segunda-feira, 3 de outubro de 2016

ELEIÇÕES MUNICIPAIS: NADA QUE NÃO POSSA PIORAR

As eleições de ontem me deixaram com um gosto amargo. E temo que 2018 possa ser pior.
Pra começar, a representatividade das mulheres é mínima. No primeiro turno, apenas uma mulher foi eleita nas prefeituras das capitais -- Teresa Surita (PMDB) em Boa Vista, Roraima. Nas capitais que terão segundo turno, só há uma mulher concorrendo: Ângela Amin (PP), em Floripa, que é de direita e em que eu não votaria jamais (se eu vivesse em SC, anularia o voto, como fiz em tantas eleições  por lá).   
O pior talvez tenha sido SP, sempre SP, aquela cidade onde morei por 16 anos e que sempre diz que "nordestino não sabe votar", enquanto elegia Maluf, Pitta, Collor (se não fosse por SP Lula teria ganhado em 89)... Inesperadamente, porque patinava nas pesquisas até poucas semanas, e porque desde 1992 que alguém não se elegia prefeito de SP no primeiro turno, João Doria (PSDB) foi escolhido com 53% dos votos. Um pouco menos que os votos brancos, nulos e abstenções.
Com um patrimônio declarado de 180 milhões de reais, o coxinha insuportável que me fez parar de ver O Aprendiz é agora o segundo prefeito mais rico do Brasil, pelo menos nas cidades com mais de 200 mil eleitores. Aliás, mais da metade das maiores cidades brasileiras que escolheram seu prefeito no primeiro turno serão governadas por prefeitos milionários (o partido com mais prefeitos milionários é o PSDB). 
O verdadeiro significado da expressão "idiota útil". Valeu, campeão!
Que bom, né? Porque taí uma garantia de que o cara não roubará -- afinal, ele já é rico! E rico é rico porque merece ser rico, ué! Porque trabalhou! Conquistou por méritos! (ontem eu li um mascu dizendo que até quem herda fortuna é merecedor -- "meritocracia sobrenatural", ele disse). 
E certamente um milionário vai governar para os pobres. Pena que eles sejam tão sujinhos e cheirem mal (Greca, que declarou ter vomitado com cheiro de pobre, está no segundo turno em Curitiba, que é quase uma outra SP, com a diferença de nunca ter eleito um prefeito de esquerda). 
Olha, se isso tudo é um combate entre o bolsa família e a bolsa de valores, a gente já sabe quem ganhou. Pelo menos em SP.
Um dos partidos que mais cresceu (até agora elegeu 109 prefeitos, 36% a mais que em 2012) foi o PRB, partido de Marcelo Crivella (que tem que perder pro Freixo neste segundo turno no Rio) e de Celso Russomanno. O PSDB cresceu 15%, e ainda concorre em oito cidades com segundo turno. Pode governar dez capitais brasileiras, o que é genuinamente assustador. 
O PT tinha 628 prefeituras em 2012. Agora, só 241. Nas capitais, o PT só fica com Rio Branco. E tem chances (mínimas) no segundo turno em Recife.
Porto Alegre foi uma decepção total: tinha Luciana Genro (PSOL) e Raul Pont (PT). Nenhum dos dois foi pro segundo turno, que ficará entre PSDB e PMDB. 
Aqui em Fortaleza, eu votei na Luizianne Lins (PT), que ficou em terceiro. No segundo turno entre o atual prefeito, Roberto Cláudio (PDT), e Capitão Wagner (PR), votarei no primeiro sem pestanejar. 
Vamos às ótimas notícias. Sim, elas existem! Sâmia Bomfim, candidata que eu apoiei em SP, foi eleita vereadora pelo PSOL! Ela teve 12.400 votos! Fico super feliz por ela! Além da Sâmia, SP contará com outra vereadora de esquerda: Juliana Cardoso (PT). 
Marielle Franco (PSOL) foi a quinta vereadora mais votada no Rio, uma votação fabulosa. Pelamor, gente, vamos agora eleger Marcelo Freixo prefeito do Rio. 
É verdade que Carlos Bolsonaro teve a maior votação para vereador no Rio. 
Mas vamos ver pelo lado do copo meio cheio. Ele teve apenas 16 mil votos a mais que o segundo colocado, Tarcísio Motta (PSOL). E, por mais que os 106 mil votos desse filhote de Bolso tenham sido uma enormidade, representam um terço do que Suplicy conseguiu em SP.
Aliás, esse Suplicy, que cidadão fantástico! Foi tirado do Senado para que José Serra entrasse em seu lugar (mais uma pra lista de maldades de SP) e nem ligou. Voltou como vereador. Porque o que importa, pra ele, é a luta.
Linda, poderosa, magnífica
Uma notícia incrível, pra quem ainda não viu: o vereador mais votado de Belo Horizonte é mulher, negra, feminista, de esquerda, da periferia, tudo de bom. Parabéns, Áurea Carolina (PSOL)! Ela foi tão votada que levou junto para a Câmara sua companheira de partido, Cida Falabella. Vale lembrar que o PSOL nunca tinha tido vereador em BH. E de repente tem dois -- duas mulheres! (e como podia não ganhar, com este vídeo formidável?).
Reaças estão festejando "o fim do PT", mas a gente sabe que o PT só acaba mesmo se criminalizarem o partido -- o que, aliás, muita gente vem tentando fazer. O PT não acabou. E é maravilhoso que PCdoB e PSOL tenham crescido. 
Mas fica a dúvida: agora que os paulistas tem Dória na capital, Alckmin no Estado, e Fora Temer na presidência, vão culpar quem pelas agruras da vida? O Suplicy? O PSOL? Cuba?
Porque, segundo os reaças, agora acabou a corrupção no Brasil! São novos tempos à la Noruega vindo aí!
Eu fico é com o coração partido pelo Brasil, porque o que vem por aí -- com perdas de direitos para todos -- não será bonito.

136 comentários:

Anônimo disse...

No Rio, é o candidato da esquerda contra o bispo da Universal. Se não ganharmos, é o fundo do poço mesmo.

Comemorar até a eleição de vereador mostra como a situação tá crítica.

Anônimo disse...

A melhor sigla que a esquerda pode ter chama-se AK-47, dentro da democracia burguesa não há saída, é governo dos ricos para os ricos e ponto. Quem ganhou cargo eletivo nessas eleições ganhou foi é biscoitinho do capital para dizer que existe uma autêntica disputa.

Rafael Cherem disse...

Depois a idiota da direita brasileira vem dizer que há doutrinação ideologica nas escolas. Olha não vejo como tragédia esse recuo eleitoral da esquerda, pois é na rua que devemos fazer a luta.

Cão do Mato disse...

Eu fui de Haddad e Suplicy, mas até agora não entendi por que a periferia ajudou (e muito) a eleger esse coxinha do João Dória... Esse pessoal não usa o cérebro?? Que um classe média/média-alta vote nesse tipo de candidato, eu até entendo, mas... a periferia?? E o pior é que esse cara vai pegar a prefeitura com uma situação financeira estável, graças à renegociação da dívida feita pelo Haddad...

Anônimo disse...

Vejo da mesma forma Lola, dias piores virão...

leonardo neves disse...

" [...] gente sabe que o PT só acaba mesmo se criminalizarem o partido -- o que, aliás, muita gente vem tentando fazer." !?????????????????????????

Corei, com essa. Ahhh, vocês, políticos.

Rodrigo Almeida disse...

Curiosamente as pessoas q elogiam o Haddad, maioria delas são de áreas nobres de SP ou não moram aqui, vide a Lola.

Anônimo disse...

Bom, esse pessoal "que não usa o cérebro" elegeu o Haddad há 4 anos e viu ele virar as costas depois. O erro do prefeito foi achar que as pessoas da periferia o perdoariam por ser o menos pior. Ele até iria para o 2° turno, mas as pessoas deixaram de votar no Russomano pra votar no Dória por pura falta de opção.

Vanessa disse...

O q fazer quando vc descobre q sua amiga aparentemente mente aberta, votou no filhote de bolsomerda e ainda concorda com tudo q o infeliz fala? Sério, fiquei pasma, n sei q merda aconteceu com ela, n via ela a um tempo e conversando ontem solta as pérolas q o bolso costuma vomitar. Gays estão incomodando ela, tem viado e sapatão demais... E antes ela defendia eles, bizarro isso. Se gay adotar, a criança vai virar viado?!
Mimimi família normal, triste.
O futuro do Brasil é negro, n tenho muita esperança.

