quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

SOBRE O PROFISSÃO REPÓRTER

Ontem o Profissão Repórter foi ao ar. Quem não viu ou quem quiser revê-lo (é curto!), o link é este.
Eu, pessoalmente, achei muito bom o programa. Foram quatro eixos: uma pequena discussão sobre o feminismo da Valesca Popozuda, um grupo de mulheres que faz consertos domésticos (trabalho "de homem"), a linda Marcha das Mulheres Negras, em Brasília, e os ataques feitos a ativistas como eu. No final, tudo mais ou menos se encaixou.
Mesmo a pauta que parecia mais deslocada (mulheres fazendo consertos) acabou dando certo, porque as moças são feministas. Katherine disse que toda mulher é feminista, só que algumas ainda não descobriram (não sei se concordo, mas gostei da fala); Ana Luísa chorou ao comentar que esteve na casa de uma mulher que havia sido vítima de estupro. O empoderamento daquelas moças é visível. Elas são fortes.
Também não resta nenhuma dúvida, pra mim, do quanto Valesca consegue passar esse empoderamento. Foi muito bacana ver uma celebridade se assumir feminista com todas as letras (não que tenha sido a primeira vez que ela fez isso). 
É óbvio que Valesca atinge um público jovem bem diferente do meu. E achei interessante que o programa selecionou algumas partes de um post meu pra ajudar a explicar por que Valesca pode sim ser feminista, e também por que nem tudo que ela faz é feminista. 
Adorei terem lido que não casso carteirinha feminista de ninguém, porque é algo que eu venho repetindo há quase oito anos: eu não imponho regras, não determino quem pode ou não ser feminista (pra mim, todo mundo pode -- deve -- ser feminista, homens inclusos), não faço competição de quem é mais ou menos feminista. 
A única coisa que digo é: não deixe que anti-feministas definam o que é feminismo. Os insultos que os conservadores dedicam às feministas (que somos gordas, ogras, não nos depilamos, queremos ser homens, temos inveja do pênis, odiamos homens, somos mal-amadas etc) são exatamente os mesmos que eram ditos às sufragistas 160 anos atrás. Isso porque elas ousaram exigir o direito a voto.
A parte do Profissão Repórter falando da Marcha das Mulheres Negras (a primeira realizada no Brasil) foi linda. Começou indo a um quilombo entrevistar Valéria, uma jovem politizada, guerreira, e foi com ela, de ônibus, até Brasília, participar da marcha. O programa deu destaque aos reaças acampados que chegaram a atirar para o alto, pondo todos em risco. Alguma dúvida que esses caras são racistas? De que se opõem à luta de todas as mulheres? 
No final, depois de mostrar um pouquinho do que enfrento, o programa fechou com Caco Barcellos perguntando a dois repórteres negros, Guilherme e Valéria, o que eles achavam das ofensas racistas no chan do Marcelo. Eles escolheram alguns entre dezenas de insultos num fórum anônimo que não existe na Deep Web -- ele é aberto a todos. 
Hoje no chan sobre a repórter Valéria
(clique para ampliar)
É abertamente racista (quase todos são neonazis; há sempre postagens louvando Hitler), misógino (lá se fazem planos e se oferecem recompensas para quem atacar mulheres, principalmente feministas, principalmente eu; e tentam convencer rapazes antes de se suicidarem a cometer atentados contra "vadias e esquerdistas"), eventualmente posta pornografia infantil, cria sites falsos para acusar desafetos. Mas, por estar hospedado na Malásia e ser anônimo, as polícias não fazem nada.
Ameaça contra o repórter Guilherme já ontem no chan
Eu gostei muito que Guilherme e Ricardo, o cinegrafista, tenham ido atrás de Marcelo e Emerson em Curitiba. Poucos tinham visto ou ouvido Marcelo antes (só em 2012, quando ele foi preso -- junto com Emerson -- pela Operação Intolerância), e entende-se perfeitamente porquê. Talvez, se eu fosse uma total desajustada social como Marcelo Mello, eu também me esconderia num quarto escuro e passaria a vida agredindo gente na internet. Marcelo (ou Psy, ou Batoré) faz isso há anos e não vai mudar. 
Ele foi condenado em 2009 por racismo e alegou insanidade para não cumprir pena. Em 2012, ficou um ano na cadeia, foi condenado a 6,5 anos, mas, ao sair em maio de 2013, voltou a fazer o mesmo de antes (uma de suas primeiras ações foi me enviar um email dizendo que iria me processar; meses depois, veio me xingar no Twitter; ano passado, quando criou seu chan, fez questão de me mandar o link para que eu pudesse acompanhar as ameaças e "planos mirabolantes do Cebolinha" que eles fazem diariamente a meu respeito). 
Então foi ótimo ver um covarde de marca maior desses sendo exposto em rede nacional. Foi ótimo ver seu medo (ele é que tem medo da gente) e sua incapacidade de se articular. Foi ótimo ver um cara tão desequilibrado me chamar de maluca. 
Emerson, seu comparsa, se saiu um pouco menos pior, se bem que a entrevista da mãe dizendo que ele é nervoso e foi bullied na escola não ajudou. 
Quem já viu algum vídeo do Emerson sabe que ele deve ter falado umas três horas com o repórter, e sabe quais foram os temas (Rafaela, sua ex, por quem continua obcecado; eu -- ele me acusa de tudo que ele faz --, assassinato de reputações etc). Felizmente o programa mostrou apenas ele falando uma besteira (ainda por cima parafraseando a opinião do Vaticano), de que a batedeira e o liquidificador fizeram mais pelas mulheres do que o feminismo. 
E, quando Guilherme pergunta se ele quer me matar, Emerson responde, rindo, como um psicopata, que não. E diz que o que Marcelo quer fazer é por conta dele. 
Pelo que sei, muitos outros familiares de Emerson foram entrevistados, e todos disseram o mesmo -- que ele não bate bem. Pra mim, Emerson é tão maluco quanto Marcelo. Ele tentou fazer aliança comigo em agosto. Eu recusei, e sua revolta foi tanta que ele fez 25 vídeos contra mim. Não tô exagerando, são 25 vídeos mesmo, alguns de mais de uma hora! 
Nos vídeos ele me compara a Stalin, me chama de "mentirosa, aleivosa, canalha, mal-amada, mal-comida, psicopata, vagabunda, bruxa de Salem, hipócrita, brancofóbica, antissemita racista, a pessoa mais misândrica da internet brasileira, a grande porca da mãe terra desta seita satânica" (essa é muito legal, tô quase incluindo meu perfil). 
Ainda diz que eu recebo "milhares de reais de verbas do governo federal" para fazer meu blog, que eu sou uma nazista que foi se refugiar na Argentina, que eu cobro favores sexuais de alunos em troca de notas, que não sei falar inglês (eu sou professora de inglês), que comprei meu diploma (tenho mestrado e doutorado pela UFSC), que desviei verbas da biblioteca para comprar mansões e carros importados (ahã, tenho vários). Chama meu marido de estelionatário e pedófilo e jura que ganha dele no xadrez (Silvio é enxadrista profissional e um dos melhores jogadores do Brasil), que casei com meu marido para conseguir cidadania brasileira. 
Emerson é tão louco que me acusa de matar seu pai (que morreu de causas naturais após o filho sair da cadeia).
Eu não sei como alguém pode olhar pra esses dois, passar dois minutos lendo o que eles defendem, e pensar: "É, as feministas é que estão erradas".
Mas lógico que tá cheio de machista e reaça em geral que achou uma afronta a Globo dedicar um programa a feministas. 
As "críticas" (de fato muito construtivas) que recebo sempre -- de que sou horrível (não sabia que eu havia sido inscrita num concurso de miss), de que sou gorda, de que tenho olheiras etc etc etc -- foram elevadas à décima (im)potência. Absolutamente nada de novo. Misóginos não são conhecidos pela criatividade. Como eu já disse, fazem os mesmos insultos há 160 anos.
Até o ídolo-mór da 4a série B entrou no jogo:

