segunda-feira, 12 de março de 2012

NINGUÉM VAI INVADIR MINHA PRAIA

Rolou uma discussão muito interessante nos comentários do guest post da Blanca, que foi o primeiro que publiquei de uma moça magra reclamando que, mesmo magrinha, não se encaixava no padrão, por não ter peito e bunda. Blanca nunca disse que ser magra era tão ou mais difícil que ser gorda. Acho que não tem muita discussão: gordas hoje são as párias da sociedade, praticamente sinônimo de feias. Só que, sem entrar nas Olimpíadas da Opressão, que não são saudáveis pra ninguém, podemos concordar que o padrão de beleza é inatingível pra praticamente todas as mulheres, e isso é proposital. Imagine se todas nós andássemos com um sorriso no rosto e nos amando -– que creminhos a gente iria passar no rosto? Que dieta da moda (pra emagrecer ou engordar ou firmar ou sei lá o quê) iríamos fazer? Sentiríamos necessidade de torturar nossos cabelos? Toda propaganda depende de tornar aquilo que você não precisa em um objeto de desejo imprescidível. A gente vai do “não sabia que isso existia” pro “não posso viver sem isso” num instante.
Desculpe, gente, mas haverá algum exemplo melhor pra esses desejos produzidos que a moda do clareamento anal? É sério. Nos EUA chama-se anal bleaching e a moda tá pegando a todo vapor, ainda que os cremes contenham substâncias que podem provocar de queimaduras a câncer. E num caso desses eu não acredito mesmo na ladainha de “eu fiz por mim, pra eu me sentir melhor!”. Sinceramente, acho que nem contorcionista consegue ver o próprio ânus. Mas é um (novo) padrão imposto em parte pela força da pornografia. Se nos filmes pornôs todas as atrizes têm o c* rosa, então óbvio que todo o resto da população feminina no planeta deve ter também. Outra coisa é que é uma cobrança meio racista. Muitos homens dizem que é o jeito de diferenciar falsas loiras de loiras verdadeiras. A supremacia ariana começa pelo seu c*, entende? Tudo bem, eu tampouco. E chega de falar de c* por hoje.
O fato é que ninguém é perfeito. E quem quiser encontrar defeito em você, vai encontrar, fácil. Portanto, por que se preocupar? Magra, alta, baixa, gorda, cabelo liso, cabelo crespo, bunduda, sem bunda -- quem quiser criticar sempre encontrará ótimos motivos. Se você não faz nada pra seguir o padrão, você é desleixada, irresponsável, sem vaidade, nada feminina. Se você faz tudo pra seguir o padrão, você é perua, exagerada, obcecada, siliconada. De um jeito ou de outro, você nunca vai ganhar. So why worry? Be happy. Quer dizer: lógico que não se deixar afetar pelo preconceito não significa que a discriminação desaparecerá. Gordas continuarão sendo recusadas em entrevistas de emprego. Continuarão sendo pessimamente atendidas (quando são atendidas) por médicos. E precisamos seguir lutando contra isso (mesmo se você não for gord@). Mas é possível lutar sem ficar com a autoestima lá embaixo. Aliás, é mais fácil lutar tendo como aliada uma bela autoestima.
Eu não tenho a menor dúvida que, se eu não fosse gorda, seria simplesmente xingada de outra coisa. Se eu fosse a cara e o corpo da Gisele, haters, trolls, mascus ainda diriam que eu sou a mulher mais horrenda do universo. Porque não tem a ver comigo. Tem a ver com eles. Eles acham que mulher deve ser avaliada pela aparência, sempre. Que uma mulher só pode se realizar se for bonita. É a nossa função decorativa. Então, eles só conseguem nos desqualificar pela aparência também. Ok, há vezes que meus detratores usam outras ofensas da Turma da Mônica pra me descrever -– feia, chata, burra. E é só isso. Ninguém nunca se aprofunda e tenta explicar sua discordância. Só o gorda e burra e chata já são suficientes pra me desqualificar. Pra que entrar em detalhes, né?
Então, vale a pena dar ouvidos pra essa gente? Basear nossa opinião acerca de nós mesmas baseada em quem nos odeia? Não me parece uma decisão sensata. Será que realmente devemos nos deixar abater por opiniões estúpidas sobre nossa aparência?
Outro dia eu estava na praia, flutuando no paraíso, no meio de uma lagoinha, e pensando em como eu me sentia livre. Ninguém olhava pra mim. Acho que ninguém olhava pra ninguém. Bom, podia até olhar, mas não ficava encarando nem nada. Não havia ninguém lá julgando meu corpo. Inclusive, havia montes de corpos parecidos com o meu. Corpos de todas as formas, cores, idades, nenhum lembrando o que a gente vê na mídia, porque no espaço público e democrático que é a praia não há photoshop. Há muitos corpos, e todos são lindos em suas imperfeições. E aí pensei nas leitoras que me contam que não vão à praia, que não saem, que não se desnudam pros seus amores, que deixam de ter amores, tudo isso por medo do julgamento alheio.
Dane-se o julgamento e a patrulha da sociedade. Quem é ela pra nos julgar? Venham ser livres e compartilhar a praia comigo, lindonas. Tem espaço pra todo mundo.

149 comentários:

Cora disse...

Parabéns Lola, um de seus textos mais inspirados.

Josiane Caetano disse...

Que texto mais lindo! Nem há muito o que comentar, ele já diz tudo- e o pior é que aparecerá por aqui algum comentário negativo, estou até vendo...como pode?

Relicário disse...

Lola vc é o máximoooooooooo...

Amei o post!

Essa de clarear o c* só pode ser brincadeira né??

Anônimo disse...

Gente! clareamento anal? o que mais tá faltando nesse mundo? parece até piada
!!

Gabriel Nantes de Abreu disse...

Disse tudo Lola!

Só quem me odeia me xinga de gordo! Quem gosta de mim, diz com educação que eu deveria controlar o peso, mas nunca usa isso contra mim pra me diminuir como muita gente faz!

Anônimo disse...

Uma vez comentei com meu marido sobre esse tal de clareamento anal - nós dois rimos até perder o fôlego e e nos perguntamos por que diabos alguém se importa com a cor do c*?
Nem vou entrar no mérito da indútria da beleza, pois sabemos que eles fazem o que fazem pra ganhar dinheiro!
Agora, o que fazer e como reagir diante de uma pessoa que arma um circo pelo prazer mórbido de humilhar o outro?
Eu tenho curiosidade de saber o que leva um(a) sujeit@ a se encomodar TANTO ASSIM com a cor/peso/cabelo/roupa whatever a ponto de criar um "freak show" e deliberadamente humilhar em público uma pessoa?
Sim, com certeza devemos ignorar certos comentários e caras feias - mas às vezes quanto a situacao sai do controle e você se depara com "bullies" fica difícil nao sair abalado!!!!

aiaiai disse...

Quero ver alguem aparecer agora para falar "faço clareamento anal por mim" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bruno S disse...

A venda de produtos de beleza, dietas, cirurgias plásticas dependem de manter as pessoas (preferencialmente as mulheres) em situação permanente de desconforto com sua aparência. Sempre haverá algo para ser "ajustado".

Sem falar no duplo tratamento que acabamos tendo em relação ao cuidado que as mulheres tem com a beleza. Quem não corre atrás de todos os tratamentos é desleixada, preguiçosa, feia.

Quem consegue se manter perto do padrão de beleza dominante (dentro parece impossível) vai ser vista como fútil, cabeça vazia.

Me parece um jogo em que as mulheres sempre saem perdendo e só quem ganha são os que vendem a possibilidade de atingir o padrão de beleza. Isso é, vendem um sonho inatingível.

Isso sem falar no malefícios a saúde que são feitos nessa corrida.

Luiz Prata disse...

O_O !

WTF?!? Como assim, "clareamento anal"? Putz, é o cúmulo da futilidade da indústria cosmética.

Vender "soluções" para o que eles dizem que é "problema", isso já passou dos limites.

E quando essas "soluções" podem comprometer a saúde, isso se torna ainda mais grave.

Luciana Mendonça disse...

Clareamento anal..isso é tão machista..lembrou-me uma experiência q tive semana passada no consultório, onde uma paciente( ñ tem como identificá-la) contou-me q seu marido após várias tentativas, definitivamente encostou-a na parede e disse: "escolha o dia da semana q vc vai me dar o c.." Com estas palavras. Desta forma! Fiquei p da vida c o escroto, mas mantive-me c as feições inabaladas. A coitada , q já vinha de outro casamento abusivo estava aterrorizada.Estes homens e estas fixações anais.Pior q acham mulheres frágeis. Se a mulher quer tudo bem, mas se não quer vira violência. Parabéns pelo post Lola!

Dani Cano disse...

Que texto lindo! Muito inspirador a animador!
Não é fácil ter a auto estima elevada quando tem sempre alguém tentando empurrar ela ladeira abaixo. E esse texto é de alegrar qualquer um.

Gente, clareamento anal??? hahahahah Sem comentários...

Anônimo disse...

lola vc é uma fofa! seus posts me deixam tão felizes! ^^ muito obrigada por ser minha fonte de auto-estima (q eu to começando a ter depois que passei a acompanhar seu blog)! obrigada mesmo!

nelsonalvespinto disse...

Lolinha, você se supera...

"A supremacia ariana começa pelo seu c*, entende?"

Maria Luiza disse...

Adorei, Lolinha. Qual não foi minha surpresa ao chegar numa praia do Rio, depois de anos de vergonha, nunca tinha usado um biquini, e perceber que ninguém tava olhando pra mim. Me senti ótima, feliz, tranquila. Na minha cabeça todos os rostos iriam se virar pra minha pessoa com aquele olhar de "meu deus, essa mulher tem coragem de usar biquini?".

Na verdade a única incomodada com isso era eu. Eu acabava julgando os outros, pq tentava alcançar algo inalcançável, e achava que fariam o mesmo comigo...

Dri Caldeira disse...

Minha pergunta é válida: e isso se faz como, com escova, jato de ar, igual nos dentes? Tô falando sério, depois entrarei no mérito da escravização feminina.

Anônimo disse...

A beleza é uma questão estatística de distribuição de padrões. A curva estatística de distribuição normal definida por Abraham de Moivre explica a questão dos padrões de beleza e como a percepção desses padrões podem ser adulterados pela mídia.

http://www.ufpa.br/dicas/biome/bionor.htm

O "normal" de uma população de entes biológicos é 95% da medida, seja altura, seja beleza, seja, peso. 95% é normal, então podemos dizer que 47,5% está acima da média e 47,5% está abaixo da média.

Nesse ponto entendemos que a beleza é um padrão local, porém devido a penetração da televisão, revistas, filmes, o padrão de beleza passa a ser uma comparação universal, causando pressão psicológica sobre uma população local que esteja abaixo da média.

2,5% é considerado muito acima da média e 2,5% é considerado muito abaixo da média.

O problema é que a mídia usa apenas os 2,5% que estão muito acima da média para representar uma pessoa em um anúncio, novela, filme.