Anônimo disse...

O choro é livre!!!

Vão falar que foi golpe também? O povo todo escorraçou o pt!!! Cadê os 54 milhões agora??? Se a eleição anterior não foi fraudada, como explicam essa surra!?!?!?

O povo escolheu, aceitem que dói menos, as boquinhas acabaram, vão ter que trabalhar de maneira honesta, chega de receber pão com mortadela pra trancar ruas com pneu queimado e chamar isso de trabalho, chega de invadir fazendo alegando que querem produzir, quando na verdade só querem revender pra lucrar sem esforço! CHEGA DE VADIAGEM!!! O BRASIL PRECISA DE GENTE QUE TRABALHA, NÃO DE MIMIMI!!! MIMIMI NÃO PÕE COMIDA NA MESA, NÃO TRAZ ALEGRIA E SUSTENTO PRAS FAMÍLIAS, GRAÇAS A DEUS FINALMENTE O POVO ENXERGOU POR TRÁS DA MÁSCARA, A ESQUERDA JÁ ERA!!!

Deu pt pro pt, sem mais! Beijos de luz e tudo de bom pra vocês!

Anônimo disse...

Marcelo Freixo não tem muitas ideias de como conseguir melhorar o orçamento do Rio, o estado já está quebrado. Suas propostas até que são bonitinhas, mas todas envolvem gastos sem nenhuma forma de como cobri-los. Na minha opinião o Crivella tem mais coerência nesse sentido.

Anônimo disse...

Vanessa, permita-me fazer um "ajuste" na sua última afirmação:
O futuro do Brasil é branco, milionário, conservador e não gosta de pobre, pelo menos segundo as urnas...

Cão do Mato disse...

Se fosse para dar um voto de protesto contra o eventual abandono das periferias pelo Governo Haddad, teria que ter sido na Marta Suplicy que, quando foi prefeita, fez muita coisa por lá. Nunca no João Dória. Morador de periferia votar em candidato empresário (e ainda por cima, playboy) é o fim dos tempos...

Anônimo disse...

Acredito que Marcelo Freixo não seja uma boa opção, o Rio de Janeiro já está financeiramente quebrado, e ele não tem nenhuma proposta para melhorar o orçamento. Até q as ideas dele são bonitinhas, mas a maioria requer um alto custo e ele não propoe nada para cobrir.

Anônimo disse...

Trocando artistas por políticos, essa tirinha resume bem a opinião da Lola e de muitos dos leitores dela, incrível:

http://mentirinhas.com.br/mentirinhas-1046/

Anônimo disse...

"Vanessa disse...
O q fazer quando vc descobre q sua amiga aparentemente mente aberta, votou no filhote de bolsomerda e ainda concorda com tudo q o infeliz fala?"

O que fazer? Reséita a opinião dela e continua amiga, ou a Liberdade de Opinião só vale pra quem concorda com você?

Anônimo disse...

Os partidos "golpistas" cresceram consideravelmente...
será que é pq a populacao nao acredita que um golpe ocorreu?

Como disse o maior brasileiro de todos os tempos, "vocês perderam em 64, e perderam em 2016".

Viva a vitória.

Anônimo disse...

votar em mulher só por ser mulher é um argumento estranho né?

Anônimo disse...

Maravilhoso que o PCdoB tenham crescido. E depois você fala que não é comunista? Se bem que Fidel também diz que não é comunista. Temos que ficar de olho no PSOL, ele é uma versão muito mais venenosa do que o PT.

Anônimo disse...

ué lola, vc tá reclamando, porque vc não explica a roubalheira do PT? Fala sobre isso, porque o resultado das urnas refleta a total má gestão e roubalheira e vc defende eles só pela ideologia. Você separa as pessoas entre rico e pobre. Desculpa, o Dória é empresário e gestor bem sucedido, porque ele não poderia ser melhor do que o pt e ajudar os pobres tbem? Rico é tudo sem coraçao? Só esquerdista é bonzinho para o povo? Mas como assim bonzinho, e a roubalheira do pt, o que isso se reflete na vida do povo?

Anônimo disse...

Bom lola, o que vai ter é perda de direitos para bandidos.

Anônimo disse...

Acredito que você deve aprender a respeitar a opinião dos outros, principalmente quando é diferente da sua

Anônimo disse...

Cão do Mato,
O que eu já vi da periferia mais engajada e esclarecida é que o governo da esquerda de Haddad continua a financiar o genocídio negro. Muitos, não só periféricos, mas esquerdistas descontentes votaram nulo. Claro que só beneficiou o PSDB.
Quanto Dória ter votos na periferia, nada muito surpreendente. Sabemos que eles chegam lá com meia dúzia de palavras, beijinho nos pretinhos favelados, fingem gostar da buchada da Dona Maria e depois saem de lá limpando seus sapatos italianos e desinfetando tudo o que possa ter tocado em pobre. O PSDB nunca governou para os pobres, não sei porque ainda não aprendem isso.
Aliás, esta é uma crítica até pertinente feita ao PT e que muitos dos militantes não estão conseguindo lidar ou encarando isso como traição. Em nome de republicanismo e politicagem, o PT se distanciou muito de quem vota neles que é principalmente o pobre proletário. Com todo os dias vendo que o desemprego fora causado pela maldita Dilma e que com PSDB/PMDB no poder, as coisas vão entrar nos trilhos com o discurso manjado de gestão moderna, não é difícil perceber as razões que levaram ao encolhimento do PT.

Anônimo disse...

Que vontade d chorar Vanessa! Me solidarizo c vc pq mesmo tendo ficado feliz com psol e Marielle n rj, vejo com preocupação avanço desses nazistas.

A gente se ilude que o carioca é liberal mas isso é pra inglês ver. A maioria que reside em áreas pobres vive clima de terror, tráfico x milicia x polícia todo dia.

Acho q é daí q se aproveitam os nazistas a favor da lei d talião, a favor d grupos d extermínio p acabar com bandido: o drogado, o maluco, o traficante - incluídos milhares de inocentes juntos e cada vez mais acho que eles teriam o maior prazer de passar fogo tb nas minorias (aliás já ate acontece... c assassinato de homossexuais.travestis etc) além dos q se posicionam diferente politicamente.
Por isso acho q hj um engajamento tb é desmontar as falácias desses nazistas tb... não desistir das pessoas...
Não a toa os religiosos tomaram um espaço político q a esquerda não conseguiu se aproximar. Ela se elitizou um tanto sim... Se não se governar p eles, quem estiver ao lado deles vai levar o povo.

Anônimo disse...

Frouxo não se elege no Rio. E o choro é livre.

Bonde do Crivellão sem freio

Anônimo disse...

Não tem nada de curioso, a parte mais anti petista do país é classe média.

pp disse...

Ai Lolinha, sou de BH e fiquei super feliz com a vitória da Áurea! Eu votei nela sem nem saber que seria esse sucesso todo nas urnas. Bom demais!

Anônimo disse...

É muito bom e EXTREMAMENTE agradável ver a esquerda estrebuchar antes de morrer... vcs estão f* e sabem disso. Por isso caem agonizando e praguejando os seus algozes. Mas SIM, vcs nunca mais irão governar nada nesse País da forma que governaram, com seus "Projetos de Poder" vitalícios, plantando uma quadrilha onde deveria haver uma Administração Pública. A esquerda está morta. Só falta a nós enterrá-la.

Anônimo disse...

a) Lola sou do Rio aqui até temos o que comemorar o Psol elegeu seis vereadores tornou se a segunda maior bancada entre os eleitos Tarcisio Motta e Marielle Franco uma ativista negra defensora dos direitos humanos e ainda temos Taliria Petrone em Niterói outra ativista negra acredito que o Psol vai salvar a esquerda.

b) Agora temos que trabalhar a eleição do Freixo lutar para ele ganhar esta batalha.

c) Na minha opinião a esquerda necessita reinventar se esquecer o impeachment aproximar se de movimentos sociais dali apareceram novos líderes.

c) Lola acredito que o Brasil vai arrepender se da PTfobia pois corrupção tem no PP PSDB e PMDB também.

d) Nesta eleição fiquei feliz por Eduardo Suplicy demonstrando o que o PT tem que fazer começar de novo

Anônimo disse...

