sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

80 LIVROS QUE NENHUMA MULHER DEVERIA LER

No final do ano vi este divertido artigo de Rebecca Solnit, e achei que valia a pena ser traduzido. 
Antes de mais nada, o título é uma provocação. Nem Rebecca, nem eu, achamos que mulheres (ou homens) deveriam deixar de ler alguma coisa. 
Agradeço muitíssimo a Tiago Ribeiro Nunes, professor do curso de Psicologia da Universidade Federal de Goiás, pela tradução deste artigo tão legal. Ah, aqui tem uma sugestão de livros escritos por mulheres para cada semana do ano!

Anos atrás, a Esquire elaborou uma lista que continua ressurgindo dos mortos, como um zumbi, para assombrar a Internet [algum tempo depois, os editores pediram desculpas e refizeram a lista, desta vez como "80 livros que toda pessoa deveria ler"]. Até onde sei, isso encarna a missão daquela revista. Não sou o público alvo da sua doutrinação mensal, por isso conheço apenas os seus slogans e as mulheres produzidas das suas capas. No entanto, acabei lendo a lista da Esquire dos "80 melhores livros que todo homem deveria ler" quando ela apareceu no feed do meu Facebook. 
A lista é um lembrete de que a revista é dirigida aos homens e que os muitos jovens de hoje que desaprovam o "binarismo" de gênero estão se rebelando contra pessoas muitíssimo empenhadas no emprego dos gêneros como uma Cortina de Ferro sobre a humanidade. Claro, "revistas de mulher", a exemplo da Cosmopolitan (Nova), são igualmente responsáveis por décadas de equivocado doutrinamento acerca do que é ser mulher. Talvez diga muito sobre a fragilidade dos gêneros que as instruções sobre como ser os dois principais têm sido publicadas mensalmente por tanto tempo.
Será que os homens deveriam ler livros diferentes daqueles que as mulheres leem? Pela lista, eles não deveriam nem ler livros escritos por mulheres, exceção feita a Flannery O'Connor (entre outros 79 de autoria masculina). O autor comenta É Difícil Encontrar um Homem Bom e Outras Histórias com uma citação: "Ela teria sido uma boa mulher... Se tivesse havido alguém a atirar nela a cada momento de sua vida". 
Atirar nela, que combina perfeitamente bem com o comentário de Vinhas da Ira, de John Steinbeck: "Porque tudo é peitinho". Em outras palavras, livros são ensinamentos que você lê para tornar-se um homem: por isso os homens precisariam de sua própria lista. Mas o que é ser um homem? O comentário de Chamado Selvagem, de Jack London, diz: "Um livro sobre cachorros é igualmente um livro sobre homens". As cadelas seriam homens loucos, ao que parece.
Examinando a lista, que está repleta de todos os livros mais viris de todos os tempos, muitos livros de guerra e um único livro escrito por um homem assumidamente gay, lembrei que, embora seja difícil ser mulher, em muitos sentidos é ainda mais difícil ser homem, aquele gênero que precisa ser incessantemente defendido e afirmado através de atos de masculinidade. 
Diante da lista, uma ideia me ocorreu: não espanta que haja tantos massacres. Afinal, eles são a expressão máxima do que é ser homem quando a masculinidade é vista desse ponto de vista. Felizmente, entretanto, muitos homens possuem modos mais graciosos e empáticos de estar no mundo.
Muito embora eu ache que todos deveriam ler o que quisessem, a lista me fez pensar em uma outra, com alguns dos mesmos livros, chamada "80 livros que nenhuma mulher deveria ler". Só acho que alguns livros são instruções sobre por que as mulheres são sujas e inúteis ou quase inexistentes, exceto como acessórios, ou como são inerentemente más e vazias. Ou esses livros ensinam uma versão da masculinidade cujo sentido é ser cruel e inconsciente, aquele conjunto de valores que culmina em violência doméstica e guerras. 
Deixe-me provar que não sou misândrica começando a lista com A Revolta de Atlas, de Ayn Rand, porque qualquer livro amado por Paul Ryan [congressista republicano] tem alguma responsabilidade na miséria para a qual ele dedica a sua vida.
E por falar em tratar as mulheres como inexistentes e desprovidas de direitos, quando li Pé na Estrada pela primeira vez (que não está na lista, embora Vagabundos Iluminados [ou Vagabundos do Dharma, dependendo da tradução] esteja), percebi que o livro dá como certa uma identificação do leitor com o protagonista que está tão convencido de ser sensível e profundo quando abandona a jovem camponesa latina com quem se envolveu. O livro assume que você não irá se identificar com a mulher, que não está "na estrada" e não é tratada senão como algo descartável. 
É claro que me identifiquei com ela, assim como me identifiquei com Lolita (e Lolita, a obra prima do fracasso da empatia de Humbert Humbert, aparece na Esquire com uma descrição recatada). 
Acabei perdoando Kerouac, assim como perdoei a sordidez do texto de Jim Harrison, por suas qualidades redentoras. Existe uma expressão benéfica do meio-oeste em sua torpeza, ao contrário do que acontece com a escrita de Charles Bukowski e Henry Miller. 
Evidentemente, todos os três estão na lista da Esquire. Como disse Dayana Tortorici, "Nunca me esqueci de quando li Cartas na Rua, de Bukowski, e como me senti horrível pelo modo como o narrador descreve a grossura das pernas das mulheres feias. Acho que essa foi a primeira vez que senti que um livro com o qual eu tentava me identificar me rejeitava. Absorvi aquilo, o que me fez odiar meu corpo". Alguns anos atrás, a escritora Emily Gould descreveu Bellow, Roth, Updike, Mailer como os "misóginos da metade do século", um termo conveniente a esses quatro na lista da Esquire
Ernest Hemingway também está na minha zona de não-leitura, pois se você toma a sua arte de Gertrude Stein, você não deveria ser um misógino antissemita homofóbico, e também porque atirar em animais de grande porte nunca deveria ser equiparado com masculinidade. A coisa toda da arma- pênis- morte é tão triste quanto feia. Além disso, em suas mãos, a prosa concisa torna-se rebuscada, pretensiosa e sentimental. Sentimentalismo machão é o pior tipo de sentimentalismo, porque se ilude sobre si mesmo de uma forma que um Dickens honestamente sentimental nunca foi.
Acrescente-se a isso a porcaria do comentário de Hemingway a respeito do tamanho do pênis de F. Scott Fitzgerald, e como isso foi patético e meio transparente, na época em que Fitzgerald era um escritor mais bem sucedido do que ele. Fitzgerald segue sendo muito melhor, com sentenças flexíveis como a seda onde Hemingway é infantilmente simplório, e com uma capacidade de empatia móvel por Daisy Buchanan e Nicole Diver assim como por seus personagens masculinos. (Suave é a Noite pode ser lido, entre outras coisas, como uma investigação das consequências do incesto e do abuso infantil).
Norman Mailer e William Burroughs estariam no topo da minha lista de não leitura, afinal, há tantos autores que podemos ler que não esfaquearam ou atiraram nas suas mulheres (e porque Luc Sante, um autor que todos deveriam ler, escreveu, trinta anos atrás, um texto incrivelmente bom a respeito da tenebrosa política de gênero de Burroughs, o que me influenciou profundamente). 
Todos esses romances escritos por homens que parecem acreditar que tamanho é documento, os calhamaços de 900 páginas que, se tivessem sido escritos por uma mulher, seriam chamados de gordos e mandados perder peso. Todos aqueles livros lascivos sobre crimes violentos contra mulheres, principalmente o assassinato de Dália Negra, que é uma lembrança terrível de como a violência contra a mulher é erotizada por alguns homens e, para outros, de como isso faz as mulheres a internalizar esse ódio. Como Jacqueline Rose recentemente notou na London Review of Books, "O patriarcado prospera por encorajar as mulheres a sentir desprezo por si mesmas".
A biografia de 468 páginas de Bill Cosby, publicada pouco antes de mais de 50 mulheres acusarem-no de assédio e tentativa de estupro, um livro que encobriu as primeiras acusações. Apesar desse livro que não precisar da minha condenação, o editor afirmou em 2014: "Não temos planos de lançar uma nova edição impressa nem uma edição revisada do livro". Além disso, sei da existência de um escritor chamado Jonathan Franzen, que ainda não li, exceto pelos ataques recorrentes que ele faz a Jennifer Weiner em suas entrevistas.
Há muitos bons e grandes livros na lista da Esquire, embora mesmo meu adorado Moby Dick me lembre de que um livro sem mulheres é frequentemente visto como um livro sobre a humanidade, enquanto que um livro protagonizado por mulheres é visto como coisa de mulherzinha. Além disso, aquela lista te levaria a aprender sobre as mulheres com James M. Cain e Philip Roth, que simplesmente não são as autoridades a se recorrer enquanto existirem as magníficas obras de Doris Lessing, Louise Erdrich e Elena Ferrante. 
Olho para minha prateleira de heróis e vejo Philip Levine, Rainer Maria Rilke, Virginia Woolf, Shunryu Suzuki, Adrienne Rich, Pablo Neruda, Subcomandante Marcos, Eduardo Galeano, Li Young Lee, Gary Snyder, James Baldwin, Annie Dillard e Barry Lopez. Se de fato instruem, esses livros ensinam sobre como estender nossas identidades aos mundos (humanos e não-humanos), ensinam sobre como a imaginação é um grande ato de empatia que te eleva acima de si, em vez de te aprisionar no seu gênero.

