sexta-feira, 13 de março de 2009

MULHERES VITIMADAS: AVIÃO CAI EM SHOPPING DE GOIÂNIA

Mundo dos homens: bombeiros nos destroços do shopping.

Puxa, só hoje li essa notícia absurda do sujeito que roubou um avião monomotor e provavelmente o derrubou num estacionamento de um shopping em Goiânia. Ele e sua filha de 5 anos, que ele havia sequestrado, morreram no acidente - que pelo jeito não teve nada de acidente.

Kléber, de 32 anos, não trabalhava e vivia do dinheiro dos pais, que moram na Espanha. Ontem ele agrediu sua mulher com um extintor de incêndio e a jogou para fora do carro em movimento. Felizmente, uma ambulância vinha atrás, a acudiu, e ela passa bem. Em seguida, Kléber, que ia sempre ao aeroclube, apontou uma arma para o piloto de um monomotor e decolou, levando junto sua filha. Antes de cair no estacionamento do shopping (talvez por falta de gasolina, ou porque as árvores na entrada impediram uma tragédia), ele deu rasantes em escolas e num parque de diversões.
Agora se descobriu que ele é o principal suspeito de estuprar uma menina de 13 anos que estava à caminho da escola. Na segunda, ele parou seu Vectra e pediu informações a uma garota, que acabou entrando no carro. Ele a levou para um terreno baldio e a violentou.
Deixa eu ver... Pelos meus cálculos, há três vítimas nessa história: a menina de 13 anos; a esposa de Kléber, que foi espancada e jogada de um carro; e a filha de 5, que morreu na queda do avião. Por coincidência, todas mulheres. Pelo jeito, alguém que estupra não tem nenhum pudor em tentar matar a esposa ou em sacrificar sua filha.
Não posso negar que sinto-me aliviada que esse sujeito desprezível esteja morto, e que ninguém tenha sido atingido no estacionamento do shopping. Agora resta à esposa de Kléber e à menina estuprada reconstruírem suas vidas. Pena que a filha não tenha mais nenhuma chance. (Ah sim: e a culpa é do Lula. De novo).Mundo das mulheres: familiares no velório da menina de 5 anos.

24 comentários:

Helena disse...

Se eu fosse a mãe preferiria ter morrido...
Abraços Lola
em tempo, parabens pelo carro!!

Anônimo disse...

esse tipo de homem deveria morrer...alias, nem ter nascido. Acabou com a vida da própria filha e ainda deixou as outras duas que ele cometou os crime, super fragilizadas...Que horror viu! Eu tô vendo um Holocausto de mulheres não denominado ainda.

asnalfa disse...

Nossa... Lola.... vc nem pra ver tv.. ninguem te avisa nao???
desde ontem so se fala nisso por aqui em goias...
vc so citou o nome do Lula pra aparecer o Santiago ne... vc o adora!!!admita!

Tina Lopes disse...

Asnalfa, eu também não vejo tv mas estava sabendo, da internet e rádio. É que eu não tenho tese pra fazer, sabe? Mas enfim. Eu queria muito acreditar em inferno, pra imaginar que esse crápula esteja lá, tendo o fígado comido todo dia e queimando lentamente pela eternidade. É, violência contra criança me afeta, e muito. (eu também, Helena)

Anônimo disse...

Olá, Lola!

Não sei se vc já viu esse vídeo asqueroso do Maluf. Senti verdadeiro asco ao vê-lo proferir palavras tão sujas a respeito do drama de tantas mulheres.

http://www.youtube.com/watch?v=VVY1ksZw-XE

Mariana

Ju R. disse...

Já é terrível perder um filho. Perder um filho tão jovem e de forma tão trágica, não posso nem imaginar a dor dessa mãe e da família.

que monstro!

iaeeee disse...

O mundo tá cheio desses reizinhos que são sustentados pelos pais, provalvelmente os pais desse cara deixaram ele fazer tudo que queria na infância e adolescência, inclusive o pai deve ter sido um machista ridículo...Então ele se apaixona, é romântico no início, começa a virar grude, ameaça e depois agride. Porque ninguém pode desobedecer o reizinho. Aposto que nas inúmeras tentativas de desculpas que ele deve ter pedido para a infeliz mulher ele chorou. Sim, porque quando um homem chora para um mulher ele DEVE ser perdoado, porque para um homem chorar é uma desonra tremenda, não importa se ele bateu, empurrou, chingou, ameaçou, humilhou, ele sempre deve ser perdoado se chorar.
Se chorar não funciona ele ameaça se matar, se não funciona ele ameaça matar a mulher e os filhos.
Por que essas estória sempre se repete? Por que os homens( os reizinhos, que infelizmente são muitos) acham que são a última gota de água do deserto e que se as mulheres abondonarem eles, eles vão: chorar, bater, ameaçar, estuprar...
Não importa, nunca confie em um homem que chora para você, principalmente depois de ele ter feito algo imperdoável, se valorize. Ou pode ser tarde demais. O amor não justifica a violência.
Que raiva.