15:45,
Mas vcs não defendem os negros? Pq o Brasil não pode ser negro? Olha a contradição esquerdista aí!!!

Patrick disse...

Curiosamente as pessoas q elogiam o Haddad, maioria delas são de áreas nobres de SP ou não moram aqui, vide a Lola.

Bom, esse pessoal "que não usa o cérebro" elegeu o Haddad há 4 anos e viu ele virar as costas depois. O erro do prefeito foi achar que as pessoas da periferia o perdoariam por ser o menos pior.

Essa é uma das razões pelas quais não gosto da extrema esquerda. Usam o mesmíssimo discurso (falso) da direita pra desqualificar o PT.

Transcrevo de quem mora lá, na periferia:

Esther

essa ideia de que a periferia boicota a gestão do PT porque as boas ações do último prefeito não chegaram lá não cola, gente. chegou creche lá. chegou hospital lá. chegou centro cultural por lá. até umas dezenas de ciclovias chegaram por lá.

numa rua bem próxima da escola onde eu estudei, no Parque América, não passa carro aos domingos e feriados. é a tal da "rua para as pessoas" versão quebrada.

3.800 vagas de faculdade criadas pela Prefeitura de São Paulo na periferia

Haddad leva universidade pública a todos CEUs de São Paulo
Desde 2013, o prefeito de São Paulo levou ensino superior a 46 bairros da periferia da cidade, fazendo parceria com universidades federais e estaduais

Creches

Na gestão Haddad foram contratadas 16 mil pessoas por concurso público para trabalhar na rede de ensino infantil. Todos os prefeitos anteriores a Haddad criaram 180 mil vagas nas creches de São Paulo. Em 4 anos de Haddad, foram criadas 90 mil.

4 h a mais por semana pra cada trabalhador e trabalhadora

Há décadas a CUT luta para diminuir a jornada semanal de trabalho de 44 para 40h semanais. Na gestão de Haddad, as melhorias no transporte público propiciaram que cada trabalhador ou trabalhadora da cidade tenha economizado 4h por semana em seus deslocamentos de casa para o trabalho. Ou seja, em 4 anos Haddad conseguiu obter para os moradores da cidade o mesmo benefício pelo qual a CUT luta há tantos antos.

Anônimo disse...

Mais curioso Rodrigo Almeida é que as pessoas de fora que elogiam o Haddad ganham bem, eu que morei em São Paulo, vi várias administrações, acreditava que todos deveriam ter maturidade para ver que é uma gangorra lá. È normal a periferia quando não se sente prestigiada dar o troco nas urnas, vide a própria eleição do Haddad, nota-se que ocorreu com o empenho da Marta que tem muita força nessa área e com todos os defeitos ia e ouvia.

Alguém esteve ontem no Hotel ou viu pela tv, o QG do PT, analisou a platéia, era uma elite branca, o auge foi o incidente machista contra a Sadi, quem não estava e soube, a irritação ali nada tinha com a derrota, e sim perder empregos por que era tudo comissa e o Padilha que é secretário já sofreu isso na pele, fica olhando.

Isso do prefeito ser bom, ter feito muito, no Rio o PMDB fala a mesma coisa, vide o Merval dizendo que o Paes teve uma prefeitura de muitas obras, teve o candidato deles 16% a mesma coisa do Haddad.

Cansa você ver essa de Alice nos país da Maravilhas, perder no primeiro turno é mais que erro de comunicação, tem que assumir que teve problemas sérios, faltou investimento em Saúde e Educação na periferia, não dá para ir apenas quando vai inaugurar luz de LED em determinada zona da cidade.

Cansa cada eleição ver a elite branca que apoia determinada cor ideológica reclamar como vota a periferia, em um tempo que tempos pesquisas qualitativas que mostram que o cidadão quer, só se perde no primeiro turno quem ignora a vontade do povo e sabe que está fazendo isso.

Abraço,

Alessandra disse...

Vanessa, você está enganada. O futuro não é negro, ele é branco, hétero, e cristão. Do topo da pirâmide social.
Se fosse negro, já seria um bom começo.
Na boa: se liga aí.

Anônimo disse...

O voto de protesto da periferia foi o voto nulo. Quem votou no Dória foi só falta de opção é de informação mesmo. Mas não dá pra dizer que não votar no Haddad é falta de usar o cérebro, ele fez tudo pra não receber voto de quem mora longe.

Anônimo disse...

Ah parem, é óbvio que a Vanessa disse "negro" no contexto de trevas, "luz e escuridão". Será que isso é racista mesmo? Meio dificil rever esse conceito em tantos livros de fantasia e etc... será que dizer que escuridão é ruim, nesse contexto, é racista? Se sim, aceito sugestões de outras palavras.

Anônimo disse...

"Ah parem, é óbvio que a Vanessa disse "negro" no contexto de trevas, "luz e escuridão". Será que isso é racista mesmo? Meio dificil rever esse conceito em tantos livros de fantasia e etc... será que dizer que escuridão é ruim, nesse contexto, é racista? Se sim, aceito sugestões de outras palavras."

Medonho, tenebroso, funesto, assustador... Tem tantas outras palavras para descrever esse contexto sem apelar pro racismo.

Anônimo disse...

Jeito fácil de desqualificar algo que foi falado. Eu fiz a segunda afirmação e não sou bem de extrema esquerda, inclusive votei no prefeito de novo, mesmo morando na periferia e não tendo visto nenhuma dessas coisas aí que você linkou do site do partido e da canal da Perseu abramo. Votei nele por medo de Dória e Russomano chegarem juntos no segundo turno. Mas confesso que não tive cara de chegar pros amigos da região e pedir voto com esses argumentos aí que ninguém viu por aqui. Na verdade eu pedi voto sim, no desespero, mas sem ter o que mostrar...

Anônimo disse...

Sim, vamos todos parar porque você cansou de ouvir comk um termo pode soar racista.

Anônimo disse...

Fico feliz pelas vitórias do Psol, mas não gosto desse partido. Psol nunca foi atacado pela mídia, vocês não acham isso estranho? Psol é a "esquerda" que a direita gosta.

Anônimo disse...

Os bolsominions falavam que ele não chegava no segundo turno previsão não é o forte de vcs

Anônimo disse...

Psol é muito atacado sim os reaças inventam muitas coisas olha o Jean Willys

Anônimo disse...

Se o Freixo consegiui derrubar o PMDB com apenas 11 segundos de televisão imagina agora.

Anônimo disse...

Lola se SP se separasse do resto do Brasil não seria melhor para todos? Quero dizer os paulistas não gostam do resto do Brasil e o resto do Brasil não gosta dos paulistas, então não seria melhor para todos?

Anônimo disse...

(Viviane)
Anon de 17h11, gostaria que você nos explicasse como um prefeito pode, por ação ou omissão, "financiar o genocídio do povo negro". Senão, vejamos: a polícia é administrada pelo governo estadual, o sistema carcerário também. O prefeito poderia investir em educação básica? Sim, mas sua alçada se limita ao Ensino Fundamental (ou seja, crianças), cujo resultado só se veria na próxima geração. Poderia melhorar transporte e iluminação pública para aumentar a segurança? Sim, sobre a iluminação eu não sei (não moro em São Paulo). Quanto ao transporte, acho que Haddad ficou mais nas ciclovias e deixou de atender à demanda por transporte público, isso procede?
Enfim, para fazer uma análise, temos de levar em conta uma série de fatores.

Anônimo disse...

(Viviane)
E por que os sites do PT, CUT e Perseu Abramo não podem servir de argumento para pedir votos para... o PT? Você "não teve cara" por que não pesquisou antes ou por que discorda dos argumentos?

Anônimo disse...

Viviane, eu não tive cara porque eu moro na periferia e não vi nada disso. Aliás ainda demoro as mesmas 4 horas no ônibus ida e vokta todo dia, ou até mais. Não disse que os links não servem de argumento, só não são as palavras de quem mora na periferia como foi dito. E é difícil querer convencer alguém usando coisas que a pessoa não está vendo e nem eu. E isso não é questão de pesquisar, na internet todo mundo vê, mas a gente mora aqui e sabe que nem a ciclofaixa chegou perto. O meu melhor argumento foi o próprio Dório e o Russomano, mas não vou botar a culpa no cérebro dos meus vizinhos não. As pessoas votam em quem elas acreditam, não foi a toa a quantidade de votos nulos.

