sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

A ÚLTIMA DA BOBA DA CORTE

Ontem foi a vez de Damares Alves, aquela que viu Jesus na goiabeira, roubar a cena. Tô falando: este governo é feito inteirinho de bobos da Corte. Vai haver competição entre eles pra ver quem fala mais besteira e distrai mais
Disputa dura entre Damares, o chanceler olavette Ernesto Araújo e tantos outros
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos é uma forte candidata a este cargo de maior boba da Corte. 
Ontem foi divulgado um vídeo patético da "terrivelmente cristã" Damares em que ela diz: "Atenção, atenção, é uma nova era no Brasil: menino veste azul e menina veste rosa!"
O pior, pra mim, foi que ela repete essa sandice, como se estivesse falando de uma grande revolução. Tudo com o brilho do fanatismo no olhar. Eu acho que ela realmente acredita nessas coisas.
A gente ri, mas é sério. Comparar Damares com a Tia Lydia de O Conto da Aia é muito oportuno. 
Em Gilead, onde os homens brancos e cristãos mandam após darem um golpe de Estado e transformarem os EUA numa ditadura religiosa sem qualquer direito pras mulheres, tudo é dividido por cores. As aias (que são apenas úteros com pernas) usam vermelho, as esposas dos comandantes, azul (já reparou que as roupas que a Virgem Maria vestia eram azuis, não rosas?); as marthas (servas), verde, e as tias, marrom. Ninguém pode fugir do figurino.
O Brasil de Bolso ainda não é Gilead, mas cabe perguntar por que um governo que prega o Estado Mínimo quer se meter tanto na vida das pessoas a ponto de determinar a cor que crianças devem vestir. Ou é Estado Mínimo pra economia e pra direitos, e Estado Máximo pra se intrometer nos costumes? Diante da repercussão negativa, a sinistra tentou se explicar. Ela teria feito apenas uma metáfora contra a "ideologia de gênero". 
Quem pensa como ela e acredita que menina gostar de rosa é natural (não, não é: é uma construção social) e que menino usar rosa ou brincar de boneca vai fazer com que ele "vire gay" ficou perdidinho. Não sabia como defender Damares diante de hashtags como #CorNaoTemGenero e #RosaeAzul.  
O melhor que conseguiram fazer foi um meme exigindo que a gente explicasse como existe Outubro Rosa e Novembro Azul se rosa não é pra menina e azul não é pra menino (como disse um leitor sobre a ignorância suprema dos obscurantistas: "É muita covardia"). 
Ué, é justamente isso. É uma convenção da sociedade codificar meninas com rosa e meninos com azul. Qualquer um que entrou numa loja de brinquedos ou numa loja de departamento pode constatar isso, o que não significa que deve ser assim. Aliás, já foi o contrário: rosa, por ser um cor mais próxima do forte vermelho, era vista como cor de menino. 
Damares quer que meninas sejam princesas e meninos príncipes
É isso que nós que estudamos gênero fazemos: desconstruímos essa narrativa. Dizemos que meninas e meninos devem ser livres para usar a cor que quiserem.
Por isso que revolução quem fazemos somos nós, não quem quer conservar as coisas exatamente como estão. 
A propósito, a linda ilustração sobre Conto da Aia é de Butcher Billy.

48 comentários:

Anônimo disse...

Realmente, é muito obscurantismo, mas em relação à pessoa da Damaris, não devemos ataca-la,e sim dar um crédito a ela.

Lembremos que ela é uma das poucas mulheres no meio de tantos homens velhos e ricos.

Anônimo disse...

Eu votei em Bolsonaro mas esta ministra parece personagem de programa humorístico estilo A Praça é Nossa ou Zorra Total.

titia disse...

O nível abismal a que a criatura desce por dinheiro...

Anônimo disse...

Eu gosto dessa ministra, ela mantém as tradições e costumes.

Anônimo disse...

É como em alguns comentários que se vê aqui, a Damares é usada como distração, as polêmicas dela rendem distrações do que realmente importa como a extinção de direitos duramente conquistados por minorias na sociedade. Filtrar nossos esforços é mais do que nunca necessário

Anônimo disse...

O pessoal do feminismo está muito incrédulo com o governo Bolsonaro. Mas tenho certeza que esse sentimento das feministas vai mudar assim que o Brasil começar a evoluir, a ponto que elas inclusive vão virar nele para o governo Bolsonaro 2.

Anônimo disse...

Virar = votar*

Ci disse...

Nossa, os anônimos falando da nossa obsessão por bolsonaro como se eles não tivessem obsessão pelo PT quando este governava.

E Lola, para de cair na cortina de fumaça deles. É isso mesmo que eles querem.

titia disse...