178 comentários:

@vbfri disse...

Nossa, Lola! Que tenso.
Fui ler a lista (com as respectivas anotações de porque deveriam ler os livros) e comecei a passar mal, literalmente.
Vontade de vomitar.
Nojo, nojo, nojo.

Anônimo disse...

RadicaLesbian, o artigo é uma tradução.

Anônimo disse...

OFF TOPIC

Olha essa notícia que eu vi hoje. Maísa, aquela menina que fez muito sucesso apresentando programas infantis no SBT, está recebendo críticas por não mostrar sensualidade nos clipes musicais que está lançando. Ela tem 13 anos.

http://veja.abril.com.br/noticia/entretenimento/maisa-se-defende-apos-criticas-a-clipe-muito-infantil/

Anônimo disse...

Fora aqueles livros idiotas de como ter os homens aos seus pés, 50 tons de cinza.

Anônimo disse...

A bíblia é um dos livros mais machistas que já li, a bíblia trata a mulher como um pecado.

Anônimo disse...

eu gosto do Henry Miller, principalmente do trópico de capricórnio... Costumo reler quase todo ano e não me sinto inferiorizada nem nada, pra mim ele só mais um cara mentalmente desequilibrado escrevendo sobre a vida dele e dando as opiniões dele, aliás, tem uma parte em que ele fala da Lona, e cita as partes dela como vindas de tal e tal lugar e a "a buceta, internacional".. quando eu li pela primeira vez gostei daquele sentido, afinal eu considero a minha buceta livre ahaha óbvio que ele tem uma fixação doentia pela personagem feminina principal, assim como Humbert Humbert tinha pela lolita, como Kafka tem com o pai, enfim. Noites de Clichy é ótimo tb. É literatura, não entendo como Lolita (particularmente acho uma bosta) e o apanhador no campo de centeio (também detesto) são tão bem vistos e recomendados. Fora que um dos meus escritores preferidos, Gabriel Garcia Márquez, introduz N elementos pedófilos em várias obras e machistas e eu não deixo de ler. Não saquei essa lista, sinceramente. Na minha prateleira " dos preferidos" tão juntinhos Henry Miller, Gabriel Garcia Márquez, Virgínia Woolf e Sylvia Plath e eles convivem tranquilamente dentro de mim. Assim como o gato por dentro do Burroughs, cartas do yage dele e do Ginsberg...

Anônimo disse...

Eu não consumo mais produtos feitos por homens. Não compro livros escritos por homens. Se assisto uma série e vejo que não tem nenhum personagem feminino de peso, eu largo, paro de assistir. Não é nem uma questão pensada mais, ocorre naturalmente. Não tenho mais interesse em ver as coisas por uma visão masculina. Durante muito tempo essa foi a única opção das mulheres, afinal não havia muitos produtos de mídia feito por mulheres ou para mulheres com qualidade, mas cada vez mais vemos personagens femininas sendo tratadas mais do que como a "Manic Pixie Dream Girl" ou filmes/séries que passam no teste de Bechdel com facilidade. Então, não sou mais obrigada.

Anônimo disse...

Foi para a liberdade que Cristo nos libertou.

cassioserafim.com disse...

A Esquire é um canal para terapias de masculinidade.

Registro os devidos agradecimentos a Lola, pela escolha do artigo, e ao Tiago (Ribeiro Nunes), pela tradução.

Anônimo disse...

Moby Dick não tem mulher pois naquela época elas não viajavam em baleeiros.
É muito mimimi chamar o livro de machista,é uma obra-prima da humanidade

Anônimo disse...

"É muito mimimi chamar o livro de machista,é uma obra-prima da humanidade."

Segundo quem é uma obra prima da humanidade?

Anônimo disse...

"A obra foi inicialmente mal-recebida pelos críticos, assim como pelo público, mas com o passar do tempo tornou-se uma das mais respeitadas da literatura em língua inglesa, e seu autor é agora considerado um dos maiores escritores estadunidenses.
O livro abre-se com uma das mais famosas citações da língua inglesa: "Chamai-me Ismael."

Que conveniente.

Anônimo disse...

Caguei pra Mobi Dick.
Próximo, por favor.

A merda do livro tem pau até no nome..

Anônimo disse...

Eu queria era dica de livros feministas, bem que vc poderia postar né Lola.

Anônimo disse...

Acho meio Impossível não consumir nada feito por homens... afinal eles estão na frente das grandes empresas.

Anônimo disse...

Moby dick obra-prima da humanidade? kkkkkkkk


Um livro q eu gosto bastante (mesmo tendo sido escrito por um homem) é Ensaio sobre a Cegueira, do Saramago, acho q todos deveriam ler esse livro (ou ver o filme pelo menos)

Anônimo disse...

Como pode alguém não aceitar que moby Dick seja uma obra-prima, tem que ser muito hater ou troll.
Essa caixa de comentários já foi melhor, a Lola é da área da literatura e pode defender o livro

Anônimo disse...

Alguma dica de livro feminista que tenha em pdf...

Anônimo disse...

Até alice no país das maravilhas é melhor e mais relevante q moby dick, peloamor

Anônimo disse...

Vai estudar antes de escrever besteira

Anônimo disse...

Daqui a pouco vão dizer que William Shakespeare não era bom escritor por ser homem

Anônimo disse...

"Daqui a pouco vão dizer que William Shakespeare não era bom escritor por ser homem"

não velho, os homens já fazem isso, subestimam, desvalorizam e usurpam tudo o q é feito por mulheres

Anônimo disse...

Eu estava lendo um livro de pesquisas sobre experimentos nas diferenças entre homens e mulheres. Todos os aspectos nas pesquisas que encontrei haviam sido fruto de papeis sexuais definidos. Exemplo quem controla mais seus desejos, quem chora mais.

A única coisa interessante e já sabida era que os casais com papeis sexuais definidos por gênero tinha mais dificuldades em ter afinidades. Esses papeis sexuais tem uma grande influencia, eles influenciam em praticamente todos os tipos de comportamentos, isso me incomoda bastante.

Anônimo disse...

Não sei se podem encontrar esse livro na internet- psicologia experimentos essenciais, homens e mulheres.

Anônimo disse...

Você precisa encontrar Jesus.

Ezco Musaos disse...

Mascu "cantador de rua" das 15:05, se algum dia teus neurônios agora atrofiados começarem a trabalhar, talvez passe pela tua cabeça que fazer um texto crítico com um título provocativo sobre obras literárias, cinematográficas, etc. é bem diferente de censurar essas obras.

Anônimo disse...

Mimimimimimimi sou oprimida mimimimimi.
Mulher de verdade pega e escreve um livro bom em vez de ficar chorando, viadinha.

Anônimo disse...

Até porque nem poderia censurar nada já que somos a favor da liberdade de expressãoe

Amanda disse...

Anônimo 15:15

Naoooooooooo você e precisar achar algo útil para fazer na vida.


Anônimo 15:20

Ta legal agora chego o dono da vdd para dizer quem mulher de dd e quem não é o que deve fazer.

Vai caga pra lá idiota.

Anônimo disse...

Creio que os homens já estão na chamada crise de masculinidade, há muitos defeitos no que foi construído para ser masculino, que na verdade não é perfeito e sim uma questão de tentar dominar os territórios e impedir que as mulheres dominem.

