quarta-feira, 7 de outubro de 2015

MASCUS EXPLICAM TITANIC

Jack e Rose, causando rage em recalcados desde 1912

Relevem porque mascus são lunáticos e, portanto, têm um senso da realidade um tanto distorcido. Ah, e também: linguagem de ódio. Sério. Mas selecionei alguns comentários num fórum mascu que falavam de Titanic, o filme.

- Titanic foi um dos primeiros filmes a mostrar o que os judeus queriam de realidade para o ocidente.
Meus caros, irei descrever o enredo:
1. Vagabunda casada com um bilionário embarca no Titanic. Vadia é arrogante e fútil, marido é trouxa e atende todos os desejos dela sem pestanejar.
2. Marginal embarca no Titanic.
3. Vadia começa a dar para o marginal, corneando o bilionário na cara dura.
4. Bilionário cuckold dá uma fodendo joia para ela, mesmo sabendo que é corno.
5. Vadia não dá uma foda e continua a dar para o marginal.
6. Cuckold arrisca a vida para salvar a vadia.
7. Nenhuma foda é dada. Vadia abandona o bilionário e é socorrida por um beta escravoceta. Fica velha e em uma atitude puramente emocional, joga uma jóia de valor milionário no oceano.
E o que a mídia chama isto: UMA LINDA HISTÓRIA DE AMOR.
Em nenhum momento, ninguém dá uma foda para o bilionário beta que amou a vadia. O beta é retratado na história como um otário e as vadias todas babam pelo Leonardo Di Caprio que se torna um sex-symbol.
Isto, meus senhores, isto é o marxismo cultural.

- Titanic é a história de um homem honrado, de boa família que faz tudo por uma mulher. Tal mulher aprecia "arte inovadora" e despreza o sujeito, e posteriormente se envolve com um pardo pobre que vive de dar golpes e pintar prostitutas nuas. Por fim, entrega a virgindade ao pardo enquanto o homem honrado é mostrado como vilão para os desavisados.

- O cara amava a vadia, deu uma joia para ela, e mesmo assim foi transformado em antagonista.
Ele era bonito, era rico, era elegante, do porte físico, estava pau a pau com o Leonardo di Caprio.
Porém, por ser romântico, amoroso e trabalhador foi simplesmente DESPREZADO pelas esgotalheres.
Eu tinha 13 - 14 anos nesta época, e vadias já colecionavam fotos do Di Caprio.
Isto é o gênero feminino, um gênero podre e imundo.

- Não era questão de interesse mesmo, ela via no Ricaço um sujeito chato, sem graça que não ofereceria nada mais além do que o dinheiro dele. Mesmo o ricaço dando todo o amor e atenção que ela precisasse.
Di Caprio era um pilantra que aplicava o 171, ela queria apenas viver uma aventura com ele, gastar a buceta e depois pegar a foda fora quando a viagem terminasse e voltar para o ricaço cuckold.

- Quem foi que botou o o diamante no bolso do casaco para incriminar o Jack? O seu homem de bem. O personagem do Di Caprio não tinha nada de marginal. Ele era apenas pobre, porém honesto, já o milionário, não.
E ele não tratava a Kate Winslet como vadia, como os marginais tratam. Era romântico.
Ele viu que ela voltou saiu do bote e voltou ao navio e mesmo assim pegou o outro bote para se salvar, pegando uma criança estranha apenas para conseguir entrar no bote. Já o "marginal" morreu na água gelada pra salvar a vida dela, porque não tinha espaço para ele no pedaço de madeira para os dois.
Você distorceu a porra toda.
A única coisa que concordo aí foi ela ter traído o outro pelas costas. Isso é vadiagem. De resto, só merda que você postou.

- Você é só mais um que caiu no conto dos judeus.
O milionário tinha mesmo que parecer um personagem mau, afinal ele era o burguês, machista e opressor e é assim que Hollywood tem que pintá-lo.

- Se fosse eu o protagonista, a vadia e e o DiCaprio já estariam no fundo do mar antes mesmo da metade do filme.

- E não acredito que se baseia apenas na vadiagem de uma bostilher vagabunda ludibriando um rico e dando para quem vê com mais apelo sexual.
Que porra é essa de jogar joia no mar?

- Nunca assisti Titanic.

239 comentários:

1 – 200 de 239   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Eu gosto da parte onde morre um monte de gente.

Anônimo disse...

Adoro saber que esses merdas são infelizes. Agora, imagine a Rose rejeitando o Jack só pra ficar com o Billy Zane e salvar a mãe dela da pobreza: "Vadia deu pro bilionário, deixou o pobre beta porque só pensa em dinheiro". Terapia que é bom, nada.

Dan

Anônimo disse...

Ai gente... tenho que rir disso!

Rir porque esse tipo de visão que os mascus tem é digna de pena!
Eles são solitários, infelizes, não tem amiga(o)s, namorada(o)s... nada. No máximo tem dinheiro, e muitas vezes dinheiro que eles conseguiram pela meritocracia, por viverem na casa dos pais até os quatrocentos anos de idade e serem bancados pelos mesmos sem sequer ajudarem nas despesas de casa.
São identificados de longe como um bando de babacas, porque qualquer pessoa consegue identificar um babaca com esse tipo de pensamento, por isso, ninguém da trela, nem conversa.
Acham que porque tem um punhado de dinheiro, um carro financiado e usam uma camisa polo com um jacaré bordado, as mulheres tem obrigação de cair em cima, dando para eles na primeira noite para depois eles poderem despejá-las e humilhá-las.
E sabe, essa parte que não entendo: ELES ACHAM QUE AS MULHERES SÃO OBRIGADAS A DAR PARA ELES, MAS ELES QUEREM TRATÁ-LAS COMO LIXO, chamando de vadias e outros adjetivos no mesmo nível.

Cara, esse tipo de cara é o cara que bate punheta jogando super Mario, enquanto acha que sua vida de lixo é um lixo... PORQUE DE FATO É UM LIXO MESMO.

Queridos mascus, APENAS MORRAM!

Adriiii

Jonas Klein disse...

Olá Lola

Este texto só mostra o que já venho dizendo a muito tempo, que machismo assim como esquerdismo, depois de um certo ponto vira doença mental, o e cara que escreveu esse lixo de texto que você reproduziu Lola, e a prova viva disto no que se refere ao machismo.

O cara que escreve um texto deste para mim só pondo na câmara de gás, pois não acredito que um sujeito que chega neste nível de insanidade tenha recuperação, e confinar ao isolamento social só, não acho que traga segurança sociedade.

Anônimo disse...

Filmes de Hollywood são péssimos,geralmente é a mesma historinha,o mito do amor romântico,blá,blá,blá.Não sei como as pessoas ainda assistem,mas brasileiro é assim mesmo alienado,analfabeto cultural e baba ovo de enlatados americanos.

Mariana disse...

Essa caixa de comentários hoje só vai ser um concordando com o outro no ponto em que repudia essa visão distorcida dos mascus.

Para não ser repetitiva portanto, só queria chamar a atenção para o fato de que qualquer extremismo é nocivo. Qualquer.
A gente as vezes tem uma causa justa (veganismo, por exemplo), que é necessária para o bem estar de terceiros (os animais, no caso), e por mais urgente e desesperador que sejam as mudanças que se pretendem, o discurso radical acaba sendo muito pouco eficaz, muito pouco convidativo, as pessoas simplesmente não tem empatia. Acaba que essas pessoas só são ouvidas por pessoas que já pensam parecido, e acaba que elas se isolam involuntariamente em grupos nos quais só são reproduzidas variantes das suas próprias opiniões e isso é um círculo vicioso e ajuda a radicalizar ainda mais os pontos de vista (e distanciá-los ainda mais do resto da sociedade, o que é justamente o contrário do que se pretende).

Isso acontece com tudo. O feminismo tá passando por isso nessas páginas radicais (a lola publicou um texto recente sobre radfems), a luta pelos direitos afros, os direitos lgbt, etc. São todas lutas legítimas, justas e urgentes. E seriam todas mais eficazes se não ficassem perdendo tempo com pormenores, nomenclaturas e isolamentos.

Não sei se me fiz clara.

Só tentei alertar para a bobagem que é se isolar em opniões radicais, não só porque torna a causa pouco convidativa, mas pq nos leva a conviver com gente ainda mais radical e isso gera boçais e todas as áreas (mascus são assim, mas radfems muitas vezes n são diferente)

Anônimo disse...

Eles acham que o cara lá que forma o triângulo com o Jack e a Rose é o protagonista kkkkkkk

Alexandre disse...

Bom dia! Como a Lola mesma disse, este blog é um espaço democrático e mesmo eu sendo um homem, acredito que tenha permissão para vir aqui e opinar. Procuro inteirar-me sobre os assuntos aqui debatidos para que eu possa entender mais sobre o movimento de vocês e contribuir, de algum forma, para melhorar o mundo. Todavia, alguns comentários aqui sempre visam destilar o ódio contra homens, até ai tudo bem. Só não entendi ainda porque algumas mulheres que tanto odeiam homens não se alijam de vez deste" mundo" mascu? Por que estas mulheres não se abdicam de uma vez por todas de tudo aquilo que representa este "mundo". Criem uma sociedade só de mulheres! Penso que seria até um MEGAPROJETO CIENTÍFICO, fica a dica!Provem, através deste experimento, a superioridade feminina. Abandonem tudo que teve a participação do homem na concepção : automóveis, computadores, smarphones, energia elétrica,aviões, etc. Vivam totalmente independente de homens! Sério, eu gostaria de ver um experimento destes! Mas pelo amor de Deus, sejam autênticas, nada de chamar os "homi" pra fazer qualquer servicinho pesado,certo? Por que eita sociedade danada pra fazer homem carregar peso, viu?

Anônimo disse...

Antes uma boa notícia, O lixão Rodrigo Constantino foi mandado embora da VEja!! Como diz a meritocracia, se é mandado embora é por ser muito incompetente.

Agora sobre a crítica cinematográfica dos mascus é uma piada. As criaturas não param de escrever besteira e mais besteira sobre a vida.

Criticam um marido por ser liberal, como se o fato de não brigar pelas aventuras sexuais da mulher fosse algo odioso.

Um dos motivos para tanta demência é nossa sociedade repressora e monogâmica, que limita a felicidade humana. É ela uma das principais culpadas por existirem mascus idiotas.