JAMINE BRUNO disse...

que tristeza lola! nao sabia deste caso...chocante...

aqui na alemanha um adolescente em Winendden matou 16 pessoas na quarta-feira passada...

e destas, 13 eram mulheres...se especula agora que ele teria um ódio contra as mulheres pq a namorada tinha acabado com ele antes do incidente...

muiiiiiiiito triste...

Loreley disse...

Lola, já viu o novo comercial do salgadinho Doritos?A Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais (ABGLT) já encaminhou no dia 12/03 ofício ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) pedindo que providências sejam tomadas em relação a esta peça publicitária.
O link da propaganda é:http://www.youtube.com/watch?v=Jjl9VTj5Q4A
Escrevi um texto também acerca disto se quiser dar uma olhada:http://luscofusco-loreley.blogspot.com/

Juliana Bittencourt disse...

fiquei com muita pena da menina que morreu, mas aliviada por não ter morrido ninguém além deles na queda do avião.
Lola, vc ainda não entendeu que tudo é culpa do Lula? Como tudo era culpa do FHC e tudo vai ser culpa do próximo presidente da república, seja ele quem for.

asnalfa, eu também nem pra ver tv, hahaha, também li essa notícia no jornal online, que olho mais que o jornal na TV hoje em dia. Mas acredito que você sendo daí a repercussão deva estar sendo bem maior..

L. Archilla disse...

asnalfa, desculpe te decepcionar, mas infelizmente o santiago não é o único q acha que é tudo culpa do Lula.

lola aronovich disse...

Helena, pois é, coitada dessa mãe! Obrigada pelos parabéns.


Às vezes realmente dá essa impressão de holocausto de mulheres, Anônimo.

lola aronovich disse...

Asn, não escrevo pensando no meu trololó. Cada post tem uma média de, sei lá, 25 comentários, acho. E a maior parte é inteligente. Escrevo pensando nas minhas leitoras pensantes, não nos trololós. Eu incluí aquilo do “A culpa é do Lula” porque nas notícias dos jornais já tá cheio de comentário assim. O Santiago parece ter muitos amiguinhos.


Tina, é, nessas horas a noção de inferno parece algo muito atraente...

lola aronovich disse...

Mariana, esse vídeo do Maluf particularmente eu nunca tinha visto, mas o “estupra mas não mata” dele é muito famoso, clássico até. Bom, pelo menos até ele reconheceu que foi a frase mais infeliz de sua vida. E olha que no caso do Maluf ele deve ter uma coleção enorme de frases (e atos) infelizes...


Ju R, a dor dessa mãe deve ser algo chocante mesmo. E imagino que os pais do monstro devem estar sofrendo muito tb.

lola aronovich disse...

Iaeee, é uma boa palavra pra definir esse tipo de comportamento masculino: reizinho. Mas não dá pra absolver as mães por ter ajudado a criar esses carinhas mimados que se acham o centro da casa e depois crescem pra se achar o centro do universo. Não são só os pais que são machistas. Enquanto houver tratamento diferenciado pra meninos e meninas dentro de uma casa, essas situações continuarão acontecendo.


Jamine, que horror isso da Alemanha tb. Vc tem um link pro caso?

lola aronovich disse...

Loreley/Ludmilla, vi o comercial do Doritos sim. Muito bom o seu post. Deixei um comentário lá, mas vou reproduzi-lo aqui (correndo o risco de nadar contra a corrente):
Ludimila, eu acho bom que organizações GLBT estejam reclamando contra o comercial, mas não o considero tão homofóbico. Pra mim é apenas mais um comercial ruim. A principal mensagem é que homens (héteros ou gays) não podem dançar, curtir a vida, compartilhar qualquer outra coisa com os amigos que não seja um Doritos. Ou seja, é um comercial a favor da repressão. O que soa mais ofensivo é o Doritos tapando a cara do rapaz. Horrível, aé visualmente falando. Mas, se eles tivessem usado outra música que não fosse a do YMCA, a gente estaria falando de homofobia? Acho que não. Portanto, o maior problema é com a escolha da música. Como que um publicitário pode dizer que YMCA (ou qualquer música do Village People) não tem qualquer conotação gay?! Em que mundo ele vive?

lola aronovich disse...

