terça-feira, 19 de janeiro de 2010

POR ESSA VOCÊS NÃO ESPERAVAM: EU FALANDO DE BBB

Vocês podem não acreditar, mas estou acompanhando o BBB 10! É verdade. Tem horas em que preciso desligar o cérebro de todas as tensões da mudança pra Fortaleza e da indefinição sobre meu emprego, e nisso uma novelinha de reality show costuma ser boa. O chato é que vicia. Vi a semana inteira. Não sei até quando verei o programa, pois a partir de amanhã estarei sem TV (o caminhão de mudança vai levar), e continuarei sem TV mais ou menos até o dia 20 de fevereiro (prazo previsto pra transportadora entregar os móveis em Fortaleza).
Minha maior crítica a qualquer das edições do BBB nem é que incentive o nosso voyeurismo ou que promove pessoas que serão famosas por quinze minutos ou que realize as piores profecias do George Orwell. É apenas que os participantes são todos muito iguais. Em geral eu não consigo distinguir uma sister da outra. Todas siliconadas, prontas pra posar pra Playboy. E os carinhas, pra posar em alguma G Magazine ou algo do tipo. Todos são da mesma faixa etária, todos mais ou menos dentro do padrão de beleza, quase todos brancos, todos classe média ou média alta. E, até esta edição, praticamente todos héteros. Não me lembro quais edições de BBB eu já assisti. Aquela em que duas pessoas “do povo” foram sorteadas, e uma delas ganhou, essa eu vi (e gostei). Gostava daquela mocinha que reinterpretou a letra de “We are the world”. Não me lembro o nome de ninguém. Ah, vi também aquela edição que revelou a Grazy (não me digam que foi a mesma dos pobrinhos!). A que consagrou o Jean eu vi alguns episódios (capítulos? Dias? Como se diz isso?).
Desta vez eu fui dar uma conferida por causa da Twitess, a tal de Tessália. Não tenho twitter, não gosto de twitter, mas a Tess é uma celebridade no meio, e fiquei curiosa. No programa, ela vem sendo bem fofinha. Meio parada e sem graça, mas inteligente (ela percebeu que foi a segunda mais votada no paredão da semana) e uma boa jogadora. Parece saber o que faz.
No mesmo dia que fiquei sabendo que a Twitess estaria no BBB, ouvi falar da presença de Elenita. Ela é doutora em linguística, algo bem próximo do meu universo. Dei uma olhada no Lattes dela, e o currículo da jovem doutora é muito bom. No primeiro dia do programa, quando todos se apresentaram, eu gostei dela. Mas logo ela se perdeu. Acho que ela se preocupa demais com que o público pensa dela, tadinha. Ué, quando ela voltar à vida real e a dar aulas, será sempre aquela uma que participou de um BBB. E lógico que um montão de gente no meio acadêmico vai criticá-la por isso. Ela não deveria se importar. A vida é dela.
Pra mim, ela perdeu a chance de se firmar no programa quando brigou com o Marcelo Dourado (uau, eu sei o nome completo de alguém!). Não por ela ter discutido com ele, mas por não ter sido mais incisiva. O cara tem uma suástica tatuada no corpo, pelamordedeus! (quer dizer, eu não vi, eles que falaram). Não interessa que o símbolo tenha 3 mil anos e signifique sei lá o quê. Quando Hitler a adotou, setenta anos atrás, ela passou a ter apenas um significado: é o símbolo maior do nazismo e do holocausto e acabou. Agora, me digam como que o Boninho, diretor do programa, não só escolhe um participante com uma suástica no corpo, como ainda o chama pra participar novamente de uma outra edição! Tipo, não havia nenhum outro carinha antipático, arrogante, macho alfa, preconceituoso, musculoso e tatuado sem suástica?! A Congregação Judaica já reclamou? Naquele dia, Elenita peitou Marcelo, mas de um jeito tímido e covarde. Compra a discussão, pô! Briga mesmo. Não tem como perder, porque o sujeito é um nojentão com suástica. Aí, quando o chato insuportável do Bial pergunta pra ela se ela se dá bem com todos, essa é a hora de falar do Marcelo. E digo mais: de peitar o programa mesmo, de reclamar que um cara com suástica tenha sido escolhido pra participar. O quê ela tem a perder?
Ainda assim, espero que ela não seja votada pra sair da casa hoje. Se ela ficar, é possível que passe a ser mais corajosa, mais autêntica. Ela tem personalidade forte, isso é óbvio, e essa personalidade vai aflorar se ela continuar mais um pouquinho. Por enquanto, só vimos um lado do seu caráter ― o da insegurança atroz. Vai, muié, seja forte! Seja você! Como me disseram lá no Rio Grande do Sul, tu já tá no inferno, agora dança com o diabo, tchê!
Ela teve sorte que a Jose, simplesmente por dar o colar de anjo (não acredito que estou usando esse vocabulário!) pro Marcelo, foi parar no paredão. Vai ser entre as duas (a insossa da Claudia não conta). Tomara que saia a ex-miss, que já participou de outra edição (não me perguntem qual).
Há também uma jornalista lésbica, a primeira lésbica assumida do programa. Ela (Angélica, é isso?) ainda não disse a que veio. E os favoritos, imagino, são um outro sucesso no twitter, um tal de Serginho ou Orgastic ou algo assim (tô com preguiça de checar), e um drag queen, o Dicesar. Tenho a impressão que o Dicesar pode cansar o público antes do Serginho. Mas eu acho bom que três pessoas GLBT estejam no BBB. Qualquer coisa que motive igrejas evangélicas a mandar emails pedindo pra boicotar um programa tá bom pra mim. O Thiago do Introspective diz que, se um dos “coloridos” ganhar, isso não mudará a discriminação que gays e lésbicas sofrem. Mudará a vida de apenas um gay, não de todos. Eu até concordo, mas sou mais otimista. Creio que um programa que tem uns 30 pontos no Ibope pode influenciar. É verdade que a vitória do Jean uns tempos atrás não alterou nada. Mas quem sabe, se o grande público for exposto a mais gays e lésbicas boa gente, “normais”, gente como a gente, ele não amoleça seus preconceitos?
E nisso o Marcelo pode ser importante, como homofóbico-mor do programa (ganha do Bial, perhaps?). Torço pra que haja um enfrentamento e que o neonazi tente explicar por que gays o incomodam tanto. Mas não sei se a edição do programa corta ou se os participantes são todos burrinhos, porque é raríssimo haver alguma discussão mais profunda ou inteligente. Por exemplo, eu li que a dançarina Eliane estava conversando com o Dicesar sobre o Marcelo, e ela disse não ter preconceito contra homofóbicos. Quer dizer, é uma declaração estúpida. Temos sim que combater homofóbicos, machistas, racistas, elitistas etc. Mesmo que eu não soubesse mais nada sobre o Marcelo, eu teria preconceito contra ele pelo simples fato do cara tatuar uma suástica no corpo. Aí junta isso com a homofobia que ele demonstra nas suas piadinhas. E é pra não ter preconceito contra o cara?! Então, eu queria saber o que o Dicesar respondeu. Não é possível que um cara de 44 anos, que já deve ter tido aquela conversa 150 vezes na sua vida, não explique direitinho (pra Eliane e pro público) por que o combate aos preconceituosos é importante. Tem uma doutora lá e um cara com muita experiência, e mesmo assim todo mundo vai falar de silicone o tempo todo? Vamulá, pessoal! Um debate interessante já valeria o programa!