S. disse...

Kkkkkkkkkkkķkkk Só no título já ri muito kkkkkkkk
O homem de bem que tratava a Rose como mais um objeto dele, era agressivo e canalha por incriminar um inocente e que tentou matar os dois no final.
Homem maravilhoso e a vadia quis ficar com o outro q era romântico e tratava ela como gente? Q absurdo! Q vadia desgraçada!
Kkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Chegou o anon do swing, acabou minha alegria...
pelo menos trouxe uma notícia boa dessa vez.

donadio disse...

O Leonardo di Caprio é pardo?

Então eu devo ser africano puro-sangue.

Anônimo disse...

As RadFems criticam os homens mas assediam as hetero e as bis. Quando estas recusam o sexo, são agredidas e caluniadas.

Os mascus são revoltados pois fiam o dia inteiro no videogame, no facebook e não conseguem ter empatia com nenhum ser humano. Além de se acharem deuses gregos pelos quais toda mulher vai tirar a roupa em um segundo.

A crítica maluca ao filme é prova que esta geração mais nova está cheia de moleques que vivem na aba da família, não trabalham, só querem saber de filme pornô, video game e facebook.

Muitos criticam, mas pedirão para ser cuckolds, assim como muitos gostam de transar com travestis, mas criticam. E na primeira oportunidade fazem , já que pouquíssimas mulheres chegarão perto deles e a masturbação parece ser a única saída.

No caso de travestis, por eles cobrarem mais barato pelos sexo oral e anal acabam tendo como clientes principais os mascus fracassados, que reclama da vida mas vivem de mesada, sem pegar no batente.

Anônimo disse...

Olha o Alexandre chorão aí.
Nem tinha lido antes pq comentário grande de homem aqui eu nem leio pq sei que é merda. Deveria ter seguido meus instintos.

Anônimo disse...

O anon do swing foi deletado, minha alegria voltou!!!!

Anônimo disse...

Ah, não foi não. Me confundi.
Continuo triste :(

donadio disse...

"só queria chamar a atenção para o fato de que qualquer extremismo é nocivo. Qualquer."

O problema é que o seu extremismo é a minha moderação, e vice-versa.

Eu por exemplo acho veganismo uma forma de extremismo. Não vejo como alguém possa ser "moderadamente" contra a dieta alheia, nem como alguém possa ser "moderadamente" a favor de colocar um sinal de igual entre cães e negros, baratas e judeus, sanguessugas e mulheres. Para mim, é o extremo do extremo do extremo da misantropia.

Já você acha que existe algo como "veganismo moderado". Qual de nós dois está certo?

Anônimo disse...

A repressão sexual foi percebida por MArx e Engels como o princípio da dominação masculina burguesa sobre o mundo. O conceito de posse e exclusividade sexual, segundo os filósofos, derivou para o mundo dos objetos, produzindo a propriedade privada como historicamente a conhecemos.

Por sua vez, os grandes pensadores anarquistas, como Bakunin, Kropotkin e outros, enxergavam no Amor Livre a primeira frente de batalha contra o Capitalismo explorar. Se as relações começassem a serem livres, a sociedade tornar-se-ia livre em consequência.

Logo, não é correta a alcunha de Anon do Swing para quem ataca a monogamia limitante e abusadora, pois swing é apenas uma das modalidades sexuais não monogâmicas. Há muitas outras como Poliamorismo, Menage, Gangbang etc. Com a característica de que nessas formas de relacionamento as mulheres lideram e comandam, pois parte delas a iniciativa para o sexo e os homens apoiam e ajudam.

Os mascus do da crítica não escreveriam isso se soubessem mais dos prejuízos causados pela monogamia. Poderiam até elogiar a conduta da personagem, pois esta fez com que o desejo fosse mais forte que simples convenções burguesas limitantes.


Ex socialista.

Alexandre disse...

Eu, chorão? Não entendi. Apenas hipotetizei a criação de uma sociedade feminina. Acredito que nesta sociedade os sofrimentos acabem.Não estou sendo irônico.

Kittsu disse...

Tô com pena mesmo é dos boizinhos que morreram afogados naquele navio que naufragou. Afogamento é um jeito muito cruel de morrer.

Anônimo disse...

Ô Alexandre, se esse mega projeto científico realmente acontecesse, podes crer que nós nos daríamos super bem. Pro horror de vcs, não precisamos de macho para nada.

Anônimo disse...

Muitas mulheres se sentem bem em boates de swing por não serem importunadas como acontece em boates comuns.

infelizmente, a mídia sensacionalista deturpa as coisas.


Mas se os mascus fossem liberais, haveria elogios à conduta da personagem que é livre sexualmente.

Vejo nossa sociedade agredida pela repressão sexual contra os mais pobres.

Alexandre disse...

Anônimo disse...

Olha o Alexandre chorão aí.
Nem tinha lido antes pq comentário grande de homem aqui eu nem leio pq sei que é merda. Deveria ter seguido meus instintos.

7 de outubro de 2015 12:44
Se não consegue ler um comentário deste tamanho, posso compreender a dificuldade de alguns aqui difundir a doutrina. E convenhamos, expressões chulas como "merda" não é coisa de 'homi"??

Anônimo disse...

Lola, precisa mesmo fazer propaganda?

Anônimo disse...

Olha, deixar de comer carne faz muito bem ao bolso. Esse motivo sozinho já faz o vegetarianismo uma coisa interessante. Com mais dinheiro fica mais fácil salvar o mundo.

Alexandre disse...

Ô Alexandre, se esse mega projeto científico realmente acontecesse, podes crer que nós nos daríamos super bem. Pro horror de vcs, não precisamos de macho para nada.

Minha cara, não seria horror para nós não! Chega de carregarmos o fardo. Eu sonho com este dia. Em que eu não precise mais ser o homem, o provedor. Os homens devem dar o braço a torcer logo. Entreguemos o controle a vocês. Ser homem também cansa. Ser responsável por todas as mazelas do mundo. Chega uma hora que isso cansa mesmo.

Mila disse...

Eu não tô entendendo mais nada desses lixos. Mulher não era tudo interesseira e ser milionário automaticamente não é conseguir mulher? Mulheres não davam bola para homens pobres?
Também não entendo essa fixação com sexo. Sério, deve ter alguma explicação psicológica para esses sujeitos dividirem o mundo entre transantes e não transantes.
Mariana, concordo com vc. Sobre o veganismo, a Rê Bordosa destacou lá no outro post sobre a discriminação que rola com gente gorda comedora de carne e que não tem direito de reclamar que está gorda. No movimento negro, vejo gente pregando relacionamentos afrocentrados como a verdade suprema. No feminismo, tem desde odiadoras de homens à meninas que simplesmente não querem contato com homens. Até entendo que a raiva e o fervor não caíram do céu, foram causadas por algo. Isso não quer dizer que compactuo e acho legal.

Anônimo disse...

"Penso que seria até um MEGAPROJETO CIENTÍFICO, fica a dica!Provem, através deste experimento, a superioridade feminina. Abandonem tudo que teve a participação do homem na concepção : automóveis, computadores, smarphones, energia elétrica,aviões, "

[pessoa de boa vontade vai ao Google e junta um punhado de links sobre as inúmeras invenções femininas no mundo, mais uns papers sobre a questão de direitos autorais (que nem sempre foram concedidos às mulheres, bem como crédito na produção científica - era a norma), posta e o machinho continua machinho]

não tem um toldo pra soldar não? uma guerra pra morrer talvez?

Anônimo disse...

Bem, eu li ligeiramente seu comentário, Alê... Pura chatice. Parece até que foram os homens que inventaram tudo.

Cê acha que eu não deveria ter escolhido ciência da computação como meu curso por ser coisa de "homi" também?

Anônimo disse...

Nossa, Lola. Que falta de assunto, hein? Um blog onde os mascus são os protagonistas!
Não espero nem um pouco mais do Feminismo Liberal.

Mila disse...

Eu não tô entendendo mais nada desses lixos. Mulher não era tudo interesseira e ser milionário automaticamente não é conseguir mulher? Mulheres não davam bola para homens pobres?
Também não entendo essa fixação com sexo. Sério, deve ter alguma explicação psicológica para esses sujeitos dividirem o mundo entre transantes e não transantes.
Mariana, concordo com vc. Sobre o veganismo, a Rê Bordosa destacou lá no outro post sobre a discriminação que rola com gente gorda comedora de carne e que não tem direito de reclamar que está gorda. No movimento negro, vejo gente pregando relacionamentos afrocentrados como a verdade suprema. No feminismo, tem desde odiadoras de homens à meninas que simplesmente não querem contato com homens. Até entendo que a raiva e o fervor não caíram do céu, foram causadas por algo. Isso não quer dizer que compactuo e acho legal.

Anônimo disse...

E você Alexandre? Vai se matar ou nasceu de chocadeira?
Porque não sei se você sabe, mas foi uma mulher que fez você. .....

Anônimo disse...

"Nossa, Lola. Que falta de assunto, hein? Um blog onde os mascus são os protagonistas!
Não espero nem um pouco mais do Feminismo Liberal."

É piada isso? Só pode.

Nem tentem me privar do meu sagrado direito de rir desses idiotas, proporcionado por esses posts épicos.

E ainda bem que feminismo radical não se resume a gente como você.

Bizzys disse...

Um comentário rapidinho sobre a "ideia genial" do Alexandre:

Adoraria uma sociedade só de mulheres. Infelizmente, não daria certo porque os homens não aguentariam ser excluídos. Homem já não aguenta ser "deixado de lado" no feminismo, que dirá numa sociedade inteira!

Agora, chega de desvirtuar o tópico. Sobre o post:

Achei engraçado o comentário do cara sobre a Rose ter "dado a virgindade" para o Jack. Tipo, ela não era casada? Sei lá, mas tenho uma leve impressão de que ela já tinha feito sexo antes.

E para os mascus nunca nada está bom. Se a mulher quer ficar com o rico é porque é interesseira (e vadia), se quer ficar com o pobre é porque ela é sem caráter (e vadia). Eles são tão contraditórios que chega a ser hilário. E essas distorção das palavras, tipo "bostalheres", "escravoceta", nem inteligentes são! Se eles fossem mais criativos, talvez até desse para ficar ofendida...

Anônimo disse...

Um casal unido faz muito mais dinheiro que uma pessoa sozinha. Essa é a principal função do casamento, produzir bens.

Devemos nos ajudar para poder faturar mais e mais na sociedade capitalista, pois o contrário, as picuinhas bobas só produzem pobreza e desgraça.

Guerrinhas sobre qual grupo está mais certo apenas vão diminuir a efetividade da luta contra o machismo.