A própria religião é um processo que passa de pais para filhos, o que também seria um mecanismo de dominação, talvez um dos maiores.

Anônimo disse...

Mulheres Feministas não deveriam falar sobre o que e ser homem, ou como homens pensam ou devem agir, sabem porque?
Porque vocês não são homens, não sabem nada sobre ser homem, fiquem na movimento de vocês tendo voz nele, mas não se metam em assuntos de masculinidade, da mesma forma que um homem não pode determinar no feminismo o que e ser mulher.

E como ver gays dando palpites sobre relações hétero, não tem cabimento algum.

Anônimo disse...

Feminista tem que ler livros feministas, se nunca leu nenhum, fica muito leiga no assunto.
É por isso que tem homem que vem aqui falar merda, eles nunca leram, eu só fui entender quando eu li.

Anônimo disse...

15:48, fale isso para os seus amiguinhos comentaristas que adoram dar pitaco de como a mulher deve se portar e que rumos o feminismo deve tomar. Não tem um só post que isso não aconteça.

Anônimo disse...

Anônimo 15:48

Enquanto o exercício da "masculinidade" ferir a liberdade e os direitos das mulheres, masculinidade vão sim continuar tratando sobre o que e ser homem, ou como homens pensam ou devem agir, pois e nossa integridade física e psicológica depende da discussão sobre isso.

Dito isso pode ir chorar no ombro dos teus amiguinhos.


Anônimo disse...

15:48
Claro que pode, os homens em sua maioria tem os mesmos pensamentos graças ao machismo, já as mulheres não, algumas são machistas outras não. Por isso que muito mais fácil "ler" a mente de um homem. É uma questão cultural de papel social pré-definido, é como se vcs já tivessem a mesma forma.
Todo homem que eu conheci era machista em algum grau, e machismo toda mulher já sabe como é, por isso, ela automaticamente já sabe como um homem médio se comporta.

Julia disse...

Anon que pediu dica de livros feministas.
A Lola colocou várioooooos nesse link.

http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2013/03/e-dia-internacional-da-mulher-e-quem.html



Aproveite!

Anônimo disse...

Todo homem se comporta de acordo com o padrão machista. Eu duvido que um homem aqui nunca tenha sido chamado de gay, por um motivo torpe. O padrão machista afeta a todos.

Anônimo disse...

Ensaio sobre a Cegueira é interessante, mas tem cenas de estupro (sob uma ótica negativa, ainda bem, mas mesmo assim...). Não consegui passar dessa parte, fiquei um bom tempo me sentindo meio nauseada...

Anônimo disse...

Outro dia vi um mascu metido a intelectual dizendo que "as feminazis queriam censurar os livros dos homens brancos" só porque uma blogueira inglesa sugeriu a suas leitoras/leitores que lessem por um ano somente livros escritos por mulheres ou pessoas não brancas. Como esses mascus podem ser tão chorões?

donadio disse...

Lola, as portas do hospicío abriram de novo...

Anônimo disse...

Homem é tudo igual, foram fazer uma pesquisa com homens que viam porno e outros que não viam para comparar e não encontraram nenhum que não tinha visto. Eu acho homem tudo igual.

Anônimo disse...

Eu acho que a maioria das mulheres quer casar ainda.

Anônimo disse...

Ei 15:48 ta fazendo oq aqui então???

Anônimo disse...

Ligações perigosas teve cena de estupro.

Amanda disse...

Anônimo 16:08

Tem razão eu mesma sou tri feminista e nada socialista.

Anônimo disse...

"Anônimo disse...
Eu não consumo mais produtos feitos por homens. Não compro livros escritos por homens. Se assisto uma série e vejo que não tem nenhum personagem feminino de peso, eu largo, paro de assistir."

anonima, então desligue a luz imediatamente. Desligue o computador.... aliás, sente-se no chão.. sugiro fortemente que você saia de casa IMEDIATAMENTE! nem leve as chaves consigo.

Aliás, jogue fora a chave do carro.. e pare de comer chocolate, assim como qualquer alimento processado. Jogue fora o absorvente interno por que tudo isso foi inventado por nós homens! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Ah, e quando sair de casa, não fique na calçada nem no asfalto, ok? por que isso também foi inventado por nós homens! kkkkkkkkkkkk
Se for parar de usar as cosias que nós inventamos, vcs estão perdidas! ahahahha

Anônimo disse...

Lixo virtual das 16:25:

Então, me diga o que foi que você inventou? por que, né, você é homem, e deve ter inventado alguma coisa, certo? Você é como eles, certo?

Ezco Musaos disse...

" Jogue fora o absorvente interno por que tudo isso foi inventado por ***nós homens***!"

---> Hilário como mascu se acha inventor de tudo que existe. De fato, homens podem ter inventado diversos produtos, mas com certeza esses inventores não viviam em chans tramando "planos infalíveis" contra feministas e mulheres em geral.

Anônimo disse...

^^^ anon das 16:25 e 16:26: machinho com ego ferido que não entendeu o que a moça quis dizer com o comentário dela e se sente na necessidade de se inserir no grupo de "homens que inventaram TUDO", mesmo que ele nem tenha chegado perto de contribuir com a sociedade de forma significativa, pra compensar sua necessidade de auto afirmação.

Anônimo disse...

bom, sou mulher e quero dizer 2 coisas:

1) eu adoro os livros do Bukowski, são escrachados, ele só fala bobagem mesmo, fala mal de mulher, de como se embebedava horrores e jogava em cavalos, e tantas mulheres que ele comeu. Mas o personagem principal dele, o Chinaski, é um alter ego, ou seja, tem coisas reais ali e coisas exageradamente inventadas. No mais, ele amava as mulheres, e saia com todos os tipos, feias, gordas, prostitutas etc. Aproveitando, o John Fante escreveu o Pergunte ao Pó e ele super humilha a garçonete no livro o tempo todo, mas nem por isso deixa de ser um livro interessante. (o filme é um lixo).

2) o unico machista que eu aceito é o Nelson Rodrigues, que eu amo, pq ele é cinico, cheio de humor negro e historias escabrosas.
Ler é igual gosto. Cada um tem o seu.

Anônimo disse...

e tem uns comentários aqui de um povo muito radical. deus me livre. Ser feminista não é ter liberdade de escolhas? vcs tão pregando o oposto! que a gente tem que fazer isso ou aquilo. que chatice.

Anônimo disse...

EZCO, quando eu digo "nós homens", estou me referindo aos homens em geral, incluíndo você, amigo. Não há necessidade de me atacar, estamos no mesmo barco.

Anônimo disse...

Fiquei encucada agora, tava assistindo o canal das bee e ela falava que as lésbicas sempre namoravam com as ex das atuais,ela falou como se não tivesse muita lésbica no mercado.

E outra pessoa que dizia que mulher bi sempre tem recaída por homem. Eu to achando que aquela pesquisa que todo mundo fala, de toda mulher ser gay ,é balela.

Ezco Musaos disse...

"quando eu digo "nós homens", estou me referindo aos homens em geral, incluíndo você, amigo. Não há necessidade de me atacar, estamos no mesmo barco."

---> Hahaha, no mesmo barco furado que vocês eu não estou. Dispenso a amizade.

Anônimo disse...

Eu também acho que essa pesquisa é muito da furada, as mulheres tudo ficam brigando por causa de macho.

Anônimo disse...

Fazer o trabalho pesado também se encaixa aí?

Anônimo disse...

Ezco, você pode ter desistido de nós homens, mas nós não desistimos de você.
Eu não me considero num barco furado, e lhe estendo a mão sempre que precisar de um amigo para ajudar a resolver os problemas que nos cercam.

Fique bem.

Anônimo disse...

Será que pq foi um homem hetero, branco, Cid , cristão que escreveu um livro ele não merece ser lido? Vão procurar o que fazer e argumentar melhor

Anônimo disse...

o que mais me deixa a estranhar no mundo glbt, é que são as lesbs masculinas as que fazem mais sucesso. E com os gays, os masculinos são tbm os que fazem mais sucesso, sendo os femininos ridicularizados.

Anônimo disse...

16:56 por séculos as mulheres foram proibidas até de escreverem livros, e pelo visto, até hoje os homens nunca tiveram "o que fazer" porque vivem desmerecendo qualquer mulher.

