domingo, 9 de agosto de 2009

CHOCOLATE NÃO FOI FEITO PRA SER CUTIE-CUTIE

Tá, já falei um tiquinho do livro da Sandra Boynton, Chocolate: The Consuming Passion, assim como contei de quando foi preciso discutir a relação com o chocolate. Agora volto a tratar do meu livro de cabeceira. Mas antes, algo que me esqueci de revelar sobre a minha relação. Com a idade, meu gosto foi ficando menos refinado, não mais, como acontece com os vinhos. Hoje prefiro chocolate ao leite do que amargo. Sandra não diz nada contra chocolate ao leite, apenas que ele é mais propenso a gracinhas. Geralmente é com o ao leite que os fabricantes adoram fazer forminhas (coelhinhos de chocolate, por exemplo). Um dos meus desenhos favoritos em todo o livro é o de um gato derretendo um coelhinho de chocolate numa panela: “Aqueles que preferem chocolate semi-amargo têm pouca paciência com doces fofinhos”. Eu concordo plenamente. Chocolate é pra ser comido, não pra ser decorativo (e o que é isso dos sabonetes e banhos de chocolate que existem hoje em dia?! Aonde esse mundo vai parar, meu deus?!). Toda vez que vejo chocolate sendo bonitinho eu penso na imagem do gato derretendo o coelho. E o coelho com um sorriso no rosto, dando tchauzinho com a patinha (ilustração acima).
Sandra tenta destruir alguns mitos em relação ao chocolate, como “Chocolate é uma droga perigosa”. Ela apresenta um diagrama mostrando os efeitos do chocolate ao entrar no sangue. Bom, talvez ela não se saia muito bem em argumentar contra os efeitos viciantes, mas ela faz um ótimo trabalho pra discordar do mito de que “chocolate engorda”. Ela diz que, como a maioria dos chocólatras suplementa seu consumo diário de chocolate com outros alimentos, como dizer com certeza que é o chocolate que engorda, e não as cenouras? Além disso, ela mostra o número médio de calorias gastas na prática de atividades comuns aos chocolátras. Carregar três quilos de chocolate do supermercado até a casa queima 360 calorias, em média. Esconder todo o chocolate antes de atender a porta quando surge uma visita inesperada: 740 calorias. Nadar até a Suíça: 500 mil calorias. Contra fatos não há discussão!
Também amo uma receita de chocolate chip cookies que ela dá. Não vou repeti-la aqui porque tá cheio daquelas medidas americanas esdrúxulas, como ounces e fahrenheit. Mas, pra não deixar vocês com vontade, vou dar a minha (de verdade!), que é simples: pegue 2 ovos, 1 colher de chá de baunilha (eu uso açúcar de baunilha em pó, muito mais barato), 2 e ¼ xícaras de chá de farinha de trigo, 1 pitada de sal, ¾ xícara de chá de manteiga (faço com margarina, aliás, gordura vegetal, que tem 75% menos calorias e eles juram que nada de gordura trans), ¾ xícara de açúcar, ¾ xícara de açúcar mascavo, e aqui a parte realmente difícil: uma barra de chocolate meio amargo em pedacinhos. É difícil porque alguém vai ter que cortar o chocolate em pedacinhos, o que exige uma enorme concentração pra colocar os pedacinhos na bacia, e não na boca. Se você vencer essa etapa intransponível, aí é só misturar tudo. E aqui que me identifico fortemente com a Sandra. Ela diz que é tradicional provar a mistura antes de colocá-la no forno. Gente, eu sou o porquinho do desenho! Pô, o troço é delicioso cru! Sandra completa: “Coloque o que restou da mistura numa forma untada. Cozinhe o biscoito por dez minutos”.
De lambuja, ela ensina a pronúncia de uma frase fundamental em várias línguas: “Com licença, onde está o chocolate mais próximo?” Fala sério, é ou não é um dos livros mais importantes da história da humanidade?

10 comentários:

Amanda disse...