Gostaria de casar com uma mulher com fantasias Cuckquean que aceitasse minhas amantes.Óbvio que essas iriam colaborar nas contas do casal principal pois 3 pessoas juntam mais dinheiro que 2.

Anônimo disse...

AS radfems invejam as mulheres bissexuais pois estas fazem muito mais sexo e sempre se dão bem nos fins de semana por terem muitas opções de transas.

Infelizmente, essa inveja acaba se transformando em raiva e frustração e pessoas do movimento feminista, como a Lola, que faz um trabalho bacana, são vítimas de maledicência.

Anônimo disse...

Teve um comentário sensato: " Quem foi que botou o o diamante no bolso do casaco para incriminar o Jack? O seu homem de bem. O personagem do Di Caprio não tinha nada de marginal. Ele era apenas pobre, porém honesto, já o milionário, não.
E ele não tratava a Kate Winslet como vadia, como os marginais tratam. Era romântico.

Ele viu que ela voltou saiu do bote e voltou ao navio e mesmo assim pegou o outro bote para se salvar, pegando uma criança estranha apenas para conseguir entrar no bote. Já o "marginal" morreu na água gelada pra salvar a vida dela, porque não tinha espaço para ele no pedaço de madeira para os dois.

Você distorceu a porra toda.
A única coisa que concordo aí foi ela ter traído o outro pelas costas. Isso é vadiagem. De resto, só merda que você postou."

Anônimo disse...

Existem grupos de RadFems na Suécia.

É possível que um grupo RAdFEm se junte e compre um sítio ou condomínio.


Homem só os carteiros.

Anônimo disse...

Traição maior é uma mulher ficar frustrada por falta de variação no sexo, pois homens e mulheres se tornam irritados e vingativos quando estão com falta de sexo. Se ela ficasse sem transar com outro iria virar uma mulher amarga e frustrada.


Por isso que todo homem de bem ajuda qualquer mulher casada ou solteira que deseja variação no sexo.

@vbfri disse...

"Minha cara, não seria horror para nós não! Chega de carregarmos o fardo. Eu sonho com este dia. Em que eu não precise mais ser o homem, o provedor"

Ué...

Minha mãe sempre ganhou mais do que o meu pai, eu sempre ganhei mais do que os meus namorados. Tipo, o primeiro namorado que tive que ganha mais do que eu é o atual. Mesmo assim, a diferença não chega a 10%.

Detalhe: Tudo a gente faz na minha casa. Eu pago as minhas contas, eu compro comida, eu compro vinho...

A Lola tb ganha mais do que o marido dela. (ah, Lola! O meu atual namorado é jogador de xadrez... Quem sabe o Silvinho o conheça! =) )

Hmmm...

Sei lá. Pelo que vejo, o feminismo tb só traz vantagens pra homens.

A bem da verdade, se sexualidade fosse opção, acho que nenhuma mulher se submeteria a homens babacas como vcs.

Fica a dica.

Beijonãomeliga

@vbfri disse...

Alexandre-Amargo disse:

"expressões chulas como "merda" não é coisa de 'homi"??"

Traduzindo: aiiiinnnn, é feio mulher falar palavrão, mulher não tinha que falar palavrão pq uzomi num gosta.

Meu caro, eu falo a merda de palavrão que eu quiser, falo porra, putaqueopariu (evito pq é palavrão machista), mando à merda.

Então, eu vou falar o que eu quiser.

Vai ter palavrão sim! Se reclamar vai ter dois.

E se você não gostar, enfia a sua opinião no cu e roda.

Anônimo disse...

Os mascus são revoltados por estarem sem sexo. Na primeira oportunidade pedem travestis e prostitutas em casamento e ainda se excitam com as histórias de aventuras sexuais.

Alguns moleques bobocas não estudam, nem trabalham e decidem escrever besteira na web, infelizmente influenciam outros paspalhos.

Anônimo disse...

Tô pagando caro pra quem esganar o anon do swing.

S. disse...

Bizzys

Que eu lembre, ela não era casada, era noiva. Mas deram a entender que já transava com ele.
E que cabelo lindo da Rose no filme, lembro que choveu babaca dizendo que a atriz estava gorda, pqp! O corpo normal é gordo!

lola aronovich disse...

Vbfri, quem é seu namorado atual que também é jogador de xadrez? Se ele tiver rating e jogar torneios nacionais o Silvinho deve conhecer sim.

Anônimo disse...

Como sempre a hipocrisia da mulher, falam dos erros dos homens e das mulheres ignoram.
O cara do filme era babaca mesmo, mas a rose n era nenhuma santa oprimida, ia casar com o cara por dinheiro e ainda chifrou ele bonito.

Rê Bordosa disse...

"O Leonardo di Caprio é pardo?

Então eu devo ser africano puro-sangue."

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Graças ao bom Deus,
nao conheci nenhum mascu pessoalmente ! espero que assim seja até o fim dos meus dias !

Raven Deschain disse...

O único mascu assertivo foi o o diamante e o do "não assisti".

Não assistiram mesmo. A Rose não era casada com aquele babaca. No mais, hahahahahahahahahahaha que sarro. Quase parece enredo de novela da madrugada da Globo.

Anônimo disse...

Anon das 14:18hs

MUITO pelo contrario... como sempre falam das mulheres !!!
pra vc ter ideia, eu que nao vi esse filme, nem sabia desse cara babaca.

Olha como falam de maes solteiras, olha como falam de pais solteiros
Olha como falam de mulher que chifra, e olha como falam de homens que fazem o mesmo
Olha como falam de mulher que se submete ao papel de amante e olha o que falam de homem que faz o mesmo.
Olha o que falam de mulher que engravidou no primeiro encontro, olha o que falam de homens que engravidaram a mulher no primeiro encontro
Olha o que falam de uma mulher que abandona o filho, e olha o que falam do homem (ainda que condenem o homem, a mulher é condenada de forma bem mais intensa)
olha o que falam de menina gravida na adolescencia, e olha o que falam do menino que vai ter um filho na adolescencia

Nao concordo com chifre, nem com abandono de filho, nem com amante... mas admito que a mulher é muito mais julgada nessas situações

Bizzys disse...

S., obrigada por esclarecer. Eu vi o filme há milênios, não lembro de quase nada. Mas no texto os mascus falam "marido" o tempo inteiro, então achei que ela era casada.

Bizzys disse...

"O que os mascus n entendem é que mulher age conforme seu interesse individual"

Ué. E os homens, não?

Anônimo disse...

Ela era noiva, não era casada.
Onde dava entender que ela já transava com o noivo? Não lembro disso ou devia ser muito ingênua quando assisti e não percebi.

Anônimo disse...

Eu acho desagradável ficar lendo o que os mascus escrevem, é muito ódio e não faz bem.
Mas cada vez que leio, serve pra entender o quão infelizes e incoerentes eles são, tem seu lado bom, apesar de causar azedume. Confesso que nesse post eu dei uma risadinha em algumas partes, de tão fora da realidade

Anônimo disse...

Nossa, quantas vezes aparece a palavra vadia? Pra que isso gente..

Mariana achei seu comentário perfeito!

Agora, sobre o filme, a Rose tinha todo o direito de escolher com quem queria ficar, assim qualquer mulher do planeta deve poder escolher entre permanecer ou não em uma relação, e caso opte pelo término da mesma, que possa fazê-lo sem receio algum de perder a vida, ou sofrer qualquer tipo de agressão, e é isso.


Anônimo disse...

bizzys
não, os homens são mais altruístas em sua maioria.

Anônimo disse...

Beleza, um post dando audiência pra mascu. Fazendo propaganda pra mascu. Ok.

Acho mega válido posts que denunciam as atrocidades que esses sujeitos cometem (ou prometem cometer) e entendo que a Lola frequente esses fóruns para monitorar a perseguição que eles fazem à pessoa dela, mas daí a destacar conversinha escrota deles e trazer pra cá são outros quinhentos.
Ok, já sei, é um "blog pessoal" e ela "posta o que quiser", mas que está dando audiência pra mascu, está sim.

E a turma que diz que curte esse tipo de post, será que não tem nada melhor pra fazer do que ficar "se divertindo" com tanta ignorância? Sério que não seria melhor ir ler um livro, ver um filme, sair da internet e fazer alguma coisa pelo feminismo no mundo real?

Este blog já teve dias melhores. Tanto em posts quanto em comentaristas.

Anônimo disse...

Para Alexandre:

-"Minha cara, não seria horror para nós não! Chega de carregarmos o fardo. Eu sonho com este dia. Em que eu não precise mais ser o homem, o provedor. Os homens devem dar o braço a torcer logo. Entreguemos o controle a vocês. Ser homem também cansa. Ser responsável por todas as mazelas do mundo. Chega uma hora que isso cansa mesmo."

Então, carísssimo... porta da rua é a serventia da casa. Não quer ser responsável, pede pra sair.

Para Vbfri: clap, clap, clap!!! Quero ser sua amiga!!!!

Anônimo disse...

Anon 15:05, em certo momento o noivo diz "Você ainda não é minha mulher no papel, mas é na prática". Eles já dormiam juntos e estavam de casamento marcado.

Anônimo disse...

E a turma que diz que curte esse tipo de post, será que não tem nada melhor pra fazer do que ficar "se divertindo" com tanta ignorância? Sério que não seria melhor ir ler um livro, ver um filme, sair da internet e fazer alguma coisa pelo feminismo no mundo real?

Este blog já teve dias melhores. Tanto em posts quanto em comentaristas.

Tá fazendo o quê aqui???? Vai ler o seu livrinho, o seu filminho e sai da internet, vai.

Anônimo disse...

Mascus gostam de mulher quem n gosta é gay que gosta de homem kkkk, isso sim é misoginia e misandria se vice versa.

Anônimo disse...

15:25, eu vou sim. Aliás, já estou indo. Muitas vezes comento uma vez só no post, quando comento, porque não tenho tempo e nem interesse em ficar como muitos aqui que batem ponto em todo santo post, com uma dezena de comentários em cada um deles. Será que esse povo não tem uma vida?

Pode continuar se divertindo no blog da Lola que eu tenho muito mais o que fazer. Divirta-se!

@vbfri disse...

Anon 15:21

Manda inbox no twitter.

;)

Caralho de merda essa porra desse AlexAmargo... Afffff.

Se tivessem tão cansadinhos assim de serem "os provedores" já teriam convertido ao feminismo há anos.

É o feminismo que fez com que as mulheres trabalhassem. É o feminismo que trouxe às mulheres a oportunidade de estudar, batalhar e OOOOOLHA, serem independentes.

