Seja honesto. Ou então se separe ou nunca case. Essa é uma escolha individual e eu a respeito. Agora se você fizer diferente disso você está sendo velhaco. Na minha vida todas as pessoas que eram infiéis e desonestos com seus parceiros eram em alguma medida também desonestas em outras áreas das suas vidas. Darei um exemplo. José Dirceu, o patriota, era também muito conhecido por trair as suas companheiras. Sugiro que leia a entrevista de sua primeira ex-esposa na Folha de SP. Ela conta que se separou dele porque se cansou de chegar em SP vinda do Paraná e ver fios de cabelos femininos no banheiro do apartamento dele. Depois quando colocado no poder para administras o dinheiro que o governo toma de nós sobre a forma de imposto, ele mostrou que tinha por nós contribuintes, o mesmo zelo e o mesmo grau de honestidade que ele costumava dispensar para as suas ex-esposas. Não deixa de ser sintomático sobre o seu caráter. Eu quando sei que um homem ou mulher trai o parceiro eu o afasto do meu círculo de convivência. Não sou amigo e não faço negócio com essa gente. Se alguém não respeita e é desonesto com a pessoa que ela divide a cama, comigo é que ela não terá compromisso nenhum mesmo. Por isso não corro este risco. Felizmente nunca votei (e nem votarei) em Zé Dirceu e Renan Calheiros. Só citei exemplos masculinos, mas a mesma lógica vale para as mulheres que traem. Nos EUA, políticos que traem suas esposas costumam ser apeados do poder ou de suas funções como homem público. O caso do chefe da CIA é o exemplo mais recente. Aqui eles costumam ganhar a presidência do Senado de brinde. Isso ajuda a explicar por que os EUA nos colocam no bolso em quase todas as coisas que são realmente importantes no mundo.

Luiz disse...

Há, esqueci de mencionar. Acho a atitude do garoto também muito imbecil. Ele também não tem caráter. Tinha a opção de nunca mais olhar na cara dela. Também tinha o direito de dizer que terminou com ela porque foi traido.

Luiza disse...

"Ela é uma imunda se fosse minha filha eu me matava"

Enquanto for você se matando, tudo bem. À vontade. Não matando ELA, faça o que quiser.


E gente do céu, se isso fosse comigo meus pais me dariam um bom sermão sobre não confiar em qualquer um e me apoiariam SEMPRE! Fora o processo que iria direto na jugular do sujeito.

Carol disse...

"Eu gostaria que algem me explicase, essa necessidade de tanta mulheres em tirar foto pelada ? A internat ta lotada disto"

Não te conheço, mas isso é quase um ato sexual para própria pessoa, muita gente fica excitada tirando fotos nuas e é bom pra autoestima, não tem nada de errado nisso, além do que milhares de homens participam de websites como omegle e mostram o pênis mas ninguém fala nada.

Anônimo disse...

anon 17.48hs pq esses q não transam sentem tanto ódio de quem transa????
Hj mesmo uma amiga que resolveu que não quer mais transar (isso ja faz uns 6 anos), é uma revoltada pq o marido arrumou outra (oras o q ela esperava?) a decisão foi dela não dele.
Como ela sabe q eu transo todas as vezes q me da na telha , (e não são poucas) ela descarregou a ira encima de mim, me chamou de suja , e disse q ela era "limpinha"(detalhe ela é tão amargurada q ja teve doenças bem sérias), eu canso de falar p ela cai na vida amiga, mas ela diz q tem nojo de homem e bla bla e bla.
Agora quem quer ter uma vida sexual satisfatória tem q aguentar as fustrações de gente mal amada?
Vai ser feliz vc tb .

Josiane Caetano disse...

Adorei o seu texto de hj! Tomara que a Karina realmemnte leia o seu post, eu não consigo calcular o sofrimento que esta menina está passando...

Pryscila disse...

Que alívio ler sua postagem, Lola. Acompanhei o caso enquanto estava acontecendo (santa insônia...). Fiquei chocada. Equanto eu postava comentários nas fotos e vídeos da garota em questão, dizendo "isso é crime denuncie em tal página da polícia federal", a maioria dos outros comentários eram absurdamente chulos, rasos e preconceituosos. Foram horas de horror, sinceramente. E quem fez isso, postou o telefone dela, o endereço, tudo com frases dizendo "quero sexo"... Soube de um caso de um namorado vingativo que publicou o nome, endereço e telefone da ex e, em nome dela, disse que o sonho dela era ser estuprada. E foi o que aconteceu. Algum criminoso leu o falso anúncio e foi lá estuprar a ex namorada dele. Ela foi esfaqueada, deformada. Lembrando dessa história, postei desesperadamente o endereço da Polícia Federal no Facebook da Karine. Em uns 20 minutos, ele saiu do ar. Mas ficou umas 8 horas no ar com todo aquele conteúdo e sendo compartilhado, comentado das formas mais desumanas. Bem,
espero realmente que a Karine tenha força e que siga seu conselho. Beijo!

Reinaldo disse...

"Cabeça erguida, que você não fez nada de errado, e ninguém tem nada que te julgar"

Não fez nada de errado?

Trair não é errado?

Lola, vc permite que seu marido a traia?

Vc incentiva ele a traí-la?

Vc acha isso correto?

E, se por acaso a resposta para essas perguntas seja um sonoro "NÃO", uma ultima questão:

Por um acaso vc acha, então, que quando um homem trai é errado e quando uma mulher trai não é?

Anônimo disse...