Porque, né, num programa que mostra claramente mulheres que lutam, mulheres poderosas, e homens que atacam ativistas com ameaças de morte e racismo, você precisa se posicionar do lado dos misóginos racistas. 
Só amor (clique para ampliar)
A novidade foi ver um monte de reaça distribuindo tuítes meus com críticas à Globo. A lógica é essa, pelo jeito: se você diz que a Globo não cobriu as Diretas Já (das quais participei, com 16 anos), se você diz que a Globo manipulou o debate entre Collor e Lula em 89, se você diz que a Globo apoia candidatos da direita, se você retuitou os protestos de negras ("Não somos tuas negas") sobre a série do Falabella, enfim, se você, em 48 anos da sua existência, já falou mal da Globo, então você não pode nunca elogiar nada que venha da Globo -- nem uma série bem feita, nem um capítulo de novela, nem uma reportagem, nada. 
Mais amor
Sei lá, é o mesmo pessoal bizarro que "critica" o Sakamoto por ter um laptop da Apple ou a Maria do Rosário por comprar um hamburger no McDonald's. É uma galera que te enfia num estereótipo e não aceita que a vida é cheia de nuances. Eles se acostumaram, por exemplo, a pregar que toda feminista vive sozinha com gatos ou é lésbica. 
Aí dane-se que o meu lindo maridão apareça no Profissão Repórter e que a narração diga que estamos juntos há 25 anos. Pra esses caras, eu vou continuar sempre sendo a sapata mal-comida cheia de ódio contra os homens. Não se pode nem dizer que isso é pré-conceito. É pós-conceito mesmo.
Mas também teve um montão de gente que descobriu meu blog ontem, enviou emails e mensagens, disse que acabou de me conhecer e já me ama. Obrigada pelo carinho, gente! Sejam bem-vindxs e venham se empoderar por aqui. 
Eu gostei muito do programa. É sempre bom ver a TV aberta dando espaço pro feminismo. Espero que deem cada vez mais. Mas TV é um espaço superficial, com tempo restrito, tudo tem que ser rápido. Eu sabia que seria assim. 
Guilherme e Ricardo estiveram na minha casa três vezes, foram dois dias a minha universidade gravar, entrevistaram dezenas de alunxs e alguns professores, me acompanharam até Quixadá para filmar o evento inteiro, que foi maravilhoso
Devem ter gravado mais de quinze horas só comigo. Aí aparecem dois ou três minutos dessas 15 horas. É a vida. Qualquer pessoa que já foi entrevistada sabe disso. O importante é que escolheram alguns momentos relevantes e, no geral, o retrato pintado foi muito positivo.
Agora, claro que eu adoraria se o Profissão Repórter disponibilizasse online alguns outros vídeos. Por exemplo, parte do congresso em Quixadá, que foi tão especial. Falamos de gênero no sertão cearense! Foi super emocionante, cheio de meninas engajadas!
Espero que algo mais concreto saia como resultado do programa. Por mais que eu denuncie os mascus há anos, é diferente quando a Globo mostra. Isso chama a atenção. Quem sabe as polícias levem mais a sério todas essas ameaças e crimes cibernéticos? 
Gostei muito de ter conhecido Guilherme e Ricardo. 
Falei várias vezes com Guilherme por telefone depois d'eles terem vindo a Fortaleza (ontem mesmo nos falamos, antes do programa ir ao ar). Ele agora está sendo muito ameaçado por esses criminosos que ele retratou. Eu já tinha avisado desde o começo que as ameaças contra ele seriam pesadas, por um único motivo: ele é negro. Esses disseminadores do ódio sempre capricham quando o alvo é mulher, negro, ou LGBT.  
Outras ameaças do chan do Marcelo
a jornalistas
No começo das ameaças, o querido Guilherme me pareceu bastante abalado. Ele não estava acostumado (e sim, isso entra como crimes contra a liberdade de expressão -- jornalistas sendo ameaçadxs de morte e estupro por exporem crimes cibernéticos). Eu estou. Não sei se alguém deve se acostumar a ser ameaçada, mas são quatro anos de ameaças contínuas. 
Às vezes é preciso se distanciar um pouco pra ver as coisas com maior isenção. 
Quando vi Guilherme abalado, eu pensei: putz, eu sou forte mesmo. Porque eu não me abalo, não tenho medo. 
E acho que vocês também não deveriam ter. Somos muito mais fortes que eles. Ainda mais se estivermos unidxs.

90 comentários:

Anônimo disse...

Lola ficando famosa, heim?

Vamos invadir o facebook da globo e lançar hashtag #umquadrofixopralolanofantastico

Anônimo disse...

valeska popozuda militando em pró do feminismo?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
essa mulher é a personalização da objetificação da mulher, mas que piada!!!!
hahahahahahhahaha
meio contraditório isso, não?
só faltava essa, funkeiras feministas huahauahauahuahuahahaha

Lettícia Gabriella disse...

Sou estudante de jornalismo e acompanho o programa a muito tempo. O de ontem foi um dos melhores que já vi! Eu já tinha ouvido falar do seu blog, mas ainda não tinha dado uma passada por aqui para ler seus textos e conhecer um pouco mais sobre a sua história. Agora não consigo mais sair! A identificação foi grande. Quanto ao caso do programa, televisão é assim mesmo, tempo apertado apesar da grande quantidade de conteúdo bacana que gostaríamos que fosse ao ar. É claro que isso sempre existiu, mas nos últimos anos temos acompanhando uma onda esmagadora de violência e ameaças contra jornalistas. Estamos expostos. Mas o pressuposto do jornalismo é expor a verdade dos fatos, os dois lados da moeda. Fico muito triste de ver que os colegas do profissão repórter estão sendo ameaçados, e espero encarecidamente que estes trolls encontrem seu destino na cadeia. Infelizmente nossa justiça ainda é falha, mas, por mais que prender um ou dois possa parecer pouca coisa, eu acredito que temos que começar de algum lugar. Vou acompanhar! Um beijo : *

Lilian disse...

