quarta-feira, 20 de maio de 2009

TUDO CERTO PRA 2014

Às vezes eles voltam

Domingo no final da tarde eu vi a notícia, que não sei se é verdadeira ou não, que José Serra e Aécio Neves teriam uma chapa puro sangue pras eleições presidenciais do ano que vem. Segundo os boatos, FHC (que ainda é ouvido e respeitado... no PSDB, e talvez no DEM) teria costurado o acordo, que seria anunciado no segundo semestre. Então lá fui eu conversar com o maridão sobre tudo isso, e ele ficou nervosinho, meu deus. As if! Como se algum de nós dois fosse tucano!
Anteontem dialoguei um pouquinho com o blogueiro de esquerda Idelber, e notei que o pensamento do maridão se alinha ao dele. Antes, uma palavrinha sobre o Idelber: seu blog, o Biscoito Fino e a Massa, tem cinco anos, é hiper badalado, e óbvio que eu já tinha ouvido falar, mas só comecei a frequentá-lo faz pouco tempo. E estou adorando. Eu amo política e desejo falar mais disso, se me permitem, quando tiver vontade. Quer dizer, de política eu já falo bastante, porque feminismo é um movimento político, mas de política partidária, muito pouco. É que essa suposta aliança Serra-Aécio é apetitosa demais pra deixar passar em branco.
Então, o Idelber e todos os mineiros creem que esta notícia é mentira e foi plantada pelo Serra (o Aécio já negou tudo). O argumento do maridão, que não é mineiro, é que ser vice-presidente é um posto sem visibilidade, ainda mais na cola de um sujeito hiper centralizador como o Serra. E que se o Aécio não conseguir descolar uma candidatura própria à presidência agora, saindo de dois mandatos bem-avaliados como governador de Minas, não vai conseguir nunca. Eu discordo. Primeiro que eu considero que, ainda que ser vice-presidente não torne alguém famoso, a campanha presidencial com todas as faixas e adesivos gritando “Serra-Aécio” daria ao neto de Tancredo a chance de ficar mais conhecido no Brasil. E ele precisa disso. Segundo que o Aécio é jovem ainda. Tá, tá, já virou clichê essa história, mas, em termos políticos, ele é um menino. Nasceu em 1960, tem apenas 49 anos, muito tempo pela frente. E é o segundo nome principal do, digamos, segundo partido principal do Brasil. Querendo ou não, entramos num sistema bipartidário. PT e PSDB vão disputar todas as eleições daqui pra frente, com provável alternância de poder. Até porque os outros partidos não têm candidatos “naturais” (quem tem visibilidade pelo DEM? E o PMDB, possui um nome nacional, fora o - cof cof - Sarney? O PP já foi enterrado?). E os candidatos com visibilidade não têm partido: Heloísa Helena pertence ao PSOL, um partido nanico, Cristóvão Buarque ao PDT, que parece ter morrido junto com o Brizola, e mesmo Ciro Gomes não tem grande estrutura com o PSB. As chances de um aventureiro a la Collor lançar mão são minúsculas (ainda bem, diga-se de passagem).
Ah, mas eu adoraria ser uma mosquinha na parede no escritório do Aécio pra ver quanta gente já o convidou pra sair do PSDB e entrar pro PMDB, DEM e, suponho, até pro PT (escrevo isso com pesar). Por que ele não se filia ao PMDB e sai candidato por lá em 2010? Não pode ser ideologia e carinho pelo PSDB que o seguram. Sinto que ele sabe que ainda não é a hora dele.
Se esse acordo pela chapa única existe, eu não acho ruim pro Aécio. Duvido que ele tenha chances de ser eleito em 2010 por qualquer partido que não seja o PT, e espero que o PT siga fechando com Dilma. O PSDB não vai abrir mão do Serra, um candidato com 40% de intenções de voto nas pesquisas, e trocá-lo por um com 10% (todo mundo sabe que, independente dos nomes, o PSDB não terá tanto voto assim na hora do vamos ver, e que o papo de ganhar no primeiro turno é mais esperança que realidade). Ok, fico imaginando como foi o acordo que FHC costurou: “Serra, você se candidata, é eleito, a gente tenta derrubar a emenda que garantiu a reeleição pra mim, e mesmo que a gente chegue à conclusão que reeleição só é algo negativo quando o PT tá no poder, você se compromete a só ficar um mandato, até porque estará com 72 anos em 2014. E você, Aécio, não concorre com o Serra agora, pra dar a impressão de um PSDB unido, desiste dessa ideia cretina de migrar pra outro partido, vira vice, e tem todo o nosso apoio em 2014. Topas?” Bom, cá entre nós, se eu fosse o Aécio, toparia. Certo, é impossível confiar no Serra. O cara é capaz de assinar documento em cartório jurando que terminará seu mandato de prefeito de SP, e aí deixa o Kassab no lugar pra ser candidato a governador. Duvido que algum tucano nascido anteontem creia na palavra do Serra (gente de outros partidos, é melhor nem comentar). Mas que outras opções tem o Aécio? Ser senador? Ainda acho que ser vice dá mais ibope.
Seria uma chapa forte essa do PSDB, mas atrapalharia muito as alianças. O PMDB quer entrar com um candidato a vice em qualquer chapa que apoiar, seja com o PSDB ou com o PT (e, sendo o partido fisiológico que é, irá se bandear pro lado de quem tiver mais chance de vitória). O DEM, se fechar com o PSDB, vai querer indicar o vice também. Sem a vice-presidência, esses partidos se consolariam apenas com ministérios? Ou o apoio dependeria de alianças em cada estado?
Mas o que creio que provoca mais calafrios no Aécio não é o Serra vencer, estar com boa saúde e resolver correr de novo daqui a cinco anos. É o Lula voltar a ser candidato em 2014. Pelo menos o maridão concorda comigo no que se refere ao maior pesadelo do Aécio.