Então, caro mimizento, perceba a merda que vc falou e se reduza à sua insignificância.

E OUTRA: Se quiser, SE AFASTE VOCÊ. SE MUDE VOCÊ. A gente aqui GOSTA de homem feminista, gente boa, inteligente. Antas como você podem passar longe.

Aliás dia desses teve um filhote-de-cruz-credo lá no facebook falando que os homens-honrdados-corretos-bonzinhos-de-direita tinham que comprar uma terra e fazer uma comunidade direitista, autosustentável, etc, lá, onde apenas uzomidibem moraria.

Vai pra lá.

Aliás, essa comunidade é um tanto "alternativa" será que não? Tipo, bem coisa de hippie... Bem... A gente vive e não vê de tudo. Coxinha querendo virar hippie foi a melhor da vida.

E, antes que eu me esqueça, continua tendo palavrão sim, tá?

Beijonãomeliga

Mariana disse...

"O problema é que o seu extremismo é a minha moderação, e vice-versa.

Eu por exemplo acho veganismo uma forma de extremismo".

Donadio,

eu usei o veganismo apenas como exemplo de como uma causa justa (ao meu ver, mas não estou entrando nesse mérito) pode ser tão pouco ineficaz quando seus defensores fazem as vezes de acusadores e vão para o lado mais radical, repudiando até mesmo conquistas parcialmente positivas.

Um exemplo dentro desse universo: há uma campanha na internet chamada "segunda sem carne", que convida as pessoas a passar esse dia da semana sem consumir carne e ver que não é um bicho de sete cabeças. Muita gente aderiu. E ainda outra parcela de pessoas passou a adotar a prática mais vezes por semana, alguns ainda abandonam o consumo da carne de vez, ou passaram a consumir carne branca, enfim... adotaram estilos de vida que não são veganos ou vegetarianos, mas abriram a cabeça para novos habitos e isso ao meu ver foi positivo.

Pois voce acredita que muitos veganos radicais ridicularizam e repudiam essa campanha? ironizam com frases "seja politicamente correto em um dia da semana e um assassino nos demais".

Agora eu pergunto: o que é mais eficaz? a campanha que convida a pessoa a experimentar (e pode ser a porta de entrada para o veganismo, que é o que eles todos pretendem no fim) ou esse tom de acusação que celebra apenas quem já está num estado avançado de veganismo?

A resposta é bem óbvia.


Enfim. Acho que a questão sobre o veganismo ser ou não uma forma de extremismo não cabe nos comentarios desse post, mas superficialmente falando, eu acho que é um modelo de vida exemplar. Se importar com o meio ambiente e com o bem estar animal são, ao meu ver, comportamentos essenciais e mais que isso, éticos. E o veganismo é o único caminho para isso. Por isso disse que é uma causa justa e urgente. Mas eu mesma não sou vegana ainda, por vário motivos. Parei de consumir apenas carne (ovos, leite e queijo fazem parte da minha dieta ainda).

Anônimo disse...

"Pode continuar se divertindo no blog da Lola que eu tenho muito mais o que fazer. Divirta-se!"

Pode deixar.É isso mesmo que estou fazendo. Bom livro/filme/whatever pra você.

Anônimo disse...

Sinonimo de homem é estuprador.

Anônimo disse...

Pois é, continuo me divertindo com os comentários bizarros e delirantes, como por exemplo, do anon 15:55. Depois de dizer mulheres que escolhem com quem se relacionar/conviver merece bala na testa, que não pode deixar-nos livres e nunca sermos mimadas, diz que não é pra sermos tratadas com violência, claro. WTF??????? Privação de liberdade e terror psicológico não é uma forma de violência????

Anônimo disse...

Anon das 16:08,

Vc não entendeu. Ela não está em uma prisão. Pode sair fora quando quiser. Mas, pra se relacionar comigo, ou é assim ou é tchau.

E engraçado é que nunca estou sozinho. Irônico, né?

Anônimo disse...

Sinonimo de homem é estuprador sim. Todas as Guerra da historia mundial tiveram estupros. Famlias foram formadas pelo estupro. Homens fazem piadas e riem do estupro. Todo homem,biologicamente falando,pode estuprar. Sim, o home viola a mulher em todos os sentidos possiveis, vide os comentarios dos proprios.

Anônimo disse...

Não quer ser provedor? Ué, bem simples, para de sustentar mulher. Deixa ela trabalhar fora e ter a profissão dela. Mulher não nasceu pra ser dona de casa não, nem homem pra ser "provedor".

Anônimo disse...

É mesmo. Vc está sempre com a sua boneca inflável. Que uma mulher de carne, osso e sangue nas veias não atura esse tipo de babaca escroto.

Anônimo disse...

Toda mulher, biologicamente falando, pode engravidar. Não quer ser mãe? Chora, vão continuar te perguntando quando vai ser mãe porque sinônimo de mulher é mãe.

Bizzys disse...

"bizzys
não, os homens são mais altruístas em sua maioria."


HAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHA

NA ONDE isso, migo?

Nossa, eu podia até discutir, mas sinceramente, não vai ter efeito nenhum.

Anônimo disse...

Marie Curie, Michelle Obama, Madre Teresa, e milhares de outras. É, pelo visto mulheres são mesmo 100% mesquinhas, cruéis, ingratas e fúteis, pode crer.

Jonas Klein disse...

O anon 15:55

Deve ter fumando um bagulho tri forte enquanto cagava o comentário dele, pois escreveu um texto sem esqueço algum.


So para dizer o que penso sobre o tema, para mim quem leva chifre sempre tem a sua parcela de culpa no cartório, se não e por não fazer a sua parte no relacionamento e pelo menos por aceitar ter uma relação fechada, com isso abrindo espaço para o chifre, por isso eu não fico nem com pena hoje em dia de chifrudo(a).

Anônimo disse...

Mulheres ingratas? Acho pouco. Todos os homens merecem ser esculachados. Que se fodam! Mulher malvada? Tem que ser assim mesmo, apenas bondade não muda o mundo. Tem que ser egoista mesmo, porque é cad a um por si. Os homens querem mais que as mulheres se explodam. Ou virem escravas sexuais...de qualquer modo, são inuteis ate para ter filho, o melhor é fazer inseminacao artificial. Que eles não tenham filhos para transmitir o legado.

Anônimo disse...

Ahã. Se vc quiser, pode te dar a relação das "bonecas infláveis" que estou/estive me relacionando.

Se toca, vadia! Mulher gosta é de ser dominada e MANDADA! Por isso elas se apegam a mim. Quanto mais rígido eu sou, mais elas ficam boas.

Vc nunca ouviu que os filhos gostam mais da mãe que educa na chinelada do que do pai que passa a mão na cabeça?

Larga de ser otária.

Sério, peninha de você. Tipinhos como a vossa esperteza quando tomam um chifre bem dado, daqueles que cruzam a porta primeiro que vc, choram. "Ainn, mulher não presta, buáááá". Quem é o otário agora?
Agora chega. Não vou mais dar ibope pra mané. #beijonãomeliga #machinhochorão #largadeserotáriovcmané

Anônimo disse...

E só não digo que vadia é a senhora sua progenitora porque... ela não merece. Já é castigo demais ter parido um ser abjeto igual vc.
Agora sim, fui!

Anônimo disse...

são escrotos misóginos iguais ao 15:55 que geralmente estupram criancinhas de 7 anos. Na sua grande maioria são pedófilos, estupradores, ladrões, drogados, miseráveis, achacadores que extorquem os genitores ou parentes ou qualquer um que aparecer, mitômanos patológicos crônicos, porcos imundos, o escárnio da raça humana.
Já Nós somos a revolução, e aos poucos vamos banindo definitivamente esses estercos ambulantes da nossa NOVA sociedade.

Anônimo disse...

16:41,
Só me avise onde é a sua tal "Nova sociedade", pra eu nem passar perto de tal lugar amaldiçoado, sujo, fétido e inoperante, como vcs.

Anônimo disse...

16:41. OBJETIVO ALCANÇADO. ABORRECI UM MASCU????? AI QUE DILIÇA, CARA!

Anônimo disse...

"Todo homem é um estuprador em potencial " sincertamente, totalmente apoiado. No caos que eles se mostram realmente quem são, ou no dia a dia tambem. Se todos morresem, eu poderia andar mais calma. 16:41, fique junto dos seus amiguinhos estupradores, volte para o esgoto de onde vo você

Jonas Klein disse...

So para corrigir

E "pois escreveu um texto sem nexo algum."

Estes corretores pífios derrubam a gente...


E só para acrescentar, acho que os mascus já perceberam que nesse horário, não tem ninguém moderando os comentário aqui, ai os mascus aproveitam para lavar a burra deles esta hora.

Lola você sabe como acabar com esta bagunça aqui, então não acaba porque não quer.

Anônimo disse...

vixe Lola, deve ser a semana do dia das crianças... mamãe deixou pegar o computador até as 18h já que não tem aula... kkkkk
bando de otário perdedor.

Ana Kairalla disse...

Esqueceu de dizer que o homem honrado, no início do filme, diz que "precisa controlar as leituras" da sua noiva. Ela lê Freud (e entende!).

Anônimo disse...

Todo homem pode ser um "estuprador em potencial", mas mesmo assim as mulheres adoram os homens.
Vamos conviver todos juntos até o mundo acabar. Aceita que dói menos.

Anônimo disse...

Homens sendo homens, o eu erro Lola e achar que "mascus" são um grupo pequeno entre homens, sendo que são e maioria entre eles.

Homem e perca de tempo total.

donadio disse...

"Agora eu pergunto: o que é mais eficaz? a campanha que convida a pessoa a experimentar (e pode ser a porta de entrada para o veganismo, que é o que eles todos pretendem no fim) ou esse tom de acusação que celebra apenas quem já está num estado avançado de veganismo?"

Depende da causa, não?

Não acho que seja possível, por exemplo, convencer escravocratas a passarem a segunda-feira sem serviços dos escravos, e nem, que se isso fosse possível, representaria algum tipo de progresso. Escravidão, ou a gente abole, ou a gente não abole. Um "abolicionista moderado" seria apenas um escravocrata envergonhado.

Imagino que esse seja o "raciocínio" dos veganos radicais que você cita como exemplo. Afinal, para eles, a vida de um boi é tão preciosa quanto a de um ser humano. E, se eles estivessem certos com relação a isso, então eles teriam razão de ironizar a ideia de ser vegano um dia por semana e "assassino" nos outros seis. Ou não?