Anônimo disse...

Agora por milagre, o voto eletrônico se tornou confiável, que interessante hein. Quando o psdb ganha os resultados da urna eletrônica se torna verdadeiro e inquestionável.

Pois faz bem se vc se afastar da tal ''amiga'' homofóbica, ódio é ódio, discriminação tbm e não são nem respeito e nem opinião. Gente cheia de ódio só atrai coisas ruins para nossa vida.

Anônimo disse...

Esses mascus e todos esses misóginos, homofóbicos que aparecem aqui para trollar são uns chatos, não valem nada. Cambada de safados, querem trollar aqui, mas ninguém aqui aparece para trollar nos esgotos deles.

Anônimo disse...

Seria melhor pra São Paulo, que carrega o resto do Brasil nas costas

Anônimo disse...

Pelo jeito você não sabe o que é racismo

Leonardo Vieira disse...

so uma pergunta para a autora do blog e para quem mais quiser responder, que dizer a pessoa so pode ser rica se for roubando, corrompendo e explorando?


porque ser pobre também não significa muita coisa lula e companhia partiram da pobreza e olha o roubalheira que fizeram no pais. a desculpa esqueci esquerdista rouba para o povo.

nelsonalvespinto disse...

O paulistano se vingou de Haddad tomando um copo de veneno.

Anônimo disse...

Achar que tem muitos gays não é ódio, é opinião. Ainda mais quando existem movimentos como o feminismo q incentivam as pessoas a serem homo pra conseguir o status de coitadinho.

Por exemplo no feminismo, se o cara for branco e classe média\alta ele será esculachado de todos os lados por ser um machista opressor, mas se ele for gay pelo menos ele pode dizer q tb é oprimido.
Se você for mulher trans negra homo e pobre o feminismo te considera praticamente uma deusa, vai ter milhares de feministas babando ovo pra você pelo simples fato de ser quem você é.

Anônimo disse...

Existem héteros demais no mundo. Chega de heterossexualidade, reprodutores!

Se manquem!!

Anônimo disse...

Democracia!!!

Briguinha de rico e pobre.

Desde quando Lula é pobre? Ele é da classe dominante.

Desde quando Jean Wyllys é pobre? Ele é milionário!

Sem mais.

Anônimo disse...

Opinião o caralho, é ódio mesmo, ódio às pessoas e ao planeta, agenda política heterossexualista de dominação e degradação da terra e esgotamento dos recursos.

"Sejam frutíferos e multipliquem-se; encham a terra e sujeitem-na."

Nojo mortal, nojo eterno!

Anônimo disse...

Até parece que as pessoas são "homo pra conseguir o status de coitadinho". Para de falar merda, babaca! Idiota útil, ovelha da política elitista da reprodução de contingentes de trabalhadores e de exército de reserva pro sistema capitalista, soldadinho patriarcal da dominação masculina dos úteros e da sexualidade feminina.

KETU disse...

o mais interessante foi a alta quantidade de votos nulos no sudeste, muita gente assim como eu, desistiu de acreditar nessas merdas de sociedade e humanidade. aí fica o babaca do presidente falando que isso é preocupante. preocupante só pra essa corja de políticos. o voto é obrigatorio logo é uma ditadura desfarçada de democracia. espero que nas eleiçoes pra presidente tenha uma alta quantidade de votos nulos, o povo tem que mostrar ódio por esse sistema escravizador.

Anônimo disse...

♫ ♩ ♫Moro vai te pegar, pega daqui pega de la, ♫ ♩ ♫ Moro vai te pegar, ♫ ♩ ♫ pega daqui pega de la ♫ ♩ ♫

Anônimo disse...

Eu sou de SP e aqui não tinha em quem votar.

Dória, não preciso dizer nada. Eleito nessa mentalidade imbecil de "política sem políticos", sendo que sim, o amigo é político pra caralho, só que de uma forma diferente, a que realmente intere$$a a políticos de carreira e os empresários de sua associação.

Martaxa, sinto muito. Ótima prefeita para colocar pinheirinhos da empresa de seu então namorado e paramos por aí.

Erundida, essa eu votaria se não estivesse filiada ao PSOL. No PT, sim. PSOL, nem morta.

Haddad, bem, esse as urnas falam por mim. Porque de fato precisa ser um prefeito muito bosta para, no cargo, angariar só 16%. E ele é. Ignorem o Duvivier, morador do Leblon, e o LSD vencido que ele tomou antes de gravar aquele vídeo. Quem mora no centro velho e até certo ponto do expandido sabe o que virou o problema do crack, o confronto que existe entre o programa da prefeitura (que mantém o usuário perto do fluxo) e do Estado (que afasta o usuário do fluxo) e o franco processo de gentrificação da região do centro velho. Isso começou com o Kassab, presentinho do José Serra para São Paulo (que ainda bota esse serumaninho no senado EU NUNCA VOU SABER LIDAR COM ISSO) e o Sr. Haddad deu continuidade ao processo a ponto de regiões como a Dom José de Barros, imediações do Terminal Amaral Gurgel, Princesa Isabel, Dom Pedro II estarem favelizadas em plena via pública. O morador de rua em si não é uma ameaça, mas as 5 (3 grandes +2 menores que ninguém tá fazendo nada pra resolver enquanto dá e a coisa tá crescendo) cracolândias da região, são.

E a guarda municipal não pode encostar neles. Aliás eu não sei bem o que esse povo faz além de tomar bebida de ambulante na Virada Cultural (outra coisa que já foi excelente e tá tão merda que deveriam parar de fazer, sério, economizaria um bom dinheiro ao município já que não dá mais pra trazer coisas AAA como em outros tempos)

Russomano nem preciso falar, esse é o melhor adversário político do mundo: dá um microfone e 10 minutos que ele mesmo acaba com a campanha.

Nas eleições de 2012 o número de brancos+nulos+ausentes também foi maior que o do prefeito eleito e nessa o meu estranhamento é que não tenha sido maior do que foi. Não é só a política que precisa ser repensada, é o próprio brasileiro. Não votaria nem no Suplicy, que é um homem que admiro mas que além de não ser levado a sério pelo próprio partido (ou seja, vai lá pra fazer deitaço) não vira o disco da Renda Cidadã. Falar de Renda Cidadã em São Paulo é como a Erundina falar em tarifa zero pra ônibus, quem vai pagar essa conta meu povo? Aí não é nem "tirar dinheiro de rico" (outro conceito imbecil), é justiçagem com o chapéu alheio. "Ah mas tem a cidade.................", tem, mas é de São Paulo que estou falando.

Então, pra mim, gente com milhagem alta na política falar em renda cidadã e tarifa zero em SP, vou enfatizar isso, em São Paulo - Capital, não é ingenuidade, não é idealismo, isso aí é má-fé.

Tá foda e vai piorar.
Alckmin presidente e Lex Luthor governador de SP.

Falando nele, viram que favorzinho maroto que ele fez pro Temer, no caso do celular da Marcela?

Não?

https://www.buzzfeed.com/tatianafarah/hacker-que-clonou-celular-de-marcela-temer-pode-ser-sentenci?

Esse pode antecipar a operação da PF que quiser que não vai acontecer nadinha além de uma bronca super cenográfica e altamente acertada antes.

Não é por nada não mas as fotos da festa devem ter ficado ótimas.

Anônimo disse...

"O voto de protesto da periferia foi o voto nulo. Quem votou no Dória foi só falta de opção é de informação mesmo. Mas não dá pra dizer que não votar no Haddad é falta de usar o cérebro, ele fez tudo pra não receber voto de quem mora longe."

Inclusive fora de campanha nem aparecia. Mas botar o capacetinho e ir dar rolê de bike na Paulista, sim, temos.

Proteja bem seus 16%, prefeitaço.

Não adianta propaganda, a realidade é imbatível.

Anônimo disse...

"se SP se separasse do resto do Brasil não seria melhor para todos? Quero dizer os paulistas não gostam do resto do Brasil e o resto do Brasil não gosta dos paulistas, então não seria melhor para todos?"