O resultado é que as 47,5% das pessoas que são bonitas acima da média se sentem feias, portanto o que deveria ser natural, de pelo menos 97,5% das pessoas estarem bem por se sentirem dentro do normal da curva de uma sociedade, temos apenas 2,5% feliz e todo o restante sentindo inferior.

O problema é a mídia impondo um padrão visual que não corresponde ao que existe no mundo real.

lola aronovich disse...

Tô aqui em Franca, gente! Mas já tô saindo pra palestra.
Bom, clareamento anal se faz com cremes, pelo que sei (não sou especialista no assunto). Coloquei no post uma foto (verdadeira) de um produto. Reparem na propaganda da embalagem: "Pareça mais jovem em todo lugar". Na hora fiquei pensando se era piada, mas não.
É sério mesmo! Pra mascus, a mulher ter c* rosa é um requisito de beleza. Não que eles conheçam muitas mulheres "civis", como eles chamam. Mas quando eles querem indicar alguma profissional, eles gritam "É rosa!".
Mas já vi isso em outros blogs que não são de mascus, só de machistas mais tradicionais mesmo. Não tô inventando: tá na moda!
Quanto ao resto do texto, muito obrigada pelo carinho, pessoal! Agora preciso correr. Mas tô por aqui, e vou deletar comentários de trolls mais tarde.

Fábio Valentim disse...

Clareamento anal? Que porra é essa? KKKKK Falando em gordices, explorou praticamente o mesmo tema que explorou no sábado no meu blog. Mas de qualquer forma, foi muito bom, beijos.

Ah, o referido texto é esse aqui.
http://www.baudovalentim.net/2012/03/abaixo-ditadura-da-magreza.html

Dri Caldeira disse...

Lola, o último e único c* q os mascus viram foi a capa do disco do Tom Zé, TODOS OS OLHOS. De resto, eles só imaginam como deva ser o c* de uma mulher...

Anônimo disse...

Precisei dar uma checada pra ver como andavam as coisas e: PRECISO clarear 1 tom. Hahaha. GENTE.

/oversharing

Beatriz disse...

Uma prova de que o mundo está muito louco: até o velho ditado "cu cada um tem o seu" está ameaçado, já que, aparentemente, agora temos que ter o cu das celebridades.
Sério, tá difícil. Como sou otimista incorrigível, procuro acreditar um um lado bom nisso tudo: situações extremas como essa expoem o ridículo da indústria da beleza e podem servir para as pessoas começarem a desacreditar dessa paranoia toda. Pq né, o que esperar de gente que quer me convencer a mudar a cor do cu? Eles nem vão olhar lá, vamos ser razoáveis. Quem sabe isso seja percebido a as pessoas comecem a desencanar e se aceitarem

cianaly disse...

Lola, eu nunca tinha ouvido falar sobre isso. Nao sabia que existia gente que reparava em cor de cu, até que um belo dia lí esse post e não soube o que pensar: http://www.portaldomacho.com.br/cu-rosa-superioridade/ Vc deve reconhcer os autores do dito blog; machistas conhecidos da blogosfera e twitter. No entanto, ouso dizer que muitas coisas que eu não conhecia/nao sabia, soube pelos blogs deles, o que me fez aprofundar mais nos assusntos, até mesmo pra embasar ainda mais minhas convicções e em como identificar machistas e machismos escondidos em pessoas que aparentemente são abertas.

Anônimo disse...

Uma vez fui depilar a virilha para ir á praia e, assim, do nada e sem me avisar, minha (ex - adivinhe por que) depiladora tascou cera no meu c* e depilou lá.


NEVER AGAIN!

Luciana Mendonça disse...

hahahah..Beatriz, verdade até este ditado está ameaçado.serão todos iguais.

Lord Anderson disse...

Eu eu achando que ja tinha visto todo tipo de coisa bizarra...


Cara serio, como é possivel que ao ver um anuncio desses as pessoas não parem para pensar no absurdo que isso significa...


Se isso não convencer que tem problemas é quem gera essa paranoia e patrulha sobre o corpo alheio acho dificil algo mais conseguir...


E vou dizer, palavras certeiras Lola, texto bombastico. :)

Thiago D. disse...

Olha o Chris Brown ali!

Carol NLG disse...

Peraí... sério MESMO que o povo faz clareamento LÁ? O que é? O cocô sai mais feliz se estiver saindo de um buraquinho rosado??

Enfim, eu acho que é um equilíbrio e uma descoberta complicados. Como saber o que nós gostamos de fazer e fazemos por nós mesmos daquilo que nos é, muitas vezes sutilmente, imposto?

Anônimo disse...

Só achei meio ruim que vc colocou O Chris Brown nas imagens Lola.Ele foi o que espancou a Rihanna,lembra?pois é.Todo mundo já esqueceu(tanto que ele ganhou 2 grammys e etc....)

Luciana disse...

Creme para deixar o c* rosa?! O_o As empresas de cosméticos não têm mais o que vender e ficam inventado soluções para problemas inexistentes. Infelizmente, ainda existem homens pré-conceituosos que classificam a cor do c* rosa como preferência. “Argumento” padrão para não ser taxado de racista. Para esses imaturos que compartilham a nova moda, é bom verificar o c* também. Afinal, c* rosa é o melhor!
E pergunto para as mulheres que usam esse tipo produto: será que vale o perigo em agradar um otário que só quer transar com uma boneca inflável? Tem certeza que ser essa boneca? Reflitam!

É lamentável uma pessoa desclassificar a / o outr@ pela aparência. Quando começa com esse tipo de “argumento”, notasse que a idéia de debater não existe nesse cérebro atrofiado.

Lola, ótimo texto!

André disse...

Cada um clareia as idéias da forma que lhe apraz. Eu prefiro ler um livro.

Niemi Hyyrynen disse...

Se um cara te pedir clareamento no C* exija dele chapinha nos pentelhos do saco.

:) rosa por rosa, pentelho por pentelho.

Liana disse...

"Quero ver alguem aparecer agora para falar "faço clareamento anal por mim" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk"

hahaha rachei aqui com o comentário da Aiaiai

Já li comentário até sobre as pregas anais de algumas atrizes pornôs serem mais "bonitas esteticamente" O.o

Como assim??!! Daqui a pouco vão inventar cirurgia estética pra isso também, se é que já não tem...

Leila Silva disse...

Clareamento anal? Nunca tinha ouvido falar em tal aberração, não faltava mais nada...

Seu blog continua lindo, leio sempre, diariamente e acompanho também os comentários quando posso.

Eu tinha uma aluna linda, linda mesmo, um dia chegou para a aula toda ereta, não podia sentar de qualquer jeito pq tinha feito uma lipoaspiração e sei lá mais o quê (uns 25 anos, não mais), eu conversei com ela sobre isso e sobre um monte de coisas que ela faz em nome do ideal de beleza, ela disse que não consegue pensar que ela pode 'melhorar' e não fazê-lo.

Às vezes eu até me pergunto como as pessoas conseguem tempo e dinheiro para tudo isso, fico imaginando se eu enfiasse na cabeça de fazer uma coisa dessas, como eu poderia me organizar financeiramente e logisticamente. Honestamente eu não sei, certamente abrindo mão de muita coisa, viagens, leituras, trabalho...é muito sacrifício em nome de uma ilusão.

Abraço

General da Real disse...

Cú rosa é simbolo de originalidade branca.

temos que ter coragem para admitir certas coisas né dona esquerdista Lola.

carolinapaiva disse...

Eu já acho super mega bizarro as propagandas para clareamento de pele, clareamento de ânus então...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Acho que vc tocou na chave da questão.
Hoje em dia penso que "elogios" ou "ofensas" que a gente ouve de inimigos ou de um grupo que está se achando na posição de avaliador (bom exemplo são grupos de homens na rua, dizendo gracinhas pra mulheres)que a gente ouve nem dá pra ser levado a sério, porque como vc mesma disse, tem mais a ver com o avaliador do que com o avaliado.
No caso do seu inimigo, ele só quer te pôr pra baixo, no caso do grupinho de rua, o que importa é o teatro pros amigos ou pros outros homens.
Enfim.
Pena que só consigo pensar assim hoje em dia, adulta. Queria ter tido essa consciência na minha adolescência, quando eu me guiava demais por padrões estúpidos, irreais, e hoje em dia, eu vejo como eu era boba, sofria à toa com dietas de fome, roupas super apertadas, e por nada. Eu não era feliz. Hoje em dia acho que encontrei um meio-termo e me sinto muito bem assim.

Relicário disse...

Niemi Hyyrynen disse...
"Se um cara te pedir clareamento no C* exija dele chapinha nos pentelhos do saco."

kkkkkkkkkkkkk to contigo Niemi...

Anônimo disse...

sei que tem tb creme p deixar a auréola rosinha...

é o fim...
as vezes penso que é MUITO trabalho p elevar autoestima com tantos ataques...
Além da autoestima, mudar a sociedade é realmente preciso...

Bruno S disse...

Fiquei agora com uma dúvida.

Como que alguém faz para saber se tá precisando clarear o ânus?

Dá um agachada sobre um espelho?

Tem uma palheta de cores de referência? Vem com uma legenda para os tons, como a sugerida abaixo?
"1 - tá bom;
2 - precisa de uma clareada, mas dá para esperar o próximo verão;
3 - é melhor começar o tratamento logo;
4 - esse aí nem passando liquid paper no fiofó resolve."

liatadaiesky disse...

Lola, parabéns! Adorei esse seu post!

Robs disse...

"Sinceramente, acho que nem contorcionista consegue ver o próprio ânus"
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Lola,vc me fez ganhar o dia XD

Daní Montper disse...

Lola, acho que o problema maior é que muitas das cobranças sobre a nossa aparência vem justamente de pessoas que nos amam - ou deveriam amar - como mãe, pai, irmã, irmão, avô, avó, namorad@ etc. porque também foram criadas ou também pensam assim, passam esses valores etc.
Já vi muito isso, então é muito importante a pessoa trabalhar bem essa questão internamente, e se não conseguir sozinha, buscar ajuda, mas nunca deixar que ninguém tenha o poder de controlar sua própria autoestima, nunca - acho que esse é o ponto - nós temos que ter o controle sobre nossa autoestima, mais ninguém, não devemos ficar pra baixo porque fulan@ disse isso ou aquilo, ou porque na televisão as pessoas são x ou y, e você é z. Temos que internalizar que cada pessoa é diferente e seria desagradabilíssimo se fossemos tod@s iguais, daí, ao invés de buscar seus defeitos, reforce/destaque suas qualidades, sempre.

J.word disse...

Adorei o texto, principalmente o final *--*
Queria muito ir a praia e me sentir livre e despreocupada...serio msm.
Até já tentei, mas não tem jeito! O maldito do meu cérebro não para de me pertubar com perguntas como: será que dá pra ver minhas celulites? esse biquine me deixa com seios grades...etc etc etc. D:
Nem dentro de casa eu tenho essa liberdade!! Vivo com minha mae e pai, não gosto de ficar descabelada na frente deles, e msm quando estou sozinha preciso fechar as cortinas pra ter certeza q ninguem esta olhando, só assim eu relaxo no visual!
Nossa escrecendo isso aqui até pareço uma louca
XD
Mas desde criança eu escuto comentarios sobre minha aparencia, quando as pessoas me veêm dizem se estou magra, ou gorda, que meu cabelo esta bonito ou não, enfim!
Muito bom o texto, acho que a primeira vez que comentou no seu blog :D

Anônimo disse...

