sexta-feira, 2 de novembro de 2012

EM HOMENAGEM AO DIA DOS MORTOS, VAMOS FALAR DE NESSAHAN

O principal nome do masculinismo no Brasil é Nessahan Alita, sem dúvida alguma. Claro que os mascus estão tão por baixo hoje em dia (se é que já estiveram por cima) que praticamente todos negam ser mascus. As primeiras pessoas com vergonha do masculinismo são os próprios mascus.
Não quero me gabar, mas tenho participação direta na total desmoralização desse “movimento”, se é que se pode chamá-lo assim. Afinal, poucxs que não sejam mascus teriam ouvido falar de Nessahan se não fosse este humilde bloguinho feminista que vos fala. Eu já expus o Walita ao ridículo. E foi fácil. Só usei suas palavras.
O masculinismo no Brasil surgiu no orkut, mais ou menos em 2005, com os “estudos” de livros misóginos do guru. Havia duas comunidades, O Lado Obscuro da Mulher (porque, segundo eles, toda mulher é vadia e tem um lado obscuro que deve ser domado), e Mulher Gosta de Homem Babaca (pra justificar porque nenhuma mulher que se preze gosta de mascu, esses homens honrados). Vários dos mascus em atividade hoje surgiram nessas comunidades, incluindo os mascus sanctos, co-responsáveis pelo massacre de Realengo.
Mas mesmo Nessahan, que hoje é deus absoluto dos mascus, foi insultado e expulso de comunidades. Isso porque feministas (não eu, que só ouvi falar de masculinismo um pouco depois de começar o blog, em 2008) denunciaram aquela misoginia toda, e ele incluiu várias notas confusas e mudou alguns discursos. Os outros mascus, que haviam sido seduzidos justamente pela misoginia da obra, sentiram-se traídos. Hoje tudo foi perdoado e Nessahan foi restaurado a ídolo tão magnífico que é injusto que ele nunca tenha ganhado um prêmio Nobel (é sério, mascus falam isso).
Esses dias li num blog mascu o depoimento de um sujeito perturbado (ok, todos os mascus são; tá tudo SIC, então talvez não seja tão fácil entender a linguagem):
Eu vejo o 'masculinismo' em três momentos o primeiro momento é o pré-Real [Real é como os Guerreiros da Real, chamam seu movimento misógino] quando muitos homens já conheciam a Real através dos conhecimentos da bíblia ( meu caso ) Tudo que a nossa Real fala a Bíblia já dizia e demostrava a 5000 anos o homem que leu a bíblia e estudou ela sabia lidar com o lado obscuro da mulher antes da existência de N.A [Nessahan Alita]. O segundo momento é um período paralelo no tempo onde muitos homens saiam e saem da matrix sem conhecer a 'nossa Real' ( tem muitos homens que compreendem tudo que sabemos sobre mulheres e a real sem nunca ter conhecido a real da nossa maneira ) e terceiro momento é onde veio as obras de NA e as comunidades onde fez vários homens conhecerem a real e darem este nome de real a este conhecimento .
Eu como fui Pastor protestante dava muitos conselhos como lidar com a natureza da mulher e seu lado obscuro muito antes de ouvir falar de N.A falar sobre a natureza decaída do homem e principalmente da mulher era algo natural na minha igreja ,tanto é que quando li N.A vi que ele escrevia em seus livros algo que a bíblia já dizia porém com outra linguagem uma linguagem mais mística e psicológica. Toda vez que eu gostava muito de uma namorada ,eu lembrava de Adão que por dar seu coração a Eva( colocar a mulher em um pedestal ) e portanto ser matrixmiano ( na nossa linguagem ) perdeu a graça divina e por causa disto para não me f*der como ele , conseguia controlar meu sentimentos .Mas é claro que a a nossa Real e tudo que veio depois só agregou valores a estes conhecimentos milenares e fez muitos saírem da Matrix .é o Elo moderno da corrente.

Qualquer pessoa que veja o masculinismo como elo moderno de qualquer coisa só pode ser perturbada. Se dependesse dos mascus, voltaríamos aos tempos do Velho Testamento, época em que, segundo eles, as mulheres ainda não eram vadias.
Uma leitora que conhece Nessahan me enviou uma foto dele (acima) e algumas informações:  
“Associando o nome e os ideais dele, eu percebi que o conheço pessoalmente. Ele dá aula de geografia no EJA (Educação de Jovens e Adultos) durante o período noturno em uma escola na Grande SP. O nome verdadeiro dele é Cléber mesmo, e ele não chegou a concluir o curso da PUC porque foi expulso por causa de uns pontos de vista não convencionais sobre religião.
Não sei ao certo porque ele foi expulso da PUC durante o mestrado, só sei que envolve motivos religiosos e que ele é adepto do cristianismo primitivo, e mais alguma coisa que envolve aquelas coisas todas de átomos e ligações cármicas (oi?) através do sexo, meditação e Santo Daime. Pelo que sei, ele acredita que Jesus Cristo ressuscitou porque os átomos dele mudaram de velocidade e o levaram para outra dimensão. A PUC não aceitou muito bem esses princípios religiosos.
Atualmente, ele mora numa cidade no interior de SP, e está, de fato, afastado da internet para entender a espiritualidade dos índios, porém não mudou de ideia sobre seus conceitos de gênero, que infelizmente, são reais e não só uma piadinha que exagera ridiculamente todos os pensamentos masculinistas. Na minha humildíssima opinião, ele não passa de um lunático babaca que acredita piamente que o mundo vai acabar no final desse ano, na existência de Saci Pererê e em um monte de outras embromações religiosas que envolvem átomos e soam realistas, porém não precisa pensar mais de meia hora sobre o assunto pra perceber as falácias gritantes.
Antes mesmo de eu conhecer o feminismo, e consequentemente, todo o mundinho mascu, eu já sabia que ele tinha escrito esses livros. Ele fala sobre os livros só com pessoas próximas, e já enviou alguns e-mails para seus contatos pedindo que o ajudassem a preservar sua identidade virtual porque 'as feministas o querem morto'. Ele acredita também que algum grupo feminista vai literalmente matá-lo, caso descubram sua identidade. Ele não se arrepende de ter seguido uma seita mascu e não a largou. Ele se afastou da internet para fins espirituais, realmente, porém continua com os mesmos conceitos de gênero que tinha antes. E põe em prática a maioria dos absurdos que constam no livro dele sobre ser o homem ideal.
Vale lembrar que, como qualquer pessoa, ele tem vários lados. É um bom professor e atencioso com as pessoas de modo geral (ainda assim não nutro por ele a mínima simpatia), então não acho que ele mereça ser demonizado por inteiro.”
 
Eu não tenho a menor intenção de perseguir Nessahan ou seja lá quem for, e muito menos matar quem pra mim já parece bastante morto. Mas considero importante entender o nível de loucura que guia o guru dos mascus.

139 comentários:

Anônimo disse...

Nessanhan e cassado, tem dois filhos, e trabalha para a FUNAI, seus escritos não são de estimulo a misóginos, mas sim sobre o comportamento feminino no mundo atual,( mas a mulher se acha tão superior, que não aceita criticas) ele não foi expulso da PUC, pelo contrario, e formado não em geografia, mais sim em psicologia, e agnostico, e adepto do Ying e Yang como filosofia, a principal causa do seu afastamento do movimento, foi o cerco que sofreu justamente de misóginos, algo que ele nunca estimulou, muito pelo contrario, ele pregava o alto controle, e o combate ao apaixonamento interno !

" somente combatendo dentro de nos mesmos, e que podemos enfrentar o que nos atinge por fora"

Sara disse...

Bom seria mesmo q as ideias putrefatas que sairam da cabeça desse cara estivessem mortas.
Mas tem uma coisa q não entendi, qual é a foto dele? imagino q seja aquela do sujeito deitado enrrolado em uma camisa de força, pela lógica só pode ser essa.

Patty Kirsche disse...

Interessante esse cara ser tipo um ideólogo misógino aqui no Brasil. Porque eu estava lendo um texto ontem (Backlash: Angry men’s movements by Michael Flood, Ph.D.) que fala sobre vários grupos na Austrália (Lone Fathers Association, the Men’s Rights Agency, the Men’s Confraternity, Fathers Without Rights, the Shared Parenting
Council, Dads Against Discrimination) que defendem ideais semelhantes aos dos masculinistas brasileiros. Essa ideia de homem como vítima, responsabilizando movimentos femininstas por seus problemas, parece ser uma tendência em vários lugares do mundo nos últimos 30 anos. Então esse cara na verdade não tem nada de especial. Ele só consegue ter um discurso ainda mais fraco, risível e consequentemente autodestrutivo do que a média masculinista mundial.

Anônimo disse...

A teoria-síntese

Depois de 10 anos de trabalho, creio que cheguei a uma síntese de minhas teorias sobre o sofrimento amoroso do homem. Esta síntese corresponde à idéia de que, no relacionamento amoroso com as mulheres, temos somente duas opções, duas saídas:
1) isolá-las de nossas vidas à primeira prova de insinceridade (joguinhos, indefinições, enrolações, mentiras, trapaças, traições, adiamentos infinitos etc.);
2) adaptar-se às desonestidades para tirar da relação o máximo proveito.
Todos os pensamentos desenvolvidos e detalhados ao longo desses anos parecem se encaixar dentro deste sistema binário. Para trilhar qualquer um dos dois caminhos, requer-se desapego profundo, estabilidade emocional, capacidade de responder a situações-problema e desapaixonamento.
A teoria-síntese aponta inevitavelmente para uma única direção: conduz o homem a deixar de se ocupar tanto com a mulher e o leva a se ocupar mais consigo. Então, o que a mulher faz ou deixa de fazer não será mais problema nosso, somente dela. Mas, como eu sempre digo, isso não é uma questão de forçar-se e sim de compreender aos poucos.
Ocorre que o homem, normalmente, se preocupa em demasia com a(s) mulher(es), por estar identificado com ela(s.) São esses os que sofrem de paixão, não aceitam a ruptura, querem forçar as coisas, vivem fantasias.
Conferimos às mulheres um valor excessivo e desnecessário, transformando-as no centro e objetivo de nossas vidas, o que é um erro. Temos que trazer a consciência de volta, focá-las sobre nós mesmos, viver nossas vidas e deixar que elas vivam as vidas delas do modo que desejarem.
Eu tinha certas relutâncias, até há pouco tempo atrás, em tentar reduzir a teoria, mas agora parece-me que podemos sintetizá-la, sem problemas, nestes dois elementos: isolar ou adaptar.

yulia2 disse...

hahahahah em homenagem ao dia dos mortos, vamos falar de Nessahan...
gostei lola, como sempre sensacional.
Quanto a história toda , bate com tudo o que eu já sabia.... a foto dele bate também com uma que andava circulando na net... é fundamental saber quem é o lunático a cara dele e onde trabalha. Futuramente pode ser util a pf, e sim, tudo começou com as comunidades de orkut, já fiz parte das duas como espionagem, foi ali que nasceu a merda toda...e deu desdobramentos piores como engenheiro emerson, blog testosterona, reflexões masculinas e outras do genero.
È triste saber que esse ser dá aulas... um cara com essa mentalidade jamais deveria ser professor, vai saber as merdas que esse cara fala em suas aulas?

yulia2 disse...

Bem, agora vai vir um exército de mascus defendendo seu ídolo que não passa de um plagiador dos delírios da esther villar.... (uma coitada diga-se de passagem).
Vão falar que ele não é misógino, coitadinho... vai falar que é tudo mentira, vão falar que o masculinismo não segue mais ele... e etc...vale tudo para defender seu idolo de barro e cabeça de esterco.
Não adianta, sabemos bem quem começou esse movimento. Coitado dos indios...... pobre povo não merecia contato com esse cara.

Anônimo disse...

é ele nessa primeira foto, lola? ele existe mesmo? geeeent, eu achava que era ficção! o.O

june_miller disse...

Lola, meio off-topic, você está sabendo do escândalo que atingiu a Inglaterra nesses dias? Um famosíssimo apresentador de TV por lá, que morreu no ano passado, Jimmy Savile, foi revelado como pedófilo que abusou e estuprou aparentemente de centenas de meninas (e alguns meninos) durante décadas.

Estou acompanhando o caso e é bem visível como a mentalidade mudou e, ao mesmo tempo, continua a mesma mesmo em nações mais desenvolvidas no que se refere a abuso sexual. Aparentemente a BBC (emissora do apresentador) fechou os olhos (ou acobertou, ou ambos) durante décadas sobre o comportamento dele. Parece que muitos abusos ocorreram dentro das instalações da BBC e que a predilição dele por meninas era bem conhecido entre os funcionários por lá. Parece também (e isso foi o que mais me chocou) que ele cometia abuso em hospitais e escolas em que ele trabalhava como voluntário e fazia obras de caridade. Esse abuso era cometido em pacientes em pós-operatório ou com problemas mentais, ou, nos casos das escolas, em meninas com emocionalmente frágeis que vinham de ambientes familiares problemáticos . Parece que a diretoria de tais locais fazia vista grossa para esses absurdos com medo de perder o dinheiro da caridade que ele levantava. E tudo isso veio a tona após a morte dele, embora já houvesse denúncias e boatos antes disso.