Parabéns, Lola! Ainda não assisti, mas no mesmo momento estava metida numa discussão sobre feminismo com amigos que recebíamos aqui em casa, e a mensagem era: hello, acordem, estamos num novo momento, chega de esconder que há machismo e dos bravos na nossa sociedade. Alguns estão tomando um baile das filhas, e não sabem muito bem como reagir! E de verdade, parte disso tem dedo do trabalho que tem sido feito por nós, educadores, que trabalhamos tanto para desnaturalizar as relações como estão dadas. Há muito o que fazer, mas temos avanços! Parabéns pelo teu trabalho, abço!

Anônimo disse...

Gente do céu e esse Emerson não era engenheiro? Ele está lá nos comentários do Facebook postando inúmeros links contra o feminismo. O pior que tem um monte de meninas dizendo que o feminismo não as representam. Fico pensando,será que é para ganhar atenção de machista escrito. Mal sabem que para eles nenhuma mulher presta pelo simples fato de ser mulher. Parabéns pelo blog, ele foi meu primeiro contato com o feminismó.

Anônimo disse...

LOLA, VEJA QUE ABSURDO ESTAO FAZENDO COM ESSA MULHER.

http://br.blastingnews.com/brasil/2015/12/supostos-videos-intimos-de-fabiola-circulam-nas-redes-sociais-00698003.html

O marido dela já até postou videos dele transando com ela, tem num monte de sites. Slut Shamming total!! Não vamos permitir que esse cara estrague a vida dela. O que acham de criarmos a hashtag #SOMOSTODXSFABIOLABARROS ????????

Vamos agir rapido, antes que eles destruam a vida dela.

Anônimo disse...

HAHAHAHA quem fez o meme do Marcelo está de parabéns. Ri alto.

Anônimo disse...

E sabe o que é o mais engraçado dessa história ( desculpe o off-topic )... é que o AMANTE lá vai sair como heroi e ela como puta, como se as responsabilidades só recaissem em cima da mulher!!!

#SOMOSTODXSFABIOLABARROS

o que acham?

@dddrocha disse...

Gostei do programa, fiquei querendo ver mais, também senti confiança na voz do Caco Barcellos ontem falando que ia processar essa galera por racismo!

Iara De Dupont disse...

Lola, eu amei o programa, mas sou virginiana e isso me obriga a dizer algumas coisas....olha, eu acho que faltou eles explicarem o que é o feminismo, parece uma coisa simples, mas a maioria das pessoas ainda não tem isso muito claro, eu vejo muitos misturando feminismo com misandria, ou condição sexual....mas enfim, o fato de falarem sobre o feminismo já é uma maneira de quebrar a parede. Achei aqueles dois (nem menciono os nomes) totalmente perturbados, caso de internação, me parecem desequilibrados e fora de si. E, bom, assunto polêmico, não sei se é cisma minha, mas não entendo muito bem a Valesca, para mim uma boa assessoria não é a mesma coisa que ativismo....sei lá, o mundo do marketing é sinistro, cheio de assessores oportunistas, enfim....
Quanto a você, o que eu posso dizer? Você é musa, diva, deusa, totalmente serena e tranquila, acho vital passar essa posição, muda a percepção de todos. E fico feliz com a divulgação do teu trabalho, achei incrível quando disseram que você é uma das feministas mais importantes do Brasil. Sabem de nada inocentes! Você é a única Lola, de todas a maior!

Leici disse...

Parabéns Lola pela tua luta. Assisti o programa e achei muito interessante. E a coisa ficou feia para esses malucos que te ameaçam hein, expostos em rede nacional!

Anônimo disse...

Me impressiona como esse Danilo Gentili não tem nem medo de manchar a imagem de "comediante" dele fazendo esse tipo de piada da 5ª série. Eu fui até no twitter dele ver se era verdade. Vergonha alheia total.

Anônimo disse...

EU reparei que VC Lia os insultos de forma natural, as montagens que fizeram de ti, nao parecia Dar muita bola. fiquei impressionada

Anônimo disse...

Sério que vocês consideram uma cantora que usa o nome de "Popozuda" (bunda grande) uma feminista, vamos ver a letra de uma das músicas dela então:

Hoje, hoje eu não vou dar, eu vou distribuir
(Pode mandar o próximo)
Hoje, hoje eu não vou dar
(Pode mandar o próximo)
Hoje, hoje eu não vou dar

Você quer meu corpinho?
Não precisa insistir
Você quer meu beijinho?
Não precisa insistir
Você quer colinho?
Não precisa insistir

Hoje eu não vou dar, eu vou distribuir
Hoje eu não vou dar, eu vou distribuir
Hoje eu não vou dar, eu vou distribuir

(Eu sou a Bruna e faço tudo o que você quiser)
(Pode mandar o próximo)

Você quer meu corpinho?
Não precisa insistir
Você quer meu beijinho?
Não precisa insistir
Você quer colinho?
Não precisa insistir

Hoje eu não vou dar, eu vou distribuir
Hoje, hoje eu não vou dar
Hoje, hoje eu não vou dar
Hoje, hoje eu não vou dar
Eu vou distribuir

(Pode mandar o próximo)

Além da pobreza estilística, essa música ajuda a estereotipar a mulher como objeto sexual, será que não dá pra empoderar de uma forma assexuada e séria? Sei não, acho que esse feminismo ajuda mais uzomis que as mulheres.

Anônimo disse...

Acho que essa musica ela fez para o filme da Bruna Surfistinha

Anônimo disse...

Ter sido feita pra um filme não melhora a imagem que a música passa, mas tudo bem, vamos ver outra letra dessa grande pensadora contemporânea:

Amor, tá difícil de controlar
Há mais de uma semana
Que eu tento me segurar
Eu sei que você é casado
Como é que eu vou te explicar?
Essa vontade louca
Muito louca
Eu posso falar?

Quero te dar, quero te dar
Quero te...
Quero te...
Quero te dar, quero te dar
Quero te dar
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá
Quero te dar
Quero te dar
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá
Quero te...
Quero te dar
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá
Quero te...
Quero te...
Quero te dar

Meu nome é valeska
E o apelido é "quero dá"
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá
Dá dá dá dá dá dá dá dá dá dá

Maiê F. Rezende disse...

Tá pra nascer homem que vai mandar em mim
Tá pra nascer alguém que vai me esculachar
Tá pra nascer, e eu já falei pra tu
Se ficar me enchendo o saco, mando tomar

Vergonha na cara é coisa rara de se ver
Mal sabe meu nome e já tá querendo me ter
Nunca dependi de homem pra coisa nenhuma
Se tuas negas são tudo assim, desacostuma!