Oi Lola! Gostaria de aproveitar o espaço do seu blog e sugerir uma ação de apoio à Karina. Tenho lido comentários de pessoas indignadas e que gostariam que ela lesse e se sentisse bem, tivesse certeza de que não fez nada de errado. Acho que talvez usar a força do seu blog pra convocar as pessoas a realizarem atos de solidariedade. Sei lá, tirar fotos segurando cartazes com mensagens de apoio. Pra que de alguma forma chegue até ela e amenize a dor que provavelmente ela está sentido. Pra que fique claro que há muita gente que gostaria de mudar esse moralismo hipócrita da nossa sociedade.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Trair(não apenas no sentido afetivo ou sexual) é realmente(para mim) um dos atos mais deploráveis de um ser humano, ainda assim, não se paga uma traição com outra...

Enfim, se merecem.

The Rake disse...

HA, vocês são todas umas tolas. Não importa o que falem, a vida social dessa vagabunda foi pro fundo do poço, e ninguém nem sabe o nome do cara! PATETAS! Dou todo o apoio para a atitude do rapaz!

lola aronovich disse...

Pryscila, querida, legal vc ter denunciado imediatamente a página àa PF! E que horror esse caso que vc contou. Se vc tiver algum link contando essa outra história, me avise, por favor. Abração!


Reinaldo, primeiro que a gente nem sabe se Karina traiu o namorado. Pode ser que ela tenha terminado o namoro e ele quis se vingar. Pode ser que eles haviam terminado e ela saiu com outro, e ele quis se vingar. Acontece direto. E pode até ser que eles tinham um compromisso mais sério (aos 16 anos!...) e ela transou com outro. Então me diga o que o namorado devia ter feito ao descobrir a traição: perdoá-la, acabar o namoro, matá-la, bater nela, divulgar fotos e vídeos de sexo na internet. Aviso que apenas as duas primeiras alternativas não são criminosas.
Uma traição diz respeito ao casal. Só ao casal. Não diz respeito a mim, nem a vc, nem à internet. Entendeu o meu post? Vc e muita gente pode considerar uma traição IMORAL, mas ela não é crime. Fazer sexo não é crime. Divulgar imagens não autorizadas é crime. Imagens de sexo de criança e adolescente, então, É CRIME -- a pena é multa e 4 a 8 anos de prisão.
Eu e meu marido temos um acordo monogâmico, então não saímos com outras pessoas. Se um dia algo assim acontecer, vamos conversar entre nós dois e decidir o que fazer (relevar, acabar o relacionamento, abrir o relacionamento, continuar o relacionamento). Não vamos nos vingar tentando ferir o outro. Quando se vive um relacionamento saudável e cheio de amor, as pessoas não passam a sentir ódio mortal uma da outra depois que o relacionamento acaba.

Anônimo disse...

Reinaldo, digamos que tenha havido traiçao por parte de Karina. Ainda assim o patife do ex dela precisava chegar ao ato canalha a que ele chegou?

Você tá me parecendo religioso fanático que considera do mesmo tamanho o pecado em matar e o pecado em nao guardar o sábado ou o domingo como dia consagrado a deus, invençao humana.

Anônimo disse...

Luiz vc é um genio, e tb penso como vc, como queria dar pra outro cara, cheguei p meu marido e disse que queria me separar.
O problema é que ele não queria separar, e foi muito honesto comigo e disse que estava em duvida se me jogaria acido no rosto (pq segundo ele nenhum outro homem iria me querer depois) ou se ele me matava, pq segundo ele , casamento era até a morte.
Haaaa ele tb em sua sinceridade pungente disse que mataria nossos filhinhos tb, pq de que valeria a pena eles viverem sem a mãe.
Depois dessas propostas empolgantes, decidi não me separar mais desse homem tão honesto em suas atitudes, mas a vontade de transar com outros não passou.
Ai diante de tantas opções que ele me deixou, eu o traio com quem me da vontade (e detalhe sem nenhum resquicio de dor na conciência).
Haa e tem mais não me manda atraz dessa lei Maria da Penha não, pq to meio farta de ver mulher sendo enterrada com um monte de boletim de ocorrencia e medidas protetivas nas mãos pra efeitar seus caixões.

Robson disse...

Se fosse minha namorada, eu fazia o mesmo.

Augusto disse...

Lola, é tempo de criar um grandioso fórum feminista. Sabe para quê? Para que denunciemos os casos machistas, homofóbicos, racistas e ateofóbicos. Para que possamos divulgar políticos e políticas feministas e pró direitos humanos. Para que divulguemos delegacias e organizações que recebam bem mulheres e homossexuais agredidos. Para que discutamos assuntos que nós próprios ainda temos dúvidas. Para que possamos apoiar vítimas de slut shaming. É necessário, sim, Lola, criar um fórum. Fórum moderado, que não permita misóginos e machistas.

Ser Superior disse...

Pena de morte para adultério JÁ!

Anônimo disse...

Oi, Lola!

Excelente post. Que bom seria se a sua mensagem chegasse até a menina. Ela precisa de colo. Estou aqui torcendo muito para que, neste momento, a Karina esteja recebendo o abraço amigo de alguém.

Não me considero puritana - o que não me impediu, entretanto, de ficar muito chocada com algumas das fotos. Aquilo perturbou o meu sono. Acho que não dá para comparar com material pornográfico - trata-se aqui de fotos pessoais, feitas para o consumo privado. É de uma invasão impressionante.

O ex-namorado tem de ser punido. Sinto pela menina, pela família dela, por tudo. Para quem nunca teve 16 anos e se apaixonou por um(a) imbecil: atire a primeira pedra.

Abraço,
M.

yulia2 disse...