Pior são as exigências pra nossa "menininha" tem que ser rosada,fechadinha,nada de lábios pra fora (se for,é pq a dona é "rodada",segundo os "entendidos") engraçado,desde pequena a mihna é assimétrica e por causa disso,eu não consigo relaxar na hora do sexo,fico encanada,com vergonha (não aceito receber sexo oral)resultado,há um bom tempo,abri mão do sexo com homem(sozinha sem cobranças,no meu ritmo,eu tenho me realizado mais)esses homens são muito burros,pq ficam enchendo a mulherada de conbrança e depois reclamando que as mulheres não se soltam na cama,ou seja,dão tiro no próprio pé,por essas e outras que eu acho que homem faz sexo NA mulher e não com ela.

Eu disse...

Lola, não saia de Franca sem pelo menos UM parzinho de sapatos de ponta de estoque, bem baratinho, é uma ordem, viu?!!! rsrs

Adorava os sapatos da Albanese. Mas acho que vc não vai achar mais. :(

Bjs

Eu disse...

Esse texto só merece um comentário meu e nada mais: seguinte, galera, tô dando um doce (sem açúcar) prá quem provar que o namorado/marido/paquera tá exigindo algo rosa em vc. Larguem de bobagem e vão ler um livro decente.

Bjs a todas.

Carol M disse...

isso aí vai pra categoria "q tipo de débil mental se preocupa com isso?" juntamente com o clareador de axilas.

Se a pessoa se incomodar com minha aparência na praia vai ter 2 trabalhos, o de se incomodar e deixar de se incomodar, pq eu não me privo de coisa nenhuma por causa de gente besta.
Além do povinho vazio e inseguro, que precisa apontar defeito alheio pra se sentir bem consigo mesmo, tenho pena dessa gente.

Texto fantástico Lola.

Fabiana Zardo disse...

Eu estou fazendo um esforço homérico para minha chefe não perceber como estou rindo dos comentários neste post sobre o c*.
Vocês são o máximo.
Lola, mais uma vez, parabéns pelo post!

Anônimo disse...

Essa foto do Chris Brown tá fazendo o que aí? Ele foi o tipo que espancou a Rihanna. Você faz uma tonelada de posts, com os quais estou de acordo em todos falando sobre a violência contra a mulher e depois põe no teu blog a foto de um cara reconhecidamente violento?
Quanto ao post nada a ajuntar, está perfeito.

Cristina Barbosa

LisAnaHD disse...

As críticas que eu ouço pessoalmente são das próprias mulheres, LoLa. A insistência pra eu cuidar de meu cabelo assim ou assado não pára no salão de beleza qdo vou cortar o cabelo não... continua com mulheres com as quais eu tenho alguma convivência. Finalmente eu disse que pro meu marido, um casamento que vai pro brejo pelo aspecto do cabelo da mulher é um casamento que nunca tever base sólida, pra começo de conversa.

Então as criticonas passam a um tal de "o cabelo da fulana é tão maltratado... é ressecado... manchado por ser mal tingido"... "a pele da fulana é toda enrugada de tanto ela ficar no sol e não se proteger"... "a não sei quem não se cuida, o marido é bonitão e ela é um relacho, engordando..." e por aí vai. É mulher criticando mulher; é mulher se escravizando pra obter um milagre com tal e tal produto de beleza; é mulher tomando tudo qto é tranqueira que promete emagrecimento maravilhooozzzooo.

Enfim, a própria mulher colabora e ajuda MUITO pra alimentar essas críticas da mídia contra a mulher. Pra mim isso é falta de como ocupar o intelecto... uma prova está aqui no blog... uma mulher obesa, com cabelo fora dos padrões de cabelo bonito ou bem cuidado, uma mulher que ganha mais do que o marido, uma mulher que luta contra as injustiças do sistema sem medo e sem papas na língua... i.e. no teclado... é a mulher que tem o blog brasileiro mais lido e comentado.

Mulheres outras, vcs mesmas dão margem pra serem alvo de comentários contra vcs... se vcs pararem de se empenhar em manter o visual que o PADRÃO --que vcs mesmas tornaram PATRÃO-- as mulheres não serão atingidas pelas críticas qto ao próprio visual (cabelo, pele, peso, e afins) e terão com o quê se ocupar pra melhor preencher seus pensamentos e comportamento. Atitude é o que conta para o sucesso e/ou para o fracassoo... para o bem-estar mental e emocional e espiritual. Enfim, a atitude pode ser o Feng Shui da nossa vida.

E o que é Feng Shui? Feng Shui é palavra chinesa, termo onomatopeico, que significa Vento e Água... assim Yang/Vento e Yin/Água.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Feng_shui

ah e enqto eu teclava aqui comi um delicioso chocolate belga recheado tb com chocolate... marca Lyndon Reede... e... sim, estou passada de peso... e bem passada.

Beatriz disse...

Fabiana Zardo

Ri muito tb. Mas esse post me fez entender outro ditado: "quem tem cu, tem medo".
É fato pq, se não for rosa, ninguém vai me amar. Mimimi medinho

Blanca disse...

lindo o post, Lola. fico felizona de saber que um post meu te deu inspiração pra escrever esse seu. ♥

caraca, clarear o cu? eu já achava depilar o cu de uma insensatez desumana, clarear então... nossa senhora...

@LaLo disse...

Caramba... adorei!!! De verdade.

Grande abraço....

Anônimo disse...

PESSOAS HÁ QUE NÃO SAÍRAM DA FASE ORAL

SHUAHUAHSUAHASUHASUSHSUHAUHA

Dri Caldeira disse...

Gente, a Lola colocou a foto do Chris Brown pq ele é um koo de pessoa.

André disse...

Chata por quê? Só porque ela falou uma verdade inconveniente? Desde que não faça isso http://diversao.terra.com.br/tv/noticias/0,,OI4437552-EI16407,00-Ana+Paula+Tabalipa+faz+dreads+no+cabelo+para+viver+esportista.html, homem que é homem não se liga muito nesse lance de cabelo.

Anônimo disse...

Amei o post, fiz uma lista de amigas e enviei.

Estávamos eu e o marido na casa da minha mãe e comentei com eles sobre o clareamento (rimos horrores, altas especulações).

Agora o momento alto foi quando li o comentário da Niemi "Se um cara te pedir clareamento no C* exija dele chapinha nos pentelhos do saco." Fantástico!

Patrícia Araújo.

Jaque disse...

Poxa Lola, sempre acompanho seu blog, indiquei p meu namo, amigos e sou uma admiradora sua.

Mas esse texto foi demais, como Cora disse um dos seus mais inspirados.

É um grande prazer acompanhar seu blog.

Daní Montper disse...

Queria saber o que significa "homem que é homem", pois nunca entendi essa expressão.

Os comentários estão divertidíssimos =) Mais engraçado que isso é imaginar alguém tentando clarear o c*!

Sara disse...

Ai Lola que texto delicioso, me fez dar tantas risadas, com essa estorinha do C_ Rosa kkkkkkk, ja não basta o sovaco que agora tem que ser branquinho o C_ tambem PÔ!!! sacanagem.
Só acho mesmo uma grande pena que existam pessoas que deixem de curtir a vida só por encanarem com sua própria aparencia, acho q a vida traz momentos tão gostosos como esse que vc descreveu que passou, é um pecado perder isso por uma barreira que na realidade esta dentro da cabeça das pessoas.
Espero que todos os dias vc tenha momentos que te tragam felicidade Lola, as vezes achamos que precisamos ser perfeitos pra sermos felizes, e isso não é verdade, todos nós podemos nem que for em doses homeopáticas, ter momentos gostosos, comer alguma coisa deliciosa, ouvir uma musica que agrada, enfim ser feliz, pelo menos por alguns instantes, que ao meu ver é possível pra todas nós.

Nadia disse...

Me fez lembrar um fórum que mulheres 'zoavam' os homens em suas tentativas de parecerem sensatos, qnd um cara entrou no grupo e começou a dizer p/ eu depilar o sovaco, tomar um banho (já que na foto não tava gorda, feia, nem muito magra, mas estava de óculos). Ou seja, sempre vai ter uma ofensa física para a pessoa, não adianta.

LisAnaHD disse...

"Anônimo disse...
Alguém aí lê essa LisAnaH? Que mulher chata!
12 de março de 2012 17:49"

sim, lê... leem... e entre quem a lê ESTÁ VOCÊ.

LisAnaHD disse...

"Anônimo disse...
kkkkk
pensei que era só eu!
"Alguém aí lê essa LisAnaH? Que mulher chata!"
12 de março de 2012 18:09"

sim, VOCÊ tb me lê...

Anônimo disse...

Eu não consigo ler, LisAnaHD;li as primeiras vezes, mas muito repetitivo, enfadonho e ególatra. Acho que você deveria deixar de tentar pegar carona na Lola e montar um blog pra vc mesma.

LisAnaHD disse...

André disse... "Chata por quê? Só porque ela falou uma verdade inconveniente?" 12 de março de 2012 19:42

Obrigada, André. Há gente que se recusa a aprender até mesmo a seu favor qdo a verdade não soa agradável... é gente narcisista; entre as nove características do narcisismo uma delas é não aceitar ser contrariad@.

Anônimo disse...

Tá bom, LisAnaH, continue. Afinal, você é inofensiva.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
"Alguém aí lê essa LisAnaH? Que mulher chata!"

kkkkk
pensei que era só eu!


ieu

LisAnaHD disse...

Anônimo disse... "Eu não consigo ler, LisAnaHD;li as primeiras vezes, mas muito repetitivo, enfadonho e ególatra. Acho que você deveria deixar de tentar pegar carona na Lola e montar um blog pra vc mesma." 12 de março de 2012 21:25

pra quem diz não conseguir me ler, estou tentando adivinhar como é que VOCÊ consegue se reportar a comentário meu... TELEPATIA? Seja lá como for, obrigada por sua manifestação... não deixa de alimentar o ego... touché!

Anônimo disse...

André disse... "Chata por quê? Só porque ela falou uma verdade inconveniente?" 12 de março de 2012 19:42

Obrigada, André. Há gente que se recusa a aprender até mesmo a seu favor qdo a verdade não soa agradável... é gente narcisista; entre as nove características do narcisismo uma delas é não aceitar ser contrariad@.


Deu corda...a mamãe sabe nada desanda a copiar e colar

quiinfernooooooo!!!!!

LisAnaHD disse...

Anônimo disse... "Tá bom, LisAnaH, continue. Afinal, você é inofensiva." 12 de março de 2012 21:29

e nem sou defensiva...
nem passiva...
sou objetiva, sem ser agressiva...
sou assertiva.

LisAnaHD disse...