Enfim, a abolição da escravidão é uma causa que não admite meios termos; não há meia-escravidão. A, sei lá, a redução da jornada de trabalho é uma causa que admite muitos meios-termos; oito horas é menos que dez, mas é mais do que seis. Que tipo de causa seria o veganismo? Desconfio que, para ser levado a sério como uma causa, teria de ser uma causa como a abolição da escravidão; ou as pessoas matam animais, ou não matam. Matar menos animais não faz realmente diferença. É por isso que penso que é uma causa nefasta, prejudicial à felicidade das pessoas.

Naturalmente, isso é o veganismo como causa; o veganismo como opção dietética pessoal é outra coisa. Cada um come, ou não come, o que quer.

Depois tem outra diferença: onde está o "extremismo", nos meios ou nos fins? Quem é mais radical, o vegano que quer reduzir o consumo de carne à metade amanhã, por decreto, mas acha que esse é o objetivo, a outra metade pode continuar eternamente, ou o vegano que quer acabar com o consumo de carne em cem anos - mas quer acabar com ele para sempre?

Anônimo disse...

Briga dos mascus x odiadoras de homens.

Que preguiça ...

Anônimo disse...

Lola, deixou passar o comentário infeliz do 16:56

donadio disse...

"Marie Curie, Michelle Obama, Madre Teresa"

Desculpa aí, mas a Madre Teresa era absolutamente escrota, tipo não dar analgésico para pacientes por que a dor aproxima de deus. As outras duas não merecem a companhia desse monstro.

Anônimo disse...

Os homens tambem vão se casar com vadias ate o mundo acabar....e cuidar dos filhos delas tambem!

Jonas Klein disse...

Como e fácil para os covardes fazer papel de "valentão" atrás de um teclado, pois sabem que através da web ninguém pode dar nem um tapa sequer na fuça deles, pois os mesmo ao vivo e a cores, e só falar grosso com eles que já se molham as calças.


E o anon 16:57

Esta aqui para provar isso.

Anônimo disse...

"Memo assim as mulheres adoram homens ", sim, ainda existe muita mulher ingenua no mundo,infelizmente.

Anônimo disse...

Excelente comentário, Jonas. É isso mesmo. Me chamar de vadia e otária pode né? (sou o 16:36 e 16:38). Mas quando recebem a resposta fica todo ofendidinho.

Anônimo disse...

Hummmm,quero uma namorada igual a você,detesto pagar contas,fazer compras etc dinheiro só pra minhas viagens e meu lazer.

Anônimo disse...

Qual o problema de enfiar qualquer coisa no cu?É humilhante por acaso?

Anônimo disse...

Esse post na minha visão realmente serviu pra dar ibope pra esses idiotas. Poxa lola, tanta coisa rolou que você poderia comentar, por exemplo a UFMG quis fazer uma oficina sobre masturbação feminina e um médico lunático invadiu a oficina e quis filmar o evento, rolou muita treta. Outra coisa que rolou foi uma das maiores desenvolvedoras que trabalham no kernel do sistema operacional linux deixou a comunidade porque estava sofrendo com o sexismo. poderia ter comentado a polêmica que comentários machistas de membro de uma banda fizeram numa revista para o público feminino adolescente (atrevida). Poxa, eu tento me livrar dessas coisas tóxicas que esses caras falam, é uma luta diária, uma vontade suicida constante, um peso na minha alma. Dai eu evito os blogs e fóruns deles pra chegar no seu e ver esses merdas na front page, desanima, sério. Desculpe desabafar assim, o blog é seu e você posta o que quiser, mas acho mais válido dar ibope pras pautas importantes do que apenas zuar esses lunáticos por zuar. Novamente me desculpo lola, não quero parecer ofensivo :/

AnonLivroAberto

Anônimo disse...

De acordo com os valores historicos de toda a humanidade, sim é bastante humilhante,ato reservado apenas para prostitutas e presos.

Anônimo disse...

Lili

Alexandre, se homens são "tão superiores" às mulheres porque não casa com um? Kkk

Quanto à maioria(mulheres também criaram coisas importantes, embora minoria) das invenções serem de homens, estude mais História viu?
Séculos mulheres sendo OBRIGADAS a casar com 12, 13 anos com coroas rodados enquanto homens sempre tiveram um portilhao de oportunidades e liberdades. E vem se gabar de seus ancestrais opressores e que tinha toda sorte de vantagens?! Meu querido, vai chupar uma rola. Kkk

Rafael Cherem disse...

O filme é péssimo, mas não por essas razões.
Sei que o blog não é meu, mas fico me perguntando onde mais esses onanistas encontram tanto ibope? Em quais postos de comando e influência esses coitados estão, de forma a realmente representar uma ameaça? Repito,o blog não é meu,mas não seria melhor ignorá-los?

Anônimo disse...

Não vim de esgoto nenhum ô 16:50! Sou mulher. Aprenda a ler direito e veja q as 16h41 eu me refiro aos macubostas, e quando digo fazer uma revolução é fazer uma Nova sociedade só de mulheres! Aff

Anônimo disse...

Com todo respeito à Lola mas esse post foi realmente infeliz. Esses caras são tão asquerosos que não dá nem sequer para achar graça. Simplesmente não merecem espaço aqui, a menos em caso de denúncia, é claro.

Anônimo disse...

Serio, porque os homens nao se casam com eles mesmos? Desde a antiguidade a mesma porra, odiando mulheres,Mimi inferiores. Vao caçar uma rola e viver entre os "superiores ".

Anônimo disse...

Anônimo das 16:18

Sinônimo de mulher não é mãe, é uma rola enfiada no teu rabo. Passar bem.

Anônimo disse...

17:49

Pelo amor de deus, kkkkk, isso não é forum dos joguinhos que você participa não, se manca. Se você tem mais de 18 anos, é um caso perdido.

Anônimo disse...

Eles não me surpreendem em nada, esse texto. E ainda querem falar de um filme como se fosse a vida real mas isso nem aconteceu na verdade, a vida real não tem nada disso a coisa é muito diferente.

Eu acho que tá na hora deles verem o mal que causam. O ódio que eles falam das mulheres deviam ser voltados a si mesmo, pois desde que homem existiu eles foram os maiores causadores de coisas terríveis e até hoje é assim. Se eles não se sentem culpados por isso me dá licença eu vou continua sendo a bitch com muito orgulho, pelo menos eu não maltrato ninguém, nem fico passando a minha vida odiando quem não tá nem aí pra MIM.
Melhor forma de odiar é ser feliz seus bostas.

Anônimo disse...

NADA A VER TEM MULHER QUE NÃO QUER PERPETUAR SUA ESPÉCIE, CADA BESTEIRA QUE A GENTE LÊ.

Anônimo disse...

Ah, pelas últimas respostas já deu pra perceber que os nojentos do chan que não levantam o ku da cadeira, decidiram vir trollar.

Devem se achar os "Anonyyymuzzz"... fracassados, rs.

Anônimo disse...

Fácil encontrar homem brancos altruístas quando foram negados a mulheres e negros os direitos, Mulheres e negros eram como mercadorias, não tinham direitos. Eles não podiam estudar, não eram tratados como humanos.
Agora você vem se gabar de que os homens inventaram tudo, as mulheres mesmo sendo barradas pelos homens tentavam fazer as coisas. Ada lovelace programou o computador por exemplo, mulheres também inventaram cerveja, wi-fi. Os homens falam de boca cheia de ter conseguido fazer as coisas barrando o direito dos outros... eu não me gabaria disso pra uma mulher sendo homem, ainda mais falando que a mulher não fez nada, como se elas pudessem fazer algo, é no mínimo burrice.

Anônimo disse...

Doi para os homens saber que as mulheres poderiam abortar fetos masculinos caso quissesem? O ponto de entrada para a vida é o organism feminino, enquanto que o masculino possui um papel totalmente secundario. Clonagem,inseminacao artificial, biologicamente o sexo masculino perdeu o seu valor.

Jonas Klein disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Falou feminazi já sei que é burro, se bem que machista e burra é pleonasmo. De vez em quando o machismo se voltam contra vocês e vocês ficam se cagando e vem descontar em nós kkk.

Eu não vou explicar pq já sei que vc é burro e não sabe interpretar uma frase, e no mínimo seja mais original bicate ,feminazi, vadia não atinge as mulheres ao contrário de vocês que continuam com a sexualidade frágil.

Anônimo disse...

Homem o verdadeiro sexo frágil.

Anônimo disse...

Homem se gaba pq não estuprou uma mulher, eles se gabam por não cometerem atrocidades, coisa que eles acham comum.
Também se gabam se forem educados e romanticos, diferentes da casta comum. Eles se gabam por agirem como pessoas decentes e normais, quer dizer que eles não são normais tão pouco bons.

Anônimo disse...

Quero que os homens venham aqui se defender, pois eu sei que esse gênero já foi comprovadamente tido como defeituoso genéticamente e isso nunca foi usado. Se fosse com mulheres teria sido usado para comprovar uma suposta inferioridade assim como fizeram com a forma física feminina.
Homens também tem seu lado inferior, mas só nunca disseram isso a eles.

Jonas Klein disse...

Anon (esgoto) 17:49

me faz rir que eu gosto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk você acha que vou ficar com medo cara que não tem coragem nem de assinar um comentário com seu nome verdadeiro? Vai tem enganando, tu já molha as calças se eu fala grosso contigo.

E como fácil ser valente, quando você não esta com uma Glock automática apontada para sua boca né?

mas ok vamos ver se você e corajoso mesmo

Assine o próximo comentário com teu nome verdadeiro completo e escreve o teu endereço residencial ai(tem que ser tudo verdadeiro), e diz o horário que posso ir ai te pega.

Alana disse...

Sobre a desenvolvedora que abandonou a comunidade do software livre, eu a entendo. Super entendo. Já tive umas decepções também com alguns membros mais antigos por conta de sexismo, homofobia, etc. Bem chato.

Há um bando de babacas que vivem vomitando comentários machistas, mas não fico surpresa. Não dá pra ler/ouvir e não ter nojo, cansei de machinho.

Tenho muita vontade de iniciar um projeto de incentivo direcionado a moças que encoraje-as a ingressar na TI, principalmente apresentando-as ao software livre.

Anônimo disse...

"Doi para os homens saber que as mulheres poderiam abortar fetos masculinos caso quissesem? O ponto de entrada para a vida é o organism feminino, enquanto que o masculino possui um papel totalmente secundario. Clonagem,inseminacao artificial, biologicamente o sexo masculino perdeu o seu valor."