Desde quando homem precisa de motivo pra jogar esses vídeos na net???

esse papo de que fez por vingança é balela...
TA CHEIO de cara que joga esses videos na net SEM MOTIVO pra se exibir entre seus amigos... to cansanda de ver isso, no meu trabalho a empresa INTEIRA viu dois videos de uma menina lá transando com ex namorado... como vazou??? O cara grava e manda pros amiguinhos e os aminguinhos mandaram para deus e o mundo ver...
Não acredito nesse papo de vídeo pro casal... cara que quer GRAVAR sexo com vc é pra se autoafirmarem diante de seu grupo e PONTO FINAL.
Jamais me proporam esse tipo de coisa, mas se um dia proporem é claro que não aceitarei sob hipótese alguma.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Augusto,

Também já pensei sobre isso(foro feminista), e bem, eu manjo das computarias, se ela quiser, ela tem meu machado.
Eu poderia montar e administrar a parte técnica se ela quisesse(banco de dados, segurança, etc).

Ae, Lola, o que achas? Moderar foro é relativamente fácil e intuitivo.

Mordred Paganini disse...

Anonima 21:11

POis é...Eu gostaria de saber a quem a Lei Maria da Penha protege. Estou fazendo o possível, mas ainda acho que a minha paciente vai entrar para as estatísticas, apesar do meu esforço no sentido contrário...

E o que tem de delegado e inspetor que se recusa a registrar a queixa...

Anônimo disse...

Não tenho nada contra sexo...adorooo!! Mas achei os videos e as fotos muito ridiculas por está razão as piadas...que garota tola, imagino ela na escola e os risos. Sinto muito por ela mas pelo amor de Deus mulheradas sejam inteligentes, querem fazer fotos sensuais procurem um fotografo profissional e presenteiem os maridos/namorados!
Agora não comparem a Amanda Todd que só mostrou os peitos (que eu achei nada demais...até inocente) com as fotos e os vídeos da Karina.
Coitado dos pais estes vão ter que trocar de país.

fernando disse...

bla bla bla. agora ela é a santa e ele o filho da puta (y) OS 2 ESTÃO ERRADOS! ele muito mais doq ela. mas ela tem grande parcela. e isso é simples: se queria ficar com outra pessoa,por que começou a namorar? por que TRAIU?! QUE TERMINASSE ANTES! ela pode fazer oq ela quiser com quem ela quiser, DESDE QUE NÃO TENHA COMPROMISSO COM ALGUÉM! homem que trai é RIDICULO, mas mulher que trai é PIOR! por que? porque mulher históricamente SEMPRE reclamou que os homens são infiéis e não dignos de confiança. E AI VÃO E FAZEM ALGO CUJO RECLAMARAM A VIDA TODA. bom, ela deve ter aprendido da pior forma possivel. e o babaca, espero que aprenda também, pegando uns 15 aninhos na cadeia e ainda pagando indenização por danos morais :)

Beatriz disse...

Lola, desviando um pouco do assunto (ou não): eu sou muito fã da série "The Walking Dead", e em um post passado você disse que também gostava da série. Bom, uma coisa que me irrita muito é esse ódio direcionado à Lorri. Sempre ouço pessoas acusando-a de ser vadia, vagabunda etc e já cansei de tentar explicar que ela que foi enganada e manipulada numa hora de vulnerabilidade, mas parece que todos os fãs da série insistem em fazer slut-shamming com ela. Você poderia, por gentileza, escrever um artigo sobre slut-shamming usando esse caso como ilustração? Não aguento mais gastar saliva com esse povo machista e hipócrita. E obrigada por manter esse blog maravilhoso! É minha leitura diária obrigatória. Bjs

Augusto disse...

Raziel, poderíamos, claro, com a Lola, montar um fórum democrático

Moema L disse...


Se fosse minha namorada, eu fazia o mesmo

Por isso você não tem, nem nunca vai ter uma.

Pena de morte para adultério JÁ!

Ai meus sais...agora eu ri... imagino que chifre deve doer mas descontar a raiva nos outros não faz ele sumir.


Essa gente mimizenta é um saco!!!

ela traiu mimimimi... Ai vai deitar no colinho do Nessahan juicer wallita e chorar, vai!!! não tenho saco pra gente que acha que um erro justifica outro, menos ainda para seres escrotos que apoiam a crueldade que esse outro ser escroto fez com a menina.

Roxy Carmichael disse...

oi luiz, oi fernando. tudo bem com vcs?me diz que ano aí no universo paralelo em que vcs vivem que é simplesmente DENTRO DO PROGRAMA VOCÊ DECIDE?1992?

antonio fagundes: no programa de hoje, uma adolescente tem um namorado e num certo dia, entende que se sente atraída por outro menino

se vc gostaria de ver esse final: ela, sentindo-se atraída pelo outro, fala pro namorado e ele termina o namoro, não sem uma dose de humilhação, em que ele, não admitindo que eles só tem 16 anos e nessa idade, mudamos de ideia (ALGO QUE INCLUSIVE DEVERIA SER ADMITIDO EM QUALQUER IDADE) a cada instante e nos apaixonamos e desapaixonamos com muita facilidade, insulta ela com nomes que vão desde de puta, vadia, safada, arrombada, piranha, vaca e etc. e tal (PORQUE NINGUÉM DUVIDA QUE ISSO É O MÍNIMO QUE ESSE BABACA ÍA FAZER CASO FOSSE DEIXADO PELA NAMORADA)
LIGUE PARA 0800-098-890765

se você gostaria de ver esse: ela entende que o que eles tem é algo muito sério que o pacto de exclusividade é o fator determinante para a constituição de uma futura família, célula mater da sociedade, decide reprimir os desejos e ser fiel ao namorado que por sua vez, não comparte dos mesmos valores, ou melhor, comparte sim, já que na nossa sociedade regida pela moral judaico-cristã, mulheres devem se preservar enquanto homens possuem desejos insaciáveis que não podem ser reprimidos pois trazem consequencias perturbadoras para a nossa sociedade.
LIGUE PARA 0800-098-890766