Anônimo disse...

Bukowski, ídolo dos mascus, amava mulheres? bem, tem gente que acha que Aristóteles amava mulheres porque foi casado...

Anônimo disse...

Pode chiar o quando quiser, mascu. Não consumo produtos feitos por homens mesmo.
E qual o problema? Não foram os homens que apagaram a contribuição das mulheres da história? Você não tem direito de ficar chateadinho, não. Quero ver quem vai me obrigar a achar Buckowsky ou Nelson Rodrigues uma maravilha, ou vai me fazer ler Moby dick.

E acho muito feito você estar usando o wifi inventado por uma mulher pra vir num blog criado por outra mulher falar merda. E não uso O.B, uso coletor menstrual inventado por uma mulher que é MUITO melhor. Agora pode continuar chorando aí.

Anônimo disse...


indicação de livro feminista tem poucos que eu gosto, a maioria não está disponível, scum manifesto eu dei muita risada, eu achei engraçado a forma como ela se refere,
mas eu vou dar uma goolgada pra ver se eu acho algum livro feminista.


sobres as lésbicas talvez sejam as bi que prefiram as mais masculinizadas, só concordo que elas tem recaida por homi

Anônimo disse...

Já vi mulher brigar com outra porque uma pegou o namorado da outra.
Uma que trabalha comigo me disse que tem fantasia de ser estuprada, essa aí amava 50 tons de cinza.
Teve outra que transou com um colega meu um dia antes de casar com o marido dela depois continuou ficando com ele escondida até q o marido descobriu eles brigaram e no final o cara perdoou. Não adiantou nada por que 6 meses depois ela que deu o pé na bunda do idiota e ainda ficou com o carro que ele tinha comprado, um chevrolet cruze.

Anônimo disse...

Eu tenho medo desse tal coletor tem que ficar com o copinho enfiado? me deem dicas pfvr.

Anônimo disse...

Mulheres sempre fizeram trabalho pesado, mascu. Trabalho pesadíssimo, desgastante, repetitivo, considerados trabalhos menores, desqualificados até como trabalho de fato.

Mas não tem trabalho mais pesado do que aturar os homens. Não tem nada que se compare a esse sacrifício que mulheres são obrigadas a fazer. Nem subir uma montanha carregando uma pedra de uma tonelada nas costas se compara a isso.

Anônimo disse...

Mas tem mulher que fantasia ser estuprada, só que só o fato dela já está consentido não é mais estupro, tem mulheres que enxergam glamour no estupro, como se um galã de novela das 8 aparecesse pra ir trocar a torneira dela, e de repente ele começa a acariciar seus seios e depois indo direto em direção a vagina fazer um oral maravilhoso.

Elas acham que isso é estupro, mas só quem foi molestado sabe como é. Não tem glamour nenhum, tudo isso que vc falou é uma visão machista , as mulheres são machistas tbm.

Anônimo disse...

Anonima das 17:04:

Mas como a mulher inventou o wifi, se o wifi usa ondas de rádio descobertas pelos homens, inclusive foi um homem a fazer a primeira transmissão de voz via rádio?

Você pode usar o coletor menstrual, mas te garanto que nós homens que inventamos o funil, a base do funcionamento do coletor !!!!

Pode começar o mimimi!

Anônimo disse...

17:04
Podia tentar achar um penis pra vc rebolar

Anônimo disse...

17:12 fiquei exitada com a história do galã kkkk

Ezco Musaos disse...

Que "fofo", mascuzinho das 16:53, como vocês são amigáveis. Profundamente emocionado aqui. Agora chega de dar atenção pra vc por hoje. Fique mal.

Anônimo disse...

17:12
saí daqui com teu pau mole

Anônimo disse...

Foram os homens que mantinham as mulheres em cárcere privado tbm, e que proibiram as de estudar, foram eles que castraram as mulheres tbm, e usaram a violencia sexual, religião.
tudo foi invenção dos bons samaritanos. Enaltecer seu gênero em detrimento de uma perseguição é no mínimo desonesto.

Anônimo disse...

Anon 17:08, o coletor menstrual INVENTANDO POR UMA MULHER, é muito melhor do que absorvente ou O.B (que só pode ter sido inventado por um homem mesmo já que é uma porcaria).
Vantagens do coletor menstrual, conhecido também como "copinho".

*Economiza grana (você compra um e o usa por 5 anos.
*Preserva o meio ambiente (você produz menos lixo porque o coletor é só lavar e usar de novo)
*Você pode nadar com ele (:D)
*Não fica mau cheiro (o sangue menstrual não tem cheiro. É o contato do oxigênio com o sangue do absorvente que pode produzir algum cheiro ruim)
*Você ainda pode usar o seu maravilhoso sangue para adubar plantinhas (sim, nosso sangue é poderoso assim mesmo)

Se tiver alguma dúvida sobre esse maravilhoso invento de uma mulher (só podia ser) pode perguntar.

Anônimo disse...

17:04
Você deveria se matar ja que foi criada através de sua mãe servindo como depósito de porra para seu pai. Ela provavelmente ainda gostou de ter sido dominada e controlada apenas com o objetivo de dar prazer ao macho dela que foi seu pai. Kkkkkkkkkk
Viva com essa sua infeliz

Anônimo disse...

Que infantil isso de não uso nada de homem, e o outro falando de porra, não se igualem a eles meninas.

17:19
E Não é porra é esperma é uma vida, vá estudar biologia, se vc se consideram uma porra azar o seu.

Anônimo disse...

Minha mãe me criou usando meu pai como reprodutor. Afinal, é isso que os homens são. Reprodutores descartáveis.
Aliás, é por isso que os mascus ficam tão chateados. Nada que os homens inventaram chega aos pés do que uma mulher é capaz de fazer apenas por ser mulher.
O homem que inventou a ideia de deus era muito invejoso do poder das mulheres e fêmeas em geral. Chego até a sentir dó.

Anônimo disse...

mascu, você que deveria se matar. esquece que todos os seres humanos possuem maior material genético vinda da mãe do que do pai. os homens só passam seu material pelo gameta, já as mulheres passam pelo óvulo e dna mitocondrial.

Anônimo disse...

Isso aí já é guerrinha de sexos, eu acho infantil. Principalmente quando vem de mulher, nós não precisamos disso.

Anônimo disse...

homem é tão descartável que se todos morressem e só sobrasse 1 a humanidade poderia continuar e a violência com certeza diminuiria muito. O contrário é um verdadeiro inferno, não existe humanidade sem mulher.

Anônimo disse...

14:49 eu tenho uns livros escritos por mulheres e protagonizados por mulheres. Não sei se são exatamente o que você quer, mas posso dar os nomes e você, se quiser, procura. São eles:

A Cidade dos Segredos, Sasha Gould

A Rainha Vermelha, Victoria Aveyard

O Mistério do Chocolate e O Enigma do Morango, Joanne Fluke (parece livro de receitas mas é sobre uma confeiteira detetive que investiga assassinatos)

Série Trono de Vidro, Sarah J. Maas (Trono de Vidro, Coroa da Meia Noite, A Lâmina da Assassina e A Herdeira do Fogo já publicados no Brasil)

E tem a graphic novel O Mundo de Aisha, histórias de mulheres contadas sob o ponto de vista de uma mulher.

17:19 você também foi feito assim, criatura paspalha. Foi sua mãe servindo como depósito de porra para seu pai, provavelmente com o velho de coleira e sendo chicoteado enquanto sua mãe vestia couro preto, descia o chicote no lombo dele e fazia um fio terra no velho.

17:12 a primeira linguagem de programação quem inventou foi uma mulher. O computador que nós usamos hoje foi inventado por uma mulher. O wifi foi inventado por uma mulher. Ah, e não esqueça que o descobridor das ondas de rádio provavelmente roubou a ideia de uma mulher, como fez Lavoisier com a esposa. Ou a mulher sabe mais do que ele sobre a invenção\descoberta e ter sido excluída, como Einstein fez com a mulher, Mileva. E você não tem a menor ideia se foi um homem que inventou o funil. Que tal calar o cuspidor de besteira e arranjar algo útil pra fazer? Se jogar de cabeça do Empire State, por exemplo.

16:47 e anon 16:49, a pesquisa que vocês mencionaram (sem ler, obviamente) diz que não existe mulher exclusivamente hétero. Que mulheres ou são lésbicas ou são bissexuais (tem atração pelos dois sexos). Que tal vocês LEREM o que querem mencionar antes de sair pagando mico na internet?