Uma da coisas que eu percebi na reação das pessoas para essa tragédia é que muitos ainda põe culpa nas vítimas pelo que ocorreu, embora elas não fossem mais que crianças na época do abuso. Embora a grande maioria das pessoas estejam revoltadas com os crimes dele, muitos falam que elas não deviam ter entrado no camarim ou quarto de hotel dele (vi um dizer que elas estavam pedindo para serem atacadas), que elas estão atrás de dinheiro por terem levado tanto tempo para acusa-lo (houve tentativas antes da morte dele que foram ignoradas) Dizem que por muitas da vitimas terem 12, 13 ou 14 anos na época do abuso, elas eram apenas "groupies" de Savile, e que na época era "normal" ter relação com meninas tão jovens. Que era só ver exemplos de bandas como Led Zeppelin ou Rolling Stones, completamente ignorando o fato que erros não são justificados com outros, e que em casos como de Savile houve realmente coerção, estupro e um comportamento clássico de predador sexual. Vi alguns comentários chamando as meninas de "pequenas putas" simplesmente porque alguns dos abusos levaram anos para terminar e sugerem que elas estavam gostando dos abusos.

Isso me fez lembrar outro caso que veio a tona recentemente, o de Jerry Sandusky. Ele era um respeitado treinador de futebol americano, que assim como Savile, fazia obras de caridade, que foi revelado como pedófilo (embora ainda em vida), mas que abusava de meninos ou invés de meninas. As idades de suas vítimas, como as das vítimas de Savile, também variava. Acho que tanto o abuso de meninos como o de meninas terrível, mas Lola, não sei se você percebeu, quando um rapaz adolescente (ou mesmo homem) é abusado, quase ninguém nega que foi abuso infantil, ninguém diz que ele estava pedindo por isso ao entrar em aposento vazio com ele, nem pergunta o que ele estava vestindo. Esses abusos são visto como a perversão que é. Porque o abuso de meninas adolescentes não são vistas com o mesmo nível de indignação contra o abuso de meninos adolescentes? Será que estou enxergando demais?

Anônimo disse...

Antes eu era um escravo dos meus vicios emocionais, procurava em mulheres algo que faltava justamente em minha alma, mas Nessanhan me ensinou que o que nos foi vendido como natural, que mulheres completam os homens, na verdade e uma mentira elementar, desde a origem, elas não sobreviveriam aos seculos se não desenvolvessem tecnicas de nos manipular, hoje sou livre, o brigado mestre !

Anônimo disse...

"A teoria-síntese aponta inevitavelmente para uma única direção: conduz o homem a deixar de se ocupar tanto com a mulher e o leva a se ocupar mais consigo. Então, o que a mulher faz ou deixa de fazer não será mais problema nosso, somente dela."

puxa. então é só isso? então por que os mascus não esquecem logo todas as mulheres do mundo e não se ocupam só com coisas deles? seria tão melhor! que os mascus parem de frequentar fóruns pra conseguir pegar mulher, que parem de achar que só homens lindos que têm mulheres e parem de filosofar sobre mulheres. fiquem entre vcs mesmos. preocupem-se só com vcs. seria ideal pra todo mundo!

que essa m* toda tenha nascido no orkut não me espanta. agora muito faz sentido pra mim.

Nuba ofKau disse...

Como assim Cristianismo Primitivo? Pensei que todo cristianismo já fosse suficientemente primitivo.

Anônimo disse...

" hoje sou livre, o brigado mestre !"

super livre, né? tão livre que tá observando de perto o blog da lola pra poder falar suas asneiras.

Teresa Silva RJ disse...

Sabe o que seria legal? Uma revista tipo Carta Capital ou a recém lançada Samuel http://revistasamuel.uol.com.br fazer uma reportagem investigativa sobre quem são esses masculinistas. Fazer um perfil completo: quem são, como foi a sua infância, sua adolescência, como é a sua vida social, colher depoimentos de parentes, vizinhos e colegas de trabalho. Se tivessem coragem, por uma foto de um deles na capa com a manchete "Ele odeia as mulheres". Não indico as revistas Veja, Época e Isto é por que duvido que fariam uma reportagem dessas.

Anônimo disse...

Lola, obrigada mesmo por ter postado isso. Sinto que "cumpri meu papel" na internet, haha.

Só respondendo o primeiro anônimo:
Ele é divorciado, tem apenas uma filha (que desgosto pra ele, haha), foi SIM expulso da PUC, não é agnóstico, é cristão (do seguimento do cristianismo primitivo) e o principal motivo do afastamento foi pela espiritualidade.

Anônimo disse...

olhem este aqui ? parece fmiliar ?
http://www.facebook.com/sander.real.351

Anônimo disse...

Mentira que ele é professor de Geografia!!!

Eu sou estudante de Geografia e fiquei chocada ao saber que esse doente é da mesma área que eu!

Justo Geografia que é uma ciência que estuda a relação do ser humano com o mundo,uma ciência da área de humanas que procura entender o outro...estou passada!

Mas por outro lado,não entendo bem o porque do meu espanto,pois na Geografia há muitos,mais muitos homens misóginos da pior espécie. Masculinistas professores,alunos e geógrafos! Vejo muito machismo no meio meio.

Leandro disse...

Mas nós não pretendemos ser "modernos". Aliás, muito "moderno" que é o feminismo, querer retroceder para uma Era quando não havia nem família... São VOCÊS feministas querem voltar pro tempo das cavernas. São VOCÊS esquerdistas que querem abolir a família e a propiedade privada, dois pilares da civilização.

Quanto ao Nessahan, ele está muito bem casado. Deixou um bom material disponível. Até hoje não sei de onde ele tirou todo o conhecimento para escrever os livros... Pois é de uma inteligência extraordinária.

@vbfri disse...

"temos somente duas opções, duas saídas:
1) isolá-las de nossas vidas à primeira prova de insinceridade (joguinhos, indefinições, enrolações, mentiras, trapaças, traições, adiamentos infinitos etc.);
"
---------
PELAMOR, SUMAM das nossas vidas!! Façam isso, POR FAVOR!!! Isolem-nos!!! A gente

E parem, parem, por favor parem de encher o blog da Lola de besteiras!

Já falei, se mudem pro fim do mundo com o líder de vocês e fundem uma comunidade mascu por lá.

De preferência onde não haja nenhuma mulher.

Obrigada!

Aline Tomasuolo disse...

Concordo com a Lola, para acreditar nas besteiras misóginas e sinceramente ridículas que este cara escreveu tem que ser seriamente perturbado, com certeza muitos problemas psicológicos envolvidos.

Devem ser pessoas realmente vazias, materialistas e mimadas, pois com tantas causas e movimentos importantes para se lutar e defender, foram lutar por uma "causa" que apenas quer manter ativo o sistema patriarcal, que protege e favorece, acima de tudo e todos, os privilegiados homens.

Se querem tanto voltar aos tempos de antigamente, parem de perder seu tempo na internet ofendendo as mulheres e vão inventar uma máquina do tempo. Assim vocês fariam um enorme favor a sociedade, desaparecendo para 500 anos atrás.

MCarolina disse...

Será que o Cléber sabe que tem uma legiãozinha seguidora de perturbados infelizes que não conseguem lidar com o mundo real e com as pessoas?

Anônimo disse...

Lembrei de um namorado meu que sempre me dizia que os homens tinham medo da tal vagina dentada. Para um espírito angustiado, ver o pênis sumir dentro de uma mulher deve ser horrível mesmo. Já pensou se lá dentro de alguma tem dentes mesmo?
kkkkkkkkkkkkkkkkk.
Terapia, meus caros, terapia.

Anônimo disse...

Lola, você viu isso?

http://br.tv.yahoo.com/blogs/em-off/suburbia-tem-at%C3%A9-tentativa-estupro-ao-som-roberto-052822981.html

Na nova série da globo, enquanto a protagonista é estuprada, surge ao fundo uma música Roberto Carlos, revoltante...

http://tvg.globo.com/programas/suburbia/videos/t/suburbia/v/namorado-da-patroa-de-conceicao-tenta-estupra-la/2221129/

Fabiane Vinente disse...

Muitos malucos pipocando aqui neste post, hein, Lola? Mas o que me indignou nessa estória foi saber que esse doente mental está trabalhando na FUNAI. Isso é um traço desse tipo de aberração: buscam os indígenas achando que vão encontrar um estágio "tabula rasa" da humanidade, dentre os quais poderão ser adorados como deuses que acham que merecem ser. Trabalho com indígenas e já vi muito estrago de gente assim em área. Não deixo de sentir pena de uma pessoa dessas, que deveria estar sendo tratada pela deficiência mental que notoriamente apresenta, mas me causa medo saber quantos "seguidores" de suas palavras são assassinos em potencial ou reais. Quantos mais matadores de Realengo os Nessanhan ajudará a formar? Quantas prostitutas, homossexuais e mulheres foram mortas sem que se soubesse da ligação dos assassinos com as ideias desse doente?

Anônimo disse...

Nessanhan e casado e tem dois filhos,não e professor de geografia, trabalha na funai, e formado psicologo,sua 'fonte" possivelmente está confundindo ele com outro masculinista da PONTIFICA UNIVERSIDADE CATOLICA Lola, mas passou perto rsrs

yulia2 disse...

só uma informação não batia.... diziam que o nome verdadeiro dele era Claudio muniz....parece que o nome verdadeiro é Cleber.

yulia2 disse...

Fazer um perfil completo: quem são, como foi a sua infância, sua adolescência, como é a sua vida social, colher depoimentos de parentes, vizinhos e colegas de trabalho. Se tivessem coragem, por uma foto de um deles na capa com a manchete "Ele odeia as mulheres".
___________________7

Inteiramente de acordo!!! está na hora de alguma revista fazer um levantamento completo desses VERMES!!!
Saber quem eles são, sua rotina , como vivem e onde trabalham!!!
é um trabalho de fundamental importancia! passou da hora de identificarmos esses lixos sociais para as mulheres ficarem alertas! e sim publicar o máximo que puder a foto deles!

yulia2 disse...

Ele é divorciado, tem apenas uma filha (que desgosto pra ele, haha),
___________________

Pobre garota.... filha de um psicopata de um doido... que deus a proteja...

yulia2 disse...

Mas por outro lado,não entendo bem o porque do meu espanto,pois na Geografia há muitos,mais muitos homens misóginos da pior espécie. Masculinistas professores,alunos e geógrafos! Vejo muito machismo no meio meio.
______________________

pensei que essa desgraceira era exclusividade da área de exatas...

que merda hein??? aguentar esses lixos imundos como geografos? putz!

yulia2 disse...

PELAMOR, SUMAM das nossas vidas!! Façam isso, POR FAVOR!!! Isolem-nos!!! A gente
________________

Esse é o x da questão...
eles nunca somem.... se sumissem de nossas vidas estava ÓTIMO!!!
mas não, eles insistem em nos impor sua indesejável presença.

Koppe disse...

"Leandro disse...
muito "moderno" que é o feminismo, querer retroceder para uma Era quando não havia nem família...
"

Já te passou pela cabeça a idéia de que família não é incompatível com igualdade de direitos? Vocês só acreditam na família patriarcal, mas será que esse é o único tipo de família possível?

Dona Coisa disse...

Eu adoraria encontrar com ele numa sala de aula. Imagina perguntar: "professor Cleber, é verdade que você fundou uma seita misogina assim e assim e que se auto-intitula Nessahan Alita? de onde você tirou esse nome ridídculo?"

Acho que qualquer masculista só pode falar de suas crenças em voz alta para outros masculistas ou morrendo de vergonha, pois não há nada mais absurdamente ridiculo.

Outro dia falei dessa historia toda para um dos meus irmãos e ele nao conseguia acreditar. Ele ria e ria e ria, achei que fosse ter um ataque cardíaco ou morrer sufocado. Tadinho. hahaha

Anônimo disse...

"Se querem tanto voltar aos tempos de antigamente, parem de perder seu tempo na internet ofendendo as mulheres e vão inventar uma máquina do tempo. Assim vocês fariam um enorme favor a sociedade, desaparecendo para 500 anos atrás."

Ri demais!

Mas sério, como que pode existir gente como esse cara? Que nojo.

Anônimo disse...

É Leandro, é o feminismo que acaba com famílias.

Diz isso para a "eu" de 10 anos atrás, que viu a própria mãe ser assassinada pelo pai. Sabe qual era o motivo? A janta não estava boa o suficiente.

[ironia] É, foi o feminismo do meu pai que matou minha mãe. [/ironia]

Rebecca Souza disse...