83 comentários:

Tina Lopes disse...

Lola, eu realmente não esperava isso de você, hahahah! Eu também comecei a ver o BBB, mais pra entender as piadas no twitter e nos blogs (o da Mary W tá linkado lá no meu, e o Te Dou Um Dado ao vivo é muito engraçado) e só vi inteiro o episódio (?) de ontem. Acho que a comunidade gay, ou de qualquer minoria, sempre tem a ganhar, não só o indivíduo. Quem acompanha esses realities seriamente verifica que a pessoa é gay e o identifica inicialmente como tal apenas, mas depois acaba percebendo que se trata de uma pessoa com mil outras características.

Lord Anderson disse...

Eu até ja tentei acompanhar BBB mas não consigo me empolgar, deve ser falta de identificação com o pessoal que aparece por lá.

Talvez se tivesse alguns nerds discutindo se a Enterprise vence um destroyer Imperial...

Mas serio esse papo da suastica???

Como assim a produção não viu ou não se importou com isso???

Mariana. disse...

Por essa eu não esperava MESMO! Mas, sem dúvida, BBB é uma excelente fonte de descontração.

Vi várias edições e só posso dizer que gostaria que pessoas com maior poder de análise votassem, porque até hoje, poucas vezes eu vi a justiça ser feita. (em suma: acho que o público, algumas vezes, escolhe errado). (mas também não faz muita diferença: a maioria dos vencedores, atualmente, já torrou toda a grana do prêmio. Alguns trabalham como vendedores em lojas de sapato, donos de carrinho de hot dog, desempregados, etc. Eles bem que podiam ter umas aulas de economia e investimento com você!).

Voltando. Esse bbb tá sendo bem mais interessante que as últimas edições. Achei o grupo mais promissor.

Sobre Marcelo Dourado: eu não sei se ele tem mesmo uma suástica. Mas se tiver, é crime (de racismo, já que entre outras coisas, essas pessoas pregam o fim dos negros, gays, judeus, etc. me corrijam se eu estiver errada). Acho que o BBB é um programa melhor quando reune pessoas com pensamentos diferentes, mas daí a chamar um potencial criminoso, é demais.
Ele obviamente tentou se justificar com o fato de que a suástica é muito mais antiga que Hitler, o que realmente é verdade. Mas outro dia eu li algo mais ou menos assim: mesmo se você pretende passar determinada mensagem através de um texto (uma propaganda, por exemplo), e as pessoas entenderem - mesmo que forçadamente - uma mensagem diversa, a culpa é sua. O 'criador' deve prever a reação do 'receptor'. E o Marcelo sabe muito bem que, por mais que a suástica tenha milhares de anos, quando alguém avista uma, a associa diretamente ao holocausto. Além do mais, essa justificativa não cola pelo simples fato de que ele demonstra ficar extremamente desconfortável perto do grupo homossexual da casa.

Ontem ele teve a coragem de dizer, após soltar uma piadinha sobre gays e o Dicesar responder 'piada triste, hein?', que ele não gostava do fato de que os outros podem falar o que bem entenderem e ele não poder fazer uma piada sequer: 'olha como é o preconceito', disse ele (como se ele, branco, homem e hetero) fosse vítima de discriminação, e não os gays.

Quanto a Lenita ter sido pouco enérgica ao defender sua opinião, não sei mais o que ela poderia ter feito. Porque lola, quando eu penso diferente de você, por exemplo, é possível estabelecer um diálogo, um debate onde uma tenta convencer a outra. Mas existem casos que a diferença de idéias é tão gritante, que nem um diálogo é possível. Não há um único ponto de concordância. Fica difícil conversar...

Enfim. A jose foi mesmo muito burra de ter dado a imunidade pro dourado. E por esse motivo, por ela já ter participado e por ser ela a que eu gosto menos (detestei ela na outra edição também: burra e falsa), acho que ela deveria sair. Mas não vai ser isso que vai acontecer: a lenita é quem vai deixar o programa hoje. Porque ela não é tão bonita quanto as outras, por que ela opina, porque ela é mais autêntica (e mais difícil).

(eu disse que o povo não sabe votar. Espero que minha previsão esteja errada dessa vez).

Quanto a Tessália, eu juro que queria torcer pra ela, que realmente tem se mostrado muito sagaz. Mas pro meu gosto ela anda falando demais em complozinho, em grupinho... querendo manipular aqui e ali... Sei lá, ela é inteligente mas poderia ser mais. O serginho tem se saído o melhor brother até o momento. Um fofo.

PS: o bial é o homofóbico mor, com certeza! Cada comentário, cada gafe, cada fora! Vergonha alheia...

PS 2: desculpe o comentário tão comprido!

Mariana. disse...

PS: lola! Parece que a federação israelita que impedir o Marcelo Dourado de exibir sua tatuagem no programa. (a suástica é invertida e faz parte de um desenho maior, mas de fato existe).

não sei em que pé anda a polêmica agora, mas foi isso a útima coisa que fiquei sabendo.

=draupadi= disse...

é débora, conforme-se... nem a lolinha está imune ao espírito b.b.lino =(

Rita disse...

Oi, Lola

é, essa eu não esperava mesmo.

Devo ter assistido a umas 3 edições do BBB, mas pretendo passar longe da atual. Ando com pouco tempo para outros hobbies que adoro e BBB é um troço altamente viciante. Nas edições que vi sempre começo vendo um ou outro episódio e logo quero ver como o troço se desenrola... já vi esse filme. Então não vem você me tentar não, tá?

Quanto ao da suástica: é justamente o que o Boninho quer, né: drag queens, gays e um neo nazista no mesmo ambiente? 1+1? Agora, é de se pensar: permitir que um indivíduo com tal tatuagem integre um elenco de um reality show não é permitir uma certa dose de apologia ao nazismo, não? Ora, o cara vai ser filmado milhares de vezes por várias semanas, em um programa de grande audiência (ainda é, não é?). Eta, nós, o cara é premiado com publicidade e "sucesso" (coisas valorisadíssimas) por ser um babaca... mas... qual a surpresa, mesmo?

bjocas
Rita

Bruno Stern disse...

Dos poucos momentos em que acompanhei, me lembro bem que opovo que vota não decide tanto assim.

As edições eram bastante tendenciosas no dia de eliminação.

Não se continua, mas era bem engraçado. Aparecia uma pessoa só em momentos ruins, sendo grosseiro de mau humor e acordando de cara amassada. O candidato seguinte aparecia sendo legal, rindo na piscina, de bom humor.

Mei disse...

hahaha...nem eu esperava por essa, Lolita. Eu só vi o primeiro BBB e nunca mais assisti. Detesto muuuuito esses reality shows...pra mim é tudo muito manipulado e falso. Aquele Bial me irrita, ver BBBs em todo lugar me irrita. Se eles ainda falassem alguma coisa que enriquecesse minha cultura e me ensinassem alguma coisa, eu até veria. hahaha. mas é tudo fofoquinha, intriguinha...só besteiras.

Por enquanto fico com a National Geographic. A vida das formigas é mais interessante. :D

beijocas.

Talita Figueiredo disse...

Lola, não se preocupe por ficar sem a TV. BBB é como novela, sai tanta notícia na net que vc pode acompanhar o programa todinho sem precisar da TV.