Anônimo disse...

eu já ouvi falar que ela ficam entre si, será que é falta de opção mesmo.

Anônimo disse...

certeza que as guerras diminuiriam, as tribos matriarcais são pacíficas, assim como as sociedades mais igualitárias são muito melhores.

Anônimo disse...

Eu acho que os homens tentaram fazer uma coisa cagando com muitas outras, por isso eu prefiro sociedade igualitárias. Talvez no passado as guerras valessem a pena hoje não mais.

Anônimo disse...

Talvez uma forma de melhorar o mundo seria dividir machista de feminista, os machistas vão pro oriente médio e ficam por lá, enquanto as mulheres tomariam conta com o resto da população que optasse por igualdade.

Anônimo disse...

Só pra você saberem o que está rolando.
O Piers Morgan chamou a Ellen DeGeneres de "sexista" porque ela falou em alguma premiação que iria deixar uma foto do ator que faz Thor em tamanho natural para deixar as pessoas felizes.

O Matt MacGorry resolveu responder no twitter e olha só que maravilha:

http://www.huffingtonpost.com/entry/matt-mcgorry-has-no-time-for-piers-morgans-views-on-sexism_568fcacee4b0cad15e64628f?heiv0a4i=&


Eu amo a Ellen!

Anônimo disse...

os homens não conseguem viver sem mulheres. sabe porque? bem, em todas as espécies, mesmo as que vivem em grupos, como os primatas, os indivíduos possuem uma independência entre si, ou seja, a "família" é basicamente formada apenas com a mãe e o filhote, sem presença alguma do macho. Mas todas as sociedades patriarcais possuem como base a família formada pelo pai, mãe e filhos, a tradicional, o que é uma farsa da natureza, visto que muitas vezes corre o risco do próprio "pai" matar os filhotes. Essa séria uma grande contradição do patriarcado e dos próprios homens: odeiam mulheres, mas não conseguem viver longe delas, precisam delas.

Anônimo disse...

Não sei se coletor menstrual vai pegar. Até a adesão ao absorvente interno no Brasil é pequena em comparação com Europa e Estados Unidos, por exemplo. Por aqui, a preferência ainda é o externo. Uma das razões conhecidas é o fato de a mulher brasileira não gostar de tocar sua genitália mesmo quando o motivo é médico como aplicar um remédio contra a candidíase.

Além das questões culturais, outros fatores também influenciam neste quesito. A educação tradicional de um grande extrato da população brasileira corrobora para a falta de autoconhecimento da mulher brasileira no que se refere a sua genitália e, em muitas situações, o nível socioeconômico também limita o acesso a diversos produtos de higiene íntima”

Anônimo disse...

tipo, quantos homens misóginos e machistas que se casaram? basicamente durante toda a história da humanidade. Odiavam mulheres, mas se casavam e tinham filhas. vai entender...

Anônimo disse...

17:39, você esqueceu do já clássico infantil-juvenil, Harry Potter.
Eu dei o primeiro de presente a minha priminha no natal. Preferia que a protagonista fosse uma menina como a J.K Rowling tinha imaginado. Ela teve que mudar o protagonista para um menino por pressão da editora.

Ano passado eu dei de presente Píppi Meialonga, clássico infantil da literatura sueca escrito pela Astrid Lindgren.

No natal desse ano que ela vai estar maiorzinha vou dar de presente o Diário de Anne Frank.

Anônimo disse...

Anônimo das 17:12 vc que começou o mimimi viado!!

Homens que descobriram ondas de rádio enquanto aprisionavam e estupravam suas esposas e filhas!

Funil não tem nada a ver com o coletor menstrual acéfalo!!
Vc entende tanto de mulher quanto entendo sobre besouros!!
Tenha certeza que não é pq vc tem um pedaço de carne podre entre as pernas que vc é superior às mulheres.

Já que ama tanto os machos, casa com um seja feliz e pare de encher o saco.


Anônimo disse...

Qual mulher fantasia ser estuprada anônimo IMBECIL das 17:12?

Sua mãe???

Anônimo disse...

Anônimo das 17:07...

Se eu falar de todas as vezes em que homens traíram, agrediram, mentiram, trapacearam, estupraram, etc, vamos ficar um mês discutindo.
Não que não tenha mulher FDP, mas homem FDP tem 5 vezes mais!!

Anônimo disse...

Anônimo das 17:12, já que fez está sugestão pra moça, tira o pênis que tá enfiado no teu rabo e empresta pra ela.

Anônimo disse...

Meninas, sou alguns dos anônimos acima, dentre eles o anon das 16:25.
Eu tive que sair para beber uma cerveja opressora num boteco aqui perto, por isso me ausentei por alguns instantes, e talvez isso pode ter feito as anônimas como a das 17:39 acharem que venceram a discussão.

Não venceram.

Bom, estou de volta e digo que não, a ada lovelace não inventou porra nenhuma. Ela pode ter sido a primeira pessoa "programadora" ( na area de TI, uma das profissoes menos valorizadas), mas a computação começou nela??? afff... a ciIencia da computação comecou muito antes da invencao do computador eletronico, pascal manda lembraças, boole e outros!!!!!! Pesquisem no google, as mais importantes teorias da computação quando foram concebidas, se foi nesses ultimos 1000 anos ou antes... pesquisem algoritimos como quicksort, btree, etc.

O choro é livre.... sem falar que, se quer falar de computadores eletricos, nada disso teria começado se um homem não tivesse empinado uma pipa para descobrir a eletricidade!

O choro é livre, poxa!!!!!

Na certeza de que meus sólidos argumentos provocaram o transbordamento de várias calcinhas, deixando-as completamente encharcadas, despeço-me.

Anônimo disse...

Lixo misógino das 16:26 você não inventou porra nenhuma!!

Não se gabe de inventos que seus antepassados que arrancavam e estupravam esposas e filhas, fizeram.

Vai arrumar um macho já que gosta tanto de machos! Kkkk

Anônimo disse...

Lixo misógino e acéfalo das 16:25, largue o computador pq o código foi inventado por uma mulher Ada Lovelace e a máquina criada por um homem gay, Alan Turing.

Absorvente interno foi uma das maiores merdas criadas por homem.

Se falar que vc anônimo não criou porra NENHUMA! Só tá se gabando dos feitos dos seus antepassados que trancavam e estupravam esposas e filhas enquanto tinham liberdade pra criar e inventar.

Já que tá falando de criações, se mata viado! Foi uma mulher que te botou no Mundo!

Anônimo disse...

"Na certeza de que meus sólidos argumentos provocaram o transbordamento de várias calcinhas, deixando-as completamente encharcadas"

Olha no que ele ta pensando kkkk
Homem só pensa com a cabeça de baixo mesmo.

Anônimo disse...

Mulheres sao a maioria nas faculdades. O futuro é nosso.

Ezco Musaos disse...

"E eu inventei sim.. só pelo fato de eu ser do mesmo gênero que esses grandes inventores, isso já me transforma num potencial descobridor de teorias e novas tecnologias para a humanidade."

---> Kkkkkkk mascus, a piada pronta. O que um bando de doente que vive atrás de um monitor chorando em site de ódio e coçando saco tem a oferecer à humanidade? Pelo visto, as portas do hospício estão abertas.

Ezco Musaos disse...

Pois é, anon 19:42, e pelo visto o mascu gamou em mim, quer me levar para o lado dele. Cruz credo!

Anônimo disse...

Serio, a cada cretino que aparece mais tenho vontade de abortar caso for menino.

Ezco Musaos disse...

Mascu, ok, você me "respeita" simplesmente por eu ser homem, então lá vai um conselho: concordo com a teoria de que toda essa tua adoração por homem e ódio de mulher tem tudo pra ser homossexualidade reprimida como a comentarista vem dizendo. Então se liberta, queridão, vai ser feliz com outro amiguinho mascu, quem sabe a vida de vocês não fica mais leve e cure vocês desse ódio irracional pelas mulheres, ao mesmo tempo que livra várias delas do sério risco de ter que conviver com seres tão asquerosos. Vai lá, não se reprima.

Anônimo disse...