OLHA SÓ, EU SÓ VOU RELEVAR ESSES COMENTÁRIOS DE VOCÊS PORQUE VIVER NESSE MUNDO PRETO E BRANCO DO "VOCÊ DECIDE" ATÉ HOJE DEVE SER ALGO ASSIM DESESPERADORAMENTE CHATO.
MUITA PENA DE VOCÊS
BEIJO NA ALMA!

Roxy Carmichael disse...

ANON. DAS 22H12
curte tanto sexo que acha que se os pais descobrem que a filha de 16 anos faz sexo anal, eles devem se mudar de PAÍS. curte tanto sexo que acha ânus, sexo anal e qualquer outra prática que vá além do tradicional papai e mamãe "ridículo"

assim como "que garota tola" se articula PERFEITAMENTE com "sinto muito por ela"

mas o mais louco é isso aqui: "mulherada sejam inteligentes, se querem fazer fotos sensuais procurem um fotografo profissional e presenteiem os maridos/namorados!"?????????
era pra ser uma sugestão "inteligente" sobre como evitar uma situação como essa que a karina está passando? pq assim, o namorado presenteado não podia vazar as fotos do fotógrafo? ah, mas aí ao menos, ela estaria diva como uma dessas modelos na capa da playboy e não, como uma garota completamente normal, em posturas normais, fazendo sexo normal que se eu bem entendi, é isso que vc chama de posturas "ridículas"???
essa cagação de regra do "bom gosto", do sexo asséptico me dão uma preguiçazzzzzzzzzzzzzz

Anônimo disse...

Moema L disse...

Se fosse minha namorada, eu fazia o mesmo

Por isso você não tem, nem nunca vai ter uma.
-
o garoto da filmagem, era namorado da menina, isto prova que idiotas namoram sim, e muito !

Carolina Lucas Paiva disse...

Em primeiro lugar, ninguém sabe se ela traiu mesmo o namorado.
Engraçado que quando alguma mulher fala que foi estuprada, mesmo que não diga no nome do cara, vêm uns imbecis dizendo que ela não pode dizer que foi estuprada, pois isso seria arruinar com a vida de um cara que pode ser inocente.
Pois é, aí, enquanto isso, basta um BOÇAL dizer que espalhou os videos da ex porque SE DIZ traído, e galera toma isso como verdade incontestável. Cadê o discurso de "vamos ouvir o outro lado" agora?
SDDS COERÊNCIA

Lala disse...

Não gosto de traição, se fosse comigo dificilmente o relacionamento continuaria. Mas não sabemos a história na integra, sequer sabemos se ela o traiu mesmo! E se traiu, de forma alguma justifica o que ele fez. Aliás, a única coisa que sabemos de fato sobre a história foi o crime que ele cometeu e que ele pague por isso!

Mallu disse...

Acho muito tosco que numa cultura como a nossa, que hiperssexualiza a mulher através da TV, da moda, da publicidade e tudo mais, que diariamente vomita toda sorte de imagens sensuais e semi eróticas, uma moça que expressa a própria sexualidade na intimidade do seu quarto é condenada dessa maneira.

Reinaldo disse...

"Reinaldo, primeiro que a gente nem sabe se Karina traiu o namorado. Pode ser que ela tenha terminado o namoro e ele quis se vingar. Pode ser que eles haviam terminado e ela saiu com outro, e ele quis se vingar. Acontece direto. E pode até ser que eles tinham um compromisso mais sério (aos 16 anos!...) e ela transou com outro. Então me diga o que o namorado devia ter feito ao descobrir a traição: perdoá-la, acabar o namoro, matá-la, bater nela, divulgar fotos e vídeos de sexo na internet. Aviso que apenas as duas primeiras alternativas não são criminosas."

Lola, E PODE SER QUE DE FATO ELA O TENHA O TRAÍDO.

Quer falar de possibilidades aqui?

Vai outra bombástica ai pra vc, se segura na cadeira:

PODE SER QUE NEM TENHA SIDO O NAMORADO DELA QUE POSTOU AS FOTOS!!!

E agora?!

Quem começou a divagar com o "pode ser..." foi vc....

Veja, como vc adota uma postura de defesa da garota e incrimina o rapaz sem ao menos saber a história toda.

Mas, tudo bem, voltamos ao seu raciocínio: mesmo que ela tenha o traído e ele tenha vazado as fotos na internet (que, ao que tudo indica, foi oq de fato ocorreu), PQ ISSO FAZ DELA AUTOMATICAMENTE UMA SANTA CANONIZADA?

Um erro justifica o outro?

Não é errado ela ter traído pq ela teve uma visão do futuro em que viu que ele postaria suas fotos na internet e por isso a traição foi justificável?!

Não, né?!

O fato é que vc escreveu com todas as letras que a menina não fez nada de errado. Coisa que vc não pode dizer, até pq nem sabe a história toda. Vc está partindo do princípio automático que ela é uma santa que não fez na de errado e ele é um criminoso apenas pq ela é mulher e ele é homem.

O fato dele ter postado as fotos na net não é justificável por uma traição. MAS ESSE MESMO FATO TAMBÉM NÃO ANULA O ERRO DA TRAIÇÃO.