Vou te provar que eu não sou do tipo de mulher
Que você paga uma bebida, e eu dou o que tu quer
Enfia teu malote no saco e lambe o cheque
Tenho nojo de moleque

Pode ser pagodeiro, empresário ou cantor
Pode ser funkeiro, milionário ou jogador
O que faz da sua vida não interessa
Vou mandar tu se f**er porque sou dessas!

Link: http://www.vagalume.com.br/valesca-popozuda/ta-pra-nascer-homem-que-vai-mandar-em-mim.html#ixzz3uWnj8aOu

Anônimo disse...

Oh, tem uma música que ela fala que homem não manda nela, lindo.
Agora outra que fala o contrário, com paritipação de um homem o Mc Catra:

Muita polêmica, muita confusão
Resolvi parar de cantar palavrão
Então por isso, negão,
Vou cantar essa canção

Quando eu te vi de patrão,
De cordão, de R1 e camisa azul
Logo encharcou minha xota
E ali percebi que piscou o meu cu
Eu sei que você já é casado,
Mas me diz o que fazer
Porque quando a piroca tem dona
É que vem a vontade de fuder

Então mama,
Pega no meu grelo e mama
Me chama de piranha na cama
Minha xota quer gozar,
Quero dar, quero te dar

Mama,
Pega no meu grelo e mama
Me chama de piranha na cama
Minha xota quer gozar,
Quero dar, quero te dar

https://letras.mus.br/valeska-popozuda/mama/

Anônimo disse...

Gostaria de lembrar às Socializadinhas do Antifunk que o inimigo não é a Valeska, uma mulher livre para se determinar da forma como quiser e sim o Marcelo, que está claramente se fazendo de maluco para tentar escapar da judicialização de suas presepadas.

Anônimo disse...

ESSA MUSICA "MAMA" DA VANESSA É APENAS UMA FORMA DE LIBERTAÇÃO, UMA MULHER QUE NÃO PRECISA TER REGRINHAS PARA FAZER O SEXO, SE VOCÊ QUER SER UMA AMELIAZINHA, EMPREGADA DO SEU MARIDO, TUDO BEM, É SÓ IGNORAR A VALESKA, MAS SÓ NÃO ATRAPALHE A LUTA DAS MULHERES CORAJOSAS QUE LUTAM POR ELAS E POR VOCÊ.

O MC CATRA CANTANDO ESSA MÚSICA É LINDO, NÉ? AGORA A VALESKA É PUTA, VADIA, PIRANHA, ETC.

Anônimo disse...

Anônima das 20:35: Concordo com você!!

Anônimo disse...

Não precisa gritar, calma!
Vakeska não é puta, nem piranha, é só uma cantora(medíocre na verdade).
E ninguém aqui tá elogiando aquele escroto do MC Catra, que aliás acho ainda BEM pior que a Vakeska.
Eu assim como muitos(as) que comentaram aqui NÃO consideramos Waleska, nem outra cantor, nem Catra e nem outro cantor de Funk símbolos do Feminismo se justamente as letras de Funk só objetificam as mulheres, fazem apologia à pedofilia e reforçam esteriótipos sobre mulheres, negros, etc.

Anônimo disse...

Aff, preguiça desse povo que não sabe ler o comentário ou finge que não sabe. A Valeska pode viver sua sexualidade como quiser, ninguém está chamando ela de puta ou elogiando o Mc Catra. O que foi questionado é considerar a música dela feminista, que feminismo é esse que exalta mulher pedir biscoito de pirocudo? E mulher se orgulhar de "dar" pra homem casado, cadê a sororidade?

Anônimo disse...

Pessoas, a Valeska Popozuda é como qualquer uma de nós: DE VEZ EM QUANDO ESCORREGA! Por que essa cobrança pra que ela seja perfeita, porra, se nem vocês mesmas são feministas perfeitas? Viramos extremistas que agridem quem ainda não compreendeu totalmente o movimento? Ela está inserida num ambiente ultra machista que provavelmente vai demorar mais do que o ambiente da maioria das frequentadoras do blog pra mudar e, ao contrário da gente, a Valeska provavelmente não tem tempo pra frequentar palestras e seminários. Por que essa perseguição com ela?

Anon das 19:49 por que o emponderamento da mulher tem que ser assexual? Por que não emponderar as mulheres de forma sexual e séria? Apesar das lorotas dos mascus, a sexualidade feminina não é respeitada; na verdade, numa sociedade machista com fortíssimo ranço religioso como a nossa, ou a mulher se faz de objeto pro homem ou ela é assexuada pra "merecer respeito". Por que na sua opinião o emponderamento feminino tem que necessariamente excluir a sexualidade da mulher, como faz o machismo? Não tô te acusando de ser mascu; quero sinceramente saber por que você acha que o emponderamento feminino deve ser assexual, e não com a mulher tomando posse e autonomia da sua própria sexualidade.

Anônimo disse...

Eu acho que aquela música "beijinho no ombro" serve muito bem para aquelxs que tem inveja da valesca.

Anônimo disse...

O que tenho a dizer sobre essa "linda "marcha das mulheres negras é que ela serviu mais para dar apoio a esse governo corrupto do que efetivamente lutar pelos direitos dos negros.
Não concordo com aqueles que lá estavam acampados, mas convocar movimentos sociais para servir de bucha de canhão partidária isso eu não aceito. Não podemos nos esquecer que a queda do PIB, o desemprego, a corrupção e a inflação afetam muito mais a população mais pobre, composta em sua maioria por negros.
Nunca vi esses movimentos sociais e estudantis, ou mesmo os sem terra protestarem contra a corrupção na Petrobrás, os cortes dos direitos trabalhistas, a corrupção de alguns setores, etc., isso ocorre pq eles submissos ao partido e a seus líderes, sendo que um filho de um desses acusado de um desvio de dois milhões e meio fez uma justificativa ridícula tirada da Wikipédia l, isso vc nunca verá sendo citado por aqui

Anônimo disse...

Vou ser sincera, só não gostei da parte em a Lola disse que não dá para mudar o mundo sem os homens>

No mais foi maravilhoso ver o feminismo tomando demissões nacionais, acho que agora e irreversível,só vamos parar quando toda mulher tiver acolhida entre nós.

Anônimo disse...

21:47 Lola só falou a verdade, não continue se iludindo.

q disse...

Ainda nao vi o programa completo, só um pedaço (a internet ta ruim hehe). Mas eu vi a parte do Marcelo. Fiquei com pena, sério. A pessoa nao é normal.
E esse Danilo, hein? Apesar de você já ter falado dele, pensei que era uma coisa pontual, n sabia q chegava ao ponto dele fazer piadas de quinta série no twitter. Se você está incomodando o Danilo, é sinal que tá no caminho certo!

Anônimo disse...



http://globoplay.globo.com/v/4678657/

Anônimo disse...