Ezco, respeitosamente eu lhe digo que você está errado. Não vou discutir com você, não adianta provocar, você é um dos comentaristas mais sensatos que vejo no blog, mas eu não vou cair no seu jogo: pode me ofender à vontade, eu não vou entrar numa briga inútil.

Anônimo disse...

Anônimo das 20:17, não adianta tentar agradar e elogiar o Ezco, o cara é hétero e não vai te comer. Até.

Anônimo disse...

20:24,

Ninguém aqui é homofóbica??? por favor, releia os comentários das feministas acima, querendo me "insultar" me chamando de "gay que não sai do armário" (fico sensibilizado com os gays que ainda não se reveleram para a sociedade, ao lerem essa pérola feminista).

Eu sou misógino por que? por que eu disse que 95% das invenções da humanidade foram descobertas por homens? o que eu devo fazer para ser justo com as mulheres? dizer que elas inventaram 50%?

"ódio", "desprezo" pelas mulheres, vejam que eu coloquei essas palavras em aspas, pois eu não as disse sequer uma vez, essas palavras estão apenas em seus comentários. E eu tenho sim admiração pelos homens, como não vou ter admiração por um ser vivo que conseguiu ir até a lua, que inventou o computador, que deduziu várias leis físicas, matemáticas, e etc? e tenho muita, repito, MUITA ADMIRAÇÃO pelas mulheres, muitas são excelentes mães, meigas, gentis, educadas, e etc.. claro, pelas femiministas eu não costumo ter admiração, pois só vejo vitimismo, e invenções que é bom, nada.

Na certeza de que meus sólidos argumentos provocaram o transbordamento de várias calcinhas, deixando-as completamente encharcadas, despeço-me.

Anônimo disse...

Anônimo das 20:30...

Uma moça brasileira inventou máquina que detecta câncer(quem sabe ela não salva tua vida inútil?)

Uma garota brasileira foi finalista em um concurso vde Astronomia.

Uma jovem brasileira criou mecanismo que economiza água.

Etc...

Entre francesas, americanas, etc, que estão criando coisas enquanto vc tá chorando e querendo bancar o "machão"!
E vc, tá fazendo algo de útil, ou só chorando no porão de casa enquanto bebe Todynho da mamãe?
Vai arrumar uma cueca encharcada, pq um MONTE de mascu ficou com a cueca encharcada por vc! Kkkk

Anônimo disse...

O macho é uma femea incompleta. Atualmente, não serve nem para a reprodução. Se todos simplesmente fossem mortos, os piores problemas da humanidade acabariam.

Anônimo disse...

Confrades, vamos embora daqui.

As mulheres deste blog já estão muito empoderadas, é simplesmente impossível oprimí-las.

Vamos procurar algum site de amélias para que possamos exercer nossos direitos de machos em paz, sem sermos importunados.

Anônimo disse...

Diva

Que bom que caiu em si baby!!

Vai com seus confrades fazer um bom troca troca e ser feliz ok?

Ezco Musaos disse...

Ué, mascu, você não é "homem" de palavra? Já se despediu tantas vezes, mas continua voltando aqui pra chorar? Cadê a "hombridade"?

donadio disse...

Dá para apagar os comentários do Calcinha Encharcada?

Ninguém merece tanta tosqueira.

Anônimo disse...

O Donadio sim já deixou feministas "levemente excitadas" com os argumentos dele.
O Calcinha Encharcada deve ter ficado com inveja.

donadio disse...

Esta caixa de comentários está terrível, dá a nítida impressão de que só tem homens comentando, uns no papel de machistas explícitos e outros se fazendo de mulher para nivelar por baixo.

Anônimo disse...

Anônima 18:36,não sei como os teus comentários extremamente misândricos não são apagados,vc tem provas de que "os homens que inventaram o rádio estupravam suas esposas e filhas"
Se eu fosse parente de algum desses homens,eu te processaria.
Só pra sua informação: tu saiu do saco do teu pai,bobinha!

Anônimo disse...

22:58
A moderação não apaga ofensas da parte de feministas.
Não tem como ter uma discussão civilizada aqui até porque olha o nível das criaturas que comentam, preconceito e generalização total.
A moral é trollar e rir das babacas que acham que vc ta falando sério.

Anônimo disse...

O primeiro computador eletrônico foi o ENIAC criado por dois americanos de nome John e sobrenomes Prasper e Mauchly ....Ada era apenas uma estudante de matemática que gdjdou. Um inventor chamado Charles Babbage que tentou criar como tantos outros algo parecido com um calçadões mas nada prático

Anônimo disse...

Anon. 23:29 está certíssimo. Dentre as principais invenções masculinas estão o nazismo, a guerra e o machismo. Parabéns homens

Anônimo disse...

E homem de verdade vai fazer algo de útil pra humanidade em vez de ditar o que mulher faz ou deixa de fazer.

Anônimo disse...

Uma mulher na babilonia inventou a prostituição.
Uma mulher grega inventou a tàbua de lavar roupa.
Uma velha bangela na idade média inventou o boquete.
As mulheres que inventaram essa ideia do homem ir trabalhar e queriam ficar em casa servindo seus maridos/filhos.
Toda "opressão à mulher" que as feministas reclamam foi inventada por elas e pela sociedade matriarcal que vivemos.

Anônimo disse...

17:34
Primeiro lugar isso nem é verdade porque o material genético vem 50% do pai e 50% da mãe.
Segundo, mesmo se fosse verdade, por que alguem se mataria por causa disso.

Anônimo disse...

E o capitalismo selvagem, a ostentação, e fora que se você estudar a psicopatia verá que a maior parte dos psicopatas são homens. Os distúrbios mentais que geram violência atingem mais os homens. São também manipuladores e narcisistas. Como é que vão fazer uma boa literatura se tem uma empatia tão embotada. Tenho para mim que esses mascus são todos esquizofrênicos.

Anônimo disse...

Esse é bom.

Anônimo disse...

É mais facil os homes serem exterminados do que as mulheres. Ja existe clonagem em animals, e olha só, espermatozoides não são uteis em nada. Mas É sempre necessario ter um ovulo e um utero. Em suma, a mulher em si sempre foi mais importante que o homem.

Anônimo disse...

Mascus que odeiam mulheres, que ficam exaltando as invenções do homem, que dizem que as mulheres serem trancadas em casa, impedidas de estudar e estupradas não tem anda a ver com o fato de que elas não inventaram menos que os homens no decorrer da história, que chegam insultando os comentaristas do blog e não querem ser insultados de volta: por que vocês não vão cagar?

Educação e argumentos são só pra quem tem educação e argumentos, mulas acéfalas. Eu mesma já argumentei educadamente com alguns sujeitos machistas que chegaram aqui mas tiveram a decência de conter sua misoginia e debater com argumentos (furados, mas argumentos de verdade) educadamente, sem xingar, chamar de depósito de porra e todas essas merdas que saem da boquinha de vocês (é de dar inveja aos seus cus o quanto vocês cagam pela boca e pelos dedos). Se mandem daqui lixo tóxico.

Anônimo disse...

Os machos estã histericos hoje hein? Deve ser por causa da entrega de notas do enem. Cada homem que zero a redação...bem, mulheres ja são maioria nas faculdade mas daqui para frente o numero só tende a aumentar. Os machos podem servir na agricultura ou como pedreiros kkkkk

Anônimo disse...

Mascu do "marido gigolô", eu sei que dói, mas inveja é uma coisa muito feia. Olha, eu tenho certeza que no fórum mascuzal você acha um gigolô só pra você. Mande uma mensagem privada pros seus coleguinhas favoritos discutindo o preço e as condições de trabalho. Ah, se você oferecer tomar banho todos os dias a lista de candidatos aumenta, viu? O que você está esperando? Vá logo, correndo, arranjar o gigolô dos seus sonhos! Ele lhe espera no fórum!

Anônimo disse...

Caramba, será que todos surtaram de vez? Que existe uma coisa chamada contexto de época? Que há preconceito de todos os tipos em muitas obras pois foram escritos em outro tempo? (isso obviamente não inclui aquele lixo chamado 50 tons de merda)

É perfeitamente possível para mentes sãs separar a qualidade literária dos preconceitos, só quem sonha com fogueiras nazistas sanitizantes propõe absurdos do tipo "ain nem vou ler nada dus ômi"

Cão do Mato disse...

Anônimo das 8:25: único comentário lúcido até agora.

Anônimo disse...