Não dói pelo seguintes:
Mulheres amam ter filhos homens. Adoram ter um princepezinho em casa. Só gente louca no Brasil abortaria uma criança por conta do sexo.

Anônimo disse...

nasce mais homem que mulher, acredito que pelo aborto seletivo do sexo feminino.

Anônimo disse...

pessoa com raiva de um filme babaca desses, desse filme breguinha, tinha que ser homem mesmo.
eu tenho raiva de filme porno que nojo, ali é realidade e bem cruel.

Anônimo disse...

Errado. Pesquisas mostram que quanto mais as mulheres se emancipam, mais elas querem ter filhas ao inves de filhos, tanto que em clinicas de fertilizacao dos EUA 80% dos pedidos é para se ter garotas. EU quero ter uma menina. Se possivel, vou viajar para la apenas para fazer isso. Se o numero de mulheres diminuem, o numero de homens tambem (quem vai parir?). O contrario não acontece proporcialmente.

Anônimo disse...

Filme breguinha no último, rs. Mega-brega

Alana disse...

Não dê trela pra babaca não, Jonas.

Ah, e eu também quero ter uma menina.

Anônimo disse...

18:18, porque entao são garotas o perfil de mais concorridos para adocao no brasil ? Rsrs, o que eu mais vejo é mulher reclamando que o filho homem da trabalho e menina é mais organizada....

Anônimo disse...

18:35, é nois kkkk

Anônimo disse...

Errado. Pesquisas mostram que quanto mais as mulheres se emancipam, mais elas querem ter filhas ao inves de filhos, tanto que em clinicas de fertilizacao dos EUA 80% dos pedidos é para se ter garotas. EU quero ter uma menina. Se possivel, vou viajar para la apenas para fazer isso. Se o numero de mulheres diminuem, o numero de homens tambem (quem vai parir?). O contrario não acontece proporcialmente.

A questão é que a maioria dessas "mulheres emancipadas" não quer ter filhos. De nenhum sexo. E a maioria das mulheres se sentem muito felizes com seus filhos do sexo masculino. Basta ver como elas adoram agarrar, beijar seus filhos, que chegam a se sentir envergonhados se suas mães fazem isso em público. E muitas mulheres feministas relatam que sentiam que suas mães gostavam mais de seus irmãos do sexo masculino que elas.

Anônimo disse...

Mas as mulheres emancipadas que desejam ter filhos (como eu) preferem garotas. Isso esta acontecendo em varios paises (ouvi dizer que no japao(!) uns 60% ou mais preferiam ter filhas ja que os homens tem um trabalho bem puxado (bem feito). Nos paises que acontecem aborto seletivo do sexo feminino é por causa da misoginia memo, porque em lugares melhores para as mulheres, ter garotas ao inves de garotos possui inumeras vantagens, com começando pelo fato que garotos normalmente tem mais doencas de via cromossomica (daltonismo,hemofilia enter outros) que meninas.

Anônimo disse...

Embrioes masculinos sao mais frageis e por isso mais faceis de ocorrer um aborto natural.

Anônimo disse...

Anon 18:53

Vc está tomando a minoria da minoria (mulheres emancipadas que querem ter filhos) como um número significativo de pessoas, o que não é verdadeiro. "Mulheres emancipadas" já são um grupo minúsculo. E as que estão dispostas a ter filhos, tem gente que afirma existir, mas quase ninguém viu uma de perto. Para essas mulheres, maternidade é um erro, atrasa as suas conquistas, as tornaria escravas de um bebê, e as aproximaria mais do patriarcado.
Ninguém tem filhos pensando em doenças cromossômicas. Até porque a maioria das doenças não vem da transmissão cromossômica. Isso só é preocupação onde existem relatos consistentes dessas doenças na família.

Jonas Klein disse...

não valeu pq você assinou o comentário com seu nome, e ao que parece esse não eseu endereço residencial, além disso eu não confio em você para ter segurança de que você não vai ir com a tua turma ai.

eu não sou medroso, mas não vou me ariscar atoa.


A questão nem e ser + ou - homem, mas quem e mais corajoso, além do mais coragem não e só homem tem.

Anônimo disse...

Jonas, não dê moral pra esse babaca. Chamar para porrada é o cúmulo da falta de argumentos.

Anônimo disse...

A segregação social entre omis e mulheres e o futuro, a liberdade.
E não finjam que vocês não vão gostar.

Anônimo disse...

"Embrioes masculinos sao mais frageis e por isso mais faceis de ocorrer um aborto natural"

A mãe natureza e sabia

Anônimo disse...

Bem, é verdadeiro que no brasil a maioria das pessoas que vao adotar querem ter meninas. Se no brasil ja é assim, imagina em outros paises? E só da mulher ja ter uma boa carreira aumenta as chances dela querer uma meninas, nem precisa ser totalmente emancipada por assim dizer rsrs. No brasil a grande maioria aceita o sexo que vier, mas como as mulheres mais instruidas exigem garotas, o numero tende a aumentar. Mentira, cada vez mais as pessoas estao se preocupando com doencas cromossomicas, prinviplamente com o avanço da medicina e poder ver a propabilidade do feto ter doença. Como os homens morrem mais e as mulheres vivem mais, pelo menos no ocidente é que o numero de mulheres vai aumentar bos proximos anos. Ainda bem, porque assim teremos um mundo menos violento e problematico.

Anônimo disse...

Essa segregação social nunca vai acontecer. Nem a maioria das mulheres quer isso. E mesmo as feministas, são em sua maioria liberais e marxistas, e não estão nem um pouco interessadas nessa segregação.
Veja por exemplo Sara Winters. Comemorou sua gravidez de um menino.

Anônimo disse...

Anon, continue acreditando que o Brasil e o mundo está lotado dessas mulheres emancipadas ou não que estão dispostas a realizar abortos de fetos masculinos ou inseminação artificial com espermatozoide (que veio de um HOMEM) com cromossomo X.


Anônimo disse...

EU acho que conforme o tempo for passando, a segregacao se torna um meio mais vantajoso para as mulheres, sobretudo nos paises mais pobres ,esiguais e misoginos. Diga-me, o que a convivencia com o sexo masculino tem
de bom quando aumenta as chances de ser roubada,estuprada e morta? O medo é mais forte que (o suposto cof cof) amor.

Anônimo disse...

Veio de um homem, mas um a clonagem nao precisa de espermatozoide nenhum. Em um futuro nao muito distant, quando as pessoas se tornarem mais narcisistas, porque nao? Afinal, o papel do homem na reproducao sempre sera secundario.

Anônimo disse...

Anon 19:27

Vc pode achar o que quiser. Somos um país que respeita a liberdade de pensamento.

Outra coisa diferente é achar que as pessoas vão concordar com seu pensamento. As mulheres heterossexuais sempre estiveram, e continuam estando dispostas a arriscar em relacionamentos com homens, pois sentem-se sexualmente atraídas a eles. A diferença é que atualmente elas têm mais voz dentro do relacionamento, o que o torna mais seguro para elas.

Anônimo disse...

São dados. Não cabe a mim acreditar ou nao. Apenas interpretar....
Obs: nao quero ter menino, desculpe se isso te choca.

Anônimo disse...

Fazer apologia de clonagem de seres humanos me parece uma ideia digna de Mengele.

Anônimo disse...

Anon 19:37
Primeiro, não me choca se vc quer ter filhas. Cada um tem o direito de ter suas preferências individuais.

Gostaria de ver essas pesquisas que vc diz ter, onde mostram esses dados confirmando que o mundo está cheio dessas mulheres dispostas a realizar abortos de fetos do sexo masculino, ou inseminação para ter meninas.

Anônimo disse...

Só se for pra você que não sente prazer anal porque eu mesma adoooorooo.

Anônimo disse...

Haha, depende do relacionamento e pais essa suposta "segurança ". Se toca, tem lugar que a mulher ainda é queimada viva por ser viuva (India) ou apedrejada. Sexualmente atraida ou nao, a insegurança tem um peso enorme. Que foi, ta com medinho das mulheres quererem ficar longe dos homens? O que de ruim pode acontecer com isso? Nao era você o mascu que odiava mulheres?

Anônimo disse...

Essas não são mulheres,sao monstros eugenistas.

Anônimo disse...

Anon 19:43

De onde vc tirou que eu sou mascu que odeia mulheres? Se fosse ia apoiar a sua ideia, pois para eles, as mulheres, sem exceção, são vadias e sem nenhuma qualidade além de sua genitália.
Mas não sou mascu.

É claro que existem lugares onde as mulheres estão em alto risco. Nunca disse o contrário. O que disse é que no mundo ocidental, as mulheres têm mais voz dentro do relacionamento do que no passado, o que lhes dá maior segurança (o que não significa que o risco de violência é zero).
E se a segurança fosse mais importante que o desejo sexual, não existiriam tantas mulheres querendo ter sexo casual (que talvez seja onde o risco é mais alto), namoro e relacionamento estável.
E não tenho medo das mulheres quererem ficar longe dos homens, pois é mais fácil cair um asteroide gigante na terra e extinguir a humanidade.

Anônimo disse...

Porque os homens nao querem segregacao? Nao eram eles que segregavam mulheres?

Anônimo disse...

Se para um mascu o mais importante da mulher é a sua genitalia, todos os homens sao mascus.

Anônimo disse...

Mãe Dinah é VC? Kkk. Falar sobre A homoafetiva que matou a menina no Grajaú ou A adolescente que estrangulou um menino na Bahia ninguém fala né.

Anônimo disse...

19:55

Um masco acredita que a única coisa importante na mulher é a genitália.
Machistas acham que mulheres têm outras qualidades, embora a mais importante seja a genitália.

Entre outras coisas que o feminismo propõe, está a desconstrução do machismo, para reverter essa situação.

Anônimo disse...

Que preguiça de tanto comentário sem noção. Quando um heterossexual comete um crime, seja ele qual for, ninguém dá relevância alguma pra sua sexualidade.

Anônimo disse...

É impossivel mudar a natureza masculina. O feminismo deve se focar na emancipação das mulheres e na sua segurança ,que precisa sim de segregação, vide os transportes publicos. Ensinar os homens não adianta , mas faze-los aceitar por medo de represalias funciona muito.

Anônimo disse...

Não se pode mudar a natureza feminina. É impossível fazer com que as mulheres heterossexuais não queiram se relacionar com homens.

Anônimo disse...