Mascus não gostam de homosexualismo,mas,não gostam de mulheres,mas,querem ter familias,mas todas as mulheres são vadias,mas eles são homens de honra e...
existe uma logica nisso?
E o mais engraçado que os mascus se preocupam tando com a aparencia feminina e eles nossa..sem comentarios,né?

Vitor disse...

Sou solidário com o movimento feminista, a primeira vez que ouvi sobre esse Nessaham foi aqui na Lola, como não sou uma pessoa de ficar repetindo opinião dos outros, sem nem ver o que é fui procurar os tais livros.

O Cara escreve desdo começo que "tipo" de comportamento que certas mulheres tem é direcionado o livro li uns três livros dele, e simplesmente não vejo nada demais, nada do mimimi que já ouvi na minha vida inteira sobre as mulheres.

Acho que ele de uma certa forma é vitima sim, é a mesma coisa o Santos Dumont criou o avião chega uma pessoa e usa ele para guerra.

Inclusive acompanhando de longe essas comunidades masculinistas, li que esse Nessaham no começo fazia contato com os leitores pela net e respondia duvidas. Mas com o passar do tempo foi aperecendo esse "guerreiros da real" que deram um outro sentido para o livro dele e levando para um outro lado generalizando todas as mulheres.

Ele acabou assustado, não respondendo mais nada, já imaginando o que esses caras estavam fazendo com os livros dele.

lola aronovich disse...

Oops, gente, desculpas! Vcs leram o post "O pedestal natural da mulher é o pênis", qeu ficou no blog sem querer durante uma hora. Fui assistir AMERICAN HORROR STORY (alguém já viu essa série? Eu gosto de terror, mas o pobre maridão tem medo e tem pesadelos com essas coisas, tadinho. Eu estou no 9o episódio da 1a temporada e gostando bastante) e esqueci da vida. E tinha um post agendado pra hoje que eu nem sabia. Obviamente que eu não iria publicar DOIS POSTS num dia morto como um feriado, ainda mais dois posts sobre mascus. Este é pro futuro, talvez pra semana que vem, e nem estava pronto ainda. Bom, não se preocupem que os comentários postados aparecem quando eu finalmente publicar o post. PERDÃO! Não é a primeira e nem será a última vez que agendo um post e esqueço de mudar a data da postagem...

Rose disse...

Achei interessante o outro post (sobre os adoradores de pintos alheios rsrs)
para o anônimo que disse:
..."Nesta sociedade que protege os homens, nos vivemos 10 anos a menos, em decorrencia de falta de programas para saude do homem, da violência, e de trabalhos de alta periculosidade..bla bla bla mimimi chuif chuif " (confesso que quase chorei ao saber que "sofrem tanto")
Você sabia que o mês de novembro é o mês azul e que existe uma campanha de combate ao câncer de próstata? Não sabia? Então, deixa de mimimi e leve seu bumbum hétero-injustiçado ao proctologista (OK?)

Anônimo disse...

O nome de Nessnhan e Claudio Lola, Cleber e Nome de outro "guru" masculinista, autor do blog "questionando o feminino" conhecido pelo pseudônimo de The Truth.

Leandro disse...

"Já te passou pela cabeça a idéia de que família não é incompatível com igualdade de direitos?"
- E já te passou pela cabeça a idéia de que igualdade é incompatível com a civilização humana? Leia este texto do Rothbard (o fundador de libertarianismo):

“As mulheres formam outra "classe oprimida" recém-descoberta, e o fato de que representantes políticos têm tradicionalmente sido em muito mais de 50% homens é agora considerado um sinal evidente da opressão sobre as mulheres. Os delegados das convenções políticas vêm das fileiras de ativistas partidários, e dado que as mulheres nunca foram nem de perto tão ativas politicamente quanto os homens, sua participação tem sido compreensivelmente baixa. Mas, confrontados com esse argumento, as forças em crescimento da "libertação das mulheres" nos Estados Unidos recaem no argumento talismânico a respeito da "lavagem cerebral" por nossa "cultura." Mas as liberacionistas feministas dificilmente podem negar o fato de que toda cultura e civilização na história, da mais simples à mais complexa, foram dominadas pelos homens. (Desesperadas, as liberacionistas têm ultimamente respondido com fantasias sobre o poderoso império amazônico.) Sua resposta, mais uma vez, é que desde tempos imemoriais uma cultura dominada pelo homem produz lavagens cerebrais sobre mulheres oprimidas para prendê-las aos cuidados com os filhos, à casa e ao lar doméstico. A tarefa das liberacionistas é levar a cabo uma revolução na condição feminina pela pura força da vontade, por um "despertar da consciência." Se a maioria das mulheres continuar a se ater às preocupações domésticas, isso apenas revelará a "consciência falsa" que tem de ser extirpada.

É claro, uma resposta negligenciada é que, se de fato os homens conseguiram dominar todas as culturas, então isso é em si uma demonstração da "superioridade" masculina; afinal, se ambos os gêneros são iguais, como pôde o domínio masculino surgir em todos os casos? Mas, afora essa questão, a própria biologia está sendo raivosamente negada e posta de lado. A palavra de ordem é que não há, não deve haver, não pode haver nenhuma diferença biológica entre os sexos; todas as diferenças históricas ou atuais têm de ser produto de lavagens cerebrais culturais.

Irving Howe, em sua brilhante refutação da liberacionista feminista Kate Millet, esboça várias diferenças biológicas importantes entre os sexos — diferenças importantes o bastante para ter efeitos sociais duradouros.”

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1206

A única igualdade compatível é a igualdade perante a lei (princípio vilado pelo feminismo, com suas leis que privilegiam as mulheres).

Rothbard refutou o feminismo em 1970. Vocês defendem uma ideologia já mais do que sepultada (falando em dia dos mortos).

lola aronovich disse...

Patty, não conheço nada sobre mascus australianos. Mas é sempre a mesma coisa, seja nos EUA, na Austrália, no Brasil, na Noruega (o terrorista que matou toda aquela gente era mascu), no Canadá... onde houver um mascu, que nos países de língua inglesa é mais conhecido como Men's Rights Activists, haverá um cara perturbado e com muito rancor e ódio das mulheres. E, claro, será um cara extremamente conservador, de direita, desses que acham que o mundo está perdido. São todos iguais. O interessante é que os mascus do Brasil, apesar de seguirem exatamente a mesma cartilha, pensam que são originais porque contam com Nessahan, mas não há a menor diferença. O segundo maior ídolo mascu por aqui é o Silvio Koerich, e tudo que ele fazia era traduzir posts mascus americanos sem jamais colocar os créditos.


June, vi esse caso do escândalo da BBC (que encobriu os abusos sexuais de um de seus mais famosos apresentadores – já morto). Tuitei sobre isso, mas não me animei a escrever um post. Esse Jerry Sandusky... Não me lembro de ter lido sobre ele. Obrigada pelas informações. E vc tem toda razão: quando é uma vítima masculina (e obviamente estupro é sempre horrível, tanto faz se a vítima for mulher ou homem), ninguém diz que ele pediu, ninguém pergunta que roupa ele estava usando. Padrão duplo até em caso de estupro, né?

lola aronovich disse...

Anônimo das 19:17 que diz que Nessahan o salvou e agora está livre. Ahã. TÃO LIVRE que deixou mais de 30 comentários (quase todos deletados) num blog feminista na última hora. Certamente o comportamento padrão de um homem livre. Aliás, qualquer pessoa que conhece um mascu nunca pensará que está vendo um homem livre. Muito pelo contrário... Ninguém é mais apegado ao ódio que vcs.


Teresa, várias jornalistas de diversos veículos já entraram em contato comigo, porque elas ficaram espantadas com a misoginia dos mascus e queriam fazer reportagens sobre eles. Eu passei um monte de informação que eu tenho, mas, que eu saiba, nenhuma reportagem acabou saindo. Ainda estou esperando uma reportagem investigativa falando sobre os mascus sanctos e Realengo.

Fabiane Vinente disse...

Ai Lola, tenho a mesma situação aqui em casa: meu marido não gosta muito de terror depois das 18 horas! Hahahaha... Comecei a ver os primeiros episódios da 1a. temporada do AHS quando ele não estava em casa, mas a segunda não consigo! Beijos, adoro seu blog.

lola aronovich disse...

Não tinha visto a série, Anônimo das 21:08. Realmente, muito chocante. Não deu pra entender se a música do Roberto Carlos é acidental (tipo, se eles esbarraram em alguma coisa e ligaram o rádio) ou se é de fundo. De qualquer jeito, é horrível. Mas certamente não é uma cena que glamuriza o estupro. Agora, olha só a chamada no vídeo: “TENTA estuprá-la”. Como assim, TENTA?!


Yulia2, eu já tinha lido, uns meses atrás, na Wikipedia sobre Nessahan (que certamente foi feita por mascus), que o nome verdadeiro dele era Cleber. Mas e aí, vc fez parte das heroícas feministas que lutaram contra os mascus do orkut lá pelos idos de 2006? Era tudo no orkut, não era?

Anônimo disse...

perfis completos dos masculinistas mais atuantes, alguns tem fortes ligações com movimentos nacionalistas integralistas, e são com exceção deo Heber Lopes ( o empalador)que se considera de esquerda, todos são de extrema direita, seguidores do Olavo de Carvalho !
-
grupo restrito, revolução msculinista.

https://www.facebook.com/groups/403752133020473/members/
-
perfis do grupo, guerreiros da real

https://www.facebook.com/groups/guerreirosdareal/members/
-
perfis do grupo Pró homem

https://www.facebook.com/groups/prohomem/members/

Anônimo disse...

Está no próprio LIXOvro dele:

1
Nessahan Alita é o anagrama de Átila Nahassen (Muniz, C. M.), especialista em Abordagem Junguiana, professor de história e geografia, estudioso da consciência e musicista do Esplendor

Especialista? Estudioso??
Aham...senta lá...

Anônimo disse...

Dona Coisa disse...
Eu adoraria encontrar com ele numa sala de aula. Imagina perguntar: "professor Cleber, é verdade que você fundou uma seita misogina assim e assim e que se auto-intitula Nessahan Alita? de onde você tirou esse nome ridídculo?"
-
Nesanhan Alita - Atila Nanhasen !

Anônimo disse...

Parece que ele trabalha mesmo na FUNAI quando vc passa no google o nome dele: Cleber Monteiro Muniz

Anônimo disse...

Lola, mudando completamente de assunto, esse envio acidental do post me gerou curiosidade sobre a forma como vc trabalha no blog. Acho que um post sobre a forma como vc organiza seus temas, posts, como programa o que vai ser postado, enfim, saber um pouco da sua rotina. Afinal, a vida das "celebridades" interessa ao publico rs

Carlos disse...

Eu leio blogs de diversos movimentos aleatórios, concordo com algumas coisas e discordo de outras.

Não é o nessahan na foto, as informações que tenho, ele mora no interior de MG ou SP, faixa dos 38 a 43 anos de idade, é psicólogo, foi a falência depois de um casamento.

Anônimo disse...

Eu imagino que tipo de perseguições ele vai sofre ,agora que as feminazis descobriram sua indentidade, seu crime ? sua opinião !
seu pecado ? estudar o comportamento feminino na sociedade atual !

Anônimo disse...

Carlos elas estão confundindo Nessnhan com The Truth, Nessnhan e psicologo, The truth e profesor !

Sooraya disse...

Não tinha lido o post que com a entrevista do Nessahan.

Uma pergunta: o que é aquilo?

E qdo eu penso que não poderia ficar pior, o mascu entrevistados manda que quer encontrar uma gatinha pra ser fiel e praticar "transmutação sexual" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

E que escrita pretensiosa! Fala sério.

Sphynx disse...

Então começaram pelo Orkut? lol

Eu devia saber, foi por lá que li pela primeira vez esses negócios de "homem honrado", "macho alfa e beta" e restos.

Ainda muito me intriga e entristece a ligação que parece existir entre o universo nerd e a misoginia, mas quando eu participava no Orkut de comunidades de anime e mangá, de filmes, de cientistas ou filósofos, sempre tinham alguns dos membros mais ativos e conhecidos que participavam de comunidades de "homem bonzinho sofredor", notadamente a "Mulher gosta de homem babaca", ou faziam discursos que só podem ter vindo de lá.

Pra não deixar essas comunidades parecendo mal, acrescento que foi em uma delas (de anime e mangá) que também tive o primeiro contato com o feminismo, que eventualmente me trouxe a este blog.

