segunda-feira, 26 de março de 2018

EIS QUE O DIFAMADOR PROFISSIONAL E CRIADOR DE FAKE NEWS É ELE MESMO FAKE

Coxinha na versão extra frita


Claro que fico satisfeita quando um ser vil que me persegue há anos se dá mal. 
O biltre da vez é Luciano Ayan, autor da página de fake news Ceticismo Político, entre outras. Este não é o seu nome verdadeiro, o que dificultava processá-lo. Mas agora ele revelou sua identidade: Carlos Augusto de Moraes Afonso, de 45 anos, consultor de informática.
Comentário de 2005 sobre
Luciano Ayan (clique em
qualquer imagem para ampliá-la)
"Luciano Ayan" é um velho troll de internet que age desde 2004. Sempre foi um reaça e, desde a época do Orkut, tinha inúmeros fakes. Era desses trolls que botavam seus fakes pra debaterem entre si, como conta um relato antigo (e longo, já que a ficha corrida biografia do cara é longa). 
Eu nem sei quando ele usou uma de suas páginas pra me atacar pela primeira vez. Obviamente que ele não me atacou por me conhecer ou por ter algo pessoal contra mim, e sim por eu ser feminista e ele, um reaça que, entre outros alvos, ataca feministas. Tipo: alguma mulher cortou o pênis do parceiro? Luciano vai publicar a notícia no seu site afirmando que tal mulher é feminista. É da estirpe que chama feminista de "prostituta ideológica" e, óbvio, "feminazi". 
Em janeiro de 2015 ele usou um ataque gratuito do reaça mau caráter disfarçado de humorista Danilo Gentili para me xingar. Gentili divulgou para seus milhões de seguidores a montagem que mascus fizeram com um cartaz que fiz e carreguei na Marcha das Vadias de 2013, em Recife. 
É o que eles fazem -- não te atacam pelas coisas que você faz e diz, mas pelas mentiras que espalham sobre você. E fica a pergunta, mais uma vez: se eu sou um ser tão abjeto como eles dizem, se eu sou um demônio que prego o mal, se eu sou um "monstro moral" (nas palavras do cidadão de bem Luciano), por que cargas d'água eles precisam inventar coisas sobre mim? Ué, não bastava usar o que eu falo de verdade? Precisa fazer montagem em cartaz, precisa criar site e tuítes falsos, precisa alterar as minhas fotos e textos? 
De todo modo, Luciano se aproveitou do ataque de Gentili para escrever um texto cheio de mentiras e ofensas sobre mim. Se você digitar meu nome no Google, o texto difamatório aparece em quarto lugar na busca. Um dos mascus criminosos que me ameaçam há anos gosta de dizer que, sempre que é chamado pra depor pela polícia, mostra o texto de Luciano pro delegado. Porque, pro mascu, o texto é prova não de que Luciano é um difamador profissional sem qualquer escrúpulo, mas que tudo que está escrito lá é a mais pura verdade.
Blogueira feminista diz...
exceto que ela não disse
Na páscoa de 2015, Luciano foi ainda mais longe. Uns mascus de uma página misógina e racista no FB fizeram uma montagem de um tuíte com meu nome e foto (em que "eu" celebrava a morte do filho de Alckmin num acidente de helicóptero) e inventaram que eu havia publicado aquela aberração no meu Twitter e apagado logo em seguida, mas eles foram rápidos e printaram. Ninguém teria visto essa montagem se não fosse pelo trabalho árduo de Luciano no seu blog (então chamado Crítica Política), e de um outro reaça asqueroso chamado Edmilson Papo 10, no Twitter. Eles se encarregaram de espalhar a mentira, que me rendeu centenas de ameaças de morte e insultos. Luciano fez uns três posts em cima de uma imagem fake. Ninguém pode dizer que ele não é esforçado.
Eu acho curioso como reaças sempre sabem o que rola entre os mascus. Pode ser uma página mascu sem seguidores -- pode ter certeza que os reaças a conhecem e se abastecem dela. A ideologia é a mesma: extrema direita misógina, racista, lgbtfóbica. Deve ser por isso que nenhum reaça jamais se manifestou pra condenar as milhares de ameaças que seus coleguinhas mascus fazem a mim e a outras ativistas. Muito pelo contrário: num de seus posts contra mim, Luciano lamenta que eu ridicularize esses "garotos que postam em fóruns" e que eu use "táticas de violência psicológica" contra eles. Depois somos nós que somos vitimistas!
Pouco depois, em julho, Luciano publicou num de seus sites uma extensa entrevista com um mascu, o ex-presidiário Emerson, arrotando mil e um delírios, e, óbvio, me difamando. Talvez a mentira mais bombástica era Emerson dizendo que ele era Nessahan Alita, um ridículo guru mascu desaparecido há anos. Nem os outros reaças acreditaram nas baboseiras de Emerson, e Luciano tirou a entrevista do ar. Serião: quando um site que só publica fake news tem que remover um post em que ninguém acredita, é porque o negócio tá feio mesmo.
Mas por que estaríamos falando do Luciano, um inútil tão completo que só é levado a sério por reaças (e diz muito sobre os reaças que eles compartilhem tanto um site que basicamente só publica mentiras)? Porque, segundo um estudo da Universidade Federal do Espírito Santo, suas postagens caluniosas sobre Marielle Franco foram fundamentais para propagar mentiras sobre ela. 