Anônimo disse...
André disse... "Chata por quê? Só porque ela falou uma verdade inconveniente?" 12 de março de 201219:42
Obrigada, André. Há gente que se recusa a aprender até mesmo a seu favor qdo a verdade não soa agradável... é gente narcisista; entre as nove características do narcisismo uma delas é não aceitar ser contrariad@.


"Deu corda... a mamãe sabe nada desanda a copiar e colar

quiinfernooooooo!!!!!
12 de março de 2012 21:35"

inferno são os outros, né?
vc leu essa peça de J.P. Sartre?
e qdo se trata de copiar e colar VOCÊ não deixa por menos, hein?
macaco vê, macaco faz...

Anônimo disse...

e nem sou defensiva...
nem passiva...
sou objetiva, sem ser agressiva...
sou assertiva.

e abusiva, ce isqueceu

Anônimo disse...

alguém aí ama "VOCÊ". E "VOCÊ" num tá nem ai.
shuashuahaushuashsuhsuhsuhsuaha

LisAnaHD disse...

OK... Anônimos daqui do espaço pra comentários, meu tempo com VOCÊS se esgotou... rs... minha atenção para com vocês é limitada... fica pra próxima página... qdo VOCÊS NÃO DESISTIREM E ME ABORDAR NOVAMENTE.

ah! sim, alguém entre os Anônimos escreveu: "pensei que era só eu..."

Aulinha Básica Gramatical: ". . . pensei que FOSSE só eu."

Sim, mesmo anonimamente há que o manter a concordância ref ao tempo verbal.

Anônimo disse...

OK... Anônimos daqui do espaço pra comentários, meu tempo com VOCÊS se esgotou.

lovado seje Deus

kkkkkkkkkkk

Mayara Silva disse...

Gente

Esse negócio de fazer sexo anal é um saco. Esses homens acham que isso é bom e ficam forçando. Eu detesto, acho um horror, mas o meu marido ameaça, faz chantagem e eu sempre acabo cedendo.

Várias vezes eu sujei o lençol e a perna dele. Ai ele fica bravo comigo achando que foi de propósito. Eu gostaria de saber se existe alguma coisa que protege a gente desse tipo de assédio do próprio marido.

Ele disse que isso faz parte da sexualidade normal e mostra um monte de filme pornográfico com as mulheres gemendo e diz que elas sentem mais prazer com anal do que com o normal. Ai eu fico morrendo de vergonha porque acho que eu tenho algum problema.

E minhas amigas dizem que é a mesma coisa na casa delas, uma vez uma estava mau do estomago e o marido forçou e ela acabou espirrando por todo lado e ele bateu nela. Não de espancar, mas de dar uns sopapos porque ele ficou com nojo.

Até minha filha já perguntou porque o quarto de casal tem aquele cheiro de banheiro e eu fico morrendo de medo dela crescer pensando que sexo é algo sujo e fedorento.

Gente, tem alguma coisa que nós podemos fazer em relação a isso? Tipo, alguma lei que protege, alguma associação que apoia?

Pelo menos o meu marido nunca falou nada da cor do meu furinho, eu olhei no espelho e vi que é meio escuro, tipo, meio marrom escuro e o anelzinho é quase preto.

Daní Montper disse...

Mayara Silva, o que teu marido faz se chama estupro, é crime e você pode e deve denunciá-lo.
A Lei Maria da Penha te protege, procure uma delegacia da mulher ou ligue 180.

Luiz disse...

Olá, há tempos atrás me envolvi em um debate bastante caloroso por aqui sobre a influencia da pornografia na sexualidade masculina. O debate girou em torno da proibição ou não da pornografia. Defendi que a pornografia em nada influenciava negativamente a sexualidade masculina no sentido de aumentar os índices de violência sexual. Eis que recebo um artigo que corrobora as minhas suspeitas.

http://br.noticias.yahoo.com/blogs/vi-na-internet/pornografia-reduz-crimes-sexuais-203626629.html

Baixei o trabalho original no portal da CAPES. Quem quiser me passe o email para eu poder enviar.

Abraços.

Anônimo disse...

LesAnaH, alguns esclarecimentos: não existe nenhuma peça de Sartre chamada "O Diabo são os Outros". Essa frase é um excerto da peça "Entre Quatro Paredes".

Segundo, essa frase sua, que conclui uma ousada correção de sua parte à gramática empregada por outro comentarista, é horrível:

"Sim, mesmo anonimamente há que o manter a concordância ref ao tempo verbal."

Há que O manter A concordância???

Terceiro e último, que não tenho tanto tempo assim a perder, não é necessário ler os comentários na íntegra para medir o nível intelectual de quem os escreve. Acho que nem a Lola lê da primeira à última palavra.

Na verdade acho que você deveria se ocupar a fazer outras além de produzir esse caudaloso palavreado que não interessa a ninguém aqui no blog da Lola.

Anônimo disse...

Pra mim,homem que tem tara por sexo anal,ao ponto de FORÇAR/PRESSIONAR a parceira a fazer,sem se importar com o prazer dela,tem uma latente homossexualidade querendo aflorar,e falo isso,não pra desmerecer os gays,nem dizer que todo machista babaca é enrustido,mas ,nesse casa,acho realmente que algo na sexualidade desses caras tá mal resolvida.

Mayara Silva disse...

Daní Montper

Credo, nada haver isso que você disse. Lei Maria da Penha nada haver comigo. Ele pede, eu digo não, ai fica uns dias sem fazer essas coisas, ai ele pede di novo, eu digo que não, ai ele fica bravo, me faz chantagem e eu acabo cedendo de novo. Ai é aquele budum, nem sei como ele gosta, ele fica com o nariz bem em cima, ele que deveria não gostar.

Esse negócio de dizer que isso é estupro é muito exagero, tem nos filmes, as minha vizinha também faz, menos as evangélica que ameaça contar pro pastor ai os marido não pede mais.

Eu acho que isso é pras mulher que gosta de safadeza, eu não gosto, dói e machuca. Depois na hora de ir no banheiro fica tudo dolorido. Eu acho que as mulher tinha que fazer um movimento prá explicar pros homem que nem todas gosta disso.

Anônimo disse...

sexo anal em comum acordo se praticado com cuidado e muita delicadeza c/ devidas preliminares é mutcho delicioso se o pênis do cara não for uma tora pruque daí pode arrombar o diâmetro alheio.

no + é cada entendido desentendido poraqui pois a tal citação do João Paulo Sartre é parte um uma peça dele e pelo conhecimento da Lisa acho que foi isso que ela ilustrou e depois alguém louvou a deus com "sejE" palavra que não existe, então que tal levado (lol) seja deus?!
PandeMôni@

Anônimo disse...

HAHAHAHA

LOL-VADO SEJI DELZ

Anônimo disse...

Que lingua é essa PandeMôni@?

Anônimo disse...

Luiz,se não influencia em nada,por que tem tantas mulheres reclamando dos maridos eparceirois forçá-las com sexo á fazer sexo desagradável? Você está muito mal-informado,ou o que é mais provável,fazendo propaganda machista de um negócio bilionário que lucro ás custas da nossa degradação,ainda mais com este argumento já várias vezes desmintificados em vários estudos na internete,como no site do CATWA,APA,CASE,textos da Andreia Dorwking,etc.Só para te adiantar: aumenta os casos de estupros,assédio sexual,em suma,intensifica nossa imagem como brinquedos estupráveis.Basta não ter preguiça e procurar.Agora,sites brasileiros obvimanete irão apoiar...um país que estupro é presente de aniversário,vc realmente acredita que algum privilégio masculino será criticado profundamente? Ainda mais em site da UOL!!!

É uma pena que aqui no Brasil a mulherada,incluindo as feministas,tem medo de atacar a pornografia e prostituição,sendo que já existem mobilizações mundo á fora contra estes tipos de violência machsita.Não sei que medo é esse de desagradar os machinhos que não pensam em nós quando estão se masturbando vendo sexo violento,como este sujeito com zero empatia,que vem defender tal coisa.

E mais: se sexo anal muita mulher não gosta,por que ficamos tentando dar explicações para nós mesmas para aceitarmos tal prática? Que liberdade sexual é essa que bradamos aos 4 ventos que temos se tentamos incorporar práticas criadas na pornografia(em outras palavras,para agradar somente ao homem)?

E Mayara,por que vc veio reclamar aqui então?Pra mim isso parece trolagem de homem se passando por mulher.Quem sofre agressão sustenta os argumentos,mesmo que fique com medo de ir adiante.me parece que os trolls deste blog estão se sofisticando no seu objetivo de nos dissimular e sugar nossas energias.

Anna Nery

Anônimo disse...

O Inferno São Os Outros
Titãs

Não quero rotina, nem disciplina,
Não tenho hora, pra ir embora
Não vou pro trabalho, não ganho dinheiro
Não ando na moda, não olho no espelho

Não tenho endereço, casa, nome e sobrenome
Não tenho documento, carro, conta e telefone
Se todo mundo acha, que estou errado, eu acho que não
Se todo mundo acha, que estou louco, eu acho que não

O problema não é meu
O paraíso é para todos
O problema não sou eu
O inferno são os outros, o inferno são os outros

Não tenho amigo, nem inimigo
Não me engano mais
Ninguém vive em paz
Não uso relógio
Não escondo a idade
Não ouço conselho
E nem falo a verdade

Não tenho endereço, casa, nome e sobrenome
Não tenho documento, carro, conta e telefone
Se todo mundo acha, que estou errado, eu acho que não
Se todo mundo acha, que estou louco, eu acho que não

O problema não é meu
O paraíso é para todos
O problema não sou eu
O inferno são os outros, o inferno são os outros

Anônimo disse...

Gente um OFF TOPIC ----

Eu assisti aquele filme Amanhecer - parte 1, que é o quase final da série Crepusculo dos vampiros Culen.

Eu vi uma coisa que me deixou consternada, mas ninguém acha errado, eu quero perguntar se alguém aqui notou essa coisa estranha ou se só eu que sou estranha a ponto de ficar indignada.

Eu entendi que no final o lobinho que fica o tempo todo sem camisa salva todo mundo porque ele se apaixona por um bebezinho recém nascido. .... é isso mesmo?

E tudo mundo acha isso normal?

Alguém ficou indignada com essa coisa estranha do filme? O lobinho Jake fica o tempo todo sendo usado pela Bella como brinquedo e no fim ele se apaixona pelo bebezinho da Bella e todo mundo acha isso normal?

lola aronovich disse...

Oi, gente! A palestra na Faculdade de Direito de Franca foi muito legal. O auditório ficou cheio e fui muito bem recebida. Adorei!


Então, gente, desculpem pela foto do Chris Brown. Foi mal aí, mas eu mal sei quem é Chris Brown (se bem que fiz um post quando ele bateu na Rhianna). Eu não teria colocado a foto dele se soubesse que era ele. Só usei pelas palavras. Aliás, já tinha usado num outro post, e ninguém disse nada!


Sobre sexo anal, pô, quem não gosta não deve fazer e pronto. Diga a seu marido que ânus todo mundo tem, e, se ele gosta tanto de fazer sexo anal com vc, se vc poderia fazer com ele.

Anônimo disse...