Eu só assisti um dia e mesmo assim to por dentro de tuuudo só pelos comentários e piadinhas dos blogs da vida! rsrsrs

cronicasurbanas disse...

Hahaha, então o bug do BBB te fisgou? Isso acontece, Lola, o perigo é se apegar... :-)

Olha, nunca tive a menor paciência para programas desse tipo, e para esse em particular. Quando eu quero espairecer e me desligar dos problemas, saio pra fazer uma boa caminhada no parque (os dias quentes de verão nas montanhas são ótimos pra isso!) ou pra tomar umas com os amigos, leio um livro do Veríssimo ou vou pra cozinha bater um bolo, sei lá. BBB definitivamente não está no meu repertório!

Abraço
Mônica

Patricia Scarpin disse...

Estou em completo choque. ;)

Anônimo disse...

Não quero defender o Marcelo, o jeitinho cafajeste dele é um velho conhecido, mas a suástica invertida, aquela que ele tem tatuada no meio de outros desenhos, é um símbolo BUDISTA e está estampada na fachada de vários mosteiros pelo mundo. Nunca ouvi ninguém dizer que os monges eram noenazi e mandarem eles retirarem o símbolo que Hitler inverteu e se apropriou. PARECE a suástica nazista, NÃO É. Procurem se informar.

Anônimo disse...

Pensei que hoje finalmente você ia comentar sobre o globo de ouro, mas.... BBB, Lola?! =/

Adri.

Luciana Håland disse...

Acho ótimo ver o bbb e adorei seu post sobre, e se tá no inferno, dance com o diabo, continue vendo e escrevendo sobre. O que mais gosto do bbb säo os comentários que surgem na internet, as análises, as exposicões de pensamento sobre.
Também näo consigo distinguir quem é quem ainda, e vejo pelo You Tube, já que não moro no Brasil nem tenho tv brasileira em casa, e também vejo sem fissura, mas gosto.

Não vi a suástica do Dourado, mas vi o vídeo da discurssäo, concordo que Elenita devia mesmo ter sido mais enfática no que disse e que se mostre mais, senão vai se perder, infelizmente.

aiaiai disse...

Eu nunca vi e nunca verei. Tenho um motivo pessoal: me dá nojo! Sério. Não consigo imaginar como seres humanos se dispõe a fazer isso. Por dinheiro nenhum do mundo eu me colocaria numa situação dessas. Por isso não tenho estomago para ver e quem vem falar sobre isso comigo já leva um "não faço ideia do que vc está falando" de cara.
eu até comecei a ler o seu post, já que gosto de tudo o que vc escreve, mas me deu nojo. Eu disse, é pessoal.

Kaká disse...

Lola, que legal que vc vê o BBB! Eu sempre acho que é válido, nem que seja para ficar por dentro das fofocas da net. De todo jeito, concordo que o pessoal lá dentro podia ter mais coragem, ou pelo menos assuntos mais interessantes.
Eu gosto de ver na terça, na quinta e no domingo (que são os dias que mostram mais coisas).

O Boninho pordia ter trazido de volta a Tina bate-panela, ia ser mais interessante.

Mariana. disse...

com certeza a Tina ia ser a melhor! hahaha, rio só de lembrar, maluquete.

A suástica adotada por hilter é a mesma suástica budista, hindu, e que foi conhecida por diversas comunidades primitivas, inclusive aqui, na américa.

De fato, a suástica em si não tem nada demais: lembra o movimento em torno do centro, e passa a idéias de ação. Significa 'bons ventos' para os budistas.

Ocorre que, atualmente, pelo menos pra grande massa mundial, esse símbolo antes inocente e até bonito, simplesmente tomou outro significado e é, por todos nós, associado ao nazismo.

Moda MeSsHhmo disse...

Não consigo mesmo ver esse BB...é chato d+...acho que as conversas sobre religião, política e afins são cortadas...já ouvi falar que aquele canal com 24h de BB em alguns momentos fica mudo...vc acha que a Globo é inocente??? Você acha que em ano de eleição não existiria nenhum comentário político (mesmo com pessoas que adoram falar de silicone)? Imaginem só se alguém falasse bem do Lula, corte na certa...se falassem mal, viraria até capa de jornal..."Até BB's criticam a política de Lula"...rsrs

Devathai disse...

Acho que a suástica deveria ser mais é entendida e respeitada do que simplesmente proibida.

Porque se para uma grande parte da população mundial ela causa um mal-estar relacionado ao nazismo, para uma outra grande parte, eu diria cerca de um bilhão de pessoas, considerando entre hindus e budistas, ela é um símbolo sagrado.

Então ela deveria ser sim compreendida não como 'o símbolo do Hitler', mas como um símbolo de cerca de cinco mil anos de existência, que o Hitler, em sua loucura, assimilou e usou indiscriminadamente. Mas um símbolo que ainda assim é sagrado para MUITA gente. Assim como a cruz é algo sagrado para muitas outras pessoas, independentemente do tanto de gente que morreu na Inquisição. Não estou querendo relativizar nada, mas acho válido que certos esclarecimentos ocorram junto à população em geral.

canis sine dentibus disse...

Não importa a origem do símbolo, se ele está para a direita ou para a esquerda, se ele é ou já foi usado com outros significados por outros povos, o que importa é que desde da década de trinta ele é o símbolo de uma corrente ideológica perversa e remete a fatos também perversos que anulam qualquer positividade que ele possa representar. Ninguem que tenha nascido depois de 1945 vai associar a ele qualquer coisa boa e qualque pessoa que carregue este símbolo é identificado com o que ele representa hoje e alguem que o tatua hoje em dia o faz sabendo qual é seu signifcado e se o faz mesmo assim, no mínimo, se identifica com isso. Se esse tal bbb fosse tão espiritualizado quanto um monge budista que usaria uma suástica com sua simbologia "original", acho que ele não estaria num programa como o bbb, nem demonstraria ser homofóbico, misógino, elitista, etc como ele faz em suas atitudes(que nãose assemelham nem um pouco às de um monge ou de um bom budista) comentários e piadinhas. Vendo o tipo de pessoa que ele parece ser, é bem mais provável associá-lo ao nazismo queao budismo.

Patricia Daltro disse...

Lola, realmente me surpreendi, vc era uma pessoa que eu achava que nunca veria BBB! rs Viu? preconceito meu.


E dessa edição, estou gostando exatamente dessa abordagem, o preconceito, não só sobre gays ou heteros, mas de intelectuais, sarados, etc.

Não acho coincidência a primeira escolhida para o paredão ser uma professora de linguística, assumidamente gorda, apelida "gentilmente" pelo homem que tem, não uma suástica, mas uma cruz gamada, que é sim, um simbolo milenar apropriado (e invertido)por Hitler, afim de "justificar" filosoficamente o nazismo.

Agora, eu assisti o debate da professora com o Dourado e ouvi dele a seguinte pergunta: "e se fosse a suástica, qual seria o problema? É apenas um símbolo" - Achei que a Elenita se preocupou em explicar como se estivesse dando aula e não em um jogo onde um comentário dela bem feito e incisivo, significaria a saída do participante. Acho que falta uma certa malícia e agressividade (sem violência, é claro) da participante.