Hu3hu3 BRBRBRBRBR

"DSADADAJODAD SO ZUEIRO FASO PARTE DE UM CLUBE SECRETO NA INTERNETES"
"VMS SUAR AMIGOS" "AMO MEU CLUBIN AMO MS AMIGOS" "ME NOTEM H3UH3UH3U3H3" "FEMINAZI" "MASCUTROLL" "AUHUWIEHA KKKKKKKK OLHA ELA OLHA OLHA MÃE" "MASCU DESGRAÇADO" "SOU HETERO IAOEJQOEQE CHORA MAIS" "O CHORO E LIVRE" MUHUAHUA" "INCLUSÃO" "PARDO" "SAKDPKASD SOU FODÃO (ONA)."


Lamentável.

Anônimo disse...

Dono da maior nota do enem Vítor Bareto,ele é homi e tem pênis!!

Anônimo disse...

gostaria de ver todos os homens lendo os textos da gloria stein e separarem a "historicidade" do enredo haha

Anônimo disse...

"ada lovelace não inventou porra nenhuma. Ela pode ter sido a primeira pessoa "programadora" ( na area de TI, uma das profissoes menos valorizadas), "

KKKKK rindo infinitamente aqui.
Os caras lêem qualquer merda na internet e se acham entendidos do assunto.

Na boa cara, sai do armário.

Ezco Musaos disse...

"Dono da maior nota do enem Vítor Bareto,ele é homi e tem pênis!!"

---> E certamente ele estudou bastante pra conseguir esse resultado, ou seja, é um rapaz que deseja sucesso no futuro e se esforça para isso, assim como muitas mulheres fazem e conseguem também, embora muitas meninas ainda cresçam sem serem incentivadas a desenvolver o raciocínio lógico, devido ao machismo dos pais e da sociedade. Certeza que esse rapaz não passa a vida em chan atacando mulheres em vez de estudar para garantir uma carreira de sucesso. Enfim, boa sorte pra ele, que ele nunca se torne um desses fracassados misóginos que não sabem nem, por exemplo, escrever a palavra "Barreto".

Livia disse...

Meu filho tirou 900 na redação do ENEM! Estou explodindo de orgulho do meu garoto! Lola, posso te mandar a redação dele por email?

lola aronovich disse...

Pode mandar sim, Livia, claro! Mas como vc tem a redação dele?
Parabéns pelo notão!
É como eu disse em outubro: a violência contra a mulher é obviamente uma pauta feminista, mas não é, ou não deveria ser, apenas uma pauta das feministas. Deveria ser de todo mundo. Afinal, é um problema universal que afeta todo mundo.
Vi alguns misóginos festejando que algumas garotas não foram tão bem na redação do Enem. Eles pegam meia dúzia de garotas, têm certeza de que essas garotas são feministas, e concluem: Feministas se ferraram na redação do Enem!
Imagino que se algum dia esse pessoal conseguir entrar numa universidade, eles façam pesquisas um pouco mais embasadas.
Quem quiser mandar redação do Enem pode também.

Gabriela Martins disse...

Não acho que isso faça muito sentido. Acredito que a arte é maior do que aqueles que a produzem. Se você ignorar toda a literatura produzida por homens até então (machistas ou não), você acaba se tornando alienada, ignorante em relação a formação da sociedade em que, querendo ou não, estamos inseridas. A questão é, você é livre para discordar e criticar o autor, mas negar o valor cultural/artístico da obra é absurdo! Segundo a lógica das pessoas nos comentários, eu como estudante de física não deveria estudar física, pois muito dos livros foram escritos por homens machistas e isso deveria me oprimir.

Anônimo disse...

Lixo virtual das 10:03:

A lola publica sim, ainda mais para mostrar que alguns homens estão aprendendo muito com o feminismo.

A lola é imparcial.

lola aronovich disse...

Eu não sou imparcial, até porque imparcialidade não existe. Isso é meio básico. Eu fui crítica de cinema durante 14 anos, e nesse tempo todo sempre aparecia gente me cobrando "imparcialidade". Quem acha que imparcialidade existe, que alguém é ou pode ser imparcial, deveria pensar um pouco mais.

Livia disse...

Muito obrigada, Lola!! Na verdade eu não tenho a redação, é que fiquei tão empolgada com a nota, que pedi para ele reescrever... quase morri de tanto orgulho, não fazia idéia que meu filho sabia escrever coisas tão lindas! No dia da prova, ele me contou por cima o que tinha escrito, mas já viu como é adolescente, não gosta muito de dar os detalhes...rs.

Anônimo disse...

Ao lixo virtual das 10:29:

você realmente NÃO é IMPARCIAL, mas saiba que a lola o é!!! Ela é muito inteligente e está acima dessas questões mais superficiais de ficar querendo provocar guerrinhas.

LOLA, FIQUE ESPERTA, TEM MASCU ROUBANDO SUA SENHA.

Anônimo disse...

Alguma estudante ou professora de historia poderia me dizer qual foi a origem do casamento? Tipo, se originou por rap to?

Vicky_ disse...

Quanto lixo, esses caras bem que podiam usar mais que 2% do raciocínio.
Não saiam do bueiro coletivo onde vivem, losers.

Adorei alguns trechos, quanto a parte de certos autores, concordo, não compro, não apoio, não leio. Agradeço por alguns recomendações de leitura que vi aqui, já conhecia alguns, mas nunca é demais conhecer um nome título de contexto empoderador.

Vou experimentar o mencionado, passar meses lendo boas obras planejadas apenas por mulheres ou pessoas não-brancas.
Ou pelo menos onde quem protagoniza não seja um homem branco hetero.

Já faz um tempo que estou me cansando de ir na orelha do livro e sempre ver a cara de um homem branco que trabalhou num jornal. (Pois zé)

Quanto ao Bill Cosby, mal conhecia o cara (não sou muito ligada em TV americana), mas desda descoberta dos crimes, não apoio nenhum dos seus trabalhos.
Gostaria de fazer mais do que um boicote tão pequeno.

Há um episódio de Bojack Horseman (uma animação recente) onde se parodiou os crimes do mesmo, chega a ser irritante por conta do realismo com que ocorreu o sensacionalismo da vida das mulheres envolvidas (inclusive a que tenta ajudar as vítimas).

E há ainda um trecho onde umA personagem cita nomes de homens famosos que cometeram coisa semelhante (Woody Allen, Bill Murray, etc) e ainda as empresas que acobertaram o Bill Cosby! (Sony, etc)

Germanub disse...

Por que esse povo comenta como anônimo?

Anônimo disse...

Woody Allen deveria processar esse estúdio.
Legalmente,ele foi inocentado.Um clínica de new Harper emitiu um relatório o inocentando.
Moses Farrow,irmão de Dylan,a filha supostamente abusada,revelou recentemente que apóia Woody e ela foi manipulada pela mãe.
Viu como tem mulher que faz falsa acusação de estupro??
Ah,a própria Mia Farrow tem um irmão condenado por Pedofilia!e fica CALADINHA sobre o assunto!!

Anônimo disse...

Ô anônimo das 17:12, quem parece precisar de um *pênis pra rebolar* pelo visto é vc, meu caro.

Anônimo disse...

Existem mais estupros no mundo do que falsas acusações, infelizmente. A melhor maneira de evitar um a violencia sexual seria, querendo ou não, duvidando dos homens.

Anônimo disse...

Por que homens precisariam das mulheres, meu caro anônimo? Já chegou a alguma conclusão? Qual é a sua teoria/tese sobre?

Anônimo disse...

Pois é...

Anônimo disse...

Também tem livros que homem nenhum deveria ler. Esse natal minha irmã, que é sapatão, me deu de presente a autobiografia do Casanova, e comecei a ler essa manhã. Não entendi nada, ele era todo mangina e afeminado, mas pegava geral, além de ser comparavelmente pobre em relação às damas com quem ele se envolvia. Alguém já leu Casanova?

Anônimo disse...

Anônimo das 16:19, entenda...