15 comentários:

Chris, mãe da Cecília disse...

Lolinha, detesto política, mas acho que a notícia procede, sim...

Beijos

Giovanni Gouveia disse...

Como disse o próprio Aécio, isso é "invencionice", em minha opinião plantada pelo PSDB paulista junto com a Fôia.
Sobre visibilidade Vice > Senado, não creio, no senado há a Tribuna, na vice pode haver ou não, depende de vários fatores, incluindo a condescendência do titular,
sendo Serra, he Burns qualquer coisa que passe no caminho dele...

vb disse...

Lola, também acho que é notícia plantada... mas já que vc gosta de política, podia fazer um post sobre a polêmica do aumento do transporte coletivo aqui em Joinville né? Esse assunto tá rendendo, infelizmente a primeira bola fora do governo do PT :(
Acho que o Carlito tinha que ter gerenciado melhor essa situação, não gostei da forma como foi negociado nem conduzido o assunto. Ele conseguiu algo importante, que foi a passagem livre para maiores de 60, mas isso acabou totalmente ofuscado pelo percentual abusivo do aumento...

Masegui disse...

Aqui na terrinha a opinião de boa parte dos mais esclarecidos é de que o Aécio é o maior porra-louca. E de gente assim pode-se esperar qualquer coisa...

Anônimo disse...

Lola ainda não li este post todo pois parei ali num ponto bacana onde vc diz que gosta de política.
Considero da maior importância que passemos todos nós cidadãos brasileiros a nos interessar por política. Penso que será o primeiro passo para termos argumentos e enfrentar a canalhice que grassa nestes nossos representantes políticos. Provoca repugnância ver os caminhos que essa classe(ou seria horda?) usa para gerir as nossas vidas mas, tentar ignorá-los será (está sendo)danoso.
Abraço da Fatima/Laguna
P.S.: voltarei,certamente.