E Mayara,por que vc veio reclamar aqui então?Pra mim isso parece trolagem de homem se passando por mulher


sóóóóóó

ñ fui só eu que reparei. aff

Anônimo disse...

O Inferno de Sartre
Quarta punição eterna: o inferno são os outros! Segundo Sartre, a famosa frase denuncia duas situações interligadas. Primeiro, se dependemos unicamente...
Deo "seje" LOL(v)ADO no seu previlégio

prEvilégio é praquem sejE...

Mayara Silva disse...

Bom, eu não queria deixar ninguém brava, não era minha intenção, então eu não vou escrever mais aqui. Prá voces parece tão fácil e prá mim é algo tão complicado. Se todo mundo está brava porque eu perguntei isso então não vou mais falar sobre isso. Eu só escrevi isso aqui porque estava todo mundo falando e a Luciana disse de uma mulher que conversou com ela sobre essas coisas. Então eu achei que poderia ter uma orientação. Deu pra ti, fui.

Anônimo disse...

Essa Mayara Siva é troll na certa!!! Muito retardadoª

LisAnaHD disse...

http://www.youtube.com/watch?v=-WG60J_t_N0

Alguém sabe o nome do cantor e da música no comecinho/abertura do programa? Cheguei ao vídeo procurando pela receita de "Pastel de Santa Clara", doce típico português desde o século 15... vou me aventurar a preparar para um grupo de 10 pessoas dia desses. Basta ouvir um pouquinho só do vídeo, OK? Obrigada.

=======
Por que @ fulan@ do dilema sobre sexo anal não leva o marido para uma conversa com o ginecologista dela sobre o que vem enfrentado com a intencionada prática sexual do marido insistente e exigente? Ou que tal levar o assunto para ser discutido com os sogros dela, JUNTO com o filhão deles? Em três tempos ela estará devidamente equipada para lidar com os desejos do marido. -- E esse negócio de quarto conjugal cheirar a banheiro... que cheiro é esse??? alguém faz xixi no chão e não limpa??? Meu banheiro não tem nenhum cheiro característico que possa chamar a atenção de criança nenhuma...

LoLa, meus parabéns por mais essa realização! Não te escrevo via e-mail pq sei o qto vc é ocupada e não acho legal tomar seu tempo por algo que posso escrever aqui e vc ler a qq momento. um super abraço!

♪Sueli Alves♪ disse...

Clarear o C*, é isso Brasel?

É sério mesmo que tem homem que presta atenção nisso? Pensei que a graça fosse só por ele ser mais apertado, não pela cor.

Eu heinnnnnnnnnn.

Anônimo disse...

Sueli, nem pela cor, nem por ser apertado. E sim pelo sabor. Nos filmes pornôs mais recentes está uma moda muito nojenta de lamber o ânus, tanto a mulher lamber o homem como o homem lamber a mulher. Eca....

LisAnaHD disse...

". . . Me parece um jogo em que as mulheres sempre saem perdendo e só quem ganha são os que vendem a possibilidade de atingir o padrão de beleza. Isso é, vendem um sonho inatingível." --Bruno S 12 de março de 2012 11:49

Pois é Bruno, qdo do meu comentário, eu ainda não havia lido seu comentário e agora acrescento que o livre arbítrio (qdo se trata do assunto de que tratamos aqui) ainda não foi assimilado por e nem possível de ser praticado por muitas mulheres. Quando --e somente QDO-- elas entenderem e aceitarem meus dois comentários poderão saber o que é e como livrar-se do PADRÃO conveniente à indústria de beleza... e que não o tomem a sério (e tampouco o obedeçam) como se o PADRÃO que a mídia procria em nome da beleza feminina não passasse de PADRONIZAÇÃO para a devida MANIPULAÇÃO psicológica, pois é daí que sai a raiz de todo esse descontentamento feminino com o próprio visual. -- É importante que saibam que qdo nos criticam e falam isso e aquilo contra nós, fazemos do assunto um estardalhaço somente se nos importarmos com as críticas.

OBS.
Antes de alguém Anônim@o querer se fazer chei@ de graça pro meu lado, esclareço: - LoLa escreve aqui o que a mulher de um modo geral enfrenta... pena... sofre... luta contra... enfim esse descaso que a mulher vem enfrentado numa sociedade que a quer sob o calcanhar machista. LoLa não é uma dessas vítimas... ela é uma voz por e para as mulheres brasileiras que precisam aprender e, mais ainda, se UNIR e se fazere valer nos seus direitos. Axé! (não confundir com axexê).

Anônimo disse...

"lamber e cheirar o ânus alheio" como prática sexual não é invenção da indústria pornográfica coisa nenhuma e sim uma prática desde não se tem registro de que tempos e os próprios cães são dados a cheirar o ânus do semelhante... algo de bom tem aí... em todo caso não tenho interesse em botar meu nariz à saída de uma rede de esgoto.
PandeMôniã

Hades disse...

Anônimo disse...
Gente um OFF TOPIC ----

(...)

Alguém ficou indignada com essa coisa estranha do filme? O lobinho Jake fica o tempo todo sendo usado pela Bella como brinquedo e no fim ele se apaixona pelo bebezinho da Bella e todo mundo acha isso normal?

12 DE MARÇO DE 2012 23:37

Na verdade isso gerou uma onda de indignação por parte dos fãs (e da própria Bella do livro, que tenta matar o Jacob quando descobriu).

Na história o Jacob sofre uma paixão imposta pelos seus genes de transmorfo (descobrimos no ultimo livro que eles não eram lobisomens de verdade, mas apenas humanos capazes de se tornar animais) que encontraram o parceiro com os genes mais compatíveis com os dele.
Ou seja, Jacob não era atraído pela Bella, mas sim pela metade dos genes da filha que ela iria ter no futuro.
(o que me faz pensar se ele não se sentia atraído pela "metade dos genes" do Edward, hehehe)

No filme definem o imprinting falando como a pessoa se tornar o ponto mais importante do universo e que daquele momento em diante o apaixonado fará de tudo para conquistar seu amor, protegê-la e torná-la feliz.

O imprinting é algo tão importante para os lobos que a guerra termina (mesmo eles não sabendo se a menina é perigosa ou não) e os lobos e vampiros rá, ela terá mente e corpo de 25 e poderá viver uma vida imortal como a de seus pais, mas com a capacidade de gerar filhos (capacidade que os vampiros não tem).

Pelos comentários da autora (mais alguns trechos do livro) os 4 livros de crepúsculo seriam apenas uma introdução a outro(s) livro(s) onde a protagonista seria Renesmee que estaria dividida entre o amor de Jacob e de outro rapaz da mesma espécie que foi fundamental para proteger a menina de ser executada pelos Volturi.

Resumo da ópera: Stephanie Meyer é uma mormón/caça-níqueis ambulante/escritora bem sucedida de séries guilty pleasure.

Hades disse...

Anônimo disse...
Gente um OFF TOPIC ----

(...)

Alguém ficou indignada com essa coisa estranha do filme? O lobinho Jake fica o tempo todo sendo usado pela Bella como brinquedo e no fim ele se apaixona pelo bebezinho da Bella e todo mundo acha isso normal?

12 DE MARÇO DE 2012 23:37

Na verdade isso gerou uma onda de indignação por parte dos fãs (e da própria Bella do livro, que tenta matar o Jacob quando descobriu).

Na história o Jacob sofre uma paixão imposta pelos seus genes de transmorfo (descobrimos no ultimo livro que eles não eram lobisomens de verdade, mas apenas humanos capazes de se tornar animais) que encontraram o parceiro com os genes mais compatíveis com os dele.
Ou seja, Jacob não era atraído pela Bella, mas sim pela metade dos genes da filha que ela iria ter no futuro.
(o que me faz pensar se ele não se sentia atraído pela "metade dos genes" do Edward, hehehe)

No filme definem o imprinting falando como a pessoa se tornar o ponto mais importante do universo e que daquele momento em diante o apaixonado fará de tudo para conquistar seu amor, protegê-la e torná-la feliz.

O imprinting é algo tão importante para os lobos que a guerra termina (mesmo eles não sabendo se a menina é perigosa ou não) e os lobos e vampiros acabam tendo que se tornar aliados para proteger Renesmee.

Jacob não é o único que sofreu imprinting com um bebê naquela tribo, há outro lobo que é citado sendo babá de uma menininha de 3 anos, protegendo-a até que ela cresça e possa decidir se quer amá-lo ou não.

Caso o transformo maltrate seu amor ,mesmo que por acidente, sofrerá um agonia imensa.

O lobo-alfa da tribo, numa vez que se transformou numa explosão de raiva, arranhou o rosto da esposa. Os outros lobos (que compartilham as consciências uns dos outros quando transformados) dizem que é terrível terem de sentir o remorso e culpa que ele sente.

Os transmorfos, após a primeira transformação, param de envelhecer e só voltam a fazê-lo se sua amada o aceitar como parceiro para, assim, envelhecerem junto dela numa vida mortal.

A filha de Bella tem crescimento acelerado: após 7 anos seu crescimento cessará, ela terá mente e corpo de 25 e poderá viver uma vida imortal como a de seus pais, mas com a capacidade de gerar filhos (capacidade que os vampiros não tem).

Pelos comentários da autora (mais alguns trechos do livro) os 4 livros de crepúsculo seriam apenas uma introdução a outro(s) livro(s) onde a protagonista seria Renesmee que estaria dividida entre o amor de Jacob e de outro rapaz da mesma espécie que foi fundamental para proteger a menina de ser executada pelos Volturi.

Resumo da ópera: Stephanie Meyer é uma mormón/caça-níqueis ambulante/escritora bem sucedida de séries guilty pleasure.

Hades disse...

Cortou uma parte:
O imprinting é algo tão importante para os lobos que a guerra termina (mesmo eles não sabendo se a menina é perigosa ou não) e os lobos e vampiros se unem para proteger Renesmee.

Ela, mestiça de vampiro e humana, tem crescimento acelerado: crescerá até os 7 anos, que é quando terá mente e corpo de 25 e poderá viver uma vida imortal como a de seus pais, mas com a capacidade de gerar filhos (capacidade que os vampiros não tem).