Por mais que uma mulher esteja bêbada se ela NÃO tiver condições de concordar, consentir com a transar, é estupro, pronto e acabou!!!
Será que vc é tão IMBECIL que não sabe quando uma mulher quer "abrir as pernas" como disse pejorativamente?!! Será que vc não compreende que quando uma mulher tá bêbada ou intoxicada NÃO é uma chance de meter seu pinto sujo e podre?!!
"Aquela de Brasília" a moça que vc se refere e podia ser sua irmã, filha,conhecida ou namorada, seu LIXO misógino, ela seu queixa no sua seguinte, não quer dizer que ela não tinha noção do que aconteceu!!
Agora vc vir pra este blog defender um estuprador, jogar culpa na vítima e ficar com peninha do que estuprador sofre na cadeia(e acho pouco!) é muita canalhice e cara de pau!
Se odeia tanto as mulheres, arruma um macho pra vc e não enche o saco!!!

Anônimo disse...

Já li, e ele não é "mangina nem afeminado", vc que é analfabeto funcional.
Se vc não consegue respeitar sua irmã (afinal o certo é lésbica, não " sapatão") talvez seja pelo fato se nenhuma mulher querer um otário como vc e preferirem sua irmã kkk.

Anônimo disse...

O nome dele anônimo das 08:49, é Vítor Barreto.
Não é pq o rapaz foi quem tirou maior nota do Enem que um analfabeto funcional como vc tem que achar que tb tem mérito.
E ao contrário de vc que tem um mero pedaço de carne podre entre as pernas, sim Vítor é homem e como homem tem pênis, mas ele tirou maior nota graças ao seus estudos não ficou passando tempo em chans falando merda de mulher, chorando e reclamando da vida, e chupando piroca como vx faz kkk.

Anônimo disse...

Anônimo analfabeto funcional e fracassado das 00:29

Coitada da tus mãe que invés de parir um homem, pariu um LIXO.

Enfia estas tuas teorias no teu cu e seja feliz.

Anônimo disse...

Sim e daí anônimo das 23:43

Você inventou algo? Não deve ter ensino fundamental completo e deve ser fracassado de porão que bebe Todynho da mamãe e pega dinheiro do papai.
Já que ama tanto machos, vai chupar rola e não enche o saco!!

Anônimo disse...

Anônimo das 23:16

Não tem babacas maiores que vcs mascus, fracassados de porão!!

Anônimo disse...

E vc saiu do útero e das pernas da tua mamãe, bobão das 22:58

Anônimo disse...

Apaga os comentários dos mascus, por favor.
Galera, dá pra transar com o copinho? :O Fico com medo dele deslocar no corpo e ficar preso :x

Vicky_ disse...

Mimimimi
Não disse que ele cometeu crime, disse que ele é um desgraçado igual o Bill Cosby. Legislação é outra questão.
Um cara pode ser um desgraçado sem ter cometido um crime e nem toda pessoa que cometeu um delito é desgraçada.
Pode chorar.

Vicky_ disse...

Anon 16:59, não há como fazer sexo vaginal com a tacinha (XD), pois ela fica mais ou menos no meio do canal, não no mesmo local que o absorvente interno.
Nah, ela não vai mais fundo, tem um limite, ao menos, ainda não li nenhum relato em que isso ocorra, o que pode ocorrer é você não conseguir pegar no "cabinho", porém há técnicas que ajudam a tirar de maneira confortável.
Também vou adotar.

Anônimo disse...

Preferir ler livros escritos por mulheres é o mesmo que querer queimar os livros escritos por homens numa fogueira nazista? Ok. Ainda prefiro ler livros escritos por mulheres.

donadio disse...

"Dono da maior nota do enem Vítor Bareto,ele é homi e tem pênis!!"

É homem, tem pênis, e sabe escrever uma redação sobre a persistência da violência contra as mulheres na sociedade brasileira.

Anônimo disse...

Ela já fez um post sobre isso há bastante tempo, em 2013. Segue o link.

Marcela.

http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2013/03/e-dia-internacional-da-mulher-e-quem.html?m=1

Anônimo disse...

Eu ri muito alto no final do comentário. Tá na cara que ele é o amigo casado que perdeu o "chevrolet cruze" para a mulher.

Anônimo disse...

Realmente! Hoje eu to lendo tudo com bastante filtro mental! Tá foda! Tanto os dos mascus quanto os dos mascus passando por feministas. Não é possível que tenha feminista que pense e fale tanta asneira. Só pode ser trolagem.

mylla amaral disse...

Como professora de Letras que você é, não deveria proibir a leitura de livro algum. O que devemos é problematizar os assuntos que estão lá. Alguns livros desta lista são obras canônicas, fazem parte da história da humanidade, o que não deve ser apagado ou ignorado.

Marcia Baratto disse...

As listas são sempre polêmicas, mas eu concordo com várias afirmações aí. Bem que podíamos fazer uma lista com literatura escrita por mulheres, sem ser os livros abertamente feministas?

Marcia Baratto disse...

Ah, as meninas ótimas do lugar de mulher fizeram uma lista: http://lugardemulher.com.br/52-autoras-para-ler-em-2016/

Anônimo disse...

https://m.youtube.com/watch?v=cCp9kLWnJss

Meninas, assistam esse documentário. É muito bom! Fui procurar sobre Einstein e achei esse (no link está em italiano, mas acho que qnd vi tinha uma versão legendada).

O documentário traz a participação das mulheres em várias descobertas creditadas aos homens, como é o caso da esposa de Lavoisier, que administrava o laboratório que eles trabalhavam, fez curso de inglês para traduzir artigos científicos e etc.

Apesar de eu ser da área de física, não conhecia a participação delas ( só um pouco da esposa de Einstein). Achei show!!

Anônimo disse...

Transar com todo tipo de mulher está muito , mas muito longe de ser sinônimo de 'amava as mulheres'.

Anônimo disse...

Anônimo das 16h53, Vc é patético!

Anônimo disse...

Gente, tb to achando essa Guerrinha de quem inventou o que e não sei o que de esperma e material genético uma infantilidade absurda! Que papo mais sem futuro, pelamor....

Anônimo disse...

Não sabia que Bukowski era idolo dos mascus, ainda assim vou continuar lendo seus livros. Eu tentei fazer um comentário aqui outor dia dizendo que se a gente for julgar todos os livros do mundo, iriamos fazer igual na Alemanha Nazista, onde colocavam fogo em tudo.

Acho assim: a liberdade ta aí, você le o que quer, reflete, ve se te incomoda e tal. Livros são livros, vamos ler e discernir o que serve do que não serve. Mais uma vez vez escrevo: feminismo é liberdade de escolha. Se é liberdade, por que tanta cagação de regra?

Infelizmente, os comentários estão cada vez num nível mais baixo, tanto por parte de mocinhas radicais, trolls, mascus, etc. Debate inteligente é bom, mas aqui vi poucas opiniões legais. Poxa, Lola, tá foda hein?

ps: não quero dar meu nome pq não sou obrigada. Valeu.

Anônimo disse...

"Não sabia que Bukowski era idolo dos mascus, ainda assim vou continuar lendo seus livros."

Nossa, como você é legal e evoluída. Um ser superior.

Agora experimentar dizer que não vai ler Bukowski e caem em cima da "feminazi infantil".

Eu que pergunto: sou obrigada?

Nem se recusar ler livro escrito por homem uma mulher pode em paz. se fuder.

Anônimo disse...

Não negue o livro da Ayn Rand - A revolta de Atlas - só porque foi recomendado por alguém que não seja do seu agrado.
O livro tem como personagem principal uma mulher (Dagny Taggar), que é forte, virtuosa, e, segundo a narrativa, melhor do que a maioria dos homens em todos os aspectos.
Mostra como uma mulher que corre atrás dos seus sonhos é capaz de conquistar o que deseja. Como uma mulher pode ser forte e independente, e ainda sim ser feliz e realizada, pessoal ou profissionalmente. Mostra como a mulher (ou homem) não deve se importar com o que os outros pensam ou acham dela, e sim deve ser guiada pela moral e pela ética.
Se as mulheres tivessem esse conceito desde sempre, jamais ficariam em casa por ordens do marido, mas sim fariam o que quisessem, seja trabalhar ou ficar em casa mesmo, mas por decisão própria. Isso é a liberdade, é poder fazer o que tem vontade de fazer, respeitando o próximo, claro.
Acho que antes de descartar, vale a leitura da trilogia. O liberalismo tem muito mais a favor do feminismo do que contra.

Anônimo disse...

Só estou lendo livros escritos por mulheres mas Ayn Rand eu dispenso.

Unknown disse...

Nossa sera que essa tal LoLa é solteira,livre de alma ,to procurando um novo amor :|,vai qe me apaixone pela literatura deels