As putinhas do Bolsomico se revoltaram... esqueceram de tomar o suquinho de laranja e estão aqui reclamando porque, como assim o mico deles assumiu e as feministas não viraram amélias e se jogaram aos seus pés? Só esperando o chororô quando perceberem que além de levar a mandioca no rabo continuarão sendo os fracassados perdedores que precisam aprender a lavar as próprias cuecas.

Só rindo com as ilusões dos minions a respeito do juiz Cego Morno e das forças armadas. O crime organizado já domina esse país há muito tempo, porque os grandes chefões estão todos no governo e nas instituições (alôôôôu, helicoca do Aécio e acordo do governo Alckmin com o PCC em SP?), e eles achando que um punhadinho de parasitas mal preparados que só sabe bater em pobre desarmado vai servir de alguma coisa.

Felipe Roberto Martins disse...

Um Brasil com tantos problemas graves e azul e rosa em debate no governo, são amadores!

Cão do Mato disse...

E aquela bandeira de Israhell?? WTF??

MVR disse...

Vamos dar nomes aos bois.

Esta série (O conto da aia) é uma adaptação de livro homônimo de 1985. O motivo da adaptação ter saído tão "tarde" (32 anos depois) foi a possível eleição de Donald Trump no finalzinho de 2016, quando a série já estaria em produção.

O sucesso da série também se dá a este fato: Houve publicidade gratuita - Os liberals americanos impulsionaram a série para todos como forma de criticar o governo Trump, e alguns canais até apontam mudanças feitas na série para que ela criticasse diretamente a gestão atual do presidente norte americano.

O universo da série também é muito mais próximo dos estados teocráticos islâmicos do que de estados cristãos. Até onde sei, é nas teocracias islâmicas que as mulheres são privadas de direitos básicos, inclusive podem ser violentadas pelo marido e sequer podem sair de casa sozinhas.

Isso deixa cair por terra a maioria das "críticas" que a série, assim como o livro, tentam fazer. Acaba sendo uma politicamente barata - porém muito bem feita, afinal, seu objetivo real não é debater/dialogar sobre questões de gênero ou política, mas sim obter retorno financeiro para seus autores.

MVR disse...

A mesma coisa com a série "O Mecanismo". O Netflix não dá a mínima para a política brasileira - Os algoritmos apenas indicaram que esta seria uma boa temática para aumentar a receita (e, portanto, o LUCRO) da empresa.

Parem de se deixar levar. Não é só a tia Globo que quer manipular a população.

Anônimo disse...

Eu gordinha virjona, rsrs tem um doce no meu bolso,pega aqui pra você. ..

Anônimo disse...

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Como beber dessa bebida amarga?
Tragar a dor, engolir a labuta?
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta
De que me vale ser filho da santa?
Melhor seria ser filho da outra
Outra realidade menos morta
Tanta mentira, tanta força bruta

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Como é difícil acordar calado
Se na calada da noite eu me dano
Quero lançar um grito desumano
Que é uma maneira de ser escutado
Esse silêncio todo me atordoa
Atordoado eu permaneço atento
Na arquibancada pra a qualquer momento
Ver emergir o monstro da lagoa

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

De muito gorda a porca já não anda
De muito usada a faca já não corta
Como é difícil, pai, abrir a porta
Essa palavra presa na garganta
Esse pileque homérico no mundo
De que adianta ter boa vontade?
Mesmo calado o peito, resta a cuca
Dos bêbados do centro da cidade

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Talvez o mundo não seja pequeno
Nem seja a vida um fato consumado
Quero inventar o meu próprio pecado
Quero morrer do meu próprio veneno
Quero perder de vez tua cabeça
Minha cabeça perder teu juízo
Quero cheirar fumaça de óleo diesel
Me embriagar até que alguém me esqueça

Anônimo disse...

O Ônix desautorizando as imbecilidades que o Bozo falou hoje foi show, Jornal Nacional virou programa cômico.


O pobre incompentente, estupidos e corrupto do Bozo vai se afundar sozinho

malenasf disse...

Acho tudo isso cortina de fumaça...

Anônimo disse...

Ela é tão despreparada quanto os outros da equipe de ministro do desgoverno do Bozo, fala bobagem e depois fica dando entrevistas pra se explicar, nega o que disse, uma lastima .

Mas eu tb acho que ela foi escolhida pra distrair a opinião pública de ações mais graves e danosas deste desgoverno. Temos que não nos deixar distrair

Anônimo disse...

“Eu falei de feminicídio,suicídio,estupro,violência contra a mulher...Lamento q vcs só tenham observado quando eu falei das cores das roupas.”