Alias, achei interessante também que o preconceito maior não está restrito ao universo homofóbico, pelo contrário, vejo uma aceitação maior dos participantes aos gays, do que ao corpo gorducho da professora, a conversa um pouco mais nivelada de Alex.

Lena, a doutora, disse no segundo dia de jogo, que parecia ter voltado à sexta série, onde era discriminada por ser diferente... Até o momento esse é o resumo do jogo, para mim.

E só para constar, eu sou viciada em BBB, rara são as edições que não assisto, por isso, acho ótimo poder conversar sobre o tema por aqui também.

Também espero que aconteçam discussões mais profundas do que quantos mls de silicones irão ser colocados nos peitos e bundas da turminha.

Patricia Daltro disse...

Só mais uma coisa, acho que não me expliquei bem: Não importa se o símbolo não é uma suástica nazista, mas o símbolo budista na qual foi baseada. O pior é o cidadão tatuar algo que ele não sabe o que é e achar que a suástica é só um símbolo bobo! Como assim?! É o peso histórico da violência que esse símbolo representa?!
E o apelido que ele colocou na professora foi "doutora em linguiça!" - isso dito com risinhos, já que a linguiça em questão, era algo que a professora estava precisando, segundo ele.

Bárbara disse...

Por favor, Lola, com tanta coisa para passar o tempo e você vai ver logo BBB? Lembro que quando eu era menor e queria assistir o programa, o meu pai expressamente não deixava. Hoje agradeço a ele por isso.

Mudando de assunto, finalmente passei as fotos do bolo para o computador. Foram só duas. Eu não achei esse tal de cremor tártaro por isso não o coloquei.

Aquela massa que é feita com 300g de chocolate derretido, manteiga, etc. ficou muito grossa e acho que foi por isso que o bolo não deu muito certo, já que na hora de cortar para colocar o recheio ele, literalmente, despedaçou-se todinho. Mas com ajuda da cobertura e do recheio, deu para dar uma melhorada no visual. Ah, e todos aqui gostaram muito do bolo =)

Fotos:

(antes de desenformar)
http://goo.gl/NX16

(depois de desenformado e devidamente remendado)
http://goo.gl/1WUN

Ah, e que tal, depois que você e sua televisão chegarem a Fortaleza, achar outro passatempo? Até dormir vale, não é?

Beijos.

Luz! disse...

Eu realmente gosto dessa participação dos homossexuais na edição. Ontem mesmo estava discutindo com uma pessoa sobre isso. Tudo bem que não se pode esperar grandes avanços vindos de um programa como o BBB. Mas, oras, só pelo raio de influência que isso significa. Acho que é algo positivo sim!

Pras pessoas que já lutam contra o preconceito e contra a homofobia, pode não parecer grande coisa ver homossexuais num programa que não representa nada em termos políticos. Mas, imaginem o que significa saber que centenas e centenas de pessoas super conservadoras estão vendo isso. No primeiro dia do programa, na apresentação do Sérgio (que acho muito fofo!) passou o pai dele (um senhor aparentemente sisudo) dizendo que ama o filho e que não queria que ele fosse diferente.

Gente, imaginem o que é isso para as tantas famílias conservadoras do Brasil (tiro pela minha família - tios, primos, tias - super homofóbica, que deve estar vendo o BBB lá no interior da chapada diamantina)? ver um senhor com cara de sisudo declarando seu amor e respeito pela escolha do filho gay que usa maquiagem e tudo e que, sei lá, é mais feminino que eu! rs

Eu acho legal! para os mais politizados uma participação no BBB pode não significar grandes ganhos. Ou nenhum ganho, já que é um programa que só perpetua valores pobres, viciosos e nada transformadores. Mas, oras, estamos falando de homossexuais e tabus sendo colocados em rede nacional (na maior rede nacional) em horário nobre. Invadindo vários lares conservadores e levando, ao menos alguma polêmica. Acho que é uma quebra de paradigma, e bastante válida.

Como a Lola disse (e eu adorei): Qualquer coisa que motive igrejas evangélicas a mandar emails pedindo pra boicotar um programa tá bom pra mim.

Beijos Lola!

Tina Lopes disse...

Sobre o Dourado: às vezes um charuto é só um charuto, mas uma suástica é sempre uma suástica.

Roberta disse...

NãoOoooOoo,a Lola tá vendo BBB,quem diria!Nunca imaginei que vc se interessaria por isso Lola!

Alias o caminhão da mudança levou sua TV?Chama a policia!!! ;)

Rita disse...

Devathai, gostei de sua colocação. É verdade, às vezes falamos do mundo ocidental como se ele representasse o planeta inteiro. Tudo bem, mea culpa. Mas, só para constar, é no mundo ocidental que o programa está sendo exibido. Beleza?

bjs!
Rita

Vitor Ferreira disse...

Lola, toda vez que eu vejo BBB eu tenho a sensação que o meu QI tá em queda livre e que Godofredo, Frederico, Felícia e Mafalda (meus neurônios queridos) estão sendo chacinados. Aquele povo que passa o tempo inteiro discutindo besteira e brigando por porcaria, mas em tom de seriedade me dá nos nervos. Pelo pouco que eu vi sobre esse programa na casa de amigos, essa Elenita é uma descontrolada. Depois que o Dicesar disse a Joseane qual o nome dela pra indicá-la ao paredão, ela marcou com a cara dele. E pelo jeito dos gays todos. Inclusive mandou pelo twitter que a desvinculassem da comunidade contra homofobia do orkut. Não gostei dela.

lola aronovich disse...

Oi, gente! Fico feliz em chocar vcs! Respeito totalmente quem vira a cara pra BBB. É uma perda de tempo sim, mas, se a gente pensar bem, a maior parte da programação de TV (e muito do cinema escapista) é também. Mas querem levar um outro choque? Sabem que programa eu gosto MESMO, muito mais que o BBB? O APRENDIZ! Sério. Sei que não tem nada a ver comigo, que o objetivo é subir na vida, enriquecer e tal, mas aquele programa é totalmente viciante. Quer dizer, o brasileiro. O americano com o Donald Trump eu nunca vi mais de meio capítulo (quando morava nos EUA; não tenho TV a cabo), e o que vi detestei. A ética protestante deles parece que move montanhas no sentido de total falta de ética... Eu fiquei surpresa quando vi um pedaço do Survivor deles. Lá vale tudo pra vencer. E depois é a gente que tem jeitinho...

Mas então, a questão da suástica do Marcelo: na realidade, não dá pra ver. Se eles não tivessem falado (ele é que falou? Com orgulho? É um idiota mesmo! E tapado), ninguém iria saber. Neste blog mostram a imagem. Ele tem um samurai tatuado no braço, e na saia do samurai, várias suastiquinhas. Acho que não dá pra ver sem lupa. Mas a questão é: você tatuaria uma suástica no seu corpo? Por mais minúscula que fosse? Monges budistas tatuam suásticas? Sei lá, mas o Marcelo tá longe de ser um monge budista. Eu não estou querendo ir ao Oriente e derrubar as suásticas que eles tem lá, com suas tradições milenares. Mas a gente vive no Ocidente, e aqui a suástica representa o nazismo. Não tem como fugir, como reinterpretar o símbolo. Não existe isso de “o significado quem faz sou eu”. Sabe, seria como usar capuz branco da Ku Klux Klan e dizer que não é racista, que só tá usando o capuz branco porque acha bonitinho, e que o capuz branco significa o que ele quiser que signifique. Doce ilusão.
Acho que a Globo nem sabia que o Marcelo tinha essa tatuagem. Pelo que entendi, foi algo mais recente que ele fez, que não tava em seu corpo na outra edição em que participou. Tem gente da comunidade judaica pedindo a expulsão do Marcelo, e não acredito que a Globo fará isso, mas imagino que deve estar torcendo para que ele seja posto pra fora logo. Porque polêmica com símbolo nazista é meio pesado demais prum programa como este.
E gente, eu sou a única que não acha a Elenita gorda?! Ela tá um pouquinho acima do peso, tem pernas grossas, mas gorda?! Gorda sou eu, pô!