Anônimo disse...

hahaha to rindo tanto aqui do contorcionismo, lola! "eu faço por mim" uahuahuahuahuaha "meu corpo, minha escolha" uahuahauhauha surreal

"chega de falar de cu" me lembrou "vamos falar de coisa boa, vamos falar da (iogurteira top therm/filmadora tekpix/cogumelo do sol)"

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Uma vez fui depilar a virilha para ir á praia e, assim, do nada e sem me avisar, minha (ex - adivinhe por que) depiladora tascou cera no meu c* e depilou lá. NEVER AGAIN!
12 de março de 2012 13:12



gente!!!! hahahahahah tadiiiiinha, que horroooor! mas to rindo muito de tao absurdo que é ahahahahah

Anônimo disse...

um Anônimo disse...
Gente um OFF TOPIC

e um off topic a gente até entende acontecer, mas não a ponto de várias pessoas focarem em algo que desvirtua totalmente do assunto do post ::: isso chega a ser falta de civilidade, não se tocam?
@NôNim@

Anônimo disse...

shushuahahashuuuuu invejem-me que até meu cu é super feminino !!! não tem pêlo e assim nenhuma depiladora tem o q fazer pra fuçar nele, é somente brinquedo d@ p@arcei@a.
@nôNim@ P@ndeMôni@

Anônimo disse...

seje feliz no inferno dos outros http://www.youtube.com/watch?v=fAS4_x2gJ10

não seje ingênua e vá você usar antisardina para clarear sua circunferenciazinha!
http://www.seculovinte.com.br/pt/produtos/produto.php?codigo=78
Claire

Anônimo disse...

mulheres realmente patrulham DEMAIS umas as outras. paremos com isso. desde que eu descobri o blog da lola, eu não falo mais mal da aparência de ninguém. eu já não falava antes, agora eu realmente me patrulho pra guardar meus comentários pra mim. chega a um ponto que você fica insensível, não te incomoda mais se a outra tá de black power verde e lycra de zebra.

agora, não dá pra negar que os homens que ficam obcecados com cor de cu ou de virilha estão influenciados pela pornografia misógina (que é 90% do que se encontra grátis na internet). eles deviam dar graças a deus de estarem comendo alguém, ainda mais se for uma parceira, namorada, alguém de quem eles supostamente gostam.

eu tenho amigas que depilam o cu unicamente pq o namorado não gosta de cu peludo e já fez piada ou se negou a fazer sexo oral. fazer o outro se sentir mal quanto ao próprio corpo, controlar a sexualidade, isso é uma forma clara de opressão. não é toda mulher que se garante e tem a autoestima tão alta a ponto de chutar um babaca desses.

se a gente não se opõe, não se manifesta contra, vamos internalizando grilos até então inexistentes. por ex, as mulheres nunca tiveram problemas com seus pêlos (e sexo oral, beijo grego e tudo mais são práticas milenares) mas hoje em dia existe um pânico geral sobre o assunto.

eu adorei o post, realmente to precisando me libertar. passei boa parte da vida evitando praias e piscinas por vergonha. impressionante como a gente se condiciona e aceita que os outros, os infelizes, nos expulsem de espaços públicos.

LisAnaHD disse...

LoLa, seria bem legal vc voltar a cancelar a opção Anônimo, pois o que era troll com nick virou troll se passando por Anônimo. -- Sobre o assunto clareamento anal eu já li ou ouvi... até pensei que houvesse lido post seu há algum tempo atrás ou talvez alguém tenha comentado algo em algum post sobre beleza imposta? Sei lá, LoLa, mas tenho cá comigo que o assunto já rolou aqui, inclusive sobre clareamento vaginal... pudera, leio tanta coisa por todo lado. Mas vamos ao que me trouxe aqui agorinha enqto espero minha cama ficar quentinha com o cobertor elétrico... pq conforto por um precinho à toa a gente não perde, né?

Essa foto do seu post... o creme Esotérica para clareamento da pele é um produto muito antigo nos EUA e a gente compra por uma bagatela em qq prateleira de supermercado, farmácias e afins. É muito popular entre as mulheres hispanas que vieram para os EUA e que em seus países trabalhavam no campo ou outras que se regalavam ao sol da praia e adquiriram manchas do sol no rosto. Outras mulheres adquirem manchas parecidas com as do sol, mas são manchas por algum desarranjo hormonal durante a gravidez ou por tomarem a pílula. Eu tenho alguma mancha na bochecha, coisa que apenas eu enxergo, acho... e já usei o creme Esotérico pq a mancha se acentua no verão e por curiosidade o usei, mas for mancha pela mal funcionamento do fígado e/ou da vesícula dizem que a mancha não desaparece, sei lá. Outro dia alguém me encomendou o Fade Cream AMBI para o mesmo uso e eu comprei no supermercado por uns trocados numa liquidação entre os produtos de beleza.

De volta ao que até então eu sabia sobre o creme Esotérica
http://www.youtube.com/watch?v=c7YgXZp9n0g

Daí,pra minha surpresa, cheguei aqui: "The Secrets Behind Pretty Private Parts" http://www.bellasugar.com/Secrets-Behind-Pretty-Private-Parts-166479

e dei com que a Esotérica está sendo usada pro clareamenteo anal !!! mas a embalagem me parece a antiga, usada por mocinhas até... vc não tem ideia como é judiada e manchada a pele de moças da roça de países como El Salvador, México, Guatemala, etc. e aqui nos EUA elas ficam encantadas com o precinho da Esotérica... eu descobri esse produto com essas moças minhas alunas em curso de inglês, LoLa.

E isso aqui
"Apparently, anal bleaching is the new Brazilian waxing."
http://www.shopinprivate.com/anbleaccream.html

e aqui http://www.intilight.com
um dermatologista americano, dr. Thomas Balshi, apresenta um vídeo sobre o produto que ele criou para o clareamento anal... todos querem seu quinhão $$$

e um forum bom sobre clareamento e coloração e descoloração da pele... há caso em que a vagina é tão descolorida que chega a ser amarelada e isso constrange a mulher, no caso uma mocinha ainda virgem. http://www.medhelp.org/posts/Womens-Health/skin-discoloration-in-armpits-and-vaginal-area/show/25317

Bem, LoLa, meu post foi longo... eu sei... apenas procurei me informar sobre o assunto e gostaria de compartir com VOCÊ e se puder ser útil a alguém, ótimo!

LisAnaHD disse...

ah não é troll todo Anônimo... acima do meu comment alguém comentou com importância de seriedade... até vou me atualizando com o que rola em termos de sexo entre os casais... nunca enfrentei nada desses dramas... me parece que os homens do meu tempo de solteira não eram da mesma laia de uns tantos e qtos que rolam à solta atualmente... e meu marido nunca me magoou com comparação e o que quer que seja... pra ele eu sou Mulher 10 e cuide-se Bo Derick...

LisAnaHD disse...

e esse creme aqui que é pra apertar o que já foi clareado !!!!
http://iulren.com/how-to-use-intivar-cream-for-its-optimal-results.html

LisAnaHD disse...

da página http://www.Amazon.com
"My Pink Wink Cream" is specifically formulated for anal bleaching. Due to it's gentle and effective ingredients, this product is safe to use on any darker colored area of the body. It works to fade the pigment of nipples, underarms, knees, elbows, inner thighs, and age spots on hands and face. My Pink Wink Cream does not contain hydroquinone. It is safe to use on the entire pubic area on women and men.

I have been using My Pink Wink Cream on my vaginal and anal areas for 4 weeks. My skin has faded slightly from a brownish tone to a light brown tone. My goal is to have it more pinkish cream-like to match my regular skin tone. I used the cream on my inner labia area and it does not sting at all. It is very gentle. The cream doesn't have a fragrance which makes me more comfortable using it on my private areas. I usually apply the cream myself, but I have had my boyfriend apply it sometimes to make sure I am getting the whole back end area covered properly.

A few months passed and I really like the results. My vaginal area is as pink as I want it. I am still using the cream on my anus because it still looks a bit darker than what I want. I never checked to see if a Dr. could prescribe anything but most Dr.'s prescribe hydroquinone to lighten the skin and I didn't want to use that since I have heard some arguments against it."

LoLa, pra vc ler e depois pode deletar, se o preferir. Aviso a quem se interessar possa, esse produto é bem mais caro do que a Esotérica...

Joana de Souza disse...

Li o post, achei interessante... Mas, alguns comentários sinceramente são de rir.

Gente falando que sexo anal é coisa de gay... Oh My God!

Seguinte: sexo vaginal, oral, e anal são todos sexos! Entenda de vez isso!

Você gostar ou não de algum deles, não muda o fato disso ser sexo!!!

Conheço casais que realizam todos esses tipos de sexo e/ou fetiches e casais que se restringe a alguns...

Um cara gostar de ter anal com a esposa dele, não é nada de mais. Isso não o torna um monstro ou gay!

O que não é correto é alguém ser forçado a fazer qualquer coisa que não queira. Isso não diz respeito somente a sexo anal, tem pessoas que morrem de nojo de oral.

Vi que muitos (as) ai não deve sair do "papai e mamãe" na cama. Bom, é direito de vocês, parabéns!

Agora não critiquem quem quer experimentar e/ou aproveitar de todas as formas o prazer do sexo.

Eu faço sexo vaginal, oral e anal. Cada um deles é único, cada me da um sensação diferente. E não me considero melhor nem pior que ninguém.

Parem com esse preconceito besta.

Carol disse...

Conheço mulhegeres que adoram sexo anal, então...
Eu nunca fiz então não tenho opinião formada, a única coisa que eu posso diszer é que vontade eu não tenho e que que se alguém reclamar da cor do seu cu tem algo realmente errado com essa pessoa

Carol M disse...

Joana, errado é o cara forçar a barra pra mulher q não gosta fazer sexo anal e ainda se sentir no direito de ficar chateado se ela diz não. Isso só comprova que ele acha que ela tem obrigação de satisfazer os desejos dele.
E sim, pela lei atual, essa pressão para que ela faça esse tipo de sexo sem gostar é estupro sim. Envolve abuso psicológico.

Anônimo disse...

não tinha lido nenhum comentário falando de gay antes desse da joana. de mais de 100 comentários, nenhum. dada a ênfase dela, dei um search e encontrei um só, de 3 linhas, anonimo. me incomodou esse "voces isso, voces aquilo" sendo que a autora e 112 comentaristas não falaram nada a respeito, pelo contrário, disseram que é interessante desde que feito por livre vontade. sei la, as vezes eu acho q as pessoas escolhem se incomodar para levantar bandeiras. o post é sobre aceitação do corpo, clareamento anal, patrulha de imagem. não é sobre sexo anal, ninguém está criticando tal prática (falou-se até em beijo grego por aqui, oq certamente não entra na categoria papai e mamae).

lola aronovich disse...

Também estranhei o comentário da Joana, porque li todos os comentários, deletei alguns (surpreendentemente, este post teve poucos trolls – não estou reclamando!), e não achei que a condenação do sexo anal foi uma constante nos comentários. Sequer foi o assunto principal. Teve uma leitora (meio suspeita, pareceu homem se passando por mulher, mas vai saber) que contou que seu marido a forçava a fazer sexo anal. Daí a condenação, né? Não ao ato em si, mas à parte de forçar.


Aproveito pra comunicar pro pessoal de Franca, SP: hoje tem palestra minha às 14 horas, na Unesp. Apareçam!

Joana de Souza disse...

Teve um comentário falando que se o cara tem tara por anal ele deve ser gay, que isso é coisa gay, ou nesse sentido... Só se ele foi retirado.

Carol
Não entendi porque você falou o que falou, sendo que eu falei que não é certo forçar ninguém a nada!
Força não é só no sentido físico, mas psicológico também...
Releia meu comentário pois você não entendeu.

OBS.: Para não fique mal entendido.
Sou contra forçar qualquer pessoa a fazer algo que ela não queira!
Temos que fazer as coisas por livre vontade!

Anônimo disse...