ótima reportagem de um excelente programa, Caco vc está de parabéns e creia, vc ajuda muito a quem deseja estudar tanto para a vida quanto para concursos no quesito atualidades revi o programa de 15 de dez. duas vezes e mais uma vez o dos refugiados sírios e similares das injustas guerras islãs (em nome de Deus) querendo impor a religião deles aos outros ... E sobre o Feminismo é uma corrente social séria, de luta de igualdade social entre homem e mulher, pois, então Deus fez homem e mulher seres vivos à Sua imagem e semelhança para serem felizes e não para um dominar o outro. E mais para terminar esse povinho NEONAZISTA é uma praga que prega a intolerância e para se libertar deles o remédio é oração(que Deus nos liberte de todo tipo de intolerância, racismo e discriminação) E viva as diferenças, amém.

Amaral disse...

Anon 22:35 Essa bólola já ta dando mais no saco do que nunca. Dessa Fabíola eu achei foi graça, sorte dela ela não ter um marido sangue frio como eu ;-) eu jamais teria estragado minha mão no vidro do carro, mas amor é foda, amor machuca ha a culpa foi do maridão que não deu atenção e ela é vítima claro. mas o papo, a se fosse ele traindo ninguém falaria nada. Hum, ela não parecia ter remorso algum de estar traindo. A lola não tem filhos para estragar o casamento, e é impossível para ela ir fazer unha com um amigo, mesmo se fosse ninguém nenhuma parte estaria nem ganhando nem perdendo nada.

Anônimo disse...

Pq o gordinho nao é o puto ele era o concunhado deles, e a dele mulher perdoou. Agora a fabiola virou a Demonia né. O que EU nao defendo é essa ambiguidade, e o amigo dele querendo fazer barraco gravando video, sera que ja nunca teve casos de traiçao na Vida, ou melhor sera que esse Cara nunca traiu?

Anônimo disse...

Ela nao é puta esses casos correm a solta POR Ai, o problema é que ela é mulher. O cunhado ja voltou com a esposa. O negocio nao é traicao o negocio é que é mulher, quando bem Affleck traiu a esposa nao so vi chamarem a Baba de vadia, e ele saiu como o gostoso.

CeticaSsa disse...

a música é podre, mas a mensagem "pega no meu grelo e mama" é massa! *.* hahahah
não vejo essas músicas "pornôs" dirigidas ao prazer feminino, só ouço "vou meter", "senta senta", "chupa", "aproveita a mamadeira" entre outras merdas, atividades sexuais focadas no gozo masculino -_-

pega no meu grelo e mama, porra! hahaha adorei

Anônimo disse...

Esse tal de marcelo (minúsculo) é uma piada total fora do alcance de um teclado kkkk, sério, ri muito quando ele tentou intimidar o reporter "indo pra cima", quando na realidade parecia mais um mongolóide que provavelmente não consegue bater nem em um menor de idade se quisesse.

Fofo...fofo sair da cadchei bem ruapiduh huurrdurp

Anônimo disse...

MAs quando é homem ningem fala nada mesmo, falam é da amante olha o caso de Tony sales, aquela tal amante dele que saiu sendo chamada de pi... E ele ainda foi perdoado. Agora quando luma de Oliveira traiu o marido com o bombeiro magia ngm tava massacrando o Cara e SIM ela. E ainda querem me dizer que machismo nao existe...

Anônimo disse...

Nao adianta insistir puta é aquela que vcs pagam pra transar, pelo que EU saiba ela era bancaria. Ela traiu mesmo e vcs nunca trairam? ou so o homem pode trair, EU nunca perdoaria traiçao masculina. Pelo visto so tem santinho aqui né... Ja vao ser beatificados ja ja!

Anônimo disse...

imagina o tanto que não comeram a bunda deste gordinho sanctu nojento na cadeia? kkk, os negão fizeram a festa com a bundinha branca dele, retardado kkkkk

Anônimo disse...

Repito o que disse em outra postagem: todo chifre pra homem é pouco. Quase a totalidade dos hoens traem, mas ficam putinhos e querem até matar quando são traídos. Vão tomar no cu com essa hipocrisia de vcs. Vcs merecem tomar uma galhada atrás da outro. Asquerosos

Anônimo disse...

Pra que o espanto! Vcs deviam Ta mais perplexos com aquele pai que estuprou e matou a bebe asfixiada. Uma garotinha de 4 anos. Agora ficarem bancando os bons samaritanos quando sao os Reis da traiçao nao cola!

Anônimo disse...

Tbm acho um homem sem chifre é um animal indefeso. Mulher nao trai se distrai, comer o mesmo homem enjoa ainda mais que a maioria nao faz um sexo decente. Metendo a real!

Anônimo disse...

Mulher quando é traída ou perdoa ou cai fora do relacionamento. Homem quando é traído tem que fazer escândalo, filmar, ameaçar, fazer revenge porn, espancar, chantagear, isso quando não matam. Tomem vergonha na porra da cara de vcs. Vcs traem, mas não aceitam traição e ainda se acham no direito de lavar a honra com sangue. Vcs são uns lixos, uns vermes. Bobas são as mulheres q não traem. Ainda bem q esse número vem aumentando cada vez mais.

Anônimo disse...

E digo mais se eu ver mulher traindo eu acoberto, e se ve o Cara traindo eu conto. Nao que eu seja ma, MAs de homem traira esse mundo Ta cheio, merecem mais é corno mesmo!!

Odara disse...

Lola, eu adorei o programa!
O que eu achei mais interessante foi a equipe do Caco entrando na briga contra o Marcelo!
Na semana passada eu postei aqui sobre a identificação e prisão de uns caras que fizeram comentários racistas contra a jornalista da previsão do tempo do jornal nacional. Um anon até comentou que era só porque a Globo estava na briga... pois é, agora as ofensas aos jornalistas globais vão pesar na cobrança para a polícia resolver o seu caso! Adorei!

Anônimo disse...

Como ces sao maldosos Toda mulher faz a unha no motel.

Solanger frota-mayer disse...

E que negócio é este de dizer q dona de casa não é feminista. Fui feminista minha vida toda. Me casei no auge do feminismo, li muito acompanhei muito, não trabalhava, criava meus filhos feministas. Tenho dois filhos homens e uma mulher, todos feministas, politizados. Aliás foi um deles que me apresentou o blog da Lola bem no comecinho e que acompanhamos e discutimos. Tenho dois netos que não serão diferentes, respeitam o outtro. Amei o programa. Nos dará visibilidade. E foi emocionante ouvir e ver a Lola. Só não sei se assisti completo porque moro nos US e nem assisto a globo. Gostaria de ver mais inclusive o que gravaram e não passaram. Lola de parabéns e nos, vamos que vamos.

Anônimo disse...