Barbara, o seu bolo ficou LINDO! Dá a maior vontade de mergulhar lá dentro! Espetáculo mesmo... se o sabor estiver próximo da aparência, deve ter ficado ótimo!

Alba Almeida disse...

Olá, Lolíssima.

É verdade são todos tão iguais que não consigo diferenciar. Confesso que não acompanho... mas por favor, com tantos milhões de inscrições, nada de diferente?!?!?!?.É chato e cansativo. Ui!
É isso... beijos.

Carina disse...

Ah, Lola, acho que a Globo sabia sim. Até porque tem um rapaz judeu nessa edição. Será que é mero acaso?

Débora disse...

Eu não assisto mas acompanho os posts da Mary W só porque adoro o que ela escreve e se ela resolvesse escrever sobre futebol de botão eu leria também. Porque ela faz uma leitura do programa que transforma todo o vazio e futilidade daquelas pessoas em aula de sociologia.

Gio disse...

Eu até gostei da participação GLS no programa, mas porque os gays homens têm todos que ser do estereótipo afeminado e estravagante?
Não tenho nada contra eles, mas não seria melhor ir contra os estereótipos ao querer melhorar as condições das minorias?

Carol disse...

Lola, pela primeira vez entro aqui e discordo (em partes) contigo. Sou uma viciadinha em BBB (sorry), comecei assistindo a edição dos pobrinhos que foi o BBB4 e nunca mais consegui largar o vício. Mas o meu ponto de discordância é o Bial... pra mim ouvir alguém falar mal do Bialzinho só não é mais grave que falarem mal do Chico Buarque (meu Chico) perto de mim, viro bicho mesmo! hahaha

Tem um blog dos mais famosos sobre BBB que eu leio e acho que tem algumas considerações interessantes que tu podes acabar "te apegando". É o De Cara pra Lua e a Susan me lembra muito tu em algumas coisas. Dá uma olhada lá.

Bjo e sorte na mudança!

Andréia Freire disse...

Ela falou sobre feminismo numa das estrevistas antes de entrar na casa. Aqui: http://bbb.globo.com/BBB10/Noticias/0,,MUL1440057-17402,00-ELENITA+BRINCA+AFIRMANDO+QUE+ESTA+SOLTEIRA+DISPONIVEL+E+A+PROCURA.html. Mas achei equivocado. O que feminismo tem a ver com não ser sensível? Isso faz de alguém menos feminista? Não entendi mesmo a colocação dela. Talvez a edição tenha sido mal feita também. E aqui: http://bbb.globo.com/BBB10/Fotos/0,,GF78483-17401,00-FOTOS+PRECONCEITO+E+MACHISMO+TIRAM+ELENITA+DO+SERIO.html#fotogaleria=1.

Devathai disse...

Então, gente, vocês estão no mundo ocidental, eu estou no mundo oriental, e tá todo mundo no mesmo barco da globalização. E isso implica em informação que corre com uma velocidade inigualável em todos os tempos. E isso implica em tentarmos respeitar as diversidades, por mais que elas venham de encontro às nossas convicções pessoais. Não taxar o outro de nazista já é um bom começo. Eu até entendo a alusão ao Hitler e suas atrocidades, desde que se trate de uma suástica sozinha. Agora, uma micro suástica no corpo de um samurai em uma clara alusão à cultura oriental? Eu hein.

Iseedeadpeople disse...

Oi Lola! Tbm comentei sobre o BBB, que eu nunca assistia e confesso que neste, a presença dos "coloridos" me animou a acompanhar!!!


http://emformol.blogspot.com/2010/01/e-comecou-o-big-bosta-brasil-10.html

Mas no geral os participantes são todos iguais: siliconadas e marombados com QI de ameba. Caraca, NINGUÉM fala algo que preste naquela casa? E só ficam gritando e pulando que nem uns retardados? Afe, isso me irrita!!! E concordo com o seguinte comentário:

"Talvez se tivesse alguns nerds discutindo se a Enterprise vence um destroyer Imperial..."

Qto a suástica, é uma longa discussão.... sou budista , meu marido é hindu, e confesso que não me conformo da suástica ter sido escolhida por Hittler pra representar o nazismo.
Acho um símbolo bonito, mas infelizmente jamais a tatuaria, justamente pelas graves implicações que o símbolo teria aqui no Ocidente. Mas o que me irrita é o desconhecimento total das pessoas, que acham q a suástica foi inventada por Hittler, e discutem como se ela tivesse um significado absoluto, e não RELATIVO. Era isso que a Lenita deveria frisar: o significado da suástica no NOSSO contexto. Ela falou como se houvesse SÓ o significado nazista, e por isso me decepcionei. Achei q ela fosse mais culta...

Shoujofan disse...

Eu não vejo BBB e não vi tal a discussão. Mas olhar um samurai, ou um mangá, ou um templo budista, ou uma decoração hindu com um manji, a suástica da tatuagem do sujeito, e imediatamente associar ao nazismo denota uma postura etnocêntrica e, sim, uma cultura geral muito rasa. E não digo que a pessoa que se sinta ofendida ou faça a associação direta não deva falar sobre o assunto, mas acusar alguém categoricamente de nazista, ainda mais quando a tal suástica está dentro de um contexto, no caso a roupa de um samurai é, no mínimo bobagem. Mas vindo de BBB não me surpreende.

Tempos atrás, houve um anime (desenho japonês) em que uma personagem tinha um manji na testa, foi colocado um blur para que as pessoas não se ofendessem. É censura, mas eu não diria que é de todo ruim, porque sempre há os idiotas de plantão. Mas voltando ao ponto, a tal moça poderia ter se prendido (*estou exigindo demais, eu sei*) ao fato da associação da suástica ao nazismo ser muito mais forte do que as demais dentro do senso comum e que o rapaz em questão poderia ser mal compreendido. Acusá-lo de nazista somente por isso (*sei lá o que está rolando nessa budega*) é vergonha para ela na minha humilde opinião.

Iseedeadpeople disse...

Gente, eu vi o link que a colega colocou, com a foto da tattoo,

http://babado.ig.com.br/bbb10/noticias/2010/01/18/bbb10+exibicao+de+simbolo+ligado+a+nazismo+irrita+comunidade+judaica+9355089.html

Sinceramente? É muita histeria!!! O desenho tem todo um contexto!!!
Se forem na minha casa então, vão me prender por apologia ao nazismo: tenho estátuas e quadros de Ganesha e outros deuses hindus com a suástica ali sempre presente!!!
Isso quer dizer q sou nazista?

Iseedeadpeople disse...