O jornal O Globo fez o que os "blogueiros sujos" (ou seja, a blogosfera de esquerda) deveriam fazer -- o mínimo de trabalho investigativo que rendeu duas matérias que desmascaravam completamente o site de Luciano e o MBL (que espalhou todas as mentiras do Ceticismo Político, e depois as deletou). Do MBL acho que nem preciso falar nada, né? Ontem a própria Veja, que até pouco era revista de cabeceira da turma reaça e hoje é chamada por eles de comunista (ha ha), fez uma matéria curta sobre o modo de agir do MBL. 
MBL e outros reaças não são exatamente conhecidos pela sua transparência. 
Eles não revelam quem os financiam, quanto ganham, pra quê. Suas páginas de fake news (MBL chama agências de checagem de fatos de "censura") são hospedadas fora do Brasil, o que dificulta processos por calúnia e difamação (os mascus que me atacam também fazem isso). A gente espera que o PSOL, que já recebeu mais de 17 mil prints de conteúdo difamatório contra Marielle, processe todos eles. A Polícia Civil já abriu inquérito para responsabilizar criminalmente quem divulgou os boatos sobre Marielle.
Pegos na mentira, MBL e Luciano se enrolam cada vez mais. Primeiro o MBL disse ao jornalista do Globo não conhecer Luciano Ayan ("não conhece" mas o retuita com enorme frequência e rapidez). Luciano também disse não ter relações com o MBL (mas, curiosamente, respondeu às perguntas que o Globo mandou pro email do MBL). 
Agora já se sabe que Luciano, ou melhor, Carlos Afonso, é sócio em uma consultoria de Pedro D'Eyrot, líder e um dos fundadores do MBL. Até o início do mês, Carlos era sócio também de Rafael Rizzo, coordenador de comunicação do MBL. São várias ligações perigosas pra quem diz à imprensa não conhecer um ao outro. 
Rafael Rizzo, coordenador de
comunicação do MBL (sim, esse
cargo parece que existe)
Numa matéria do Globo, o jornalista perguntou por que o MBL publicava conteúdos de quem dizia não conhecer. Renato Battista, um dos coordenadores do MBL, respondeu: "Porque a gente prefere compartilhar o que bem entende e prefere acreditar na mídia independente do que no Globo". Deixa eu ver se eu entendi: o MBL, que é altamente patrocinado por bilionários americanos, se considera independente?
Um outro reaça já havia revelado tudo isso há duas semanas:
No sábado, o Facebook removeu o Ceticismo Político (já que a página havia sido aberta por um fake, Luciano), e outras duas ligadas a Luciano. 
Com isso, o Ceticismo (cujo domínio do site é registrado por uma empresa na Dinamarca no nome do fake Luciano Henrique Ayan; antes, quando tinha .com no nome em vez de .org, era hospedado no Canadá) vai sofrer, já que 80% de seus acessos vinham do FB. E a pergunta que não quer calar: por que o FB não removeu antes uma página difamatória de um fake? Tenho certeza que o Ceticismo já havia sido denunciado inúmeras vezes antes de sábado. 
Diante do desastre, Luciano, agora Carlos Afonso, escreveu no seu site revelando sua identidade. O trecho mais incrível é este:
Trocando em miúdos, Carlos Afonso tem um outro nome para troll profissional divulgador de calúnias e fake news: "métodos para a guerra política"! 
Parabéns, você é um mentiroso!
Na carta, ele revela também que o Ceticismo Político "passou a ser monetizado em meados de 2017", mas, como é do seu feitio, não diz quanto nem como nem de onde. E, no vitimismo típico dos reaças, Carlos Afonso se diz alvo de calúnias por ter usado um fake! (não que ele se aproveitou de usar fakes para caluniar pessoas de verdade -- como eu -- à vontade). 
Não sei se foi nessa "carta" ou num outro post recente que vi Luciano dizendo que é um erro considerar o Ceticismo Político um site de notícias. É apenas um site que comenta notícias, segundo ele. Nisso eu concordo! Mas então por que os outros reaças e o próprio site (sem contar o MBL) divulgam notícias do Ceticismo como se fossem fatos super verdadeiros, e não opiniões reaças?
E, cá pra nós, o pior é que não são opiniões -- são calúnias. São mentiras. Você não faz três posts baseados num tuíte claramente fake para atacar uma feminista e chama isso de "apenas minha opinião". Você não pode dizer que Marielle era um cadáver comum ligado a traficantes e tentar se refugiar no velho "só minha opinião". Isso é difamação, e faz de você um difamador. Você não coloca as palavras altamente preconceituosas de uma desembargadora no seu site e chama de "desabafo". Não é desabafo, é mentira!
Ninguém que se veja como um "cidadão de bem", um "homem honrado", seria capaz de fazer isso:
No post, Luciano, aka Carlos Afonso, espalha um dos fake news (aquele que dizia que Marielle e Marcinho eram um casal) para sugerir que crime mesmo é ser uma ativista e ser do PSOL, não ser um traficante condenado. 
Neste post, Luci in the Sky with Diamonds (porque ele deve ter tomado alguma substância psicodélica pra mentir desse jeito) chama o jornal El País de "jornal de extrema esquerda" e distorce a verdade (falsa acusação de notícia falsa?) para que ninguém repare quem realmente está afundando "ainda mais no esgoto" (quem cria e divulga fake news ou quem denuncia fake news?).
Parece, Carlos Afonso, que quem vai se dar mal não é o PSOL, mas quem criou e espalhou mentiras sobre Marielle. Não posso dizer que fico triste com o fim da carreira de um mentiroso. 