A reprodução humana de forma primitiva héteroafetiva sempre foi prejudicial para as mulheres, a violação da penetrações, o número de DSTs que a vaguna fica expissta em contato com o pênis ssem falar de câncer de colo de utero, tudo isto e primitivo puro, hoje com os avanços científicos não e mais necessário todo este carma e o peso social que isto acarreta na vida das mulheres, a inseminação e uma realidade e e hora de ser usada em larga escala visando a saúde e emancipação da mulher numa sociedade mais justa para todas nós.
O mito di amor romântico atrapalha o desenvolvimento e empoderamento feminino, e como dizer que não podemos usar antibióticos porque "doenças são naturais"
E hora de começarmos a questionar estes assuntos e sair nos da idade média

Anônimo disse...

Formas de reprodução assistida são acessíveis para todas as mulheres, ou só para as que podem pagar?
Quem vai se beneficiar de verdade com isso? Adivinhe? Quem pesquisa e comercializa esses métodos.
E as mulheres pobres? Vão ter que abrir mão de ter filhos?
E quem disse que métodos de reprodução assistida estão isentos de riscos?

E quem disse que mulheres heterossexuais não gostam da "violação da penetração"?

O problema de sair da "idade média" é que esqueceram de perguntar para a maioria das mulheres se elas realmente querem isso, e como vão pagar.

Anônimo disse...

"E quem disse que mulheres heterossexuais não gostam da "violação da penetração"?"

_________
Nojo de vc cara, depois que dissemos que todos são potenciais estupradores começa o mimimi, olha ai, dito por um deles mesmo.

Anônimo disse...

NA base da violencia e intimidação tudo pode, você sendo homem deve entender bem disso.... Uma mulher espancada ou violada por homens pode nunca mais se relacionar (e ate memo nem olhar) para um novamente. Se a castracao para estupradores fosse legalizada , queria so ver quem assediaria uma mulher. Pergunto novamente o que voce tem contra a segregação?

Anônimo disse...

20:32
Qual o problema em se dizer que uma mulher heterossexual sente prazer numa relação sexual? Voltamos ao tempo em que a mulher não pode ter prazer no coito?

Anônimo disse...

Não se pode mudar a natureza feminina. É impossível fazer com que as mulheres heterossexuais não queiram se relacionar com homens.

-
Quem disse? Já se perguntou porque o patriarcado sempre fez de tudo para nos naturalizar a opressão via mito de amor romântico? E como pedir para que escravos tivessem sentimentos afetivos para com seus feitores.
Nós mulheres são o único grupo oprimido de quem se espera que tenham sentimentos românticos para com seus opressores, absurdo total sim, isto pode e deve ser desconstruído.
( E não tem nada a ver com lesbianismo o que digo, mas sim com reeducação e libertação via negação ao opressor)

_
Sheila Jeffreys foi fantástica nesta afirmação:
No sistema de supremacia masculina a construção do sexo implica a conotação erótica da subordinação das mulheres e do domínio dos homens, o que Sheila Jeffreys denomina “desejo heterossexual”. As consequências desta construção da sexualidade incluem a violação e o assassinato de mulheres e criaturas, assim como restrições a sua mobilidade, vestimenta, profissões.
A conotação erótica da desigualdade é fundamental para o sistema de supremacia masculina, como diz em Anticlímax é “o azeite que lubrifica a máquina da Supremacia Masculina”.

Estudem mais sobre o feminis radical, e verão que sempre fomos enganada pelo mito do amor romântico, sempre fomos condicionadas a erotizarmos nossa opressão

Anônimo disse...

20:33
Concordo que uma mulher espancada ou violada por homens pode nunca mais se relacionar com homens, se desenvolver transtorno de estresse pós traumático. E não há nada de errado nisso.
Mas isso é uma decisão individual. O que não significa que mulheres que não sofrem de estresse pós traumático estejam dispostas (e não estão) viver segregadas.
E eu não sou contra a castração química.

Ser contra ou a favor da segregação é o mesmo que ser contra ou a favor dos unicórnios.

Mila disse...

Mas mulher não é tudo interesseira? Então a lógica seria a Rose ficar com o Carl pq ele é bilionário (até a crise de 29, quando perdeu sua fortuna e deu um tiro na boca). Mas então, ela preferiu ficar com o Jack que era pobre.
Esses mascus com essa fixação com sexo, dividindo o mundo entre transantes e não transantes, acham que homem só tem valor se fizer sexo... deve ser patológico, pq passa dos limites da babaquice.

Anônimo disse...

Assim como nunca esperei nada do Radical

Anônimo disse...

20:39

Amor romântico é uma coisa. Desejo sexual é outra. O amor romântico pode ser desconstruído.
Mas o desejo sexual, não.

Esse é o sonho das bancadas evangélicas. Imagine se fosse possível desfazer o desejo sexual. Todos os homossexuais seriam mandados para essa terapia, inclusive lésbicas.

Anônimo disse...

Pra tá palpitando sobre o que os outros fazem na vida, não deve ter tanto assim pra fazer não.
Parece que cuidar da própria vida é luxo né não? Um que vc não fez questão de ter.

Anônimo disse...

Tem mulher (heterossexual) que nem curte penetração.

Agora, na real, essa caixa de comentários tá uma coisa de maluco. E, por favor, parem de nivelar o feminismo radical por baixo.

Anônimo disse...

Tem mulher que não curte de penetração, tem que curta, tem que curta sexo anal, sexo oral, BDSM, swing etc.

Ou seja, em sexualidade, existe de tudo.

Anônimo disse...

Independente de qualquer coisa, orientação sexual não pode ser mudada. Não importa o quanto vc tente. Isso é um fato

Anônimo disse...

O Cromossomos Y e uma anomalia genética, uma ruptura violenta que a natureza causou para o fator reprodutivo, todo geneticista sabe disto. Foi a necessidade que fez o gênero masculino,um mau necessário ate o momento e já esta provado que a evolução humana os tornará desnecessários.

Anônimo disse...

Super concordo. Não existe um único padrão. As pessoas tinham q se lembrar mais disso

Anônimo disse...

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!! Meus sais, eu não consegui ler isso até o final de tanto rir! É uma besteira maior do que outra, já tava até sentindo falta do humor mascu aqui. Obrigada, Lola, meu dia foi terrível e esse post me ajudou a desanuviar.

Oi anon das 14:18 não sei se você esqueceu ou se foi má fé mesmo, mas no filme a tal Rosa (o filme é uma bosta, e o palavrão é só pra irritar o machistinha que disse que mulher não pode falar palavrão) estava sendo FORÇADA pela mãe a se casar com o ricaço porque, aparentemente, a velha tinha alergia a trabalho. Você conhece essa doena terrível, anon, afinal cês mascus sofrem disso também. É um caso muito séro, dá dó. (SQN)

Não que eu esteja tomando partido, mas confesso que tô achando graça nesses manés que chegaram aqui chorando depois que algumas comentaristas disseram que viveriam melhor num mundo sem homens, que não querem ter filhos homens, etc. Teve até um dizendo que preferir clonagem à procriação convencional é coisa do Mengele-porque, claro, na visão deles não querer filho homem é igual a prender, torturar, fazer experiências desumanas e matar pessoas. Não dá pra levar esses chorões a sério.

E verdade seja dita nós mulheres viveríamos melhor sim num mundo sem homens. 90% das ameaças e agressões que sofremos vem deles; um mundo sem homens seria um mundo sem feminicídios, sem estupros, sem assédio em espaços públicos, sem medo de andar à noite, sem medo de ruas desertas, sem medo de boa noite cinderela, sem medo de ir num banco tirar dinheiro, sem medo de vestir o que quiser pra sair, sem medo de chegar tarde em casa. Então, chorõezinhos, deixa eu esfregar mais sal na ferida do ego de vocês: Nós mulheres viveríamos bem melhor sim num mundo sem homens.

Alexandre, largue imediatamente esse computador cuja linguagem de programção foi inventada por uma mulher. Pare também de comer frutas, vegetais e seus derivados que a agricultura foi inventada por mulheres. Mascu babaca.

Anônimo disse...

21:28

Está provado onde?
Mulheres estão se reproduzindo por bipartição e ainda não me avisaram?

Anônimo disse...

A o própria testosterona em si, e evidente que os torna mais animalescos e agressivos, a testosterona se a sociedade não fosse tão machista e hipócrita seria tratada como uma doença clônica, e deveriam investir em tratamentos e drogas para manter isto sob controle social.

O numero de mortes, violências de todos os tipos e ate gueras quase que 100% perpetrados por homens provam que estou certa.

Anônimo disse...

A Doberman está grávida.
O bombeiro acaba de salvá-la de um incêndio em sua casa,a salvou e colocou no jardim, e logo continuou sua luta contra o fogo.
Quando finalmente conseguiu apagar o fogo, se sentou para tomar um pouco de ar e descansar.
Um fotógrafo do jornal Notícias da Carolina do Norte/EUA, notou que a cadela observava a distancia o bombeiro.
Viu a Doberman caminhar direto até o bombeiro e se perguntou o que ela vai fazer?.
Assim que levantou sua câmera, o animal chegou até o homem cansado que acabara de salvar a sua vida e de seus bebês.
O fotógrafo captou o momento exato em que a cadela agradeceu o bombeiro.

https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xtp1/v/t1.0-9/12112096_689745704460375_5379959945497223279_n.jpg?oh=a89fe29dc2b0ba0590dec2f2396a5c06&oe=56893724&__gda__=1452309522_6ba999176448517cf476a39b1b48752b

Anônimo disse...

Anon 21:29

Clonagem de humanos não é algo digno de Mengele? Tente convencer disso as centenas (possivelmente milhares) de pessoas que nascerem com os diversos erros genéticos resultado das pesquisas em clonagem humana, se isso um dia acontecer. Ou você acredita que os cientistas vão ter sucesso logo de cara?

Quem acha que as mulheres vivem melhor com os homens, são elas próprias. De outro modo, elas não iam querer ter sexo casual, namoro, ou relações estáveis com eles.

E como disse, ser a favor ou contra a segregação da mulheres é o mesmo que ser contra ou a favor dos unicórnios.

Anônimo disse...

Anon 21:32

Então o problema dos homens é a testosterona? Não é mais a socialização? Então mulheres com problemas hormonais, com aumento da testosterona, são um perigo à sociedade.

Anônimo disse...

Eu acredito que homens se forem bem educados podem ate fazer coisas úteis, e constrir coisas fantásticas, mas que eles tem uma natureza doente tem sim, alguns deveriam andar de focinheira kkk

Anônimo disse...