Mas olhar um samurai, ou um mangá, ou um templo budista, ou uma decoração hindu com um manji, a suástica da tatuagem do sujeito, e imediatamente associar ao nazismo denota uma postura etnocêntrica e, sim, uma cultura geral muito rasa [2]

Sheila disse...

Mas olhar um samurai, ou um mangá, ou um templo budista, ou uma decoração hindu com um manji, a suástica da tatuagem do sujeito, e imediatamente associar ao nazismo denota uma postura etnocêntrica e, sim, uma cultura geral muito rasa [3]

Totalmente de acordo... a gente esquece q a cruz gamada já existe há muito antes de hitler no Oriente.Mesmo depois do Nazismo, não creio q as pessoas no Oriente tenham dissociado a cruz gamada de seu significado... eu obtive um mangá chamado Blade, q foi publicado aqui no Brasil, aonde o personagem principal usava uma cruz dessas enorme em sua roupa. Em nota, o editor explicava o que o símbolo É lá do outro lado do mundo...

Se a cruz gamada estivesse sozinha no corpo do cara ainda ia, mas pelamor, ela estava dentro de um contexto, no desenho...
Se bem q o fato dele ser uma mula não ajuda em nada...
Como não assisto, não sei como aconteceu essas cenas q vcs falam, mas a Glóbulo edita aquele troço... é assim q ela cria os "mocinhos" e os "bandidos" dentro daquela casa...

Masegui disse...

Lolinha,

Fui!! Retornarei quando o blog voltar a ser interessante...
.
.
.
.
Brincadeirinha... mas, BBB? tenha dó!

Tá, reconheço que quando tomo umas e outras eu sento pra ver TV e vale qualquer coisa, até novela!
(devo lembrar que durmo em 5 minutos, no máximo!)

Andréia Freire disse...

Putz, odeio quando corta o link.

"Elenita brinca afirmando que está solteira, disponível e à procura

DJ diz que fama de feminista não vai durar dentro da casa"

Além de levantar a bandeira contra a homofobia, Elenita diz que é feminista, mas não muito. Dentro da casa, a professora universitária acha que essa fama pode cair por terra se conhecer alguém que desperte seu interesse. A DJ entra na casa solteira, disponível e à procura.

“Agora a minha fama de feminista vai para o ralo. Mulher sente diferente. Eu sou pisciana, que chora, é muito sensível. Se me apaixonar, vou sentir o jogo diferente. Só vou tentar ter o pé no chão. Prefiro viver de verdade”, analisa.

Caso me esqueçam disse...

quando eu tava no brasil, evitava o bbb. e reality show. e a globo. e a tv. isso tudo eh taaaao viciante... e meu tempo eh taaaao curto. eu nao sei quanto tempo vou viver, po. nao quero passar em frente a tv :(

::

e por falar em tempo curto, eu sei que voce tem o seu assim, mas se quiser ver o fim da historia:

http://casomeesquecam.blogspot.com/2010/01/do-desintupimento-da-pia-ou-da.html

besos!

Marlena disse...

Quase não assisto TV - acho a maioria dos programas um lixo - e BBB é das coisas mais desinteressantes.

O blog é seu e tem o direito de falar e escrever sobre o que quiser, mas eu li seu post e senti que perdi tempo.

Túlio disse...

Lola, eu tenho pay per view e vejo que alguns participantes têm algumas conversas bastante interessantes, mas que a Globo não mostra pq futilidades dão mais ibope, acredito.

Ontem, por exemplo, houve um bate papo bem legal sobre preconceito, principalmente racial. O advogado, a Elenita (a doutora em linguística) e o Uillian (o negro da casa) conversaram pra mais de uma hora sobre o assunto. Falaram sobre escravidão, cotas raciais e a história do negro no Brasil. O advogado, que tem certo conhecimento, explicou como e pq o negro veio a ser escravizado. E eles chegaram à conclusão que, sim, o Brasil é um país bem preconceituoso.

Hoje a Cláudia, o Dicésar e a Angélica discutiram sobre homofobia, e o projeto de lei que criminaliza a homofobia foi até citado. Foi uma conversa interessante, mas duvido que seja exibido no canal aberto.

Ana disse...

Lola,

Eu não consigo assistir nem para me distrair.Acho muito complicado vender algo como real quando na verdade é tudo armado. Ou será que foi apenas coincidência que o diretor tenha anunciado um bejo gay no programa e alguns dias depois tenha rolado um selinho? Não sei se a orquestração promovida pela Globo será positiva para os gays. Outra coisa, a chamada doutora ainda não terminou o doutorado, ou seja, é mestre ainda. Quando a Dilma disse no lattes que tinha doutorado o mundo caiu, mas a BBB pode?

Beijocas,

lola aronovich disse...

Ana, vc viu o currículo Lattes da Elenita? Diz que ela fez o doutorado entre 2003 e 2008, pela Unicamp. Obteve o título. É doutora.

Lu-Bau.Blog disse...

Lola, esta eu não esperava tb!
BBB eu não assisto, mas dá para acompanhar sem ver. O tanto de informação que recebemos, é impossível ficar impune.
Vou comentar sobre o Jean, vencedor de um BBB. Ele, infelizmente, maninipulou e usou do fato de ser gay para ganhar. e a população caiu de patinho no jogo dele. Acho que foi um dos poucos BBB's que a Globo não conseguiu o resultado esperado, pois ela queria a tal da Priscila (acho que era o nome) tanto é que ele nunca mais apareceu.

mayara disse...

Lola, você pretende continuar escrevendo sobre o BBB?

Luciano disse...

É boa essa Globo, né não? rs

Cris Prates disse...

Não gosto de BBB. Assisti a esses que vc citou. Não gosto da Globo. Não assisto mais Globo. Prefiro "A Fazenda".

Ly disse...

bom, não vamos esquecer que além dos gays tem um judeu na casa com o neonazista!!!a globo tá mto loca nesse bbb, só pode! juro que fiquei feliz com o gay, a lésbica e a drag, ainda brinquei que queria uma travesti tb, mas pelo que andei vendo(pois é já cansei!!)nada de mto bom foi discutido ou aproveitado com fato deles estarem lá...

ok sei que é um saco ter que levantar a bandeira TODA vez, participar de TODAS as discussões, ter que se defender SEMPRE e que mtas vezes a gente deixa passar pq cansa explicar "gay isso, gay aquilo, gay blábláblá", mas gente eles estão na tv!!!em um programa com um mega ibope, um programa que minha vó assiste!a mesma vó que acha um absurdo a neta ter uma namorada! por isso acho que não custa nada uma discussão ou outra p/ mostrar que gay é gente, como todo o resto, p/ mostrar p/ minha vó que assim como eu tb tem mais meninas com namoradas por aí e que alguns meninos tem namorados tb!

lola aronovich disse...

A Fazenda eu nunca vi, nem um episódio. Mas eu acompanhei atentamente o primeiro Casa dos Artistas, aquele em que o Supla e a Barbara Paz brilharam, lembram?
E ninguém mais gosta de O Aprendiz? Só eu?
Gente, agora é 1:30 e vou dormir. Estou exausta. Empacotei e separei coisas o dia todo, sem parar. Vou ver se dá pra escrever o post sobre o Globo de Ouro amanhã de manhã. Não sei se vai dar, amanhã cedo o caminhão estaciona aqui em frente de casa... Ai, ai, dá uma tristeza ver a casa de tantos anos ficando (meio) vazia...
Abração!