16 comentários:

Anônimo disse...

Também fico feliz que esses psicopata seja desmascarado, Lola. É uma pena que que existam muitos iguais a ele e o FB não leve muito a sério as denuncias, né.
Mas pelo menos um acabou.

mh disse...

Um monte de pensamentos de uma manhã de segunda-feira...

1)Lolinha, eu não vejo BBB, mas andou circulando uma frase de uma das participantes e eu acabei vendo em memes. Não sei de onde vem a frase, tampouco me interessa:

"o mal por si só se destrói"

Não creio que seja tão fácil assim, mas de todo o modo, acho que cabe no caso desse ser abjeto. Foi obrigado a assumir sua vida fake em função dos fakes que produziu.
Quanto à sua fala de que "funciona que é uma beleza", tá aí outra coisa fake. Não funcionou com quem tem, entre as orelhas, um cérebro e um tanto de autonomia de pensamento.

2) Estou torcendo que agora chovam denúncias sobre o "produtor de guerra política", agora devidamente identificado. Ele foi responsável por tantas notícias falsas e caluniosas que vai ter que aproveitar as benesses do governo também fake que ele ajudou a instituir e retirar o FGTS para pagar as indenizações por danos morais, etc.

Em suma: a semana começou com uma boa notícia. Espero que siga assim.

3) > Ameacei o coelhinho da Páscoa: se não aparecer chocolates na minha casa, me mudo para a Austrália, onde a caça ao coelho é estimulada! <


4) Anônimo das 12:11
Recalcado é o senhor seu pai por ter posto um demente (não é louco, mas desprovido de cérebro) no mundo.

Viviane disse...

Pergunta que não quer calar: os reaças mais "tradicionais" (políticos, jornalistas e outros) virão a público pedir desculpas pela divulgação das fake news... ou farão coro com "Luciano Ayan" e dirão que é "liberdade de opinião"?
Outra: ninguém tomou nenhuma atitude antes porque não interessava. Esses dementes foram úteis para afastar o PT/esquerda do poder. Agora estão sendo descartados após cumprirem seu papel na farsa. E os reaças "tradicionais" já citados tentam, assim, limpar a própria imagem, fingindo não terem nada a ver com isso...

Anônimo disse...

Caraca. Bicho, olha a cara do indivíduo. Sujeito com 45 anos na cara, sempre achei que troll mascu desses fóruns de internet fosse moleque de no máximo 22 anos.

Luise Mior disse...

Que curioso ver "O Globo" e a Veja publicarem matérias sobre fake news apontando que o MBL se utiliza delas. Ficarei feliz se Luciano perca totalmente sua credibilidade juntamente com os demais reaças mentirosos. Gosto de debates qualificados. Abraços querida Lola e obrigada por esse post. Boa semana ❤

titia disse...