Enfim. Não li nada do Nessahan, não tenho tempo pra ler mesmo que tivesse a curiosidade mórbida, mas pelo que eu extraí do que falam sobre, ele supostamente "ensina" o homem a ter auto-estima independentemente de ele ter ou não a admiração das mulheres, a não desperdiçar a preciosa atenção dele pensando em mulheres, a não deixar parecer que ele se sente atingido ou afetado por qualquer coisa que venha de mulheres, resumindo, a ser totalmente livre e acima de preocupações com mulheres... e quem for um bom aluno e seguir os ensinamentos dele, como recompensa, vai conseguir o que sempre quis: uma mulher. E isso porque a mulher é pra eles esse ônus tão grande, esse fardo tão pesado, esse preço tão caro, e ainda por cima sem nenhuma das características que eles tanto prezam como segurança e racionalidade. Que bagunça.

Talvez fosse uma solução mais prática o Nessahan escrever um livro chamado "Deixe as mulheres pra lá - como achar seu príncipe encantado, honrado e viril". Aliás, não. Assim eles passariam a achar que os gays que dessem o fora neles são todos uns... vadios?

Que vida complicadinha a deles.

Sphynx disse...

Duas obs. cinematográficas, hehe.

1. Como não tenho quem visitar no cemitério, porque afortunadamente todo mundo que eu gosto tá vivo, tirei o Dia de Finados pra dar uma reassistida em "O Sétimo Selo", melhor filme sobre a morte que conheço.

2. Como fã de Matrix (enfatizo que só do primeiro, as continuações são muito ruins), coro de vergonha toda vez que leio eles se referindo a esse filmão.

Anônimo disse...

Nessahan é um gênio, vocês não compreendem as obras dele, e ficam falando besteira.

Alec disse...

Nessahan nada tem haver com masculinismo.

E 70% dos mascus nunca leram uma página sequer de NA, eles seguem mais o OLavo de Carvalho.

Binha disse...

Leio o blog há pouco tempo e os posts sobre os masculinistas nunca me interessaram muito. Li por alto alguns, não sabia de onde tinham surgido os nomes das criaturas, achava até que era ficção dos caras! Mas a figura existe e tem livros!?!?!?!?!?!?
É ridículo, tudo se resume a achar que as mulheres são FDP. Sim, no mundo existem seres humanos FDP, de ambos os sexos, não é exclusividade nossa.
Não tô conseguindo nem expressar bem meu sentimento com relação a isso. Não tem cabimento um "movimento" desses!!! O feminismo tem um história de luta por direitos que foram (e ainda são)negados às mulheres por séculos. Não odiamos os homens, queremos igualdade e justiça. Eles querem o quê? Manter a "superioridade" masculina? Incitar ódio e desrespeito às mulheres?

Anônimo disse...

Pergunta serinha mesmo,como alguém consegue levar à sério um "movimento" que usa palavras como;merdalher,bostalher,matrix,real,mangina,capitão salva puta e etc.? cara,tem horas que só consigo rir/sentir pena,quando leio um texto escrito por um homem usando essas terminologias,dá uma VA desgraçada do infeliz,junto com a convicção de que,se eu topar com um desses na vida REAL,quem corre pra matrix sou eu hehehehehe.

Cética

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Lola, você sabe que te adoro, mas não achei muito legal expor a identidade real do cara se ele não o faz. Escreveu várias maluquices e absurdos, mas se hoje em dia tá lá, quieto no canto dele, enfim...
Mas é só uma opinião, ok, continuo sua fã. Abçs e bom fim de semana.

Natália disse...

Se o cara não quer se apaixonar por uma mulher, simples: não se relacione com elas. :p Fala sério que o cara precisa desenvolver toda uma ideologia misógina (se vc não consegue perceber isso é cego) para combater o "apaixonamento interno"? As mulheres tem um lado obscuro (sono!)? Como se a maldade fosse uma questão de gênero. Desenvolver o senso crítico é o que há, galerê. Lola sou sua fã!!! *-*

Nuba ofKau disse...

Sim anônimo...como alguém leva a sério um movimento que usa palavras como merdalher, bostalher, capitão salva puta, porra alheia, mangina, guerreiros da real? Parece coisa de um bando de "gamers" pré-adolescentes em fóruns estilo "sou um menino nerd que finge que gosta de matemática (pq a matemática é muito máscula) e está começando a se interessar por muheres".

É de rir. O problema é quando eses idiotas conseguem convencer um jovem de autoestima baixa que o problema da vida dele é que ele não pode mais dominar uma mulher como fazia em 1950. Quando conseguem falar para um jovem deprimido exatamente por não se enquadrar no esteótipo de machão que a sóciedade machista quer, que o problema não é esse padrão de masculinidade ser irreal e deixar pessoas (homens e mulheres) infelizes e sim o comportamento das mulheres que não deixa mais os "homens serem homens".

Também não dá pra rir quando gente que fala "mangina" dá dicas de planejamento para de crime de ódio.

Anônimo disse...


Sphynx

É por ai mesmo,as idéias dele, e dos seus primeiros seguidores, encontram muito eco com essa galerinha ai,nas comunidades que tratam sobre depressão,timidez e etc,era uma festa,o tal do Silvio fazia plantão na "timidez e depressão" bastava algum cara abrir um tópico e lá vinha ele despejando toda a sua filosofia mascuzona,invariavelmente,ganhava algunas mentes,afinal,quer coisa melhor que poder culpar o outro pelos seus problemas? ex: tem 30 anos,tá desempregado,não consegue entabular uma conversa,é misamtropo? culpa das vadias que dão a Buceta pra todo mundo,menos pra vc,cara bonzinho...



Cética

Girassol disse...

Lola, tem uma comunidade escrota no Facebook intitulada "orgulho de ser hétero", vc já viu? É de dar ânsia de vômito. (e olha que nem militante feminista eu sou)

Anônimo disse...

Nessanhan apenas expos que quando um homem sofre por amor, ele sofre pela figura feminina em sim, a mulher quando diz sofrer por amor, ela apenas sofre pela perda utilitária daquele homem,não por ele !
Agora me digam, e mentira ?
Toda vez que um homem apaixonado, paspalho lhes pagam um cineminha, ou dão aquela forcinha na mensalidade da facu, vocês são se sentem "especiais" ?

E o que vocês ja fizeram por um homem ? qual foi a ultima gentileza que você mulher, este ser tão magnanimo fez por um homem primitivo ?

As mulheres na sociedade atual se consideram semi-deusas, podwerosas, inteligentissimas, e os homens, seus suditos, mas isto vai acabar, o masculinismo veio para mostrar ao homem que ele deve ter apenas um foco, nele próprio,no seu desenvolvimento pessoal e nada mais, ate mesmo seus manginas, lambedores de salto,cedo ou tarde desocobrem isto.

Raziel von Sophia disse...

"Jesus Cristo ressuscitou porque os átomos dele mudaram de velocidade e o levaram para outra dimensão."

Considerando que...
Velocidade dos átomos =~ Temperatura.

Descobrimos o segredo da Imortalidade! Depois de tantas aproximações por meio da religião, do misticismo, da alquimia, e até mesmo da genética... Quem diria que para ressuscitar alguém basta botá-la no forno ou na geladeira?

Nobel em Física, Química e Medicina para Nessahan, JÁ!

Anônimo disse...

Então na cabeça e vocês, os homens devem continuar a serem escravos emocionais de mulheres interesseiras?

Há e ?!! esqueci que para feministas mulher interesseira não existe !

Girassol disse...

nossa li isso aqui e fiquei pasma que que esse cara tava falando sério mesmo http://central-bufalo.blogspot.com.br/2012/01/homem-ideal-segundo-nessahan-alita.html

Raziel von Sophia disse...

Sphynx....


As I said... Eu ajudei a criar esse monstro que é a Real. Eu contribui com seus métodos, seus pensamentos e seus alicerces.
E minhas ações acidentalmente foram o que os tornaram em fanáticos paranoicos.


Se quiser, depois, me procura. Ando sentindo vontade de falar desse monstro que eu criei com alguém.

Raziel von Sophia disse...

Os Guerreiros da Real por um ano usaram o nome do masculinismo na tentativa de serem politicamente corretos.

A Lola usa todos os seus conhecimentos de psicologia midiática para sujá-los.

Ao mesmo tempo que a ideia de direitos dos homens se torna estigmatizada pelas feministas por isso, femem se torna sinônimo de feminismo na mídia.


É só eu ou tem uma terceira força atuando nisso?

yulia2 disse...

Foi assim Lola... em 2006 eu participava de uma comunidade chamada comunidade Brasil( existe até hoje só que agora está uma porcaria, já foi melhor...)e essa comunidade era apinhada de direitinhas....era um forum de politica.... e volta e meia postavam
uma mascuzada fazendo propaganda desse livro do zé fracassado aí...
discuti com um cara lá e ele foi banido dessa comu na época e me mandou um scrap falando um monte..
respondi a ele e ele me mandou arquivos do livro do nessahan... (foi a partir daí que comecei a ter contato com esse monte de lixo impresso...) eu desacreditava nos absurdos que eu estava lendo...
bem, futuquei o perfil desse mascu e lá encontrei que ele fazia parte dessas duas comunidades...entrei nessas comunidades , apenas entrei para ficar espionando, mas quase não participava dela, o que eu fazia mais era denunciar a comu pra tirar do ar, mas sem sucesso, sabe como é... eu participava mais de uma outra semelhante(mulher não trai, pratica )nem sei se existe mais essa comu mas também era cheios de mascus falando asneiras. PParticipava também da comu(feminismo e feministas) e direto a gente postava links deles ali para alertar as demais sobre esses doentes,e de vez enquando aparecia mascu pra falar suas asneiras também.
Mas tudo o que vc passou de informação sobre ele e seu livro está certinho, começou sim nos foruns de orkut, e outra, eles fazem isso até hoje, entram em todas as comunidades (esporte, politica etc..) para fazer propaganda desse livro nefasto e de seu movimento.
Hoje , na comunidade Brasil eles vivem abrindo tópico para atacar gays e mulheres, não mais com tanta frequencia como antes, depende da moderação tem moderador que não tolera isso e já expulsa e apaga o tópico.
Mas, resumindo... a descrição física bate direitinho com a foto que vc postou... na época já circulava uma foto dele onde ele tava um pouco mais cabeludo e mais magro....
quanto ao nome..pode ser sim que seja realmente Cleber , na época falavam que era claudio, mas pode ser uma informação equivocada pois nessa época era muito dificil saber quem realmente era o Nessahan.

Anônimo disse...

Falem o que quiserem, Nessanhan tem razão, por exemplo,sabe essas meninas que saem correndo chorando por famosos como neymar, justin bieber, robert pattinson, brad pitt etc?

Nenhuma delas JAMAIS teria uma chance comigo!

Um homem tem que ser MUITO IMBECIL pra namorar uma menina que já fez isso alguma vez na vida... Porque sinceramente... Duvido que ela correria chorando, dormiria na rua, tentaria invadir algum predio ou sei lá o que, só pra ganhar um olhar dele. Do ídolo sim, mas do namorado não! Então, todo homem que namora uma dessas é um imbecil, porque aceita namorar alguém que faria por outro homem mais do que faria por você!
Pra estranhos (famosos não dxam de ser estranhos), destacados e alphas é anal giratório na 1a noite. Pros mortais "bondosos, românticos etc" é um "ownnn qque fofo, te vejo como amigo".
NUNCA, JAMAIS ACEITE NINGUÉM QUE JÁ FEZ MAIS POR OUTRO DO QUE SERIA CAPAZ DE FAZER POR VOCÊ!

ESSA É A REAL! -

Danizita L. disse...

Foi só há pouco tempo, entrando em comunidades e blogs feministas, principalmente este, que fiquei sabendo desse tal masculinismo, eu já sabia que havia muita porcaria na internet mas esse tal "movimento" é patético. Já entrei em blogs misóginos como Testosterona, Detonando a matrix e até mesmo o célebre e tão deprimente Canal do Búfalo, esse então é um terror,ou era, já que eu não sei se aquele lixo continua no ar, só entrei nesses locais uma vez pra nunca mais. Agora sabendo que esses movimentos mascus daqui do Brasil se iniciaram no Orkut, também não me surpreende, a imaturidade deles é gritante, ainda bem que na época que eu tinha Orkut não me deparei com essas coisas. Apesar que seria uma honra estar entre as pessoas que os denunciaram. Seria muito bom se cada vez mais jovens seguissem blogs ativistas ao invés desses grupos imbecis de ódio e intolerância.

yulia2 disse...

agora, quem tem orkut queria que desse olhada nisso aqui..
uma entrevista com um fan de nessahan alita e se diz criador da comunidade dedicada a ele.

''Ares: Nessahan Alita é o pseudônimo de um homem que muitos dizem se chamar Cleber Monteiro Muniz que possui outras obras com assuntos diversos. Parece que já superou o ensino superior''

mas a mais interessante é essa aqui

''Nas primeiras comunidades eu fui bem aceito. Sempre procurei discutir e defender minhas opiniões, com a máxima clareza e coerência. Conheci e me tornei amigo de pessoas notáveis por lá, como o antigo "Luttinem", "Silvio Koerich", "Prof. Gilmar", "Dohko de Libra", "Ruslan Queiroz", "Boss DJ" (quem me concedeu a comunidade Nessahan Alita). Além disso, pude construir laços de amizade com "Steve McQueen", "孫武" e "Ace Portgas D.''

essa é pra calar a boca de vez dos caras que insistem em dizer que não nunca tiveram relação com silvio koerich...
e esse steve macqueen... eu lembro dele! vivia na feminismo e feministas pra falar asneiras, um imbecil que não aguenta 5 minutos de argumento.