Liana disse...

se ser doutora fosse sinônimo de dabate interessante e senso crítico, seus textos deveriam ser outros né.

oops... a Globo não é filha do Capeta? Pq vc assiste BBB?...

lola aronovich disse...

Parabéns, Liana! Com seus comentários inteligentes e críticas construtivas, vc acaba de ser contemplada com o título oficial de Troll Número 4 na história do blog. E olha só a honra: primeira mulher! As suas outras características parecem estar bem antenadas com as dos meus outros trolls (branco, hétero, classe média, de direita). Ah sim, os outros três também não se consideravam de direita!

Boa noite às pessoas legais!

Liana disse...

uhauhauhauha... atenção atenção: tá proibido ser branco, hetero e não ser pobre (morte a todos que se encaixam nisso!!!). Também tá proibido ser homem (morte a todos que têm pau!!!).

Ah, está mais proibido ainda não ser esquerda e nem direita e ver erros e defetos das duas coisas (ninguém mais tem direito de não concordar com nenhum dos lados, morte a quem se encaixa nisso!!!).

Alcyone Coelho disse...

Lá vem eu, falando de BBB... Eu adoro. Acho sim um monte de coisas ruins a respeito, mas assisto e gosto. Quem jogar pedra em mim, não esqueçam q isso tb é preconcieto. ahahahahaha

Lola, olha só.. alguns pontos:

Dourado/suastica:
Não, dourado não tem o símbolo do nazismo em sua tatuagem. A tatuagem é de um samurai, com o simbolo na saia q nao eh o do nazismo. As proporções da suástica nazista eram fixa numa grade 5x5.
A da tatoo do Dourado é nao é simétrica (tem uma voltinha) e é como se fosse o espelho da outra, simbolizando os templos etc... cultura da qual'ele se considera representante, pois eh faixa preta em judo, budista, etc.
Eu nao estou aqui defendendo o Dourado, mas o direito que ele tem q querer expor sua doutrina de vida em seu corpo.

PRECONCEITO: Na minha visao o grande lance desse BBB é estar mostrando o outro lado da história, nao dos gays, acreditem, eles foram recebidos de braços abertos por todos, inclusive pelo dourado, q NAO DESTRATOU ninguem, em nenhum momento. Eu vejo o PPV e ele é na dele, todo mundo faz piada de gay, etc, inclusive e principalmente os gays, SO Q ele nao pode...

Ele tem o direito de ser HETERO... ou nao?! ele tem q entrar na onda? Eu tenho amigos homosexuais, como tenho branco, preto, gordo, etc... MAS nao da p a gente ser amiguinho de uma pessoa q nao tem coisas em comum. EU nao considero ele homofóbico de jeito nenhum... posso ate mudar de idéia amanhã, mas o cara tem a vida dele, q nao tem nada a ver com a do serginho e do dicesar. Nao pode?! nao seria isso preconceito contra ele tb?@

Profa: Elenita eh uma diva louca!!! Adorei a participacao dela... Ela me lembra muito a galera da epoca em q eu fazia faculdade, totalmente underground...

Twitter: Antes de ler as mate'rias dizendo q a tess era famosa vc ja tinha ouvido falar dela?! Nao gostei daquela moça... o jogo dela é travado, fala mal de todo mundo, e SE acha a ultima conexao hifi da internet... diz perolas como "na faculdade eu dava aula p a professora, tempo perdido aquilo ali..." fala o tempo todo meio em ingles e portugues... "eles estao brigando for real?" e por ai vai... menos, tess, menos...

é isso... quanto aos belos, os sarados, etc, eh isso mesmo... eh TV ne!?

Alcyone Coelho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Alcyone disse...

Lola, eu de novo...
Publiquei o comentario duas vezes, nao sei apagar...sorry!
TB adorava o Aprendiz, vamos ver como fica agora com o joao doria junior

para os que moram fora do Brasil e para os que querem assistir o PPV sem pagar... isso tem BBB PPPV pirata tb!!!

www.justin.tv

eh so colocar BBB10 globo (coloca o globo, se nao aparece BBB do mundo todo... ) e pimba! PPV GRATIS

Anônimo disse...

Oi, Lola! Depois de tanto tempo ausente, venho aqui dar uma sugestão (depois de ler que você está com poucas opções de lazer). Se você puder assistir TV hoje (quarta) à noite, pouco depois das 22h00 há um excelente (na minha opinião, já que envolve conhecimentos gerais) programa no SBT. Chama-se 1 x 100. É um programa de perguntas e respostas e mesmo que a pessoa não goste do Roberto Justus (alguns dizem isso, não vejo razão), o programa vale a pena!)
Abraço do João. Tudo de bom.

Rita disse...

Devathai e outros leitoes que falaram aqui sobre a suástica:

Em minha defesa: eu não sabia que a tal suástica do menino era tatuada em meio a outros símbolos budistas, etc.. parece-me, pelo que foi dito aqui, que a alusão é mesmo a outras culturas e não a ideais nazistas. Menos mau. Bem feito pra mim. Não se deve meter o bedelho em assuntos sobre o qual sabemos quase nada: nunca nem vi o tal cara, muito menos a tatuagem dele. Então ele não parece ser nazista. Excelente, um a menos.

bjs,
Rita

Anônimo disse...

Eu tbm já acompanhei "O Aprendiz", em uma época em q achei q aprenderia alguma coisa com o Justus...
Aprendi q ele é chato, arrogante e q ser executivo é o trabalho mais sem graça q já vi...é ótimo pra ganhar muito dinheiro, mas é chato pra caramba.


Sheila

Mariana. disse...

Lola, claro que a Lenita não é realmente gorda, e sim está acima do peso.

Mas como voce mesma disse, lá as meninas são todas muito iguais, magrinhas e tals. Ela destoa do grupo e tenho certeza que é considerada gorda pelos demais.

Sobre o aprendiz: esse programa sob a direção do justus tem uma constante: muitas mulheres ganharam (acho que a maioria). Todas eram lindas, jovens, magras.
E tenho certeza absoluta que o justus levou isso em conta. certeza. É a cara dele.

Iseedeadpeople disse...

Qual é o problema se a Lola assiste BBB ou não? Cara, que ridículo isso, agora neguinho tem que ficar provando o tempo todo que é intelectual, culto e não assiste certos programas considerados medíocres.

Menos, gente, menos.

Me considero uma pessoa culta, viajada, estudada , mas adoro novela e estou adorando este BBB.Incrível como tem gente que fica o tempo todo tentando rotular os outros, tipo essa tal Liana(sim, ela deve ser perfeita, não perde o tempo com a Globo nem com blogs toscos hahahaha)

adélia disse...

E eis uns dos posts recentes com maior número de comentários! (Risos!)

pedro disse...

falem o que quiserem, é preconceito, elitismo, ou qualquer outra coisa, mas tô fora.
Achei que aqui tinha vida inteligente, mas me enganei. Vocês são piores que a turma do BBB, porque eles ao menos não se fazem de cultos, inteligentes, etc, estão lá pra ganhar algum e pronto, enquanto vocês ficam fingindo uma discussão de nível mais alto, do tipo, não vejo o programa, mas.......
tchau lola e tchurma.
blearghhhhhhhhh!!!!!!!!

Paula ZZT disse...