Ministra Damares Alves
Alguns fatos incontestáveis:

- O Pabllo Vittar não é mulher;
- A Thammy Gretchen não é homem.
- A fala sobre menino vestir azul e menina vestir rosa é uma figura de linguagem.

É o óbvio ululante.❤️✌️

Anônimo disse...

O fato é que ela é uma fanática evangélica como tantos outros desses ministros do Bozonaro, vai ser muita estupidez pra um governo só.

E vai vir de vários asseclas dele, bando de incompetentes

Anônimo disse...

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve nesta sexta (4) o seu dia de “Tiririca” — ou teria sido um dia de cão? — nos episódios em que ele anunciou o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e a redução do Imposto de Renda de 27,5% para 25%.
Bolsonaro foi desmentido quase que imediatamente pelos subordinados. O primeiro a vir em público dizer que o presidente havia se “enganado” foi Marcos Cintra, secretário especial da Receita Federal. Logo em seguida foi a vez de Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, jogar a pá de cal no capitão. “Foi um equívoco”, fulminou.

Anônimo disse...

Assim como Tiririca, o que Bolsonaro fala não se pode levar a sério. O capitão reformado do Exército demonstrou fraqueza, não manda nada. Teve a “credibilidade” seriamente abalada em três dias de governo e ainda poderá ter outro revés no caso da possível ‘baixa’ do ministro do Meio Ambiente. Bolsonaro nomeou Ricardo Salles para a pasta sem poder fazê-lo porque contraria a Constituição.

Essa notícia resume o que vai ser o desgoverno desse Bozo, a ministra é para distrair a geral , jogar polêmica inócua pelo ar.

donadio disse...

"Damaris Alves tentou se explicar dizendo que tudo não passou de uma metáfora."

Ué, mas ela tá certa. Ou vai dizer que ela não meteu fora?

Zebedeu disse...

Os minions não aguentam três dias de fiscalização, denúncias e críticas, e já dizem que estamos obcecados. Então tem que criar uma palavra para o que eles "sentem" por: PT, Lula, Comunismo, Socialismo, Lola, Marielle etc. Um governo laranja, de laranjas e por laranjas, é o que eles têm. É só o início mínions. Como os doutos da bolsodrilha falam: "Chola mais, é bom jair se acostumando etc." Por estas e outras, cada vez mais tenho certeza, de que esta foi a vitória dos ressentidos e ignorantes.

donadio disse...

"Eu votei em Bolsonaro mas esta ministra parece personagem de programa humorístico estilo A Praça é Nossa ou Zorra Total."

O ministro das Relações Exteriores é consideravelmente pior.

Anônimo disse...

Karla Borges, 35 anos e a primeira mulher a pilotar um avião presidencial. Pilota o avião do presidente Bolsonaro. Cadê as feministas para dar os parabéns para esta mulher?

Anônimo disse...

Affff eu jamais voaria nesse força aérea 1 aí.

Anônimo disse...

Nenhum dessa equipe de despreparados se salva e essa Damares não é exceção, ridículos todos eles

Eddie Santos disse...

Rapaiz, aí é muito insulto.

É Damares ou é Geni o nome?

Anônimo disse...

Claro! Normalmente os dejetos ficam nos aeroportos mesmo!

Anônimo disse...

Damares é só uma nova da corte, falando bobagens pra distrair a platéia

Unknown disse...

Não sei como ainda existem pessoas que acreditam nas ideias do novo presidente,eu mesma nunca tive paciência para ouvi-lo ,mas ontem tive o desprazer de constatar que realmente estamos ameaçados, ele simplesmente quer acabar com os direitos dos trabalhadores pois temos muitos, acabar com a justiça do trabalho, não sei ainda têm pessoas que não percebem que foram enganados pelas fake news.

Eu disse...

"De tão obtusa a postura da ministra parece piada, mas isso é comum nas cortes “ad eternum” colocar a figura do “ bobo da corte” que em sua boca cabe tudo, seja com o fito de chamar a atenção, desviar de outros focos, ou desmoralizar pessoas, instituições ou matérias. Lembremos do “ Tratado do Ridículo”, que trata da finalidade da sátira. Rir para desqualificar. Afinal, o que cobrar de um insano? Desqualificar a pasta e as pautas, eis a ideia! Direitos Humanos para o Bozo são uma brincadeirinha, uma piada, logo, é assim que os trata, colocando uma ministra que assim o fará. O circo está posto!"

Anônimo disse...

Putz! A patrulha ideológica continua firme e forte.

E o pior: Eu goto disso. É divertido.

Anônimo disse...

Lola, como estão as coisas aí em Fortaleza. Vc vem sentindo os efeitos dos atentados do crime organizado?