Layla disse...

16 anos, pedofilia?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
o moleque tb é pedófilo então. rs
Pedofilia é sentir atração por crianças antes da puberdade. Legalmente aqui no Brasil: até 13 anos.
16 anos já se pode votar, trabalhar e até casar (com autorização do responsável ou se for emancipado).
Pra quem não sabe, aqui no Brasil 14 anos é a idade de consentimento. Ou seja, ela tá dentro há um tempinho. E não me pareceu nadinha forçada...

Luh disse...

Gente, q absurdo isso tudo... coloca o nome do palhaço aih, se alguém merece a vergonha pública é ele, pra q nenhuma mulher faça a bobagem de fazer sexo com esse desgraçado de hoje em diante...

Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

O engraçado é que ninguém sabe se ela realmente traiu o namorado e ficam tacando pedras. Depois reclamam que são manipulados, mais a maioria acredita em tudo o que lê/vê, especialmente na internet.

André disse...

Não faz a menor diferença se ela traiu ele ou não. Ele não devia ter feito o que fez e, principalmente, as pessoas não deveriam estar agindo como imbecis.

Anônimo disse...

"Mallu disse...

Acho muito tosco que numa cultura como a nossa, que hiperssexualiza a mulher através da TV, da moda, da publicidade e tudo mais, que diariamente vomita toda sorte de imagens sensuais e semi eróticas, uma moça que expressa a própria sexualidade na intimidade do seu quarto é condenada dessa maneira"

A Mallu falou algo interessante agora. A mesma sociedade que pratica o slut shaming é a mesma que objetifica as mulheres.

Rê_Ayla disse...

A lógica de quem está culpando a Karina Veiga pela divulgação de suas fotos e vídeos íntimos na internet. Traiu, então mereceu. Se deixou fotografar e filmar, agora aguenta. Deu o cu, é uma vadia. Como se houvesse alguma justificativa para a divulgação e a exposição da intimidade de alguém dessa forma.

É a mesma lógica de quem culpa a vítima pelo estupro.

Outra coisa: desde quando o assunto é traição? Já pensou se todas as pessoas traídas resolvessem se vingar dos traidores? (isso supondo que a menina traiu mesmo) Aliás, sabendo que os homens traem bem mais do que as mulheres, já pensou se todos eles fossem duramente castigados pela pulada de cerca??? Ah, façam-me o favor... Hipocrisia manda beijo! E um erro não justifica o outro.

Juízes e guardiões da moral e dos bons costumes, lembrem-se que vieram de repolhos ou foram trazidos por cegonhas e, já que prazer sexual é uma coisa tão ruim assim se partir de uma mulher, façam o seguinte:

HOMENS – nunca mais façam sexo com mulheres, afinal, mulher que faz sexo é puta, vadia, suja, não merece nenhuma consideração. Sugiro comprarem bonecas infláveis, brincarem com os animais do pasto, foderem o cu uns dos outros.
MULHERES – jamais façam sexo, afinal, mulher que faz sexo é puta, vadia, suja, não merece nenhuma empatia e nenhuma consideração. Sugiro, inclusive, aderirem à frigidez eterna para não caírem em tentação.

http://dozeeum.blogspot.com.br/2012/11/sobre-karina-veiga.html

A.Fox disse...

isso e muito peso pra uma menina de 16 anos carregar sozinha nas costas.. por que e que nao se ve o nome e a cara desse ignorante primitivo impressos? Onde fala quem e o autor desse terror e o que a justica do menor esta fazendo sobre isso?

Carlinha disse...