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=110243683&tid=5781052197535213469&na=1&npn=1&nid=

Anônimo disse...

Eeei psiu ? você ai, deixa eu te contar um segredinho, eu sou msculinista e faço muito sexo, sabem como, EU MINTO MUITO, kkk, eu finjo que estou apaixonado, que as encherei de presentes, que as levarei para baixo e para cima como um chofer abobalhado, mas assim que eu como, eu lhes meto um pé na bunda kkkk, a unica pessoa que eu amo no mundo sou eu, mulher e açessorio kkk

yulia2 disse...

Mas enfim, não é muito dificil indentifica-los....
quem gosta de nessahan, gosta também de olavo de carvalho, são predominantemente de DIREITA e conservadores.
Não gostam de mulher, gay, negros e pobres em geral, SÃO TOTALMENTE CONTRA a qualquer política social.
Alguns querem e acham realmente que o muçulmanismo vai tomar conta do Brasil( são paga pau do Irã , afeganistão...).

e não adianta vir masculinista aqui falar que não tem nada a ver com nessahan porque eu fui uma das que testemunharam o nascimento dessa aberração no orkut.
Hoje, teve bastante desdobramentos(infelizmente...) talvez hoje sigam outros caras... outros escritores, MAS TUDO COMEÇOU com esse lunático, ele pariu esses trastes e produziu o assassino de realengo, engenheiro emerson, silvio koerich...

yulia2 disse...

Lola, você sabe que te adoro, mas não achei muito legal expor a identidade real do cara se ele não o faz. Escreveu várias maluquices e absurdos, mas se hoje em dia tá lá, quieto no canto dele, enfim..
_______________________

eu acho o contrário. sim ele tem que ser exposto, temos que saber quem encabeçou de forma indireta esse movimento de ódio.
é porque vc não leu as cretinices desse cara, se vc lesse, não teria pena dele não!

yulia2 disse...

Eles querem o quê? Manter a "superioridade" masculina? Incitar ódio e desrespeito às mulheres?
__________________________

EXATAMENTE!

yulia2 disse...

Esses caras também são extremamente homofóbicos e racistas... usam geralmente avatar de super heroi japones, animes, ou de soldados famosos da época do nazismo.
se dizem cristãos radicais, mas pagam pau para o muçulmanismo.

Anônimo disse...

lolaa, e o final de 'gabriela'? o que vc achou?

Elaine Telles disse...

Anon 11:08, escolha melhor as pessoas para se relacionar. Problemas resolvidos. Próximo:

Anon 11:31, quando você e suas amiguinhas fizerem 15 verão que essa besteira de ídolo é coisa de criança e deixarão para trás. Problemas resolvidos. Próximo.

Anon 11:38, você gasta seu tempo com mulher só até inventarem modo de aumentar o pênis, aí você passará a comer a si próprio. Enquanto isso, você pode se relacionar com outros homens e quem sabe, superar toda essa frustração de ter que ficar enganando o mundo todo de que é hétero. Problema resolvido. Próoooximo.

Anônimo disse...

Esse Olavo do Caralho aí, tudo que é neo-nazista, homofóbico, misógino, racista, cita esse sujeito. Quem é?

HuskyWolf disse...

Lola, seu pior erro é que a cada post, você mesmo se endeusa, endeusa o feminino.

A nossa luta é só o começo de uma grande revolução, muito em breve, as pessoas darão MUITO mais valor a vida.

Nossas botas são pesadas.

Anônimo disse...

Espero que vcs estejam certas sobre a verdadeira identidade dele, pq se o cara na foto for outra pessoa, é algo que pode dar até processo.

"Ah, mas a pessoa que mandou essas informações diz conhecer ele pessoalmente". Ok, mas pela internet eu posso dizer que conheço até o Obama, e quem vai me desmentir?

Achei estranho ele ser expulso da PUC por motivos religiosos. Que instituição de ensino superior, ainda mais uma PUC, que é muito bem reconhecida nacionalmente, expulsa alguém por motivos como esse? É até contra a lei alguém ser expulso por causa de suas crenças (intolerância religiosa), a não ser que ele estivesse planejando um ataque terrorista tendo como inspiração o talibã ou sei lá...


Esse ponto não ficou claro.


Lisa Hannigan

Anônimo disse...

GALERA, TO CHORANDO
https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/387656_245427012250305_1128440196_n.jpg


HAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

yulia2 disse...

A nossa luta é só o começo de uma grande revolução, muito em breve, as pessoas darão MUITO mais valor a vida.

Nossas botas são pesadas.
_____________________

Isso foi uma ameaça a lá atirador de realengo???

Anônimo disse...

"elas não sobreviveriam aos seculos se não desenvolvessem tecnicas de nos manipular,"

quem será que gerou isso?
eu voto num jumento com uma égua.
ainda bem que esse tipo de descendente é estéril.

Carlos disse...

Esse colega aí é o gênio que escreveu "Não ri com frequência: apenas sorri levemente de vez em quando. Quando finalmente ri, sua gargalhada parece ter algo de estranho"?

Se sim, saiba sr. Cleber que eu gargalho estranhamente todas as vezes que leio isso.

Kaka disse...

Achei estranho ele ser expulso da PUC por motivos religiosos. Que instituição de ensino superior, ainda mais uma PUC, que é muito bem reconhecida nacionalmente, expulsa alguém por motivos como esse?


Heleieth Saffioti provavelmente não acha nada estranha essa situação. Google.

@vbfri disse...

Lisa disse:
Achei estranho ele ser expulso da PUC por motivos religiosos. Que instituição de ensino superior, ainda mais uma PUC, que é muito bem reconhecida nacionalmente, expulsa alguém por motivos como esse?
----
A Universidade Católica de Brasília demitiu, em 2002 ou 2003 a Débora Diniz por ela defender abertamente a legalização do aborto.

Inclusive, na mesma época, ela ganhou um prêmio nos EUA (Washington, DC) pelo trabalho dela.

Não posso jurar, mas acho que o Diaulas Costa Ribeiro também saiu da Católica na mesma época.

@vbfri disse...

Trecho de uma entrevista com a Débora Diniz na revista Época:

"ÉPOCA - E sua demissão?
Debora - Eu ganhei um prêmio de Bioética da Organização Pan-Americana de Saúde com um trabalho sobre aborto e deficiência. Fui demitida da Católica de Brasília no mesmo dia. Era a gota d'água para eles. A repercussão foi enorme, chegaram cartas me apoiando, de universidades do mundo inteiro. O caso foi para a Sociedade Americana para o Progresso da Ciência, que me botou na capa do relatório anual de violação de direitos humanos de cientistas. Isso foi fundamental, porque ser demitido é das experiências mais duras da vida. Minha próxima luta é pela regulamentação da liberdade de cátedra."


Cabe lembrar que, em Brasília, a Universidade Católica é a ÚNICA universidade privada da cidade.

http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993,EPT757558-1666-3,00.html

AngieB disse...

Aterrador ver que muitos que o defendem confunde a ideia de respeitar a vida do outro dentro de um relacionamento com o odio irracional pelas mulheres. E que eles acreditam mesmo que alguem querer ter os mesmos direitos que eles é comprar uma guerra. Qta baixa estima alguem pode ter para interpretar algo assim?
E qto prepotente é para jogar seus problemas pessoais de relacionamento em todo um genero?
Esse fanatismo que eles demonstram por este cara ..."mestre"? Certeza?
No mesmo tom que eles dizem desprezar as mulheres, as acusaçoes sao tao cheias de carencia... Eles precisam de toda a atençao feminina, ser o centro do universo... Idolatrar os tempos biblicos como perfeitos apenas reflete os serios problemas mentais destas pessoas. Apenas espero que um dia percebam o qto infelizes sao com toda este lixo que dizem acreditar.

Anônimo disse...

@vbfri


Sou de Brasília e SEI que é a única universidade privada daqui. Contudo a UCB daqui não é Pontíficia, como é em quase todo o resto do país.

Ser demitida por ser a favor da legalização do aborto é uma coisa. Ser expulso do mestrado por suas crenças já é outra completamente diferente. Um caso se enquadra em intolerância religiosa, outro não.


Lisa Hannigan

Masculinismo é piada disse...

Na boa... não sou feminista, mas se tiver algum "masculinista" recente nesses grupos internet agora, por sua própria saúde mental, sugiro: saiam urgentemente.

Eu já andei defendendo essas causas. Nunca fui membro ativo nesses blogs e comunidades, mas já me influenciei por um período e pautei minha vida nessas coisas.

Por sorte, muita sorte, não tive grandes problemas. Conheci essas comunidades já na "decadência" delas, após um término de namoro que me causou grandes males, aliados a uma fase turbulenta que eu já vivia. Ou seja, psicologicamente eu estava muito mal, e essas ideias me fizeram nutrir um sentimento péssimo em relação as mulheres.

Ainda nesta fase conheci a mulher com quem me casarei em breve. Estava e continua dentro dos meus padrões do que é bom em uma mulher para se relacionar. Mas certamente não estaria para o pessoal da "real", pois para eles só virgens servem (como se virgens não pudessem virar safadinhas, ou apenas usarem outros orifícios).

Comecei a ver que algo estava errado quando o que era direcionado a uma suposta ajuda a homens era, em verdade, uma plataforma de ódio. Homem branco, de classe média, do Centro Sul brasileiro, cristão (nessas horas eles se unem, e até aceitam ateus moralistas), ultraconservador de direita, defensor da violência e do ódio e censura contra quem não seja deste grupo.

Defendem a supressão de minorias, mas se dizem uma minoria (?) injustiçada! Reclamam do vitimismo das pessoas, mas são os maiores vitimistas ou por terem sofrido na mão de uma mulher ou por nunca terem tido uma! Reclamam que o mundo deveria ser moralizado, com a família tradicional, mas incentivam existência de prostíbulos. Dizem-se cristãos e pregam o ódio.

Referem-se ao passado que não viveram e dizem que as famílias eram mais felizes. Dizem que antigamente os homens eram "honrados". As fontes desses dados "históricos" geralmente são: meu avô disse, ou meu pai falou.

Qualquer coisa fora desta seita é relativismo, mas justificar homens que traíam esposas era o quê? Já vi um imbecil dizer que a Bíblia permitia a poligamia por causa do Rei Salomão. Faça-me um favor!

Os mesmos caras que reclamam de pagar coisas para mulheres são os mesmos que reclamam da independência delas.

Costumo dizer que nós, homens desta geração, pagamos pelos erros de nossos avós, pois sabemos que a sociedade daquela época acobertava adultério masculino, pois a mulher não era nem um ser de direitos fora do casamento. Como isso acabou, nós colhemos as besteiras que eles cometeram. E ainda dizem que havia honra.

Eles acusam o feminismo de destruir o mundo e alegam lutar por um mundo melhor. Mentira! Eles choram porque perderam um poder que nunca tiveram. Esse papo de honra é apenas uma forma de reclamar porque foram excluídos do "mercado" sexual. Porque não tem mulher que vá para a cama com algum deles. São moralistas, não por ideologia, mas sim por falta de opção.

.

Masculinismo é piada disse...

CONTINUANDO:

Quem quer mesmo viver sob essa moral não fica pregando por aí. Simplesmente vive e pronto!

Mulheres têm características detestáveis sim. Mas homens também. O ser humano é falho e problemático, e cada gênero pode ter suas peculiaridades.

O ideal é viver a vida e fazer suas próprias escolhas. Não existe um jeito único de encontrar o melhor. Cada um terá sua forma e impor aos outros é imbecilidade. Não gosta de homossexualidade? Não pratique atos homossexuais. Quer uma virgem? Procure uma que tenha esse ideal e tenha conduta condizente. Quer viver uma vida cristã? Pratique-a por si mesmo, não sob a ótica da "moral de coluna social", típica de sociedades até o meio do século XX.

São um bando de chorões mimados, criados em varandas de apartamento, jogando bola de gude no tapete, que nunca viram a vida como realmente ela é. Homens que dizem pregar desapego a mulheres, mas que criam blogs e mais blogs para falarem disso não me parecem muito desapegados. São mais doentes do que podem imaginar.

Ninguém vai te ensinar a lidar com as mulheres. O que te ensina a lidar com mulheres, homens ou qualquer outra situação na vida é viver, observar, refletir e agir. Vai errar muitas vezes e acertar em outras, mas é isso que nos faz mover. Com certeza ficar comendo Doritos e bebendo coca-cola e comentando em fóruns "viris e honrados" não te fará ser mais homem

Sphynx disse...