Ju, ah não, nem vem! Quando aconteciam desgraças pessoais, brasileiro atacado (ou se dizendo atacado) em outro país, aviões caindo e tal, eu não ouvia nenhhum louco culpar o FHC. Quer dizer, a gente culpou o FHC pelo apagão, e aí é uma coisa de governo mesmo, de total falta de planejamento. Uma coisa é culpar o Lula pelo “apagão aéreo”, outra é culpá-lo porque um louco roubou um monomotor e tentou derrubá-lo num shopping (sendo que dois caças do exército foram atrás dele). Isso de “a culpa é do Lula” é algo de gente despreparada mesmo, que não tem nem argumentos contra um governo com 84% de aprovação, e fica aí, esperneando pra todos os lados.


Lauren, pois é, parece que o Asnalfa tá começando a achar que o mundo se resume ao Santiago...

Masegui disse...

Se as justiça funcionasse esse ordinário não teria a chance de matar a pobrezinha da filha.
Ele já havia agredido a mulher antes, mas como não existe punição ele pôde fazer de novo, agora com um pouco mais de intensidade!
Disse e repito: sou a favor da pena de morte!

Juliana Bittencourt disse...

mas o meu argumento era que as pessoas sempre reclamam do governo, independente de qual seja, e sempre têm que botar a culpa em alguém. claro que é estúpido culpar o lula porque um louco roubou um teco-teco e saiu por aí, mas eu não cheguei a ver ninguém comentando isso, por isso achei que era só um deboche contra todos os que culpam o governo por qualquer coisa.

Milla disse...

>.<

Eu nem tinha visto esta notícia...
Que horrível...

Ju R. disse...

lola,
isso de culpar o lula já virou piada.
tanto que se eu tropeço na rua, até brinco:

-viu? culpa do lula...

;)

lola aronovich disse...

Mario, vc queria que a pena de morte tivesse sido aplicado pelo cara ter batido na mulher? Nesse caso desse louco específico, a pena de morte não resolveria NADA. Ele mesmo já se matou (ainda bem)...


Ju, mas acredite em mim: assim que saiu a notícia do avião caindo num shopping em Goiânia, já tinha comentários nos jornais falando que a culpa era do Lula. Não é deboche não. Sei que é difícil de acreditar, mas esses oposicionistas histéricos existem.

lola aronovich disse...

Milla, horrível mesmo.


Ju R, ha ha, essa é boa! Mas o pessoal fala sério...

Ollie disse...

O comercial da doritos não é homofóbico, no máximo pode ser considerado preconceituoso.

Imagino que devido a polêmica boba levantada ele será banido, mas acreditem: Aqui no Brasil os publicitários até pegam leve.

Se você entrar no youtube e digitar "banned comercials" ou "banned TV ads" que você encontra montes deles. Alguns são óbvios, outros não.

Isso aqui sim é um comercial homofóbico
Conseguiu a proeza de irritar gays, religiosos e criacionistas, tudo junto.☺

Também tem esse da Hunday, onde gays, héteros e bissexuais aparecem todos felizes e saltitantes num clima de cinismo e cumplicidade - vamos negar? - típico da sociedade atual.

Esse aqui foi banido por ser considerado sexista (sério? Eu não achei...).

Ahahahah! E esse aqui é infame!
(mas foi criado para o festival Oslo de música gay, então...☺)

E esse aqui foi banido por mostrar uma família "diferente", apesar de não ter nada de realmente ofensivo.
Quer dizer... A não ser que você ache o beijo na boca entre duas pessoas que se amam ofensivo.

Quer dizer... Notaram onde a censura pode acabar nos levando?
Você começa a censurar um comercial aqui, outro ali. Amanhã é uma peça de teatro, um livro. Daqui a pouco a censura entra nas escolas, nas universidades, etc.

Acho que as coisas devem funcionar assim... Não gostou do comercial da Doritos? Pare de comprar. Ou faça contra-propaganda.
Agora censurar?
Pelamor.