L. M. de Souza disse...

sei lá, mas tá na cara que a próxima eleição é psdb. e agora a dilma doente. torço pra q ela se recupere, votarei nela. mas a direita nao vai querer ficar mais 4 anos longe da teta.

Giovanni Gouveia disse...

NOtei uma coisa, Serra é a cara de Burns, e Aécio é a cara de Rowan Atkinson (Mr. Bean), pode olhar a última foto do post aí...

Robson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula disse...

Nossa, realmente gostei desse blog, e você falou muito bem sobre política (a partidária) e eu acho que deva falar sobre isso mais vezes.
(quem sou eu para achar alguma coisa, vavá, eu sei ....rs)

Boa quarta-feira,

Greta disse...

Sabe quando o Aécio vai ser Presidente?
Nunca.
Ele é igual ao Geraldo Alckmin, se sai bem no seu estado, mas é relativamente um zero à esquerda fora dele. Desconhecido, enfim.
Até a Dilma e a Helô Helena tem mais chances que ele.
Aécio, apesar de ser neto do Tancredo, não tem carisma para arrecadar votos suficientes para conseguir tal coisa.

Tina Lopes disse...

Putz, não tenho tempo pra ler, volto depois, mas acho que o ego do Aécio não aguenta ser vice; deve sair senador mesmo. Daí num hipotético governo Serra (toc, toc) ocupa um ministério, como foi FHC/Serra. Eu até achava que o Aécio fosse pro PMDB mas tá chegando perto da data pra se filiar e necas. Estou achando também que a Dilma será abandonada (sua candidatura) em breve e prevejo tempestades! Porém acho bom que Lula não aceite um 3º mandato. Ufa, correndinho. Adoro política. Bjk.

Gabriela Martins disse...

Greta, eu espero que vc esteja certo mesmo. O Aécio é bem avaliado por aqui, mas é aquela aprovação bovina, nem um pouco empolgada...

E desde o primeiro mandato que ele trata a imprensa daqui com mão-de-ferro e proíbe de publicar qualquer notícia ruim sobre o estado. Aí só tem "choque de gestão pra cá", "Aécio é aprovado por todo mundo" pra lá... Na boa, se o funga-funga (adivinha o porque do apelido) ganhar pra presidente, eu quero estar morando fora do país.

E a Dilma não está tão mal assim, não. A imprensa que está fazendo escarcéu pra ela pular fora e pro nome dela sumir.

Gabriela Martins disse...

Tina, também acho mais provável Aécio tentar senado primeiro a sair vice de alguém.

E se ele tentar atropelar o Serra vai levar uma surra do vampirão q nem imagina...

Walkyria Suleiman disse...

Lola, é um prazer encontrar o seu blog, a sua graça e, lógico, o seu texto. Escreva Lola, escreva, é genial, assim como o filme.
Quanto à costura do FHC, a gente sabe que o mancebo só vai de alta costura, nada menos que ganhar. Achei sua tese bem real...e verdadeira. Vamos ver no que dá. Quanto ao pesadelo, ah, essa idéia me deu um novo alento. E a Dilma, fechamos com ela...pois sim? Apareça no meu blog, vamos trocar umas figurinhas. Abraços
http://walkyria-suleiman.blogspot.com/

Idelber disse...

Lola, caríssima, obrigado pelas palavras. Também estou muit contente de termos armado esse diálogo. Concordamos em tudo, exceto na questão da visibilidade do Senado x Vice-Presidência, tema sobre o qual eu concordo com seu maridão. Mas o que quero comentar é outra coisa: segui o link ao seu (excelente) post sobre os "motivos para não votar em Dilma" e daí segui o link para a Rosana (aquela que na véspera da eleição passada previu a vitória de Alckmin baseada na conversa com um taxista). Procurei e procurei o post que você cita. Não achei. O sistema de permalinks dos blogs do UOL é uma estrovenga, portanto não quero pré-julgar, mas pergunto: o post dela continua lá? Abração.