Pois é, Cética, tem muita gente que devia estar na terapia, tratando de depressão e de baixa auto-estima, mas acha que na internet tem sábios com a solução dos problemas na mão. Essas pessoas são presas fáceis para essas ideias lunáticas. Até mesmo pessoas inteligentes, mas frágeis emocionalmente ou que sofreram alguma decepção muito grande com mulheres, caem nessas conversas.

Por um motivo simples. Acontece até de nessas comunidades mesmo eles se interessarem por alguma garota e por qualquer motivo ela não querer saber dele e dar mais atenção a algum outro, pior ainda se for um outro que ele inveja. Aí vêm os mascus com esse papo de que mulher só gosta de "alfa", de "destacado", de "bad boy" e nunca dá chance aos bonzinhos e aos nerds, e eles pensam: "ei, é verdade, isso explica tudo que eu passei todo esse tempo, faz sentido". Aí os mais inseguros ou desesperados aderem.

Como eu disse, tem uns inteligentes que caem nesse engodo. E me pasma que nem esses mais inteligentes parem pra pensar que quem prega que um homem é um bosta inútil e sem valor quando não consegue ser o conquistador de mulheres é o próprio machismo, não o feminismo. E que eles cooperam com a mentalidade que tanto mal faz a eles mesmos, quando se empenham pra se tornar o "alfa" (parece ser basicamente isso que o Nessahan ensina) que eles tanto dizem desprezar, alimentando a mentalidade segundo a qual os "alfas" sao os bonzões.

E eles parecem ter um mito de uma era de ouro, há muito perdida, em que as mulheres reconheceriam o valor deles e brigariam por eles, e não por... seja lá por quem eles achem que as mulheres se descabelam hoje.

bruno disse...

Lola,

Seu post incita os leitores ao ódio.

Seria esse o caminho? Combater violência com violência?

Tenho lá minhas dúvidas.

James disse...

perai, BSB com + de 1mi de habitantes so tem UCB e UnB ?

Bruxinha disse...

"A nossa luta é só o começo de uma grande revolução, muito em breve, as pessoas darão MUITO mais valor a vida.

Nossas botas são pesadas."
__________________________________
"Pra estranhos (famosos não dxam de ser estranhos), destacados e alphas é anal giratório na 1a noite. Pros mortais "bondosos, românticos etc" é um "ownnn qque fofo, te vejo como amigo".


Gente, tem que internar...tá ficando grave a coisa, a loucura...

Anônimo disse...

Lola, se você acredita mesmo que os sanctos têm a ver com o massacre do realengo, eu gostaria de saber o que você acha do seu blog estar sendo usado como plataforma de ameaças, o lance lá das botas pesadas? Claro que a responsabilidade não é sua e você modera os comentários como quiser, mas eu gostaria de saber o que você pensa sobre isso. Outra coisa é sobre as imagens com camisas de forças e as falas relacionadas à loucura e perturbação mental. Eu pelo menos vejo isso num tom de piada, de humilhação. E todo xingamento desse tipo acaba de reproduzir um estereótipo. No caso, o valor da "normalidade" e a loucura como estigma. Se eu estiver errado, me corrija. Fico com a impressão de que pessoas que defendem causas justas não estão a salvo do autoritarismo.

Anônimo disse...

Lola, acho interessante você postar estes textos sobre os masculinistas, mas cuidado em postar nome e foto de pessoas...Como falaram, isso pode gerar processo!

Vitória disse...

James

De UNIVERSIDADE só essas duas. Maz há várias faculdades particulares, que se enquadram em outras categorias, como Centro Universitário, por exemplo.

@vbfri disse...

Lisa disse:
Sou de Brasília e SEI que é a única universidade privada daqui. Contudo a UCB daqui não é Pontíficia, como é em quase todo o resto do país.
---
Eu sei que não é Pontificia. Aliás, tomei cuidado (acho!) para não ligar a UCB à PUC.

Só que a UCB - Universidade Católica de Brasília - também é uma instituição super reconhecida. E a demissão da Débora Diniz foi uma vergonha para o país.

Anônimo:

Brasília tem mais de DOIS milhões de habitantes e só duas universidades (UCB e UnB).

No entanto, tem váaaaaaarias faculdades particulares.

Uma diferença básica entre faculdade e universidade é que faculdade não pode emitir diploma. Eu formei no Ceub e tive que esperar um século pela emissão do meu diploma já que a UnB estava em greve (e é a UnB quem emite os diplomas do Ceub).

@vbfri disse...

Desculpa... Foi o James quem falou da UnB e Católica.

Foi mal aí.

Anônimo disse...

Olá, Lola!!

Estou aqui pensando ... com tanta coisa séria ocorrendo, você se presta a usar seu blog para atacar alguém que tem princípios e pontos de vista diferentes do seu. Não somos detentores da verdade. Pelo pouco que li aqui, percebo que você sim está instigando uma cultura de massa preconceituosa e degradante. Sou mulher e graças ao entendimento da vida que minhas ações me proporcionaram, não sou uma feminista e sim feminina, aliás acho que é disso que as mulheres precisam.

Não conheço esse autor, mas agora vou ler, porque pelo pouco que vi aqui, me pareceu ser uma pessoa coerente. Nós, mulheres, muitas vezes não queremos ouvir verdades, porque sempre nos colocamos como vítimas da sociedade.

E essa outra pessoa abominável, que tirou uma foto de alguém que ela acha ser Nessahan Alita e entregou para você escrever todos estes absurdos. Isso sim é crime. Pelo que me parece ela fez isso como forma de uma vingança pessoal.


Clara M.

Mirella disse...

Clara M.


Vou lhe fazer uma pergunta que Caitlin Moran fez através em seu livro "Como Ser Mulher".

Qual parte de ser feminista te incomoda?
É a luta por igualdade de direitos? Ao voto, à propriedade, ao corpo, à sexualidade, à voz?

Outra que me intriga: qual parte de feminista impede você de ser "feminina"? O que é ser "feminina"? Existe algo que alguém possa fazer que a torne "menos mulher" e, portanto, menos "feminina"? Por exemplo, ser feminista?


Mas não se preocupe. A existência de mulheres como você, que usam do seu (atual) direito de se expressar contra o feminismo é o que faz dele tão necessário. Porque, sabe como é, sem ele você estaria ouvindo, neste exato momento, a seguinte frase "mulher, largue mão dessas besteiras de feminismo e vá passar um café pra mim, docinho". Não, você não teria o direito de dizer "não". Nem passaria o café por sua vontade, seria por medo de apanhar.

Mas deixa eu te contar uma coisa.
Na verdade, meu sonho é ver mulheres do mundo inteiro dizendo que não são feministas. Sério. Quero ver várias presidentas discursando ao público dizendo que o feminismo não é necessário. CEO de empresas do mundo inteiro, mulheres que chegaram lá, comandando empresas, gerindo pessoas e movimentando grana. Não, melhor, quero donas de jornais e revistas colocando em suas linhas editoriais que o feminismo morreu. Quero muitas editoras corrigindo o texto de suas repórteres quando elas falarem de feminismo. Quero de coração. Quero que as mulheres peguem os 50% da propriedade mundial que detêm e os usem para acabar com o feminismo. Livros e livros bestsellers de mulheres que não querem saber de feminismo.


Enquanto houver gente que justifica que "mulher não gosta de política" para não haver tantas presidentas, enquanto as mulheres detiverem 1% da propriedade mundial, enquanto houver "profissão de homem" e "profissão de mulher", enquanto houver dicotomia feminista versus feminina, vou continuar lutando pelo feminismo.


E leia Juicer Walita, sim. Garanto que você irá se divertir tanto quanto eu. O Rei do humor involuntário.

Bruxinha disse...

Coerência e Alita na mesma frase não combinam. Isso foi mesmo uma validadora ou é algum mascu disfarçado?

Bruna B. disse...

Lobinho xexelento disse

'Nossas botas são pesadas.'


Jura, fofo? Cuidado pra não cansar as pernas e arranjar uns calos.


Bruna B. disse...

"não sou uma feminista e sim feminina"

HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAH
Não dá, gente, não dá. Eu tento me conter mas me deparo com isso, aí não me resta outra opção a não ser chamar essa Clara M. de otária e beócia.

Anônimo disse...

Tudo indica que seja a mesma pessoa sim: o cara é psicólogo e formado em geografia.

Vejam este artigo escrito em 2002: http://bvespirita.com/A%20Experi%C3%AAncia%20On%C3%ADrica%20Consciente%20(Cleber%20Monteiro%20Muniz).pdf

Conta com uma pequena biografia de alguém chamado Cléber Monteiro Muniz.

Mila disse...

Tem gente que acha que a Lola exagera, mas depois de saber como funciona o raciocínio deles (ou aquilo que eles chamam de) já notei que esses caras são mais comuns do que pensava.

Dee disse...

Não sei porque a Lola insiste em achar que pode delimitar o que é masculinismo e o que não é, e como tem que ser.
Para começar uma mulher, por mais inteligente que seja, nunca poderá falar com propriedade sobre dilemas masculinos. Não poderá porque simplesmente é uma mulher e não um homem, ela não tem as nossas experiências pessoais e pontos de vista.
Lola, deixa o masculinismo para nós e cuida do feminismo que vc ganha mais. Nada do que vc faça vai fazer com que o masculinismo desande, será que vc não viu que é algo que não tem mais volta, uma resposta natural?

Anônimo disse...

Um ponto inconciliável entre Nessahan e os masculinistas
Quem analisar comparativamente os escritos masculinistas e os textos de N.A. constatará que há uma divergência insuperável entre ambas as tendências teóricas: o masculinismo propõe soluções externas e os “nessahanianos” propõem soluções internas.

Masculinistas e nessahanianos concordam que os homens sofrem, mas divergem nas soluções. Masculinistas propõem um combate ao feminismo, na arena política e social. N.A. propõe, de forma insistente e repetitiva, o abandono interior, radical e definitivo das situações que os masculinistas combatem.

Essa divergência não me parece ser superável, visto que, neste aspecto, os pontos de vista são diametralmente opostos.

A felicidade do homem, em N.A., resultaria da desistência, do abandono. O homem deveria “morrer” para as paixões, para as mulheres, para os tormentos do amor. Deveria se ocupar com coisas mais elevadas ao invés de brigar com mulheres ou tentar modificá-las. A aceitação do lado obscuro e a adaptação seriam o caminho. Este é um ponto de vista que os masculinistas jamais aceitarão.

Anônimo disse...

Eu venho aqui para defender a imagem de Nessahan. Eu o conheço e não importa a identidade dele, o que importa é o objetivo deste post e a intenção maldosa dos comentários que o seguem. Este homem é um bom marido, um bom pai, um bom profissional na área que atua e como o conheço um bom amigo. Eu o conheço desde os meus 17 anos,sou mulher também e nunca fui maltratada, desrespeitada ou agredida por ele, ao contrário, como disse a própria delatora no post (isso sim é vergonhoso, delatar o próprio colega de trabalho, fazendo uso de informações pessoais que ocorreram em momentos de convivência diária), ele é muito atencioso com as pessoas.
Num mundo onde o funk é permitido e garotinhas de 13 e 14 anos expõe de maneira sensual o seu corpo na novela das 8,porque as idéias de um homem devem ser tão criticadas??? Quem está tão preocupado assim, deveria coibir a ação dos políticos corruptos que de fato prejudicam a vida de milhares ou a ação dos poderosos que comandam a mídia em nosso país e não perder tempo em condenar um homem simples que não tem nenhum apego material e grande amor pela nartureza. afinal seus registros foram lidos apenas por pessoas que compartilham das mesmas idéias. Eu o conheço, nunca me senti influenciada por ele, uma vez que ele fala pouco sobre si mesmo.
Quem o conhece que se pronuncie, porque eu o conheci ainda menino, e nunca tive motivos para não admirá-lo em suas atitudes sensatas e humildes diante da vida. Ele é um homem extremamente inteligente e todos os seus escritos não são infundados. Quem o critica, leia com atenção e busque fundamentação na teoria e na história e encontrarão a verdade. Não sou feminista, não sou masculinista.... Sou apenas uma mulher buscando justiça e esclarecer a verdade nesse caso.



Fernando disse...

Anonima de 11 de Nov.
Parabens. Ate que enfim alguem que me estimule a entrar nessa conversa.
Nao importa quem seja o N.A. importa sim que eh um ser humano diferenciado e assim deve ser respeitado.
Inclusive as citacoes de Freud, Nietzche e outros sao autenticas.

Ja li tudo o que ele escreveu e acho que se trata de um divisor de aguas. Nao mudei meu estado de casado ha 20 anos e pai de 2 filhas que amo por conta disso. Mas elas aprenderam com o N.A.

E a mais pura verdade o que ele coloca. E mais, em momento algum ataca as mulheres em geral, de forma alguma.
As proprias mulheres deveriam banir esse comportamento malandro de algumas citadas por ele.