Se cada estado ficasse com a riqueza que gera duvido que situações como a do Piauí aconteceriam.
Não precisa virar outro país, separa a verba.
Aí o progresso chega, duvido que não.

Mas aqui o povo acha bonito o Estado querer dinheiro pra resolver problemas que "ele mesmo" cria.

Anônimo disse...

Típico argumento do paulista conservador pode separar

Anônimo disse...

O Freixo pretende enfrentar as empresas de ônibus que montaram um cartel no Rio.

b) O Estado é laico

Charle Coimbra disse...

Quem nos dera o futuro do Brasil fosse negro, mas não será! Será branco... masculino e cristão.
E a Vanessa (15:45) respeita a opinião da amiga, ela só não entende. Ela disse que proíbe a amiga de pensar o que pensa? Ou de votar quem quiser? Quem defende absurdos e injustiças, não pode ser classificado como justo.

Anônimo disse...

Quem considera apenas a identidade ou dá maior relevância a quem cada pessoa é, ou diz ser, são as políticas de identidade.

Feminismo não é política de identidade, feminismo é a luta pela libertação e empoderamento do sexo feminino.

Anônimo disse...

00:32,
O que essa m* dessa sua infeliz opinião tem a ver com a política?
Por favor, retire-se discretamente do recinto que talvez as pessoas esqueçam que vc existe e que postou uma besteira desse tamanho...

Anônimo disse...

(Viviane)
Ok, então você discorda dos argumentos dos sites citados. E não se preocupe que eu seria a última pessoa a contestar seus argumentos, pois, como falei, não moro em SP. Por isso perguntei sobre a questão do transporte.

Anônimo disse...

" Mas fica a dúvida: agora que os paulistas tem Dória na capital, Alckmin no Estado, e Fora Temer na presidência, vão culpar quem pelas agruras da vida? O Suplicy? O PSOL? Cuba?
Porque, segundo os reaças, agora acabou a corrupção no Brasil! São novos tempos à la Noruega vindo aí!"

Não vai dar para consertar tantos anos de desgoverno na esquerda só com o Temer, isso é óbvio.

Anônimo disse...

O discurso da direita é "não deixar o povo ter esperança"? Quem vocês acham que elegeram esses políticos, os marcianos? Vocês são ridículos/as. Aceitem perder com alguma dignidade uma vez na vida, não vai cair pedaço.

Carolina disse...

Quando Dilma ainda estava na presidência eu ouvia que as manifestações eram para tirar todos os corruptos do poder, a começar pela presidenta.
Hoje o que ouço é que os tempos estão mudando e para melhor. Aqueles que diziam que estavam manifestando contra os corruptos, se contentaram em ter Temer como presidente.
Ouvi pessoas dizendo que o discurso do Dória era um dos melhores discursos, pois ele dizia que já era rico e que não era politico, era um gestor.
Concordo com o que Otávio Albuquerque escreveu, eu não sou feliz da forma como a minha empresa me trata, porque eu seria com um empresário administrando a cidade onde moro?!
E sobre sua pergunta no final, a culpa sempre será do PT, pode-se passar anos, e todos os erros dos políticos que estiverem no poder, será creditado ao PT e a esquerda.

Anônimo disse...

"Mas fica a dúvida: agora que os paulistas tem Dória na capital, Alckmin no Estado, e Fora Temer na presidência, vão culpar quem pelas agruras da vida? O Suplicy? O PSOL? Cuba?"

Que irônico, vindo de gente que culpa o FHC por todos os males do país até hoje... Virou até meme.

Anônimo disse...

06:40, se mata, otário intrometido.

Anônimo disse...

o dória é tudo o que eu odeio:
HOMEM
BRANCO
RICO
INTELIGENTE
LINDO
CASADO
PAI
CRISTÃO

Anônimo disse...

"Aceitem perder com alguma dignidade uma vez na vida, não vai cair pedaço."


TUDO o que vivemos hoje em termos de retrocesso se deve ao Aécio, que não aceitou perder e iniciou o movimento que culminou no golpe. A queda no preço das commodities explica uma parte das dificuldades econômicas do país. O aprofundamento dessas dificuldades até ela se tornar uma crise, devemos ao PSDB, incapaz de aceitar a derrota e ao congresso, que se colocou contra o Brasil e impediu qualquer ação que pudesse fazer o Brasil atravessar o mal momento econômico.

Se os pobres elegeram Dória, o fizeram por comprar um discurso extremamente falacioso, a começar pelo mantra "não sou político" (Dória É político, vive de lobby, é isso que as empresas dele "produz"). Pobre e BURROS. Isso é o Brasil. Por isso JAMAIS chegaremos a ter uma sociedade menos injusta e menos desigual. JAMAIS.

Anônimo disse...

O FHC, a globo, a veja, o Aécio...

Anônimo disse...

Nossa a Dilma furando a fila da aposetadoria, tá dificil defende o caráter desse pessoal.

Anônimo disse...

Leonardo Vieira,

Você vive no Brasil? Como você explicaria o milagre da multiplicação do patrimônio (e estou falando de políticos da esquerda e direita) dos políticos? Você é da turma que acha que rico não rouba, não sonega, não paga propina, não suga do Estado? Vou nem me alongar muito na questão, pois não sou marxista, mas eles iriam te explicar mais sobre a acumulação de capital. Dica: mais-valia.

Anônimo disse...

Viviane,

Como não moro em SP, não estou a par da situação (fiquei sabendo por amigos paulistanos meus que são negros periféricos). O que eles dizem é que a decepção não é propriamente com Hadadd, mas com o PT e a esquerda em geral de que eles pouco fizeram para frear a matança do povo negro periférico. Eles dão exemplos das UPPs, por exemplo (outro assunto que não sei opinar, pois moro fora do RJ).
Essas pessoas da juventude negra esclarecida se dizem tão ou mais decepcionadas com o racismo da esquerda e a pouca atenção que suas pautas tiveram nos governos de esquerda. Exagero? Não sei, mas já ouvi essa mesma insatisfação de alguns LGBTs também. Cabe a reflexão.

Anônimo disse...

Eles vão continuar culpando o PT. Não importa quanto tempo passe e o que mude, tudo vai ser "resto do PT".

Fico muito feliz com o crescimento do PSOL, recebendo os órfãos da esquerda e provando que ela ainda existe. Votei na Erundina aqui em São Paulo, que não tinha chance alguma, e pretendia votar no Haddad no segundo turno, se houvesse um.

Anônimo disse...

Lola acharam o Belchior? Por onde será que ele andava?

Anônimo disse...

Lola você fez mestrado na Coreia do Norte ou nos EUA?

lola aronovich disse...

Fiz mestrado no Brasil, em Santa Catarina, numa universidade pública.
Doutorado também.
Tudo com bolsa. Legal, né? É isso que vcs do "privatiza tudo" querem acabar.

Anônimo disse...

Inteligente? Lindo? KKKKKKKKKKKKKKK

Fala sério, um embuste desses...

P.S: esqueceu Mauricinho, Brega, Empresário, Publicitário e Político.


B. disse...

Desde quando PT é esquerda?

Anônimo disse...

"Aceitem perder com alguma dignidade uma vez na vida, não vai cair pedaço."

A esquerda sempre perdeu as eleições com dignidade, vide Lula, que tantas vezes se candidatou a Presidência. Ao contrário da direita, que no dia seguinte pediu recontagem dos votos e o impedimento de Dilma, até então, sem motivo algum.

O resultado nas urnas é resultado da mentalidade anti esquerdista. Uns insuflados pelo ódio, outros apenas descontentes com o governo de esquerda que teve suas falhas.

Só que a política da direita não é e nunca foi interessante para a classe trabalhadora, sempre subserviente aos interesses dos ricos e quase sem preocupação social. A direita se aproveita do momento econômico e político para posar de moralmente superior e trazer suas pautas (privataria) como solução (paliativa) para os problemas do Brasil. Quem paga essa conta é o trabalhador e vai sobrar pra você, que bateu panela "contra a corrupção" desde que ela seja do partido alheio.
São Paulo fez jus à fama de reduto tucano, Tucanistão, como preferem alguns. Vamos ver quanto tempo a direita vai choramingar pelo governo PT. Vamos ver até quando a direita será a salvadora da pátria.

titia disse...

