quinta-feira, 29 de outubro de 2020

MODELO PIAUIENSE PERSEGUIDA POR MASCU FRANCÊS

Soube do caso da Rayanne há uns dez dias, através do Twitter. Pouco depois, ela entrou em contato comigo por email, pedindo para que eu publicasse sua história. 

Faz uma semana, ela conseguiu repercussão nacional, após uma reportagem bastante completa no programa de TV Cidade Alerta (e outra aqui, entre os minutos 19 e 33).

Rayanne Adorno é uma bela modelo negra de 27 anos de Teresina, Piauí. Ela conheceu o francês Malik Roy, também modelo, e juntos foram morar na Hungria. Lá Malik foi se tornando cada vez mais dominador, chegando a mantê-la em cárcere privado. Assim que pôde, Rayanne fugiu e voltou para o Brasil. Mas Malik, numa atitude típica de stalker que não aceita o fim de uma relação, veio atrás, com o objetivo de ameaçar e difamar Rayanne. Ele criou inúmeros fakes, contatou amigos e conhecidos da modelo, espalhou imagens pornôs como se fossem dela, e deixou várias mensagens racistas, chamando-a de macaca, verme, cadela, prostituta etc.   

Rayanne, que está escondida, já registrou vários boletins de ocorrência (o primeiro em Budapeste). Ela me narrou a dificuldade: "Não foi nada fácil, além de ser humilhante. Teve policiais que fizeram os seguintes comentários: 'tem certeza que você não está devendo nada pra ele, algum dinheiro ou algo assim?' Lembro que a cada ida à delegacia da mulher, eu saía em prantos. Chorava de raiva, de revolta. E eles sempre falavam: 'seria bem mais fácil se ele estivesse aqui no Brasil". E agora que ele está no Brasil, nenhuma instituição faz nada!" Foi por isso que Rayanne decidiu expor sua situação à mídia. 

No momento, toda a documentação está pronta, só aguardando o despacho do juiz. "A missão agora é buscar estratégias para 'pressionar' os assessores para que o juiz determine algo o mais rápido possível", me disse Rayanne.

Mas Malik parece estar tão certo da impunidade que, para a reportagem do Cidade Alerta, ele não apenas não negou a perseguição a Rayanne, como a reafirmou: "minha vingança será suave e uma verdadeira alegria". Ao ser perguntado sobre as mensagens abertamente racistas, ele respondeu que "não tem piedade": "Eu sou racista sim, por apenas um tipo de pessoa: mentirosos e perversos narcisistas".  

Força, Rayanne! Conte com toda a minha sororidade. E fiquem com o relato dela:

Meu nome é Rayanne Adorno, sou modelo, e sim, sou mais uma vítima de um homem que não sabe digerir o término de um relacionamento. Já faz um tempo que estou sendo perseguida, difamada e atormentada pelas redes sociais, mais precisamente por volta de 1 ano e 2 meses. Nos conhecemos na capital do Piauí e fomos juntos morar em Budapeste, na Hungria.

Tudo começou quando eu decidi por um ponto final em algo que já não me satisfazia mais. O ponto alto do meu descontentamento foi quando percebi que a minha independência e a minha liberdade se tornaram um enorme problema na relação.

Ele, Malik Roy, natural de Bordeaux, na França, vem me atacando das maneiras mais sujas e incansáveis que alguém poderia tentar: ameaças, xingamentos, frases racistas, xenofóbicas e misóginas. Malik fez vários perfis no Facebook e Instagram, tanto fakes como verdadeiros.

Diariamente meus amigos e eu temos que lidar com mensagens de números desconhecidos e de contas falsas nas redes sociais. Já tentei denunciar os conteúdos violentos e racistas que ele vem postando e me enviando por e-mail, porém são inúmeras postagens feitas por ele todos os dias.

Durante um tempo eu me deixei levar pela negatividade e pelo cansaço que esse pesadelo está me causando, me afastei da internet porque descobri que alguém fazia prints das minhas atividades nas redes sociais e enviava para ele, então me vi em uma situação em que desconfiava de todos. Me sentia vigiada.

Com o tempo notei que estava me silenciando, me escondendo de um criminoso que tenta me destruir a qualquer custo, e que eu enquanto vítima deveria ser forte e buscar medidas para acabar com isso de uma vez por todas, mesmo sabendo que sempre vai haver comentários machistas e possíveis questionamentos sobre a minha conduta enquanto namorada e ex-namorada dele.

Eu percebi as primeiras mudanças no meu relacionamento com Malik quando algumas portas se abriram na minha carreira como modelo. A minha felicidade e o sentimento de confiança foram o suficiente para causar desconforto a ele. Sempre fui independente e, para o Malik, a minha liberdade o impedia de me ter sob controle.

No início, ele demonstrava ser um cara incentivador, que me apoiava, mas quando ele percebeu que eu estava conquistando meu espaço, ele se sentiu incomodado. E por eu ser uma pessoa observadora e ter noção de como os relacionamentos abusivos se iniciam, resolvi terminar antes que a situação pudesse piorar, porém, o término só agravou mais a situação e alguns traços da personalidade dele se tornaram mais evidentes.

Ele começou a mandar mensagens de ameaça para que eu me sentisse insegura fora do meu país. Por medo, acabei voltando para o Brasil, e os ataques só aumentaram, tomando proporções cada vez maiores.