Gostaria muito de conhece-lo pessoalmente, para parabenizar pelo trabalho para o mundo.

Graziela disse...

É por causa de textos como esse que eu questiono o feminismo. Lola, repare nos seus argumentos ao falar mal de Nessahan Alita, parece uma adolescente reclamando de um professor que não gosta...
"Na minha humildíssima opinião, ele não passa de um lunático babaca que acredita piamente que o mundo vai acabar no final desse ano, na existência de Saci Pererê e em um monte de outras embromações religiosas que envolvem átomos e soam realistas, porém não precisa pensar mais de meia hora sobre o assunto pra perceber as falácias gritantes." Se for para falar mal, use argumentos concisos e menos infantis.
Já fui militante do movimento feminista e vejo que quando muitas autoridades no assunto tem que enfrentar temas tabus e são colocadas num verdadeiro debate, a grande maioria age como se fosse meninas emburradas... Já li toda a obra de Nessaham Alita e não concordo com muita coisa que ele diz, porém essa maneira de criticá-lo só serve para aumentar o ódio que os masculinistas tem desse blog. Já perdi a fé no movimento feminista atual. Eu acreditei no feminismo quando ele me dizia que eu tinha o mesmo nível intelectual de um homem, que eu poderia estudar em uma universidade, que eu poderia votar para eleger um presidente, que poderia trabalhar e ganhar o meu sustento. Eu desacredito no feminismo quando falam pra mim que abortar é legal, afinal temos direito sobre o nosso corpo (e nós esquecemos completamente dos deveres!). Não acredito no feminismo quando diz que homens e mulheres são iguais. Jamais seremos iguais, somos apenas diferentes. Desacredito no feminismo quando vejo discursos como este, cheio de xingamentos e idéias inconclusivas.
Expor o seu inimigo ao ridículo é uma maneira bem mesquinha e feia de se ganhar uma batalha.

Vagner disse...

Tenho trinta anos,esposa e filhos. Passei pelas tais "comunidades de sedução". Aprendi muito,resolvi alguns problemas que eu tinha (que, aliás, são enfrentados por muitos homens, mas este é outro assunto). Me fez bem, tanto que me deu minha atual esposa há cinco anos, aproximadamente. Conheci este povo da "real" e, de cara, não me encaixei no grupo. Não vou discutir sobre os argumentos, mas basta dizer que, para mim, são tão falsos quanto os argumentos feministas. A diferença é que estas, ao menos, permitem o debate e a crítica (eu acho). De qualquer forma, acho esta discussão machismo X feminismo ultrapassada. Não se pode presumir comportamentos inadequados e/ou crimes por causa de gênero. O indivíduo em si é culpado e deve responder pelo fato executado, nunca pela suposição de que ele 'possa' acontecer. Existem muitos casos de maus tratos em geral dos filhos pelas mães, mas por causa disso devemos proibir TODAS as mães de ficarem sozinhas com seus filhos? Existem muitos casos de estupros de mulheres por homens, devemos castrar TODOS os homens? Enfim, atribuir a um gênero determinadas características a priori, é infantil e improcedente. Não se pode punir o indivíduo pelo comportamento de outrem do seu grupo. E isto vale para todos os casos.

Anônimo disse...

lola inventa coisas para queimar NA...lola NA contra as ele apenas ensina homens e mulheres sobre o funcionamento das relações, pode acreditar, ele mudou minha vida e hj me sinto muito mais seguro como pessoa, sem fazer mal a ninguém, o q muitas pessoas boas começam a acreditar é q para ser feliz precisamos prejudicar o próximo, NA ensina q para alcançar esse objetivo só basta termos equilíbrio emocional, abçs!!

paschoaal disse...

eu acabei de ler uns 60% dos capítulos de um livro dele e achei pura diversão. fui dar uma pesquisada para entender qual era o background e parei aqui (no seu blog, que já tinha lido e gostado, em outras ocasiões).

no livro "como lidar com mulheres?", ele mistura idéias de tudo que é fonte - Bíblia, Nietzsche, Yoga, Freud, Will Smith - metade estúpidas, metade positivas, com eventuais observações, algumas pertinentes, sobre rotinas de relacionamentos. é óbvio que ele fala muita asneira, mas até dá uma ou outra dentro. por exemplo, um bom ponto na minha opinião: a relação heterossexual entre homem e mulher, os desejos de um diferem dos do outro, o melhor pra todo mundo é respeitar as diferenças e buscar o lugar onde os desejos confluem do que tentar fazer justiça sexual. agora, um péssimo ponto: descartar tudo que a mulher fala como mentira ou artimanha emocional "inerentes" à "bruxa" que ela essencialmente é. tipo dizer que ela é inocente em sua perversidade demoníaca e, portanto, vai sempre mentir.

enfim, não acho nenhum monstro, só maluco ressentido. provavelmente, tem até mulher que curte essa onda. de resto, não vejo ninguém maltratando uma mulher por causa dele.

acho que serve pra mandar pro amigo que está por baixo, numa fossa por causa de mulher, e ele vai rir muito. do mesmo jeito que isso aqui, que li ontem, que serve para uma amiga na fossa por causa de homem: http://tinyurl.com/l3rjoke

Anônimo disse...

E a verdade vos libertará....felicitações ao Grande Mestre que libertou muitos homens. Acabei lendo seus livros em mum momento ruim da minah vida e me surpreendo que muito do que ele escrevia ali sintetizava muito do meu pensamento.
Ele apenas captou e sintetizou os fatos do mundo moderno e de como se comporta a mulher que a todo o momento tenta oprimir o homem.No fim ele é como o Nelson Rodrigues mostrando a Vida como ela é...
Se as mulheres fosse realmenet honestas e parassem com essa babaquice de guerra dos sexos isso tudo nem existiria.
Homens e mulheres são diferentes e é por esse motivo que nos complementamos,mas enquanto existir esse comportamento vil de destruição do Homem "Homem"seus ensinamentos continuarão libertando uma multidão de almas condenadas ao metrosexualismo...

Saudações ao mestre e suas obras!!!E viva as mulheres direitas e honestas as quais não precisamos usar nada disso!!Raridade!!

Anônimo disse...

Encontrei esta página hoje por acaso. Li o texto e mais ou menos metade dos comentários. Nessahan está bem vivo e não vai morrer tão cedo. A autora se gaba muito, mas não contesta pontualmente os argumentos dos livros, só faz xingar. Também parece desconhecer que Nessahan não generaliza, mas fala de um tipo específico de mulher. Os comentários feministas aqui são tão ou mais odiosos que alguns ditos masculinistas que já vi espalhados pela rede. Vejo que Nessahan precisa de segurança. Mas, quando algo é muito comentado na rede, sempre aparece uma opinião sensata. E aqui foi o Vitor quem expressou essa opinião de forma brilhante. Realmente, Nessahan inventou uma espécie de avião que pode ser usado para o bem ou para o mal dependendo unicamente da índole de quem o usa.

Enio Alann disse...

Nessahan Alita é mestre do comportamento e msculinidade,para ainfelicidade das sapatonas feministas, que preferem sexo oral com seus podles,do que assumir uma posição milernarmente iferior ao homem.
Sua grande missão, foi apenas desmascarar este suposto sexo frágio, que usa sua inteligencia para assim, continuar escravizando atraves da paixão,os fracassados!

Anônimo disse...

Nossa, como tem louco seguindo esse homem, esse tal 'guru' dos masculinistas.

Anônimo disse...

Kristian Krastanov é seguidor de Nessahan e também era admirador de Emerson Eduardo Rodrigues e de Silvio Koerich.

Miguel Santana disse...

Olá amigos...Sou um homem feminista, já li todas as obras de Nassahan Alita e vos afirmo com certeza que este não é misógino. Ele soube desvendar muito bem tanto os comportamentos masculinos quanto os femininos, e afirma que não devemos culpar as mulheres, porque a manipulação mental é o seu meio natural de se defender da manipulação à qual o homem submete o gênero feminino desde o começo da história, compensando sua menor força física com um psicológico mais sofisticado do que o masculino. Nassahan Alita também não generaliza, e sim fala sobre um tipo específico de mulher.
Então em minha opinião o ideal é que, ao invés de ficarmos aqui uns comentando em sua defesa e outros chamando-o de misógino com problemas mentais, devemos ler as suas obras com mente aberta.
E quando eu digo com mente aberta, eu não quero dizer que devemos aceitar tudo o que suas obras dizem como verdades inquestionáveis desse mundo (pois não existe nenhuma verdade inquestionável neste mundo), e sim que devemos analisa-las de maneira neutra, sensata e com espírito esportivo (e adulto), sempre lembrando que o que se aplica a mim não necessariamente se aplica ao meu próximo, que as pessoas são diferentes e que tanto homens quanto mulheres são imperfeitos.
E se mesmo após lermos com as precauções que lhes recomendei acima concluirmos que Nassahan Alita é um misógino, devemos pensar novamente sobre qual exatamente é a nossa definição de misoginia?
Por favor lembrem-se: este que vos escreve é feiminista. Na verdade Nassahan alita é completamente a favor da família tradicional.
Pessoalmente acho a família do tradicional patriarcado um absurdo, e sou a favor de uma família monogâmica na qual prevalesça a total igualdade de gênero e de deveres. Já a adesão à família tradicional ou se esta é correta é algo pessoal.
Discordo de Nassahan no que diz respeito a ele contestar o feminismo, mas sua análise sobre o comportamento do tipo específico de mulher por ele analisado e também do comportamento da maioria dos homens são bem realistas (lembrem-se, Nassahan alita não generaliza nem os homens nem as mulheres.)
Pessoalmente acho que Nassahan se daria bem na área da psicologia comportamental humana.
Mas irei resumir tudo o que eu quis transmitir-lhes durante o texto aqui neste último parágrafo:
Antes de comentarmos sobre nassahan alita, devemos estudar suas obras com mente aberta, mas com senso crítico também.
Mas se você não quiser ler as obras de Nassahan Alita e sim somente sair por aí o criticando para saciar seus instintos, significa que você tem medo de analisar algo que contesta os ideais que tomou como verdade absoluta, e se temos medo de ANALISAR algo que contesta quaisquer ideais (de qualquer natureza) que tenhamos tomado como verdades absolutas, então devemos analisar esse algo, porque pode ser que esses ideais não sejam tão absolutos assim.
Se você leu as obras de Nassahan Alita com mente aberta e mesmo assim achar que ele é um misógino doente mental, então parabéns, você é um adulto que pensa por conta própria e não uma pessoa imatura que toma como verdade qualquer coisa que lê.
Lembrem-se amigos, equilíbrio e uma mente aberta e crítica é a chave.

Anônimo disse...

Até parece que alguém acredita que esse ultimo comentarista é "feminista". Aliás, ~homem feminista~ é uma coisa q não existe. FEMINISMO: por mulheres e PARA mulheres.
HOMEM: Opressor.
Vcs poodem até se beneficiar com o fim do patriarcado mas não pensem que suas opiniões importam para a maioria das feministas (talvez pra algumas libfems com sindrome de estocolmo).

lola aronovich disse...

Claro que o último comentário não é de um homem feminista. É de um mascu. Mas isso não quer dizer que homens feministas não existam. Existem, e são muito bem vindos aqui no meu blog. Eu (e muitas feministas) não acredito que dê pra mudar o mundo sem a participação dos homens nesse processo. A luta é de todas e todos!

Ippo W.Ops disse...

Quando feministas tentam falar de masculinismo..aí aí.

Masculinismo está para a misoginia assim como o feminismo está para misandria..seguindo sua linha de raciocínio.

Que culpa o cara tem com a legião de idiotas que se escandalizou e se indignou "com o lado obscuro"? Lado esse que não compactuo totalmente com Nessahan. A unica coisa que posso objetivar é q N.A foi ingenuo.

Mauro Jorge Santos disse...

Estes caras acham que o homem que se apaixona por uma mulher é fraco, engraçado que pelo que escrevem precisam acuar a mulher psicologicamente pra não terem chance de aguentar rejeição.

Cara vocês são patéticos, e não suportam o mundo como é, e vão atrás do discurso de caras ultra-reprimidos para se esconder do mundo.

E vocês se julgam corajosos com esta estratégia! rararara vocês não passam de uma piada! são caras que tem medo da vida e ficam criando estratégias pra isso não dar na cara.

Vocês usam opinião bombásticas para disfarçar o mundinho vitoriano e travado de vocês.
Se vocês se incomodam tanto com as mulheres, e só gostam de ficar entre vocês assumam, assim podem usar a máscara de Bruno Tolentino, que afinal lhes cabe tão bem.

Antes estes círculos eram de Opus Dei, agora vocês demonizam a mulher, pelo jeito vocês não tem mais onde mais nenhuma barra de saia pra se esconder.