Oi Lola! Acompanho seu blog a muito tempo, mas dessa vez foi irresistível me manifestar. Estou a duas noites sem dormir porque estou passando mal com essa história da Karina e da Amanda Todd, que eu vim a descobrir através do seu blog também. Quando assisti o vídeo original da Amanda, fiquei pelo menos 2 horas chorando sem parar. Eu, que já não tinha fé na humanidade, só pude confirmar com estas duas tristes histórias de que o mundo está perdido MESMO! O que aconteceu com a Amanda e está acontecendo com a Karina, é de uma brutalidade sem tamanho! É muito mais do que machismo, ou misoginia; é assassinato grupal! Sim, assassinato cometido por um número enorme de pessoas! Duas lindas e jovens meninas sendo linchadas a público, sem dó nem piedade, em que em um dos casos, o fim foi a morte. Eu não consigo me conformar. O vídeo da Amanda, por exemplo, quebrou o meu coração em um milhão de partes. A que ponto chega a maldade do ser humano? Como, meu Deus, COMO a humanidade consegue ser TÃO cruel assim, a ponto de colocar no caixão uma criança de 15 anos de idade? Será possível que ninguém aqui tem a sã consciência de que, com 13 ou 16 anos, não se tem maturidade suficiente para ter noção das consequências de seus atos, e de que com esta idade o impulso (principalmente o sexual) vai sempre falar mais alto? Será que essas pessoas que estão apontando o dedo para a Karina, e que condenaram a Amanda a morte, meu Deus, será que nenhuma delas errou? Ninguém aqui foi adolescente um dia? Qual a justificativa ou argumento plausível que explique tamanho ódio vindo de tantas pessoas? Como sempre, o maldito JULGAMENTO. Por que é tão difícil assim cuidar da vida própria e mais interessante intrometer-se na vida alheia? Quem é que dá poder a faz essas pessoas acreditarem que elas tem algum direito de julgar? Onde é que está escrito e provado que elas são donas da verdade e que por isso tem o direito de acabar com a vida de duas adolescentes? Será que todos esqueceram de valores e conceitos como RESPEITO, TOLERÂNCIA, COMPREENSÃO, ACEITAÇÃO? Eu não consigo entender esse mundo. Não consigo entender tanta crueldade. Sinto completo e total repúdio pela humanidade. Adoraria ser mãe, mas não posso. Não posso porque eu me nego terminantemente a colocar um ser amado num mundo tão, tão cruel. Por causa de um mundo completamente doente, tenho que ser privada de experimentar a maternidade, porque, parabéns a quem é forte, mas eu não tenho estrutura emocional pra isso. Não consigo sequer me imaginar no lugar da mãe da Karina e da Amanda. É muita dor! Enfim... Obrigada pelo excelente post e por permitir em seu espaço que eu tenha feito o meu desabafo. Essas duas histórias me tiraram o sono e estavam entaladas da minha garganta. Espero, do fundo do meu coração, que justiça seja feita: tanto no caso da Amanda Todd, quanto no caso da Karina Veiga. E esta, que tenha forças para superar e seguir em frente, apesar de tanta maldade vinda de todos os lados. Estou torcendo para que ela tenha uma família estruturada, que não deixe de lhe dar apoio nesse momento. Pelo menos algumas boas e sensatas vozes estão se levantando a favor destas duas meninas, e espero sinceramente que algo aconteça, mude, porque como está não dá pra ficar. Tamanha impunidade seria inaceitável! Fico me perguntando, o Sr. Facebook, que por qualquer motivo censura fotos, por que não tirou do ar as páginas que fizeram (e estão fazendo) bullying com a Amanda e com a Karina? Que critério os administradores desse site tem? Por que não fizeram algo rápido para ajudar a combater essas duas histórias de crime? Como comentei num post na página de apoio a Karina no Facebook, é tanta maldade, tanta crueldade, que nem o mais otimista dos seres humanos conseguiria ficar sem perder a fé na humanidade. Eu tenho uma frase para quem me pergunta por que é que não quero ter filhos: é que eu amo tanto o filho que ainda não tenho, que não quero colocá-lo nesse mundo podre. Triste. Os bons pagam pelos maus e é assim desde que o mundo é mundo. Nos resta sobreviver e fazer nossa parte por um mundo menos pior.

luc carlos disse...

Concordo em parte, sim os homens estão sendo machistas por julgar ela pelas fotos mas as mulheres estão sendo feministas exageradamente em devender a karina poxa lola você até escreveu ai no final que ela "não fez nada de errado", caramba 16 anos não é criança se ela ta namorando com o cara e transando com outros ela é mesmo uma "vadia", claro não justifica o que ele fez mas ele também é jovem e fez isso por puro impulso raiva talvez se a karina tivesse terminado o namoro antes poderia ter evitado tudo isso (ótimo blog parabéns leia ai o meu comentario vai)

luc carlos disse...

Concordo em parte, sim os homens estão sendo machistas por julgar ela pelas fotos mas as mulheres estão sendo feministas exageradamente em devender a karina poxa lola você até escreveu ai no final que ela "não fez nada de errado", caramba 16 anos não é criança se ela ta namorando com o cara e transando com outros ela é mesmo uma "vadia", claro não justifica o que ele fez mas ele também é jovem e fez isso por puro impulso raiva talvez se a karina tivesse terminado o namoro antes poderia ter evitado tudo isso

Carlinha disse...

Reinaldo, por que é tão difícil pra você conseguir entender o óbvio? O que está tão complicado nas palavras da Lola que faz com que você consiga distorcer as coisas dessa maneira? Meu caro, a Lola já explicou mais de uma vez: o x da questão aqui é o crime cometido contra a Karina, que é o crime de divulgação de material sexual na internet sem a autorização de uma menor de 18 anos. Se ela traiu ou não o namorado, isso é uma questão que deveria ter sido resolvida pelo "casal". O crime aqui, e que é o que a Lola está condenando, é a exposição pública, completamente desnecessária, de uma adolescente. Quem aqui nunca errou? Quem aqui sabia tudo sobre a vida aos 16 anos? Por que as pessoas que a julgam se acham tão donas da verdade e da razão assim?

aiaiai disse...

anônimo das 16:25

Obrigada por se manifestar! Parabéns por pensar assim!!! Eu como mãe de um adolescente de 14 anos, fico muito feliz quando vejo que existem garotos como você e como ele.

O que você está vendo é o machismo operando por meio dos seus amigos e amigas. Você não precisa ser igual a eles e pode sim contribuir para que eles não sejam mais assim.

enfim, valeu!

Anônimo disse...

André disse...

PS1: Que tal nenhuma mulher do mundo voltar a sair com o ex da Karina pelos próximos 5 anos?
PS2: Cada vez que eu leio que a Geizy Arruda ganhou uma bolada de dinheiro eu morro de rir dos moralistas da Uniban.
-----------------------------------

Sobre o PS1, eu não vejo muito interesse por parte da maioria das mulheres em condenar o machismo, muitas se relacionam com grandissíssimos trogloditas e parecem não se importar. No caso do PS2, eu desprezei profundamente a atitude dos estudantes da Uniban e acho que a coordenação deveria ter falado com ela caso aquelas putarias que os alunos diziam ver ela fazer fossem verdade. Mas, falando sério, hoje em dia ela deve dar graças a Deus por aquelas humilhações e aquela visibilidade. kkkkkkkkk

Anônimo disse...