Minha opinião é parecida com a de @Iara De Dupont, acho que faltou contextualização.
Ficou um programa mais voltado pros iniciados nessas tretas.
Achei que o foco na Valeska foi pra atrair o público, amando ou odiando, sei lá... ficou um pouco descompensado.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Me impressiona como esse Danilo Gentili não tem nem medo de manchar a imagem de "comediante" dele fazendo esse tipo de piada da 5ª série. Eu fui até no twitter dele ver se era verdade. Vergonha alheia total.
16 de dezembro de 2015 18:57


Pensei que vocês todxs já soubessem, inclusive a Lola, no meio channer é público e notório que o Danilo Gentalha é channer ativo e freqüente, ele faz parte desse mundinho desde antes da fama. Se ele usa o DogolaChan não se sabe, mas ele aparece bastante no 55 e nem esconde a identidade.

Existe uma forte ligação entre os chans, essa modinha de "politicamente incorreto", as páginas de Facebook de "zueros" e o a onda de backlash anti-feminismo. Nem todos concordam em tudo, mas trocam bastante figurinhas.

Anônimo disse...

A Valesca é a piada do feminismo!!! Será que em nome da "sororidade" o movimento tem que aceitar qualquer uma que usa do espaço de fala para monetizar e lucrar cada vez mais!!! Tá cheio de lojinha usando dos simbolos e falas do feminismo como propaganda... E as feministas se iludem que eles estão ampliando seus espaços, quando só estão a serviços de interesses individuais..... E o que tem de mina que segue essa cartilha toda errada..... Sabe, com medo de delimitar o debate(modo de ação, plano para alcançar a todas as mulheres) o movimento vai alimentando pequenos monstrinhos que só querem sugar seu dinheiro, sem se importar realmente com o social e com as necessidades de crescimento do movimento.... Pra mim a valesca só conseguiu uma assessoria melhor...tomou um banho de loja, cortou os palavrões, e agora passou a frequentar outros ambientes onde ter posicionamento politico é muito bem visto... Ela usa dessa ferramenta para poder usufruir de benefícios de uma classe social que nunca a aceitaria se ela não passasse por um "refinamento"...... E como exemplo disso posso citar a Tati Quebra Barraco que ganhou dinheiro mas não é tão popular entre os artistas por não mudar seu jeito de ser para agradar os setores de TV e midias em geral.... A Valesca só percebeu um nicho e se jogou nele... nada de mais... Popularmente isso é conhecido como marketing..

RadAnarquista disse...

(não sei se concordo, mas gostei da fala) Oi? huehuehueheue

O programa foi vergonha alheia em todas as partes, exceto a marcha das mulheres negras e a parte da Lolão, mesmo. Acho a Valesca uma mulher extremamente asquerosa e oportunista. Ela só se diz feminista por marketing, nem os reaças acreditam, tanto que não vemos nenhum perseguindo ela como perseguem a Lolão, por ex.
E a parte que a Valesca fala com orgulho que ela é um produto? HAHAHAHAHAHAHAHA. Desculpa, Lola, mas discordo de você quando você diz que não quer caçar carteirinha de feminista e parece achar que só de alguém se declarar feminista já é automaticamente feminista. Se for assim, tu vai ter que concordar com a Camille Paglia quando ela diz ser feminista. O mesmo para Sakamoto e Maria do Rosário como ícones da esquerda. Se como eu você acredita que o pessoal é político, é escroto pra caralho ver o Sakamoto roubando o protagonismo do proletariado pra se auto-promover na Esquerda falando mal do capitalismo ao mesmo tempo que consume e colabora deliberadamente com ele. Pura esquerda festiva. Feminismo é uma causa de protagonismo feminino. Socialismo/Marxismo/Anarquismo são causas de protagonismo proletário. Movimento negro pra protagonismo de negros etc etc. Gente como Sakamoto só dá argumentos para reaças falarem da Esquerda.
Sério, o programa me deu engulhos de tanto liberalismo e pós-feminismo. E na parte daquela pobre infeliz acadêmica fã de Valesca? Ela falando que a Valesca veio pra quebrar estereótipos de que a feminista é a mulher feia, gorda, que não se "maqueia" (!!!!!!!!!!), mal amada, etc. Nossa, eu chocada ouvindo essas pérolas da Terceira Onda. A mulher feminista caga e anda com o que pensam dela, caga e anda com os estereótipos. Né, que coisa horrível ser "lésbica", "gorda", "feia".. Santa Valesca! Com esse "maqueia" a acadêmica lá quebrou o estereótipo de que feministas são mulheres inteligentes, pq né. Eu sempre gostei muito mais de ver nós, mulheres feministas, muito mais como mulheres inteligentes que "bonitas", embora exista ícones feministas que eram as duas coisas. Gloria Steinem por ex. Se alguém tinha que quebrar algum estereótipo foi Steinem.

Anônimo disse...

O Cara fica com fama de corno e ruim de cama, quando um homem é traído é pior que mulher. Ja a mulher traindo ou nao sempre Tera fama de vagabunda, nao é novidade pra nenhuma, vc acha mesmo que estamos preocupadas com isso.

Anônimo disse...

A Moral masculina sempre se novela por baixo quanto mais mau carater o homem é mais bem visto ele é perante os homens, quando ha um idolo perante os homens como Danilo Gentalha, Charlie bi. Pode ter certeza que a moral do Cara é a pior possivel. Homem gosta de homem que bate em mulher, pedofilo, promiscuo, infiel.

Anônimo disse...

*Nivela

Anônimo disse...

Homem acha que sai com fama de gostoso,mas teve um aqui na faculdade que dava em cima de todas as mulheres. Todo mundo fala mal dele, iclusive eu, e ele é bem bonito mas a reputaçao dele ta mais suja que chiqueiro.

Aline disse...

NOSSA, A LOLA DIZ COMO SE FOSSE UMA GRANDE GLÓRIA SER FEMINISTA E NÃO SER LÉSBICA.
AFFFF, NÃO PRECISAVA DISSO

Anônimo disse...


a) Lola sou sua fã e feminista convicta mas não consigo enxergar a Valeska como feminista pois ela reforça o velho jargão machista da mulher gostosa sem conteúdo.

b) Na minha opinião devemos reforçar que as mulheres devem estudar evoluir e serem independentes financeira e emocionalmente dos homens

c) O caso da Fabíola é absurdo que o marido fez, se fosse ao contrário todos estariam estimulando para ela perdoar o cara

Anônimo disse...

Desde quando ser feminista é um defeito, defeito é ser machista escroto que nem você, todo país machista é a escória, nós não precisamos provar quem é que tá errado, só os idiotas não conseguem enxergar!

Anônimo disse...

Eu fico pensando traição é uma virtude pro homem pq é o menos pior do que eles fazem. O que é uma traição pra quem mata, estupra, pratica pedofilia e exploração sexual.

Zrs disse...

Foi lindo Lola, lindo e histórico!

Anônimo disse...

Esqueceu do terrorismo!

Anônimo disse...