Hoje, ele se encontra no Brasil e continua fazendo ameaças e mandando mensagens para todos com os mesmos conteúdos agressivos. Eu já registrei vários BOs e processos a fim de denunciar as agressões, ameaças e perseguições feitas pelo Malik, desde 31 de julho de 2019 (data do primeiro BO, registrado em Budapeste, Hungria).

É um processo complicado e demorado que envolve muita coisa. E a única maneira que encontrei agora foi de tornar esse caso público e pedir a ajuda de todos na divulgação, pois temo pela minha vida. 

25 comentários:

Unknown disse...

Força Rayanne,continue,não se deixe intimidar pelo machista opressor👊🌷

Anônimo disse...

A) Até quando mulheres vão sofrer porque estes mimados não aceitam levar um fora ? E inadmissível

Anônimo disse...

Lola, o que vc acha de, em um momento como esse, na situação em que vivemos, com perigo de um apoiador de Bolsonaro (Celso Russomano) ser eleito para prefeitura de SP, o PT, ao invés de apoiar o Boulos, lançar a candidatura do Gilmar Tatto?

anonimo disse...

hello! ñ é a pauta.

Blogduarte disse...

Acorda cara!

Anônimo disse...

Uma hora ele encontra outra pra manipular

Unknown disse...

Não desanime, Rayanne. Macho escroto há em qualquer lugar do mundo. Exponha a cara dele em rede nacional, internacional, se puder. Assim, nenhuma outra mais cairá na lábia dele. Não se cale, mas proteja-se! Abraço solidário💪

Anônimo disse...

Inaceitável essa situação! Essa mulher deve ser protegida. Esse é um alerta ou a premonição de mais um feminicídio. Até quando seremos vítimas desse machismo? Homens que não sabem ouvir um NÃO, devem ser tratados e punidos. Não podemos esquecer que Racismo é crime no Brasil e esse monstro deve ser enquadrado.

Anônimo disse...

Mais um idiota INSEGURO que não se sente capaz de conquistar uma mulher. Um cara seguro de si levaria a vida em frente e logo estaria namorando outra mulher, se assim quisesse. Não ficaria obcecado com a ex, pois saberia ser plenamente capaz de conhecer outras pessoas interessantes. Ah, e faltou aprender a escrever corretamente em português. Gringo inútil.

Alan Alriga disse...

Tomará que ele seja preso o quanto antes.

* Edméia * disse...

*Coloquei na minha página no Facebook ! Estamos rodeados por pessoas más, desajustadas, loucas ! Meu Deus !!!

Anônimo disse...

Realmente uma estratégia ruim...

Malik Roy disse...

https://youtu.be/-bgOEOP1njw
Have a good day
Qualquer material que você precisa ver de qualquer parte que eu explique no vídeo, sinta-se livre para entrar em contato comigo. O texto completo também
Insta: @malikroy

Anônimo disse...

Vai se tratar idiota, gente como vc merece uma surra de madeira e ser deportado e nunca mais entrar aqui!

Anônimo disse...

Malik, tu merece um couro e cadeia. Tomara que te joguem numa cela bem abarrotada, seu verme. Tu vai sofrer e tu vai pagar, seu nojento

Anônimo disse...

Some do Brasil, idiota. Volta pro seu país

titia disse...

Por isso que eu concordo com as radfens quando elas dizem que o melhor é cortar relacionamentos com homens. Força Rayanexo e saiba que estamos todos com você.

Ah e você , maligno Roy (esse maligno foi erro do corretor, mas vou deixar porque está adequado ) pare de miMimi e vire homem. Não ter vergonha de agir feito pirralho mimado depois de velho , merece uma sutradição com vara de marmelo. Tomara que você seja preso seu canalha.

Anônimo disse...

Jesus amado, que português tosco na descrição do vídeo. Gringo eurocêntrico, como sempre, com preguiça de aprender direito o idioma de outro país. Analfa.

Anônimo disse...

Deixa meu brother em paz ele não fez nada demais.

Anônimo disse...

Existe algo pior que alguém que não aceita uma rejeição? Terrível. Coragem, Rayane!

Farrew disse...

Vergonha pros homens esse sujeito, Al de mau caráter, chato e egocêntrico

Anônimo disse...

SOCORRO!!! URGENTE PRA ESSA MOÇA!! ATENÇÃO AUTORIDADES AINDA RESPONSÁVEIS, MEMBROS DAS AUTORIDADES QUE AINDA TÊM COMPORTAMENTO DE SERES HUMANOS!! SOCORRO À RAYANNE!! DEPOIS QUE O PIOR ACONTECE...NÃO ADIANTA!! POR FAVOR, NÃO PERMITAM QUE ESSA MULHER SEJA APENAS TAMBÉM MAIS UM NÚMERO NA TRISTE ESTATÍSTICA DO FEMINICÍDIO!!!!

Anônimo disse...

Argh! Boulos na cabeça

A.J. Cardiais disse...

A Lei Maria da Penha não "funciona" para estrangeiros, é? As autoridades brasileira está esperando que este francês mate Rayanne, para depois tomar providências, é? Aposto que se fosse um brasileiro perseguindo uma francesa, as autoridades da França já teriam EXPULSADO ele de lá.

Anônimo disse...

Repara na diferença de idade entre eles. Geralmente quando homem mais velho vai atrás de moça nova é pra manipular mesmo.