Pra que filmar? mas que mania de "bater retrato" de tudo. Registrar as mínimas coisas da vida! Esses casos de anònimos e de muuuuitas celebridades tb vão acabar acordando os futuros exibicionistas a se resguardarem um pouco. Queria iniciar um movimento "Desliga CÂMERA" ! As pessoas, principalmente os mais jovens e principalmente as mulheres tem que ter em mente que SEMPRE vão estar sujudice. Nem as moderninhas que viraram celebridades por tapes íntimos ( kim kardashian e paris hilton, entre outras) escaparão das consequencias desses vacilos. São ricas e famosas mas com a perda da beleza,sem estofo e talento, só tendo isso de trunfo, esses episidios vão assombrá-las até a morte. Sejamos pragmáticos: o mundo é assim, tem gente assim no mundo, sempre vamos ser julgados por tudo e por todos então um conselho: não aguenta as consequencias se resguarda. A Karina tem que se mirar nas subcelebrities que faturam em cima de toda m* que fazem, é só ver o TVFAMA que ela vai se sentir melhor E RIR NA CARA DAS RECALCADAS...

Anônimo disse...

Queria ser essa menina e ter o video de uma broxada dele...

Anônimo disse...

Reinaldo, a Lola quis dizer que ela não fez nada de errado em fazer sexo, já que estão chamando a menina de todos os nomes só porque ela fez sexo com o namorado na época do vídeo.
E sinceramente, ela ter traído ou não não justifica em NADA o cara ter postado isso na internet.
Aposto que todo mundo com seus vinte e poucos anos já foi traídx na vida, e nem por isso ficou maluco e postou fotos do(a) ex nas redes sociais. E traição ou não, como a própria Lola disse, só diz respeito ao casal.
Fora que, convenhamos, que se fosse ele quem tivesse traído e o vídeo saísse na internet, ainda seria ela julgada como vadia, por fazer sexo! esse é o ponto, ninguém sequer fala de como ele mesmo expôs sua intimidade sem nenhuma vergonha.
Enfim, a única coisa que (ao meu ver) ela fez de errado, foi confiar no garoto a ponto de se deixar filmar, mas acontece, poderia acontecer com qualquer um.

Anônimo disse...

Mirella disse...

"mas não é como se ela não tivesse manchado a imagem pública dele"


*respira. respira*


Se o (insira aqui a palavra de baixo calão que você quiser que ainda não será o suficiente) não tivesse feito isto, NINGUÉM saberia que ele é corno.
O (insira adjetivo pejorativo aqui) foi o mais ESTÚPIDO do mundo. Se ser corno é algo tão ruim assim, seria melhor deixar quieto, não?

(insira aqui diversos comentários que faria o mais misógino corar de vergonha)
-----------------------------------

Mas se o sujeito realmente foi traído, ele pode ter postado o video em um momento de desespero. Imagine o sujeito sendo ridicularizado pelos amigos, familiares e conhecidos e você verá que, como disseram acima, ser traído tem um peso muito maior para o homem. É claro que a traição não justifica essa atitude, mas como sabemos pouco sobre o caso não podemos ser superficiais a ponto de classificar o cara como apenas um "malvadão" que fez tudo isso por acaso.

andrea saores disse...

Layla, nao e' uma questao dela nao estar sendo forcada a fazer sexo. O fato de voce ter sexo sem ser forcada daria ao seu parceiro(a) o direito de tornar publico um video? A questao e de a iamgem do corpo da mulher tendo sexo continua sendo usad pra lembrar que somos sujas e pecaminosas. e qeu nosso sexo nosso deve causar vergonha.

Anônimo disse...

Lola, já comentei aqui, como é que desde ontem essa história não me sai da cabeça. Fico pensando que o que falta hoje é EMPATIA, falta as pessoas se colocarem no lugar das outras.
Espero que a Karina veja tudo que está escrito aqui e que para cada idiota condenando-a, existem outras tantos a apoiando.

Abs

Anônimo disse...

M. disse...

Eu também queria muito que a Karina lesse esse texto...

E os comentários...

pra eu poder parabenizá-la por não ter vergonha do proprio corpo - não falo pela parte da exposição feita pelo babaca do namorado, mas pelas fotos que vi, ela parecia uma menina muito segura da própria sexualidade, sem pudores. Ela sim sabe ser feliz!

Karina é uma menina lindíssima. Infelizmente ela é a bola da vez. Depois da Cicarelli, da Geisy Arruda e de tantas outras que vêm e vão. Sempre haverá uma mulher que será pegas como judas para o deleite da sociedade moralista.
-----------------------------------

E daí que ela é lindíssima? E se fosse feíssima?

Anônimo disse...

Anônimo Anônimo disse...

Pessoal ai falando de traição, ahhhhh por favor! traição foi que ELE fez, traiu a confiança dela, a expos, ficar com outro tendo um namoradinho com 16 anos é mais experimentação, nem passa perto de traição, com essa idade nem se sabe o que é isso.

Odeio pregação de falsa moral!!!
-----------------------------------

É mesmo? Se fosse o seu namoradinho de 16 anos com outra você estaria dando saltos de alegria ou estaria condenando a opressão machista da nossa sociedade? kkkk

Anônimo disse...

Não tenho nada contra qualquer tipo de sexo...mas não gostaria de ver foto do anus da minha filha daquele jeito..rsrsrsr e de ve-la fazendo sexo oral e engolir...para começo de conversa sempre oriento que quando "um namorido" pedir fotos desta maneira (não estou falando de fotos de nu normal) a atitude mais inteligente é levantar, se vestir e até nunca mais.

Mihaelo disse...