Então, eu já disse e repito: valeu a pena ficar acordada até tarde pra ver. O Profissão repórter sempre teve meu respeito, mas terça ele se superou.
Caí na besteira de ir na página deles no face, e gente, haja sangue frio pra ler os comentários. Critiquei a Valesca Popozuda no último post, mas ao ver como a ignorância impera na cabeça de tanta gente, percebo que ela mais ajuda do que atrapalha o feminismo. Sei que parece esnobe da minha parte, mas acho que, considerando a ignorância e má vontade do povo (os comentários do face não me deixam mentir) a postura dela já tá de bom tamanho. E acho mesmo que a tendência dela é ir parando de escrever letras asquerosas como a do homem casado ou qualquer uma que fale de picuinha com outras mulheres por motivos idiotas, como aparência e homens.

Dan

Anônimo disse...

Olha, esse negócio de homem traidor é gente boa, garanhão, e mulher que faz o mesmo é vadia, puta, é complicado nesmo...

Isso é tipo uma cultura machista mesmo, os homens em geral dão suporte a essa ideia para poderem controlar as mulheres.

Vou admitir uma coisa pra vocês, que homem nenhum admitiria, mas que quase todo homem faz: toda sexta a noite, eu e meus amigos nos reuníamos para jogar poker ou mesmo truco, era tipo nossa "noite sagrada para relaxar da semana de trabalho".

Nossas esposas nem brigavam com a gente, pois entendiam que éramos amigos, e uma vez por semana era bastante aceitável.

Mas o que mais fazíamos nessas noites de jogatina, era confabular, maneiras para oprimir nossas esposas, filhas e etc. Era tipo um meio de controlá-las, o que achávamos divertido.

Hoje em dia eu não participo mais dessas reuniões, e me envergonho de ter participado disso no passado, mas luto todos os dias para desconstruir o meu machismo.

Anônimo disse...

Enquanto vocês discutem irei ensinar a como fazer um bolo de fanta laranja.

Ingredientes
4 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
290ml de fanta laranja
1 colher (sopa) de fermento em pó
Recheio
1 lata de leite moça
1 vidro de leite de coco
1 pacote de coco ralado (opcional)

Como fazer
Separe as gemase claras reserve.
bata as claras em nevee reserve. coloque na batedeira as gemase bata bem com o açúcar, acrescente a fanta laranja, a farinha de trigo e o fermento.
Incorpore delicadamente as clarasem neve.
Leve ao forno até que fique douradinho ou espete um palito e o mesmo saia limpo.
Recheio

Com o bolo ainda quente faça furos nele todo com um garfo e despeje a leite moça o leite de coco e por cima o coco ralado.
Espere esfriar corte os pedaços e enrole em papel laminado.

Anônimo disse...

Gostei da receita de bolo :)

Anônimo disse...

Vou tomar café com esse bolo ai... XD

Anônimo disse...

doce demais esse bolo, vai ficar uma merda

Anônimo disse...

Mas não usem Sukita na receita, porque a Sukita é da Pepsi e a Pepsi-Cola usa células de fetos abortados como adoçante... e o governo diz que está tudo bem, que é um procedimento comercial normal.

Anônimo disse...

O que percebo aqui é a dificuldade que vocês estão tendo em diferenciar criminosos e/ou psicopatas do que seja realmente machismo. Mas o que seria machismo então? Boa parte dos atos que vocês trazem à baila, neste blog, são frutos de AÇÕES CRIMINOSAS, e para isto, existe a lei penal! O que entendo por machismo é a VALORAÇÃO da cultura masculina, o que é bem diferente. A primeira edição do Dicionário Aurélio trazia o conceito da palavra machismo da seguinte forma:"machismo. S.m. Bras. Pop. Qualidade, ou ação ou modos de macho (3 e 4); macheza." Na segunda edição do Aurélio, uma outra definição surge:

ma.chis.mo. S. m. (macho+ismo) 1 Atitude ou comportamento de quem não admite a igualdade de direitos para o homem e a mulher, sendo, pois, contrário ao feminismo. 2 Bras. Pop.Qualidade, ação ou modos de macho; macheza, machidão.
A segunda definição aparece após os anos 1960, coincidentemente com o crescente movimento feminista.Nota-se uma clara tentativa de forçar uma associação das características masculinas à violência, como se só o indivíduo do sexo masculino fosse predisposto a tais atos.
As mulheres são sim vítimas de violência,mas isto se deve a indivíduos desajustados, psicopatas e sociopatas. A cultura e os valores masculinos(machismo)não devem sobrepujar o feminino, com certeza, mas, atos criminosos, não devem ser associados simplesmente por eu ser homem ou possuir características próprias.

Anônimo disse...

Jane

Valeu pela receita anônimo (a), mas prefiro bolo de chocolate meio amargo, cheesecake japonês ou sorvete de frutas, todos doces "pouco doces" hehe.
Ou até troco todos esses doces que citei por uma boa pizza ou um churrasquito hehe.

Doce demais essa receita, mas valeu a intenção! :)

Anônimo disse...

Parabéns anônimo! Nunca é tarde pra evoluir como ser humano.
Não vejo problema em tanto o homem quanto a mulher tirar um dia pra se divertir com amigos e amigas, o errado é mentir, enganar.
Trair é errado! Seja errado pra homem ou mulher, ninguém defende mulher que trai, apenas questionamos porque homem que trai é sempre enaltecido e a namorada ou mulher praticamente obrigada a perdoar ele; e em compensação a mulher que trai é sempre a vadia que tem que ser esculachada, humilhada e ter sua vida destruída.
Falo por mim mesma, me separei do meu primeiro marido depois de várias traições dele, e muita gente da minha familia e até alguns amigos e amigas ficaram CONTRA mim porque saturei de ser a "Amélia".
Enfim, traição é errado de qualquer jeito, mas está falsa simetria é nojenta!
A maioria das pessoas Jay tiveram preconceitos, eu mesma já fui muito machista e né orgulhava de ser a "boa moça" que arrajanria o "príncipe" que as "vadias" não mereciam por seu comportamento ruim.
Hoje tenho muita vergonha de certas atitudes que tive, mas depois que ne separei do "falso príncipe" e fiz faculdade de Arquitetura e passei a refletir que nem tudo é "8 ou 80" vi que não era a "santa Diná da verdade".
Que mais homens façam como vc e reflitam sobre suas atitudes. Maus mulheres tb, pq tem muita mulher machista que apoia preconceito.

donadio disse...

Parabéns, Lola (e parabéns às outras entrevistadas). Realmente muito legal. E esperemos que ajude a construir o consenso de que marcelo melo, vulgo psycl0n, é um criminoso precisando de cadeia.

Laurinha disse...

Acho que deveríamos agradecer ao Marcelo, ao Emerson e a turminha deles de vez em quando. Se mostram tão loucos, preconceituosos e infelizes, que tenho certeza que um monte de gente vê, fica com horror de se identificar com esses caras e repensam vários preconceitos e atitudes.
Quanto ao Danilo Gentili, nada novo no front, apenas uma prova de quanto você o incomoda ou ele nem se daria ao trabalho de fazer essas piadas "engraçadíssimas".
Mas é igual cachorro que só late de longe. Lembro quando a Luciana Genro foi no programa dele, ele ficou pianinho e só no outro dia, quando não estava mais diante dela, foi ataca-la no twiter. O típico covarde...