Rothion disse...

O lixo da internet é justamente os Bozominions passando pano em tudo que é merda que esse traste bosteja.

E realmente... Lola, a moderação nos comentários é mais que necessária. Do contrário só aparece spam anônimo de moleque incel querendo chamar atenção.

Anônimo disse...

Como dissera a Ministra Damares, o "rosa e azul" são metaforas, mas isto justamente torna o discurso ainda mais perverso! Como vi salientado brilhantemente no Instagram da professora Sabrina Fernandes, não trata se de "cortina de fumaça", mas sim de um ato político buscando atacar o movimento LGBTIQ+, é uma luta tão importante como todas as outras, minimiza lá seria um grande erro! Quando eles atacam a política de identidade, sobe o pretexto de defender as crianças da "confusão" que a "esquerda" tenta incutir a fim de destruir a "família", na verdade, o que buscam é defender o modo operantis atual, os papéis que fazem a engrenagem girar, tudo tendo como real objetivo manter a lógica atual do lucro capitalista, por fim, o interesse é apenas alimentar políticas neoliberais.

Anônimo disse...

Adoro quando. Lola volta e deleta os posts imbecis desses mascus frustrado. Gente lixosa, pegue seu ódio e sua burrice e vá jogar nos seus Chans imundos.

Essa gente parece que sai do esgoto do mundo e vem vomitar as idiotices deles aqui. Coitados, pensam que vão afastar ou influenciar alguém.

Anônimo disse...

Felipe Neto, Faustão dizendo" o idiota que está lá ", todo mundo já começou a se manifestar contra os absurdos desse governo sem pé nem cabeça.

Já os bozoantas continuam aplaudindo kkkkkkkkkkk

titia disse...

"A direita esclareçe para convencer."

Engraçado que quem propôs censura nas escolas (A.K.A. Escola Sem Partido Que Não O Meu) foi a macacada da direita, não o pessoal de esquerda... esquerda dá, inclusive, plena liberdade pra falar mal dela, ou esses liberaloides pobres burros de direita nem estariam aqui esbravejando e projetando seus defeitos e frustrações em quem não concorda com eles. Ah, também é o pessoal da direita que tá censurando o COAF, a imprensa, o portal da transparência...

Anônimo disse...

Não é ? Parecem que as feministas se esquecem da isabel de castela, elisabeth 1 e 2 da inglaterra, rainha Vitória, até a nossa princesa isabel que seria a próxima da coroa, todas cristãs e chefes de estado. Nunca vi algo do tipo nas monarquias islâmicas, eles evitam todas as filhas com seus relacionamentos poligamicos.

Anônimo disse...

E até mesmo a quantidade de mulheres santas que eram grandes estudiosas, fizeram milagres ou defenderam seu povo como a Joana D'arc, enquanto que no islã as mulheres não podem ter cargo nenhum, nem como "freira" ou "pastora".

Anônimo disse...

Elas estão se preocupando mais em qualquer crítica a ideologia de gênero que diz que homem que usa saia pode ser mulher. Vai entender.
Ps: eu sou mulher, votei no bolsonaro e já deixei o feminismo há muito tempo, desde que elas se mostraram ser contra a diminuição da maioriadade penal e defendendo meliantes mirins.

Anônimo disse...

Adoro quando. Lola volta e deleta os posts imbecis desses mascus frustrado. Gente lixosa, pegue seu ódio e sua burrice e vá jogar nos seus Chans imundos.

Anônimo disse...

Esse é o pior governo da história, ou melhor, desgoverno. Uma equipe de ministros que nunca vi, de tão despreparados. Foi na posse dessa gente que veio o menor número de delegações estrangeiras e chefes de estados, desde 1990. Brasil está desmoralizado. Não tem um projeto para nada, apenas discursos vazios, contradições, trapalhadas, fascismo.

Anônimo disse...

A última dela é ter atacado a garganta de um vendedor de shopping que citou ela não estar usando rosa. Quando o cara foi gravar a agressão, a assessora dela deu um tapa na mão do cara que estava com o celular.
Nível abaixo de zero como o Bozo, cambada de desclassificado s ignorantes e ridículos, o Brasil vai passar atestado de ridículo a nível mundial

Anônimo disse...

E não está certo ele? A ministra foi lá pra fazer compras, não pra ser filmada.

Anônimo disse...

Recentemente eu vi dois vídeos da Damares, um dizendo que gays são aberracoes e ou dizendo que Marta Suplicy usou 2 milhoes de reais para um projeto que ENSINA OS PAIS A MASTURBAREM SEUS BEBÊS.
Essa mulher sabe que a bíblia condena a mentira e os falsos profetas?