Beijo Grego
Anilingus significa literalmente o intercurso da língua de alguém com o ânus de outrem (ou mesmo de si próprio, embora uma pessoa capaz de fazer isso seja com certeza dotada de invulgar elasticidade). Na prática, o Anilingus (também conhecido por Botão de Rosa, Beijo Negro, Beijo Grego, Beijo Natalistico, Beijo Bauruense, Beijo Allanistico, Laminha, e Rimming) consiste em lamber e beijar o ânus, pela fruição em si-mesma ou como preliminar para o sexo anal, pois o toque ágil, doce mas semi-áspero da língua relaxa o esfíncter e propicia uma melhor abertura do ânus. Este é provido de inúmeras terminações nervosas constituindo uma zona erógena particularmente sensível a qualquer estimulação. Uma vez que o Anilingus é a prática sexual sem preservativo que envolve menos riscos de contágio AIDS, é crescente a sua popularidade nas relações quer hetero quer homossexuais. Por ser uma tecnica muito relaxante, muita gente a utiliza antes do sexo anal de forma a dilatar o anus, ou como forma de massagear intensa e agradavelmente, pela proximidade, a raiz do pênis, estimulando o seu fluxo sanguíneo e consequentemente a ereção.

resumindo: Beijo Grego é um beijo no qual se introduz a língua no ânus d@ parceir@.

~~~~~~~~~~~~

É isso mesmo!!! Beijo Grego nada mais é que beijar o ânus... e daí? qual o mistério? não entendi porque tanto estardalhaço!!!