Anon das 21:38 poderíamos até discutir bioética, mas eu sei que você está mordido pelo fato dessas mulheres não quererem se relacionar com homens nem quererem filhos homens. Sua preocupação maior aqui não é a ética, mas o seu ego que não suporta saber que há mulheres que não querem homens por perto. Seu argumento visa somente fazer essas mulheres se envergonharem de não quererem homens nas suas vidas e não defender a ética e moral da engenharia genética.

Vamos fazer uma segunda reflexão. Suponha que, ao invés de falar em clonagem (que já foi permitida em animais aliás, e já tem gente vendendo clones de pets mortos-opa, mas aí são animais, pode mandar a bioética pro inferno) elas tivessem dito que farão inseminação seletiva. Pegarão uma amostra de sêmen, descartarão todos os espermatozóides com cromossomo Y, jogarão no lixo os Y e só permitirão que os X se desenvolvam. Ou fazem inseminação e só permitem a implantação de embriões femininos. Você estaria comparando essas mulheres ao Mengele? Ou arranjaria outro chiliquinho? Mal aí, mas já passei tempo demais na minha vida massageando ego de macho (e pior, só pra levar porrada depois) e se vocês são incapazes de aceitar que existem mulheres que não acham macho a oitava maravilha do mundo eu quero mais é que vocês se explodam. Dá licença.

Anônimo disse...

22:14

Vá se catar, exú. Tenho baixa tolerância a troll.

Raven Deschain disse...

Ué, eu já disse que pegava o Zero.

Anônima, uma dúvida. Meu filho já tem 7 anos e se a deusa quiser não engravido nunca mais nessa vida, mas na minha época (haha falou a velha) a gente só descobria o sexo do bebê com uns 4 meses... Não sei se tá diferente agora. Vc abortaria de 4 meses, caso fosse menino?

Só pra constar: eu sim. Sem nem pensar duas vezes. Embora goste de pensar que não deixaria chegar a esse ponto.

Anônimo disse...

Anon 22:18

Em primeiro lugar é inferência sua que não estou preocupado com bioética. Afirmo que estou.
Nesse caso, a clonagem não é aceitável em nenhuma situação, e não apenas porque algumas mulheres gostariam de clonar a si mesmas ou outras mulheres. Até porque ia ter muito homem que também ia querer se clonar, o que é inaceitável do mesmo jeito.

Com relação à inseminação, não comparei ninguém com Mengele. A questão é outra.
Enquanto escolha pessoal, não vejo problemas em recorrer à inseminação artificial para se ter filhos de determinado sexo (embora no Brasil isso seja proibido). Cada um tem o direito de fazer o que quiser se não for crime.
Mas quanto o uso disso como plataforma política, já acho complicado. Esse procedimento é caro, com uma série de problemas em potencial (p.e. alto índice de gestação gemelar, o que muitas vezes não é desejável). Nem toda mulher tem condições para bancar esse tipo de tratamento, principalmente num país como o nosso. Ou seja, só ia ser "empoderada com a possibilidade de só gerar filhas" quem pode pagar por isso. Sem falar que isso ia ser maravilhoso para a indústria farmacêutica. É entregar os úteros das mulheres nas mãos de uma indústria bilionária e das mais anti-éticas que existe.
Não faz nenhuma diferença na minha vida (e acredito de ninguém) se vc gosta ou não de homens. Isso é totalmente irrelevante.

Anônimo disse...

mas na minha época (haha falou a velha) a gente só descobria o sexo do bebê com uns 4 meses... Não sei se tá diferente agora. Vc abortaria de 4 meses, caso fosse menino?
-
Neste contexto sim sem restrição alguma, mas concordo com vc também não deixaria passar do primeiro mês.

Anônimo disse...

A engenharia genética e uma realidade cada vez mais atual e limitar as possibilidades de tais avanços em nome de uma sociedade melhor e menos machista e um retrocesso enorme.

Anônimo disse...

Anon 23:19

Então para você, os fins justificam os meios?
Pode-se cometer qualquer atrocidade em nome do avanço da engenharia genética?
É você quem explicaria isso para todas as pessoas que nascerem com anomalias genéticas graves? Ia dizer: Sorry, mas vocês são estas monstruosidades em nome da evolução da engenharia genética? Sintam-se orgulhosos!

Depois reclamam quando citam Mengele. Com certeza, se essa tecnologia estivesse acessível naquela época, ele a teria usado.

Anônimo disse...

"Qual o problema em se dizer que uma mulher heterossexual sente prazer numa relação sexual?"

Problema nenhum, mas cabe um questionamento;será que e prazer mesmo ou algo induzido a pensarmos ser prazer? A mecânica do sexo hétero e invasiva, e sem um contexto fantasioso se torna insuportável pensar ser aceitável.
Eu m um nível mas de psiquê o sadomasoquismo naturaliza na mente a dor como uma forma de prazer, agora imagine isto durante seculos naturalizado em larga escala na mente feminina? O patriarcado tem muita formas de vender seus peixe.

Anônimo disse...

Lola estou orgulhosa q vc n tenha removido os comentários a favor da aniquilação dos homens, talvez um dia vc venha para o nosso lado radical, bjos.

Anônimo disse...

Não então vamos abrir mão da ciência e dos avanços e benefícios que podem trazer em nome de uma pseudo moral burguesa cristã, que alias e bem machista.
Não estou falando para usar pessoas como cobaias ignorante, apenas de usar o que já e desenvolvido com segurança, e sim evitar enfermidades clônicas, escolher o sexo do bebê e tornar a gestação mais humanizada e menos traumática para as mulheres e sim um avanço.

Agora Mengele e da cota de vocês, das guerras que vocês criam para serem heróis nelas.

Anônimo disse...

Anon 23:27

Provavelmente não é algo induzido, pois o prazer feminino era considerado errado e imoral. O ato sexual não tinha por objetivo dar prazer à mulher. Isso por séculos. O direito ao orgasmo é algo recente para as mulheres. Seria muito mais fácil as mulheres estarem condicionadas a não sentir prazer durante o ato sexual do que o inverso.

Anônimo disse...

"Lola estou orgulhosa q vc n tenha removido os comentários a favor da aniquilação dos homens, talvez um dia vc venha para o nosso lado radical, bjos"

Deixa de ser demente mascu carente, ninguém esta falando em aniquilação de homens, mas sim de desconstrução do machismo, e isto passa por criar padrões de homens minimamente humanos, algo bem longe da sua realidade.

Anônimo disse...

O orgasmo feminino esta relacionado ao clitóris não ao falo masculino( isto sim deixa vocês loucos) portanto não, sexo hétero não esta ligado ao prazer feminino por fundamento

Anônimo disse...

Anon 23:38

Quem disse que é contra o avanço da ciência? Contra o tratamento de doenças crônicas? Contra gestação humanizada?

O que está sendo discutido é a clonagem de seres humanos. Para isso seria obrigatório o uso de cobaias humanas. E a discussão não tem nada a ver com religião, mas com ética.

Anônimo disse...

Os mascus são nojentos, mais alguns comentários deste blog não ficam atrás tbm. É feministo atacando vegetarianos, é feminista chamando de 'anormal' quem não é gordo, é feminista que vive em função de xingar homens e mulheres heteros. Esse povo ignorante vive de padrões, por isso que não são tão diferentes dos mascus, são apenas outras face de uma mesma moeda.

Anônimo disse...

E essa caixa de comentários hein? Tá parecendo o clube do bolinha X clube da luluzinha. Porra, melhorem.
Quanto ao assunto do post, apenas chorume de meia dúzia de marmanjo desocupado nos confis da internet. Nada novo sob o sol.

Anônimo disse...

Anon 23:41

Vc tomou algum medicamento pra agir desse jeito? Por um acaso não leu os comentários q falam em abortar homens? Minha filha, vc eu sei q n eh mascu mas com certeza vc deve ter a doença mental deles. Tchau.

Anônimo disse...

Anon 23:43

Qualquer especialista em sexualidade humana vai dizer que o prazer não se restringe a uma única forma de interação. Que existem várias formas de ter prazer. O que excita uma pessoa, pode não excitar outra.

O sexo hétero pode ou não estar essencialmente relacionado ao prazer. Isso varia de pessoa a pessoa, e da situação.

Anônimo disse...

Não entendi, que dizer que vc so abortaria se fosse menino?

Anônimo disse...

00:00
Sim. Tenho direito de escolha e direito a autonomia de meu corpo.

Anônimo disse...

Nossa, isso aqui tá muito baixo nível.

Estou eu pensando seriamente em abortar sim, mas abortar o blog da minha vida.

Concordo em respeitar as escolhas das pessoas, concordo em legalizar o aborto, concordo, concordo e concordo com a maioria das pautas feministas (algumas acho extremistas e outras me são indiferentes, então não tenho opinião formada). Sou mulher e este é um dos espaços feministas que mais frequento (embora pouco comente), mas não está dando.

É propaganda pra mascu, é a turma do swing floodando os comentários, é "feminista" alimentando troll, agora a nova é "abortar menino". O que há de errado com vocês?

Aborta-se porque você não pode/quer ficar com a criança, mas por causa do sexo dela? De uma CRIANÇA? Isso já é doença. Não o feminismo - sou feminista com muito orgulho - mas algumas pessoas realmente não são gente que eu quero conviver (ainda que virtualmente).

Anônimo disse...

Seu filho deveria ler isso...

Anônimo disse...

"Estudem mais sobre o feminis radical, e verão que sempre fomos enganada pelo mito do amor romântico"

Amor, um mito?

nunca deixe pessoas amargas assassinarem seus sonhos com papos cruéis que generalizam a vida humana.

o amor existe e se ele passa longe das feministas radicais é porque elas estão muito focadas na raiva.

Somos pluralistas e livres, homens e mulheres de um novo tempo.

Algumas pessoas vão deixar o rancor lhes prender e o unico alivio dessas pessoas é atingir outras.

Se alguém vem dizer que todo homem não presta, que o amor é uma mentira... é igual o mascu só que ao contrário. Eles também dizem que o amor não existe e que nenhuma mulher presta.

Os motivos são outros mas o jeito que agem é o mesmo. Através da generalização que justifica o ódio.

É por causa desse radicalismo que a maioria das pessoas tem receio quanto às feministas. Basta uma ou duas pessoas radicais para sujar um movimento (infelizmente)

Viver a liberdade é para as pessoas fortes, ser amarguradx é facil. E é por isso que os mascus seguem esse estilo de vida, é o que restou em seus corações frios.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 239   Recentes› Mais recentes»