Sabe, eu acho que devia ser solidária, mas eu simplesmente não consigo. Tô me coçando pra ver esses idiotas mamãe-quero-ser-corte serem espetacularmente fodidos pelos bandidos engravatados que eles mesmos colocaram no poder porque não suportam ver a empregada no shopping e o cobrador de ônibus no aeroporto. E também quero olhar pra cara dos bestas que votaram em qualquer um "desde que não seja do PT" e rir tal qual um gênio do mal do desespero deles.

15:46 a ditadura militar não deixou de ser ditadura, e o golpe militar de 64 não deixou de ser golpe porque alguns alienados cérebro de ostra aprovaram o transporte público da época...

Anônimo disse...

Acho fantástico escrever este artigo,sendo de esquerda e não fazer uma linha sobre mea-culpa, uma crítica de porquê a esquerda fracassou em todo o Brasil, com pouquíssimas exceções...

Zander J.

Anônimo disse...

"Aceitem perder com alguma dignidade uma vez na vida"

Querido, não foi a esquerda que deu GOLPE.

Anônimo disse...

PSDB está no governo em SP há 20 anos. Educação, saúde, segurança pública, água, merenda... tudo foi pro lixo. Mas elegeram o Alckmin em primeiro turno, e agora o Dória também.

Paulistano afunda na lama com gosto se puder afundar os mais pobres antes.

Anônimo disse...

"Querido, não foi a esquerda que deu GOLPE."

É, continue repetindo essa besteira para si mesma, se isso lhe faz se sentir melhor. Pena que a Constituição, o STF e a comunidade internacional (com exceção de algumas republiquetas realmente anti-democráticas como Cuba e Venezuela) discordem.

Anônimo disse...

"A esquerda sempre perdeu as eleições com dignidade, vide Lula, que tantas vezes se candidatou a Presidência. Ao contrário da direita, que no dia seguinte pediu recontagem dos votos e o impedimento de Dilma, até então, sem motivo algum."

O PT deve ter recorde entre os partidos brasileiros de quem mais pediu impeachment dos outros.

Anônimo disse...

O filho do Lula não conseguiu nem se eleger vereador... O povo está deixando claro o que pensa dessa corja. Mal posso esperar pelas eleições de 2018.

Anônimo disse...

"Desde quando PT é esquerda?"

Típicos oportunistas que entregaram o país de bandeja para direita, não apoiaram o PT como deveriam por não ser "de esquerda o suficiente", e olha só no que deu. Parabéns, seus traidores caras-de-pau!

Anônimo disse...

"Que irônico, vindo de gente que culpa o FHC por todos os males do país até hoje... Virou até meme."

É como vi no face uma vez: uma foto da Dilma e a frase "Se FHC tivesse investigado há quase 20 anos atrás um funcionário, meu partido não teria roubado tanto nesses 12 anos de governo".

Anônimo disse...

"A esquerda sempre perdeu as eleições com dignidade, vide Lula, que tantas vezes se candidatou a Presidência. Ao contrário da direita, que no dia seguinte pediu recontagem dos votos e o impedimento de Dilma, até então, sem motivo algum."

Então quando o PT pediu o impedimento de FHC, Collor e Itamar Franco ele tava sendo golpista também?

Anônimo disse...

Anônimo Anônimo disse...
"Aceitem perder com alguma dignidade uma vez na vida, não vai cair pedaço."

A esquerda sempre perdeu as eleições com dignidade, vide Lula, que tantas vezes se candidatou a Presidência. Ao contrário da direita, que no dia seguinte pediu recontagem dos votos e o impedimento de Dilma, até então, sem motivo algum.

O resultado nas urnas é resultado da mentalidade anti esquerdista. Uns insuflados pelo ódio, outros apenas descontentes com o governo de esquerda que teve suas falhas.

Só que a política da direita não é e nunca foi interessante para a classe trabalhadora, sempre subserviente aos interesses dos ricos e quase sem preocupação social. A direita se aproveita do momento econômico e político para posar de moralmente superior e trazer suas pautas (privataria) como solução (paliativa) para os problemas do Brasil. Quem paga essa conta é o trabalhador e vai sobrar pra você, que bateu panela "contra a corrupção" desde que ela seja do partido alheio.
São Paulo fez jus à fama de reduto tucano, Tucanistão, como preferem alguns. Vamos ver quanto tempo a direita vai choramingar pelo governo PT. Vamos ver até quando a direita será a salvadora da pátria.

4 de outubro de 2016 13:08


Lula perdeu com dignidade????

Não houve um presidente sequer que o PT não tenha pedido impeachment, espernearam em TODAS as eleições. Se isso é "perder com dignidade", acho que aurelião precisa de uma atualização...

Anônimo disse...

No Rio de Janeiro.PSOL tem maioria de votos no bairro de copacabana e laranjeiras. No restante os mais votados são Bispo crivella e Bolsonaro. Conclusão: rico vota em PSOL e pobre é cristão e conservador. engole o choro, a miniria que vocês representam é a minoria da elite.

Anônimo disse...

""Desde quando PT é esquerda?"

Típicos oportunistas que entregaram o país de bandeja para direita, não apoiaram o PT como deveriam por não ser "de esquerda o suficiente", e olha só no que deu. Parabéns, seus traidores caras-de-pau!"

Não apoiaram o PT como deveriam? Quer dizer que toda pessoa que se posiciona como esquerda tem o dever de apoiar o PT? Afirmar que a política do PT, tanto nacional como regional, é uma política de direita, não é nada além de analisar o contexto com base nos fatos. Muito embora o partido tenha posições voltadas para alguns valores de esquerda, ele não fez e nem poderia fazer um governo de esquerda. Discutir isso sem mascarar os fatos além de justo é uma obrigação de quem se propõe a análises políticas. O que não não dá é pra chamar de traidor quem almeja um pouco mais, nem exigir que todo mundo se contente com o que deu pra fazer do PT. Até porque no nível municipal dava pra fazer muito mais. Eu apoio partidos que tem disposição pra fazer oposição a esquerda, mesmo que seja ao PT.

Anônimo disse...

Essa história que o PSOL cresceu é uma piada, esse partideco perdeu votos em comparação com 2012.

Anônimo disse...

Quem vota no Psol é só a burguesia da consciencia pesada, que quer dar uma de protetor aos oprimidos.
Pode abrir a página do PSOL e olhar q maioria das propostas deles visa em dar alguma vantagem pra um grupo de pessoas que eles consideram oprimido.

Anônimo disse...

Duvido que o PSOL consiga ocupar o espaço que o PT uma vez ocupou... E se conseguir deve demorar décadas.

Anônimo disse...

"Haddad, bem, esse as urnas falam por mim. Porque de fato precisa ser um prefeito muito bosta para, no cargo, angariar só 16%. E ele é. Ignorem o Duvivier, morador do Leblon, e o LSD vencido que ele tomou antes de gravar aquele vídeo. Quem mora no centro velho e até certo ponto do expandido sabe o que virou o problema do crack, o confronto que existe entre o programa da prefeitura (que mantém o usuário perto do fluxo) e do Estado (que afasta o usuário do fluxo) e o franco processo de gentrificação da região do centro velho. "


Os dados são públicos, quem quiser pesquisar pesquise que eu não faço serviço de vagabundo. Mas o processo de gentrificação do centro antigo de São Paulo é real e incorporadoras imobiliárias estão sempre entre as maiores doadoras para campanhas a prefeito e vereador na cidade. Esses dados podem ser checados porque são públicos, reafirmo.

Então também tenho certeza que esse descaso com o crack e essa política absurda da prefeitura de manter o usuário no chamado "fluxo" (local onde se aglomeram pra comprar e vender droga, que reúne de centenas de pessoas) tem muito a ver com isso, porque é simplesmente mais fácil esperar pra comprar a preço de banana do que passar por todo um processo de desapropriação ou simplesmente ofertar a compra. Moro bem na região central mesmo, perto da Helvétia, da Vitória, da Dino Bueno e é difícil NÃO ver uma placa de vende-se nas propriedades residenciais mais antigas. Eu mesma só tenho levado a coisa porque moro em prédio. Em casa, já teria vendido também. E antes que digam, sim, tem mais casa que prédio na região.

Anônimo disse...