Pra vcs moralistas é compreensível que a passionalidade e o sexo incomodem tanto que se contém e até se chicoteiam, então que tal colocar a culpa nas mulheres, porque só neste mundo que vcs imaginam que uma mulher ia querer alguma coisa com vcs.

Grande homem que vcs são... só postam como anônimo, e não sobrevivem a levar um fora.

“Nada melhor revela o homem vulgar, do que sua recusa em ser desapontado”.
(Cioran)

NAZGUL disse...

mauro jorge santos, conheci as obras de cioran e realmente não gostei, a não ser as reflexões dele sobre o suicidio, ele sempre criticou os grandes solitários, coisa que sempre discordei, tenho livros deles porque fui atraído pelo rótulo pessimista que ele tinha. mas prefiro um milhão de vezes schopenhauer, schops junto com nessahan alita, são os melhores

digo uma coisa, todo esse papo que voce usa pra falar que a gente ''foge da vida'', ja viu como são as prisões brasileiras? não é melhor ficar sem fazer sexo do que ir pra balada e ter que matar alguem pra ser macho alfa? entao eu ja destruí todas as suas falacias em poucos argumentos.

Anônimo disse...

O que o grande Nessahan foi uma tática mental para conseguir bucetas grátis.

Sexo facil. O que todo homem quer.

http://canal.bufalo.info/2013/05/o-protocolo-m/

Olhei as fotos das femas que ficaram putinhas com o Nessa. Tudo baranga!!
Chupa mulherada!!

Anônimo disse...

O que o grande Nessahan foi uma tática mental para conseguir bucetas grátis.

Sexo facil. O que todo homem quer.

http://canal.bufalo.info/2013/05/o-protocolo-m/

Olhei as fotos das femas que ficaram putinhas com o Nessa. Tudo baranga!!
Chupa mulherada!!

BerTonY disse...

O problema não é o nessahan, muito menos seus livros. O problema maior são "homens" que não estão preparados p\ absorver as impactantes informações. eu não venero nessahan como também não o condeno. a última coisa que vou falar é que se muitas dessas mulheres descobri-sem alguém que realmente pratica as doutrinas ensinadas, elas ia mudar de idéia sobre o autor e seus livros. vocês mulheres iriam se entregar de corpo e alma : a um verdadeiro homem que está além do bem e do mal pq É mais do que humano. o choro seguir é livre..

Anônimo disse...

Lola e colegas,
Sou mulher e já acompanhei a comunidade O Lado Obscuro das Mulheres qdo Nessahan Alita participava dela. Fui responsável pela saída dele ao denunciar alguns fóruns de apologia ao estupro e preconceito ao homessexualismo na antiga comunidade, fórum este que nem o dono e nem os moderadores deram importância para excluir até o dia em que eu fiz a denúncia. Nessahan preferiu sair pq realmente estava iniciando-se uma confusão com o nome dele. O orkut era Terra de Ninguém e começaram a entrar vários malucos na comu, um deles o já conhecido Silvio Koerich.
Cleber não é um cara ruim. É um cara com sincero pé atrás com o gênero feminino devido a algumas experiências amorosas que ele teve. De certo que ele exagera ou se expressa mal em alguns pontos do livro, mas ele está aberto ao diálogo. E ele já falou claramente na comunidade O Lado Obscuro da Mulher que ele é contra a misoginia.
O problema são os pseudo-seguidores (em geral, os masculinóides) dele que vão internet a fora pregar as orientações dele de forma distorcida, descontextualizada e acrescentando asneiras.
Ele não fala sobre as mulheres consideradas decentes, afinal não haveria necessidade de falar sobre tal mulher, pois essa jamais sacanearia um homem. O foco dele são as oportunistas (e a velha dicotomia: Mulher decente para casar x Mulher vadia para usar, mas sempre as duas fazendo parte da vida do homem “honrado”). Só que ele deixa isso claro apenas no inicio de um dos livros dele, só que depois, talvez por achar que não necessita mais especificar, ele vai escrevendo ELAS SÃO, MULHERES SÃO (daí temos a impressão de que se trata de todo o gênero, qdo se trata de uma dicotomia).
Aparentemente, ele teve uma experiência amorosa que lhe gerou algumas turbulências emocionais (dúvidas, ciúmes, etc.). E para superar as feridas que a situação lhe deu, N.A. colocou-se a analisar a experiência que vivenciou e fazer algumas leituras, e partir disso fez alguns apontamentos sobre o que ele chama de O Profano Feminino, cujo propósito seria contribuir com orientações ao homem considerado honrado qdo este estivesse apaixonado por uma mulher tida como aproveitadora (a que brinca com os sentimentos puros de um homem bom) para que este tivesse um pouco mais de preparo para lidar com certas situações amorosas (de modo a não enlouquecer).
Bem, se o objetivo da obra de N.A. era fazer com que o homem não caísse em infernos emocionais, pelo jeito não funcionou muito bem com muitos masculinóides pseudo-seguidores pq estes entraram para um inferno virtual-emocional que os derrubam cada vez mais (estão numa nova Matrix e não se dão conta disso). Uma prova é o Wellington que dizendo “Silvio Koerich salvou minha vida” acabou por morrer e levar consigo mais 12 crianças. Emerson e Marcelo foram presos e ficaram desmoralizados.
É bem provável que o problema desses masculinóides seja que eles não estão conseguindo as mulheres que querem (Por que será neh? Não passa pela cabeça deles de que são um chatos) e ficam choramingando aos 4 cantos da net (agora vão dizer que eu, por ser mulher, os chamei de fracos para minar a autoestima deles, neh? Não vão considerar que falo isso com base em suas patéticas ações via rede? Mudem de vida, mudem de atitude, e eu mudo a impressão negativa que tenho de vcs), culpam o feminismo por eles não terem namoradas, pq agora o homem não pode forçar uma bela moça a casar contra a vontade dela, pq agora mulheres são mais independente financeiramente e escolhem seus parceiros (Sim, Nessahan Alita, somos realmente SELETIVAS, nisso vc acertou em cheio! Parabéns por chover no molhado). E os musulinóides babacas não estão sendo escolhidos pela mulherada, nem pelas feias. Por isso eles precisam de livros com o título: Como conquistar mulheres. Só que nem esses livros estão resolvendo o problema deles, mas tá servindo para eles encherem o saco dos outros na rede para terem, ao menos, uma medíocre vingancinha pelos fracassos amorosos que sofrem na vida real deles. Aff

Anônimo disse...

Bom, eu li os livros dele. Ele é bastante repetitivo, e dá para resumir suas ideias em um livro de vinte páginas. De tão repetitivo, ele me parece alguém tentando forçar um pensamento que o incomoda: ele quer passar a crença de que mulheres são demônios, mas tenta ao mesmo tempo mascarar essa crença dizendo que são só algumas mulheres, as ditas "espertinhas" (mesmo que seja enfático na hora de dizer que elas somam 99% das mulheres existentes, rs).

Alguns pontos interessantes:
- ele cita Olavo de Carvalho de forma passiva;
- ele cita a comunidade islâmica, que sabe do poderio nefasto feminino e toma até hoje "medidas apropriadas";
- a mulher é incapaz de amar, e só busca (I) segurança do macho, (II) um trouxa para rejeitar;
- homem só quer sexo, e deve se privar do apaixonamento;
- a mulher não gosta de sexo, e o usa para segurar o macho.

Enfim, é isso. Talvez ele seja alguém traumatizado por suas próprias experiências, que na tentativa de achar um sentido para o que passou acabou estruturando um pensamento perturbado sobre o tema. Mas nem tudo é ruim. Dá para aproveitar, digamos... 10% de tudo que ele escreve como algo positivo. O ser humano (não o homem, como ele descreve, mas ambos os gêneros) não podem ser 100% bons ou 100% maus. O ser humano deve buscar em si próprio um estado em que se ponha acima do bem e do mau. Além disso, no sentido prático, o homem causa muito mais impacto numa mulher quando, a princípio, não demonstra interesse.

Fico feliz, em todo caso, do mundo não ser como ele pinta. Mulheres se apaixonam, homens também, e isso é ótimo. Confiança entre homem e mulher também existe. Imagina viver num mundo onde mulher não gosta de sexo e homem não pode se apaixonar? Pelo amor de deus.

Mariel Pontes disse...

Lola, você poderia publicar a fonte que utilizou para embasar esse texto ou ele surgiu somente dentro de sua cabeça, de seu conhecimento e de suas próprias experiências? A não ser que você tenha embasado seu texto em grandes mestres, sábios e livros sagrados tais como Nietzsche, Schopenhauer, Eliphas levi, Kant, Freud, Jung, Maquiavel, Francesco Alberoni, Goleman, A bíblia, o alcorão etc., como fez o Nessahan, seu artigo não merece sequer ser ser lido ou digno de atenção, quanto mais comparar com os textos de Nessahan, já que ele embasou toda sua obra referenciando esses grandes sábios de toda a humanidade (Caso queira, posso escrever aqui todos os trechos desses grandes mestres e sábios incluindo a bíblia, citando os nomes dos livros, das páginas criticando o comportamento feminino e não o ente da mulher. Então você poderia também escrever sátiras a respeito desses mestres e pensadores). Então não é por que você não aceita e não gosta de ser criticada, que os textos dele sejam uma mentira. Você precisa ter mais responsabilidade com o que escreve, inclusive publicando textos como se fosse o próprio Nessahan que tivesse escrito. Atualmente na internet existem algumas dezenas de Nessahan Alita escrevendo bobagens. Pegar alguns textos desses loucos e colocar aqui querendo corroborar com sua vontade insana de poupar o perfil feminino da crítica, mostra que você não é de forma alguma imparcial. Em minha modesta e insignificativa opinião todo esse texto que escreveu é uma simples manifestação de ódio e preconceito de quem só gosta de criticar e não aceita nenhuma crítica. Caso você realmente tivesse lido os textos de Nessahan, teria descoberto que tanto os homens e mulheres possuem defeitos. As mulheres não são santas, são egoístas, são interesseiras, possuem ego, ou seja, AS MULHERES SÃO SIM HUMANAS assim como os homens. Você deveria parar de viver os contos das novelas dos romances água com açúcar e amadurecer com críticas do Nessahan.
Obs. Não pertenço a nenhum grupo de masculus como você diz em seu texto ou a qualquer outro grupo louco. Caso tivesse lido os textos de Nessahan, teria percebido logo no início dos livros, que ele próprio é contra qualquer grupo de pessoas que o idolatrem ou outros grupos de misóginos que não saibam pensar de forma clara por si mesmas. Ele nunca escreveu para essas pessoas.

Anônimo disse...

Eu só digo uma coisa: sinto na pele tudo que esta escrito nos textos de Nessahan em Geral o comportamento feminino é terrível, humihante e subjugador.
As feministas querem ser pessoas de primeira classe e escravizar os homens naõ querem direitos iguais querem termais direitos que os homens querem ser superiores e que os macho sejam meros capachaos e reprodutores quando não apenas escravos.

Anônimo disse...

Sempre tive certa facilidade em me relacionar pelo simples fato de ser bonito, mas não entendia pq sempre acabava não dando certo, sempre saia magoado, iludido e manipulado, sempre querendo agradar, compreensivo, educado, legal, engraçado, e sempre respeitava muito e não fazia isso por querer algo em troca e acredite eu era o cara que toda sogra quer, cansei de ouvir isso... Mas não entendia pq mesmo fazendo tudo o que elas mais reclamavam dos que não presta eu acabava deixado como segundo plano (ou qualquer outra desculpa) e acredite mas eu não errava em nada, claro que sempre vem aqueles que dizem ah mas foi com a pessoa errada... mas acontecia varias vezes e não apenas comigo, ai decidi mudar e ler Nessahan concordo com 80% do que ele diz principalmente em o homem ideal, então realmente as coisas mudaram e em momento algum Nessahan diz para odiar as mulheres, apenas ajuda a mudar algumas atitudes e não deixar ser engando ou manipulado, atualmente tenho um relacionamento saudável e estou bem mais feliz, infelizmente alguns leem e viram uns rancorosos e acham que mulher não presta, outros apenas param de bajular mulher e param de querer agradar o tempo todo e entre outras atitudes e conseguem ter um relacionamento melhor.

carlosjúnior :Cau disse...

Parecer não é ser. Logo pode esta totalmente errada. Seu comentários tem muito sentimentos e é uma achismo. Análise os argumentos e visões passadas pelo livro etc. ,juntando com todos os conhecimentos e experiências que vc mesma tem..., e verá lógica e coerência. Faça sem favoritismo em busca da verdade do que quiser saber.

Anônimo disse...

Poderiam fazer uma reportagem sobre ti (ou vocês) e na capa: Ela(s) ODEIA(M) os homens.

É muito mimimi neste mundo, tanto da parte das mulheres quanto dos homens. A internet deu voz aos imbecis, já dizia um cadáver, e isso inclui a mim, obviamente.