Gente, mesmo o símbolo igual do nazismo, foi tomado pelo nazismo de outras culturas.. Era um simbolo muito usado por civilizações, pois começou com representação do trançado dos cestos que os agricultores usavam.
Acho que a suástica em si não é crime, já que é um símbolo muito forte de uma cultura e uma religião oriental. Infelizmente nossa tendência de achar que tudo o que é ocidental é universal acaba criando preconceitos com a outra metade do mundo...
Não posso falar nada do BBB, pq essa edição não estou assistindo...

Carina disse...

Não sei se é exatamente preconceito ocidental. Sim, a suástica é muito mais antiga que o nazismo, mas um programa como o BBB não tem a intenção de instruir. É espetáculo. Daí colocam um judeu e um cara que tem uma suástica e pronto: o circo tá armado.

Nefelibata disse...

Já foi melhor, hein, Lola? Hehehehe

Anônimo disse...

Sheila, se você assistia a "O Aprendiz" e não aprendeu nada, pense em refazer o Ensino Médio! O formato do programa exigia que o Justus fosse extremamente exigente com os candidatos (certamente você não sabe isso) e isso fazia algumas pessoas pensar que era a índole dele falando mais alto! Pensei que eu fosse o mais ingênuo deste mundo! E você tem mais uma chance de aprender: Assista 1 x 100 no SBT às 22h00 nas quartas-feiras. Sim, é com o Justus, mas concentre-se nas perguntas e respostas e dê menos atenção ao apresentador se isso for melhor pra você.

L. Archilla disse...

vamolá galera, todo mundo: tchau pedrooooo!!!

Devathai disse...

Tchau Pedroooo =P

E Rita, relaxe, debate é assim mesmo =D

Rita disse...

Relax total, Deva! ;-) Bjocas.

Ana disse...

Lolinha,

Você está vendo o currículo certo? O nome dela é Marcia Elenita França Niederauer, e o link para o lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4201747J9. Ela começou o doutorado em 2008, mas está escrito lá (agora) "em andamento". Eu achei estranho que você achou o currículo dela muito bom, eu não tive a mesma opinião. Dê uma olhada, pode ser que eu esteja enganada.

Beijocas

lola aronovich disse...

Ana, vc está errando de Elenita. O Lattes da Elenita do Big Brother é este aqui, tem até foto. Coincidência que existam duas Elenitas da Linguística em Brasília! Ah, e o currículo dessa outra Elenita tb me pareceu muito bom, apesar d'ela não ser doutora ainda. Mas a do BBB é sim.

Ana disse...

Lola,

Você tem razão, eu vi errado. Tem um professor da UFMG que também é de linguística que estava todo empolgado, pensando que seria bom que as pessoas pelo menos soubessem o que é linguística. Ele anda meio decepcionado, mas não mesmo para esperar grandes coisas de uma proposta como o BBB.

Beijocas,

Ághata disse...

"Qualquer coisa que motive igrejas evangélicas a mandar emails pedindo pra boicotar um programa tá bom pra mim."

Mhauhauhauhauhauhauahuahuahuahuahuahuahauhauhauahuahha!!
Melhor comentário!!! XDDD

Vivien Morgato : disse...

Eu acho que os caras gays do programa vão ao encontro do imaginário dos homofóbicos: são feinhos, poc poc, não "ameaçam".
Eu pagava pra ver eles colocando aqueles gays hiper gatos, maravilhosos, saradérrimos que andam por Ipanema, por exemplo.
Duviiiido. Colocam uns caras super estereotipados, dando pulinhos.
Quanto a Elenita, meu filho apelidou de 'Vergonha da Universidade" e ela dançando e fazendo biquinho ou dizendo "me elogia, preciso ouvir elogio" ..e NÃO ouvir necas...hum, é o ó.
A tal twitteira é sonsinha e cobrinha, o povo está se agarrando no melhor estilo "pode vir quente que estou fervendo", provavelmente orientado pelo tal Boninho.

Iseedeadpeople disse...

Lola, olha o q a galera do TDUD escreveu, e eu superconcordo!!!!

Intolerância22.Jan.2010
Hoje o Dourado foi PRENSADO no quarto do líder pelos participantes Lia, Cacau e o Kadu que foi de bobo. O Kadu tentou começar a conversar mas não conseguiu, em cinco minutos não conseguiu falar mais do que “a gente… ééé.. a gente acha que… ééé.. você tá… ééé”, até que a Lia se encheu, cortou o grandão e disparou a falar.

O resumo da história foi que ela acha que o Dourado tem que mudar, que tem que se abrir, que “tem muita coisa boa embaixo daquele monte de tatuagem”, que ele tem que se misturar. Resultado? Dourado caiu no maior choro da história, soluçou mesmo. Disse que queria saber que mal fez pra eles, no que ele os prejudicou. E falou: “Eu não sei ser assim”.

Vamos lá, Dourado é machoman, tem quase 40 anos, se mata de dar aula em academia e nego bota ele no meio de uma porrada de gente esfuziante, alegre DEMAIS pra ele. Ele simplesmente não é assim. E não CONSEGUE ser.

Pode ser babaca? Pode. Pode ser burrão? Opa. Pode ser até heteroproud DEMAIS. Mas meu, ele tá na dele, no canto dele, não faz fofoca de ninguém (oi, Dicesar, tudo bem?), e, porra, tá num jogo que vale 1,5 milhão de reais.

Isso tudo pra dizer que minha torcida neste momento é 100% dourado, porque preconceito é preconceito, e mandar um cara ser do jeito que você quer que ele seja e não aceitá-lo se ele não for é exatamente o que a gente combate o tempo todo na causa gay, certo?

Eduardo Braga disse...

Afinal o Eliéser é bi ou não é? As dúvidas da cacau é valida só porque o rapaz não é brucutu e dança rebolativo? Vai entender as mulheres... Reclamam do machismo mas quando o cara é sensível, relaxa e se solta ficam desconfiadas da sexualidade dele!!!

tiago disse...

Sei que é um post antigo, mas como você linkou na pagina principal, ta valendo.

"Quando Hitler a adotou, setenta anos atrás, ela passou a ter apenas um significado: é o símbolo maior do nazismo e do holocausto e acabou"

Não, não acabou não. Por essa sua lógica então todos os hindus e budistas que adotam este símbolo, são então antissemitas? Só por que o alemão maluco era chegado num esoterismo e resolveu reinterpretar um símbolo budista conforme sua mentalidade distorcida? Então por causa disso agora todos os que seguem esta religião são automaticamente simpatizantes do nazismo?

Sério, gosto deste blog que já me ajudou a rever muitos (pre)conceitos mas as vezes você dá umas mancadas que não dá para ficar quieto.

tiago disse...

Aliás, eu lembro dessa cena e ficou bem claro que a moça em questão sabia muito bem que não se tratava de um símbolo nazista, mas aproveitou a semelhança para criar polêmica e conseguir a atenção do público.

Isso me lembra uma maluca que uma vez entrou em uma loja em que minha esposa trabalhava e fez um escândalo dizendo que a loja tinha um suástica desenhada na frente e que ela iria chamar a polícia se não tirassem aquilo dali.

Quando foram perguntar, viram que ela estava implicando com um cartaz colado na vitrine onde estava escrito algo como "3x sem juros" e na cabeça perturbada dela aquele "x" era uma suástica.