Tomou no rabo canalha! Bem feito! Aham, pois é, colega, agora que já bateu panela pra botar a direita no poder, você não serve pra mais nada. Preparem-se, imbecis do MBL, vocês serão os próximos. Agora a reaçada já está lá enchendo o cu de grana e vai abandonar vocês pra se ferrarem sozinhos. Nada pessoal, é que eles querem reduzir a folha de pagamento e vocês são completamente descartáveis.

Anônimo disse...

Qualquer leitor, com um minimo de discernimento, sabe reconhecer que é um "fake news" ou um portal que se presta a esse serviço:

Rede Globo, Ceticismo Político, Crítica Política, Brasil 247, Folha Política, Carta Capital, Veja, Jorna Livre, Estadão, Conversa Afiada, CNN, NYT, El País. Esses são os que apenas eu conheço.

Anônimo disse...

Lola! Que gente horrível! Fake News não é Maldade mesmo, sacanagem..., falta de caráter mesmo desta gente. Abraços. Felipe Rio Martins (n tô conseguindo logar no blog:(...

titia disse...

Troll que está usando a "baixa audiência" pra pedir o fim do blog (talvez seja o próprio Afonso Lucyaian) ou para que as pessoas parem de falar do caso, pode tirar a sua bonequinha inflável da chuva.

10:17 porque com certeza alguém que usa os termos "defunta negra sapatona já-vai-tarde Marielle" tem muita moral pra chamar os outros de lixo humano, né não? Dá até vontade de rir. Dica: se você está tentando ser o novo humorista do blog, inove. Essa já passou da validade e está verde e peluda num canto da geladeira obsoleta da década de 50. Se você quis ser irônico, volte pra escola e não gazeteie as aulas de português. E se você só quis causar mesmo... que tédio sua vida é, hein, filho? Se mate e pare de gastar recursos preciosos que a humanidade não devia estar gastando com bostas que se acham gente só porque aprenderam a falar.

Manoela disse...

Pensei que fosse a única rs rs. Tb achava que eram adolescentes ou no máximo adultos de 21 anos que postavam essas coisas para causar perturbar juízo alheio. Tal qual uma reportagem que eu vi uma vez na tv sobre as pessoas que foram presas porque faziam trotes para o corpo de bombeiros. Quando a tv mostrou quem eram, os três eram adultos barbudos com famílias. Surreal!

titia disse...

12:38 o pessoal da pré-escola está terminando de almoçar e tirando um cochilo. Volte mais tarde que já terá alguém para debater no seu nível.

Anônimo disse...

Vários jornais que você citou não são de fakenews. Eu tiraria alguns e colocaria a mídia mais informal e não impressa como canal do Nando Moura, do Olavo de Carvalho, Mamãe falei, MBL, Antagonista e sendo incomum. Só merda.

Anônimo disse...

De fato, não vale a pena discutir com esses lixos sem cérebro, titia. Você sabe bem porque ele está babando de raiva e veio despejar o ódio e a frustração dele aqui no blog: um bosta da turma dele caiu. Deixemos esse lixo explodir de raiva.

Anônimo disse...

Pedir o fim do blog devido poucas postagens nos comentários, melhor qualidade a quantidade, pois onde tem milhões a chafurdar falta informações, conteúdo.Tem algumas postagens , matérias que discordo, porém coloco meu ponto de vista, algumas concordo e comento, outras vezes apenas leio e não escrevo nada a respeito. Quer quantidade com verborragia e muitos likes ,visualizações? Vai no YouTube ou Facebook em páginas ou canais de religiosos ou políticos , ou seres abjetos como Youtubers, pois ganham dinheiro com quem tem tempo a perder e raiva de tudo e de todos, mas não faz uma auto análise de si, afinal o inferno são os outros.

titia disse...

Verdade, 14:31, e a cada vez que um deles cai esses bostinhas ficam com medo de serem os próximos. E a vez deles vai chegar, de um jeito ou de outro.

Anônimo disse...

Os trolls tentam há anos impedir bons diálogos nessa caixa de comentários. Lola, eu estou com mais tempo livre, sei que há outras leitoras antigas. Vamos fazer um mutirão de moderação? Estabelecer um pequeno código de ética de postagem, e barrar sem dó esses trolls que se alimentam de ódio e espalham falsos princípios de feminismo?

Com tudo o que virá pela frente na história do Brasil, nós precisamos de um espaço seguro aqui, e sei que você também precisa.
Se for para monitorar ataques, podemos organizar uma pequena equipe para arquivá-los, enfim, já te fiz essa proposta antes, e ainda a mantenho. Vamos lançar monitoria 24 horas por dia!

Marcia.