15:01 o PT pediu e conseguiu alguma vez? Se valeu dos conchavos para cassar 54 milhões de votos? Se valeu do apoio midiático para atacar adversários? Fez conchavos políticos para se livrar da Lava Jato?

Só sendo muito inocente para achar que a direita joga limpo neste país.

Anônimo disse...

"Duvido que o PSOL consiga ocupar o espaço que o PT uma vez ocupou... E se conseguir deve demorar décadas."

A esquerda neste país está muito desmoralizada e fragmentada. O PSOL até tem umas propostas bacanas, porém muito juvenis. Não à toa fazem sucesso com a garotada de universidade. Vai demorar muito tempo para que a esquerda se reestruture no país. Ser ou parecer de esquerda neste país está virando um crime. Em muitas cidades, o PT perdeu porque era PT. Ninguém quer votar no partido malvadão, mas vota na direita salvadora da pátria. Enquanto isso, sem oposição forte, esperam para ver o caos político que o desequilíbrio de poderes vai trazer, sem nenhum sistema de controle. Quando esse dia chegar, vocês vão ver como a direita, além de terminar de quebrar o país, ainda vai vender até os nossos fios de cabelo com esse lenga-lenga de "gestão moderna" (nada mais que um jeito preguiçoso e plutocrata de governar).

Eu não sei se é desonestidade, cara-de-pau, ou falta de maturidade a direita vir cobrar "derrota com dignidade". A direita nunca teve dignidade em aceitar a perda de terreno. Foi patética politicamente como oposição e só conseguiu voltar ao poder pela derrota política de Dilma, não por ter projetos merecedores de votos.

Anônimo disse...

Eu só vejo burguês sub-25 votando no PSOL

Patrick disse...

Desde quando PT é esquerda?

Eu apoio partidos que tem disposição pra fazer oposição a esquerda, mesmo que seja ao PT.

Será que os isentões de esquerda já começaram a fazer oposição ao PSOL, posto que Freixo pediu apoio ao PSDB no segundo turno?

Você pode se achar o diferentão e moderno por ser o mais puro e esquerdista de todos, mas essa é uma posição tão velha que já foi ironizada num filme de 37 anos atrás, A vida de Brian.

Anônimo disse...

(Viviane)
Anon de 10h42, então, assim como eu, você não mora em SP. No caso específico desse Estado, o que o PT e a esquerda poderiam ter feito para impedir essa violência? Repito: polícia, sistema carcerário e judiciário penal são atribuições do governador - cargo atualmente ocupado por Alckmin, do PSDB. Opções:
1) Ter se dedicado mais à campanha de Alexandre Padilha para governador em 2014, para acabar com a hegemonia tucana - concordo, esse foi um erro estratégico grave do PT;
2) Atuação dos deputados estaduais para fiscalizar o governo - até onde eu sei, a bancada de esquerda em SP travou lutas importantes, como a CPI da merenda escolar. Sem sucesso, pois a bancada da direita domina e protege Alckmin de qualquer questionamento;
3) Atuação dos diretórios do PT para conscientizar a população e formar novos quadros políticos - outro erro crasso (Rui Falcão, estou encarando você agora!).
Só no item 3, a meu ver, pode-se atribuir parte da responsabilidade a Haddad - mas como mais um quadro do PT, não especificamente como prefeito. Concluindo: para fazemos uma análise política coerente, temos de, no mínimo, saber de quem cobrar cada ação.
Concordo com você: a matança de pobres e negros é uma das maiores tragédias deste país. Para eles, a ditadura jamais acabou. Queria muito que fosse exagero, mas não é. Por isso, devemos sim refletir sobre a parte de cada um de nós, para cobrar ações do prefeito, do governador, do Legislativo... e dos cidadãos.

Anônimo disse...

(Viviane)
Oi? Você está citando e comentando seu próprio comentário? Vai querer chamar atenção assim lá longe...

Anônimo disse...

(Viviane)
Não, não estava, porque, naqueles casos, havia provas de crimes de responsabilidade. Além disso, não se chama golpista apenas por ter pedido, mas por o Congresso (leia-se Eduardo Cunha) ter aceito um pedido que se sabia incorreto para depor a presidenta.

Anônimo disse...

(Viviane)
Até quando a esquerda purinha (que não se mistura com ninguém) vai culpar o PT por algo que este nunca quis ser? O PT fez sim o que era possível, num país com uma brutal desigualdade social (sinto muito, não dava para discutir "revolução socialista" diante de um povo que passava FOME). E óbvio, não faria mesmo um governo socialista, porque nem era essa a ideia, tanto é que quem defende socialismo saiu do partido, donde surgiram as dissidências como PSTU e PSoL.
Como vivemos numa democracia, eu também apoio partidos de extrema esquerda por achar que todos merecem ter voz e enriquecem o debate. Mas, vai me desculpar, quem defendia "fora todos" sem apontar uma solução sabia muito bem que quem iria para o lugar da Dilma não seria nenhum "revolucionário" (a menos que se dispusessem a pegar em armas), mas Michel Temer. Se isso não for cara-de-pau, eu não sei mais o que é.
Ressalva para o PCO, único partido da extrema esquerda a não embarcar nessa canoa furada.

Anônimo disse...

Puxa cara, para de rotular as pessoas.

Anônimo disse...

Desculpa, mas é tanta confusão em um texto só que dá pra rir. Esquerda pura? Primeiro, o PT não fez um governo de esquerda e nem poderia, como ressaltei. Ele tinha um projeto capitalista e eu não sei onde está no problema em analisar isso. Dá mesma forma que o PT fazia o importante papel de oposição de esquerda antes de chegar ao poder, outros partidos podem exercer esse papel agora, porque o papel da oposição é fundamental, então que ela seja de esquerda. Agora, me conta, o PSOL se posicionou a favor do golpe? Não estava sabendo.

Anônimo disse...

(Viviane)
Aff, vamos lá:
O PT não fez um governo de esquerda e não poderia porque não tem como implantar o socialismo em um país que sequer havia chegado ao capitalismo (modo de produção em que existem igualdade de oportunidades para todos).
Também acho que outros partidos devem fazer oposição, pois o PT é um partido político, não uma religião com dogmas.
Quanto ao PSoL, algumas lideranças do partido, como Luciana Genro, apoiaram sim o golpe. Mas fique bem claro que eu não citei diretamente esse partido e não tenho culpa se a carapuça lhe serviu.
E antes que me chame de mal-educada, não fui eu quem começou o comentário desqualificando o texto por não tê-lo entendido.

Anônimo disse...

MInha única esperança dessas eleições é o Freixo ganhar no RJ. SInto até uma "invejinha" dos cariocas que poderão votar nele! Infelizmente na minha cidade, interior de MG, não teve um candidato bom pra votar e tive que anular meu voto...

Anônimo disse...

"Eu só vejo burguês sub-25 votando no PSOL"

Todo mundo cortou os pulsos depois que leu isso, que arrasador você

Anônimo disse...

Este é Jair Bolsonaro:

Covarde
Machista
Idolatrado por analfabetos políticos
Homenageia ditador
Só fala merda
Só tem aliado escroto
Colocou a família para também mamar nas tetas do Estado
Quase três décadas como deputado sem fazer nada que preste.

Anônimo disse...

"Tem barata comemorando a vitória do inseticida!" Elizabete Oliveira

Mila disse...

Assim como a anônima, também vi comentários da juventude negra periférica de que o voto seria nulo. Não se sentiram contemplados com o projeto PT de Haddad para com a periferia. Não moro em SP, não tenho como saber, mas não há como ignorar o que os negros jovens da periferia estão falando. Eles ainda continuam como as maiores vítimas do processo político.
E aí tem a quantidade de votos no Dória. Também não tenho como afirmar, mas a direita, em tempos nebulosos, oferece uma salvação, um bálsamo para a população mais pobre. É o trabalhador que perdeu o emprego vendo todo dia no JN o quão o PT foi malvado. É a dona de casa vendo que os preços aumentaram por culpa da Dilma. Neste ponto, não há tanta diferença para a classe média, exceto que a última choraminga pelo preço do dólar ou volta da ditadura.
Li uma análise interessante de um escritor do subúrbio carioca chamado Anderson França sobre a ascensão do Crivella. Igreja minha gente. A Igreja evangélica é um celeiro de votos, ela chega na periferia, ela chega onde a esquerda só pisa para fazer trabalho da facul. Ela tá lá dizendo para o irmão semear, bem ou mal ela dá suporte, dá senso de comunidade.