Abraços, Lola!

Laurinha disse...

P.S: impressionada que esse Emerson continue obcecado com essa tal Rafaela. Lembro desse cara torrando a paciência em tudo que era comunidade feminista, lá nos tempos do orkut e volta e meia falando nessa moça. Isso lá em 2007, 2008... Meu filho, a fila anda, rsrs... Desapega, vai pra OLX...

Raven Deschain disse...

Compararam com Stalin é?

Pois tá maravilha. Stalin matou foi pouco. Pra esses aí não era nem goulag. Era fuzilamento mesmo. Kkk

Enfim, maneiro Lola, eu ainda não vi, obrigada pelo link. Vou ver hj.

Dri Caldeira disse...

Eu não sei do que eu mais gostei: em ver a Lola e o maridão dela ou de ver que o Marcelo tem tetas muito maiores do que as minhas. Acho que o número do sutiã dele deve ser de 48 pra 50, o meu é 46 ou 48, depende da marca. Realmente, deve ser muito humilhante pro macho, qdo tira a roupa pra trepar, aquelas tetonas parecendo cheias de leite.

Dri Caldeira disse...

Caras, criticar a Valesca p ela fazer sei lá q tipo de música e cantar sobre sexo, mostra q no Brasil pouco se sabe sobre feminismo. Feminismo é a liberdade que a mulher tem de ser o que ela quiser: puta, cantora, freira, lésbica, mãe... o feminismo dela surge justamente na coragem de cantar o q ela canta, de querer q o homem a faça gozar antes de tudo, q coisa imbecil quererem diminuir a importância da Popozuda, tem muita mulher machista aqui, q nojo disso. Brasileira e brasileiro tem um prazer inexplicável em serem ignorantes e pagar muito mico.

Anônimo disse...

Anon das 14:50 machismo causa o revenge porn, o feminicídio, a culpabilização das vítimas, a repressão sexual feminina, a violência de gênero e todas essas coisinhas fofas. Essas características masculinas de que você fala se apoiam na violência e na opressão do feminino como expressão da masculinidade, uma masculinidade construída culturalmente e que não é nada natural.

Anônimo disse...

Não é vc que define o que é machismo. Não é você quem define o que é feminismo. Segundo a sua "teoria", o número de sociopatas e psicopatas é gigantesco então (e olha só, a grande maioria do sexo masculino. Que coisa, não?). Não adianta tirar o seu da reta e nem tentar glamorizar o machismo. Ninguém aqui cai nessa,mascu.

RadAnarquista disse...

"No Brasil pouco se sabe sobre feminismo. Feminismo é a liberdade que a mulher tem de ser o que ela quiser: puta, cantora, freira, lésbica, mãe..."

Hahahahahahahahahaahahahahahahahahahahahahahahahah!!!!!

"""""FEMINISMO É A LIBERDADE QUE A MULHER TEM DE SER O QUE ELA QUISER"""""""

Até PUTA e FREIRA, gente. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Minha genteeee, eu gargalhei alto com esse post do marcelo kkkkkkkkkkkkkkkkk "se eu fofo" kkkk

Anônimo disse...

Como aqui tem comentário fake de machista se passando por "feminista" pra dizer absurdos e depois vim dizer que foi agte q disse...se toquem!!

Anônimo disse...

Segundo a Dri Caldeira a mulher pode ser até anti-feminista e serial killer de outras mulheres que se for da vontade dela então é feminista. De fato as mulheres brasileiras precisam aprender o que é feminismo, neste ponto tenho que concordar com ela.

B. disse...

A Valesca escreve uma música chamada "My Pussy é o poder", que é o título da dissertação da moça da reportagem e considerado um hino do feminismo, sabem do que a letra fala? Que a nossa "pussy" é o poder pq abrindo as pernas conseguimos coisas dos homens. Me expliquem o feminismo dessa música.

A Valesca canta essa atrocidade - empoderada
Nós criticamos essa postura= machistas.

Ok né

André disse...

Conheci a luta de Lola através do programa profissao reporter essa semana, vivemos num país racista, misógino e preconceituoso de diversas formas, resquício de um regime patriarcal. Mas, mesmo q a passos de tartaruga, temos que diariamente propagar a igualdade entre as pessoas, na mídia, no trabalho, no barzinho, no seio do lar...lutando sempre de forma racional e inteligente. Blog : estoulendodireito.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Engraçado que a mãe dele dizendo que ele foi intimidado na escola,porque nesse link aqui uma mulher diz o seguinte:
http://joaquimdepaula.com.br/index.php/2012/03/curitiba-web-prisao-de-2-homens-por-apologia-a-violencia/
Para quem esta com preguiça de ir até o blog,aqui o comentário:
E.C
Publicado abril 8, 2012 at 22:01
"Ja estudei com o Eduardo ele morava aqui em Brasília.Realmente ele é louco ,queria bater na meninas dentro da sala.Estudamos Cem 12 .Os meninos ja tinham prometido quebrar ele!!"
Ou seja,isso demonstra que a misoginia dele é antiga e esse papo dele ser vitima é tudo balela e ele fez por merecer ao ameaçar meninas de agressão física e achar que os meninos conscientes iriam achar normal as atitudes desse retardado mental.

Paty disse...

Lola, leio porque gosto, mas nem precisaria: as fotos já me dizem muito. Me senti igualmente abraçada. Te admiro eternamente e só queria dizer muito obrigada por tudo que posta aqui e que nos faz sentir mais próximas e unidas. Beijos.

Ana disse...

Lola, de verdade, você é uma das mulheres mais corajosas que já vi. Queria ter metade dessa força, você é incrível. De verdade.

Há algum tempo venho acompanhando um blog.Percebi que a maior parte do público são jovens solitários dispostos a abraçar qualquer promessa de atenuar um vazio. Quem nunca se sentiu sozinho, triste, inseguro, feio na vida? O blog é uma verdadeira tentação: vende-e uma fórmula mágica, em forma de ódio, para curar e transformar aqueles meninos em "homens", homens que odeiam as mulheres e as culpam por tudo que acontece em suas vidas!

Porque, sim, somos culpadas de tudo. Taxa de desemprego, vida amorosa frustrada, estrutura familiar decadente, falta de traquejo social, sabe deus mais o quê. Retirar da fraqueza alheia um caminho para o sucesso é uma completa covardia, mas pelo que parece anda sendo uma covardia bastante lucrativo. O público é imenso.

A luta é diária e um dia venceremos.

Sucesso e um grande beijo! Você merece ^^

Ana disse...

lucrativa** Foi errado =(

Anônimo disse...

Muito bem Lola.
Parabéns a todas e a todos!
Espalhando um pouquinho de boas ideias todos os dias nesse Brasil que precisa.