~~~~~~~~~~~~

“Beijo Grego” não é “beijar alguém naquele lugar”. É fazer carinho com a boca no ânus de alguém (supostamente que você ama muito ou por quem você tem bastante apreço). Tudo começou há muito tempo atrás, na Grécia Antiga, durante um tórrido momento de carícias trocadas entre um mestre e um pupilo.

~~~~~~~~~~~~

Ah tábão, o Mestre era Sócrates e o pupilo, Platão? Mas isso não é nada platônico, esse tal Beijo Grego.

Anônimo disse...

A palavra grega para beijo é φιλί (fili). Pronunciar os dois i's com o mesmo som dos i's em Fifi.

Anônimo disse...

Gente, eu na minha inocência achei que o cu de todo mundo era rosa.

A não ser que vocês estejam falando da área em volta do cu, aí sim.

Eu sou branquinha, nascida em colônia de alemães, e ainda assim a pele em volta do meu cu é um pouco mais escura. Quem liga? Se um cara reclamar da cor em volta do meu cu, vou ter um ataque de riso.

Mas eu depilo o cu com cera sim, porque eu gosto de sexo anal e de beijo lá também, e aumenta a sensibilidade. Mas isso é frescura minha.

~ Nimerya

Anônimo disse...

aqui a gente aprende quando menos se espera e agora é esse tal beijo grego, enfim beijo é sempre bom e no fiofó não deixa de ser "o" beijo!!!!!!!!!!!

Beijos na arte
Cinema
1927: O primeiro filme vencedor do Oscar de melhor filme, "Wings" (Asas), também foi o primeiro filme (de que se tem registro) a mostrar dois homens beijando-se. Trata-se de um beijo na face, entre dois grandes amigos, os personagens Jack Powell e David Armstrong, no momento em que esse último estava à morte, ferido em batalha aérea. O beijo foi apresentado de forma fraternal, absolutamente não-sexual e não-erótica.

1942: O filme "Casablanca" emocionou audiências do mundo inteiro com a cena do beijo de despedida que o personagem de Rick (Humphrey Bogart) dá em Ilsa (Ingrid Bergman).

1953: O filme "From Here to Eternity" (A Um Passo da Eternidade) apresentou uma das cenas mais reconhecidas de beijo da história do cinema: a que ocorre entre as personagens de Burt Lancaster e Deborah Kerr enquanto estão deitados na areia da praia.

1955: No filme de animação da Disney "Lady and the Tramp" (A Dama e o Vagabundo), enquanto os personagens-título comem um macarrão espaguete simultaneamente, de lados opostos, seus lábios se encontram no meio.

1967: O filme "Guess Who's Coming to Dinner" (Advinhe Quem Vem Para Jantar) causou furor por mostrar o relacionamento de um bem-sucedido médico afro-americano (Sidney Poitier) e uma garota branca da classe média alta (Katharine Houghton). Em uma das primeiras cenas do filme, os dois personagens beijam-se num táxi que pegam ao sairem do aeroporto.

1989 "Cinema Paradiso", de Giuseppe Tornatore, presta, na sequência final, uma homenagem ao beijo no cinema. O projetista Alfredo (Philippe Noiret) deixa de herança para seu amigo e auxiliar Salvatore (Jacques Perrin) um rolo de filme onde estão montadas todas as cenas de beijo (e algumas de nus) que haviam sido cortadas pelo padre de localidade, pois os cinemas da Itália, pertenciam, em sua maioria, à Igreja.

1992: A partir desta data são entregues anualmente os MTV Movie Awards. Dentre as categorias dos prêmios está a de melhor sequência de beijo, cujos primeiros premiados foram Anna Chlumsky e Macaulay Culkin pelo filme "My Girl" (Meu Primeiro Amor).

2002: Numa das principais cenas do filme "Spider-Man" (Homem Aranha), o personagem-título (Tobey Maguire) beija Mary Jane (Kirsten Dunst) de cabeça-para-baixo.

2005: O filme "Brokeback Mountain" causa furor em praticamente todos os lugares do mundo em que foi lançado. A cena em que Ennis (Heath Ledger) reencontra Jack (Jake Gyllenhaal) pela primeira vez em anos, e se beijam logo imediatamente, é uma das mais lembradas. Acabou por levar um MTV Movie Award de melhor sequência de beijo.

beijos bejos bjus a vós deixo muitos beijos

Joana de Souza disse...

Nossa, esse post mostrou-me muita coisa... Tem muita gente aqui que pelo visto não explora o sexo. Gente que nunca ouviu falar de beijo grego? Como assim?? E laia...

Joana de Souza disse...

Correção, fiz um comentário e coloquei o nome "Carol", mas na verdade era pra "Caral M.".

Agora sim é para você "Carol":

"Carol disse...
Conheço mulhegeres que adoram sexo anal, então...
Eu nunca fiz então não tenho opinião formada, a única coisa que eu posso diszer é que vontade eu não tenho e que que se alguém reclamar da cor do seu cu tem algo realmente errado com essa pessoa."

Se você não senti vontade realmente não faça, para o anal, ter vontade é "requisito master"... Eu também conheço muitas mulheres que gostam e sou amante dessa prática também.

Respeito quando as pessoas dizem que não gostam, porém, não é o mesmo principalmente vindo de mulheres quando digo que gosto!

As minhas amigas acham que eu deixei de gostar de sexo vaginal por causa do anal.Mas, na verdade não tem nada ver uma coisa com a outra...Cada tipo de sexo tem seu lado de prazer, só isso. Um dia quero anal e o no outro não, assim como quero oral em um dia...

Cada pessoa é de um jeito. Eu mesmo não tenho quase nada de fetiche (amarrar, bater/apanhar), isso realmente não me atrai. Mas, não tenho nada contra quem goste disso. Devemos ser livres para fazer o que gostarmos.

Curta o sexo.

Carol M disse...

Joana, meu comentário pra vc foi pq ninguém falou mal do sexo anal per se, só da situação de forçar, e vc veio com o papo que o povo aqui só faz papai e mamãe. Acho que quem não leu bem os outros comentários foi vc.

Luiz disse...

Anna Nery,

Você já leu um belo livro do filósofo Arthur Schopenhauer, chamado "Como Vencer um Debate sem Precisar ter Razão". Neste livro o autor mostra que a técnica de pseudo-argumentação é muito eficaz para atingir tal objetivo. Para isso basta que você acione o imbecil coletivo presente nas multidões tentando estabelecer conexões entre fatos e coisas que não tem nada em comum mas que na sociedade sofre repugnância. Veja que você começa o texto me chamando de machista (tenta me colocar um rótulo que é repugnado pela sociedade atual) e em momento algum tenta rebater meus argumentos e sim tenta me achincalhar principalmente usando a agressividade nas palavras (Se estivesse do meu lado provavelmente estaria gritando). Depois tenta associar pornografia ao estupro (Outra coisa repugnante) apesar de não existir nenhuma fonte ou pesquisa confiável que mostre essa associação que você faz (Você citou Dorwking mas vou debate-la mais a frente). Depois associa a pornografia ao dinheiro (No Brasil quase sempre pessoas ricas são criminalizadas). Até agora seu texto não traz nada de novo do ponto de vista argumentativo. Por enquanto ele só apresenta os defeitos de um texto discursivo. Tem muitos adjetivos e quase nenhum substantivo. Um bom texto discursivo tem que ser sustentado em argumentos e fatos.

Você disse que a pornografia aumenta as taxas de estupro (Esse argumento não é seu, ele está no livro da Dorkwing chamado "Pornography—Men Possessing Women"). Bom, mas quem mostra que a Dorkwing está errada é outra feminista, que me parece ser muito respeitada pelas outras feministas, Naomi Wolf (Pelo menos os textos delas são muito linkados. Este blog da Lola inclusive recomenda as colunas dela em um dos jornais mais respeitados do mundo, o britânico "Guardian"). Tendo em vista que a explosão do pornô se dá na década de 1970 é de se supor que os dados coletados em 1981 não eram estatisticamente significantes para Dorkwing fazer previsões confiáveis e como ela tinha sérios problemas com a figura masculina (Ela detestava os homens por causa do casamento horrível que ela viveu) ela transferiu essas impressões pessoais para algo que ela achava ser ruim. Naomi Wolf não diz que a pornografia é boa (Eu discordo dela. Acho que é indiferente) mas acha que a principal da consequência da pornografia é a perda do interesse dos homens pelas mulheres. Ou seja homens que vêem muita pornografia perdem a libido pelas parceiras reais que encontram no cotidiano. Caso você tenha disponibilidade leia o livro dela intitulado "The Porn Mith". Mas caso você não tenha muito tempo, leia um resumo escrito pela própria autora escrito neste texto. Será uma ótima oportunidade para você atualizar sua leitura, principalmente a leitura dita feminista.

http://nymag.com/nymetro/news/trends/n_9437/

Luiz disse...

Caso você tenha lido o texto viu que Wolf apresenta alguns argumentos que contraria as suas posições. Não precisa me rebater. Rebata os argumentos dela. Aguardo o seu retorno.

Caso queira pode entrar em contato comigo que te envio o trabalho publicado no "Journal of Sex Ressearches" que citei no comentário anterior. No artigo cujo título é "Voluntare Men Esposure to Porn don't Increase the Sexual Violence and Rape", a autora pesquisa os índices de violência sexual a partir dos anos 60 e compara com crescimento do consumo de pornografia nos maiores mercados consumidores per capita, que são EUA, Suécia, Reino Unido e Holanda e não encontra nenhum a correlação entre violência sexual e consumo de pornografia. Em países como a Suécia o consumo de pornografia explodiu e as taxas de violência sexual caiu se comparado com os anos de 1960. Ou seja, você pode até continuar sendo contra a pornografia mas terá que trocar de argumentos. Outra sugestão; leia os grandes clássicos da literatura, pois isso evitará que você cometa erros velhos e passe a cometer somente erros novos. Metade dos problemas da humanidade já foram debatidos, cabe a nós debater a outra metade. Será a nossa contribuição para os tempos vindouros.

Cordial Abraço.

Anônimo disse...

Luiz:

Blz tudo que escreveu.

uma pseudoargumentação muito presente aqui é a de que fulano ou beltrano é troll. A partir de então está justificado o apedrejamento.

Abraço

Anônimo disse...

luiz, eu não sou antiporn. mas também não acho que qualquer pornografia é válida. as que simulam estupro e envolvem pedofilia são bastante preocupantes, ao meu ver.

LisAnaHD disse...

Lola é mais do que uma mulher que gosta de escrever: ela é uma opinião ativa. --LaLo
http://eu-lalo.blogspot.com/

Anônimo disse...

Pornografia pode até não aumentar as taxas de violência sexual,o esturpro propriamente dito,mas cria uma noção de sexo irreal sim,os meninos crescem vendo essas porcarias(mulher gozando SÓ por levar tapa na cara,beber taças de esperma,sexo anal com brutalidade,,o sexo termina quando o cara goza e etc etc etc)acreditam piamente que sexó é isso,e quando a namorada/esposa não segue o script é rotulada como fraca na cama,afora o fato de que esses caras ficam cada vez mais entorpecidos,sempre querendo inventar algo novo pra se excitarem.

Anônimo disse...

Ahhh, sempre aparece algum defensor da pornografia por aqui.
Defender a pornografia sabendo o que rola na maioria desses filmes é tããão desonesto.

tsc tsc.

Anônimo disse...

fiquei alienada me perguntando se minha cor circunferencial está adequada que até pedi para meu marido de mais de 12 anos de casamento se ele está está realmente satisfeito com o cor da minha circunferência íntima, sobre a qual passo um tempão sentada, e marido checou a cor disse que me cai muito bem o castanho escuro do meu cu com o contraste do ruivo com que tinjo o cabelo da cabeça... e já que tava lá dando um vistaço na coloração começou a falar algo em grego e eu, que não capisco niente em grego, precisei de tradução e marido traduziu com um beijo... grego, claro.
Justine S.

Luiz disse...

Olá, Anonima(o).

Dizer que é desonesto ser favorável a pornografia só por causa do que rola na maioria desses filmes (Você não disse o que rola) não cola. Apresente os seus argumentos para debatermos. Suponhamos que role algo desagradável, mas dai deveremos proibir o consumo de ferro gusa simplesmente porque pode se usar trabalho semi escravo na produção do carvão vegetal é um baita de um exagero. Ou suspender a produção de roupas simplesmente porque de vez em quando algumas empresas usam o trabalho de bolivianos em condições bem análogas a escravidão na cadeia produtiva. Deveríamos suspender o comércio de iphones por causa dos das condições de trabalho dos chineses que trabalham na Foxcom. Tem grupos que exploram a mão de obra na produção de roupas e outros que exploram a prostituição e pornografia. Mas há pessoas que fazem isso por que querem. Uma busca na internet vai te mostrar que um monte de gente comum distribui pornografia por ai. Uma grande maioria é mulheres e algumas ganham dinheiro com isso.

A ampla maioria das feministas costuma ser contra a pornografia, mas não conseguem unificar um discurso, justamente porque não consegue provar que a pornografia é algo ruim para a mulher. Dei o exemplo no comentário anterior. Tanto Dorkwing quanto Wolf são contra a pornografia mas os argumentos de ambas são completamente antagônicos. Eu tenho um palpite mas acho que não tem nada a ver com qualquer coisa que possa degradar a mulher como indivíduo. É mais uma relação de poder.

Anônimo disse...

é, Luiz, uma relação de poder do homem sobre a mulher reproduzida em todos os níveis, inclusive o sexual. Totalmente compreensíveis as posições de ambas escritoras. Como neutralizar o machismo se grande parte da pornografia que todo menino já assiste desde sempre vem eivada do papel do homem como dominador?

Abraço/////

Lyanna disse...

Primeiro que nem todo porn reflete essa visão

Segundo que essa questão de dominação depende do ponto de vista.

Eu sou feminista, mas quando eu transo de 4, não me sinto dominada nem inferiorizada. Muito pelo contrário, fico lá bonitinha recebendo prazer do meu parceiro. Me sinto like a boss, na verdade. Sem falar que é uma das posições mais confortáveis e prazerosas pra mulher.

E quanto ao boquete... Oras, é o homem que está submetendo um órgão extremamente sensível, o pênis, à sua boca, que pode ser uma arma perigosa nessa situação.

Viu como pode ser questão de ponto de vista?

Ah, eu gosto de tapa. E de dar tapa também.

Achar que filme pornô aumenta o sexo malfeito é a mesma cosia que achar que video-game aumenta a violência, filmes de ação formam assassinos, etc... tem que saber separar ficção da realidade.

Cora disse...

clareamento de cu é phoda! o pessoal tá mesmo é precisando clarear as ideias.

Anônimo disse...

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS HOMENS E AS FRUTAS?
Um dia, as frutas amadurecem...

PORQUE AS PILHAS SÃO MELHORES QUE OS HOMENS?
Porque elas têm pelo menos um lado positivo...

POR QUE SÃO NECESSÁRIOS MILHÕES DE ESPERMATOZÓIDES PARA FERTILIZAR UM ÚNICO ÓVULO?
Porque os espermatozóides são masculinos, e machistas, e se negam a perguntar o caminho.

QUAL A SEMELHANÇA ENTRE OS HOMENS E OS ESPERMATOZÓIDES?
Só se salva um em um milhão.

Anônimo disse...

Não Luiz(?), eu realmente não comentei detalhadamente as coisas doentias que rolam na maioria esmagadora dos filmes pornos e não comentarei, pois isso poderia deixá-lo sexualmente excitado, e eu não te darei esse prazer.

Até nunca mais.

Anônimo disse...

lola, apaga essas piadas aí de cima. algum mascu colou isso aí pra depois sair dizendo "ah lá as feministas fazem piadas sexistas". sendo que ninguém aqui acha graça disso e tal.

Anônimo disse...

Luiz, sou o anônimo das 21:39 que não escrevi o comentário das 03:49.
Não sou contra a pornografia no geral, mas não posso avaliar as consequências dela no Brasil e ao redor do planeta. Sexo existe desde que o mundo é mundo e os abusos e estupros idem.

Abraço/////

Maria disse...

Lola, que texto mais fofo.
Aliás, eu ainda não comentei sobre minhas impressões da sua palestra OU perguntei se você gostou do brownie.
Você É uma fofa, uma pessoa super gentil e com um sorriso encantador. E sua palestra no IFCS foi como estar no blog, só que ao vivo. Adorei te conhecer!
Não sei se você lembra de mim, sou a de cinza na foto: http://marialasilveira.blogspot.com/2012/03/ah-ja-ia-me-esquecendo.html

lola aronovich disse...

Querida Maria, foi vc que me deu o brownie? Super obrigada, adorei! Foi devidamente devorado, tava ótimo. E obrigada também por todos esses elogios... Ah, adorei a palestra na UFRJ. Conheci um montão de gente legal. Olha, vou te contar: até agora dei muita sorte em TODAS as palestras. Só gente boa mesmo! Eu ia dizer que só atraio gente legal, mas aí me lembrei dos trolls e haters e preferi ficar quieta. Vamos dizer que a enorme maioria das pessoas que atraio é super bacana!

Maria disse...

Eu mais do que entreguei o brownie. Eu o fiz cheio de amor e tietagem ;)
hahahahahaha

Ana Torres disse...

Quase posso dizer que te amo, Lola, depois de ler este texto! Parabéns!

Anônimo disse...

"Porque não tem a ver comigo. Tem a ver com eles" Genial. Muitas vezes guiamos nossas vidas pela opinião quem não está nem aih pra gente.

Akei disse...

nossa, q lindo seu post Lola <3
AMEI todas as suas palavras de motivação...e realmente, pq devemos dar atenção a quem nos odeia, ñ é mesmo?

muito obrigada por existir e escrever essas coisas pras pessoas necessitadas de auto-estima ^^

um grande bezzo purpurinado e fique bem ;***

Ray disse...

Lola vc é minha ídola!!!Concordo 100%!!!

Juliana disse...

Lola, para essas pessoas estúpidas nós mulheres nunca estaremos perfeitas e (não estaremos mesmo,pois beleza é relativo.Mas não são só homens machistas que são estúpidos não.Tem muitas mulheres que tb são,e geralmente são aquelas que tem o dobro dos nossos defeitos inexistentes,mas os delas geralmente são reias.Lola,eu tenho uma amiga que toda vez que eu ia na casa dela,a mãe dela fazia um comentário sobre o meu corpo.Primeiro ela falava q eu antigamente era mto magrinha,depois falava que eu engordei,outro dia falava q minhas pernas estavam grossas,outro dia q eu tava com barriga,outro dia q eu emagreci,outro dia q eu engordei.A imbecil reparava cada milímetro do meu corpo toda vez q me via,antes de me cumprimentar ela falava do meu corpo.Como consequencia eu ñ fui mais lá por isso e tb por ñ ter afinidades com essa amiga em questão.Nem falo mais com essa mulher,outro dia ela passou por mim falou comigo e eu ignorei.Pessoas estúpidas sei q não vão faltar,mas eu resolvi cortar tudo que for ruim da minha vida,inclusive esse tipo de gente.E daqui por diante vai ser assim: bateu,levou!Antigamente eu pensava q eu tinha q ser educada e respeitar as pessoas e tal,e continuo pensando assim,só q quando é recíproco.Agora eu me dou o direito de pagar ofensa com ofensa e continuo retribuindo amor com amor!

Ana Paula Amaro disse...

Emagrecer realmente é MUITO dificil, mas aceitar o próprio corpo é mais ainda. Eu fui uma dessas que passou ANOS indo à praia usando leggin e camiseta, já nem levava biquini mais de propósito. Se alguém perguntasse eu tinha esquecido em casa ou estava menstruada e não podia entrar no mar. Até que depois de muitas lágrimas, muita raiva por não ter um corpo legal, eu finalmente percebi que se eu não queria fazer nada a respeito era melhor que eu aprendesse a me aceitar. Hoje, mesmo 10 kg mais magra, ainda não me sinto totalmente satisfeita comigo mesma, ainda estou a cima do peso, mas e daí? O corpo é meu e ninguém tem nada a ver com isso. Hoje coloco meu biquini e vou caminhar na beira da praia sem neura e ainda fico incomodando as amigas gordinhas, traumatizadas com a celulite que ninguém tem nada a ver com a bunda delas! Preciso muito agradecer você por escrever seu blog, Lola. Cada post seu faz com que eu me sinta melhor comigo mesma e com todos os meus defeitos.

Anônimo disse...

Nossa... li este post em 2012... e hj fez mais sentido ainda... não entro no mar (que amo) desde 2011, e moro em cidade de praia... quanto tempo perdi... Obrigada pelo lembrete deste post!