Eu já tinha visto comentários sobre esta garota no Facebook, mas não sabia exatamente do que se tratava.
O mundo não é mal e está perdido como alguns exagerados aqui dizem.Este homem é um criminoso e não conseguirá escapar do processo judicial. Machistas idiotas que infestam este blog, não existe anonimato!Esta semana no noticiário foi mostrado a reportagem de um ex-empregado de empresa que foi demitido por falar mal da empresa na internet, e o TJ confirmou a demissão. Todos os computadores do mundo têm IP, sejam os particulares em residências, sejam os equipamentos localizados em cibercafés,hoteis,escolas,universidades, quarteis,lojas,etc.As polícias estaduais e a federal e o judiciário descobrem fácil o IP de qualquer computador, não importa onde estejam!!!!!!
Traição não é crime!!! Menos ainda em pessoas que não são casadas.
E religião fora das quatro paredes da casa de seus membros ou dos templos, é sim moralmente indefensável e deve ser combatida A FERRO E FOGO!!! É proibido impor seus conceitos morais religiosos à sociedade!!!!
A liberdade religiosa em hipótese alguma dá o direito de impedir a liberdade pessoal das outras pessoas que não são membros das religiões.Proibir a liberdade em nome de um ente abstrato que não existe também é crime!!
E sim, não entendo o porquê desta obsessão em filmar o próprio ato sexual! Acho que quem faz isto tem profundos problemas ou está mal intencionado como é o que mais sói acontecer!!!
O moralismo é uma idiotice, e fraco e idiota é quem se preocupa ou se deixa influenciar por estas opiniões moralistas de origem religiosa.Não existe religião não machista!!!
É óbvio que isto provoca influências, consequências e ações reais na vida das pessoas visto que a delas maioria é governada pelas religiões.
O erro desta garota e que continuará sendo praticado por muitas outras, é o de permitirem filmar a suas próprias relações sexuais. Não tem justificativa uma coisa dessas. O ato sexual é algo exclusivamente íntimo e particular a quem o faz. Se não fosse assim, se poderia fazer sexo em público em qualquer lugar e não apenas naqueles em que se paga para fazê-lo em locais privados de acesso público como bordeis e casas de "swing".
Como eu disse para uma hóspede estrangeira, eu não sou eguariço por interessar-me por ela, eguariço seria se fizesse o mesmo que o assassino da médica paulista Glauciane Hara fez, isto é ficar faturando o máximo de mulheres, extorqui-las financeiramente e em seguida cair fora.
Como bem escreveu a Layla menores a partir dos 14 anos j são livres para decidir pelos seus atos e até podem casr com adultos se quiserem e desde que os pais também consintam.´E portanto também respondem pelos crimes que cometeram que é o caso deste criminoso em questão!!!!!!

Anônimo disse...

Vitória disse...

Sério, Kathleen, que você se deu ao trabalho de vir até aqui, neste humilde bloguinho, nos agraciar com seu brilhante comentário de que, se fosse filha sua, você viraria a cara, porque, resumidamente, sua falsa moral não permite que você "passe a mão na cabeça" de quem, em outras palavras, É BEM RESOLVIDA SEXUALMENTE?
Poderíamos ter passado muito bem sem essa sua moral cristã.
Espero que isso nunca aconteça com a sua filha, ou seu filho. E espero, acima de tudo, que os pais da Karina sejam MUITO mais inteligentes que você (o que, cá entre nós, não deve ser muito difícil).
Kathleen, de coração, te digo: o mundo iria melhor sem pessoas como você.
Lola, como sempre, brilhante post.
Beijos
-----------------------------------

Então você é a favor da traição e da divulgação de fotos mesmo com o risco da pessoa se foder legal depois???? Parabéns.

Anônimo disse...

Ela não fez nada demais, coisa que qualquer um faria..

Agora, esse cara...espero que seja condenado por isto!!!!

Anônimo disse...

Dizem que o facebook do babaca é esse: https://m.facebook.com/felipe.senn.7?id=100003352447624&_rdr


Bom, ele é um imbecil. A traição (que pode ter sido de vários níveis, desde olhar pra um cara na rua, falar sacanagem com alguém, combinar algo com um cara, à transar com ele - e aqui, quem decidiu se foi ou não traição foi o genial e todo poderoso namorado dela) é relativa, pode ou não ter existido. Se alguém aqui já participou de um relacionamento sério por um tempo, deve imaginar que tem altos e baixos e a menina estava NA MATURIDADE DE SEUS 16 ANOS. Ela pode ter tentado terminar com ele, ter relacionamento aberto, ou mil coisas.

Quanto a alguém incentivar ou não a traição, eu acredito e tenho como lema que quem fica comigo, fica porque quer. Eu incentivo a pessoa a satisfazer seus desejos, sim, se estes sobrepõem-se a seu desejo por mim. Explico: eu não sei o que vou sentir se minha companheira quiser ficar com outra pessoa, depois disso. Logo, é um risco, mas estamos aqui para ser felizes. O que mais quero é que ela e eu sejamos felizes.

E não estou dizendo que era um relacionamento superficial, mas POR FAVOR, O CARA FOI TRAÍDO E ESPALHOU FOTOS ÍNTIMAS DA MENINA; ISSO REALMENTE ERA ALGO PRA SEMPRE? ELE É TÃO INFANTIL QUANTO UM MOLEQUE.

Se ele foi babaca a ponto de espalhar fotos assim, imagino o tipo de namorado que ele era...
Merece bullying até o fim da vida.

Augusto disse...

Não importa. Traição não é crime, divulgar conteúdo pornográfico de menor de idade sim.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 284   Recentes› Mais recentes»