Lolita, esse livro é um classico! Mas acho que é mais engraçado você contando a historia do livro, do que o livro em si.

Você ja sabe que temos muitas afinidades chocolatricias, mas hoje eu grudei com pote de nutella, não deu nem pro meio amargo, nem pro ao leite. Acho que por causa de você ando comendo chocolate sem culpa, afinal vc prova por a + b como eles são bons pra nossa saude!

=draupadi= disse...

eu te amo. não, te odeio. quer dizer, te amo. te odeio.
aaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhh

Kaká disse...

Hummmm, vou comer uma barrinha de chocolate já!
E depois vou fazer essa receita de cookies. :)

Dånut disse...

uashasuhash
Esses teus textos são muito bons lola ^^ Tu leva mesmo jeito pra coisa, eu fico rindo muito :)

E deu vontade de comer um chocolate (fiz estoque de chocolate de gramado aqui em casa, delícia), já volto :P

Kyhetha disse...

AHHH! Eu quero esse livro! HAHAHAH

PUTS, parece ser ótimo pra pessoas amantes de chocolate como eu :O

-----------------------------
sobre teu comentário no meu blog: eu nem estou pensando em Língua Inglesa. na verdade, aqui tem "letras e literatura inglesa"
não sei, sou péssima em gramática HAHA
adoro ler, adoro interpretação textual, mas gramática me quebra totalmente!
E quanto a língua inglesa, bem, eu definitivamente amo. Mas só fiz um semestre de um curso de inglês. Parei por falta de dinheiro :X mas continuo estudando em casa, sozinha, mas não é a mesma coisa quando vc interage com outros alunos e o professor, não é? :/

Estou pensando em "Sistemas de Informação" {informática pura!) mas tenho medo de "não ser capaz". [informática não é fácil, definitivamente!}

Pensei em arquitetura também. Não sei, HAHA

Mas antes de tudo isso, mesmo, eu queria fazer jornalismo (sonhO!), mas tenho medo (não é uma profissão que preza muito pelo bem estar do profissional. E o medo de me matarem? HAHHAHHAH :X)E além disso, onde eu moro não tem muito emprego para jornalistas. Então acabei por desistir.

No fim, estou mais perdida que cego em tiroteio!

Cantinhos da Surpresa disse...

Lola sua explicações são otimas,
ah lendo seu texto deu até vontade de comer o biscoito, o chocolate...
também não gosto de figuras a barra é muito melhor mesmo!!!

Patricia Scarpin disse...

Hahaha, Lola, você é danada demais. :D

Eu simplesmente amo massa de cookie crua - com ou sem chocolate - e fico me segurando para não comer o troço todo antes de assar. Muito feio. :S

As ilustrações são tão lindinhas, fiquei apaixonada!

lola aronovich disse...

Ô pessoal, desculpem, o post tava cheio de erros. Acho que eu não o revisei. Agora espero ter corrigido tudo (encontrei pelo menos 3 erros feios!). Estou louca, louca, louca com esse concurso. Falta uma semana, e até agora consegui preparar apenas 6 dos 15 pontos. Sem falar que continuo tendo pouquíssimas ideias pros pontos de Linguística. Ou seja, eu acho que passar vai ser impossível. Não criem expectativas.
Só chocolate pra alegrar o meu dia... Adoro o livro da Sandra, os desenhinhos, tudo.
Patricia, que bom que vc me entende: massa de biscoito crua é uma delícia! Quando o maridão me vê "provando" a massa, ele sempre acha estranho. Eu acho estranho é que alguém queira assar o biscoito! (é, geralmente sobra um biscoito). Abração, gente!
No final de agosto eu volto a respirar!

Éris disse...

Parece fofo esse livro. Mas ele me leva a pensar em 'que bom que não sou chocólatra' xD

astrocat disse...

Lola, lembrei de você quando vi esse anúncio. Chocolate gigante de Marte: http://community.livejournal.com/vintage_ads/1283218.html