Anônimo disse...

""Eu só vejo burguês sub-25 votando no PSOL"

Todo mundo cortou os pulsos depois que leu isso, que arrasador você

5 de outubro de 2016 08:28"

isso não muda o fato do grosso do eleitorado do PSOL ser jovem de classe média alta

Anônimo disse...

Adoro ver gente que não mora na periferia paulistana falar sobre a periferia paulistana, é muito fofo.

Anônimo disse...

Nova definição de burguesia de acordo com o jênio dos comentários da internet: classe média/média-alta.

Nada a ver com os proprietários do capital e possuidores dos meios de produção.

Que legal, campeão.


As novas definições de idiota útil foram atualizadas.

Anônimo disse...

Essa eleição mostra muitas coisas. Uma delas é que a população quer renovação, e que os nomes antigos terão que se esforçar para conseguir votos. Outra é o PSOL ocupando parte do vácuo de poder deixado pelo PT. E que com a desilusão que o PT deixou junto à população, oportunistas vão se beneficiar simplesmente por ser "diferentes". Mas isso faz parte do amadurecimento político.

Marcelo Delfino disse...

No Rio, Crivella deve levar a maior parte dos votos de Pedro Paulo, Bolsonaro, Osório e Indio. Freixo so deve levar os votos de Jandira (poucos) e Molon.

Freixo so vence se:

1 - Levar quase todos os votos do funcionalismo, maltratado pelo quarteto Temer-Pezão-Dornelles-Paes. Especialmente dos professores, mais da metade do funcionalismo municipal.

2 - Conquistar os votos nulos e brancos e as abstenções do primeiro turno.

Do contrário, o bispo será eleito até por conservadores que votaram Freixo antes só pra eliminar Pedro Paulo do segundo turno.

Anônimo disse...

Em primeiro lugar, você foi mal educada sim. E depois ainda quer explicar porque o projeto do PT não foi de esquerda, sendo que já escrevi duas vezes que não foi e nem poderia ser, logo eu devo saber o porquê. E a oposição é importante não porque partidos não são dogmas, o que é obvio, a oposição é fundamental por que é ela que faz a disputa ideológica, realmente responsável por mudanças de longo alcance. Quem é governo não faz isso, apenas governa como pode. E por último, acho bem válidas as suas críticas à Luciana Genro, mas o que eu mais vi foi gente do PSOL nas manifestações contra o golpe. E a carapuça não me serviu porque não tenho filiação com partido algum.

Anônimo disse...

"Eu só vejo burguês sub-25 votando no PSOL"

Nunca tinha reparado nisso. Hahahahaa

Anônimo disse...

Falam tanto do pobre de direita

E o rico de esquerda?

Anônimo disse...

(Viviane)
Que fique registrado que eu não sou a autora do comentário que você colou no início desta discussão. Saiba que, quando você faz isso para responder a alguém "com quatro pedras na mão", como você fez, já tem de se preparar para ler o que não quer.
Sobre você saber o motivo de o PT não cumprir uma agenda de esquerda, não parece, pois continua batendo na mesma tecla. E não precisa ser filiada a partido para defender as ideias deste - eu tampouco sou filiada. Mas a sua defesa do PSoL, sem eu ter criticado diretamente, deu uma bandeira...

Anônimo disse...

(Viviane)
Pois é, anon de 10h43, o Brasil é muito maior que São Paulo. Mas o que aparece de gente fazendo "profundas análises políticas" na base do "ouvi falar"...

Anônimo disse...

O Brasil tem diversos problemas. E somos uma federação mais no papel do que na realidade. Mesmo assim, e mesmo não sendo PSDBista, não há como negar qur SP é de longe o melhor é mais rico estado do Brasil, então seu argumento é inválido. Se o PSDB aqui não é bom, é muito melhor que as opções mais esquerdistas dos outros estados.

Anônimo disse...

Eu disse que não sou filiada apenas porque é a verdade. Não tenho nenhum vínculo, mas não vejo problemas quando sou identificada com esse partido ou com qualquer outro de esquerda, embora eu seja mais chamada de petista mesmo, sendo que também não me ofendo e não vejo problema nenhum. Vou me ofender no dia em qua alguém achar que sou coxinha e do PSDB. Isso não é motivo para não fazer analises com base na realidade e nem pra fazer críticas vazias a quem supostamente é "esquerda demais" (risos).

Anônimo disse...

Lola, olha que interessante essa notícia!

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/eleicoes-2016/noticia/2016/10/vale-do-sinos-tera-metade-das-cidades-comandada-por-mulheres-7683039.html

Na região do Vale do Rio dos Sinos no RS, das 14 cidades, 7 elegeram mulheres! Ficou exatamente 50/50, achei muito legal.

Mila disse...

Viviane,
Não sei se o comentário foi direcionado a mim ou ao anônimo que citou a questão das periferias. Mencionei a experiência parecida porque ela é apenas um dos fatores que pode ajudar a explicar os votos da periferia nulos/ou na direita.
Faz tempo que venho observando como está dando o processo político (não só das Eleições de agora, mas nos resquícios de outras eleições). Muitos se perguntaram por que a periferia não se levantava, visto que governo de direita nunca é piedoso para com os pobres. Mano Brown é um exemplo. Vi uma declaração sobre como ele achava pernicioso que a periferia tenha se calado no golpe. Fato, são os pobres, negros, esquerdistas, mulheres, gays os mais prejudicados com a volta da direita e sua agenda perniciosa. Mas qual é a razão de tantas pessoas esclarecidas de dentro da periferia estão decepcionadas com a esquerda? Não vejo casos isolados. Vejo muita gente de dentro de movimento social ou gente que paga o pato do golpe se dizendo desiludida, abandonada, não contemplada, excluída. E quando a gente começa a ver um monte de situações se repetindo, há de se buscar ouvir o que está acontecendo.
É esse o ponto. Enquanto o golpe estava em curso, alguns dos setores dos movimentos sociais se recusaram a se posicionar - postura arriscada, na minha opinião - mas possível de ser entendida. Significa que o PT, de alguma maneira, falhou com essa parcela. Cabe entender a razão. E onde a esquerda não chegou, chegou pastor, chegou Rede Globo, chegou patrão no pobre dizendo que o desemprego e as situações que ele tá passando são culpa da Dilma. Mas tirando ela, tudo se resolve, o país volta a crescer. É isso. A esquerda precisa dimensionar os estragos causados no pós Eleições 2014. Ouvir quem tava do lado e agora não tá mais me parece um bom começo.

Anônimo disse...

"Aqui em Fortaleza, eu votei na Luizianne Lins (PT), que ficou em terceiro. No segundo turno entre o atual prefeito, Roberto Cláudio (PDT), e Capitão Wagner (PR), votarei no primeiro sem pestanejar."

Pelo visto,voçes de esquerda não aprenderam nada com os traumas recentes.serio que voce vai votar no RC?mas voce esquece que o vice dele é o Moroni Torgan.um cara do DEM,conservador,de direita e defensor do "bandido bom é bandido morto".
moro na periferia de fortaleza,e no dia 30 optarei pelo voto nulo.pois,do lado do RC,temos os ferreira gomes e do lado do CW o tasso jereissati.Ou seja, e um duelo entre duas clas de coroneis.fortaleza ja perdeu com esses dois.

o problema que vejo na esquerda e que ela se elitizou demais e se distanciou da realidade da periferia.dificilmente o pt ou outro partido de esquerda vai conseguir credibilidade entre os mais pobres.o psol muito menos com seus discursos feitos para universitarios.

Anônimo disse...

Enquanto a esquerda se desconstruía e se dividia em grupos pra ver quem é mais esquerdista do que o amiguinho e fazia protestos cheios de "lacração" na internet, a direita estava usando o povo, esse que não vai protestar na Paulista e não fica nas redes sociais ganhando like, como escada.

Ao que parece, ainda estamos disputando... enquanto isso eles mastigam o pedação que conseguiram abocanhar...

Anônimo disse...

"E onde a esquerda não chegou, chegou pastor, chegou Rede Globo, chegou patrão no pobre dizendo que o desemprego e as situações que ele tá passando são culpa da Dilma."

Resumiu!